Giordano Barbin Bertelli

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/8423897663939012
  • Última atualização do currículo em 31/07/2018


É docente do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo. Graduado em História pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Mestre e Doutor pelo Programa de Pós-graduação em Sociologia da Universidade Federal de São Carlos. Pesquisador do NaMargem - Núcleo de Pesquisas Urbanas (UFSCar/CEM), do Centro de Estudos da Metrópole (CEM/CEBRAP) e do Núcleo de Investigações Progressistas em Educação (NINPED - IFSP Câmpus São Carlos). Desenvolve pesquisa sobre cidade, subjetivação, política e estética. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Giordano Barbin Bertelli
Nome em citações bibliográficas
BERTELLI, G.B.

Endereço


Endereço Profissional
Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo, Araraquara.
Acesso Engenheiro Heitor de Souza Pinheiro
Vila Santana
14801600 - Araraquara, SP - Brasil
Telefone: (16) 33032332


Formação acadêmica/titulação


2010 - 2014
Doutorado em Sociologia.
Universidade Federal de São Carlos, UFSCAR, Brasil.
Título: O riso do antropófago: cumplicidade e dissidência na estética de Oswald de Andrade, Ano de obtenção: 2014.
Orientador: Tânia Pellegrini.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Oswald de Andrade; modernismo; sociedade, subjetividade e estética literária; cultura e poder.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Sociologia da Cultura.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Sociologia da Literatura.
2007 - 2009
Mestrado em Sociologia.
Universidade Federal de São Carlos, UFSCAR, Brasil.
Título: República Pau-Brasil: política e literatura no modernismo de Oswald de Andrade.,Ano de Obtenção: 2009.
Orientador: Tânia Pellegrini..
Palavras-chave: Oswald de Andrade; modernismo; literatura; política.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Sociologia da Cultura.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Sociologia da Literatura.
1999 - 2003
Graduação em História.
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
Título: O travesso oswaldinho no desvario da paulicéia.
Orientador: José Evaldo de Mello Doin.




Atuação Profissional



Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo, IFSP, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Posse e Exercício Câmpus Araraquara: 11/12/2015. Remoção para o Câmpus São Carlos: a partir de 15/07/2016 (Portaria Reitoria n.º 1806/2016, de 05 de maio de 2016)

Atividades

10/2018 - Atual
Ensino, Especialização em Educação: Ciência, Tecnologia e Sociedade, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
Metodologis de Pesquisa I
09/2017 - Atual
Extensão universitária , IFSP - Campus São Carlos, .

Atividade de extensão realizada
Formação Continuada de Professores da Rede Municipal de São Carlos - SP.
05/2017 - Atual
Extensão universitária , IFSP - Campus São Carlos, .

Atividade de extensão realizada
Curso de Extensão "Elaboração de Trabalhos e Seminários Científicos"..
09/2016 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, IFSP - Campus São Carlos, .

Cargo ou função
Membro do grupo de trabalho do II WIPEX - Workshop de Inovação, Pesquisa, Ensino e Extensão.
07/2016 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , IFSP - Campus São Carlos, .

03/2016 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Araraquara, .

Cargo ou função
Membro do Comitê de Iniciação Científica.
03/2016 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Araraquara, .

Cargo ou função
Menbro da Comissão de Sustentabilidade.
02/2016 - Atual
Ensino,

Disciplinas ministradas
História

Universidade Federal de São Carlos, UFSCAR, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - 2014
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: discente/pesquisador

Atividades

01/2013 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Educação e Ciências Humanas, Departamento de Sociologia.


Centro Brasileiro de Análise e Planejamento, CEBRAP, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - Atual
Vínculo: Pesquisador, Enquadramento Funcional: Pesquisador

Atividades

01/2015 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Estudos da Metrópole (CEM), .


Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
Vínculo institucional

1998 - 2005
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Discente Autor


EE Prof Orlando Perez, EE, Brasil.
Vínculo institucional

2004 - 2015
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Educação Básica 2, Carga horária: 25



Linhas de pesquisa


1.
NaMargem - Núcleo de Pesquisas Urbanas
2.
Pesquisa e desenvolvimento , IFSP - Campus São Carlos, Núcleo de Investigações Progressistas em Educação - NINPED. Linhas de pesquisa Investigações Progressistas e Educação Básica
3.
As margens da cidade: grupos urbanos


Projetos de pesquisa


2014 - Atual
Nas tramas do lixo: sobrevivência, mercados e políticas públicas na trajetória de catadores de recicláveis.
Descrição: O projeto propõe uma etnografia das trajetórias de trabalhadores pobres inseridos nos mercados urbanos de catação de materiais recicláveis. Agentes de práticas precariamente inseridas na base de mercados publicamente prestigiados pelo discurso da ?sustentabilidade ambiental? e, simultaneamente, constantemente estigmatizadas e criminalizadas, as histórias desses sujeitos descrevem trajetórias liminares, tensamente transcorridas entre as esferas da ação governamental, da iniciativa de movimentos e associações civis e do universo de atividades informais em expansão na economia contemporânea, em diferentes contextos nacionais. Sendo assim, projeta-se uma etnografia com o propósito geral de apreender os contornos dessas trajetórias como perspectiva capaz de problematizar e viabilizar a compreensão crítica das relações entre: a) as estratégias de geração de renda de camadas pobres urbanas; b) as políticas públicas direcionadas a essa população, dicotomizadas entre a representação do ?agente ambiental? e do ?morador de rua?; c) as redes sociais articuladas nas fronteiras entre a formalidade e a informalidade, o lícito e o ilícito, o legal e a ilegalidade..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Giordano Barbin Bertelli - Coordenador / Ariane Cristina Pierini - Integrante / Sérgio Bernardo de Figueiredo Cury - Integrante.Número de orientações: 2
2014 - Atual
Linguagens, estéticas e políticas nas margens
Descrição: A realidade social brasileira, marcada por altíssimo grau de desigualdade social, segregação urbana e preconceito racial, vem catalisando uma série de dispositivos de incriminação e deslegitimação política das camadas mais pobres da população. Os estigmas do vício, da vadiagem e do crime produzem a figuração do ?inimigo comum? a ser combatido e que empresta legitimidade aos aparatos de gestão da ?questão social?, por parte de agencias estatais, civis ou religiosas, seja com o propósito da ?salvação? ou ?recuperação? dos ?incapazes? e ?vulneráveis?, seja a serviço da punição dos ?perigosos?. Nessas condições, por um lado, nas margens da ?ordem política institucional? ? guardando com ela inúmeros pontos de contato e tensão ? funcionam dinâmicas sociais nas quais vem se configurando repertórios políticos próprios, relativamente autônomos e grandemente destoantes da tradição republicana e liberal, dotando àqueles setores sociais de um senso de comum específico que, da perspectiva dos ?integrados?, assume predominantemente os contornos da desordem e da violência. Por outro, a relativa interdição aos canais institucionais de participação e representação política, assim como a intolerância ? velada ou explicita ? ao desempenho de certas atividades e ocupação de certos espaços urbanos, conduziu essa articulação de um sentido coletivo da experiência para esferas usualmente associadas ao lazer e divertimento, quando não à baderna e à libidinagem. Nesse sentido, trata-se de investigar expressões linguísticas, artístico-culturais e estéticas, presentes na sociabilidade destes grupos e de atentar para seus múltiplos significados políticos, mediante articulação de dois eixos analíticos: i) pensar as linguagens e estéticas enquanto fatores que configuram uma experiência coletiva específica e possibilitam a mobilização política, seja enquanto elementos que conformam normas de convívio, mediação de conflitos e formas de subjetividade internamente a esses grupos, seja enquanto instrumentos de reivindicação e tensionamento do espaço público, junto ao estado ou à agências civis e/ou religiosas; ii) articular uma abordagem relacional das dinâmicas urbanas, em que o ?periférico? e o ?marginal?, o ?central? e o ?canônico? , esquivem-se de esquemas binários essencialistas e constituam-se como figuração dos conflitos e tensões do espaço urbano..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) .
Integrantes: Giordano Barbin Bertelli - Coordenador / Monique de Souza Olaia - Integrante / Mayara Matins Perroni - Integrante / Bruno Martinez Barbeiro - Integrante / Taiane Helena Cerminaro - Integrante.
Número de produções C, T & A: 6 / Número de orientações: 2
2010 - Atual
Antropofagia: estética e política
Descrição: Investigação na qual se incluiu o projeto de doutorado do pesquisador acerca das mútuas inscrições entre estética e política na Antropofagia de Oswald de Andrade. Tem por objeto os vínculos de adesão e dissidência identificáveis entre a literatura modernista de Oswald de Andrade e o nacionalismo bandeirante elaborado em São Paulo durante a Primeira República, ambos tomados enquanto formas estético-discursivas compostas das linhas de força presentes na dinâmica de heterogeneização social decorrente da Abolição e do processo de imigração. Com o propósito de focalizar a intricada relação de constituição recíproca entre o social, o subjetivo e o textual, privilegia-se a abordagem dos aspectos humorísticos e obscenos do modernismo oswaldiano, como uma via de acesso à compreensão das ambigüidades que assinalaram a inserção do autor nos conflitos e embates discursivos de seu tempo. A partir desta problemática, as investigações vêm se desdobrando em duas frentes: i) análise das condições sociais de emergência das formas estéticas, visando identificar a politicidade implicada em suas alianças e repulsas em relação aos repertórios e lógicas culturais dos grupos subalternos e dos hegemônicos; ii) extração dos traços de subjetividade e das modalidades de vínculos entre sujeitos como forças implicadas na composição das formas estéticas..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
1998 - 2005
Modernidade e Urbanização na República Velha
Situação: Desativado; Natureza: Pesquisa.


