José Paulo Guedes Pinto

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/5483672222004056
  • Última atualização do currículo em 11/02/2019


Pós-doutor pela London School of Economics and Political Science (Londres). Bacharel, mestre e doutor em economia (USP/UFRGS/USP). Professor Adjunto III do Bacharelado de Relações Internacionais, do Bacharelado de Ciências Econômicas, do Pós-Graduação em Ciências Humanas e Sociais e do Pós-Graduação em Economia Política Mundial da Universidade Federal do ABC. Pesquisador nas áreas de Economia Política, Economia Política Internacional, Tecnologias Sociais e Economia Solidária, com ênfase nas disputas internas e internacionais em torno da propriedade intelectual, nas formas de subordinação do trabalho, e na chamada economia da colaboração em massa. É membro do Grupo de Análise Macro Aplicada (GAMA) da UFRJ e do Grupo de Pesquisa Neoliberalismo, Conhecimento e Assimetrias: laboratório do futuro (NECA-labfut) da UFABC. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
José Paulo Guedes Pinto
Nome em citações bibliográficas
PINTO, J. P. G.;GUEDES PINTO, J. P.;PINTO, JOSÉ PAULO GUEDES

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal do ABC, Centro de Ciências Naturais e Humanas.
Avenida dos Estados
Santa Terezinha
09210580 - Santo André, SP - Brasil
Telefone: (11) 49967940
URL da Homepage: http://cecs.ufabc.edu.br/index.php


Formação acadêmica/titulação


2008 - 2011
Doutorado em Economia.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: No ritmo do Capital. Indústria fonográfica e subsunção do trabalho criativo antes e depois do MP3, Ano de obtenção: 2011.
Orientador: Eleuterio Fernando da Silva Prado.
Palavras-chave: Economia Marxista; Produção colaborativa; Redes; Acesso ao Conhecimento; Marxian Economics; Mercado de Música.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Sociologia.
Setores de atividade: Política Econômica e Administração Pública em Geral; Atividades artísticas, criativas e de espetáculos.
2005 - 2007
Mestrado em Economia.
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.
Título: A contabilidade social na perspectiva clássica (capital produtivo e não-produtivo: traçando um mapa do Sistema de Contas Nacionais brasileiro).,Ano de Obtenção: 2008.
Orientador: Eduardo Augusto de Lima Maldonado Filho.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: Capital Produtivo e não Produtivo; Contabilidade Nacional; Economia Marxista; Economia Brasileira.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas
Setores de atividade: Política Econômica e Administração Pública em Geral.
1999 - 2003
Graduação em Bacharelado em Ciências Econômicas.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: Sobre o Conteúdo do Socialismo: há vida boa após o capitalismo?.
Orientador: Eleutério Fernando da Silva Prado.


Pós-doutorado


2017 - 2018
Pós-Doutorado.
London School of Economics and Political Science, LSE, Grã-Bretanha.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Política Internacional / Especialidade: Relações Internacionais, Bilaterais e Multilaterais.


Formação Complementar


2017 - 2017
Researcher Connect. (Carga horária: 24h).
British Council, Inglaterra.


Atuação Profissional



London School of Economics and Political Science, LSE, Grã-Bretanha.
Vínculo institucional

2017 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional:


Universidade Federal do ABC, UFABC, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Professor do Bacharelado em Ciências Humanas, Relações Internacionais e Economia. Atuando na Área de Ciência, Tecnologia & Sociedade, América Latina, Globalização, Economia Política Internacional, e Brasileira.


Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, UFRRJ, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - 2012
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Professor Adjunto atuando nas Áreas de Economia Brasileira, Desenvolvimento Econômico e Economia Política.


Centro Universitário Senac, SENAC/SP, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - 2010
Vínculo: Professor, Enquadramento Funcional: Contratação padrão, Carga horária: 2
Outras informações
Professor da disciplina "Estado, Mercado e Sociedade Civil" do curso de pós graduação Latto Sensu "Responsabilidade Socioambiental Empresarial".


Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo, FESPSP, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - 2010
Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 6


Insper Instituto de Ensino e Pesquisa, INSPER, Brasil.
Vínculo institucional

2006 - 2009
Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Monitor, Carga horária: 4
Outras informações
Monitor da disciplina "Fundamentos de Macroeconomia", responsável por elaborar provas, listas de exercícios e plantão de dúvidas.


Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.
Vínculo institucional

2005 - 2005
Vínculo: Estágio Docência, Enquadramento Funcional: Monitor, Carga horária: 2


Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Vínculo institucional

2006 - 2006
Vínculo: Professor do NESOL-USP, Enquadramento Funcional: Membro e professor, Carga horária: 4
Outras informações
Membro do NESOL-USP e professor do curso de extensão universitária da USP ?Curso Básico de Formação em Plano de Negócios? relacionado ao projeto ?Empreendedorismo Juvenil e Microcrédito? parceria do NESOL-USP com a Fundação Abrinq e o Citigroup.

Vínculo institucional

2003 - 2004
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Coordenador Núcleo de Gestão, Carga horária: 20
Outras informações
Coordenador, na ITCP-USP, do Núcleo de Gestão (NG). O coletivo do NG desenvolve novas tecnologias de gestão (nas áreas de economia, contabilidade, direito e administração) para grupos autogeridos por trabalhadores.

