Luciene Gomes Freitas Marins

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/8289154052846763
  • Última atualização do currículo em 11/06/2018


Doutoranda em Letras pela Universidade Federal do Mato Grosso do Sul, campus de Três Lagoas/MS e mestre pelo Programa em Estudos de Linguagens, participa dos projetos Atlas Toponímico do Mato Grosso do Sul (ATEMS) na área de edição gráfica e no Projeto Atlas Linguístico do Brasil (ALiB) nas questões lexicais voltadas, em especial, ao falar rural/urbano. Atualmente, é professora efetiva na Universidade Federal do Mato Grosso do Sul (UFMS), no campus de Campo Grande, no Curso de Licenciatura em Educação do Campo (na linha de especialidade de Linguagens e Códigos) vinculado à Faculdade de Educação (FAED). Tem experiência profissional no Ensino Superior nas áreas de Língua Portuguesa e de Linguística, com ênfase nos princípios teórico-metodológicos da Dialetologia e da Geossociolinguística, dedicando-se, desde 2007, ao estudo das marcas do falar rural do português do Centro-Oeste do Brasil. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Luciene Gomes Freitas Marins
Nome em citações bibliográficas
MARINS, Luciene Gomes Freitas

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal de Mato Grosso do Sul.
Cidade Universitária
Cidade Universitária
79006251 - Campo Grande, MS - Brasil
Telefone: (67) 33457636
Ramal: 7636


Formação acadêmica/titulação


2015
Doutorado em andamento em Letras.
Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, UFMS, Brasil.
Título: O FALAR DOS NORDESTINOS EM CONTATO NO SUL DO MATO GROSSO DO SUL: UM ESTUDO TOPODINÂMICO,
Orientador: Aparecida Negri Isquerdo.
Palavras-chave: Contato linguístico intervarietal; Falar nordestino; Mato Grosso do Sul.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes
Grande Área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Lingüística / Subárea: Sociolingüística e Dialetologia.
2010 - 2012
Mestrado em Letras.
Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, UFMS, Brasil.
Título: O rural e o urbano: novos e velhos falares na região Centro-Oeste do Brasil,Ano de Obtenção: 2012.
Orientador: Aparecida Negri Isquerdo.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Centro-Oeste; Vocabulário rural; Léxico regional.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes
Grande Área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Lingüística.
Grande Área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras.
Setores de atividade: Educação.
2005 - 2008
Graduação em Letras.
Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, UFMS, Brasil.




Formação Complementar


2016 - 2016
?Introdução à Fraseologia?. (Carga horária: 8h).
Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, UFMS, Brasil.
2013 - 2013
Atitudes nos contatos linguísticos. (Carga horária: 68h).
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.
2008 - 2008
Variação lingüística e ensino. (Carga horária: 8h).
Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, UFMS, Brasil.
2007 - 2007
Extensão universitária em Curso de Língua Inglesa. (Carga horária: 120h).
Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, UFMS, Brasil.
2007 - 2007
Lexicologia e Lexicografia: perspectivas de estudo. (Carga horária: 2007h).
Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, UFMS, Brasil.
2007 - 2007
Filologia Românica. (Carga horária: 68h).
Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, UFMS, Brasil.
2007 - 2007
História da Arte. (Carga horária: 45h).
Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, UFMS, Brasil.
2006 - 2007
História Antiga. (Carga horária: 56h).
Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, UFMS, Brasil.
2006 - 2006
Extensão universitária em História Regional em Debate. (Carga horária: 30h).
Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, UFMS, Brasil.
2005 - 2005
Oficina de pesquisa em Literatura Brasileira. (Carga horária: 6h).
Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul, UEMS, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, UFMS, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

06/2016 - Atual
Ensino, Educação do Campo, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Análise Linguística I (Fonética e Fonologia)
Práticas Sociais da Leitura e da Escrita
Sociolinguística

Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul, UEMS, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - 2015
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professora substituta, Carga horária: 16

Vínculo institucional

2013 - 2013
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professora substituta, Carga horária: 14

Vínculo institucional

2012 - 2012
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professora substituta, Carga horária: 16

Atividades

04/2014 - 12/2015
Ensino, Turismo, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Comunicação e Língua Portuguesa (Turismo)
06/2013 - 12/2013
Ensino, Geografia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Práticas de leituras e produção de textos (Geografia/Licenciatura)
02/2013 - 12/2013
Ensino, Letras, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Língua Portuguesa IV (Estilística,Letras/licenciatura)
Weblinguagem (Letras/Bacharel)
02/2012 - 12/2012
Ensino, Letras, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Língua Portuguesa I (Letras/Licenciatura/Espanhol)
Semiótica (Letras/bacharelado)
Sociolinguística (Letras/bacharelado)