Revisor de periódico


2016 - Atual
Periódico: Temporalidades
2016 - Atual
Periódico: Revista Eletrônica Cadernos de História


Revisor de projeto de fomento


2018 - Atual
Agência de fomento: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico
2017 - Atual
Agência de fomento: Instituto Fedreal de Educação. Ciência e Tecnologia de São Paulo


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Sociologia Política.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Sociologia da Cultura.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Sociologia da Cultura/Especialidade: Sociologia da Literatura.
4.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História.
5.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História do Brasil/Especialidade: História do Brasil República.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
BERTELLI, G.B.2017BERTELLI, G.B.. Ambulantes, mães-pretas e engraxates: a cidade dissidente de Geraldo Filme. Revista Dilemas IFCS-UFRJ, v. 10, p. 279-295, 2017.

2.
BERTELLI, G.B.2016BERTELLI, G.B.. Antropofagia: uma viagem (anti)identitária?. Lugar Comum (UFRJ), v. 1, p. 61-80, 2016.

3.
BERTELLI, G.B.2014BERTELLI, G.B.. Confissões de um sociólogo, aprendiz de historiador (ou vice-versa): aspectos das relações entre sociologia e história em uma pesquisa sobre Oswald de Andrade. História e Cultura, v. 3, p. 266-283, 2014.

4.
PELLEGRINI, T.2014PELLEGRINI, T. ; BERTELLI, G.B. . Escrita literária e subjetivação: a 'subjetividade antropófaga' de Oswald de Andrade.. Ipotesi (UFJF. Impresso), v. 17, p. 121-137, 2014.

5.
PELLEGRINI, T.2013PELLEGRINI, T. ; BERTELLI, G.B. . Escrita literária e subjetivação: a 'subjetividade antropófaga' de Oswald de Andrade. IPOTESI (JUIZ DE FORA. ONLINE), v. 17, p. 121-137, 2013.

6.
BERTELLI, G.B.2012BERTELLI, G.B.. A arte como como contrabando: notas sobre antropofagia e política. ANÁLISE SOCIAL, v. XLVII, p. 532-557, 2012.

