Uliana Esteves de Jesus

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/5175556161890830
  • Última atualização do currículo em 22/05/2018


Doutoranda no Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social do Museu Nacional/UFRJ (PPGAS/MN/UFRJ). Integrante do Núcleo de Pesquisas em Cultura e Economia (NuCEC) do PPGAS/MN/UFRJ. Mestre em Antropologia Social pelo PPGAS/MN/UFRJ (2014). Bacharel em Ciências Sociais com concentração em Antropologia pela Universidade Federal da Bahia (2008), Licenciada em Ciências Sociais pela Universidade Federal da Bahia (2006) e Bacharel em Turismo e Hotelaria pela Universidade do Estado da Bahia (2004). Dedica-se principalmente aos seguintes temas: formas de governo, humanitarismo, Estado, religião, saúde, cooperação internacional. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Uliana Esteves de Jesus
Nome em citações bibliográficas
ESTEVES, Uliana;ESTEVES, ULIANA


Formação acadêmica/titulação


2014
Doutorado em andamento em ANTROPOLOGIA SOCIAL.
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
Título: Governo missionário: a gestão da vida como missão,
Orientador: Federico Neiburg.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
2012 - 2014
Mestrado em Antropologia Social.
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
Título: Um ensaio etnográfico sobre a cooperação Brasil, Haiti e Cuba para a saúde pública haitiana,Ano de Obtenção: 2014.
Orientador: Federico Neiburg.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
2000 - 2007
Graduação em Bacharelado em Ciência Sociais.
Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.
Título: Saberes do mangue: relação 'mulher-ambiente' na comunidade pesqueira de Batateira, Cairú-BA.
Orientador: Carlos Alberto Caroso Soares.
2000 - 2006
Graduação em Licenciatura em Ciências Sociais.
Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.
2000 - 2004
Graduação em Bacharelado em Turismo e Hotelaria.
Universidade do Estado da Bahia, UNEB, Brasil.




Formação Complementar


2016 - 2016
Curso de Formação em EAD com Ênfase na Tutoria CEDERJ. (Carga horária: 90h).
Fundação Centro de Ciências e Educação Superior à Distância do Estado do RJ, CECIERJ, Brasil.
2014 - 2014
Extensão universitária em Saúde Global (Instituto de Medicina Social - UERJ). (Carga horária: 30h).
Universidade do Estado do Rio de Janeiro, UERJ, Brasil.
2014 - 2014
Extensão universitária em Construção de Etnografias em Saúde. (Carga horária: 30h).
Fundação Oswaldo Cruz, FIOCRUZ, Brasil.
2011 - 2011
Extensão universitária em Anthropology and Human Rights. (Carga horária: 36h).
Harvard University, HARVARD, Estados Unidos.
2011 - 2011
Corporative Social Responsability.
New York University, NYU, Estados Unidos.
2010 - 2010
Advocacy for Human Rights.
Advocacy Lab, ADLAB, Estados Unidos.
2008 - 2009
Development Instructor.
Institute for International Cooperation and Development, IICD, Estados Unidos.
2008 - 2008
HIV & STDs. (Carga horária: 3h).
New York State Department of Health/AIDS Institute, NYS DOH AIDS, Estados Unidos.
2007 - 2007
Extensão universitária em Antropólogos em situação de perícia.
Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.
2007 - 2007
Extensão universitária em Etnoecologia.
Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.
2003 - 2003
Protagonismo Juvenil. (Carga horária: 40h).
Instituto Anísio Teixeira, IAT/SEC, Brasil.
2002 - 2002
Extensão universitária em História da Bahia.
Universidade do Estado da Bahia, UNEB, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, UNIRIO, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - Atual
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Tutora à distância, Carga horária: 10
Outras informações
Tutora à distância da disciplina Produção do Espaço Turístico no curso Licenciatura em Turismo (CEDERJ/UNIRIO/UAB)


Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - 2015
Vínculo: Estágio Docente, Enquadramento Funcional: Estágio Docente, Carga horária: 4
Outras informações
Realizou estágio docente no Instituto de Estudos em Saúde Coletiva/IESC, Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva, na disciplina "Fundamentos teórico-metodológicos das ciências sociais e humanas" sob a supervisão da Professora Dra. Rachel Aisengart Menezes, IESC/UFRJ.

