Beatriz Macchione Saes

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/1398739259827371
  • Última atualização do currículo em 06/12/2018


É professora substituta do Departamento de Economia da FEA-USP. Possui graduação em Ciências Econômicas pela Universidade de São Paulo - USP (2009). Mestrado e Doutorado em Desenvolvimento Econômico pela Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP (2013 e 2017), com período de Doutorado Sanduíche na Universitat Autónoma de Barcelona (UAB). Tese vencedora (segunda colocada) da 4a. edição do Prêmio Celso Furtado de Desenvolvimento Regional. Pesquisadora nas áreas de desenvolvimento econômico e meio ambiente, economia ecológica, economia política e economia brasileira, atuando principalmente nos seguintes temas: produção e comércio internacional de commodities, mineração de ferro. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Beatriz Macchione Saes
Nome em citações bibliográficas
SAES, B. M.

Endereço


Endereço Profissional
Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade - USP, Departamento de Economia - USP.
Avenida Professor Luciano Gualberto
Butantã
05508010 - São Paulo, SP - Brasil
Telefone: (11) 30915870


Formação acadêmica/titulação


2013 - 2017
Doutorado em Desenvolvimento Econômico.
Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.
com período sanduíche em Universitat Autònoma de Barcelona - UAB (Orientador: Joan Martínez Alier).
Título: Comércio ecologicamente desigual no século XXI: evidências a partir da inserção brasileira no mercado internacional de minério de ferro, Ano de obtenção: 2017.
Orientador: Prof Dr. Ademar Ribeiro Romeiro.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
2011 - 2013
Mestrado em Desenvolvimento Econômico.
Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.
Título: Macroeconomia Ecológica: o desenvolvimento de abordagens e modelos a partir da economia ecológica,Ano de Obtenção: 2013.
Orientador: Prof. Dr. Ademar Ribeiro Romeiro.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas
Grande Área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Economia / Subárea: Economias Agrária e dos Recursos Naturais / Especialidade: Economia dos Recursos Naturais.
2005 - 2009
Graduação em Economia.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: A útima década do escravismo no Brasil: os grupos abolicionistas, a elite agrária e os próprios cativos diante do processo de emancipação dos escravos.
Orientador: Prof. Dr. José Flávio Motta.
1998 - 2004
Ensino Médio (2º grau).
Oswald de Andrade / Caravelas, OAC, Brasil.




Formação Complementar


2014 - 2014
Summer School on Socially Sustainable Degrowth. (Carga horária: 112h).
Universitat Autònoma de Barcelona - UAB, UAB, Espanha.
2008 - 2009
Economia. (Carga horária: 180h).
Université Catholique de Louvain f, UCL, Bélgica.
2007 - 2007
Extensão universitária em de Formação de alfabetizadore de jovens e adultos. (Carga horária: 40h).
ALFA-USP, ALFA-USP, Brasil.
2006 - 2006
Economia. (Carga horária: 300h).
Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.


Atuação Profissional



Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade - USP, FEAC/USP, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professora Contratada III, Carga horária: 12

Vínculo institucional

2007 - 2008
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista de iniciação científica

Vínculo institucional

2006 - 2006
Vínculo: Representante Discente, Enquadramento Funcional: Representante Discente na Congregação FEA-USP

Atividades

08/2018 - Atual
Ensino, Administração, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Fundamentos de Macroeconomia
02/2018 - 07/2018
Ensino, Ciências Econômicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Clássicos do Pensamento Econômico
08/2017 - 12/2017
Ensino, Administração, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Fundamentos de Macroeconomia

Universidade Federal de São Carlos, UFSCAR, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - 2017
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor substituto, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

03/2017 - 07/2017
Ensino, Engenharia Ambiental, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Economia e Finanças
03/2017 - 07/2017
Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Economia dos Recursos Naturais
Sociedade, Desenvolvimento e Meio Ambiente
03/2017 - 07/2017
Ensino, Engenharia de Alimentos, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Economia Agrícola
03/2017 - 07/2017
Ensino, Engenharia Agronômica, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Economia Agrícola
03/2017 - 07/2017
Ensino, Administração, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Economia Política
Organização Industrial

Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - 2017
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista de doutorado, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2011 - 2013
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista de mestrado, Regime: Dedicação exclusiva.