Vínculo institucional

2001 - 2004
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Formador, Carga horária: 20
Outras informações
A ITCP-USP dedica-se a organizar pequenos empreendimentos auto-gestionários, acompanhando o processo de adaptação do grupo à gestão coletiva e dando a ele o apoio técnico, econômico, psicológico, contábil e jurídico, necessário. Orientador e formador de grupos tanto do Programa Oportunidade Solidária (POS), em parceria com a Secretaria do Desenvolvimento, Trabalho e Solidariedade de São Paulo (SDTS-PMSP), quanto de grupos provenientes da própria USP e arredores;


Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas, FIPE, Brasil.
Vínculo institucional

2000 - 2001
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Estagiário - área de pesquisa, Carga horária: 20
Outras informações
Desenvolvimento de pesquisa na área de Economia Regional e Urbana



Projetos de pesquisa


2017 - 2018
A economia política internacional da propriedade intelectual: mapeando os fluxos de cobranças relativas ao uso de propriedade intelectual entre países e regiões.
Descrição: Desde os anos 1980 um grupo de países liderado pelos Estados Unidos vem conseguindo impor um padrão internacional de proteção à propriedade intelectual que beneficia diretamente seus interesses comerciais, seja através de pressões bilaterais, seja por uma atuação multilateral no âmbito do GATT/OMC. Diante disso, diversos países em desenvolvimento, depois de uma resistência inicial, aceitaram os direitos de propriedade intelectual ou como parte de uma política necessária de modernização econômica que garantiria a esses países uma inserção ativa na então chamada "sociedade do conhecimento" ou como um requisito para a entrada do país na Organização Mundial do Comércio (OMC). Um dos reflexos da incorporação dessas leis vem sendo a elevação exponencial dos fluxos de cobranças pelo uso de propriedade intelectual entre diversos países e regiões, parte dos quais são registrados nos respectivos balanços de pagamentos. Essa pesquisa pretende mapear esses registros com o objetivo de avaliar um aspecto chave da inserção de diversos países na divisão internacional do trabalho no século XXI, identificando, sob a ótica particular da economia política internacional, os países e regiões que mais se beneficiam e os principais prejudicados por esses novos arranjos jurídicos internacionais que estão sendo construídos em torno do tema da propriedade intelectual..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.

Integrantes: José Paulo Guedes Pinto - Coordenador.
Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa.
2017 - Atual
A economia política internacional da propriedade intelectual: mapeando os fluxos de cobranças relativas ao uso de propriedade intelectual entre países e regiões.
Descrição: Desde os anos 1980 um grupo de países liderado pelos Estados Unidos vem conseguindo impor um padrão internacional de proteção à propriedade intelectual que beneficia diretamente seus interesses comerciais, seja através de pressões bilaterais, seja por uma atuação multilateral no âmbito do GATT/OMC. Diante disso, diversos países em desenvolvimento, depois de uma resistência inicial, aceitaram os direitos de propriedade intelectual ou como parte de uma política necessária de modernização econômica que garantiria a esses países uma inserção ativa na então chamada "sociedade do conhecimento" ou como um requisito para a entrada do país na Organização Mundial do Comércio (OMC). Um dos reflexos da incorporação dessas leis vem sendo a elevação exponencial dos fluxos de cobranças pelo uso de propriedade intelectual entre diversos países e regiões, parte dos quais são registrados nos respectivos balanços de pagamentos. Essa pesquisa pretende mapear esses registros com o objetivo de avaliar um aspecto chave da inserção de diversos países na divisão internacional do trabalho no século XXI, identificando, sob a ótica particular da economia política internacional, os países e regiões que mais se beneficiam e os principais prejudicados por esses novos arranjos jurídicos internacionais que estão sendo construídos em torno do tema da propriedade intelectual..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .

Integrantes: José Paulo Guedes Pinto - Coordenador / Alexandre Becker - Integrante.
Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2014 - Atual
INSERÇÃO EXTERNA DAS ECONOMIAS EM DESENVOLVIMENTO NAS CADEIAS DE VALOR GLOBAIS
Descrição: Descrição: Análise teórica e empírica dos padrões atuais de comércio de economias em desenvolvimento que se diversificam na direção dos bens manufaturados, inclusive de média-alta tecnologia, inserindo-se nas cadeias de valor globais. A ideia é explorar os dados e a teoria para buscar respostas para as três questões colocadas no problema científico: 1) Quais são os tipos de inserção externa apoiados na diversificação para manufaturas que desencadearam crescimento econômico? 2) Quais são os limites do modelo de desenvolvimento a partir da diversificação estrutural para manufaturas? 3) Quais são as tendências no campo teórico para se estudar os padrões de comércio de economias em desenvolvimento que se diversificam na direção dos bens manufaturados, inserindo-se nas cadeias de valor globais? Pretende-se, também, utilizar as respostas a essas questões, em termos teóricos e através dos estudos de casos, para levantar lições para a inserção externa brasileira, de forma a contribuir para o plano normativo de políticas comerciais e industriais do país...
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (19) .

Integrantes: José Paulo Guedes Pinto - Coordenador / Cristina Fróes de Borja Reis - Integrante.
2009 - 2010
Acesso a bens educacionais e culturais no Brasil
Descrição: Este projeto propõe a realização de uma pesquisa de investigação científica sobre o acesso a bens educacionais e culturais no Brasil. O objetivo principal é produzir dados objetivos para orientar políticas públicas de acesso a bens educacionais e culturais, enfatizando, em particular, o papel dos direitos autorais em relação a esse acesso. A pesquisa pretende estimar a distribuição de dividendos entre criadores e indústria, a contribuição dos direitos autorais para a renda dos artistas, o financiamento público da criação e da produção dos bens, o impacto da cópia não autorizada para a geração e perda de postos de trabalho e a disponibilidade de bens pela indústria e pelos canais alternativos. Tratam-se de questões chave para o debate sobre acesso a esses bens e que, até o momento, têm sido discutidas sem muito apoio em dados empíricos..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (9) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (1) .

