Homero Luís Alves de Lima

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/6030599734012111
  • Última atualização do currículo em 22/05/2018


Possui doutorado em Sociologia (2004) pela Universidade Federal de Pernambuco. Atualmente é professor adjunto do Departamento de Filosofia da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Tem experiência nas áreas da Filosofia da Educação e Filosofia da Tecnologia, com ênfase na temática contemporânea do Pós-humanismo Ciberbernético e suas virtuais implicações com as filosofias de Martin Heidegger (a essência da técnica moderna e a crítica ao humanismo) e Friedrich Nietzsche (a vontade de poder e o além-do-homem). (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Homero Luís Alves de Lima
Nome em citações bibliográficas
LIMA, H. L. A.

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal do Ceará, Faculdade de Educação.
Rua Waldery Uchôa, n. 1, Bloco 123
Benfica
60020-110 - Fortaleza, CE - Brasil
Telefone: (85) 40097675
URL da Homepage: http://


Formação acadêmica/titulação


2000 - 2004
Doutorado em Sociologia.
Universidade Federal de Pernambuco, UFPE, Brasil.
Título: DO CORPO-MÁQUINA AO CORPO-INFORMAÇÃO: o pós-humano como horizonte biotecnológico, Ano de obtenção: 2004.
Orientador: Paulo Henrique Martins.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Corpo; Novas Tecnologias; Pós-Humanismo; Biopoder.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Filosofia.
1996 - 1999
Mestrado em Educação.
Universidade Federal de Pernambuco, UFPE, Brasil.
Título: PENSAMENTO EPISTEMOLÓGICO DA EDUCAÇÃO FÍSICA BRASILEIRA: das controvérsias acerca do estatuto científico,Ano de Obtenção: 1999.
Orientador: Ferdinand Röhr.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Epistemologia; Estatuto Científico; Educação Física.
Grande área: Ciências Humanas
1990 - 1995
Graduação em Licenciatura Plena em Educação Física.
Universidade Federal de Santa Maria, UFSM, Brasil.




Formação Complementar


1997 - 1997
A Atividade Epistemológica da Educação Física. (Carga horária: 8h).
X Congresso Brasileiro de Ciências do Esporte, X CONBRACE, Brasil.
1993 - 1993
Estatuto Epistemológico da Educação Física. (Carga horária: 12h).
VIII Congresso Brasileiro de Ciências do Esporte, VIIICONBRACE, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Federal de Pernambuco, UFPE, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

2/1999 - 1/2001
Ensino, Pedagogia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia da Educação I
Sociologia da Educação
Introdução à Educação
Filosofia da Educação II

Universidade Federal do Ceará, UFC, Brasil.
Vínculo institucional

2005 - 2013
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor Ativo Permanente, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Professor do Departamento de Teoria e Prática do Ensino da Faculdade de Educação

Atividades

02/2011 - Atual
Ensino, Educação Física, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Antropologia da Educação
Ética e Profissionalidade (2007.1)
Fundamentos Filosóficos da Educação Física (2007.1)
02/2011 - Atual
Ensino, Educação, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia e Sociologia da Educação
Biopolítica e Educação
Biopolitica, Governamentalidade Neoliberal e Biotecnologias
Cibercultura, Pós-Humanismo e Educação
Corpo, Pós-Humanismo Cibernético e Biopolítica
Correntes modernas da filosofia da ciência
11/2006 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Faculdade de Educação, .


Universidade Brasil, UNIVBRASIL, Brasil.
Vínculo institucional

2001 - 2002
Vínculo: Contrato de regime parcial, Enquadramento Funcional: Professor contratado, Carga horária: 20

Atividades

8/2001 - 12/2002
Ensino, Administração, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Sociologia I
Sociologia II
Fundamentos da Metodologia Científica


Linhas de pesquisa


1.
Filosofias da Diferença e Educação

Objetivo: Ao problematizar as relações entre as Filosofias da Diferença e a Educação, a linha de pesquisa realiza os seguintes movimentos de pensamento: a arqueogenealogia de Friedrich Nietzsche e Michel Foucault, a ontologia fundamental e a diferença ontológica de Martin Heidegger, bem como a estratégia geral de desconstrução da metafísica ocidental de Jacques Derrida..


