Izabel Saenger Nuñez

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/3792527214805610
  • Última atualização do currículo em 17/10/2018


Doutora em Antropologia pelo PPGA/UFF (2018). Mestre em Ciências Jurídicas e Sociais pelo PPGSD/UFF (2012). Bacharel em Ciências Jurídicas e Sociais pela PUCRS (2007). Atualmente é pesquisadora de pós doutorado (PNPD/CAPES) vinculada ao Núcleo Fluminense de Estudos e Pesquisa (NUFEP/PPGA/UFF) e Professora Substituta no Departamento de Segurança Pública da UFF. É vice coordenadora do Núcleo de Estudos e Pesquisas sobre Sujeitos, Sociedade e Estado (NEPSSE/UFF) e pesquisadora do Grupo de Estudos e Pesquisas em Antropologia do Direito e das Moralidades (GEPADIM) e do Instituto Nacional de Estudos Comparados em Administração Institucional de Conflitos (INCT-InEAC). Realiza pesquisas em três temáticas-chave, no campo dos estudos sócio-jurídicos: 1.Sistema de Justiça; 2. Antropologia Jurídica; e 3. Acesso à Justiça. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Izabel Saenger Nuñez
Nome em citações bibliográficas
NUÑEZ, I. S.;NUÑEZ, Izabel Saenger.

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal Fluminense, Programa de Pós Graduação em Antropologia.
Campus do Gragoatá, Bloco O, Sala 325
Gragoatá
24210350 - Niterói, RJ - Brasil
Telefone: (21) 37995477
URL da Homepage: http://www.proppi.uff.br/ppga/


Formação acadêmica/titulação


2013 - 2018
Doutorado em Antropologia.
Universidade Federal Fluminense, UFF, Brasil.
Título: Aqui não é casa de vingança, é casa de justiça!: moralidades, hierarquizações e desigualdades na administração de conflitos no Tribunal do Júri, Ano de obtenção: 2018.
Orientador: Roberto Kant de Lima.
Coorientador: Lucía Eilbaum.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Antropologia Jurídica; moralidades; processo penal.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Antropologia / Subárea: Antropologia Política.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Antropologia / Subárea: Antropologia Urbana.
2010 - 2012
Mestrado em Sociologia e Direito.
Universidade Federal Fluminense, UFF, Brasil.
Título: Dogmas e doutrinas: verdades consagradas e interpretações sobre o Tribunal do Júri.,Ano de Obtenção: 2012.
Orientador: Roberto Fragale Filho.
Coorientador: Roberto Kant de Lima.
2009
Especialização em andamento em Direitos Humanos, Cidadania e Segurança Pública. (Carga Horária: 400h).
Faculdade EST, EST, Brasil.
Título: A Participação Popular no Sistema de Justiça..
2002 - 2007
Graduação em Ciências Jurídicas e Sociais.
Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, PUCRS, Brasil.
Título: O Tribunal do Júri - Uma Análise Crítica.
Orientador: Lígia Mori Madeira.
1998 - 2000
Ensino Médio (2º grau).
Colégio Americano, CA, Brasil.


Pós-doutorado


2018
Pós-Doutorado.
Universidade Federal Fluminense, UFF, Brasil.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Direito / Subárea: Teoria do Direito / Especialidade: Antropologia Jurídica.


Formação Complementar


2012 - 2012
Oficina de História Oral. (Carga horária: 16h).
Fundação Getúlio Vargas, FGV, Brasil.
2009 - 2009
Democracia Participativa. (Carga horária: 60h).
Rede Nacional de Ensino à Distância para a Segurança Pública, RENAESP, Brasil.
2008 - 2008
Prática Processual Penal. (Carga horária: 88h).
Faculdade IDC, FIDC, Brasil.
2002 - 2002
Teacher To Be. (Carga horária: 35h).
Yázigi Internexus, YAZ/RS, Brasil.
2000 - 2001
Programa de Inglês - Avançado. (Carga horária: 200h).
Yázigi Internexus, YÁZIGI, Brasil.
1998 - 1999
Proficiency in English - Intermidiate Level. (Carga horária: 200h).
Yázigi Internexus, YÁZIGI, Brasil.
1997 - 1998
Proficiency in English - Basic Level. (Carga horária: 200h).
Yázigi Internexus, YÁZIGI, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Federal Fluminense, UFF, Brasil.
Vínculo institucional

2018 - Atual
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pós Doutorado, Carga horária: 40
Outras informações
Pesquisadora de Pós Doutorado - PNPD/CAPES

Vínculo institucional

2017 - Atual
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor Substituto, Carga horária: 40
Outras informações
Professora substituta do departamento de Segurança Pública da UFF

Vínculo institucional

2017 - Atual
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Coordenadora de Disciplina de EAD, Carga horária: 4
Outras informações
Coordenadora da Disciplina Sociologia do Crime e da Violência.

Vínculo institucional

2013 - 2018
Vínculo: Discente, Enquadramento Funcional: Doutoranda
Outras informações
Discente do Curso de Doutorado do Programa de Pós Graduação em Antropologia.

Vínculo institucional

2010 - 2012
Vínculo: Discente, Enquadramento Funcional: Mestranda
Outras informações
Discente de Mestrado no Programa de Pós Graduação em Sociologia e Direito

Atividades

07/2018 - Atual
Ensino, Segurança Pública, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Estado, Sociedade e Teoria da Constituição
Sociologia da Violência
Teoria e Instituições de Processo Penal I
03/2018 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação, .

02/2017 - Atual
Direção e administração, Centro de Estudos Gerais, Departamento de Segurança Pública.

Cargo ou função
Coordenadora de Disciplina EAD - Sociologia do Crime e da Violência.
01/2017 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação, Núcleo de Ensino Pesquisa Extensão em Administração Institucional Conflitos.

03/2017 - 06/2018
Ensino, Segurança Pública, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Antropologia do Direito I
Métodos e Técnicas de Pesquisa III
Teoria e Instituições de Processo Penal I
08/2013 - 02/2018
Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Estudos Gerais, Programa de Pós-Graduação em Antropologia.

07/2015 - 12/2016
Estágios , Centro de Estudos Gerais, Departamento de Segurança Pública.

Estágio realizado
Estágio Docente - Disciplina Teoria e Instituições de Processo Penal I sob supervisão de Vivian Paes..
03/2011 - 04/2016
Pesquisa e desenvolvimento , Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação, Núcleo de Ensino Pesquisa Extensão em Administração Institucional Conflitos.

02/2015 - 06/2015
Estágios , Centro de Estudos Gerais, Departamento de Segurança Pública.

Estágio realizado
Estágio Docente - Disciplina Teoria e Instituições de Processo Penal I sob supervisão de Lenin Pires..
01/2015 - 01/2015
Ensino, Curso de Capacitação em Políticas Públicas de Segurança Pública, Social e, Nível: Aperfeiçoamento

Disciplinas ministradas
A construção da norma no Estado de Direito Democrático e o papel do Direito na administração de conflitos
10/2013 - 10/2014
Conselhos, Comissões e Consultoria, Programa de Pós Graduação em Antropologia, .

Cargo ou função
Membro da Comissão Discente de Doutorado.
07/2013 - 12/2013
Ensino, Segurança Pública, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Professora Colaboradora da Disciplina História dos Sujeitos, Movimentos Sociais no contexto da Segurança Pública
03/2010 - 12/2012
Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Estudos Gerais, Programa de Pós-Graduação em Sociologia e Direito.


Fundação Getúlio Vargas, FGV, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - 2018
Vínculo: Pesquisadora, Enquadramento Funcional: Pesquisadora de Projeto, Carga horária: 20

Vínculo institucional

2011 - 2016
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Assistente Acadêmica, Carga horária: 20
Outras informações
Assistente de Ensino na Graduação em Direito

Atividades

01/2017 - 09/2018
Pesquisa e desenvolvimento , ESCOLA DE DIREITO DO RIO DE JANEIRO, .

07/2015 - 12/2016
Conselhos, Comissões e Consultoria, FGV Rio de Janeiro, Coordenação de Graduação em Direito.

Cargo ou função
Assistência Acadêmica de Acompanhamento Pedagógico de disciplinas obrigatórias do Curso de Graduação em Direito.
07/2011 - 12/2016
Pesquisa e desenvolvimento , FGV Rio de Janeiro, Centro de Pesquisa Direito e Economia.

Linhas de pesquisa
Direito e Economia
01/2014 - 06/2015
Ensino, Direito, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Assistente de Grupo de Estudo Dirigido de Leitura
Assistente de Grupo de Estudo Dirigido de Redação
07/2014 - 12/2014
Treinamentos ministrados , FGV Rio de Janeiro, Coordenação de Graduação em Direito.

Treinamentos ministrados
Assistente de Grupo de Estudo Dirigido de Redação
07/2011 - 12/2012
Treinamentos ministrados , FGV Rio de Janeiro, Coordenação de Graduação em Direito.

Treinamentos ministrados
Oficinas de Pesquisa em Direito e Economia

Associação Brasileira de Antropologia, ABA, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - Atual
Vínculo: Associado, Enquadramento Funcional: Membro Associado

Atividades

01/2015 - Atual
Serviços técnicos especializados , ABA, .

Serviço realizado
Sócio na categoria pós-graduando (Doutorado) em Antropologia.

Escola da Magistratura do Estado do Rio de Janeiro, EMERJ, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - Atual
Vínculo: Professor Convidado, Enquadramento Funcional: Professor Convidado

Atividades

05/2013 - Atual
Ensino, Ensino, Direito para a Carreira da Magistratura, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Sociologia Jurídica

Universidade Federal de São Carlos, UFSCAR, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional:


Augurium Análise, Consultoria e Empreendimentos,, AUGURIUM, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - 2015
Vínculo: Contrato, Enquadramento Funcional: Assessora Jurídica

Atividades

01/2015 - 12/2015
Pesquisa e desenvolvimento , Departamento Jurídico, .


Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, PUCRS, Brasil.
Vínculo institucional

2007 - 2010
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Assessora Jurídica

Vínculo institucional

2002 - 2007
Vínculo: Discente, Enquadramento Funcional: Graduanda

Atividades

03/2007 - 03/2010
Pesquisa e desenvolvimento , Faculdade de Direito, Departamento de Direito Público e Prática Jurídica.

03/2007 - 03/2010
Serviços técnicos especializados , Faculdade de Direito, Núcleo de Assessoria Jurídica Popular.

Serviço realizado
Assessoria Jurídica Popular (II e III Edições).

Centro de Estudos Contemporâneos, CESCON, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - 2010
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Assessora Jurídica

Atividades

02/2009 - 01/2010
Serviços técnicos especializados , Centro de Diagnóstico, .

Serviço realizado
Agente de desenvolvimento local do Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (PRONASCI) no Território de Paz Cruzeiro.

Universidade de Brasília, UnB, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2009
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 20
Outras informações
Por meio da Educação à distância, a Universidade de Brasília oferece cursos de Pós-Graduação. Entre eles, a Especialização em Direito Público, que tem como público-alvo os Membros das carreiras jurídicas da AGU e servidores com formação em Direito. O referido curso, com vigência de 18 meses e carga horária de 420 horas, teve início no dia 30 de agosto de 2008. Os alunos são acompanhados por tutores numa relação de 1 (um) tutor para cada grupo de 35 (trinta e cinco) alunos. E tem a participação de pelo menos 1 (um) supervisor para o Núcleo de conteúdo geral e, no mínimo, 1 (um) supervisor para o Núcleo de conteúdo específico. Além do acompanhamento tutorial e do trabalho de supervisão dos módulos, o curso é acompanhado por um Coordenador, Professor da Faculdade de Direito da Universidade de Brasília. Com isso, o aluno é auxiliado ao longo de seus estudos por profissionais qualificados e com conhecimento na área de Direito Público.