Integrantes: José Paulo Guedes Pinto - Coordenador.
Financiador(es): Fundação Ford - Bolsa / Ministério da Cultura - Bolsa.


Projetos de extensão


2018 - 2018
CURSO LIVRE DE HISTÓRIA DO ROCK
Descrição: Realizar encontros quinzenais para discutir a evolução da música rock e suas conexões com os diferentes movimentos culturais e sociais..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) .

Integrantes: José Paulo Guedes Pinto - Integrante / Leonardo Freire de Mello - Coordenador / Marcos Vinícius Pó - Integrante / Ramon Vicente Garcia Fernandez - Integrante.
Financiador(es): Universidade Federal do ABC - Bolsa.
2017 - 2017
Consolidação e ampliação dos coletivos de consumo de alimentos agroecológicos
Descrição: Este projeto é a continuação do projeto de extensão "Apoio aos coletivos de consumo na UFABC e na Associação Oeste", aprovado pelos Editais PAE 2014 e 2015 da UFABC e do projeto de extensão "Fortalecimento de redes de produtores e coletivos de consumo de produtos agroecológicos" aprovado (não totalmente pois contou com menos da metade dos recursos solicitados) pelo edital PAE 2016 da UFABC. Os projetos e as atividades vêm incubando as atividades de dois coletivos que distribuem produtos agroecológicos para famílias na Universidade Federal do ABC e na Associação Oeste de Diadema valendo-se do comércio justo. Além do apoio aos grupos nas áreas de gestão da autogestão, logística, agroecologia, consumo consciente e comunicação, o trabalho foi ampliado através da consolidação da rede de grupos de consumo responsável da região metropolitana de São Paulo. Neste projeto está previsto a ampliação do trabalho de conscientização do público alvo a cerca dos temas, preceitos e princípios da economia solidária, do direito humano a alimentação adequada, da produção familiar e agroecológica; seguir com o processo de incubação do CCRU-SOLO tal como é sugerido pelos métodos das incubadoras tecnológicas de cooperativas populares universitárias; produzir conteúdos em diferentes mídias para a divulgação, formação e replicação da experiência dos coletivos; o incentivo à adição de mais produtores familiares às atividades do coletivo; o incentivo que os coletivos intensifiquem as sinergias entre os grupos de consumo responsável da região metropolitana de São Paulo, elevando a escalas de suas ações (logística, propaganda, eventos, etc), fortalecendo com isso a rede de grupos de consumo; o apoio aos eventos que serão desenvolvidos em conjunto com o CCRU-SOLO como o ?Café da roça? e as oficinas gastronômicas de cultura criativa. Ademais, inclui a participação dos envolvidos em eventos técnicos, científicos, políticos e sociais para elevar a qualidade do trabalho, formar os discentes buscando excelência na sistematização das novas tecnologias..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (8) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) .

Integrantes: José Paulo Guedes Pinto - Coordenador / Leonardo Freire de Mello - Integrante / Michelle Sato Frigo - Integrante.
Financiador(es): Universidade Federal do ABC - Auxílio financeiro / Universidade Federal do ABC - Bolsa.
2017 - 2017
CURSO LIVRE DE HISTÓRIA DO ROCK
Descrição: Proposta: realizar encontros quinzenais para discutir a evolução da música rock e suas conexões com os diferentes movimentos culturais e sociais..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) .

Integrantes: José Paulo Guedes Pinto - Integrante / Leonardo Freire de Mello - Integrante / Marcos Vinícius Pó - Integrante / Ramon Vicente Garcia Fernandez - Coordenador.
Financiador(es): Universidade Federal do ABC - Bolsa.
2017 - 2017
SISTEMAS AGROFLORESTAIS PARA RECUPERAÇÃO/RESTAURAÇÃO DE ÁREAS DEGRADADAS E PRODUÇÃO AGRÍCOLA: DA ACADEMIA AO PRODUTOR RURAL
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (10) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) .

Integrantes: José Paulo Guedes Pinto - Coordenador / Leonardo Freire de Mello - Integrante / Michele Sato Frigo - Integrante.
2016 - 2016
Fortalecimento de redes de produtores e coletivos de consumo de produtos agroecológicos
Descrição: Este projeto é a continuação do projeto de extensão "Apoio aos coletivos de consumo na UFABC e na Associação Oeste", aprovado pelos Editais PAE 2014 e 2015 da UFABC, que vem incubando as atividades de dois coletivos que distribuem produtos agroecológicos para famílias na Universidade Federal do ABC e na Associação Oeste de Diadema valendo-se do comércio justo. Além do apoio aos grupos nas áreas de gestão da autogestão, logística e comunicação, o trabalho será ampliado no sentido do acompanhamento da formação dos custos de produção e consequentemente do preço justo de venda, proporcionando melhorias na gestão da produção agrícola, bem como na remuneração justa do produtor. Também está prevista a realização de um encontro anual em 2016 para fortalecer a rede de coletivos de consumo que atuam geograficamente próximos dos dois coletivos incubados para trocar e sistematizar experiências, aproveitar escalas e conseguir sinergias logísticas, financeiras, legais, entre outras, objetivando elevar o grau de organização dos grupos (buscando algo parecido com cooperativas de 2º grau). Ademais, inclui a participação dos envolvidos em eventos técnicos, científicos, políticos e sociais para elevar a qualidade do trabalho, formar os discentes buscando excelência na sistematização das novas tecnologias..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (12) / Mestrado acadêmico: (3) .

