Zilene Moreira Pereira Soares

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/9827016932616129
  • Última atualização do currículo em 28/12/2018


Possui graduação em Ciências Biológicas pela Universidade Severino Sombra (2000), mestrado e Doutorado em Ensino em Biociências e Saúde pela Fundação Oswaldo Cruz (2014). Atualmente é professora adjunta da Universidade Federal de Goiás, pesquisadora do Colligat (Re-pensando a formação de professores) e do GDE (Gênero e diferenças na educação) da Universidade Federal de Goiás. Tem experiência nas áreas de Educação e Ensino de Ciências, atuando principalmente nos seguintes temas: sexualidade, gênero, formação de professores e estágio curricular. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Zilene Moreira Pereira Soares
Nome em citações bibliográficas
PEREIRA, Z. M.;SOARES, Z. M. P.

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal de Goiás, Instituto de Ciências Biológicas.
AC Central
Setor Central
74001970 - Goiânia, GO - Brasil
Telefone: (62) 35211115
URL da Homepage: www.ufg.br


Formação acadêmica/titulação


2010 - 2014
Doutorado em Ensino em Biociências e Saúde.
Fundação Oswaldo Cruz, FIOCRUZ, Brasil.
Título: Gênero e Sexualidade na Prática Pedagógica de Professores de Ciências no Rio de Janeiro, Ano de obtenção: 2014.
Orientador: Simone de Souza Monteiro.
Bolsista do(a): Instituto Oswaldo Cruz, IOC, Brasil.
Palavras-chave: Síndrome da Imunodeficiência Adquirida (AIDS); Ensino de Ciências; sexualidade; gênero.
2008 - 2010
Mestrado em Ensino em Biociências e Saúde.
Fundação Oswaldo Cruz, FIOCRUZ, Brasil.
Título: Estudo das percepções de estudantes da rede pública e da helmintofauna associada ao caramujo africano Achatina fulica Bowdich, 1822 (Mollusca, Gastropoda) em Barra do Piraí (RJ): subsídios para uma intervenção educativa,Ano de Obtenção: 2010.
Orientador: Simone Souza Monteiro.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: percepções; caramujo africano; ensino/aprendizagem.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Educação / Subárea: Ensino-Aprendizagem / Especialidade: Métodos e Técnicas de Ensino.
2010 - 2011
Especialização em Gênero e Sexualidade. (Carga Horária: 436h).
Universidade do Estado do Rio de Janeiro, UERJ, Brasil.
Título: A formação continuada de Professores/as em Gênero e Sexualidade à luz dos Parâmetros Curriculares Nacionais.
Orientador: Rafael Chaves Vasconcelos Barreto.
2002 - 2003
Especialização em Biologia Parasitária. (Carga Horária: 380h).
UNIVERSIDADE DE VASSOURAS, FUSVE, Brasil.
Título: Relatos sobre Febre Maculosa no Brasil.
Orientador: Luciana Guerin.
1997 - 2000
Graduação em Ciencias Biológicas.
UNIVERSIDADE DE VASSOURAS, FUSVE, Brasil.




Formação Complementar


2011
Extensão universitária em Extensão em EAD com ênfase na tutoria CEDERJ. (Carga horária: 140h).
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
2017 - 2017
Extensão universitária em Arte em tempos de pânicos morais e sexuais: QueerMuseu e outros casos de ce. (Carga horária: 2h).
Universidade Federal de Goiás, UFG, Brasil.
2017 - 2017
O pensamento de Karl Marx. (Carga horária: 25h).
Núcleo de Pesquisa e ação cultural, NUPAC, Brasil.
2016 - 2016
Formação para a Docência na UFG. (Carga horária: 60h).
Universidade Federal de Goiás, UFG, Brasil.
2010 - 2010
Introdução à Teoria da Aprendizagem Significativa. (Carga horária: 3h).
Universidade Bandeirante de São Paulo, UNIBAN, Brasil.
2010 - 2010
Introdução ao Discurso do Sujeito Coletivo e Progr. (Carga horária: 16h).
Escola Nacional de Saúde Pública, ENSP, Brasil.
2010 - 2010
Aprendizagem Significativa e Linguagem. (Carga horária: 6h).
Universidade Bandeirante de São Paulo, UNIBAN, Brasil.
2010 - 2010
Aprendizagem Significativa e Criticidade. (Carga horária: 6h).
Universidade Bandeirante de São Paulo, UNIBAN, Brasil.
2009 - 2009
Identificação de formas larvais de helmintos de in. (Carga horária: 8h).
XXI Encontro Brasileiro de Malacologia, XXI EBRAM, Brasil.
2008 - 2008
Teoria da Aprendizagem Significativa.
II Encontro Nacional de Aprendizagem Significativa, II ENAS, Brasil.
2008 - 2008
Os Organizadores Prévios/ Aprendizagem Significati. (Carga horária: 4h).
II Encontro Nacional de Aprendizagem Significativa, II ENAS, Brasil.
2008 - 2008
Diagramas V/ Aprendizagem Significativa. (Carga horária: 4h).
II Encontro Nacional de Aprendizagem Significativa, II ENAS, Brasil.
1997 - 1997
Técnicas e Projetos em Segurança Laboratorial. (Carga horária: 30h).
UNIVERSIDADE DE VASSOURAS, FUSVE, Brasil.


