Murilo Chaves Vilarinho

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/5577610922123576
  • Última atualização do currículo em 10/12/2018


Graduado em Relações Internacionais pela Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC-GO), onde desenvolveu pesquisa sobre o Fórum Social Mundial (FSM). É mestre em Sociologia pela Universidade Federal de Goiás (UFG-GO), na qual empreendeu estudos sobre os direitos humanos , considerando-se as temáticas gênero e proteção internacional dos direitos do homem. Doutorou-se em Sociologia pela mesma Instituição, na qual defendeu tese a respeito da representação do negro na sociedade carioca do século XIX, baseando-se na literatura machadiana. É professor Adjunto, na Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT), da Universidade Federal de Goiás (UFG). Áreas de interesse, de pesquisa e de docência: Sociologias Clássica e Contemporânea; Filosofia e História da Ciência; Cultura; Ética e Direitos Humanos; Metodologia Científica e Tecnológica; Leitura e Produção Textual; Comércio Exterior. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Murilo Chaves Vilarinho
Nome em citações bibliográficas
VILARINHO, M. C.;VILARINHO, MURILO CHAVES

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal de Goiás, Faculdade de Ciências e Tecnologia.
Rua Mucuri
Parque Itatiaia
74968755 - Aparecida de Goiânia, GO - Brasil
Telefone: (062) 32096551
URL da Homepage: https://www.fct.ufg.br/


Formação acadêmica/titulação


2011 - 2015
Doutorado em Sociologia.
Universidade Federal de Goiás, UFG, Brasil.
Título: SOCIEDADE CARIOCA DEZENOVESCA: o negro-cativo, o negro-alforriado e o negro-abandonado, no realismo machadiano (1881-1908), Ano de obtenção: 2015.
Orientador: Dr. Francisco Chagas E. Rabelo.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Escravidão; Machado de Assis; Sociologia da literatura; Sociedade de Corte.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Sociologia da Literatura.
2009 - 2010
Mestrado em Sociologia.
Universidade Federal de Goiás, UFG, Brasil.
Título: Mulheres mutiladas e mulheres desonradas: a importância da luta de Mukhtar Mai e Khady Koita aos direitos humanos das mulheres.,Ano de Obtenção: 2011.
Orientador: Dr. Dijaci David de Oliveira.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Direitos Humanos; Mulheres; Patriarcalismo; Violência; Crimes de Honra.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Sociologia.
Grande Área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Direito.
2003 - 2007
Graduação em Relações Internacionais.
Pontifícia Universidade Católica de Goiás, PUC-GO, Brasil.
Título: Fórum Social Mundial: a busca por uma outra concepção de governança global.
Orientador: Ms. Maria Aparecida Guimarães Skorupski.
Bolsista do(a): Pontifícia Universidade Católica de Goiás, PUC GOIÁS, Brasil.




Formação Complementar


2016
Extensão universitária em Grupo de Estudos em Direitos Humanos. (Carga horária: 6h).
Universidade Federal de Goiás, UFG, Brasil.
2010
Língua Portuguesa. (Carga horária: 130h).
Instituto Carlos André, I.C.A, Brasil.
2010
Lingua Espanhola.
Centro Cultural Brasil-Espanha, CCBE, Brasil.
2010
Lingua Francesa.
Aliança Francesa, AF, Brasil.
2018 - 2018
curso ?CAD ? FCT ? professores em Estágio Probatório?. (Carga horária: 2h).
Universidade Federal de Goiás, UFG, Brasil.
2018 - 2018
Curso de Capacitação: Importação Passo a Passo. (Carga horária: 8h).
Federação das Indústrias do Estado de Goiás, FIEG, Brasil.
2016 - 2017
Proficient user-effective operational proficiency or advanced of CERF. (Carga horária: 80h).
the advanced writing and conversation course at Special English Services, SES, Brasil.
2016 - 2017
Diplomacia. (Carga horária: 460h).
Clio, CLIO, Brasil.
2016 - 2016
Relevância das Questões Ambientais. (Carga horária: 5h).
Fundação Getúlio Vargas, FGV, Brasil.
2015 - 2016
Projeto Ensino Participativo-Teoria e Prática. (Carga horária: 10h).
Fundação Getúlio Vargas, FGV, Brasil.
2015 - 2016
Formação Docente para Professores de Direito. (Carga horária: 10h).
Fundação Getúlio Vargas, FGV, Brasil.
2014 - 2016
Inglês. (Carga horária: 450h).
Sara Walker's Special English Course, SW, Brasil.
2013 - 2013
Sociologia. (Carga horária: 30h).
Fundação Getúlio Vargas, FGV, Brasil.
2013 - 2013
Treinamento Portal de Periódicos CAPES.
Universidade Federal de Goiás, UFG, Brasil.
2013 - 2013
Normatização de trabalhos acadêmicos.
Universidade Federal de Goiás, UFG, Brasil.
2011 - 2011
Memória, história e historiografia. (Carga horária: 60h).
Universidade Federal de Goiás, UFG, Brasil.
2011 - 2011
A sociedade brasileira em formação. (Carga horária: 60h).
Universidade Federal de Goiás, UFG, Brasil.
2010 - 2010
Metodologia da Pesquisa. (Carga horária: 5h).
Fundação Getulio Vargas - SP, FGV-SP, Brasil.
2010 - 2010
Filosofia. (Carga horária: 30h).
Fundação Getulio Vargas - SP, FGV-SP, Brasil.
2009 - 2009
Extensão universitária em Treinamento do portal capes- Editor Dotlib. (Carga horária: 8h).
Universidade Federal de Goiás, UFG, Brasil.
2009 - 2009
Relações Raciais. (Carga horária: 60h).
Universidade Federal de Goiás, UFG, Brasil.
2005 - 2007
Lingua Inglesa. (Carga horária: 200h).
Uptime, UC, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Federal de Goiás, UFG, Brasil.
Vínculo institucional