Projetos de pesquisa


2010 - Atual
Vontade de poder, Maquinação e Pensamento Calculador: Uma leitura do Nietzsche de Heidegger
Descrição: A partir de uma leitura dos escritos de Heidegger sobre Nietzsche, especialmente Nietzsche I e II, a pesquisa busca apreender o pensamento da vontade de poder no âmbito das posições metafísicas fundamentais, especialmente no que concerne à inscrição de tal pensamento num modo de pensar característico da modernidade: o pensamento calculador. Vontade de poder (Wille zur Macht), técnica moderna (Gestell), maquinação (Machenschaft) e pensamento calculador são termos que guardam uma correlação profunda com a consumação (Vollendung) da metafísica. Certamente, a confrontação histórico-hermenêutica Heidegger-Nietzsche hoje se afigura incontornável àqueles que se inscrevem em um modo próprio de pensar ? o pensamento da diferença -, especialmente em filosofia da educação, haja vista que o pensar e o teorizar em educação se enraízam na tradição metafísica que o pensamento heideggeriano se esforça em desconstruir..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (1) .

Integrantes: Homero Luís Alves de Lima - Coordenador / Paulo caldas - Integrante.

Número de produções C, T & A: 4
2010 - Atual
Corpo, Cinema e Pensamento
Descrição: Uma temática recorrente à produção imagética da filmografia de ficção científica é a problematização das fronteiras ontológicas homem/máquina, natural/artificial, humanos/não-humanos, natureza/cultura e que têm sustentado o pensamento ocidental: afinal, quem somos nós ?humanos?? Podemos aludir aos filmes Blade Runner, A Mosca e Gattaca: a experiência genética na biologia molecular e engenharia genética; O Passageiro do futuro e Matrix na Realidade Virtual; o corpo imagem-sintética na computação gráfica no filme Simone ? nasce uma estrela. Representativo é o filme Blade Runner (Ridlley Scott, 1982) que aborda a engenharia genética, momento em que não é mais possível distinguir os corpos artificiais dos ?replicantes? dos corpos ?naturais? dos humanos. Acreditamos que nossos territórios existências hoje são em grande medida imagéticos. A máquina da ficção científica é produtora de uma dada sensibilidade, uma vez institui uma determinada forma de ver e dizer o corpo. Em face das vertiginosas transformações tecnológicas pelas quais passam as sociedades contemporâneas, e de seus múltiplos desdobramentos que já podemos sentir e por isso mesmo antever, perguntamos: quais os seus efeitos e virtuais implicações com as práticas, os saberes e os domínios da Educação Física e das Ciências do Esporte? Através de que modalidades, com que tecnologias, e sob que concepções de corpo (corpo orgânico ou pós-orgânico, cibernético...) e de humano ou ?pós-humano? (ciborgues) daqui por diante, exercitar-se-á o que chamamos de Educação Física e Ciências do Esporte? É no horizonte destas inquietações, que o cinema é capaz de provocar em nós e de nos fazer pensar, que temos desenvolvido nosso projeto de pesquisa em conexão com o Cineclube Corpo e Pensamento do Instituto de Educação Física e Esportes (IEFES-UFC).
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (2) .

Integrantes: Homero Luís Alves de Lima - Coordenador / Fabrício Leomar Lima Bezerra - Integrante / Marcos Aurélio Silva de Souza - Integrante / Vitor Maia Sabóia - Integrante / Bartira Dias de Albuquerque - Integrante / Felipe Camilo Mesquita Kardozo - Integrante.
2008 - 2010
Corpo, Tecnologia e Biopolítica
Descrição: A presente pesquisa tem como objetivo analisar as formas contemporâneas de problematização das relações corpo, novas tecnologias e biopolítica. Fundamentalmente, objetiva analisar as práticas imagético-discursivas agenciadas ao dispositivo das novas tecnologias e os processos de subjetivação aí implicados. Ao problematizar os saberes, as modalidades de poder, os processos de subjetivação e as formas de sociabilidade emergentes nas sociedades informacionais (Castells, 2000) e biopolíticas (Agamben, 1998), a pesquisa insere-se na teoria social e cultural contemporânea, de que são exemplos a antropologia do ciborgue, o pós-humanismo cibernético e o ciberfeminismo. O presente projeto de pesquisa, insere-se na linha de pesquisa "Filosofia e Sociologia da Educação" do eixo temático "Filosofias da Diferença, Antropologia e Educação" do programa de Pós-Graduação em Educação Brasileira da Universidade Federal do Ceará, assim como integra o diretório de grupo de pesquisas do CNPq intitulado "Educação e Políticas de Subjetivação nas Sociedades Contemporâneas" ..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) .

