Luciana Las Casas Oliveira

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/2467234893992738
  • Última atualização do currículo em 13/07/2017


Mestre em Relações Internacionais pela PUC Minas (2012), sua dissertação ganhou o prêmio nacional de melhor dissertação no 2º Concurso Nacional de Dissertações e Teses em Relações Internacionais promovido pela Associação Brasileira de Relações Internacionais em 2013. Integra o projeto de pesquisa coordenado pelo Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia em Políticas Públicas, Estratégias e Desenvolvimento (INCT/PPED) sobre Capacidades Estatais para o Desenvolvimento em Perspectiva Comparada, bem como o Grupo de Pesquisa Relações Internacionais do Atlântico Sul registrado e certificado no CNPQ. Durante o primeiro semestre de 2008 foi Visiting Scholar no mestrado de Ciência Política da Universidade de Copenhague, Dinamarca. Possui graduação em Relações Internacionais pela PUC Minas (2007) onde foi bolsista de Iniciação Científica por dois anos em projeto financiado pela FAPEMIG e cursou até o sexto período de Economia. Em 2015, foi Secretária Executiva do Núcleo de Articulação Minas 2016 do Governo do Estado de Minas Gerais, junto ao qual atuou como Assessora de Relações Internacionais (2009-2015) tendo sido Coordenadora do programação de capacitação internacional de estudantes Jovens Mineiros Cidadãos do Mundo. Foi Diretora Executiva no Brasil do projeto holandês de cooperação internacional em ensino, pesquisa e extensão entre universidades destes países (Living Lab Biobased Economy Brazil). (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Luciana Las Casas Oliveira
Nome em citações bibliográficas
LAS CASAS, Luciana


Formação acadêmica/titulação


2010 - 2012
Mestrado em Relações Internacionais.
Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, PUC Minas, Brasil.
Título: BRICS BUT NO WALL VERSUS THE IBSA CEMENT: o problema da cooperação a partir de três níveis,Ano de Obtenção: 2012.
Orientador: Maria de Fátima Junho Anastasia.
Palavras-chave: Middle power; BRICS; Líder regional; Cooperação internacional; IBSA.
Grande área: Ciências Humanas
2004 interrompida
Graduação interrompida em 2007 em Ciências Econômicas.
Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, PUC Minas, Brasil.
Ano de interrupção: 2007
2004 - 2007
Graduação em Relações Internacionais.
Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, PUC Minas, Brasil.
Título: Res communis ou res nullius: o processo de negociação dos direitos de mineração dos leitos oceânicos.
Orientador: Paulo Luiz Moreaux Lavigne Esteves.
2003 interrompida
Graduação interrompida em 2003 em Higher National Diploma with Languages.
Birmingham College of Food, Turism and Creative Studies, BCFTCS, Inglaterra.
Ano de interrupção: 2003




Formação Complementar


2016 - 2016
Capacitação em Negociações Complexas. (Carga horária: 16h).
Centro de Tecnologia, Relações Internacionais e Segurança, CETRIS, Brasil.
2006 - 2006
Extensão universitária em Política Brasileira. (Carga horária: 22h).
Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, PUC Minas, Brasil.
2005 - 2005
Extensão universitária em Republicanismo. (Carga horária: 18h).
Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, PUC Minas, Brasil.
2005 - 2005
Extensão universitária em Cenários Geopolíticos no Século XXI. (Carga horária: 18h).
Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, PUC Minas, Brasil.
2004 - 2004
Extensão universitária em III Seminário de Métodos Quantitativos Aplicados à Economia. (Carga horária: 2h).
Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, PUC Minas, Brasil.
2004 - 2004
Extensão universitária em A questão dos refugiados no Direito e nas Relações Internacionais. (Carga horária: 18h).
Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, PUC Minas, Brasil.
2004 - 2004
Extensão universitária em Uma Década do Protocolo de Ouro Preto: O Futuro do Mercosul. (Carga horária: 10h).
Governo do Estado de Minas Gerais / PUC Minas / UFMG, EMG/PUC/UFMG, Brasil.
2001 - 2003
English for Speakers of Other Languages at Higher Intermediate Level.
Bournville College of Further Education, BCFE, Inglaterra.


