Frederico Rios Cury Dos Santos

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/3548248710419088
  • Última atualização do currículo em 29/09/2018


Sou bacharel em Direito pela UFMG, onde cursei disciplinas que considero indispensáveis para a compreensão da estrutura jurídica do Estado brasileiro e do Direito Internacional, como Teoria Geral do Estado, Teoria Constitucional, Introdução às teorias democráticas, Modernidade e mudança social, Direito Civil, Penal, Constitucional, Direito Internacional Público, etc. Trata-se de formação que julgo importante para a realização de uma cidadania mais plena. Durante o curso, participei de intercâmbio na França pelo programa Minas Mundi da UFMG. Posteriormente, no intuito de buscar uma formação humanística mais consistente, decidi fazer novo bacharelado, dessa vez em Filosofia, na UFMG, onde tive o privilégio e o tempo de visitar fontes diretas de alguns dos principais e mais influentes pensadores da humanidade. O curso de Filosofia é estruturado em dois eixos: a) o eixo histórico, por meio do qual tomamos contato com os pensadores desde a Antiguidade Grega Clássica, até a Filosofia Contemporânea; b) o eixo sistemático, em que somos introduzidos às principais temáticas da Filosofia em Lógica e Retórica, Ética, Estética, Política e Filosofia das Ciências. Durante o curso, frequentei o grupo de Estudos sobre os Ensaios de Montaigne. Já bacharel em Direito e Filosofia, obtive o título de mestre em Relações Internacionais pela PUC Minas, onde defendi uma dissertação sobre as representações do inimigo no discurso cinematográfico de Elia Kazan, por meio dos pressupostos da Análise do Discurso Francesa. Paralelamente ao mestrado, cursei uma pós-graduação lato sensu em Estudos Diplomáticos, e, desde 2013, o bacharelado em Letras na UFMG, onde já concluí disciplinas como Francês I, II, III, IV, Leitura de Textos Francófonos, Introdução à Literatura Francesa, Inglês Habilidades Integradas I, II, III, Introdução às Literaturas de Língua Inglesa, Teoria da Literatura I e II, Introdução à Literatura Comparada, Linguística I e II, Introdução à Linguística Comparada, Oficina de textos e Introdução à Análise do Discurso. Conclui igualmente atividade de Iniciação Científica Voluntária em Análise do Discurso e integro o grupo de estudos cadastrado pelo CNPq, Retórica e Argumentação. Em 2016, tive que interromper a terceira graduação em Letras para começar os doutorados em Relações Internacionais na USP, com período sanduíche na Sciences Po Paris, e em Linguística do Texto e do Discurso na UFMG, com período sanduíche na Sorbonne. Ambas as teses que venho preparando versam sobre discursos e política, de modo que as leituras de um doutorado se comunicam com as do outro. Atualmente sou membro como pesquisador doutorando do Grupo "Retórica e Argumentação" da UFMG, do Núcleo de Estudos de Análise Crítica do Discurso da USP e do Centre d'Études Européennes et de Politique Comparée, da Sciences Po Paris. Sou ainda sócio da Sociedade Brasileira de Retórica, da Associação Latino-Americana de Retórica e da Associação Latino-Americana de Estudos do Discurso (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Frederico Rios Cury Dos Santos
Nome em citações bibliográficas
DOS SANTOS, Frederico Rios C.

Endereço


Endereço Profissional
Institut d'Études Politiques de Paris.
27, rue Saint Guillaume
Saint-Germain des Près
Paris, - França
Telefone: (33) 0752869003


