Mariane da Silva Pisani

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/5170703520197825
  • Última atualização do currículo em 15/12/2018


É formada no curso de Ciências Sociais, com habilitação em Bacharelado, pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC, 2007-2011). Foi bolsista de Iniciação Científica do Núcleo de Antropologia Audiovisual e Estudos da Imagem - NAVI - de 2007 até 2010. Em 2011 ingressou no Mestrado do Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social da Universidade Federal de Santa Catarina. Durante o período de 2011-12 foi bolsista do Instituto Nacional de Pesquisa Brasil Plural. Já em 2013, ingressou como aluna de Doutorado no Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social da Universidade de São Paulo (USP) onde desenvolveu pesquisa vinculada ao Núcleo de Estudos sobre Marcadores Sociais da Diferença (NUMAS) e ao Núcleo de Antropologia Urbana (NAU). De 2014 até 2017, foi bolsista de doutorado da Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP). Realizou Estágio de Pesquisa no Exterior (Jul a Dez de 2016) na Universidade de Amsterdam. Atualmente desenvolve pesquisa nas áreas de Antropologia do Esporte, Antropologia Audiovisual, Antropologia Urbana, Estudos de Gênero e Educação de Sociologia. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Mariane da Silva Pisani
Nome em citações bibliográficas
PISANI, M. S.

Endereço


Endereço Profissional
Universidade de São Paulo, Faculdade de Filosofia Letras e Ciências Humanas, Departamento de Antropologia.
Avenida Professor Luciano Gualberto
Butantã
05508010 - São Paulo, SP - Brasil
Telefone: (11) 26480622
URL da Homepage: E-mail para contato: marianepisani@gmail.com


Formação acadêmica/titulação


2013 - 2018
Doutorado em Antropologia Social.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
com período sanduíche em Universiteit van Amsterdam (Orientador: Niko Besnier).
Título: "Sou feita de chuva, sol e barro": o futebol de mulheres praticado na cidade de São Paulo, Ano de obtenção: 2018.
Orientador: Heloísa Buarque de Almeida.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.
Palavras-chave: Antropologia do Esporte; Antropologia Urbana; Estudos de Gênero; Futebol de Mulheres.
2011 - 2012
Mestrado em Antropologia Social.
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
Título: FOZ CATARATAS FUTEBOL CLUBE: trajetórias, migrações e profissionalização de mulheres que praticam futebol,Ano de Obtenção: 2012.
Orientador: Carmen Silvia Rial.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Antropologia / Subárea: Antropologia Urbana.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Antropologia / Subárea: Teoria Antropológica.
2007 - 2011
Graduação em Ciências Sociais.
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
Título: "MUITO SAMBA E POUCO TRABALHO": A representação dos jogadores de futebol brasileiros que atuam no exterior.
Orientador: Carmen Silvia Rial.




Formação Complementar


2018 - 2018
Capacitação Inicial EaD e Conteúdos​,. (Carga horária: 8h).
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
2013 - 2013
Programa de Aperfeiçoamento de Ensino. (Carga horária: 24h).
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - 2018
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Aluna de doutorado
Outras informações
Aluna de Doutorado em Antropologia Social com bolsa da FAPESP.

Atividades

08/2015 - 08/2016
Extensão universitária , Faculdade de Filosofia Letras e Ciências Humanas, .

Atividade de extensão realizada
Cidade, corpo, etnografia: aproximações entre a Cidade Universitária e o Butantã.
08/2014 - 12/2014
Estágios , Faculdade de Filosofia Letras e Ciências Humanas, .

Estágio realizado
Estagiária na disciplina: FLA 102 ? Antropologia II: Questões de Antropologia Clássica. Ministrada pela professora Drª Heloisa Buarque de Almeida.
02/2014 - 06/2014
Estágios , Faculdade de Filosofia Letras e Ciências Humanas, .

Estágio realizado
Estagiária na disciplina: FLA 0368 - Cidade e relação: sociabilidade, situação, plano local. Ministrada pelo professor Dr. Heitor Frugoli Jr..

Instituto Brasil Plural, IBP, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - 2013
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista de Pesquisa IBP, Carga horária: 30


Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
Vínculo institucional

2018 - Atual
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pesquisadora de Projeto, Carga horária: 30, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Pesquisadora no projeto "Plataforma MEC de Recursos Educacionais: desenvolvimento de um modelo de gestão pedagógica de design de interface"; sob orientação da professora Drª. Roseli Zen Cerny.