Atuação Profissional



Secretaria de Educação do Estado do Rio de Janeiro - Santo Cristo, SEE/RJ, Brasil.
Vínculo institucional

2002 - 2016
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Docente I, Carga horária: 12
Outras informações
Biologia Ensino Médio Ciências Ensino Fundamental


Prefeitura Municipal de Piraí, PMP, Brasil.
Vínculo institucional

2004 - 2005
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Bióloga, Carga horária: 30


Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, UFRRJ, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - 2016
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Tutora Presencial, Carga horária: 3
Outras informações
Tutora Presencial das disciplinas de Estágio Supervisionado e Prática de Ensino na Licenciatura em Geografia.


Escola de Formação de Professores Paulo Renato Costa Souza, EFAP, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - 2012
Vínculo: Temporário, Enquadramento Funcional: Tutora de Biologia, Carga horária: 20
Outras informações
Atuação como tutora da Escola de Formação de Professores do Estado de São Paulo com a proposta de educação continuada para professores ingressantes de ciências e Biologia.


Instituto Oswaldo Cruz, IOC, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - 2014
Vínculo: Outro (especifique), Enquadramento Funcional: Bolsista, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.


Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, UNIRIO, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - 2015
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Tutora, Carga horária: 6
Outras informações
Tutora das disciplinas: Ciências Naturais na Educação I; Ciências Naturais na Educação II; Metodologia de Pesquisa; Currículo; Avaliação; TCC I e II


Escola Sesi - Barra do Piraí, SESI, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - 2016
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professoa de Ciências, Carga horária: 12


Universidade Federal Fluminense, UFF, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - 2016
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Tutora da disciplina Introdução a EAD, Carga horária: 4
Outras informações
Tutora Presencial da Disciplina Introdução a Educação a distância no curso de Tecnólogo em Segurança Pública pela Universidade Federal Fluminense (UFF).


Universidade Federal de Goiás, UFG, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Pesquisadora do Colligat, Carga horária: 4

Vínculo institucional

2016 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professora Adjunta, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Disciplinas ministradas: Estágio Curricular Obrigatório I; Estágio Curricular Obrigatório II; Estágio Curricular Obrigatório III

Vínculo institucional

2016 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professora Adjunta, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

7/2016 - Atual
Ensino, Abi - Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Educação em Ciências e Biologia II
Estágio Curricular Supervisionado II
06/2016 - Atual
Outras atividades técnico-científicas , Instituto de Ciências Biológicas, Instituto de Ciências Biológicas.

Atividade realizada
Membro do Núcleo Docente Estruturante (NDE).
06/2016 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de Ciências Biológicas, .

Cargo ou função
Membro do Fórum de Licenciaturas.


