Alessandra Affortunati Martins Parente

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/3934495055881749
  • Última atualização do currículo em 27/12/2018


Psicóloga, Psicanalista e pesquisadora de pós-doutorado do Departamento de Filosofia da FFLCH-USP (bolsa FAPESP). Doutora em Psicologia Social e do Trabalho pela Universidade de São Paulo (Bolsa Capes - USP/2015) com período sanduíche na Alemanha-Berlim (ZfL), Mestre em Psicologia Clínica pela Pontifícia Universidade Católica (Bolsa Capes - PUC-SP/2004), Formada em Filosofia pela Universidade de São Paulo (USP/2007) e em Psicologia pela Pontifícia Universidade Católica (PUC-SP/1999). Em sua pesquisa atual pela FFLCH-USP dedica-se ao estudo da categoria de estrangeiro em Freud e Walter Benjamin, e suas ressonâncias no presente a partir de Jacques Lacan. Tal pesquisa, centrada nessa categoria teórico-clínica não-identitária - o estrangeiro -, orienta atendimentos em grupo realizados na Casa do Adolescente (UBS-SUS), voltados atualmente para questões de gênero. É membro do Laboratório de Pesquisa e Teoria Social, Filosofia e Psicanálise (Latesfip-USP), onde investiga as relações entre cibernética, psicanálise e neoliberalismo, observando restrições de experiências não-identitárias na Cultura do Algoritmo e também é membro do GT de Filosofia da Psicanálise da ANPOF. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Alessandra Affortunati Martins Parente
Nome em citações bibliográficas
PARENTE, A. A. M.

Endereço


Endereço Profissional
Universidade de São Paulo, Faculdade de Filosofia Letras e Ciências Humanas.
Rua do Lago, 717
Butantã
05508080 - São Paulo, SP - Brasil
Telefone: (11) 983829839


Formação acadêmica/titulação


2011 - 2015
Doutorado em Psicologia Social.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
com período sanduíche em Zentrum für Literatur- und Kulturforschung Berlin (Orientador: Sigrid Weigel).
Título: Sublimação e Unheimliche: entre Freud e Walter Benjamin, Ano de obtenção: 2015.
Orientador: João Augusto Frayze-Pereira.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Psicologia / Subárea: PSICANÁLISE.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: Teoria e Filosofia da História.
2001 - 2004
Mestrado em Psicologia (Psicologia Clínica).
Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, PUC/SP, Brasil.
Título: Estudo Comparativo do Conceito de Transferência em Freud e Winnicott,Ano de Obtenção: 2004.
Orientador: Prof. Dr. Zeljko Loparic.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Transferência; Winnicott; Freud; Epistemologia da psicanálise.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Psicologia / Subárea: PSICANÁLISE E CLÍNICA.
2002 - 2007
Graduação em Filosofia.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
1995 - 1999
Graduação em Psicologia.
Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, PUC/SP, Brasil.
Título: Acompanhar a morte de perto: um caminho para a autenticidade?.
Orientador: Maria Cecília Roth.


Pós-doutorado


2018
Pós-Doutorado.
Birkbeck, University of London, BBK, Inglaterra.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Psicologia / Subárea: PSICANÁLISE E CLÍNICA.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Estética e Filosofia da Arte.
2016
Pós-Doutorado.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.
Grande área: Ciências Humanas


Formação Complementar


2018 - 2018
Extensão universitária em Summer School. (Carga horária: 39h).
Birkbeck, University of London, BBK, Inglaterra.
2015 - 2016
Formações Clínicas do Campo Lacaniano.
Fórum de São Paulo, FCL/SP, Brasil.
2014 - 2014
Seminário sobre a obra de Walter Benjamin. (Carga horária: 15h).
Zentrum für Literatur- und Kulturforschung Berlin, ZfL, Alemanha.
2009 - 2010
Psicanálise.
Instituto Sedes Sapientiae, SEDES, Brasil.
2009 - 2010
Grupo de Arte e Psicanálise. (Carga horária: 154h).
Grupo de Arte e Psicanálise do EBEP, EBEP, Brasil.
2004 - 2004
Projeto Criatividade: Ação e Pensamento. (Carga horária: 70h).
Instituto Tomie Ohtake, TOMIE OHTAKE, Brasil.
1998 - 2003
Psicanálise - Obras de Sigmund Freud. (Carga horária: 200h).
Grupo de estudos de psicanálise, GRUPO, Brasil.
2000 - 2000
Clínica Psicanalítica: conflito e sintoma. (Carga horária: 68h).
Instituto Sedes Sapientiae, SEDES, Brasil.
1998 - 2000
Fenomenologia-existencial - Obras de M Heidegger. (Carga horária: 80h).
Grupo de estudos de fenomenologia-existencial, GRUPO, Brasil.
1996 - 2000
Fenomenologia-existencial -Obras de G. Bachelard. (Carga horária: 360h).
Grupo de estudos de fenomenologia-existencial, GRUPO, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - Atual
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pesquisador, Carga horária: 40

Atividades

10/2016 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Instituto de Psicologia, .