2018 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Adjunto, Carga horária: 32, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Ensino- Engenharia de Produção. Nível: Graduação Disciplina ministrada Metodologia

Vínculo institucional

2018 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Adjunto, Carga horária: 32, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Ensino- Engenharia de Produção. Nível: Graduação Disciplina ministrada Projetos Solidários

Vínculo institucional

2018 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Adjunto, Carga horária: 32, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Ensino- Engenharia de Produção Nível: Graduação Disciplina ministrada Tópicos avançados em Logística- Introdução ao Comércio Exterior

Vínculo institucional

2018 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Adjunto, Carga horária: 4, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Direção e administração, Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT), . Cargo ou função Coordenador de TCC curso de graduação em Engenharia de Produção.

Vínculo institucional

2018 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Adjunto, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT), . Cargo ou função Membro do Conselho do Curso de Engenharia de Produção..

Vínculo institucional

2018 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Conselhos, Comissões e Consultoria, Universidade Federal de Goiás (UFG). Cargo ou função Representante da FCT no Comitê de Ética e Pesquisa da UFG.

Vínculo institucional

2018 - 2018
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Docente, Carga horária: 64
Outras informações
Ensino- Engenharia de Produção, Geologia. Nível: Graduação Disciplina ministrada Leitura e produção de textos técnicos e acadêmicos.

Vínculo institucional

2018 - 2018
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Docente, Carga horária: 32
Outras informações
Ensino- Engenharia de Produção, estendendo-se aos demais cursos da Unidade e da Instituição. Nível: Graduação Disciplina ministrada Núcleo Livre- Introdução ao estudo dos fundamentos filosóficos e históricos da ciência

Vínculo institucional

2017 - 2017
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Docente, Carga horária: 40
Outras informações
Ensino- Engenharia de Produção, Geologia. Nível: Graduação Disciplina ministrada Leitura e produção de textos técnicos e acadêmicos

Vínculo institucional

2017 - 2017
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Docente, Carga horária: 40
Outras informações
Ensino- Engenharia de Produção, Geologia. Nível: Graduação Disciplina ministrada Ética e Sociologia

Vínculo institucional

2017 - 2017
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Docente, Carga horária: 32
Outras informações
Ensino- Engenharia de Produção. Geologia e Engenharia de Transportes. Nível: Graduação Disciplina ministrada- disciplina optativa Projetos Solidários

Vínculo institucional

2017 - 2017
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Docente, Carga horária: 32
Outras informações
Ensino- Engenharia de Produção. Nível: Graduação Disciplina ministrada Metodologia Científica

Vínculo institucional

2016 - 2016
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Docente, Carga horária: 40
Outras informações
Ensino- Engenharia de Produção, Nível: Graduação Disciplina ministrada Leitura e produção de textos técnicos e acadêmicos

Vínculo institucional

2016 - 2016
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Docente, Carga horária: 40
Outras informações
Ensino - Engenharia de Produção e Geologia, Nível: Graduação. Disciplina ministrada Ética e Sociologia

Vínculo institucional

2016 - 2016
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Docente, Carga horária: 40
Outras informações
Ensino- Engenharia de Produção, Nível: Graduação Disciplina ministrada Metodologia Científica.

Vínculo institucional

2011 - 2011
Vínculo: Doutorando, Enquadramento Funcional: Professor\Estagiário, Carga horária: 6, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Ministrou a disciplina Sociologia 4 (Sociologia Contemporânea), na Faculdade de Ciências Sociais (FCS), aos graduandos do 3 período da graduação em Ciências Sociais, sendo coordenado pelo professor Dr. Francisco Rabelo (UFG).

Vínculo institucional

2010 - 2010
Vínculo: Mestrando, Enquadramento Funcional: Professor\ Estágiario, Carga horária: 3, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Ministrou parte da disciplina Educação Formal aos alunos do Estágio Supervisionado (responsável - Prof. Dr. Dijaci D. Oliveira.). Durante o estágio docente, na Faculdade de Ciências Sociais (FCS), foram trabalhados os assuntos: a) Educação básica: análise sobre a educação fundamental e média. Seminário Política Educacional; b)Educação prisional : educação prisional. Seminário Política Educacional; c) Educação de jovens e de adultos: reflexões sobre o EJA; d) Ensino superior.


