Rogerio Ribeiro Tostes

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/2984604489202176
  • Última atualização do currículo em 25/05/2018


Doutorando em História Medieval (na área de "Domini, Territori i Patrimoni") pela Universitat de Lleida, Espanha, sob a orientação do Dr. Flocel Sabaté. Pesquisador pre-doutoral convidado no Pontificio Ateneo Antonianum, Roma, orientado pelo Dr. Paolo Evangelisti. Convidado a realizar um estágio de pesquisa sob tutela do Dr. François Foronda, no Laboratoire de Médiévistique Occidentale (Lamop) de Paris, vinculado a Université Paris 1 Panthéon-Sorbonne. Também, é membro agregado ao Grup de Recerca Consolidat 'Espai, Poder i Cultura', reconhecido e subsidiado pela Generalitat de Catalunya, Espanha. Mestre em História pela Universidade Federal do Paraná. Bacharel em Direito pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (2007). Membro da Associação Brasileira de Estudos Medievais-ABREM (2009), do Instituto Brasileiro de Filosofia e Ciência Raimundo Lúlio (IBFCRL), da Société Internationale pour l'Étude de la Philosophie Médiévale (2012), da Sociedad Española de Estudios Medievales (SEEM). Desenvolve suas pesquisas em torno de teoria política, história e filosofia do direito, com especial ênfase na produção intelectual da Idade Média e suas apropriações pelo presente. O trabalho doutoral em curso aborda a elaboração dos argumentos de representatividade no século XIV, detalhando o caso concreto das assembleias parlamentares realizadas na Catalunha (1336-1387). De uma maneira geral, este trabalho converge numa perspectiva mais ampla, que capitaliza os problemas da representatividade do direito público e seu momento de crise nos estados europeus que reconstroem agora sua relação com o passado histórico. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Rogerio Ribeiro Tostes
Nome em citações bibliográficas
TOSTES, Rogerio;TOSTES, R.;TOSTES, Rogerio Ribeiro


Formação acadêmica/titulação


2012
Doutorado em andamento em História.
Universitat de Lleida, UDL, Espanha.
com período sanduíche em Pontificio Ateneo Antonianum (Orientador: Paolo Evangelisti).
Título: Rei i estaments: elements jurídics i econòmics en els discursos institucionals a les Corts catalanes de Pere el Cerimoniós,
Orientador: Dr. Flocel Sabaté Curull.
Coorientador: Dr. Pere Benito Monclús.
Bolsista do(a): Universitat de Lleida/Banco Santander, JADE PLUS, Espanha.
Palavras-chave: Península Ibérica medieval; Direito Medieval Catalão; Identidade territorial; Representatividade estamental.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Direito / Subárea: Teoria do Direito / Especialidade: História do Direito.
Grande Área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Direito / Subárea: Teoria do Direito / Especialidade: Teoria do Estado.
2009 - 2011
Mestrado em História.
Universidade Federal do Paraná, UFPR, Brasil.
Título: Ells tenen a nós como a senyor, e nós a ells com a bons vassalls e companyons. Principatus Cathaloniae, o aparato institucional e seu verbum: Dos Usatges de Barcelona às Cortes Gerais de Montsó (1382-1384),Ano de Obtenção: 2011.
Orientador: Dr.ª Fátima Regina Fernandes.
Coorientador: Dr. Flocel Sabaté Curull.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Direito Medieval Catalão; Península Ibérica medieval; Poderio régio.
Grande área: Ciências Humanas
2008
Especialização em andamento em Sociologia Política.
Universidade Federal do Paraná, UFPR, Brasil.
Título: Identidades nacionais e intelectualidade política: a formação do ?Catalanisme polític? na construção imaginária da comunidade.
2006 interrompida
Graduação interrompida em 2008 em História.
Universidade Federal do Paraná, UFPR, Brasil.
Orientador: Prof.ª Dr.ª Fátima Regina Fernandes.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Ano de interrupção: 2008
2002 - 2007
Graduação em Direito.
Pontifícia Universidade Católica do Paraná, PUC/PR, Brasil.
Título: Do Estado de Direito para um Estado de Justiça: a emancipação social e a democracia participativa na pós-modernidade.
Orientador: Prof. Dr. Alvacir Alfredo Nicz.