05/2016 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Faculdade de Filosofia Letras e Ciências Humanas, .

02/2011 - 03/2015
Pesquisa e desenvolvimento , Instituto de Psicologia, .

Linhas de pesquisa
Sublimação e Unheimliche

Casa do Adolescente - SUS, C. A. - SUS, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Psicanalista, Carga horária: 4

Atividades

02/2016 - Atual
Serviços técnicos especializados , Casa do Adolescente (SUS), .

Serviço realizado
Atendimentos individuais de adolescentes; Atendimentos em grupo voltados para adolescentes LGBT; Rodas de conversas e jogos teatrais inspirados nas técnicas de Augusto Boal.

Universidade Paulista, UNIP, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - 2016
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Carga horária: 20

Atividades

02/2016 - 04/2016
Ensino, Psicologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História da Psicologia
História do Pensamento Filosófico
Supervisão em Atendimentos Clínicos Breves (Abordagem psicanalítica)
08/2015 - 12/2015
Ensino, Psicologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Teorias e Sistemas em Psicologia
02/2015 - 06/2015
Ensino, Psicologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Introdução ao Pensamento Filosófico
História da Psicologia
Filosofia, Comunicação e Ética
Ética Profissional
02/2014 - 06/2014
Ensino, Psicologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Ética Profissional
08/2013 - 12/2013
Ensino, Psicologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Desdobramentos da Teoria Psicanalítica
Teoria e Sistemas em Psicologia
02/2013 - 06/2013
Ensino, Psicologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Ética e cidadania
Filosofia, Comunicação e Ética
08/2012 - 12/2012
Ensino, Psicologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Desdobramentos da Teoria Psicanalítica
Supervisão de Estágio em Psicodiagnóstico - Psicanálise
02/2012 - 06/2012
Ensino, Psicologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Teorias Psicanalíticas
Supervisão de Estágio em Psicodiagnóstico - Psicanálise
08/2011 - 12/2011
Ensino, Psicologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Desdobramentos da Teoria Psicanalítica
Supervisão de Estágio em Psicodiagnóstico - Psicanálise
02/2011 - 06/2011
Ensino, Psicologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Supervisão de Estágio em Psicodiagnótico - Psicanálise
Teorias Psicanalíticas
08/2010 - 12/2010
Ensino, Psicologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Desdobramentos da Teoria Psicanalítica
02/2010 - 06/2010
Ensino, Psicologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Ética e Cidadania
Teorias e Sistemas em Psicologia
08/2009 - 12/2009
Ensino, Psicologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Teorias e Sistemas em Psicologia
Psicoterapia Breve
02/2009 - 06/2009
Ensino, Psicologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Ética e cidadania

Escola Viva, VIVA, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2008
Vínculo: Professor, Enquadramento Funcional: Professora de Filosofia, Carga horária: 6

Atividades

06/2008 - 12/2008
Ensino,

Disciplinas ministradas
Filosofia

Escola Vera Cruz, VERA, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2008
Vínculo: Professor, Enquadramento Funcional: Professora de Filosofia, Carga horária: 11

Atividades

02/2008 - 12/2008
Ensino,

Disciplinas ministradas
Professor Substituto de Filosofia

Colégio Oswald de Andrade Caravelas, OSWALD CARAVELAS, Brasil.
Vínculo institucional

2004 - 2008
Vínculo: Professor, Enquadramento Funcional: Professor de Filosofia e Ética, Carga horária: 6

Vínculo institucional

2000 - 2003
Vínculo: Monitora, Enquadramento Funcional: Monitora de Ética e Psicologia Social, Carga horária: 2

Atividades

02/2004 - 12/2007
Ensino,

Disciplinas ministradas
Filosofia
Ética - Orientações de Monografias realizadas por alunos do 2o. ano do Ensino Médio
02/2000 - 12/2003
Estágios , Colégio Oswald de Andrade, .

Estágio realizado
Orientação de Monografias de Ética - 2o. ano do Ensino Médio.