Projetos de pesquisa


2018 - Atual
Modelos de educação em sexualidade
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Zilene Moreira Pereira Soares - Coordenador / Tiago Martins dos Santos Barbosa - Integrante.
2018 - Atual
Mulheres na ciência: um perfil do Instituto de Ciências Biológicas da UFG
Descrição: Mais de um século após as primeiras manifestações por igualdade de gênero, percebe-se que na atividade científica as estatísticas ainda deixam a desejar. Pesquisas revelam que a medida que a carreira avança e em determinadas áreas do conhecimento, decresce o número de mulheres, é o chamado efeito tesoura na ciência. Dentre as justificativas para essa diferença está a falta de estímulo para a carreira científica, a divisão desigual das tarefas domésticas, incluindo cuidados com a casa e filhos, e o machismo nas instituições. Pode-se afirmar que há um viés de gênero na área científica que compromete toda uma geração de meninas e mulheres. A presente pesquisa tem como objetivo conhecer o perfil docente do ICB, com destaque para a forma como as mulheres se inserem no Instituto e os desafios encontrados. A pesquisa tem previsão de duração de 10 anos aproximadamente para a conclusão de todos os objetivos, cujos sujeitos investigados serão alun@s e professor@s. A abordagem metodológica será qualitativa, mas sem desconsiderar as contribuições da dimensão quantitativa, como forma de análise crítica e reflexiva do objeto de estudo. O campo empírico da pesquisa é a Universidade Federal de Goiás, mais especificamente o Instituto de Ciências Biológicas (ICB), da Regional Goiânia, Campus 2. A pesquisa se baseará nas histórias de vida e estudo de casos, e também contará com as seguintes fontes: análise de documentos da Direção do ICB/UFG, estatísticas de institutos de pesquisa (INEP/IBGE), desagregados por sexo, e de dados dos grupos de pesquisa cadastrados no Diretório do CNPq necessários para a sistematização do perfil dos docentes. Serão realizadas entrevistas semi­estruturadas e questionários como instrumentos de coleta de dados. Espera-se que a pesquisa proporcione conhecer a organização do Instituto pelo viés de gênero, bem como dê visibilidade às pesquisadoras do ICB. Como desdobramento espera-se desenvolver argumentos que fortaleçam e incentivem a entrada de mais mulheres no campo científico, diminuindo ?efeito tesoura? da carreira científica..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Zilene Moreira Pereira Soares - Coordenador / Carlene Gomes Rodrigues - Integrante / Thainá Rodrigues - Integrante.
2017 - 2018
A evolução dos métodos contraceptivos e o empoderamento feminino
Descrição: A ideia da contracepção já é conhecida desde a antiguidade. Há registros de métodos contraceptivos datados até mesmo de 1850 A. C. Entretanto foi o advento da pílula anticoncepcional na segunda metade do século XX que possibilitou um controle efetivo sobre o número de filhos por casal, possibilitando que a mulher pudesse exercer outras atividades, dentre elas as atividades científicas. O presente estudo foi motivado pela necessidade de compreender como os métodos contraceptivos evoluíram desde a antiguidade, incluindo seus contextos de uso e desenvolvimento, as concepções filosóficas sobre a contracepção em cada época, e como a separação entre a sexualidade e reprodução contribuiu par ao empoderamento feminino. A pesquisa possui uma abordagem histórica, na qual será realizada uma revisão de literatura a fim de encontrar os relatos históricos sobre contracepção. Além do conhecimento sobre a evolução dos métodos contraceptivos e sua relação com o processo de empoderamento feminino, espera-se que os resultados sejam apresentados em congressos, e ao final a publicação de um artigo científico. Como desdobramento desse estudo objetiva-se a elaboração de uma exposição visual com imagens dos diferentes dos diferentes métodos contraceptivos..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Zilene Moreira Pereira Soares - Coordenador / Adrielly Rodrigues Alves - Integrante.
2016 - 2018
História e Filosofia da Biologia na Formação de Professores de Biologia a partir de atividades experimentais.
Descrição: Projeto PIBID desenvolvido no Instituto de Ciências Biológicas (ICB/UFG) em parceria com professores da Escola Estadual Waldemar Mundin (Goiânia/GC). A proposta considera que a História e Filosofia da Biologia (HFB) no ensino pode fornecer subsídios para que os licenciandos compreendam as posições filosóficas e os contextos históricos de formulação das teorias da biologia. Além disso, pensando na biologia como área na qual atividades práticas e experimentais são imprescindíveis entendemos que a relação dessas com a HFB seria um ganho para o ensino, principalmente por seu papel investigativo e sua função pedagógica em auxiliar o aluno na compreensão dos fenômenos, superando a visão empírico-positivista de uma ciência objetiva e neutra. Frente a isso, a proposta do PIBID-Biologia é desenvolver com os bolsistas, ações junto à escola que discutam a HFB no ensino da ciência a partir de atividades experimentais..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (21) .
Integrantes: Zilene Moreira Pereira Soares - Coordenador / Simone Sendin Moreira Guimarães - Integrante.Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa.
2010 - 2014
Gênero e Sexualidade na prática pedagógica de professores de ciências no Rio de Janeiro
Descrição: O objetivo deste estudo é analisar a influência do curso GDE (Gênero e Diversidade na Escola) na prática pedagógica de professores de ciências do 6° ao 9° ano do Ensino Fundamental em relação ao tema orientação sexual, já que este conteúdo faz parte do currículo da disciplina de ciências naturais. Para atingir o objetivo da pesquisa foram propostas as seguintes etapas: 1. Revisão bibliográfica em periódicos da área 46 da CAPES (Ensino de Ciências e Matemática) que tratem do tema orientação sexual; 2. Análise do material didático abordado no curso GDE; 3. Entrevistas com professores que fizeram o curso GDE buscando averiguar os efeitos do curso na prática pedagógica, as mudanças e dificuldades encontradas para tratar a temática e a percepção dos professores acerca da formação continuada para o exercício da profissão. Paralelamente às entrevistas serão observadas as práticas de professores que realizaram o curso, visando complementar os dados das entrevistas. Os dados serão interpretados por meio da análise de conteúdo, categorizando as unidades do texto..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (1) .
Integrantes: Zilene Moreira Pereira Soares - Coordenador / Simone de Souza Monteiro - Integrante.Financiador(es): Instituto Oswaldo Cruz - Bolsa.
2008 - 2010
Estudo das percepções de estudantes da rede pública e da helmintofauna associada ao caramujo africano Achatina fulica Bowdich, 1822 (Mollusca, Gastropoda) em Barra doPiraí (RJ): subsídios para uma intervenção educativa
Descrição: Achatina fulica, ou caramujo africano, foi introduzido no Brasil em meados da década de 1980 para ser comercializado como ?escargot?. No entanto, em virtude da baixa demanda do mercado consumidor, os criadores desativaram seus plantéis, gerando fuga ou liberação intencional de exemplares que, livres no ambiente, espalharam-se rapidamente por quase todo país (24 estados mais o Distrito Federal). As ?densas? populações do caramujo africano causam uma série de problemas, como a destruição de hortas e jardins, competição com a fauna nativa, além de poderem transmitir zoonoses como a angiostrongilose abdominal e a meningite eosinofílica. A exemplo do que ocorre em outras partes do país, o Município de Barra do Piraí, Estado do Rio de Janeiro, encontra-se também infestado. Visando contribuir para o enfrentamento dos danos causados por essa espécie, o presente estudo objetivou: pesquisar a helmintofauna de populações de A. fulica em alguns bairros de Barra do Piraí quanto à presença de larvas de helmintos de importância médico-veterinária; analisar as percepções relacionadas ao caramujo africano entre estudantes do Ensino Fundamental de uma escola pública estadual no referido município. A pesquisa, de abordagem qualitativa, foi realizada em duas etapas: 1) coleta de exemplares de A. fulica nos bairros Arthur Cataldi, Dorândia, Química, Boca do Mato e São João no período de fevereiro de 2008 a novembro de 2009, os quais foram analisados no Laboratório de Malacologia do Instituto Oswaldo Cruz/Fiocruz (Referência Nacional em Malacologia Médica); 2) aplicação de 82 questionários e a realização de quatro grupos focais com alunos do Ensino Fundamental, além de observações de campo. Os resultados obtidos ao longo do trabalho ?comprovam? que há uma infestação de caramujos africanos no município. A pesquisa da helmitofauna revelou que caramujos provenientes de dois dos cinco bairros analisados, quais sejam, Química e Dorândia, apresentaram o nematódeo Angios.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.


