Fernanda da Cruz Centeno

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/0134832216271204
  • Última atualização do currículo em 11/04/2017


Possui Licenciatura e Bacharelado em Ciências Biológicas pela Universidade Metodista de São Paulo (2003), mestrado em Biotecnologia pela Universidade de São Paulo (2009), doutorado em Zoologia pela Universidade Estadual Paulista - Rio Claro (2014) e pós-doutorado pela University of Otago (2016). Tem experiência na área de Zoologia com ênfase em história natural, ecofisiologia e conservação de anfíbios e répteis. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Fernanda da Cruz Centeno
Nome em citações bibliográficas
CENTENO, F. C.;Centeno, Fernanda C;Fernanda C. Centeno;Fernanda Centeno


Formação acadêmica/titulação


2009 - 2014
Doutorado em Ciências Biológicas (Zoologia).
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
com período sanduíche em University of Otago (Orientador: Phil Bishop).
Título: O assoalhamento em Bokermannohyla alvarengai (Anura, Hylidae): história natural e adaptações morfo-fisiológicas, Ano de obtenção: 2014.
Orientador: Denis Otávio Vieira de Andrade.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.
2006 - 2009
Mestrado em Biotecnologia.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: Diversidade e uso do ambiente pelos anfíbios e répteis da Ilha de São Sebastião, Ilhabela, SP,Ano de Obtenção: 2009.
Orientador: Ricardo Jannini Sawaya.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Diversidade; uso do substrato; uso do ambiente; herpetofauna; Ilha de São Sebastião; Mata Atlântica.
Grande área: Ciências Biológicas
2000 - 2003
Graduação em Licenciatura e Bacharelado em Ciências Biológicas.
Universidade Metodista de São Paulo, UMESP, Brasil.
Título: Serpentes da Ilha de São Sebastião: composição faunística, taxonomia e história natural.
Orientador: Otavio Augusto Vuolo Marques.


Pós-doutorado


2015 - 2016
Pós-Doutorado.
University of Otago, OTAGO, Nova Zelândia.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.


Formação Complementar


2006 - 2006
Biologia evolutiva de serpentes. (Carga horária: 12h).
Sociedade Brasileira de Herpetologia, SBH, Brasil.
2005 - 2005
Extensão universitária em Anfíbios: Biologia, Taxonomia e Venenos. (Carga horária: 15h).
Instituto Butantan, IBU, Brasil.
2005 - 2005
Extensão universitária em Serpentes. (Carga horária: 32h).
Instituto Butantan, IBU, Brasil.
2005 - 2005
Métodos em estudos herpetofaunísticos. (Carga horária: 15h).
Sociedade Brasileira de Herpetologia, SBH, Brasil.
2004 - 2004
O desenho científico aplicado à herpetologia. (Carga horária: 15h).
Sociedade Brasileira de Herpetologia, SBH, Brasil.
2004 - 2004
Cultivo de Camarões de Água Doce. (Carga horária: 10h).
Associação Brasileira dos Criadores de Organismos Aquáticos, ABRACOA, Brasil.
2002 - 2002
Extensão universitária em Ecologia dos Principais Biomas Brasileiros. (Carga horária: 54h).
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
2002 - 2002
Trabalho Científico: da Proposta a Produção. (Carga horária: 3h).
Conselho Regional de Biologia, CRBIO-1, Brasil.
2002 - 2002
Conservação de Zonas Úmidas Costeiras. (Carga horária: 3h).
Conselho Regional de Biologia, CRBIO-1, Brasil.
2002 - 2002
Manguezal: Ontem, Hoje e Sempre. (Carga horária: 3h).
Conselho Regional de Biologia, CRBIO-1, Brasil.
2001 - 2001
Importância da Pesquisa Paleontológica nos Conheci. (Carga horária: 4h).
Universidade Metodista de São Paulo, UMESP, Brasil.
2001 - 2001
Herpetofauna do Pantanal. (Carga horária: 3h).
Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, UFMS, Brasil.
2000 - 2000
Biologia e Manejo de Serpentes. (Carga horária: 5h).
Escola Ecologia, EE, Brasil.
2000 - 2000
Biologia Marinha. (Carga horária: 3h).
Conselho Regional de Biologia, CRBIO-1, Brasil.
2000 - 2000
Manejo de Répteis, Aves e Mamíferos em Zoológicos. (Carga horária: 3h).
Conselho Regional de Biologia, CRBIO-1, Brasil.
2000 - 2000
Estratégia de Reprodução de Peixes Marinhos e de Á. (Carga horária: 5h).
Grupo de Estudos e Pesquisas de Ecossistemas Aquáticos, GEPEA, Brasil.
2000 - 2000
Jardinagem. (Carga horária: 27h).
Departamento de Parques e Áreas Verdes, DEPAV, Brasil.
2000 - 2000
Uso de Plantas Medicinais e Fitocosméticas. (Carga horária: 39h).
Departamento de Parques e Áreas Verdes, DEPAV, Brasil.
2000 - 2000
Alimentação de Animais Em Cativeiro. (Carga horária: 3h).
Conselho Regional de Biologia, CRBIO-1, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - 2014
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pós-graduação, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2005 - 2005
Vínculo: Livre, Enquadramento Funcional: Estágio, Carga horária: 40

