Fellipe Coelho Lima

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/5116689205242979
  • Última atualização do currículo em 18/06/2018


Atualmente é Professor Adjunto da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, campus de Santa Cruz (FACISA). Possui graduação (2010), mestrado (2013) e doutorado (2016) em Psicologia pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte. É membro do Grupo de Estudos e Pesquisa sobre o Trabalho (GEPET/UFRN) e do Grupo de Pesquisas Marxismo & Educação (GPM&E/UFRN). Tem experiência na área de Psicologia, com ênfase em Psicologia do Trabalho e das Organizações e Psicologia Social, atuando principalmente nos seguintes temas: ideologia no trabalho, sentido/significado do trabalho, informalidade, desemprego, políticas sociais, profissão e formação de psicólogo, teoria social marxista/marxiana. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Fellipe Coelho Lima
Nome em citações bibliográficas
Coelho-Lima, F.;Lima, F. C.;COELHO-LIMA, FELLIPE


Formação acadêmica/titulação


2013 - 2016
Doutorado em Psicologia.
Universidade Federal do Rio Grande do Norte, UFRN, Brasil.
Título: Ideologia e significado do trabalho: o caso dos trabalhadores por conta própria, Ano de obtenção: 2016.
Orientador: Pedro F Bendassolli.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Ideologia; informalidade; Marxismo; Camelô; Etnografia.
2011 - 2013
Mestrado em Psicologia.
Universidade Federal do Rio Grande do Norte, UFRN, Brasil.
Título: A Psicologia do Trabalho e das Organizações na formação graduada do psicólogo no Brasil,Ano de Obtenção: 2013.
Orientador: Oswaldo Hajime Yamamoto.
Coorientador: Pedro F Bendassolli.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: formação do psicólogo; Psicologia do Trabalho e Organizacional; novas diretrizes.
Grande área: Ciências Humanas
2010 - 2010
Graduação em Psicologia.
Universidade Federal do Rio Grande do Norte, UFRN, Brasil.
2006 - 2009
Graduação em Bacharelado em Psicologia.
Universidade Federal do Rio Grande do Norte, UFRN, Brasil.




Formação Complementar


2015 - 2015
Ontologia do Ser Social de G. Lukács. (Carga horária: 20h).
Universidade Federal do Rio Grande do Norte, UFRN, Brasil.
2011 - 2011
Assédio Moral no Trabalho. (Carga horária: 4h).
Rede Iberoamericana de Psicologia Organizacional e do Trabalho, RIPOT, Brasil.
2009 - 2009
Recrutamento e seleção de pessoal por competência. (Carga horária: 20h).
Instituto Euvaldo Lodi - RN (RN), IEL-RN, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Federal do Rio Grande do Norte, UFRN, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Professor vinculado a Faculdade de Ciências da Saúde do Trairi (FACISA - UFRN)

Vínculo institucional

2014 - 2014
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Docente assistido, Carga horária: 4
Outras informações
TÓPICOS DE PSICOLOGIA ORGANIZACIONAL E DO TRABALHO I

Vínculo institucional

2012 - 2012
Vínculo: Voluntário, Enquadramento Funcional: Docente assistido, Carga horária: 8

Vínculo institucional

2007 - 2010
Vínculo: Bolsista Voluntário, Enquadramento Funcional: Bolsista Volutnário, Carga horária: 20

Atividades

12/2016 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Ciências da Saúde do Trairi, .

Cargo ou função
Membro do Núcleo Docente Estruturante do Curso de Psicologia da FACISA/UFRN.
08/2016 - Atual
Direção e administração, Faculdade de Ciências da Saúde do Trairi, .

Cargo ou função
Coordenador de Estágio do Curso de Psicologia da FACISA/UFRN.
08/2016 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Ciências Humanas Letras e Artes, Departamento de Psicologia.

07/2017 - 12/2017
Ensino, Psicologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Psicologia Social do Trabalho
Atividade Teórico-Prática em Psicologia II (Processos de Trabalho)
Tópicos Especiais em Psicologia na Educação II (Introdução ao marxismo)
02/2017 - 06/2017
Ensino, Psicologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Fundamentos da Psicologia Organizacional
Bases Filosóficas do Comportamento Humano
07/2016 - 12/2016
Ensino, Psicologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Psicologia Social do Trabalho
Atividade Teórico-Prática em Psicologia II (Processos de Trabalho)
Processos de subjetividade
02/2014 - 06/2014
Ensino, Psicologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
TÓPICOS DE PSICOLOGIA ORGANIZACIONAL E DO TRABALHO I
02/2012 - 07/2012
Ensino, Psicologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Desenvolvimento Institucional I

Conselho Federal de Psicologia, CFP, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - 2016
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pesquisador, Carga horária: 20

Vínculo institucional

2013 - 2014
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pesquisador Júnior, Carga horária: 10


Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte, IFRN, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - 2014
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor substituto, Carga horária: 40

Atividades

10/2013 - Atual
Ensino, Produção Cultural, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Psicologia das Relações Interpessoais
10/2013 - Atual
Ensino, Gestão Desportiva e de Lazer, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Gestão de pessoas
06/2013 - Atual
Ensino, Produção Cultural, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Psicologia das Relações Interpessoais
06/2013 - Atual
Ensino,

Disciplinas ministradas
Relações interpessoais
Técnicas de comunicação
06/2013 - Atual
Extensão universitária , Campus Natal - Cidade Alta, .

Atividade de extensão realizada
Ação social e literatura.
06/2010 - Atual
Ensino,

Disciplinas ministradas
Relações interpessoais
Técnicas de comunicação

Faculdade Maurício de Nassau - Natal/RN, FMN, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - 2014
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Docente, Carga horária: 20

Atividades

02/2013 - Atual
Ensino, CST em Segurança do Trabalho, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Gestão do Stress
02/2013 - Atual
Ensino, Psicologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Psicologia Social
06/2013 - 12/2013
Ensino, Psicologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Prática em Pesquisa

Associação Brasileira de Psicologia Social, ABRAPSO, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - 2015
Vínculo: Voluntário, Enquadramento Funcional: Coordenador do Núcleo RN, Carga horária: 4


Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2011
Vínculo: Bolsista de Apoio Técnico, Enquadramento Funcional: Bolsista de Apoio Técnico, Carga horária: 20
Outras informações
Bolsista de Apoio Técnico do Grupo de Pesquisas "Marxismo & Educação", coordenado pelo Prof. Dr. Oswaldo Hajime Yamamoto na Universidade Federal do Rio Grande do Norte.


Secretaria de Estado da Saúde Pública | Governo do RN, SESAP/RN, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - 2011
Vínculo: Estagiário, Enquadramento Funcional: Estagiário de Psicologia, Carga horária: 20

Atividades

09/2010 - 02/2011
Estágios , Hospital Dr. José Pedro Bezerra, Assessoria de Recursos Humanos.

Estágio realizado
em Treinamento e Desenvolvimento de pessoas, Gerenciamento de conflitos e Pesquisa de Stress e Suporte Organizacional.

Secretaria Municipal de Trabalho e Assistência Social, SEMTAS, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - 2010
Vínculo: Outros, Enquadramento Funcional: Estagiário de Psicologia, Carga horária: 20

Atividades

03/2010 - 08/2010
Estágios , Secretaria Municipal de Trabalho e Assistência Social, Centro Público de Emprego, Trabalho e Renda.

Estágio realizado
em Recrutamento e Seleção de pessoal; Orientação profissional; Pesquisas internas.

W7K Segurança, W7K, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - 2016
Vínculo: Prestação de serviço, Enquadramento Funcional: Consultor de gestão de pessoas, Carga horária: 20
Outras informações
Realização de processos de recrutamento e seleção de pessoas, treinamento, mediação de conflitos e desenvolvimento de habilidades interpessoais em equipes de trabalho.