Integrantes: Homero Luís Alves de Lima - Coordenador / Fabrício Leomar Lima Bezerra - Integrante / Marcos Aurélio Silva de Souza - Integrante.

Número de produções C, T & A: 1
2008 - Atual
Biopolítica, escola e resistência: infâncias para a formação de professores
Descrição: Biopolítica, escola e resistência: infâncias para a formação de professores Descrição: Trata-se de Projeto de cooperação interinstitucional, aprovado pelo Programa Procad-CAPES, tendo como instituições participantes: UERJ, UNESP, UNB e UFC. Coordenação Geral: Walter Omar Kohan (Programa de Pós-Graduação em Educação (PROPED-UERJ). Coordenação - UFC: Sylvio Gadelha (Programa de Pós-Graduação em Educação Brasileira - FACED-UFC). Coordenação - UNESP: Paula Ramos (Programa de Pós-Graduação em Educação Escolar da UNESP -Campos de Araraquara). Coordenação - UNB: Lúcia helena Pulino (Programa de Pós-Graduação em Processos de Desenvolvimento Humano e Saúde PG-PDS da UnB). Linhas articuladoras Linha 1: Subjetividade, biopolítica e resistência O problema central explorado por essa Linha de Pesquisa remete aos processos e políticas de subjetivação em curso nas sociedades contemporâneas, em suas implicações na e com a educação. A idéia é a de se problematizar tais processos e políticas sob duas faces, indissociáveis uma da outra: a) os mecanismos e tecnologias envolvidos na normalização, regulamentação e controle das vidas dos indivíduos e coletividades (governamentalidade neoliberal, biopolítica, biopoderes); b) os movimentos, as lutas e os processos de singularização, individuais e coletivos, que expressam diferentes formas de resistência a essas novas tecnologias e mecanismos de dominação e assujeitamento. Nesses termos, os temas que constituem objeto de pesquisa se encontram implicados, em diversos níveis (micro e macro), aos processos de inclusão-exclusão. Tendo em vista o presente projeto, cujo acento reside na formação do professor, a pergunta que deverá orientar os esforços dessa Linha de pesquisa, é: como os processos de inclusão-exclusão podem ser explorados por aqueles que se incumbem da formação de professores? Linha 2: Escola filosofante A temática principal dessa linha é constituída pelas relações entre educação, conhecimento e filosofia, com particular atenção a.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.

Integrantes: Homero Luís Alves de Lima - Coordenador / Sylvio de Souza Gadelha Costa - Integrante / Walter kohan - Integrante.
2008 - Atual
Pós-Humanismo Cibernético e Filosofia da Educação
Descrição: Em As Palavras e as Coisas, Michel Foucault diagnostica a morte do homem no âmbito da escrita literária, das filosofias da linguagem, da lingüística ? o ser do homem é deslocado em favor do ser da linguagem. Observa-se hoje uma virada lingüística comandada pela ciência da cibernética em que a tese da morte do homem ou seu desaparecimento é recolocada no âmbito dos discursos agenciados ao universo pós-orgânico, pós-humano. Com a linguagem cibernética de codificação de informação, o vivente é concebido como mensagens, fluxos de informação molecular-digital. Articulada a linguagem cibernética encontramos o que podemos nomear uma estética de desaparição corporal de que são exemplos os discursos agenciados e/ou circunvizinhos ao pós-humanismo cibernético. A multiplicidade de práticas imagético-discursivas que investem o corpo hoje é delineada pelo a priori histórico da informação, definido pela junção da cibernética, tecnologias da informação e biologia molecular, que estão na base das práticas de digitalização e virtualização da vida e do corpo. É nesse solo arqueológico que acreditamos encontrar a condição de possibilidade das novas configurações em que se inscrevem os discursos sobre o corpo pós-orgânico, corpo informação, corpo pós-humano, que hoje vemos plasmar tanto a mídia como a teoria social contemporânea. A pesquisa empreende uma arqueogenealogia das produções imagético-discursivas pós-humanistas e busca apreender suas implicações para o campo da filosofia da educação..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (2) .