Atividades

08/2005 - 12/2005
Estágios , Centro de Aquicultura de Jaboticabal, .

Estágio realizado
Pesquisa em biologia e manejo de camarões de água doce, sistemas de larvicultura, manejo de reprodutores, obtenção de larvas, produção e manutenção de pós-larvas de camarões.

Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Vínculo institucional

2006 - 2009
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pós-graduação, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2004 - 2006
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Auxiliar de campo

Vínculo institucional

2001 - 2001
Vínculo: Livre, Enquadramento Funcional: Estágio voluntário, Carga horária: 8

Atividades

04/2001 - 06/2001
Estágios , Instituto Oceanográfico, Departamento de Oceanografia Biológica.

Estágio realizado
Dinâmica da comunidade Meiobentônica da Enseada de Picinguaba e plataforma interna adjacente, Ubatuba, SP.

Instituto Butantan, IBU, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2009
Vínculo: Livre, Enquadramento Funcional: Estágio voluntário, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2002 - 2006
Vínculo: Livre, Enquadramento Funcional: Estágio voluntário, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2002 - 2002
Vínculo: Livre, Enquadramento Funcional: Estágio voluntário, Carga horária: 20

Atividades

04/2002 - 07/2009
Pesquisa e desenvolvimento , Laboratório Especial de Ecologia e Evolução, .

04/2002 - 07/2009
Estágios , Divisão de Biologia, Seção de Herpetologia.

Estágio realizado
Recepção, identificação e manuseio de serpentes.

Instituto de Botânica, IBT, Brasil.
Vínculo institucional

2001 - 2002
Vínculo: Livre, Enquadramento Funcional: Estágio voluntário, Carga horária: 20

Atividades

10/2001 - 03/2002
Estágios , Divisão do Jardim Botânico de São Paulo, Seção de Fisiologia e Bioquímica de Plantas.

Estágio realizado
Pesquisa em Ecofisiologia vegetal desenvolvendo atividades com germinação de sementes.

Aquário de Ubatuba, AQUAUBA, Brasil.
Vínculo institucional

2002 - 2003
Vínculo: Livre, Enquadramento Funcional: Estágio voluntário

Atividades

12/2002 - 01/2003
Estágios , Exposição de Serpentes Brasileiras, .

Estágio realizado
Manutenção e controle dos terrários e quarentena, captura, tratamento e adaptação dos animais mantidos em cativeiro.
12/2002 - 01/2003
Estágios , Exposição de Serpentes Brasileiras, .

Estágio realizado
Monitoramento dos visitantes às instalações do Aquário de Ubatuba - Exposição de Serpentes do Brasil.

Instituto de Pesca, IP, Brasil.
Vínculo institucional

2004 - 2004
Vínculo: Livre, Enquadramento Funcional: Estágio

Atividades

05/2004 - 05/2004
Estágios , Divisao de Pesca do Interior, Estacao Experimental de Piscicultura e Ranicultura de Pindamonhangaba.

Estágio realizado
Treinamento na área de Carcinicultura de água doce.


