Joana Darc Virgínia dos Santos

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/1413722209732663
  • Última atualização do currículo em 15/11/2016


Doutora e Mestre em História pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo - PUC/SP (2009), graduada em Ciências Sociais pelo Centro Universitário Fundação Santo André (2004). (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Joana Darc Virgínia dos Santos
Nome em citações bibliográficas
SANTOS, J. D. V.

Endereço


Endereço Profissional
Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.
Rua Monte Alegre,984
Perdizes
05014000 - São Paulo, SP - Brasil
Telefone: (011) 36708511
URL da Homepage: www.pucsp.br/


Formação acadêmica/titulação


2011 - 2014
Doutorado em História.
Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, PUC/SP, Brasil.
Título: As administrações petistas em Diadema (1983-1996): Entre o poder político e as demandas sociais, Ano de obtenção: 2014.
Orientador: Vera Lúcia Vieira.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Lutas Sociais; Partidos Políticos; Politicismo.
2007 - 2009
Mestrado em História.
Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, PUC/SP, Brasil.
Título: LUTAS POR MORADIA NA CIDADE DE DIADEMA 1983 À 1996: COOPTAÇÃO POLÍTICA E ACOMODAÇÃO DE CONFLITOS,Ano de Obtenção: 2009.
Orientador: VERA LÚCIA VIEIRA.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: COOPTAÇÃO; Lutas Sociais; Urbanismo; Políticas públicas em habitação.
Grande área: Ciências Humanas
Setores de atividade: Política Econômica e Administração Pública em Geral; Planejamento e Gestão das Cidades, Inclusive Política e Planejamento Habitacional; Desenvolvimento Urbano.
2005 - 2006
Especialização em HISTÓRIA, SOCIEDADE E CULTURA. (Carga Horária: 480h).
Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, PUC/SP, Brasil.
Título: MOVIMENTOS DE LUTA POR MORADIA EM DIADEMA 1983 A 1996: COOPTAÇÃO POLÍTICA E ACOMODAÇÃO DE CONFLITOS.
Orientador: VERA LÚCIA VIEIRA.
2001 - 2004
Graduação em CIÊNCIAS SOCIAIS.
Centro Universitário Fundação Santo André, CUFSA, Brasil.




Formação Complementar


2006 - 2006
Extensão universitária em Patrimonio Histórico Paulistano dos séc. XIX e XX. (Carga horária: 32h).
Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, PUC/SP, Brasil.


Atuação Profissional



Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Baiano, IFBAIANO, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Patrimônio cultural, História e Turismo, Carga horária: 4, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2013 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professora de Sociologia, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2013 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Membro do Núcleo Estruturante Docente (NDE)., Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2013 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Sociologia do Trabalho
Outras informações
Curso Tecnológico em Agroecologia

Vínculo institucional

2013 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professora Desenvolvimento Territorial, Carga horária: 2, Regime: Dedicação exclusiva.


Instituto Federal da Bahia, IFBA, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - 2013
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professora de Sociologia, Carga horária: 40


Faculdade Independente do Nordeste, FAINOR, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - 2013
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professora de Sociologia, Carga horária: 8

Vínculo institucional

2012 - 2013
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professora Metodologia da Pesquisa Científica, Carga horária: 24


União das Instituições Educacionais do Estado de São Paulo, UNIESP, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - 2012
Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Professora de Sociologia Aplicada, Carga horária: 4

Vínculo institucional

2011 - 2012
Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Professora de Ètica Profissional, Carga horária: 4


Escola Estadual São João Evangelista, EE, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - 2012
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professora de Sociologia, Carga horária: 36


SERVIÇO SOCIAL DA INDÚSTRIA/SP, SESI, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - 2009
Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: PROFESSORA DE HISTÓRIA


Centro de Educação, Estudos e Pesquisa, CEEP, Brasil.
Vínculo institucional

2007 - 2008
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Articuladora de Projetos Sociais, Carga horária: 40

Vínculo institucional

2005 - 2006
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Articuladora de Projetos Sociais, Carga horária: 40
Outras informações
Prestação de serviços à Secretaria de Educação do Município de Diadema como técnica responsável pelo Programa Ação Compartilhada.


Escola Sindical São Paulo, CUT, Brasil.
Vínculo institucional

2007 - 2007
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Articuladora de Projetos Sociais, Carga horária: 40
Outras informações
Prestação de Serviços a Secretaria de Educação do Município de Diadema no desenvolvimento de projetos sociais de proteção social básica destinados a crianças e adolescentes.