Formação acadêmica/titulação


2016
Doutorado em andamento em Relações Internacionais.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
com período sanduíche em Institut d'Études Politiques de Paris (Orientador: Virginie Guiraudon).
Título: Representações da alteridade na imprensa francesa: o debate sobre as políticas de imigração,
Orientador: Rossana Rocha Reis.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Alteridade; Discurso; Poder; Mídia.
Grande área: Ciências Humanas
2016
Doutorado em andamento em Estudos Lingüísticos.
Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.
com período sanduíche em Université Paris-Sorbonne (Orientador: Dominique Maingueneau).
Título: As relações polêmicas do impeachment: o discurso de destituição de Dilma Rousseff,
Orientador: Helcira Maria Rodrigues de Lima.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Discourse studies; Analyse du discours; Análise do Discurso; Parlamento; Impeachment; Dilma Rousseff.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes
Grande Área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Lingüística / Subárea: Análise do Discurso.
2013 - 2015
Mestrado em Relações Internacionais: Política Internacional.
Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, PUC Minas, Brasil.
Título: Cinema e micropoder nas Relações Internacionais: a estética do inimigo em Elia Kazan,Ano de Obtenção: 2015.
Orientador: Otavio Soares Dulci.
Palavras-chave: Cinema; Análise do Discurso; Pós-positivismo; Elia Kazan; Entreguerras; Guerra Fria.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Lingüística / Subárea: Análise do Discurso.
Grande Área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Lingüística / Subárea: Filosofia.
2013 - 2014
Especialização em Estudos Diplomáticos.
Centro de Direito Internacional, CEDIN, Brasil.
Título: As relações bilaterais entre Brasil e China, simbiose ou neocolonialismo.
Orientador: Délber Andrade Lage.
2013 interrompida
Graduação interrompida em 2015 em Letras.
Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.
Ano de interrupção: 2015
2009 - 2013
Graduação em Filosofia.
Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.
Título: A doutrina do intelecto em Santo Tomás de Aquino.
Orientador: Tadeu Mazzola Verza.
2003 - 2009
Graduação em Direito.
Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.
com período sanduíche em Université Pierre-Mendès-France - Grenoble II (Orientador: Não se aplica).
Título: Direito Penal do Inimigo em Jakobs.
Orientador: Luís Augusto Sanzo Brodt.




Formação Complementar


2018 - 2018
Modèle dialogal trilogique de l'argumentation. (Carga horária: 6h).
Universidad de Buenos Aires, UBA, Argentina.
2017 - 2017
Workshop sobre Informação, Visualização e Compreensão: o design como recur. (Carga horária: 6h).
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
2017 - 2017
Epic and tradegy in the Western. (Carga horária: 12h).
Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.
2017 - 2017
Workshop sobre Competência Comunicativa na Pós-Graduação: o impacto da com. (Carga horária: 3h).
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
2016 - 2016
Workshop sobre Análise do Discurso. (Carga horária: 12h).
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
2016 - 2016
Workshop sobre Teoria das Relações Internacionais. (Carga horária: 12h).
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
2016 - 2016
Workshop sobre metodologia e produção de trabalhos acadêmicos. (Carga horária: 12h).
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
2016 - 2016
União Européia: estrutura institucional, negociações internas e internacion. (Carga horária: 8h).
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
2013 - 2013
Política Internacional da Ásia. (Carga horária: 15h).
Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, PUC Minas, Brasil.
2008 - 2008
Extensão universitária em Estrutura da Linguagem Musical. (Carga horária: 30h).
Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.
2007 - 2007
Extensão universitária em Histoire de l'identité européenne.
Universite Pierre Mendes France, França.
2007 - 2007
Extensão universitária em Protection internationale des droits de l'homme.
Universite Pierre Mendes France, França.
2007 - 2007
Extensão universitária em Français pour les etrangers. (Carga horária: 24h).
Universite Stendhal, Grenoble 3, USGIII*, França.
2007 - 2007
Extensão universitária em Droit de l'urbanisme.
Universite Pierre Mendes France, França.
2007 - 2007
Extensão universitária em Sport (volley-ball).
Universite Pierre Mendes France, França.
2007 - 2007
Extensão universitária em Droit du contentieux constitutionnel.
Universite Pierre Mendes France, França.
2006 - 2006
Extensão universitária em História e Música A. (Carga horária: 30h).
Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.
2006 - 2006
Extensão universitária em Fundamentos de Harmonia I. (Carga horária: 30h).
Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.
2004 - 2006
Extensão universitária em Percepção Musical.
Universidade do Estado de Minas Gerais, UEMG, Brasil.
2004 - 2006
Extensão universitária em Piano.
Universidade do Estado de Minas Gerais, UEMG, Brasil.
2005 - 2005
Extensão universitária em Curso de Inverno de Direito Internacional. (Carga horária: 67h).
Centro de Direito Internacional, CEDIN, Brasil.
2003 - 2004
Extensão universitária em Latim. (Carga horária: 180h).
Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.
2001 - 2004
Inglês. (Carga horária: 780h).
Centro de Cultura Anglo Americana, CCAA, Brasil.
2000 - 2003
Matemática.
KUMON, KUMON, Japão.
2001 - 2002
Português.
KUMON, KUMON, Japão.


