Raquel Barel Matos

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/6206060521446569
  • Última atualização do currículo em 03/08/2018


Doutora em Genética e Melhoramento (PGM) na Universidade Estadual de Maringá, atuando na área de Genética Animal. É bacharel/licenciada em Ciências Biológicas pela Universidade Estadual de Maringá (2010). Foi bolsista de Iniciação Científica. Atuou como monitora bolsista da disciplina de Genética do Departamento de Biologia e Genética da Universidade Estadual de Maringá. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Raquel Barel Matos
Nome em citações bibliográficas
MATOS, R. B.


Formação acadêmica/titulação


2014
Doutorado em andamento em Pós-Graduação em Genética e Melhoramento.
Universidade Estadual de Maringá, UEM, Brasil.
Orientador: Maria Claudia Colla Ruvolo Takasusuki.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Grande área: Ciências Biológicas
2012 - 2014
Mestrado em Genética e Melhoramento.
Universidade Estadual de Maringá, UEM, Brasil.
Título: Estrutura de populações de abelhas Scaptotrigona bipunctata (Lepeletier, 1836) por meio de primers microssatélites heterólogos.,Ano de Obtenção: 2014.
Orientador: Maria Claudia Colla Ruvolo Takasusuki.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Grande área: Ciências Biológicas
2011 - 2011
Graduação em Ciências Biológicas (Bacharelado).
Universidade Estadual de Maringá, UEM, Brasil.
Título: Polimorfismos Microssatélites em formigas cortadeiras Atta sexdens rubropilosa Forel 1908 (Hymenoptera: Formicidade).
Orientador: Maria Claudia Colla Ruvolo Takasusuki.
2007 - 2010
Graduação em Ciências Biológicas (Licenciatura).
Universidade Estadual de Maringá, UEM, Brasil.




Formação Complementar


2010 - 2010
Biomonitoramento de Resíduos de Pesticidas. (Carga horária: 8h).
Universidade Estadual de Maringá, UEM, Brasil.
2009 - 2009
Técnicas de Laboratório e Segurança. (Carga horária: 8h).
Universidade Estadual de Maringá, UEM, Brasil.
2009 - 2009
O Ambiente Altera Nosso Cérebro?. (Carga horária: 8h).
Universidade Estadual de Maringá, UEM, Brasil.
2008 - 2008
Desenho Científico Aplicado à Biologia. (Carga horária: 8h).
Universidade Estadual de Maringá, UEM, Brasil.
2008 - 2008
Biotecnologia de Microorganismos Endofíticos. (Carga horária: 8h).
Universidade Estadual de Maringá, UEM, Brasil.
2007 - 2007
Extensão universitária em Biologia Marinha. (Carga horária: 40h).
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
2007 - 2007
Biologia de Gastrópodes e Bivalves (Mollusca). (Carga horária: 8h).
Universidade Estadual de Maringá, UEM, Brasil.
2007 - 2007
Reforma Agrária. (Carga horária: 8h).
Universidade Estadual de Maringá, UEM, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Estadual de Maringá, UEM, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - 2010
Vínculo: Monitoria de Disciplina, Enquadramento Funcional: Monitor, Carga horária: 12
Outras informações
Monitora bolsista da disciplina de Genética.

Vínculo institucional

2009 - 2009
Vínculo: Monitoria de Disciplina, Enquadramento Funcional: Monitor, Carga horária: 10
Outras informações
Monitora Bolsista da Disciplina de Genética

Vínculo institucional

2009 - 2009
Vínculo: Monitoria de Disciplina, Enquadramento Funcional: Monitor, Carga horária: 4
Outras informações
Monitoria Voluntária na disciplina de Genética.