Formação Complementar


2018 - 2018
Extensão universitária em 1º Summer School da FFLCH: Pshychoanalysis and Culture. (Carga horária: 12h).
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
2009 - 2009
Extensão universitária em Escola de Altos Estudos - Capes. (Carga horária: 50h).
Universidade Federal do Paraná, UFPR, Brasil.
2007 - 2007
A Nova História da Ciência para Historiadores. (Carga horária: 8h).
Associação Nacional de História, ANPUH, Brasil.
2005 - 2005
Transcrição de documentos manuscritos, s. XVII-XIX. (Carga horária: 5h).
Universidade Federal do Paraná, UFPR, Brasil.
2003 - 2003
Juridicidade no Direito Internacional. (Carga horária: 5h).
Pontifícia Universidade Católica do Paraná, PUC/PR, Brasil.
2003 - 2003
Questão da Palestina. (Carga horária: 5h).
Pontifícia Universidade Católica do Paraná, PUC/PR, Brasil.
2003 - 2003
Reformas Judiciarias. (Carga horária: 15h).
Pontifícia Universidade Católica do Paraná, PUC/PR, Brasil.


Atuação Profissional



Centro Universitário Franciscano do Paraná, FAE, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - 2014
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor Mestre, Carga horária: 31

Atividades

04/2013 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Reitoria, .

02/2014 - 06/2014
Ensino, Direito, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia do Direito
Hermenêutica Jurídica
História do Direito
02/2014 - 06/2014
Ensino, Direito, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Teoria do Estado
08/2013 - 12/2013
Ensino, Administração, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Dinâmica das Ideias Sociais
08/2013 - 12/2013
Ensino, Direito, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Direito Econômico
Ética Profissional da Advocacia
Filosofia do Direito
08/2013 - 12/2013
Ensino, Engenharia de Produção, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Aspectos jurídicos
08/2013 - 12/2013
Ensino, Direito, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História do Direito
06/2013 - 12/2013
Ensino, Pós-Graduação em Gestão Escolar, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Tutoria dos módulos EAD
02/2013 - 07/2013
Ensino, Direito, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia do Direito
História do Direito

Sociedad Espanola de Estudios Medievales, Espanha.
Vínculo institucional

2013 - Atual
Vínculo: Membro associado, Enquadramento Funcional: Colaborador


Instituto Brasileiro de Filosofia e Ciência "Raimundo Lúlio" (Ramon Llull), IBFCRL, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Membro


Société Internationale pour l'Étude de la Philosophie Médiévale, SIEPM, França.
Vínculo institucional

2012 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Membro


Associação Brasileira de Estudos Medievais, ABREM, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Membro


Universidade Federal do Paraná, UFPR, Brasil.
Vínculo institucional

2007 - 2009
Vínculo: Livre, Enquadramento Funcional: Bolsista de Iniciação Científica

Atividades

08/2007 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Poder e Sociedade na Península Ibérica tardo-antiga e medieval, .


Pontifícia Universidade Católica do Paraná, PUC/PR, Brasil.
Vínculo institucional

2005 - 2007
Vínculo: Pesquisa e desenvolvimento, Enquadramento Funcional: Assistente de Pesquisa

Atividades

02/2005 - 07/2007
Pesquisa e desenvolvimento , Núcleo de Direito Internacional - CCJS- PUCPR, .


Universitat de Lleida, UDL, Espanha.
Vínculo institucional

2014 - Atual
Vínculo: Pesquisador pre-doutoral, Enquadramento Funcional: Pessoal investigador, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

07/2014 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Grup de Recerca Consolidat Espai, Poder i Cultura, .


Commission for the Study of the History of Representative and Parliamentary, ICSHPI, Suiça.
Vínculo institucional

2016 - Atual
Vínculo: Membro, Enquadramento Funcional: Pessoal investigador


Fundação de Estudos Sociais do Paraná, FESP/PR, Brasil.
Vínculo institucional

2018 - Atual
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor horista, Carga horária: 10

Vínculo institucional

2017 - 2017
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor substituto, Carga horária: 8

Atividades

02/2018 - Atual
Ensino, Direito, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Temas de Direito Comparado: Ordem Jurídica e Direito Comunitário Europeu
02/2018 - Atual
Ensino, Direito, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História do Direito
08/2017 - Atual
Ensino, Direito, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História do Direito