Grupo de apoio à escolarização Trapézio, TRAPÉZIO, Brasil.
Vínculo institucional

2003 - 2004
Vínculo: Psicóloga, Enquadramento Funcional: Psicóloga, Carga horária: 20

Atividades

02/2003 - 12/2004
Serviços técnicos especializados , Grupo de Apoio à Escolarização Trapézio, .

Serviço realizado
Acompanhamento de crianças e adolescentes com dificuldades no processo de escolarização; Atendimentos individuais ou familiares; Triagem; Organização do material abordado pelo grupo de estudos da equipe (temas: Psicanálise e Educação).

Colégio Costa Zavagli, CCZ, Brasil.
Vínculo institucional

2000 - 2001
Vínculo: Professor, Enquadramento Funcional: Professor de Filosofia, Carga horária: 12

Atividades

02/2000 - 06/2001
Ensino,

Disciplinas ministradas
Filosofia

Projeto Semear, PROJETO SEMEAR, Brasil.
Vínculo institucional

2000 - 2003
Vínculo: Voluntária, Enquadramento Funcional: Psicóloga, Carga horária: 6

Atividades

02/2000 - 12/2003
Serviços técnicos especializados , Projeto Semear, .

Serviço realizado
Atendimento clínico psicanalítico a crianças e jovens órfãos..

Hospital Israelita Albert Einstein, HIAE, Brasil.
Vínculo institucional

1999 - 1999
Vínculo: Estagiária, Enquadramento Funcional: Estagiária de Psicologia Hospitalar, Carga horária: 20

Atividades

02/1999 - 12/1999
Estágios , Hospital Israelita Albert Einstein, .

Estágio realizado
Discussão de casos clínicos.

Hospital do Servidor Público Municipal, HSPM/SP, Brasil.
Vínculo institucional

1996 - 1998
Vínculo: Estagiário, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 4
Outras informações
Discussão de diagnósticos e psicodramas com pacientes psicóticos



Linhas de pesquisa


1.
O estrangeiro como categoria clínica e estética

Objetivo: Trata-se de investigar uma categoria não-identitária e não-normativa de processos de simbolização na obra freudiana. O estrangeiro foi abordado por Freud (1934-38) em Moisés e o monoteísmo no período de ascensão do regime nazista na Europa, contrapondo-se aos valores identitários e eugenistas que preponderavam em várias regiões do continente. Tais processos de simbolização não-identitários e não-normativos são transfigurações de elementos psíquicos em obras da cultura. Nesse sentido, a categoria de estrangeiro toca nos aspectos formais de passagem daquilo que é da subjetividade em algo que se torna parte da cultura. Para tratar tal categoria faz-se uma articulação da obra freudiana com a filosofia de Walter Benjamin capaz de revelar a escrita do texto freudiano como gesto político no interior de um Jetztzeit (tempo-de-agora). Uma outra camada da pesquisa é mostrar como o resgate de tal categoria nos dias atuais é gesto político que questiona modos de simbolização identitários e normativos inerentes ao sistema capitalista mais recente. Para tanto, o estudo de Lacan e Edward Said se mostram profícuos..
Grande área: Ciências Humanas
2.
Cibernética e neoliberalismo: a morte do caráter estrangeiro da experiência

Objetivo: A ideologia liberal de Friedrich von Hayke e a cibernética têm raízes epistemológicas muito próximas. A cibernética é hoje o motor mais potente da ideologia neoliberal. O objetivo principal é pesquisar os efeitos promovidos pela tecnologia atrelada às redes em suas várias camadas político-econômicas e psíquicas. Tal campo evidentemente não é novo e já existem muitos autores debruçados sobre o tema, como Alexander Galloway, Byung-Chul Han, Manuel Castells, Lavalle, Pierry Lévy entre outros. Partindo do pressuposto de que ainda estamos enredados ao modelo instrumental da razão, tal como o descreveram diferentes teóricos da Escola de Frankfurt, a hipótese é de que a intensidade de tal modelo instrumental aparece de forma muito mais fina, penetrante e intensa por ter invadido processos extremamente íntimos da alma humana. Com isso, e ao contrário do que alegam alguns neoliberais inspirados em Hayke e teóricos da informação, fica claro que o significado semântico das mensagens ocupa papel muito importante na engrenagem cibernética. Hayke e Shannon argumentavam que a liberdade de escolha dependia da equivalência das mensagens e da irrelevância em relação aos conteúdos que traziam as informações. O que fica claro, porém, é que justamente os conteúdos são aqueles que deixam marcas traumáticas ou acendem desejos adormecidos nas subjetividades dos usuários das redes, alimentando a economia inerente à Cultura do Algoritmo. Nela, porém, os sujeitos estão fadados a modelos identitários de subjetivação, que sempre desembocam na forma informação-mercadoria. Outro aspecto relevante a ser investigado é o valor da crítica no interior da Cultura do Algoritmo. Seguindo os estudos de Alfred Sohn-Rettel, sabe-se que as categorias a priori do entendimento, identificadas pela crítica kantiana, não são inatas, mas foram constituídas historicamente. Admitindo tal estudo como verdadeiro, a categoria crítica aparece como a priori desde a modernidade, tendo alto valor na engrenagem do mercado..
Grande área: Ciências Humanas
3.
Sublimação e Unheimliche