Atividades

08/2008 - 01/2009
Ensino, Curso de Especialização Direito Público (EAD), Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
Direito Constitucional (Coordenação: Professor Menelick de Carvalho Netto)
Disciplina de Filosofia do Direito (Coordenação: Professor Menelick de Carvalho Netto)
Disciplina de Sociologia do Direito (Coordenação: Professor José Geraldo Sousa Júnior)

Instituto Migrações e Direitos Humanos, IMDH, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2009
Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Assessora Jurídica, Carga horária: 25
Outras informações
O Instituto Migrações e Direitos Humanos - IMDH - é uma organização da Sociedade Civil que atua na proteção e defesa dos direitos de migrantes e refugiados. O trabalho desenvolvido na temática das migrações consiste especificamente em três projetos: 1. pesquisa, busca e fornecimento de documentação para migrantes internos que não tenham condições materiais de fazê-lo; 2. assistência a brasileiros retornados do exterior em parceria com a Caritas International Belgium e a OIM; e 3. defesa dos direitos humanos de presos encarcerados. Na temática do refúgio, atua na defesa e assistência de solicitantes de refúgio e refugiados, e, ainda, junto ao CONARE - Comitê Nacional para os Refugiados, na qualidade de consultoria, sem direito a voto.

Atividades

11/2008 - 02/2009
Conselhos, Comissões e Consultoria, Departamento Jurídico, .

Cargo ou função
Assessora jurídica.

Ministério da Justiça, MJ, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2008
Vínculo: Contrato, Enquadramento Funcional: Assessora Jurídica, Carga horária: 40

Atividades

05/2008 - 11/2008
Conselhos, Comissões e Consultoria, Comissão de Anistia, .

Cargo ou função
Assessora dos Conselheiros na elaboração de suas minutas de voto.

Themis Assessoria Jurídica e Estudos de Gênero, THEMIS, Brasil.
Vínculo institucional

2007 - 2008
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Cientista Jurídica e Social
Outras informações
O projeto Promotoras Legais Populares, criado pela ONG Themis - Assessoria Jurídica e Estudos de Gênero, hoje acontece em várias partes do Brasil. Em Brasília - DF, é fruto de um esforço conjunto da ONG Dnadara, Ministério Público Federal e Universidade nacional de Brasília para desenvolver a cidadania e a igualdade de direitos. O acesso à cidadania e suas conseqüências práticas exigem a incorporação de novos conceitos de igualdade e respeito onde as mulheres tenham tanta importância quanto os homens no seu valor humano, social, político e econômico. O nome Promotoras Legais Populares é usado em diferentes países e significa mulheres que trabalham a favor dos segmentos populares com legitimidade e justiça no combate diário à discriminação. São aquelas que podem orientar, dar um conselho e promover a função instrumental do Direito na vida do dia a dia das mulheres. A proposta motora deste projeto são os cursos. Outras ações fazem parte do trabalho: acompanhamento de casos e da atuação prática das promotoras legais populares, seminários, debates complementares e o fortalecimento das campanhas contra a impunidade e pela criação do Juizado Especial para os Crimes de Violência de Gênero. É um projeto que traz no seu bojo traços dos ideais de justiça, democracia e dignidade, a defesa dos direitos humanos e a construção de relações igualitárias e justas. Tem possibilitado a criação de novos espaços de união e articulação que abrem caminhos e rompem barreiras contra a discriminação e a opressão.

Atividades

02/2008 - 12/2008
Ensino,

Disciplinas ministradas
Curso de Formação de Promotoras Legais Populares
02/2007 - 12/2008
Conselhos, Comissões e Consultoria, Promotoras Legais Populares, .

Cargo ou função
Assessora jurídica do Serviço de Informação à Mulher.

Faculdade da Serra Gaúcha, FSG, Brasil.
Vínculo institucional

2007 - 2007
Vínculo: Discente, Enquadramento Funcional: Monitora, Carga horária: 20
Outras informações
Pesquisas e elaboração de aulas, correção de provas e organização de material das aulas ministradas pelo Professor Airton Zanatta, sobre temas relacionados ao Direito Penal e Processual Penal.

Atividades

01/2007 - 08/2007
Estágios , Graduação em Direito, .

Estágio realizado
Monitora das disciplinas de Direito Penal e Processual Penal ministradas pelo professor Airton Zanatta (Pesquisas e elaboração de aulas, correção de provas e organização de material das aulas).

Fundação Escola Superior do Ministério Público - RS, FESMP/RS, Brasil.
Vínculo institucional

2006 - 2007
Vínculo: Estagiária, Enquadramento Funcional: Estagiária de ciências jurídicas e sociais

Atividades

08/2006 - 08/2007
Estágios , Escola Superior do Ministério Público, .

Estágio realizado
Monitora das disciplinas de Direito Penal e Processual Penal ministradas pelo professor Airton Zanatta (Pesquisas e elaboração de aulas, correção de provas e organização de material das aulas).

Martinelli Advocacia Empresarial, MAE, Brasil.
Vínculo institucional

2005 - 2006
Vínculo: Estagiário, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 40
Outras informações
Pesquisas e atuação profissional na área de Direito Societário.

Atividades

02/2005 - 07/2007
Estágios , Escritório, .

Estágio realizado
Estagiário de Direito (Pesquisas e atuação profissional na área de Direito Societário).

Tozzini Freire Teixeira e Silva Advogados Associados, TFTS, Brasil.
Vínculo institucional

2004 - 2005
Vínculo: Estagiário, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 40
Outras informações
Pesquisas e atuação profissional na área de Direito Bancário.

Atividades

09/2004 - 02/2005
Estágios , Escritório, .

Estágio realizado
Estagiário de Direito (Pesquisas e atuação profissional na área de Direito Bancário).

Veirano Advogados Associados, VAA, Brasil.
Vínculo institucional

2003 - 2004
Vínculo: Estágio em Direito, Enquadramento Funcional: Estagiário de Direito, Carga horária: 40
Outras informações
Pesquisas e atuação profissional nas áreas de Direito Ambiental e Propriedade Intelectual.

Atividades

09/2003 - 09/2004
Estágios , Escritório, .

Estágio realizado
Estagiário de Direito (Pesquisas e atuação profissional nas áreas de Direito Ambiental e Propriedade Intelectual).

Learnet English Course, LEC, Brasil.
Vínculo institucional

2003 - 2003
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professora, Carga horária: 20
Outras informações
Docência de Língua Inglesa. Elaboração e preparação de aulas e provas, sob a perspectiva do communicative approach, para alunos de diversos níveis, especialmente dos níveis intermediário e avançado.

Atividades

05/2003 - 09/2003
Ensino,

Disciplinas ministradas
Professora de língua inglesa (Elaboração e preparação de aulas e provas, sob a perspectiva do communicative approach, para alunos de diversos níveis, especialmente dos níveis intermediário e avançado)

Discovery English Course, DEC, Brasil.
Vínculo institucional

2002 - 2003
Vínculo: Contrato, Enquadramento Funcional: Professora, Carga horária: 20
Outras informações
Docência de Língua Inglesa. Elaboração e preparação de aulas e provas, sob a perspectiva do communicative approach, para alunos de diversos níveis, especialmente dos níveis intermediário e avançado

Atividades

02/2002 - 05/2003
Ensino,

Disciplinas ministradas
Professora de língua inglesa (Elaboração e preparação de aulas e provas, sob a perspectiva do communicative approach, para alunos de diversos níveis, especialmente dos níveis intermediário e avançado)


Linhas de pesquisa


1.
Cultura Jurídica, Segurança Pública e Conflitos Sociais

Objetivo: Analisa, em uma perspectiva comparada, os modelos jurídicos de produção da verdade e de administração institucional de conflitos no espaço e na esfera públicos. Realiza etnografias de práticas e processos de administração de conflitos vinculados às instituições judiciárias e de segurança pública, assim como os sentidos de justiça e moralidades que informam e conformam as dinâmicas das relações sociais..
Palavras-chave: Antropologia Jurídica.
2.
Concepções e sentidos de ?igualdade?, ?cidadania? e ?violência?

Objetivo: Essa linha buscará identificar e analisar os sentidos atribuídos pelos interlocutores das pesquisas, em especial no campo do direito, do judiciário e da segurança pública, a categorias tais como ?igualdade?, ?cidadania?, ?democracia?, ?justiça?, ?desigualdade?, ?violência?, entre outras. Dessa forma, levará em consideração a permanente tensão entre modelos normativos e abstratos da realidade social (por exemplo, aqueles consolidados e reproduzidos nas leis, estatutos, na doutrina jurídica e em modelos institucionais como o ?estado democrático de direito?) e éticas e moralidades que orientam as ações e práticas dos atores. Nesse sentido, terá como um de seus focos principais a observação e descrição dos processos de produção, construção e legitimação (ou não) de sensos de justiça e de se.
3.
Direitos, mercados e mobilizações coletivas

Objetivo: Essa linha de pesquisa buscará analisar diversas e distintas formas e processos de administração de conflitos que não necessariamente envolvem as instituições estatais, embora não as excluam. Focalizará, assim, nas estratégias ideadas e ativadas por atores não estatais, de forma individual ou coletiva, mais ou menos institucionalizada, de se manifestar, agir e reivindicar, em torno ao reconhecimento, visibilização e/ou demanda de certos conflitos e direitos. A observação, descrição, análise e interpretação das formas de manifestação coletiva no espaço público, as lógicas e modos de vida, de moradia, de produção, consumo e circulação de mercadorias materiais e simbólicas, os mecanismos de reparação e compensação, a reivindicação de direitos ?culturais? (políticas de patrimônio, de reconhecimento étnico-racial e conflitos fundiários), fazem parte dessas análises..
4.
Núcleo de Estudos e Pesquisas sobre Sujeitos Sociedade e Estado
5.
Acesso à justiça e crítica das instituições político-jurídicas

Objetivo: Partindo-se da premissa de que a busca de um fim justo pressupõe a construção de um meio justo, examina-se a qualidade da prestação jurisdicional brasileira sob o enfoque do modelo constitucional de processo nas esferas administrativa e judicial, privilegiando-se o debate das contradições entre direitos individuais e direitos coletivos, o conflito de poderes envolvendo a efetivação de direitos fundamentais no campo das reformas processuais civis. Paralelamente ao aperfeiçoamento das práticas processuais no âmbito das instituições públicas (Ministério Público, Defensoria Pública, Advocacia Pública etc.), propõe-se a construção de uma cidadania processual independente do Poder Público através de meios alternativos de resolução de conflitos..
6.
Centro de Pesquisa Direito e Economia
7.
Direito e Economia

Objetivo: O Centro de Pesquisa em Direito e Economia (CPDE) é um centro de estudos da Fundação Getúlio Vargas que tem por objetivo realizar pesquisas interdisciplinares nas áreas de interseção entre o Direito e a Economia, promovendo análises e discussões sobre os efeitos esperados de normas e decisões jurídicas sobre o comportamento dos agentes econômicos e o desenvolvimento sócio-econômico do País..
8.
Visão dos advogados sobre as instituições jurídicas e o desenvolvimento econômico e político brasileiro

Objetivo: O objetivo do projeto é conhecer as avaliações dos advogados brasileiros a respeito de nossas instituições jurídicas, nosso sistema de Justiça, e de uma série de importantes questões relacionadas ao processo brasileiro de desenvolvimento econômico e político. A coleta de dados foi feita através da aplicação de questionários aos profissionais das principais capitais do país..
9.
Criminalidade Brasileira Contemporânea e Acesso à Justiça