Universitat Autònoma de Barcelona - UAB, UAB, Espanha.
Vínculo institucional

2015 - 2016
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pesquisador Visitante, Carga horária: 40


Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - 2016
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista no Exterior (PDSE), Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2013 - 2015
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista de Doutorado, Regime: Dedicação exclusiva.


Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - 2012
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista de Mestrado, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2007 - 2008
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista de Iniciação Científica, Carga horária: 12


Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - 2013
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista de Mestrado, Regime: Dedicação exclusiva.


ALFA-USP, ALFA-USP, Brasil.
Vínculo institucional

2007 - 2008
Vínculo: Vonluntariado, Enquadramento Funcional: Educadora de jovens e adultos, Carga horária: 20



Projetos de pesquisa


2013 - Atual
Comércio ecologicamente desigual no século XXI: evidências a partir da inserção brasileira no mercado internacional de minério de ferro
Descrição: O objetivo do trabalho é analisar as especificidades do comércio ecologicamente desigual no século XXI a partir da observação do metabolismo social do minério de ferro e da inserção brasileira neste mercado. A hipótese levantada é que existe um comércio ecologicamente desigual Norte-Sul, que se reflete em uma transferência material assimétrica aos países do Norte, cuja dinâmica é importante para compreender as características do recente boom das commodities e as implicações sobre os países exportadores de produtos primários..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2012 - 2013
Políticas de transição para uma economia sem crescimento: análise das propostas relacionadas ao consumo, emprego, tecnologia e desigualdade social
Descrição: A intensificação dos problemas ambientais diante da crescente necessidade de aumento da produção material e energética traz à tona o problema dos limites de capacidade natural de suprimento do planeta Terra. Segundo o economista-ecológico Herman Daly, como um subsistema do ecossistema, a atividade econômica não pode crescer infinitamente. No entanto, além do fato de o PIB ainda ser a medida de sucesso dos governos, parece inviável manter a estabilidade econômica e social num cenário de estagnação ou decrescimento. Diante do desafio de refletir sobre o funcionamento de uma economia sem crescimento nos países desenvolvidos, vem sendo formada uma literatura que discute políticas necessárias para a transição rumo a uma economia sustentável. Porém, as inúmeras propostas ainda não constituem um conjunto sólido de políticas capazes de serem implantadas e, por isso, organizá-las e discuti-las é uma tarefa relevante, tanto para identificar avanços do debate e experiências significativas em alguns países, como para identificar pontos que merecem maior atenção ou que não têm sido contemplados da maneira devida. Dessa forma, pretendemos, a partir da análise e discussão da bibliografia e dos exemplos fornecidos por estes trabalhos, responder a seguinte pergunta: é possível transitar para uma condição de prosperidade e estabilidade social sem crescimento econômico nos países desenvolvidos?.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2011 - 2012
Macroeconomia Ecológica: as contribuições para a construção de uma macroeconomia sem crescimento econômico
Descrição: O objetivo principal do trabalho é o de analisar a viabilidade de uma macroeconomia sem crescimento. Para tanto, discutiremos os trabalhos dos autores da Economia Ecológica e as implicações da idéia que determina a limitação da economia pelas características biofísicas do planeta. Diante da dificuldade de aceitação do abandono do crescimento mesmo nos países mais desenvolvidos, procuraremos explorar quais obstáculos para a mudança dos objetivos da política econômica. Além do fato de o PIB ainda ser a medida de sucesso dos governos, parece inviável manter a estabilidade econômica e social num cenário de estagnação ou decrescimento. Nesse sentido, analisaremos estudos, desenvolvidos nos últimos três anos, que apresentam os obstáculos para o abando do crescimento da economia e as propostas econômicas e sociais para viabilizar a prosperidade sem ele. Por fim, pretendemos explorar comparativamente as propostas e analisá-las tendo em vista as críticas da Economia Ecológica e as teorias macroeconômicas que possam contribuir para a discussão..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2007 - 2008
A Última Década do Escravismo em São Paulo: Abolicionismo, imigração, doutrinas raciais, cidadania e estrutura fundiária em vista do processo de emancipação dos escravos
Descrição: Este trabalho pretende analisar o processo de emancipação em São Paulo na última década do escravismo a partir da análise dos discursos da elite agrária e dos políticos da província. O objetivo é compreender a repercussão dos fatores sociais e econômicos na mentalidade desses atores sociais e como as transformações dessa mentalidade no período atuaram no sentido da abolição brasileira..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.