Vínculo institucional

2018 - 2018
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Professora Tutora, Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Professora Tutora no Curso ESCUTA: Estratégias Integradas de Cuidado aos Usuários de Álcool e outras Drogas, da Secretaria de Educação à Distância na Universidade Federal de Santa Catarina.

Vínculo institucional

2011 - 2013
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista Instituto de Pesquisa Brasil Plural, Carga horária: 30, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Bolsista de Mestrado do Instituto de Pesquisa Brasil Plural

Vínculo institucional

2007 - 2010
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista de Iniciação Científica do CNPq, Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Pesquisadora de Iniciação Científica no Núcleo de Antropologia Audiovisual e Estudos da Imagem (NAVI/UFSC).

Atividades

08/2011 - 01/2013
Pesquisa e desenvolvimento , Instituto de Pesquisa Brasil Plural, .

02/2012 - 08/2012
Estágios , UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA - UFSC, Centro de Filosocia e Ciências Humanas.

Estágio realizado
Estágio docente realizado na primeira fase da turma de Psicologia da UFSC - 2012/1. Disciplina ministrada: Introdução a Antropologia..
01/2009 - 08/2010
Pesquisa e desenvolvimento , Núcleo de Antropologia Audiovisual e Estudos da Imagem - NAVI, .



Linhas de pesquisa


1.
Migrações no Brasil Contemporâneo: Fluxos, Processos Sociais e Gênero

Objetivo: Esta rede é uma abordagem interdisciplinar do fenômeno das migrações no Brasil contemporâneo. Focando diferentes temáticas e contextos e atores sociais, como a emigração de jogadores(as) brasileiros para diferentes países, os fluxos migratórios nacionais e/ou internacionais de travestis e mulheres, a imigração de hispano-americanos e haitianos para o Brasil. O projeto envolve, além dos dois grupos de pesquisas promotores, o NAVI da UFSC, e o GEMA da UFAM, outras instituições em âmbito nacional como a UDESC, o NIEM/RJ e o NAEA/PA. Nessa perspectiva, busca-se ampliar a discussão de temáticas como, novos movimentos sociais, processos identitários, modos de subjetivação, cidadania, globalização, mercados transnacionais, direitos humanos, e gênero..
2.
Circulação Transnacional de Jogadores de Futebol Brasileiros:Consumo Alimentar, Fronteiras e Identidade Nacional

Objetivo: A partir de estudo etnográfico, busca-se compreender as transformações do seu dia-dia assim como mudanças no seu consumo, estilo de vida e identidade decorrentes da experiência da emigração. Consumo e alimentação serão analisados nas suas relações com identidades étnicas, nacionais e de gênero. As categorias de fronteira e de emigrante serão colocadas em questão, uma vez que os fluxos de especialistas laborais (como o desses jogadores), que transitam entre países e instituições de trabalho em uma constante circulação, redefinem o que sejam fronteiras, estas passando a se constituírem nas instituições de trabalho mais do que com os limites físicos entre os países..
Grande área: Ciências Humanas