Atuação Profissional



Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, PUC Minas, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - 2017
Vínculo: Professora, Enquadramento Funcional: Assistente I, Carga horária: 15

Vínculo institucional

2006 - 2007
Vínculo: Bolsista/Iniciação Científica, Enquadramento Funcional: Iniciação Científica, Carga horária: 20

Atividades

02/2017 - 06/2017
Ensino, Relações Internacionais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Metodologia de Pesquisa em Relações Internacionais I
Processos de Negociação e Tomada de Decisão em Relações Internacionais
Trabalho de Conclusão de Curso I
Trabalho de Conclusão de Curso II
08/2016 - 12/2016
Ensino, Relações Internacionais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Processos de Negociação e Tomada de Decisão em Relações Internacionais
Metodologia de Pesquisa em Relações Internacionais I
05/2006 - 05/2006
Outras atividades técnico-científicas , Departamento de Relações Internacionais, Departamento de Relações Internacionais.

Atividade realizada
Monitoria - Seminário Debates teóricos e Meta-teóricos em Relações Internacionais..

Centro de Tecnologia, Relações Internacionais e Segurança, CETRIS, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - Atual
Vínculo: Consultora Associada, Enquadramento Funcional: Consultora Associada


Secretaria de Estado de Esportes de Minas Gerais, SEESP, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - 2016
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Secretária Executiva, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

06/2015 - 01/2016
Direção e administração, Gabinete, .

Cargo ou função
Secretária Executiva do Núcleo de Articulação Minas 2016, instância responsável pela organização e execução dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016 no Estado de Minas Gerais..

Centre of Expertise Biobased Economy - Holanda, COEBBE, Holanda.
Vínculo institucional

2015 - 2015
Vínculo: Diretoria Executiva, Enquadramento Funcional: Diretoria Executiva
Outras informações
O Living Lab Biobased Brazil em Minas Gerais é uma iniciativa Nuffic (Organização Holandesa para Cooperação Internacional no Ensino Superior) e do do Centre of Expertise Biobased Economy. Trata-se de uma cooperação modelo 'triple-helix' entre Brasil e Holanda, focada em educação 'biobased' e pesquisa aplicada.O Living Lab é uma plataforma de educação e pesquisa aplicada para estudantes (graduação), professores e pesquisadores de diversas universidades brasileiras e holandesas (de ciências aplicadas), com especial atenção à inovação (aberta) em química, economia e sociedade 'biobased' .

Atividades

01/2015 - 07/2015
Serviços técnicos especializados , Centre of Expertise Biobased Economy, .

Serviço realizado
Responsável pela implantação do Living Lab Biobased Brazil em Minas Gerais..

INCT em Políticas Públicas, Estratégias e Desenvolvimento, INCT-PPED, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - 2014
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Integrante de projeto de pesquisa


Governadoria do Estado de Minas Gerais, SGG, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - 2015
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Assessora de Relações Internacionais, Carga horária: 40

Atividades

03/2011 - 02/2015
Serviços técnicos especializados , Assessoria de Relações Internacionais, .

Serviço realizado
Assessora de Relações Internacionais..

Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais, SEDE, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - 2011
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Assessora de Relações Internacionais, Carga horária: 40

Atividades

07/2009 - 02/2011
Serviços técnicos especializados , Superintendência de Relações Internacionais, .

Serviço realizado
Assessora de Relações Internacionais e coordenadora do Jovens Mineiros Cidadãos do Mundo, programa de capacitação internacional de universitários, técnicos e servidores..

