Leonardo Leal Esteves

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/5243695693091978
  • Última atualização do currículo em 10/12/2018


Realiza estágio pós-doutoral, como bolsista do Programa Nacional de Pós-Doutorado da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - PNPD/CAPES, no âmbito do Programa de Pós-Graduação em Antropologia da Universidade Federal de Sergipe (PPGA-UFS). É professor colaborador do Programa de Pós-Graduação em Antropologia e atuou como professor substituto do Departamento de Ciências Sociais da Universidade Federal de Sergipe. Doutor pelo Programa de Pós-Graduação em Antropologia da Universidade Federal de Pernambuco (PPGA-UFPE) e Mestre em Antropologia por esta mesma instituição. Atuou como Coordenador do Núcleo de Pesquisa e Documentação do Paço do Frevo. Fez parte do quadro permanente da Secretaria de Patrimônio e Cultura de Olinda, como Analista em Cultura. Foi colaborador da Associação Respeita Januário em atividades de pesquisa na área de patrimônio imaterial para o processo de inscrição de bens no Inventário Nacional de Referências Culturais junto ao IPHAN. Tem experiência em políticas públicas para o setor da cultura e em atividades relacionadas à pesquisa, avaliação e orientação acadêmica nas áreas de antropologia, cultura popular, turismo e patrimônio. Foi vencedor do Prêmio Palmares de Monografias e Dissertação da Fundação Cultural Palmares com a dissertação "Viradas e Marcações: a participação de pessoas de classe média nos grupos de maracatu de baque virado no Recife". É membro da Associação Brasileira de Antropólogos - ABA. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Leonardo Leal Esteves
Nome em citações bibliográficas
ESTEVES, L. L.

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal de Sergipe, Centro de Educação de Ciências Humanas, Departamento de Ciencias Sociais.
Av. Marechal Rondon, s/n
Jardim Rosa Elze
49100000 - São Cristóvão, SE - Brasil
Telefone: (79) 21056750
URL da Homepage: www.ufs.br


Formação acadêmica/titulação


2012 - 2016
Doutorado em Antropologia.
Programa de Pós-Graduação em Antropologia - UFPE, PPGA - UFPE, Brasil.
Título: "Cultura" e Burocracia: as relações dos maracatus de baque solto com o Estado, Ano de obtenção: 2016.
Orientador: Lady Selma Ferreira Albernaz.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco, FACEPE, Brasil.
Palavras-chave: Estado; Cultura Popular; Maracatu de Baque Solto; Políticas Públicas.
Grande área: Ciências Humanas
2006 - 2008
Mestrado em Antropologia.
Programa de Pós-Graduação em Antropologia - UFPE, PPGA - UFPE, Brasil.
Título: Viradas e Marcações: a participação das pessoas de classe média nos grupos de maracatu de baque virado no Recife,Ano de Obtenção: 2008.
Orientador: Lady Selma Ferreira Albernaz.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: Classes sociais; Cultura Popular; Maracatu; Antropologia econômica.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Antropologia / Subárea: Cultura / Especialidade: Maracatu Nação.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Antropologia / Subárea: Antropologia Urbana.
2001 - 2005
Graduação em Bacharelado em Turismo.
Universidade Federal de Pernambuco, UFPE, Brasil.
Título: Do contemplar ao interagir:as relações entre turistas e os integrantes do Maracatu Nação Estrela Brilhante.
Orientador: Lady Selma Ferreira Albernaz.
1995 - 2002
Graduação em Bacharelado em Psicologia.
Universidade Católica de Pernambuco, UNICAP, Brasil.


Pós-doutorado


2017
Pós-Doutorado.
Universidade Federal de Sergipe, UFS, Brasil.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Grande área: Ciências Humanas


Formação Complementar


2013
Patrimônio Imaterial: fortalecendo o Sis. Nacional. (Carga horária: 65h).
Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional - DF, IPHAN/DF, Brasil.
2012 - 2013
Extensão universitária em Elaboração de Projetos Culturais. (Carga horária: 60h).
Universidade de Pernambuco, UPE, Brasil.
2012 - 2012
Semana de Gestão e Políticas Culturais. (Carga horária: 40h).
Instituto Itaú Cultural, ITAÚ CUTURAL, Brasil.
2010 - 2010
Projeto Cultural de Formação. (Carga horária: 16h).
Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco, FUNDARPE, Brasil.
2006 - 2008
Ciranda: Grupo de Estudos sobre cultura popular.
Programa de Pós-Graduação em Antropologia - UFPE, PPGA - UFPE, Brasil.
2007 - 2007
Laudos Antropológicos. (Carga horária: 30h).
Programa de Pós-Graduação em Antropologia - UFPE, PPGA - UFPE, Brasil.
2007 - 2007
Reciprocidade, Sacrifício e Teoria Social. (Carga horária: 30h).
Programa de Pós-Graduação em Antropologia - UFPE, PPGA - UFPE, Brasil.
2006 - 2006
Questões de Gênero na Amazônia. (Carga horária: 30h).
Programa de Pós-Graduação em Antropologia - UFPE, PPGA - UFPE, Brasil.
2005 - 2005
Grupo de Estudos Freyrianos.
Fundação Gilberto Freyre, FGF, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Federal de Sergipe, UFS, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - Atual
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Professor Voluntário
Outras informações
Realiza estágio pós-doutoral, como bolsista do Programa Nacional de Pós-Doutorado da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - PNPD/CAPES e é Professor Colaborador no âmbito do Programa de Pós-Graduação em Antropologia da Universidade Federal de Sergipe - PPGA/UFS.