Objetivo: A pesquisa tratou dos conceitos de Sublimação e Unheimliche em suas dimensões sócio-históricas, isto é, buscou-se delimitar o contexto no qual Freud criou essas categorias e como elas eram coerentes com o modo de simbolização de aspectos psíquicos transfigurados em aspectos formais que integram as obras da cultura. Enquanto a sublimação mostrou-se coerente com a atmosfera pré-guerra, o Unheimliche é modelo que se torna condizente com o ambiente da Primeira Guerra e sua atualidade persiste ainda nos dias atuais. Essa pesquisa tratou de várias camadas da cultura que demonstravam a conversão dos componentes psíquicos em trabalhos da cultura, o que só pode ser realizados na interface entre a obra de Freud e Walter Benjamin..
Grande área: Ciências Humanas


Projetos de pesquisa


2016 - Atual
Causdequê?
Descrição: Trata-se de um laboratório de atendimentos psicanalíticos, em grupo e individual, voltados para adolescentes LGBT na Casa do Adolescente-SUS. O projeto conta com uma parte de pesquisa sobre as questões de gênero, feminismo e racismo e publicações dos resultados em revistas especializadas..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Especialização: (5) / Mestrado acadêmico: (3) / Doutorado: (3) .

Integrantes: Alessandra Affortunati Martins Parente - Integrante / Fabiana D. Takiuti - Integrante / Albertina D. Takiuti - Coordenador / Marina Caiaffa - Integrante / Antonio Brito - Integrante.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Psicologia / Subárea: PSICANÁLISE E CLÍNICA.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: FILOSOFIA CONTEMPORÂNEA.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: ESTÉTICA.


Idiomas


Alemão
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Italiano
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.
Francês
Compreende Razoavelmente, Lê Razoavelmente.
Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
PARENTE, A. A. M.2018PARENTE, A. A. M.. O nome de Moisés: uma torção na ordem do destino. NATUREZA HUMANA (ONLINE), v. 20, p. 134-148, 2018.

2.
PARENTE, A. A. M.2017PARENTE, A. A. M.. A escrita de Moisés e o monoteismo como gesto político: uma leitura benjaminiana. Ide (São Paulo), v. 63, p. 217-226, 2017.

3.
PARENTE, A. A. M.2017PARENTE, A. A. M.; PAVAN, C. . HumanizaSUS e a escuta do indeterminado. Revista Percurso (Online), v. 59, p. 1-15, 2017.

4.
PARENTE, A. A. M.2017PARENTE, A. A. M.. Freud com Kafka: a linguagem do estrangeiro. CADERNOS BENJAMINIANOS, v. 13, p. 315-336-336, 2017.

5.
PARENTE, A. A. M.2016PARENTE, A. A. M.. Bússola dos afetos e outras formas políticas. Revista Lacuna, v. n-1, p. 14-14, 2016.

6.
PARENTE, A. A. M.2016PARENTE, A. A. M.. A sombra do eu sobre o objeto. A Peste: Revista de Psicanálise e Sociedade, v. 7, p. 1-20, 2016.

7.
PARENTE, A. A. M.2014PARENTE, A. A. M.. A encenação dos sonhos: imagens de Freud e de Benjamin. Ágora ( PPGTP/UFRJ), v. XVII, p. 9-26, 2014.

8.
PARENTE, A. A. M.2014PARENTE, A. A. M.. Entre as ruínas do tempo: Walter Benjamin e Sigmund Freud. Cadernos Walter Benjamin, v. 12, p. 1-13, 2014.

9.
1PARENTE, A. A. M.2013PARENTE, A. A. M.. Mira Schendel e psicanálise: sussurrar do invisível. Revista Brasileira de Psicanálise (Impresso), v. 47, p. 147-158, 2013.

10.
9PARENTE, A. A. M.2013PARENTE, A. A. M.. Duchamp, dândi contra melancolia?. Artefilosofia (UFOP), v. 14, p. 84-95, 2013.