Universidade de Copenhague, KOBENHAVNS, Dinamarca.
Vínculo institucional

2008 - 2008
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Visiting Scholar



Projetos de pesquisa


2016 - Atual
Instituto de Ciência e Tecnologia em Políticas Públicas, Estratégias e Desenvolvimento - INCT/PPED. Capacidades Estatais para o Desenvolvimento em Perspectiva Comparada
Descrição: O principal objetivo do INCT/PPED é contribuir para a renovação conceitual e instrumental da ação pública comprometida com o desenvolvimento. O projeto pretende responder ao duplo desafio de inovar na interpretação dos processos de adaptação do Estado e de suas políticas em face às mudanças do cenário internacional através da matriz conceitual conhecida como variedades de capitalismo bem como de subsidiar a ação pública governamental através da preparação de quadros para o núcleo estratégico do Estado brasileiro e latino-americano. Análise das instituições políticas dos países em tela e de seus impactos sobre a construção das capacidades estatais e dos cidadãos, requeridas para a promoção do desenvolvimento..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2012 - 2014
Capacidades Estatais para o Desenvolvimento: vantagens institucionais comparativas em países emergentes (BRICS, Turquia e Argentina)
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2009 - Atual
Relações Internacionais do Atlântico Sul
Descrição: Grupo de pesquisa com interesse em estudos comparados da África e da América Latina.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (10) / Mestrado acadêmico: (3) .
Integrantes: Luciana Las Casas Oliveira - Integrante / Taiane Las Casas Campos - Coordenador / Paris Yeros - Integrante / Otávio Soares Dulci - Integrante / Bernardo Ramos Bahia - Integrante / Rafael Bittencourt - Integrante.
2005 - 2007
Res communis ou Res nullius: o processo de negociação dos direitos de mineração dos leitos oceânicos

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Paulo Luiz Moreaux Lavigne Esteves em 19/12/2013.
Descrição: O projeto tem como objetivo analisar o processo de negociação do regime de exploração mineral dos leitos oceânicos.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.


Outros Projetos


2016 - 2016
SIGAN Samarco
Descrição: Implantação do Sistema Integrado de Governança de Alto Nível na Samarco..
Situação: Concluído; Natureza: Outra.
2015 - 2015
Núcleo de Articulação MINAS 2016
Descrição: O Núcleo foi estabelecido visando promover as ações necessárias à realização dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016 no estado de Minas Gerais. Instituído pelo Decreto estadual 46743, de 15 de abril de 2015, possui as seguintes atribuições: I - desenvolver planejamento estratégico integrado para a realização dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos no Estado; II - atender às solicitações do Comitê Olímpico Internacional ? COI ? e cooperar com a Autoridade Pública Olímpica, com o Comitê Organizador Rio 2016 e com os demais comitês e delegações olímpicas; III - acompanhar os projetos estratégicos e ações referentes aos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016, no âmbito do Estado, nas áreas de segurança, mobilidade, saúde, voluntariado, cultura, turismo e esportes, promovendo a articulação com órgãos e instituições do setor público e privado; IV - identificar e propor a criação de oportunidades para que a realização dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016 contribua para o desenvolvimento econômico e social de Minas Gerais, especialmente nas áreas de esporte e turismo..
Situação: Concluído; Natureza: Outra.
2015 - 2015
Implantação do Living Lab Biobased Brazil em Minas Gerais
Descrição: O Living Lab Biobased Brazil em Minas Gerais é uma iniciativa Nuffic (Organização Holandesa para Cooperação Internacional no Ensino Superior) e do do Centre of Expertise Biobased Economy. Trata-se de uma cooperação modelo 'triple-helix' entre Brasil e Holanda, focada em educação 'biobased' e pesquisa aplicada.O Living Lab é uma plataforma de educação e pesquisa aplicada para estudantes (graduação), professores e pesquisadores de diversas universidades brasileiras e holandesas (de ciências aplicadas), com especial atenção à inovação (aberta) em química, economia e sociedade 'biobased'.
Situação: Concluído; Natureza: Outra.
2011 - 2014
Jovens Mineiros Cidadãos do Mundo
Descrição: Programa de capacitação internacional de universitários, técnicos e servidores. O Programa faz parte das estratégias governamentais estabelecidas no Plano Mineiro de Desenvolvimento Integrado ? PMDI, que prevê a capacitação do capital humano como um aspecto determinante para a promoção do bem estar social, do desenvolvimento e da eficiência da economia, da capacidade de inovação do setor produtivo, do uso sustentável dos ativos ambientais e do bom desempenho das instituições..
Situação: Concluído; Natureza: Outra.
2009 - 2010
Jovens Mineiros Cidadãos do Mundo
Descrição: Programa de capacitação internacional de universitários, técnicos e servidores. O Programa faz parte das estratégias governamentais estabelecidas no Plano Mineiro de Desenvolvimento Integrado ? PMDI, que prevê a capacitação do capital humano como um aspecto determinante para a promoção do bem estar social, do desenvolvimento e da eficiência da economia, da capacidade de inovação do setor produtivo, do uso sustentável dos ativos ambientais e do bom desempenho das instituições..
Situação: Concluído; Natureza: Outra.