Prefeitura Municipal de Diadema, PMD, Brasil.
Vínculo institucional

2003 - 2004
Vínculo: Estagiária, Enquadramento Funcional: Estagiária, Carga horária: 40
Outras informações
Implantação do Programa Ação Compartilhada no Município de Diadema 4/2003 a 12/2004 Após o término do estágio, a entidade que presta serviços técnicos a Secretaria de Educação do Município de Diadema, contratou-me com o objetivo de ampliar as parcerias do Programa Ação Compartilhada com entidades do Município.

Atividades

04/2003 - 12/2004
Estágios , Secretaria de Educação do Município de Diadema, .

Estágio realizado
Implantação do Programa Ação Compartilhada no Município de Diadema.


Projetos de pesquisa


2015 - Atual
ÊXODO RURAL DOS AGRICULTORES FAMILIARES NA REGIÃO DO CATONGO NO MUNICÍPIO DE ITAJUIPE
Descrição: Objetiva-se, a partir deste projeto de pesquisa, evidenciar os fluxos de migração campo-cidade na cidade de Itajuipe, localizada no litoral sul da Bahia, assim como as causalidades e sentidos deste fenômeno. Utilizaremos para a consecução desta pesquisa métodos quantitativos e qualitativos, para construir um estudo de caso sobre o fenômeno da migração na cidade ora analisada. Além disso, pretende-se construir o mapeamento dos fluxos de migração dos pequenos agricultores rurais, destacando suas atividades econômicas atuais. Os resultados desta pesquisa serão apresentados em seminários e audiências públicas em Itajuípe e Uruçuca, com o objetivo de fomentar os debates sobre as intervenções para o desenvolvimento rural da cidade, objeto de estudo. Neste sentido, esta pesquisa integrará os documentos preliminares do Plano de Desenvolvimento Territorial do Litoral Sul Baiano..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) .
Integrantes: Joana Darc Virgínia dos Santos - Coordenador / MARIA APARECIDA NASCIMENTO SANTOS - Integrante.
2013 - Atual
Mapeamento cultural Ifbaiano Campus Uruçuca
Descrição: O planejamento de ações do projeto de pesquisa tem por princípios evidenciar os modos de vida das diferentes comunidades residentes na cidade de Uruçuca; identificar suas necessidades de desenvolvimento social e econômico; coletar dados sobre a história do Ifbaiano Uruçuca e das pessoas que alí trabalharam e/ou estudaram; e integrar os objetivos dos sujeitos envolvidos no processo de dinamização da economia local, preservação do meio ambiente, formação educacional e desenvolvimento científico e tecnológico.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.


