Natasha Bachini Pereira

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/5704777452170998
  • Última atualização do currículo em 23/11/2018


Doutoranda no Programa de Pós-graduação em Sociologia do Instituto de Estudos Sociais e Políticos da Universidade do Estado do Rio de Janeiro(IESP-UERJ). Coordenadora do projeto M Facebook, do Manchetômetro (LEMEP). Professora da Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo (FESPSP). Pesquisadora associada do Núcleo de Estudos de Teoria Social e América Latina (NETSAL) e do Laboratório de Estudos de Mídia e Esfera Pública (LEMEP), ambos situados no IESP.-UERJ. Mestra em Ciências Sociais pelo Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), no qual é pesquisadora associada do Núcleo de Estudos em Arte, Mídia e Política. Lecionou no Instituto de Filosofia e Ciências Humanas da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) e no Centro Universitário Faculdades Metropolitanas Unidas (FMU). Tem experiência nas áreas de Sociologia e Ciência Política, atuando principalmente em suas fronteiras. Suas pesquisas concentram-se nas seguintes linhas: ação coletiva; movimentos sociais; identidade coletiva; ciberativismo; ciberpolítica, campanhas eleitorais e lideranças políticas. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Natasha Bachini Pereira
Nome em citações bibliográficas
BACHINI, N.;PEREIRA, N. B.;BACHINI, NATASHA

Endereço


Endereço Profissional
Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Instituto de Estudos Sociais e Políticos IESP.
Rua da Matriz, 82
Botafogo
22260100 - Rio de Janeiro, RJ - Brasil
Telefone: (21) 22668300


Formação acadêmica/titulação


2015
Doutorado em andamento em Sociologia.
Universidade do Estado do Rio de Janeiro, UERJ, Brasil.
Título: Movimentos Sociais, indignação e transformações das identidades coletivas: Jornadas de Junho e 15M em perspectiva comparada,
Orientador: Breno Marques Bringel.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: movimentos sociais; identidade coletiva; ciberativismo; Jornadas de Junho; 15M.
2011 - 2013
Mestrado em Ciências Sociais.
Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, PUC/SP, Brasil.
Título: Sob o piado do Twitter: o novo tom das campanhas eleitorais com a difusão da Internet no Brasil,Ano de Obtenção: 2013.
Orientador: Vera Lucia Michalany Chaia.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: ciberpolítica; Campanha eleitoral; Eleições; Comportamento Político; Internet; Twitter.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Comportamento Político / Especialidade: Comunicação Política.
2012 - 2013
Graduação em Programa Especial de Formação de Docente.
Universidade Metropolitana de Santos, UNIMES, Brasil.
2007 - 2010
Graduação em Faculdade de CIências Sociais.
Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, PUC/SP, Brasil.
Título: As eleições no Brasil do Espetáculo.
Orientador: Vera Lucia Michalany Chaia.
Bolsista do(a): Prouni, PROUNI, Brasil.
2005 - 2005
Curso técnico/profissionalizante em Edição de VT.
Centro Universitário Senac, SENAC/SP, Brasil.




Formação Complementar


2017 - 2017
Coleta de dados relacionais no Facebook. (Carga horária: 16h).
Universidade Federal do Ceará, UFC, Brasil.
2016 - 2016
IV Escola de Inverno de Métodos de Pesquisa em Ciências Sociais. (Carga horária: 60h).
Universidade do Estado do Rio de Janeiro, UERJ, Brasil.
2015 - 2015
Do TCAT ao Tableau e Gephi: método para análise de mídias sociais. (Carga horária: 4h).
Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, PUC/SP, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade do Estado do Rio de Janeiro, UERJ, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - Atual
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Estudante de doutorado, Carga horária: 20

Vínculo institucional

2015 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: pesquisadora, Carga horária: 10
Outras informações
Pesquisadora do NETSAL e do LEMEP.

Vínculo institucional

2016 - 2016
Vínculo: Estágio docente, Enquadramento Funcional: Estágio docente, Carga horária: 4

Atividades

01/2017 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Instituto de Estudos Sociais e Políticos IESP, .

Linhas de pesquisa
Estudos de Mídia
03/2015 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Instituto de Estudos Sociais e Políticos IESP, .


Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, PUC/SP, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Pesquisador, Carga horária: 10
Outras informações
Pesquisadora do NEAMP - Núcleo de Estudos em Arte, Mídia e Política.

Vínculo institucional

2013 - 2014
Vínculo: Coordenadora de Pesquisa, Enquadramento Funcional: Coordenadora de Pesquisa, Carga horária: 30

Vínculo institucional

2011 - 2013
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista de Mestrado, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2008 - 2009
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista de Iniciação Científica, Carga horária: 30, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2008 - 2008
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Monitora das aulas de Sociologia I, Carga horária: 8

Atividades

08/2008 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Faculdade de Ciências Sociais da PUC/SP, .

07/2013 - 07/2014
Pesquisa e desenvolvimento , Faculdade de Ciências Sociais da PUC/SP, .

Linhas de pesquisa
Infância e Violência
02/2008 - 06/2008
Estágios , Faculdade de Ciências Sociais da PUC/SP, .

Estágio realizado
Monitoria da disciplina Sociologia I ministrada pelo Prof. Dr. Edimilson Antonio Bizelli.

Centro Universitário das Faculdades Metropolitanas Unidas, FMU, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - 2015
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 21

Atividades

02/2013 - Atual
Ensino, Administração, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia e Ética
Sociologia Aplicada
Antropologia e Sociologia
Filosofia e Lógica

Núcleo de Estudos em Arte, Mídia e Política, NEAMP, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - Atual
Vínculo: Pesquisadora, Enquadramento Funcional: Pesquisadora, Carga horária: 4


Secretaria Municipal do Verde e do Meio Ambiente, SVMA, Brasil.
Vínculo institucional

2007 - 2008
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Estagiária do Parque Lions Clube do Tucuruvi, Carga horária: 20


Mídia B, MÍDIA B, Brasil.
Vínculo institucional

2007 - 2008
Vínculo: Pesquisadora, Enquadramento Funcional: Coordenadora de Pesquisa, Carga horária: 30


ONG Conselho Brasil-Nação, CBN, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - 2010
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Estagiária, Carga horária: 30


Colégio Franciscano Stella Maris, STELLA, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - 2012
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professora estagiária, Carga horária: 6
Outras informações
Estagiária das disciplinas Sociologia I, II e III ministrada ao Ensino Médio.