Projetos de pesquisa


2017 - Atual
Plataforma MEC de Recursos Educacionais: desenvolvimento de um modelo de gestão pedagógica de design de interface
Descrição: O que é: A Plataforma Integrada MEC de Recursos Educacionais Digitais consiste em um espaço dinâmico, com ferramentas de buscas eficientes e de fácil manipulação para os profissionais da educação, combinando um modelo de ambiente de conteúdos digitais com um modelo de rede social. Isso torna a navegação intuitiva e, consequentemente, rápida. De maneira geral, a plataforma auxilia o seu público a encontra Recursos Digitais nos principais portais do MEC e de vários outros parceiros. Em resumo, na Plataforma, os usuários podem buscar, baixar e/ou navegar por mais de 20 mil recursos educacionais digitais que estão ali à sua disposição. Além disso, ainda é possível guardar recursos interessantes em coleções pessoais, e/ou públicas, afim de auxiliar professores na organização e elaboração de suas aulas. Também é possível indicar recursos aos colegas pelas redes sociais, por e-mail e também por meio dos perfis na plataforma. A partir da interação com os recursos educacionais digitais, é possível compartilhar experiências didáticas a respeito dos usos de recursos no cotidiano escolar, sugerir e/ou conhecer novos usos para um mesmo recurso. Atribuições da Pesquisadora: Planejamento e realização pesquisas de campo nas Escolas de Educação Básica da rede Estadual e/ou Municipal no país, buscando o levantamento de dados e informações importantes ao processo de desenvolvimento da Plataforma Integrada MEC de Recursos Educacionais Digitais. Auxiliar no planejamento, acompanhamento e realização das pesquisas de usabilidade com os diferentes perfis de usuários da Plataforma Integrada MEC de Recursos Educacionais Digitais. Analisar os resultados das pesquisas qualitativas e quantitativas para a definição de estratégias durante o desenvolvimento da Plataforma Integrada MEC de Recursos Educacionais Digitais. Realizar levantamento teórico-metodológico para nortear as pesquisas e o desenvolvimento da Plataforma de Recursos Educacionais Digitais. Orientadora: Profª. Drª. Roseli Zen Cerny (CED/UFSC).
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2015 - 2016
Cidade, corpo, etnografia: aproximações entre a Cidade Universitária e o Butantã
Descrição: O projeto "Cidade, corpo, etnografia" está inserido no Laboratório do Núcleo de Antropologia Urbana (NAU/USP). Com o intuito de conciliar pesquisa e extensão, o projeto pretende aproximar as investigações desenvolvidas no NAU com o espaço urbano da Cidade Universitária e realizar mapeamentos etnográficos que possam colaborar para a compreensão dos bairros localizados no entorno do campus (como Jardim São Remo, Jardim Rizzo, Butantã, Vila Gomes, etc.). Nos últimos anos, tem-se observado um aumento de manifestações de violência dentro do campus que, de certo modo, indica tensões e descompassos entre o ambiente interno e externo. Assim, busca-se, de forma embrionária, compreender como as relações entre bairro e USP tem se configurado para, posteriormente, propor ações de aproximação entre ambos. Pretende-se realizar investigações a partir de três eixos temáticos: lazer e tempo livre; corpo e gênero; espaço e territorialidade. Estas pesquisas serão realizadas em parceria com o Museu do Futebol, que participará dos mapeamentos etnográficos, da realização das oficinas e da divulgação e documentação das informações coletadas..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2011 - 2013
Migrações e Mobilidades Contemporâneas: Trajetórias, Profissões e Estilos de vida
Descrição: Esta rede de pesquisa se constituiu em julho de 2011 e se encontra em fase inicial. Entre setembro e outubro de 2011 tiveram início três pesquisas. A mestranda Mariane da Silva Pisani investiga os percursos migratórios de um grupo de jogadoras do time Foz do Iguaçu Futebol Clube, do interior do Paraná. A mestranda Caroline Soares de Almeida conduziu seu campo no Rio de Janeiro, onde realizou mapeamento, levantamento, pesquisa documental e busca das jogadoras da equipe do RADAR. A mestranda Gisele Meriz tem sua primeira etapa de campo prevista para novembro de 2011. A pesquisa se realizará em Goiânia e cidades próximas, com o objetivo de localizar mulheres emigrantes que tenham trabalhado ou estejam envolvidas no mercado do sexo, no contexto da migração internacional..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2009 - 2010
Circulação Transnacional de Jogadores de Futebol Brasileiros:Consumo Alimentar, Fronteiras e Identidade Nacional
Descrição: O projeto trata da trajetória de jogadores de futebol com carreiras bem sucedidas, procurando entender as implicações culturais, políticas e econômicas de sua modalidade de emigração. A partir de estudo etnográfico, busca-se compreender as transformações do seu dia-dia assim como mudanças no seu consumo, estilo de vida e identidade decorrentes da experiência da emigração. Consumo e alimentação serão analisados nas suas relações com identidades étnicas, nacionais e de gênero. As categorias de fronteira e de emigrante serão colocadas em questão, uma vez que os fluxos de especialistas laborais (como o desses jogadores), que transitam entre países e instituições de trabalho em uma constante circulação, redefinem o que sejam fronteiras, estas passando a se constituírem nas instituições de trabalho mais do que com os limites físicos entre os países.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2008 - 2009
Pesquisa para o Dicionário de Antropólogas
Descrição: Pesquisa relacionada ao levantamento biográfico de antropologas audiovisuais que gerou verbete publicado no Le Dictionnaire universel des créatrices.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2007 - 2007
Bolsista Voluntária do NAVI
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.


