Alex Sander Dias Machado

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/0140310267842976
  • Última atualização do currículo em 16/11/2018


Graduado em Medicina Veterinária pela Universidade Federal de Pelotas (2001), mestre em Anatomia dos Animais Domésticos e Silvestres pela Universidade de São Paulo (2006) e Doutor em Ciências pela FMVZ-USP (2009) com período Sanduiche (12 meses) na Escola Superior de Veterinária de Hannover - Alemanha. Possui Pós-doutorado PRODOC- CAPES na área de Ecofisiologia pelo Instituto Oceanográfico - USP. Atualmente é Docente Orientador nos Programas de pós-graduação em Biologia Animal (PPGBA/UFVJM), Ciências Fisisológicas (PMPGCF/ UFVJM) e Saúde ,Sociedade e Ambiente(SaSA/UFVJM). É professor Adjunto da Faculdade de Medicina da Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Câmpus JK - Diamantina - MG, atuando nas áreas de Ensino Médico, Ecoepidemiologia, Saúde Única/Ecologia Humana e Cirurgia experimental. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Alex Sander Dias Machado
Nome em citações bibliográficas
MACHADO, A. S. D.;Dias, A.S.M;MACHADO, ALEX SANDER DIAS;MACHADO, ALEX S.D.;MACHADO, ALEX SANDER D.

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri, FACULDADE DE MEDICINA - JK - DIAMANTINA.
Rodovia MGT 367 , Km 583, n. 5000
Alto da Jacuba
39100000 - Diamantina, MG - Brasil
Telefone: (38) 35329050
URL da Homepage: http://site.ufvjm.edu.br/famed/


Formação acadêmica/titulação


2006 - 2009
Doutorado em Anatomia dos Animais Domésticos e Silvestres.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
com período sanduíche em Stiftung Tierärztliche Hochschule Hannover (Orientador: Profa. Dra. Cristiane Pfarrer).
Título: Órgãos Genitais Femininos do Lobo-Marinho-Sulamericano (Arctocephalus australis): uma abordagem morfofuncional correlacionada á ecofisiologia, Ano de obtenção: 2009.
Orientador: Dra. Paula de Carvalho Papa.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
2005 - 2006
Mestrado em Anatomia dos Animais Domésticos e Silvestres.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: Estudo do sistema reprodutor masculino do Lobo-marinho-sul-americano (arctocephalus australis),Ano de Obtenção: 2006.
Orientador: Profa. Dra. Paula de Carvalho Papa.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
1996 - 2001
Graduação em Medicina Veterinária.
Universidade Federal de Pelotas, UFPEL, Brasil.
1992 - 1994
Curso técnico/profissionalizante em CURSO TÉCNICO EM AGROPECUÁRIA.
COLÉGIO TÉCNICO AGROPECUÁRIA - UNESP, CTA, Brasil.


Pós-doutorado


2010 - 2012
Pós-Doutorado.
Instituto Oceanográfico - USP, IOUSP, Brasil.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra
Grande Área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Oceanografia / Subárea: Oceanografia Biológica.


Formação Complementar


2015 - 2015
Mudanças na Formação Médica no Brasil. (Carga horária: 20h).
Ministério da Educação, MEC, Brasil.
2014 - 2014
1.WORKSHOP DE PCR EM TEMPO REAL. (Carga horária: 20h).
Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK, UFVJM, Brasil.
2014 - 2014
XXI Seminário Nacional de Ensino da Medicina Veter. (Carga horária: 20h).
Conselho Federal de Medicina Veterinária, CFMV, Brasil.
2013 - 2013
Pedagogia Waldorf. (Carga horária: 4h).
Fundação Diamantinense de Apoio ao Ensino, Pesquisa e Extensão, FUNDAEPE, Brasil.
2012 - 2012
Alumniportal-Deutschland-Workshops in Bonn. (Carga horária: 24h).
Agência Alemã de Cooperação Internacional, GIZ, Alemanha.
2009 - 2009
Extensão universitária em Zertifikat Deutsch. (Carga horária: 540h).
Goethe Institut - Göttingen - Deutschland (RFA), GIG, Alemanha.
2008 - 2008
Extensão universitária em Efeitos da Radiação UV em organismos Antarticos. (Carga horária: 400h).
Estação Antártica "Comandante Ferraz", EACF, Antartida.
2008 - 2008
Extensão universitária em Trabalho de campo em Mamiferos Marinhos. (Carga horária: 80h).
Proteccion de fauna marina, PROFAUMA, Uruguai.
2008 - 2008
Oficina Intensiva de Redação Cientifica. (Carga horária: 40h).
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
2007 - 2007
Extensão universitária em Coleta e biologia de MAmiferos marinhos. (Carga horária: 90h).
Universidad de la Republica Uruguay, UDELAR, Uruguai.
2007 - 2007
Divulgando Resultados Científicos. (Carga horária: 16h).
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
2006 - 2006
Extensão universitária em Trabalho de campo em Mamiferos Marinhos. (Carga horária: 80h).
Proteccion de fauna marina, PROFAUMA, Uruguai.
2005 - 2005
Extensão universitária em Trabalho de campo em Mamiferos Marinhos. (Carga horária: 160h).
Proteccion de fauna marina, PROFAUMA, Uruguai.
2004 - 2004
Extensão universitária em Manejo de Pastagens. (Carga horária: 45h).
Universidade Estadual de Maringá, UEM, Brasil.
2003 - 2003
Extensão universitária em Pesquisa e Produção em Bovinocultura de Leite. (Carga horária: 45h).
Universidade Estadual de Maringá, UEM, Brasil.
2002 - 2002
Extensão universitária em Agentes Antimicrobianos e Testes de Susceptibilid. (Carga horária: 45h).
Universidade Estadual de Maringá, UEM, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK, UFVJM, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor do Magistério Superior da FAMED, Carga horária: 40

Atividades

06/2015 - Atual
Ensino, Programa de Pós-graduação em Biologia Animal, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Ecofisiologia Animal - Marcadores moleculares da influencia ambiental na fisiologia dos animais
06/2015 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus Mucuri, .

Cargo ou função
Conselheiro da Congregação FAMED.

Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri, UFVJM, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - 2015
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor do Magistério Superior, Carga horária: 40

Atividades

09/2014 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de Ciências Agrárias - Unaí, .

Cargo ou função
1. Membro titular da Comissão de Políticas e Diretrizes para a Formação Continuada Docente UFVJM (FORPED).
09/2014 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de Ciências Agrárias - Unaí, .

Cargo ou função
Membro suplente do Conselho de assuntos Comunitários e Estudantis (PROACE).
07/2014 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Instituto de Ciências Agrárias - Unaí, .

09/2014 - 06/2015
Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de Ciências Agrárias - Unaí, .

Cargo ou função
Membro titular do Conselho Universitário- UFVJM (CONSU).

Faculdades Integradas do Norte de Minas, FUNORTE, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - 2014
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 42

Atividades

02/2012 - Atual
Ensino, Medicina Veterinária, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Anatomia Veterinária I
Anatomia Veterinária II
Anatomia Topográfica
Clínica de Caninos e Felinos
Patologia Cirúrgica Veterinária
01/2012 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Faculdade de Medicina Veterinária, .


Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - 2012
Vínculo: , Enquadramento Funcional:


FAculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia - USP, FMVZ - USP, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2008
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Professor auxiliar, Carga horária: 6

Atividades

02/2008 - 06/2008
Ensino, Graduação em Medicina Veterinária, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
VCI 215 Anatomia Aplicada - 90 horas

Instituto Oceanográfico - USP, IOUSP, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - 2011
Vínculo: Recém-doutor, Enquadramento Funcional: Professor Ministrante, Carga horária: 10
Outras informações
Professor Ministrante da Disciplina " Tópicos especiais em Ecologia Marinha: Marcadores Moleculares da influência ambiental na fisiologia de animais marinhos (de mamiferos a invertebrados). http://www.io.usp.br/tiki-read_article.php?articleId=146

Vínculo institucional

2011 - 2011
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor auxiliar, Carga horária: 12
Outras informações
IOB0126 - Ecofisiologia de Organismos Nectônicos Ecophysiology of Nektonic Organisms

Atividades

01/2010 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Laboratório de Ecofisiologia, .

09/2010 - 09/2012
Ensino, Mestrado em Oceanografia Biológica, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
IOC 5705- 1-1 - Tópicos especiais em Oceanografia Biológica: Marcadores Moleculares da Influência Ambiental na fisiologia dos Animais Marinhos - de mamíferos a invertebrados - 30h
IOB0126 - Ecofisiologia de Organismos Nectônicos (Ecophysiology of Nektonic Organisms) 45h
IOB0100 - Fundamentos de Oceanografia Biológica (Fundamentals of Biological Oceanography) - 90h
IOC5704 - Efeitos de Fatores Ambientais sobre a Fisiologia de Peixes - 120h

Agência Alemã de Cooperação Internacional, GIZ, Alemanha.
Vínculo institucional

2010 - 2013
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Consultor para o Alumniportal Deutschland, Carga horária: 10
Outras informações
O Alumniportal Deutschland é uma rede social para os Alumni da Alemanha. Ex-bolsistas, estudantes, profissionais e empresas que já teve ou pretende ter contato de aprimoramento profissional com a Alemanha podem se cadastrar gratuitamente e obter informações e oportunidades de ampliar seus contatos.