Linhas de pesquisa


1.
Professor Colaborador do Programa de Pós-Graduação em Psicologia


Projetos de pesquisa


2017 - Atual
Vivências dos trabalhadores desempregados: estratégias de sobrevivência, superação e significação do trabalho/desempego
Descrição: A presente pesquisa tem por objetivo analisar o percurso traçado por trabalhadores e trabalhadoras enquanto desempregados/as, atentando para os efeitos dessa situação na sua dimensão psicossocial e nos seus processos de resistência e enfrentamento. Mais especificamente, serão focalizados quatro eixos: a) estratégias utilizadas para sobrevivência, b) estratégias para a busca de um novo emprego, c) processo de significação do trabalho e do desemprego e d) projetos para o futuro laboral. Essa investigação adota os pressupostos da Psicologia Histórico-Cultural compreendendo que a dinâmica subjetiva dos sujeitos é caracterizada por um intenso processo de reorganização qualitativa de suas capacidades frente os conflitos postos na sua realidade concreta e imediata. Portanto, há uma imbricação entre as práxis adotadas pelos sujeitos e o modo como significam a sua situação, sendo o mediador desse processo os signos que permitem a apropriação e objetivação dos sujeitos no mundo. Seguindo esses pressupostos, a metodologia em Psicologia precisa captar a dinamicidade dos processos subjetivos e, para tanto, desenvolver uma compreensão dialética e processual dos mesmos. Assumindo esses pressupostos teórico-metodológicos, a presente investigação possui um desenho qualitativo que busca acompanhar por um período as vivências e reorganizações operadas nas consciências dos sujeitos e nas suas consequentes práxis pela situação de desemprego. Participarão da pesquisa trabalhadores e trabalhadoras desempregadas que residem em algum dos municípios da região do Trairi, iniciando o processo de acompanhamento com aqueles que foram demitidos na última semana de contato com os pesquisadores, sendo interrompido esse contato quanto do ingresso do trabalhador em uma nova atividade laboral fixa ou pelo período de um ano (quando adentram no desemprego de longa duração). Serão utilizados dois instrumentos para a coleta de dados. Um, são entrevistas em profundidade quinzenais que abordem a) os sentidos e significados atribuídos ao trabalho e ao desemprego; b) estratégias de sobrevivência durante o desemprego; c) estratégias de superação dessa situação e d) planos para o futuro laboral. Também será captado aspectos afetivos, dificuldades e elaborações de diversas ordens relativas a esses quatro eixos. O segundo é a produção, por parte dos sujeitos, de auto relatos espontâneos e livres acerca das suas vivências diárias na situação de desemprego. Os dados advindos de ambas as fontes serão coligidos a fim de, primeiramente, construir uma trajetória individual com informações subjetivas e objetivas quanto ao desenvolvimento da sua situação no desemprego. Posteriormente, tais trajetórias serão comparadas entre si, na busca de diferenças e similaridades quanto as diversas formas de se experienciar o desemprego. Nesse processo, espera-se obter os pontos de reorganização da compreensão de sua situação, bem com os disparadores para adoção ou abandono de determinadas estratégias, permitindo assim, aproximar dos processos psicossociais que levam os trabalhadores desempregados a assumirem empregos precários, informais ou mesmo desistir da busca por emprego. Assim, essa pesquisa justifica-se por: a) introduzir uma nova abordagem acerca do fenômeno do desemprego, aproximando-se da processualidade das vivências e práxis dos trabalhadores nessa situação; b) tratar do tema a partir dos trabalhadores que residem em municípios interioranos com menor estruturação do mercado de trabalho ? algo ignorado na literatura sobre a temática -; c) oportunizar aos discentes do curso de Psicologia da FACISA um espaço de desenvolvimento dos debates conduzidos nas disciplinas de Psicologia Social do Trabalho e de Método de Pesquisa em Psicologia e d) permitir a consolidação de intercâmbio entre docentes do curso de Psicologia da FACISA com os do campus de Natal da UFRN..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (17) .
Integrantes: Fellipe Coelho Lima - Coordenador / Pedro Fernando Bendassolli - Integrante / Tatiana Torres - Integrante.Financiador(es): Universidade Federal do Rio Grande do Norte - Bolsa.
2015 - 2017
Representação social do trabalhador informal
Descrição: O projeto tem por objetivo analisar representações sociais do trabalhador informal por duas vias: difusão midiática e conhecimento consensual do grupo de trabalhadores informais, considerando a relação entre imagem, informação e atitude, prevista por S. Moscovici. O projeto está sendo desenvolvido em duas universidades (UFRN e UFPB) com alunos de iniciação científica em ambas universidades. Especificamente os planos de trabalho envolvem o estudo de RS do trabalho, trabalhadores mais velhos e idadismo no contexto do trabalho informal...
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) .
Integrantes: Fellipe Coelho Lima - Coordenador / Tatiana Lucena Torres - Integrante / Daniele de Souza Paulino - Integrante / Ana Paula Freitas - Integrante / Isis Aríscia de Araújo Martins - Integrante / Silvana Carneiro Maciel - Integrante / Linniker Matheus Soares de Moura - Integrante.
2015 - Atual
Ideologia e significado do trabalho em jovens trabalhadores desempregados de baixa renda
Descrição: O projeto aqui apresentado visa identificar as possíveis relações entre desemprego e significado do trabalho para jovens trabalhadores de baixa renda. Essa questão foi suscitada pelas configurações do mundo do trabalho no presente século, marcada, principalmente, pela precarização do trabalho e pelo aprofundamento do desemprego, especialmente na população jovem e periférica. Além disso, partimos da premissa de que a investigação dos processos de construção do significado do trabalho nessa parcela da classe trabalhadora pode viabilizar uma problematização acerca das repercussões, no plano subjetivo (não subjetivista), das tentativas de assujeitamento desses trabalhadores por parte do capitalismo e de suas resistências. A escolha específica por essa parcela da classe trabalho deveu-se a centralidade dela na construção, a longo prazo, da cultura política que permeara essa classe. Pretende-se com isso revelar o modo como as vivências do desemprego afetam a construção do significado do trabalho, compreendendo que muitas dessas transformações são mediadas pela integração da ideologia do trabalho dominante. Para conduzir essa investigação, iremos acompanhar alguns jovens na situação de desemprego durante um determinado período de tempo, durante o qual realizaremos entrevistas em profundidade para identificar o significado que esses sujeitos atribuem ao trabalho, concatenando com os eventos vivenciados por esses jovens na busca de uma atividade de trabalho..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Fellipe Coelho Lima - Integrante / Pedro Fernando Bendassolli - Coordenador / Tatiana Torres - Integrante / SANTOS NÜSSLE, FLORA - Integrante / Daniele Souza Paulino - Integrante.
2015 - Atual
Significação no trabalho para microempreendedores atuando no setor informal em uma capital do nordeste brasileiro
Descrição: Estima-se que, no Brasil, 27% da População Economicamente Ativa (PEA) trabalhe no setor informal (IGBE, 2014). O fenômeno da informalidade caracteriza-se, do ponto de vista do trabalho, por uma diversidade de arranjos laborais, contextos produtivos, bens e serviços produzidos, condições de trabalho e relacionamento com as instituições do Estado. Do ponto de vista psicossocial, a informali-dade compreende igualmente uma ampla diversidade de formas de interação, sociabilidades, trajetórias laborais, competências, motivações, sentidos e significados. Embora possam ser encontrados estudos, no interior da Psicologia do Trabalho, sobre a informalidade, ainda parece haver espaço (e mesmo necessidade) para novas investigações. Nesse contexto, o presente projeto tem como objetivo investigar o processo de significação no trabalho microempreendedores informais atuando na cidade de Natal, no RN, explorando cada um de seus componentes: sentidos, significados e atividade, tendo em vista contribuir para a compreensão de suas potenciais repercussões psicossociais. Em termos específicos, visa levantar conteúdos relacionados ao trabalho na informalidade e difundidos culturalmente; identificar aspectos coletivos dos significados do trabalho informal, bem como aspectos objetivos da atividade de trabalho nesse contexto; investigar a produção de sentidos no trabalho informal, enfatizando os aspectos dinâmicos e singulares da relação das pessoas com sua atividade e contexto; e analisar a relação do processo de significação no trabalho informal com a centralidade do trabalho e a intenção de permanecer na informalidade por parte dos trabalhadores. Inscreve-se, de modo adaptado, no campo teórico delimitado pelas teorias da atividade e pela psicologia social. Metodologicamente, está dividido em três fases. Na primeira, será realizado um estudo documental visando captar repertórios/conteúdos sobre significados do trabalho na informalidade. Na segunda, será elaborado um inventário a ser aplicado a, aproximadamente, 400 microempreendedores informais. Tal inventário conterá um instrumento padronizado (para captar significados no trabalho), e outros questionários visando levantar informações objetivas (coletivas) sobre a atividade realizada por esses microempreendedores e características sócio-biográficas. A última fase consistirá de um estudo qualitativo, baseado em entrevista com recurso da técnica de ?instrução ao sósia?, com participantes selecionados da fase anterior. O projeto é finalizado com uma análise integrativa de todas as fases, visando desenvolver produtos de disseminação, tais como relatórios técnicos, livros, artigos e orientações ao nível de pós-graduação...
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2015 - Atual
A profissão de psicologia nas políticas públicas: subsídios para a atuação do psicólogo