Integrantes: José Paulo Guedes Pinto - Coordenador / Leonardo Freire de Mello - Integrante / Michelle Sato Frigo - Integrante.
Financiador(es): Universidade Federal do ABC - Bolsa.
2015 - 2015
Projeto COLETIVO DE CONSUMO UFABC E ASSOCIAÇÃO OESTE
Descrição: O principal objetivo do projeto para o ano de 2015 é desenvolver instrumentos de auto-organização do consumo de alimentos voltados para a comunidade acadêmica na UFABC e associação oeste de diadema. O projeto atuará articulado pelo Coletivo de Consumo Urbano Rural (CCRU), a partir das ações que já desenvolve com a Associação Oeste de Diadema e UFABC..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (10) / Mestrado acadêmico: (1) .

Integrantes: José Paulo Guedes Pinto - Coordenador / Leonardo Freire de Mello - Integrante / Michelle Sato Frigo - Integrante.
Financiador(es): Universidade Federal do ABC - Auxílio financeiro.
2014 - 2014
Criação de coletivos de consumo na UFABC e na Associação Oeste de Diadema
Descrição: Descrição: O presente trabalho propõe a continuação do projeto de extensão aprovado pelo Edital PAE2014, no qual analisa o contexto histórico e atual que envolve a relação de produção e consumo de alimentos no Brasil, com base nos resultados de pesquisas sobre a inacessibilidade à alimentação adequada, que é garantida pelos Direitos Sociais, constante na Lei Orgânica de Segurança Alimentar e Nutricional e, tratados internacionais. Mediante este cenário, o projeto propõe uma nova forma de ação política e coletiva que contrapõe o consumo tradicional, através da formação em autogestão (política, contábil e administrativa) de grupos de consumo de alimentos na Universidade Federal do ABC e Associação Oeste de Diadema, visando à compra coletiva de alimentos orgânicos, comprando diretamente de pequenos produtores e valendo-se do comércio justo, para negociação de preços e valorização da produção. Propõe também a conscientização dos consumidores, o entendimento dos conceitos gerais de agroecologia, educação alimentar e oficinas de manipulação e reaproveitamento dos alimentos...
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (9) .

Integrantes: José Paulo Guedes Pinto - Coordenador / Leonardo Freire de Mello - Integrante / Michelle Sato Frigo - Integrante.
Financiador(es): Universidade Federal do ABC - Auxílio financeiro.


Revisor de periódico


2010 - Atual
Periódico: Revista da Sociedade Brasileira de Economia Politica
2011 - Atual
Periódico: Oikos (Rio de Janeiro)


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Francês
Compreende Pouco, Lê Pouco.


Produções



Produção bibliográfica
Citações

Outras
Total de trabalhos:16
Total de citações:17
PINTO, J. P. G.; GUEDES PINTO, J. P.  Data: 08/12/2016

Artigos completos publicados em periódicos

1.
NOGUEIRA, I.2017NOGUEIRA, I. ; OLLINAHO, O. ; GUEDES PINTO, J. P. ; SALUDJAN, A. ; PINTO, E. C. ; BARUCO, G. ; BALANCO, P. ; SCHONERWALD, C. . Investimentos e cooperação do Brasil e o padrão de acumulação em Moçambique: reforçando dependência e porosidade?. REVISTA NERA (UNESP), v. 20, p. 220-254, 2017.

2.
NOGUEIRA, ISABELA2017NOGUEIRA, ISABELA ; OLLINAHO, OSSI ; PINTO, EDUARDO COSTA ; BARUCO, GRASIELA ; SALUDJIAN, ALEXIS ; PINTO, JOSÉ PAULO GUEDES ; BALANCO, PAULO ; SCHONERWALD, CARLOS . Mozambican economic porosity and the role of Brazilian capital: a political economy analysis. Review of African Political Economy, v. 151, p. 1-18, 2017.

3.
GUEDES PINTO, J. P.2015 GUEDES PINTO, J. P.; CARLOTTO, Maria Caramez . A divisão internacional do trabalho no século XXI: um estudo sobre o peso da propriedade intelectual na relação EUA ? América Latina. Carta Internacional (USP), v. 10, p. 94-113, 2015.

4.
PRADO, E. F. S.2014PRADO, E. F. S. ; GUEDES PINTO, J. P. . Subsunção do Trabalho Imaterial ao Capital. Caderno CRH (UFBA. Impresso), v. 27, p. 61-74, 2014.

5.
PINTO, J. P. G.2010 PINTO, J. P. G.. A Contabilidade Social na Perspectiva Clássica/Marxiana. Revista da Sociedade Brasileira de Economia Politica, v. 27, p. 109-137, 2010.

6.
PINTO, J. P. G.2007PINTO, J. P. G.; SUMMA, R. F. . Capitalismo gerenciador de dinheiro e desigualdade de renda e riqueza: o caso dos EUA na década de 90.. Oikos (Rio de Janeiro), v. ano VI, p. 61-75, 2007.

Capítulos de livros publicados
1.
PRADO, E. F. S. ; GUEDES PINTO, J. P. . Limites do Valor e do Capitalismo. In: MOURA, Mauro; SILVA, Genildo & FILGUEIRAS, Luiz.. (Org.). Perspectivas em filosofia de economia.. 1ed.Salvador: EDUFBA, 2013, v. 1, p. 11-31.