Atividades

09/2010 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Federal Ministry for Economic Cooperation and Development, BMZ, .

09/2010 - Atual
Serviços técnicos especializados , Agência Alemã de Cooperação Internacional, .

Serviço realizado
Consultor para o Alumniportal Deutschland.
09/2010 - Atual
Extensão universitária , Rede Social Alumniportal Deutschland, .

Atividade de extensão realizada
Fomento da interação interpessoal de ex-bolsistas brasileiros da Alemanha entre sí e com outros Alumni Deutschland do mundo todo.

Faculdade de Ciências Sociais e Agrárias de Itapeva, FAIT, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - 2010
Vínculo: Professor, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 40

Atividades

06/2010 - 11/2010
Ensino, Medicina Veterinária, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Anatomia Veterinária I
Anatomia Veterinária II

Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, INPE, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2008
Vínculo: pesquisador, Enquadramento Funcional: pesquisador

Atividades

01/2008 - 03/2008
Pesquisa e desenvolvimento , Programa Antartico Brasileiro, .


Office Dog Clinica Veterinária, OFFICE DOG, Brasil.
Vínculo institucional

2005 - 2005
Vínculo: Plantonista, Enquadramento Funcional: Medico veterinario, Carga horária: 20


Pet Health Clinica Veterinária 24h, PHVET, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - 2010
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Médico Veterinário, Carga horária: 20


Universidade Paranaense, UNIPAR, Brasil.
Vínculo institucional

2003 - 2004
Vínculo: Médico veterinário, Enquadramento Funcional: Médico Veterinário, Carga horária: 40


Pronto Atendimento Veterinário, SOS ANIMAL, Brasil.
Vínculo institucional

2003 - 2004
Vínculo: Diretor, Enquadramento Funcional: Médico Veterinário, Carga horária: 40

Atividades

03/2003 - 12/2004
Direção e administração, Pronto Atendimento Veterinário, .

Cargo ou função
Diretor.

Prefeitura Municipal de Umuarama, PREITURA, Brasil.
Vínculo institucional

2004 - 2006
Vínculo: Membro de Conselho, Enquadramento Funcional: Membro do Conselho Municipal do Meio Ambiente, Carga horária: 6

Atividades

04/2004 - 04/2006
Conselhos, Comissões e Consultoria, Conselho Municipal do Meio Ambiente, .

Cargo ou função
Representante do Núcleo de Médicos Veterinários.

Policlinica Veterinária, POLIVET, Brasil.
Vínculo institucional

2001 - 2003
Vínculo: Médico Veterinário, Enquadramento Funcional: Médico Veterinário, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.


AGROLORCA SUPLEMENTOS MINERIAS LTDA., AGROLORCA, Brasil.
Vínculo institucional

2001 - 2002
Vínculo: Prestador de Serviços, Enquadramento Funcional: Responsável Técnico, Carga horária: 6



Linhas de pesquisa


1.
Pesquisador Antartico - Projeto PROANTAR -

Objetivo: Estudar a Camada de Ozônio, Gases do efeito Estufa e Impacto da radiação UV no ambiente antártico. Esta atividade faz parte de um estudo integrado do INPE para analisar a Atmosfera Antártica como um todo. Diversos pesquisadores fazem parte deste estudo para entender a conexão da Atmosfera Antártica com a América do Sul. Dra. Neusa Paes Leme, coordenadora do projeto O INPE participa do PROANTAR desde 1985 coletando dados da atmosfera, na área de meteorologia, Camada de Ozônio, Radiação UV, Ionosfera e Alta Atmosfera (Mesosfera)..
Grande área: Ciências Agrárias
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Morfologia / Subárea: Morfologia.
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Fisiologia / Subárea: Fisiologia.
Setores de atividade: Agricultura, Pecuária e Serviços Relacionados.
2.
Marcadores moleculares da influência ambiental na fisiologia de animais marinhos

Objetivo: Objetivos: Discutir as diferentes formas de abordagens da biologia molecular na avaliação da influência ambiental sobre a fisiologia de animais marinhos. Realizar o planejamento de coletas biológicas e elaboração teórica de procedimentos experimentais com animais (desde mamíferos até invertebrados), utilizando moléculas reconhecidamente funcionais como marcadores dessa influência sobre diferentes espécies. Desenvolver habilidades teóricas no emprego de técnicas quali e quantitativas de identificação de mecanismos moleculares, como wester-blot, PCR, hibridização in situ e microscopia eletrônica. Desenvolver habilidades práticas na execução da técnica de imuno-histoquímica e imuno-localização tecidual de proteínas de interesses científicos e aplicáveis. Justificativa: O estudo dos efeitos dos elementos climáticos na fisiologia das espécies é uma área em expansão. É crescente a preocupação com as dificuldades previstas para as espécies, impostas pelo aumento da temperatura que nosso planeta deve sofrer nas próximas décadas. Segundo o ?Intergovernmental Panel on Climate Change? ? IPCC 2007, os efeitos das alterações climáticas em todo o mundo são aparentes e evidenciam uma desestabilização global dos sistemas naturais. O ambiente marinho é um dos que mais deve sofrer alterações em sua dinâmica, bem como as espécies que o habitam. Conhecer os processos de adaptações fisiológicas que as espécies atualmente apresentam frente ao estresse ambiental é fundamental para entendermos seus mecanismos de ativação e criarmos possibilidades de interferência ou mesmo manipulação destes recursos de modo a minimizar os efeitos diretos e indiretos do aquecimento e outras modificações climáticas globais na saúde das populações..
Grande área: Ciências Agrárias
Grande Área: Ciências Agrárias / Área: Recursos Pesqueiros e Engenharia de Pesca / Subárea: Recursos pesqueiros e engenharia de pesca.
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Morfologia / Subárea: Morfologia.
Setores de atividade: Agricultura, Pecuária e Serviços Relacionados.
Palavras-chave: Morfofisiologia.
3.
Multiplikator Alumniportal Deutschland

Objetivo: Promover a relação acadêmica/científica entre acadêmicos e professores brasileiros e alemães..
Grande área: Ciências Humanas
Palavras-chave: cooperação internacional.
4.
PARÂMETROS FISIOLÓGICOS E MOLECULARES DE ANIMAIS DOMÉSTICOS E SILVESTRES CORRELACIONADOS A SAZONALIDADE CLIMÁTICA DO NORTE DE MINAS GERAIS: EM BUSCA DE TECNOLOGIAS DE CONFORTO TÉRMICO

Objetivo: Correlacionar dados fisiológicos obtidos por experimentação ou acompanhamento temporal de animais domésticos e silvestres no Norte de Minas Gerais a dados ambientais como temperatura, fotoperíodo, umidade relativa do ar, precipitação acumulada, etc obtidos do Instituto Nacional de Meteorologia - INMET . Objetivamos entender a relações existentes e identificar mecanismos adaptativos que estas espécies apresentam frente as modificações climáticas globais e locais. Estudar nos animais os efeitos fisiológicos, teciduais, celulares, moleculares e comportamentais impostos ao organismo por modificações climáticas no local onde ele se encontra, tanto por acompanhamento periódico do ambiente natural, quanto por experimentos de variação ambiental induzida, fornece dados fundamentais para uma previsão dos efeitos de um eventual aquecimento global, além de nos permitir entender melhor a ecofisiologia de cada espécie estudada. Os dados resultados de projetos de pesquisa inseridos na presente Linha de Pesquisa servirão tanto para a proteção de espécies silvestres nos ambientes naturais como para melhorias das condições de exploração zootécnica em um futuro próximo possivelmente sob condições de maior estresse térmico..
5.
ECOFISIOLOGIA APLICADA - PARÂMETROS FISIOLÓGICOS E MOLECULARES DE ANIMAIS DOMÉSTICOS E SILVESTRES CORRELACIONADOS A SAZONALIDADE CLIMÁTICA DO NORTE DE MINAS GERAIS: EM BUSCA DE TECNOLOGIAS DE CONFORTO TÉRMICO

Objetivo: Correlacionar dados fisiológicos obtidos por experimentação ou acompanhamento temporal de animais domésticos e silvestres no Norte de Minas Gerais a dados ambientais como temperatura, fotoperíodo, umidade relativa do ar, precipitação acumulada, etc obtidos do Instituto Nacional de Meteorologia - INMET . Objetivamos entender a relações existentes e identificar mecanismos adaptativos que estas espécies apresentam frente as modificações climáticas globais e locais. Estudar nos animais os efeitos fisiológicos, teciduais, celulares, moleculares e comportamentais impostos ao organismo por modificações climáticas no local onde ele se encontra, tanto por acompanhamento periódico do ambiente natural, quanto por experimentos de variação ambiental induzida, fornece dados fundamentais para uma previsão dos efeitos de um eventual aquecimento global, além de nos permitir entender melhor a ecofisiologia de cada espécie estudada. Os dados resultados de projetos de pesquisa inseridos na presente Linha de Pesquisa servirão tanto para a proteção de espécies silvestres nos ambientes naturais como para melhorias das condições de exploração zootécnica em um futuro próximo possivelmente sob condições de maior estresse térmico..
6.
ECOFISIOLOGIA E MORFOFISIOLOGIA DE ANIMAIS

Objetivo: Estudar a morfologia dos tecidos orgânicos e seus mecanismos moleculares e funcionais nos animais domésticos e silvestres, buscando elucidar suas variações em detrimento de procedimentos experimentais ou ciclos biológicos. Descrever a macro, micro e ultraestrutura destes tecidos correlacionando estes dados a outros já descritos na literatura, além de disponibilizar conhecimentos inéditos no caso de estudos com animais silvestres ainda pouco estudados morfologicamente..
Grande área: Ciências Biológicas
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Fisiologia / Subárea: Ecofisiologia.
Setores de atividade: Pesquisa e desenvolvimento científico.
Palavras-chave: ecofisiologia.
7.
GESTÃO E EXECUÇÃO DE PROJETOS EDUCACIONAIS DE COOPERAÇÃO INTERNACIONAL

Objetivo: Muitas decisões importantes nos negócios, na política, na educação, saúde e cultura atingem geralmente pessoas de mais de um país. Atualmente as relações internacionais relacionadas a formação técnica de pessoas são a porta de entrada para muitas outras ações bi-nacionais. A grande oferta de bolsas de estudo nas melhores universidades do mundo reflete a corrida pela internacionalização do saber. A determinação e postura do brasileiro frente a situações adversas além da importância econômica e política atual do Brasil nos colocam em vantagem frente a outros candidatos internacionais. Buscar estimular e situar os estudantes de graduação e pós-graduação brasileiros no cenário mundial, além de identificar recursos internacionais para pesquisas no Brasil são os objetivos desta linha de pesquisa..