Projetos de pesquisa


2018 - Atual
Estudando os de cima: a atuação dos advogados criminalistas cariocas.
Descrição: O presente projeto de pesquisa pretende investigar um novo padrão de atuação dos advogados criminalistas, identificado no contexto específico do Rio de Janeiro. Busca também demonstrar como essas transformações, pelas quais a profissão da advocacia e, mais especificamente, a advocacia criminal, passou nos últimos anos, podem estar articuladas com um cenário mais amplo, marcado por uma nova dinâmica, especialmente relacionada com as mudanças decorrentes da política de incriminação dos crimes conhecidos como ?de colarinho branco? e o surgimento das ?colaborações? ou ?delações premiadas?. Isso porque, embora tenha como objeto este fenômeno particular, que é específico do cenário carioca, sua relação com as conjunturas política e jurídica brasileiras também será foco da pesquisa, bem como a conexão entre direito e política, que pode ser explicitada através do estudo de tais dinâmicas..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (1) .
Integrantes: Izabel Saenger Nuñez - Coordenador.
2018 - Atual
Núcleo de Estudos e Pesquisas sobre Sujeitos, Sociedade e Estado
Descrição: O Núcleo de Estudos e Pesquisas sobre Sujeitos, Sociedade e Estado (NEPSSE) pretende reunir pesquisadores, em diferentes fases de sua formação acadêmica, igualitariamente empenhados na produção intelectual, tanto fixados no Departamento de Segurança Pública da Universidade Federal Fluminense, quanto de outras instituições, fomentando a interinstitucionalidade e a produção intelectual sem hierarquias. O núcleo privilegiará não a interdisciplinaridade, mas a multidisciplinaridade, de modo que cada integrante contribua com o seu saber especializado para a produção de reflexões sobre sociedade e estado e os sujeitos que atuam nos processos institucionais e sociais. Fundado no trabalho e na gestão compartilhados, os estudos pretendem compreender a sociedade que, no caso do ocidente, optou pela organização e ordenação da vida social também através da criação do Estado e suas burocracias. Para ligar as categorias interacionistas ao plano da estrutura, das instituições, das práticas e da ação coletiva, adotaremos a categoria analítica ?sujeitos?, em diálogo com a perspectiva acionada por Misse (2010)..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (25) / Doutorado: (4) .
Integrantes: Izabel Saenger Nuñez - Integrante / Vladimir de Carvalho Luz - Integrante / Klarissa Almeida Silva Platero - Coordenador.
2017 - 2018
Agenda Nacional de Integridade nos Negócios - ?Business Integrity Country Agenda (BICA) Brazil?
Descrição: A partir de uma parceria com a Transparency International (TI) a pesquisa pretende criar um corpo relevante de evidências sobre a integridade empresarial no Brasil, posteriormente vindo a estabelecer um quadro abrangente para o combate a corrupção no setor empresarial. Será aplicada a metodologia de avaliação e mensuração de indicadores, previamente desenvolvida pela TI que, a partir da análise documental (principalmente legislação) e realização de entrevistas semiestruturadas com agentes-chave de impacto no ambiente empresarial, tais como representantes das agências reguladoras do setor privado, membros do poder legislativo e executivo, bem como associações empresariais e organizações não governamentais e entidades da sociedade civil que demandam mais transparência e que vêm surgindo no cenário nacional. Pretende-se, assim, avaliar a existência e a implementação de legislação e de regulamentos sobre corrupção e transparência no Brasil, de modo a medir o setor público (lado que ?demanda?). Além disso, a pesquisa inclui também o exame das ações e iniciativas desenvolvidas pelas próprias empresas (lado que ?fornece?), tanto na implementação de mecanismos que visam prevenir quanto combater a corrupção. O projeto tem como objetivos: (i) pesquisa de legislação referente à mecanismos de combate à corrupção; (ii) realização de entrevistas com profissionais que produzam conhecimento sobre o tema; (iii) criação de indicadores a partir da pesquisa documental e das entrevistas, capazes de apontar a corrupção no ambiente de negócios no contexto brasileiro; e (iv) produção de um relatório final sobre as principais áreas temáticas que afetam a integridade empresarial, bem como apontar caminhos para a adoção de medidas de combate à corrupção pelas maiores empresas brasileiras e algumas recomendações para manter ou melhorar a situação atual. O objetivo final, portanto, será produzir conhecimento teórico e empírico sobre o tema, contribuindo na resolução dos problemas e auxiliando na estruturação de uma agenda de reforma..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2017 - Atual
Moralidades, Justiça e Conflitos

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Lucia Eilbaum em 19/03/2018.
Descrição: Através da produção de etnografias em agências dos sistemas de Segurança Pública e de Justiça, este sub-projeto busca a articulação entre as formas de administração de ?justiça? e as moralidades envolvidas nas atividades de registro, investigação, processamento e julgamento de diversos conflitos, transformados através dessas atividades em ?crimes?. Busca-se, assim, aprofundar teórica e metodologicamente o conhecimento e compreensão sobre a relação entre ?moral? e ?direito?, objeto clássico de reflexões na área da Antropologia do Direito. Em especial, buscamos explorar a reflexão sobre a dimensão moral do tratamento judicial dos conflitos, de modo a entender sua administração como um espaço de interação ? mais ou menos tensa - entre valores morais distintos, que resulta em uma dada decisão judicial e, ao mesmo tempo, em um certo ?sentimento de justiça?. Isto é, entender, a partir da pesquisa empírica, quais os valores morais reconhecíveis nos agentes públicos, nas pessoas envolvidas nos conflitos e em outros atores externos a eles - diferentes mídias, organizações civis e políticas - que orientam as formas de ?fazer justiça? e como esses valores são construídos e intervém nessa atividade..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Izabel Saenger Nuñez - Integrante / Lucía Eilbaum - Coordenador.Financiador(es): Instituto de Estudos Comparados em Administração Institucional Conflitos - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 1
2017 - Atual
História Oral dos 40 anos da Comissão de Valores Mobiliários (CVM)
Descrição: Motivados pelos 40 anos da criação da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), este projeto possui como escopo a produção de um estudo/acervo destinado a se tornar um referencial para a formação e difusão de conhecimento de qualidade historiográfica e sociológica sobre a trajetória da instituição desde a sua fundação. O projeto detém como recurso primordial o método-fonte-técnica da história oral concebido pela potência de promover relações entre trajetórias pessoais e institucionais e a história nacional. Com isso, busca-se viabilizar a formação de acervo (textual e audiovisual) voltado difusão da cultura regulatória associada à instituição em espaços acadêmicos e não acadêmicos ao sistematizar de modo a tornar públicos dados detalhados sobre a suas ações no tempo..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Izabel Saenger Nuñez - Coordenador / Yasmin Curzi de Mendonça - Integrante / PAULO AUGUSTO FRANCO - Integrante / Clara Leitão de Almeida - Integrante.Financiador(es): Fundação Getúlio Vargas - Outra.
2016 - Atual
Núcleo de Estudos em Direito, Justiça e Sociedade

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Fabiana Luci de Oliveira em 08/07/2018.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2015 - 2016
Construindo um judiciário responsivo: uma análise da atuação do Conselho Nacional de Justiça e das suas relações com os Poderes da República
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2015 - 2015
Visão dos advogados sobre as instituições jurídicas e o desenvolvimento econômico e político brasileiro
Descrição: O objetivo do projeto é conhecer as avaliações dos advogados brasileiros a respeito de nossas instituições jurídicas, nosso sistema de Justiça, e de uma série de importantes questões relacionadas ao processo brasileiro de desenvolvimento econômico e político. A coleta de dados foi feita através da aplicação de questionários aos profissionais das principais capitais do país..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2014 - Atual
Entre a "verdade" e a "mentira": a dimensão moral na administração policial e judicial de conflitos no estado do Rio de Janeiro

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Lucia Eilbaum em 18/05/2018.
Descrição: Chamada Universal MCTI/CNPq - N. 14/2013..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2013 - 2018
Construção da verdade judicial nos processo do Tribunal do Júri: os casos em que bandidos matam bandidos
Descrição: A presente pesquisa busca compreender de que forma os homicídios cujas vítimas são classificadas e representadas pelos ?operadores do direito? e também pelos ?jurados? como ?bandidos? são tratados pelo poder judiciário do Rio de Janeiro. Para tanto, o problema será abordado sob dois enfoques: tanto quanto às representações dos agentes judiciais e policiais sobre esses casos e em relação à maneira como esses crimes são administrados pelo sistema de justiça, como a partir das trajetórias de vida dos sujeitos que são classificadas como ?bandidos?. Além disso, buscarei analisar tais casos, em contraposição aos chamados ?crimes de repercussão? que são estudados em projeto de pesquisa1 ao qual me vinculo..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (1) .
Integrantes: Izabel Saenger Nuñez - Coordenador.Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 15
2013 - 2017
O superendividamento pessoal no Brasil
Descrição: Esta pesquisa tem por objetivo formular uma definição conceitual do superendividado no Brasil, o que orientará a realização de um levantamento quantitativo (Survey) e/ou (experimentos) sobre o tema, acompanhar, durante a vigência, a evolução do superendividamento do consumidor de crédito brasileiro,realizar estudos, da perspectiva regulatória, das variáveis identificadas como determinantes para o superendividamento, orientando a formulação de políticas públicas e regulação do acesso ao crédito. Projeto em parceria com pesquisadores da University of Ilinóis at Urbana-Champaign através do Prof. Robert Lawless...
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Doutorado: (3) .
Integrantes: Izabel Saenger Nuñez - Integrante / Fernando de Castro Fontainha - Integrante / Antônio José Maristrello Porto - Coordenador / atrícia Regina Pinheiro Sampaio - Integrante / Cássio Machado Cavalli - Integrante / Melina Rocha Lukic - Integrante / Pedro Henrique Butelli - Integrante / Paulo Augusto Franco de Alcântara - Integrante / Robert Lawless - Integrante / Christine Genevieve Bradford - Integrante / Maitê Kauffman Bittencourt - Integrante.Financiador(es): Fundação Getúlio Vargas - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 1
2012 - 2015
"Crimes de repercussão" x "crimes comuns": a administração judicial de conflitos no estado do Rio de Janeiro
Descrição: Chamada Universal - MCTI/CNPq - nº 14/2012..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (3) .
Integrantes: Izabel Saenger Nuñez - Integrante / Roberto Kant de Lima - Coordenador / Lucía Eilbaum - Integrante / Flávia Medeiros Santos - Integrante / Glaucia Mouzinho - Integrante / Sabrina Sousa da Silva - Integrante / MARTA FERNANDEZ Y PATALLO - Integrante / Barbara Gomes Lupetti Baptista - Integrante / Rodrigo Helio Nascimento de Andrade - Integrante / Raiane Pereira Rodrigues - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / Instituto de Estudos Comparados em Administração Institucional Conflitos - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 2
2012 - 2014
Historia Oral do Supremo Tribunal Federal
Descrição: O presente projeto de pesquisa pretende trazer às comemorações dos 25 anos da Constituição Federal um novo discurso científico sobre a Suprema Corte brasileira: sua história oral. Numa empreitada da FGV Direito Rio, em conjunto com a Direito GV e o CPDOC, se pretende reconstruir e reinterpretar a história recente do STF a partir de entrevistas com os magistrados que a compuseram nestes últimos 25 anos, com recurso ao método-fonte-técnica da história oral. A perspectiva dos atores que compuseram a corte e a maneira como eles reinterpretam fatos à luz de experiências vividas, permitirão a construção de uma narrativa sobre os aspectos sociais e políticos da história recente do Supremo. Nos contando a história da sua relação com a instituição, nos contarão a história da instituição.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (8) / Mestrado acadêmico: (4) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Izabel Saenger Nuñez - Integrante / Fernando de Castro Fontainha - Coordenador / Joaquim Falcão - Integrante / pedro abramovay - Integrante / diego werneck arguelhes - Integrante / Christiane Jalles de Paula - Integrante / Oscar Vilhena Vieira - Integrante / Mário Brockmann Machado - Integrante / José Reinaldo de Lima Lopes - Integrante / Fábio Ferraz de Almeida - Integrante / Rafael Mafei - Integrante / Carlos Vitor Nascimento dos Santos - Integrante / Leonardo Seiichi Sasada Sato - Integrante / Alexandre Neves da Silva Junior - Integrante / Luciana Marques dos Reis Frattini - Integrante / Marcia Goldman Magalhães de Souza - Integrante / Thiago Filippo Silva Jorge - Integrante / Thiago dos Santos Acca - Integrante / Barbara Pommê Gama - Integrante / Jullian Anderson Fernandes de Melo - Integrante / Fabrícia Guimarães - Integrante / Yasmin Curzi de Mendonça - Integrante / Hugo Anciães - Integrante.Financiador(es): Fundação Getúlio Vargas - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 7
2011 - 2016
Os 'crimes de repercussão': racionalidades e moralidades na administração judicial de conflitos