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Isabel Maria Farias Fernandes de Oliveira em 12/04/2016.
Descrição: O psicólogo tem, desde o final do século passado, participado das políticas publicas, havendo um incremento no número de contratação desses profissionais nas últimas décadas. Paralelo ao crescimento nos postos de trabalho nesse campo, diversos estudos vem apontando a necessidade desses profissionais qualificarem as suas práticas profissionais de acordo com as demandas das políticas. Nessa direção, em 2006, foi criado, pelo Conselho Federal de Psicologia (CFP), o Centro de Referência Técnica em Psicologia e Políticas Públicas (CREPOP), tendo como objetivo produzir referências que orientem a prática dos psicólogos nas diversas políticas públicas. Para tanto, são empreendidas pesquisas exploratórias sobre a atividade exercida pelo psicólogo nesses espaços, as quais subsidiarão a produção das referências por especialistas nas temáticas. No processo de investigação exploratória o CREPOP/CFP estabeleceu, desde 2011, parceria com o Grupo de Pesquisa Marxismo & Educação (GPM&E) a fim de assessorá-los no planejamento das pesquisas, bem como sistematização e análise dos dados gerados. De acordo com a demanda do CREPOP/CFP, os dois novos ciclos de pesquisas versarão acerca da atuação do psicólogo nas políticas públicas de garantia dos direitos sexuais e reprodutivos e das políticas públicas voltadas as populações indígenas, povos tradicionais e quilombolas. Assim, o objetivo do presente projeto é analisar a atuação do psicólogo nas políticas públicas brasileiras de direitos sexuais e reprodutivos e nas políticas públicas brasileiras voltadas à população indígena, povos tradicionais e quilombolas, no que se refere aos modelos de atuação empregados e sua consonância com os princípios e diretrizes das políticas em questão. Os procedimentos metodológicos se circunscrevem na análise qualitativa e quantitativa dos dados gerados pelos grupos com psicólogos, entrevistas com os gestores dos equipamentos no qual o psicólogo está lotado e nos questionário on-line voltado aos psicólogos que atuam nessas políticas. Os dois primeiros conjuntos de informações serão analisados qualitativamente no intuito de gerarem-se categorias acerca da atuação do psicólogo e do seu contexto de trabalho; o terceiro conjunto de dados será analisado estatisticamente por meio de modelos descritivos, a fim de identificar tendências acerca da prática profissional. Esses dados serão integrados em um relatório que subsidiará a produção das referências técnicas de atuação do psicólogo nessas políticas..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (3) .
Integrantes: Fellipe Coelho Lima - Integrante / Joyce Pereira da Costa - Integrante / Keyla Mafalda de Oliveira Amorim - Integrante / Luana Isabelle Cabral Santos - Integrante / Oswaldo Yamamoto - Integrante / Pablo de Sousa Seixas - Integrante / Isabel Fernandes de Oliveira - Coordenador / Ilana Lemos de Paiva - Integrante / Pollyanna Carvalho de Siqueira Gê - Integrante / Ana Ludmila Freire Costa - Integrante / anna carolina vidal - Integrante.Financiador(es): Conselho Federal de Psicologia - Cooperação.
2013 - 2014
A Psicologia e as políticas públicas ? novos estudos
Descrição: O campo das políticas públicas tem absorvido cada vez mais psicólogos. Uma vez que sua inserção se deu pela via das políticas de saúde, hoje a Psicologia tem atuado junto a diversos outros setores públicos como na Assistência Social, Mobilidade Urbana e Direitos Humanos. Como essa expansão aconteceu de forma relativamente rápida, o mesmo processo não foi visto na produção científica que pudesse subsidiar essa nova prática. Visando superar essa lacuna, em 2006 foi criado o Centro de Referência Técnica em Psicologia e Políticas Públicas (CREPOP) pelo Conselho Federal de Psicologia. Seu objetivo central é produzir referências qualificadas que orientem a prática do psicólogo no campo das politicas públicas. Para tanto, o CREPOP empreende um amplo mapeamento em todo o território nacional, buscando identificar as práticas desenvolvidas por psicólogos nos diversos âmbitos das políticas públicas. Este projeto de pesquisa vem dar continuidade a um conjunto de análises dos dados levantados pelo CREPOP no que se refere aos modelos de atuação e sua articulação com os princípios e diretrizes das políticas em questão. O trabalho a ser realizado contempla três setores diferentes das políticas: segurança pública e Política Nacional do Idoso (dados coletados em 2011) e políticas voltadas para população de rua (dados que serão coletados em 2012). Os dados a serem analisados referem-se aos seguintes aspectos: o papel do psicólogo na política pública, o contexto no qual está inserido, dados da atuação cotidiana (teorias e conceitos utilizados, atividades desenvolvidas, prática multiprofissional, rede de referência e contra-referência e condições de trabalho) e informações complementares (implicações éticas do trabalho, formação acadêmica e capacitação profissional). As informações serão sistematizadas utilizando-se o software QDA Miner v.3.2 e pretende-se realizar os seguintes passos: Leitura integral dos relatórios; construção de um quadro com as categorias que emergiram da leitura in.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2013 - 2014
ESTUDO SOBRE A SAÚDE MENTAL DOS SERVIDORES DO CÂMPUS NATAL - CIDADE ALTA / IFRN: UMA AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) .
Integrantes: Fellipe Coelho Lima - Integrante / Ricardo Xavier Barbosa - Coordenador / Maria Josely de Figueiredo Gomes - Integrante / Evanne Paula Domingos - Integrante.
2012 - 2013
A prática do psicólogo no campo das políticas públicas
Descrição: O Centro de Referência Técnica em Psicologia e Políticas Públicas - CREPOP - foi criado em 2006, pelo Sistema Conselhos, com o objetivo de produzir referências qualificadas que orientem a prática do psicólogo no campo das politicas públicas. Dessa forma, o CREPOP propõe-se a produzir informação que visa ampliar a capacitação dos psicólogos na compreensão das políticas públicas de modo geral e da compreensão teórica e técnica do processo de elaboração, planejamento, execução das políticas públicas nas diversas áreas específicas: saúde, educação, assistência social, sistema de garantia de direitos, dentre outras. Para tanto, o CREPOP vem realizando levantamento de dados em todo o território nacional, buscando mapear as práticas dos psicólogos nesse campo, bem como identificar práticas que possam ser consideradas inovadoras e possam ser replicadas. O produto final dessas pesquisas tem servido de embasamento para análises acadêmicas e construções de referencias técnicas de intervenção. O Grupo de Pesquisa Marxismo e Educação - GPME, foi convidado para fortalecer e qualificar a análise qualitativa dos dados coletados pelo CREPOP em todo o terrritório nacional. Sendo assim, o GPME vem apresentar o presente projeto, que tem como objetivo analisar a atuação do psicólogo nas políticas públicas brasileiras, no que se refere aos modelos de atuação empregados e sua consonância com os princípios e diretrizes das políticas em questão. O trabalho será realizado através da análise qualitativa dos documentos e dados coletados pelo CREPOP nos anos de 2010 e 2011, sendo observados os seguintes aspectos: dados pessoais, formação específica, caracterização do trabalho, modos de atuação profissional, ensino/pesquisa, avaliação da atuação profissional. As informações serão sistematizadas, utilizando-se o software QDA Miner v.3.2 (Qualitative Data Analysis Miner) e terão como embasamento teórico-metodologico as referências marxianas (e.g., Kosik, 1969; Lukács, 1979; Marx, 1986). O projeto.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2010 - 2012
O lugar das políticas sociais na formação do psicólogo
Descrição: Estudos recentes têm apontado uma progressiva e sistemática inserção do psicólogo no campo das políticas sociais (em especial, mas não exclusivamente, nas áreas da saúde e da assistência social). Dados nacionais indicam que aproximadamente 40% dos profissionais estão envolvidos em atividades e ocupando postos associados às políticas sociais, evidenciando um quadro bastante diverso daquele observado nos anos iniciais após a regulamentação profissional, em que a Psicologia era qualificada como uma profissão 'elitista'. Esta mudança de cenário, no entanto, não vem sendo acompanhada de correspondentes alterações nas práticas profissionais (ou, mesmo, de problematização acerca de sua propriedade), configurando, eventualmente, uma simples extensão da atenção antes dedicada a uma parcela minoritária da população de maior renda para as classes subalternas. Também os estudos indicam queixas dos profissionais acerca da preparação propiciada pelas agências formadoras para o exercício profissional nesses novos campos de inserção do psicólogo. O objetivo do presente projeto - que dá seguimento a uma linha de investigações sobre a formação acadêmica e o exercício profissional do psicólogo e, mais especificamente, sobre a inserção do psicólogo no campo das políticas sociais - é investigar, diante das necessárias mudanças que estão sendo implantadas como decorrência das novas diretrizes curriculares da Psicologia, o papel que ocupa o estudo das políticas sociais na formação graduada do psicólogo. Para responder a esta questão, o projeto será conduzido em duas etapas: (a) uma análise documental do material referente às propostas curriculares e aos planos político-pedagógicos dos cursos de Psicologia do Brasil (selecionados em função de desempenho no ENADE, da sua localização geográfica, de sua dependência administrativa e sua organização acadêmica); e (b) uma análise de depoimentos obtidos por meio de questionários e/ou entrevistas com docentes (responsáveis pela administração dos c.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (5) / Doutorado: (3) .
Integrantes: Fellipe Coelho Lima - Integrante / Joyce Pereira da Costa - Integrante / Keyla Mafalda de Oliveira Amorim - Integrante / Maria Luiza da Costa Oliveira - Integrante / Luana Isabelle Cabral Santos - Integrante / Oswaldo Yamamoto - Coordenador / Andressa Maia Oliveira - Integrante / Pablo de Sousa Seixas - Integrante / Adriana Barbosa Ribeiro - Integrante / Isabel Fernandes de Oliveira - Integrante / Nívia Lúcia de Andrade Oliveira - Integrante / Ilana Lemos de Paiva - Integrante / Denis Barros de Carvalho - Integrante / Ana Ludmila Freire Costa - Integrante / Livia Rebouças Costa - Integrante / Shylrley Bispo Guimarães - Integrante / Candida Maria Bezerra Dantas - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2007 - 2010
Psicologia e compromisso social: pobreza, políticas sociais e terceiro setor
Descrição: Este projeto está articulado com um programa amplo de pesquisa elaborado pelo Grupo de Trabalho da ANPEPP, A ocupação do psicólogo no Brasil à luz das categorias de análise da Psicologia Organizacional e do Trabalho . O objetivo da pesquisa do GT é replicar o único estudo nacional acerca da realidade da profissão, acrescentando análises específicas acerca de variáveis relacionadas ao exercício profissional do psicólogo à luz das categorias da POT. Além da participação no programa inclusivo, envolvendo a análise da caracterização geral do psicólogo brasileiro hoje em confronto com a realidade descrita nos anos 1980 e a análise matizada pela questão do gênero, o presente projeto tem como um segundo e importante objetivo o estudo da inserção profissional do psicólogo brasileiro no setor do bem-estar social, público ou vinculado ao chamado terceiro setor . Parte-se do entendimento de que o quadro de miséria e destituição da maior parte de sua população é, seguramente, um dos aspectos centrais em qualquer análise da situação do Brasil e que a pobreza é o lado mais visível das seqüelas da questão social , tomada como o conjunto de problemas políticos, sociais e econômicos postos pela emergência da classe operária no processo de constituição da sociedade capitalista. Esse é o quadro que coloca as políticas sociais (entendida, aqui, como a intervenção sistemática por parte do Estado, de forma fragmentária e parcializada, da questão social) na ordem do dia e a importância de discutir a inserção da psicologia como profissão no campo do bem-estar social. O primeiro objetivo será atingido por meio de análises conduzidas a partir do levantamento nacional em curso pelo referido GT, com a aplicação de questionários on-line abertos à participação de todos os psicólogos em situação regularizada junto ao Sistema Conselhos. Para o segundo, o ponto de partida será o levantamento nacional, acrescido de uma etapa complementar, que prevê a coleta de dados adicionais por meio de que..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Fellipe Coelho Lima - Integrante / Oswaldo Yamamoto - Coordenador / Andressa Maia Oliveira - Integrante / Pablo de Sousa Seixas - Integrante / Isabel Fernandes de Oliveira - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2007 - 2009
Historiografia da produção sobre a profissão de psicólogo no Brasil
Descrição: Tomando como base a definição de profissão como uma prática institucionalizada, socialmente legitimada e legalmente sancionada, o marco referencial para os estudos sobre a profissão é a regulamentação da profissão, pela Lei no 4.119, de agosto de 1962. A partir de então, os psicólogos passaram a produzir um volume considerável de conhecimento sobre a profissão. Ao estudo de Mello (1975), que objetivava uma caracterização da profissão ainda incipiente em São Paulo, seguiram-se outros, de âmbito nacional promovidos pelo CFP (1988, 1992, 1994, 2001), regional de caráter geral (SPESP & CRP-06, 1984; CRP-06, 1995) ou sobre aspectos específicos, áreas da profissão ou com recortes regionais (e.g., Bastos, 1990; Bastos & Martins, 1989; Campos, 1983; Carvalho, 1984; Carvalho & Kavano, 1982; Figueiredo, 1989, Rosemberg, 1983, 1984; Yamamoto, 1988; Yamamoto, Siqueira & Oliveira, 1997; Yamamoto & Cunha, 1998; Yamamoto et al., 1990; Yamamoto et al., 2001; Yamamoto et al., 2002; Zanelli, 2002). Essa produção, talvez pelo fato mesmo de não se constituir no principal objeto de suas investigações dos pesquisadores da área, apresenta algumas características peculiares, dentre elas, e talvez mais importante, carece de referências a esquemas teórico-conceituais mais consistentes, de um modo geral, situadas em áreas conexas, principalmente, na Sociologia. Concordando ou não com os diversos teóricos da chamada Sociologia das Profissões, a interlocução (com autores como Freidson, 1970; 1988; 1999; Burrage e Torstendahl, 1990; Derber e Schwartz, 1990; Abbott, 1988; e Perkin, 1996, para citar alguns) é indispensável. Análises sobre outras profissões no Brasil, como os de Netto (1990); Iamamoto (1998), Machado (1997) ou Bosi (1996) também necessitam ser confrontadas com a nossa profissão. Outra lacuna na discussão da profissão de psicólogo é a importância relativamente baixa da discussão do contexto em que ela se desenvolve. Em algumas áreas, o estudo da profissão é enquadrado dentro de marc.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Fellipe Coelho Lima - Integrante / Joyce Pereira da Costa - Integrante / Keyla Mafalda de Oliveira Amorim - Integrante / Oswaldo Yamamoto - Coordenador / Pablo de Sousa Seixas - Integrante / Isabel Fernandes de Oliveira - Integrante / Ilana Lemos de Paiva - Integrante / Denis Barros de Carvalho - Integrante / Ana Ludmila Freire Costa - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.