Vínculo institucional

2017 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Pesquisador
Outras informações
Atua como pesquisador associado ao Grupo de Pesquisa Cultura, Cotidiano e Sociabilidades na Contemporaneidade - GRECCOS coordenado pelo Prof. Dr. Ulisses Neves Rafael do Departamento de Ciências Sociais da Universidade de Sergipe - UFS, Entre as atividades do referido grupo, estão a realização de encontros regulares para apresentação e discussão dos temas de pesquisa dos seus integrantes, a participação de seus membros em eventos nacionais e internacionais e o envolvimento dos docentes e discentes da graduação e da pós-graduação em suas ações. Os temas sobre os quais o grupo se debruça estão centrados em três eixos básicos: o estudo das práticas cotidianas, as formas distintas de sociabilidades contemporâneas e as representações sociais acerca dessa experiência. São tomadas como fio condutor as noções de cultura e sociedade, as quais se desdobram em temas correlatos, que permitem uma interface com as áreas comuns das ciências humanas.

Vínculo institucional

2015 - 2017
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor Substituto, Carga horária: 20
Outras informações
Professor de Antropologia do Departamento de Ciências Sociais da Universidade Federal de Sergipe.

Atividades

08/2018 - Atual
Ensino, ANTROPOLOGIA, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Tópicos Especiais em Antropologia II - Festas, rituais e cerimônias
03/2018 - Atual
Ensino, ANTROPOLOGIA, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Tópicos Especiais - Antropologia Urbana
03/2017 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Fundação Universidade Federal de Sergipe, Programa de Pós-Graduação em Antropologia.

08/2017 - 12/2017
Ensino, ANTROPOLOGIA, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Antropologia do Estado e o campo da cultura no Brasil
06/2017 - 10/2017
Ensino, Educação Física, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Antropologia I
06/2017 - 10/2017
Ensino, Nutrição, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Antropologia I
06/2017 - 10/2017
Ensino, Teatro, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Antropologia I
11/2016 - 04/2017
Ensino, Enfermagem, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Antropologia I
11/2016 - 04/2017
Ensino, Direito, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Antropologia I
11/2016 - 04/2017
Ensino, Serviço Social, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Antropologia I
07/2016 - 11/2016
Ensino, Nutrição, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Antropologia I
07/2016 - 11/2016
Ensino, Educação Física, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Antropologia I
07/2016 - 11/2016
Ensino, Teatro, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Antropologia I
01/2016 - 06/2016
Ensino, Enfermagem, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Antropologia I
01/2016 - 06/2016
Ensino, Serviço Social, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
;Antropologia I
01/2016 - 06/2016
Ensino, Direito, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Antropologia I

Instituto de Desenvolvimento e Gestão, IDG, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - 2017
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Coordenador de Pesquisa
Outras informações
Coordenou a Pesquisa "Frevo, Memória e Patrimônio: interlocuções e diálogos para a Salvaguarda" que tem como objetivo uma ampliação e diversificação das vozes utilizadas para registro e difusão da história do frevo, bem como para o aprofundamento da compreensão em torno dos desafios e perspectivas em relação aos caminhos indicados para a salvaguarda deste bem cultural, na visão de seus próprios detentores. Considerando que o registro do frevo como patrimônio imaterial junto ao Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional - IPHAN chegou a sua primeira década em 2017 e que foram indicadas as primeiras ações de salvaguarda durante este período, acredita-se que o estudo poderá contribuir para sistematizar novos conhecimentos acerca do bem e para uma atualização e avaliação inicial do próprio processo de registro e das ações de salvaguarda até então desenvolvidas na perspectiva dos próprios agentes e grupos envolvidos. A partir do diálogo com atores sociais que mantêm uma forte relação com este patrimônio cultural - quais sejam maestros, compositores, músicos, passistas, dirigentes, integrantes de agremiação, dentre outros - procura-se estimular o protagonismo das pessoas e grupos diretamente envolvidos com este bem cultural nas construções de suas próprias narrativas acerca de trajetórias individuais e coletivas e do registro de suas práticas, necessidades e compreensões acerca das ações voltadas ao registro e à salvaguarda do frevo.


Paço do Frevo, PAÇO DO FREVO, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - 2016
Vínculo: Coordenador, Enquadramento Funcional: Coordenador Núcleo de Pesquisa e Documentação, Carga horária: 40
Outras informações
Coordenou atividades de Pesquisa e Documentação no Paço do Frevo junto a uma equipe contribuindo para o desenvolvimento de projetos de pesquisa, atividades relacionadas à aquisição de coleções de acervos documentais, diretrizes de conservação preventiva, seminários, grupos de estudo e a produção de uma revista museológica.

Vínculo institucional

2014 - 2016
Vínculo: Membro Fundador, Enquadramento Funcional: Coordenador do Observatório do Frevo, Carga horária: 4
Outras informações
Membro Fundador do Observatório do Frevo: Programa de Interlocução, Estudos e Pesquisas sobre o Frevo, ligado ao Paço do Frevo, com o objetivo de estimular a realização de pesquisas, discussões, debates, produção de conteúdos acerca de aspectos históricos, sociais, antropológicos, estéticos, musicais, cênicos, performáticos, simbólicos e econômicos ligados a este bem cultural, assim como da diversidade de elementos relacionadas ao seu universo;

Atividades

11/2014 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Paço do Frevo, .