11.
10PARENTE, A. A. M.2013PARENTE, A. A. M.. Artur Lescher e o barroco na arte brasileira contemporânea. Psicanálise & Barroco em Revista, v. 11, p. 184-197-197, 2013.

12.
2PARENTE, A. A. M.2012PARENTE, A. A. M.. O que vem de dentro me atinge. Percurso (São Paulo), v. 48, p. 29-38, 2012.

13.
3PARENTE, A. A. M.2012PARENTE, A. A. M.. Almodóvar ainda habita sua própria pele. Orson - Revista dos Cursos de Cinema do Cearte UFPEL, v. 2, p. 239-244, 2012.

14.
5PARENTE, A. A. M.2011PARENTE, A. A. M.. Aura das palavras. Ide (São Paulo. Impresso), v. 34, p. 247-259, 2011.

15.
4PARENTE, A. A. M.2011PARENTE, A. A. M.. Ana Paula Oliveira: deleite interrompido e a urgência do real. Revista Estudos Lacanianos, v. 3, p. 213-224, 2011.

16.
6PARENTE, A. A. M.2009PARENTE, A. A. M.. A casa e o holding: conversas entre Bachelard e Winnicott. Natureza Humana, v. 11, p. 39-52, 2009.

17.
8PARENTE, A. A. M.2007PARENTE, A. A. M.. O gesto da escrita na psicanálise. Trieb (Rio de Janeiro), v. VI, p. 355-366, 2007.

18.
7PARENTE, A. A. M.2007PARENTE, A. A. M.. Freud, Proust e Benjamin: aproximações. Imaginário (USP), v. XII, p. 121-138, 2007.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
PARENTE, A. A. M.. Sublimação e Unheimliche. 1. ed. São Paulo: Casa do Psicólogo, 2017. v. 1. 752p .

Capítulos de livros publicados
1.
Sanches, R. M. ; PARENTE, A. A. M. ; Moraes, A. L. G. . Psicoterapia analítica de crianças em situação de abandono: uma visão winnicottiana. In: Renate Meyer Sanches. (Org.). Winnicott na clínica e na instituição. 1a.ed.São Paulo: Escuta, 2005, v. , p. 109-132.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
PARENTE, A. A. M.. Tensas relações entre arte e política: as vanguardas e o modelo etnográfico. Revista Cult, São Paulo, 29 ago. 2018.

2.
PARENTE, A. A. M.. Fascismo ontem e hoje: o Moisés de Freud e Werner Jaeger. Revista Cult, São Paulo, 09 ago. 2018.

3.
PARENTE, A. A. M.. O polêmico debate sobre o caráter científico da psicanálise. Caderno Ilustríssima - Folha de São Paulo, 15 jun. 2016.

4.
PARENTE, A. A. M.. Psicanalista responde a texto de Zeljko Loparic sobre psicologia de Winnicott. Caderno Ilustríssima - Folha de São Paulo, 19 maio 2016.

5.
PARENTE, A. A. M.. A máquina fotográfica de José Spaniol. Revista Cult, Site da Revista Cult, 11 abr. 2016.

6.
PARENTE, A. A. M.. O golpe e a batalha da Maria Antônia revisitados. Folha de São Paulo - Ilustríssima, Site do jornal, 01 abr. 2016.

7.
PARENTE, A. A. M.. O chão e a utopia em Nuno Ramos. Folha de São Paulo - Caderno Ilustríssima, São Paulo, p. p.2 - p.2, 25 out. 2015.

8.
PARENTE, A. A. M.. O que ainda resta de verdade nestas eleições?. BlogBoitempo, BlogBoitempo, 24 out. 2014.

9.
PARENTE, A. A. M.. Lars von Trier: desbravador de horizontes intocáveis. Boletim Online do Departamento de Psicanálise do Instituto Sedes Sapientiae, e-mail para membros e alunos, 22 abr. 2010.

10.
PARENTE, A. A. M.. Em busca da verdade. Discutindo Filosofia (Cessou em 2008. Cont. ISSN 1984-1388 Conhecimento Prático Filosofia), p. 64 - 65.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
PARENTE, A. A. M.. Duplo: face profana do gênio romântico. In: IV Simpósio de Estética, 2016, São Paulo. IV Simpósio de Estética da PUC-SP, 2016.

2.
PARENTE, A. A. M.. Artur Lescher e o barroco na arte brasileira contemporânea. In: VII Encontro Psicanalítico da Teoria dos Campos, 2013, São Paulo. VII Encontro Psicanalítico da Teoria dos Campos, 2013. p. 62-62.