7.
BERTELLI, G.B.2012BERTELLI, G.B.. Errâncias racionais: a periferia, o R.A.P. e a política. SOCIOLOGIAS (UFRGS. IMPRESSO), v. 14, p. 214-237, 2012.

8.
BERTELLI, G.B.2009BERTELLI, G.B.; PELLEGRINI, T. . Entre política e literatura: o Brasil de Oswald de Andrade. ESTUDOS DE LITERATURA BRASILEIRA CONTEMPORÂNEA, v. 34, p. 43-72, 2009.

9.
BERTELLI, G.B.2005BERTELLI, G.B.. Entre Baependi e São Paulo: Oswald, "Seu" Andrade e os impactos culturais da modernidade em São Paulo. Ensaios de História (Franca), v. 9, p. 95-118, 2005.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
BERTELLI, G.B.; FELTRAN, G. S. (Org.) . Vozes à margem: periferias, estética e política. 1. ed. São Carlos: EdUFSCar, 2017. v. 1. 307p .

2.
BERTELLI, G.B.. República Pau-Brasil: política e literatura no modernismo de Oswald de Andrade. 1ª. ed. Saarbrücken: Novas Edições Acadêmicas, 2015.

Capítulos de livros publicados
1.
BERTELLI, G.B.. Errâncias racionais: a periferia, o rap e a política. In: Bertelli, Giordano B.; Feltran, Gabriel S.. (Org.). Vozes à margem: periferias, estética e política. 1ed.São Carlos: EdUFSCar, 2017, v. 1, p. 21-38.

2.
BERTELLI, G.B.. Introdução. In: Bertelli, Giordano B.; Feltran, Gabriel S.. (Org.). Vozes à margem: periferias, estética e política. 1ed.São Carlos: EdUFSCar, 2017, v. 1, p. 13-20.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
PIERINI, A. C. ; BERTELLI, G.B. . Imagens da Catação: Apontamentos sobre a Representação DE Trabalhadores Urbanos Pobres Inseridos no Mercado da Reciclagem. In: II Encontro de Iniciação Científica e Tecnológica (EnICT), 2017, Araraquara. Anais do II EnICT. Araraquara: IFSP, 2017. v. 2. p. 1-5.

2.
BERTELLI, G.B.. A África não cabe no Brasil? - aspectos (pós)coloniais da poética de Oswald de Andrade. In: IV Seminário Internacional do Programa de Pós-Graduação de Sociologia da UFSCar, 2013, São Carlos. IV Seminário Internacional do Programa de Pós-Graduação de Sociologia da UFSCar, 2013. p. 16-17.

3.
BERTELLI, G.B.. Pau Brasil, Antropofagia: uma vagem (anti)identitária)?. In: III Seminário do Programa de Pós-Graduação em Sociologia - Sociologia em movimento: novos olhares, novas perspectivas, 2012, São Carlos. Anais III Seminário do Programa de Pós-Graduação em Sociologia - Sociologia em movimento: novos olhares, novas perspectivas, 2012. p. 1-20.

4.
BERTELLI, G.B.. Errâncias racionais: apontamentos sobre R.A.P. e política. In: 36º Encontro Anual da ANPOCS, 2012, Águas de Lindóia. Anais do 36º Encontro Anual da ANPOCS, 2012. p. 1-20.

5.
BERTELLI, G.B.. A arte como como contrabando: notas sobre antropofagia e política. In: II Seminário do Programa de Pós-Graduação em Sociologia - Sociedade e subjetividade: desafios sociológicos na contemporânea, 2011, São Carlos. Anais do II Seminário do Programa de Pós-Graduação em Sociologia - Sociedade e subjetividade: desafios sociológicos na contemporânea, 2011. p. 1-19.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
PERRONI, M. M. ; BERTELLI, G.B. . Samba e amor na cidade do 'pogréssio': os pobres urbanos na lírica amorosa de Adoniran Barbosa. In: Workshop de Inovação, Pesquisa, Ensino e Extensão (WIPEX), 2018, São Carlos. Anais do 3º Workshop de Inovação, Pesquisa, Ensino e Extensão (WIPEX). São Carlos: IFSP, 2018. v. 1. p. 64-67.