Pontifícia Universidade Católica de Goiás, PUC-GO, Brasil.
Vínculo institucional

2007 - 2007
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: pesquisador, Carga horária: 3, Regime: Dedicação exclusiva.


Faculdades Objetivo, IUESO, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - 2016
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 6
Outras informações
Ensino- Direito, Nível: Graduação Disciplina ministrada Filosofia Geral e Jurídica

Vínculo institucional

2016 - 2016
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Docente- Membro Núcleo Docente Estruturante, Carga horária: 3
Outras informações
Membro do Núcleo Docente Estruturante (NDE). Ensino- Direito, Nível: Graduação

Vínculo institucional

2016 - 2016
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 3
Outras informações
Ensino- Direito, Nível: Graduação Disciplina ministrada História do Direito

Vínculo institucional

2015 - 2015
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 3
Outras informações
Ensino- Direito, Nível: Graduação Disciplina ministrada Ciência Política



Projetos de pesquisa


2018 - Atual
Engenharia de Produção: estudos sobre ética e desdobramentos na prática profissional
Descrição: O projeto de pesquisa visa compreender os meandros da ética na atuação do engenheiro de produção e na própria área de Engenharia de Produção. Além disso, investiga-se a ética no universo da produção industrial e seus desdobramentos. Um estudo sobre o contexto social, filosófico,técnico em que atitude ética possa ser vislumbrada apresenta-se como um dos nortes contemplados pela proposta..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Murilo Chaves Vilarinho - Coordenador / Giovana Giarola - Integrante / Mariana Torres - Integrante / Luiz Felipe Ordones Almeida - Integrante.
2016 - 2017
LEITURAS DO BRASIL DEZENOVESCO Sociedade e escravidão em Machado de Assis
Descrição: Este projeto buscar investigar os aspectos sociais que conformaram o contexto oitocentista brasileiro. O sistema escravista e seus desdobramentos na sociedade, na mentalidade, na política, na cultura são lidos e analisados à luz da literatura machadiana, elemento de memória que permite acessar as sendas do passado e discutir o quotidiano do povo brasileiro. Sociologias da Literatura e da Cultura e Pensamento Social Brasileiro são grandes áreas abordadas neste projeto..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2012 - 2015
SOCIEDADE CARIOCA DEZENOVESCA: o negro-cativo, o negro-alforriado e o negro-abandonado, no realismo machadiano (1881-1908)
Descrição: O projeto objetivou compreender a representação do negro na literatura realista machadiana por meio da Sociologia da literatura de Antonio Cândido e da hermenêutica de Ricoeur. Desse modo, por meio das crônicas, dos contos e dos romances do literato , foi possível estudar a representação do negro, no Rio de Janeiro dezenovesco. Nesse sentido, constatou-se que o negro foi cativo no período imperial de D.Pedro II. Além disso, vivenciou a condição de alforriado, após a Lei Áurea e, por conseguinte, tornou-se o abandonado, com o alvorecer da República Velha..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (1) .
Integrantes: Murilo Chaves Vilarinho - Coordenador / Dr.Francisco Chagas Evangelista Rabelo - Integrante.Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa.
2009 - 2010
Mulheres Mutiladas e Mulheres Desonradas: A Importância da luta de Mukhtar Mai e Khady Koita aos Direitos Humanos das Mulheres.
Descrição: O projeto objetivou analisar relatos - biografias- de mulheres islâmicas que romperam com a tradição patriarcalista de suas sociedades, passando a lutar pela dignidade da mulher no mundo..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Murilo Chaves Vilarinho - Coordenador / Dr. Dijaci David de Oliveira - Integrante.Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa.
2007 - 2007
Projeto de Exportação de Carne de Frango para o Mercado Saudita
Descrição: Projeto desenvolvido na disciplina Comércio Exterior- Puc-Go. Buscou estabelecer melhor modo (logístico, financeiro, jurídico, tarifário etc.) para exportação o produto para o mercado árabe, o qual, segundo MDIC, tem tornado-se, cada vez mais, exponencial, no que concerne a importação de carne de frango brasileira..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) .
Integrantes: Murilo Chaves Vilarinho - Coordenador / Rossana Branquinho - Integrante / Leonardo Mendonça - Integrante / Christian Rosencreutz - Integrante.
2003 - 2007
Fórum Social Mundial: a busca por uma outra concepção de governança global
Descrição: O projeto propôs-se a compreender o Fórum Social Mundial- uma das expressões modernas da sociedade civil organizada- como espaço capaz de articular vozes e ações em prol do ser humano em termos social e político. Além disso, o FSM apresenta-se como participante global capaz de propor alternativas à governança econômica, que se respalda pelo capital..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Murilo Chaves Vilarinho - Coordenador / Ms. Maria Aparecida Guimarães Skorupski - Integrante.