Projetos de pesquisa


2017 - Atual
ALiB: Atlas Linguístico do Brasil: análise de dados e cartografia

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Aparecida Negri Isquerdo em 25/05/2017.
Descrição: O Projeto ALiB ? Atlas Linguístico do Brasil: análise de dados e cartografia configura-se como um subprojeto do Projeto ALiB (Atlas Linguístico de Brasil), de natureza interinstitucional, sediado na Universidade Federal da Bahia, que é coordenado por um Comitê Nacional que congrega pesquisadores de sete universidades públicas brasileiras, sob a Presidência de Suzana Alice Marcelino Cardoso (UFBA), contando, ainda, com uma Diretora Executiva, Diretores Científicos, Coordenadores regionais e Comissão de Informatização e Cartografia (https://alib.ufba.br/). A UFMS integra o Comitê Nacional de Coordenação do Projeto e, ao logo dos 20 anos da sua execução, tem participado na coordenação dos trabalhos no âmbito da Regional Mato Grosso do Sul e, consequentemente, atuado de forma significativa nas atividades de coleta dos dados linguísticos (1.100 entrevistas com falantes naturais de 250 localidades brasileiras/26 Estados da Federação), transcrição e análise linguística dos dados. Em 2014 foram publicados os dois primeiros volumes do ALiB. O terceiro, que aguarda publicação, reúne estudos sobre os dados cartografados nas 159 cartas linguísticas que integram o volume 2 do ALiB. Na continuidade do projeto nacional estão previstos e já em desenvolvimento mais seis volumes do ALiB, dois com dados das capitais e quatro com dados linguísticos recolhidos das 225 localidades do interior. Este projeto centra-se nas atividades previstas sob a responsabilidade da Regional MS nesse planejamento das atividades do Projeto Nacional: exegese dos dados recolhidos por meio de 25 perguntas do Questionário Semântico-Lexical, organização dos para cartografia e produção dos textos de estudo dos dados cartografados...
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (2) .
Integrantes: Luciene Gomes Freitas Marins - Integrante / Aparecida Negri Isquerdo - Coordenador / Vanessa Cristina Martins Bencke - Integrante / Daniela Souza Silva - Integrante / Carla Regina de Souza - Integrante / Juliany Fraide Numes - Integrante / Regiane Reis - Integrante.
2017 - Atual
Educação do Campo no Mato Grosso do Sul: ampliando a construção da identidade das escolas do campo
Descrição: As populações do campo enfrentam hoje grandes desafios para além da conquista da terra. O processo da reforma agrária, ainda que lento e desigual, traz à tona novos enfrentamentos que podem ser compreendidos ainda no contexto da questão agrária, embora demande à ampliação de seu sentido. O retorno ao campo remete à recriação dos sujeitos e da cultura camponesa em interface e contraponto a um rural puramente econômico, inserido em um contexto maior de arrefecimento do capitalismo, em sua fase neoliberal, como propulsor de tensões ora declaradas, ora invisíveis. Disso resultam novas disputas e demandas, como a luta por políticas públicas que atendam as populações camponesas em todas as instâncias de direito, e que permitam o desenvolvimento pleno dos sujeitos em todas as etapas e esferas da vida, não apenas na sobrevivência frente ao mercado, mas nas necessidades sociais, políticas, tecnológicas e culturais, evitando, por exemplo, o processo de ?re-esvaziamento? do campo pelo jovem em busca de crescimento profissional e oportunidades..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2012 - 2016
ATEMS - Atlas Toponímico do Estado de Mato Grosso do Sul
Descrição: Descrição: Esta proposta de caráter interinstitucional tem como objetivo ampliar os estudos toponímicos no estado de Mato grosso do Sul por meio do estudo de dados toponímicos oriundos de diferentes fontes, além dos mapas oficiais, de maneira a oferecer um panorama mais amplo e completo sobre o acervo onomástico-toponímico. Assim, a proposta de continuação deste projeto visa, em termos gerais, a estudar a toponímia sul-mato-grossense a partir de fontes diversificadas de dados: cartografia histórica, literatura de viajantes, entrevistas orais e mapas oficiais contemporâneos; divulgar a matriz toponímica de Mato Grosso do Sul por meio de um atlas toponímico e de um glossário da toponímia sul-mato-grossense; oferecer aos estudiosos da língua portuguesa (linguistas, lexicólogos, etimólogos, filólogos e das demais áreas dos estudos linguísticos), aos pesquisadores de áreas afins (história, antropologia, sociologia) e aos pedagogos subsídios sobre a realidade linguística e cultural de Mato Grosso do Sul impressa na toponímia local; disponibilizar aos pesquisadores interessados um Banco de Dados dos topônimos sul-mato-grossenses recolhidos tanto de fontes oficiais representativas de diferentes momentos da história de Mato Grosso do Sul, como de fontes orais sobre a toponímia paralela. Para dar conta dessas possibilidades, o projeto propõe: i) ampliar o Banco de Dados do projeto ATEMS com dados toponímicos de outras fontes documentais, para além dos mapas oficiais; ii) inaugurar diferentes abordagens de estudos toponímicos no âmbito do Projeto ATEMS (dados da toponímia urbana; nomes de acidentes humanos rurais e urbanos; cartografia histórica, toponímia registrada em obras da literatura de viagens, entrevistas orais); iii) dar continuidade à cartografação dos topônimos sul-mato-grossenses com base nos modelos adotados, evidenciando aspectos como: estratos linguísticos predominantes; classificação dos topônimos, segundo a motivação; estrutura morfológica dos designativos; particularida. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (2) / Doutorado: (4) .