3.
PARENTE, A. A. M.. Auscultar corpos. In: I Seminário de Estética e Crítica de Arte, 2013, São Paulo. I Seminário de Estética e Crítica de Arte, 2013.

4.
PARENTE, A. A. M.. Freud com Benjamin e a dimensão política da temporalidade. In: XVII Congresso da Sociedade Interamericana de Filosofia, 2013, Salvador. XVII Congresso da Sociedade Interamericana de Filosofia, 2013.

5.
PARENTE, A. A. M.. Nas bordas da modernidade: a aura e a lógica edípica. In: V Congresso Internacional de Filosofia da Psicanálise, 2013, São Paulo. V Congresso Internacional de Filosofia da Psicanálise, 2013.

6.
PARENTE, A. A. M.. Duchamp: dândi contra melancolia?. In: II Simpósio de Estética, 2012, São Paulo. II Simpósio de Estética, 2012. p. 21-21.

7.
PARENTE, A. A. M.. Mira Schendel e psicanálise: sussurrar do invisível. In: De um discurso som palavras - III Encontro OUTRARTE, 2010, Campinas. De um discurso som palavras - III Encontro OUTRARTE. UNICAMP, 2010. p. 17-17.

8.
PARENTE, A. A. M.. O holding e a casa em Winnicott e Bachelard. In: Coloquio Winnicott: Os casos clínicos de Winnicott, 2008, São Paulo. Programa e Caderno de Resumos do XIII Colóquio Winnicott. Os casos clínicos de Winnicott, 2008.

9.
PARENTE, A. A. M.. O divã na psicanálise: aura das palavras. In: III Encontro Nacional de Pesquisadores em Filosofia e Psicanálise, 2008, Rio de Janeiro. Encontro Nacional de Pesquisadores em Filosofia e Psicanálise, 2008.

10.
PARENTE, A. A. M.. Freud, Proust e Benjamin: aproximações. In: II Congresso Internacional de Filosofia da Psicanálise, 2007, São Carlos. II Congresso Internacional de Filosofia da Psicanálise. São Carlos: Biblioteca comunitária da UFSCar, 2007. p. 45-45.

Artigos aceitos para publicação
1.
PARENTE, A. A. M.; TAKIUTI, F. D. . Causdequê?: um espaço intermediário. ANALYTICA: REVISTA DE PSICANÁLISE, 2018.

Apresentações de Trabalho
1.
PARENTE, A. A. M.. Freud and Benjamin: times of memory, timesof history. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
PARENTE, A. A. M.. Translation as a Feminine Language. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
PARENTE, A. A. M.; TAKIUTI, F. ; BRITO, A. . Causdequê?: atendimento aos adolescentes LGBTI. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
PARENTE, A. A. M.; DRIGO, L. ; PESTANA, H. ; SANTOS, J. V. ; CASTRO, J. C. L. ; FERNANDES, F. ; BEZERRA, A. ; PEDIGONE, J. . Esquizoanálise - Apresentação do Latesfip. 2018. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

5.
PARENTE, A. A. M.. O discurso dilacerado e o corpo da palavra. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

6.
PARENTE, A. A. M.. Categorias estéticas na obra freudiana. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

7.
PARENTE, A. A. M.; SILVA JR, N. ; FERRETTI, M. ; FOGACA, M. ; BEER, P. ; SENHORINI, M. ; GARBELLINI, H. ; PESTANA, H. . A matriz psicológica da episteme neoliberal. 2017. (Apresentação de Trabalho/Outra).

8.
PARENTE, A. A. M.; TAKIUTI, F. D. ; ARAUJO, R. ; KERR, J. S. ; TAKIUTI, A. D. . Relatos de Experiências na Saúde Integral dos Adolescentes. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

9.
PARENTE, A. A. M.. Duplo: a face profana do gênio romântico. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

10.
PARENTE, A. A. M.. Ciência e Psicanálise. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

11.
PARENTE, A. A. M.. Estrangeiro no Campo das Artes. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

12.
PARENTE, A. A. M.. Distinção metapsicológica dos conceitos de sublimação e Unheimliche em Freud. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

13.
PARENTE, A. A. M.. Debate sobre o filme 'A gangue'. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

14.
PARENTE, A. A. M.. Duplo: a face profana do gênio romântico. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

15.
PARENTE, A. A. M.. A sombra do eu e o objeto. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

16.
PARENTE, A. A. M.. A escrita de Moisés e o monoteísmo como gesto político ? uma leitura benjaminiana. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