Projetos de extensão


2017 - 2017
Cinedebate: saúde mental dos trabalhadores da saúde
Descrição: O objetivo desse projeto é debater sobre algumas das principais formas de sofrimento psicológico, explorando suas possíveis relações com as condições de trabalho e as relações interpessoais no ambiente de trabalho. Além disso, oferecer um espaço de cuidado e promoção da saúde para os trabalhadores do Hospital Universitário Ana Bezerra (HUAB). Tal ação se justifica ao considerar os agravos a saúde dos trabalhadores da saúde causados pelo seu processo de trabalho e dinâmica institucional. Considerando o caso específico do HUAB, ele merece atenção especial considerando as mudanças organizacionais ocorridas recentemente, com a sua vinculação à Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH). Por sua vez, essa ação partiu dos princípios da Saúde do Trabalhador que considera a intervenção participativa e horizontalizada sobre as transformações do trabalho. Isto é, de que transformações no trabalho relativas ao processo de saúde-doença no trabalho apenas é possível quando concatenado o saber cotidiano dos trabalhadores sobre o seu próprio trabalho, com os conhecimentos gerados pela Academia, que congregue reflexões mais amplas acerca de outros contextos de trabalho. Dessa forma, as ações em Saúde do Trabalhador serviriam para potencializar o poder de transformação dos trabalhadores em sua realidade concreta de atuação. Seguindo esses princípios esse projeto se propõe a realizar mensalmente uma roda de discussão com os trabalhadores do HUAB acerca de fenômenos relacionados a saúde do trabalhador no contexto hospitalar. Esses encontros serão mediados por material audiovisual de curta duração, privilegiando o debate. Os encontros com os trabalhadores serão coordenados por duplas de discentes do curso de Psicologia, os quais, em reunião prévia com os docentes e demais discentes envolvidos no projeto, debatem amplamente o formato dos encontros e o conteúdo temático deles. As temáticas dos encontros serão previamente levantadas, considerando a demanda apresentada pelo setor de Gestão de Pessoas do HUAB com as indicações da literatura acerca dos principais fenômenos relativos a saúde-doença no trabalho dos trabalhadores da saúde. Espera-se com essa ação poder tanto potencializar a formação dos discentes quanto às questões da saúde do trabalhador, como, para os trabalhadores, potencializar a sua análise sobre o seu cotidiano de trabalho e o seu poder de transformação das situações degradantes a sua saúde..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (10) .
Integrantes: Fellipe Coelho Lima - Coordenador / FLAVIO FERNANDES FONTES - Integrante.
2015 - 2015
Centro Público de Emprego Trabalho e Renda do município de Natal: desafios e perspectivas da intermediação de força de trabalho
Descrição: Disparado pela demanda apresentada pela Secretaria Municipal de Trabalho e Assistência Social (SEMTAS) e justificado pela dificuldade histórica das agências públicas de emprego no Brasil alcançar um papel de protagonista no processo de enfrentamento ao desemprego, o objetivo desse projeto de extensão é construir um plano de ação para responder às demandas postas pelo contexto local ao processo de intermediação de força de trabalho realizado pelo Centro Público de Emprego, Trabalho e Renda (CPETR). Seguindo os pressupostos da metodologia de Diagnóstico Rápido Participativo Emancipatório (DRPE) e do desenvolvimento organizacional/institucional de Hofsted, esse projeto de extensão se organiza em quatro etapas. A primeira corresponde ao levantamento dos marcos-lógico legais que regem o CPETR. O segundo, a caracterização dos trabalhadores e empresas usuárias do serviço, bem como das vagas ofertadas. O terceiro, o levantamento da avaliação dos trabalhadores usuários do CPETR acerca do processo de intermediação de força de trabalho. E por último, sendo subsidiada pelas informações levantadas nas etapas anteriores, a realização de diálogos com a equipe responsável pela intermediação de força de trabalho a fim de problematizar a realidade do CPETR, levantando as potencialidades e desafios da intermediação, levantar possíveis saídas para os problemas identificados e implicá-los, ao mesmo tempo, no processo de mudança. Como resultado principal espera-se a construção de um quadro acerca dos principais desafios da intermediação de força de trabalho no CPETR, seguido de um plano de ação construído coletivamente. Secundariamente, as três primeiras etapas gerarão relatórios técnico-acadêmicos que além de subsidiar a presente extensão, podem servir de base a outras ações do CPETR..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Fellipe Coelho Lima - Integrante / Isabel Fernandes de Oliveira - Integrante / Pedro Fernando Bendassolli - Coordenador / João Argolo - Integrante.
2015 - Atual
CONSULTORIA PARA ELABORAÇÃO DE PLANO DE AÇÃO DO CENTRO PÚBLICO DE EMPREGO, TRABALHO E RENDA DO MUNICÍPIO DE NATAL - SEMTAS
Descrição: O objetivo desse projeto de extensão é elaborar, juntamente com a equipe do Centro Público de Emprego, Trabalho e Renda, um plano de ação que sistematize as atividades realizadas pelos seus servidores/funcionários e defina as atribuições de cada equipe, setor e unidade. Esse projeto tenta responder a demandas identificadas por diagnósticos anteriores na instituição, quanto à necessidade de catalogação de suas atividades e dos responsáveis pela sua execução. Do ponto de vista da literatura científica, essa definição é uma demanda que se atualiza na contemporaneidade, considerando as mudanças no mundo do trabalho. Nessa direção, a abordagem da gestão por processos tem se destacado como forma de estruturar as ações das organizações públicas e privadas orientadas para um contexto dinâmico e para lidar com situações complexas ? como é o caso do Centro Público. Derivado dessa abordagem teórica, a metodologia a ser adota a qual se constitui em quatro etapas: 1) compilação das informações quanto às atividades e atribuições obtidas previamente no diagnóstico, 2) discussão com a equipe de referência do Centro Público, 3) discussão com todos os servidores do Centro Público acerca das atividades desempenhada por sua equipe e 4) pactuação com a gestão quanto à construção do documento de referencia. Para além dessa sistematização, espera-se com esse projeto capacitar discentes e técnicos da UFRN quanto à atividade de planejamento de processos e atividades..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Fellipe Coelho Lima - Integrante / João Argolo - Coordenador / Jéssica Luana Fernandes de Queiroz - Integrante.
2013 - 2014
Ação Social e Literatura
Descrição: Na atualidade, infelizmente, as escolas não fornecem aos estudantes o devido incentivo para se ter um pensamento inovador, empreendedor, crítico e com iniciativa - essência da liderança. O desenvolvimento dessas habilidades é importante para que os jovens transformem sua realidade e possam ser inseridos de melhor forma no mercado de trabalho. Por isso, o projeto Ação social e literatura pretende trabalhar com temas relacionados à cidadania, ética, direitos humanos, dentre outros, que vêm se tornando muito relevantes em contextos corporativos e indispensáveis à prática cidadã. Para discutir esses temas, o ponto de partida será o texto literário, entendido aqui como representativo de diferentes linguagens artísticas: o romance, a poesia, o cinema, a música, os quadrinhos e as artes plásticas...
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
2013 - 2013
Diagnóstico da rede institucional de apoio ao trabalhador desempregado no Estado do RN: situação atual, desafios e perspectivas de atuação
Descrição: O objetivo geral deste projeto é realizar um mapeamento da rede de serviços de assistência ao desemprego e que operacionaliza as políticas ativas de emprego no Estado do Rio Grande do Norte, com o intuito de se produzirem indicadores acerca de sua dinâmica de funcionamento, pontos de atenção e de melhoria, tendo em vista o desenvolvimento e o fortalecimento dos dispositivos institucionais envolvidos. Em termos específicos, seus objetivos envolvem três frentes: 1) realizar uma análise dos marcos legais e dos principais direcionadores macro-institucionais envolvidos com as políticas ativas de emprego, trabalho e renda, sendo elas: as de intermediação de mão de obra, qualificação do trabalhador e geração de emprego, trabalho e renda; 2) Desenvolver um estudo acerca do perfil da demanda pelos serviços de assistên-cia em questão, particularmente por meio da análise de indicadores macroeco-nômicos e do tratamento de informações relativas ao usuário do serviço (infor-mações sócio-demográficas e ocupacionais); e 3) Realizar uma análise diagnóstica visando identificar os principais objetivos, processos, dinâmicas e procedimentos da rede institucional de assistência e prestação de serviço público ao desemprego no âmbito das políticas ativas de emprego no estado. Em termos teóricos, movimenta-se em duas principais plataformas: na literatura sobre Desenvolvimento Organizacional, na qual são propostos modelos de diagnóstico de organizações/instituições que levem em conta diversos níveis de análise (em particular, neste projeto, adotamos o modelo proposto por Hofstede, 2001); e na literatura sobre as dimensões psicossociais dos vínculos indidívuo-organização, abrigada na subdisciplina Psicologia do Trabalho e das Organizações, na Psicologia. Em termos metodológicos, seu suporte é na literatura sobre pesquisa-ação e nos desenhos de pesquisa multimétodos (multiníveis e mistos)..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (7) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Fellipe Coelho Lima - Integrante / Camila Costa Torres - Integrante / Cynara Carvalho de Abreu - Integrante / Pedro Fernando Bendassolli - Coordenador / Tatiana Torres - Integrante / João Argolo - Integrante.Financiador(es): Universidade Federal do Rio Grande do Norte - Bolsa.
2013 - 2013
Laboratório de Psicologia Aplicada ao Trabalho - LAPAT
Descrição: O LAPAT foi idealizado por um grupo formado de professores pesquisadores permanentes do GEPET e um psicólogo (técnico do SEPA) e apresenta-se, ainda que fora do escopo central do GEPET, necessariamente ligado a ele, com a proposta de ser um espaço efetivo e permanente para integração ensino, pesquisa e extensão. O enfoque adotado no trato desses temas privilegiará também a área da Psicologia Organizacional e do Trabalho (POT). Tem como propósito conduzir projetos em formato pesquisa-ação e destinados à transformação de situações e condições de trabalho, bem como em problemáticas envolvendo saúde e desempenho dos sujeitos no trabalho. Para tanto, realizará ações de extensão à comunidade (interna e externa à UFRN) e, atrelado a esses ações possibilitará atividades de estágios supervisionados obrigatórios e não-obrigatórios aos estudantes de graduação em Psicologia (a partir do 5º período do Curso). O acompanhamento dos referidos estagiários será feito através supervisões sistemáticas das atividades desenvolvidas, bem como suporte bibliográfico e espaço para estudos e discussão de problemáticas vivenciadas nos contextos e campos de estágio. Outra importante finalidade do LAPAT será servir de apoio, no formato de tutoria, da realização de grupos de estudos e discussão de situações-problemas, planejamento de ações, tomada de decisões relacionadas aos serviços prestados pela Empresa Júnior de Psicologia ? a Apta Consultoria Jr. Visando fortalecer a relação universidade - mercado de trabalho - comunidade potiguar o LAPAT terá em seu menu de atividades a oferta de cursos de curta duração (até 60h) que possam complementar a formação curricular de estudantes de psicologia, prioritariamente. Esses cursos serão organizados e ofertados pelo LAPAT e, quando oportuno, em parceira com a Empresa Júnior de Psicologia. Os temas serão escolhidos por semestre e de acordo com os resultados de levantamentos feitos entre os alunos e/ou mercado de trabalho. Considerando as demandas, esses c.
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
2012 - 2012
Educação para o Trabalho:Dialogos e contribuições para uma formação profissional cidadã
Descrição: Objetivo Geral  Oportunizar aos discentes do IFRN e publico em geral interessado, informações sobre o contexto do mundo do trabalho, de modo a permitir a compreensão sobre a evolução do trabalho, suas relações sociais , os direitos trabalhistas , empregabilidade e desafios do mercado de trabalho, além de suas relações com a educação e trabalho, visando sua inserção e atuação no mundo do trabalho de forma consciente e crítica..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
2011 - 2011
Oportunizando estudantes, selecionando competências e retendo talentos: a seleção por competências como estratégia para o sucesso das empresas juniores
Descrição: Dentro do contexto de formação acadêmica das universidades brasileiras é cada vez mais notável o crescimento do número de empresas juniores (EJs). A cada ano surgem novas empresas vinculadas aos mais variados cursos de graduação, alguns deles inaugurando essa experiência no contexto de formação de seus estudantes. O Movimento Empresa Júnior (MEJ) disseminou-se carregando consigo o conceito de empresa júnior, o qual chegou ao Brasil em 1987, sendo criada então a primeira EJ brasileira ? a Júnior GV da Escola de Administração Getúlio Vargas ? em 1989. Já em 1993, aconteceu o primeiro Encontro Nacional de Empresas Juniores (ENEJ). Atualmente, calcula-se que existam espalhados pelo país mais de 600 empresas juniores, sendo a Brasil Júnior ? Confederação das empresas juniores, criado no IX ENEJ em 2003 ? o órgão de representação do MEJ no Brasil. A Brasil Júnior tem com missão ?Representar o MEJ nacional e potencializá-lo como agente de educação empresarial e gerador de negócios.? (DNA Júnior, 2004). As empresas juniores se constituem como associações civis, ou seja, são um grupo organizado com objetivos compartilhados e bem definidos, porém, neste caso, com certas peculiaridades. Suas finalidades são apenas educacionais, portanto, não possuem fins lucrativos e o trabalho é voluntário. Toda a receita das EJs é reinvestida na própria empresa no aprimoramento da sua estrutura, no reembolso dos seus membros pelos gastos gerados a partir das atividades relacionadas à empresa e, por fim no custeio de atividades para o desenvolvimento dos seus membros e do MEJ (Brasil Júnior, 2004). Como toda empresa, as EJs possuem pontos críticos referente ao seu desenvolvimento adequado e um deles diz respeito à eficiência do processo seletivo e, consequentemente, do seu processo sucessório. Reunindo professores, profissionais de Psicologia, alunos de graduação e pós-graduação e empresários juniores do Curso de Psicologia (Apta Jr. Consultoria) o projeto OPORTUNIZANDO ESTUDANTES, SELECIONAN.
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (9) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Fellipe Coelho Lima - Integrante / Camila Costa Torres - Integrante / Cynara Carvalho de Abreu - Coordenador / JULIANA CAVALCANTE MARINHO PAIVA - Integrante / PRISCILLA KIMIE URUSHIMA DE AZEVEDO - Integrante / MILIANA GALVAO PRESTES - Integrante / DEYZE DA SILVA FERREIRA - Integrante / LARISSA ROQUE E SILVA - Integrante / YASMIN MAKHAMID MAKHAMED - Integrante / DEBORA GUERRA PEREIRA XAVIER - Integrante / GIOVANA COSTA DE ARAUJO SOUZA - Integrante / MINASHE MARIA SELVAN - Integrante.