Vínculo institucional

2014 - 2015
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Tutora à distância, Carga horária: 10
Outras informações
Atuou como tutora à distância no curso "Culturas e Histórias dos Povos Indígenas no Brasil" oferecido dentro da RENAFOR/MEC, concebido e gerado a partir do Laboratório de Pesquisas em Etnicidade, Cultura e Desenvolvimento (LACED), Departamento de Antropologia, do Museu Nacional da UFRJ. O curso tinha como objetivo a formação continuada de docentes do ensino médio e fundamental. Como tutora teve como atribuições: mediar a comunicação pedagógica entre professores coordenadores e cursistas; problematizar os conteúdos no ambiente virtual de aprendizagem, propondo fóruns de debates, sugerindo leituras e materiais de apoio; colaborar na elaboração, orientação, acompanhamento e correção das atividades e avaliações; participar dos encontros presenciais com os cursistas; orientar os trabalhos finais de conclusão de curso.


AVM EDUCACIONAL LTDA., AE_PPROV, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - 2014
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professora Presencial, Carga horária: 6
Outras informações
Atuou como professora presencial da disciplina "Antropologia e Pluralidade Cultural" no segundo semestre de 2014, do Curso de Licenciatura em Pedagogia, oferecido na modalidade a distância pela AVM Faculdade Integrada.


American Museum of Natural History, AMNH, Estados Unidos.
Vínculo institucional

2010 - 2011
Vínculo: Estágio, Enquadramento Funcional: Pesquisadora Estagiária, Carga horária: 16
Outras informações
Participou da pesquisa "Crow-Omaha Research" desenvolvida pelo Antropólogo Curador Peter Whiteley e financiada pelo National Science Foundation Anthropology Program. A pesquisa tem como objetivo comparar instâncias globais do sistema de parentesco do tipo Crow-Omaha e seus variantes. Ocupou-se dos grupos indígenas sul-americanos estudados no escopo da pesquisa totalizando doze grupos étnicos. Realizou codificação de variáveis culturais, produção de mapas etnológicos, traduções de artigos, levantamento e revisão bibliográfica.


Humana People to People, -, Índia.
Vínculo institucional

2009 - 2009
Vínculo: Voluntario, Enquadramento Funcional: Instrutora, Carga horária: 40
Outras informações
Participou do projeto de formação de Instrutores de Desenvolvimento no Training Center for Global Development no estado de Rajasthan na Índia. Ministrou aulas nas temáticas de desenvolvimento, direitos humanos e organização de projetos sociais. Auxiliou em campanhas de captação de recursos em vilas na área rural do estado.

Vínculo institucional

2009 - 2009
Vínculo: Voluntario, Enquadramento Funcional: Instrutora, Carga horária: 40
Outras informações
Atuou como instrutora no projeto de prevenção ao HIV/AIDS TCE-Total Controle da Epidemia em Moçambique. Elaborou e distribuiu material educativo sobre HIV/AIDS. Treinou mobilizadores comunitários locais para prevenção ao HIV/AIDS. Realizou oficinas comunitárias de gerenciamento de projetos. Treinou mobilizadores locais para elaboração de projetos sociais. Realizou oficinas de liderança para lideranças locais. Realizou oficina de práticas educativas para prevenção ao HIV. Responsável pelo departamento de Micro-Projetos de Geração de Renda. Iniciou 88 micro-projetos de geração de renda na área rural da província de Manica. Nesses projetos, trabalhou diretamente com famílias de baixa renda, pequenos agricultores, trabalhadoras do sexo e grupos HIV positivo.