Projetos de pesquisa


2018 - Atual
MICONIA FERRUGINATA COMO ANTIINFLAMATÓRIO NATURAL NO MODELO MDX-MOUSE DA DISTROFIA MUSCULAR DE DUCHENNE: DA ETNOBOTÂNICA À BIOPROSPECÇÃO
Descrição: O bioma do cerrado guarda uma infinidade de recursos naturais ainda não explorados. A planta Miconia ferruginata DC. (Melastomataceae), popularmente conhecida como pixirica-do-campo ou babatenão tem seu uso popular reconhecido com antiinflamatório natural e algumas pesquisas científicas já foram realizadas comprovando sua atividade in vitro. A Distrofia muscular de Duchenne (DMD) a mais comum das distrofias, que afeta um em cada 3500 nascidos vivos, sendo uma patologia incurável, resultante da deleção do gene da distrofina, proteína responsável pela manutenção da integridade da membrana da célula muscular de mamíferos, afetando ainda, crianças do sexo masculino, cujos sintomas vão desde a perda da deambulação ainda na infância até a morte por parada dos músculos respiratórios nas primeiras décadas de vida. O camundongo mdx é um reconhecido modelo experimental Knock-out para o gene da distrofina e atualmente é um dos mais modernos modelos para o estudo da DMD por apresentar as mesmas alterações celulares que ocorre nos portadores da doença. O presente projeto objetiva investigar os efeitos do uso da planta Miconia ferruginata em mecanismos moleculares da inflamação e morte celular em músculos estriados no modelo mdx, avaliando assim, sua possível aplicação no escasso repertório terapêutico desta patologia tão severa..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Alex Sander Dias Machado - Coordenador / Paula Mariana Munno Guimarães Correa - Integrante.
2018 - Atual
Bioindicadores e status ecológico de rios urbanos de Diamantina - MG
Descrição: Bioindicadores e status ecológico de rios urbanos de Diamantina - MG.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2018 - Atual
Status ecológico e sanitário do Ribeirão de Datas, Datas-MG, e correlação à patologias de relevância para a população de suas margens
Descrição: O objetivo do trabalho é avaliar o status ecológico e sanitário do Ribeirão correlacionando a doenças nas pessoas que moram ao seu redor. Serão coletadas amostras de peixes, macroinvertebrados bentônicos, microorganismos patogênicos, e parâmetros químico-físicos da água como bioindicadores dos diferentes níveis contaminação do Ribeirão de Datas e após será aplicado o Protocolo de Avaliação Rápida das Condições Ecológicas de Trechos, pelos pontos que serão marcados pelo Ribeirão passando pela sua nascente, parte urbana até 200 metros depois do perímetro urbano totalizando seis pontos..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Alex Sander Dias Machado - Coordenador / Heloisa Helena de Aguiar - Integrante.
2016 - Atual
Efeitos do aquecimento ambiental notecido tegumentar de peixes da nascente do Rio Jequitinhonha
Descrição: Objetivo Geral: ? Relacionar o aquecimento ambiental às respostas comportamentais, alterações fisiológicas e ativação de mecanismos moleculares de termoestabilidade celular em Astyanax lacustris, presentes nos afluentes da nascente do rio Jequitinhonha, dentro do Parque Nacional das Sempre-Vivas..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (3) .
Integrantes: Alex Sander Dias Machado - Coordenador / FABIANA DIAS TRIVELATO MARTINS - Integrante / RICCELLY CRISTINA ALCANTARA MONTEIRO - Integrante / CAROLINE REIS PEREIRA - Integrante.
2016 - Atual
Bioindicadores de contaminação e auto-purificação da microbacia do Rio Grande ? Diamantina - MG
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Alex Sander Dias Machado - Coordenador / ANA MAIZA VIANA - Integrante.
2016 - Atual
Efeitos do aquecimento ambiental no músculo cardíaco e músculo esquelético de peixes da nascente do Rio Jequitinhonha
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (3) .
Integrantes: Alex Sander Dias Machado - Coordenador / FABIANA DIAS TRIVELATO MARTINS - Integrante / RICCELLY CRISTINA ALCANTARA MONTEIRO - Integrante / CAROLINE REIS PEREIRA - Integrante.
2016 - Atual
Efeitos do aquecimento ambiental nas brânquias e fígado de peixes da nascente do Rio Jequitinhonha
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2014 - Atual
Morfofisiologia hepática de peixes nativos pós diferentes métodos de captura.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) .
Integrantes: Alex Sander Dias Machado - Coordenador / Ray César Silva - Integrante.
2012 - 2016
INFLUÊNCIA SAZONAL NA VARIAÇÃO DE PARÂMETROS FISIOLÓGICOS DE VACAS HOLANDESAS E MESTIÇAS NO NORTE DE MINAS GERAIS
Descrição: A temperatura do planeta irá sofrer um aumento em torno de 2 a 4 °C até 2100, que influenciará de forma direta ou indireta todos os seres vivos. Com essas mudanças climáticas, necessitamos conhecer os mecanismos fisiológicos dos animais em situações de estresse térmico para que possamos interferir e até mesmo manipular esses mecanismos com a intenção de minimizar os efeitos negativos do estresse ambiental. O Brasil por ser um país tropical com temperaturas elevadas, na maior parte do ano, enfrenta um grande problema quando se trata de pecuária leiteira, visto que animais leiteiros sofrem com maior intensidade os efeitos do estresse térmico, efeitos estes que podem ser avaliados a partir de variações na freqüência respiratória, temperatura retal, hemograma, dentre outras variáveis fisiológicas e comportamentais. No Norte de Minas Gerais desconhecem-se as variações fisiológicas ocorridas ao longo do ano em decorrência das variações da temperatura, à medida que transita pelas estações do ano, tendo em vista que poucos estudos têm sido feitos com esse intuito. O presente trabalho objetivou a partir de coletas de material biológico e aferições de temperatura retal e freqüência respiratória fazer levantamentos de parâmetros fisiológicos e correlacioná-los com dados ambientais..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Alex Sander Dias Machado - Coordenador / ANA FLÁVIA VIEIRA DUARTE - Integrante.Financiador(es): PROIC FUNORTE - Auxílio financeiro.Número de orientações: 1
2012 - 2013
REDUÇÃO E COMPLICAÇÕES DE FRATURAS DE RADIO E ULNA EM CÃES
Descrição: O presente projeto de pesquisa tem como objetivo, descrever e discutir métodos para tratamento de fraturas de radio e ulna em cães, uma das causas mais comuns de cirurgia na clinica de pequenos. Neste tipo de fratura são comuns a não união ou má união óssea o que leva a desvios e incongruências, dificultando a deambulação do animal. Serão acompanhados e discutidos os tratamentos de cães com fratura de rádio e ulna que forem atendidos no hospital veterinário FUNORTE, nos quais serão aplicadas as técnicas de correção de acordo, com tipo de fratura, região afetada, peso, raça, idade do animal, rapidez da terapêutica e eficiência do seu emprego, serão escolhidos os métodos de redução aberta (cirúrgico) ou fechada (conservador) de acordo com indicação para cada caso. O trabalho irá discutir técnicas de redução de fraturas de rádio e ulna em cães, servindo como auxilio a estudantes e médicos veterinários no tratamento desta patologia conhecidamente complicada..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Alex Sander Dias Machado - Coordenador / JACQUELINE DE ALMEIDA - Integrante / AFRANIO BATISTA DE SOUZA - Integrante.
2010 - 2012
Aquecimento ambiental versus respostas fisiológicas: mecanismos de termoestabilidade no peixe Pampo (Trachinotus carolinus) juvenil
Descrição: Organizações governamentais e não governamentais prevêem um aumento de 2 a 4° C na temperatura do planeta entre os próximos 50 a 100 anos. Estas alterações climáticas devem ser duradouras e influenciar direta e indiretamente a biologia de todos os seres vivos em maior ou menor intensidade. Todas as espécies apresentam mecanismos evolutivamente selecionados de adaptação às variações de temperatura do ambiente em que vivem. Resta saber o quanto estes mecanismos serão eficazes para a sobrevivência de cada espécie num futuro próximo. O ecossistema marinho sofrerá profundas modificações em sua dinâmica assim como as espécies que o habitam. Muitas espécies de peixes podem ser extintas, gerando um possível colapso na industria pesqueira e profundas modificações no estilo de vida de pescadores artesanais. O presente projeto objetiva, a partir de experimentos do aumento gradual da temperatura ambiental (2° C/hora), acompanhar a ativação de mecanismos de termoestabilidade primária em nível individual (comportamento), tecidual (imuno-histoquímica anti-HSP70 e p53), celular (microscopia eletrônica de transmissão mitocondrial) e molecular (Western Blot anti-HSP70 e p53) no tecido muscular e hepático de peixes Pampo juvenis (Trachinotus carolinus), importante peixe da zona arrebentação, frente a diferentes temperaturas experimentais (a partir da ambiental até 20, 24, 28, 32 e 34° C). Esperamos contribuir no conhecimento e previsibilidade dos efeitos das mudanças climáticas sobre a ecofisiologia das espécies da costa brasileira, especificamente no litoral paulista..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2008 - Atual
Efeitos da Radiação Ultravioleta em Organismos Antárticos
Descrição: Os anfípodes são atualmente muito utilizados como bioindicadores de ecossistemas marinhos por apresentarem alta sensibilidade a variações ambientais. Gondogeneia antarctica habita a zona entre-marés, sabidamente receptora de grande quantidade de radiação UV. Esta espécie assim representa excelente modelo de estudo dos efeitos da diminuição da camada de ozônio e conseqüente aumento nos níveis radiação UV sobre a Antártica. A macro, micro e ultra-estrutura da espécie já foram descritas pelo nosso grupo de trabalho. O presente estudo disponibiliza dados dos efeitos deletérios celulares da radiação UV, associados ou não aos efeitos tóxicos do antraceno (HPA), persistente, encontrado em águas costeiras..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.