Membro de comitê de assessoramento


2015 - 2016
Agência de fomento: Governo do Estado de Minas Gerais


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Política Internacional / Cooperação Internacional.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Política Internacional / Instituições Internacionais.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Conflitos e Coalizões Políticas.
4.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Middle Power.
5.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Processos de negociação e tomada de decisão.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.


Prêmios e títulos


2013
Prêmio de primeira colocada no 2o Concurso Nacional ABRI de Dissertações e Teses em Relações Internacionais (Trabalho recomendado e aceito para publicação como livro), Associação Brasileira de Relações Internacionais.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
ANASTASIA, Fátima2015ANASTASIA, Fátima ; LAS CASAS, Luciana . Instituições Políticas, Capacidades Estatais e Cooperação Internacional: África do Sul, Brasil e China. Texto para Discussão (IPEA. Brasília), v. 1, p. 1-78, 2015.

2.
ESTEVES, Paulo2008ESTEVES, Paulo ; LAS CASAS, Luciana . A política internacional dos leitos oceânicos e o conflito Norte-Sul: 1945-1970. Carta Internacional (São Paulo), v. 03, p. 31-39, 2008.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
LAS CASAS, Luciana. BRICS but no wall versus the IBSA cement: o problema da cooperação a partir de três níveis. 1. ed. Campina Grande: EDUEPB, 2016. 250p .

Capítulos de livros publicados
1.
ANASTASIA, Fátima ; LAS CASAS, Luciana . Instituições Políticas, Capacidades Estatais e Cooperação Internacional: África do Sul, Brasil e China. In: Alexandre de Ávila Gomide, Renato Raul Boschi.. (Org.). Capacidades estatais em países emergentes : o Brasil em perspectiva comparada. 1ed.Rio de Janeiro: IPEA, 2016, v. , p. 425-473.

2.
ESTEVES, Paulo ; LAS CASAS, Luciana . A política internacional dos oceanos e a Política Externa dos Estados Unidos: 1945 - 1960. In: Diniz, Eugênio; Lopes, Liana. (Org.). Estados Unidos: Política Externa e Atuação na Política Internacional Contemporânea. Belo Horizonte: PUC-Minas, 2008, v. 01, p. -.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
LAS CASAS, Luciana. Middle powers: comparing for understanding. In: Third Global International Studies Conference - World International Studies Committee (WISC), 2011, Porto. World Crisis. Revolution or Evolution in the International Community?, 2011.

2.
LAS CASAS, Luciana; ANASTASIA, Fátima . Middle Powers: Searching for a Definition. In: International Studies Association 52nd Annual Convention - Global Governance: Political Authority in Transition, 2011, Montreal. International Studies Association, 2011.

3.
CAMPOS, Taiane ; LAS CASAS, Luciana . Similar roles, different strategies: Brazil, India and South Africa trade policies. In: International Studies Association 50th Annual Convention, 2009, Nova Iorque. Exploring the Past, Anticipating the Future, 2009.