Linhas de pesquisa


1.
Ecologia de Comunidades
2.
Ecossistemas Insulares
3.
Herpetologia


Projetos de pesquisa


2009 - Atual
Ecologia, fisiologia e conservação de Bokermannohyla alvarengai (Bokermann 1956): uma espécie endêmica de campos rupestres
Descrição: O conhecimento atual sobre ecologia e conservação dos anfíbios brasileiros ainda é muito restrito. No entanto, conhecer a ecologia das espécies é fundamental para a generalização de padrões comportamentais, testes de hipóteses evolutivas e para o delineamento de medidas de preservação. Assim, esforços imediatos voltados à busca de conhecimentos sobre os aspectos ecológicos das espécies são necessários para a elaboração de medidas mitigatórias e conservacionistas eficientes. Em se tratando de anfíbios, porém, o que existe na maioria dos casos são informações fragmentadas, inclusive dentro de biomas considerados mundialmente prioritários, como é o caso do Cerrado. Dentro do bioma ?Cerrado? há ainda que se considerar a situação de espécies que ocorrem em habitats particulares (como regiões de altitude) e com características altamente especializadas. Este é o caso de Bokermannohyla alvarengai (Bokermann 1956), uma espécie que ocorre em regiões de campos rupestres ao longo dos domínios da Serra do Espinhaço, estado de Minas Gerais. Bokermannohyla alvarengai é uma espécie de altíssimo interesse biológico por ocorrer em áreas de altitude e por apresentar comportamentos bastante incomuns dentre os anuros (por exemplo, o hábito de assoalhar). A despeito destas características de interesse, a historia natural desta espécie permanece praticamente desconhecida e, portanto, o objetivo primário do presente estudo é preencher esta lacuna. Para tanto, propomos uma investigação ampla de parâmetros ecológicos básicos obtidos a partir de dados de campo, complementados por dados de coleções científicas e dados disponíveis na literatura. Serão explorados aspectos como morfologia, composição da dieta, biologia reprodutiva, atividade e uso do ambiente. O hábito, raro entre anfíbios, de se expor ao sol também será investigado através de análises morfológicas (e.g., histologia da pele), comportamentais (e.g., dados de uso do habitat na natureza) e fisiológicos (e.g., regulação da temperatur.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (1) .
Integrantes: Fernanda da Cruz Centeno - Coordenador / Denis Vieira de Andrade - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa.
2008 - Atual
Diversidade, Distribuição e Conservação da Herpetofauna do Estado de São Paulo
Descrição: O estado de São Paulo apresenta alta riqueza de anfíbios e répteis, mas apenas 13,9% de sua área total correspondem a remanescentes de vegetação natural de Cerrado e Mata Atlântica. Ainda não está disponível um banco de dados representativo da herpetofauna para o estado. Este projeto propõe o estudo da diversidade, distribuição e conservação de anfíbios anuros e répteis Squamata do estado de São Paulo, por meio de: (1) identificação de lacunas de conhecimento e realização de amostragens de campo para complementação das bases de dados; (2) mapeamento da distribuição das espécies e identificação de áreas de maior diversidade por meio da modelagem de nicho ecológico e ferramentas de Sistema de Informação Geográfica; (3) determinação de áreas de endemismo nos diferentes biomas e fitofisionomias que ocorrem no estado e compreensão de como estas faunas se relacionam; (4) integração de estudos sobre filogeografia, diversidade genética e modelagem de nicho ecológico para compreensão de processos evolutivos e padrões de distribuição; e (5) proposição de áreas prioritárias para conservação da herpetofauna no estado. Este projeto permitirá a integração de pesquisadores e a correção, disponibilização e complementação das bases de dados das principais coleções científicas do estado de São Paulo...
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2006 - 2009
Diversidade e uso do ambiente pelos anfíbios e répteis da Ilha de São Sebastião, SP
Descrição: Informações sobre história natural e ecologia da herpetofauna tropical são escassas ou inexistentes. A Floresta Atlântica é considerada um dos biomas de maior diversidade, com grande número de espécies endêmicas. Considerando os diversos estudos realizados na América do Sul, certamente a Floresta Atlântica é a menos conhecida nesse sentido, especialmente a Mata Atlântica do sudeste do Brasil. Para as ilhas do litoral paulista praticamente não há estudos detalhados sobre comunidades, e poucos estudos foram realizados sobre a herpetofauna. Este projeto propõe o estudo da herpetofauna da Ilha de São Sebastião, litoral norte do Estado de São Paulo, enfocando a diversidade, distribuição e padrões de atividade sazonal. Assim, pode contribuir com informações básicas sobre a herpetofauna da região e fornecer subsídios para o manejo e conservação da Ilha de São Sebastião e da Mata Atlântica do sudeste do Brasil..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2004 - Atual
Evolução de caracteres morfológicos e biológicos de jararacas (grupo Bothrops jararaca) em ilhas e na Mata Atlântica costeira do Estado de São Paulo
Descrição: É proposto o estudo da evolução de caracteres morfológicos e de história natural das populações e espécies do grupo Bothrops jararaca (B. jararaca, B. insularis, B. alcatraz e, eventualmente, espécies não descritas) que ocorrem na Mata Atlântica costeira e ilhas do Estado de São Paulo. Serão exploradas as relações entre caracteres morfológicos e de história natural, realizadas reconstruções dos caracteres analisados, e avaliada a importância dos fatores causais envolvidos na evolução dos caracteres, incluindo limitações filogenéticas, história geomorfológica das localidades e fatores ecológicos atuais. Além de contribuir com informações básicas sobre história natural, morfologia e evolução de jararacas, este projeto pode fornecer subsídios para o manejo e conservação das ilhas e da Mata Atlântica costeira do Estado de São Paulo..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2003 - 2005
Diversidade e Conservação da Fauna de Répteis do sudeste da Floresta Atlântica
Descrição: O presente projeto propõe estudar a diversidade de répteis do sudeste da Floresta Atlântica do Brasil. Como extensão do projeto, estão em andamento pesquisas sobre anfibios na Floresta Atlantica do Sudeste com a colaboração de especialistas.A fauna de répteis e anfibios difere bastante de outras Florestas Tropicais Brasileiras. Esta porção da Floresta Atlântica recobre uma topografia acidentada tanto no continente como em ilhas litorâneas, sendo caracterizada pelo alto grau de endemismo. A composição faunística ainda é mal documentada ao longo de sua extensão, principalmente em relação às variações altitudinais e latitudinais. Os estudos deverão enfocar áreas disjuntas separadas por barreiras geográficas. Dados morfológicos e citogenéticos serão utilizados para caracterizar as populações. Os estudos ecológicos irão caracterizar a História Natural de varias espécies. As comunidades de répteis serão caracterizadas pela composição faunística, abundância relativa das espécies, uso de recursos e padrões reprodutivos. As análises comparadas de diversos parâmetros utilizados neste estudo serão trabalhadas para inferências evolutivas e biogeográficas. O conhecimento gerado poderá ser utilizado para definir áreas prioritárias de conservação. Alguns dos produtos serão estendidos e adaptados para divulgação em meio não acadêmico. Moradores de pequenas localidades visitadas, Fazendas e Parques Estaduais já estaõ recebendo palestras, com esclarecimentos sobre prevenção de acidentes ofídicos e quais as espécies de serpentes e répteis mais comuns nas áreas específicas. Apresentação de Jogos Didáticos, como Dominó de Répteis da Floresta Atlântica e Jogo da Memória dos Ecossistemas de Répteis da Floresta Atlântica. Em andamento, organização de exposição didática sobre Répteis e Anfibios da Floresta Atlântica e Livros didáticos..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.