Projetos de extensão


2010 - Atual
Rede Social Alumniportal Deutschland
Descrição: www.alumniportal-deutschland.org Multiplicar a idéia e fortalecer a relação entre Brasil e Alemanha. Procurando ex-bolsistas e facilitando a ida para novos..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.


Projetos de desenvolvimento


2013 - Atual
USO DO CIANOACRILATO EM SUBSTITUIÇÃO A SUTURA DE PELE EM CIRURGIA OVARIOSALPINGOHISTERECTOMIA EM CADELAS
Descrição: O presente trabalho busca avaliar o uso do cianoacrilato em substituição a sutura de pele pós-cirurgia de ovariosalpingohisterctomia (OSH) em cadela. ) uso do cianoacrilato tem sido descrito como um método de fácil acesso e baixo custo, que promove hemostasia e temeficácia bactericida, tornando o procedimento cirúrgico mais rápido, diminuindo os gastos e riscos anestésicos além de auxiliar no processo de cicatrização, deixando o local coberto por uma camada protetora que evita sangramentos, resistindo a força exercida pela pele. Este trabalho ira acompanhar a cicatrização da pele de cadelas em cirurgias de OSH realizadas no Hospital Veterinário Funorte, pois trata-se de um método que possivelmente apresente numerosas vantagens clinicas e cirúrgicas mas não é usado corriqueiramente na medicina veterinária, pois necessita de maiores estudos..
Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Alex Sander Dias Machado - Coordenador / JAIRO HENRIQUE GONÇALVES FREITAS - Integrante / JOÃO EDSON ROBERTO GOMES CARDOSO - Integrante.


Membro de comitê de assessoramento


2011 - 2011
Agência de fomento: Pro-reitoria de graduação USP


Revisor de periódico


2015 - Atual
Periódico: Acta Veterinaria Brasilica (UFERSA)


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências da Saúde / Área: Saúde Coletiva / Subárea: Epidemiologia.
2.
Grande área: Ciências da Saúde / Área: Medicina / Subárea: Cirurgia/Especialidade: Cirurgia Experimental.
3.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Morfologia / Subárea: MORFOFUNCIONAL.
4.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia / Subárea: Ecofisiologia Animal.
5.
Grande área: Ciências Agrárias / Área: Medicina Veterinária / Subárea: Clínica Médica Veterinária.
6.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Genética / Subárea: Biologia Molecular.


Idiomas


Espanhol
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Inglês
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Alemão
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.


Prêmios e títulos


2010
Brasilien Multiplikator von Alumniportal Deutschland, Governo da Alemanha - Ministério do desenvolvimento social e econômico.
2008
Pesquisador Antártico "Pinguim de Barbicha", Estação Antartica Comandante Ferraz - MArinha do Brasil.
2008
Votos de Aplausos a Alex Sander Dias Machado, Câmara Municipal de Umuarama - PR.
2006
3ºLugar Pesquisa em Nível de Doutorado -, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da USP -.
2005
APROVADO COMO ALUNO REGULAR MESTRADO, UNIV. ESTADUAL MARINGÁ - PÓS GRADUAÇÃO EM ZOOTECNIA.
2004
CONSULTOR TÉCNICO AMBIENTAL, IBAMA.
2002
Honra ao Mérito por Serviços a Comunidade, Câmara Municipal de Umuarama - PR.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
PINTO, P. A. F.2018PINTO, P. A. F. ; MACHADO, A. S. D. ; LIBÓRIO, LÍVIA R. ; Santos, Ana Paula ; XAVIER, M. ; GAIAD, T. P. . Low Intensity Training Provokes Adaptations on Muscle Fibrosis of a Muscular Dystrophy Model. INTERNATIONAL JOURNAL OF MORPHOLOGY, v. 36, p. 471-477, 2018.

2.
GAIAD, THAÍS P.2017GAIAD, THAÍS P. ; OLIVEIRA, MURILO X. ; LOBO-JR, ADALFREDO R. ; LIBÓRIO, LÍVIA R. ; PINTO, PRISCILLA A.F. ; FERNANDES, DANIELLE C. ; SANTOS, ANA PAULA ; AMBRÓSIO, CARLOS EDUARDO ; MACHADO, ALEX SANDER D. . Low-intensity training provokes adaptive extracellular matrix turnover of a muscular dystrophy model. Journal of Exercise Rehabilitation, v. 13, p. 693-703, 2017.

3.
MACHADO, A. S. D.2017MACHADO, A. S. D.; CARDOSO, CAROLINE M. ; SARTORIO, P. V. ; COSTA, E. F. S. ; VIGNARDI, C. P. ; Hasue, FM ; VIADANNA, P. H. ; SANTOS, D. M. ; YASUMARU, F. A. ; MARION, C. ; GOMES, VICENTE ; PHAN, NGAN V. . Lethal thermal maximum temperature induces behavioral responses and protein expressions (Hsp70 and p53) in juvenile common carp (Cyprinus carpio Linnaeus).. PAN-AMERICAN JOURNAL OF AQUATIC SCIENCES, v. 12(4), p. 295, 2017.

4.
VIGNARDI, CAROLINE P.2015VIGNARDI, CAROLINE P. ; HASUE, FABIO M. ; SARTÓRIO, PRISCILA V. ; CARDOSO, CAROLINE M. ; MACHADO, ALEX S.D. ; PASSOS, MARIA J.A.C.R. ; SANTOS, THAIS C.A. ; NUCCI, JULIANA M. ; HEWER, THIAGO L.R. ; WATANABE, II-SEI ; GOMES, VICENTE ; PHAN, NGAN V. . Genotoxicity, potential cytotoxicity and cell uptake of titanium dioxide nanoparticles in the marine fish Trachinotus carolinus (Linnaeus, 1766). Aquatic Toxicology, v. 158, p. 218-229, 2015.

5.
CARDOSO, C. M.2015 CARDOSO, C. M. ; SARTORIO, P. V. ; MACHADO, A. S. D. ; VIGNARDI, C. P. ; ROJAS, D. C. ; PASSOS, M. J. A. ; PHAN, V.N ; GOMES, V. . Hsp70 and p53 expressions and behavior of juvenile pompano, Trachinotus carolinus (Perciformes, Carangidae), at controlled temperature increase. Journal of Experimental Marine Biology and Ecology, v. 470, p. 34-42, 2015.

6.
RIGOGLIO, N. N.2013RIGOGLIO, N. N. ; FATIMA, L. A. ; HANASSAKA, J. Y. ; PINTO, G. L. ; MACHADO, A. S. D. ; GIMENES, L. U. ; BARUSELLI, P. S. ; RENNO, F. P. ; MOURA, C. E. ; WATANABE, I. ; PAPA, P.C. . Equine chorionic gonadotropin alters luteal cell morphologic features related to progesterone synthesis. Theriogenology, p. 673-679, 2013.

7.
GOMES, VICENTE2013GOMES, VICENTE ; PASSOS, MARIA JOSÉ DE ARRUDA CAMPOS ROCHA ; ROCHA, ARTHUR JOSÉ DA SILVA ; SANTOS, THAIS DA CRUZ ALVES DOS ; MACHADO, ALEX SANDER DIAS ; NGAN, PHAN VAN . Metabolic rates of the antarctic amphipod Gondogeneia antarctica at different temperatures and salinities. Brazilian Journal of Oceanography (Online), v. 61, p. 243-249, 2013.