Integrantes: Luciene Gomes Freitas Marins - Integrante / Aparecida Negri Isquerdo - Coordenador / Carla Regina de Souza - Integrante / Marilze Tavares - Integrante / Ana Paula Tribesse Patrício Dargel - Integrante / Ana Cláudia Castiglioni - Integrante / Renato Rodrigues Pereira - Integrante / Suely Aparecida Cazarotto - Integrante / Daniela de Souza Silva Costa - Integrante / Letícia Alves Corrêa Oliveira - Integrante.
2007 - 2012
Atlas Linguístico do Brasil (ALiB) - Regional Mato Grosso do Sul
Descrição: O Projeto Atlas Lingüístico do Brasil tem por objetivo geral a descrição do português do Brasil considerando os espaços geográficos e as variáveis sociais gênero, faixa etária e grau de escolaridade, a partir da coleta de dados tomados a 1.100 informantes, distribuídos por 250 localidades brasileiras, dentre as quais se incluem as capitais de Estado (exceto Palmas e o Distrito Federal), observando-se a representação de todas as regiões. É coordenado por um Comitê Nacional de que participam Suzana Alice Marcelino Cardoso (UFBA, Jacyra Andrade Mota (UFBA), Abdelhak Razky (UFPA, Ana Paula Antunes Rocha (UFOP), Aparecida Negri Isquerdo (UFMS), Cléo Vilson Altenhofen (UFRS), Maria do Socorro Silva de Aragão (UFPB/UFC), Mário Roberto Lobuglio Zágari (UFJF) e Vanderci de Andrade Aguilera (UEL). O "corpus" em constituição resulta da aplicação sistemática de Questionários Lingüísticos que recobrem as áreas fonético-fonológica, semântico-lexical, morfossintática, pragmática, e incluem, ainda, amostras de falas coletadas em discurso semidirigido e na leitura de texto. O produto final do Projeto deverá atender aos objetivos e finalidades da Geolingüística, área em que se insere, especificamente trazendo um mapeamento do português do Brasil, apresentando as particularidades de áreas e permitindo, com o traçado de isoglossas, o estabelecimento de uma divisão dialetal do Brasil no tocante ao português brasileiro. A isso acrescentam-se: (i) a contribuição para a formulação de políticas de ensino-aprendizagem da língua materna integradas à realidade de cada área e tendo em vista a diversidade regional; (ii) o fornecimento de dados para ampliação do volume de informações constantes de léxicos, glossários e dicionários gerais; (iii) a indicação de fatores lingüísticos com repercussão na história do povoamento do país; (iv) a explicitação de interfaces dos estudos geolingüísticos com outros ramos do conhecimento científico..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2007 - 2011
ATEMS
Descrição: Descrição: O projeto ATEMS configura-se como uma variante regional do Projeto ATB (Atlas Toponímico do Brasil), em desenvolvimento na USP, sob a coordenação da Profa. Dra. Maria Vicentina de Paula do Amaral Dick, e tem como objetivo geral a elaboração do Atlas Toponímico que, além de contribuir para o conhecimento da toponímia sul-mato-grossense, também demonstrará peculiaridades linguísticas, históricas, geográficas, culturais, sociais e ambientais do estado de Mato Grosso do Sul. A pesquisa orienta-se fundamentalmente pelo modelo teórico-metodológico de Dick (1990, 1992, 2004) e tem como fonte primária dos dados os mapas oficiais do IBGE, relativos aos 78 municípios de Estado (escalas 1:250.000 e 1:100.000). O projeto terá como produto final a organização de uma base de dados informatizada sobre a toponímia sul-mato-grossense, contendo dados detalhados sobre cada topônimo estudado (etimologia, estrutura morfológica, classificação taxionômica, histórico do topônimo, informações enciclopédicas sobre o nome...), e a confecção do Atlas Toponímico de Mato Grosso do Sul que, além de divulgar a toponímia regional, favorecerá estudos contrastivos com dados de outros atlas, o que propiciará a definição da matriz toponímica característica do Mato Grosso do Sul. O Projeto ATEMS tem também um caráter interinstitucional porque envolve pesquisadores de 03 universidades públicas do Estado: UFMS, UEMS e UFGD. As cartas toponímicas se configurarão como documentos disponíveis a pesquisas linguísticas e a outras áreas de conhecimento, uma vez que conterão análise dos dados e serão textos passíveis de compreensão por diferentes especialistas da área de Ciências Humanas..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (2) .
Integrantes: Luciene Gomes Freitas Marins - Integrante / Aparecida Negri Isquerdo - Coordenador / Carla Regina de Souza - Integrante / Letícia Alves C. Correa - Integrante / Maria Vicentina do Amaral Dick - Integrante.