Projetos de extensão


2017 - Atual
Plataforma MEC de Recursos Educacionais: desenvolvimento de um modelo de gestão pedagógica de design de interface
Descrição: O que é: A Plataforma Integrada MEC de Recursos Educacionais Digitais consiste em um espaço dinâmico, com ferramentas de buscas eficientes e de fácil manipulação para os profissionais da educação, combinando um modelo de ambiente de conteúdos digitais com um modelo de rede social. Isso torna a navegação intuitiva e, consequentemente, rápida. De maneira geral, a plataforma auxilia o seu público a encontra Recursos Digitais nos principais portais do MEC e de vários outros parceiros. Em resumo, na Plataforma, os usuários podem buscar, baixar e/ou navegar por mais de 20 mil recursos educacionais digitais que estão ali à sua disposição. Além disso, ainda é possível guardar recursos interessantes em coleções pessoais, e/ou públicas, afim de auxiliar professores na organização e elaboração de suas aulas. Também é possível indicar recursos aos colegas pelas redes sociais, por e-mail e também por meio dos perfis na plataforma. A partir da interação com os recursos educacionais digitais, é possível compartilhar experiências didáticas a respeito dos usos de recursos no cotidiano escolar, sugerir e/ou conhecer novos usos para um mesmo recurso..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.


Membro de corpo editorial


2018 - Atual
Periódico: NOVOS DEBATES - FÓRUM DE DEBATES EM ANTROPOLOGIA
2015 - Atual
Periódico: Ponto.Urbe (USP)
2013 - 2014
Periódico: Cadernos de Campo (USP. 1991)


Revisor de periódico


2018 - 2018
Periódico: REVISTA ESTUDOS FEMINISTAS
2018 - 2018
Periódico: REVISTA DE ANTROPOLOGIA
2018 - 2018
Periódico: Cadernos da Associação Brasileira de Ensino de Ciências Sociais
2017 - 2017
Periódico: Cadernos de Gênero e Diversidade
2015 - Atual
Periódico: PONTO URBE


Revisor de projeto de fomento


2016 - 2016
Agência de fomento: Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Antropologia / Subárea: Estudos de Gênero.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Antropologia / Subárea: Antropologia do Esporte.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Antropologia / Subárea: Antropologia Urbana.
4.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Antropologia / Subárea: Antropologia Audiovisual.


Idiomas


Espanhol
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Pouco.
Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Francês
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
PISANI, M. S.2015 PISANI, M. S.; SOARES, C. A. . Carreiras e profissionalismo de futebolistas brasileiras após a regulamentação do Futebol Feminino no Brasil. Labrys, études féministes, v. 28, p. 1-20, 2015.

2.
PISANI, M. S.2014PISANI, M. S.. Mulheres, futebol e o ?Padrão FIFA?. Novos Debates, v. 1, p. 1-2, 2014.

3.
PISANI, M. S.2014PISANI, M. S.; SOARES, C. A. ; JAHNECKA, L. . De apostas, promessas e sonhos: alguns projetos interrompidos e facilitados de futebolistas não-célebres. Espaço Plural (Marechal Cândido Rondon. Online), v. XIV, p. 140-169, 2014.

4.
PISANI, M. S.2014PISANI, M. S.. Futebol feminino: espaço de empoderamento para mulheres das periferias de São Paulo. Ponto.Urbe (USP), v. 14, p. 1-15, 2014.

5.
PISANI, M. S.2014PISANI, M. S.. Migrações e deslocamentos de jogadoras de futebol: mercadoria que ninguém compra?. Esporte e Sociedade, v. 9, p. 1-11, 2014.

Capítulos de livros publicados
1.
PISANI, M. S.. Lesbianidades em campo: afetos e desejos entre jogadoras de futebol brasileiras. In: Gustavo Santa Roza Saggese; Marisol Marini; Rocío Alonso Lorenzo; Júlio Assis Simões; Cristina Donza Cancela.. (Org.). Marcadores sociais da diferença: gênero, sexualidade, raça e classe em perspectiva antropológica. 1ed.São Paulo: Terceiro Nome. Editora Gramma,, 2018, v. 1, p. 1-351.

2.
PISANI, M. S.; ASSIS, G. O. ; SILVA, S. A. ; RIAL, Carmen Silvia ; SOARES, C. A. ; SIQUEIRA, M. ; VAILATTI, A. . Migrações nacionais e internacionais de jogadoras de futebol. In: Glaucia Oliveira de Assis ; Sidney Antonio Silva. (Org.). Em busca do Eldorado: O Brasil no contexto das migrações nacionais e internacionais. 1ed.Amazonas: Editora da Universidade Federal do Amazonas (EDUA), 2016, v. 1, p. 71-90.

3.
PISANI, M. S.. Uma análise inicial sobre a profissão de jogadoras de futebol: trajetórias, dificuldades, histórias de vida e migração de algumas jogadoras do Foz Cataratas Futebol Clube. In: Claudia Samuel Kessler. (Org.). Mulheres na área: gênero, diversidade e inserções no futebol. 1ed.Rio Grande do Sul: UFRGS, 2016, v. , p. 43-58.

