Karina de Oliveira Milhomem

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/3071640939038843
  • Última atualização do currículo em 12/10/2018


Graduada em Ciências Naturais pela Universidade Federal do Amazonas (2010). Mestre em Ciências Ambientais e Sustentabilidade na Amazônia - UFAM. Atualmente faz parte do quadro efetivo de docentes da Secretaria de Estado de Educação do Amazonas - SEDUC. Tem experiencia como pesquisadora - extensionista em projetos de pesquisas voltadas para a agricultura familiar, comunidades rurais amazônicas e desenvolvimento de tecnologias sociais com as populações tradicionais envolvidas nos mais diversos projetos, os quais são multi e interdisciplinares. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Karina de Oliveira Milhomem
Nome em citações bibliográficas
MILHOMEM, K. O.

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal do Amazonas, Nucleo de Socioeconomia - NUSEC.
Av. Gen. Rodrigo Octávio Jordão Ramos
Coroado I
69777-000 - Manaus, AM - Brasil
URL da Homepage: www.ufam.edu.br


Formação acadêmica/titulação


2015 - 2017
Mestrado em Ciências do Ambiente e Sustentabilidade na Amazônia.
Universidade Federal do Amazonas, UFAM, Brasil.
Título: A temática ambiental no contexto escolar: abordagens adotadas em projetos do Programa Ciência na Escola no Amazonas.,Ano de Obtenção: 2017.
Orientador: Maria Olívia de Albuquerque Ribeiro Simão.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado do Amazonas, FAPEAM, Brasil.
2006 - 2010
Graduação em Licenciatura em Ciências Naturais.
Universidade Federal do Amazonas, UFAM, Brasil.
Título: Perfil dos Professores de Ciências Naturais da Rede Municipal da cidade de Manaus/AM..
Orientador: Aldeniza Cardoso de Lima.




Formação Complementar


2010 - 2010
Aprendizagem e ação participativa-teoria e prática. (Carga horária: 88h).
Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amazonas, IFAM, Brasil.
2009 - 2009
Extensão universitária em Staphylococcus sp. resistentes a antibióticos. (Carga horária: 1h).
Universidade Federal do Amazonas, UFAM, Brasil.
2009 - 2009
Extensão universitária em Histologia: uma tecnica de multiplas aplicabilidad. (Carga horária: 1h).
Universidade Federal do Amazonas, UFAM, Brasil.
2009 - 2009
Extensão universitária em Reaproveitamento de resíduos:uma alternativa renda. (Carga horária: 1h).
Universidade Federal do Amazonas, UFAM, Brasil.
2009 - 2009
Extensão universitária em Questões Ambientais na Sociedade. (Carga horária: 1h).
Universidade Federal do Amazonas, UFAM, Brasil.
2007 - 2007
Extensão universitária em Micologia Geral. (Carga horária: 6h).
Universidade Federal do Amazonas, UFAM, Brasil.
2007 - 2007
Extensão universitária em Fungos Produtores de Metabolismo Insdustrial. (Carga horária: 6h).
Universidade Federal do Amazonas, UFAM, Brasil.
2006 - 2006
Extensão universitária em Sensibilidade à Antibióticos e Quimioterápicos. (Carga horária: 6h).
Universidade Federal do Amazonas, UFAM, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Federal do Amazonas, UFAM, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - 2016
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pesquisadora no Núcleo de Socioeconomia, Carga horária: 20

Atividades

02/2010 - 01/2016
Extensão universitária , Nucleo de Socioeconomia - NUSEC, .

Atividade de extensão realizada
Extensionista.

Secretaria de Estado da Educação e Qualidade do Ensino, SEDUC, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professora, Carga horária: 40

Atividades

02/2016 - Atual
Ensino,

Disciplinas ministradas
Biologia
02/2016 - Atual
Ensino,

Disciplinas ministradas
Ciências

Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Vínculo institucional

2007 - 2008
Vínculo: Bolsista - Inciação Cientifica, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 20
Outras informações
Atuação no Projeto de Pesquisa: Diversidade de fungos macroscópicos (Aphyllophorales) do campus do INPA, Manaus, Amazonas, Brasil.


Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - 2017
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista Mestrado, Carga horária: 20

Vínculo institucional

2009 - 2009
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista PIBID, Carga horária: 20
Outras informações
Bolsista no Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência - PIBID



Projetos de pesquisa


2015 - Atual
A temática ambiental no contexto escolar: abordagens adotadas em projetos do Programa Ciência na Escola no Amazonas.
Descrição: O projeto pretende fazer uma análise de como a Educação Ambiental tem sido trabalhada em escolas do estado do Amazonas, no âmbito dos projetos PCE..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2010 - Atual
Desenvolvimento humano e relações ambientais no médio Solimões
Descrição: O projeto contemplará 1300 agricultores (as) ribeirinhos (as) de forma direta e aproximadamente 5000 de forma indireta que não são assistidos por políticas sociais, econômicas, culturais e ambientais, o que vem promovendo uma exclusão social dessas populações. É importante ressaltar que a produção de subsistência, aliada ao modo de produção indígena/caboclo, prejudica pouquíssimo o meio ambiente e permite a manutenção da cobertura florestal. Esse modelo de desenvolvimento é de excepcional valia para o equilíbrio ecológico, porém de pouco peso econômico para o mundo moderno. Assim, deve-se potencializar com tecnologias sociais e ecotecnologias que visem a sustentabilidade, a segurança alimentar, novas oportunidades de emprego e renda, uma educação patrimonial ambiental para as populações tradicionais amazônicas visando à conservação e preservação do ambiente e da cultura material e imaterial. Neste sentido, somente as técnicas com poder cognitivo terão retorno. Estas devem respeitar a dinâmica de cada grupo social que é diferenciada nas dez comunidades que se pretende executar as ações propostas neste projeto, assim como, acompanhar as já existentes. Nesse sentido, O objetivo do projeto é capacitar agricultores (as) rurais para o desenvolvimento econômico, social e ambiental através da implantação de hortas escolares, farmácias vivas, viveiros de mudas, casa de farinha, produção de mel, criação caipira de galinhas e formação sociopolítica para gestores socioambientais de nove comunidades rurais: Comunidade Santa Luzia do Baixio (Iranduba), Comunidade Nossa Senhora das Graças da Costa do Pesqueiro II (Manacapuru), Comunidade Nossa Senhora de Nazaré (Manacapuru), Comunidade Bom Jesus (Anamã), Comunidade Santo Antônio (Anori), Comunidade Matrinxã (Codajás), Comunidade Esperança II (Coari), Comunidade Santa Luzia do Buiçuzinho do Lago de Coari (Coari) e Comunidade São Francisco da Costa da Terra Nova (Careiro da Várzea), todas pertencentes ao Estado do Amazonas..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.


