Thiago Alves Dias

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/4789960762797571
  • Última atualização do currículo em 12/11/2018


Desenvolvo pesquisas acerca da produção e o do comércio colonial, sobre sociedades mercantis e companhias de comércio no mundo ibero-americano; assim como analises e reflexões sobre o pensamento econômico e a economia política nos séculos XVI a XIX. Tenho interesse em temas relacionados as distintas escalas mercantis de produção e circulação de mercadorias, numerários e crédito em perspectiva continental, atlântica e global; as instituições envolvidas no tráfico e transporte, os agentes ultramarinos e suas variadas formas de organização comercial e praças de atuação. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Thiago Alves Dias
Nome em citações bibliográficas
DIAS, T. A.


Formação acadêmica/titulação


2012 - 2017
Doutorado em História Econômica.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
com período sanduíche em Universidade Nova de Lisboa (Orientador: Diogo Ramada Curto).
Título: Monopólio Indireto: Colonização Mercantil no Norte do Estado do Brasil (c. 1710 - c. 1780), Ano de obtenção: 2017.
Orientador: Rodrigo Ricupero.
Coorientador: Diogo Ramada Curto.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Pernambuco; Norte do Estado do Brasil; Região Colonial; Sociedades Mercantis; Companhia Geral de Pernambuco e Paraíba.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História do Brasil / Especialidade: História do Brasil Colônia.
2009 - 2011
Mestrado em História.
Universidade Federal do Rio Grande do Norte, UFRN, Brasil.
Título: Dinâmicas Mercantis Coloniais. Capitania do Rio Grande do Norte (1760-1821),Ano de Obtenção: 2011.
Orientador: Fátima Martins Lopes.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Dinâmicas mercantis; espaço colonial; Capitania do Rio Grande do Norte.
Grande área: Ciências Humanas
2008 - 2010
Graduação em História - Licenciatura.
Universidade Federal do Rio Grande do Norte, UFRN, Brasil.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
2004 - 2007
Graduação em História - Bacharelado.
Universidade Federal do Rio Grande do Norte, UFRN, Brasil.
Título: Carne, farinha e aguardente: O Senado da Câmara de Natal e o abastecimento alimentício interno (1750-1808).
Orientador: Fátima Martins Lopes.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.




Formação Complementar


2012 - 2012
História Econômica: tendências e debates. (Carga horária: 10h).
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
2012 - 2012
Programa de Aperfeiçoamento de Ensino (PAE). (Carga horária: 14h).
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
2010 - 2010
Biblioteca Fazendo História: o poder do café. (Carga horária: 2h).
Fundação Biblioteca Nacional, FBN, Brasil.
2010 - 2010
Fotografia Digital Básico. (Carga horária: 50h).
Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial - RN, SENAC, Brasil.
2008 - 2008
Imagens e História do Brasil urbano holândes. (Carga horária: 8h).
Universidade Federal do Rio Grande do Norte, UFRN, Brasil.
2006 - 2006
História e Direito da Família no Brasil e Seridó. (Carga horária: 4h).
Universidade Federal do Rio Grande do Norte, UFRN, Brasil.
2006 - 2006
Diálogos - História e Historiografia do RN. (Carga horária: 12h).
Universidade Federal do Rio Grande do Norte, UFRN, Brasil.
2004 - 2004
O uso de documentos na pesquisa histórica.
Universidade Federal do Rio Grande do Norte, UFRN, Brasil.
2003 - 2004
Informática básica. (Carga horária: 128h).
Solução Informática, SOLUÇÃO INFO, Brasil.
2002 - 2002
Lider Cidadão. (Carga horária: 40h).
Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de Natal, SEBRAE/RN, Brasil.
2002 - 2002
Iniciação Profissional em Jornalismo Comunitário. (Carga horária: 55h).
Ministério da Integração Nacional, MI/PRONAGER, Brasil.
2001 - 2001
Cidadania. (Carga horária: 20h).
Universidade Estadual do Ceará, UECE, Brasil.
1998 - 1998
Educação Ambiental. (Carga horária: 8h).
Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Norte, FIERN, Brasil.


Atuação Profissional



Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro, BNRJ, Brasil.
Vínculo institucional

2018 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional:


Universidade Federal do Rio Grande do Norte, UFRN, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Substituto, Carga horária: 40

Vínculo institucional

2005 - 2008
Vínculo: Outro (especifique), Enquadramento Funcional: Bolsista de Pesquisa, Ensino e Extenção

Atividades

09/2017 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Centro Regional de Ensino Superior do Seridó, .

09/2017 - Atual
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História Agrária
História do Brasil I
História do Rio Grande do Norte I
Metodologia do Trabalho Científico
Introdução a História do Pensamento Econômico e da Economia Política (séc. XVI a XIX)

Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, UERN, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - 2017
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Substituto, Carga horária: 20
Outras informações
Professor Substituto das áreas de Ensino, Metodologia e Teoria da História.

Atividades

07/2017 - 11/2017
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Orientação
Orientação teórico-metodológica e Estágio Supervisionado III
07/2017 - 11/2017
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Técnica de Pesquisa Aplicada à História II
07/2017 - 11/2017
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Teoria da História

Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - 2013
Vínculo: Docente em Curso de Difusão, Enquadramento Funcional: Docente, Carga horária: 4
Outras informações
Curso de Difusão oferecido pelo Serviço de Cultura e Extensão Universitária da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas na Universidade de São Paulo. O tema do curso é "As Câmaras Municipais no Brasil Colonial: formação, historiografia e fontes". O Objetivo do curso é estudar a estrutura e funcionamento das Câmaras Municipais do Brasil colonial e compará-las com as Câmaras Municipais portuguesas; apresentar os principais debate historiográficos sobre a instituição, assim como apresentar as fontes e possibilidades atuais de pesquisa sobre o tema.O curso reserva 15 vagas para professores da rede pública de ensino.


Cursinho do CRUSP, CURSINHOCRUSP, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - 2016
Vínculo: Professor/Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 10


Centro Avançado de Ensino, CADE, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2009
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Pesquisador, Carga horária: 20


Escola Estadual 29 de Março, E.E. 29 DE MARÇO, Brasil.
Vínculo institucional

2002 - 2002
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Professor no Ensino Fundamental Regular e EJA, Carga horária: 25

Vínculo institucional

2002 - 2002
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Coordenador Substituto, Carga horária: 25


Escola Municipal Filomena Sampaio de Souza, E.M.F.S.S., Brasil.
Vínculo institucional

2003 - 2003
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor Substituto, Carga horária: 25


Faculdade de Natal, FAL, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - 2011
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 16
Outras informações
Disciplina História do Brasil Colonial

Atividades

08/2011 - 09/2011
Ensino, Especialização em História do Brasil, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
História do Brasil Colonial

Prefeitura Municipal de Portalegre, PM PORTALEGRE, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - 2017
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Secretário de Administração e Recursos Humano, Carga horária: 40

Vínculo institucional

2007 - 2008
Vínculo: Bolsista de pesquisa, Enquadramento Funcional: Bolsista, Carga horária: 20
Outras informações
Bolsa de pesquisa vinculada a Prefeitura Municipal de Portalegre para desenvolver pesquisas históricas sobre a cidade.