Integrantes: Homero Luís Alves de Lima - Coordenador / Fabrício Leomar Lima Bezerra - Integrante / Marcos Aurélio Silva de Souza - Integrante / Bartira Dias de Albuquerque - Integrante / Felipe Camilo Mesquita Kardozo - Integrante.

Número de produções C, T & A: 2
2001 - 2002
Introdução a Bioética e ao Biodireito
Descrição: Analisar e discutir os temas e conceitos fundamentais da bioética e do biodireito nas suas interfaces com as novas tecnologias de (re)produção da vida emergentes no campo das ciências da vida, no que tange aos seus aspectos sócio-filosóficos e ético-jurídicos. TEMAS: Projeto Genoma Humano, transgênicos, lei de patentes, biotecnologia e globalização, Biodiversidade, Eutanásia, novas tecnologias de (re)produção da vida, como engenharia genética, tecnologia do DNA recombinante, clonagem humana, fertilização in vitro, no que concerne aos procedimentos e possibilidades técnicas, bem como dos riscos envolvidos; Dar-se-á uma atenção especial às legislações nacionais e internacionais, declarações de órgãos do governo (CTNbio) e instituições que tratam de questões que envolvem as novas tecnologias de (re)produção da vida..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (6) .

Integrantes: Homero Luís Alves de Lima - Coordenador.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências da Saúde / Área: Educação Física / Subárea: Fundamentos Filosóficos da Educação Física.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Educação / Subárea: Fundamentos Filosóficos da Educação.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Filosofias da Diferença.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Lê Bem.
Espanhol
Compreende Bem, Lê Bem.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
LIMA, H. L. A.2009LIMA, H. L. A.. Desconstrução do Humanismo na Ontologia Fundamental de Martin Heidegger: desdobramentos para a filosofia da Educação. Educação em Debate (UFC), v. 1 e 2, p. 11-23, 2009.

2.
LIMA, H. L. A.2002LIMA, H. L. A.. Dispositivos Biotecnológicos e a Produção de Corpos Pós-Humanos: uma abordagem arqueo-genealógica. Estudos de Sociologia (São Paulo), Recife, v. 8, n.1 e 2, p. 121-128, 2002.

3.
LIMA, H. L. A.2000LIMA, H. L. A.. Pensamento Epistemológico da Educação Física brasileira: das controvérsias acerca do estatuto cienífico. Revista Brasileira de Ciências do Esporte, v. 21, n.1, p. 95-102, 2000.

4.
LIMA, H. L. A.2000LIMA, H. L. A.. Epistemologia, Relativismo e Educação Física. Revista Brasileira de Ciências do Esporte, v. 22, n.1, p. 65-79, 2000.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
LIMA, H. L. A.. DO CORPO-MÁQUINA AO CORPO-INFORMAÇÃO: o pós-humano como horizonte biotecnológico. 1. ed. Curitiba: Certa, 2010. 282p .

Capítulos de livros publicados
1.
LIMA, H. L. A.. Diferença Ontológica, Pensamento Calculador e Biopolítica em Martin Heidegger. In: Lúcia Helena Pulino; Sylvio Gadelha. (Org.). Biopolítica, Escola e Resistência: infâncias para a formação de professores. 1ed.São Paulo: Alínea, 2012, v. 1, p. 89-99.

2.
LIMA, H. L. A.. Metafísica da Vontade de Poder e Pensamento Calculador: uma leitura do Nietzsche de Heidegger. In: Paula Ramos de Oliveira; Walter Omar Kohan. (Org.). Biopolítica, Escola e Resistência: infâncias para a formação dos professores. 1ed.São Paulo: Alínea, 2012, v. 2, p. 263-277.

3.
LIMA, H. L. A.. Metafísica da Vontade de Poder e o Pensamento do Super-Homem. Da Educação do Super-homem. In: Eduardo Chagas, Hildemar Rech, Raquel Vasconcelos, Vilson da Mata. (Org.). Indivíduo e Sociedade na Crise do Capitalismo. 1ed.Fortaleza: Edições UFC, 2012, v. 1, p. 303-318.

4.
LIMA, H. L. A.. Metafísica da Vontade de Poder e Maquinação em Martin Heidegger: desdobramentos para a filosofia da educação. In: Eduardo Chagas, Hildemar Rech, Raquel Vasconcelos, Vilson da Mata. (Org.). Subjetividade e Educação. 1ed.Fortaleza: Edições UFC, 2012, v. , p. 211-229.