Membro de corpo editorial


2011 - 2014
Periódico: Leituras de Economia Política (UNICAMP)


Revisor de periódico


2017 - Atual
Periódico: Economia e Sociedade (UNICAMP)
2018 - Atual
Periódico: Revista Iberoamericana de Economia Ecológica
2018 - Atual
Periódico: AMBIENTE E SOCIEDADE (CAMPINAS)


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Francês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.


Prêmios e títulos


2018
Prêmio de Desempenho Didático (2o. semestre/2017), Departamento de Administração, FEA-USP.
2017
Prêmio Celso Furtado de Desenvolvimento Regional, pela tese de doutorado (2o. lugar), Ministério da Integração e Centro Internacional Celso Furtado de Políticas para o Desenvolvimento.
2009
Prêmio de excelência acadêmica de 2009, pela monografia de conclusão de curso, FEA-USP.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
SAES, B. M.2018 SAES, B. M.; ROMEIRO, A. R. . O debate metodológico na economia ecológica: indefinição ou pluralismo?. Nova Economia (UFMG), v. 28, p. 127-153, 2018.

2.
SAES, B. M.2018SAES, B. M.. El boom de las commodities ante la fragmentación internacional de la producción: una perspectiva ambiental desde el Sur global. Puentes: Análisis e información sobre comercio y desarrollo sostenible, v. 19, p. 8-12, 2018.

3.
SAES, B. M.2016SAES, B. M.; ROMEIRO, A. R. . Economia Ecológica e Macroeconomia Ecológica: uma visão geral. Boletim da Sociedade Brasileira de Economia Ecológica, v. 34/35, p. 26-31, 2016.

4.
SAES, B. M.2012SAES, B. M.; MIYAMOTO, B. C. B. . Limites físicos do crescimento econômico e progresso tecnológico: o debate The Limits to Growth versus Sussex. DESENVOLVIMENTO E MEIO AMBIENTE (UFPR), v. 26, p. 51-68, 2012.

5.
SAES, B. M.2012SAES, B. M.; COLOMBINI NETO, I. . Insustentabilidade financeira e limites ecológicos na economia contemporânea. Boletim da Sociedade Brasileira de Economia Ecológica, v. 29-31, p. 73-78, 2012.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
SAES, B. M.. Comércio ecologicamente desigual no século XXI: evidências a partir da inserção brasileira no mercado internacional de minério de ferro. 1. ed. Rio de Janeiro: Garamond, 2018. 220p .

2.
SAES, A. M. ; CYTRYNOWICZ, R. ; SAES, B. M. ; CURI, L. F. B. ; HESPANHOL, G. C. G. . Fipe 40 anos: pesquisa, ensino e debate sobre a economia brasileira. 1. ed. São Paulo: Narrativa Um, 2014. 208p .

Capítulos de livros publicados
1.
Romeiro, A. ; SAES, B. M. ; AGGIO, G. ; ANDRADE, D.C. ; GARCIA, J. R. . Macroeconomia Ecológica: Evolução e Perspectivas. In: Peter May. (Org.). Economia do Meio Ambiente: teoria e prática. 3ed.Rio de Janeiro: Elsevier, 2018, v. , p. 229-249.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
Del BENE, D. ; DEMARIA, F. ; MINGORRIA, S. ; AVILA, S. ; SAES, B. M. ; NAVAS, G. . 10 conflits environnementaux les plus emblématiques du monde.. Mediapart, 26 jul. 2016.

2.
Del BENE, D. ; DEMARIA, F. ; MINGORRIA, S. ; AVILA, S. ; SAES, B. M. ; NAVAS, G. . Los diez conflictos ambientales más importantes del planeta. La Vanguardia, Caderno Costumbres y Tendencia, 06 jun. 2016.

3.
Del BENE, D. ; DEMARIA, F. ; MINGORRIA, S. ; AVILA, S. ; SAES, B. M. ; NAVAS, G. . Dieci conflitti contro natura. Il Manifesto, 05 jun. 2016.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
CALEMAN, S. M. Q. ; SAES, B. M. ; SILVEIRA, R. L. F. ; SAES, M. S. M. ; MONTEIRO, G. . Organizational arrangements for agricultural funding: a strategy for soybean production in the midwest of Brazil. In: 8th International Conference on economics and management of networks, 2018, Havana, Cuba. 8th International Conference on economics and management of networks, 2018.