Revisor de periódico


2010 - Atual
Periódico: Herpetology Notes
2010 - Atual
Periódico: Revista Brasileira de Zoociências


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Zoologia / Subárea: Herpetologia.
2.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia / Subárea: História Natural.
3.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Fisiologia / Subárea: Ecofisiologia.
4.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Fisiologia / Subárea: Conservação das Espécies Animais.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.
Francês
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.


Prêmios e títulos


2009
Mestrado em Biotecnologia, Universidade de São Paulo.
2003
Bacharel em Ciências Biológicas, Universidade Metodista de São Paulo.
2003
Licenciado em Ciências Biológicas, Universidade Metodista de São Paulo.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
MALAGOLI, L. R.2017MALAGOLI, L. R. ; TREVINE, V. ; CONDEZ, T. H. ; CENTENO, F. C. ; BERNECK, B. V. M. ; HADDAD, C. F. B. . Notes on the breeding behaviour of the Neotropical toadlet Dendrophryniscus brevipollicatus (Anura: Bufonidae), a bromeliad phytotelmata specialist. Herpetology Notes, v. 10, p. 31-39, 2017.

2.
Fernanda C. Centeno2015Fernanda C. Centeno; Paulo D. P. Pinheiro ; Denis V Andrade . Courtship Behavior of Bokermannohyla alvarengai, a Waltzing Anuran. Herpetological Review, v. 46, p. 166-168, 2015.