Bahia Pesca, BAHIA PESCA, Brasil.
Vínculo institucional

2007 - 2008
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Técnico facilitador, Carga horária: 30
Outras informações
Atuou como facilitadora no Plano de Desenvolvimento da Pesca Artesanal na Baía de Todos os Santos e Iguape da Bahia Pesca. Atuou nas Ilhas de Bom Jesus dos Passos, Ilha dos Frades e Ponta de Nossa Senhora. Conduziu encontros com representantes de organizações de base para implementação de projeto governamental na área da pesca. Promoveu mobilização comunitária para atingir os beneficiados pelo programa. Participou de pesquisa sócio-demográfica conduzida pela Instituição Bahia Pesca a qual foi utilizada para adaptação do projeto ao seu contexto social.


Escola Estadual Visconde de Itaparica, -, Brasil.
Vínculo institucional

2007 - 2007
Vínculo: Prestação de Serviço, Enquadramento Funcional: Regente de classe, Carga horária: 20
Outras informações
Ministrou classes de Turismo para turmas da 5, 6 e 7 séries do ensino fundamental. Tal disciplina fazia parte do currículo complementar da escola.


Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.
Vínculo institucional

2005 - 2006
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista Iniciação Tecnológica, Carga horária: 20

Vínculo institucional

2005 - 2006
Vínculo: Apoio Técnico, Enquadramento Funcional: Apoio Técnico, Carga horária: 20

Vínculo institucional

2004 - 2005
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista Iniciação Científica


Juspopuli, -, Brasil.
Vínculo institucional

2006 - 2006
Vínculo: Instrutor, Enquadramento Funcional: Instrutor, Carga horária: 40
Outras informações
Trabalhou no Projeto Selo UNICEF - Município Aprovado 2006, realizando entrevistas, visitas a programas, mediação de Fóruns de Avaliação, lançamento de informações em programa de computador e elaboração de relatório nos municípios baianos Rio do Pires, Caturama, Rio de Contas, Livramento de Nossa Senhora e Glória.


PANGEA Centro de Estudos Socioambientais, PANGEA, Brasil.
Vínculo institucional

2006 - 2006
Vínculo: Consultora, Enquadramento Funcional: Professora, Carga horária: 12
Outras informações
Participou como consultora do módulo Preservação Ambiental ministrando aulas de Educação Ambiental e Desenvolvimento Sustentável no curso Artesanato do Projeto Criança Esperança.


Centro Humanitário de Apoio à Mulher, CHAME, Brasil.
Vínculo institucional

2004 - 2004
Vínculo: Estágio, Enquadramento Funcional: Estagiária, Carga horária: 20
Outras informações
Participou de atividades de pesquisa realizadas pelo organização. Responsabilizou-se pela atualização de banco de dados sobre tráfico de mulheres e turismo sexual. Participou em campanhas de prevenção ao turismo sexual e ao tráfico internacional de mulheres. Produziu projeto de pesquisa sobre turismo sexual em Salvador submetido à aprovação pela organização.


Secretaria de Educação do Estado da Bahia, SEEBA, Brasil.
Vínculo institucional

2004 - 2004
Vínculo: Prestadora de Serviço, Enquadramento Funcional: Monitora/Educadora, Carga horária: 20
Outras informações
Atuou como educadora no Programa "Jovens em Ação", mobilizando núcleos de estudantes para o protagonismo juvenil em escolas da Rede Estadual de Ensino. Promoveu a capacitação dos núcleos nos seguintes temas transversais: sexualidade, abuso de drogas, cidadania e meio ambiente.


Banco do Nordeste do Brasil, BNB, Brasil.
Vínculo institucional

2003 - 2003
Vínculo: Voluntária, Enquadramento Funcional: Facilitadora, Carga horária: 4
Outras informações
Participou como facilitadora do Programa de Capacitação Rádio Nordeste- Turismo, ministrando classes de Turismo para turmas organizadas pela Casa do Trabalhador do Bairro de Saramandaia, Salvador-BA, com carga mensal de 20 horas.