2.
SAES, B. M.. Comércio internacional e consumo de minério de ferro em um contexto de crescente globalização: uma contribuição ao debate da desmaterialização. In: Econtro Nacional da Sociedade Brasileira de Economia Ecológica, 2017, Uberlândia. XII Encontro Nacional de Economia Ecológica, 2017.

3.
SAES, B. M.; ROMEIRO, A. R. . Controvérsias na economia ecológica: indefinição ou pluralismo metodológico. In: XIX Encontro Nacional de Economia Política, 2014, Florianópolis. XIX Encontro Nacional de Economia Política, 2014. v. XIX. p. 1-25.

4.
SAES, B. M.; ROMEIRO, A. R. . Ecological macroeconomics: a critical review. In: 4th International Degrowth Conference, 2014, Leipzig. 4th International Degrowth Conference, 2014. v. 4. p. 1-4.

5.
SAES, B. M.; ROMEIRO, A. R. . Macroeconomia Ecológica: discussão de modelos e abordagens de uma perspectiva econômico-ecológica. In: X Encontro da Sociedade de Economia Ecológica - Encontro da Sociedade Brasileira de Economia Ecológica - Inovação e Sustentabilidade sob a Ótica da Economia Ecológica, 2013, Vitória (Espírito Santo). X Encontro da Sociedade Brasileira de Economia Ecológica - Inovação e Sustentabilidade sob a Ótica da Economia Ecológica, 2013. v. X. p. 1-20.

6.
SAES, B. M.. O decrescimento como alternativa para os dilemas atuais?. In: XVII Econtro Naciona de Economia Política - Desenvolvimento e meio ambiente: a crítica da Economia Política, 2012, Rio de Janeiro. Econtro Naciona de Economia Política. Rio de Janeiro: SEP, 2012. v. 17.

7.
SAES, B. M.; PUGA, B. P. ; BERNASCONI, P. ; VASCONCELOS, J. S. . Infrastructure in Amazonia: what is the pattern of development promoted by the Program to Accelerate Growth (PAC) of the Brazilian government?. In: 12th Biennial Conference of the International Society for Ecological Economics, 2012, Rio de Janeiro. ISEE Conference - Ecological Economics and Rio+20: Challenges and Contributions for a Green Economy, 2012. v. 12.

8.
SAES, B. M.; COLOMBINI NETO, I. . Insustentabilidade financeira e limites ecológicos na economia contemporânea. In: Encontro da Sociedade Brasiliera de Economia Ecológica, 2011, Brasília. IX Encontro da Sociedade Brasiliera de Economia Ecológica - políticas públicas e a perspectiva da economia ecológica, 2011.

9.
SAES, B. M.; MIYAMOTO, B. C. B. . Physical Limits to Growth and Technological Progress: the debate Limits to growth versus sussex. In: Research Workshop on ?Institutions and Organizations?, 2011, Rio de Janeiro. VI Research Workshop on, 2011.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
SAES, B. M.; BISHT, A. . Iron ore peripheries in the extractive boom: a comparision between mining conflicts in India and Brazil. In: 15th Conference of the International Society for Ecological Economics, 2018, Puebla. 15th Conference of the International Society for Ecological Economics, 2018.

2.
SAES, B. M.; MOTTA, J. F. . A Última Década do Escravismo em São Paulo: Abolicionismo, imigração, doutrinas raciais, cidadania e estrutura fundiária em vista do processo de emancipação dos escravos. In: Simpósio Internacional de Iniciação Científica e Tecnológica da USP - SIICUSP, 2009, São Paulo. XVII Simpósio Internacional de Iniciação Científica e Tecnológica da USP - SIICUSP, 2009.

Artigos aceitos para publicação
1.
SAES, B. M.. Building development for a new era.China's infrastructure projects in Latin America and the Caribbean (crítica de libro).. ECOLOGÍA POLÍTICA, 2018.

2.
SAES, B. M.; ROMEIRO, A. R. . Ecological macroeconomics: a methodological survey. ECONOMIA E SOCIEDADE (UNICAMP. IMPRESSO), 2018.