Atuação Profissional



Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Vínculo institucional

2018 - Atual
Vínculo: Pesquisador doutorando, Enquadramento Funcional: PhD researcher at NEAC-USP
Outras informações
Pesquisador doutorando no Núcleo de Estudos em Análise Crítica do Discurso da Universidade de São Paulo.

Vínculo institucional

2017 - Atual
Vínculo: Estagiário de docência, Enquadramento Funcional: Voluntary stage on education, Carga horária: 6

Vínculo institucional

2016 - Atual
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: PhD researcher financed by Capes, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.


Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - Atual
Vínculo: Pesquisador doutorando, Enquadramento Funcional: Pesquisador no Grupo Retórica e Argumentação, Carga horária: 3
Outras informações
Pesquisador doutorando no Grupo cadastrado no CNPq "Retórica e Argumentação".

Vínculo institucional

2014 - 2015
Vínculo: Estagiário, Enquadramento Funcional: Estágio voluntário de Iniciação Científica, Carga horária: 20


Tribunal de Justiça de Minas Gerais, TJMG, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2008
Vínculo: Estágio, Enquadramento Funcional: Stage, Carga horária: 20


Fundação Guimarães Rosa, FGR, Brasil.
Vínculo institucional

2005 - 2006
Vínculo: Estágio, Enquadramento Funcional: Stage, Carga horária: 20


Centre d'Études Européennes et de Politique Comparée - Sciences Po, CEE SCIENCES PO, França.
Vínculo institucional