Projetos de extensão


2015 - 2015
CINE DEBATE
Descrição: O projeto de extensão CINE DEBATE visa promover reflexões críticas sobre gênero, raça e etnia a partir da linguagem cinematográfica. A realização do Cine Debate contará com três etapas. São realizadas reuniões semanais com os monitores, a fim de realizar a escolha dos filmes que serão debatidos e problematizar os temas transversais relacionados. Mensalmente é realizada uma atividade pública gratuita por mês, aberta a comunidade, em que são debatidos os filmes escolhidos pela equipe de trabalho..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
2014 - 2014
Todos contra a homofobia
Descrição: O combate a este crime insere-se nas lutas pela ampliação e fortalecimento da cidadania. Queremos fazer cumprir direitos, constitucional e internacional, que garagem à dignidade e o respeito pela diferença a Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transgêneros (LGBT). O Brasil é signatário de tratados internacionais que defendem a adoção de políticas de combate a homofobia, cuja operacionalização está sinalizada no Programa de Combate à Violência e à Discriminação contra LGBT e de Promoção da Cidadania de Homossexuais, Brasil sem Homofobia. Mesmo com este avanço institucional, conforme Relatório 2013/2014 de Assassinatos de Homossexuais no Brasil, divulgado pelo Grupo Gay da Bahia (CGB), infelizmente o Brasil é um dos países com maior índice de violência contra o público LGBT, em especial no espaço escolar. Segundo os dados da Unesco e pesquisa da Fundação de Instituto de Pesquisas Econômicas mais de 40% dos homens homossexuais brasileiros já foram agredidos fisicamente, durante a vida escolar; mais de um terço dos estudantes entrevistados procuram não chegar perto de homossexuais; 21% declararam que a homossexualidade não é normal; 26% não aceitam a homossexualidade. Para modificar esta realidade vários canais de denúncias tem sido implementados nas instâncias federais, estaduais e municipais. Assim, os casos são registrados e apurados pelos órgãos responsáveis com instituição de penas que variam da prisão, instauração de processos administrativos, exoneração de cargo público, aplicação de multa, dentre outros. Atualmente os maiores parceiros das escolas contra a Homofobia são o Conselho Tutelar, o Ministério Público e o Disque 100. Para a ampliação desta luta no Campus Uruçuca elaboramos folhetos com informações de combate as violações aos direitos do público LGBT, seminários, debates e exibição de filmes com a temática diversidade..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (60) .
Integrantes: Joana Darc Virgínia dos Santos - Coordenador.
2013 - Atual
CIDADÃO, QUE NEM EU, QUE NEM QUEM?
Descrição: O projeto interdisciplinar ?Cidadão, que nem eu, que nem quem?, realizado em parceria entre as disciplinas de língua espanhola e sociologia, pretende propiciar aos estudantes vivências com diferentes grupos sociais historicamente discriminados por suas características próprias, e a partir do suporte da linguagem, problematizar os símbolos e signos construídos culturalmente, edificando instrumentos de valorização da diferença. Para a consecução deste projeto serão realizadas atividades nos espaços das entidades representantes dos grupos sociais; visitas às instituições de ensino da região para participação em eventos e palestras sobre os temas que envolvem a diversidade cultural; eventos de integração com os grupos sociais no campus; oficinas de expressão cultural com ênfase em produções visuais e textuais em português e espanhol; e exposição de fotos, artes plásticas e outras expressões artísticas que evidenciam as experiências vivenciadas no projeto. Pretende-se problematizar a ideia de cidadania como condição de participação da vida da comunidade, com atribuição de direitos e deveres em processos democráticos, em relação ao princípio da valorização da alteridade..
Situação: Desativado; Natureza: Extensão.


Outros Projetos


2016 - Atual
CINE DEBATE
Descrição: O projeto Cine Debate faz parte das políticas de diversidade do Instituto Federa da Bahia e tem por objetivo suscitar reflexões críticas sobre gênero, sexualidade e etnia, a partir da linguagem cinematográfica, análise de teorias sociológicas e promoção do debate democrático. Neste sentido, as análises de filmes e curtas, escolhidos por sua relação com os conteúdos temáticos, assim como o estabelecimento de relações com as teorias sociológicas contemporâneas, potencialmente podem ampliar a compreensão dos estudantes sobre o mundo contemporâneo, contribuindo para sua formação crítica e valorização das expressões de diversidade..
Situação: Em andamento; Natureza: Outra.
2013 - Atual
FRIDA KHALO: A CONSTITUIÇÃO IDENTITÁRIA A PARTIR DO AUTORRETRATO
Descrição: Objetiva-se neste projeto pedagógico, realizado em parceria entre as disciplinas de língua espanhola, sociologia, química e história, promover reflexões sobre o processo de individuação dos estudantes do ensino médio integrado, a partir da construção de autorretratos complexos e pesquisas, lastreadas pela análise de contextos, experiências e expectativas. No intento de colaborar para a preparação dos jovens para novos ciclos sociais, realizaremos uma série de oficinas com enfoque na análise do processo de individuação dos sujeitos. A construção dos autorretratos é uma estratégia para tornar mais concreto este processo de analise. Tomaremos por referência a pintora mexicana Frida Kahlo a fim de problematizar a percepção sobre o que somos em relação a nossa herança cultural e o que pretendemos ser..
Situação: Em andamento; Natureza: Outra.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História do Brasil/Especialidade: História Regional do Brasil.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História Moderna e Contemporânea.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Sociologia Urbana.


Idiomas


Francês
Compreende Pouco, Fala Pouco, Lê Pouco, Escreve Pouco.
Inglês
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Italiano
Compreende Bem, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
SANTOS, J. D. V.2011 SANTOS, J. D. V.. Precarização da vida dos (das) trabalhadores (as) e organização popular nas lutas por moradia no México (1970-2000).. Projeto História (PUCSP), v. 39, p. 359-364, 2011.

