Paulo Henrique Paschoeto Cassimiro

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/5426708717993699
  • Última atualização do currículo em 18/06/2018


Possui graduação em Ciências Sociais pela Universidade Federal Fluminense (2009), mestrado em CIÊNCIA POLÍTICA pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (2011) e doutorado em CIÊNCIA POLÍTICA pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (2016), com período sanduíche na Univeristà degli Studi di Pisa (Itália). Tem experiencia nas áreas de Teoria Política, Teoria e Filosofia da História, História do Pensamento Político e Pensamento Político Brasileiro. Atualmente desenvolve pós-doutoramento no Instituto de Estudos Sociais e Políticos (IESP-UERJ). (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Paulo Henrique Paschoeto Cassimiro
Nome em citações bibliográficas
CASSIMIRO, P. H. P.;CASSIMIRO, PAULO HENRIQUE PASCHOETO


Formação acadêmica/titulação


2012 - 2016
Doutorado em CIÊNCIA POLÍTICA.
Universidade do Estado do Rio de Janeiro, UERJ, Brasil.
com período sanduíche em Università degli Studi di Pisa (Orientador: Cristina Cassina).
Título: O Abismo do Tempo. História, Liberalismo e Democracia no Pensamento Político Francês (1789-1848)., Ano de obtenção: 2016.
Orientador: Marcelo Gantus Jasmin.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Teoria Política / Especialidade: Teoria Política Contemporânea.
2010 - 2011
Mestrado em CIÊNCIA POLÍTICA.
Universidade do Estado do Rio de Janeiro, UERJ, Brasil.
Título: Edmund Burke e os Direitos Naturais,Ano de Obtenção: 2011.
Orientador: Marcelo Gantus Jasmin.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Grande área: Ciências Humanas
2005 - 2009
Graduação em Ciências Sociais.
Universidade Federal Fluminense, UFF, Brasil.
Título: O pensamento contra-revolucionário e as origens do conservadorismo.
Orientador: Claudio de Farias Augusto.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.


Pós-doutorado


2017
Pós-Doutorado.
Universidade do Estado do Rio de Janeiro, UERJ, Brasil.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: História do Pensamento Político.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Pensamento Político Brasileiro.


Atuação Profissional



Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, UNIRIO, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - 2014
Vínculo: convidado, Enquadramento Funcional: Professor Palestrante, Carga horária: 4

Atividades

08/2014 - 12/2014
Ensino, Graduação em Ciência Política, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Pensamento Social e Político Brasileiro

Universidade Federal Fluminense, UFF, Brasil.
Vínculo institucional

2006 - 2008
Vínculo: Bolsista PIBIC/CNPq, Enquadramento Funcional: Bolsista, Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.


Fundação Oswaldo Cruz, FIOCRUZ, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - 2015
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor horista, Carga horária: 4

Atividades

10/2015 - 10/2015
Ensino, Gestão da Inovação em Fitomedicamentos, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
Estado, Políticas e Sociedade (total de 30 horas)

Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, UFRRJ, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - 2017
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor Substituto, Carga horária: 40
Outras informações
Disciplinas Ministradas: Introdução à Sociologia Fundamentos da Ciência Política Métodos e Técnicas de Pesquisa Metodologia da Ciência

Atividades

03/2016 - 02/2017
Ensino, Administração, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Introdução à Ciência Política
Metodologia da Ciência
Métodos e Técnicas de Pesquisa
03/2016 - 07/2016
Ensino, Ciências Econômicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Introdução à Sociologia
03/2016 - 07/2016
Ensino, Direito, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Fundamentos da Ciência Política

Universidade do Estado do Rio de Janeiro, UERJ, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - Atual
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pós-Doutorado Júnior (CNPq)

Atividades

3/2018 - Atual
Ensino, Pós-graduação em Ciência Política, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Modalidades de Teoria Política: problemas teóricos e perspectivas metodológicas
3/2017 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Ciências Sociais, Instituto de Estudos Sociais e Políticos (IESP/UERJ).