Projetos de pesquisa


2015 - Atual
Governo missionário: a gestão da vida como missão
Descrição: A pesquisa trata do universo de agentes e agências que participam da Pastoral da Criança, organismo social da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), compondo, entre ações, afetos, racionalidades, técnicas e religiosidades, um governo da saúde materna e infantil. Este governo tem como "missão" a promoção da "vida em abundância? por meio da ?ajuda? de voluntários, majoritariamente mulheres católicas. Para analisar essa forma de governo, parte-se da descrição de sua configuração, observando saberes, técnicas e racionalidades articulados e postos em prática pelas voluntárias bem como suas motivações para o engajamento. A pesquisa consiste, ainda, na análise da trajetória da médica católica Zilda Arns, idealizadora e fundadora da Pastoral da Criança, observando a constituição de sua agenda política voltada para a saúde..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2014 - Atual
Modulações do Internacionalismo Médico Cubano no Brasil
Descrição: A pesquisa tem por objetivo geral analisar as modulações do internacionalismo médico cubano no Brasil, por meio do programa Mais Médicos. Investiga a configuração social do internacionalismo analisando os instrumentos, racionalidades, agências e agentes envolvidos nas ações do internacionalismo cubano no Brasil. Adota, fundamentalmente, a perspectiva etnográfica, atribuindo preeminência às narrativas sobre as experiências dos agentes envolvidos no programa. A investigação se insere no campo dos estudos da antropologia das formas de governo e antropologia da saúde..
Situação: Desativado; Natureza: Pesquisa.
2012 - 2014
Cooperação Internacional no Haiti
Descrição: A pesquisa discute, do ponto de vista de uma antropologia das formas de governo, a produção da cooperação internacional no Haiti partindo da análise do ?Projeto Tripartite Brasil-Haiti-Cuba para fortalecimento do sistema de saúde e de vigilância epidemiológica do Haiti?. Este foi um projeto de cooperação técnica internacional financiado majoritariamente pelo governo brasileiro e que visa a contribuir para a estruturação do sistema público de saúde haitiano. A pesquisa analisa o arranjo entre diferentes elementos e escalas de processos sociais ?individuais, institucionais e de unidades políticas nacionais e supranacionais ?, que estruturam a configuração do Tripartite. São objetos de discussão e análise a rede de agências que representam governos e suas ações internacionais; a perspectiva das pessoas, suas trajetórias sociais e profissionais, expertises e sentimentos e os sentidos sociais que elas constroem sobre os processos dos quais participam; e alguns dispositivos de governo da saúde envolvidos..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2005 - 2006
Estratégias sócio-ambientais e turismo ecológico no espaço rural baiano
Descrição: Este projeto de pesquisa tem por objetivo principal elaborar e propor estratégias que fomentam a prática do turismo ecológico no espaço rural baiano, levando-se em conta suas potencialidades e limites em termos de dinâmica de desenvolvimento local e tendo como premissas ações orientadas para a preservação da natureza e a geração de trabalho de trabalho e renda na Bahia. O projeto, com equipe de pesquisa interdisciplinar de experiência internacional, será desenvolvido em parceria com a APAEB-Valente, a UNIFACS e o IHEAL-Paris. Do ponto de vista institucional este projeto de investigação faz parte da linha de pesquisa Desenvolvimento Local Sustentável e Gestão Sócio-Ambiental integrante do grupo de pesquisa CIAGS (Centro Interdisciplinar de Desenvolvimento e Gestão Social)..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Uliana Esteves de Jesus - Integrante / Gabriel Teixeira - Integrante / Carlos Alberto Sanchez Milani - Integrante / José Célio Andrade - Coordenador / Diana Aguiar - Integrante / Martine Droulers - Integrante / Regina Celeste de Almeida Souza - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 1
2004 - 2005
Capital Social e Desenvolvimento Local na Bahia
Descrição: O projeto adotou uma perspectiva interdisciplinar e uma epistemologia baseada na complexidade, no construtivismo e no racionalismo crítico. As relações entre teoria e prática foram consideradas dialeticamente. O projeto priviligiou a dimensão cultural e política do desenvolvimento e defendeu a necessária contextualização histórica e cultural na definição de indicadores de capital social como condicionantes do desenvolvimento local. Apresentou três objetivos principais: Revisar as teorias existentes sobre capital social, com vistas a sua análise à luz do contexto baiano; Analisar as mediações estratégicas entre os atores do setor público governamental, setor associativo e setor privado no proceso de formulação, implementação e avaliação de políticas de desenvolvimento territorial e local, bem como os mecanismos e canais existentes para alianças possíveis entre os três setores; Testar hipóteses e formular recomendações no âmbito de políticas de desenvolvimento local e territorial. O objeto de pesquisa deste projeto foi a relevância da constituição de capital social no processo de formulação, avaliação e implementação de políticas de desenvolvimento territorial e local na Bahia. A partir deste objeto, foram analisadas as relações de mediação que se estabelecem entre os diversos atores (públicos, associativos e privados), bem como a capacidade de organização destes atores (sobretudo os menos influentes) no processo complexo de formulação, implementação e avaliação de políticas de desenvolvimento local na Bahia. A análise deste objeto permitiu-nos a definição de variáveis e fatores do capital social na Bahia que nos permitiram propor instrumentos científicos e estratégicos (indicadores e metodologias) para a avaliação da sustentabilidade de políticas públicas e projetos de desenvolvimento territorial e local no estado. Website: http://www.adm.ufba.br/capitalsocial/index.html..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.