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Roberto Kant de Lima em 01/06/2018.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2011 - 2013
?Mais Justiça e Sociedade: ? Estudo de Caso nas favelas Cantagalo e Vidigal
Descrição: O objetivo do projeto Mais Justiça e Sociedade é contribuir para o aprimoramento da discussão sobre o sistema de justiça brasileiro, com foco especial no tema do acesso à justiça via pesquisa, produção e difusão de conhecimento. Para isso, o projeto é desenvolvido em três eixos (interligados pela discussão do acesso à justiça): (1) mapeamento de pesquisas empíricas já realizadas sobre o sistema de justiça brasileiro , considerando os diversos atores e instituições que o compõe; (2) pesquisa empírica sobre os excluídos do sistema de justiça formal, mapeando sua percepção e conhecimento de direitos, assim como os tipos de conflitos que vivenciam e as formas que utilizam para resolvê-los e (3) seminário sobre o direito à moradia e regularização fundiária urbana como forma de promoção de direitos. O Projeto conta com financiamento da Fundação Ford..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Izabel Saenger Nuñez - Integrante / FABIANA LUCI DE OLIVEIRA - Coordenador / Roberto da Silva Fragale Filho - Integrante / Alexandre Haguenauer - Integrante / Thiago Correa - Integrante / Eduardo Guido Cavalieri D'Oro - Integrante / Rodolfo de Liberato Noronha - Integrante.Financiador(es): Fundação Ford - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 7
2007 - 2010
Núcleo de Assessoria Jurídica Popular
Descrição: O Núcleo de Assessoria Jurídica Popular da PUC/RS é um espaço de ensino, pesquisa e extensão em assessoria jurídica popular, com o intuito de fortalecer a concepção e a prática de um Direito mais humano através da interlocução dos acadêmicos com as comunidades e da sensibilização dos estudantes de Direito frente à realidade social. Tem-se atuado em diversas demandas, destacando-se as de acesso ao direito fundamental à moradia; atuando igualmente na realização de oficinas sobre Direitos Humanos junto a associações de moradores. Também se tem trabalhado na promoção de oficinas e cursos de capacitação a estudantes de Direito de outras universidades na busca de uma formação diferenciada e na divulgação do trabalho em assessoria jurídica popular, buscando estabelecer relações com outras assessorias, fortalecendo a rede Nacional de Assessorias Jurídicas (RENAJU), bem como possibilitando o surgimento de novas assessorias em outras instituições de Ensino Superior e ONGs..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.


Projetos de extensão


2018 - 2018
Conhecendo as Instituições Político-Jurídicas brasileiras a pé: história, antropologia e pensamento social brasileiro
Descrição: O curso busca apresentar aos alunos do Bacharelado em Segurança Pública e Social e demais membros interessados, da comunidade acadêmica ou de fora dela, as Instituições Político-Jurídicas brasileiras. Aproveitando o fato de que nossa Universidade se situa próxima a importante sítio histórico, localizado no centro do Rio de Janeiro. A partir das interpretações sobre o Brasil, em diferentes períodos temporais, pretende-se apresentar as instituições do I Império, II Império e República e o ?Pensamento Social Brasileiro? durante três encontros, aos sábados, a pé, no centro da cidade do Rio de Janeiro. O primeiro encontro abarcará algumas das Instituições do chamado I Império: Sala Cecília Meirelles, Paço Imperial, Arco do Telles, Casa França Brasil e Centro Cultura do Banco do Brasil. O segundo, consistirá na visita ao Senado (Faculdade Nacional de Direito) e o Tribunal Administrativo, do II Império. O terceiro, por fim, passará pelas Instituições da República, sendo o Itamaraty, Museu do Judiciário (TJRJ) e o Supremo Tribunal Federal (hoje Centro Cultural da Justiça Federal). Durante as visitações, apresentaremos aos alunos não só a história dessas instituições, os nomes dos políticos e juristas que nelas atuaram, mas também como esses sujeitos moldaram o pensamento social brasileiro e produziram interpretações sobre o Brasil, em diferentes momentos históricos que ainda se refletem na formação jurídica e politica do país..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (12) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Izabel Saenger Nuñez - Coordenador / Paula Campos Pimenta Velloso - Integrante.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Antropologia / Subárea: Antropologia Jurídica.
2.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Direito / Subárea: Teoria do Direito/Especialidade: Sociologia Jurídica.
3.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Direito / Subárea: Direito Público/Especialidade: Direito Processual Penal.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Italiano
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.
Francês
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Pouco, Escreve Pouco.


Prêmios e títulos


2018
1o lugar no processo seletivo para bolsista PNPD/CAPES, Programa de Pós-Graduação em Antropologia da UFF.
2018
Bolsa de Pós-Doutorado - PNPD/CAPES, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior.
2013
Bolsa CAPES - Doutorado, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior.
2013
1o lugar no Concurso para ingresso no curso de Doutorado do PPGA/UFF, Programa de Pós-Graduação em Antropologia/UFF.
2007
Habilitação em Exame de Ordem, Ordem dos Advogados do Brasil - Seccional do Rio Grande do Sul.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
4FONTAINHA, Fernando de Castro2017 FONTAINHA, Fernando de Castro ; NUÑEZ, I. S. ; OTERO, VERONICA BEVILÁQUA . O lugar das elites jurídicas: o deslocamento territorial dos ministros do STF (1988-2013). Contemporânea - revista de sociologia da UFSCar, v. 7, p. 341-364, 2017.

2.
1NUÑEZ, Izabel Saenger.2016 NUÑEZ, Izabel Saenger.. A informalidade como forma: os acordos no fazer judicial do Tribunal do Júri.. REVISTA DE ESTUDOS E PESQUISAS SOBRE AS AMÉRICAS, v. 10, p. 158-178, 2016.

3.
6FONTAINHA, F. C.2016FONTAINHA, F. C. ; NUÑEZ, Izabel Saenger. ; SILVA, Paulo Eduardo Alves . Entre o Direito e a Sociedade: entrevista com Bryant Garth. Revista de Estudos Empíricos em Direito, v. 3, p. 267-287, 2016.

4.
2NUÑEZ, Izabel Saenger.2016 NUÑEZ, Izabel Saenger.. UMA BRIGA CORPORATIVA? DENTRO DO TRIBUNAL DO JÚRI: NOTAS E REFLEXÕES SOBRE UM CASO JULGADO NA COMARCA DO RIO DE JANEIRO.. CONFLUÊNCIAS (NITERÓI), v. 18, p. 117-136, 2016.

5.
5FONTAINHA, F. C.2015FONTAINHA, F. C. ; NUÑEZ, Izabel Saenger. ; FRANCO, P. A. . The Over-Indebtedness In Action: An Ethnographic Research At NUDECON/Brazil. International Journal of Sociology and Anthropology, v. 7, p. 21-37, 2015.

6.
3NUÑEZ, Izabel Saenger.2015NUÑEZ, Izabel Saenger.. ?Latrocínio? e ?Homicídio?: uma distinção processual que separa ?criminosos? e pessoas ?que cometeram um crime?. Confluências (Niterói), v. 2, p. 151-172, 2015.

7.
8OLIVEIRA, F. L.2014 OLIVEIRA, F. L. ; NUÑEZ, I. S. . Os Direitos à Moradia e à Propriedade - Um Estudo de Caso da Regularização Fundiária Urbana em Favelas Cariocas. DIREITOS FUNDAMENTAIS & JUSTIÇA, v. 26, p. 78-110, 2014.

8.
9NUÑEZ, I. S.2013NUÑEZ, I. S.; JORGE, T. F. S. . O Olhar das Ciências Sociais Brasileiras Sobre o Supremo Tribunal Federal: Uma Breve Revisão Bibliográfica dos Estudos Produzidos Sobre o STF. Revista de Direito Brasileira, v. 5, p. 321-341, 2013.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
NUÑEZ, Izabel Saenger.. Dogmas e doutrinas: verdades consagradas e interpretações sobre o tribunal do júri. 1. ed. Rio de Janeiro: Autografia, 2018. v. 1. 230p .

2.
FONTAINHA, Fernando de Castro (Org.) ; SILVA, A. M. D. (Org.) ; NUÑEZ, Izabel Saenger. (Org.) . História oral do Supremo (1988-2013): Paulo Brossard. 1. ed. Rio de Janeiro: Escola de Direito do Rio de Janeiro da Fundação Getulio Vargas, 2017. v. 20. 107p .

3.
FONTAINHA, F. C. (Org.) ; MATTOS, M. V. (Org.) ; NUÑEZ, Izabel Saenger. (Org.) . História oral do Supremo (1988-2013): Luiz Fux. 1. ed. Rio de Janeiro: Escola de Direito do Rio de Janeiro da Fundação Getulio Vargas, 2016. v. 12. 148p .

4.
FONTAINHA, F. C. (Org.) ; SILVA, A. M. D. (Org.) ; NUÑEZ, Izabel Saenger. (Org.) . História oral do Supremo (1988-2013): Sepúlveda Pertence. 1. ed. Rio de Janeiro: FGV, 2015. v. 5. 140p .

5.
FONTAINHA, F. C. (Org.) ; PAULA, C. J. (Org.) ; NUÑEZ, Izabel Saenger. (Org.) . História oral do Supremo (1988-2013): Carlos Velloso. 1. ed. Rio de Janeiro: FGV Direito Rio, 2015. v. 7. 174p .

6.
OLIVEIRA, F. L. (Org.) ; ABRAMOVAY, P. (Org.) ; NUÑEZ, I. S. (Org.) . Segurança Pública, Direitos e Justiça. 1. ed. Rio de Janeiro: FGV Direito Rio, 2013. 144p .

7.
OLIVEIRA, F. L. ; SADEK, M. T. ; ABRAMOVAY, P. ; NUÑEZ, I. S. . UPPs, DIREITOS E JUSTIÇA. 1. ed. Rio de Janeiro: FGV Editora, 2012. v. 1. 200p .

8.
AZEVEDO, R. G. (Org.) ; CUNHA, E. P. (Org.) ; NUÑEZ, I. S. (Org.) . Violência e Controle Social na Contemporaneidade. 2. ed. Porto Alegre: Edipucrs, 2007. v. 03.