Projetos de extensão


2017 - 2017
Um estudo sobre a integração de gêneros e tecnologias digitais em escolas do meio rural
Descrição: Esta ação contempla a participação dos acadêmicos do Curso de Licenciatura em Educação do Campo da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, vinculados às áreas 3 de habilitações, a saber: Ciências Humanas e Sociais, Linguagens e Códigos e Matemática. Os discentes são residentes em assentamentos e/ou comunidades próximas as escolas participantes do projeto. Professores (em especial, os atuantes na área de Linguagens e Matemática, bem como os responsáveis pelas salas de tecnologias) e alunos das respectivas escolas..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (36) .
Integrantes: Luciene Gomes Freitas Marins - Integrante / Camila de Oliveira da Silva - Coordenador.
2008 - 2008
Graduação em Letras: desafios e perspectivas
Descrição: O evento GRADUAÇÃO EM LETRAS: DESAFIOS E PERSPECTIVAS é uma iniciativa dos acadêmicos do 4º ano juntamente com os professores do Departamento de Letras. Com carga horária de 56 h, será realizado em outubro de 2008, no Departamento de Letras da UFMS em Campo Grande. O Evento visa realizar debates entre alunos e professores a fim de promover discussões em torno dos problemas da graduação..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.


Outros Projetos


2017 - 2017
PROJETO DE ENSINO DE GRADUAÇÃO: OFICINA DE LETRAMENTOS III
Descrição: Este projeto tem como objetivo desenvolver e aprimorar a prática de leitura e escrita dos discentes envolvidos, a partir dos pressupostos teóricos e metodológicos advindos dos Novos Estudos do Letramento.A proposta de trabalho com Letramentos na comunidade acadêmica de um curso de Licenciatura surge da necessidade de aprofundamento das bases fundamentais do processo do sujeito que lida todo o tempo com as modalidades oral e escrita da língua materna. Neste segundo módulo de Oficinas de Letramentos III foi abordado o tema: resenha..
Situação: Concluído; Natureza: Outra.
Alunos envolvidos: Graduação: (14) .
Integrantes: Luciene Gomes Freitas Marins - Coordenador / Thyago Jose da Cruz - Integrante / Jucélia Souza de Silva - Integrante.
2016 - 2016
PROJETO DE ENSINO DE GRADUAÇÃO: OFICINA DE LETRAMENTOS I
Descrição: Projeto de Ensino de Graduação oferecido por meio de "Oficinas de Letramentos" aos acadêmicos do curso de Licenciatura em Educação do Campo (UFMS) com objetivo principal de desenvolver e aprimorar a prática de leitura e escrita dos discentes envolvidos. Para tanto, são utilizados pressupostos teóricos e metodológicos advindos dos Novos Estudos do Letramento..
Situação: Concluído; Natureza: Outra.
Alunos envolvidos: Graduação: (14) .
Integrantes: Luciene Gomes Freitas Marins - Coordenador / Thyago Jose da Cruz - Integrante / Jucélia Souza de Silva - Integrante / Roberta Rocha Ribeito - Integrante / Camila de Oliveira da Silva - Integrante / Clarice Simão Pereira - Integrante / Célia Beatriz Piatti - Integrante / Dionavy Doffinger Ramos - Integrante / Edivalva da Cruz Teixeira Saki - Integrante / Jorge Luis D'avila - Integrante / Luis Alejandro Lasso Gutierrez - Integrante / Mariana Esteves de Oliveira - Integrante / Rafael Rossi - Integrante.
2016 - 2016
PROJETO DE ENSINO DE GRADUAÇÃO: OFICINA DE LETRAMENTOS II
Descrição: Este Projeto tem como objetivo aprimorar, nos discentes, a leitura crítica de gêneros textuais acadêmicos, bem como sua intelecção. Esta proposta surge da necessidade de aprofundamento das bases fundamentais do processo do sujeito que lida todo o tempo com as modalidades oral e escrita da língua materna. Os pressupostos teórico-metodológicos estão sustentados nos princípios da proposta da sequência didática de Dolz (et. al 2004). Neste segundo módulo de Oficinas de Letramentos II foi abordado o tema: resumo..
Situação: Concluído; Natureza: Outra.
Alunos envolvidos: Graduação: (14) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Luciene Gomes Freitas Marins - Coordenador / Maria de Fátima Sopas Rocha - Integrante / Thyago Jose da Cruz - Integrante / Jucélia Souza de Silva - Integrante / Roberta Rocha Ribeito - Integrante / Camila de Oliveira da Silva - Integrante / Clarice Simão Pereira - Integrante / Célia Beatriz Piatti - Integrante / Dionavy Doffinger Ramos - Integrante / Edivalva da Cruz Teixeira Saki - Integrante / Jorge Luis D'avila - Integrante / Rafael Rossi - Integrante.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Lingüística.
2.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Lingüística / Subárea: Sociolingüística e Dialetologia.
3.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras / Subárea: Língua Portuguesa.
4.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Sociologia Rural.
5.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Sociologia Urbana.


Idiomas


Inglês
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
MARINS, Luciene Gomes Freitas2017MARINS, Luciene Gomes Freitas. Nomes para a ?calçada? no Centro-Oeste do Brasil: um estudo geolinguístico. ESTUDOS LINGUÍSTICOS (SÃO PAULO. 1978), v. 46, p. 378-389, 2017.

2.
MARINS, Luciene Gomes Freitas2015MARINS, Luciene Gomes Freitas; ISQUERDO, A. N. . O falar rural no Centro-Oeste brasileiro: nomeações para 'forquilha'. Revista Philologus, v. unico, p. 888, 2015.

3.
MARINS, Luciene Gomes Freitas2014MARINS, Luciene Gomes Freitas. O léxico rural no Brasil Central: designações para ?bruaca?. ESTUDOS LINGUÍSTICOS (SÃO PAULO. 1978), v. 43, p. 545-560, 2014.

4.
MARINS, Luciene Gomes Freitas2014MARINS, Luciene Gomes Freitas. O ?carrinho de mão? e suas designações no Centro-Oeste: algumas considerações sobre a relação rural/urbana. Revista Philologus, v. 18, p. 94-110-110, 2014.

Capítulos de livros publicados
1.
MARINS, Luciene Gomes Freitas. Nós, palavras e Goiás. In: MOTA, Jacyra; MOURA, Marcela; RIBEIRO, Silvana; CARDOSO, Suzana. (Org.). Documentos 6:Projeto Atlas Linguístico do Brasil. 200ed.Salavador: Quartetos, 2016, v. 1, p. 189-196.

2.
ISQUERDO, A. N. ; MARINS, Luciene Gomes Freitas . O brinquedo pipa no Centro-Oeste: denominações. In: Jacyra Mota; Marcela Moura T. Paim; Silvana S. Costa Ribeiro. (Org.). Documentos 5: Projeto Atlas Linguístico do Brasil, avaliações e perspectivas. 5ed.Salvador-BA: Quartetos, 2015, v. 5, p. 231-243.

3.
MARINS, Luciene Gomes Freitas; ISQUERDO, A. N. . Léxico rural e léxico urbana: interpenetrações necessárias.. In: Maria Helena de Paula. (Org.). Língua e cultura: estudos de léxico em perspectiva.. 1aed.Goiânia: Editora UFG, 2015, v. único, p. 107-132.

4.
FIGUEIREDO, C. R. S. ; MARINS, Luciene Gomes Freitas . As tiras e as Hs de Mauricio de Sousa como instrumento didático no ambiente escolar: uma reflexão. In: Daniel Abrão; Nataniel dos Santos Gomes. (Org.). Grandes poderes trazem grandes responsabilidades. 1ed.Curitiba: Appris, 2014, v. 1, p. 119-131.