Projetos de extensão


2013 - Atual
Estratégias de ecodesenvolvimento no sistema de produção de Malva e Juta nos municípios de Anamã, Caapiranga E Manacapuru
Descrição: O mundo do trabalho do camponês varzeano é marcado por inúmeras atividades, sendo o cultivo de juta e/ou de malva é uma delas. O cultivo dessas fibras é de fundamental importância socioeconômica para o Estado do Amazonas, pois acrescentam um contingente considerável de pessoas envolvidas nas suas atividades, abarcadas desde a produção de sementes até a industrialização e comercialização dos seus manufaturados, gerando riquezas no Estado. Entretanto, o processo de trabalho para a obtenção das fibras continua praticamente inalterado desde a introdução dessa atividade agrícola no estado do Amazonas no século passado. Apesar de ser cultivado em solo produtivo, as populações ribeirinhas possuem muitas dificuldades com a produção na várzea, verificada principalmente pela ausência de tecnologias apropriadas, pela falta de estrutura que promova a dinamização dos arranjos produtivos locais e falta de assistência técnica especializada. Dessa forma, este projeto visa contemplar três objetivos específicos, a fim de estabelecer uma rede de inovação tecnológica e pactuar ações dos agentes sociais envolvidos na formação da rede de tecnologia social; capacitar às comunidades ribeirinhas para a implantação de mecanismos sustentáveis de produção e acesso a políticas públicas, em parceria com órgãos governamentais, não-governamentais e movimentos sociais e promover processos gestão e comercialização de produtos sustentáveis da cadeia produtiva da malva/juta. A inovação nesta atividade produtiva será a inserção das máquinas descortiçadoras. O desenvolvimento e implementação de máquinas descortiçadoras de juta e/ou de malva têm por base as chamadas tecnologias sociais. A orientação metodológica desde projeto estará alicerçada em princípios e procedimentos participativos, num processo sistemático e contínuo, orientado por diagnósticos, monitoramentos e avaliações, visando ao acompanhamento das ações e possíveis alterações causadas pela implementação das atividades. Podemos perceber que, uma vez, esses produtores rurais detentores de uma inovação tecnológica, capacitações e treinamentos e melhores condições de trabalho, poderão produzir com maior eficiência e qualidade os produtos beneficiados das fibras de malva/juta facilitando seu acesso ao mercado que vem se tornando cada vez mais restrito.
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
2013 - Atual
Residência Agrária: Organização social e identificação de mercados - OSIM
Descrição: O projeto, resultado de articulação institucional SEPROR/SECT/FAPEAM/UFAM operacionalizado pelo NUSEC e CCA, tem como objetivo principal proporcionar a melhoria da qualidade de vida para população rural atendida através do apoio à organização social e acesso a canais de comercialização. Contemplará 2.400 famílias rurais que não são assistidas por políticas sociais, econômicas, culturais e ambientais, o que vem promovendo uma exclusão social dessas populações. Trata-se de assim, de potencializar por meio tecnologias sociais e ecotecnologias que visem a sustentabilidade, a segurança alimentar, novas oportunidades de emprego e renda para as populações tradicionais amazônicas visando à conservação e preservação do ambiente e da cultura material e imaterial.Neste sentido, a organização social desses sujeitos é essencial para a emancipação socialatravés do fortalecimento e ampliação das organizações sociais formais e informais da agricultura familiar no estado do Amazonas. A metodologia utilizada no projeto tem como pressuposto o respeito a dinâmica de cada grupo social que é diferenciada nas comunidades que se pretende executar as ações propostas neste projeto. Espera-se ao final do projeto a emancipação social dos sujeitos por meio do fortalecimento da cooperação e autogestão dos empreendimentos socioeconômicos..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
2010 - 2011
Capacitação agroecológica uma alternativa para o desenvolvimento e fortalecimento da agricultura familiar no Amazonas
Descrição: A realização de atividades de extensão com agricultores familiares deve começar com o conhecimento de suas necessidades, adotando uma postura de respeito com seus valores. A partir dos conhecimentos e técnicas já desenvolvidas por estes produtores, este projeto tem como objetivo adaptar técnicas agroecológicas que possam contribuir para a conservação dos recursos naturais, com a segurança alimentar e com a melhoria da qualidade de vida dos caboclos-ribeirinhos através da capacitação dos comunitários para desenvolverem atividades em olericultura e fruticultura, priorizando o uso de tecnologia adaptada para a agricultura familiar de base ecológica. Visando a execução deste projeto é necessário bolsistas na área técnico-científico e administrativo para as atividades de capacitação, administração e difusão de inovações agoecológicas..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
2010 - Atual
Parque Tecnológico para Inclusão Social: Rede de Pesquisa, Extensão e Inovação Tecnológica
Descrição: Este projeto propõe a criação do Parque Tecnológico para Inclusão Social da Universidade Federal do Amazonas (UFAM) cuja estrutura funcionará a partir da montagem de uma Rede de Inovação e Extensão Tecnológica voltada para inclusão social com sustentabilidade. O Parque operará sob a direção do Núcleo de Inovação Tecnológica (NIT), como gestor e indutor das oportunidades na Rede, abrangendo as Unidades Acadêmicas do Interior da UFAM. O conjunto das ações a serem empreendidas pela Rede promoverá a inclusão social dos diversos segmentos que se encontram em situação risco e vulnerabilidade social e ambiental, envolvidos direta e indiretamente, criando oportunidades de acesso para o usufruto Bens e Serviços Sociais e para adoção de práticas sustentáveis de geração de renda. A atuação do projeto abrangerá a sede e o meio rural de 24 municípios atendendo mais de 800 comunidades no estado do Amazonas. A Rede de Inovação e Extensão Tecnológica para Inclusão Social será composta por um conjunto de Subprojetos cuja totalidade das ações proposta resultará no desenvolvimento de estudos sobre a dinâmica sócio-cultural e política nas comunidades ribeirinhas e tradicionais do estado do Amazonas, na produção e a transferência de tecnologias sociais e tecnologias social e tecnicamente apropriadas para empresas e empreendimentos econômicos solidários, de modo a fornecer subsídios qualificados para as políticas públicas na área sócio-ambiental, política, cultural, econômica e tecnológica, voltadas para a realidade amazônica, com ações afirmativas de inclusão social a partir de um processo sócio-educativo e participativo pautado num aporte teórico-metodológico da pesquisa-ação abrangendo um conjunto de princípios ético-político, sócio-cultural e de inclusão social num efetivo esforço de manter a sinergia entre os atores no plano do território delimitado..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
2010 - Atual
Ações de Educação Ambiental no enfrentamento do problema do lixo
Descrição: Identificar os principais problemas relacionados com o lixo na Comunidade Nossa Senhora de Fátima localizada na margem direita do rio Tarumã Mirim, na zona rural da cidade de Manaus, e capacitar estudantes da área para implementação de uma estratégia sistemática e contínua que proporcione a diminuição dos impactos dos problemas diagnósticados em relação ao lixo na comunidade. Serão desenvolvidas ações ecopedagógocas para a contrução de um saber socioambiental que reúna o conhecimento acadêmico e o conhecimento popular e tradicional dos moradores do lugar. A reciclagem, como uma perspectiva de geração de renda e emprego e a melhoria das condições sanitárias visando uma melhor qualidade de vida e saúde para os moradores da comunidade são as principais motivações desta ação..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.