Projetos de extensão


2017 - Atual
Fórum: Ser Professor! Reflexões sobre o processo formativo na licenciatura em Ciências Biológicas
Descrição: O projeto de extensão proposto visa problematizar o contexto educacional brasileiro, por meio de ações que articulem a extensão, o ensino e a pesquisa de forma indissociável, integrando a universidade e a sociedade via escolas de educação básica, preferencialmente na relação de um de seus sujeitos: os professores. Com atividades mensais entre agosto/2017 e julho/2018 o "Fórum Ser Professor" será organizado para suscitar discussões que vão desde os dilemas da formação inicial passando pelos aspectos da profissionalização e identidade docente a temas socioculturais que desafiam a prática profissional do professor na escola, em especial na área de ciências e biologia. Inclui também atividades de problematização das PCCs (Prática como Componente Curricular) referente ao curso de Licenciatura em Ciências Biológicas do ICB/UFG. Essas atividades serão organizadas como palestras, mesas redondas e/ou rodas de conversas oferecidas mensalmente. O publico alvo são discentes e docentes das licenciaturas da UFG, alunos de licenciaturas de outras IES e professores da educação básica. Esperamos atender entre 50 a 100 participantes por mês...
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (3) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Zilene Moreira Pereira Soares - Integrante / Simone Sendin Moreira Guimarães - Coordenador / Adda Daniela Lima Figueiredo Echalar - Integrante / Rones de Deus Paranhos - Integrante / Núbia Carla de Sousa Silva - Integrante / Iara Lúcia Barbosa Fernandes Vieira - Integrante / Márcia Mendes Simão - Integrante.


Revisor de periódico


2011 - Atual
Periódico: Ciências & Idéias
2012 - Atual
Periódico: Biotemas (UFSC)
2016 - Atual
Periódico: Sexualidad, Salud y Sociedad (Rio de Janeiro)
2017 - Atual
Periódico: Cadernos de Educação, Tecnologia e Sociedade


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Educação / Subárea: Ensino-Aprendizagem/Especialidade: Métodos e Técnicas de Ensino.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.


Prêmios e títulos


2015
Aprovada em 3º lugar Concurso Público na Área de Ensino de Ciencias e Biologia e Estágio Supervisionado - D.O.U. de 25/02/2015, Universidade Federal de Goiás.
2015
Aprovada em 2º lugar - Processo Seletivo Simplificado - Professora Substituta Ensino de Biologia. D.O.U 30/03/2015, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro - UFRRJ.
2015
Aprovada em 1º lugar Professora de Biologia, Secretaria de Estado de Educação Do Rio de Janeiro.
2015
Aprovada em 3º lugar Concurso Público na Área de Licenciaturas - Pedagogia, UNIVASF - Universidade Federal do Vale do São Francisco.
2010
Aprovada em 1° lugar em Concurso Público - tutora/bolsista CEDERJ - Ciências Naturais na Educação, CECIERJ.
2009
Prêmio Professor Maury Pinto de Oliveira - 2° lugar Comunicação Oral - Categoria aluno de Pós-graduação, Sociedade Brasileira de Malacologia.
2005
Aprovada em 2º lugar em concurso público/bolsista como tutora de Biologia do Pré-vestibular Social, Cederj.
2005
Aprovada em 1º lugar em concurso público como professora de Biologia, SEE/RJ.
2004
Aprovada em 1º lugar em concurso público como Bióloga, Prefeitura Municipal de Piraí.
2004
Aprovada em 3º lugar em concurso público como Bióloga, Prefeitura Municipal de Barra do Piraí.
2001
Aprovada em 2º lugar em concurso público como professora de Ciências, SEE/RJ.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
SOARES, Z. M. P.2018SOARES, Z. M. P.; MONTEIRO, S. S. ; FRAGA, L. S. ; R, S. . O uso de um jogo multimídia sobre aids entre estudantes: contribuições ao ensino de ciências. Cadernos de Educação, Tecnologia e Sociedade, v. 11, p. 323-333, 2018.

2.
CORDEIRO, K. A. S.2018CORDEIRO, K. A. S. ; SOARES, Z. M. P. . Projeto de intervenção no estágio: contribuições para formação de professores. CRÍTICA EDUCATIVA, v. 4, p. 112-122, 2018.