2018 - Atual
Vínculo: Visiting researcher, Enquadramento Funcional: Researcher



Projetos de pesquisa


2018 - Atual
Núcleo de Estudos em Análise Crítica do Discurso da USP
Descrição: Pesquisador-estudante doutorando Criado em 2013, o Núcleo de Estudos em Análise Crítica do Discurso (NEAC - USP), da FFLCH-USP, reúne professores/pesquisadores e estudantes de todos os níveis (da Iniciação Científica ao Doutorado) que comungam o interesse pelos estudos do discurso numa perspectiva critica, com o propósito de buscar - em textos escritos/orais representativos de diferentes gêneros discursivos em distintas esferas sociais e produzidos desde o século XIX até o momento atual - identificar a constituição dos gêneros discursivos, a construção de representações sociais e a configuração identitária. Para tanto, busca-se fazer um trabalho de coleta de dados, de reflexão teórica multidisciplinar e de análise As pesquisas desenvolvidas no âmbito do NEAC estão vinculadas à Linguística Textual e aos Estudos Críticos do Discurso, tendo, como base linguística, as abordagens sistêmico-funcional e/ou cognitiva. O grupo de pesquisa está ligado à linha de pesquisa Linguística Textual e Estudos do Discurso no Português do Programa de Pós-Graduação em Filologia e Língua Portuguesa da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (FFLCH-USP)..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2016 - Atual
As relações polêmicas do impeachment: o discurso de destituição de Dilma Rousseff
Descrição: Projeto de doutorado. O Parlamento é o lugar por excelência do exercício da cidadania. É lá que o povo, em países democráticos, exerce seu poder soberano por meio de seus representantes eleitos. A imprensa, por sua vez, também é investida de uma função pública, que é a de informar a sociedade inclusive sobre o que se passa no legislativo. Trata-se, portanto, a imprensa e o Parlamento, de duas esferas de expressão do discurso político. A presente pesquisa tem por escopo se debruçar sobre os debates suscitados nessas instâncias deliberativas do Brasil por ocasião do impeachment de Dilma Rousseff, a fim de verificar como se dão as interações polêmicas em torno do tema. A hipótese é que, apesar de a imprensa se pautar pelo imperativo ético de mostrar as diferentes facetas e lados de um dado conflito, o que parece haver é uma estratégia discursiva, tanto no Congresso Nacional, quanto na imprensa, de silenciamento da voz do opositor político, do representante da formação discursiva adversária. Serão investigados, em uma perspectiva comparatista, os proferimentos da sessão legislativa da Câmara dos Deputados referente à votação sobre a admissibilidade do processo do impeachment, a sessão no Senado Federal de seu julgamento, bem como artigos de opinião sobre o tema nas revistas semanais Veja e Carta Capital. Recortado o objeto, antes da análise qualitativa sobre a natureza das relações polêmicas que se apresentarem no contexto em questão, serão construídos bancos de dados que possibilitarão mensurar os principais lugares comuns, clichês, estereótipos, recursos emotivos, argumentos lógicos, entre outras estratégias retóricas, com o intuito de analisar extratos discursivos que realmente foram representativos nas interações polêmicas..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (1) .
Integrantes: Frederico Rios Cury Dos Santos - Integrante / LIMA, Helcira Maria Rodrigues de - Coordenador.
2016 - Atual
Representações da alteridade na imprensa francesa: o debate sobre as políticas de imigração
Descrição: Projeto de doutorado. A França é atualmente um dos principais receptáculos da população imigrante do mundo. Acontecimentos terroristas recentes no país têm contribuído para a fragilização das já precárias condições dos estrangeiros, notadamente os de ascendência islâmica. Políticas segregacionistas, de restrição de direitos, associadas a uma retórica belicista estariam supostamente incrementando o processo de exclusão em curso. A pesquisa parte do pressuposto construtivista de que a política, se não é de todo determinada pelos discursos, pelo menos caminha lado a lado com dizeres que se difundem na sociedade a partir de sua base, ou seja, fora das instâncias governamentais e imbricados nas práticas cotidianas dos cidadãos. A hipótese é de que o debate sobre as políticas francesas de imigração se inseririam dentro de um discurso de perigo e de uma cultura do medo promovidas no espaço público em função da percepção de uma ameaça existencial representada pelo islamismo, seja na forma de migração, seja na forma de ataques terroristas. Assim, procurar-se-á analisar quantitativa e qualitativamente as diferenças das representações do imigrante em jornais de distintas orientações ideológicas na França. Com o auxílio principalmente das ferramentas e procedimentos da análise argumentativa entendida no Discurso, será verificado se existe uma relação entre os lugares comuns, os preconceitos, os slogans, os estereótipos dos formadores de opinião nesses veículos de comunicação..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (1) .
Integrantes: Frederico Rios Cury Dos Santos - Integrante / Rossana Rocha Reis - Coordenador.Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa.
2014 - 2015
Aspectos argumentativos na obra cinematográfica de Elia Kazan.
Descrição: Projeto de iniciação científica voluntária. Buscou-se analisar os aspectos argumentativos presentes em duas obras cinematográficas do diretor norte-americano Elia Kazan, cada uma delas concebida em um momento distinto da história dos Estados Unidos, o pós crise de 1929 e o contexto da Guerra Fria..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Frederico Rios Cury Dos Santos - Integrante / LIMA, Helcira Maria Rodrigues de - Coordenador.
2014 - Atual
Retórica e argumentação - grupo de pesquisa credenciado no Cnpq
Descrição: Estudar, publicar e divulgar textos, bem como reunir e formar pesquisadores nas áreas de história da retórica e da argumentação e sua caracterização nos discursos filosófico, literário, jurídico, científico, político, religioso e artístico. Linhas de pesquisa: História da retórica e da argumentação Retórica e argumentação nos discursos filosófico, literário, jurídico, científico, político, religioso e artístico Retórica, argumentação e análise do discurso. Retórica, argumentação e teoria das emoções..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (9) .
Integrantes: Frederico Rios Cury Dos Santos - Integrante / LIMA, Helcira Maria Rodrigues de - Coordenador / Maria Cecília de Miranda Nogueira Coelho - Integrante / Carolina Assunção e Alves - Integrante / Jean Pierre Chauvin - Integrante.
2013 - 2015
Cinema e micropoder nas Relações Internacionais: a estética do inimigo em Elia Kazan
Descrição: Projeto de mestrado acadêmico. O trabalho tem como objetivo verificar, através do cinema, a mudança de concepções, discursos, imaginários, crenças compartilhadas, estereótipos, representações, a figura do desejável e do indesejável, do dentro e do fora, do amigo e do inimigo em duas épocas marcantes nas Relações Internacionais: o período do entreguerras e o período pós-Segunda Guerra Mundial. No entreguerras, presenciou-se uma crise generalizada no mundo capitalista, crise essa que atingiu seu ápice no episódio da quebra da Bolsa de Nova York. A partir desse momento, assistiu-se à emergência e acolhida de discursos que visavam legitimar o chamado Welfare State, conhecido pela apologia ao intervencionismo estatal na economia. Esse modelo de Estado foi buscar sua inspiração no discurso socialista, que tinha como lastro o modelo de economia planificada da União Soviética, esta refratária à crise econômica mundial. O segundo período sob análise será o da Guerra Fria, caracterizado pela desautorização do discurso socialista não somente no nível governamental e legislativo nos Estados Unidos, com a Comitê de Atividades Anti-Americanas e o Tribunal Macarthista, mas também no interior da sociedade americana em específico e do mundo capitalista em geral. Tanto é assim que muitos dos expurgos e perseguições a suspeitos de pactuar com os ideais socialistas e afrontar o valor do Estado Mínimo, na época considerado a essência da americanidade, davam-se pela via da denúncia anônima. A análise do trabalho versará sobre dois filmes de Elia Kazan representativos dessas épocas: ?Rio Violento?, cujo contexto é o do entreguerras, e ?Sindicato de Ladrões?, que se passa durante a Guerra Fria. Para isso, a Análise do Discurso e a Argumentação aplicadas ao cinema serão as ferramentas de trabalho. O marco teórico da pesquisa situa-se no interior do que se entende por pós-positivismo em Relações Internacionais, tendência teórica que privilegia os estudos discursivos nas ciências humanas, por conceber a realidade enquanto escritura, enquanto discurso..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Frederico Rios Cury Dos Santos - Integrante / Otávio Soares Dulci - Coordenador.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Relações Internacionais.
2.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Filosofia.
4.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Direito.