Centro Universitário Internacional, UNINTER, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - 2017
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor convidado



Linhas de pesquisa


1.
Coexistências Jurídicas sob a Coroa Catalano-Aragonesa

Objetivo: A partir da união de Barcelona e dos condados catalães vassalos à Aragão, o território integrado pela Coroa revelava aspectos de uma tradição jurídica consolidada à frente dos ordenamentos medievais do reino. Ela se transforma em direito consuetudinário local com a sistematização levada a cabo por Ramon Berenguer IV (1170), que, sob o potentado barcelonês, criou um código de leis e uma unidade política entre os condados. Com o adensamento desses usos e costumes locais de direito, a integração ao reino aragonês dependeu da recepção jurídica de seus estatutos. Era avocando o reconhecimento deles, os chamados Usatges, e afiançando honrá-los e cumpri-los, que os reis aragoneses obtinham a legitimidade a seu poder e a unidade forjada em seu entorno, estabelecendo a realidade política já consolidada no século XIV dentro da composição do poder régio em Aragão. Ao fim e ao cabo, é neste momento que se fala com grande vigor de um autêntico protagonismo institucional, no qual a unidade do reino, ao lado de suas recombinações constantes, concluirá sua estrutura de reciprocidades e estabilizações no universo jurídico e político do Mediterrâneo..
Grande área: Ciências Humanas
Palavras-chave: Península Ibérica medieval; Direito Medieval Catalão; coexistências jurídicas no século XIV.
2.
Pós-modernidade jurídica

Objetivo: Atentar-se a duas tarefas principais: a primeira, de se destacar uma comunidade política do presente, correlata de seu tempo, dotada de sentido e historicidade, e segunda, numa reflexão de propostas epistemologicamente renovatórias e reflexivas, designar o metatopos da utopia e da convivência política social para a colocação de uma comunidade possível, que se saiba alternativa mas sem ambivalências semânticas. Um projeto reestruturador da percepção da comunidade como organismo político à frente de um novo programa de Estado..
Palavras-chave: Estado de Direito; Pós-modernidade; Teoria de Estado e Constituição.
3.
Direito do Desenvolvimento

Objetivo: O direito do desenvolvimento, ramo do direito econômico, surge inserido em uma perspectiva de gestão econômica responsável e sustentável, buscando na aplicação de conceitos tradicionais da economia política instrumentos de viabilização da cidadania ativa e do bem-estar social. A nossa pesquisa visa uma aplicação dessa relação em compreender o favorecimento dos direitos sociais e das liberdades políticas no desenvolvimento das sociedades capitalistas contemporâneas..
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas
Grande Área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Economia / Subárea: Economia do Bem-Estar Social.
Grande Área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Direito / Subárea: Teoria do Direito / Especialidade: Sociologia Jurídica.
4.
A legitimidade jurídica como discurso da ordem política

Objetivo: Este tema supõe uma investigação do problema do direito em sua arquitetura legitimante. Embora este problema tenha sido descartado pelo positivismo como uma oposição superada pela autorreferencialidade do sistema de normas, a perspectiva lançada por esta investigação atende a um sentido inverso. Ela assume a vigência dos debates sobre a representação democrática, a soberania e a legitimidade da ordem política, porque considera as transformações institucionais ? que ora fortelecem e ora fragilizam ? sobre a estabilidade jurídica do Ente Soberano. Apoiados nesta transitoriedade, elegemos três linhas de problematização para esse tema de estudo: ? uma primeira (A), que versa sobre a elaboração histórica da técnica jurídica, instrumentalizada com os pressuspostos da escolástica medieval e depois dotada de artefatos dogmáticos próprios, mui necessários para a delimitação de toda a ratio iuris originária; ? uma segunda linha (B), que problematiza a filosofia política e a formação jurídica estatal até o problemático deficit de estabilidade institucional, que vem minando parte das convicções sobre a estreita identidade mantida por direito e Estado; ? e finalmente, uma terceira linha (C), que tomando as questões anteriores sobre o saber jurídico como técnica e o problema da legitimidade estatal, revitaliza essas teorias através das novas abstrações jurídicas, conforme as teses mais contemporâneas sobre a ideia da justiça..
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas
Palavras-chave: Legitimidade; Filosofia do Direito; Teoria do Estado.
5.
Poder e Cultura medievais
6.
Economia e mercados medievais