Projetos de extensão


2018 - Atual
IMPLANTAÇÃO DA ISO 45001 EM UMA INSTITUIÇÃO DE ENSINO PÚBLICO FAZENDO USO DE SISTEMA DE GESTÃO INTEGRADO (SGI)
Descrição: Projeto de Extensão, desenvolvido na Faculdade de Ciências e Tecnologia -FCT, Universidade Federal de Goiás- UFG, o qual versa sobre implantação da ISO 45001, considerando-se os impactos diretos aos problemas de saúde e de segurança ocupacional..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Murilo Chaves Vilarinho - Coordenador / Renan Nunes - Integrante / Francisco Vessani - Integrante / Eduardo Fernando - Integrante / Lara Batista - Integrante / Camila Fabrício - Integrante / João Paulo - Integrante / Lorena Martins - Integrante / Cynara Mendonça Moreira Tinoco - Integrante.
2016 - 2017
Grupo de Estudos Interdisciplinares em Direitos Humanos
Descrição: O grupo é oriundo do Núcleo Interdisciplinar de Estudos e Pesquisas em Direitos Humanos, cujas atividades se iniciaram em 2012. O grupo contempla estudiosos do assunto das mais diversas perspectivas do saber e promove discussões sobre os direitos humanos em suas diversas vertentes. Os encontros são quinzenais, totalizando 6 horas-aulas, e são compostos por análises de obras básicas da área Direitos Humanos, bem como de palestras de pesquisadores que trabalham sobre temáticas do campo..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.


Revisor de periódico


2016 - Atual
Periódico: Fragmentos de Cultura (Online)
2017 - Atual
Periódico: Sociedade e Estado
2017 - Atual
Periódico: REVISTA INTERNACIONAL DE CIÊNCIAS


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Relações Internacionais.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Comércio Exterior.
3.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Direito / Subárea: Direitos Humanos.
4.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Ética.
5.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Fundamentos filosóficos e históricos.
6.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Teoria sociológica e Sociologia da Literatura.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Francês
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.


Prêmios e títulos


2016
Prêmio Sociedade Brasileira para Progresso da Ciência, edição 2016- melhor tese doutoral, Sociedade Brasileira para Progresso da Ciência.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
VILARINHO, M. C.;VILARINHO, MURILO CHAVES2018VILARINHO, M. C.. Fórum Social Mundial e Fórum Econômico de Davos, dois atores intermitentes no cenário das RI contemporâneas. MUNDORAMA, v. -, p. 01-07, 2018.

2.
VILARINHO, M. C.;VILARINHO, MURILO CHAVES2018VILARINHO, M. C.. Cooperação internacional Brasil-Suriname nas áreas comercial e interinstitucional: uma agenda político-estratégica benéfica para ambos os Estados sul-americanos. MUNDORAMA, v. 00, p. 01-02, 2018.

3.
VILARINHO, M. C.;VILARINHO, MURILO CHAVES2018VILARINHO, M. C.. PATRIARCALISMO ENTRINCHEIRADO E CRIMES DE HONRA: HISTÓRIAS DE MULHERES QUE SUPERARAM A VIOLÊNCIA DE GÊNERO E SE TORNARAM SÍMBOLOS DOS DIREITOS HUMANOS. FRAGMENTOS DE CULTURA, v. 28, p. 182-190, 2018.

4.
VILARINHO, M. C.;VILARINHO, MURILO CHAVES2018VILARINHO, M. C.. The Brazil-Arab Countries Economic Forum: a strategic space for Brazil?s international trade relations,. MUNDORAMA, v. -, p. 01-03, 2018.

5.
VILARINHO, M. C.;VILARINHO, MURILO CHAVES2017VILARINHO, M. C.. LITERATURA MACHADIANA: UM DOS PATRIMÔNIOS CULTURAIS DO BRASIL E ELEMENTO DE MEMÓRIA DA POPULAÇÃO NEGRA OITOCENTIST. Mosaico (Goiânia), v. 9, p. 228, 2017.

6.
VILARINHO, M. C.;VILARINHO, MURILO CHAVES2017VILARINHO, M. C.. Fundo IBAS para atenuação da fome e da pobreza: aspectos significantes da Cooperação Sul-Sul para a consecução dos Direitos Humanos. MUNDORAMA, v. 00, p. 00, 2017.

7.
VILARINHO, M. C.;VILARINHO, MURILO CHAVES2017VILARINHO, M. C.. Regras de comércio internacional em evidência, resolução do contencioso Brasil-Indonésia para a carne de frango na OMC. MUNDORAMA, v. -, p. ---, 2017.

8.
VILARINHO, M. C.;VILARINHO, MURILO CHAVES2016VILARINHO, M. C.. Fórum Social Mundial: um ator construtivista no cenário internacional. Mundorama, v. -, p. ---, 2016.

9.
VILARINHO, M. C.;VILARINHO, MURILO CHAVES2014VILARINHO, M. C.. Revista de História, 5 , 1-2 ( 2013 ), p. 359 - 379 http://www.revistahistoria.ufba.br /2013_1/a09.pdf O mundo do texto na hermenêutica de Paul Ricoeur: um breve estudo sobre as narrativas ficcional e histórica nos trabalhos do literato Machado de Assis e do historiador Sidney Chalhoub. Revista de História (Salvador), v. 5, p. 359-179, 2014.

10.
VILARINHO, M. C.;VILARINHO, MURILO CHAVES2012VILARINHO, M. C.. O olhar machadiano sobre o cativo: a literatura como importante fonte de conhecimento da oitocentista sociedade escravista carioca.. Composição: Revista de Ciências Sociais da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, v. 1, p. 135-148, 2012.