Idiomas


Francês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Latim
Lê Razoavelmente.


Prêmios e títulos


2016
DALF C1, Alliance Française.
2004
The best english student, CCAA.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
DOS SANTOS, Frederico Rios C.2016 DOS SANTOS, Frederico Rios C.. Identidade e natureza em 'Les Roseaux Sauvages' de André Téchiné. ABRALIN (Curitiba), v. 15, p. 189-203, 2016.

2.
DOS SANTOS, Frederico Rios C.2013DOS SANTOS, Frederico Rios C.. Vinte Anos de Crise (1919-1939): uma introdução ao estudo das Relações Internacionais. Revista do Instituto de Ciências Humanas PUC Minas, v. 8, p. 71-74, 2013.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
DOS SANTOS, Frederico Rios C.. O Direito Penal do Inimigo de Jakobs: mais um reflexo da crise de legitimidade do discurso jurídico-penal contemporâneo. Revista do CAAP, 01 set. 2006.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
DOS SANTOS, Frederico Rios C.. Identidade e natureza em Les Roseaux Sauvages de André Téchiné. In: III Seminário Internacional de Estudos sobre Discurso e Argumentação, 2016, São Cristóvão. Anais do III Seminário Internacional de Estudos sobre Discurso e Argumentação. Ilhéus: Editora da Universidade Estadual de Santa Cruz, 2016. p. 1713-1723.