Projetos de extensão


2005 - 2006
Projeto Maricultura Familiar Solidária no Baixo Sul Baiano
Descrição: O Projeto Marsol atuou em cinco comunidades pesqueiras artesanais do Baixo Sul Baiano buscando desenvolver técnicas de maricultura e a organização da produção pesqueira..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (10) / Especialização: (2) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Uliana Esteves de Jesus - Integrante / Miguel da Costa Accioly - Coordenador / Paula Chies Schommer - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Francês
Compreende Pouco, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
ESTEVES, ULIANA2016 ESTEVES, ULIANA. ?Tèt asanm pou la sante?: apontamentos etnográficos sobre a cooperação internacional para a saúde no Haiti. História, Ciências, Saúde-Manguinhos (Online), v. 23, p. 523-541, 2016.

2.
ANDRADE, J. C.2008 ANDRADE, J. C. ; MILANI, C. A. S. ; ESTEVES, Uliana . Faz sentido conceber o turismo rural na agricultura familiar como estratégia de desenvolvimento territorial no semi-árido baiano?. Patrimônio: Lazer & Turismo (UNISANTOS), v. 4, p. 29-49, 2008.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
ESTEVES, Uliana. Mariscagem em Batateira: cognição, classificação e apropriação de recursos ambientais. In: Dilemas da (Des)Igualdade na Diversidade, 2008, Porto Seguro. Anais da 26ª Reunião Brasileira de Antropologia., 2008.

2.
ESTEVES, Uliana. Mariscagem e trabalho feminino em Batateira, Cairú-Bahia.. In: X Semana de Mobilização Científica UCSal, Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, 2007, Salvador. Anais da X SEMOC - Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, 2007.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
ESTEVES, Uliana; Caroso, Carlos . Cognição ambiental e apropriação econômica em uma comunidade pesqueira estuarina: visibilidade feminina no trabalho da mariscagem.. In: X Reunião de Antropólogos do Norte e Nordeste ? X ABANNE e I Reunião Equatorial de Antropologia ? I REA., 2007, Aracaju. Livro de Resumos da I Reunião Equatorial de Antropologia e da I Reunião equatorial de Antropologia, 2007.

Artigos aceitos para publicação
1.
ESTEVES, Uliana. Expandindo a ?missão?: articulações para a (inter)nacionalização de uma ?rede de solidariedade?. Horizontes Antropológicos (online), 2018.