4.
PISANI, M. S.. Gênero, Sexualidade e Diversidades. In: Cleide Lugarini de Andrade; Luiz Fernando Klein SJ; Marli Patricia da SIlva. (Org.). Cultura de paz, gênero e prevenção ao uso de drogas (caderno de educandas e educandos). 1ed.São Paulo: Fundação Fé e Alegria, 2015, v. 1, p. 43-64.

5.
PISANI, M. S.. Gênero, Sexualidades e Diversidade. In: Cleide Lugarini de Andrade; Luiz Fernando Klein Sj; Marli Patricia da Silva. (Org.). Cultura de paz, gênero e prevenção ao uso de drogas (caderno de educadoras e educadores_. 1ed.São Paulo: Fundação Fé e Alegria, 2015, v. 1, p. 49-80.

6.
PISANI, M. S.; RIAL, Carmen Silvia . DUNHAM Mary Katherine (verbete). In: Béatrice Didier; Antoinette Fouque; Mireille Calle-Gruber. (Org.). Le Dictionnaire Universel des Créatrices. xxxed.Paris: Éditions Des Femmes, 2013, v. , p. 100-.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
SOARES, C. A. ; PISANI, M. S. ; PASTERNAK, Dariene . Mulher também gosta de futebol. Notícias do Dia, Florianópolis, 05 mar. 2012.

2.
SOARES, C. A. ; PISANI, M. S. ; MULLER, Rene . Velhas conhecidas do futebol. Diário Catarinense, Florianópolis, p. 4 - 5, 05 mar. 2012.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
PISANI, M. S.. Futebol Feminino, da periferia para o centro: primeiras notas etnográficas sobre a formação de jogadoras de futebol da cidade de São Paulo. In: 29ª Reunião Brasileira de Antropologia, 2014, Natal. Antropologia do esporte: campos e intersecções no estudo das práticas esportivas, 2014.

2.
PISANI, M. S.; SOARES, C. A. . 100 anos de torcida: a presença feminina nas arquibancadas de futebol em Florianópolis, ontem e hoje. In: III Seminário Nacional Sociologia e Política: Repensando desigualdades em novos contextos, 2011, Curitiba. Seminário Nacional Sociologia e Política (Online), 2011. v. 13.

3.
PISANI, M. S.. ?Muito samba e pouco trabalho?: a representação dos jogadores de futebol brasileiros que atuam no exterior. In: I Seminário Internacional de História do Tempo Presente, 2011, Florianópolis. Anais do I Seminário Internacional História do Tempo Presente, 2011. p. 735-752.

Apresentações de Trabalho
1.
PISANI, M. S.; BONFIM, A. . Palestra - Mulheres no esporte: história, memória e representação. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
PISANI, M. S.. Palestra - Women's soccer in Brazilian context: issues about gender, race, sexuality and ethnography'. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
PISANI, M. S.. Palestra: Gênero, Etnografia e Antropologia do Esporte. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
PISANI, M. S.. A prática esportiva na infância. 2015. (Apresentação de Trabalho/Outra).

5.
PISANI, M. S.. Palestra no grupo de Estudos Esporte e Sociedade. 2015. (Apresentação de Trabalho/Outra).

6.
PISANI, M. S.; GOELLNER, S. ; MARIVOET, S. ; ALTMANN, H. . Corpo, Futebol e Relações de Gênero. 2014. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

7.
PISANI, M. S.. Cultura e Esportes: A trajetória de mulheres sob uma perspectiva de gênero. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

8.
PISANI, M. S.. Quem disse que mulher é perna de pau?. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

9.
PISANI, M. S.. Futebol Feminino, da periferia para o centro: primeiras notas etnográficas sobre a formação de jogadoras de futebol da cidade de São Paulo. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

10.
PISANI, M. S.. Futebol Feminino, da periferia para o centro: sobre a formação de jogadoras da cidade de São Paulo. 2014. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

11.
PISANI, M. S.; SPAGGIARI, E. ; CHIQUETTO, R. V. . Práticas Futebolísticas em Manaus e São Paulo: redes, sociabilidades e gênero. 2014. (Apresentação de Trabalho/Outra).

12.
PISANI, M. S.; SPAGGIARI, E. ; BOCCHI, G. M. M. ; CHIQUETTO, R. V. . Para além da Copa. 2014. (Apresentação de Trabalho/Outra).