2.
DOS SANTOS, Frederico Rios C.. A Estética do Inimigo no Discurso de Elia Kazan: aspectos argumentativos de 'Sindicato de Ladrões' e 'Rio Violento'. In: II Seminário Internacional de Estudos sobre Discurso e Argumentação, 2015, Belo Horizonte. Anais do II Seminário de Estudos sobre Discurso e Argumentação. Belo Horizonte: Editora da Faculdade de Letras da UFMG, 2015. p. 426-439.

3.
DOS SANTOS, Frederico Rios C.. Cinema, discurso e hegemonia internacional. In: V SimpoRI, 2015, São Paulo. Anais do V SimpoRI, 2015.

Apresentações de Trabalho
1.
DOS SANTOS, Frederico Rios C.. As emoções na Teoria da Esquematização de Jean-Blaize Grize: o discurso de Janaína Paschoal na USP. 2018. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

2.
DOS SANTOS, Frederico Rios C.. As emoções na Teoria da Esquematização de Jean-Blaize Grize: o discurso de Janaína Paschoal na USP. 2018. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

3.
DOS SANTOS, Frederico Rios C.. THE EMOTIONS IN JEAN-BLAISE GRIZE'S THEORY OF SCHEMATIZATION: THE JANAÍNA PASCHOAL'S SPEECH AT USP. 2018. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

4.
DOS SANTOS, Frederico Rios C.. Identidade e natureza em Les Roseaux Sauvages de André Téchiné. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

5.
DOS SANTOS, Frederico Rios C.. A cenografia do impeachment: o discurso de destituição de Dilma Rousseff. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

6.
DOS SANTOS, Frederico Rios C.. The scenography of the impeachment: the speech of dismissal of Dilma Rousseff. 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

7.
DOS SANTOS, Frederico Rios C.. As relações polêmicas do impeachment: o discurso sobre a destituição de Dilma Rousseff. 2017. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

8.
DOS SANTOS, Frederico Rios C.. A argumentação do impeachment: transgressão e assujeitamento no discurso destituinte de Dilma Rousseff. 2017. (Apresentação de Trabalho/Outra).

9.
DOS SANTOS, Frederico Rios C.. Identidade e Natureza em Les Roseaux Sauvages de André Téchiné. 2016. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

10.
DOS SANTOS, Frederico Rios C.. Governança Global e Neoliberalismo: história de uma hegemonia discursiva. 2016. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

11.
DOS SANTOS, Frederico Rios C.. A estética do inimigo no discurso de Elia Kazan: aspectos argumentativos de 'Sindicato de Ladrões' e 'Rio Violento'. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

12.
DOS SANTOS, Frederico Rios C.. Cinema e micropoder nas Relações Internacionais: a estética do inimigo em Elia Kazan. 2015. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

13.
DOS SANTOS, Frederico Rios C.. Neoliberalismo e Estado de Bem-Estar Social em Elia Kazan. 2014. (Apresentação de Trabalho/Seminário).



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Colóquio Montaigne: novas leituras. 2011. (Outra).

2.
1º Seminário IBRAC - UFMG. 2008. (Seminário).

3.
Semiótica e Ensino de Português. 2005. (Seminário).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
DOS SANTOS, Frederico Rios C.. IV Jornadas Latino-Americanas de Retórica e V Congresso Brasileiro de Retórica. 2018. (Congresso).

2.
DOS SANTOS, Frederico Rios C.. VIII Seminário de Teses e Dissertações do Programa de Pós-Graduação em Estudos Linguísticos da UFMG. 2017. (Congresso).

3.
DOS SANTOS, Frederico Rios C.. II Seminário Docere, Delectare et Movere. 2017. (Congresso).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 16/11/2018 às 16:47:01