Linhas de pesquisa
Observatório do Frevo

Programa de Pós-Graduação em Antropologia - UFPE, PPGA - UFPE, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - 2014
Vínculo: Estágio de Docência, Enquadramento Funcional: Estágio de Docência, Carga horária: 8
Outras informações
Realizou estágio de docência na disciplina "Etnologia" com o Prof. Dr. Russel Parry Scott

Vínculo institucional

2007 - 2007
Vínculo: Estágio de Docência, Enquadramento Funcional: Estágio de Docência, Carga horária: 8
Outras informações
Realizou estágio de docência na disciplina "Sociologia do Turismo" com o Prof. Dr. Antônio Motta


Associação Respeita Januário, ARJ, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - 2013
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Pesquisador
Outras informações
Foi colaborador da Associação Respeita Januário na pesquisa para registro bens como os Caboclinhos e a Ciranda no Inventário Nacional de Registro de Referências Culturais - IPHAN. Além disto, participou do levantamento preliminar de bens culturais dos municípios de Lagoa de Itaenga, Paudalho, Angelim e São João para implantação de obras de eletrificação pela empresa IE - Garanhuns.


REC Produções Artísticas, REC PRODUÇÕES, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - 2013
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Pesquisador, Carga horária: 20
Outras informações
Participou como Pesquisador revisando e complementando as fichas de identificação elaboradas para candidatura de Registro do Maracatu de Baque Solto no âmbito do Inventário Nacional de Referências Culturais junto ao IPHAN.


Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco, FUNDARPE, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - 2013
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Parecerista, Carga horária: 40
Outras informações
Participou como um dos especialistas, para emissão de parecer técnico, na análise de projetos culturais na área de patrimônio, submetidos ao edital do Fundo Estadual de Cultura - FUNCULTURA 2013.

Vínculo institucional

2013 - 2013
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Parecerista, Carga horária: 40
Outras informações
Membro da Comissão Técnica de Análise das propostas de candidatura ao Registro do Patrimônio Vivo do Estado de Pernambuco

Vínculo institucional

2011 - 2011
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Membro da Comissão de Análise de Projetos, Carga horária: 40
Outras informações
Realizou atividades de análise de mérito artístico de projetos na área de cultura popular para a programação Oficial do Carnaval do Estado de Pernambuco em 2011.


Secretaria de Patrimônio e Cultura da Prefeitura Municipal de Olinda, SEPAC, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2015
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Analista em Cultura, Carga horária: 30
Outras informações
Atuou no planejamento, coordenação e execução de atividades relacionadas à área de Políticas Públicas de Cultura no Município de Olinda.

Vínculo institucional

2010 - 2010
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Diretor Interino do Dep. Promoções Culturais, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.


Empresa de Turismo de Pernambuco, EMPETUR, Brasil.
Vínculo institucional

2005 - 2005
Vínculo: Prestação de Serviço, Enquadramento Funcional: Pesquisador, Carga horária: 46



Linhas de pesquisa


1.
Observatório do Frevo

Objetivo: Programa de interlocução, estudos e pesquisas integrante do Núcleo de Pesquisa e Documentação do Paço do Frevo. Suas atividades têm como objetivo, estimular a realização de investigações, discussões, debates e produções científicas acerca do frevo e temas transversais, como carnaval, festas, religiosidade, dança, música, artes, cultura, patrimônio, museologia, turismo, dentre outros.Suas atividades estão associadas aos eixos temáticos e linhas do Programa de Pesquisa do Centro do Centro de Documentação e Memória Maestro Guerra-Peixe. Dentre as ações do Observatório do Frevo estão previstas a realização de encontros, leituras dirigidas, seminários, pesquisas e difusão científica relacionadas ao frevo e ao seu universo..
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: História.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Sociologia.
Palavras-chave: Carnaval; Frevo; Antropologia; História.
2.
Cultura, Identidades e Patrimônio

Objetivo: Antropologia Social-Semiótica da cultura e estudos culturais em suas múltiplas expressões: formas coletivas, arte e indústria cultural. Identidade e diferença em distintos contextos e temporalidades. Relações de solidariedade, convívios sociais e conflitos entre diferentes grupos sociais. Cidades, culturas urbanas e patrimônio cultural. Nação, comunidades supranacionais, etnicidades e políticas de identidade na contemporaneidade..
Grande área: Ciências Humanas
Palavras-chave: Cultura; Identidade cultural; Patrimônio.


Projetos de pesquisa


2017 - Atual
O choro e a roda: dinâmicas de criação e manutenção do choro em Aracaju - SE
Descrição: Este projeto de pesquisa está sendo executado por meio do Programa Nacional de Pós-Doutorado da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - PNPD/CAPES, no âmbito do Programa de Pós-Graduação em Antropologia da Universidade Federal de Sergipe - PPGA/UFS e está relacionado à dinâmica em torno de processos de criação e manutenção de rodas de choro em Aracaju - SE. Por meio deste trabalho, buscarei compreender parte das relações estabelecidas entre músicos, participantes, instituições públicas e estabelecimentos comerciais que contribuem para a promoção de diversas rodas de choro e a renovação permanente de ?chorões? (músicos e admiradores) nesta cidade. O objetivo geral é analisar o papel dos diferentes atores sociais na dinâmica em torno da criação e manutenção das rodas de choro em Aracaju, enquanto espaços privilegiados de trocas, disputas e sociabilidade. As rodas de choro parecem revelar parte importante das relações políticas, econômicas, sociais e simbólicas permanentemente estabelecidas entre músicos, apreciadores, instituições públicas e estabelecimentos comerciais da localidade, além de contribuir para a manutenção do próprio choro no contexto local..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2016 - 2017
Frevo, Memória e Patrimônio: Interlocuções, Diálogos para a Salvaguarda
Descrição: O projeto de pesquisa ?Diálogos e Interlocuções para a Salvaguarda: práticas, sentidos e compreensões das trajetórias do frevo por seus detentores? tem como objetivo uma ampliação e diversificação das vozes utilizadas para registro e difusão da história do frevo, bem como para o aprofundamento da compreensão em torno dos desafios e perspectivas em relação aos caminhos indicados para a salvaguarda deste bem cultural, na visão de seus próprios detentores. Considerando que o registro do frevo como patrimônio imaterial junto ao Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional - IPHAN chegou a sua primeira década em 2017 e que foram indicadas as primeiras ações de salvaguarda durante este período, acredita-se que o estudo poderá contribuir para sistematizar novos conhecimentos acerca do bem e para uma atualização e avaliação inicial do próprio processo de registro e das ações de salvaguarda até então desenvolvidas na perspectiva dos próprios agentes e grupos envolvidos. A partir do diálogo com atores sociais que mantêm uma forte relação com este patrimônio cultural - quais sejam maestros, compositores, músicos, passistas, dirigentes, integrantes de agremiação, dentre outros - procura-se estimular o protagonismo das pessoas e grupos diretamente envolvidos com este bem cultural nas construções de suas próprias narrativas acerca de trajetórias individuais e coletivas e do registro de suas práticas, necessidades e compreensões acerca das ações voltadas ao registro e à salvaguarda do frevo..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Especialização: (1) / Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (1) .
Integrantes: Leonardo Leal Esteves - Coordenador / Luiz Henrique Costa dos Santos - Integrante / Jacira França - Integrante / Janine Ribeiro - Integrante.