11.
VILARINHO, M. C.;VILARINHO, MURILO CHAVES2011VILARINHO, M. C.. Movimentos sociais e Tecnologias de Informação: Uma Aliança Estratégica Face aos Efeitos Negativos da Governança Global. Revista Eletrônica de Ciências Sociais, v. 2, p. 66-72, 2011.

12.
VILARINHO, M. C.;VILARINHO, MURILO CHAVES2010VILARINHO, M. C.. O Brasil pós-escravista: algumas reflexões sobre a democracia racial e o negro na sociedade de classes. Composição: Revista de Ciências Sociais da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, v. -, p. 22-33, 2010.

Capítulos de livros publicados
1.
VILARINHO, M. C.. sociedade carioca dezenovesca: o negro-catibo, o negro-alforriado, o negro-abandonado em Machado de Assis. In: -. (Org.). III Prêmio SBPC-GO de popularização da ciência. -ed.Goiânia: UFG, 2017, v. -, p. 116-120.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
MATTOS, CASSIA OLIVEIRA DE ; VILARINHO, MURILO CHAVES ; SEVERINO, MAICO RORIS . Estudo sobre a produção científica acerca de tecnologia social no âmbito da Engenharia de Produção ? uma pesquisa bibliométrica. In: ENEGEP 2018 Encontro Nacional de Engenharia de Produção, 2018, MACEIO/AL - BRASIL, 2018.

2.
VILARINHO, M. C.. Identidade e não inclusão da população de cor na sociedade brasileira da Primeira República: uma reflexão, por meio da literatura machadiana, sobre o negro abandonado. In: V SEMINÁRIO INTERNACIONAL DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS SOCIAIS e XVI SEMANA DE CIÊNCIAS SOCIAIS ?Desafio das Ciências Sociais para a compreensão do presente?, 2016, Uberlândia-MG. V SEMINÁRIO INTERNACIONAL DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS SOCIAIS e XVI SEMANA DE CIÊNCIAS SOCIAIS ?Desafio das Ciências Sociais para a compreensão do presente?, 2016. p. 689-702.

3.
VILARINHO, M. C.. Dos esforços revolucionários de Olympe ao ativismo político-social de Koita: a importância da luta dessas militantes para os Direitos Humanos das mulheres.. In: VI Pensar Direitos Humanos, 2016, Goiânia. ANAIS DO VI SEMINÁRIO PENSAR DIREITOS HUMANOS DO PROGRAMA DE PÓS GRADUAÇÃO INTERDISCIPLINAR EM DIREITOS HUMANOS, 2016.

4.
VILARINHO, M. C.. O negro nos escritos machadianos. In: II Seminário de Pesquisa da Faculdade de Ciências Sociais ? diálogos entre graduação e pós-graduação (II SPFCS)., 2011, Goiânia. Pensamento social, religiosidade e políticas do simbólico, 2011.

5.
VILARINHO, M. C.. Desonradas e mutiladas: da luta contra a violência, opressão e patriarcalismo à conquista e propagação dos direitos humanos das mulheres. In: I Seminário de Pesquisa da Faculdade de Ciências Sociais-UFG, 2010, Goiânia. Diálogos entre a graduação e as pós-graduações, 20 a 22 de outubro. Goiânia: Funape, 2010. p. 520-528.

6.
VILARINHO, M. C.. Mulher brasileira: da inserção no mundo do trabalho à luta pela equidade de gênero, breves considerações.. In: Associativismo, profissões, e políticas públicas - III Seminário Nacional de Trabalho e Gênero, 2010, Goiânia. Trabalho e Gênero: Associativismo, profissões, e políticas públicas, 2010.

7.
VILARINHO, M. C.. Monoidentidades nacionais: entrave ao processo de integração regional ? Mercosul, um caso pontual. In: Forum das Universidades Mercosul -V FOMERCO, 2005, Goiania-go. V FOMERCO. Goiania: Editora UCG, 2005. p. 32-33.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
VILARINHO, M. C.. Pensando os Direitos Humanos contemporâneos à luz dos princípios morais presentes no idealismo kantiano. In: XXIV Semana de Filosofia e XIX Semana de Integração Graduação/Pós-Graduação da Universidade Federal de Goiás, 2017, Goiânia. XXIV Semana de Filosofia e XIX Semana de Integração Graduação/Pós-Graduação da Universidade Federal de Goiás, 2017. p. 15-15.

2.
VILARINHO, M. C.. Positivismo de Kelsen e tridimensionalismo de Reale, perspectivas jusfilosóficas em debate, na ciência jurídica. In: XXIII SEMANA DE FILOSOFIA XVIII SEMANA DE INTEGRAÇÃO GRADUAÇÃO/PÓS-GRADUAÇÃO, 2016, Goiânia. Anais da XXIII Semana de Filosofia e XVIII Semana de Integração Graduação/Pós-Graduação da Universidade Federal de Goiás,. Goiânia: UFG, 2016. p. 87-87.