17.
PARENTE, A. A. M.. Entre Egon Schiele e Gustav Klimt: algumas inflexões na obra freudiana. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

18.
PARENTE, A. A. M.; Zlotnic, S. . Os limites da sublimação. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

19.
PARENTE, A. A. M.. Édipo na torre e a queda da ordem patriarcal. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

20.
PARENTE, A. A. M.. Silêncios da linguagem: Silvia Mecozzi e psicanálise. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

21.
PARENTE, A. A. M.. Artur Lescher e o barroco na arte brasileira contemporânea. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

22.
PARENTE, A. A. M.. Auscultar corpos. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

23.
PARENTE, A. A. M.. Freud com Benjamin e a dimensão política da temporalidade. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

24.
PARENTE, A. A. M.. Nas margens da arte moderna: a aura e a lógica edípica. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

25.
PARENTE, A. A. M.. Duchamp: dândi contra melancolia. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

26.
PARENTE, A. A. M.. Como olhar a obra de Ana Paula Oliveira. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

27.
PARENTE, A. A. M.. Entre Freud e Benjamin, o sonho de Lynch. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

28.
PARENTE, A. A. M.. A encenação dos sonhos: imagens de Freud e de Benjamin. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

29.
PARENTE, A. A. M.. Mira Schendel e psicanálise: sussurrar do invisível. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

30.
PARENTE, A. A. M.. Cinema e sonhos: cenas de Freud e Benjamin. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

31.
PARENTE, A. A. M.. O holding e a casa em Winnicott e Bachelard. 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

32.
PARENTE, A. A. M.. O divã na psicanálise: aura das palavras. 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

33.
PARENTE, A. A. M.. Freud, Proust e Benjamin: aproximações. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

Outras produções bibliográficas
1.
PARENTE, A. A. M.. Fronteiras: lugar do estrangeiro. ISSUU, 2012 (Catálogo).

2.
PARENTE, A. A. M.. David Lynch e a arquitetura de um sonho 2009 (Artigo).


Produção técnica
Trabalhos técnicos
1.
PARENTE, A. A. M.. Revista Natureza Humana. 2018.

2.
PARENTE, A. A. M.. Comissão Cientifica de Benjaminiana: Encontro de Pesquisadores de Walter Benjamin. 2018.

3.
PARENTE, A. A. M.. Revista DoisPontos. 2016.

4.
PARENTE, A. A. M.. Centro de Estudos Psicanalíticos - Seminário-clínico. 2016.

5.
PARENTE, A. A. M.. Centro de Estudos Psicanalíticos - Seminário-clínico. 2015.

6.
PARENTE, A. A. M.. Centro de Estudos Psicanalíticos - Seminário-clínico. 2014.

Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
PARENTE, A. A. M.. Fora da Ordem. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).


Demais tipos de produção técnica
1.
PARENTE, A. A. M.. Curso Introdutório de Psicanálise e Filosofia. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Outra).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Qualificações de Mestrado
1.
PARENTE, A. A. M.; CESAROTTO, O.; MEZAN, R.. Participação em banca de Fernanda Esteves Fazzio. O Tempo e o Impacto da Experiência Estética na Era da Pre(s)sa. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Psicologia (Psicologia Clínica)) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

Monografias de cursos de aperfeiçoamento/especialização
1.
MOURA, J. I. (Jacó Izidro de Moura); PARENTE, A. A. M.. Participação em banca de Márcio Rodrigues Mariano. Tempo: a grande incógnita da física moderna. 2005. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Física moderna e tecnologia) - Colégio Oswald de Andrade Caravelas.




Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Ciência e Psicanálise.Ciência e Psicanálise - debatedora. 2016. (Encontro).

2.
Estrangeiro no teatro.O Unheimliche e o estrangeiro no teatro. 2016. (Seminário).

3.
IV Simpósio de Estética.Duplo: face profana do gênio romântico II. 2016. (Simpósio).

4.
Latesfip. 2016. (Seminário).

5.
Novos Povoamentos. 2016. (Simpósio).

6.
Colóquio Freud: Filosofia e Psicanálise.Distinção metapsicológica dos conceitos de Sublimação e Unheimliche. 2015. (Seminário).

7.
II Encontro Nacional de Estética, Literatura e Filosofia.Duplo: a face profana do Gênio romântico. 2015. (Encontro).

8.
XVI Encontro Nacional ANPOF. Édipo na torre e a queda da ordem patriarcal. 2014. (Congresso).

9.
Hímeros: Colóquio sobre Arte e Psicanálise. Silêncios da linguagem: Silvia Mecozzi e psicanálise. 2013. (Congresso).

10.
I Seminário de Estética e Crítica de Arte.Auscultar corpos. 2013. (Seminário).

11.
V Congresso Internacional de Filosofia da Psicanálise. Nas bordas da modernidade: a aura e a lógica edípica. 2013. (Congresso).