Revisor de periódico


2018 - 2018
Periódico: DIVERSIDADE RELIGIOSA
2018 - 2018
Periódico: POLÍTICA & TRABALHO (UFPB. IMPRESSO)


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Antropologia.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Antropologia / Subárea: Cultura/Especialidade: Cultura Popular.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Antropologia / Subárea: Cultura/Especialidade: PATRIMÔNIO.
4.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Artes / Subárea: GESTÃO CULTURAL.
5.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Museologia.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Francês
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.


Prêmios e títulos


2010
Prêmio Palmares de Monografia e Dissertação 2010, Fundação Cultural Palmares.
2004
Semifinalista - Concurso Nacional de Redação, Fundação Assis Chateubriand.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
ARAUJO, G. P.2018ARAUJO, G. P. ; ESTEVES, L. L. ; ALBERNAZ, L. S. F. . Bongar e vencer nos editais: políticas públicas culturais, mercado e grupos artísticos populares. PRAGMATIZES- REVISTA LATINO AMERICANA DE ESTUDOS EM CULTURA, v. 14, p. 84-96, 2018.

2.
ESTEVES, L. L.2017 ESTEVES, L. L.. ?MARACATU É UM BRINQUEDO PESADO!?: NOTAS SOBRE AS DIMENSÕES DA ?CULTURA DO BAQUE SOLTO?. REVISTA DE ESTUDOS E INVESTIGAÇÕES ANTROPOLÓGICAS, v. 4, p. 111-131, 2017.

3.
ESTEVES, L. L.2017 ESTEVES, L. L.. DILEMAS E DESAFIOS NA APLICAÇÃO DOS INRCS: Notas sobre a atuação dos antropólogos nos inventários para registro do patrimônio imaterial. ÁLTERA REVISTA DE ANTROPOLOGIA, v. 1, p. 141-163, 2017.

4.
OLIVEIRA, S. A.2009OLIVEIRA, S. A. ; ESTEVES, L. L. . Maracatus Rurais nos Receptivos Turísticos do Recife - PE: Um olhar sobre as apresentações para turistas. Revista eletrônica de turismo cultural (USP), v. 03, p. 1-24, 2009.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
ESTEVES, L. L.; SANTOS, L. H. (Org.) ; FRANCA, J. (Org.) ; RIBEIRO, J. (Org.) ; SARMENTO, L. E. P. (Org.) ; Costa, N. (Org.) . Frevo, Memória e Patrimônio. 1. ed. Recife: IDG, 2018. v. 1000. 104p .

2.
ESTEVES, L. L.. Mercado de São José: as várias dimensões de um patrimônio. 1. ed. Olinda: Livro Rápido, 2005. v. 20. 56p .

Capítulos de livros publicados
1.
ESTEVES, L. L.; SANTOS, L. H. . Introdução. In: Leonardo Leal Esteves; Luiz Henrique Santos. (Org.). Frevo, Memória e Patrimônio. 1ed.Recife: IDG, 2018, v. , p. 14-17.

2.
ESTEVES, L. L.. Grupos Percussivos: práticas, interesses e tensões de "ser e não ser" um maracatu. In: Isabel Cristina Martins Guillen. (Org.). Inventário Cultural dos Maracatus Nação. 1ed.Recife: Editora Universitária da UFPE, 2014, v. , p. 73-92.

3.
ESTEVES, L. L.. "Viradas" e "Marcações": a participação de pessoas de classe média nas nações de maracatu. In: Carlos Alves Moura. (Org.). Diversidade Cultural Afro-Brasileira: Ensaios e Reflexões. 1ed.Brasília: Fundação Cultural Palmares, 2012, v. , p. 77-94.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
ESTEVES, L. L.. Bureaucracy and 'Culture': the relations between state and maracatus de baque solto in Pernambuco (Brazil). In: 18th IUAES World Congress, 2018, Florianópolis. 18th IUAES World Congress, 2018.

2.
ESTEVES, L. L.. O choro e a roda: dinâmicas de manutenção do choro na cidade de Aracaju (SE- Brasil). In: XII Reunión de Antropologia del Mercosur, 2017, Posadas. XII Reunión de Antropologia del Mercosur: Experiencias Etnográficas Desafios y Acciones pala el Siglo 21, 2017.