2.
SANTOS, J. D. V.2009 SANTOS, J. D. V.. A construção do poder público como espaço privado na cidade de Diadema (1983 a 1996). Cadernos Metrópole (PUCSP), v. 21, p. 247-259, 2009.

3.
SANTOS, J. D. V.2009 SANTOS, J. D. V.. V Democracia Participativa e Lutas Por Moradia em Diadema (1983-1996). História em Revista (UFPel), v. 15, p. 117-139, 2009.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
SANTOS, J. D. V.. Os equívocos da revolução etapista no Brasil. Jornal de Ciências Sociais.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
SANTOS, J. D. V.. ENTRE O PODER POLITICO E AS DEMANDAS SOCIAIS: limites e contradições do Estado, expressos nas gestões petistas em Diadema (1983-2003).. In: Seminário Internacional de História do Tempo Presente, 2011, Florianópolis. Seminário Internacional de História de Tempo Presente, 2011.

2.
SANTOS, J. D. V.. PARTICIPAÇÃO POPULAR E GOVERNABILIDADE: a implantação do programa de urbanização de favelas na cidade de Diadema (1983-1988).. In: XXV Simpósio Nacional de História - História e Ética, 2009, Fortaleza. XXV Simpósio Nacional de História - História e Ética, 2009.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
SANTOS, J. D. V.. LUTAS POR MORADIA NA CIDADE DE DIADEMA (1983-1996) : COOPTAÇÃO POLÍTICA E ACOMODAÇÃO DE CONFLITOS. In: XIX ENCONTRO REGIONAL DE HISTÓRIA: PODER, VIOLÊNCIA E EXCLUSÃO, 2008, SÃO PAULO. ANAIS -XIX ENCONTRO REGIONAL DE HISTÓRIA: PODER, VIOLÊNCIA E EXCLUSÃO. SÃO PAULO, 2008. v. 1.

Apresentações de Trabalho
1.
SANTOS, J. D. V.. PRECARIZAÇÃO DO TRABALHO NO SETOR PÚBLICO. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
SANTOS, J. D. V.. Lutas por moradia na cidade de Diadema (1983-1996): Cooptação e acomodação de conflitos do capital. 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

3.
SANTOS, J. D. V.. A construção do público e a mobilização do social - Lutas por moradia na cidade de Diadema (1983-1996). 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

4.
SANTOS, J. D. V.. Lutas por moradia na cidade de Diadema (1983-1996): Cooptação política e acomodação de conflitos do capital. 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
SANTOS, J. D. V.; MIRANDA, R. F.. Participação em banca de CARDOSO, Kelly Dayane Silva; CARVALHO, Arteniza Rodrigues de.Gênero e violência no espaço doméstico: a atuação do movimento de mulheres camponesas no município de Caetité(1990 ? 2000).. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade do Estado da Bahia.

2.
RIBEIRO, Marcos Profeta; SANTOS, J. D. V.. Participação em banca de Nathália Tavarez.Universidade e movimentos sociais: relatos de uma experiência de estágio. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade do Estado da Bahia.




Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
XXV Simpósio Nacional de História - História e Ética.PARTICIPAÇÃO POPULAR E GOVERNABILIDADE: a implantação do programa de urbanização de favelas na cidade de Diadema (1983-1988).. 2009. (Simpósio).

2.
200 anos de imprensa no Brasil. 2008. (Simpósio).

3.
XIX Encontro Regional de História da ANPUH - Seção São Paulo.Lutas por moradia na cidade de Diadema (1983-1996): Cooptação politica e acomodação de conflitos do capital. 2008. (Encontro).

4.
Oficina de História Clio Cinema: História e Geopolítica. 2006. (Oficina).

5.
Oficina de História Clio: Criminalização dos Movimentos Sociais na América Latina.. 2005. (Oficina).

6.
Oficina de História Clio: História do Violão Brasileiro.. 2005. (Oficina).

7.
Semana de Ciências Sociais da Fundação Santo André.. 2004. (Encontro).

8.
ERECS Encontro Regional de Estudantes de Ciências Sociais.. 2002. (Encontro).

9.
Semana de Ciências Sociais da Fundação Santo André.. 2002. (Encontro).

10.
Semana de Ciências Sociais da Fundação Santo André.. 2001. (Encontro).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
SANTOS, J. D. V.. Diversidade sexua e uso do nome social no âmbito IFBA. 2016. (Outro).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 17/10/2018 às 14:05:48