Linhas de pesquisa


1.
Produção Colonial, Circulação Global: commodities, instituições e agentes mercantis (séc. XVII a XVIII)
2.
Espaço econômico, espaço político e jurisdições
3.
Políticas e práticas econômicas do império colonial português
4.
Sociedades Mercantis e Companhias de Comércio: escalas, instituições e agentes ultramarinos
5.
O Atlântico mercantil: alfândegas, frotas e navios soltos, séc. XVI a XIX
6.
História agrária: terra e trabalho na América portuguesa
7.
Índios e Negros: sociedades, mundo do trabalho e demografia histórica


Projetos de pesquisa


2018 - Atual
O Conde de Linhares e a economia política na Era das Revoluções: Brasil, Portugal e Inglaterra, c. 1795-c. 1822

Projeto certificado pela empresa Fundação Biblioteca Nacional em 06/11/2018.
Descrição: A Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro guarda, entre suas preciosidades existentes na divisão de manuscritos, um acervo documental denominado ?Coleção Linhares?, um fundo documental em partes colecionado por D. Rodrigo de Sousa Coutinho, o Conde de Linhares. Essa coleção dispõe de, no mínimo, cerca de 1.000 notações e entradas com tipologias documentais variadas. Esse projeto de pesquisa visa compreender e analisar o lugar do Brasil nos pensamentos, ações e estratégias desse relevante diplomata, secretário de estado e ministro que foi D. Rodrigo de Souza Coutinho frente as questões econômicas e políticas que enlaçavam Brasil, Portugal e Inglaterra no contexto das revoluções políticas e industriais do fim do século XVIII e início do século XIX. Para isso, partiremos do colecionismo documental e bibliográfico, bem como o pensamento econômico e político dos textos autorais do Conde de Linhares..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2017 - Atual
Das plumas brancas do sertão aos teares mecânicos ingleses: o primeiro surto algodoeiro no Norte do Estado do Brasil (1780-1817)
Descrição: Esse projeto de pesquisa tem como objetivo principal analisar o primeiro surto algodoeiro no Norte do Estado do Brasil, ou seja, nos territórios de Alagoas e capitanias de Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte e Ceará, entre 1780 a 1817. Embora a historiografia regional tenha se dedicado aos estudos econômicos e sociológicos da cotonicultura no Norte do Estado do Brasil no século XIX e XX, pouco se tem produzido sobre a primeira expansão da cotonicultura ainda no final do século XVIII, os impactos da transformação das tradicionais unidades produtivas sertanejas pecuaristas para uma agricultura mercantilizada e as transformações em relação o uso da terra e a força de trabalho. Nesse sentido, objetivamos mapear as principais fazendas pecuaristas do Norte do Estado do Brasil que acabaram reconfigurando suas unidades produtivas em torno do cotonicultura, dimensionar o emprego da mão de obra escrava nos planteis de algodão sertanejos, assim como analisar o papel da cotonicultura nas relações financeiras entre produtores e negociantes do Norte do Estado do Brasil e negociantes portugueses e ingleses; considerando as questões do giro do capital, novos créditos para os produtores sertanejos para investimento nos algodoais, o processo de reaquecimento da economia sertaneja e sua relação com a insurreição pernambucana de 1817..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2012 - 2016
Monopólio Indireto: Colonização Mercantil no Norte do Estado do Brasil (c. 1710 - c. 1780)
Descrição: O processo de conquista e colonização da área ao norte do Rio São Francisco foi iniciado em 1535 com a fundação de Olinda e concluído no século XVIII com a consolidação do domínio sobre os sertões. Impulsionado a partir de Pernambuco, tal processo permitiu a conformação, para além da divisão da área em várias capitanias, de uma região colonial, consolidando a hegemonia econômica e política de Pernambuco sobre as terras conquistadas, tanto no litoral, como depois no interior. Após a expulsão dos holandeses, tal hegemonia se expressaria politicamente na preeminência do governo de Pernambuco sobre os demais e economicamente no controle exercido pelo grupo mercantil do Recife. Este grupo ao controlar o comércio com Portugal, estabelecendo um ?monopólio indireto? sobre toda a região, apropriou parte dos ganhos gerados pelo Sistema Colonial em detrimento dos produtores e dos pequenos mercadores locais. A criação da Companhia Geral de Pernambuco e Paraíba em 1759 foi na prática a tentativa de transferir os lucros do ?monopólio indireto? tanto para os acionistas da companhia, como, indiretamente para a metrópole. A Companhia provocaria assim alterações importantes na dinâmica mercantil da região, que influenciariam as lutas políticas do início do XIX..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2009 - 2011
Dinâmicas mercantis coloniais: Capitania do Rio Grande do Norte (1760-1821)
Descrição: A dimensão e dinâmica do mercado produtor, consumidor e exportador da Capitania do Rio Grande do Norte, no período compreendido entre 1760 e 1821 é o objetivo primordial desse projeto de pesquisa. Para tanto, acreditamos ser necessário estabelecer relações entre a fundação das novas vilas criadas a partir de 1750 e sua inserção nas redes de abastecimento e mercado interno, evidenciando mais especificamente as relações econômicas coloniais estabelecidas entre o litoral e os sertões da Capitania do Rio Grande do Norte. Partindo de referências teóricos de autores como Edward Shils e Immanuel Wallerstein, passaremos a investigar temas como: formação do espaço colonial, implementação/ação das instituições coloniais no tocante as práticas comerciais e as dinâmicas mercantis da Capitania do Rio Grande do Norte entre 1760 a 1821..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Thiago Alves Dias - Coordenador / Fátima Martins Lopes - Integrante / maria fernanda bicalho - Integrante.
Número de produções C, T & A: 4
2008 - 2009
Por uma outra História da escravidão:sujeitos, ações e espaços de liberdade no Rio Grande do Norte escravista
Descrição: A escravidão é uma prática social histórica em que um ser humano ou um Estado tem direitos de propriedade sobre outro, ao qual é imposta tal condição, na maioria das vezes, por meio da força. A escravidão é uma antiga conhecida das sociedades nos mais diversos tempos e espaços. No entanto, a escravidão ganhou proporções mais elevadas quando, na história do ocidente, ela passou a ser praticada pelos europeus no contexto da colonização de outros territórios, como a África e a América portuguesa. A partir de então, milhares de indivíduos foram subjugados e arrancados de sua terra natal, passando a compor um dos capítulos mais dramáticos da História do Brasil. Nesse sentido, esse projeto de pesquisa visa definir e analisar o conceito de negro e suas diversas vivências e manifestações históricas e culturais como sujeito histórico no Rio Grande do Norte escravista dentro do seu cotidiano, que vão desde as danças e folguedos à religiosidade e expressões artísticas, assim como o surgimento da capoeira, do culto aos Orixás, dos Cocos que são dançados no Brasil todo, das Irmandades ainda existentes e fundadas desde o século XVIII, para só assim percebermos o negro como sujeito histórico da nossa sociedade..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Thiago Alves Dias - Coordenador.
2007 - 2008
Aspectos da vida cotidiana na Natal setecentista
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2007 - 2007
Sobre vilas e povos: a formação da Vila de Portalegre.
Descrição: Este projeto de pesquisa histórica visa realizar um balanço historiográfico acerca da formação da Vila de Portalegre no intuito elucidar questões pertinemtes ao processo formador da Vila, os nativos existentes, marcos e datas da fundação e o inicio do processo de territorialização..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Thiago Alves Dias - Coordenador / Fátima Martins Lopes - Integrante / Poliana Nara - Integrante.Financiador(es): Prefeitura Municipal de Portalegre - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 2


Projetos de extensão


2006 - 2008
Livros de Termos de Vereação do Senado da Câmara de Natal (1674-1825)
Descrição: O projeto de pesquisa exerceu atividades de leitura paleográfica, recolhimento de dados, ordenação documental e catalogação de manuscritos com a finalidade de elaborar um catálogo de pesquisa histórica dos Livros de Termos de Vereação do Senado da Câmara de Natal..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
2006 - 2007
O cotidiano na fortaleza dos Reis Magos no século XVIII
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.