13.
PISANI, M. S.; FIORI, A. L. ; MACHADO, G. M. C. ; MORAES, L. L. ; MAGNANI, J. G. C. . Reflexões sobre o tempo e as escolhas de lazer da população nas grandes cidades. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

14.
PISANI, M. S.. Migrações e deslocamentos de jogadoras de futebol: mercadoria que ninguém compra?. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

15.
PISANI, M. S.. MIGRAÇÕES E DESLOCAMENTOS DE JOGADORAS DE FUTEBOL: MERCADORIA QUE NINGUÉM COMPRA?. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

16.
PISANI, M. S.. ?Trajetórias de jogadoras de futebol de São Paulo: questões sobre gênero e esporte?,. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

17.
PISANI, M. S.. Jogadoras de futebol: uma mercadoria sem valor?. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

18.
PISANI, M. S.. FOZ CATARATAS FUTEBOL CLUBE: trajetórias, migrações e profissionalização de mulheres que praticam futebol. 2012. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

19.
PISANI, M. S.; SOARES, C. A. . 100 anos de torcida: a presença feminina nas arquibancadas de futebol em Florianópolis. 2012. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

20.
PISANI, M. S.; SOARES, C. A. . 100 anos de torcida: a presença feminina nas arquibancadas de futebol em Florianópolis. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

21.
PISANI, M. S.. "Muito samba e pouco trabalho": A representação dos jogadores brasileiros de futebol no exterior". 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

22.
PISANI, M. S.; SOARES, C. A. . 100 anos de torcida: a presença feminina nas arquibancadas de futebol em Florianópolis, ontem e hoje. 2011. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

23.
PISANI, M. S.. "Muito samba e pouco trabalho": A representação dos jogadores brasileiros de futebol no exterior. 2011. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

24.
PISANI, M. S.. Estabelecidos e Outsiders: A representação estrangeira dos jogadores de futebol brasileiros. 2010. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

25.
PISANI, M. S.. Jogadores de futebol brasileiros no exterior: o cotidiano, as dificuldades e as adaptações.. 2010. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

26.
PISANI, M. S.. A formação de Clãs Etnicos. 2009. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

27.
PISANI, M. S.. Dicionário de Antropólogas: as antropólogas audivisuais. 2008. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

Outras produções bibliográficas
1.
PISANI, M. S.. Entre rezas, lágrimas, suor, menstruação e chulé: o futebol feminino em foco. PPGAS/USP: Revista Cadernos de Campo, 2016 (Fotografias).

2.
PISANI, M. S.. Resenha do Livro: Fazendo gênero e jogando bola: futebol feminino na Bahia nos anos 80-90. PPGAS/USP: Revista Cadernos de Campo, 2016 (Resenhas).


Produção técnica
Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
FERREIRA, I. ; PISANI, M. S. . Sentimento de pertencimento constrói vínculos no futebol feminino. 2018. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

2.
PISANI, M. S.; ALFONSI, D. ; BONFIM, A. . Futebol Feminino: uma história invisivel. 2015.

3.
PISANI, M. S.. The Struggle for Female Soccer Equality in Brazil. 2013. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

4.
PISANI, M. S.. Esporte@Globo SP. 2013. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

5.
PISANI, M. S.; SOARES, C. A. . Jornal do Almoço. 2012. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

6.
SOARES, C. A. ; PISANI, M. S. . Estúdio 36. 2012. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).


Demais tipos de produção técnica
1.
RIAL, Carmen Silvia ; SOARES, C. A. ; PISANI, M. S. . Mulheres no Esporte. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

2.
PISANI, M. S.; GROSSI, Miriam Pillar ; FERNANDES, F. B. M. . Audiovisual Gênero e Diversidade - Universidade Federal de Santa Catarina. 2013. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Ciclo de Videoaulas).


Produção artística/cultural
Artes Visuais
1.
PISANI, M. S.. 'Sou feita de chuva, sol e barro':o futebol feminino na várzea paulistana. 2018. Filme.

2.
PISANI, M. S.. O gênero da bola. 2013. Fotografia.

3.
PISANI, M. S.; SOARES, C. A. . 100 anos de torcida: a presença feminina nas arquibancadas de futebol em Florianópolis. 2012. Fotografia.

4.
PISANI, M. S.. Ocupações e apropriações no espaço urbano da cidade de Florianópolis. 2010. Fotografia.

5.
FERREIRA, Vinicius Kauê ; Erica Quinaglia Silva ; PISANI, M. S. ; GROSSI, Miriam Pillar ; RIAL, Carmen Silvia . Germaine Tillion: onde há perigo, nós sempre a encontramos. 2008. Fotografia.