Idiomas


Inglês
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.
Espanhol
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
MILHOMEM, K. O.2018MILHOMEM, K. O.; SIMAO, M. O. A. R. . A TEMÁTICA AMBIENTAL EM ESCOLAS PÚBLICAS NO AMAZONAS: ANÁLISE A PARTIR DE PROJETOS DESENVOLVIDOS NO ÂMBITO DO PROGRAMA CIÊNCIA NA ESCOLA ? PCE.. REVISTA BRASILEIRA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL (ONLINE), v. 13, p. 162-176, 2018.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
Maria Aparecida de Jesus ; BRAGA NETO, R. ; MILHOMEM, K. O. ; ACHING, D. L. S. ; CIRINO, T. P ; ANDRADE, M. C. N. . Pesquisadores do INPA realizam treinamento e coleta de fungos na Reserva Ducke.. Programa de Pesquisa em Biodiversidade - PPBIO.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
CASTRO, A. P. ; FRAXE, T. J. P. ; MILHOMEM, K. O. ; SIQUEIRA, A. ; CASTRO, A. P. . Manejo da Agrobiodiversidade dos Sistemas Agroflorestais por ribeirinhos em Agroecossistema de várzea na Amazônia Ocidental. In: I Seminário Internacional de Ciências do Ambiente e Sustentabilidade da Amazônia, 2010, Manaus. I Seminário Internacional de Ciências do Ambiente e Sustentabilidade da Amazônia, 2010.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
MILHOMEM, K. O.; SIMAO, M. O. A. R. ; NEVES, G. P. . Perfil dos professores que desenvolvem projetos com a temática ambiental em escolas públicas do Amazonas: o Programa Ciência na Escola. In: 15º Congresso Nacional de Meio Ambiente, 2018, Poços de Caldas. Anais Congresso Nacional de Meio Ambiente de Poços de Caldas., 2018. v. 10.

2.
MILHOMEM, K. O.; Jesus, M.A ; ACHING, D. L. S. . Diversidade de Fungos macroscópicos (Aphyllophorales) no Campus do INPA, Manaus, Amazonas.. In: XVII Jornada de Iniciação Cientifica, 2008, Manaus. Biodiversidade Amazônica: Uso Sustentável, 2008. p. 129-130.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
MILHOMEM, K. O.; COSTA, M. S. B. ; SIMAO, M. O. A. R. . A LUDICIDADE COMO ATRATIVO PARA PROMOÇÃO DA EDUCAÇÃO AMBIENTAL NO INTERIOR DA AMAZÔNIA.. In: IX Fórum Brasileiro de Educação Ambiental e IV Encontro Catarinense de Educação Ambiental,, 2017, Balneário Camboriú. Anais do IX Fórum Brasileiro de Educação Ambiental e IV Encontro Catarinense de Educação Ambiental,, 2017. v. 12. p. 871-872.

2.
SIMAO, M. O. A. R. ; MILHOMEM, K. O. . TEMATICA AMBIENTAL EM ESCOLAS PÚBLICAS DO AMAZONAS: PROJETOS DO PROGRAMA CIÊNCIA NA ESCOLA - PCE.. In: IX Fórum Brasileiro de Educação Ambiental e IV Encontro Catarinense de Educação Ambiental, 2017, Balneário Camboriú. Anais do IX Fórum Brasileiro de Educação Ambiental e IV Encontro Catarinense de Educação Ambiental., 2017. v. 12. p. 360-361.