Linhas de pesquisa


1.
O conceito de conciliação e o modelo conservador brasileiro.

Objetivo: Esta pesquisa, desenvolvida como parte de nosso pós-doutorado, tem como foco a compreensão das conexões entre liberalismo e conservadorismo europeus e a formulação de um discurso institucional e uma explicação histórica na linhagem do conservadorismo brasileiro. Em primeiro lugar, caberá rastrearmos os usos do conceito de conciliação no debate político do Império, que principia em meados dos anos 40 e se estende pelos anos 50 até a ascensão do gabinete Paraná (1853) e mesmo após sua morte (1856). O conceito participa de boa parte dos debates parlamentares do período em torno de temas como o modelo político do Império, a identidade dos partidos, o papel do Imperador na política imperial, etc. Participaram de tais debates políticos como Nabuco de Araújo, Justiniano José da Rocha, Salles Torres Homem, o Visconde do Uruguai, Silva Ferraz, o Marques de Olinda, além do próprio Marques do Paraná. O conceito de conciliação teria reflexos, posteriormente, na obra de José de Alencar e em suas análises sobre a decadência do partido conservador em ?Cartas de Erasmo?. Num segundo nível, procuramos compreender o uso do conceito de conciliação como chave para explicar o modelo conservador brasileiro, compreendendo-o como a capacidade das elites em superar os conflitos internos e produzir consensos que permitissem a manutenção do mando e a sustentação de modelos institucionais estáveis. A ideia de que as elites políticas brasileiras são marcadas pelo signo da ?conciliação? é uma percepção continua da interpretação sobre o Brasil ? a ideia de conciliação, assim, daria conta de entender como os grupos dominantes conseguem superar os riscos de radicalização dos conflitos intraelites e, ao mesmo tempo, manter a tutela sobre as demandas por maior participação e incorporação de camadas ascendentes da população no sistema jurídico-político do país..
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Pensamento Político Brasileiro.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: História do Pensamento Político.
Palavras-chave: Conservadorismo; Liberalismo; Pensamento Político Brasileiro; Conciliação.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Teoria Política.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: Teoria e Filosofia da História.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: História do Pensamento Político.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Italiano
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Francês
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.


Prêmios e títulos


2017
Prêmio de Melhor Tese de Ciência Política de 2016, Instituto de Estudos Sociais e Políticos (IESP-UERJ).
2017
Menção Honrosa - Prêmio Capes de Tese 2017, CAPES.
2017
Segunda Menção Honrosa - Melhor Tese de Doutorado da ABCP 2017, Associação Brasileira de Ciência Política.
2015
Melhor Painel dos Grupos de Trabalho da área de Ciência Política, ANPOCS.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
CASSIMIRO, P. H. P.;CASSIMIRO, PAULO HENRIQUE PASCHOETO2018CASSIMIRO, P. H. P.. A Impossível LIberdade dos Antigos. Germaine de Staël, Benjamin Constant e o Nascimento da Cultura Liberal Pós-Revolucionária na França. Revista Estudos de Politica, v. 7, p. 5-25, 2018.

2.
CASSIMIRO, P. H. P.;CASSIMIRO, PAULO HENRIQUE PASCHOETO2018CASSIMIRO, P. H. P.; LYNCH, C. E. C. . Freedom through form: Bolívar Lamounier and the Liberal Interpretation of Brazilian Political Thought*. BRAZILIAN POLITICAL SCIENCE REVIEW, v. 12, p. 1-28, 2018.

3.
CASSIMIRO, P. H. P.2018CASSIMIRO, P. H. P.. A Revolução Conservadora no Brasil. Nacionalismo, Autoritarismo e Fascismo no pensamento político brasileiro dos anos 30. POLITICA HOJE (UFPE. IMPRESSO), v. 27, p. 138-161, 2018.

4.
CASSIMIRO, P. H. P.2017CASSIMIRO, P. H. P.. A Democratização do Ódio. INSIGHT INTELIGÊNCIA (RIO DE JANEIRO), v. 1, p. 120-130, 2017.

5.
CASSIMIRO, P. H. P.2017 CASSIMIRO, P. H. P.. Alexis de Tocqueville e o Liberalismo Francês. Continuidades e Rupturas sobre o conceito de democracia.. REVISTA BRASILEIRA DE CIÊNCIAS SOCIAIS (ONLINE), v. 33, p. 1-21, 2017.