3.
VILARINHO, M. C.. Texto literário, representação e memória: breves apontamentos à luz da Sociologia da Literatura. In: II CONGRESSO INTERNACIONAL DE LITERATURA CULTURA SEMINÁRIO INTERNACIONAL DE CRÍTICA LITERÁRIA, ESTÉTICAS CONTEMPORÂNEAS E ENSINO, 2016, Gôiania. Programação e Caderno de Resumos: II CONGRESSO INTERNACIONAL DE LITERATURA CULTURA SEMINÁRIO INTERNACIONAL DE CRÍTICA LITERÁRIA, ESTÉTICAS CONTEMPORÂNEAS E ENSINO, 2016. p. 59-60.

4.
VILARINHO, M. C.. Discutindo a questão da laicidade estatal versus intolerância religiosa num mundo globalizado. In: IV CONGRESSO INTERNACIONAL EM CIÊNCIAS DA RELIGIÃO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM CIÊNCIAS DA RELIGIÃO DA PONTIFÍCIE UNIVERSITÁRIA DE GOIÁS, 2010, Goiânia. Religião, Transformações Culturais e Globalização. Goiânia: Pucgo, 2010. p. 32-32.

Apresentações de Trabalho
1.
VILARINHO, M. C.. A face da escravidão em algumas crônicas do realismo machadiano: a memória de um povo impressa com ?a pena da galhofa e a tinta da melancolia?. 2018. (Apresentação de Trabalho/Outra).

2.
VILARINHO, M. C.. LITERATURA MACHADIANA OITOCENTISTA: CINISMO E CRÍTICA NA ABORDAGEM DO ESCRAVISMO, ELEMENTOS QUE AFIANÇAM A RESISTÊNCIA E A DENÚNCIA SOCIAIS. 2018. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

3.
VILARINHO, M. C.. PENSANDO OS DIREITOS HUMANOS CONTEMPORÂNEOS À LUZ DOS PRINCÍPIOS MORAIS PRESENTES NO IDEALISMO KANTIANO. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

4.
VILARINHO, M. C.. Positivismo de Kelsen e tridimensionalismo de Reale, perspectivas jusfilosóficas em debate, na Ciência Jurídica. 2016. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

5.
VILARINHO, M. C.. Identidade e não inclusão da população de cor na sociedade brasileira da Primeira República: uma reflexão, por meio da literatura machadiana, sobre o negro abandonado. 2016. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

6.
VILARINHO, M. C.; CHAVES, L. . Fórum Social Mundial: um significante mecanismo para a promoção e salvaguarda dos direitos humanos no mundo hodierno. 2016. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

7.
VILARINHO, M. C.. Texto literário, representação e memória: breves apontamentos à luz da Sociologia da Literatura. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

8.
VILARINHO, M. C.. Dos esforços revolucionários de Olympe ao ativismo político-social de Koita: a importância da luta dessas militantes para os direitos humanos das mulheres. 2015. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

9.
VILARINHO, M. C.. O negro em Machado de Assis (intelectual- escritor): uma reflexão entre a literatura (fonte produtora de sentido) e o mundo da vida (contexto carioca oitocentista) machadianos. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

10.
VILARINHO, M. C.. A tipologia social negro-cativo em Machado de Assis: uma breve explanação. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

11.
VILARINHO, M. C.. O negro nos escritos machadianos. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

12.
VILARINHO, M. C.. Uma leitura marxista dos direitos humanos no mundo contemporâneo.. 2010. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

13.
VILARINHO, M. C.. Mulher brasileira: da inserção no mundo do trabalho à luta pela equidade de gênero, breves considerações. 2010. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

14.
VILARINHO, M. C.. Discutindo a questão da Laicidade Estatal versus Intolerância Religiosa num mundo globalizado. 2010. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

15.
VILARINHO, M. C.. Desonradas e mutiladas: da luta contra a violência, opressão e patriarcalismo à conquista e propagação dos direitos humanos das mulheres. 2010. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

Outras produções bibliográficas
1.
VILARINHO, M. C.. A diplomacia do Marechal: intervenção estrangeira na Revolta da Armada 2018 (Resenha).

2.
VILARINHO, M. C.. Visões da obra de Helio Jaguaribe. Paraíba 2017 (Resenha).

3.
VILARINHO, M. C.. SCHWARCZ, Lilia Moritz; STARLING, Heloisa Murgel. Brasil: uma biografia. São Paulo: Companhia das Letras, 2015, 846p.. Goiânia: UFG, 2017 (Resenha).

4.
VILARINHO, M. C.. Governos, partidos e democracia: passando a limpo alguns aspectos da política goiana.. Goiânia: UFG, 2009 (Resenha).


Produção técnica
Trabalhos técnicos
1.
VILARINHO, M. C.. IDENTIFICAÇÃO DE TENDÊNCIAS PROTECIONISTAS PARA O SETOR TÊXTIL A PARTIR DA ANÁLISE DAS NOTIFICAÇÕES AO ACORDO TBT/WTO. 2018.