3.
PEREIRA, Z. M.2015 PEREIRA, Z. M.; MONTEIRO, S. S. . GÊNERO E SEXUALIDADE NO ENSINO DE CIÊNCIAS NO BRASIL: ANÁLISE DA PRODUÇÃO CIENTÍFICA (2006 ? 2011). Revista Contexto & Educação, v. 30, p. 117-146, 2015.

4.
PEREIRA, Z. M.2012PEREIRA, Z. M.; MONTEIRO, S. S. ; THIENGO, S. C. . O CARAMUJO AFRICANO EM CONTEXTO ESCOLAR: AS PERCEPÇÕES DE ESTUDANTES DO ENSINO FUNDAMENTAL E O ESTUDO DA HELMINTOFAUNA ASSOCIADA AO CARAMUJO EM BARRA DO PIRAÍ (RJ). Ensaio: Pesquisa em Educação em Ciências (Online), v. 14, p. 275-288, 2012.

5.
MALDONADO JUNIOR, A.2010 MALDONADO JUNIOR, A. ; Raquel O. Simões ; OLIVEIRA, A. P. ; MOTTA, E. ; FERNANEZ, M. A. ; PEREIRA, Z. M. ; MONTEIRO, S. S. ; Eduardo J. Lopes Torres ; THIENGO, S. C. . First report of Angiostrongylus cantonensis (Nematoda: Metastrongylidae) in Achatina fulica (Mollusca: Gastropoda) from Southeast and South Brazil. Memórias do Instituto Oswaldo Cruz (Online), v. 105, p. 938-941, 2010.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
SANTOS, N. R. L. ; PEREIRA, S. ; SOARES, Z. M. P. . Documentos curriculares oficiais assegurando a abordagem de gênero e sexualidade para a educação básica: um olhar para o ensino de ciências. In: V Simpósio Gênero e Políticas Públicas, 2018, Londrina. V Simpósio Gênero e Políticas Públicas. Londrina, 2018. p. 1-15.

2.
Martins, I.K.M. ; SOARES, Z. M. P. . Propostas de intervenção orientadas pela história e filosofia da ciência presentes nas três últimas edições do ENPEC. In: XI Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências, 2017, Florianópolis. XI Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências, 2017. p. 1-9.

3.
GONTIJO, L. S. ; SOARES, Z. M. P. ; Graciano, P. H. L. ; Faria, J.M.L. . Diversidade sexual, de gênero e raça/etnia nos trabalhos apresentados na s duas últimas edições do ENPEC (Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências) (2013 - 2015). In: XI Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências, 2017, Florianópolis. XI Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências. p. 1-9.

4.
SOARES, Z. M. P.. Formação Continuada de Professores de Ciências em Gênero e Sexualidade. In: XIII Encontro de Pesquisa em Educação da Região Centro-Oeste, 2016, Brasília. Projeto Nacional de Educação: desafios éticos, políticos e culturais. Brasília: UnB, 2016.

5.
PEREIRA, Z. M.; MONTEIRO, S. S. . Reflexos do curso Gênero e Diversidade na Escola na prática pedagógica de professores/as de ciências da rede pública do Estado do Rio de Janeiro. In: Seminário Internacional Corpo, Gênero e Sexualidade, 2014, Juiz de Fora. Seminário Internacional Corpo, Gênero e Sexualidade, 2014.

6.
PEREIRA, Z. M.; MONTEIRO, S. S. . Gênero e Sexualidade no Ensino de Ciências: Análise da produção científica recente. In: IX Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências, 2013, Águas de Lindoia. A Pesquisa em Educação em Ciências e seus Impactos em Sala de Aula, 2013.

7.
PEREIRA, Z. M.. Reflexos de Políticas de gênero e sexualidade na prática pedagógica de professores de ciências. In: XVI ENDIPE - Encontro Nacional de Didática e Prática de Ensino, 2012, Campinas. DIDÁTICA E PRÁTICAS DE ENSINO: COMPROMISSO COM A ESCOLA PÚBLICA, LAICA, GRATUITA E DE QUALIDADE, 2012. p. 2754-2763.

8.
PEREIRA, Z. M.. Gênero e Sexualidade na área de Ensino: análise da produção acadêmica. In: XVI ENDIPE - Encontro Nacional de Didática e Prática de Ensino, 2012, Campinas. DIDÁTICA E PRÁTICAS DE ENSINO: COMPROMISSO COM A ESCOLA PÚBLICA, LAICA, GRATUITA E DE QUALIDADE, 2012. p. 4172-4183.

9.
PEREIRA, Z. M.; MONTEIRO, S. S. ; THIENGO, S. C. . O ensino do tema caramujo africano: contribuições da Teoria da Aprendizagem Significativa. In: VI Encontro Nacional de Aprendizagem Significativa e 3° Encontro Nacional de Aprendizagem Significativa, 2010, São Paulo. Anais do VI Encontro Internacional de Aprendizagem Significativa e so 3° Encontro Nacional de Aprendizagem Significativa, 2010.