8.
MACHADO, A. S. D.2012MACHADO, A. S. D.; GOMES, V. ; Hasue, FM ; Ferreira, JPL ; FREIBERGER, S. A. ; SILVA, R. A. ; Passos, MJACR ; MIGLINO, M. A. ; PAES LEME, N. M. ; NGAN, P. V. . Estrutura e morfologia de Gondogeneia antarctica (Crustacea, Amphipoda). Pesquisa Antartica Brasileira, v. 5, p. 187-199, 2012.

9.
MACHADO, A. S. D.2012 MACHADO, A. S. D.; LE BAS, A. ; MIGLINO, M. A. ; LEISER, R. ; PAPA, P.C. . Genital morphology of the male South American fur seal (Arctocephalus australis) and biological implications. Pesquisa Veterinária Brasileira (Impresso), v. 32(Sup, p. 67-78, 2012.

10.
SILVA, A. P.2011SILVA, A. P. ; Silva, G R ; Cogliati, B. ; MACHADO, A. S. D. ; LE BAS, A. ; HERNANDEZ-BLAZQUEZ, F.J. . Bleaching of melanin in the epidermis of South American fur seal and its application on enzyme immunohistochemistry. Pesquisa Veterinária Brasileira (Impresso), v. 31(3), p. 267-270, 2011.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
MACHADO, A. S. D.. Conclusao da XXVI Expedição Antartica. Jornal Umuarama ILustrado, Umuarama - PR, p. 12 - 12, 16 mar. 2008.

2.
MACHADO, A. S. D.. A Skua-marrom.. Jornal Umuarama Ilustrado, Jornal Umuarama Ilustrado, p. 12 - 12, 08 mar. 2008.

3.
MACHADO, A. S. D.. Antártica do tamanho da América do Sul. Jornal Umuarama Ilustrado, Jornal Umuarama Ilustrado, p. 12 - 12, 02 mar. 2008.

4.
MACHADO, A. S. D.. Conversa com Presidente Lula na Antártica. Jornal Umuarama Ilustrado, www.umuaramailustrado.com.br, p. 12 - 12, 24 fev. 2008.

5.
MACHADO, A. S. D.. Comemoração de 24 anos da Estação Comandante Ferraz. Jornal Umuarama Ilustrado, UMUARAMA- PR, p. 12 - 12, 17 fev. 2008.

6.
MACHADO, A. S. D.. A natureza é imensa e poderosa. Umuarama Ilustrado, Estado do Paraná, p. 12 - 12, 03 fev. 2008.

7.
MACHADO, A. S. D.. Relato - Expedição Antártica. Umuarama Ilustrado, Estado do Paraná, p. 12 - 12, 27 jan. 2008.

8.
MACHADO, A. S. D.. Animais de (MInha) Rua. Prosa, Umuarama-PR.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
MACHADO, A. S. D.; Cardoso, C.M. ; Sartorio, P.V. ; Vignardi, C.P. ; Hasue, FM ; Passos, M.J.A.C.R. ; OLIVEIRA, A.M.B. ; PERAZOLLI, B. E. ; MIGLINO, M. A. ; GOMES, V. ; NGAN, P. V. . Proteínas de reparo celular como mecanismos de termoestabilidade em juvvenis de peixes Pampo (Trachinotus carolinus). In: XIV CONGRESSO LATINO-AMERICANO DE CIÊNCIAS DO MAR, 2011, Balneário Camboriu. Anais do XIV CONGRESSO LATINO-AMERICANO DE CIÊNCIAS DO MAR, 2011.

2.
Vignardi, C.P. ; Passos, M.J.A.C.R. ; Hasue, FM ; Sartorio, P.V. ; Cardoso, C.M. ; OLIVEIRA, A.M.B. ; PERAZOLLI, B. E. ; Santos, T.A.C. ; MACHADO, A. S. D. ; GOMES, V. ; NGAN, P. V. . AVALIAÇÃO DA GENOTOXICIDADE DA NANOPARTÍCULA TIO2 EM JUVENIS DE PAMPOS, TRACHINOTUS CAROLINUS (LINNAEUS, 1766), ATRAVÉS DE MÉTODOS CITOGENOTÓXICOS. In: XIV CONGRESSO LATINO-AMERICANO DE CIÊNCIAS DO MAR, 2011. Anais do XIV CONGRESSO LATINO-AMERICANO DE CIÊNCIAS DO MAR, 2011.

3.
MACHADO, A. S. D.; LE BAS, A. ; PAPA, P.C. . Sistema Reprodutor Feminino do Lobo-marinho-sul-americano (Arctocephalus australis). In: 7. CONGRESSO SOLAMAC, 2008, Montevideu. XII Reunião de Trabalho de Especialistas em Mamiferos Aquáticos da América del Sur, 2008. p. 24-24.

4.
MACHADO, A. S. D.. ÖSSO PENIANO(BACULUM) NO ELEFANTE-MARINHO-DO-SUL(MIROUNGA LEONINA): RELATO E DESCRIÇÃO COMPARATIVA. In: XXVI CONGRESSO BRASILEIRO DE ZOOLOGIA, 2006, LONDRINA. ANAIS DO XXVI CONGRESSO BRASILEIRO DE ZOOLOGIA, 2006. v. 1.

5.
MACHADO, A. S. D.. AÇÕES ANTRÓPICAS NO LEÃO -MARINHO-DO-SUL (OTARIA FLAVESCENS). In: XXVI CONGRESSO BRASILEIRO DE ZOOLOGIA, 2006, LONDRINA. ANAIS DO XXVI CONGRESSO BRASILEIRO DE ZOOLOGIA, 2006. v. 1.

6.
MACHADO, A. S. D.; GUIMARÂES, J.P. ; SILVA, A.P. ; HERNANDEZ-BLAZQUEZ, F.J. ; PAPA, P.C. . Morfologia da Glandula Uropigial do Pinguim de Magalhães (Spheniscus magallenicus). In: XIV SIMPÓSIO BRASILEIRO DE PESQUISA ANTARTICA, 2006, SAO PAULO. XIV SIMPÓSIO BRASILEIRO DE PESQUISA - ANAIS.

7.
MACHADO, A. S. D.; PAPA, P.C. . MACROSCOPIC AND MICROSCÓPIC DESCRIPTION OF THE REPRODUCTIVE MODEL IN MALE AND FEMALE OF THE SOUTH-AMERICAN-FUR-SEAL (ARCTOCEPHALUS AUSTRALIS). In: I SIMPOSIO DA PÓS-GRADUAÇÃO FMVZ-USP, 2005, SÃP PAULO. SIMPÓSIO DA PPG- VCI FMVZ-USP, 2005.

8.
MACHADO, A. S. D.. Confecção de Comprimido Anti-helmíntico a Base de Chenopódium ambrosióides, Mentha piperitaL. e Polygonum persicária L. para uso em Medicina Veterinária. In: III Encontro de Iniciação Científica e II Forum de Pesquisa de Universidade Paranaense, 2004, Umuarama- PR. Anais do II Encontro de Iniciação Científica e II Forum de Pesquisa de Universidade Paranaense. Umuarama: Editora UNIPAR, 2004. v. 1.

9.
MACHADO, A. S. D.. Uso da Aloe vera L.no tratamento de Lesão por Mordedura em Cão. In: IV Mostra Científica en Medicina Veterinária - UNIPAR, 2004, Umuarama- PR. Arquivos de Ciencia Veterinárias e Zoologia de UNIPAR. UMUARAMA: Editora UNIPAR, 2004.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
MACHADO, A. S. D.; DUARTE, A. F. V. . INFLUÊNCIA SAZONAL NA VARIAÇÃO DE PARÂMETROS FISIOLÓGICOS DE VACAS HOLANDESAS E MESTIÇAS NO NORTE DE MINAS GERAIS. In: Mostra Científica FUNORTE/FASI 2013, 2013, Montes Claros. Anais da Mostra Científica FUNORTE/FASI 2013. Montes Claros: Editora FUNORTE, 2013. v. 1.

2.
MACHADO, A. S. D.; PAPA, P.C. . Anatomical features of the reproductive phenotype in female South-american-four-seals (Arctocephalus australis). In: XXVIIth Congress of the European Association of Veterinary Anatomists, 2008, Budapest. Annals of the XXVIIth Congress of the European Association of Veterinary Anatomists, 2008.

3.
SILVA, A. P. ; MACHADO, A. S. D. ; LE BAS, A. ; HERNANDEZ-BLAZQUEZ, F.J. . Aspectos histológicos da pele das nadadeiras do Lobo-marinho-do-sul (Arctocephalus australis). In: VII Congreso de Anatomia del Cono Sur, 2006, Florianópolis. Anais do XXII Congresso Brasileiro de Anatomia. Florianópolis, 2006.

4.
SILVA, A. P. ; MACHADO, A. S. D. ; LE BAS, A. ; HERNANDEZ-BLAZQUEZ, F.J. . Descrição microscópica da pele da Baleia-franca-do-sul. In: VII Congreso de Anatomia del Cono Sur, 2006, Florianópolis. Anais do XXII Congresso Brasileiro de Anatomia. Florianópolis, 2006.

5.
MACHADO, A. S. D.; PAPA, P.C. . Estudo do sistema reprodutor masculino do Lobo-marinho-do-sul. In: Congresso ABRAVAS, 2006. Anais do XIV ABRAVAS, 2006. v. 1. p. 24-24.

