Érica Taís Ferrara Ishikawa

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/6062752133732625
  • Última atualização do currículo em 30/08/2018


Pós-Doutoranda pela Escola Paulista de Direito - EPD. Mestre e Doutora em Filosofia do Direito e do Estado pela PUC/SP. Professora Colaboradora do Mestrado em Direito da Escola Paulista de Direito - EPD. Professora e Membro do Núcleo Docente Estruturante da Faculdade das Américas. Professora da Graduação em Direito da Escola Paulista de Direito - EPD. Diretora de Instituições Particulares da Associação Nacional de Pós-Graduandos - ANPG na gestão 2010/2012. Representante Discente dos Alunos da Pós-Graduação na Câmara de Pós-Graduação, da PUC/SP, na gestão 2009/2010 e no Conselho de Ensino e Pesquisa - CEPE, da PUC/SP, na gestão 2011/2012. Advogada em São Paulo/SP. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Érica Taís Ferrara Ishikawa
Nome em citações bibliográficas
GIARDULLI, É. T.F.;ISHIKAWA, É. T. F.;ISHIKAWA, ÉRICA TAÍS FERRARA


Formação acadêmica/titulação


2011 - 2015
Doutorado em Direito.
Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, PUC/SP, Brasil.
Título: Solidariedade como Princípio Constitucional e o Humanismo Necessário, Ano de obtenção: 2015.
Orientador: Marcia Cristina de Souza Alvim.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
2008 - 2010
Mestrado em Direito.
Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, PUC/SP, Brasil.
Título: A Concretização dos Direitos Humanos sob a Perspectiva da Cooperação Fraterna,Ano de Obtenção: 2010.
Orientador: Willis Santiago Guerra Filho.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
2001 - 2005
Graduação em DIREITO.
FACULDADE DE DIREITO DA ALTA PAULISTA, FADAP/FAP, Brasil.
Título: O INSTITUTO DA LESÃO NO NOVO CÓDIGO CIVIL.
Orientador: MARIA ALZIRA BARBOSA ALVES.


Pós-doutorado


2015
Pós-Doutorado.
Escola Paulista de Direito, EPD, Brasil.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.


Formação Complementar


2013
Extensão universitária em Francês Básico. (Carga horária: 108h).
Aliança Francesa de São Paulo, AF, Brasil.
2017 - 2017
Intensif. (Carga horária: 20h).
Alliance Française Paris Ile-de-France, AF, França.
2015 - 2015
Intensif et Atelier Oral. (Carga horária: 20h).
Alliance Française Paris Ile-de-France, AF, França.
2013 - 2013
Intensif et Atelier Oral. (Carga horária: 52h).
Alliance Française Paris Ile-de-France, AF, França.
2012 - 2012
Extensão universitária em Francês Básico e Intermediário. (Carga horária: 108h).
Wizard Brasil, WIZARD, Brasil.
2000 - 2000
Extensão universitária em Inglês Conversação. (Carga horária: 101h).
Centro Cultural Brasil Estados Unidos, CCBEU, Brasil.
1999 - 1999
Extensão universitária em Inglês Intermediário. (Carga horária: 144h).
Centro Cultural Brasil Estados Unidos, CCBEU, Brasil.
1996 - 1998
Extensão universitária em Inglês Básico. (Carga horária: 432h).
Centro Cultural Brasil Estados Unidos, CCBEU, Brasil.


Atuação Profissional



Faculdade das Américas, FAM, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - Atual
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professora, Carga horária: 20

Vínculo institucional

2017 - Atual
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Membro do Núcleo Docente Estruturante, Carga horária: 2


Escola Paulista de Direito, EPD, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Membro do Núcleo Docente Estruturante - NDE, Carga horária: 2

Vínculo institucional

2015 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professora no Mestrado, Carga horária: 10

Vínculo institucional

2013 - Atual
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professora na Graduação, Carga horária: 4

Vínculo institucional

2013 - 2018
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Coordenadora das Atividades Complementares, Carga horária: 2


Universidade do Minho, UMINHO, Portugal.
Vínculo institucional

2013 - 2014
Vínculo: Bolsista Capes/FCT 343/12, Enquadramento Funcional: Bolsista Capes/FCT Projeto 343/12, Regime: Dedicação exclusiva.


Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, PUC/SP, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - 2012
Vínculo: Conselheira Eleita, Enquadramento Funcional: Repres. Discente Conselho de Ensino e Pesquis

Vínculo institucional

2009 - 2010
Vínculo: Conselheira Eleita, Enquadramento Funcional: Repres. Discente na Câmara de Pós-Graduação


Associação Nacional dos Pós-Graduandos, ANPG, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - 2012
Vínculo: Eleita, Enquadramento Funcional: Diretora de Instituições Particulares


Conselho Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Direito, CONPEDI, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - Atual
Vínculo: Associada, Enquadramento Funcional: Associada


Justiça Federal de Tupã/SP, JF, Brasil.
Vínculo institucional

2004 - 2005
Vínculo: Estagiária, Enquadramento Funcional: Estagiária, Carga horária: 40


Prudente Cruz Advocacia, ADVOCACIA, Brasil.
Vínculo institucional

2001 - 2004
Vínculo: Estagiária, Enquadramento Funcional: Estagiária, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.



Projetos de pesquisa


2016 - Atual
Fundamentos jusfilosóficos dos métodos de solução de conflitos
Descrição: A insuficiência no estudo dos fundamentos que originam e sustentam as afirmações cientificas, e mesmo o desconhecimento de sua importância para uma adequada compreensão de cada objeto de pesquisa, constitui-se em uma das maiores causas da falta de habilidade no manejo dos conhecimentos obtidos, relegando-os à condição de meros dados estáticos, assimilados e reproduzidos de forma dogmática. O presente projeto tem por finalidade identificar e analisar os fundamentos jurídicos e filosóficos dos métodos tradicionais de solução de conflitos, bem como suas respectivas limitações nos planos da legalidade, legitimidade, eficácia e eficiência. Isto tendo sempre em vista a coerência entre as justificações de tais métodos e os fins a que estes se destinam. Busca-se, desse modo, prover o aluno com um mínimo de elementos necessários ao desenvolvimento de suas pesquisas no campo da solução extrajudicial de conflitos jurídico-econômicos. De posse destas ferramentas, potencializa-se a assimilação crítica dos conteúdos a serem ministrados nas demais disciplinas, construindo um conhecimento cientifico sólido e estruturado, fruto de um melhor aproveitamento dos conteúdos adquiridos..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2013 - Atual
Interconstitucionalidade: Normas Constitucionais em Rede e Integração Européia na Sociedade Mundial
Descrição: O conceito de interconstitucionalidade foi originariamente cunhado pela literatura científica de língua portuguesa e neste específico contexto demanda adequadas fundamentação filosófica, construção teorética, sedimentação dogmática e projeção metodológica , vai daí a relevância da presente candidatura. No passado mês de maio, num colóquio internacional realizado pelos proponentes portugueses na Universidade do Minho (onde também intervieram os proponentes brasileiros), um dos mais reputados investigadores europeus sobre o tema que nos ocupa, Prof. Leonard Besselink (Universidade de Utrecht/Países Baixos), dizia a propósito da expressão e do conceito de interconstitucionalidade em língua portuguesa: I strongly prefer this over the expression multilevel constitutionalism . The metaphor multilevel presupposes the existence of levels. And in turn, levels presuppose hierarchy: one level is by definition higher than the other. In the day and age of globalization, hierarchy has become a contested concept. It may no longer adequate explain the relationship between constitutional orders. Gomes Canotilho (2006) tem defendido que o processo de integração europeia deve ser compreendido/estudado a partir de uma teoria da interconstitucionalidade ou seja, a partir de uma rede de Constituições a conviverem no mesmo espaço político. O autor vale-se da metáfora das redes para explicar que os instrumentos do direito constitucional nacional já não conseguem fornecer compreensões juridicamente adequadas aos problemas da interconstitucionalidade ou captar o seu sentido e limites. A problemática da interconstitucionalidade ou do tratamento da pluralidade e concorrência espacial de ordenamentos na União Europeia foi introduzida na literatura de língua portuguesa por Francisco Lucas Pires (1997), e recuperada, seguidamente, por Paulo Rangel (2000), Gomes Canotilho (2006), Maria Luísa Duarte (2006) e Marcelo Neves (2009). Assim, o termo interconstitucionalidade, no contexto da União Europeia, alude à interação reflexiva de normas de distintas ordens jurídicas que convivem naquele mesmo espaço político e implica a atuação em rede para a solução de problemas comuns. Neste cenário, a perplexidade reside em captar as formas de relação entre ordens jurídicas envolvidas na solução do problema jurídico que simultaneamente as afeta. É certo que as relações de input/output e de interpenetração entre ordens jurídicas não são propriamente novas (o direito internacional público e privado assim o demonstram e noutra medida, a teoria da organização jurídica dos sistemas federativos). Mas a novidade aqui é que as pontes de transição entre ordens jurídicas desenvolvem-se diretamente a partir dos tribunais, através de relações de observação mútua, no contexto da qual se desenvolvem formas de aprendizado e intercâmbio, sem que se possa definir, aprioristicamente, qual delas se vai impor pois o próprio direito da União Europeia, no que tange aos direitos fundamentais, manda aplicar o nível de proteção mais elevado de entre os envolvidos na solução do problema concreto (o direito nacional, o da União, ou o internacional). Neste sentido fala-se de diálogo entre tribunais para além das fronteiras entre ordens jurídicas por exemplo, entre o Tribunal de Justiça da União Europeia (TJUE) e os tribunais dos Estados-membros,entre o TJUE e o Tribunal Europeu dos Direitos do Homem (TEDH), entre o TEDH e os tribunais nacionais, destes entre si, etc. É certo que isto pode provocar conflito/disputa entre perspetivas judiciais distintas e por isso o objetivo do discurso interconstitucional é precisamente promover o entrelaçamento/interação reflexiva entre ordens jurídicas, solucionando as disputas sem a imposição top down na relação entre elas..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (12) .
Integrantes: Érica Taís Ferrara Ishikawa - Integrante / Thiago Lopes Matsushita - Integrante / Willis Santiago Guerra Filho - Integrante / José Joaquim Gomes Canotilho - Integrante / Alessandra Silveira - Integrante / Marcílio Franca - Coordenador / Marcelo Neves - Integrante.Financiador(es): Faculdade de Ciências e Tecnologia - Outra / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa.