Atividades

08/2012 - 12/2012
Estágios , Ensino Médio, .

Estágio realizado
DIsciplinas: Sociologia I, Sociologia II e Sociologia III.

Núcleo de Estudos de Teoria Social e América Latina, NETSAL, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - Atual
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: pesquisadora, Carga horária: 10


Laboratório de Estudos de Mídia e Esfera Pública (LEMEP), LEMEP, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - Atual
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: pesquisadora, Carga horária: 10
Outras informações
Coordenadora do projeto M Facebook


Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo, FESPSP, Brasil.
Vínculo institucional

2018 - Atual
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professora, Carga horária: 4
Outras informações
Professora do curso de Pós-graduação em Mídia, Política e Sociedade. Ministra a disciplina Ciberpolítica e cibercultura.



Linhas de pesquisa


1.
Lideranças Políticas
2.
Comunicação Política / Internet e Política
3.
Infância e Violência
4.
Estudos de Mídia
5.
Ação Coletiva e Movimentos Sociais


Projetos de pesquisa


2017 - Atual
M Facebook
Descrição: O M Facebook é um projeto de monitoramento das páginas brasileiras que lideram a difusão e circulação de assuntos relacionados à política no Facebook, mídia social que desde 2011 1 tem sido a preferida dos brasileiros. Atualmente são 102 milhões de perfis no país 2 . 70% dos usuários declaram que obtém informações fundamentalmente pelo Facebook 3 , isto é, para essas pessoas ele funciona como um portal para toda a internet. Sem perder de vista sua relação com o algoritmo de entrega de postagens (EdgeRank) do próprio Facebook, pretendemos nesse projeto analisar o movimento político e ideológico que se desenrola nessa rede e identificar os principais propagadores, fontes noticiosas, e conteúdos veiculados. Além de tudo isso, o M Facebook é complemento de nossa pesquisa principal, pois por meio de seus resultados poderemos avaliar a penetração das notícias produzidas pela grande mídia na rede social e, tomando-a como proxy, na sociedade brasileira. Em suma, com o M Facebook, o Manchetômetro dá um passo na direção ao estudo da recepção das notícias..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2016 - Atual
Transformações do ativismo no Brasil: junho de 2013 em perspectiva comparada
Descrição: Projeto de pesquisa interinstitucional aprovado pelo edital 012/2015 da CAPES (Memórias Brasileiras/Conflitos Sociais) que ambiciona compreender os sentidos e significados dos protestos ocorrentes no Brasil em 2013, de modo a contextualizá-los, empírica e teoreticamente, em um marco de transformações sociais mais amplas no país e em um contexto global de reconfiguração do ativismo e das lutas sociais. O ânimo da investigação é acrescentar à plêiade de trabalhos referentes às manifestações multitudinárias observadas no Brasil em 2013 um enfoque que possibilite o suprimento das seguintes lacunas, até aqui detectadas na produção histórica e científico-social sobre o assunto: i) a devida localização dos atores, das práticas e das gramáticas notadas nas ruas em 2013 diante de processos e transformações sociais de maior amplitude e alcance, de modo a se entender as mobilizações como componentes de conflitos sociais cuja processualidade os precede e os sucede; ii) o entendimento comparativo das distintas dinâmicas associadas aos protestos de 2013 em diferentes localidades, com o objetivo de se entender o que há de geral nas práticas ativistas do Brasil contemporâneo, assim como as demandas, formas organizativas e interações sociais específicas nas cinco localidades a serem pesquisadas, quais sejam, Rio de Janeiro, Vitória, Goiânia, Porto Alegre e Belo Horizonte e; iii) a compreensão dos repertórios, reivindicações e padrões de relação entre Estado, mídia, mercado e ativistas, para além de clivagens como ?novo? e ?velho?, com vistas ao entendimento das relações sincrônicas entre diferentes perspectivas e tradições de processamento dos conflitos sociais no contexto das manifestações de 2013..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (12) / Mestrado acadêmico: (15) / Doutorado: (13) .
Integrantes: Natasha Bachini Pereira - Integrante / Ricardo Fabrino Mendonça - Integrante / Cristiana Losekann - Integrante / Frank Tavares Machado - Integrante / Luciana Ballestrin - Integrante / Breno Marques Bringel - Coordenador.Financiador(es): CAPES - Centro Anhanguera de Promoção e Educação Social - Auxílio financeiro.
2015 - Atual
Development of shared methodologies for the analysis of networked political practices

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Rosemary Segurado em 21/01/2016.
Descrição: Convênio geral de cooperação acadêmica entre a PUC/SP e a QYT, financiado pela Fapesp para elaboração de metodologia de monitoramento de redes digitais..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2015 - Atual
Movimentos Sociais, indignação e transformações das identidades coletivas: Jornadas de Junho e 15M em perspectiva comparada
Descrição: O interesse geral deste projeto de tese reside em compreender as transformações no ativismo contemporâneo em um momento em que confluem várias tendências inter-relacionadas que questionam nosso entendimento tradicional do engajamento e do pertencimento coletivo em mobilizações e movimentos sociais: um maior grau de descentramento dos atores sociais; um maior protagonismo dos indivíduos nas manifestações; uma aparente desorganização das fronteiras internas e externas da militância; uma nova dinâmica de interação e mediação condicionada/ condicionante pelos/dos usos e tipos de tecnologias da informação e da comunicação. Em particular e objetivamente, buscaremos responder a seguinte pergunta: como se (re)configuram as identidades coletivas na semiperiferia da sociedade da informação? Partimos da hipótese de que a conformação atual das identidades coletivas se dá a partir de um descolamento e deslocamento entre as identidades pessoal, identidade social/organizacional e identidade nas manifestações, de modo que os protestos transbordam para a além dos atores que os convocam e lhes foge ao seu controle. Nos propomos a testar essa hipótese e contribuir para o avanço dessa discussão e preenchimento da lacuna que lhe caracteriza, por meio da comparação entre os casos do 15M na Espanha e das Jornadas de Junho no Brasil. Para operacionalizar a comparação, observaremos especialmente os protestos ocorridos nas cidades de Madri e do Rio de Janeiro. Nossos esforços serão orientados empiricamente pela combinação das seguintes técnicas de pesquisa: a análise conjuntural dos países referidos, a análise de redes dos coletivos que convocaram os protestos, a análise dos documentos digitais produzidos por eles e suas conexões, e entrevistas semiestruturadas com os manifestantes..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2014 - Atual
Desenvolvimento de metodologias conjuntas para a análise de práticas políticas em rede