Projetos de pesquisa


2014 - Atual
Mercados alimenticios en la Edad Media: actores, mecanismos y dinámicas
Descrição: En el marco del proyecto de investigación ?Mercados alimenticios en la Edad Media: actores mecanismos y dinámicas?, se presenta el siguiente proyecto de tesis doctoral titulado ?Rey y estamentos: elementos jurídicos y económicos en los discursos institucionales de las Cortes catalanas de Pere el Cerimonioso?. Se propone un proyecto de tesis en cuanto a la estructura política y la representatividad en la Corona de Aragón medieval y, sobre todo, en Cataluña. Se trata de indagar en la identidad social de Cataluña, la significación de la representatividad social y el establecimiento de un aparato institucional que perduró hasta el siglo XVIII. Más allá de los tratamientos tradicionales de carácter descriptivo y básicamente de recorrido político, hay que adentrarse la renovación temática en la indagación social de la representatividad. Esto conlleva adentrarse en los mecanismos del poder y en los ejes de la identidad y la memoria común que entonces se elaboraron, para provecho de unos segmentos sociales concretos ?a los que habría indagar y cuyas consecuencias en los discursos de representatividad que hay que estudiar. Hay que situar esta investigación en el siglo XIV, dado que fue el momento configurador de estos mecanismos de poder y de representación. Invocando unos determinados discursos de representatividad, las asambleas estamentales conjugaron los vértices de un debate político que apura y filtra los valores de una pretendida tradición ?a modo de reelaborada memoria colectiva? que aboca a nuevos significados legislativos e incorpora una serie de términos de representatividad, el significado y contenido de los que cabe indagar, así como valorar el enlace con la potestad monárquica y la evolución conjunta hacia la plasmación de la idea de bien común. La evolución que estos contenidos tuvieron en toda Europa se plasmaron de manera muy específica a la Corona de Aragón y, sobre todo, en Cataluña, debido al cuerpo social específico. Las cortes fueron el ámbito de representatividad por excelencia, por lo que hay que centrarse en ella el estudio, sobre todo en los momentos en que consolida su capacidad y vigor a mediados del siglo XIV. El punto axial de la investigación, pues, se sitúa en los términos de la representatividad, en tres vertientes: cuál es el contenido y significación; cuál es el verdadero trasfondo social; y cuáles son las consecuencias políticas e institucionales que se derivan. Todo ello debe conducir a perfilar adecuadamente las ideas de la cohesión social, incluyendo la memoria común recreada y la ideología política compartida..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (6) .
Integrantes: Rogerio Ribeiro Tostes - Coordenador / Pere Benito Monclús - Integrante / Antoni Riera Melis - Integrante / Francesc Rodríguez Bernal - Integrante / Pol Serrahima - Integrante / Adam Franklin-Lyons - Integrante / Joan Montoro Maltas - Integrante.
2007 - 2009
As relações políticas da monarquia portuguesa com o reino de Aragão na segunda metade do século XIV
Descrição: Pesquisa de Iniciação Científica (CNPq), atinente a manisfestações sócio-culturais de uma rica rede de poder no contexto histórico medieval, da Península Ibérica. A natureza deste projeto de pesquisa tem vínculo direto com aquele que vem sendo proposto e desenvolvido há algum tempo por nossa orientadora. Assim, enquanto esta atenta-se para a posição do reino de Portugal baixo-medieval, detectando os eixos políticos internos e externos que compuseram sua malha de relações estratégicas e o motor para as transformações do espaço de dominação ibérico, nós procuraremos os indícios que o completem pela posição do reino de Aragão . Esta mesma dinâmica é a que buscamos atender para mapear as particularidades do reino de Aragão e sua projeção nessa estrutura global, ressaltando principalmente os vínculos mantidos com Portugal à luz do crescente hegemonismo de Castela como potência cardeal na Península. Dentre os objetivos próximos dessa pesquisa, procurar-se-á uma compreensão histórica sobre a conexão entre os mencionados reinos, que, levando em conta a apreciação crítica de fontes disponíveis, recolherá os indícios anunciados pelas atuações diplomáticas então adotadas, bem como as motivações implícitas e as escolhas possíveis de cada um desses pólos no momento de enfrentamento pela recomposição do espaço continental. Palavras-chave: política medieval, poderio régio, relações luso-aragonesas..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Rogerio Ribeiro Tostes - Integrante / Fátima Regina Fernandes - Coordenador.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 7


Membro de corpo editorial


2015 - Atual
Periódico: 18883931


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Direito / Subárea: Teoria do Direito/Especialidade: Teoria do Estado.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História Antiga e Medieval.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Teoria Política/Especialidade: Teoria Política Moderna.
4.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Direito / Subárea: Teoria do Direito/Especialidade: História do Direito.
5.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Direito / Subárea: Teoria do Direito/Especialidade: Filosofia do Direito.