2.
PINTO, J. P. G.. A estimação de preços dos serviços e de distribuição de retiradas em cooperativas de serviços. In: ITCP-USP. (Org.). A gestão da autogestão na Economia Solidária. 1ed.Porto Alegre: Calábria, 2007, v. 1, p. 93-103.

3.
PINTO, J. P. G.. Uma análise crítica sobre a nova lei de falências - prováveis impactos do projeto no movimento de Economia Solidária e na sociedade. In: Sylvia Leser de Mello. (Org.). Economia Solidária e Autogestão - Encontros Internacionais. São Paulo: PW, 2005, v. , p. -.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
GUEDES PINTO, J. P.; CARLOTTO, Maria Caramez ; REIS, C. F. B. . TPP: made in USA. Le Monde Diplomatique Brasil, São Paulo, , v. 101, p. 30 - 31, 09 dez. 2015.

2.
PINTO, E. C. ; GUEDES PINTO, J. P. ; SCHONERWALD, C. ; NOGUEIRA, I. ; SALUDJAN, A. ; BARUCO, G. ; BALANCO, P. . Governo Dilma, PT e esquerda. Le Monde Diplomatique Brasil, São Paulo, 22 set. 2015.

3.
SOARES, P. T. P. L. ; GUEDES PINTO, J. P. ; COSTA, A. P. P. . O fantasma da proletarização atemoriza os médicos. Le monde Diplomatique, São Paulo, p. 19 - 19, 03 out. 2013.

4.
PINTO, J. P. G.. No Ritmo do Capital (Parte 1). BIF - Boletim de Informações da FIPE, Sáo Paulo, p. 6 - 10, 24 fev. 2012.

5.
PINTO, J. P. G.. O risco da desindustrialização brasileira. Diálogos & Debates, São Paulo, p. 22 - 24, 01 dez. 2006.

6.
PINTO, J. P. G.. Economia: O Brasil de marcha a ré. Diálogos & Debates, São Paulo, 30 mar. 2006.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
PINTO, E. C. ; GUEDES PINTO, J. P. ; SALUDJAN, A. ; SCHONERWALD, C. ; BARUCO, G. ; NOGUEIRA, I. ; BALANCO, P. . A guerra de todos contra todos: a crise brasileira.. In: XXII Encontro Nacional de Economia Política, 2017, Campinas. XXII Encontro Nacional de Economia Política, 2017. v. 22.

2.
NOGUEIRA, I. ; OLLINAHO, O. ; PINTO, E. C. ; GUEDES PINTO, J. P. ; SALUDJAN, A. ; BALANCO, P. ; SCHONERWALD, C. ; BARUCO, G. . Mozambican economic porosity and the role of Brazilian capital: a political economy analysis. In: 3º Seminário de Relações Internacionais: Graduação e Pós-graduação, 2016, Florianópolis. Anais eletrônicos: 3º Seminário de Relações Internacionais: Graduação e Pós-graduação, 2016.

3.
PINTO, E. C. ; GUEDES PINTO, J. P. ; SALUDJAN, A. ; BALANCO, PAULO ; BARUCO, GRASIELA ; SCHONERWALD, C. ; NOGUEIRA, I. . A ECONOMIA POLÍTICA DOS GOVERNOS DILMA: ACUMULAÇÃO, BLOCO NO PODER E CRISE.. In: XXI Encontro Nacional de Economia Política, 2016, São Bernardo do Campo. XXI Encontro Nacional de Economia Política, 2016. v. 21.

4.
GUEDES PINTO, J. P.; CARLOTTO, Maria Caramez . A divisão internacional do trabalho no século XXI: um estudo sobre o peso da propriedade intelectual na relação EUA ? América Latina. In: 5ª Encontro Nacional da ABRI, 2015, Belo Horizonte. Anais eletrônicos, 2015.

5.
PRADO, E. F. S. ; PINTO, J. P. G. . Position and Demeasure of Value. In: The Seventh Forum of the World Association for Political Economy, 2012, Cidade do México. Papers 2012, 2012.

6.
PRADO, E. F. S. ; PINTO, J. P. G. . Posição e Desmedida do Valor. In: XVII Encontro da Sociedade Brasileira de Economia Política, 2012, Rio de Janeiro. Caderno de Resumos... do XVII Econtro da Sociedade Brasileira de Economia Política, 2012.

7.
PINTO, J. P. G.. Dialética e Complexidade. In: XVI Encontro Nacional de Economia Política, 2011, Uberlândia. XVI Encontro Nacional de Economia Politica Uberlandia/MG De 21/06/2011 até 24/06/2011, 2011. p. 43-43.

8.
PINTO, J. P. G.. Post-great industry: general intellect as the center of capitalist accumulation. In: Eighth Annual Historical Materialism Conference, 2011, Londres. Eighth Annual Historical Materialism Conference Programme, 2011.

9.
PINTO, J. P. G.. Post-Great Industry: General Intellect as the Center of Capitalist Accumulation. In: Second International Conference in Political Economy, 2011, Istambul. Second International Conference in Political Economy, 2011. p. 40-41.

10.
PINTO, J. P. G.. A Contabilidade Social na Perspectiva Clássica: capital produtivo e não-produtivo - traçando um mapa do sistema de contas nacionais brasileiro.. In: XIV Encontro Nacional de Economia Política, 2009, São Paulo. A Contabilidade Social na Perspectiva Clássica: capital produtivo e não-produtivo - traçando um mapa do sistema de contas nacionais brasileiro., 2009.