Projetos de desenvolvimento


2006 - 2006
O Rio Grande do Norte visto por diversas fontes históricas
Descrição: Projeto de melhoria da qualidade de ensino promovido pelo Departamento de História da UFRN. Foram desenvolvidos nesse projeto viagem de campo para visitação do patrimônio histórico da cidade de João Pessoa na Paraíba, assim como seminários de História do Rio Grande do Norte, História Oral e Arquivística Histórica..
Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento.
2006 - 2006
Antiguidade Clássica: história e literatura
Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento.


Revisor de periódico


2018 - 2018
Periódico: FACES DA HISTÓRIA


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História Moderna.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História do Brasil Colônia.


Prêmios e títulos


2018
Aprovação em Concurso Público Efetivo de História do Brasil da UPE, Universidade de Pernambuco.
2018
Aprovação em Edital de Chamada Pública para Concessão de Bolsa de Pesquisa, BNRJ.
2017
Aprovação em Concurso Público para professor substituto de História Moderna, UFRN.
2017
Aprovação em Concurso Público para Professor Substituto de Ensino, Metodologia e Teoria, UERN.
2017
Aprovação em Concurso Público para Professor Efetivo de Educação do Campo, UFERSA.
2017
Aprovação em Concurso Público para professor substituto de História do Rio Grande do Norte, UFRN/CERES-Caicó.
2006
Destaque no XIV Congresso de Iniciação Científica da UFRN, UFRN.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
DIAS, T. A.2018 DIAS, T. A.. O negócio do pau-brasil, a sociedade mercantil Purry, Mellish and Devisme e o mercado global de corantes: escalas mercantis, instituições e agentes ultramarinos no século XVIII. REVISTA DE HISTÓRIA, v. s/v, p. 01-39, 2018.

2.
DIAS, T. A.2018 DIAS, T. A.. A Casa Comercial de João da Costa Soares em Recife: instituições mercantis e negociantes ultramarinos no século XVIII. Revista de História (UNESP), v. 37, p. 1-26, 2018.

3.
DIAS, T. A.2018DIAS, T. A.. Para além das capitanias: região colonial, espaço econômico e jurisdição política (séc. XVI-XVIII). Territórios e Fronteiras (UFMT. Online), v. 11, p. 243-261, 2018.

4.
DIAS, T. A.2017DIAS, T. A.. A família Costa Monteiro, os couros do sertão e as escalas mercantis no séc. XVIII. ESPACIALIDADES, v. 12, p. 1-36, 2017.

5.
DIAS, T. A.2016DIAS, T. A.. Câmaras e colonização: questões historiográficas e um estudo de caso. Saeculum (UFPB), v. 34, p. 45-63, 2016.

6.
DIAS, T. A.2014DIAS, T. A.. Comércio e câmaras: regulamentação e vigilância. REVISTA HISTÓRIA (RIO DE JANEIRO), v. 1, p. 151-175, 2014.

7.
DIAS, T. A.2014DIAS, T. A.. Produção, consumo e comércio nas Vilas do Rei. MNEME (CAICÓ. ONLINE), v. 14, p. 1-31, 2014.

8.
DIAS, T. A.2014DIAS, T. A.. O Código Filipino, as Normas Camarárias e o comércio: mecanismo de vigilância e regulamentação comercial na Capitania do Rio Grande do Norte. Revista Brasileira de História (Impresso), v. 34, p. 215-236, 2014.

9.
DIAS, T. A.2014DIAS, T. A.. Instruções para arrecadação do subsídio literário nas Capitanias do Norte do Estado do Brasil. Revista Educação em Questão (Online), v. 50, p. 240-247, 2014.

10.
DIAS, T. A.2012DIAS, T. A.. Oração da abertura do quarto curso da aula do comércio proferida pelo professor Alberto Jaquéri de Sales, em 15 de fevereiro de 1771. Revista Educação em Questão (UFRN. Impresso), v. 42, p. 338-341, 2012.

11.
DIAS, T. A.2011DIAS, T. A.. O espaço cartográfico enquanto escrita do poder. Navigator (Rio de Janeiro), v. 7, p. 49-56, 2011.

12.
DIAS, T. A.2009DIAS, T. A.. O Senado da Câmara de Natal, o escrivão e o registro dos tempos coloniais. Mneme (Caicó. Online), v. 10, p. 119-128, 2009.

13.
DIAS, T. A.2008DIAS, T. A.; POSSAMAI, P. C. ; LOPES, F. M. . Secas coloniais. A escassez de alimentos e o Senado da Câmara de Natal no final do século XVIII. Publica (UFRGN), v. 4, p. 10-24, 2008.

14.
DIAS, T. A.2006DIAS, T. A.; POSSAMAI, P. C. ; LOPES, F. M. . O abastecimento de gêneros alimentícios na Capitania do Rio Grande do Norte: interesses, usos e abusos de poder da Câmara de Natal no século XVIII. Publica (UFRGN), v. 2, p. 17-28, 2006.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
DIAS, T. A.; ALVEAL, C. (Org.) ; ROLIM, L. C. (Org.) ; ARAUJO, S. G. (Org.) . Caderno de Resumos do VII Encontro Internacional de História Colonial. Espaços coloniais: domínios, poderes e representações. 1. ed. Mossoró: Ediçoes UERN, 2018. v. 1. 319p .

2.
DIAS, T. A.; CAVALCANTE, M. B. (Org.) . Portalegre do Brasil: história e desenvolvimento. 01. ed. Natal: EDUFRN, 2010. v. 01. 124p .

Capítulos de livros publicados
1.
DIAS, T. A.. Comércio e câmaras. Regulamentação e vigilância. In: Luciano Rocha Pinto. (Org.). Arte de Governar: o poder local no Brasil, séculos XVIII-XIX. 01ed.Rio de Janeiro: Editora Multifoco/Luminária Academia, 2014, v. 01, p. 118-143.