3.
Fernanda C. Centeno2015 Fernanda C. Centeno; Marta M. Antoniazzi ; Denis V Andrade ; Roberto T. Kodama ; Juliana M. Sciani ; Daniel C. Pimenta ; Carlos Jared . Anuran skin and basking behavior: The case of the treefrog B okermannohyla alvarengai (Bokermann, 1956). Journal of Morphology (1931. Print), v. 276, p. 1172-1182, 2015.

4.
Fernanda C. Centeno2014Fernanda C. Centeno; Mauro Teixeira Junior ; Renato Recoder ; Denis V Andrade ; Miguel Trefaut Rodrigues . Updated distribution map of Acratosaura mentalis (Squamata, Gymnophthalmidae) with a note on feeding ecology of the treefrog Bokermannohyla alvarengai (Anura, Hylidae). Herpetology Notes, v. 7, p. 783-786, 2014.

5.
Gründler, M. C.2012Gründler, M. C. ; TOLEDO, L. F. ; Parra-Olea, G. ; HADDAD, C. F. B. ; GIASSON, L. O. M. ; SAWAYA, R. J. ; PRADO, C. P. A. ; ARAUJO, O. G. S. ; ZARA, F. J. ; CENTENO, F. C. ; ZAMUDIO, K. R. . Interaction between breeding habitat and elevation affects prevalence but not infection intensity of Batrachochytrium dendrobatidis in Brazilian anuran assemblages. Diseases of Aquatic Organisms, v. 97, p. 173-184, 2012.

6.
CICCHI, P. J. P.2010CICCHI, P. J. P. ; CENTENO, F. C. ; DUARTE, M. R. . Scinax littoralis: Predation. Herpetological Review, v. 41, p. 207-207, 2010.

7.
CENTENO, F. C.2010 CENTENO, F. C.; SAWAYA, R. J. ; GERMANO, V. J. . A New Species of Liotyphlops (Serpentes: Anomalepididae) from the Atlantic Coastal Forest in Southeastern Brazil. Herpetologica (Austin, TX), v. 66, p. 86-91, 2010.

8.
CENTENO, F. C.2010CENTENO, F. C.; CICCHI, P. J. P. ; COUTO, F. M. . Predation on Scinax littoralis (Anura: Hylidae) by another treefrog, Hypsiboas albomarginatus (Anura: Hylidae). Herpetology Notes, v. 3, p. 91-92, 2010.

9.
ARAUJO, C. O.2010ARAUJO, C. O. ; CONDEZ, T. H. ; BOVO, R. P. ; CENTENO, F. C. ; LUIZ, A. M. . Amphibians and reptiles of the Parque Estadual Turístico do Alto Ribeira (PETAR), SP: an Atlantic Forest remnant of southeastern Brazil.. Biota Neotropica (Online. Edição em Inglês), v. 10, p. 000-000, 2010.

10.
CICCHI, P. J. P.2010CICCHI, P. J. P. ; JIM, J. ; CENTENO, F. C. . Hypsiboas albomarginatus (white-edged treefrog) predation. Herpetological Review, v. 41, p. 64-64, 2010.

11.
CICCHI, P. J. P.2009CICCHI, P. J. P. ; SERAFIM, H. ; SENA, M. A. ; CENTENO, F. C. ; JIM, J. . Herpetofauna em uma área de Floresta Atlântica na Ilha Anchieta, município de Ubatuba, sudeste do Brasil. Biota Neotropica (Edição em Português. Online), v. 9, p. 1-12, 2009.

12.
CENTENO, F. C.2008CENTENO, F. C.; SAWAYA, R. J. ; MARQUES, O. A. V. . Snake assemblage of Ilha de São Sebastião, southeastern Brazil: comparison to mainland. Biota Neotropica (Edição em português. Impresso), v. 8, p. 63-68, 2008.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
CENTENO, F. C.; ANDRADE, D. V. . Skin color change in a basking treefrog: does it affect predation risk?. In: VII World Congress of Herpetology, 2012, Vancouver. VII World Congress of Herpetology, 2012.

2.
KODAMA, R. T. ; CENTENO, F. C. ; ANTONIAZZI, M. ; ANDRADE, D. V. ; JARED, C. . The skin of amphibians and the habit of exposing in the sun: the case of the tree frog Bokermannohyla alvarengai, from Serra do Cipó (MG). In: Reunião Científica Anual do Instituto Butantan, 2012, São Paulo. XIV Reunião Científica Anual Do Instituto Butantan, 2012.