Idiomas


Inglês
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.
Francês
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Espanhol
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
ISHIKAWA, LAURO2015ISHIKAWA, LAURO ; ISHIKAWA, ÉRICA TAÍS FERRARA . A Superação da Propriedade Absoluta a Partir da Imposição Constitucional de sua Função Social. Revista Jurídica CESUMAR. Mestrado, v. 15, p. 81-99, 2015.

2.
1ISHIKAWA, E. T. F.2015ISHIKAWA, E. T. F.; ISHIKAWA, L. ; GIARDULLI, É. T.F. . Da impossibilidade da compensação de créditos em face de direito preferencial de terceiro: uma análise à luz da Jurisprudência.. Revista de Direito Privado (São Paulo), v. 61, p. 231-245-245, 2015.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
ISHIKAWA, E. T. F.; GIARDULLI, É. T.F. . Application of human rights and fundamental principles in a cross-cultural world: A post-positivist law interpretation. In: 2016 Law and Society Association Annual Conference, 2016, New Orleans. 2016 Law and Society Association Annual Conference: AT THE DELTA: Belonging, Place and Visions of Law and Social Change, 2016.

2.
GIARDULLI, É. T.F.; ISHIKAWA, L. . A Cooperação Internacional e o Direito ao Desenvolvimento na Ótica da Filosofia Humanista de Direito Econômico. In: XIX Encontro Nacional do CONPEDI, 2010, Fortaleza. XIX Encontro Nacional do CONPEDI, 2010.

3.
GIARDULLI, É. T.F.; ISHIKAWA, L. . O Princípio da Proporcionalidade ancorado na Constituição Federal. In: XVIII Encontro Nacional do CONPEDI - Conselho Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Direito, 2009, Maringá. XVIII Encontro Nacional do CONPEDI - Conselho Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Direito, 2009.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
GIARDULLI, É. T.F.. A Fraternidade como via para Desenvolvimento Humano: Efetividade a partir dos Tratados Internacionais de Direitos Humanos e da Constituição Federal de 1988. In: XXIII Congresso Nacional de Pós-Graduandos, 2012, São Paulo. IV Mostra Científica da ANPG, 2012.

2.
GIARDULLI, É. T.F.. O princípio da livre concorrência. In: XXI Congresso Nacional de Pós-Graduandos e da II Mostra Científica da ANPG, 2008, Campinas. Anais da II Mostra Científica da ANPG, 2008.