5.
ISQUERDO, A. N. ; MARINS, Luciene Gomes Freitas . O FALAR RURAL NA REGIÃO CENTRO-OESTE: DESIGNAÇÕES PARA BORRALHO. In: CARDOSO,SUZANA ALICE MARCELINO; MOTA, JACYRA ANDRADE; PAIM, MARCELA MOURA TORRES. (Org.). O FALAR RURAL NA REGIÃO CENTRO-OESTE: DESIGNAÇÕES PARA BORRALHO. 3ed.Salvador: Vento Leste, 2012, v. 3, p. 231-250.

6.
MARINS, Luciene Gomes Freitas; ISQUERDO, A. N. . Nomes para cachaça no Brasil Central: um estudo na fala dos habitantes das capitais.. In: Aparecida Negri Isquerdo; Fabiane Cristina Altino; Vanderci de Andrade Aguilera. (Org.). Projeto Atlas Linguístico do Brasil. descrevendo a língua, formando jovens pesquisadores.... Londrina - PR: EDUEL, 2009, v. 1, p. 131-138.

7.
MARINS, Luciene Gomes Freitas; ISQUERDO, A. N. . A questão da manutenção de traços de ruralidade no léxico do homem urbano: um estudo a partir de dados do Projeto ALiB - região Centro-Oeste. ABRALIN: EM CENA MATO GROSSO DO SUL. João Pessoa - PB: Idéia Editora Ltda., 2008, v. 1, p. 19-20.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
MARINS, Luciene Gomes Freitas. Do primeiro contato com a leitura à vida universitária. Rabiscos de Primeira (UFMS), p. 61 - 69, 14 nov. 2011.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
MARINS, Luciene Gomes Freitas; ISQUERDO, A. N. . Designações para ?o que se abre com facão ou foice para passar por um mato fechado?: um estudo geolinguístico. In: III Seminário internacional América Platina, 2010, Campo Grande - MS. Anais do III Seminário Internacional América Platina. Campo Grande - MS, 2010. v. I. p. 1-9.

2.
ISQUERDO, A. N. ; MARINS, Luciene Gomes Freitas . Um estudo das designações para trilheiro na fala dos habitantes das capitais da região Centro-oeste: contribuições do projeto ALIB. In: V Encontro do GELCO (Grupo de Estudos de Linguagem do Centro-Oeste), 2010, Dourados. V Encontro do GELCO (Grupo de Estudos de Linguagem do Centro-Oeste). Dourados: GELCO, 2010. v. v. p. p.s-p.s.

3.
MARINS, Luciene Gomes Freitas; ISQUERDO, A. N. . Rastro do vocabulário rural na fala do homem urbano. Um estudo geolinguístico com dados do Projeto ALiB. In: VI Congresso Internacional da ABRALIN - ABRALIN 40 Anos, 2009, João Pessoa - PB. ANAIS - VI Congresso Internacional da ABRALIN - ABRALIN 40 Anos. João Pessoa - PB: Idéia Editora Ltda, 2009. v. 1. p. 2557-2566.

4.
MARINS, Luciene Gomes Freitas; ISQUERDO, A. N. . Vocabulário rural na região Centro-Oeste: contribuições do Projeto ALiB. In: I SIEL - Simpósio de Estudos em Letras: congregando linguagens, 2008, Cassilândia - MS. Anais SIEL - I Simpósio de Estudos em Letras: congregando linguagens. Cassilândia - MS: Publicação on line, 2008. p. 199-212.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
MARINS, Luciene Gomes Freitas. O LÉXICO RURAL NO BRASIL CENTRAL: DESIGNAÇÕES PARA ?BRUACA?. In: 61º Seminário do Gel (Grupo de Estudos Línguísticos de São Paulo), 2013, São Paulo. 61º Seminário do Gel: resumos, 2013.

2.
BENKE, V. C. M. ; MARINS, Luciene Gomes Freitas . Léxico, cultura e sociedade: a questão dos tabus linguísticos e do rural/urbano no léxico português do Brasil. In: https://sites.google.com/site/letraselinguagensufms/minicursos, 2013, Campo Grande. XVIII Semana de Letras e II Jornada de Estudos de Linguagens, 2013.

3.
MARINS, Luciene Gomes Freitas; ISQUERDO, A. N. . Designações para cachaça na região Centro-Oeste: contribuições do Projeto ALiB.. In: GEL - Grupo de Estudos Lingüísticos, 2008, São José do Rio Preto - SP. 56º Seminário de Grupo de Estudos Lingüístico do Estado de São Paulo, 2008.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
MARINS, Luciene Gomes Freitas; ISQUERDO, Aparecida Negri . DESIGNAÇÕES PARA 'ROTATÓRIA': UM ESTUDO GEOLINGUÍSTICO NA REGIÃO CENTRO-OESTE. In: IX SIMPÓSIO NACIONAL DE ESTUDOS FILOLÓGICOS E LINGUÍSTICOS CURSO DE VERÃO DO CIFEFIL, 2017, Campo Grande. IX SIMPÓSIO NACIONAL DE ESTUDOS FILOLÓGICOS E LINGUÍSTICOS CURSO DE VERÃO DO CIFEFIL, 2017.

2.
ISQUERDO, A. N. ; MARINS, Luciene Gomes Freitas . O falar rural no Centro-Oeste brasileiro: nomeações para 'forquilha'. In: VIII Simpósio Nacional de Estudos Filológicos e Linguísticos, 2015, Campo Grande. Resumos, 2015.