2.
DIAS, T. A.. A Companhia Pombalina de Comércio e a Capitania do Rio Grande do Norte. In: Helder Alexandre Medeiros de Macedo; Rosenilson da Silva Santos. (Org.). Capitania do Rio Grande: histórias e colonização na América Portuguesa. 01ed.João Pessoa/Natal: Ideia/EDUFRN, 2013, v. 01, p. 91-108.

3.
DIAS, T. A.. O Marquês de Pombal e os sertões coloniais: racionalidade e representação em meio às reformas. In: Renato Amado Peixoto. (Org.). Nas trilhas da representação: trabalhos sobre a relação história, poder e espaços. 01ed.Natal: EDUFRN, 2012, v. 01, p. 59-90.

4.
DIAS, T. A.. Os marcos da colonização portuguesa na Serra de Portalegre (séc. XVII a XVIII). In: DIAS, Thiago Alves; CAVALCANTE, M. B>. (Org.). Portalegre do Brasil: história e desenvolvimento. 01ed.Natal: EDUFRN, 2010, v. 01, p. 13-34.

5.
DIAS, T. A.. A invenção de uma emancipação que nunca existiu: Portalegre e o dia 29 de março de 1938. In: DIAS, Thiago Alves; CAVALCANTE, M. B>. (Org.). Portalegre do Brasil: história e desenvolvimento. Natal: EDUFRN, 2010, v. , p. 101-104.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
DIAS, T. A.. Colonização e Região: Pernambuco, o norte do Estado do Brasil e o comércio atlântico (c. 1711 a c. 1783). In: V Encontro Internacional de História Colonial, 2014, Alagoas - Maceió. Anais Eletrônicos do V Encontro Internacional de História Colonial. Alagoas: EDUFAL, 2014. v. 01. p. 1186-1191.

2.
DIAS, T. A.. O Império do Leão do Norte: Pernambuco, Capitanias Anexas e Economia Colonial no séc. XVIII. In: XXVII Simpósio Nacional de História, 2013, Natal/RN. Anais do XXVII Simpósio Nacional de História, 2013. v. 01. p. 01-22.

3.
DIAS, T. A.. O Governo das Anexas: Administração e Economia nas Capitanias do Norte do Estado do Brasil. In: IV Conferência de Internacional de História Econômica e VI Encontro de Pós-Graduação em História Econômica, 2012, São Paulo. Anais do IV Conferência de Internacional de História Econômica e VI Encontro de Pós-Graduação em História Econômica. São Paulo: ABPHE, 2012. v. 01. p. 01-18.

4.
DIAS, T. A.. O espaço cartográfico enquanto escrita do poder. In: I Simpósio Brasileiro de Cartografia Histórica, 2011, Paraty-RJ. I Simpósio Brasileiro de Cartografia Histórica: passado presente nos velhos mapas: conhecimento e poder, 2011. v. 01. p. 01-11.

5.
DIAS, T. A.. O espaço institucional e as Câmaras Coloniais. Uma discussão teórica e historiográfica acerca das Câmaras municipais enquanto instituições do Império Português.. In: XXVI Simpósio Nacional de História, 2011, São Paulo. Anais do XXVI simpósio nacional da ANPUH - Associação Nacional de História. São Paulo: ANPUH-São Paulo, 2011. p. 1-19.

6.
DIAS, T. A.. A história de um rei zeloso e suas rentáveis vilas: a dinâmica colonizadora portuguesa na formação dos espaços. Capitania do Rio Grande do Norte, séc. XVIII. In: 3 Encontro Internacional de História Colonial, 2010, Recife/PE. Anais do 3° Encontro Internacional de História Colonial. Recife/PE: UFPE, 2010. v. 01. p. 437-445.

7.
DIAS, T. A.. As mais rentáveis vilas do rei: A dinâmica colonizadora portuguesa e a política pombalina na capitania do Rio Grande do Norte. In: XVII Semana de Humanidades, 2009, Natal-RN. XVII Semana de Humanidades, 2009.

8.
DIAS, T. A.. A norma de um rei distante e a escrita de um servo local: o Senado da Câmara de Natal e o registro dos tempos coloniais. In: I Seminário Nacional Fontes Documentais e Pesquisa Histórica: Diálogos Interdisciplinares, 2009, Campina Grande-PB. Seminário Nacional Fontes Documentais e Pesquisa Histórica. Campina Grande: UFCG, 2009. p. 1-11.

9.
DIAS, T. A.. Os comerciantes vão à Câmara: contratadores e vereadores da praça mercantil e do Senado de Natal no século XVIII. In: XXV Simpósio Nacional de História, 2009, Fortaleza/CE. Anais do ... Simpósio Nacional de História. Fortaleza/CE: MR Aúdio e Multimídia, 2009. v. 01. p. 01-09.

10.
DIAS, T. A.. Períodos de estiagem, momentos de escassez: um problema social numa economia local (Natal, 1750-1808). In: III Encontro Estadual de História, 2008, Mossoró. III Encontro Estadual de História. Mossoró, 2008.

11.
DIAS, T. A.. O reino nos sertões: formação de novos espaços coloniais na Capitania do Rio Grande. In: II Encontro Internacional de História Colonial, 2008, Natal. Anais do II Encontro Internacional de História Colonial. Caico: UFRN, 2008. v. 01. p. 01-15.

12.
DIAS, T. A.. De madeira e pedra: os marcos da colonização na serra de Portalegre (séc. XVII a XVIII). In: XVI Semana de Humanidades, 2008, Natal-RN. XVI Semana de Humanidades, 2008.

13.
DIAS, T. A.; ALBUQUERQUE, M. C. O. . Livros de Termos de Vereação do Senado da Câmara de Natal (séc. XVII A XIX): catalogo para a pesquisa histórica, arquivo e memória.. In: II Encontro Regional da ANPUH/RN, 2006, Caicó_RN. II Encontro regional da ANPUH-RN. Natal _RN: Editora da UFRN, 2006. v. 1. p. 63-68.

14.
DIAS, T. A.. ?Dos sertões às vilas: a Câmara de Natal e o abastecimento alimentício interno?.. In: Os Sertões, 2006, Recife-PE. Os Sertões, 2006.

15.
DIAS, T. A.. Carne, farinha e aguardente: administração colonial na Capitania do Rio Grande e o abastecimento de gêneros alimentícios. In: I Encontro Nordestino de História Colonial, 2006, João Pessoa/PB. I Encontro Nordestino de História Colonial: Territorialidades, poder e identidades na América portuguesa: séc. XVI a XVIII. João Pesoa/PB: Editora da UFPB, 2006.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
DIAS, T. A.. A sociedade mercantil Purry, Mellish and Devisme e o mercado global de corantes: o negócio do Pau-Brasil no século XVIII. In: VII Encontro Internacional de História Colonial. Espaços coloniais: domínios, poderes e representações, 2018, Natal. Caderno de Resumos do VII Encontro Internacional de História Colonial. Espaços coloniais: domínios, poderes e representações. Mossoró: Edições UERN, 2018. v. 1. p. 82-83.

2.
DIAS, T. A.. Sociedades mercantis e negócios ultramarinos: o comércio do açúcar, pau-brasil e couros do norte do Estado do Brasil no século XVIII. In: Império e Colonização, 2016, São Paulo. Caderno de Resumo do Simpósio Império e Colonização. São Paulo: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, 2016. v. 01. p. 27-27.