6.
MACHADO, A. S. D.; PAPA, P.C. . Ações antrópicas no Leão-marinho-sul-americano (Otaria flavescens). In: XXVI CONGRESSSO BRASILEIRO DE ZOOLOGIA, 2006, Londrina. Anais do XXVI CONGRESSO BRASILEIRO DE ZOOLOGIA, 2006.

7.
SILVA, A. P. ; MACHADO, A. S. D. ; LE BAS, A. ; HERNANDEZ-BLAZQUEZ, F.J. . Padrão dos pêlos do Lobo-marinho-do-sul (Arctocephalus australis). In: VII Congreso de Anatomia del Cono Sur, 2006, Florianópolis. Anais do XXII Congresso Brasileiro de Anatomia. Florianópolis: UDESC, 2006.

Artigos aceitos para publicação
1.
MACHADO, A. S. D.; CARDOSO, CAROLINE M. ; SARTORIO, P. V. ; VIGNARDI, CAROLINE P. ; HASUE, FABIO M. ; GOMES, VICENTE ; PHAN, V.N . Thermal stress induces behavioral responses and protein expressions (Hsp70 and p53) in juvenile common carp (Cyprinus carpio Linnaeus). Pan-American Journal of Aquatic Sciences, 2017.

Apresentações de Trabalho
1.
MACHADO, ALEX S.D.. Saúde ùnica: O médico veterinário na Estratégia da Saúde da Familia. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
MACHADO, A. S. D.; GAIAD, T. P. . Imunolocalização de proteínas teciduais: uma realidade atual na UFVJM. 2015. (Apresentação de Trabalho/Outra).

3.
YOSHINAGA, T. T. ; SILVA, R. C. ; DINIZ, L. C. ; MACHADO, A. S. D. ; KOMENO, C. A. K. . Grau de parasitismo de larvas de Contracaecum sp (Railliet&Henry, 1912) em Hoplias malabaricus (BLOCH, 1794) de reservatórios da bacia do Rio São Marcos. 2015. (Apresentação de Trabalho/Outra).

4.
Silva, RC ; YOSHINAGA, T. T. ; DINIZ, L. C. ; KOMENO, C. A. K. ; MACHADO, A. S. D. . Análise histológica comparativa do tecido hepático de duas espécies de peixes nativos. 2015. (Apresentação de Trabalho/Outra).

5.
DINIZ, L. C. ; SILVA, R. C. ; YOSHINAGA, T. T. ; KOMENO, C. A. K. ; MACHADO, A. S. D. . Descrição microscópica comparativa do intestino inicial de duas espécies de peixes nativos.. 2015. (Apresentação de Trabalho/Outra).

6.
FREITAS, C. P. ; MORAIS, A. F. L. ; TARTLER, N. ; MACHADO, A. S. D. ; GAIAD, T. P. . Imunolocalização dos colágenos tipo I e III do músculo esquelético distrófico submetido ao treino em esteira de baixa intensidade. 2015. (Apresentação de Trabalho/Outra).

7.
MORAIS, A. F. L. ; FREITAS, C. P. ; TARTLER, N. ; SANTOS, A. P. ; OLIVEIRA, M. X. ; MACHADO, A. S. D. ; GAIAD, T. P. . Influência do gênero na localização dos colágenos tipo I e III no músculo esquelético distrófico do modelo mdx submetido ao treino de baixa intensidade. 2015. (Apresentação de Trabalho/Outra).

8.
SILVA, D. E. ; MARTINS, L. P. O. ; SOUZA, J. I. ; MACHADO, A. S. D. ; GAIAD, T. P. ; SANTOS, A. P. ; OLIVEIRA, M. X. . Efeito da terapia LED de baixa intensidade (630 ± 20nm) sobre a fase aguda da tendinite em ratos Wistar. 2015. (Apresentação de Trabalho/Outra).

9.
MACHADO, ALEX SANDER DIAS. Dimorfismo sexual entre as espécies. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

10.
MACHADO, ALEX SANDER DIAS. Fundamentos Biológicos da Reprodução. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

11.
MACHADO, A. S. D.; NGAN, P. V. ; MIGLINO, M. A. ; PAPA, P.C. . ANATOMIA, SAZONALIDADE E REPRODUÇÃO DA FÊMEA DO LOBO-MARINHO-SUL-AMERICANO Arctocephalus australis. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

12.
MACHADO, A. S. D.. Orgãos genitais masculinos. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

13.
MACHADO, A. S. D.. Influencias Ambientais e medicina veterinária de lobos, leões, elefantes marinhos e focas. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

14.
MACHADO, A. S. D.. Curso de Evolução e ecofisiologia de mamíferos marinhos: influências ambientais na reprodução e sobrevivência. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

15.
MACHADO, A. S. D.. Biologia Evolução e Morfologia de Pinípedes. 2008. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

16.
MACHADO, A. S. D.. Curso de Biologia, Reprodução e Evolução de Pinípedes. 2008. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

17.
MACHADO, A. S. D.. Biologia e reprodução de Pinípedes. 2008. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

18.
MACHADO, A. S. D.. Animais Selvagens: Pinipedes, Biologia e Reprodução. 2007. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

19.
MACHADO, A. S. D.. Testiculo como Glandula Endócrina. 2007. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

20.
MACHADO, A. S. D.; SILVA, A. P. ; GUIMARÂES, J.P. ; HERNANDEZ-BLAZQUEZ, F.J. . Morfologia da Glandula Uropigial do Pinguim de Magalhães ( Spheniscus magellanicus). 2006. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

21.
MACHADO, A. S. D.; Silva, A. P. ; SOUZA, L. M. M. ; MOURA, C. E. ; PAPA, P.C. . The glans penis morphology of the South-american-fur-seal (Arctocephalus australis). 2006. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

22.
MACHADO, A. S. D.; PAPA, P.C. . Estudo do Sitema Reprodutor Masculino do Lobo-marinho-sul-americano (Arctocephalus australis). 2006. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

23.
MACHADO, A. S. D.. Sistema genital masculino dos mamíferos com ênfase em Mamíferos aquáticos. 2006. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
MACHADO, A. S. D.. Consultor para a Rede Social do Governo da Alemanha Alumniportal Deutschland. 2010.

Produtos tecnológicos
1.
MACHADO, A. S. D.. COMPRIMIDO ANTI-HELMINTICO A BASE DE Chenopodium ambrosióides, Mentha piperita L.,e PolygonumpersicáriaL. PARA USO EM MEDICINA VETERINÁRIA. 2004.

Trabalhos técnicos
Redes sociais, websites e blogs
1.
MACHADO, A. S. D.. Alumniportal Deutschland. 2012; Tema: Alumni Porträit. (Rede social).


Demais tipos de produção técnica
1.
MACHADO, A. S. D.. Medicina veterinária e reprodução de lobos, focas, leões-marinhos e elefantes-marinhos. 2011. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

2.
MACHADO, A. S. D.. Medicina veterinária, visão e pesquisa científica. 2011. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

3.
MACHADO, A. S. D.. Métodos de coleta, dissecação e fixação em estudos fisiológicos. 2011. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

4.
MACHADO, A. S. D.. Influencias ambientais na reprodução e evolução dos mamíferos marinhos. 2010. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

5.
MACHADO, A. S. D.. Medicina veterinária e biologia de lobo, leões, elefantes-marinhos e focas. 2010. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

6.
MACHADO, A. S. D.. Oficina de Dissecação de Peixes. 2010. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

7.
MACHADO, A. S. D.. Influencias ambientais e fisiologia reprodutiva de mamiferos marinhos. 2009. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

8.
MACHADO, A. S. D.. Evolução, reprodução e ecofisiologia de Pinipides. 2008. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

9.
MACHADO, A. S. D.. Biologia e reprodução de Lobos e Leões marinhos. 2008. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

10.
MACHADO, A. S. D.. Biologia, manejo e conservação de Pinipides. 2008. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).


Produção artística/cultural
Música
1.
MACHADO, A. S. D.; VILELA, D. C. ; SCHETINO, M. A. A. ; OLIVEIRA, G. N. M. ; GODOY, P. P. ; MAIA, U. ; PEIXOTO, M. F. D. . Sussarana - O.S.D.A.R.A.S.. 2018. Composição (estréia).

2.
MACHADO, A. S. D.. Os Olhos e a Alma. 2013. Composição (estréia).

3.
MACHADO, A. S. D.. Quando a Familia vem pra Escola. 2012. Apresentação de Obra (para compositores).

4.
MACHADO, A. S. D.. Pedra Diamantina. 2011. Apresentação de Obra (para compositores).

5.
MACHADO, A. S. D.; Tom Zé . Pavana Para uma Terra Viva. 2010. Composição (estréia).

6.
MACHADO, A. S. D.; Arnaldo Antunes . Planta Colhe. 2010. Apresentação de Obra (para compositores).

7.
MACHADO, A. S. D.; SCHMIDT, A. . Danke Schön, Bitte Schön. 2009. Apresentação de Obra (para compositores).

8.
MACHADO, A. S. D.. É Natural. 2002. Interpretação.

Outras produções artísticas/culturais
1.
MACHADO, A. S. D.. FILHO DE HOMEM. 2008.