Apresentações de Trabalho
1.
CAMPOS, Taiane ; LAS CASAS, Luciana . O processo de integração regional como um jogo de coordenação: o caso da educação secundária no Mercosul e na Comunidade Andina. 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

2.
LAS CASAS, Luciana; CAMPOS, Taiane . BRICS versus IBSA? A dinâmica da cooperação nos agrupamentos internacionais. 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

3.
LAS CASAS, Luciana; ANASTASIA, Fátima . Middle Powers: Searching for a Definition. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

4.
LAS CASAS, Luciana. Middle powers: comparing for understanding. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

5.
CAMPOS, Taiane ; LAS CASAS, Luciana . Similar roles, different strategies: Brazil, India and South Africa trade policies. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

6.
LAS CASAS, Luciana. Res communis ou res nullius? A produção de decisões coletivas e a negociação dos direitos de mineração dos leitos oceânicos. 2007. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

7.
LAS CASAS, Luciana. Res communis ou Res nullius: o processo de negociação dos direitos de mineração dos leitos oceânicos de 1973 a 1982. 2007. (Apresentação de Trabalho/Congresso).


Produção técnica
Trabalhos técnicos
1.
LAS CASAS, Luciana. Parecer Revista Carta Internacional. 2016.

Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
LAS CASAS, Luciana. Minas confirma mais uma delegação que irá se preparar no estado para as Olimpíadas. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

2.
LAS CASAS, Luciana. Secretaria de Cultura inicia preparações para as Olímpiadas e Paralimpíadas 2016. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

3.
LAS CASAS, Luciana. Jovens servidores de Minas Gerais realizam intercâmbio em Cingapura. 2010. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).


Demais tipos de produção técnica


Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
LAS CASAS, Luciana; CONSTANTINO, F.; RESIN, C. A. S.. Participação em banca de Paula Kamei e Letícia Martins.FALHAS DE MECANISMOS INSTITUCIONAIS DA UNIÃO EUROPEIA PARA CONTROLE ECONÔMICO: O caso da Grécia. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais.

2.
LAS CASAS, Luciana; CAMPOS, Taiane; TEIXEIRA, R. C.. Participação em banca de Thiago Vallinote Firmino.BRASIL COMO LÍDER REGIONAL: A caminhada do Brasil durante o governo Lula para se tornar um líder sul-americano. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais.

3.
LAS CASAS, Luciana; SANTOS FILHO, O.; JUNQUEIRA, K. B.. Participação em banca de Gabriel Adas, Danielle de Andrade e Nayara de Souza.RELAÇÃO ENTRE EUA E RÚSSIA: uma análise da cultura anárquica prevalecente no Pós Guerra Fria. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais.

4.
LAS CASAS, Luciana; TEIXEIRA, R. C.; JUNQUEIRA, K. B.. Participação em banca de Nathaly Oliveira.CINEMA COMO FERRAMENTA DE SOFT POWER ESTADUNIDENSE: uma análise do cinema hollywoodiano e seu uso para legitimar política externa. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais.

5.
MADUREIRA, A. R. V.; LAS CASAS, Luciana; RAMOS, L.; MENDES, C. G.. Participação em banca de José Augusto Rodrigues e Lucas Coutinho.O uso das Empresas Militares e de Segurança Privada durante o Plano Colômbia. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais.

6.
LAS CASAS, Luciana; SILVA, M. S.; ANDRADE, L. C. S.. Participação em banca de Isabelle Otoni; Lucas Lima; Marina dos Santos; Thábata Costa.Retomada das relações entre EUA e Cuba: uma análise ao papel de grupos de interesse domésticos na atual mudança das diretrizes da polítca externa estadunidense. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Outras participações
1.
PIRES, M. S. O.; GUIMARAES, F. R. F.; CAETANO, E. M.; LAS CASAS, Luciana. Jovens Mineiros Cidadãos do Mundo - Reinventando o Ensino Médio/2013. 2013. Governo do Estado de Minas Gerais.

2.
BREGUNCI, T. H. B.; PEREIRA, C. S.; LAS CASAS, Luciana. Jovens Mineiros Cidadãos do Mundo - Edição França/2012. 2012. Governo do Estado de Minas Gerais.

3.
LAS CASAS, Luciana; PEREIRA, C. S.; VIEIRA, S. G. S.. Jovens Mineiros Cidadãos do Mundo - Edição Itália 2010. 2010. Governo do Estado de Minas Gerais.

4.
VASCONCELOS, L. A. A.; PEREIRA, C. S.; LAS CASAS, Luciana. Jovens Mineiros Cidadãos do Mundo. 2009. Governo do Estado de Minas Gerais.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
PUC Aberta.PUC Aberta - Relações Internacionais. 2017. (Outra).