11.
LEITE JUNIOR, J. C. ; PINTO, J. P. G. . Para além do valor: lógica das redes e racionalidade ambiental no mercado e contra o mercado. In: VII Coloquio Latinoamericano de Economistas Políticos e II Coloquio de la Sociedad Latinoamericana de Economía Política y Pensamiento Crítico, 2007, Caracas. Anais do II Coloquio de la Sociedad Latinoamericana de Economía Política y Pensamiento Crítico, 2007.

12.
PINTO, J. P. G.. A contabilidade social na perspectiva clássica (capital produtivo e não-produtivo: traçando um mapa do Sistema de Contas Nacionais brasileiro).. In: VII Coloquio Latinoamericano de Economistas Políticos e II Coloquio de la Sociedad Latinoamericana de Economía Política y Pensamiento Crítico, 2007, Caracas. A contabilidade social na perspectiva clássica (capital produtivo e não-produtivo: traçando um mapa do Sistema de Contas Nacionais brasileiro)., 2007.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
PINTO, J. P. G.; SUMMA, R. F. . Capitalismo gerenciador de dinheiro e desigualdade nos EUA na década de 90. In: XI Encontro Nacional da SEP, 2006, Vitória (ES). Anais do XI Encontro Nacional da SEP, 2006.

Artigos aceitos para publicação
1.
SCHINCARIOL, V. E. ; GUEDES PINTO, J. P. . Imperialismo, dependência, burguesia e democracia no novo-desenvolvimentismo. REVISTA DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE ECONOMIA POLÍTICA, 2019.

Apresentações de Trabalho
1.
GUEDES PINTO, J. P.. Marx interdisciplinar. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
PRADO, E. F. S. ; GUEDES PINTO, J. P. . Limits of value and capitalism. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
PRADO, E. F. S. ; PINTO, J. P. G. . Position and Demeasure of Value. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

4.
PRADO, E. F. S. ; PINTO, J. P. G. . Posição e Desmedida do Valor. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

5.
PINTO, J. P. G.. Economia e Complexidade. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

6.
PINTO, J. P. G.. Post-Great Industry: General Intellect as the Center of Capitalist Accumulation. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

7.
PINTO, J. P. G.. Post-Great Industry: General Intellect as the Center of Capitalist Accumulation. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

8.
PINTO, J. P. G.. Tateando a mudança. Uma crítica à tese da mundialização financeira.. 2010. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

9.
PINTO, J. P. G.. A economia Política da colaboração em massa. 2008. (Apresentação de Trabalho/Outra).

10.
LEITE JUNIOR, J. C. ; PINTO, J. P. G. . Para além do valor: lógica das redes e racionalidade ambiental no mercado e contra o mercado. 2007. (Apresentação de Trabalho/Outra).

11.
PINTO, J. P. G.. Categorias Econômicas Marxianas na Economia Brasileira (capital produtivo e não-produtivo: traçando um mapa do Sistema de Contas Nacionais brasileiro).. 2007. (Apresentação de Trabalho/Outra).

12.
PINTO, J. P. G.. A contabilidade social na perspectiva clássica: capital produtivo e não produtivo. 2007. (Apresentação de Trabalho/Outra).

Outras produções bibliográficas
1.
PINTO, J. P. G.; PRADO, E. F. S. . Da crise financeira à recessão mundial: acumulação, financeirização e o declínio global. São Paulo: Editora Plêiade, 2012. (Tradução/Artigo).

2.
CARVALHO, E. ; PINTO, J. P. G. . Resenha do livro na revista da SEP. São Paulo, 2010. (Prefácio, Pósfacio/Apresentação)>.

3.
CARCHEDI, G. ; PINTO, J. P. G. . Sobre a consistencia logica tendencial da queda da taxa de lucro de Marx. Sao Paulo: Alameda Casa Editorial, 2008. (Tradução/Artigo).


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
Craveiro, G. ; ORTELLADO, P. ; Machado, J. ; PINTO, J. P. G. . O mercado de livros técnicos e científicos no Brasil: subsídio ao setor público e acesso ao conhecimento. 2008.

Trabalhos técnicos

Demais tipos de produção técnica
1.
PINTO, J. P. G.; ORTELLADO, P. ; CARLOTTO, Maria Caramez ; Klüger, Elisa . A distribuição dos dividendos da atividade editorial: uma parceria simétrica entre autores e editoras?. 2010. (Relatório de pesquisa).

2.
CARLOTTO, Maria Caramez ; Araújo Jr., Márcio Ferreira ; Araújo, Bráulio Santos ; PINTO, J. P. G. ; Klüger, Elisa . Uma análise qualitativa do mercado de música no Brasil: para além das falsas dicotomias. 2010. (Relatório de pesquisa).

3.
PINTO, J. P. G.. Informação Assimétrica. 2002. (Revista).

4.
PINTO, J. P. G.. Informação Assimétrica. 2001. (Revista).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
DIAS, M. R. T.; MELO, R. S.; GUEDES PINTO, J. P.. Participação em banca de Cauê de Camargo Martins. A comercialização de fonogramas digitais pela grande indústria fonográfica no Brasil e o esquematismo da indústria cultural (2006-2012). 2013. Dissertação (Mestrado em CIÊNCIAS SOCIAIS) - Universidade Federal de São Paulo.