Projetos de pesquisa


2011 - 2012
Perfil eletroforético das esterases e proteínas totais da vespa Apoica sp Lepeletier (Hymenoptera: Vespidae; Polistinae, Epiponini)
Descrição: As vespas compreendem um grupo de grande interesse biológico e econômico. Seus hábitos alimentares predatórios de outros insetos tornam-os fundamentais para a manutenção dos ecossistemas. Dentro do grupo destaca-se a subfamília Polistinae e nela está inserida a tribo Epiponini, de grande distribuição geográfica e domínio ecológico nas regiões tropicais do Novo Mundo. O gênero Apoica, composto por 10 espécies, sendo nove ocorrentes no Brasil, é de grande de interesse em função de seus hábitos noturnos e alimentação por predação de outros insetos. Pouco é conhecido sobre a variabilidade genética e a estrutura das populações destas espécies em que a poliginia é comum e o dimorfismo entre as castas não é visível. Como ferramenta para caracterizar as espécies do gênero Apoica, a utilização das isoenzimas esterases e das proteínas totais tornam-se uteis uma vez que podem permitir a identificação de polimorfismos e caracterização de rainhas pelas proteínas presentes em função do desenvolvimento ovariano. Sendo assim, o presente trabalho tem como objetivo a padronização dos protocolos de extração e eletroforese de esterases e proteínas totais de vespas Apoica, além da caracterização dos perfis eletroforetico de tais esterases e proteínas totais..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Raquel Barel Matos - Coordenador.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
2011 - 2011
Polimorfismos microssatélites em formigas cortadeiras Atta sexdens rubropilosa Forel 1908 (Hymenoptera: Formicidade)
Descrição: O interesse por insetos himenópteros surge não só pela característica de socialidade, como no caso das formigas, abelhas e vespas, mas também pelo interesse econômico e ecológico, no caso das formigas cortadeiras. As formigas cortadeiras são responsáveis por grandes prejuízos financeiros uma vez que são capazes de destruir grandes áreas de plantações e pastagens. Apesar do grande número de métodos para manejo de tais organismos, nem sempre é possível evitar danos significativos às culturas. O estudo da estrutura das populações, assim como das relações de parentesco e fluxo gênico entre populações, pode surgir como nova possibilidade de manejo, uma vez que a diversidade genética dos ninhos de formigas pode estar relacionada com a resistência a infecções e consequentemente a novos métodos de manejo. A escolha do marcador molecular do tipo microssatélite reside no fato de que essas sequências estão presentes de forma consistente e frequente no genoma e apresentam alto polimorfismo. No presente trabalho serão utilizados três primers de microssatélites descritos na literatura para o gênero Atta com os objetivos de padronizar o protocolo de amplificação para esta espécie, estimar a variabilidade genética e realizar um estudo sobre a estrutura de populações das formigas cortadeiras Atta sexdens rubropilosa de localidades nos Estados do Paraná e de São Paulo..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Raquel Barel Matos - Coordenador.
2010 - 2011
Análise Comparativa dos Polimorfismos das Proteínas Principais da Geléia Real (MRJPs) de Apis mellifera (Linnaeus, 1758) e Tetragonisca fiebrigi (Schwars, 1938)
Descrição: As abelhas são elementos importantíssimos tanto para o homem quanto para o meio ambiente, isso porque além da ação da polinizadora de nossa flora, nos fornecem produtos de valor comercial como o mel, própolis, cera e geleia real. A geleia real é produzida nas glândulas hipofaringeanas que fazem parte do sistema de glândulas anexas ao tubo digestório e estão presentes em todas as abelhas. Anatomicamente, ocorrem sempre látero-ventralmente a placa hipofaríngea onde, abrem seus canais excretores. A geleia real é essencial para a diferenciação da casta de rainha em Apis mellifera. A massa seca da geleia real é constituída de aproximadamente 50% de proteínas e o grupo principal destas são as MRJPs, que constituem entre 82 e 90% do total de proteínas da geleia larval, e contém uma quantidade relativamente alta de aminoácidos. Para as abelhas sem ferrão como a Tetragonisca fiebrigi ainda não foi verificada qual é a relação existente entre a secreção das glândulas hipofaringeanas e o processo de desenvolvimento destas abelhas. Sendo assim, o presente trabalho tem como objetivo verificar a possível presença destas proteínas em Tetragonisca fiebrigi e caso sejam encontradas pretende-se compará-las as MRJPs encontradas em A. mellifera..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Raquel Barel Matos - Coordenador / NAKASUGUI, L. F. - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 3


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Italiano
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.
Espanhol
Compreende RazoavelmenteLê Razoavelmente.


Produções



Produção bibliográfica
Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
MATOS, R. B.; NAKASUGUI, L. F. ; RUVOLO-TAKASUSUKI, M. C. C . Análise Comparativa dos Polimorfismos das Proteínas Principais da Geleia Real (MRJPs) de Apis mellifera (Linnaeus, 1758) e Tetragonisca fiebrigi (Schwars, 1938). In: XX Encontro Anual de Iniciação Científica (EAIC) - X Encontro de Pesquisa (EPUEPG), 2011, Ponta Grossa. Anais do XX EAIC - 20 a 22 de Outubro de 2011, 2011.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
MATOS, R. B.; NAKASUGUI, L. F. ; OSTROVSKI, K. R. ; RUVOLO-TAKASUSUKI, M. C. C . Comparative analysis of polymorphisms of major royal jelly proteins from Apis mellifera (Linnaeus, 1758) and Tetragonisca fiebrigi (Schwars, 1938). In: 57° Congresso Brasileiro de Genética, 2011, Aguas de Lindóia. Anais do 57° Congresso Brasileiro de Genética, 2011.