Apresentações de Trabalho
1.
MILHOMEM, K. O.; LIMA, A. C. . Perfil dos professores de Ciências Naturais da cidade de Manaus. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

2.
CASTRO, A. P. ; FRAXE, T. J. P. ; MILHOMEM, K. O. ; SIQUEIRA, A. ; CASTRO, A. P. . Manejo da agrobiodiversidade dos sistemas agroflorestais por ribeirinhos em agroecossistema de várzea na Amazônia Ocidental. 2010. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

3.
MILHOMEM, K. O.; CASTRO, A. P. ; Santiago, J.L. ; FRAXE, T. J. P. . Agricultura familiar tradicional e os múltiplos usos de SAF's pelos agricultores da comunidade Palestina, Caapiranga-AM.. 2010. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

4.
Souza, H.H ; CASTRO, A. P. ; Santiago, J.L. ; MILHOMEM, K. O. . Sustentabilidade e Sociedade: Máquina descortiçadora de fibra de malva, tecnologia social à serviço dos caboclos ribeirinhos do amazonas.. 2010. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

5.
MILHOMEM, K. O.; Jesus, M.A ; ACHING, D. L. S. . Diversidade de fungos macroscopicos (Aphyllophorales) no Campus do INPA. 2008. (Apresentação de Trabalho/Seminário).



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
IX Fórum Brasileiro de Educação Ambiental e IV Encontro Catarinense de Educação Ambiental.A LUDICIDADE COMO ATRATIVO PARA PROMOÇÃO DA EDUCAÇÃO AMBIENTAL NO INTERIOR DA AMAZÔNIA.. 2017. (Seminário).

2.
IX Fórum Brasileiro de Educação Ambiental e IV Encontro Catarinense de Educação Ambiental,.TEMATICA AMBIENTAL EM ESCOLAS PÚBLICAS DO AMAZONAS: PROJETOS DO PROGRAMA CIÊNCIA NA ESCOLA - PCE. 2017. (Seminário).

3.
2ª Mostra de Educação Ambiental. 2015. (Seminário).

4.
Encontro Intercontinental sobre natureza.Mapeamento Participativo em Sete Unidades de Conservação no Extrativismo não Madeireiro. 2015. (Encontro).

5.
63ª Reunião Anual da SBPC. Perfil dos professores de Ciências Naturais da rede municipal da cidade de Manaus.. 2011. (Congresso).

6.
1ª Amostra e Intercambio de Exeriencias em Educação Ambiental na Amazonia: Diversidade de Atores e Pluralidade de Saberes. 2010. (Encontro).

7.
II Encontro da Sociedade Brasileira de Sociologia da Região Norte.Sustentabilidade e Sociedade: Máquina descortiçadoras de fibra de malva (Urena Lobata L.), tecnologia social a serviço dos cablcos ribeirinhos do Amazonas.. 2010. (Encontro).

8.
I Seminario Ciencia e Tecnologia: um encontro de saberes no Amazonas. 2010. (Seminário).

9.
I Seminario Internacional de Ciencias do Ambiente e Sustentabilidade da Amazonia. 2010. (Seminário).

10.
I Seminário Internacional de Ciências do Ambiente e Sustentabilidade da Amazonia.Manejo da Agrobiodiversidade dos Sistemas Agroflorestais por ribeirinhos em agrossistema de varzea na Amazonia Ocidental. 2010. (Seminário).

11.
Avaliação do curso de Ciências Naturais. 2009. (Seminário).

12.
XVII Jornada de Inciação Cientifica.Diversidade de Fungos Macroscopicos (Aphylloporales) no campus do INPA, Manaus, AM.. 2008. (Outra).

13.
II Semana de Ciencias Naturais: 40 anos de contribuição Cientifica, Sacila e Cultural. 2007. (Outra).

14.
I Semana de Ciencias Naturais: Um Universo de Saberes. 2006. (Outra).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
FRAXE, T. J. P. ; Witkoski, A.C. ; CASTRO, A. P. ; Santiago, J.L. ; MILHOMEM, K. O. ; CHAGAS, J. C. N. ; VASQUES, M. S. . I Seminário de Ciência e Tecnologia: um encontro de saberes no Amazonas.. 2010. (Congresso).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 16/10/2018 às 18:46:14