Apresentações de Trabalho
1.
SAES, B. M.. Globalização produtiva e desenvolvimento sustentável. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
SAES, B. M.. Iron ore peripheries in the extractive boom: a comparision between mining conflicts in India and Brazil. 2018. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

3.
VICTOR, P. ; SAES, B. M. ; PAIVA SOBRINHO, R. . Macroeconomia Ecológica e crescimento zero/decrescimento. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
SAES, B. M.. Comércio internacional e consumo de minério de ferro em um contexto de crescente globalização. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

5.
SAES, B. M.. Neoextrativismo no Brasil? Reflexões sobre o desenvolvimento brasileiro no século XXI. 2017. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

6.
SAES, B. M.. Iron ore in the turn of the century: dematerialization hypothesis and ecologically unequal exchange under new global patterns of trade. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

7.
SAES, B. M.; Romeiro, A. . Controvérsias na economia ecológica: indefinição ou pluralismo metodológico. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

8.
SAES, B. M.; ROMEIRO, A. R. . Ecological macroeconomics: a critical review. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

9.
SAES, B. M.; ROMEIRO, A. R. . Macroeconomia Ecológica: discussão de modelos e abordagens de uma perspectiva econômico-ecológico. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

10.
SAES, B. M.. O decrescimento como alternativa para os dilemas atuais?. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

11.
SAES, B. M.; PUGA, B. P. ; BERNASCONI, P. ; VASCONCELOS, J. S. . Infrastructure in Amazonia: what is the pattern of development promoted by the Program to Accelerate Growth (PAC) of the Brazilian government?. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

12.
SAES, B. M.; COLOMBINI NETO, I. . Insustentabilidade financeira e limites ecológicos na economia contemporânea. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

13.
SAES, B. M.; MIYAMOTO, B. C. B. . Physical Limits to Growth and Technological Progress: the debate Limits to growth versus sussex. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

14.
SAES, B. M.. A Última Década do Escravismo em São Paulo: Abolicionismo, imigração, doutrinas raciais, cidadania e estrutura fundiária em vista do processo de emancipação dos escravos. 2009. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

Outras produções bibliográficas
1.
SAES, M. S. M. ; SILVEIRA, R. L. F. ; SAES, B. M. . New forms of financing the agricultural sector in Brazil: the experience of soybean chain.. Global Food Value Chains and Competition Law, 2018 (Draft Report).

2.
ROMEIRO, A. R. ; SAES, B. M. ; PUGA, B. P. ; SOUZA, J. M. . Economia Ecológica. São Paulo: Annablume, 2017. (Tradução/Livro).

3.
SAES, B. M.. Fipe 40 anos: pesquisa, ensino e debate sobre a economia brasileira. São Paulo: Narrativa Um, 2014 (Fotografia).

4.
FAVARETO, A. ; ABRAMOVAY, R. ; D'OLIVEIRA, M. do C. ; DINIZ, J. F. ; SAES, B. M. . Desenvolvimento territorial em uma região do Semi-árido do Nordeste brasileiro ? para além das transferências de renda. Santiago, Chile.: Documento de Trabajo N° 83. Programa Dinámicas Territoriales Rurales. Rimisp., 2011 (Artigo em períodico não-científico).


Produção técnica
Trabalhos técnicos
1.
SAES, B. M.. Parecer de trabalhos apresentados no XIX SemeAd. 2016.

2.
SAES, B. M.. Parecer de trabalhos apresentados no XVIII SemeAd. 2015.

3.
SAES, B. M.. Parecer de trabalhos apresentados no XVII SemeAd. 2014.

4.
SAES, B. M.. Parecer de trabalhos apresentados no XVI SemeAd. 2013.

Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
ORSI, C. ; SAES, B. M. . Fracionamento da produção em escala global mascara danos ambientais, aponta pesquisa.. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).


Demais tipos de produção técnica
1.
SAES, B. M.. Comércio ecologicamente desigual no século XXI: evidências a partir da inserção brasileira no mercado internacional de minério de ferro. 2017. (Relatório de pesquisa).

2.
SAES, B. M.. Macroeconomia Ecológica: o desenvolvimento de abordagens e modelos a partir da economia ecológica. 2013. (Relatório de pesquisa).