2.
ARAUJO, C.A.V ; OLIVEIRA, A. G. ; MATOS, R. B. ; DEPRA, I. C. ; Gianotto, D. E. P. . Drogas ilícitas no Ensino Médio: uma abordagem científica, histórica e preventiva. In: XII Encontro Maringaense de Biologia - XXV Semana da Biologia, 2010, Maringá. Resumos de Trabalhos Apresentados, 2010.

3.
MATOS, R. B.; WEBER, M. M. ; Gianotto, D. E. P. . Ácidos Nucléicos: Uma Abordagem para o Ensino Médio. In: XII Encontro Maringaense de Biologia/ XXV Semana de Biologia, 2010, Maringá. Resumos de Trabalhos Apresentados, 2010.

Apresentações de Trabalho
1.
MATOS, R. B.; NAKASUGUI, L. F. ; OSTROVSKI, K. R. ; RUVOLO-TAKASUSUKI, M. C. C . Comparative analysis of polymorphisms of major royal jelly proteins (MRJPs) from Apis mellifera (Linnaeus, 1758) and Tetragonisca fiebrigi (Schwars, 1938). 2011. (Apresentação de Trabalho/Outra).

2.
MATOS, R. B.; NAKASUGUI, L. F. ; RUVOLO-TAKASUSUKI, M. C. C . Análise Comparativa dos Polimorfismos das Proteínas Principais da Geleia Real (MRJPs) de Apis mellifera (Linnaeus, 1758) e Tetragonisca fiebrigi (Schwars, 1938). 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

3.
MATOS, R. B.; WEBER, M. M. ; Gianotto, D. E. P. . Ácidos Nucléicos: uma abordagem para o Ensino Médio. 2010. (Apresentação de Trabalho/Outra).

4.
ARAUJO, C.A.V ; OLIVEIRA, A. G. ; MATOS, R. B. ; DEPRA, I. C. ; Gianotto, D. E. P. . Drogas ilícitas no Ensino Médio: uma abordagem científica, histórica e preventiva. 2010. (Apresentação de Trabalho/Outra).



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
XV Semana da Biologia.Descobrindo a Variabilidade Genética: polimorfismos em abelhas. 2013. (Encontro).

2.
XI ENCONTRO PARANAENSE DE GENÉTICA. 2012. (Encontro).

3.
XI ENCONTRO PARANAENSE DE GENÉTICA.Genética de Populações. 2012. (Encontro).

4.
57° Congresso Brasileiro de Genética. Comparative analysis of polymorphisms of major royal jelly proteins (MRJPs) from Apis mellifera (Linnaeus, 1758) and Tetragonisca fiebrigi (Schwars, 1938). 2011. (Congresso).

5.
SEMINÁRIOS DE GENÉTICA. 2011. (Seminário).

6.
XX Encontro Anual de Iniciação Científica (EAIC) - X Encontro de Pesquisa (EPUEPG).Análise Comparativa dos Polimorfismos das Proteínas Principais da Geleia Real (MRJPs) de Apis mellifera (Linnaeus, 1758) e Tetragonisca fiebrigi (Schwars, 1938). 2011. (Encontro).

7.
III Encontro de Debates sobre Ensino de Química de Maringá e região de abrangência.Recursos didáticos para o ensino - Movie Maker. 2010. (Oficina).

8.
XII Encontro Maringaense de Biologia - XXV Semana de Biologia.Ácidos Nucleicos: uma abordagem para o Ensino Médio. 2010. (Encontro).

9.
XII Encontro Maringaense de Biologia - XXV Semana de Biologia.Drogas ilícitas no Ensino Médio: uma abordagem científica, histórica e preventiva. 2010. (Encontro).

10.
XI Encontro Maringaense de Biologia - XXIV Semana da Biologia. 2009. (Encontro).

11.
X Encontro Maringaense de Biologia - XXIII Semana da Biologia. 2008. (Encontro).

12.
IX Encontro Maringaense de Biologia - XXII Semana da Biologia. 2007. (Encontro).



Outras informações relevantes


Realizou no ano de 2010 estágio voluntário no Zoológico Municipal Dr. Flavio Leite Ribeiro da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade do Município de Araçatuba -SP, na área de preparação de dieta animal, enriquecimento de recinto, vistoria diária de recinto, monitoramento de visitantes e outras atividades relacionada, totalizando a carga horária de 58 horas.



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 18/01/2019 às 24:24:02