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Rosemary Segurado em 21/01/2016.
Descrição: Tendo em vista que uma das principais carcterísticas das novas formas de participação política é o uso das tecnologias de informação e de comunicação para a ação política, o projeto de cooperaão Brasil e Austrália tem como objetivo principal elaborar metodologia conjunta para analisar as práticas políticas desenvolvidas em rede. Entendendo que a incorporação de ferramentas digitais nos processos políticos proporciona um conjunto de mudanças nos espaços tradicionais de discussão, nas instâncias de formulação e de deliberação, possibilitando a inovação nas instâncias de formulação e de deliberação, possibilitando a inovação nas formas de participação dos atores e necessitam de procedimentos teórico-metodológicos de caráter interdisciplinar para abarcar a complexidade dos fenômenos sócio-políticos da contemporaneidade..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2014 - Atual
Manchetômetro
Descrição: O Manchetômetro é um projeto de acompanhamento da cobertura da grande mídia sobre temas de economia e política, produzido pelo Laboratório de Estudos de Mídia e Esfera Pública (LEMEP)..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2013 - 2014
Infância e violência: cotidiano de crianças em favelas e cortiços de São Paulo
Descrição: Pesquisa faz um diagnóstico profundo sobre a situação da infância vivendo em favelas e cortiços da cidade de São Paulo, com ênfase especial para as experiências de violência, valendo-se de diversos instrumentos de pesquisa, qualitativos e quantitativos..
Situação: Desativado; Natureza: Pesquisa.
2013 - Atual
Lideranças Políticas no Brasil: características e questão institucional

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Vera Lucia Michalany Chaia em 29/10/2012.
Descrição: O líder político personifica os interesses políticos em disputa, em torno de sua figura são construídas as relações de poder. A liderança política pode ser exercida de diversas formas e assumir diferentes formatos, o que coloca em debate o significado e o papel da liderança política. Nas disputas políticas nas sociedades democráticas, ou mesmo em sociedades não democráticas, a figura do líder político é expressiva dentro dos processos políticos contemporâneos, pois canalizam as ações políticas e conduzem as operações e negociações políticas e econômicas. Tendo por base a nossa experiência teórica e metodológica adquirida através de estudos e orientações de teses e dissertações, a preocupação da presente pesquisa é a de aprofundar o tema das lideranças políticas no Brasil, recuperando historicamente o surgimento dessas lideranças, problematizando o seu significado e buscando compreender o sentido histórico e as características pessoais desses líderes. Para a análise das lideranças propostas neste projeto, serão realizados mapeamentos que respeitem o período histórico, as mídias respectivamente disponíveis em cada período e as relações destas com os líderes, de modo que investigaremos as produções audiovisuais e textuais presentes em jornais governamentais ou independentes, revistas, arquivos radiofônicos e televisivos, filmes, blogs, sites e redes sociais. Esta análise é sugerida a fim de que seja possível avaliar o desenvolvimento das mídias e a constituição da imagem de lideranças políticas no país. Serão enfatizadas possíveis imagens que elucidam a forma como atores políticos empregaram os meios de comunicação para afirmarem a sua condição de líderes e suas ações políticas..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (3) Doutorado: (5) .
Integrantes: Natasha Bachini Pereira - Integrante / Vera Lucia Michalany Chaia - Coordenador / Rosemary Segurado - Integrante / Miguel Chaia - Integrante / cláudio penteado - Integrante / Silvana Tótora - Integrante / Marco Antonio Teixeira - Integrante / Carlos Alberto Furtado de Melo - Integrante / Andréa dos Reis - Integrante / Rafael de Paula Aguiar Araújo - Integrante / Marcelo Burgos Pimentel dos Santos - Integrante / Paulo Niccoli Ramirez - Integrante / Katia Saisi - Integrante / Carla Montuori Fernandes - Integrante / Cristina Maranhão - Integrante / Telmo Estevinho - Integrante / Fhoutine Marie Reis Souto - Integrante / Silvana Gobbi Martinho - Integrante / Pedro Abrahão Lameirinhas Malina - Integrante / Daniela Atalla da Silva Ramos - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.
2011 - 2013
Sob o Piado do Twitter: o novo tom das campanhas eleitorais com a difusão da Internet no Brasil
Descrição: Na última década, a Internet têm se consolidado como um importante espaço para a atividade política. Fenômenos expressivos nesse sentido foram a vitória nas urnas da campanha digital do presidente Obama nas eleições estadunidenses de 2008, a reforma na Lei Eleitoral brasileira de 2009 para o uso das redes sociais nas campanhas e a aprovação da Lei Ficha Limpa em 2010, resultado da mobilização dos internautas brasileiros. Ao propor-se a uma análise de política implícita para o estudo da relação Internet e Política no sistema político brasileiro hoje, este projeto pretende analisar o comportamento via Twitter dos quatro principais candidatos à Presidência da República, José Serra (PSDB), Dilma Rousseff (PT), Marina Silva (PV) e Plínio Arruda (PSOL) e dos seus respectivos perfis falsos selecionados, visando entender a construção da imagem dos mesmos por meio desse aplicativo nas eleições de 2010. Os principais objetivos deste estudo são averiguar a forma como os candidatos se utilizaram do Twitter em sua promoção política, compreender esta nova esfera de debate que se consolida e constatar se de fato a Internet propicia uma participação mais ativa dos cidadãos no processo democrático. Outra questão fundamental é verificar se a intermediação propiciada pela Internet, e mais especificamente pelo Twitter, de fato estreita a relação candidato-eleitor pela sua estrutura de funcionamento ou opera como o restante do mass media, pela lógica do espetáculo. Em busca de se atingir desses objetivos, serão analisados a apresentação estética dos perfis, os conteúdos de suas postagens na íntegra (tweets) de maio de 2010 a abril de 2011, a evolução dos seus números de seguidores e a interação dos perfis com eles e entre si. Auxiliando esta análise, serão consideradas também as exposições dos candidatos através de ferramentas desenvolvidas pelos próprios usuários do Twitter, como o TweetStats..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Natasha Bachini Pereira - Coordenador.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
2008 - 2009
Novas Tecnologias e Ação Política: Um estudo sobre a influência do fenômeno da Internet na mídia e na opinião pública
Descrição: As transformações tecnológicas ocasionaram mudanças na forma de organização social em toda a história da humanidade Particularmente, a invenção da Imprensa e a expansão da cobertura midiática resultaram em uma disseminação de informações que levaram a transformações políticas e sociais. A emergência de uma Nova Tecnologia de Informação como a Internet faz emergir o debate sobre como esta nova ferramenta pode influenciar nas relações políticas, propiciando uma participação mais ativa dos cidadãos no processo democrático. Este projeto de pesquisa se propôs a avaliar empiricamente a relação entre Internet e Democracia no Brasil acompanhando as publicações do site da Organização Não ? Governamental Transparência Brasil durante o período em que se deram as eleições municipais de São Paulo no ano de 2008. O intuito deste acompanhamento foi de mensurar a exposição dos candidatos paulistas no site e constatar se esta influenciara a opinião pública a ponto de interferir no resultado das urnas. A partir deste acompanhamento, foi possível observar se no Brasil a Internet já realiza seu potencial na democracia participativa e quais são os impasses que a sociedade brasileira enfrenta que dificultam este processo..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Natasha Bachini Pereira - Coordenador.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.