Apresentações de Trabalho
1.
ISHIKAWA, E. T. F.; GIARDULLI, É. T.F. . A participação da iniciativa privada e da comunidade científica e acadêmica no cumprimento dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030 da ONU. 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

2.
ISHIKAWA, E. T. F.; GIARDULLI, É. T.F. . Application of human rights and fundamental principles in a cross-cultural world: A post-positivist law interpretation. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

3.
GIARDULLI, É. T.F.; ISHIKAWA, E. T. F. . O princípio da solidariedade no cumprimento dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

4.
ISHIKAWA, E. T. F.; GIARDULLI, É. T.F. . A evolução do direito da mulher na perspectiva histórica e constitucional. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

5.
ISHIKAWA, E. T. F.; GIARDULLI, É. T.F. . O Princípio da Solidariedade aplicado às relações empresarias. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

6.
ISHIKAWA, ÉRICA TAÍS FERRARA. O PRINCÍPIO DA SOLIDARIEDADE NA JURISPRUDÊNCIA DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

7.
GIARDULLI, É. T.F.. Interculturalidade e Solidariedade em tempos de crise.. 2014. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

8.
ISHIKAWA, L. ; GIARDULLI, É. T.F. . A Cooperação Internacional e o Direito ao Desenvolvimento na Ótica da Filosofia Humanista de Direito Econômico. 2010. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

9.
GIARDULLI, É. T.F.; ISHIKAWA, L. . O Princípio da Proporcionalidade ancorado na Dignidade da Pessoa Humana e na Constituição Federal. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

10.
GIARDULLI, É. T.F.. O Capitalismo Humanista como um arquétipo de concreção da redução das desigualdades regionais e sociais (Art. 170, VII, CF/88). 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

11.
GIARDULLI, É. T.F.. O Princípio da Livre Concorrência. 2008. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

12.
GIARDULLI, É. T.F.. Ação Popular como forma de defesa das falhas de mercado. 2007. (Apresentação de Trabalho/Seminário).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
FERREIRA, A. J.; TERRA, Rpgério Luiz dos Santos; ISHIKAWA, ÉRICA TAÍS FERRARA. Participação em banca de Celma Laurinda Freitas Costa. A atividade da mediação e a câmara de mediação em serventias extrajudiciais: uma adaptabilidade jurídica de amplo acesso à justiça. 2018 - Escola Paulista de Direito.

2.
ISHIKAWA, ÉRICA TAÍS FERRARA; SANTOS, M. W. B.; PETIAN, A.. Participação em banca de Ricardo Rage Ferro. Meios alternativos de resolução de conflitos no âmbito da administração pública federal: experiência da advocacia geral da união e gestão de resultados. 2018 - Escola Paulista de Direito.

3.
GUILHERME, L. F. V. A.; ISHIKAWA, ÉRICA TAÍS FERRARA. Participação em banca de Fernanda Alves Curbage. Mediação: solução judicial e extrajudicial na governança corporativa da sociedade familiar. 2017 - Escola Paulista de Direito.

4.
FLORENCIO FILHO, M. A. P.; TERRA, Rpgério Luiz dos Santos; ISHIKAWA, ÉRICA TAÍS FERRARA. Participação em banca de Paulo Egídio Seabra Succar. A arbitragem como métodos de pacificação de conflitos societários. 2017 - Escola Paulista de Direito.

5.
FLORENCIO FILHO, M. A. P.; BRITO, A. C.; ISHIKAWA, ÉRICA TAÍS FERRARA. Participação em banca de Hermínio Alberto Marques Porto Junior. Soluções de controvérsias criminais empresariais decorrentes de delitos ambientais e criminal compliance. 2017 - Escola Paulista de Direito.

Qualificações de Mestrado
1.
TERRA, Rpgério Luiz dos Santos; ISHIKAWA, ÉRICA TAÍS FERRARA. Participação em banca de Ricardo Luiz de Lima Trindade. A arbitragem notorial como instrumento de acesso à justiça. 2018 - Escola Paulista de Direito.

2.
ISHIKAWA, ÉRICA TAÍS FERRARA; TERRA, Rpgério Luiz dos Santos. Participação em banca de Nicholas Salles Fernandes Silva Torres. Usucapião extrajudicial e os meios alternativos de solução de conflitos (MASCs). 2018 - Escola Paulista de Direito.

3.
GUILHERME, L. F. V. A.; ISHIKAWA, ÉRICA TAÍS FERRARA. Participação em banca de Fernanda Alves Curbage. Mediação: Solução extrajudicial e judicial de governança corporativa familiar. 2017 - Escola Paulista de Direito.