Membro de corpo editorial


2017 - Atual
Periódico: Estudos de Psicologia (Natal)


Revisor de periódico


2015 - Atual
Periódico: Análise Psicológica
2017 - Atual
Periódico: Estudos de Psicologia (Natal)
2017 - Atual
Periódico: Psicologia Ciência e Profissão
2017 - Atual
Periódico: ESTUDOS INTERDISCIPLINARES EM PSICOLOGIA


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Psicologia / Subárea: Psicologia Social.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Psicologia / Subárea: Psicologia do Trabalho e Organizacional.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Pouco.


Prêmios e títulos


2011
Pôster premiado no 16º Encontro Nacional de Psicologia Social da ABRAPSO, ABRAPSO.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
Seixas, P. S.2016Seixas, P. S. ; Coelho-Lima, F. ; FERNANDES, S. ; ANDRADE, L. R. M. ; Yamamoto, O. H. . As políticas sociais nos fundamentos dos projetos pedagógicos dos cursos de Psicologia. Revista Psicologia Escolar e Edcuacional, v. 20, p. 437-446, 2016.

2.
BENDASSOLLI, P. F.2016BENDASSOLLI, P. F. ; Coelho-Lima, F. ; Pinheiro, R. A. ; Gê, P. C. S. . The Meaning of Work during Short-term Unemployment. Psicologia: Teoria e Pesquisa (Brasília. Online), v. 32, p. 123-132, 2016.

3.
Bendassolli, P. F.2015Bendassolli, P. F. ; Coelho-Lima, F. . PSICOLOGIA E TRABALHO INFORMAL: A PERSPECTIVA DOS PROCESSOS DE SIGNIFICAÇÃO. Psicologia & Sociedade (Online), v. 27, p. 383-393, 2015.

4.
Bendassolli, P. F.2015Bendassolli, P. F. ; Coelho-Lima, F. ; Pinheiro, R. A. ; Gê, P. C. S. . The Brazilian scientific production on sense and meaning of work: reviewing terminological use and current thematic classifications. Avances en Psicologia Latinoamericana, v. 33, p. 203-221, 2015.

5.
Bendassolli, P. F.2015Bendassolli, P. F. ; Gondim, S. M. G. ; Coelho-Lima, F. . Attributions of causes for unemployment by unemployed workers. Análise Psicológica, v. 33, p. 153-164, 2015.

6.
BENDASSOLLI, PEDRO F.2015BENDASSOLLI, PEDRO F. ; COELHO-LIMA, FELLIPE ; CARLOTTO, MARY SANDRA ; SANTOS NÜSSLE, FLORA ; FERREIRA, ILA MARIA . Estratégias Utilizadas pelos Trabalhadores para Enfrentar o Desemprego. Revista Colombiana de Psicologia, v. 24, p. 347-362, 2015.

7.
Coelho-Lima, F.2014 Coelho-Lima, F.; Costa, A. L. F. ; Bendassolli, P. F. . A produção científica da Psicologia brasileira acerca do desemprego. Universitas Psychologica, v. 12, p. 1283-1299, 2014.

8.
Oliveira, I. F.2014Oliveira, I. F. ; Oliveira, N. L. A. ; NASCIMENTO, M. N. C. ; ARAUJO, R. L. ; Coelho-Lima, F. ; Amorim, K. M. O. . Atuação dos psicólogos nos CRAS do interior do RN. Psicologia & Sociedade (Online), v. 26, p. 103-112, 2014.

9.
COSTA, A. L. F.2014COSTA, A. L. F. ; Coelho-Lima, F. ; Costa, J. P ; Seixas, P. S. ; Yamamoto, O. H. . Internacionalização da pós-graduação em Psicologia: estudo comparativo dos cursos de doutorado no Brasil e na Espanha. RBPG. Revista Brasileira de Pós-Graduação, v. 11, p. 789-818, 2014.