Capítulos de livros publicados
1.
NUÑEZ, Izabel Saenger.. ?Se fosse a Madonna não seria tudo isso!?: um julgamento evento no Tribunal do Júri do Rio de Janeiro.. In: Kant de Lima, Roberto; Eilbaum, Lucía e Medeiros, Flavia. (Org.). 'Casos de repercussão': perspectivas antropológicas sobre rotinas burocráticas e moralidades.. 1ed.Rio de Janeiro: Editora Confluências, 2017, v. 1, p. 25-34.

2.
NUÑEZ, Izabel Saenger.. Os valores morais nas entrelinhas dos textos sobre o Tribunal do Júri: o que a "doutrina" nos conta?. In: Roberto Kant de Lima; Lucia Eilbaum. (Org.). Pensando o Rio. 1ed.Niterói: Intertexto, 2016, v. 1, p. 267-300.

3.
NUÑEZ, Izabel Saenger.; OTERO, V. R. B. . Roteiro do ministro Luiz Fuz. In: Fernando de Castro Fontainha; Marco Aurélio Vannucchi Leme de Mattos; Izabel Saenger Nuñez. (Org.). História Oral do Supremo (1988-2013): Luiz Fux. 1ed.Rio de Janeiro: Escola de Direito do Rio de Janeiro da Fundação Getulio Vargas, 2016, v. 12, p. 16-21.

4.
NUÑEZ, Izabel Saenger.; OLIVEIRA, Amanda . Roteiro do ministro Sepúlveda Pertence. In: FONTAINHA, Fernando; SILVA, Angela Moreira; NUÑEZ, Izabel Saenger. (Org.). História oral do Supremo (1988-2013): Sepúlveda Pertence. 1ed.Rio de Janeiro: FGV, 2015, v. 3, p. 16-23.

5.
FONTAINHA, F. C. ; NUÑEZ, Izabel Saenger. ; FRANCO, P. A. . O superendividamento em ação: uma etnografia no NUDECON/RJ. In: PORTO, Antonio José Maristrello; CAVALLI, Cássio; LUKIC, Melina de Souza Rocha; SAMPAIO, Patrícia Regina Pinheiro. (Org.). Superendividamento no Brasil. 1ed.Curitiba: Juruá, 2015, v. 1, p. 71-112.

6.
NUÑEZ, Izabel Saenger.; SILVA JUNIOR, A. N. . Roteiro do ministro Carlos Velloso. In: FONTAINHA, Fernando de Castro; PAULA, Christiane Jalles; NUÑEZ, Izabel Saenger. (Org.). História oral do Supremo (1988-2013): Carlos Velloso. 1ed.Rio de Janeiro: FGV Direito Rio, 2015, v. 7, p. 16-27.

7.
OLIVEIRA, F. L. ; NUÑEZ, Izabel Saenger. . A vida nas favelas. In: Fabiana Luci de Oliveira. (Org.). Cidadania, justiça e ?pacificação? em favelas cariocas. 1ed.Rio de Janeiro: Editora FGV, 2014, v. , p. 25-60.

8.
OLIVEIRA, F. L. ; NUÑEZ, Izabel Saenger. . Um balanço das UPPs nas favelas do Cantagalo, do Vidigal e do Complexo do Alemão F. In: Fabiana Luci de Oliveira. (Org.). Cidadania, justiça e ?pacificação? em favelas cariocas. 1ed.Rio de Janeiro: Editora FGV, 2014, v. , p. 147-180.

9.
OLIVEIRA, F. L. ; NUÑEZ, Izabel Saenger. . Regularização Fundiária Urbana: o caminho da conquista do direito à moradia nas favelas do Cantagalo e Vidigal. In: Fabiana Luci de Oliveira. (Org.). UPPs, Direitos e Justiça. 1ed.Rio de Janeiro: Editora FGV, 2012, v. 1, p. 149-182.

10.
OLIVEIRA, F. L. ; NUÑEZ, Izabel Saenger. . NOTAS SOBRE A REGULARIZAÇÃO FUNDIÁRIA URBANA NA CIDADE DO RIO DE JANEIRO. In: Congresso Nacional do CONPEDI. (Org.). Anais do XX Congresso Nacional do CONPEDI. 1ed.Florianópolis: Fundação Boiteux, 2011, v. , p. 8815-8843.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
NUÑEZ, Izabel Saenger.. 'Se fosse a Madonna não seria tudo isso!': um julgamento 'evento' no Tribunal do Júri do Rio de Janeiro. In: 40o Encontro Anual da ANPOCS, 2016, Caxambu. Anais do 40o Encontro Anual da ANPOCS. São Paulo: Associação Nacional de Pós Graduação em Ciências Sociais, 2016. v. 1. p. 1-25.

2.
NUÑEZ, Izabel Saenger.. ?Uma briga corporativa? dentro do Tribunal do Júri: notas e reflexões sobre um caso julgado na Comarca do Rio de Janeiro.. In: 39o Encontro Anual da ANPOCS, 2015, Caxambu. Anais do 39o Encontro Anual da ANPOCS, 2015.

3.
NUÑEZ, I. S.. As tipologias e as representações sobre o Tribunal do Júri no Campo do Direito. In: XI Congresso Luso-Afro-Brasileiro de Ciências Sociais, 2011, Salvador. XI Congresso Luso-Afro-Brasileiro de Ciências Sociais, 2011.

4.
NUÑEZ, I. S.; OLIVEIRA, F. L. . Notas sobre a Regularização Fundiária Urbana na Cidade do Rio de Janeiro. In: XX Congresso Nacional do CONPEDI/UFES, 2011, Vitoria. Anais XX Congresso Nacional do CONPEDI/UFES, 2011.

5.
NUÑEZ, I. S.. Participação Popular no Sistema de Justiça Brasileiro: Pensando Meios de Garantir maior Efetividade a partir do Pluralismo Jurídico. In: III Ciclo de Estudos e Debates sobre Violência e Controle Social, 2007, Porto Alegre. Violência e Controle Social na Contemporaneidade: Anais do III Ciclo de Estudos e Debates sobre Violência e Controle Social. Porto Alegre: Edipucrs, 2007. v. 3.

6.
NUÑEZ, I. S.. O processo de formação e elaboração das decisões pelos jurados no tribunal do júri.. In: Jornada de Estudos Criminológicos, 2007, Porto Alegre. Anais das Jornada de Estudos Criminológicos. Porto Alegre: Edipucrs, 2007.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
NUÑEZ, Izabel Saenger.; VERISSIMO, M. . ?Tráfico internacional? e trajetórias pessoais entre ?jovens? de ?classe média? no Brasil: um estudo de caso.. In: IX CONGRESSO DA REDE LATINOAMERICANA DE ANTROPOLOGIA JURÍDICA, 2015, Pirenópolis. Anais do IX Congresso da Rede Latinoamericana de Antropologia Jurídica,, 2015. p. 33-34.

2.
NUÑEZ, Izabel Saenger.. O Tribunal do Júri como procedimento especial: como valores morais e moralidades desigualam, em contexto e em ação, réus e vítimas.. In: XI RAM - Reunión de Antropología del Mercosur, 2015, Montevidéo. Anais da XI RAM, 2015.

3.
NUÑEZ, Izabel Saenger.. 'É como um cinema!': A relação entre o espaço, o uso das tecnologias e a realização de julgamentos no Tribunal do Júri da Comarca do Rio de Janeiro. In: Colóquio Internacional Justiça, Política e Sociedade, 2014, São Carlos. Caderno de Resumos do Colóquio Internacional Justiça, Política e Sociedade. São Carlos: UFSCar, 2014. p. 42-42.

4.
NUÑEZ, I. S.. O Tribunal do Júri e o Processo de Formação da Decisão do Conselho de Sentença. In: III Seminário Brasileiro de Sociologia, 2007, Porto Alegre. Anais do Seminário Brasileiro de Sociologia Jurídica. Porto Alegre: Edipucrs, 2007.

5.
NUÑEZ, I. S.. O processo de formação e elaboração das decisões pelos jurados no Tribunal do Júri. In: III Ciclo de Estudos e Debates sobre Violência e Controle Social, 2007, Porto Alegre. Anais do III Ciclo de Estudos e Debates sobre Violência e Controle Social. Porto Alegre: Edipucrs, 2007.

6.
NUÑEZ, I. S.. Participação Popular no Sistema de Justiça Brasileiro: Pensando Meios de Trabalhar o Pluralismo Jurídico. In: III Ciclo de Estudos e Debates sobre Violência e Controle Social, 2007, Porto Alegre. Violência e Controle Social na Contemporaneidade: Anais do III Ciclo de Estudos e Debates sobre Violência e Controle Social. Porto Alegre: Edipucrs, 2007.

Apresentações de Trabalho
1.
NUÑEZ, Izabel Saenger.. A construção da extensão em segurança pública e social. 2018. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

2.
NUÑEZ, Izabel Saenger.. A administração judicial dos feminicídios no Rio de Janeiro. 2018. (Apresentação de Trabalho/Outra).

3.
NUÑEZ, Izabel Saenger.. Debatedora do GT Cultura Jurídica, Segurança Pública e Administração de Conflitos.. 2018. (Apresentação de Trabalho/Outra).

4.
NUÑEZ, Izabel Saenger.. Moralidade, hierarquização e desigualdades na administração de conflitos no Tribunal do Júri. 2018. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

5.
NUÑEZ, Izabel Saenger.. Procedimentos nos Juizados Especiais e Acesso à Justiça. 2017. (Apresentação de Trabalho/Outra).

6.
NUÑEZ, Izabel Saenger.. Historia Oral do Supremo. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

7.
NUÑEZ, Izabel Saenger.. O Tribunal do Júri como procedimento especial: como valores morais e moralidades desigualam, em contexto e em ação, casos, réus e vítimas.. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

8.
NUÑEZ, I. S.. Os valores morais nos textos sobre o Tribunal do Júri. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

9.
NUÑEZ, I. S.. O Pesquisador e a Comunicação Científica no Direito. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

10.
NUÑEZ, Izabel Saenger.. Desafios na Pós-Graduação em Antropologia. 2013. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

11.
NUÑEZ, I. S.. Dogmas e Doutrinas: verdades consagradas e interpretações sobre o Tribunal do Júri. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

12.
NUÑEZ, I. S.. O processo de formação e elaboração das decisões pelos jurados no Tribunal do Júri. 2007. (Apresentação de Trabalho/Outra).

Outras produções bibliográficas
1.
NUÑEZ, Izabel Saenger.; MONTEIRO, P. . Satisfação profissional dos bacharéis em Direito no processo de estruturação das carreiras jurídicas.. São Paulo: Revista de Estudos Empíricos em Direito, 2017. (Tradução/Artigo).

2.
NUÑEZ, Izabel Saenger.. A vida cotidiana e a constituição da legalidade. Curitiba: Juruá, 2015. (Tradução/Artigo).

3.
NUÑEZ, I. S.. Pertencimento Constitucional. Rio de Janeiro: Campus-Elsevier, 2012. (Tradução/Artigo).

4.
NUÑEZ, I. S.. O poder de julgar como o poder de destruir - como o Judiciário enfraqueceu o Federalismo australiano. Rio de Janeiro: Editora Gama Filho, 2011. (Tradução/Artigo).

5.
NUÑEZ, I. S.. Entrevista com James Ferguson (Jim) - Realizada por Fernando Rabossi e Roberto Kant de Lima em Niterói, Rio de Janeiro. Niterói: Editora da UFF, 2011. (Tradução/Outra).

6.
NUÑEZ, I. S.; MILESI, Rosita. . Os princípios da Declaração Universal dos Direitos Humanos e o Dia Internacional do Migrante 2008 (Artigo publicado em página da WEB).

7.
MILESI, Rosita. ; NUÑEZ, I. S. . Refugiadas e Refugiados no Brasil: Dados e Políticas Públicas 2008 (Artigo publicado em página da WEB).