12.
VII Encontro Psicanalítico da Teoria dos Campos.Artur Lescher e o barroco na arte brasileira contemporânea. 2013. (Simpósio).

13.
XVII Congresso da Sociedade Interamericana de Filosofia IL. Freud com Benjamin e a dimensão política da temporalidade. 2013. (Congresso).

14.
II Simpósio de Estética.Duchamp, dândi contra melancolia?. 2012. (Simpósio).

15.
Café contemporâneo.Cinema e sonhos: cenas de Freud e Benjamin. 2010. (Encontro).

16.
Como olhar a obra.Como olhar a obra de Ana Paula Oliveira. 2010. (Simpósio).

17.
De um discurso sem palavras X Jornada Corpolinguagem/III Encontro Outrarte. Mira Schendel e psicanálise: sussurrar do invisível. 2010. (Congresso).

18.
VII Congresso Internacional de Teoria Crítica: Natureza, sociedade: crises. Entre Freud e Benjamin, o sonho de David Lynch. 2010. (Congresso).

19.
VII Colóquio do Curso de Psicanálise: Teoria e Clínica.A encenação dos sonhos: imagens de Freud e de Benjamin. 2009. (Simpósio).

20.
III Encontro Internacional de Filosofia e Psicanálise.O divã na psicanálise: aura das palavras. 2008. (Encontro).

21.
XIII Colóquio Winnicott: Os casos clínicos de Winnicott. O Holding e a casa em Winnicott e Bachelard. 2008. (Congresso).

22.
II Congresso Internacional de Filosofia da Psicanálise. Freud, Proust e Benjamin: aproximações. 2007. (Congresso).

23.
I Congresso Internacinal de Filosofia da Psicanálise. 2006. (Congresso).

24.
XIX Encontros Nietzsche ? Colóquio Pensar Contra Nietzsche. 2005. (Encontro).

25.
VIII Colóquio Winnicott: A Teoria e a Clínica da Psicose. 2003. (Congresso).

26.
VII Colóquio Winnicott: A Clínica do Amadurecimento. 2002. (Congresso).

27.
VI Colóquio Winnicott: O Masculino e o Feminino. 2001. (Congresso).

28.
V Colóquio Winnicott: O Corpo. 2000. (Congresso).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
PARENTE, A. A. M.; FERRETTI, M. ; ANDREONI, L. ; SANTOS, J. V. . IV Colóquio Latesfip: Dos limites do neoliberalismo aos desenhos de transformação. 2018. (Congresso).

2.
PARENTE, A. A. M.; CARVALHO, B. ; MARTINS, D. C. ; DRIGO, L. ; XAVIER, H. ; RODRIGUES, M. B. . Colóquio Bento Prado Jr.. 2017. (Congresso).

3.
PARENTE, A. A. M.. A figura do duplo: romantismo e psicanálise. 2016. (Outro).

4.
PARENTE, A. A. M.. O estrangeiro como categoria estética. 2016. (Outro).

5.
PARENTE, A. A. M.. O estrangeiro em Freud e Benjamin. 2016. (Outro).

6.
PARENTE, A. A. M.. Fronteiras: lugar do estrangeiro. 2012. (Exposição).

7.
PARENTE, A. A. M.. Ciclo de debates - Fronteiras: lugar do estrangeiro. 2012. (Outro).

8.
PARENTE, A. A. M.; TAKIUTI, F. ; DIAS, A. . Clínica itinerante. 2011. (Outro).



Orientações



Orientações e supervisões concluídas
Iniciação científica
1.
Nathalia Rodrigues Gimenes. A intervenção psicológica no contexto da UTI. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em Psicologia) - Universidade Paulista. Orientador: Alessandra Affortunati Martins Parente.



Inovação



Projetos de pesquisa


Educação e Popularização de C & T



Cursos de curta duração ministrados
1.
PARENTE, A. A. M.. Curso Introdutório de Psicanálise e Filosofia. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Outra).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
PARENTE, A. A. M.. Fronteiras: lugar do estrangeiro. 2012. (Exposição).



Outras informações relevantes


Aprovada em concurso para cargo de professor de Psicologia: Psicanálise e Clínica (UFRGS/2016) e

Aprovada em 1o. lugar para cargo de professor substituto de Bases Epistemológicas (PUC-SP/2017)



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 23/01/2019 às 19:09:30