2.
MACHADO, A. S. D.. É VERÃO, E DAÍ. 2007.

3.
MACHADO, A. S. D.. Programa do GUGU - Quadro Verdade ou mentira? Sobre estomago de ruminantes.. 2006.

4.
MACHADO, A. S. D.. Ouça a Alma que a Chuva Lavou. 2005.

5.
MACHADO, A. S. D.. Gralha Azul. 2003.

6.
MACHADO, A. S. D.. Maracanã. 1999.

7.
MACHADO, A. S. D.. Navio Negreiro. 1998.



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
MACHADO, ALEX S.D.; SANTOS, A. P.; VIEIRA, E. R.. Participação em banca de Jéssica Junia Aparecida Cardoso Nascimento. Efeito da terapia LED de baixa intensidade sobre o estado redox do nervo mediano e músculo flexor profundo dos dedos em um modelo experimental de axonotmese. 2018. Dissertação (Mestrado em REABILITAÇÃO E DESEMPENHO FUNCIONAL) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK.

2.
MACHADO, ALEX S.D.; GAIAD, T. P.; VIEIRA, E. R.. Participação em banca de Danielle Cristina Fernandes. TREINO DE BAIXA INTENSIDADE MELHORA O ESTADO ANTIOXIDANTE E REDUZ A DEPOSIÇÃO DE FIBRAS COLÁGENAS NO MÚSCULO ESQUELÉTICO DO MODELO MDX. 2018. Dissertação (Mestrado em REABILITAÇÃO E DESEMPENHO FUNCIONAL) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK.

3.
MACHADO, ALEX S.D.; LESSA, L. G.; SCHETINO, M. A. A.. Participação em banca de Fabiane Cristina da Silva. ANÁLISE DA MICROESTRUTURA DE PELOS-GUARDA DE MARSUPIAIS DIDELFÍDEOS (DIDELPHIMORPIA, DIDELPHIDAE) DA CADEIA DO ESPINHAÇO, BRASIL. 2018. Dissertação (Mestrado em Biologia Animal) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK.

4.
MACHADO, ALEX S.D.; SCHORER, M.; RAMOS, C. L.. Participação em banca de Ana MaizaViana. BIOINDICADORES NA AVALIAÇÃO DA CAPACIDADE DE AUTODEPURAÇÃO EM UM PERÍODO DE SECA DO RIO GRANDE - DIAMANTINA- MG. 2018. Dissertação (Mestrado em Biologia Animal) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK.

5.
MACHADO, A. S. D.; SCHORER, M.; GOMES, V.. Participação em banca de Caroline Reis Pereira. AQUECIMENTO X RESPOSTAS FISIOLÓGICAS: Mecanismos de estabilidade térmica em Astyanax brevirhinus (Teleostei, Characidae). 2018. Dissertação (Mestrado em Biologia Animal) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK.

6.
MACHADO, ALEX S.D.; GOMES, V.; SCHORER, M.. Participação em banca de Riccelly Cristina Alcântara Monteiro. Efeitos do estresse térmico no comportamento e morfofisiologia muscular do Astyanax brevirhinus (Characidae). 2018. Dissertação (Mestrado em Biologia Animal) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK.

7.
MACHADO, ALEX SANDER D.; GAIAD, T. P.; SCHORER, M.. Participação em banca de Fabiana Dias Trivelato Martins. Efeito do aquecimento ambiental na morfofisiologia tegumentar do Lambari do Jequitinhonha - Astyanax brevirhinus (Characidae). 2018. Dissertação (Mestrado em Biologia Animal) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK.

8.
MACHADO, ALEX SANDER D.; LESSA, L. G.. Participação em banca de Marco Pacheco. ECOLOGIA ALIMENTAR DE GRACILINANUS, G. agilis e G. microtarsus, (DIDELPHIMORPHIA; DIDELPHIDAE): ANÁLISE DO ESTADO DE CONHECIMENTO ATUAL. 2018. Dissertação (Mestrado em Biologia Animal) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK.

9.
PAPA, P.C.; BINELLI, M.; MACHADO, A. S. D.. Participação em banca de Valdir Pavanelo Jr.. Expressão do sistema VEGF-A em útero bovino após o tratamento com diferentes doses de eCG. 2011. Dissertação (Mestrado em Anatomia dos Animais domesticos e silvestres) - Faculdade de Medicina Veterinaria e Zootecnia USP.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
MACHADO, A. S. D.; SANTOS, A. P.; GAIAD, T. P.. Participação em banca de Catiane Pereira Freitas.Imunolocalização dos colágenos tipo I e II do músculo esquelético distrófico submetido ao treino em esteira de baixa intensidade: contribuições do modelo mdx para a fisioterapia. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Fisioterapia) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK.

2.
MACHADO, ALEX SANDER DIAS; GAIAD, T. P.; XAVIER, M.. Participação em banca de Danielle Cristina Fernandes.Efeito do treino de baixa intensidade na função e morfologia muscular de animais distróficos machos e fêmeas. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Fisioterapia) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri.

3.
MACHADO, A. S. D.. Participação em banca de Amanda Lacerda Freire.Leischmania sp em Felinos domésticos. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinaria) - Faculdades Unidas do Norte de Minas.

4.
MACHADO, A. S. D.. Participação em banca de Sarah Ribeiro Rigamonte Binda.Leischmania sp em Felinos domésticos. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinaria) - Faculdades Unidas do Norte de Minas.

5.
MACHADO, A. S. D.. Participação em banca de AFRANIO BATISTA DE SOUZA e JACQUELINE DE ALMEIDA.REDUÇÃO E COMPLICAÇÕES DE FRATURAS DE RADIO E ULNA EM CÃES. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinaria) - Faculdades Unidas do Norte de Minas.

6.
MACHADO, A. S. D.. Participação em banca de JAIRO HENRIQUE GONÇALVES FREITAS e JOÃO EDSON ROBERTO GOMES.Cicatrização de feridas com ouso do cianoacrilato (cola super bonder). 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinaria) - Faculdades Unidas do Norte de Minas.

7.
MACHADO, A. S. D.. Participação em banca de Jusberto Manara Junior.Fitoterapia na produção de Emas ( Rhea americana ). 2004. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Zootecnia) - Universidade Estadual de Maringá.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
MACHADO, ALEX SANDER DIAS; MELO, T. V.; SIQUEIRA, J. B.. Professor do Magistério Superior Classe A - Adjunto A. 2014. Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri.

2.
MACHADO, A. S. D.; LOBO, A. J.; SANTANA, M. I. S.. Concurso para Professor Assistente A - Classe A, junto ao Instituto de Ciências Agrárias na área de Anatomia e Histologia Veterinária. 2014. Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM, Campus de Unaí).. 2014. Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
IV SINTEGRA - Semana de Ensino- Pesquisa e Extensão UFVJM.Pesquisa e Internacionalização durante a Graduação: Alemanha como Destino. 2015. (Outra).

2.
Trained in GermanY Brasil 2013.Alumniportal Deutschland como Plataforma de desenvolvimento pessoal. 2013. (Encontro).

3.
1° Diálogo Brasil-Alemanha em Ciência Pesquisa e Inovação.Alumniportal Deutschland e os Alumni da Alemanha. 2011. (Encontro).

4.
Euro Pós São Paulo 2011.Estudar na Alemanha: DAAD e Alumniportal Deutschland. 2011. (Encontro).

5.
XIV CONGRESSO LATINO-AMERICANO DE CIÊNCIAS DO MAR. ANATOMIA SAZONALIDADE E REPRODUÇÃO DA FEMÊA DO LOBO-MARINHO-SUL-AMERICANO (Arctocephalus australis). 2011. (Congresso).

6.
Oceans´09 IEEE Bremen. 2009. (Congresso).

7.
7. CONGRESSO SOLAMAC. Sistema Reprodutor feminino do Lobo-Marinho-Sul-americano (Arctocephalus australis). 2008. (Congresso).

8.
Semana Temática - BIO USP.CURSO - Biologia, Reprodução e Evolução de Pinípedes. 2008. (Simpósio).

9.
III Simposio de Pós-Graduação. 2007. (Simpósio).

10.
Congresso ABRAVAS. Oral. 2006. (Congresso).

11.
XI SIMPÓSIO DE PÓS-GRADUAÇãO EM ANATOMIA DOS ANIMAIS DOMÉSTICOS E SILVESTRES FMVZ-USP. 2006. (Simpósio).

12.
XXVI CONGRESSSO BRASILEIRO DE ZOOLOGIA. XXVI CONGRESSSO BRASILEIRO DE ZOOLOGIA. 2006. (Congresso).

13.
I ENCONTRO DE BIOÉTICA APLICADA. 2005. (Encontro).

14.
I SIMPÓSIO DA PÓS-GRADUAÇÃO DA FACULDADE DE MED. VETERINÁRIA E ZOOTECNIA DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO.I SIMPÓSIO DA PÓS-GRADUAÇÃO DA FACULDADE DE MED. VETERINÁRIA E ZOOTECNIA DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO. 2005. (Simpósio).

15.
V SIMPÓSIO DE BIOSSEGURANÇA E DESCARTES DE PRODUTOS QUÍMICOS PERIGOSOS EM INSTITUIÇÕES DE ENSINO E PESQUISA.V SIMPÓSIO DE BIOSSEGURANÇA E DESCARTES DE PRODUTOS QUÍMICOS PERIGOSOS EM INSTITUIÇÕES DE ENSINO E PESQUISA. 2005. (Simpósio).