2.
CERMINARO, T. H. ; BERTELLI, G.B. . O samba na terra do trabalho: os pobres urbanos na poética de Adoniran Barbosa. In: Workshop de Inovação, Pesquisa, Ensino e Extensão (WIPEX), 2018, São Carlos. Anais do 3º Workshop de Inovação, Pesquisa, Ensino e Extensão (WIPEX). São Carlos: IFSP, 2018. v. 1. p. 49-52.

3.
OLAIA, M. S. ; BARBEIRO, B. M. ; BERTELLI, G.B. . Rimando a Quebrada: Experiência Periférica, Rap e Política no Interior de São Paulo.. In: Congresso de Inovação, Ciência e Tecnologia do IFSP (CONICT), 2017, Cubatão - SP. Anais do 8º CONICT. Cubatão: IFSP, 2017. v. 8. p. 1-4.

4.
FERREIRA, A. R. ; LEMOS, F. R. M. ; BERTELLI, G.B. . Estratégias de Produção Enxuta em Indústrias de Motores Automotivos: Reduzindo Custos.. In: II Encontro de Iniciação Científica e Tecnológica (EnICT), 2017, Araraquara. Anais do II EnICT. Araraquara: IFSP, 2017. v. 2. p. 1-3.

5.
FRANÇA, J. M. S. R. ; LEMOS, F. R. M. ; BERTELLI, G.B. . Percepções sobre o Trabalho de Coletores de Lixo Domiciliar no Município de São Carlos-SP.. In: II Encontro de Iniciação Científica e Tecnológica (EnICT), 2017, Araraquara. Anais do II EnICT. Araraquara: IFSP, 2017. v. 2. p. 1-4.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
PIERINI, A. C. ; BERTELLI, G.B. . A Construção do Catador: um Estudo sobre a Figuração Pública de Trabalhadores Urbanos Pobres Inseridos no Mercado da Reciclagem.. In: I Encontro de Iniciação Científica e Tecnológica (EnICT), 2016, Araraquara. Anais do IIEnICT. Araraquara: IFSP, 2016. v. 1. p. 1-1.

2.
BERTELLI, G.B.. A África não cabe no Brasil? - aspectos (pós)coloniais da poética de Oswald de Andrade. In: IV Seminário Internacional do Programa de Pós-Graduação de Sociologia da UFSCar, 2013, São Carlos. Caderno de Resumos, 2013.

3.
BERTELLI, G.B.. Política e literatura na estética de Oswald de Andrade. In: II Seminário Interinstitucional de Pesquisas em Sociologia, 2010, São Carlos. Anais do II Seminário Interinstitucional de Pesquisas em Sociologia, 2010.

Apresentações de Trabalho
1.
BERTELLI, G.B.. Cine Debate: Documentário - Memórias del subdesarrollo.. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
BERTELLI, G.B.. A África não cabe no Brasil? - aspectos (pós)coloniais da poética de Oswald de Andrade. 2013. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

3.
BERTELLI, G.B.. Pau Brasil, Antropofagia: uma vagem (anti)identitária)?. 2012. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

4.
BERTELLI, G.B.. Errâncias racionais: apontamentos sobre R.A.P. e política. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

5.
BERTELLI, G.B.. A arte como contrabando: notas sobre antropofagia e política.. 2011. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

6.
BERTELLI, G.B.. Política e literatura na estética de Oswald de Andrade. 2010. (Apresentação de Trabalho/Seminário).


Demais tipos de produção técnica
1.
BERTELLI, G.B.. Rap e política: uma tradição crítica preterida. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Outra).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
FELTRAN, G. S.; BERTELLI, G.B.. Participação em banca de Emerson Martínez Marques dos Santos.Batalha dos Trilhos: o confronto de MC´s e a luta do movimento Hip Hop para promover a mudança social.. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal de São Carlos.