3.
ESTEVES, L. L.. O MARACATU DE BAQUE SOLTO E O ESTADO: DESAFIOS PARA A SALVAGUARDA DE UM ?BRINQUEDO PESADO?. In: 30 Reunião Brasileira de Antropologia, 2016, João Pessoa. 30 Reunião de Antropologia - Políticas da Antropologia: Ética, Diversidade e Conflitos, 2016.

4.
ESTEVES, L. L.. QUANDO O CAMPO É O ESTADO: DESAFIOS E ESTRATÉGIAS TEORICO-METODOLÓGICAS NAS PESQUISAS SOBRE POLÍTICAS CULTURAIS. In: XI Reunião de Antropologia do Mercosul, 2015, Montevideu. XI Reunião de Antropologia do Mercosul, 2015.

5.
ESTEVES, L. L.. ?Capacitação? para as Culturas Populares: Reflexões Sobre as Políticas de Formação para os Maracatus de Baque Solto. In: V Seminário Internacional de Políticas Culturais, 2014, Rio de Janeiro. V Seminário Internacional de Políticas Culturais, 2014.

6.
ESTEVES, L. L.. A participação dos antropólogos nos inventários de registro do patrimônio imaterial: notas sobre os desafios éticos e metodológicos no campo. In: 29 Reunião Brasileira de Antropologia, 2014, Natal. 29 Reunião Brasileira de Antropologia, 2014.

7.
ESTEVES, L. L.. Cultura e Burocracia: as relações dos maracatus de baque solto com as políticas culturais. In: XV CISO - Encontro Norte Nordeste de Ciências Sociais Pré-Alas Brasil, 2012, Teresina. XV CISO - Encontro Norte Nordeste de Ciências Sociais Pré-Alas Brasil. Teresina, 2012.

8.
ESTEVES, L. L.. "Viradas" e "Marcações": uma análise sobre relações de classe no carnaval de Pernambuco. In: 14 Encontro de Ciências Sociais do Norte e Nordeste - CISO, 2009, Recife. 14 Encontro de Ciências Sociais do Norte e Nordeste - CISO, 2009.

9.
ESTEVES, L. L.. A Dádiva no maracatu: uma análise sobre as relações sociais entre turistas e os integrantes do Maracatu Nação Estrela Brilhante do Recife - PE. In: VII Reunião de Antropologia do Mercosul, 2007, Porto Alegre. VII RAM - Reunião de Antropologia do Mercosul: desafios antropológicos, 2007.

10.
ESTEVES, L. L.. Do. In: 12 Congresso Brasileiro de Folclore, 2006, Natal. 12 Congreso Brasileiro de Folclore, 2006.

11.
ESTEVES, L. L.. Cultura Popular e Turismo: a importância do planejamento participativo. In: IX ENTBL - Encontro Nacional de Turismo com Base Local, 2005, Recife. IX ENTBL -Encontro Nacional de Turismo com Base Local, 2005.

Apresentações de Trabalho
1.
ESTEVES, L. L.. Museus e Patrimônio Imaterial: a experiência do Paço do Frevo no Recife - PE. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
ESTEVES, L. L.. Bureaucracy and 'Culture': The Relations between State and maracatus de baque solto in Pernambuco (Brazil). 2018. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

3.
ESTEVES, L. L.. A PATRIMONIALIZAÇÃO E OS DESAFIOS DA SALVAGUARDA: A EXPERIÊNCIA DO PAÇO DO FREVO NO RECIFE - PE. 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

4.
ESTEVES, L. L.. O CHORO E A RODA: DINÂMICAS DE MANUTENÇÃO DO CHORO NA CIDADE DE ARACAJU (SE - BRASIL). 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

5.
ESTEVES, L. L.. O Maracatu de Baque Solto e o Estado: os desafios para a salvaguarda de um ´brinquedo pesado'. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

6.
ESTEVES, L. L.; ZACHI, M. ; RAFAEL, U. N. . Mesa Redonda ?Culturas Populares, rituais, festas e patrimônio?. 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

7.
ESTEVES, L. L.. Etnografia e Política: notas sobre a atuação dos antropólogos nos inventários para registro do patrimônio imaterial. 2017. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

8.
ESTEVES, L. L.. O MARACATU DE BAQUE SOLTO E O ESTADO: DESAFIOS PARA A SALVAGUARDA DE UM ?BRINQUEDO PESADO?. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

9.
ESTEVES, L. L.. A participação dos antropólogos nos inventários de registro do patrimônio imaterial - notas sobre desafios éticos e metodológicos no campo. 2016. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

10.
ESTEVES, L. L.. O maracatu de baque solto e o Estado - desafios para a salvaguarda de um 'brinquedo pesado'. 2016. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

11.
ESTEVES, L. L.; LELIS, C. ; GUILLEN, I. C. M. . Maracatus Nação & Patrimônio: territórios do invisível e espaços de sociabilidades. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

12.
ESTEVES, L. L.. QUANDO O CAMPO É O ESTADO: DESAFIOS E ESTRATÉGIAS TEORICO-METODOLÓGICAS NAS PESQUISAS SOBRE POLÍTICAS CULTURAIS. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

13.
ESTEVES, L. L.. O Carnaval como tempo sagrado: rituais de defesa e proteção nas agremiações carnavalescas de Pernambuco. 2015. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

14.
ESTEVES, L. L.. Capacitação? para as Culturas Populares: Reflexões Sobre as Políticas de Formação para os Maracatus de Baque Solto. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

15.
ESTEVES, L. L.. A participação dos antropólogos nos inventários de registro do patrimônio imaterial: notas sobre os desafios éticos e metodológicos no campo. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

16.
ESTEVES, L. L.. Da Dureza da Lei: Reflexões Acerca das Atuais Políticas Públicas de Fomento para as Culturas Populares. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