3.
MARINS, Luciene Gomes Freitas. VESTÍGIO DA CULTURA AGROPASTORIL NO LÉXICO DOS HABITANTES DA REGIÃO CENTRO-OESTE: DESIGNAÇÕES PARA ?CANGA?. In: V SIMPÓSIO NACIONAL DE ESTUDOS FILOLÓGICOS E LINGUÍSTICOS CURSO DE VERÃO DO CIFEFIL, 2013, CAMPO GRANDE. V SIMPÓSIO NACIONAL DE ESTUDOS FILOLÓGICOS E LINGUÍSTICOS CURSO DE VERÃO DO CIFEFIL, 2013.

4.
MARINS, Luciene Gomes Freitas. O ?CARRINHO DE MÃO? E SUAS DESIGNAÇÕES NO CENTRO-OESTE: ASPECTOS DA RELAÇÃO RURAL E URBANA. In: II Encontro Regional do Grupo de Estudos de Linguagem, 2011, Três Lagoas. Resumos do II Encontro Regional do Grupo de Estudos de Linguagem, 2011. p. 62-62.

5.
ISQUERDO, A. N. ; MARINS, Luciene Gomes Freitas . Designações para ?o que se abre com facão ou foice para passar por um mato fechado?: um estudo geolinguístico. In: III Seminário internacional América Platina, 2010, Campo Grande - MS., 2010. Caderno de resumos e abstracts - III Seminário Internacional América Platina:identidade, diversidade e as linguagens do território platino.. CAMPO GRANDE: Ed. UFMS, 2010. p. 40-40.

6.
MARINS, Luciene Gomes Freitas; ISQUERDO, A. N. . Descrevendo o rural e o urbano no português do Brasil: contribuições do Projeto ALiB.. In: IX Encontro de Iniciação Científica. Evolução e diversidade, 2008, Campo Grande - MS. Anais do IX Encontro de Iniciação Científica. Campo Grande - MS: Webdesign - jefterlf@hotmail.com, 2008.

7.
MARINS, Luciene Gomes Freitas; ISQUERDO, A. N. . Descrevendo o rural e o urbano no português do Brasil: contribuições do Projeto ALiB.. In: I SIEL - Simpósio de Estudos em Letras: congregando linguagens, 2007, Cassilândia - MS. Caderno de resumos e programação do I SILEL - Simpósio de Estudos em Letras: congregando linguagens. Cassilândia - MS: UEMS / UUC, 2007. v. 1. p. 38-38.

8.
MARINS, Luciene Gomes Freitas; GUIDORIZZI, C. A. A . Qualificadores empregados pelos brasileiros fronteiriços para se referirem a eles, e aos moradores do país vizinho (Paraguai/Bolívia. In: I Seminário internacional sobre a América Platina., 2006, Campo Grande ? MS. Anais América Platina Seminário Internacional: educação, integração e desenvolvimento territorial. Campo Grande-MS, 2006. v. 1. p. 54-54.

Apresentações de Trabalho
1.
MARINS, Luciene Gomes Freitas. Demandas para a formação de professores. 2018. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

2.
MARINS, Luciene Gomes Freitas; ISQUERDO, Aparecida Negri . Designação para 'rotatória': um estudo geolinguístico na região Centro-Oeste. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

3.
MARINS, Luciene Gomes Freitas; ISQUERDO, Aparecida Negri . DESIGNAÇÕES PARA BOLICHO: ASPECTOS DA RELAÇÃO FALAR RURAL/URBANO. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

4.
MARINS, Luciene Gomes Freitas. 'NOMES PARA A ?CALÇADA? NO CENTRO-OESTE DO BRASL: UM ESTUDO GEOLINGUISTICO. 2016. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

5.
MARINS, Luciene Gomes Freitas; ISQUERDO, Aparecida Negri . DENOMINAÇÕES PARA 'PICADA' E 'TRILHO' NAS CAPITAIS BRASILEIRAS. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

6.
MARINS, Luciene Gomes Freitas. Descrevendo o falar rural/urbano na região Centro-Oeste com base em dados geolinguísticos. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

7.
ISQUERDO, A. N. ; MARINS, Luciene Gomes Freitas . O falar rural no Centro-Oeste brasileiro: nomeações para 'forquilha'. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

8.
MARINS, Luciene Gomes Freitas. Nomeações para ?picumã? na região Centro-Oeste: um estudo Geolinguístico. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

9.
MARINS, Luciene Gomes Freitas. ESTUDO GEOSSOCIOLINGUÍSTICO DO PORTUGUÊS FALADO NO CENTRO-OESTE BRASILEIRO: NOMEAÇÕES PARA ?CANGALHA?. 2014. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

10.
MARINS, Luciene Gomes Freitas. O LÉXICO RURAL NO BRASIL CENTRAL: DESIGNAÇÕES PARA ?BRUACA?. 2013. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

11.
MARINS, Luciene Gomes Freitas. VESTÍGIO DA CULTURA AGROPASTORIL NO LÉXICO DOS HABITANTES DA REGIÃO CENTRO-OESTE: DESIGNAÇÕES PARA ?CANGA?. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

12.
MARINS, Luciene Gomes Freitas. DESIGNAÇÕES PARA ?LANTERNA? NA REGIÃO CENTRO-OESTE DO BRASIL: ASPECTO DA RELAÇÃO FALAR RURAL/URBANO. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

13.
MARINS, Luciene Gomes Freitas; ISQUERDO, A. N. . O ?carrinho de mão? e suas designações no Centro-Oeste: aspectos da relação rural/urbano. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

14.
MARINS, Luciene Gomes Freitas; ISQUERDO, A. N. . O vocabulário rural na fala dos habitantes da região Centro-Oeste: um estudo geolinguístico. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

15.
MARINS, Luciene Gomes Freitas; ISQUERDO, A. N. . Um estudo das designações para trilheiro na fala dos habitantes das capitais da região Centro-Oeste: contribuições do Projeto ALiB. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

16.
MARINS, Luciene Gomes Freitas; ISQUERDO, A. N. . Designações para ?o que se abre com facão ou foice para passar por um mato fechado?: um estudo geolinguístico. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

17.
MARINS, Luciene Gomes Freitas; ISQUERDO, A. N. . Rastro do vocabulário rural na fala do homem urbano.. 2009. (Apresentação de Trabalho/Outra).