Apresentações de Trabalho
1.
ESTEVES, Uliana. Expandindo a ?missão?: articulações para a (inter)nacionalização de uma ?rede de solidariedade?. 2017. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

2.
ESTEVES, Uliana. ?É  uma  outra  relação  com  o  corpo?: notas preliminares sobre a medicina cubana no Brasil através do Programa Mais Médicos. 2015. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

3.
ESTEVES, Uliana. Interações e percepções de agentes da cooperação tripartite Brasil-Haiti-Cuba. 2013. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

Outras produções bibliográficas
1.
MILANI, C. A. S. ; ESTEVES, Uliana ; CUNHA, S. ; OLIVEIRA, K. ; AGUIAR, D. ; ISSA, R. ; GUEDES, N. . Roteiro de sistematização de práticas de desenvolvimento local. Salvador: Centro Interdisciplinar de Desenvolvimento e Gestão Social - CIAGS, 2005 (Livro).


Produção técnica
Trabalhos técnicos
1.
ESTEVES, Uliana. Parecerista ad hoc da Civitas ? Revista de Ciências Sociais, periódico do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (Pucrs).. 2018.


Produção artística/cultural
Artes Visuais
1.
TEIXEIRA, G. ; ESTEVES, Uliana . O TRAF na rota do sisal. 2006. Vídeo.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Seminário Conservadorismo Religioso, Gênero e Sexualidade, Fronteiras em Disputa.- CLAM. 2016. (Seminário).

2.
A integração sul-americana - Centro Internacional Celso Furtado. 2015. (Seminário).

3.
Seminário dos Alunos do PPGAS-Museu Nacional/UFRJ."É uma outra relação com o corpo: notas preliminares sobre a medicina cubana no Brasil através do Programa Mais Mèdicos. 2015. (Seminário).

4.
Pré/Pós-Campo no Caribe: compartilhando impressões no PPGAS/Museu Nacional/UFRJ.Interações e Percepções de agentes da cooperação internacional em Porto Príncipe: uma etnografia do projeto Cooperação Tripartite Brasil-Haiti-Cuba. 2013. (Seminário).

5.
26º Reunião Brasileira de Antropologia. Mariscagem em Batateira: cognição, classificação e apropriação de recursos ambientais. 2008. (Congresso).

6.
Forum Social Mundial. 2007. (Congresso).

7.
Reunião Equatorial de Antropologia; X Reunião de Antropólogos Norte-Nordeste. Cognição ambiental e apropriação econômica em uma comunidade pesqueira estuarina: visibilidade feminina no trabalho da mariscagem. 2007. (Congresso).

8.
X Semana de Mobilização Científica - SEMOC.Mariscagem e trabalho feminino em Batateira, Cairú-BA. 2007. (Seminário).

9.
I Congresso Brasileiro para a Preservação do Patrimônio Histórico, Artístico e Cultural - COMPHAN. 2001. (Congresso).

10.
XI Encontro Norte Nordeste dos Estudantes de Hotelaria e Turismo - Meio Ambiente e Produção Cultural. 2001. (Congresso).

11.
Congresso Brasileiro de Turismo. 2000. (Congresso).

12.
Segundo Congresso Internacional de Ecoturismo - World Ecotour. 2000. (Congresso).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
ESTEVES, Uliana. Igualdade na Diversidade. 2008. (Congresso).

2.
ESTEVES, Uliana. II CIDETUH - Ciclo de Debates sobre Turismo e Hotelaria. 2001. (Congresso).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Silvia Regina Vitor de Moraes. O legado das obras de Oscar Niemeyer para o desenvolvimento do turismo em Niterói. Início: 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Turismo) - Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro. (Orientador).

2.
Maria das Graças Cunha Lima. A paisagem cultural do bairro da Passagem: Uma Proposta de Educação Patrimonial. Início: 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Turismo) - Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro. (Orientador).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 19/12/2018 às 6:36:36