4.
ISHIKAWA, ÉRICA TAÍS FERRARA; GUILHERME, L. F. V. A.. Participação em banca de Silmara Bernadete Zappia Affonso Ferreira. A mediação como instrumento eletivo de pacificação social: as soluções extrajudiciais e judiciais de conflitos, a confidencialidade e o dever de sigilo. 2017 - Escola Paulista de Direito.

5.
ISHIKAWA, ÉRICA TAÍS FERRARA; TERRA, Rpgério Luiz dos Santos. Participação em banca de Paulo Egídio Seabra Succar. A Arbitragem como pacificação de conflitos societários. 2017 - Escola Paulista de Direito.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
ISHIKAWA, ÉRICA TAÍS FERRARA; ALMEIDA, J. C. P.; BRITTO, M. B. M. O.. Participação em banca de Kléssius Fernando Araújo.Justiça ambiental e racismo ambiental em consonância com o artigo 225 da Constituição Federativa do Brasil. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Direito) - Faculdade das Américas.

2.
ISHIKAWA, ÉRICA TAÍS FERRARA. Participação em banca de Renato Lemaire M. C. G. de Almeida.Registro Civil das Pessoas Naturais e Suprimento. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Direito) - Faculdade das Américas.

3.
ISHIKAWA, ÉRICA TAÍS FERRARA. Participação em banca de Adilson Joaquim de Oliveira.Lazer e políticas públicas para a terceira idade. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Direito) - Faculdade das Américas.




Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
III CONGRESO INTERNACIONAL HISPANO-BRASILEÑO: DERECHOS HUMANOS/DIREITOS HUMANOS. III CONGRESO INTERNACIONAL HISPANO-BRASILEÑO: DERECHOS HUMANOS/DIREITOS HUMANOS. 2017. (Congresso).

2.
III CONGRESO INTERNACIONAL HISPANO-BRASILEÑO: DERECHOS HUMANOS/DIREITOS HUMANOS. A PARTICIPAÇÃO DA INICIATIVA PRIVADA E DA COMUNIDADE CIENTÍFICA E ACADÊMICA NO CUMPRIMENTO DOS OBJETIVOS DO DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL DA AGENDA 2030 DA ONU. 2017. (Congresso).

3.
2016 Law and Society Association Annual Conference: AT THE DELTA: Belonging, Place and Visions of Law and Social Change. Application of human rights and fundamental principles in a cross-cultural world: A post-positivist law interpretation. 2016. (Congresso).

4.
II Congreso Internacional Hispano-Brasileño: Derechos Humanos. O princípio da solidariedade no cumprimento dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas. 2016. (Congresso).

5.
Curso de Formación sobre los Retos del Constitucionalismo para los Jueces en Iberoamérica.O PRINCÍPIO DA SOLIDARIEDADE NA JURISPRUDÊNCIA DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL. 2015. (Outra).

6.
I Congreso Hispano Brasileño de Derecho Empresarial. O Princípio da Solidariedade aplicado às relações empresariais. 2015. (Congresso).

7.
II Giornata Italo-Brasiliana di Diritto Pubblico Comparato. A evolução do direito da mulher na perspectiva histórica e constitucional. 2015. (Congresso).

8.
Workshop - Interconstitucionalidade: Cidadania e Direitos Fundamentais em Tempo de Crise, realizado pelo Centro de Estudos em Direito da União Europeia ? CEDU.Interculturalidade e Solidariedade em tempos de crise. 2014. (Encontro).

9.
Conferência: A Proteção Jurídica da Criança.Organizada pelo Observatório Lusófono dos Direitos Humanos ? OLDHUM da Escola de Direito da Universidade do Minho. 2013. (Outra).

10.
Conferência: Direitos Sociais, Direitos Fundamentais. Organizada por Direitos Humanos ? Centro de Investigação Interdisciplinar Escola de Direito da Universidade do Minho. 2013. (Outra).

11.
Conferências TributariUM 2013. Organizadas pelo Mestrado em Direito Tributário e Fiscal e Associação de Estudantes da Universidade do Minho ? AEDUM.. 2013. (Outra).

12.
Jornadas Contra a Violência Doméstica. Organizadas pela Associação Portuguesa de Apoio à Vítima e The European Law Student´s Association ? ELSA Uminho. 2013. (Outra).

13.
Conferência Escola Paulista da Magistratura e PUC-SP Rio+20. 2012. (Outra).

14.
Congresso PUCSP-EPM sobre Capitalismo Humanista e Recuperação de Empresas: Homenagem ao Professor Titular Dr. Newton de Lucca. 2012. (Congresso).