18.
MARINS, Luciene Gomes Freitas; ISQUERDO, A. N. . Designações para cachaça na região Centro-Oeste: contribuições do Projeto ALiB. 2008. (Apresentação de Trabalho/Outra).

19.
MARINS, Luciene Gomes Freitas; ISQUERDO, A. N. . A questão da manutenção de traços de ruralidade no léxico do homem urbano: um estudo a partir de dados do Projeto ALiB - região Centro-Oeste.. 2008. (Apresentação de Trabalho/Outra).

20.
MARINS, Luciene Gomes Freitas; ISQUERDO, A. N. . Descrevendo o rural e o urbano no português do Brasil: contribuição do Projeto ALiB. 2008. (Apresentação de Trabalho/Outra).

21.
MARINS, Luciene Gomes Freitas; ISQUERDO, A. N. . Descrevendo o rural e o urbano no português do BrasilL: Contribuições do Projeto ALiB. 2007. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

22.
MARINS, Luciene Gomes Freitas; GUIDORIZZI, C. A. A . Educação e Linguagem na fronteira: Brasil / Paraguai. 2006. (Apresentação de Trabalho/Outra).

Outras produções bibliográficas
1.
MARINS, Luciene Gomes Freitas; ISQUERDO, A. N. . Descrevendo o rural e o urbano no português do Brasil: contribuição do Projeto ALiB. Londrina-PR: EDUEL,, 2009 (Painel).

2.
MARINS, Luciene Gomes Freitas; ISQUERDO, A. N. . Designações para cachaça na região Centro-Oeste: contribuições do Projeto ALiB.. Londrina: EDUEL, 2009 (Painel publicado).

3.
MARINS, Luciene Gomes Freitas; ISQUERDO, A. N. . A questão da manutenção de traços de ruralidade no léxico do homem urbano: um estudo a partir de dados do Projeto ALIb ? região Centro-Oeste. Londrina - PR: EDUEL, 2009 (Painel).

4.
MARINS, Luciene Gomes Freitas; ISQUERDO, A. N. . Rastro do vocabulário rural na fala do homem urbano. Londrina - PR: EDUEL, 2009 (Painel).


Demais tipos de produção técnica
1.
BENKE, V. C. M. ; MARINS, Luciene Gomes Freitas . Oficina 'Léxico, cultura e sociedade: a questão dos tabus linguísticos e do rural/urbano no léxico do Português do Brasil'. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

2.
MARINS, Luciene Gomes Freitas. Atlas Topomínico do Mato Grosso do Sul (ATMES). 2012. (Cartas, mapas ou similares/Carta).

3.
MARINS, Luciene Gomes Freitas; BENKE, V. C. M. . Tabus lingüísticos e norma lexical: um estudo das designações para pessoa que tem dificuldade de aprender as coisas nas capitais da região Centro-Oeste.. 2009. (Elaboração e edição de mapas e/ou cartas linguísticas.).

4.
MARINS, Luciene Gomes Freitas; BENKE, V. C. M. . Tabus linguísticos na língua falada: um estudo com base em dados do Projeto ALiB.. 2009. (Elaboração e edição de mapas e/ou cartas linguísticas.).

5.
MARINS, Luciene Gomes Freitas; SILVA, D. S. . Tupinismos na língua falada das capitais da região Centro-Oeste documentados pelo Projeto ALiB.. 2009. (Elaboração e edição de mapas e/ou cartas linguísticas.).

6.
MARINS, Luciene Gomes Freitas; RICHTER, L. S. A. . Descrevendo o rural e o urbano no português do Brasil: contribuição do Projeto ALiB.. 2009. (Elaboração e edição de mapas e/ou cartas linguísticas.).

7.
MARINS, Luciene Gomes Freitas. Descrevendo o rural e o urbano no português do Brasil: contribuição do Projeto ALiB. 2008. (Relatório de pesquisa).


Produção artística/cultural
Artes Cênicas
1.
MARINS, Luciene Gomes Freitas; BENKE, V. C. M. ; STABILE, S. . Estágio em ação. 2008. Teatral.

2.
MARINS, Luciene Gomes Freitas; BENKE, V. C. M. . Apertem os cintos que o livro sumiu.. 2007. Teatral.

3.
MARINS, Luciene Gomes Freitas. Genocídio. 2007. Teatral.

Demais trabalhos
1.
MARINS, Luciene Gomes Freitas. Designer gráfico da capa do CD do vol 2 (Projeto ALiB: descrevendo a língua e formando novos pesquisadores).. 2012 (Designer gráfico) .

2.
MARINS, Luciene Gomes Freitas. Designer gráfico do CD do capítulo do livro do Projeto ALiB.. 2009 (Designer gráfico) .

3.
MARINS, Luciene Gomes Freitas. Designer gráfico do CD do anais da Abralin em Cena Mato Grosso do Sul. 2008 (Designer gráfico da arte do CD do anais da ABRALIN) .



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
I Simpósio Alma Linguae: Diversidade e Contatos Linguísticos worldwide. 2017. (Simpósio).