3.
ANDREASSA, R. P. ; CENTENO, F. C. ; SAWAYA, R. J. ; SILVA, R. J. ; ANJOS, L. . Endoparasitas associados a duas espécies de lagartos simpátricos do gênero Enyalius (Leiosauridae), da Ilha de São Sebastião, SP. In: IX Congresso Latinoamericano de Herpetologia e V Congresso Brasileiro de Herpetologia, 2011, Curitiba. IX Congresso Latinoamericano de Herpetologia e V Congresso Brasileiro de Herpetologia, 2011.

4.
MALAGOLI, L. R. ; CONDEZ, T. H. ; TREVINE, V. ; CENTENO, F. C. ; HADDAD, C. F. B. . Notas sobre a biologia reprodutiva de Dendrophryniscus (Anura, Bufonidae) em áreas de Mata Atlântica do estado de São Paulo.. In: IX Congresso Latinoamericano de Herpetologia e V Congresso Brasileiro de Herpetologia, 2011, Curitiba. IX Congresso Latinoamericano de Herpetologia e V Congresso Brasileiro de Herpetologia, 2011.

5.
CENTENO, F. C.; ANDRADE, D. V. . Influência da temperatura ambiental em parâmetros morfométricos de Bokermannohyla alvarengai (Anura, Hylidae) ao longo de sua distribuição. In: IX Congresso Latinoamericano de Herpetologia e V Congresso Brasileiro de Herpetologia, 2011, Curitiba. IX Congresso Latinoamericano de Herpetologia e V Congresso Brasileiro de Herpetologia, 2011.

6.
CENTENO, F. C.; SAWAYA, R. J. . A herpetofauna da Ilha de São Sebastião, Ilhabela, SP. In: III Congresso Brasileiro de Herpetologia, 2007, Belém. Resumos do III Congresso Brasileiro de Herpetologia, 2007.

7.
CENTENO, F. C.; SENA, M. A. ; CICCHI, P. J. P. ; PECCININI-SEALE, D. M. ; DUARTE, M. R. . Levantamento da Fauna de Serpentes em Três Parques Estaduais Insulares do Estado de São Paulo. In: XXVI Congresso Brasileiro de Zoologia, 2006, Londrina. Resumos do XXVI Congresso Brasileiro de Zoologia, 2006.

8.
CENTENO, F. C.. Aspectos ecológicos da comunidade de serpentes da Ilha de São Sebastião, São Paulo, Brasil. In: 2º Congresso Brasileiro de Herpetologia, 2005, Belo Horizonte. Resumos do 2º Congresso Brasileiro de Herpetologia, 2005.

9.
CENTENO, F. C.; SAWAYA, R. J. . Seasonal activity of Bothrops jararaca and Micrurus corallinus from Ilha de São Sebastião, Ilhabela municipality, north coast of São Paulo State. In: VII Reunião Científica Anual do Instituto Butantan, 2005, São Paulo. Memórias do Instituto Butantan, 2005. v. 62. p. 83-83.

10.
CENTENO, F. C.; MARQUES, O. A. V. . Riqueza, Composição e Abundância Relativa de Serpentes da Ilha de São Sebastião, Litoral Norte do Estado de São Paulo. In: 1º Congresso Brasileiro de Herpetologia, 2004, Curitiba. Resumos do 1º Congresso Brasileiro de Herpetologia, 2004.

Apresentações de Trabalho
1.
CENTENO, F. C.. Herpetofauna de ilhas brasileiras: diversidade, biogeografia, evolução e conservação. 2009. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

2.
CENTENO, F. C.. Diversidade dos anfíbios e répteis da Ilha de São Sebastião. 2008. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
CENTENO, F. C.. Herpetofauna da Ilha de São Sebastião, Ilhabela, SP. 2007. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
CENTENO, F. C.. Diversidade e distribuição da herpetofauna da Ilha de São Sebastião, SP. 2007. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
CENTENO, F. C.. Monitoramento de Fauna Silvestre da Unidade de Fertilizantes Nitrogenados (UFNIII) da Petrobrás em Três Lagoas/MS. 2011.

2.
PAVAN, D. ; CENTENO, F. C. . Estudo de viabilidade da UHE Marabá. Inventário da Herpetofauna. 2010.

3.
DIXO, M. ; CONDEZ, T. H. ; CENTENO, F. C. . Levantamento da herpetofauna para elaboração de EIA/RIMA referente a implantação da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE). 2010.