Idiomas


Italiano
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Inglês
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Francês
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Latim
Compreende BemLê Bem, Escreve Razoavelmente.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Catalão
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Alemão
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.
Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.


Prêmios e títulos


2013
LXXXII Cartell de Premis i de Borses d'Estudi Sant Jordi, Institut d'Estudis Catalans, Institut d'Estudis Catalans/Generalitat de Catalunya.
2012
Beques d'Assistència Càtedra d'estudis medievals del Comtat d'Urgell: XVII Curs d'estiu, Grup de Recerca Consolidat en Estudis Medievals.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
TOSTES, Rogerio2018TOSTES, Rogerio. Entre o soberano e a voluntas publica: esboço para um itinerário de conceitos na Catalunha baixo-medieval. En la España Medieval, v. 41, p. 277-299, 2018.

2.
TOSTES, Rogerio2017TOSTES, Rogerio. The Ars of Ramon Llull and its demonstrative reasoning: Philosophical Structure, Representation and Hybrid Discourse. Science & Esprit, v. 69, p. 335-347, 2017.

3.
TOSTES, Rogerio2016TOSTES, Rogerio. A cultura jurídica como (arte)fato: uma pontuação historiográfica. HISTÓRIA DA HISTORIOGRAFIA, p. 177-184, 2016.

4.
TOSTES, Rogerio Ribeiro2016TOSTES, Rogerio Ribeiro. Antes do Estado, a soberania da comunidade: uma leitura da moeda como instituição fiduciária na construção jurídico-filosófica europeia. REVISTA DA RECEITA FEDERAL - ESTUDOS TRIBUTÁRIOS E ADUANEIROS, v. 3, p. 217-249, 2016.

5.
TOSTES, R.2015TOSTES, R.. As Cortes Catalãs como ?locus? de criação semântica. eHumanista/IVITRA, v. 7, p. 211, 2015.

6.
TOSTES, Rogerio2013TOSTES, Rogerio. A participação política e o regimento da coisa pública nos escritos de Francesc Eiximenis. Scintilla (FFSB), v. 9, p. 87-111, 2013.

7.
TOSTES, Rogerio2010TOSTES, Rogerio. Da fragmentação dos dizeres à aniquilação dos saberes, a erudição sem nome. Cadernos de Clio, v. 1, p. 54-63, 2010.

8.
TOSTES, Rogerio2009TOSTES, Rogerio. Apontamentos sobre o Direito Medieval Catalão: autonomia e pluralismo jurídicos na tradição histórica catalã (XII-XV). PENSAR (UNIFOR), v. 14, p. 89-96, 2009.

9.
TOSTES, Rogerio2006TOSTES, Rogerio. O nascimento do Purgatório como preparação para o burguês: espaços citadinos, teologia social medieval. Revista Vernáculo, v. 17-18, p. 126-137, 2006.

Capítulos de livros publicados
1.
TOSTES, Rogerio. Antes da Voluntas Publicae: Simbologia e linguagem política nos anos de Pedro, o Cerimonioso. In: SABATÉ, Flocel; BRUFAL, Jesús. (Org.). Investigar l'Edat Mitjana. 1ed.Lleida: Pagès, 2018, v. , p. 85-99.

2.
TOSTES, Rogerio. Entre a História e o Direito: Pontuações Sobre uma Questão Antiga. In: BONATO, Gilson. (Org.). Temas Jurídicos Contemporâneos: Estudos em comemoração aos 10 anos do Curso de Direito - FESP. 1ed.Rio de Janeiro: Lumen Juris, 2017, v. , p. 385-404.