16.
XII SIMPÓSIO BRASILEIRO SOBRE PESQUISA ANTARTICA.XII SIMPÓSIO BRASILEIRO SOBRE PESQUISA ANTARTICA. 2005. (Simpósio).

17.
XI Simpósio da Pós Graduação em Anatomia dos Animais Domésticos e Silvestres.XI Simpósio da Pós Graduação em Anatomia dos Animais Domésticos e Silvestres. 2005. (Simpósio).

18.
3. Encontro de Iniciação Científica Forum de Pesquisa.3. Encontro de Iniciação Científica Forum de Pesquisa. 2004. (Encontro).

19.
III Encontro de Iniciação Científica e III Forum de Pesquisa da Universidade Paranaense- UNIPAR.Confecção de Comprimido Anti-helmíntico a Base de Chenopódium ambrosioides, Mentha piperita L. e Polygonum persicária para uso em Medicina Veterinária. 2004. (Encontro).

20.
Reunião de Integraçãoda Morfologia Panamericana. Reunião de Integração da Morfologia Panamericana. 2004. (Congresso).

21.
Reunião de Integração da Morfologia Panamericana.Curso de Anatomia Aplicada á Odontologia Veterinária. 2004. (Oficina).

22.
ENEVET 2000.XIX Encontro Nacional deEstudantes de Med. Veterinária- ENEVET. 2000. (Encontro).

23.
Seminário Whaltham.II Seminário Avanços na Reprodução de Cães e Gatos - Whaltham. 2000. (Seminário).

24.
Ciclo de Atualização em Pequenos Animais - UFPel.Ciclo de Atualização em Pequenos Animais - UFPel. 1999. (Outra).

25.
Seminário Ufpel.Atalização em Cinomose e Citodiagnóstico. 1999. (Seminário).

26.
Semana Academica Biologia.SEmana Academica de Biologia-" Biologia de Cetáceos". 1998. (Outra).

27.
.Encontro Internacional de Zoológicos. 1997. (Encontro).

28.
CIBICCA. Congesso Brasileiro de Iniciação Cientifica em Ciencias Agrárias. 1997. (Congresso).

29.
SUVEAS. I Congresso da Socidad Uruguaya de Veterinários Especialistas en Animales Silvestres. 1997. (Congresso).

30.
ENEVET.XV Encontro Nacional de Estudantes de Medicina Veterinária. 1996. (Encontro).

31.
.Dia de Campo "Manejo de Solos". 1993. (Outra).

32.
Dia de Campo.Dia de Campo " Recuperação de Pastagens Degradas". 1993. (Outra).

33.
Ciclo de Palestras Técnicas Agropecuarias.Ciclo de Palestras Tecnicas. 1992. (Seminário).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
MACHADO, A. S. D.; MIGLINO, M. A. . Congresso de Pós Graduação FMVZ USP. 2007. (Congresso).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Heloisa Helena de Aguiar. Status ecológico e sanitário do Ribeirão de Datas, Datas-MG: bentônicos, água e peixes como bioindicadores. Início: 2018. Dissertação (Mestrado profissional em Programa de pós graduação em Saúde Sociedade e Ambientes - SaSA) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK. (Orientador).

2.
Paula Mariana Munno Guimarães Correa. MICONIA FERRUGINATA COMO ANTIINFLAMATÓRIO NATURAL NO MODELO MDX-MOUSE DA DISTROFIA MUSCULAR DE DUCHENNE: DA ETNOBOTÂNICA À BIOPROSPECÇÃO. Início: 2018. Dissertação (Mestrado em Programa Multicentrico de Pós graduação em ciências fisiológicas) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais. (Orientador).

3.
Thiago Marques Salgueiro. Bioindicadores e status ecológico de rios urbanos de Diamantina - MG. Início: 2018. Dissertação (Mestrado em Biologia Animal) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Riccelly Alcântara Monteiro. Efeitos do estresse térmico no comportamento e morfofisiologia muscular do Astyanax brevirhinus (Characidae). 2018. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-graduação em Biologia Animal) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK, . Orientador: Alex Sander Dias Machado.

2.
Fabiana Trivelato. Efeito do aquecimento ambiental na morfofisiologia tegumentar do Lambari do Jequitinhonha - Astyanax brevirhinus (Characidae). 2018. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-graduação em Biologia Animal) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK, . Orientador: Alex Sander Dias Machado.

3.
Ana Maiza Viana. Astyanax sp (Teleostei, Characidae) com bioindicador da contaminação e auto-purificação do Rio Grande, Diamantina - MG. 2018. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-graduação em Biologia Animal) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK, . Orientador: Alex Sander Dias Machado.

4.
Caroline Reis Pereira. AQUECIMENTO X RESPOSTAS FISIOLÓGICAS: Mecanismos de estabilidade térmica em Astyanax brevirhinus (Teleostei, Characidae), estresse térmico em brânquia e fígado. 2018. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-graduação em Biologia Animal) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais. Orientador: Alex Sander Dias Machado.

5.
Caroline Margonato Cardoso. Estudo de mecanismos de termoestabilidade primária de pampos (Trachinotus carolinus) juvenis em função do aumento gradual de temperatura. 2010. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Oceanografia Biológica) - Instituto Oceanográfico - USP, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Coorientador: Alex Sander Dias Machado.

6.
Priscila Veronica Satorio. Aquecimento ambiental e mecanismos anti-hipóxia em peixes pampo juvenis, Trachinotus carolinus. 2010. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Oceanografia Biológica) - Instituto Oceanográfico - USP, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Coorientador: Alex Sander Dias Machado.

Monografia de conclusão de curso de aperfeiçoamento/especialização
1.
Mariane Delbianco. Piometra em felinos jovens. 2011. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em cirurgia de tecidos moles de P.A) - Associação Nacional de Clínicos Veterinários de Pequenos Animais do Brasil. Orientador: Alex Sander Dias Machado.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
JACQUELINE DE ALMEIDA. REDUÇÃO E COMPLICAÇÕES DE FRATURAS DE RADIO E ULNA EM CÃES. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Medicina Veterinaria) - Faculdades Unidas do Norte de Minas. Orientador: Alex Sander Dias Machado.

2.
JAIRO HENRIQUE GONÇALVES FREITAS. USO DO CIANOACRILATO EM SUBSTITUIÇÃO A SUTURA DE PELE EM CIRURGIA OVARIOSALPINGOHISTERECTOMIA EM CADELAS. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Medicina Veterinaria) - Faculdades Unidas do Norte de Minas. Orientador: Alex Sander Dias Machado.

3.
JOÃO EDSON ROBERTO GOMES CARDOSO. USO DO CIANOACRILATO EM SUBSTITUIÇÃO A SUTURA DE PELE EM CIRURGIA OVARIOSALPINGOHISTERECTOMIA EM CADELAS. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Medicina Veterinaria) - Faculdades Unidas do Norte de Minas. Orientador: Alex Sander Dias Machado.

4.
AFRANIO BATISTA DE SOUZA. REDUÇÃO E COMPLICAÇÕES DE FRATURAS DE RADIO E ULNA EM CÃES. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Medicina Veterinaria) - Faculdades Unidas do Norte de Minas. Orientador: Alex Sander Dias Machado.

5.
Renata Rodrigues Sorvos. Medica Veterinária. 2004. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Paranaense. Orientador: Alex Sander Dias Machado.

Iniciação científica
1.
Ray Cesar Silva. Morfofisiologia hepática de peixes nativos pós diferentes métodos de captura.. 2016. Iniciação Científica - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri. Orientador: Alex Sander Dias Machado.

2.
Deborah Cristina Gomes Cardim Rojas. Aquecimento ambiental versus rotas energéticas: densidade mitocondrial em juvenis de peixe Pampo (Trachinotus carolinus). 2012. Iniciação Científica. (Graduando em Oceanografgia) - Instituto Oceanográfico - USP, Pro-reitoria de graduação USP. Orientador: Alex Sander Dias Machado.

3.
ANA FLÁVIA VIEIRA DUARTE. INFLUÊNCIA SAZONAL NA VARIAÇÃO DE PARÂMETROS FISIOLÓGICOS DE VACAS HOLANDESAS E MESTIÇAS NO NORTE DE MINAS GERAIS. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em Medicina Veterinaria) - Faculdades Unidas do Norte de Minas, PROIC FUNORTE. Orientador: Alex Sander Dias Machado.



Inovação



Produto tecnológico
1.
MACHADO, A. S. D.. COMPRIMIDO ANTI-HELMINTICO A BASE DE Chenopodium ambrosióides, Mentha piperita L.,e PolygonumpersicáriaL. PARA USO EM MEDICINA VETERINÁRIA. 2004.


Projetos de pesquisa


Educação e Popularização de C & T



Apresentações de Trabalho
1.
MACHADO, A. S. D.; GAIAD, T. P. . Imunolocalização de proteínas teciduais: uma realidade atual na UFVJM. 2015. (Apresentação de Trabalho/Outra).


Redes sociais, websites e blogs
1.
MACHADO, A. S. D.. Alumniportal Deutschland. 2012; Tema: Alumni Porträit. (Rede social).



Outras informações relevantes


Experiência em técnicas anatômicas laboratoriais (taxidermia, osteotécnicas, criodesidratação, perfusão e corrosão de peças) além de microscopia de luz, microscopia eletrônica de transmissão e microscopia eletrônica de varredura, imuno-histoquimica e real time - PCR. É experiente clínico e cirurgião veterinário de grandes e pequenos animais.



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 19/01/2019 às 7:29:02