5.
LIMA, H. L. A.. Corpo Cyborg e o Dispositivo das Novas Tecnológicas. In: Silvana Goellner;Edvaldo Couto. (Org.). Corpos Mutantes: ensaios sobre novas (de)eficiências corporais.. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2009, v. 1, p. 29-43.

6.
LIMA, H. L. A.. Verdade e Conhecimento na Perspectiva da Vontade de Poder em Nietzsche. In: VASCONCELOS, J. G. ; MUNIZ, Cellina Rodrigues. (Org.). NIETZSCHIANISMOS. 1ed.Fortaleza: EUFC, 2008, v. 1, p. 130-145.

7.
LIMA, H. L. A.. Notas para uma arqueogenealogia dos saberes do GTT de epistemologia do CBCE. In: Yara M. Carvalho; Meily A. Linhales.. (Org.). Política científica e produção do conhecimento em educação física. Goiânia: CBCE, 2007, v. 1, p. 72-85.

8.
LIMA, H. L. A.. O Conhecimento como Vontade de Poder em Nietzsche. In: Terezinha Petrucia da Nóbrega. (Org.). Epistemologia, Saberes e Práticas da Educação Física. João Pessoa: Editora Universitária/UFPB, 2006, v. 1, p. 39-58.

9.
LIMA, H. L. A.. Bioética. In: Fernando Gonzáles; Paulo Fensterseifer. (Org.). Dicionário Crítico de Educação Física. Ijuí: Editora da UNIJUÍ, 2005, v. 1, p. 45-49.

10.
LIMA, H. L. A.. Ciências do Esporte. In: Fernando Gonzáles; Paulo Fensterseifer. (Org.). Dicionário Crítico de Educação Física. Ijuí: Editora da UNIJUÍ, 2005, v. 1, p. 66-70.

11.
LIMA, H. L. A.. Pensamento Epistemológico da Educação Física Brasileira: uma análise crítica. In: Amarílio Ferreira Neto. (Org.). Pesquisa Histórica na Educação física. Aracruz: Facha Editora, 1999, v. 4, p. 117-138.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
LIMA, H. L. A.. Vontade de poder, Maquinação e Pensamento Calculador em Martin Heidegger: desdobramentos para a filosofia da educação.. In: 34a Reunião Anual da ANPED, 2011, Natal. Anais da 34a REunião Anual da ANPED. Fortaleza: RDS Gráfica e Editora, 2011. p. 1-17.

2.
LIMA, H. L. A.. Diferença Ontológica, Pensamento do Sentido e Aprendizagem em Martin Heidegger. In: V Colóquio Internacional de Filosofia da Educação - Devir-criança da Filosofia: infância da educação, 2010, Rio de Janeiro. V Colóquio Internacional de Filosofia da Educação: Devir-criança da filosofia: infância da educação, 2010. p. 01-17.

3.
LIMA, H. L. A.. Humanismo, verdade e formação na ontologia fundamental de Martin Heidegger. In: 33 Reunião Anual da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação - ANPED, 2010, Caxambu - MG. 33 Reunião Anual da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação - ANPED, 2010.

4.
LIMA, H. L. A.. Heidegger e a Desconstrução do Humanismo: ressonâncias para a filosofia da educação. In: XIX EPENN - Encontro de Pesquisa Educacional do Norte e Nordeste, 2009, Jão Pessoa. XIX EPENN - Encontro de Pesquisa Educacional do Norte e Nordeste. João Pessoa, 2009.

5.
LIMA, H. L. A.. Corpo, Tecnologia e Biopolítica. In: I Colóquio Internacional de História e Memória da Educação do Ceará e VI Encontro Cearense de Historiadores da Educação, 2007, Aracati. Anais do I Colóquio Internacional de História e Memória da Educação do Ceará e VI Encontro Cearense de Historiadores da Educação, 2007. p. 468-478.

6.
LIMA, H. L. A.. Imagens de Robôs e Andróides: desconstruindo a metafísica da inteligência artificial. In: XV Congresso Brasileiro de Ciência do Esporte e II Congresso Internacional de Ciências do Esporte, 2007, Recife. Anais do XV Congresso Brasileiro de Ciências do Esporte e II Congresso Internacional de Ciências do Esporte, 2007. p. 1-9.