4.
CENTENO, F. C.. Levantamento da Herpetofauna para elaboração de RAP referente à implantação de aterro sanitário. 2010.

5.
PAVAN, D. ; CENTENO, F. C. . Estudo de viabilidade da UHE Castelhano. Levantamento da Herpetofauna para elaboração de EIA/RIMA. 2009.

6.
PAVAN, D. ; CENTENO, F. C. . Estudo de viabilidade da UHE Uruçuí. Levantamento da Herpetofauna para elaboração de EIA/RIMA. 2009.

7.
CENTENO, F. C.. Levantamento da Herpetofauna nas áreas de influência do Brasil Intermodal Terminal Santos ? Brites. 2009.

8.
CENTENO, F. C.. Levantamento faunístico na área de implantação do aterro sanitário no município de Jambeiro, Vale do Paraíba, SP. Herpetofauna. 2009.

9.
ARAUJO, O. G. S. ; CONDEZ, T. H. ; BOVO, R. P. ; CENTENO, F. C. . Inventário e diagnóstico de anfíbios e répteis para o Plano de Manejo do Parque Estadual Turístico do Alto Ribeira (PETAR). 2009.

10.
PAVAN, D. ; CENTENO, F. C. . Levantamento da Herpetofauna na área de influência da Implantação de Linha de transmissão na Ilha de São Luís, Maranhão. 2009.

Trabalhos técnicos


Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
VII World Congress of Herpetology. Skin color change in a basking treefrog: does it affect predation risk?. 2012. (Congresso).

2.
IX Congresso Latinoamericano de Herpetologia e V Congresso Brasileiro de Herpetologia. Endoparasitas associados a duas espécies de lagartos simpátricos do gênero Enyalius (Leiosauridae), da Ilha de São Sebastião, SP. 2011. (Congresso).

3.
International Symposium on Phylogeography. 2010. (Simpósio).

4.
Simpósio de Taxonomia de Anura: o estado da arte. 2010. (Simpósio).

5.
IV Congresso Brasileiro de Herpetologia. Herpetofauna de ilhas brasileiras: diversidade, biogeografia, evolução e conservação. 2009. (Congresso).

6.
III Congresso Brasileiro de Herpetologia. A herpetofauna da Ilha de São Sebastião, Ilhabela, SP. 2007. (Congresso).

7.
New Directions in Snake Biology. 2006. (Simpósio).

8.
Reunião Científica Anual do Instituto Butantan. 2006. (Outra).

9.
XXVI Congresso Brasileiro de Zoologia. Levantamento da fauna de serpentes em três parques estaduais insulares do Estado de São Paulo. 2006. (Congresso).

10.
2º Congresso Brasileiro de Herpetologia. Aspectos Ecológicos da Comunidade de Serpentes da Ilha de São Sebastião, São Paulo, Brasil. 2005. (Congresso).

11.
VII Reunião Científica Anual do Instituto Butantan.Seasonal activity of Bothrops jararaca and Micrurus corallinus from Ilha de São Sebastião, Ilhabela municipality, north coast of São Paulo State. 2005. (Outra).

12.
VI Reunião Científica Anual do Instituto Butantan. 2005. (Outra).

13.
1º Congresso Brasileiro de Herpetologia. Riqueza, Composição e Abundância Relativa de Serpentes da Ilha de São Sebastião, Litoral Norte do Estado de São Paulo. 2004. (Congresso).

14.
14º Encontro de Biólogos do CRBio-1. 2003. (Encontro).

15.
13º Encontro de Biólogos do CRBio-1. 2002. (Encontro).

16.
BIOMIX - IX Jornada de Biologia. 2002. (Outra).

17.
12º Encontro de Biólogos do CRBio-1. 2001. (Encontro).

18.
BIOMIX - VIII Jornada de Biologia. 2001. (Outra).

19.
I Jornada de Iniciação Científica e II Seminário de Extensão. 2001. (Seminário).

20.
11º Encontro de Biólogos do CRBio-1. 2000. (Encontro).

21.
II Simpósio de Ecossistemas Aquáticos. 2000. (Simpósio).

22.
V Congresso de Produção Científica. 2000. (Congresso).

23.
VII Jornada de Biologia - Perspectivas do Amanhã. 2000. (Outra).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
CENTENO, F. C.. 5º Congresso de Produção Científica. 2000. (Congresso).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 20/10/2018 às 10:50:15