Teses de doutorado
1.
GUERRA, Sinclair Mallet Guy; GUEDES PINTO, J. P.. Participação em banca de Lucélia Ivonete Juliani. Fatores de impulso na eocnomia brasileira: O caso do Pré-Sal e a Indústria do Petróleo. 2014. Tese (Doutorado em Energia) - Universidade Federal do ABC.

Qualificações de Doutorado
1.
SILVEIRA, S. A.; GUEDES PINTO, J. P.. Participação em banca de Emmanuel Vitor Cleto Duarte. Reconfigurações do dominante e residual. Um estudo de caso de bandas independentes e bandas contratadas pela Som Livre. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências Humanas e Sociais) - Universidade Federal do ABC.

2.
FERNANDEZ, R. V. G.; GUEDES PINTO, J. P.; STRACHMAN, E.. Participação em banca de Henrique Pavan Beiro de Souza. Uma investigação das moedas sociais à luz da teoria monetária. 2016.

Qualificações de Mestrado
1.
GUEDES PINTO, J. P.; YEROS, P.; CARDOSO, F. G.. Participação em banca de Marcel Kawauchi. O desenvolvimento econômico japonês: um estudo sobre o processo de acumulação e queda da taxa de lucro no Japão do pós-guerra. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências Humanas e Sociais) - Universidade Federal do ABC.

2.
SILVEIRA, S. A.; GUEDES PINTO, J. P.. Participação em banca de Mariella Batarra Mian. A complexa relação entre memes e propriedade intelectual na era da internet. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências Humanas e Sociais) - Universidade Federal do ABC.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
MELLO, L. F.; GUEDES PINTO, J. P.. Participação em banca de Hendrix Barros Manzano Vidotto Freire.Populações neo-rurais: uma discussão acerca dos conceitos de urbano e rural". 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Planejamento Territorial) - Universidade Federal do ABC.

2.
CARVALHO, J. G.; PINTO, J. P. G.; FREITAS, A. L.. Participação em banca de Júlio Cesar Silva de Oliveira.Estado, Industrialização e Desenvolvimento. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Econômicas) - Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
GUEDES PINTO, J. P.; BALANCO, P.. Banca Examinadora para Contratação de Professor Adjunto A na área do conhecimento Economia Política - Faculdade de Economia UFBA. 2017. Universidade Federal da Bahia.

2.
GUEDES PINTO, J. P.. Comissão Examinadora concurso magistério superior prof Adjunto A, Edital nº 205/2014. 2015. Universidade Federal Fluminense.

3.
MARSON, M. D.; PINTO, J. P. G.; PRATES, A. M. Q.. Banca para a contratação de professor na área de Desenvolvimento Econômico e Economia Brasileira. 2012. Universidade Federal de Alfenas.

4.
PINTO, J. P. G.; SCERNI, D. A.; TESSARI, C. A.; MARGARIDO, M. A.. Banca examinadora do concurso de professor Adjunto temporário, Campus Osasco, Área Ciências Econômicas, Subárea Teoria Econômica.. 2012. Universidade Federal de São Paulo.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
XXXIII Congresso da ANGE. Ensino da Economia Política nos 200 anos de Marx. 2018. (Congresso).

2.
I Seminário de Software e Cultura no Brasil.Licenças, propriedade e compartilhamento de softwares no governo. 2016. (Seminário).

3.
5º Encontro Nacional da ABRI.A divisão internacional do trabalho no século XXI: um estudo sobre o peso da propriedade intelectual na relação EUA ? América Latina. 2015. (Encontro).

4.
I SEAGITS (I Simpósio Engenhando Ações de Gestão, Inovação e Tecnologia Sociais).Viabilidade e Sustentabilidade de Empreendimentos Econômicos Solidários. 2015. (Simpósio).

5.
Eighth Annual Historical Materialism Conference. Post-great industry: general intellect as the center of capitalist accumulation. 2011. (Congresso).

6.
Second International Conference in Political Economy. Post-Great Industry: General Intellect as the Center of Capitalist Accumulation. 2011. (Congresso).

7.
XVI Encontro Nacional de Economia Politica.Dialética e Complexidade. 2011. (Encontro).

8.
Palestra "Governo Getúlio e Juscelino - o modelo de substituição de importações".Palestra proferida aos alunos de 3 e 4 série do Curso de Economia das FAEC- Oswaldo Cruz. 2010. (Outra).

9.
VI Coloquio de la Sociedad Latinoamericana de Economía Política y Pensamiento Crítico (SEPLA) y II Encuentro de Dirigentes Sociales y Economistas Críticos.. Tateando a mudança. Uma crítica à tese da mundialização financeira.. 2010. (Congresso).

10.
VII Simpósio Internacional de Direito.Os limites econômicos e sociais estruturais brasileiros. 2009. (Simpósio).

11.
XIV Encontro Nacional de Economia Política.A Crise Econômica Atual. 2009. (Encontro).

12.
II Colóquio Marx e os marxismos.A ECONOMIA POLÍTICA DA COLABORAÇÃO EM MASSA: CAPITALISMO OU ALÉM DO CAPITALISMO??.. 2008. (Outra).

13.
I Colóquio Marx e os marxismos.A contabilidade social na perspectiva clássica: capital produtivo e não-produtivo. 2007. (Outra).