Revisor de periódico


2014 - Atual
Periódico: AURORA (PUCSP. ONLINE)
2016 - Atual
Periódico: REVISTA TEXTOS GRADUADOS


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Ação Coletiva e Movimentos Sociais.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Ciberpolítica e cibercultura.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Comunicação Política.
4.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Estudos de Mídia.
5.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Sociedade da Informação.
6.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Estudos Eleitorais e Partidos Políticos.


Idiomas


Inglês
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Espanhol
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Francês
Compreende PoucoLê Razoavelmente.
Italiano
Compreende PoucoLê Pouco.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
BACHINI, N.2018 BACHINI, N.; CHICARINO, T. S. . Os Métodos Quantitativos, por cientistas sociais brasileiros: entrevistas com Nelson do Valle Silva e Jerônimo Muniz. Sociedade e Estado (UnB. Impresso), v. 33, p. 251-279, 2018.

2.
PENTEADO, C.2018PENTEADO, C. ; BACHINI, N. ; CHICARINO, T. S. ; MALINA, P. ; LOBO, D. A. C. . Uma eleição de ?piados? autocentrados: análise do uso do Twitter nas cibercampanhas paulistanas em 2016. AURORA (PUCSP. ONLINE), v. 10, p. 160-179, 2018.

3.
BACHINI, NATASHA2016 BACHINI, NATASHA. Qué significa pensar desde América Latina?, de Juan José Bautista S.. Revista Direito e Práxis, v. 7, p. 789-800, 2016.

4.
BACHINI, N.2016BACHINI, N.. Representação e Democracia: algumas possibilidades de participação nas democracias contemporâneas. Aurora (PUCSP. Online), v. 8, p. 32-51, 2016.

5.
BACHINI, N.2013BACHINI, N.. As lideranças políticas na era digital: A cibercampanha de Celso Russomano no Facebook nas eleições de 2012. Em Debate (Belo Horizonte), v. 5, p. 104-116, 2013.

6.
BACHINI, N.2013 BACHINI, N.. As cibercampanhas no Brasil: Uma análise dos Twitters de Dilma, Serra e Marina em 2010. Ponto-e-Vírgula (PUCSP), v. 12, p. 135-164, 2013.

Capítulos de livros publicados
1.
BACHINI, N.. As identidades coletivas no ativismo hodierno: revisão bibliográfica e proposta de enquadramento teórico. In: Antônio Augusto Braighi; Cláudio Humberto Lessa; Marco Túlio Câmara. (Org.). Interfaces do Midiativismo: do conceito à prática. 1ed.: CEFET-MG, 2018, v. 1, p. 356-377.

2.
FERES, J. ; BARBABELA, E. ; BACHINI, N. . A Lava Jato e a Mídia. In: Feres Jr, João; Kerche, Fábio.. (Org.). Operação Lava Jato e a democracia brasileira. 1ed.São Paulo: Contracorrente, 2018, v. , p. 199-228.

3.
PENTEADO, C. ; BACHINI, N. ; FIACADORI, G. . O Planalto em Disputa no Facebook: Um estudo dos perfis de Dilma Rousseff e Aécio Neves nas eleições de 2014. In: : Emerson Urizzi Cervi; Michele Goulart Massuchin; Fernanda Cassavana de Carvalho. (Org.). Internet e Eleições no Brasil. 1ed.Curitiba: CPOP (grupo de pesquisa em Comunicação Política e Opinião Pública), 2016, v. 1, p. 275-296.

4.
BACHINI, N.; PENTEADO, C. ; MARTINHO, S. ; AVANZI, C. . Curtiu? O uso do Facebook nas eleições municipais de São Paulo em 2012.. In: Aldé, Alessandra; Marques, Jamil. (Org.). Internet e Poder Local. 1ed.Salvador: UFBA, 2015, v. 1, p. 141-176.

5.
SEGURADO, Rosemary ; BACHINI, N. ; MALINA, P. . Os movimentos sociais e a internet: a apropriação política do Facebook durante as Jornadas de Junho. In: Vera Chaia; Cláudio Coelho; Rodrigo de Carvalho. (Org.). Mídia e Política: estudos sobre a democracia e os meios de comunicação no Brasil. 1ed.São Paulo: Anita Garibaldi, 2015, v. 1, p. 1-233.

6.
TAVARES, L. ; BACHINI, N. . A Transparência Pública na Era Digital. In: Jean Segata; Maria Elisa Máximo; Maria José Baldessar. (Org.). Olhares sobre a Cibercultura. 1ed.Florianópolis: CCE UFSC, 2012, v. 1, p. 71-84.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
BACHINI, N.; CENEVIVA, R. . O poder heurístico das teorias dos movimentos sociais e ciberativistas com relação às ações coletivas digitais: uma análise estatística exploratória. In: 41º Encontro Anual da ANPOCS (Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais), 2017, Caxambu-MG. Anais do 41º Encontro Anual da ANPOCS (Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais), 2017.