10.
Coelho-Lima, F.2014Coelho-Lima, F.; Bendassolli, P. F. ; Yamamoto, O. H. . Características da Psicologia do Trabalho e das Organizações na formação do psicólogo no Brasil. Psico (PUCRS. Online), v. 45, p. 445-453, 2014.

11.
Seixas, P. S.2013Seixas, P. S. ; Coelho-Lima, F. ; Silva, S. G. ; Yamamoto, O. H. . Projeto Pedagógico de Curso e formação do psicólogo: uma proposta de análise. Psicologia Escolar e Educacional (Impresso), v. 17, p. 113-122, 2013.

12.
YAMAMOTO, OSWALDO HAJIME2013YAMAMOTO, OSWALDO HAJIME ; SEIXAS, PABLO DE SOUSA ; COSTA, ANA LUDMILA FREIRE ; COELHO-LIMA, FELLIPE . The role of Social Psychology in Brazilian undergraduate and graduate education. Estudos de Psicologia (UFRN), v. 18, p. 83-92, 2013.

13.
Costa, J. P2012Costa, J. P ; Costa, A. L. F. ; Coelho-Lima, F. ; Seixas, P. S. ; Pessanha, V. C. ; Yamamoto, O. H. . A produção científica sobre a formação de psicólogos no Brasil. Psicologia em Pesquisa (UFJF), v. 6, p. 130-138, 2012.

14.
Coelho-Lima, F.2011 Coelho-Lima, F.; Torres, C. C. . Reflexões sobre as políticas de gestão de recursos humanos. Cadernos de Psicologia Social do Trabalho (USP), v. 14, p. 227-240, 2011.

15.
Coelho-Lima, F.2011 Coelho-Lima, F.; Costa, A. L. F. ; Yamamoto, O. H. . O exercício profissional do psicólogo do trabalho e das organizações: uma revisão da produção científica. Revista Psicologia: Organizações e Trabalho, v. 11, p. 21-35, 2011.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
Coelho-Lima, F.. Psicologia do Trabalho. 1. ed. Brasília: NT Editora, 2017. 252p .

2.
Oliveira, I. F. ; Paiva, I. L. ; Costa, A. L. F. ; Coelho-Lima, F. ; Amorim, K. M. O. . Marx Hoje: pesquisa e transformação social. 1. ed. São Paulo: Outras Expressões, 2016. v. 1. 294p .

Capítulos de livros publicados
1.
Seixas, P. S. ; Coelho-Lima, F. ; Costa, A. L. F. . Caracterização de dissertações/teses que versam sobre a profissão de psicólogo no Brasil. In: Oswaldo Hajime Yamamoto; Ana Ludmila Costa. (Org.). Escritos sobre a profissão de psicólogo no Brasil. 1ed.Natal: EDUFRN, 2010, v. , p. 59-95.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
Coelho-Lima, F.. O ouro de tolo da informalidade e o Globo Repórter. LSR, 17 fev. 2014.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
SOUSA, B. S. ; Oliveira, I. F. ; Paiva, I. L. ; Coelho-Lima, F. ; GURGEL, M. M. M. . A implementação do Acessuas Trabalho na Região Metropolitana de Natal/RN: entre limites e possibilidades. In: VIII Jornada Internacional de Políticas Públicas, 2017, São Luís. Anais do VIII Jornada Internacional de Políticas Públicas, 2017. p. 0-0.

2.
Coelho-Lima, F.; Bendassolli, P. F. ; SOUSA, S. G. L. E. ; AGUIAR, E. V. ; MAIA, J. S. . A intermediação de força de trabalho no SINE em tempos de reestruturação produtiva: uma revisão sistemática de literatura.. In: VII Jornada Internacional Políticas Públicas, 2015, São Luis. Anais da VII Jornada Internacional Políticas Públicas, 2015.

3.
Coelho-Lima, F.; Abreu, C. C. . O lugar dos centros públicos de emprego, trabalho e renda no combate ao desemprego. In: XII Encontro Nacional da Associação Brasileira de Estudos do Trabalho, 2011, João Pessoa. Anais do XII Encontro Nacional da Associação Brasileira de Estudos do Trabalho, 2011. p. 848-855.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
Coelho-Lima, F.. Ideologia e significado do trabalho: o caso dos trabalhadores por conta própria. In: XIX Encontro Nacional ABRAPSO, 2017, Uberlândia. Anais XIX Encontro Nacional ABRAPSO. ABRAPSO Editora: Santa Catarina, 2017. p. 750-751.

2.
Coelho-Lima, F.; GUIMARAES, C. S. F. . Um balanço da psicologia do trabalho e das organizações na formação do psicólogo. In: VI Congresso Brasileiro de Psicologia Organizacional e do Trabalho, 2014, Bonito. Anais do VI Congresso Brasileiro de Psicologia Organizacional e do Trabalho. Brasília: SBPOT, 2014.

3.
Coelho-Lima, F.; Costa, A. L. F. ; Bendassolli, P. F. . Psicologia e desemprego: um retrato cientométrico sobre a produção científica brasileira. In: VI Congresso Brasileiro de Psicologia Organizacional e do Trabalho, 2014, Bonito. Anais do VI Congresso Brasileiro de Psicologia Organizacional e do Trabalho. Brasília: SBPOT, 2014.

4.
SOUSA, S. G. L. E. ; AGUIAR, E. V. ; MAIA, J. S. ; SANTOS, R. ; Coelho-Lima, F. ; Bendassolli, P. F. . Políticas de intermediação de mão de obra brasileiras: revisão sistemática de literatura. In: VI Congresso Brasileiro de Psicologia Organizacional e do Trabalho, 2014, Bonito. Anais do VI Congresso Brasileiro de Psicologia Organizacional e do Trabalho. Brasília: SBPOT, 2014.

5.
Coelho-Lima, F.; GUIMARAES, C. S. F. ; Bendassolli, P. F. ; Yamamoto, O. H. . A Psicologia do Trabalho e das Organizações na formação do psicólogo. In: VI Congresso Brasileiro de Psicologia Organizacional e do Trabalho, 2014, Bonito. Anais do VI Congresso Brasileiro de Psicologia Organizacional e do Trabalho. Brasília: SBPOT, 2014.

6.
Coelho-Lima, F.; Yamamoto, O. H. . Debates acerca dos conceitos que embasam as políticas ativas de trabalho no Brasil. In: V Congresso Brasileiro de Psicologia Organizacional e do Trabalho, 2012, Rio de Janeiro. Anais do V Congresso Brasileiro de Psicologia Organizacional e do Trabalho, 2012.

7.
Coelho-Lima, F.; Abreu, C. C. . A implantação da seleção por competência em um Centro Público de Empregos. In: V Congresso Brasileiro de Psicologia Organizacional e do Trabalho, 2012, Rio de Janeiro. Anais do V Congresso Brasileiro de Psicologia Organizacional e do Trabalho, 2012.

8.
Coelho-Lima, F.; Gê, P. C. S. . Estresse entre profissionais de saúde de um hospital público de Natal/RN. In: V Congresso Brasileiro de Psicologia Organizacional e do Trabalho, 2012, Rio de Janeiro. Anais do V Congresso Brasileiro de Psicologia Organizacional e do Trabalho, 2012.

9.
Abreu, C. C. ; Coelho-Lima, F. ; Paiva, J. C. M. ; Bendassolli, P. F. . Oportunizando estudantes, selecionando competências e retendo talentos: a seleção por competências como estratégia para o sucesso de empresas juniores. In: V Congresso Brasileiro de Psicologia Organizacional e do Trabalho, 2012, Rio de Janeiro. Anais do V Congresso Brasileiro de Psicologia Organizacional e do Trabalho, 2012.

10.
Coelho-Lima, F.; Costa, A. L. F. ; Yamamoto, O. H. . A profissão de psicólogo no contexto do trabalho: o que dizem os artigos científicos. In: II Congresso Iberoamericano de Psicologia das Organizações e do Trabalho, 2011, Florianópolis. Anais do II Congresso Iberoamericano de Psicologia das Organizações e do Trabalho, 2011.

11.
Gê, P. C. S. ; Coelho-Lima, F. . Modelo da atuação em gestão de pessoas nos hospitais privados da cidade de Natal-RN. In: II Congresso Iberoamericano de Psicologia das Organizações e do Trabalho, 2011, Florianópolis. Anais do II Congresso Iberoamericano de Psicologia das Organizações e do Trabalho, 2011.

12.
Coelho-Lima, F.; Abreu, C. C. . A atuação dos psicólogos nos Centros Públicos de Emprego. In: 7º Congresso Norte Nordeste de Psicologia, 2011, Salvador. Anais do 7º Congresso Norte Nordeste de Psicologia, 2011.

13.
Coelho-Lima, F.; Abreu, C. C. . Políticas públicas de combate ao desemprego: o caso da intermediação de mão de obra no Centro Público de Emprego, Trabalho e Renda de Natal/RN. In: 16º Encontro Nacional da Associação Brasileira de Psicologia Social, 2011, Recife. Anais do 16º Encontro Nacional da Associação Brasileira de Psicologia Social, 2011.

14.
Coelho-Lima, F.; Costa, A. L. F. ; Yamamoto, O. H. . A profissão de psicólogo no trabalho e nas organizações: características da produção científica. In: XL Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Psicologia, 2010, Curitiba. Resumos de Comunicação Científica da XL Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Psicologia, 2010.

15.
Coelho-Lima, F.; Torres, C. C. . As atuais políticas de gestão de pessoas no contexto da reestruturação produtiva. In: XL Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Psicologia, 2010, Curitiba. Resumos de Comunicação Científica da XL Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Psicologia, 2010.

16.
Coelho-Lima, F.; Seixas, P. S. ; Yamamoto, O. H. . Características da produção de dissertações e teses sobre a profissão de psicólogo no Brasil. In: XL Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Psicologia, 2010, Curitiba. Resumos de Comunicação Científica da XL Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Psicologia, 2010.

17.
Costa, J. P ; Amorim, K. M. O. ; Coelho-Lima, F. ; Oliveira, M. L. C. ; Santos, L. I. C. ; Yamamoto, O. H. . Artigos científicos sobre profissão de psicólogo no Brasil. In: VI Congresso Norte Nordeste de Psicologia, 2009, Belém. Anais do VI Congresso Norte Nordeste de Psicologia, 2009.