2.
FAJARDO, R. C. A.; SOARES, T. M. Z.; BERTELLI, G.B.. Participação em banca de Kerolin Rodrigues.Conflito de Gerações e Relações Interpessoais no Ambiente Organizacional: um Estudo de Caso no Setor Comercial de uma Empresa Distribuidora de Produtos Farmacêuticos. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Processos Gerenciais) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo.

3.
LEITE JUNIOR, J.; BERTELLI, G.B.. Participação em banca de Michele Ribeiro dos Santos.?Hordas Blasfêmicas?: a construção da identidade no Black Metal Paulista.. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal de São Carlos.

4.
SILVA, C. R.; TEIXEIRA, D. I. V.; BERTELLI, G.B.. Participação em banca de Débora Isabele de Vasconcelos Teixeira.O hip-hop é uma família só: juventude, trabalho e profissionalização da criatividade. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Terapia Ocupacional) - Universidade Federal de São Carlos.

5.
FELTRAN, G. S.; BERTELLI, G.B.. Participação em banca de Henrique Yagui Takahashi."Capítulo 4, Versículo 3": uma teologia dos Racionais MC's. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal de São Carlos.




Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
14º Congreeso Paulista de Saúde Pública. Cine Debate: Documentário - Memórias del subdesarrollo. 2015. (Congresso).

2.
XIII Semana de Ciências Sociais da UFSCar.Mesa Redonda Políticas de drogas e perspectivas. 2015. (Outra).

3.
Seminários de Metodologia: História e Método. 2001. (Seminário).

4.
Integralismo: Origens e Significados. 2000. (Seminário).

5.
XIII Semana de História. 2000. (Encontro).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Iniciação científica
1.
Monique de Souza Olaia. Processos de ensino-aprendizagem na cena hip-hop de São Carlos (título provisório). Início: 2017. Iniciação científica (Graduando em Pedagogia) - Universidade de Franca. (Orientador).

2.
Taiane Helena Cerminaro. O samba na terra do trabalho: os pobres urbanos na poética de Adoniran Barbosa.. Início: 2017. Iniciação científica (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade Federal de São Carlos, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Iniciação científica
1.
Bruno Martinez Barbeiro. Rimando a quebrada: experiência periférica, rap e política no interior de São Paulo.. 2017. Iniciação Científica. (Graduando em Análise e Desenvolvimento de Sistemas) - Instituto Federal de São Paulo, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia. Orientador: Giordano Barbin Bertelli.

2.
Mayara Martins Perroni.. Samba e amor na cidade do "progréssio": os pobres urbanos na lírica amorosa de Adoniran Barbosa.. 2017. Iniciação Científica. (Graduando em Técnico em Informática para Internet Integrado ao Ensino Médio) - Instituto Federal de São Paulo, Instituto Fedreal de Educação. Ciência e Tecnologia de São Paulo. Orientador: Giordano Barbin Bertelli.

3.
Ariane Cristina Pierini. A CONSTRUÇÃO DO CATADOR: UM ESTUDO SOBRE A FIGURAÇÃO PÚBLICA DE TRABALHADORES URBANOS POBRES INSERIDOS NO MERCADO DA RECICLAGEM. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Análise e Desenvolvimento de Sistemas) - Instituto Federal de São Paulo, Instituto Fedreal de Educação. Ciência e Tecnologia de São Paulo. Orientador: Giordano Barbin Bertelli.

4.
Sérgio Bernardo Cury. NAS TRILHAS DA CATAÇÃO: UM ESTUDO SOBRE AS TRAJETÓRIAS DE TRABALHADORES URBANOS POBRES INSERIDOS NO MERCADO DA RECICLAGEM. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Mecatrônica Industrial) - Instituto Federal de São Paulo, Instituto Fedreal de Educação. Ciência e Tecnologia de São Paulo. Orientador: Giordano Barbin Bertelli.




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 17/10/2018 às 7:42:18