6.
CASSIMIRO, PAULO HENRIQUE PASCHOETO2016 CASSIMIRO, PAULO HENRIQUE PASCHOETO. O Liberalismo Político e a República dos Modernos: a crítica de Benjamin Constant ao conceito rousseauniano de soberania popular. Revista Brasileira de Ciência Política - RBCP, v. 1, p. 249-286, 2016.

7.
CASSIMIRO, P. H. P.;CASSIMIRO, PAULO HENRIQUE PASCHOETO2015CASSIMIRO, P. H. P.. A História Contra a Revolução. Edmund Burke e o Problema do Direito Natural. Revista tempo de conquista, v. 17, p. 1-22, 2015.

8.
CASSIMIRO, P. H. P.;CASSIMIRO, PAULO HENRIQUE PASCHOETO2015 CASSIMIRO, P. H. P.. O Contrato Histórico contra o Direito Natural. A Crítica à Revolução Francesa e o Nascimento do Conservadorismo Moderno na obra de Edmund Burke. Saeculum (UFPB), v. 33, p. 375-394, 2015.

9.
CASSIMIRO, P. H. P.;CASSIMIRO, PAULO HENRIQUE PASCHOETO2015CASSIMIRO, P. H. P.. As Origens Ambivalentes do Conservadorismo. O lugar de Edmund Burke na História do Pensamento Político.. Cadernos de Pesquisa Política, v. 1, p. 56-87, 2015.

Capítulos de livros publicados
1.
VANDENBERVGHE, F. ; VERAN, J. ; MAFRA, L. D. ; Martins, Paulo Henrique ; ORTIZ, R. ; MARIJSE, S. ; ESTARQUE, T. M. ; AGUIAR, T. F. ; CASSIMIRO, P. H. P. . Spazio Pubblico o Guerra Civile? Considerazioni sul disordine del mondo e l?urgenza del convivialismo nelle democrazie contemporanee. In: Frédéric Vandenberghe, Jean-François Véran. (Org.). Globalizzazione e Moviment Sociali. Il Manifesto Convivialista in Brasile. 1ed.Lecce: Pensa Multimedia Editore, 2016, v. 1, p. 101-107.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
CASSIMIRO, P. H. P.. Para um história conceitual do liberalismo e do conservadorismo brasileiros no século XIX: temas centrais, problemas de recepção e reflexão periférica.. In: 9º Congresso ALACIP, 2017, Montevideu. Trabalhos Apresentados, 2017.

2.
CASSIMIRO, P. H. P.. A Legitimidade Política na República dos Modernos: O conceito de opinião pública no argumento liberal francês.. In: 41º Encontro - ANPOCS 2017, 2017, Caxambu. PAPERS 41º ENCONTRO, 2017.

3.
CASSIMIRO, P. H. P.. As linguagens do liberalismo político e o problema da opinião pública no pensamento de Evaristo da Veiga. In: 10° Encontro da Associação Brasileira de Ciência Política, 2016, Belo Horizonte. Anais Eletrônicos, 2016.

4.
CASSIMIRO, P. H. P.. A Inevitável Liberdade dos Modernos: República e Liberalismo no debate político da Revolução Francesa. In: 39° Encontro Anual da ANPOCS, 2015, Caxambu. ANAIS DO ENCONTRO (GT,SPG,CQ E MR), 2015.

5.
CASSIMIRO, P. H. P.; CERQUEIRA FILHO, G. . Tchekhov e o Pathos Psíquico. In: III Congresso Internacional de Psicopatologia Fundamental, 2008, Niterói. Temas Livres, 2008.

Apresentações de Trabalho
1.
CASSIMIRO, P. H. P.. Minicurso: Métodos de pesquisa para o estudo da história das ideias e da teoria política. 2017. (Apresentação de Trabalho/Outra).