3.
DIAS, T. A.. O tráfico do açúcar: apontamentos sobre uma sociedade mercantil setecentista. In: V Seminário Internacional de História do Açúcar, 2015, Santos, SP. Programa e Caderno de Resumos do V Seminário Internacional de História do Açúcar, 2015. v. 01. p. 16-16.

4.
DIAS, T. A.. Colonização e Região: Pernambuco, o norte do Estado do Brasil e o comércio atlântico (c. 1711 a c. 1783). In: V Encontro Internacional de História Colonial, 2014, Alagoas - Maceió. Caderno de Resumos do V Encontro Internacional de História Colonial. Alagoas: EDUFAL, 2014. v. 01. p. 81-82.

5.
DIAS, T. A.; TAMMONE, N. . Colonization and Portuguese economic thought: from the Old Colonial System to New Brazil. In: 4th ESHET Latin American Conference, 2014, Belo Horizonte. Conference Programme and Abstracts. Belo Horizonte: EDUFMG, 2014. v. 01. p. 83-84.

6.
DIAS, T. A.. A 'liberdade comercial europeia´e o 'exclusivo colonial americano' setecentista. In: VII Congresso de Pós-Graduandos do Programa de Pós-Graduação História Econômica, 2014, São Paulo. Caderno de Resumo do VII Congresso de Pós-Graduandos do Programa de Pós-Graduação História Econômica, 2014. v. 01. p. 39-40.

7.
DIAS, T. A.. O Império do Leão do Norte: Pernambuco, Capitanias Anexas e Economia Colonial no séc. XVIII. In: XXVII Simpósio Nacional de História, 2013, Natal/RN. Caderno de Resumos do XXVII Simpósio Nacional de História: conhecimento histórico e diálogo social., 2013. v. 01. p. 709-710.

8.
DIAS, T. A.. O governo das anexas: administração e economia nas Capitanias do Norte do Estado do Brasil. In: V Congresso de Pós-Graduandos do Programa de Pós-Graduação em História Econômica da FFLCH/USP, 2012, São Paulo. Anais do V Congresso de Pós-Graduandos do Programa de Pós-Graduação em História Econômica. História Econômica: balanços e perspectivas.. São Paulo: Humanitas, 2012. v. 01. p. 63-63.

9.
DIAS, T. A.. O Governo das Anexas: Administração e Economia nas Capitanias do Norte do Estado do Brasil. In: IV Conferência de Internacional de História Econômica e VI Encontro de Pós-Graduação em História Econômica, 2012, São Paulo. Caderno de Resumos do IV Conferência de Internacional de História Econômica e VI Encontro de Pós-Graduação em História Econômica. São Paulo: ABEP, 2012. v. 01. p. 125-126.

10.
DIAS, T. A.. No Oeste da Capitania tem roças, escravos e muita farinha. In: I Simpósio Internacional de Estudo Sobre a Escravidão no Brasil, 2010, Natal. Caderno de Resumos do I Simpósio Internacional de Estudo Sobre a Escravidão no Brasil, 2010. p. 18-19.

11.
DIAS, T. A.. A história de um rei zeloso e suas rentáveis vilas: a dinâmica colonizadora portuguesa na formação dos espaços. Capitania do Rio Grande do Norte, séc. XVIII. In: 3 Encontro Internacional de História Colonial, 2010, Recife/PE. 3° Encontro Internacional de História Colonial. Recife/PE: Editora Universitária UFPE, 2010. v. 01. p. 69-70.

12.
DIAS, T. A.. Os comerciantes vão à Câmara: contratadores e mercadores da praça mercantil e o Senado de Natal no século XVIII. In: XXV Simpósio Nacional de História, 2009, Fortaleza/CE. XXV Simpósio Nacional de História: História e ética. Fortaleza: Editora, 2009. v. 01. p. 166-166.

13.
DIAS, T. A.. A norma de um rei distante e a escrita de um servo local: o Senado da Câmara de Natal e o registro dos tempos coloniais. In: I Seminário Nacional Fontes Documentais e Pesquisa Histórica: Diálogos Interdisciplinares, 2009, Campina Grande/PB. Seminário Nacional Fontes Documentais e Pesquisa Histórica. Campina Grande/PB: UFCG, 2009. v. 01. p. 311-311.

14.
DIAS, T. A.. A Câmara de Natal e o abastecimento alimentício interno. In: XIX Congresso de Iniciação Científica da UFRN, 2008, Natal/RN. ANAIS DO XIX - CONGRESSO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA UFRN. Natal: EDUFRN, 2008.

15.
DIAS, T. A.. O reino nos sertões: formação de novos espaços coloniais na Capitania do Rio Grande. In: II Encontro Internacional de História Colonial, 2008, Natal. II Encontro Internacional de Historia Colonial. Natal: Editora da UFRN, 2008.

16.
DIAS, T. A.. Um ramo verde para um homem bom: os contratos público de arrematação na economia local. Administração e poder na Natal setecentista. In: XVIIII Congresso de Iniciação Cientiífica da UFRN, 2007. XVIII CONGRESSO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA- CIC, 2007.

17.
DIAS, T. A.. Abastecimento de gêneros alimentícios na Capitania do Rio Grande: interesses, usos e abusos do poder no século XVIII. In: XIV Semana de Humanidades, 2006, Natal_RN. XIV Semana de Humanidades, 2006.

18.
DIAS, T. A.. Dos sertões às vilas: a Câmara de Natal e o abastecimento alimentício interno. In: Os Sertões: espaços, tempos, movimentos, 2006, Recife/PE. Os Sertões: espaços, tempos, movimentos. Recife/PE: Editora Universitária UFPE, 2006. p. 25.

19.
DIAS, T. A.. Carne, farinha e aguardente: administração colonial na Capitania do Rio Grande e o abastecimento de gêneros alimentícios. In: I Encontro Nordestino de História Colonial, 2006, João Pessoa/PB. I Encontro Nordestino de História Colonial: Territorialidades, poder e identidades na América portuguesa: séc. XVI a XVIII. João Pesoa/PB: Editora da UFPB, 2006. p. 08.