2.
ISRAEL, V. P. ; BACHINI, N. . Estudo sobre a distribuição das taxas de encarceramento nos estados brasileiros e principais variáveis associadas. In: 9º Congresso Latinoamericano de Ciência Política, 2017, Montevideu. Anais do 9º Congresso Latinoamericano de Ciência Política, 2017.

3.
BACHINI, N.; MORAES, P. A. ; LOBO, D. A. C. . Os partidos políticos estão em crise? Uma análise sobre filiação partidária no Brasil na última década. In: IV Mídia, Seminário Política e Eleições da PUCSP, 2017, São Paulo. Anais do IV Mídia, Seminário Política e Eleições da PUCSP, 2017.

4.
BACHINI, N.. Quais elementos aumentam a probabilidade de sucesso da ação digital?. In: Seminário FESPSP ?Cidades conectadas: os desafios sociais na era das redes?, 2016, São Paulo. ANAIS DOS SEMINÁRIOS DE PESQUISA DA FESPSP, 2016.

5.
SEGURADO, Rosemary ; BACHINI, N. ; ARAÚJO, R. . A representação e a rede: a liderança política nos movimentos sociais contemporâneos. In: VI Congresso da Compolítica, 2015, Rio de Janeiro. Anais do VI Congresso da Compolítica, 2015. v. 1. p. 1-21.

6.
SEGURADO, Rosemary ; BACHINI, N. ; CHICARINO, T. S. . Podemos: a relação entre partido e movimento e entre liderança e protagonismo. In: 39º Encontro Anual da ANPOCS, 2015, Caxambu. Anais do 39º Encontro Anual da Anpocs, de 26 a 30 de outubro de 2015, em Caxambu - MG., 2015. v. 1. p. 1.

7.
SEGURADO, Rosemary ; BACHINI, N. ; MALINA, P. . Não me representam: as lideranças políticas e as Jornadas de Junho. In: IX Encontro da ABCP, 2014, Brasília. Anais do IX Encontro da ABCP, 2014.

8.
BACHINI, N.; CHICARINO, T. S. . Ciberindignação: a apropriação da internet para a mobilização política. In: V Seminário Nacional de Sociologia e Política: desenvolvimento e mudanças sociais em contexto de crie, 2014, Curitiba. Anais do V Seminário Nacional de Sociologia e Política, 2014.

9.
SEGURADO, Rosemary ; BACHINI, N. ; MALINA, P. . Os movimentos sociais e a internet: a apropriação política do Facebook durante as jornadas de junho. In: 38º Encontro Anual da ANPOCS, 2014, Caxambu. Anais do 38º Encontro Anual da Anpocs, de 27 a 31 de outubro de 2014, em Caxambu - MG., 2014.

10.
BACHINI, N.; PENTEADO, C. ; MARTINHO, S. ; AVANZI, C. . Redes sociais como nova ferramenta de marketing político: estudo das eleições municipais de São Paulo em 2012 no Facebook. In: 7º Congreso latinoamericano de Ciencia Política, 2013, Bogotá. Anais do 7º Congreso da ALACIP, 2013.

11.
BACHINI, N.; PENTEADO, C. ; MARTINHO, S. ; AVANZI, C. . Curtiu? O uso do Facebook nas eleições municipais de São Paulo em 2012. In: V Congresso da Compolítica, 2013, Curitiba. Anais do V Congresso da Compolítica (2013), 2013.

12.
BACHINI, N.. Sob o piado do twitter: o novo tom das campanhas eleitorais no Brasil com a difusão da internet - Novos Resultados. In: 6º Congreso Latinoamericano de Ciencia Política, 2012, Quito. 6º Congreso Latinoamericano de Ciencia Política, 2012.

13.
BACHINI, N.. Sob o piado do Twitter: o novo tom das campanhas eleitorais com a difusão da Internet no Brasil - versão estendida. In: II Forum Brasileiro de Pós-Graduação em Ciencia Política, 2011, São Carlos. II Forum Brasileiro de Pós-Graduação em Ciencia Política, 2011.

14.
BACHINI, N.. Sob o Piado do Twitter: o Novo Tom das Campanhas Eleitorais com a Difusão da Internet no Brasil ? Versão Reformulada. In: III Seminário de Sociologia e Política, 2011, Curitiba. Seminário Nacional Sociologia e Política (Online), 2011.

15.
TAVARES, L. ; BACHINI, N. . A Transparência Pública na Era Digital. In: V Simpósio da ABCiber, 2011, Florianópolis. Simpósio Nacional da ABCiber, 2011.

16.
BACHINI, N.. Sob o piado do Twitter: o novo tom das campanhas eleitorais com a difusão da Internet no Brasil. In: XI Congresso Luso-Brasileiro de Ciências Sociais, 2011, Salvador. Anais eletronicos do XI Congresso Luso-Brasileiro de Ciências Sociais, 2011.

17.
BACHINI, N.. Novas Tecnologias e Ação Política: Um estudo sobre a influência do fenômeno da Internet na mídia e na opinião pública. In: 18º Encontro de Iniciação Científica da PUC-SP, 2009, São Paulo. 18º Encontro de Iniciação Científica da PUC-SP, 2009.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
BACHINI, N.; FERES, J. . Política no Facebook: testando teses deliberativistas. In: 42º Encontro Anual da Associação Nacional de Pós-graduação e Pesquisa em Ciências Sociais - ANPOCS, 2018, Caxambu-MG. Anais do 42º Encontro Anual da Associação Nacional de Pós-graduação e Pesquisa em Ciências Sociais - ANPOCS, 2018.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
BACHINI, N.. Movimentos Sociais, indignação e transformações das identidades coletivas: Jornadas de Junho e 15M em perspectiva comparada. In: XXXI Congreso ALAS, 2017, Montevideo- Uruguai. Anales de XXXI Congreso ALAS, 2017.

Artigos aceitos para publicação
1.
ISRAEL, V. P. ; BACHINI, NATASHA . Estudo sobre a distribuição das taxas de encarceramento nos estados brasileiros e principais variáveis associadas: Influências socioeconômicas e ideológicas. DILEMAS: REVISTA DE ESTUDOS DE CONFLITO E CONTROLE SOCIAL, 2018.