8.
NUÑEZ, I. S.. O Tribunal do Júri: Uma análise crítica. 2007 (Trabalho de Conclusão de Curso).


Produção técnica
Trabalhos técnicos
1.
NUÑEZ, Izabel Saenger.. Parecer para Revista de Estudos Empíricos em Direito, v. 5, n. 2. 2018.

2.
NUÑEZ, Izabel Saenger.. Parecer para Revista Teoria e Cultura. 2018.

3.
NUÑEZ, Izabel Saenger.. Parecer para Revista Dilemas. 2018.

4.
NUÑEZ, Izabel Saenger.. Parecer para Revista Antropolítica. 2018.

5.
NUÑEZ, Izabel Saenger.. Parecer para Revista Docência do Ensino Superior. 2018.

6.
NUÑEZ, Izabel Saenger.. Parecer para Revista Dilemas. 2018.

7.
NUÑEZ, Izabel Saenger.. ?Marielle Franco, presente!?: hierarquizações, classificações e representações na administração policial e judicial de um homicídio. 2018.

8.
PLATERO, K. A. S. ; NUÑEZ, Izabel Saenger. . Homicídio doloso, latrocínio e mortes no trânsito: Uma pesquisa de métodos mistos sobre a administração de mortes violentas no contexto brasileiro. 2018.

9.
NUÑEZ, Izabel Saenger.. Parecer para Revista Ambivalências. 2018.

10.
NUÑEZ, Izabel Saenger.. Parecer para a Revista de Estudos Empíricos em Direito v. 5, n. 3. 2018.

11.
NUÑEZ, Izabel Saenger.; OLIVEIRA, I. C. V. . Mapeamento da Articulação e Integração da Política de Segurança Pública do Estado do Rio de Janeiro. 2017.

12.
NUÑEZ, Izabel Saenger.. O fazer judicial no Tribunal do Júri e no Trial by Jury: um contraste entre o tratamento dado às testemunhas, dos ?acordos? ao ?plea bargain?.. 2016.

13.
NUÑEZ, Izabel Saenger.; CORREA, A. M. ; COSTA, B. C. ; ALVES, C. ; SANTOS, C. V. N. ; SATO, L. S. S. ; DIAS, F. ; LIMA JUNIOR, J. M. ; PITASSE, K. ; DYIEWICZ, L. ; MENDES, P. R. F. . Revisão de material didático - Oficina de Leitura. 2015.

Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
NUÑEZ, Izabel Saenger.; QUEIROZ, L. ; THIEME, A. ; GUERRA, T. ; OLLIVEIRA, C. . Dragões de Garagem 127 - Segurança Pública com Marielle ? #opodcastedelas2018. 2018. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).

2.
NUÑEZ, Izabel Saenger.. Juizado Especial é tema de qualificação no Judiciário de MT - JORNAL TV.JUS - EDIÇÃO 1572 07/12/2017. 2017.

3.
NUÑEZ, Izabel Saenger.. O Tribunal do Júri no Brasil - Programa Cultura na Mesa. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

4.
NUÑEZ, Izabel Saenger.. Caso Eduardo: policiais admitem disparos no local. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).


Demais tipos de produção técnica
1.
NUÑEZ, Izabel Saenger.; ANDRADE, B. O. A. . Procedimentos nos Juizados Especiais e Acesso à Justiça. 2017. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Programa de Capacitação do Poder Judiciário).

2.
NUÑEZ, Izabel Saenger.. Curso de Capacitação em Políticas Públicas de Segurança Pública, Social e Municipal para a Guarda Municipal de Niterói. 2015. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

3.
NUÑEZ, Izabel Saenger.. Curso de Capacitação em Políticas Públicas de Segurança Pública, Social e Municipal para a Guarda Municipal de Niterói. 2015. .

4.
SATO, L. S. S. ; SANTOS, C. V. N. ; NUÑEZ, Izabel Saenger. . Oficina de Leitura. 2015. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Material Didático).

5.
NUÑEZ, Izabel Saenger.. A vida cotidiana e constituição da legalidade. 2015. (Tradução de Artigo - ING-POR).

6.
MENDONCA FILHO, F. P. ; NUÑEZ, Izabel Saenger. . Introdução aos Estudos sobre Segurança Pública. 2014. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Material Didático).

7.
NUÑEZ, Izabel Saenger.; COSTA, B. C. ; SANTOS, C. V. N. ; DIAS, F. ; SATO, L. S. S. ; MOSZKOWICZ, M. G. ; MENDES, P. R. F. ; VELASCO, R. A. B. . Oficina de Redação. 2014. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - MaterialDidático).

8.
ACKERMAN, B. ; NUÑEZ, I. S. . Adeus, Montesquieu - Good-bye Montesquieu. 2014. (Revisão Técnica Tradução Ing-Por).

9.
RICHIE, D. ; NUÑEZ, I. S. . Pertencimento Constitucional - Constitutional Ownership. 2014. (Tradução de Artigo - ING-POR).

10.
DECKER, CHRISTOPHER ; NUÑEZ, Izabel Saenger. . Um experimento inglês: a regulação da profissão jurídica na Inglaterra e no País de Gales. 2014. (Revisão Técnica Tradução Ing-Por).

11.
NUÑEZ, Izabel Saenger.. UPP - Unidade Polícia Pacificadora na Segurança Pública. 2014. (Avaliadora de Trabalhos).

12.
NUÑEZ, Izabel Saenger.. Advogados e a educação jurídica na América Latina: algumas tendências, conjecturas e questões.. 2014. (Revisão Técnica Tradução Ing-Por).

13.
FRIEDMAN, L. M. ; MESQUITA, T. ; NUÑEZ, I. S. . Litigância e sociedade - Litigation and society. 2013. (Revisão Técnica Tradução Ing-Por).

14.
NUÑEZ, I. S.. VI Congresso Anual da Associação Brasileira de Direito e Economia. 2013. (Avaliadora de Trabalhos).

15.
WINDHOLZ, E. ; HODGE, G. A. ; MESQUITA, T. ; NUÑEZ, I. S. . Conceituando regulação social e econômica: implicações para agentes reguladores e para atividade regulatória atual. 2013. (Revisão Técnica Tradução Ing-Por).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Qualificações de Mestrado
1.
NUÑEZ, Izabel Saenger.; FERREIRA, L. C. M.; VANNUCCHI, M. A.. Participação em banca de Cristina Danielle Pinto Lobato. Narrativas e Experiências em Práticas Restaurativas: projeto de produção de um acervo de história oral. 2018.

Monografias de cursos de aperfeiçoamento/especialização
1.
VEIGA, F. B.; MEDEWAR, C. E.; NUÑEZ, Izabel Saenger.. Participação em banca de Marcos Aurélio da Silva Bazém. A ronda escolar no sistema de justiça criminal: refletindo sobre as práticas.. 2017. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Políticas Públicas de Justiça Criminal e SP) - Universidade Federal Fluminense.

2.
NUÑEZ, Izabel Saenger.; RANGEL, C. T. M.; SILVA, S. S.. Participação em banca de Fábio Teixeira da Silva. Do sistema prisional à unidade prisional da PMERJ: considerações sobre os presos de ?seguro? em perspectiva comparada.. 2017. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Curso de Capacitação em Políticas Públicas de Segurança Pública, Social e) - Universidade Federal Fluminense.

3.
NUÑEZ, Izabel Saenger.; RANGEL, C. T. M.; SILVA, B. M. E.. Participação em banca de Pedro Henrique Muniz. Uma análise acerca das audiências de custódia para menores infratores: reflexões ao estado do Rio de Janeiro.. 2017. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Curso de Capacitação em Políticas Públicas de Segurança Pública, Social e) - Universidade Federal Fluminense.

4.
ALBERNAZ, E. R.; geraldo, pedro heitor; NUÑEZ, Izabel Saenger.. Participação em banca de Jessica de Oliveira Fayer. A política pública ao usuário de do Centro de Atenção Psicossocial Álcool e outras Drogas. 2016. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Poĺíticas Públicas e Gestão Governamental) - Universidade Federal Fluminense.

5.
geraldo, pedro heitor; Penha, Ana Carolina; NUÑEZ, Izabel Saenger.. Participação em banca de Jessica Brandão Barbosa. A GESTÃO DE PROCESSOS DE NEGÓCIO: estudo de caso sobre a implementação da BPM alinhada à estratégia em uma secretaria de estado de Minas Gerais, no período 2011-2014.. 2016. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Poĺíticas Públicas e Gestão Governamental) - Universidade Federal Fluminense.

6.
MUNIZ, J. O.; MENDONCA FILHO, F. P.; NUÑEZ, Izabel Saenger.. Participação em banca de Bruno Leonardo de Araújo Santana. As mudanças na Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro (PMERJ) a partir das manifestações populares de junho de 2013 - A criação do Batalhão de Policiamento em Grandes Eventos. 2015. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Políticas Públicas de Justiça Criminal e SP) - Universidade Federal Fluminense.

7.
MUNIZ, J. O.; MENDONCA FILHO, F. P.; NUÑEZ, I. S.. Participação em banca de Jan Van Creveld. O Policial Militar e seus Direitos Sociais: Análise das situações de vitimização e atendimento social para policiais militares do Rio de Janeiro. 2015. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Políticas Públicas de Justiça Criminal e SP) - Universidade Federal Fluminense.

8.
MIRANDA, A. P. M.; SILVA, L. S.; NUÑEZ, Izabel Saenger.. Participação em banca de Luís Alberto Grisolia Gonçalves. "E se conheces o inimigo e a ti mesmo vencerás todas as batalhas": A Arte da Guerra na Inteligência de Segurança Pública.. 2015. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Políticas Públicas de Justiça Criminal e SP) - Universidade Federal Fluminense.

9.
MIRANDA, A. P. M.; SILVA, L. S.; NUÑEZ, Izabel Saenger.. Participação em banca de Alexandre Trece Motta. "Uma questão de carimbo": A perícia no Rio de Janeiro, seus atores e a construção da verdade.. 2015. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Políticas Públicas de Justiça Criminal e SP) - Universidade Federal Fluminense.

10.
MUNIZ, J. O.; ALBERNAZ, E. R.; NUÑEZ, Izabel Saenger.. Participação em banca de João Kleber Paranhos R. de Queiroz. Estudo exploratório sobre a Corrupção na Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro: "Viver de polícia' ou 'Viver da Polícia'.. 2015. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Poĺíticas Públicas e Gestão Governamental) - Universidade Federal Fluminense.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
NUÑEZ, Izabel Saenger.; MUELLER, B.; PIRES, L. S.. Participação em banca de Carla Santana Panaro.INTERNAÇÃO PÚBERE: Uma análise sobre a aplicabilidade da medida de internação aos réus primários acusados de crime análogo ao tráfico de drogas.. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Segurança Pública) - Universidade Federal Fluminense.

2.
NUÑEZ, Izabel Saenger.; MISSE, D. G.; FERREIRA, M. A. G.. Participação em banca de Edvaldo Alves do Nascimento.O descarte irregular de lixo: o que isto nos informa?. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Segurança Pública) - Universidade Federal Fluminense.

3.
NUÑEZ, Izabel Saenger.; MISSE, D. G.; FERREIRA, M. A. G.. Participação em banca de Ricardo Veiga de Figueiredo.Policiamento comunitário da cidade Rio de Janeiro: Um estudo comparativo das Comunidades do Pavão/Pavãozinho/Cantagalo do GPAE até a UPP.. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Segurança Pública) - Universidade Federal Fluminense.