Apresentações de Trabalho
1.
DIAS, T. A.. Os Portos Continentais no norte do Estado do Brasil, o porto atlântico do Recife e o porto global de Lisboa: as escalas mercantis no séc. XVIII. 2018. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

2.
DIAS, T. A.. A sociedade mercantil Purry, Mellish and Devisme e o mercado global de corantes: o negócio do Pau-Brasil no século XVIII. 2018. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

3.
DIAS, T. A.. Açúcar, escravos e justiça mercantil no século XVIII. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
DIAS, T. A.. Uma casa comercial em Recife e seus muitos interessados: agentes, numerários, produtos e créditos nos negócios ultramarinos (1756-1770). 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

5.
DIAS, T. A.. Monopólio indireto: colonização mercantil no norte do Estado do Brasil (c. 1710-c. 1780). 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

6.
DIAS, T. A.. Das plumas brancas do sertão aos teares mecânicos ingleses: o primeiro surto algodoeiro no Norte do Estado do Brasil (1780-1817). 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

7.
DIAS, T. A.. Sociedades mercantis e negócios ultramarinos: o comércio do açúcar, pau-brasil e couros do norte do Estado do Brasil no século XVIII. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

8.
DIAS, T. A.. O tráfico do açúcar: apontamentos sobre uma sociedade mercantil setecentista. 2015. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

9.
DIAS, T. A.. Colonização e Região: Pernambuco, o norte do Estado do Brasil e o comércio atlântico (c. 1711 a c. 1783). 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

10.
DIAS, T. A.; TAMMONE, N. . Colonization and Portuguese economic thought: from the Old Colonial System to New Brazil. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

11.
DIAS, T. A.. A 'liberdade comercial europeia' e o 'exclusivo colonial americano´setecentista. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

12.
DIAS, T. A.. O Império do Leão do Norte: Pernambuco, Capitanias Anexas e Economia Colonial no séc. XVIII. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

13.
DIAS, T. A.. O governo das anexas: administração e economia nas Capitanias do Norte do Estado do Brasil. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

14.
DIAS, T. A.. O espaço cartográfico enquanto escrita do poder. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

15.
DIAS, T. A.. O espaço institucional e as Câmaras coloniais. Uma discussão teórica e historiográfica acerca das Câmaras municipais enquanto instituições do Império Português.. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

16.
DIAS, T. A.. A história de um rei zeloso e suas rentáveis vilas: a dinâmica colonizadora portuguesa na formação dos espaços. Capitania do Rio Grande do Norte, séc. XVIII. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

17.
DIAS, T. A.. Os comerciantes vão à Câmara: contratadores e mercadores da praça mercantil e o Senado de Natal no século XVIII. 2009. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

18.
DIAS, T. A.. A norma de um rei distante e a escrita de um servo local: o Senado da Câmara de Natal e o registro dos tempos coloniais. 2009. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

19.
DIAS, T. A.. As mais rentáveis vilas do rei: a dinâmica colonizadora portuguesa e a política pombalina na Capitania do Rio Grande do Norte. 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

20.
DIAS, T. A.. O reino nos sertões: formação de novos espaços coloniais na Capitania do Rio Grande. 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

21.
DIAS, T. A.. De madeira e pedra: os marcos da colonização na Serra de Portalegre (séc. XVII a XVIII). 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

22.
DIAS, T. A.; LOPES, F. M. . De madeira e pedra: os marcos da colonização na Serra de Portalegre. 2007. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

23.
DIAS, T. A.. Carne, farinha e aguardente: administração colonial na Capitania do Rio Grande e o abastecimento de gêneros alimentícios. 2006. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

24.
DIAS, T. A.. Abastecimento de gêneros alimentícios na capitania do Rio Grande: interesses, usos e abusos do poder no século XVIII. 2006. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

25.
DIAS, T. A.. Dos sertões às vilas: a Câmara de Natal e o abastecimento alimentício interno.. 2006. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

26.
DIAS, T. A.. Carne, farinha e aguardente: administração colonial na Capitania do Rio Grande e o abastecimento de gêneros alimentícios. 2006. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

27.
DIAS, T. A.; ALBUQUERQUE, M. C. O. . Livros de Termos de Vereação do Senado da Câmara de Natal (séc. XVII A XIX): catalogo para a pesquisa histórica, arquivo e memória.. 2006. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

Outras produções bibliográficas
1.
DIAS, T. A.; NARA, Poliana . Sobre vilas e povos: a formação da Vila de Portalegre (1670-1770) 2008 (Relatório de pesquisa).


Demais tipos de produção técnica
1.
DIAS, T. A.; SILVA, M. E. B. R. . Sobre os indivíduos e suas coisas: a tipologia das fontes documentais e a produção do conhecimento científico. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

2.
DIAS, T. A.. A formação de um mercado colonial: historiografia, métodos de pesquisa e perspectivas atuais para a História econômica da Capitania do RIo Grande do Norte. 2009. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

3.
DIAS, T. A.; POSSAMAI, P. C. . Aspectos da vida cotidiana na Natal setecentista. 2008. (Relatório de pesquisa).

4.
DIAS, T. A.. O cotidiano na fortaleza dos Reis Magos no século XVIII. 2006. (Relatório de pesquisa).


Produção artística/cultural
Outras produções artísticas/culturais
1.
DIAS, T. A.. A presença Negra na formação da Vila de Portalegre. 2009.



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
DIAS, T. A.; RICUPERO, R.; PUNTONI, P. L.; ARENZ, K. H.. Participação em banca de Oziane de Jesus de Lima Mota. Trabalho indígena na economia do Grão-Pará e Rio Negro (segunda metade do séc. XVIII). 2018. Dissertação (Mestrado em História Econômica) - Universidade de São Paulo.

2.
DIAS, T. A.; SOUZA, G. S.; SILVA, A. A.. Participação em banca de Maria Mônica de Freitas. Relatos sobre o massacre de 70 índios na Serra de Portalegre/RN: argumentação em discursos de lideranças indígena e alunos do Ensino Fundamental. 2018. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

Monografias de cursos de aperfeiçoamento/especialização
1.
DIAS, T. A.; MACEDO, H. A. M.; ANDRADE, J. B. F.. Participação em banca de Isac Alisson Viana de Medeiros. Territorializando os espaços a partir da fé: Atos de Desobriga no território da Freguesia da Gloriosa Senhora de Santa Ana do Seridó (1788-1818). 2018. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em História dos Sertões) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

2.
DIAS, T. A.; ABRIL, V. H.; TAMMONE, N.. Participação em banca de Karolyne Ferreira Caju. "Ó Abre Alas": origens e caminhos do samba carioca por Chiquinha Gonzaga (c. 1847-c.1945). 2013. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em História Social e Cultural do Brasil) - Fundação Educacional Unificada Campograndense.

3.
DIAS, T. A.; ABRIL, V. H.; TAMMONE, N.. Participação em banca de Leandro Athayde da Silva. Republicanismo elitista:D. Pedro II e sua relação com o bem público. 2013. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em História Social e Cultural do Brasil) - Fundação Educacional Unificada Campograndense.

4.
DIAS, T. A.; ABRIL, V. H.; TAMMONE, N.. Participação em banca de Wainer Teixeira Souza. Política e repressão: a manutenção da ordem pública nos períodos colonial e imperial. 2013. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em História Social e Cultural do Brasil) - Fundação Educacional Unificada Campograndense.

5.
DIAS, T. A.; FERNANDES, V. L.; TAMMONE, N.. Participação em banca de Thiago Henrique Fernandes Lavouras. "Carro Abe-a las": a trajetória dos desfiles das escolas de samba do Rio de Janeiro. 2013. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em História Social e Cultural do Brasil) - Fundação Educacional Unificada Campograndense.

6.
DIAS, T. A.; FERNANDES, V. L.; TAMMONE, N.. Participação em banca de Cristiane de Lima Matos. A história das crianças pobres: século XIX. 2013. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em História Social e Cultural do Brasil) - Fundação Educacional Unificada Campograndense.