17.
ESTEVES, L. L.. Cultura e burocracia: as relações dos maracatus de baque solto com as políticas culturais. 2013. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

18.
ESTEVES, L. L.. A Cultura Popular, suas reivenções e apropriações. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

19.
ESTEVES, L. L.. Cultura e Burocracia: As relações dos Maracatus de Baque Solto com as Políticas Culturais. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

20.
ESTEVES, L. L.. "Viradas" e "Marcações": a participação de pessoas de classe média nos grupos de maracatu de baque-virado do Recife - PE. 2009. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

21.
ESTEVES, L. L.. A Dádiva no maracatu: uma análise sobre as relações sociais entre turistas e os integrantes do Maracatu Estrela Brilhante do Recife. 2007. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

22.
ESTEVES, L. L.. 'Cenas' e 'Personagens' do Cavalo Marinho nas Oficinas do 'Capitão' Mestre Salustiano: dinâmicas de produção e relações sociais em um diferente contexto da cultura popular. 2006. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

23.
ESTEVES, L. L.. Cultura Popular e Turismo: a importância do planejamento participativo. 2006. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

24.
ESTEVES, L. L.. Do 'contemplar' ao 'interagir': as relações entre turistas e o Maracatu Estrela Brilhante do Recife - PE. 2006. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

25.
ESTEVES, L. L.. Cultura Popular e Turismo: a importância do planejamento participativo. 2005. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

26.
ESTEVES, L. L.. Cultura Popular e Turismo: a importância do planejamento participativo. 2005. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

Outras produções bibliográficas
1.
ESTEVES, L. L.. O Mercado de São José e seus 130 anos. Recife: Companhia Editora de Pernambuco, 2005 (Artigo no Suplemento Cultural do Diário Oficial de Pernambuco).


Produção técnica
Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
ESTEVES, L. L.. Observatório do Frevo. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

2.
ESTEVES, L. L.; SILVA, S. V. ; XAMBA, G. ; SANTOS, L. H. . Filhos da Rua. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

3.
ESTEVES, L. L.; LELIS, C. . Pesquisadores se reúnem no Recife para analisar a evolução do frevo. 2014. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

4.
ESTEVES, L. L.. Santos, Rainhas e Leões: Como nasce o maracatu que abala as ladeiras de Olinda durante o Carnaval. 2012. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

5.
ESTEVES, L. L.; CORDULA, A. ; XAMBA, G. . Seminário Discute a Cultura Popular. 2012. (Programa de rádio ou TV/Comentário).


Demais tipos de produção técnica
1.
ESTEVES, L. L.. Metodologia da pesquisa antropológica. 2007. (Curso de curta duração ministrado/Outra).


Produção artística/cultural
Artes Visuais
1.
ESTEVES, L. L.; SANTOS, L. H. . Frevo, Memória e Patrimônio. 2018. Vídeo.

2.
AVELAR, C. ; PINHEIRO, R. ; SARMENTO, L. E. P. ; ESTEVES, L. L. ; SANTOS, L. H. ; SILVA, M. P. . Frevo Experimental: trânsitos e experiências criativas. 2015. Outra.

3.
ESTEVES, L. L.. Campo de Imagens: Antropologia Visual por Antropólogos e Não-Antropólogos. 2013. Fotografia.



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
ESTEVES, L. L.; BRITO, C.; SILVA, R. L. L.. Participação em banca de ISABELA MARIA PEREIRA BARBOSA. ENTRE O AJEUM E A ?COMIDA AFRO-INDÍGENA?: MÃE NEIDE OYÁ D?OXUM E A ALIMENTAÇÃO NA SERRA DA BARRIGA, ALAGOAS. 2018. Dissertação (Mestrado em ANTROPOLOGIA) - Universidade Federal de Sergipe.

2.
ALBERNAZ, L. S. F.; GARRABE, L.; ESTEVES, L. L.. Participação em banca de Suênia Claudiana do Nascimento Pinto. Mulheres que Salvaguardam: gênero e patrimônio cultural no maracatu nação pernambucano. 2018. Dissertação (Mestrado em Antropologia) - Programa de Pós-Graduação em Antropologia - UFPE.

3.
OLIVEIRA, W. J. F.; ESTEVES, L. L.; BARBOSA, I. F.. Participação em banca de Tatiana Silva Sales. Intelectuais e "Folclore" em Sergipe: Um Estudo Sobre a Comissão Sergipana De Folclore (1948-1976). 2018. Dissertação (Mestrado em ANTROPOLOGIA) - Universidade Federal de Sergipe.

4.
CHIANCA, L. O.; GOLDFARB, M. P. L.; CORREA, J. G. S.; ESTEVES, L. L.. Participação em banca de Jéssyca Barbosa Martins. Inventários Participativos: Uma possibilidade de mobilização social. 2018. Dissertação (Mestrado em Antropologia) - Programa de Pós-Graduação em Antropologia - Universidade Federal da Paraíba.

Teses de doutorado
1.
SANDRONI, C.; ATHIAS, R.; KAUFMAN, T. N.; ESTEVES, L. L.; LEITAO, J. A.; NOGUEIRA, M. A. L.; SOUZA, E. A. P.. Participação em banca de Luciano Borges de Souza. Guardião do Maracatu Leão Coroado e a Lei do Patrimônio Vivo: um estudo antropológico sobre uma política cultural em Pernambuco. 2018. Tese (Doutorado em Antropologia) - Programa de Pós-Graduação em Antropologia - UFPE.