18.
Coelho-Lima, F.; Costa, J. P ; Amorim, K. M. O. ; Andrade, N. ; Oliveira, N. L. A. ; Melo, D. F. ; Yamamoto, O. H. . Caracterização de dissertações/teses que versam sobre a profissão de psicólogo no Brasil. In: VI Congresso Norte Nordeste de Psicologia, 2009, Belém. Anais do VI Congresso Norte Nordeste de Psicologia, 2009.

19.
Coelho-Lima, F.; OLIVEIRA, A. M. ; Seixas, P. S. ; Yamamoto, O. H. ; Oliveira, I. F. . Nexos entre a formação e atuação dos psicólogos nos CRAS do RN. In: VI Congresso Norte Nordeste de Psicologia, 2009, Belém. Anais do VI Congresso Norte Nordeste de Psicologia, 2009.

20.
OLIVEIRA, A. M. ; Seixas, P. S. ; Coelho-Lima, F. ; Ribeiro, A. B. ; Yamamoto, O. H. . Prática profissional do psicólogo nas políticas sociais. In: 6º Congresso Norte Nordeste de Psicologia, 2009, Belém. Anais do 6º Congresso Norte Nordeste de Psicologia, 2009.

21.
Costa, J. P ; Coelho-Lima, F. ; Amorim, K. M. O. ; Yamamoto, O. H. . Caracterização da autoria da produção científica científica sobre o psicólogo. In: XXXVIII Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Psicologia, 2008, 2008, Uberlândia. Anais do XXXVIII Reunião Anual de Psicologia, 2008.

22.
Coelho-Lima, F.; Souza, C. ; Rodrigues, H. M. A. M. ; Macedo, N. M. . A subjetividade do trabalhador no contexto neoliberal. In: III Encontro Regional de Estudantes de Psicologia do Norte e Nordeste, 2007, Caruaru. Anais do III Encontro Regional de Estudantes de Psicologia do Norte e Nordeste, 2007.

23.
Coelho-Lima, F.; Macedo, N. M. . Educação a serviço de que ou de quem? Um reflexão crítica a respeito do assunto. In: III Encontro Regional de Estudantes de Psicologia do Norte e Nordeste, 2007, Caruaru. Anais do III Encontro Regional de Estudantes de Psicologia do Norte e Nordeste, 2007.

Apresentações de Trabalho
1.
Coelho-Lima, F.; Oliveira, I. F. ; GUZZO, R. S. L. ; AKERMAN, M. . Políticas sociais no contexto neoliberal: restrições orçamentárias e retrocessos políticos nos campos da saúde, educação e assistência social. 2017. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

2.
GALLO, C. R. ; Coelho-Lima, F. ; LIMA, S. Q. ; SILVA, A. K. L. . Psicologias em luta: trabalho, sociedade e implicações para a categoria. 2017. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

3.
Coelho-Lima, F.. Características da Psicologia do Trabalho e da Organização na Formação do Psicólogo no Brasil. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
Coelho-Lima, F.. Políticas públicas de emprego, trabalho e renda: reflexões e atualidades. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

5.
Coelho-Lima, F.. Gestão do stress na contemporaneidade. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

6.
Coelho-Lima, F.. Stress no trabalho: uma análise do dia a dia. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

7.
Coelho-Lima, F.; Braga, L. ; Xavier, D. ; Dantas, M. N. . Criança, a alma do negócio.. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

8.
Coelho-Lima, F.. O mercado de trabalho no mundo globalizado: tendências e profissões, novos desafios e oportunidades. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

9.
Coelho-Lima, F.. A atuação interdisciplinar dos psicólogos nas organizações: uma abordagem histórica. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

10.
Coelho-Lima, F.; Abreu, C. C. . Preparando-se para o mercado de trabalho: velhos mitos, novos desafios. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

11.
Coelho-Lima, F.. Técnica de seleção por competências. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

12.
Coelho-Lima, F.; Gê, P. C. S. . Relações interpessoais. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

13.
Coelho-Lima, F.; Abreu, C. C. . Simulação: como se portar em uma entrevista. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

Outras produções bibliográficas
1.
Bendassolli, P. F. ; Coelho-Lima, F. . Processus de signification dans le travail : modèle théorico-méthodologique et illustration de recherches empiriques. Toulose: Edições Octarès, 2018 (Capítulo de livro no prelo).

2.
Coelho-Lima, F.. Ideologia em Lukács: contribuições para a Psicologia. São Paulo: Expressão Popular, 2018 (Capítulo de livro no prelo).


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
Coelho-Lima, F.. Membro da Comissão Científica do XIX Encontro Nacional da ABRAPSO. 2017.

2.
Coelho-Lima, F.. Avaliador de Pôster no XIX Encontro Nacional da ABRAPSO. 2017.

3.
Coelho-Lima, F.. Parecerista do II Seminário Marx Hoje: pesquisa e transformação social. 2016.

4.
Coelho-Lima, F.; Queiroz, J. L. F. ; Jucá, R. M. N. ; Argolo, J. . Centro Público de Emprego, Trabalho e Renda do município do Natal: desafios e perspectivas da intermediação de força de trabalho. 2015.

5.
Coelho-Lima, F.. Parecerista do I Seminário Marx Hoje: pesquisa e transformação social. 2014.

6.
Yamamoto, O. H. ; Amorim, K. M. O. ; Costa, A. L. F. ; Seixas, P. S. ; Coelho-Lima, F. ; Costa, J. P ; Oliveira, M. L. C. ; Santos, L. I. C. ; Melo, D. F. ; OLIVEIRA, A. M. ; Pessanha, V. C. . Biblioteca Virtual de Profissão de Psicólogo - BVPROPSI. 2009.

Trabalhos técnicos
Redes sociais, websites e blogs
1.
Yamamoto, O. H. ; Costa, A. L. F. ; Seixas, P. S. ; Amorim, K. M. O. ; Coelho-Lima, F. ; Costa, J. P ; Oliveira, M. L. C. ; Santos, L. I. C. ; Melo, D. F. ; OLIVEIRA, A. M. ; Andrade, N. ; Pessanha, V. C. . Biblioteca Virtual de Profissão de Psicólogo (BV-PROPSI). 2010; Tema: Banco de dados virtual sobre a profissão de psicólogo. (Site).


Demais tipos de produção técnica
1.
Coelho-Lima, F.. Psicologia e desemprego: apontamentos para atuação profissional. 2015. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

2.
Coelho-Lima, F.; Paiva, J. C. M. ; Abreu, C. C. . Oportunizando estudantes, selecionando competências e retendo talentos: a seleção por competências como estratégia para o sucesso das empresas juniores. 2011. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
PERRONE, C.; Oliveira, I. F.; Coelho-Lima, F.. Participação em banca de Andréia Garcia dos Santos. O ideário neoliberal e a precarização do trabalho da/o psicóloga/o nas políticas sociais nos estados do Rio Grande do Sul e Rio Grande do Norte. 2018. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Psicologia) - Universidade Federal de Santa Maria.

2.
SILVA, A. K. L.; FIGUEIRO, R. A.; Coelho-Lima, F.. Participação em banca de JÉSSICA LUANA FERNANDES DE QUEIROZ. SAÚDE DO TRABALHADOR E O MOVIMENTO SINDICAL EM VIGILANTES DO RN. 2018. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Psicologia) - Universidade Potiguar.

3.
Silva, A. K. L.; Coelho-Lima, F.; Estevam, I. D.. Participação em banca de Nelma Cordeiro Cintra. O trabalhador homossexual e sua vida profissional. 2017 - Universidade Potiguar.

4.
Estevam, I. D.; Coelho-Lima, F.; FORMIGA, N. S.. Participação em banca de Paula Francinete de Araújo Batista. Gestão participativa: um estudo à luz das representações sociais dos servidores do IFRN. 2017 - Universidade Potiguar.

5.
Coelho-Lima, F.; Bendassolli, P. F.; Estevam, I. D.. Participação em banca de Jéssica Patrícia Rodrigues Silva De Freitas Soares. O Processo de Significação do Trabalho para revendedoras de Venda Direta: um estudo exploratório. 2017. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Psicologia) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

6.
Lima, F. C.; Torres, T.; MAUX, A. A.; Abreu, C. C.. Participação em banca de LÚCIO CLEBER BARBALHO DE FRANÇA. RELAÇÕES SOCIOPROFISSIONAIS DE TRABALHADORES TERCEIRIZADOS: UM ESTUDO DE CASO NUMA UNIVERSIDADE PÚBLICA FEDERAL. 2017. Dissertação (Mestrado em PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO DE PROCESSOS INSTITUCIONAIS) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

7.
Bendassolli, P. F.; Coelho-Lima, F.; FORMIGA, N. S.. Participação em banca de Susana Sarmento Silveira. ESTRATÉGIAS DE CONCILIAÇÃO NA RELAÇÃO TRABALHO-FAMÍLIA, POR PROFESSORES UNIVERSITÁRIOS. 2017. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Psicologia) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Teses de doutorado
1.
DIMENSTEIN, M.; MACEDO, J. P.; ALVES FILHO, A.; RONZANI, T.; Coelho-Lima, F.. Participação em banca de Ana Izabel Oliveira Lima. Trabalho e saúde mental: o caso dos agentes do sistema prisional do Rio Grande do Norte. 2017. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Psicologia) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Qualificações de Mestrado
1.
SILVA, A. K. L.; FIGUEIRO, R. A.; Coelho-Lima, F.. Participação em banca de Jéssica Luana Fernandes de Queiroz. SAÚDE DO TRABALHADOR E O MOVIMENTO SINDICAL EM VIGILANTES DO RN. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Mestrado em Psicologia) - Universidade Potiguar.