Demais trabalhos
1.
PISANI, M. S.. Cartazes. 2009.



Bancas




Participação em bancas de comissões julgadoras
Outras participações
1.
PISANI, M. S.. Comissão da Mostra de Fotografias Fazendo Gênero 9. 2010. Universidade Federal de Santa Catarina.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
15th Annual International Conference on Sports: Economic, Management, Marketing & Social Asécts. Sociability among soccer fans in the FIFA Soccer World Cup 2014: roaming around São Paulo. 2015. (Congresso).

2.
8th World Congress on Science and Football. Women soccer players in São Paulo. 2015. (Congresso).

3.
International Sociology of Sports Association. The female soccer from outskirts to downtown: professionalization of women's soccer players in São Paulo city. 2015. (Congresso).

4.
IV Congresso Latinoamericano de Antropologia. Futebol feminino nas periferias de São Paulo: gênero, raça e sexuaidade na prática futebolística de mulheres. 2015. (Congresso).

5.
V REA e XIV ABANNE. Futebol Feminino em São Paulo: circuitos, sociabilidades e gênero. 2015. (Congresso).

6.
XI Reunión de Antropologia del Mercosur. Futebol feminino, da periferia ao centro: gênero, circulações e sociabilidades na cidade de São Paulo. 2015. (Congresso).

7.
29ª Reunião Brasileira de Antropologia. Futebol Feminino, da periferia para o centro: primeiras notas etnográficas sobre a formação de jogadoras de futebol da cidade de São Paulo. 2014. (Congresso).

8.
2º Simpósio Internacional de Estudos sobre Futebol.Futebol Feminino, da periferia para o centro: sobre a formação de jogadoras da cidade de São Paulo. 2014. (Simpósio).

9.
Encontro Futebol e Cultura.Relatora da mesa: A várzea dos moleques, a várza dos veteranos: esquadrinhando cidades futebolísticas. 2014. (Encontro).

10.
Sexta da Casa - PPGAS/USP.Para além da Copa. 2014. (Encontro).

11.
Colóquio Migrações no Brasil Contemporâneo.Migrações nacionais e internacionais de jogadoras de futebol. 2013. (Outra).

12.
I EntreNUMAS.Trabalho apresentado na mesa História e Memória. 2013. (Seminário).

13.
II Congresso Esporte de Alto Desenvolvimento: futebol além das quatro linhas. 2013. (Congresso).

14.
III Congresso Nacional de Antropologia. ?Trajetórias de jogadoras de futebol de São Paulo: questões sobre gênero e esporte?,. 2013. (Congresso).

15.
III Seminário Internacional do NEPESS - Seminário das Confederações.MIGRAÇÕES E DESLOCAMENTOS DE JOGADORAS DE FUTEBOL: MERCADORIA QUE NINGUÉM COMPRA?. 2013. (Seminário).

16.
Muestra de Fotografia Etnográfica no III Congreso Nacional de Antropología. O gênero da bola. 2013. (Congresso).

17.
Sexta do Mês - PPGAS/USP. 2013. (Encontro).

18.
V Congresso de Associação Portuguesa de Antropologia. Migrações e deslocamentos de jogadoras de futebol: mercadoria que ninguém compra?. 2013. (Congresso).

19.
X Reunión de Antropología del MERCOSUR. Jogadoras de futebol: uma mercadoria sem valor?. 2013. (Congresso).

20.
28ª Reunião Brasileira de Antropologia. FOZ CATARATAS FUTEBOL CLUBE: trajetórias, migrações e profissionalização de mulheres que praticam futebol. 2012. (Congresso).

21.
II Simpósio de Futebol: Migrações, mídias e sociabilidades.FOZ CATARATAS FUTEBOL CLUBE: trajetórias, migrações e profissionalização de mulheres que praticam o futebol. 2012. (Simpósio).

22.
Palestra: O papel social e o imaginário dos jovens na África do Sul. 2012. (Outra).

23.
III Seminário Nacional Sociologia e Política: Repensando desigualdades em novos contextos. 2011. (Seminário).

24.
III Seminário Nacional Sociologia e Política: Repensando desigualdades em novos contextos.100 anos de torcida: a presença feminina nas arquibancadas de futebol em Florianópolis, ontem e hoje. 2011. (Seminário).

25.
I Seminário de Patrimônio Cultural e Museologia. 2011. (Seminário).

26.
I Seminário Internacional de História do Tempo Presente."Muito samba e pouco trabalho": A representação dos jogadores brasileiros de futebol no exterior. 2011. (Seminário).