Monografias de cursos de aperfeiçoamento/especialização
1.
ESTEVES, L. L.; BOTELHO, C.. Participação em banca de Sofia Araújo de Oliveira. Maracatus Rurais nos Receptivos Turísticos: um olhar sobre as apresentações para turistas. 2009. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Cultura Pernambucana) - Faculdade Frassinetti do Recife.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
MORAIS, I. A. L.; WIDMER, G. M.; ESTEVES, L. L.. Participação em banca de Lays Amanda da Silva.O Museu Paço do Frevo e a sua relação com a imagem da identidade cultural do destino Recife. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Turismo) - Núcleo de Hotelaria e Turismo - UFPE.

2.
ESTEVES, L. L.; CISNE, R. N. C.; MARINHO, M. F.. Participação em banca de Jaqueline Correia de Araújo.Turismo e Interculturalidade: A relação de troca de experiências entre Nação de Maracatu Porto Rico e Maracatu Quiloa. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Turismo) - Faculdade de Comunicação Teconologia e Turismo de Olinda.

3.
ESTEVES, L. L.; FIGUEIREDO, A. F. A.; DURAO, A.. Participação em banca de Kleneílson Timóteo Silva Ramos.O significado da viagem turístca para os deficientes visuais. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Turismo) - Núcleo de Hotelaria e Turismo - UFPE.

4.
ESTEVES, L. L.; OLIVEIRA, C.; FIGUEIREDO, A. F. A.. Participação em banca de Catarina Bezerra.Olinda além dos Carnavais. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Turismo) - Núcleo de Hotelaria e Turismo - UFPE.

5.
ESTEVES, L. L.; DINIZ, T. R.; SANTOS, M. M.. Participação em banca de Clarissa Rodrigues Wanderley.Revista Olinda Sem Igual. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Comunicação Social) - Centro universitário Maurício de Nassau - Recife.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Outras participações
1.
ESTEVES, L. L.; VALADARES, P. V. R. E.; TEIXEIRA, L.; SILVA, J. O. E.; SOUZA, L. B.; SILVA, T. J. P.; CALABRIA, E. M. M. R.. Comissão de Análise dos Projetos do FUNCULTURA - Fundo de Incentivo à Cultura de Pernambuco. 2013. Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco.

2.
ESTEVES, L. L.; FRANCA, D. G. C.; SARMENTO, L. E. P.; NOVA, J. C. F. V.; SANTOS, A. A. L.. Comissão Especial de Análise do IX Concurso Público do Registro do Patrimônio Vivo do Estado de Pernambuco. 2013. Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco.

3.
ESTEVES, L. L.; LOSSIO, R.; BARONE, V.. Comissão de Análise de Propostas para o Carnaval 2011 submetidas ao edital da FUNDARPE. 2011. Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco.

4.
OLIVEIRA, C.; FIGUEIREDO, A. F. A.; ESTEVES, L. L.. Olinda além dos carnavais. 2008. Núcleo de Hotelaria e Turismo - UFPE.

5.
FIGUEIREDO, A. F. A.; ESTEVES, L. L.. Relação entre o local e o global no turismo. 2007. Núcleo de Hotelaria e Turismo - UFPE.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
18th IUAES World Congress. BUREAUCRACY AND "CULTURE": THE RELATIONS BETWEEN STATE AND MARACATUS DE BAQUE SOLTO IN PERNAMBUCO (BRAZIL). 2018. (Congresso).

2.
IV Veredas do Patrimônio 2018: Margens, Imagens e Fluxos.Museus e Patrimônio Imaterial: a experiência do Paço do Frevo no Recife - PE. 2018. (Seminário).

3.
IV Seminário do Laboratório de Estudos sobre Tradições.Etnografia e Política: notas sobre a atuação dos antropólogos nos inventários para registro do patrimônio imaterial. 2017. (Seminário).

4.
Semana de Antropologia da Universidade Federal de Sergipe. Mesa Redonda Culturas Populares Rituais, Festas e Patrimônio. 2017. (Congresso).

5.
XII Reunión de Antropologia del Mercosur. O choro e a roda: dinâmicas de manutenção do choro na cidade de Aracaju (SE- Brasil). 2017. (Congresso).

6.
30 Reunião Brasileira de Antropologia. O MARACATU DE BAQUE SOLTO E O ESTADO: DESAFIOS PARA A SALVAGUARDA DE UM ?BRINQUEDO PESADO?. 2016. (Congresso).

7.
Veredas do Patrimônio do Programa de Pesquisa e Extensão Patrimônio Memoria e Interatividade.A participação dos antropólogos nos inventários de registro do patrimônio imaterial - notas sobre os desafios éticos e metodológicos no campo. 2016. (Seminário).

8.
VIII Semana de Patrimônio Cultural de Pernambuco.Maracatus Nação & Patrimônio: territórios do invisível e espaços de sociabilidades. 2015. (Seminário).

9.
29ª Reunião Brasileira de Antropologia. A participação dos antropólogos nos inventários de registro do patrimônio imaterial: notas sobre os desafios éticos e metodológicos no campo. 2014. (Congresso).

10.
Gestão Pública de Museus e Equipamentos Culturais: discutindo os no novos formatos. 2014. (Seminário).

11.
I Encontro de Pesquisadores do Frevo.Coordenação da Roda de Diálogos "O Frevo e seus campos: saberes, pesquisas e experiências". 2014. (Encontro).

12.
XVI Congresso Brasileiro de Sociologia. Da Dureza da Lei: Reflexões Acerca das Atuais Políticas Públicas de Fomento para as Culturas Populares. 2013. (Congresso).

13.
28 Reunião Brasileira de Antropologia. 2012. (Congresso).

14.
Cultura Popular: Tradição e Apropriações.Grupos de Percussão: praticas, interesses e tensões de ser e não ser um maracatu. 2012. (Seminário).