7.
LIMA, H. L. A.. O Pós-Humanismo Cibernético e o Super-Homem em Nietzsche. In: XV Congresso Brasileiro de Ciência do Esporte e II Congresso Internacional de Ciências do Esporte, 2007, Recife. Anais do XV Congresso Brasileiro de Ciência do Esporte e II Congresso Internacional de Ciências do Esporte, 2007. p. 1-5.

8.
LIMA, H. L. A.. Do Corpo-Máquina ao Corpo-Informação: o pós-humano como horizonte biotecnológico. In: XIV Congresso Brasileiro de Ciências do Esporte e I Congresso Brasileiro de Ciências do Esporte, 2005, Porto Alegre. Anais do XIV Congresso brasileiro de Ciências do Esporte. CD-ROM. ISBN 8588968096, 2005. p. 1-9.

9.
LIMA, H. L. A.. Corpo, Pós-Humanismo Cibernético e Metafísica. In: XIV Congressso Brasileiro de Ciências do Esporte e I Congresso Brasileiro de Ciências do Esporte, 2005, Porto Alegre. Anais do XIV Congresso Brasileiro de Ciências do Esporte e I Congresso Brasileiro de Ciências do Esporte. CD-ROM. ISBN 8588968096, 2005. p. 1-9.

10.
LIMA, H. L. A.. Do Corpo-Máquina ao Corpo-Informação: o pós-humano como horizonte biotecnológico. In: 29 Encontro Anual da ANPOCS, 2005, Caxambu. Anais do 29 Encontro Anual da ANPOCS, 2005.

11.
LIMA, H. L. A.. Dispositivos Biotecnológicos e a Produção de Corpos Pós-Humanos. In: XIII Congresso Brasileiro de Ciências do Esporte, 2003, Caxambu. Anais do XIII Congresso Brasileiro de Ciências do Esporte. CD-ROM. ISBN 8588968053, 2003.

12.
LIMA, H. L. A.. O Conhecimento como Vontade de Poder em Nietzsche. In: XXVI Jornada de Filsofia e Teoria das Ciências Humanas, 2002, Marília. Anais do XXVI Jornada de Filsofia e Teoria das Ciências Humanas.

13.
LIMA, H. L. A.. Nas Fronteiras do Biopoder: a produção da vida nua como horizonte biotecnológico. In: XII Congresso Brasileiro de Ciências do Esporte, 2001, Caxambu. Anais do XII Congresso Brasileiro de Ciências do Esporte. CD-ROM. ISBN 858896801, 2001.

14.
LIMA, H. L. A.. Pensamento Epistemológico da Educação Física Brasileira: das controvérsias acerca do estatuto científico. In: XIV Encontro de Pesquisa Educacional do Nordeste: Avaliação Institucional, 1999, Salvador. Anais do XIV Encontro de Pesquisa Educacional do Nordeste: Avaliação Institucional, 1999.

15.
LIMA, H. L. A.. Tendências Epistemológicas em torno do Movimento Humano e suas implicações para o Campo Acadêmico da Educação Física. In: XIII Encontro de Pesquisa Educacional do Nordeste (EPEN), 1998, Natal. Caderno Especial de Filosofia da Educação. Natal: UFRN, 1997. v. 18. p. 61-77.

16.
LIMA, H. L. A.. Condições Pós-Modernas: consequências para o campo acadêmico da Educação Física. In: X Congresso Brasileiro de Ciências do Esporte (CONBRACE), 1997, Goiânia. Anais do X Congresso Brasileiro de Ciências do Esporte, 1997.

17.
LIMA, H. L. A.. Adeus à Educação Física Progressista. In: X Congresso Brasileiro de Ciências do Esporte, 1997, Goiânia. Anais do X Congresso Brasileiro de Ciências do Esporte, 1997. v. 1. p. 83-88.

18.
LIMA, H. L. A.. Tendências Epistemológicas em torno do Movimento Humano e suas implicações para o campo acadêmico da Educação Física. In: X Congresso Brasileiro de Ciências do Esporte, 1997, Goiânia. Anais do X Congresso Brasileiro de Ciências do Esporte, 1997. v. 2. p. 1526-1535.