2.
Torres, T.; Coelho-Lima, F.; Abreu, C. C.. Participação em banca de Lúcio Cleber Barbalho de França. Relações socioprofissionais de trabalhadores terceirizados: um estudo de caso em uma universidade pública federal. 2017 - Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

3.
Oliveira, I. F.; Seixas, P. S.; MOURA, J. T. V.; Coelho-Lima, F.. Participação em banca de Nathália Potiguara de Moraes Lima. Movimento Nacional da População em Situação de Rua do RN: formação política. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós-Graduação em Psicologia) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

4.
Coelho-Lima, F.; MOURAO, L.; PORTUGAL, F.. Participação em banca de Andressa C. De Lara Menezes De Medeiros. PROCESSO DE SIGNIFICAÇÃO NO TRABALHO ENTRE OS CABELEREIROS INSERIDOS NO PROGRAMA MICROEMPREENDEDOR INDIVIDUAL EM NATAL (RN): UM ESTUDO EXPLORATÓRIO. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós-Graduação em Psicologia) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

5.
Coelho-Lima, F.; MOURAO, L.; PORTUGAL, F.. Participação em banca de Jéssica Patrícia R. S. de Freitas Soares. PROCESSO DE SIGNIFICAÇÃO NO TRABALHO PARA REVENDEDORAS DE VENDA DIRETA (VD) EM NATAL (RN): UM ESTUDO EXPLORATÓRIO. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós-Graduação em Psicologia) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
COSTA, A.; RIBEIRO, M. L. M.; Coelho-Lima, F.. Participação em banca de Andréa Cristina Olinto Galvão Oliveira.A percepção dos moradores e comerciantes do bairro da Ribeira sobre o Circuito Cultural Ribeira. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Produção Cultural) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte.

2.
Costa, A. V. F.; Coelho-Lima, F.; RIBEIRO, M. L. M.. Participação em banca de Andréa Cristina Olinto Galvão Oliveira.A percepção dos moradores e comerciantes do bairro da Ribeira sobre o Circuito Cultural Ribeira. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Produção Cultural) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte.

3.
Coelho-Lima, F.; Amorim, K. M. O.; Silva, A. K. L.. Participação em banca de Rafaela Moreira Freire & Thaíse Fernandes Brandão Moreira.Os caminhos percorridos pela Psicologia do Trabalho e das Organizações: seus reflexos na atuação profissional. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Psicologia) - Universidade Potiguar.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Outras participações
1.
COSTA, M.; Coelho-Lima, F.; DANTAS, A. A. T. S. G.; NASCIMENTO, L. F.. Seleção de docente de ensino superior em Psicologia para disciplina "Psicologia Fenomenológica Existencial".. 2013. Faculdade Maurício de Nassau de Natal.

2.
Coelho-Lima, F.. Projeto integrador do curso de Tecnólogo em Segurança do Trabalho. 2013. Faculdade Maurício de Nassau de Natal.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
16º Encontro Nacional da Associação Brasileira de Psicologia Social.O lugar dos centros públicos de emprego, trabalho e renda no combate ao desemprego. 2011. (Encontro).

2.
II Congresso Iberoamericano de Psicologia das Organizações e do Trabalho. A profissão de psicólogo no contexto do trabalho: o que dizem os artigos científicos. 2011. (Congresso).

3.
XII Encontro da Associação Brasileira de Estudos do Trabalho.O lugar dos centros públicos de emprego, trabalho e renda no combate ao desemprego. 2011. (Encontro).

4.
XL Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Psicologia. A profissão de psicólogo no trabalho e nas organizações: características da produção científica. 2010. (Congresso).

5.
6º Congresso Norte Nordeste de Psicologia. Caracterização de dissertações/teses que versam sobre a profissão de psicólogo no Brasil. 2009. (Congresso).

6.
III Encontro Regional de Estudantes de Psicologia do Norte e Nordeste.A subjetividade do trabalhador no contexto neoliberal. 2007. (Encontro).

7.
5ª Congresso Norte Nordeste de Psicologia. 2006. (Congresso).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Coelho-Lima, F.; Seixas, P. S. ; GURGEL, F. F. ; QUEIROZ, P. V. M. O. . IV Maio de Lutas. 2017. (Outro).

2.
GURGEL, F. F. ; ALVERGA, A. R. ; SILVA, F. H. V. C. E. ; BELCHIOR, H. A. ; MEDEIROS, L. F. ; Seixas, P. S. ; QUEIROZ, P. V. M. O. ; SOUZA, R. J. A. ; Coelho-Lima, F. ; SEVERO, A. K. S. ; Costa, A. L. F. ; PRUDENTE, S. E. L. . II Encontro de Psicologia da FACISA: Direito à Cidade. 2017. (Outro).

3.
Oliveira, I. F. ; Paiva, I. L. ; Coelho-Lima, F. ; RODRIGUES, D. B. . II Seminário Potiguar Psicologia e Políticas Sociais. 2017. (Congresso).

4.
MEDEIROS, L. F. ; Seixas, P. S. ; FONTES, F. F. ; COELHO-LIMA, FELLIPE . Sexualidade, gênero e práticas de cuidado. 2017. (Outro).

5.
Oliveira, I. F. ; Paiva, I. L. ; Costa, A. L. F. ; Coelho-Lima, F. ; KEPPLER, I. ; RODRIGUES, D. B. ; Costa, J. P ; Pinheiro, L. B. ; MINCHONI, T. . II Seminário Marx Hoje: pesquisa e transformação social. 2016. (Congresso).

6.
Oliveira, I. F. ; RODRIGUES, D. B. ; Vidal, A. C. ; Santos, L. I. C. ; Coelho-Lima, F. ; BELO, R. P. N. . I Seminário Potiguar Psicologia e Políticas Sociais. 2015. (Congresso).

7.
Coelho-Lima, F.; Silva, A. K. L. . II Maio de Lutas; visões sobre o mundo do trabalho. 2015. (Congresso).

8.
Coelho-Lima, F.; Bendassolli, P. F. ; Torres, T. ; Jorge, S. D. C. ; Paulino, D. S. . I Seminário Trabalho e Políticas Públicas. 2015. (Congresso).

9.
Oliveira, I. F. ; Paiva, I. L. ; Amorim, K. M. O. ; Coelho-Lima, F. ; Dantas, C. M. B. ; Costa, A. L. F. ; OLIVEIRA, A. M. ; Costa, J. P ; BELO, R. P. N. ; NASCIMENTO, M. V. N. ; NASCIMENTO, M. N. C. ; Santos, L. I. C. ; MINCHONI, T. ; KEPPLER, I. ; RODRIGUES, D. B. ; FERNANDES, S. ; BEZERRA, A. C. ; Souza, C. ; CAVALCANTI, F. A. . I Seminário Marx Hoje: pesquisa e transformação social. 2014. (Congresso).

10.
Silva, A. K. L. ; MINCHONI, T. ; RODRIGUES, D. B. ; Coelho-Lima, F. . Maio de lutas: visões sobre o mundo do trabalho. 2014. (Congresso).

11.
RODRIGUES, D. B. ; Amorim, K. M. O. ; Coelho-Lima, F. . Cine Debate: Muros invisíveis: família, cárcere e pena compartilhada. 2014. (Outro).

12.
Coelho-Lima, F.. 62ª Runião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência. 2010. (Congresso).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Suzani Gabrielli de Lima e Sousa. A experiência de mulheres desempregadas em Natal/RN e as relações sociais de gênero. Início: 2018. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Psicologia) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte. (Orientador).

2.
Catheline Rubim Brandolt. A TERCEIRIZAÇÃO DO TRABALHO E AS IMPLICAÇÕES SOBRE A PRÁTICA PROFISSIONAL DA PSICOLOGIA NAS POLÍTICAS SOCIAIS. Início: 2017. Dissertação (Mestrado profissional em Psicologia) - Universidade Federal de Santa Maria. (Coorientador).

Monografias de conclusão de curso de aperfeiçoamento/especialização
1.
GABRIELA RIANN SILVA MACHADO. Saúde Mental em Residentes Multiprofissionais de Hospitais Universitários. Início: 2017. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em PROGRAMA DE RESIDÊNCIA MULTIPROFISSIONAL EM ASSISTÊNCIA MATERNO-INFANTIL) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte. (Orientador).

Iniciação científica
1.
MARGARIDA MAYARA MOURA MIRANDA. Demissão e desemprego: vivência de trabalhadores desempregados no interior. Início: 2017. Iniciação científica (Graduando em Psicologia) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte. (Orientador).

2.
KATIANE LEITE DA SILVA LIMA. Vivência de mulheres desempregadas no interior do estado: estratégia de sobrevivência, superação e significação do trabalho/desemprego. Início: 2017. Iniciação científica (Graduando em Psicologia) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte. (Orientador).



Inovação



Projetos de pesquisa

Projeto de extensão


Educação e Popularização de C & T



Apresentações de Trabalho
1.
Coelho-Lima, F.; Gê, P. C. S. . Relações interpessoais. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
Coelho-Lima, F.; Abreu, C. C. . Simulação: como se portar em uma entrevista. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
Coelho-Lima, F.; Abreu, C. C. . Preparando-se para o mercado de trabalho: velhos mitos, novos desafios. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
Coelho-Lima, F.. Técnica de seleção por competências. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

5.
Coelho-Lima, F.. O mercado de trabalho no mundo globalizado: tendências e profissões, novos desafios e oportunidades. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

6.
Coelho-Lima, F.. A atuação interdisciplinar dos psicólogos nas organizações: uma abordagem histórica. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

7.
Coelho-Lima, F.. Gestão do stress na contemporaneidade. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

8.
Coelho-Lima, F.. Stress no trabalho: uma análise do dia a dia. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

9.
Coelho-Lima, F.; Braga, L. ; Xavier, D. ; Dantas, M. N. . Criança, a alma do negócio.. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).


Cursos de curta duração ministrados
1.
Coelho-Lima, F.; Paiva, J. C. M. ; Abreu, C. C. . Oportunizando estudantes, selecionando competências e retendo talentos: a seleção por competências como estratégia para o sucesso das empresas juniores. 2011. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).


Redes sociais, websites e blogs
1.
Yamamoto, O. H. ; Costa, A. L. F. ; Seixas, P. S. ; Amorim, K. M. O. ; Coelho-Lima, F. ; Costa, J. P ; Oliveira, M. L. C. ; Santos, L. I. C. ; Melo, D. F. ; OLIVEIRA, A. M. ; Andrade, N. ; Pessanha, V. C. . Biblioteca Virtual de Profissão de Psicólogo (BV-PROPSI). 2010; Tema: Banco de dados virtual sobre a profissão de psicólogo. (Site).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 16/10/2018 às 7:57:31