4.
NUÑEZ, Izabel Saenger.; MISSE, D. G.; PLATERO, K. A. S.. Participação em banca de ANA CAROLINA CONCEIÇÃO FRANKLIM.MECANISMOS MOTIVADORES DA ENTRADA DE JOVENS NO ?MUNDO DO CRIME?: UM ESTUDO ETNOGRÁFICO. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Segurança Pública) - Universidade Federal Fluminense.

5.
NUÑEZ, Izabel Saenger.; PLATERO, K. A. S.; JUAREZ, R. W. B.. Participação em banca de Regina Celi Tavares da Costa."Batom na cueca": o trabalho do perito criminal em uma Divisão de Homicídios. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Segurança Pública) - Universidade Federal Fluminense.

6.
NUÑEZ, Izabel Saenger.; PIRES, L. S.; ALBERNAZ, E. R.. Participação em banca de Arthur Mendonça Falcão.As UPPs do Alemão: uma análise empírica e bibliográfica sobre o processo de implementação das UPPs.. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Segurança Pública) - Universidade Federal Fluminense.

7.
PLATERO, K. A. S.; MISSE, D. G.; NUÑEZ, Izabel Saenger.. Participação em banca de Cláudia Fernanda Queiroz de Souza.Do outro lado do balcão: siglas, gírias, papéis e pessoas em uma delegacia do Rio de Janeiro. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Segurança Pública) - Universidade Federal Fluminense.

8.
PAES, Vivian Gilbert Ferreira; LABROCINI, R. B.; NUÑEZ, Izabel Saenger.; LUZ, V. C.. Participação em banca de Samiry Rodrigues de Mattos.Jogo, Sociedade e Controle. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Segurança Pública) - Universidade Federal Fluminense.

9.
PIRES, L. S.; MISSE, D. G.; NUÑEZ, Izabel Saenger.. Participação em banca de Edson de Oliveira Benedicto.Vamos chegar freguesa! Na mão do camelô tudo é mais barato!. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Segurança Pública) - Universidade Federal Fluminense.

10.
PLATERO, K. A. S.; MISSE, D. G.; PIRES, L. S.; NUÑEZ, Izabel Saenger.. Participação em banca de Gabrielly Nascimento Garrido Fernandes.Conflitos no espaço público: uma análise empírica no campo educacional.. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Segurança Pública) - Universidade Federal Fluminense.

11.
NUÑEZ, Izabel Saenger.; PLATERO, K. A. S.; LUZ, V. C.. Participação em banca de Júlia Vieira Freitas.Mulheres, Grávidas, Mães e Presidiárias: Um olhar sobre o universo feminino no sistema penitenciário brasileiro. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Segurança Pública) - Universidade Federal Fluminense.

12.
NUÑEZ, Izabel Saenger.; PLATERO, K. A. S.; LUZ, V. C.. Participação em banca de CLARA FERREIRA ARAUJO DE SOUZA.MACHISMO NO JUDICIÁRIO EXISTE?: Reflexões sobre a construção sócio-moral da mulher na formação e na prática dos operadores do Direito.. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Segurança Pública) - Universidade Federal Fluminense.

13.
NUÑEZ, Izabel Saenger.; geraldo, pedro heitor; MISSE, D. G.. Participação em banca de Renato Avelar Mariano.O que ?pega? e o que não ?pega??: Uma análise das decisões dos juízes nas audiências de custódia na cidade do Rio de Janeiro.. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Segurança Pública) - Universidade Federal Fluminense.

14.
NUÑEZ, Izabel Saenger.; MUNIZ, J. O.; PIRES, L. S.. Participação em banca de José Carlos Dias da Silva."Todos são iguais perante a lei, mas alguns parecem mais iguais que outros? - Possíveis impactos do tratamento do Estado sobre o policial militar e seus desdobramentos para a sociedade.. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Segurança Pública) - Universidade Federal Fluminense.

15.
NUÑEZ, Izabel Saenger.; VELLOSO, P. C. P.; PLATERO, K. A. S.. Participação em banca de Thaliana Pinheiro Cunha."Assassinatos e Assassinos?". A construção social do 'crime' e do 'criminoso' nas narrativas de séries documentais e seus impactos na realidade.. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Segurança Pública) - Universidade Federal Fluminense.

16.
NUÑEZ, Izabel Saenger.; SANTOS, F. M.. Participação em banca de Juliana Coelho de Almeida.?A testemunha de hoje é a vítima de amanhã?:
uma etnografia sobre a construção dos depoimentos das testemunhas no Tribunal do Júri de Niterói. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Antropologia) - Universidade Federal Fluminense.

17.
NUÑEZ, Izabel Saenger.; MUNIZ, J. O.; MARTINS, L. P. B.. Participação em banca de Tayná Correa de Sá.Gênero e Poder na Polícia Militar do Rio de Janeiro. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Segurança Pública) - Universidade Federal Fluminense.

18.
NUÑEZ, Izabel Saenger.; EILBAUM, L.; SANTOS, F. M.; PIRES, L. S.. Participação em banca de Rodrigo Helio Nascimento de Andrade.SOBRE UM CENÁRIO: UMA AUDIÊNCIA DE INSTRUÇÃO E JULGAMENTO (AIJ) EM UM CASO DE ?REPERCUSSÃO". 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Segurança Pública) - Universidade Federal Fluminense.

19.
LUZ, V. C.; PIRES, L. S.; LOBÃO, Ronaldo.; NUÑEZ, Izabel Saenger.. Participação em banca de Diego Barros do Carmo.DESENROLO DE CADEIA: UM ESTUDO ETNOGRÁFICO SOBRE PUNIÇÕES E CASTIGOS DENTRO DO SISTEMA PENITENCIÁRIO FLUMINENSE. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Segurança Pública) - Universidade Federal Fluminense.

20.
PAES, Vivian Gilbert Ferreira; NUÑEZ, Izabel Saenger.; EILBAUM, L.; geraldo, pedro heitor. Participação em banca de Francyne Coelli da Fonseca Motta Serra.Nem lá nem cá: uma etnografia sobre os corredores do Fórum Central da Capital do Rio de Janeiro. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Segurança Pública) - Universidade Federal Fluminense.

21.
LOBÃO, Ronaldo.; DORE FERNANDES, Eric Baracho; NUÑEZ, I. S.. Participação em banca de Lucia Lambert Passos Ramos.O controle judicial das políticas públicas sociais: Caminhos para a consolidação dos direitos sociais e de um modelo substancial de democracia no Brasil.. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Direito) - Universidade Federal Fluminense.

22.
LOBÃO, Ronaldo.; EPIFANI, M. A.; NUÑEZ, Izabel Saenger.. Participação em banca de Thais Parmera.Analisando três casos e três problemáticas concretas em relação à titulação de áreas quilombolas no estado do Rio de Janeiro. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Direito) - Universidade Federal Fluminense.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
NUÑEZ, Izabel Saenger.; geraldo, pedro heitor; FERREIRA, M. A. G.. Banca Examinadora de Concurso para Monitoria - Departamento de Segurança Pública - Projeto A Pesquisa empírica sobre e no Direito. 2018. Universidade Federal Fluminense.

2.
NUÑEZ, Izabel Saenger.; FERREIRA, M. A. G.; MISSE, D. G.. Banca Examinadora de Concurso para Monitoria - Departamento de Segurança Pública - Projeto Discursos Criminológicos e Gestão em Segurança Pública. 2018. Universidade Federal Fluminense.

3.
NUÑEZ, Izabel Saenger.; geraldo, pedro heitor; FERREIRA, M. A. G.. Banca Examinadora de Concurso para Monitoria - Departamento de Segurança Pública - Projeto Estudos Relativos aos Conflitos, Cidadania e Segurança Pública. 2018. Universidade Federal Fluminense.

4.
NUÑEZ, Izabel Saenger.; PLATERO, K. A. S.; MARTINS, L. P. B.. Banca Examinadora de Concurso para Monitoria - Departamento de Segurança Pública - Projeto Perspectivas metodológicas no campo dos conflitos sociais: as pesquisas de métodos mistos. 2018. Universidade Federal Fluminense.

5.
NUÑEZ, Izabel Saenger.; PLATERO, K. A. S.; MISSE, D. G.. Banca Examinadora de Concurso para Monitoria - Departamento de Segurança Pública - Projeto Concepções sociológicas sobre administração de conflitos e sistema penitenciário. 2018. Universidade Federal Fluminense.

6.
NUÑEZ, Izabel Saenger.; PLATERO, K. A. S.; ANTUNES, L. R.. Banca Examinadora de Concurso para Monitoria - Departamento de Segurança Pública - Projeto O aprendizado da história como linguagem de diferença no estudo do Direito. 2018. Universidade Federal Fluminense.

7.
NUÑEZ, Izabel Saenger.; ANTUNES, L. R.; PLATERO, K. A. S.. Banca Examinadora de Concurso para Monitoria - Departamento de Segurança Pública - Processos de normatização na modernidade política. 2018. Universidade Federal Fluminense.

Outras participações
1.
NUÑEZ, Izabel Saenger.; MARTINS, L. P. B.; CORREA, R. M.. Prêmio UFF de Monografias. 2018. Universidade Federal Fluminense.

2.
NUÑEZ, Izabel Saenger.; MUNIZ, J. O.; ALMEIDA, F. A.. XX Semana de Monitoria da Universidade Federal Fluminense. 2017. Universidade Federal Fluminense.

3.
NUÑEZ, Izabel Saenger.; RANGEL, C. T. M.; MARINS, C.; OVALLE, L. A.; COPELLOTI, L.. Seleção de trabalhos para a VIII Jornada de Alunos do PPGA/UFF. 2014. Universidade Federal Fluminense.

4.
NUÑEZ, Izabel Saenger.. VI Congresso Anual da Associação Brasileira de Direito e Economia. 2013. Fundação Getúlio Vargas.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Seminário Segurança Pública, Violência e Direitos Humanos.Diversidade, Gênero e Direitos Humanos. 2018. (Seminário).

2.
International Meeting on Law and Society.Pretrial negotiations in Brazilian Trial by Jury. 2017. (Encontro).

3.
Lançamento dos volumes 16 a 21 da Coleção História Oral do Supremo.A participação como pesquisadora no Projeto História Oral do Supremo. 2017. (Outra).

4.
30a Reunião Brasileira de Antropologia.?Eu não entro em 'bola dividida'?:os acordos e as convergências morais nos julgamentos realizados no Tribunal do Júri. 2016. (Outra).

5.
40o Encontro Anual da ANPOCS.'Se fosse a Madonna não seria tudo isso!': um julgamento evento no Tribunal do Júri do Rio de Janeiro. 2016. (Encontro).

6.
Transregional Summit: The Arab Springs meets Black Lives Matter in Rio de Janeiro.Moderadora da Palestra de Abertura. 2016. (Seminário).

7.
X Jornada de Alunos do Programa de Pós Graduação em Antropologia da UFF.'Te devo um acordo!?: as negociações e mercadorias políticas nos julgamentos realizados no Tribunal do Juri. 2016. (Outra).

8.
39o Encontro Anual da ANPOCS.'Uma briga corporativa? dentro do Tribunal do Júri: notas e reflexões sobre um caso julgado na Comarca do Rio de Janeiro. 2015. (Encontro).

9.
Cidades em Movimento.Cidades em Movimento. 2015. (Seminário).

10.
IX Congresso da RELAJU. 'Tráfico internacional' e trajetórias pessoais entre 'jovens' de 'classe média' no Brasil: um estudo de caso.. 2015. (Congresso).

11.
IX Jornada de Alunos do Programa de Pós Graduação em Antropologia da UFF.'As audiências de instrução e julgamento no Tribunal do Júri: desigualdades, moralidades e hierarquizações'. 2015. (Outra).