3.
SAES, B. M.. A última década do escravismo no Brasil: os grupos abolicionistas, a elite agrária e os próprios cativos diante do processo de emancipação dos escravos. 2008. (Relatório de pesquisa).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
SAES, B. M.. Participação em banca de Vinicius Gonzalez Bueno.Efetividade das Pol´ıticas Industriais no Brasil `a luz do caso da Embraer. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Econômicas) - Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade - USP.

2.
SAES, B. M.. Participação em banca de Lucas Eduardo Carmo Assis.Desenvolvimento sustentável nos estados brasileiros: análise espacial das dimensões ambiental e econômica. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Econômicas) - Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade - USP.

3.
SAES, B. M.. Participação em banca de Achiles Romero Riego.O Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e a questão desenvolvimentista: 2007- 2016. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Econômicas) - Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade - USP.

4.
SAES, B. M.. Participação em banca de Maurício de Angelo Andrade.Aspectos e desafios do complexo industrial da saúde: uma análise das políticas tecnológicas do setor biofarmacêutico nacional. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Econômicas) - Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade - USP.




Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
15th Conference of the International Society for Ecological Economics.. A. Iron ore peripheries in the extractive boom: a comparision between mining conflicts in India and Brazil.. 2018. (Congresso).

2.
XII Encontro Nacional da Sociedade Brasileira de Economia Ecológica..Comércio internacional e consumo de minério de ferro em um contexto de crescente globalização. 2017. (Encontro).

3.
4th International Degrowth Conference. Ecological macroeconomics: a critical review. 2014. (Congresso).

4.
XIX Encontro Nacional de Economia Política.Controvérsias na economia ecológica: indefinição ou pluralismo metodológico. 2014. (Encontro).

5.
X Encontro da Sociedade de Economia Ecológica - Encontro da Sociedade Brasileira de Economia Ecológica - Inovação e Sustentabilidade sob a Ótica da Economia Ecológica.Macroeconomia Ecológica: discussão de modelos e abordagens de uma perspectiva econômico-ecológico. 2013. (Encontro).

6.
12th Biennial Conference of the International Society for Ecological Economics. Infrastructure in Amazonia: what is the pattern of development promoted by the Program to Accelerate Growth (PAC) of the Brazilian government?. 2012. (Congresso).

7.
XVII Econtro Naciona de Economia Política - Desenvolvimento e meio ambiente: a crítica da Economia Política.O decrescimento como alternativa para os dilemas atuais?. 2012. (Encontro).

8.
Fórum Produção Conservação e Lucratividade. 2011. (Outra).

9.
IX Encontro da Sociedade Brasileira de Economia Ecológica.Insustentabilidade financeira e limites ecológicos na economia contemporânea. 2011. (Encontro).

10.
VI Research Workshop on "Institutions and organizations". Physical Limits to Growth and Technological Progress: the debate Limits to growth versus sussex. 2011. (Congresso).

11.
17o Simpósio Internacional de Iniciação Científica da USP.A Última Década do Escravismo em São Paulo: Abolicionismo, imigração, doutrinas raciais, cidadania e estrutura fundiária em vista do processo de emancipação dos escravos. 2009. (Simpósio).

12.
XII Encontro Nacional de Economia Política. 2007. (Encontro).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
SAES, M. S. M. ; SAES, B. M. . Crescimento econômico, meio ambiente e conflitos na América Latina. 2017. (Congresso).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Euler Santos de Sousa. Valoração econômica, Economia Ecológica e Mineração: Caso do acidente de Mariana-MG. Início: 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Econômicas) - Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade - USP. (Orientador).



Outras informações relevantes


1ª. colocada no processo seletivo simplificado para contratação de professor substituto, em jornada de 40 horas semanais, na área Economia e Desenvolvimento, junto ao CCN-UFSCar, março de 2017, Edital nº. 2 de 3 de janeiro de 2017. 1ª. colocada no processo seletivo de contratação de docente, Professor Nível III, em jornada de doze horas semanais de trabalho, na área de Introdução à Economia, junto ao Departamento de Economia da USP, agosto de 2017, Edital FEA-24/2017. 2ª. colocada no concurso Público para provimento de vagas no cargo de Professor de Carreira do Magistério Superior (Edital UFRJ 860/2017), para a área Economia para o Planejamento Territorial e a Gestão Pública, no IPPUR-UFRJ.



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 15/12/2018 às 23:59:40