15.
XXIII Congresso Nacional de Pós-Graduandos. A Fraternidade como via para Desenvolvimento Humano: Efetividade a partir dos Tratados Internacionais de Direitos Humanos e da Constituição Federal de 1988. 2012. (Congresso).

16.
38º Conselho Nacional de Associações de Pós-Graduandos (CONAP) da ANPG: ?A Formação de Recursos Humanos e o Desenvolvimento do Brasil?.. 2011. (Encontro).

17.
3o. Congresso Internacional de Direito Brasil - Europa: Internacionalização do Direito, Cortes Internacionais e as Formas de Resolução de Conflitos no Mundo Globalizado. 2010. (Congresso).

18.
III Colóquio Luso-Brasileiro: Estudos de Direitos Humanos, Antropologia e Filosofia. 2010. (Outra).

19.
IV Colóquio Luso-Brasileiro: Estudos de Direitos Humanos. 2010. (Outra).

20.
V Colóquio Luso-Brasileiro: Estudos de Direito Comparado. 2010. (Outra).

21.
XIX Encontro Nacional do CONPEDI.A Cooperação Internacional e o Direito ao Desenvolvimento na Ótica da Filosofia Humanista de Direito Econômico. 2010. (Encontro).

22.
XXII Congresso Nacional de Pós Graduandos e III Mostra Científica da ANPG. 2010. (Congresso).

23.
2o. Congresso Internacional de Direito - Brasil - Europa. Direito do Trabalho e Direitos Fundamentais em Portugal e no Brasil: Análise contemporânea em face da globalização e da crise económica.. 2009. (Congresso).

24.
3º Congresso de Pesquisa Discente na Semana Acadêmica da PUC/SP. O Capitalismo Humanista como um arquétipo de concreção da redução das desigualdades regionais e sociais (Art. 170, VII, CF/88). 2009. (Congresso).

25.
Colóquio Doutrina Humanista de Direito Econômico: A construção de um marco teórico. PUC/SP. 2009. (Seminário).

26.
I Colóquio Luso-Brasileiro de Estudos de Direitos Humanos do Consumidor realizado pelo Núcleo de Pesquisa do Capitalismo Humanista da PUC/SP. 2009. (Encontro).

27.
XVIII Encontro Nacional do CONPEDI - Conselho Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Direito. O Princípio da Proporcionalidade ancorado na Dignidade da Pessoa Humana e na Constituição Federal. 2009. (Congresso).

28.
Aula ministrada por José Joaquim Gomes Canotilho (Interpretação de acordo com a Constituição ou interpretação de acordo com os Direitos Fundamentais?). 2008. (Outra).

29.
XXI Congresso Nacional de Pós Graduandos e II Mostra Científica da ANPG. O princípio da livre concorrência. 2008. (Congresso).

30.
I Congresso de Pesquisa Discente da Semana Acadêmica da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.Debatedora de Simpósio no Congresso realizado durante a Semana Acadêmica. 2007. (Simpósio).

31.
Ciclo de Palestras Jurídicas da Faculdade de Direito da Alta Paulista FADAP/FAP. 2005. (Outra).

32.
II Congresso Paranaense de Direito Constitucinal e Cidadania. 2005. (Congresso).

33.
Curso de Extensão Medicina Legal. 2004. (Outra).

34.
I Congresso Paranaense de Direito Constitucional e Cidadania. 2004. (Congresso).

35.
Palestra sobre O Direito de Família no Novo Código Civil realizada pela OAB/SP. 2004. (Outra).

36.
Palestra sobre os Efeitos Práticos da Boa Fé no Código Civil realizada pela OAB/SP. 2004. (Outra).

37.
V Semana Jurídica da Faculdade de Direito da Alta Paulista FADAP/FAP. 2004. (Outra).

38.
Semana Jurídica 2003 da Faculdade de Direito da Alta Paulista. 2003. (Outra).

39.
Semana de Extensão Jurídica da Faculdade de Direito da Alta Paulista FADAP/FAP. 2002. (Outra).

40.
Semana Jurídica 2001 da Faculdade de Direito da Alta Paulista FADAP/FAP. 2001. (Outra).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
GIARDULLI, É. T.F.; GUERRA FILHO, C. A. W. S. . Aula Magna do 2o. Semestre de 2014 na Graduação de Direito da Escola Paulista de Direito - EPD. 2014. (Outro).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 15/10/2018 às 19:25:15