2.
GEL - 64º Seminário do Grupo de Estudos Linguísticos do Estado de São Paulo (.NOMES PARA A ?CALÇADA? NO CENTRO-OESTE DO BRASIL: UM ESTUDO GEOLINGUISTICO. 2016. (Seminário).

3.
Minicurso "Introdução à Fraseologia". 2016. (Outra).

4.
XIII WorkALiB - Workshop Nacional do Projeto Atlas Linguístico do Brasil.Designação para "picada' e "trilho" nas capitais brasileiras. 2016. (Outra).

5.
III FETEC (Feira de Tecnologia, Engenharias e Ciências do MS). Avaliação de 10 trabalhos voltados às linhas de pesquisas "Letras/Linguísticas".. 2013. (Feira).

6.
V Simpósio Nacional de Estudos Filológicos e Linguísticos.Vestígio da cultura agropastoril no léxico dos habitantes da região Centro-Oeste: designação para. 2013. (Seminário).

7.
GELCO - Grupo dos Estudos Linguístico da Região Centro-Oeste. Designação para. 2012. (Congresso).

8.
GELCO - Grupo dos Estudos Linguístico da Região Centro-Oeste. O ?CARRINHO DE MÃO? E SUAS DESIGNAÇÕES NO CENTRO-OESTE: ASPECTOS DA RELAÇÃO RURAL E URBANA. 2011. (Congresso).

9.
VI Congresso Internacional da ABRALIN. Rastro do vocabulário rural na fala do homem urbano. Um estudo Geolinguístico com dados do Projeto ALiB.. 2009. (Congresso).

10.
VII Worshop Nacional do Projeto ALiB. 2009. (Outra).

11.
56º. Seminário do GEL (Grupo de Estudos Linguísticos de São Paulo).Designações para cachaça na região Centro-Oeste: contribuições do Projeto ALiB.. 2008. (Seminário).

12.
Abralin em Cena Mato Grosso do Sul. A questão da manutenção de traços de ruralidade no léxico do homem urbano: um estudo a partir de dados do Projeto ALiB - região Centro-Oeste.. 2008. (Congresso).

13.
IX Encontro de Iniciação Científica da UFMS.Descrevendo o rural e o urbano no português do Brasil: contribuição do Projeto ALiB. 2008. (Encontro).

14.
O ensino médio em questão:orientações curriculares da SEE/MS.. 2008. (Encontro).

15.
Política democrática e cultura. 2008. (Outra).

16.
08 de março: comemoração ou luta?. 2007. (Oficina).

17.
1º Jornada Acadêmica de História e Educação. 2007. (Outra).

18.
Alguns aspectos da variação entre o português europeu e o português do brasil.. 2007. (Outra).

19.
A questão da manutenção de traços de ruralidade no léxico do homem urbano: um estudo a partir de dados do Projeto ALiB - região Centro-Oeste.. 2007. (Outra).

20.
I Ciclo de Estudos " Literatura em perspectiva". 2007. (Encontro).

21.
II ENCONTRO ESTADUAL DE CULTURA, EDUCAÇÃO E ARTE. 2007. (Encontro).

22.
III encontro de professores de artes de MS.. 2007. (Encontro).

23.
II Seminário do mestrado em estudos de linguagens - MANOEL DE BARROS: POESIA QUASE TODA. 2007. (Seminário).

24.
I SIEL - I Simpósio de Estudos em Letras.Descrevendo o rural e o urbano no português do Brasil: contribuições do Projeto ALiB.. 2007. (Simpósio).

25.
Memória de quem faz: aula entrevista com Maria da Glária de Sá Rosa.. 2007. (Outra).

26.
Oficinas de Língua e Literatura Estrageiras. 2007. (Oficina).

27.
O plano de ensino e o ensino de línguas e a avaliação no plano de ensino de línguas.. 2007. (Outra).

28.
Pesquisa Qualidade de Ensino. 2007. (Outra).

29.
XVII FÓRUM ACADÊMICO DE LETRAS (FALE). 2007. (Congresso).

30.
Estudos Culturais e Lingüística textual. 2006. (Oficina).

31.
I Seminário do observatório de cultura escolar. 2006. (Seminário).

32.
I Seminário internacional sobre a América Platina..Educação e Linguagem na fronteira: Brasil / Paraguai. 2006. (Seminário).

33.
O Ensino de inglês para crianças em uma perspectiva socio-interacional. 2006. (Outra).

34.
XIV Semana de Letras e do I Seminário em estudo das Linguagens.Linguagem Escrita e Poder, (livro de Maurizzio Gnerre). 2006. (Seminário).

35.
XIV Semana de Letras e do I Seminário Interno do PPG Mestrado e Estudos de Linguagens. 2006. (Seminário).

36.
XVII fórum acadêmico de Letras (FALE). 2006. (Oficina).

37.
Inês de Castro - Tragédia.Semana de Letras UFMS. 2005. (Simpósio).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
MARINS, Luciene Gomes Freitas. Oficinas de Línguas e Literatura Estrangeiras. 2007. (Outro).



Inovação



Projetos de pesquisa

Projeto de extensão

Outros projetos


Educação e Popularização de C & T



Apresentações de Trabalho
1.
MARINS, Luciene Gomes Freitas. O LÉXICO RURAL NO BRASIL CENTRAL: DESIGNAÇÕES PARA ?BRUACA?. 2013. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).


Cursos de curta duração ministrados
1.
BENKE, V. C. M. ; MARINS, Luciene Gomes Freitas . Oficina 'Léxico, cultura e sociedade: a questão dos tabus linguísticos e do rural/urbano no léxico do Português do Brasil'. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 21/11/2018 às 4:40:18