10.
MONTEIRO, S. S. ; FRAGA, L. S. ; R, S. ; PEREIRA, Z. M. . O uso de um recurso multimídia sobre DST/Aids com estudantes da rede pública do Rio de Janeiro: O Caso do jogo Zig-Zaids. In: VII Encontro Nacional de Pesquisadores em Educação em Ciências, 2009, Florianópolis. Anais do VII Encontro Nacional de Pesquisadores em Educação em Ciências, 2009.

11.
PEREIRA, Z. M.; PEREIRA, M. E. C. ; LEMOS, E. S. . Reflexões sobre o uso de mapas conceituais nos trabalhos apresentados no I Encontro Nacional de Aprendizagem Significativa - I ENAS (2005). In: II Encontro Nacional de Aprendizagem Significativa, 2008, Canela. Anais do II Encontro Nacional de Aprendizagem Significativa, 2008.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
PEREIRA, Z. M.; MONTEIRO, S. S. ; THIENGO, S. C. . Percepções de estudantes da Rede Pública sobre o Caramujo Africano Achatina fulica em. In: I Simpósio em Ensino de Ciências e Meio Ambiente do Rio de Janeiro, 2009, Volta Redonda. Anais do I Simpósio em Ensino de Ciêncais e Meio Ambiente do Rio de Janeiro, 2009. p. 67-67.

2.
PEREIRA, Z. M.; MONTEIRO, S. S. ; FERNANEZ, M. A. ; OLIVEIRA, A. P. ; Pires, P.S. ; THIENGO, S. C. . Percepções dos estudantes de uma escola pública em Barra do Piraí, Estado do Rio de Janeiro, acerca do caramujo africano Achatina fulica e o estudo parasitológico desses caramujos: dados preliminares. In: XXI Encontro Brasileiro de Malacologia, 2009, Rio de Janeiro. A Malacologia sempre em Evolução, 2009. p. 442-442.

Artigos aceitos para publicação
1.
SOARES, Z. M. P.; MONTEIRO, S. S. . Formação de professores/as em gênero e sexualidade: possibilidades e desafios. EDUCAR EM REVISTA, 2019.

2.
PAULA, T. C. ; SOARES, Z. M. P. . CLASSES HOSPITALARES: A INTEGRAÇÃO ENTRE SAÚDE E EDUCAÇÃO COMO UM DIREITO LEGÍTIMO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE. CADERNOS DA PEDAGOGIA (UFSCAR. ONLINE), 2018.

Apresentações de Trabalho
1.
Faria, J.M.L. ; GUIMARÃES, L. N. ; SANTIAGO, G. S. ; SILVA, D. R. ; SOARES, Z. M. P. . Aproximação de estudantes de licenciatura com a escola campo: atividades e intervenção do PIBID Biologia. 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

2.
NOGUEIRA, A. F. ; MOTA, N. A. ; SOUSA, D. F. ; SANTOS, J. B. ; SOARES, Z. M. P. . Relato da experiência da aula prática: história das reações químicas que ocorrem nos organismos vivos (fotossíntese, respiração e fermentação). 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

3.
SOARES, Z. M. P.. Afinal, existe ideologia de gênero?. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
Martins, I.K.M. ; COSTA, M. R. ; SOUSA, J. F. A. ; SILVA, D. R. ; SOARES, Z. M. P. . Abordagem histórica e filosófica da ciência no estudo do período colonial: uma experiência no PIBID-BIO. 2017. (Apresentação de Trabalho/Outra).

5.
MOTA, N. A. ; SOUSA, D. F. ; NOGUEIRA, A. F. ; SANTOS, J. B. ; SOARES, Z. M. P. . Relato de experiência da aula prática: história da radiação. 2017. (Apresentação de Trabalho/Outra).

6.
PEREIRA, Z. M.. O ensino da malacologia na Educação Básica: o tema caracol africano. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

7.
PEREIRA, Z. M.; MONTEIRO, S. S. . Reflexos do curso Gênero e Diversidade na Escola na prática pedagógica de professores/as de ciências da rede pública do Estado do Rio de Janeiro. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

8.
PEREIRA, Z. M.. Reflexos do curso GDE na prática pedagógica de professores/as de ciências da rede pública do Estado do Rio de Janeiro. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

9.
PEREIRA, Z. M.; MONTEIRO, S. S. . Gênero e Sexualidade no Ensino de Ciências no Brasil: Análise da produção científica recente. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

10.
PEREIRA, Z. M.. Sexualidade e Gênero na prática pedagógica de professores de ciências no Rio de Janeiro. 2011. (Apresentação de Trabalho/Outra).

11.
PEREIRA, Z. M.; MONTEIRO, S. S. . Reflexos da epidemia de Aids: Gênero e Sexualidade na prática pedagógica de professores de ciências no Rio de Janeiro. 2010. (Apresentação de Trabalho/Outra).

12.
PEREIRA, Z. M.; MONTEIRO, S. S. ; FERNANEZ, M. A. ; OLIVEIRA, A. P. ; Pires, P.S. ; THIENGO, S. C. . Percepções dos estudantes de uma escola pública em Barra do Piraí, RJ, acerca do caramujo africano Achatina fulica e o estudo parasitológico desses caramujos: dados preliminares. 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

13.
PEREIRA, Z. M.; MONTEIRO, S. S. ; THIENGO, S. C. . Percepções de estudantes da Rede Pública sobre o caramujo africano Achatina fulica em Barra do Piraí, RJ: Subsídios para uma Intervenção Educativa. 2009. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

14.
PEREIRA, Z. M.; PEREIRA, M. E. C. ; LEMOS, E. S. . Reflexões sobre o uso de mapas conceituais nos trabalhos apresentados no I° Encontro Nacional de Aprendizagem Significativa - I° ENAS (2005).. 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).