14.
XII Encontro Nacional de Economia Política. 2007. (Encontro).

15.
IV Encontro Internacional de Economia Solidária: Educação, Política e Integração da América Latina.IV Encontro Internacional de Economia Solidária. 2006. (Encontro).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
PINTO, J. P. G.. IV Encontro INternacional de Economia Solidária:. 2006. (Outro).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Ana Paula Lemos Fonseca. A TERCEIRIZAÇÃO NA PETROQUÍMICA DE SANTO ANDRÉ NOS ANOS DE GOVERNO DILMA: UM ESTUDO SOBRE.. Início: 2019. Dissertação (Mestrado em Ciências Humanas e Sociais) - Universidade Federal do ABC. (Orientador).

2.
Alexandre Becker. A economia política internacional da propriedade intelectual: mapeando os fluxos de cobranças relativas ao uso de propriedade intelectual entre países e regiões.. Início: 2018. Dissertação (Mestrado em Economia Política Mundial) - Universidade Federal do ABC. (Orientador).

3.
Olívia de Oliveira Gomes Machado. Uma análise sobre a concentração do mercado de genéricos no Brasil. Início: 2017. Dissertação (Mestrado em Ciências Humanas e Sociais) - Universidade Federal do ABC. (Orientador).

Tese de doutorado
1.
Tadeu Vaz Pinto Ferreira. DA ACUMULAÇÃO DE CAPITAL NO PERÍODO RECENTE: O CASO DA GRANDE EMPRESA NACIONAL FINANCEIRIZADA. Início: 2019. Tese (Doutorado em Ciências Humanas e Sociais) - Universidade Federal do ABC. (Orientador).

2.
Guilherme Nunes Pires. A PERSPECTIVA DA COMPLEXIDADE NO PENSAMENTO DE MARX. Início: 2019. Tese (Doutorado em Ciências Humanas e Sociais) - Universidade Federal do ABC, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).

3.
Rogério Batista de Souza Reis. Acordo de Cooperação Sino-Brasileiro: Em Busca da Construção das Capacidades Tecnológicas. Início: 2018. Tese (Doutorado em Economia Política Mundial) - Universidade Federal do ABC. (Orientador).

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Dáphine Marcelle Terra Americano.. O INVESTIMENTO DA PETROBRAS EM FONTES RENOVÁVEIS DE ENERGIA: A LÓGICA DA PRODUÇÃO DE PETRÓLEO VIAS-À-VIS O DESENVOLVIMENTO DE ENERGIA RENOVÁVEL.. Início: 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Econômicas) - Universidade Federal do ABC. (Orientador).

Iniciação científica
1.
André Lima Godoy.. Novas formas de subsunção do trabalho ao capital: uma análise do conceito de pós-grande indústria.. Início: 2016. Iniciação científica (Graduando em Ciências e Humanidades) - Universidade Federal do ABC. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Anderson Simões Costa. CULTURA E NEOLIBERALISMO A ALTERNATIVA SOLIDÁRIA. 2017. Dissertação (Mestrado em Ciências Humanas e Sociais) - Universidade Federal do ABC, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: José Paulo Guedes Pinto.

2.
Marcel Kawauchi. Queda da taxa de lucro no Japão: evidências empíricas. 2016. Dissertação (Mestrado em Ciências Humanas e Sociais) - Universidade Federal do ABC, . Orientador: José Paulo Guedes Pinto.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Diana Mendes dos Santos. NOVAS FORMAS DE DEPENDÊNCIA NO SÉCULO XXI: Fluxos de Pagamentos relativos ao uso da propriedade intelectual entre EUA, Brasil e Argentina. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade Federal do ABC. Orientador: José Paulo Guedes Pinto.

Iniciação científica
1.
Bruno Castro Dias Fonseca. Análise do grau de defesa da propriedade intelectual através dos Relatórios Especiais 301: uma comparação entre o Brasil e a China.. 2018. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências e Humanidades) - Universidade Federal do ABC, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: José Paulo Guedes Pinto.

2.
Bruno Castro Dias da Fonseca. Análise do grau de defesa da propriedade intelectual através dos Relatórios Especiais 301: uma comparação entre o Brasil e a China.. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências e Humanidades) - Universidade Federal do ABC. Orientador: José Paulo Guedes Pinto.

3.
Luís Gustavo Idealli. Implicação da Adoção das Leis de Propriedade Intelectual no Balanço de Pagamentos: Um Comparativo entre Brasil e China. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências e Humanidades) - Universidade Federal do ABC. Orientador: José Paulo Guedes Pinto.

4.
Jana Tiemi Gabriel Homma.. Democratização da cultura por meio de sites de filmes online grátis: um estudo com base nos estudantes da Universidade Federal do ABC. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências e Humanidades) - Universidade Federal do ABC. Orientador: José Paulo Guedes Pinto.



Inovação



Projeto de extensão


Educação e Popularização de C & T



Textos em jornais de notícias/revistas
1.
GUEDES PINTO, J. P.; CARLOTTO, Maria Caramez ; REIS, C. F. B. . TPP: made in USA. Le Monde Diplomatique Brasil, São Paulo, , v. 101, p. 30 - 31, 09 dez. 2015.



Outras informações relevantes


APROVAÇÃO EM PRIMEIRO LUGAR NO CONCURSO PÚBLICO PARA PROFESSOR ASSISTENTE DE ECONOMIA BRASILEIRA E DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO, DCEEX, ITR, UFRRJ, 2010 / APROVAÇÃO NO CONCURSO PÚBLICO PARA PROFESSOR DE INTRODUÇÃO À ECONOMIA, PUC-SP, 2009



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 18/02/2019 às 18:51:39