7.
DIAS, T. A.; FERNANDES, V. L.; TAMMONE, N.. Participação em banca de Sebastião Paulo de Oliveira. A história de Pernambuco e as Guerras Bárbaras. 2013. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em História Social e Cultural do Brasil) - Fundação Educacional Unificada Campograndense.

8.
DIAS, T. A.; FERNANDES, V. L.; TAMMONE, N.. Participação em banca de Marialda Duarte de Souza Baptista. Comunismo? Trajetória de repressão do cabo da aeronáutica. 2013. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em História Social e Cultural do Brasil) - Fundação Educacional Unificada Campograndense.

9.
DIAS, T. A.; ABRIL, V. H.; TAMMONE, N.. Participação em banca de Gisele da Silva Pinto. Impressões da arte no Brasil: as faces da moda entre a Colônia e o Império. 2013. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em História Social e Cultural do Brasil) - Fundação Educacional Unificada Campograndense.

10.
DIAS, T. A.; ABRIL, V. H.; TAMMONE, N.. Participação em banca de Edna Hala dos Santos. Uma análise da "pequena África": histórias e estórias na nascente República (1902-1910). 2013. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em História Social e Cultural do Brasil) - Fundação Educacional Unificada Campograndense.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
DIAS, T. A.; SILVA, M. E. B. R.; VÍRGINIO, W. de M.. Participação em banca de Tércia Gonçalvez de Lima Pereira.Infância, formação e religiosidade: reflexões sobre o Pequeno Pajé do Vale do Amanhecer. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Pedagogia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

2.
LINS, L. F. T. S.; ROLIM, L. C.; DIAS, T. A.. Participação em banca de Soraya Avelino de Moura.As representações do presidenciável Luiz Inácio Lula da Silva na Revista Veja, 1989. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

3.
DIAS, T. A.; ROLIM, L. C.; MENDES, F. F. F.. Participação em banca de Pedro Eduardo da Silva Bezerra.A adequação do Sonho Graffiano para um cenário do século XX: a distorção do Projeto Agrário de Ulrich Graff para Mossoró (1860-1927). 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

4.
DIAS, T. A.; MEDEIROS, C. R. W.; OLIVEIRA, A. S. Q.. Participação em banca de Thayse Fernandes de Morais.As mediações e situações de disputas religiosas na prática pedagógica do ensino de História. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

5.
DIAS, T. A.; MENDES, F. F. F.; FALCAO, M. L.. Participação em banca de Yadson Fábio da Silva Magalhães.Mitos, logo existo: a Coleção Mossoroense e a construção de uma imagem interessada. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

6.
DIAS, T. A.; RIBEIRO, J. M. C.; SANTOS, R. S.. Participação em banca de Alison Sullivan de Sousa Alves.O Brado Conservador: discurso político e valores sociais às vésperas da República. Assú, 1876-1889. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

7.
DIAS, T. A.; SILVA, M. E. B. R.; GOMES, E. V. S.. Participação em banca de Raquel Luna Lima da Silva Fernandes.O acesso a escola pelas crianças circenses. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Pedagogia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

8.
DIAS, T. A.; NETO, Luiz Eduardo do Nascimento. Participação em banca de Camila da Silva Pereira.Territorialidades e sociabilidades na comunidade remanescente do Quilombo Pêga em Portalegre/RN. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Geografia) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.




Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
VII Encontro Internacional de História Colonial. Espaços coloniais: domínios, poderes e representações. A sociedade mercantil Purry, Mellish and Devisme e o mercado global de corantes: o negócio do Pau-Brasil no século XVIII. 2018. (Congresso).

2.
VIII Encontro Estadual de História ANPUH/RN.A colonização em movimento: colonos e reinóis na expansão do Império (América portuguesa, séc. XVII-XVIII). 2018. (Encontro).

3.
VIII Encontro Estadual de História ANPUH/RN.Colonização e economia: agentes e instituições ultramarinas nos séculos XVI a XVIII. 2018. (Encontro).

4.
VIII Encontro Estadual de História da ANPUH/RN.Os portos continentais no norte do Estado do Brasil, o porto atlântico do Recife e o porto global de Lisboa: as escalas mercantis no séc. XVIII. 2018. (Encontro).

5.
VIII Encontro Estadual de História da ANPUH/RN.O patrimônio cultural interconectando áreas de pesquisa: história, geologia, turismo. 2018. (Encontro).

6.
Encerramento do Semestre 2016.2 História UERN.O moderno comércio: escalas mercantis, instituições e agentes ultramarinos no século XVIII. 2017. (Encontro).

7.
II Simpósio Império e Colonização.Monopólio Indireto: Colonização Mercantil no Norte do Estado do Brasil (c. 1710 - c. 1780). 2017. (Simpósio).

8.
Trajetórias de vida num oceano de negócios: organização mercantil, hierarquias sociais e inversão de capitais.Organização mercantil e instituições. 2017. (Seminário).

9.
Vidas em rede: perspectivas e limites entre o curtir e o compartir.História, Redes Sociais e Consumo. 2017. (Encontro).

10.
VII Colóquio Nacional História Cultural e Sensibilidades. Das plumas brancas do sertão aos teares mecânicos ingleses: o primeiro surto algodoeiro no Norte do Estado do Brasil (1780-1817). 2017. (Congresso).

11.
V Seminário Internacional de História do Açúcar.O tráfico do açúcar: apontamentos sobre uma sociedade mercantil setecentista. 2015. (Seminário).

12.
4th ESHET Latin American Conference. Colonization and Portuguese economic thought: from the Old Colonial System to New Brazil. 2014. (Congresso).

13.
V Encontro Internacional de História Colonial.Colonização e Região: Pernambuco, o norte do Estado do Brasil e o comércio atlântico (c. 1711 a c. 1783). 2014. (Encontro).

14.
VII Congresso de Pós-Graduandos do Programa de Pós-Graduação História Econômica. A 'liberdade comercial europeia' e o 'exclusivo colonial americano' setecentista. 2014. (Congresso).

15.
Feira Brasileira de Ciências e Engenharia.FEBRACE 2013. 2013. (Outra).

16.
XXVII Simpósio Nacional de História.O Império do Leão do Norte: Pernambuco, Capitanias Anexas e Economia Colonial no séc. XVIII. 2013. (Simpósio).

17.
Feira Brasileira de Ciências e Engenharias - FEBRACE.Avaliador dos trabalhos apresentados na área de Humanidades. 2012. (Outra).

18.
IV Conferência Internacional de História Econômica e VI Encontro de de Pós-Graduação em História Econômica.O Governo das Anexas: Administração e Economia nas Capitanias do Norte do Estado do Brasil. 2012. (Encontro).

19.
Jornadas Jaime Cortesão. 2012. (Simpósio).

20.
V Congresso de Pós-Graduandos do Programa de Pós-Graduação em História Econômica da FFLCH/USP. O governo das anexas: administração e economia nas Capitanias do Norte do Estado do Brasil. 2012. (Congresso).

21.
I Simpósio Brasileiro de Cartografia Histórica.O espaço cartográfico enquanto escrita do poder. 2011. (Simpósio).

22.
XXVI Simpósio Nacional de História.O espaço institucional e as Câmaras coloniais. Uma discussão teórica e historiográfica acerca das Câmaras municipais enquanto instituições do Império Português.. 2011. (Simpósio).