2.
CASSIMIRO, P. H. P.. A Legitimidade Política na República dos Modernos: O conceito de opinião pública no argumento liberal francês.. 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

3.
CASSIMIRO, P. H. P.. Para um história conceitual do liberalismo e do conservadorismo brasileiros no século XIX: temas centrais, problemas de recepção e reflexão periférica.. 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

4.
CASSIMIRO, P. H. P.; VIEIRA, L. R. . As linguagens do liberalismo político e o problema da opinião pública no pensamento de Evaristo da Veiga. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

5.
CASSIMIRO, P. H. P.. A Inevitável Liberdade dos Modernos: República e Liberalismo no Pensamento Político da Revolução Francesa. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

6.
CASSIMIRO, P. H. P.. O Liberalismo contra Rousseau. Benjamin Constant e o Problema da Soberania Popular. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

7.
CASSIMIRO, P. H. P.. O abismo do tempo: história e revolução na obra de Chateaubriand. 2014. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

8.
CASSIMIRO, P. H. P.. Edmund Burke y la imaginación moral conservadora en Inglaterra. 2012. (Apresentação de Trabalho/Outra).

9.
CASSIMIRO, P. H. P.; CERQUEIRA FILHO, G. . Tchekhov e o 'Pathos' psíquico. 2008. (Apresentação de Trabalho/Congresso).


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
CASSIMIRO, P. H. P.. Problemas de Documentación, impactos electorales III. 2014.

Trabalhos técnicos


Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
CASSIMIRO, P. H. P.; CHALOUB, J. G. S.; RAMIRO JUNIOR, L. C.. Participação em banca de Gisela Fani Dias.Os Efeitos da Lei N°12.305/2010 no âmbito das Políticas Públicas. Um Estudo de Caso dos Municípios de Juiz de Fora (MG) e Barão do Monte Alto (MG). 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Políticas Públicas) - Universidade Federal Fluminense.




Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
41º Encontro - ANPOCS 2017.A Legitimidade Política na República dos Modernos: O conceito de opinião pública no argumento liberal francês.. 2017. (Encontro).

2.
9º Congresso ALACIP. Para um história conceitual do liberalismo e do conservadorismo brasileiros no século XIX: temas centrais, problemas de recepção e reflexão periférica.. 2017. (Congresso).

3.
Diálogos em LEANI.Teoria Política e Pensamento político brasileiro: reflexões em curso. 2017. (Outra).

4.
II Jornada de Pensamento Político Brasileiro.A institucionalização da Ciência Política no Brasil ? História e Memória. 2017. (Outra).

5.
II Jornada de Pensamento Político Brasileiro.Minicurso: Métodos de pesquisa para o estudo da história das ideias e da teoria política. 2017. (Outra).

6.
10° Encontro da Associação Brasileira de Ciência Política. As linguagens do liberalismo político e o problema da opinião pública no pensamento de Evaristo da Veiga. 2016. (Congresso).

7.
Congresso Nacional de Excelência em Gestão & III INOVARSE. Pôsteres Sessão 1 (17-26). 2016. (Congresso).

8.
39° Encontro Anual da ANPOCS.A Inevitável Liberdade dos Modernos: República e Liberalismo no pensamento político da Revolução Francesa. 2015. (Encontro).

9.
IV Fórum Brasileiro de Pós-Graduação em Ciência Política.O Liberalismo Contra Rousseau: Benjamin Constnat e o problema da soberania popular. 2015. (Outra).

10.
Democracy in Europe: two centuries of political debate. 2013.. 2013. (Congresso).

11.
Il realismo politico. 2013. (Congresso).

12.
Seminário Internacional "História Social da Cultura - mestrado 25 anosnos". 2012. (Seminário).

13.
XI Jornadas de Filosofia Política.Edmund Burke y la ?imaginación moral conservadora? en Inglaterra. 2012. (Outra).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
CASSIMIRO, P. H. P.. III Semana discente do Iesp-UERj. 2017. (Outro).

2.
CASSIMIRO, P. H. P.. II Jornada de Pensamento Político Brasileiro. 2017. (Outro).

3.
CASSIMIRO, P. H. P.. Congresso Nacional de Excelência e Gestão e III INOVARSE - Responsabilidade Social Aplicada. 2016. (Congresso).

4.
CASSIMIRO, P. H. P.; PERROTA, A. P. ; DUARTE, J. R. . Empreendendorismo e Sociedade: Dilemas contemporâneos. 2016. (Outro).



Outras informações relevantes


Curso de lógica clássica, ministrado pelo professor Doutor Paulo Sérgio Faitanin, no primeiro semestre de 2007.



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 22/01/2019 às 20:09:09