Apresentações de Trabalho
1.
BACHINI, N.; FERES, J. . Política no Facebook: testando teses deliberativistas. 2018. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

2.
BACHINI, N.. Ativismo político na Sociedade do Espetáculo: a emergência da ação conectiva e seus primeiros desdobramentos. 2018. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

3.
BACHINI, N.; CENEVIVA, R. . O poder heurístico das teorias dos movimentos sociais e ciberativistas com relação às ações coletivas digitais: uma análise estatística exploratória. 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

4.
BACHINI, N.. Movimentos Sociais, indignação e transformações das identidades coletivas: Jornadas de Junho e 15M em perspectiva comparada. 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

5.
BACHINI, N.. Movimentos Sociais, indignação e transformações das identidades coletivas: Jornadas de Junho e 15M em perspectiva comparada. 2016. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

6.
BACHINI, N.. Quais elementos aumentam a probabilidade de sucesso do ativismo digital? Um encontro do Ciberativismo com a Estatística. 2016. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

7.
SEGURADO, Rosemary ; BACHINI, N. ; ARAÚJO, R. . A representação e a rede: a liderança política nos movimentos sociais contemporâneos. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

8.
BACHINI, N.; PENTEADO, C. ; MALINA, P. ; TAVARES, L. . The political use of social networks sites - developed research. 2015. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

9.
SEGURADO, Rosemary ; BACHINI, N. ; CHICARINO, T. S. . Podemos: a relação entre partido e movimento e entre liderança e protagonismo. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

10.
BACHINI, N.; CHICARINO, T. S. . Ciberindignação: a apropriação da internet para a mobilização política. 2014. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

11.
SEGURADO, Rosemary ; BACHINI, N. ; MALINA, P. . Os movimentos sociais e a internet: a apropriação política do Facebook durante as jornadas de junho. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

12.
Santos, H. ; BACHINI, N. . O cotidiano das crianças em cortiço e favelas da cidade de São Paulo. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

13.
SEGURADO, Rosemary ; BACHINI, N. ; MALINA, P. . Não me representam: as lideranças políticas e as Jornadas de Junho. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

14.
BACHINI, N.; PENTEADO, C. ; MARTINHO, S. ; AVANZI, C. . Curtiu? O uso do Facebook nas eleições municipais de São Paulo em 2012. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

15.
BACHINI, N.; PENTEADO, C. ; MARTINHO, S. ; AVANZI, C. . Redes sociais como nova ferramenta de marketing político: estudo das eleições municipais de São Paulo em 2012 no Facebook. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

16.
BACHINI, N.; PENTEADO, C. ; MARTINHO, S. ; AVANZI, C. . Curtiu? O uso do Facebook nas eleições municipais de São Paulo em 2012. 2013. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

17.
BACHINI, N.. Sob o piado do twitter: o novo tom das campanhas eleitorais no Brasil com a difusão da internet - Novos Resultados. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

18.
COHN, G. ; CHAIA, M. ; Carvalho, E. ; WANDERLEY, L. ; BACHINI, N. . Mesa-redonda: O Estado das Coisas: As Ciências Sociais Hoje. 2012. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

19.
BACHINI, N.. Sob o piado do Twitter: o novo tom das campanhas eleitorais com a difusão da Internet no Brasil. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

20.
BACHINI, N.. Sob o piado do Twitter: o novo tom das campanhas eleitorais com a difusão da Internet no Brasil - versão estendida. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

21.
BACHINI, N.. Sob o piado do Twitter: o novo tom das campanhas eleitorais com a difusão da Internet no Brasil - Versão Reformulada. 2011. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

22.
TAVARES, L. ; BACHINI, N. . A Transparência Pública na Era Digital. 2011. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

23.
BACHINI, N.. Sob o piado do Twitter: o novo tom das campanhas eleitorais com a difusão da Internet no Brasil. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

24.
BACHINI, N.. NOVAS TECNOLOGIAS E AÇÃO POLÍTICA: Um estudo sobre a influência do fenômeno da Internet na mídia e na opinião pública. 2009. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).


Produção técnica
Trabalhos técnicos
1.
BACHINI, NATASHA. Revista Aurora. 2017.

2.
BAHIA, L. ; BACHINI, N. ; NASCIMENTO, C. . Opinião dos Médicos sobre o Sistema de Saúde no Brasil: Entrevistas Telefônicas Assistidas por Computador (CATI). 2016.

3.
BACHINI, NATASHA. Revista Aurora. 2016.

4.
BACHINI, N.. Revista Aurora. 2015.

Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
BACHINI, N.; AFFONSO, C. ; RECKIZIEGEL, C. . Debate - O uso de dados nas redes. 2018.

2.
BACHINI, N.. Monitoramento das eleições. 2018.

3.
BACHINI, N.. Seu Jornal. 2018.

4.
BACHINI, N.. Interações são recorde na eleição, mas redes não alcançam todo eleitorado. 2014. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

5.
BACHINI, N.. Redes Sociais ainda são pouco usadas por políticos nas campanhas eleitorais. 2012. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

6.
TAVARES, L. ; BACHINI, N. . ?Sob o Piado do Twitter?, uma conversa com Natasha Bachini. 2012. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

Redes sociais, websites e blogs
1.
BACHINI, N.; FERES, J. . Rede dos presidenciáveis. 2018; Tema: Política nas mídias sociais. (Site).

2.
BACHINI, N.; FERES, J. . Entre inimigo e herói da nação: a repercussão do habeas corpus de Lula no Facebook. 2018; Tema: Política nas mídias sociais. (Site).

3.
BACHINI, N.; CHAIA, V. ; FERES, J. . Entrevista com Vera Chaia. 2018; Tema: Entrevista com pesquisadores brasileiros. (Site).

4.
BACHINI, N.. O debate político no Facebook: entre a participação e o espetáculo. 2018; Tema: Eleições 2018. (Site).

5.
SASSARA, L. ; FERES, J. ; BACHINI, N. . Os cães de guarda e a caravana. 2018; Tema: Cobertura jornalística da Política. (Site).

6.
CANDIDO, M. ; BACHINI, N. ; FERES, J. . Convictos, retrocedemos: o dia da mulher, Temer e a cobertura midiática. 2017; Tema: Política Brasileira; Gênero. (Site).