23.
III Encontro Internacional de História Colonial. A história de um rei zeloso e suas rentáveis vilas: a dinâmica colonizadora portuguesa na formação dos espaços. Capitania do Rio Grande do Norte, séc. XVIII. 2010. (Congresso).

24.
III Colóquio Hisória e Espaços: produções e representações dos espaços.Negócios do Sertão. 2009. (Simpósio).

25.
I Seminário Nacional Fontes Documentais e Pesquisa Histórica: Diálogos Interdisciplinares.A norma de um rei distante e a escrita de um servo local: o Senado da Câmara de Natal e o registro dos tempos coloniais. 2009. (Seminário).

26.
XVII Semana de Humanidades. As mais rentáveis vilas do ReiI: a dinâmica colonizadora portuguesa e a política pombalina na Capitania do Rio Grande do Norte. 2009. (Congresso).

27.
XXV Simpósio Nacional de História.Os comerciantes vão à Câmara: contratadores e mercadores da praça mercantil e o Senado de Natal no século XVIII. 2009. (Simpósio).

28.
II Encontro Internacional de História Colonial.O reino nos sertões: formação de novos espaços coloniais na Capitania do Rio Grande. 2008. (Encontro).

29.
III Encontro Estadual de História.Periodos de estiagem, momentos de escassez: um problema social numa economia local (Natal, 1750-1808). 2008. (Encontro).

30.
XIX Congresso de Iniciação Científica da UFRN. A Câmara de Natal e o abastecimento alimentício interno. 2008. (Congresso).

31.
XVI Semana de Humanidades.De madeira e pedra: os marcos da colonização na Serra de Portalegre (séc. XVII a XVIII). 2008. (Encontro).

32.
I Seminário de Pesquisa Histórica de Portalegre: Sobre Vilas e Povos: a formação da Vila de Portalegre.Os marcos da colonização portuguesa na Serra de Portalegre. 2007. (Seminário).

33.
XVIIII Congresso de Iniciação Cientiífica da UFRN. UM RAMO VERDE PARA UM HOMEM BOM: OS CONTRATOS PÚBLICOS DE ARREMATAÇÃO NA ECONOMIA LOCAL. ADMINISTRAÇÃO E PODER NA NATAL SETECENTISTA.. 2007. (Congresso).

34.
XV Semana de Humanidades. UM RAMO VERDE PARA UM HOMEM BOM: os contratos públicos de arrematação na economia local. Administração e poder na Natal setecentista. 2007. (Congresso).

35.
I Encontro Nordestino de História Colonial.Carne, farinha e aguardente: administração colonial na Capitania do Rio Grande e o abastecimento de gêneros alimentícios. 2006. (Encontro).

36.
II Encontro Regional da ANPUH-RN-Caicó. Livros de Termos de Vereação do Senado da Câmara de Natal (SÉCULO XVII A XIX): catalogo para pesquisa histórica, arquivo e memória.. 2006. (Congresso).

37.
XIV Semana de Humanidades.Abastecimento de gêneros alimentícios na Capitania do Rio Grande: interesses, usos e abusos de poder no século XVIII. 2006. (Encontro).

38.
XVII Congresso de Iniciação Cientifica da UFRN - CIC/2006. Carne, farinha e aguardente: administração colonial na Capitania do Rio Grande e o abastecimento de gêneros alimentícios.. 2006. (Congresso).

39.
XI CIENTEC-UFRN.Técnicas de restauração, acondiicionamento e organização de documentos.. 2005. (Outra).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
DIAS, T. A.; ALVEAL, C. ; ROLIM, L. C. ; ARAUJO, S. G. . VII Encontro Internacional de História Colonial. Espaços coloniais: domínios, poderes e representações. 2018. (Congresso).

2.
DIAS, T. A.. V Congresso de Pós-Graduandos do Programa de Pós-Graduação em História Econômica. 2012. (Congresso).

3.
FERLINI, V. ; TAMMONE, N. ; VILAGRA, B. ; DIAS, T. A. . Jornadas Jaime Cortesão. 2012. (Congresso).

4.
LOPES, F. M. ; POSSAMAI, P. C. ; DIAS, T. A. . II Encontro Internacional de História Colonial. 2008. (Congresso).

5.
DIAS, T. A.; LOPES, F. M. . 1ª Seminário de Pesquisa Histórica. 2007. (Congresso).



Orientações



Orientações e supervisões concluídas
Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Pedro Eduardo Bezerra. Projetos de integração nacional e a produção de saberes: a ferrovia do sertão e o sonho grafiano, final do séc. XIX. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Orientador: Thiago Alves Dias.



Inovação



Projetos de pesquisa


Educação e Popularização de C & T



Artigos
Artigos completos publicados em periódicos
1.
DIAS, T. A.2012DIAS, T. A.. Oração da abertura do quarto curso da aula do comércio proferida pelo professor Alberto Jaquéri de Sales, em 15 de fevereiro de 1771. Revista Educação em Questão (UFRN. Impresso), v. 42, p. 338-341, 2012.

2.
DIAS, T. A.2014DIAS, T. A.. Produção, consumo e comércio nas Vilas do Rei. MNEME (CAICÓ. ONLINE), v. 14, p. 1-31, 2014.

3.
DIAS, T. A.2014DIAS, T. A.. Instruções para arrecadação do subsídio literário nas Capitanias do Norte do Estado do Brasil. Revista Educação em Questão (Online), v. 50, p. 240-247, 2014.

4.
DIAS, T. A.2017DIAS, T. A.. A família Costa Monteiro, os couros do sertão e as escalas mercantis no séc. XVIII. ESPACIALIDADES, v. 12, p. 1-36, 2017.

5.
DIAS, T. A.2018 DIAS, T. A.. O negócio do pau-brasil, a sociedade mercantil Purry, Mellish and Devisme e o mercado global de corantes: escalas mercantis, instituições e agentes ultramarinos no século XVIII. REVISTA DE HISTÓRIA, v. s/v, p. 01-39, 2018.


Livros e capítulos
1.
DIAS, T. A.. A Companhia Pombalina de Comércio e a Capitania do Rio Grande do Norte. In: Helder Alexandre Medeiros de Macedo; Rosenilson da Silva Santos. (Org.). Capitania do Rio Grande: histórias e colonização na América Portuguesa. 01ed.João Pessoa/Natal: Ideia/EDUFRN, 2013, v. 01, p. 91-108.


Apresentações de Trabalho
1.
DIAS, T. A.. O Império do Leão do Norte: Pernambuco, Capitanias Anexas e Economia Colonial no séc. XVIII. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).


Cursos de curta duração ministrados
1.
DIAS, T. A.; SILVA, M. E. B. R. . Sobre os indivíduos e suas coisas: a tipologia das fontes documentais e a produção do conhecimento científico. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Outra).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
FERLINI, V. ; TAMMONE, N. ; VILAGRA, B. ; DIAS, T. A. . Jornadas Jaime Cortesão. 2012. (Congresso).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 09/12/2018 às 20:34:05