Produção técnica
Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
SOARES, Z. M. P.. Entre feminazes e mimimi: mulheres na ciência: ainda somos poucas!. 2018. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).

2.
SOARES, Z. M. P.; SIMAO, C. L. L. . Ensino de Ciências e Saúde. 2018. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).


Demais tipos de produção técnica


Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
BRIGEIRO, M. M. C.; PEREIRA, Z. M.. Participação em banca de Tamara Gabriely de Souza Ribeiro Santos.Os desafios da educação inclusiva na transição para o 1º segmento do ensino fundamental em uma escola pública: um estudo de caso. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Pedagogia) - Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro.

2.
BRIGEIRO, M. M. C.; PEREIRA, Z. M.. Participação em banca de Elizângela Aparecida de Souza.Bullying no espaço escolar: consquencias e prevenções. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Pedagogia) - Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro.




Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
I Encontro Nacional da Nova Rede de Pesquisas em Feminismos e Política. 2018. (Encontro).

2.
Jornada Paulo Freire na Educação em Ciências. 2018. (Encontro).

3.
Seminário Mulheres na Ciência. 2018. (Seminário).

4.
ENCONTRO REGIONAL DE ENSINO DE BIOLOGIA.Abordagem histórica e filosófica da ciência no estudo do período colonial: uma experiência do PIBID-BIO. 2017. (Encontro).

5.
Gênero Ameaça(N)do: análises e resistências frente a movimentações conservadoras sob a perspectiva dos Direitos Humanos. 2017. (Seminário).

6.
IV CONGRESSO INTERNACIONAL DE SEXUALIDADE E EDUCAÇÃO s SSEXUAL. 2017. (Congresso).

7.
IV ENCONTRO DE BIOÉTICA. 2017. (Encontro).

8.
V Seminário Integrador Internacional. 2017. (Seminário).

9.
XIII Encontro de Pesquisa em Educação da Região Centro-Oeste.Formação Continuada de Professores de Ciências em Gênero e Sexualidade. 2016. (Encontro).

10.
IX ENPEC - 9 Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências.Gênero e Sexualidade no Ensino de Ciências no Brasil: Análise da produção científica recente. 2013. (Encontro).

11.
Palestra: Do caráter complexo da formação para docência. 2012. (Outra).

12.
XVI ENDIPE.Reflexos de políticas de gênero e sexualidade na prática pedagógica de professores/as de ciências. 2012. (Encontro).

13.
XVI ENDIPE - Encontro Nacional de Didática e Prática de Ensino.Gênero e Sexualidade na pesquisa na área de ensino: análise da produção acadêmica. 2012. (Encontro).

14.
II Encontro de Pesquisa do Programa de Pós-Graduação Stricto sensu em Ensino em Biociências e Saúde.Sexualidade e Gênero na prática pedagógica de professores(as) de ciências no Rio de Janeiro. 2011. (Encontro).

15.
I Encontro de Pesquisa do Programa de Pós-Graduação Stricto sensu em Ensino em Biociências e Saúde do Instituo Oswaldo Cruz.Reflexos da epidemia de Aids: Gênero e Sexualidade na prática pedagógica de professores de ciências no Rio de Janeiro. 2010. (Encontro).

16.
VI Encontro INternacional de Aprendizagem Significativa e 3° Encontro Nacional de Aprendizagem Significativa.O ensino do tema caramujo africano: contribuições da Teoria da Aprendizagem Significativa. 2010. (Encontro).

17.
I Simpósio em Ensino de Ciências e Meio Ambiente do Rio de Janeiro.Percepções de estudantes da Rede Pública sobre o caramujo africano Achatina fulica em Barra do Piraí, RJ: Subsídios para uma Intervenção Educativa. 2009. (Simpósio).

18.
XXI Encontro Brasileiro de Malacologia.PERCEPÇÕES DOS ESTUDANTES DE UMA ESCOLA PÚBLICA EM BARRA DO PIRAÍ, RJ, ACERCA DO CARAMUJO AFRICANO, Achatina fulica, E O ESTUDO PARASITOLÓGICO DESSES CARAMUJOS: DADOS PRELIMINARES. 2009. (Encontro).

19.
Congresso de Educação UBM Valores e Atitudes. 2008. (Congresso).

20.
I Encontro Nacional de Ensino de Ciência da Saúde e do Ambiente - ENEC. 2008. (Encontro).

21.
II Encontro Nacional de Aprendizagem Significativa - II ENAS.Reflexões sobre o uso de mapas conceituais nos trabalhos apresentados no 1° Encontro Nacional de Aprendizagem Significativa - 1° ENAS (2005). 2008. (Encontro).