19.
LIMA, H. L. A.. Concepções Abertas no Ensino da Educação Física: uma experiência pedagógica no contexto da escola pública Leal de Barros. In: IX Congresso Brasileiro de Ciências do Esporte (CONBRACE), 1995, Vitória. Anais do IX Congresso Brasileiro de Ciências do Esporte (CONBRACE), 1995. v. 1. p. 65.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
LIMA, H. L. A.. Pensamento Epistemológico da Educação Física Brasileira: das controvérsias acerca do estuto científico. In: XII Congresso Brasileiro de Ciências do Esporte (CONBRACE), 1999, Florianópolis. Anais do XII Congresso Brasileiro de Ciências do Esporte, 1999.

2.
LIMA, H. L. A.. O Campo Acadêmico da Educação Física face ao esgotamento das Pedagogias Radicais. In: Congresso Brasileiro de Ciências do Esporte (CONBRACE), 1997, Goiânia. Anais do X Congresso Brasileiro de Ciências do Esporte, 1997.

3.
LIMA, H. L. A.. Habermas e a Razão Comunicativa. In: IX Congresso Brasileiro de Ciências do Esporte (CONBRACE), 1995, Vitória. Anais do IX Congresso Brasileiro de Ciências do Esporte, 1995.

4.
LIMA, H. L. A.. A Verdade e a Ilusão do Pós-Moderno. In: IX Congresso Brasileiro de Ciências do Esporte (CONBRACE), 1995, Vitória. Anais do IX Congresso Brasileiro de Ciências do Esporte, 1995.

5.
LIMA, H. L. A.. Ideal Ciêntífico e a Razão Instrumental. In: IX Congresso Brasileiro de Ciências do Esporte (CONBRACE), 1995, Vitória. Anais do IX Congresso Brasileiro de Ciências do Esporte (CONBRACE), 1995. v. 17. p. 42.

6.
LIMA, H. L. A.. Concepções Abertas no Ensino da Educação Física: uma experiência pedagógica no contexto da escola pública Leal de Barros. In: SBPC, 1995, São Luis. Anais da SBPC, 1995. v. 2. p. 270.

7.
LIMA, H. L. A.. Concepções Subjacentes à Educação Física & Esporte: enquanto ciência, Filosofia e Pedagogia. In: III Congresso de Iniciação Científica (CONIC), 1995, Recife. Anais do III Congresso de Iniciação Científica, 1995. p. 118.

8.
LIMA, H. L. A.. Concepções Abertas no Ensino da Educação Física: uma experiência pedagógica no contexto da Escola Pública Leal de Barros. In: III Congresso de Iniação Científica (CONIC), 1995, Recife. Anais do III Congresso de Iniação Científica (CONIC), 1995. v. 2. p. 118-118.

9.
LIMA, H. L. A.. A Internalização da Repressão na Relação Professor-Aluno nas Aulas de Educação Física. In: VIII Congresso Brasileiro de Ciências do Esporte (CONBRACE), 1993, Belém. Anais do VIII Congresso Brasileiro de Ciências do Esporte (CONBRACE), 1993. v. 1.

10.
LIMA, H. L. A.. Do Medo à Liberdade. In: VIII Congresso Brasileiro de Ciências do Esporte (CONBRACE), 1993, Belém. Anais do VIII Congresso Brasileiro de Ciências do Esporte (CONBRACE), 1993. v. 1.

11.
LIMA, H. L. A.. O Esporte Educa?. In: I Semana Acadêmica de Educação Física, 1993, Santa maria. Anais da I Semana Acadêmica de Educação Física, 1993.

Resumos publicados em anais de congressos (artigos)
1.
LIMA, H. L. A.1998LIMA, H. L. A.. Pensamento Epistemológico da Educação Física Brasileira: das controvérsias acerca do estatuto científico. Revista Brasileira de Ciências do Esporte, v. 20, p. 69-70, 1998.


Demais tipos de produção técnica
1.
LIMA, H. L. A.; COSTA, S. S. G. . Minicurso Educação, Biotecnologias e Biopolítica. 2009. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

2.
LIMA, H. L. A.; COSTA, S. S. G. . Educação, Biotecnologias e Biopolítica. 2009. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

3.
LIMA, H. L. A.. Corpo Cyborg e Pós-Humanismo em Blad Runner. 2007. (Conferência).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
LIMA, H. L. A.. Participação em banca de Diego Frank Marques Cavalcante. Da Sedução Malandra à Imaginação Tática: a sociogênese do pensamento futebolístico brasileiro e sua representação discursiva. 2010. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Sociologia) - Universidade Federal do Ceará.