12.
Law and Society Annual Meeting.?It's like a theater!?: the relation between the space, new technologies used during the trial in Brazilian Criminal Courts and the trial. 2015. (Encontro).

13.
V Colóquio Acesso à Justiça e Direitos Fundamentais - Processo e Direito: EnEntre Rupturas e Continuidades.Uma leitura empírica sobre as mudanças no procedimento do Tribunal do Júri.. 2015. (Outra).

14.
V Encontro de Pesquisa Empírica em Direito.O Tribunal do Júri como um tribunal que desiguala: uma análise das audiências de instrução e julgamento. 2015. (Encontro).

15.
V Encontro de Pesquisa Empírica em Direito.O Tribunal do Júri como um tribunal que desiguala: uma análise das audiências de instrução e julgamento. 2015. (Encontro).

16.
XI Reunión de Antropología del Mercorsur.O Tribunal do Júri como procedimento especial: como valores morais e moralidades desigualam, em contexto e em ação, réus e vítimas. 2015. (Outra).

17.
Colóquio Internacional Justiça, Política e Sociedade.'É como um cinema!': A relação entre o espaço, o uso das tecnologias e a realização de julgamentos no Tribunal do Júri da Comarca do Rio de Janeiro. 2014. (Outra).

18.
IV Colóquio de Acesso à Justiça e Direitos Fundamentais - Processo no Brasil e nos EUA em Perspectiva Comparada.Um comparativo entre o modelo do Tribunal do Júri Brasileiro e o modelo Norte Americano.. 2014. (Outra).

19.
Law & Society Annual Meeting.Brazilian Trial by Jury and its Institutional Design: how the British model was changed to be adapted to Brazilian society. e The over-indebtedness in action: an ethnographic research at NUDECON Brazil. 2014. (Encontro).

20.
Seminário Internacional Crítica e Questão Criminal na América Latina: Balanço e Perspectivas..O espaço do Tribunal do Júri ontem e hoje: as mudanças no espaço e as novas tecnologias.. 2014. (Seminário).

21.
VIII Jornada de Alunos do Programa de Pós Graduação em Antropologia da UFF.Latrocínio e Homicídio: representações da doutrina jurídica sobre diferentes mortes, mortos, réus e os procedimentos processuais para os seus julgamentos. 2014. (Outra).

22.
II Ciclo de Palestras da Proppi - 4a Palestra. 2013. (Outra).

23.
II Ciclo de Palestras Projeto Publicação Científica na UFF. 2013. (Outra).

24.
III Seminário Internacional do INCT-InEAC.Os casos de repercussão e a repercussão dos casos: moralidades e justiças.. 2013. (Seminário).

25.
V Colóquio de Estudos Empíricos da FGV/RJ.O Superendividamento em Ação: uma Etnografia no NUDECON/RJ. 2013. (Outra).

26.
VII Jornada de Alunos do Programa de Pós Graduação em Antropologia da UFF: Antropologia da Ação?,.?Significação social?: uns mais iguais que os outros.. 2013. (Outra).

27.
X Reunião de Antropologia do MERCOSUL.Os valores morais nos textos sobre o Tribunal do Júri: o que a doutrina nos conta?. 2013. (Outra).

28.
XI Congresso Luso-Afro-Brasileiro de Ciências Sociais. As tipologias e as representações sobre o Tribunal do Júri no Campo do Direito. 2011. (Congresso).

29.
XX Congresso Nacional do CONPEDI. Notas sobre a Regularização Fundiária Urbana na Cidade do Rio de Janeiro. 2011. (Congresso).

30.
II ERAJU - Encontro Regional de Assessorias Jurídicas Universitárias.Oficina sobre o Direito à Moradia.. 2007. (Encontro).

31.
III Ciclo de Estudos e Debates sobre Violência e Controle Social.A Cultura Contemporânea do Controle do Crime. 2007. (Outra).

32.
III Ciclo de Estudos e Debates sobre Violência e Controle Social.O Tribunal do Júri e o Processo de Formação da Decisão do Conselho de Sentença. 2007. (Outra).

33.
III Seminário Brasileiro de Sociologia Jurídica.O Tribunal do Júri e o Processo de Formação da Decisão do Conselho de Sentença. 2007. (Seminário).

34.
Jornada de Estudos Criminológicos. 2007. (Outra).

35.
II Ciclo de Estudos e Debates sobre Violência e Controle Social. 2006. (Outra).

36.
Curso Geral sobre Propriedade Intelectual. 2004. (Outra).

37.
Grupo de Estudos em Direito Ambiental. 2004. (Outra).

38.
I Congresso Internacional Transdisciplinar Ambiente e Direito. 2004. (Congresso).

39.
Temas de Dirteitos Fundamentais. 2004. (Outra).

40.
Ciclo de Estudos em Direito Municipal. 2003. (Outra).

41.
I Simpósio Jurídico sobre Pirataria e Sonegação Fiscal. 2003. (Simpósio).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
NUÑEZ, Izabel Saenger.; RIBEIRO, L. M. L. ; VASCONCELLOS, F. B. ; VELLOSO, P. C. P. . Coordenadora e Debatedora do GT 19 - Os sentidos do fazer judicial e policial: administração de conflitos e Sistema de Justiça no 8o Encontro de Pesquisa Empírica em Direito. 2018. (Outro).

2.
NUÑEZ, Izabel Saenger.. ?O que fazer com o meu diploma??: relatos dos egressos do Bacharelado sobre suas experiências e trajetórias no campo da Segurança Pública e Social. 2017. (Outro).

3.
LIMA, R. K. ; EILBAUM, L. ; AMAR, P. ; NUÑEZ, Izabel Saenger. . ?Transregional Summit: The Arab Spring meets Black Lives in Rio de Janeiro?. 2016. (Outro).

4.
NUÑEZ, Izabel Saenger.. Seminário Cidades em Movimento. 2015. (Outro).

5.
NUÑEZ, Izabel Saenger.; RANGEL, C. T. M. ; MARINS, C. ; OVALLE, L. A. ; COPELLOTI, L. . VII Jornada de Alunos do PPGA/UFF. 2014. (Congresso).

6.
LIMA, R. K. ; EILBAUM, L. ; SANTOS, F. M. ; NUÑEZ, I. S. . III Seminário Internacional do INCT-InEAC. 2013. (Congresso).

7.
OIVEIRA, Fabiana Luci ; ABRAMOVAY, P. ; NUÑEZ, I. S. . Seminário Internacional Segurança Pública, Direito e Justiça. 2012. (Congresso).

8.
AZEVEDO, R. G. ; CUNHA, E. P. ; NUÑEZ, I. S. . III Ciclo de Estudos e Debates sobre Violência e Controle Social. 2007. (Outro).



Orientações



Orientações e supervisões concluídas
Monografia de conclusão de curso de aperfeiçoamento/especialização
1.
Leandro Ribeiro Campos. ?A Guarda é diferente?: O paradoxo da militarização na Guarda Municipal do Rio de Janeiro e seus reflexos nos processos administrativos disciplinares.. 2017. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Políticas Públicas de Justiça Criminal e SP) - Universidade Federal Fluminense. Orientador: Izabel Saenger Nuñez.

2.
Marcos Antônio de Souza Leal. Vitimização policial militar fora do serviço. 2015. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Políticas Públicas de Justiça Criminal e SP) - Universidade Federal Fluminense. Orientador: Izabel Saenger Nuñez.

3.
Diogo Souza da Silveira. Sacrificio Social do Agente de Segurança Pública: Os endêmicos casos das mortes de Policiais Militares no Estado do Rio de Janeiro. 2015. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Políticas Públicas de Justiça Criminal e SP) - Universidade Federal Fluminense. Orientador: Izabel Saenger Nuñez.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Gustavo Mukim Câmara. A segurança institucional na "Casa do Trabalhador?: um estudo etnográfico sobre as rotinas e práticas dos agentes de segurança judiciária no Tribunal Regional do Trabalho do Rio de Janeiro. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Segurança Pública) - Universidade Federal Fluminense. Orientador: Izabel Saenger Nuñez.

2.
Pedro Sepulvida Garcia. ?Nós vamos invadir a sua praia": um estudo sobre os arrastões e as abordagens policiais na praia de Ipanema.. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Segurança Pública) - Universidade Federal Fluminense. Orientador: Izabel Saenger Nuñez.

3.
Edu Farias Sanches. TRÂNSITO TAMBÉM É SEGURANÇA PÚBLICA: um estudo de caso.. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Segurança Pública) - Universidade Federal Fluminense. Orientador: Izabel Saenger Nuñez.

4.
Fábio Rodrigues Pereira. CADA UM COM A SUA SEGUNDA-FEIRA: estudo sobre as Audiências de Custódia do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Segurança Pública) - Universidade Federal Fluminense. Orientador: Izabel Saenger Nuñez.

5.
Leandro Correa Barreto. DO DRD À EXCLUSÃO: Um estudo sobre o sistema punitivo relacional da Policia Militar do Rio de Janeiro. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Segurança Pública) - Universidade Federal Fluminense. Orientador: Izabel Saenger Nuñez.

Orientações de outra natureza
1.
Raiane Pereira Rodrigues. As moralidades envolvidas na construção da acusação e a administração de conflitos no Tribunal do Júri do Rio de Janeiro. 2016. Orientação de outra natureza. (Segurança Pública) - Universidade Federal Fluminense. Orientador: Izabel Saenger Nuñez.



Educação e Popularização de C & T



Artigos
Artigos completos publicados em periódicos
1.
8OLIVEIRA, F. L.2014 OLIVEIRA, F. L. ; NUÑEZ, I. S. . Os Direitos à Moradia e à Propriedade - Um Estudo de Caso da Regularização Fundiária Urbana em Favelas Cariocas. DIREITOS FUNDAMENTAIS & JUSTIÇA, v. 26, p. 78-110, 2014.

2.
1NUÑEZ, Izabel Saenger.2016 NUÑEZ, Izabel Saenger.. A informalidade como forma: os acordos no fazer judicial do Tribunal do Júri.. REVISTA DE ESTUDOS E PESQUISAS SOBRE AS AMÉRICAS, v. 10, p. 158-178, 2016.


Apresentações de Trabalho
1.
NUÑEZ, I. S.. Dogmas e Doutrinas: verdades consagradas e interpretações sobre o Tribunal do Júri. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
NUÑEZ, I. S.. Os valores morais nos textos sobre o Tribunal do Júri. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
NUÑEZ, I. S.. O Pesquisador e a Comunicação Científica no Direito. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).


Cursos de curta duração ministrados
1.
NUÑEZ, Izabel Saenger.. Curso de Capacitação em Políticas Públicas de Segurança Pública, Social e Municipal para a Guarda Municipal de Niterói. 2015. (Curso de curta duração ministrado/Outra).


Desenvolvimento de material didático ou instrucional
1.
SATO, L. S. S. ; SANTOS, C. V. N. ; NUÑEZ, Izabel Saenger. . Oficina de Leitura. 2015. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Material Didático).


Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
NUÑEZ, Izabel Saenger.. Caso Eduardo: policiais admitem disparos no local. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

2.
NUÑEZ, Izabel Saenger.. O Tribunal do Júri no Brasil - Programa Cultura na Mesa. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
OIVEIRA, Fabiana Luci ; ABRAMOVAY, P. ; NUÑEZ, I. S. . Seminário Internacional Segurança Pública, Direito e Justiça. 2012. (Congresso).

2.
NUÑEZ, Izabel Saenger.; RANGEL, C. T. M. ; MARINS, C. ; OVALLE, L. A. ; COPELLOTI, L. . VII Jornada de Alunos do PPGA/UFF. 2014. (Congresso).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 17/10/2018 às 20:32:30