27.
IX Reunião de Antropologia do Mercosul. "Muito samba e pouco trabalho": A representação dos jogadores brasileiros de futebol no exterior". 2011. (Congresso).

28.
IX Reunião de Antropologia do Mercosul. 2011. (Congresso).

29.
27ª Reunião Brasileira de Antropologia. Estabelecidos e Outsiders: A representação estrangeira dos jogadores de futebol brasileiros. 2010. (Congresso).

30.
Futebol: Espetáculo e Corporalidade.Jogadores de futebol brasileiros no exterior: o cotidiano, as dificuldades e as adaptações.. 2010. (Simpósio).

31.
Seminário Internacional Fazendo Gênero 9. 2010. (Seminário).

32.
Seminário Internacional Fazendo Gênero 9.Monitoria Audiovisual. 2010. (Seminário).

33.
19º Seminário de Iniciação Científica da UFSC.A construção de Clãs Etnicos. 2009. (Seminário).

34.
VIII Reunião de Antropologia do Mercosul. 2009. (Congresso).

35.
32º Encontro Anula da ANPOCS. 2008. (Congresso).

36.
7ª SEPEX - Semana de Ensino, Pesquisa e Extensão da UFSC.Dicionário de Antropólogas: as antropólogas audivisuais. 2008. (Seminário).

37.
Antropologia Visual - Ministrada pelo professor Dr. Renato Athias. 2008. (Oficina).

38.
IX Semana de Ciências Sociais. 2008. (Simpósio).

39.
Mini-Curso Reinventando os Clássicos, ANPOCS. 2008. (Congresso).

40.
Mostra de Filmes Etnográficos: Primárias - Kennedy e a Campanha Presidencial de 1960. 2008. (Encontro).

41.
Mostra de Filmes Etnográficos: The Ax Fight. 2008. (Encontro).

42.
Seminário Internacional Fazendo o Gênero 8.Monitoria Audiovisual. 2008. (Seminário).

43.
VIII Semana de Ciências Sociais. 2007. (Simpósio).

44.
Projeto Miniempresa.Projeto Miniempresa Colégio Geração. 2005. (Oficina).

45.
Economia Pessoal. 2002. (Oficina).

46.
Introdução ao mundo dos negócios. 2001. (Oficina).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
PISANI, M. S.; FERNANDES, E. . Coordenadora do Fórum Temático: Limites e interseccionalidades nos Estudos de Gênero. 2015. (Congresso).

2.
PISANI, M. S.; HIGA, L. M. ; PATRIARCA, L. ; LIMA, L. F. ; ZAMBONI, M. ; LOPES, P. . Organizadora do IV Enumas - Encontro dos Marcadores Sociais da Diferença. 2015. (Outro).

3.
PISANI, M. S.; SPAGGIARI, E. . Coordenadora do Simposio Antropología e Deportes no III Congresso Nacional de Antropologia - Venezuela. 2013. (Congresso).

4.
PISANI, M. S.. Membro de Comitê Científico de Avaliação de Trabalhos Completos no II Simpósio de Futebo:l Migrações, mídias e sociabilidades. 2012. (Congresso).

5.
PISANI, M. S.; GROSSI, Miriam Pillar ; RIAL, Carmen Silvia ; FERNANDES, F. B. M. . Mostra Audiovisual Homossexualidades, Racismo, Educação e Violências: a obra de Vagner de Almeida. 2011. (Exposição).

6.
PISANI, M. S.. Seminário Internacional Fazendo Gênero 9. 2010. (Congresso).

7.
PISANI, M. S.. Seminário Internacional Fazendo Gênero 9. 2010. (Congresso).

8.
PISANI, M. S.; Erica Quinaglia Silva ; FERREIRA, Vinicius Kauê ; GROSSI, Miriam Pillar ; RIAL, Carmen Silvia . Germaine Tillion: onde há perigo, nós sempre a encontramos.. 2008. (Exposição).

9.
PISANI, M. S.. Seminário Internacional Fazendo Gênero 8. 2008. (Congresso).



Inovação



Projetos de pesquisa

Projeto de extensão


Educação e Popularização de C & T



Desenvolvimento de material didático ou instrucional
1.
PISANI, M. S.; GROSSI, Miriam Pillar ; FERNANDES, F. B. M. . Audiovisual Gênero e Diversidade - Universidade Federal de Santa Catarina. 2013. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Ciclo de Videoaulas).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 20/01/2019 às 8:01:38