22.
Treinamento em Educação Afetivo Sexual para Professor Semente. 2002. (Outra).

23.
XI Encontro de Biólogos do Rio de Janeiro - ENBIO. 2002. (Encontro).

24.
X ENBIO. 2000. (Encontro).

25.
Encontro Ambiental de Sul Fluminense. 1999. (Encontro).

26.
IX Encontro Nacional de Biólogos - IX ENBIO. 1999. (Encontro).

27.
Palestras: "Aspectos Psicológicos do doente de Aids'" e "Aspectos médicos da Aids e a Aids na Escola". 1999. (Outra).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
SOARES, Z. M. P.. XIV Encontro de Pesquisa em Educação. 2018. (Outro).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Iniciação científica
1.
Pedro Henrique Linhares Graciano. Sala de aula: espaço para atividades práticas e inserção da história e filosofia da biologia. Início: 2016. Iniciação científica (Graduando em Abi - Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Goiás, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).

2.
Maressa Rodrigues Costa. Sala de aula: espaço para atividades práticas e inserção da história e filosofia da biologia. Início: 2016. Iniciação científica (Graduando em Abi - Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Goiás, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).

3.
Verônica Izoton Gabriel. Sala de aula: espaço para atividades práticas e inserção da história e filosofia da biologia. Início: 2016. Iniciação científica (Graduando em Abi - Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Goiás, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).

4.
João Marcos de Lima Faria. Sala de aula: espaço para atividades práticas e inserção da história e filosofia da biologia. Início: 2016. Iniciação científica (Graduando em Abi - Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Goiás, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).

5.
Iury Kesley Marques de Oliveira Martins. Sala de aula: espaço para atividades práticas e inserção da história e filosofia da biologia. Início: 2016. Iniciação científica (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Goiás, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).

6.
Grenda Sales Santiago. Sala de aula: espaço para atividades práticas e inserção da história e filosofia da biologia. Início: 2016. Iniciação científica (Graduando em Abi - Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Goiás, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).

7.
Dayane Francisca de Sousa. Sala de aula: espaço para atividades práticas e inserção da história e filosofia da biologia. Início: 2016. Iniciação científica (Graduando em Abi - Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Goiás, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).

8.
Nathália Alves Mota. Sala de aula: espaço para atividades práticas e inserção da história e filosofia da biologia. Início: 2016. Iniciação científica (Graduando em Abi - Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Goiás, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).

9.
Ana Flávia Nogueira. Sala de aula: espaço para atividades práticas e inserção da história e filosofia da biologia. Início: 2016. Iniciação científica (Graduando em Abi - Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Goiás, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Eugênia Lúcia Siqueira da Silva. Dificuldades de aprendizagem. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Pedagogia) - Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro. Orientador: Zilene Moreira Pereira Soares.

2.
Cynthia Eccard Resende. A importância da afetividade docente no processo ensino-aprendizagem. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Pedagogia) - Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro. Orientador: Zilene Moreira Pereira Soares.

3.
Adriana dias Barcellos. A importância da alfabetização e do letramento para as primeiras séries do Ensino Fundamental. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Pedagogia) - Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro. Orientador: Zilene Moreira Pereira Soares.

4.
Mirela Soares Menezes. Alfabetização e letramento de acordo com a nova proposta do PNAIC (Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa). 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Pedagogia) - Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro. Orientador: Zilene Moreira Pereira Soares.

5.
TERESA RACHEL DE OLIVEIRA MORAIS BONFIM. AFETIVIDADE NA COMUNICAÇÃO ENTRE ADULTOS E CRIANÇAS NA EDUCAÇÃO INFANTIL. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Pedagogia) - Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro. Orientador: Zilene Moreira Pereira Soares.

6.
Nathália de Souza Machado. Da integração à exclusão: a educação especial corroborando com o atendimento integral ao educando com deficiência. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Pedagogia) - Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro. Orientador: Zilene Moreira Pereira Soares.



Educação e Popularização de C & T



Artigos
Artigos completos publicados em periódicos
1.
PEREIRA, Z. M.2015 PEREIRA, Z. M.; MONTEIRO, S. S. . GÊNERO E SEXUALIDADE NO ENSINO DE CIÊNCIAS NO BRASIL: ANÁLISE DA PRODUÇÃO CIENTÍFICA (2006 ? 2011). Revista Contexto & Educação, v. 30, p. 117-146, 2015.

2.
PEREIRA, Z. M.2012PEREIRA, Z. M.; MONTEIRO, S. S. ; THIENGO, S. C. . O CARAMUJO AFRICANO EM CONTEXTO ESCOLAR: AS PERCEPÇÕES DE ESTUDANTES DO ENSINO FUNDAMENTAL E O ESTUDO DA HELMINTOFAUNA ASSOCIADA AO CARAMUJO EM BARRA DO PIRAÍ (RJ). Ensaio: Pesquisa em Educação em Ciências (Online), v. 14, p. 275-288, 2012.


Apresentações de Trabalho
1.
PEREIRA, Z. M.. O ensino da malacologia na Educação Básica: o tema caracol africano. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).



Outras informações relevantes


Atuou como presidente de Sessão de Comunicações Orais no XXI Encontro Brasileiro de Malacologia, realizado entre os dias 19 e 24 de julho de 2009, na Universidade do Estado do Rio de Janeiro.



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 21/01/2019 às 23:16:01