2.
International Studies Association 52th Annual Convention. Middle Powers: Searching for a Definition. 2011. (Congresso).

3.
World International Studies Committee. Middle Powers: Comparing for Understanding. 2011. (Congresso).

4.
International Studies Association 50th Annual Convention. Similar roles, different strategies: Brazil, India and South Africa trade policies. 2009. (Congresso).

5.
15o Seminário de Iniciação Científica.A produção de decisões coeltivas e a negociação dos direitos de mineração dos leitos oceânicos. 2007. (Seminário).

6.
A questão nacional na África, Ásia e América Latina - Regionalismo, Democracia e Desenvolvimento. 2007. (Seminário).

7.
Associação Brasileira de Relações Internacionais. Res Communis ou Res Nullius: o Processo de Negociação dos Direitos de Mineração dos Leitos Oceânicos de 1973 a 1982. 2007. (Congresso).

8.
Associação Brasileira de Ciência Política. 2006. (Congresso).

9.
Debates teóricos e metateóricos em Relações Internacionais. 2006. (Seminário).

10.
1o Modelo Intercolegial da Organização das Nações Unidas (Mini-Onu).Delegada da Nicarágua na Organização dos Estados Americanos. 2000. (Outra).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
NACIMENTO, E. A. ; NEIVA, E. O. ; MARTINI, M. P. B. ; ALMEIDA, M. S. C. ; PEREIRA, C. S. ; LAS CASAS, Luciana ; SALES, P. M. ; SIMOES, R. . Reunião Anual da Organização Internacional do Café. 2013. (Outro).



Orientações



Orientações e supervisões concluídas
Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Bruna Corrêa Ferreira. As implicações domésticas do uso da violência sexual como arma de guerra pelos grupos terroristas Estado Islâmico e Boko Haram. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais. Orientador: Luciana Las Casas Oliveira.

2.
Fernanda Cardoso Fonseca; Marianna Petrovna Ekel. Tráfico de mulheres ucranianas: o papel das organizações e grupos não governamentais no combate ao crime contra a mulher. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais. Orientador: Luciana Las Casas Oliveira.

3.
Ícaro Társis Costa Xavier. A reestruturação do conceito de heroísmo japonês após a ocupação norte-americana. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais. Orientador: Luciana Las Casas Oliveira.

4.
Ana Camila Ribeiro Moreira; Leticia Rezende Oliveira. Guerra ao terror e Estado de exceção permanente: reações excepcionais ao 11/09 e suas consequências para os direitos civis em Estados democrático-liberais. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais. Orientador: Luciana Las Casas Oliveira.

5.
Luísa Marques Hostalácio. O VOTO FEMININO E A INSTAURAÇÃO DA MULHER COMO SUJEITO NA POLÍTICA: CONCESSÃO OU CONQUISTA? Estudo de caso comparativo entre Inglaterra e Rússia. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais. Orientador: Luciana Las Casas Oliveira.

6.
Letícia Aquino Martins; Paula Kamei De Oliveira. A crise da Grécia e a sua posição na União Europeia. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais. Orientador: Luciana Las Casas Oliveira.

7.
Nathaly Nunes De Oliveira. Cinema como ferramenta de. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais. Orientador: Luciana Las Casas Oliveira.

8.
Daniele de Andrade; Gabriel Adas; Nayara de Souza. Rivalidade entre os EUA e a Rússia: uma comparação da rivalidade no período da guerra fria com os conflitos atuais. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais. Orientador: Luciana Las Casas Oliveira.

9.
Thiago Vallinote Firmino. A liderança regional brasileira na América do Sul: uma análise do soft power. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais. Orientador: Luciana Las Casas Oliveira.

10.
Allana Camini Moreira de Souza; Luiz Carlos Vieira da Silva. LUTA CONTRA O TRÁFICO DE DROGAS E A INTEGRAÇÃO REGIONAL. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais. Orientador: Luciana Las Casas Oliveira.




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 13/11/2018 às 1:21:19