7.
SASSARA, L. ; BACHINI, N. ; FERES, J. . Os cães de guarda e a caravana. 2017; Tema: Cobertura midiática da Caravana deLula. (Site).

8.
FERES, J. ; BACHINI, N. . De quem é o dinheiro? Análise dos enquadramentos dos jornais na edição de 6 de setembro de 2017. 2017; Tema: Estudos de Mídia. (Site).

9.
BACHINI, N.; AZEVEDO, F. A. . Entrevista com Fernando Azevedo. 2017; Tema: Entrevista com o Prof. Dr. Fernando Azevedo sobre o seu livro: A Grande Imprensa e o PT (1989-2014). (Site).

10.
BACHINI, N.; FERES, J. . Relatório semanal M Facebook. 2017; Tema: Relatórios semanais sobre o debate político no Facebook. (Site).

11.
BACHINI, N.; FERES, J. . Relatório Mensal - M Facebook. 2017; Tema: Relatórios mensais sobre as páginas mais curtidas no Facebook Brasil. (Site).


Demais tipos de produção técnica
1.
BACHINI, N.. Coleta e análise de dados relacionais nas redes digitais. 2018. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

2.
BACHINI, N.. Sistema político e sistema eleitoral brasileiro. 2018. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

3.
CANDIDO, M. ; BACHINI, N. ; CAMPOS, L. . Horizontes ao Sul. 2018. (Editoração/Periódico).

4.
BACHINI, N.; FERES, J. . Relatório Semanal do M Facebook. 2018. (Relatório de pesquisa).

5.
BACHINI, N.; FERES, J. . Relatório Mensal - M Facebook. 2017. (Relatório de pesquisa).

6.
BACHINI, N.; FERES, J. . Relatório Semanal - M Facebook. 2017. (Relatório de pesquisa).

7.
BACHINI, NATASHA. Avaliação - Relatório Final - Projeto Energia que Transforma -Bahia. 2017. (Organização e sistematização de dados quantitativos).

8.
BACHINI, NATASHA. Avaliação - Relatório Final - Projeto Energia que Transforma - Pernambuco. 2017. (Organização e sistematização de dados quantitativos).

9.
BACHINI, NATASHA. Avaliação - Relatório Final Projeto Energia que Transforma - Rio Grande do Norte. 2017. (Organização e sistematização de dados quantitativos).

10.
BACHINI, N.. Avaliação - Relatório Linha de Base - Projeto Energia que Transforma - Rio Grande do Norte. 2016. (Organização e sistematização de dados quantitativos).

11.
BACHINI, NATASHA. Avaliação - Relatório Linha de Base - Projeto Energia que Transforma - Bahia. 2016. (Organização e sistematização de dados quantitativos).

12.
BACHINI, NATASHA. Avaliação - Relatório Linha de Base - Projeto Energia que Transforma - Pernambuco. 2016. (Organização e sistematização de dados quantitativos).

13.
BACHINI, N.. Redes Sociais e Política. 2015. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

14.
BACHINI, NATASHA; SOUSA, F. . Avaliação - Relatório Linha de Base - Projeto Energia que Transforma - Rio Grande do Norte. 2015. (Relatório de pesquisa).

15.
BACHINI, N.; SOUSA, F. . Avaliação - Relatório Linha de Base - Projeto Energia que Transforma - Pernambuco. 2015. (Relatório de pesquisa).

16.
BACHINI, N.; SOUSA, F. . Avaliação - Relatório Linha de Base - Projeto Energia que Transforma - Bahia. 2015. (Relatório de pesquisa).

17.
BACHINI, N.; SOUSA, F. . Avaliação - Relatório Fase Intermediária- Projeto Energia que Transforma - Rio Grande do Norte. 2015. (Relatório de Pesquisa).

18.
BACHINI, N.; SOUSA, F. . Avaliação - Relatório Fase Intermediária - Projeto Energia que Transforma - Bahia. 2015. (Relatório de Pesquisa).

19.
BACHINI, N.; SOUSA, F. . Avaliação - Relatório Fase Intermediária - Projeto Energia que Transforma - Pernambuco. 2015. (Relatório de Pesquisa).

20.
BACHINI, N.. Novas tecnologias e ação política: um estudo sobre a influência da Internet na mídia e na opinião pública. 2009. (Relatório de pesquisa).

Demais trabalhos
1.
BACHINI, N.; SEGURADO, Rosemary . Justiça Eleitoral tenta vetar mídias sociais. 2012 (Artigo jornalístico) .



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
BACHINI, N.; SEGURADO, Rosemary. Participação em banca de Kayê Martinez.Entre a cidade e as redes: o espaço híbrido da política. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Sociologia) - Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo.

2.
SEGURADO, Rosemary; BACHINI, N.. Participação em banca de Mayra Rizzo Vieira.Tecnologias de Informação e Comunicação nas Políticas Públicas. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Sociologia) - Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo.

3.
SEGURADO, Rosemary; BACHINI, N.. Participação em banca de Phablo Gouvea de Lima.A vida artificial em rede: novas formas de engajamento político na era digital. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Sociologia) - Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo.




Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
III Workshop de Métodos e Técnicas de Pesquisa em Ciências Sociais.Política no Facebook: testando teses deliberativistas. 2018. (Outra).

2.
Seminário FESPSP - Na Encruzilhada da Democracia.GT: Mídia, Política e Sociedade. 2018. (Seminário).

3.
V Seminário de Mídia, Política e Eleições.Lideranças Políticas. 2018. (Seminário).

4.
III Seminário de Mídia, Política e Eleições.Sistema Político: política comparada. 2016. (Seminário).

5.
39º Encontro Anual da ANPOCS.Podemos: a relação entre partido e movimento e entre liderança e protagonismo. 2015. (Encontro).

6.
Network and street politics in Brazil.The political use of social networks sites - developed research. 2015. (Seminário).

7.
VI Congresso da Compolítica. A representação e a rede: a liderança política nos movimentos sociais contemporâneos. 2015. (Congresso).

8.
38º Encontro anual da ANPOCS.Os movimentos sociais e a internet: a apropriação política do Facebook durante as jornadas de junho. 2014. (Encontro).

9.
IX Encontro da ABCP.Não me representam: as lideranças políticas e as Jornadas de Junho. 2014. (Encontro).

10.
V Seminário Nacional de Sociologia e Política. Desenvolvimentos e mudanças sociais no contexto de crise..Ciberindignação: a apropriação política da internet para a mobilização política. 2014. (Seminário).