15.
Seminário Nacional Dialogando Sobre os Rumos da Antropologia Brasileira. 2012. (Seminário).

16.
XV CISO - Encontro de Ciências Sociais do Norte e Nordeste e Pré-Alas Brasil. Cultura e Burocracia: a relação dos maracatus rurais com as políticas culturais. 2012. (Congresso).

17.
14 Encontro de Ciências Sociais do Norte e Nordeste - CISO."Viradas" e "Marcações": uma análise sobre relações de classe no Carnaval de Pernambuco.. 2009. (Encontro).

18.
Seminário do Plano Nacional de Cultura - Políticas Públicas pela Diversidade. 2008. (Seminário).

19.
Tarde de Estudos do Centro de Formação, Pesquisa e Memória Cultural da Prefeitura do Recife - Casa do Carnaval.Viradas e Marcações: a participação de pessoas de classe média nos grupos de maracatu de baque-virado. 2008. (Encontro).

20.
Estudos Africanos no Brasil e na Alemanha. 2007. (Encontro).

21.
VII Reunião de Antropologia do Mercosul. A Dádiva no maracatu: uma análise sobre as relações entre turistas e integrantes do Maracatu Nação Estrela Brilhante do Recife - PE. 2007. (Congresso).

22.
XIII Congresso Brasileiro de Sociologia. 2007. (Congresso).

23.
25 Reunião Brasileira de Antropologia. "Cenas" e "Personagens" do Cavalo-marinho nas oficinas do "capitão" Mestre Salustiano: dinâmicas de produção e relações sociais em um diferente contexto da cultura popular. 2006. (Congresso).

24.
Palestra na Faculdade de Ciências Humanas de Olinda - FACHO.Cultura Popular e Turismo: a importância do planejamento participativo. 2006. (Outra).

25.
XII Congresso Brasileiro de Folclore. Do contemplar ao interagir: relações entre turistas e os integrantes do Maracatu Nação Estrela Brilhante do Recife - PE. 2006. (Congresso).

26.
1a. Jornada de Estudos sobre Etnicidade. 2005. (Encontro).

27.
I Exposição de Hotelaria e Turismo - EXATUR.Turismo Cultural em Triunfo: Estudo e propostas para a atividade. 2005. (Encontro).

28.
IX ENTBL - Encontro Nacional de Turismo com Base Local.Cultura popular e turismo: a importância do planejamento participativo. 2005. (Encontro).

29.
I Encontro de Alimentação e Gastronomia - Feiras e Mercados: tradição e contemporaneidade. 2004. (Encontro).

30.
XII Ciclo de Estudos sobre o Imaginário: Espaços imaginários e Trasculturalidade - Congresso Internacional. XIII Ciclo de Estudos sobre o Imaginário: Espaços Imaginários e Transculturalidade - Congresso Internacional. 2004. (Congresso).

31.
XXIV Reunião Brasileira de Antropologia: Nação e Cidadania. 2004. (Congresso).

32.
Seminário Gastronomia em Gilberto Freyre. 2003. (Seminário).

33.
V Fórum Brasileiro de Pesicanálise: psicanálise e desamparo. 1999. (Congresso).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
ESTEVES, L. L.; ROSALBA, P. ; RAFAEL, U. N. ; Vianna, B. . II Semana de Antropologia da UFS: políticas e o saber antropológico. 2018. (Congresso).

2.
ESTEVES, L. L.; RAFAEL, U. N. . Ciclo de Palestras ?Patrimônio Cultural em Debate?. 2017. (Outro).

3.
RAFAEL, U. N. ; ANDRADE, U. M. ; ESTEVES, L. L. ; ROSALBA, P. . Semana de Antropologia da Universidade Federal de Sergipe. 2017. (Congresso).

4.
ESTEVES, L. L.; NASCIMENTO, L. ; SANTOS, L. H. ; SARMENTO, L. E. P. ; FREITAS, A. ; SANTOS, D. ; SILVA, M. P. . II Encontro de Pesquisadores do Frevo: entre territórios culturais e fronteiras simbóliicas. 2015. (Congresso).

5.
ESTEVES, L. L.; SARMENTO, L. E. P. ; SANTOS, L. H. ; SILVA, M. P. ; NASCIMENTO, L. ; SANTOS, D. ; FREITAS, A. . I Encontro de Pesquisadores do Frevo: construindo diálogos e articulando saberes. 2014. (Congresso).



Orientações



Orientações e supervisões concluídas
Monografia de conclusão de curso de aperfeiçoamento/especialização
1.
Sofia Araújo de Oliveira. Maracatus Rurais nos Receptivos Turísticos: um olhar sobre as apresentações para turistas. 2008. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Cultura Pernambucana) - Faculdade Frassinetti do Recife. Orientador: Leonardo Leal Esteves.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Kleneílson Timóteo dos Santos. Os significados das viagens turísticas para os deficientes visuais. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Turismo) - Núcleo de Hotelaria e Turismo - UFPE. Orientador: Leonardo Leal Esteves.



Outras informações relevantes


Aprovado em segundo lugar no Concurso para Professor Adjunto na área de Memória, Patrimônio Cultural e Políticas Públicas da Universidade Federal do Pará em 2018. Aprovado em primeiro lugar na seleção pública para Professor Substituto em Antropologia da UFAL - Universidade Federal de Alagoas em 2014, aprovado em segundo lugar seleção pública para Professor Substituto em Antropologia da UFPB - Universidade Federal da Paraíba em 2013 e no concurso público do INCRA - Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária, para o cargo de antropólogo, em 2010.



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 16/12/2018 às 9:26:11