2.
LIMA, H. L. A.. Participação em banca de José Wagner de Almeida. Governamentalidade neoliberal, empreendedorismo e suas repercussões nos processos educacionais da cidade de Horizonte/CE. 2010. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal do Ceará.

3.
LIMA, H. L. A.; COSTA, S. S. G.; FONTTELES FILHO, J. M. Participação em banca de Flávia Alves de Sousa. A educação das crianças indígenas Pitaguary: o que elas pensam da escola diferenciada.. 2007. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal do Ceará.

Teses de doutorado
1.
LIMA, H. L. A.. Participação em banca de Cléber Domingos Cunha da Silva. Biopolítica, educação e ascetismo médico: as ofensivas a partir de Nietzsche e Foucault. 2010. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade Federal do Ceará.




Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
II Jornada Procad-Capes.Palestra: "Diferença Ontológica, Pensamento Calculador e Biopolítica em Martin Heidegger". 2010. (Outra).

2.
VI Colóquio Internacional Michel Foucault. 2009. (Outra).

3.
I Colóquio Internacional de História e Memória da Educação do Ceará e VI Encontro Cearense de Historiadores da Educação.Corpo, Tecnologia e Biopolítica. 2007. (Encontro).

4.
VIII Simpósio Internacional de Filosofia Nietzsche - Deleuze.Palestra: "Vontade de Potência e Pós-Humanismo Cibernético: notas acerca de uma estética" de desaparição corporal. 2007. (Simpósio).

5.
XV Congresso Brasileiro de Ciências do Esporte e II Congresso Brasileiro de Ciências do Esporte. Pós-Humanismo Cibernético e o Super-homem em Nietzsche. 2007. (Congresso).

6.
Filosofia do Conhecimento e Teoria Política.Palestra: "Conhecimento, Poder e Controle em Michel Foucault". 2006. (Seminário).

7.
II Seminário de Epistemologia e Teorias da Educação e III Colóquio de Epistemologia da Educação Física do CBCE.Palestra:. 2006. (Seminário).

8.
XIV Congresso Brasileiro de Ciências do Esporte e I Congresso Brasileiro de Ciências do Esporte. Do Corpo-Máquina ao Corpo-Informação: o pós-humano como horizonte biotecnológico. 2005. (Congresso).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Alexandre Moirão. Arte, Resistência e Educação. Início: 2012. Dissertação (Mestrado profissional em Educação) - Universidade Federal do Ceará. (Orientador).

Tese de doutorado
1.
Paulo Sergio Caldas de Almeida. Corporeidade e Transcorporeidade: estratégias para pedagogias da diferença na dança. Início: 2013. Tese (Doutorado em Pós-graduação em educação brasileira) - Universidade Federal do Ceará. (Orientador).

Iniciação científica
1.
Fabrício Leomar Lima Bezerra. Cinema, Corpo e Pensamento. Início: 2010. Iniciação científica (Graduando em Educação Física) - Universidade Federal do Ceará. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Bartira Dias de Albuquerque. Arte, Resistência e Educação: cartografias das ações do movimento Elas (Escola Livre de Arte Subversiva) na cidade de Fortaleza. 2013. Dissertação (Mestrado em Pós-graduação em educação brasileira) - Universidade Federal do Ceará, Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Homero Luís Alves de Lima.

2.
Paulo caldas de Almeida. Para uma Pedagogia da Dança Contemporânea: as proposições de William Forythe. 2013. Dissertação (Mestrado em Pós-graduação em educação brasileira) - Universidade Federal do Ceará, . Orientador: Homero Luís Alves de Lima.

3.
Alexandre de Albuquerque Mourão. Resistências à Biopolítica na Educação: Arte Atiivista na Exceção Brasileira. 2013. Dissertação (Mestrado em Pós-graduação em educação brasileira) - Universidade Federal do Ceará, Fundação cearence de amparo à pesquisa. Orientador: Homero Luís Alves de Lima.

4.
Úrsula Lima Brugge. Corpo, Mídia e Educação: uma arqueogenealogia da produção imagético-discursiva dos corpos femininos contemporâneos. 2010. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal do Ceará, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Homero Luís Alves de Lima.




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 16/02/2019 às 2:22:01