11.
XIV Semana de Ciências Sociais. Para além das eleições: temáticas, agentes e movimentos.O cotidiano das crianças em cortiço e favelas da cidade de São Paulo. 2014. (Outra).

12.
Séptimo Congreso Latinoamericano de Ciência Política. Redes sociais como nova ferramenta de marketing político: estudo das eleições municipais de São Paulo em 2012 no Facebook. 2013. (Congresso).

13.
V Congresso da Compolítica. Curtiu? O uso do Facebook nas eleições municipais de São Paulo em 2012. 2013. (Congresso).

14.
XIII Semana de Ciências Sociais da PUC-SP: As encruzilhadas da democracia.Curtiu? O uso do Facebook nas eleições municipais de São Paulo em 2012. 2013. (Seminário).

15.
28ª Reunião Brasileira de Antropologia. 2012. (Outra).

16.
6º Congreso Latinoamericano de Ciencia Política. Sob o piado do twitter: o novo tom das campanhas eleitorais no Brasil com a difusão da internet - Novos Resultados. 2012. (Congresso).

17.
A análise do discurso e suas diferentes perspectivas. 2012. (Oficina).

18.
I Seminário de Pesquisa em Ciências Sociais - o Estado das Coisas: As Ciências Sociais Hoje.Sob o piado do Twitter: o novo tom das campanhas eleitorais com a difusão da Internet no Brasil - Novos Resultados. 2012. (Seminário).

19.
I Seminário de Pesquisa em Ciências Sociais - o Estado das Coisas: As Ciências Sociais Hoje.Debate sobre o filme Medianeiras. 2012. (Seminário).

20.
I Seminário de Pesquisa em Ciências Sociais - o Estado das Coisas: As Ciências Sociais Hoje.Debate sobre o filme Xingu. 2012. (Seminário).

21.
Dessemana de Ciências Sociais. 2011. (Seminário).

22.
II Forum Brasileiro de Pós-Graduação em Ciencia Política. Sob o piado do Twitter: o novo tom das campanhas eleitorais com a difusão da Internet no Brasil. 2011. (Congresso).

23.
III Seminário de Sociologia e Política.Sob o piado do Twitter: o novo tom das campanhas eleitorais com a difusão da Internet no Brasil - versão reformulada. 2011. (Seminário).

24.
IV Compolítica. 2011. (Congresso).

25.
Seminário 140 anos da Comuna de Paris: Tomando o Céu de Assalto‏. 2011. (Seminário).

26.
V Simpósio da ABCiber.A Transparência Pública na Era Digital. 2011. (Simpósio).

27.
V Simpósio da ABCiber.Articulações políticas governamentais e não-governamentais no ciberespaço. 2011. (Simpósio).

28.
XI Congresso Luso-Afro-Brasileiro de Ciências Sociais. Sob o piado do Twitter: o novo tom das campanhas eleitorais no Brasil com a difusão da Internet. 2011. (Congresso).

29.
Conferência de Domenico Losurdo. 2010. (Outra).

30.
Conjuntura Política na Itália no Governo de Berlusconi - Palestra com Prof. Dr. Gian Enrico Rusconi. 2010. (Outra).

31.
Curso de Especialização em Jornalismo Político.Curso de Especialização em Jornalismo Político. 2010. (Outra).

32.
Debate sobre a questão da Licenciatura no curso de Ciências Sociais.A reincorporação da Licenciatura ao curso de Ciências Sociais. 2010. (Outra).

33.
O encontro de Joaquim Nabuco com a Política ? As desventuras do Liberalismo ? Palestra com Marco Aurélio Nogueira.. 2010. (Outra).

34.
Para onde vai o mundo: utopias e distopias - Semana de Ciências Sociais da PUC/SP. 2010. (Outra).

35.
Raízes Sociais e Ideológicas do Lulismo - Palestra com Prof. Dr. André Singer. 2010. (Outra).

36.
Resistências - Dessemana de Ciências Sociais da PUC/SP.Novas Tecnologias e Relações Sociais. 2010. (Outra).

37.
18º Encontro de Iniciação Científica.NOVAS TECNOLOGIAS E AÇÃO POLÍTICA: Um estudo sobre a influência do fenômeno da Internet na mídia e na opinião pública. 2009. (Encontro).

38.
Compolítica. 2009. (Congresso).

39.
O Cinema e a Experiência do Conhecimento. 2009. (Seminário).

40.
Reflexões sobre o futuro da política e da democracia - Aula-abertura do PPGCS da PUCSP com Bolívar Lamounier. 2009. (Outra).

41.
A política atual de combate à inflação no Brasil. 2008. (Outra).

42.
Mudanças na balança de poder global. 2008. (Outra).

43.
A humanidade no século XXI - Palestra com Edgar Morin. 2007. (Outra).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
BACHINI, N.; CHAIA, V. . V Seminário de Mídia, Política e Eleições. 2018. (Outro).

2.
CHAIA, V. ; SEGURADO, Rosemary ; CHICARINO, T. S. ; Escobar, M. ; BACHINI, N. . III Seminário Mídia, Política e Eleições. 2016. (Congresso).

3.
BACHINI, N.; CHAIA, V. ; SAISI, K. ; MALINA, P. ; NUNES, E. . Democracia e Lideranças Políticas: um debate sobre as eleições de 2014. 2014. (Outro).

4.
BACHINI, N.; Acevedo, C. ; Pinheiro, Silvio ; Maturana, A. . Diversidade étnica: o negro na sociedade brasileira. 2014. (Outro).

5.
BACHINI, N.; TÓTORA, S. ; Wilson, W. . XIII Semana de Ciências Sociais da PUC-SP: As encruzilhadas da democracia. 2013. (Outro).

6.
BACHINI, N.. I Seminário de Pesquisa em Ciências Sociais da PUC-SP - O Estado das Coisas: As Ciências Sociais Hoje. 2012. (Congresso).

7.
BACHINI, N.. Dessemana de Ciências Sociais. 2010. (Outro).



Educação e Popularização de C & T



Cursos de curta duração ministrados
1.
BACHINI, N.. Sistema político e sistema eleitoral brasileiro. 2018. (Curso de curta duração ministrado/Outra).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 21/01/2019 às 19:05:51