2.
VILARINHO, M. C.. COOPERATIVISMO: CAMINHOS DE SOLUÇÃO AOS PROBLEMAS CONTEMPORÂNEOS. 2018.

3.
VILARINHO, M. C.. CRIAÇÃO DE DISCIPLINA DE NÚCLEO LIVRE: Introdução ao estudo dos fundamentos filosóficos e históricos da Ciência. 2017.

4.
VILARINHO, M. C.. Ética e Felicidade: lições da filosofia antiga para uma boa vida. 2017.


Demais tipos de produção técnica
1.
VILARINHO, M. C.; MACONDES, A. F. . Regulamento n° 02/2016 EP/FCT/CAP/UFG. 2018. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Reestruturação Regulamento TCC do Curso Engenharia de Produção FCT\UFG).

2.
VILARINHO, M. C.. Documentos e formulários. 2018. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Documentos e formulário, elementos de suporte para o TCC, no curso Engenharia de Produção, FCT\UFG).

3.
VILARINHO, M. C.. O negro no realismo machadiano: entre a literatura e o pensamento social brasileiro. 2017. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

4.
VILARINHO, M. C.. Direitos humanos das mulheres: gênero, patriarcalismo e crimes de honra. 2017. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

5.
VILARINHO, M. C.. Leituras do Brasil Dezenovesco: o negro em Machado de Assis. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Outra).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Teses de doutorado
1.
VICENTINI, A.; LIMA, M. F.; VIANNA, N.; CAMPOS, R.; VILARINHO, M. C.. Participação em banca de Marcelo Brice. Sociologia da crítica em torno de Machado de Assis- localismo versus universalismo em Roberto Schwarz e Abel Barros Baptista. 2016. Tese (Doutorado em Sociologia) - Universidade Federal de Goiás.

Qualificações de Mestrado
1.
BEVILACQUA, S.; CARVALHO, W. L.; NOGUEIRA NETO, J. A.; VILARINHO, M. C.. Participação em banca de Gustavo Soares de Castilho. Estudo dos processos acadêmicos na FAV\ UFG: proposta de melhoria através da ferramenta FMEA. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Administração Pública) - Universidade Federal de Goiás.




Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
6 Encontro Internacional de Comércio Exterior. 2018. (Encontro).

2.
I Encontro Goiano de Estudos em Engenharia de Produção - EGOEEP. 2018. (Encontro).

3.
Minicurso Os conceitos de lugar e território na composição do Patrimônio Cultural: Quilombos e terras indígenas nas Constituições Federal e Goiana. 2018. (Outra).

4.
Pesquisa qualitativa: porque, quando e como. 2018. (Outra).

5.
Procedimentos de Registro de Patentes. 2018. (Outra).

6.
II Seminário do Laboratório de Paleontologia e Evolução. 2017. (Seminário).

7.
O impacto da Pesquisa na Sustentabilidade da Cidade. 2017. (Seminário).

8.
Você Sabe Como Funciona o Sistema Nacional C&TI. 2017. (Seminário).

9.
Contribuições da pesquisa em gênero e sexualidade e Diálogos: Universidade e movimentos sociais pensando gênero e sexualidade, do Programa de Formação em Pesquisa, promovido pela Pró-Reitoria de Pesquisa e Inovação e Pró-Reitoria de Pós-Graduação. 2016. (Outra).

10.
Mesa Redonda Desenvolvimento Tecnológico e Inovação nas Universidades Públicas, do Programa de Formação em Inovação. 2016. (Outra).

11.
Minicurso: Direitos Humanos e Povos Indígenas- VII Pensar os Direitos Humanos. 2016. (Outra).

12.
Minicurso- Direitos Humanos: o que são e por que irritam tanto- VII Pensar os Direitos Humanos. 2016. (Outra).

13.
V Seminário Internacional do PPGCS & XVI Semana de Ciências Sociais ?Desafios das Ciências Sociais para compreensão do presente?.Identidade e não inclusão da população de cor na sociedade brasileira da Primeira República: uma reflexão, por meio da literatura machadiana, sobre o negro abandonado. 2016. (Seminário).

14.
XXIII SEMANA DE FILOSOFIA XVIII SEMANA DE INTEGRAÇÃO GRADUAÇÃO/PÓS-GRADUAÇÃO.Positivismo de Kelsen e tridimensionalismo de Reale, perspectivas jusfilosóficas em debate, na Ciência Jurídica. 2016. (Seminário).

15.
VI Seminário Pensar Direitos Humanos.Dos esforços revolucionários de Olympe ao ativismo político-social de Koita: a importância da luta dessas militantes para os direitos humanos das mulheres. 2015. (Seminário).

16.
Aula inaugural do Programa de Pós-Graduação em Ciência Política da UFG:" Políticas Públicas: Perspectivas Teóricas e Metodológicas". Professora Celina Souza IESP/UERJ. 2013. (Outra).

17.
Aula inaugural do Programa de Pós -Graduação em Sociologia (UFG) -- " Diálogos com Georg Simmel". Prof. Dr. Leopoldo Waizbort - Universidade de São Paulo. 2013. (Outra).

18.
Seminário de pesquisa em política latino-americana e integração regional- O paradoxo venezuelano. 2013. (Seminário).

19.
Seminário de pesquisa em política latino-americana - Novos trajetos na América Latina. 2013. (Seminário).

20.
Aula inaugural do Programa de Pós-Graduação em Sociologia (UFG) " Sociologia na América Latina: Crítica, Mundialização e Novas Utopias." Prof. Dr. José Vicente Tavares dos Santos. 2012. (Outra).

21.
Minicurso- Elementos para uma metafísica das relações nos séculos XVII e XVIII: Newton, Hume e Kant. Eduardo Salles de Oliveira Barra (UFPR). 2012. (Outra).

22.
XIX Semana de Filosofia e a XIV Semana de Integração Graduação e Pós-Graduação em Filosofia da Universidade Federal de Goiás.. 2012. (Outra).

23.
Aula inaugural do Programa de Pós -Graduação em Sociologia (UFG) -- " A Agenda Social Pendente no Brasil". Professor Simon Schwartzman. 2011. (Outra).

24.
II Seminário de Pesquisa da Faculdade de Ciências Sociais da UFG. 2011. (Seminário).

25.
Aula inaugural do Programa de Pós -Graduação em Sociologia (UFG) -- "O método regressivo-progressivo e a questão da temporalidade na pesquisa sociológica". Professor José de Souza Martins. 2010. (Outra).

26.
I Simpósio Nacional Marxismo Libertário: Perspectivas e Tendências da Autogestão Social..Uma leitura marxista dos direitos humanos no mundo contemporâneo. 2010. (Simpósio).

27.
Aula inaugural do Programa de Pós-Graduação em Sociologia - "Classes Sociais e Sociedades Urbanas: Adequações e controvérsias do Conceito." Prof. Dr. Brasilmar Ferreira Nunes, da Universidade Federal Fluminense - UFF.. 2009. (Outra).

28.
Mini-curso: Cidade e violência. Dra. Márcia Leite- Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ). 2009. (Outra).

29.
Mini-curso: Criminalidade e Violência. Dr. Milchel Misse- Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).. 2009. (Outra).

30.
Mini- curso: Fenomenologia do mundo da vida: subjetividade e vontade. Prof. Dr. Nytamar de Oliveira - Pontifícia Universidade Católica Rio Grande do Sul (UFRGS).. 2009. (Outra).

31.
Mini - curso: Lógica, fenomenologia e filosofia da mente: os argumentos de Wittgenstein. Prof. Dr. Ludovic soutief- Universidade de Grenoble, França.. 2009. (Outra).

32.
Mini-curso: Minicurso de Filosofia da Religião: Experiência religiosa - Conceituação e epistemologia . Dr. Agnaldo Cuoco Portugal- Universidade de Brasília (UNB).. 2009. (Outra).

33.
Fórum das Universidades Mercosul -V FOMERCO. Os Desafios da Integração Sul-Americana. Mono Identidades Nacionais: Entrave ao Processo de Integração RegionalL ? Mercosul um Caso Pontual. 2005. (Congresso).

34.
IV semana do Departamento de História, Ciências Sociais e Relações Internacionais da Universidade Católica de goiás. Crise e Crises: Desafios e Perspectivas Globais, Nacionais, Regionais e Locais.. 2005. (Encontro).

35.
Mesa Redonda Sobre Integração Latino Americana - Universidade Católica de Goiás (UCG).. 2005. (Encontro).

36.
Seminário Mundo transtornado, mundo transformado- 60 anos após o fim da 2° Guerra Mundial- Universidade de Brasília (UNB). 2005. (Seminário).

37.
III Semana do Departamento de História, Ciências Sociais e Relações Internacionais da Universidade Católica de Goiás. Formação Profissional e o Mundo do Trabalho.. 2004. (Encontro).

38.
Centro de Estudos e Simulaçoes em Relações Internacionais ( CES). Universidade Católica de Goiás (UCG)..Exposição e Representação do Estado Nacional Sérvia e Montenegro ( comitê de políticas especiais e descolonozição).. 2003. (Seminário).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
VILARINHO, M. C.. II Seminário de Pesquisa da Faculdade de Ciências Sociais da UFG. 2011. (Outro).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Orientações de outra natureza
1.
Giovana Giarola de Almeida. Por uma produção ética e socialmente responsável na indústria têxtil: aspectos que podem afiançar a competitividade no mercado consumidor. Início: 2018. Orientação de outra natureza. Universidade Federal de Goiás. (Orientador).

2.
Mariana Torres. Ética na Era da Indústria 4.0. Início: 2018. Orientação de outra natureza. Universidade Federal de Goiás. (Orientador).



Educação e Popularização de C & T



Apresentações de Trabalho
1.
VILARINHO, M. C.. Texto literário, representação e memória: breves apontamentos à luz da Sociologia da Literatura. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

2.
VILARINHO, M. C.. A face da escravidão em algumas crônicas do realismo machadiano: a memória de um povo impressa com ?a pena da galhofa e a tinta da melancolia?. 2018. (Apresentação de Trabalho/Outra).


Cursos de curta duração ministrados
1.
VILARINHO, M. C.. Leituras do Brasil Dezenovesco: o negro em Machado de Assis. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Outra).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 16/12/2018 às 11:44:21