3.
TOSTES, Rogerio. Representação política e debate institucional na Catalunha da Baixa Idade Média. In: BIRRO, Renan M; CAMPOS, Carlos E. C.. (Org.). Relações de Poder: da Antiguidade ao Medievo - Relations of Power: from Antiquity to the Middle Ages. 1ed.Vitória: Departamento de Línguas, Universidade Federal do Espírito Santoi, 2013, v. 1, p. 489-546.

4.
TOSTES, Rogerio. Da categorização do Estado de Direito à crise do Estado-Providência. In: MENEZES, Wagner. (Org.). Estudos de Direito Internacional (7º Congresso Brasileiro de Direito Internacional, 2009, Curitiba). 1ed.Curitiba: Juruá, 2009, v. XVII, p. 454-465.

5.
TOSTES, Rogerio. Por uma outra Integração: modernidade e territorialidade cultural na América Latina. In: MENEZES, Wagner. (Org.). Estudos de Direito Internacional (6º Congresso Brasileiro de Direito Internacional, 2008, Curitiba). 1ed.Curitiba: Juruá, 2008, v. XIV, p. 319-327.

6.
TOSTES, Rogerio. Uma pós-modernidade para a América Latina: desafios à sociabilidade e às relações interculturais. In: MENEZES, Wagner. (Org.). Estudos de Direito Internacional (5º Congresso Brasileiro de Direito Internacional, 2007, Curitiba). 1ed.Curitiba: Juruá, 2007, v. XI, p. 333-341.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
LORENZETTO, B. M. ; TOSTES, Rogerio . Os lugares da différance, entre políticas afirmativas autonomistas e a chegada do imigrante diaspórico: o caso da Catalunha e de seus Outros. In: Seminário Nacional Sociologia & Política: Repensando Desigualdades em Novos Contextos, 2011, Curitiba. Anais do Evento, vol. 4: Política Internacional, Política Externa e Migrações Internacionais, 2011. v. 4.

2.
TOSTES, Rogerio. Territórios imaginários: a institucionalização do discurso intelectual na construção identitária catalã. In: I Simpósio Nacional de Geografia Política, Território e Poder - I GeoSimpósio, 2009, Curitiba. Anais do I Simpósio Nacional de Geografia Política, Território e Poder, 2009.

3.
TOSTES, Rogerio. Relações estamentais durante os Parlamentos Catalães: Pere el Cerimoniós e o braç reial nas convocações de 1366-1367. In: VIII EIEM - As múltiplas expressões da Idade Média: FIlosofia, Artes, Letras, História e Direito, 2009, Vitória. SANTOS, Bento Silva. COSTA, Ricardo da (orgs.). Anais do VIII Encontro Internacional de Estudos Medievais. Cuiaba: Ed. UFMS, 2009. v. 2. p. 391-399.

4.
DONADIO, A. P. ; TOSTES, Rogerio . Unidades de Conservação Federais de Proteção das Florestas com Araucárias e nos Campos Naturais Associados no Estado do Paraná ? análise da criação, implantação e seus reflexos. In: 12º Congresso Internacional de Direito Ambiental: homenagem ao Ministro Sepúlveda Pertence, 2008, São Paulo. 12º Congresso Internacional de Direito Ambiental: Mudanças climáticas, biodiversidade e uso sustentável de energia/climate change, biodiversity and sustainable energy use. BENJAMIN, Antonio Herman; LECEY, Eladio; CAPPELLI, Silvia (coords.). São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2008. v. 2. p. 287-301.

5.
TOSTES, Rogerio. O ius commune no Direito Medieval Catalão: considerações sobre formação da autonomia e da tradição jurídica catalã nos séculos XII-XV. In: Encontros de História do Direito / Jornadas do IBHD: A construção do Direito Penal e do Processo Penal Modernos, 2008, Florianópolis. Jornadas do IBHD: A construção do Direito Penal e do Processo Penal Modernos. Florianópolis: UFSC, 2008.

6.
TOSTES, Rogerio. Os silêncios de Pedro, o Cru na guerra entre Castela e Aragão: algumas notas sobre neutralidade e estratégias peninsulares, 1356-1369. In: VII Semana de Estudos Medievais - Instituto de Filosofia e Ciências Sociais da UFRJ, 2007, Rio de Janeiro. Atas da VII Semana de Estudos Medievais. Rio de Janeiro: EdUFRJ, 2007. v. 1.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
TOSTES, Rogerio. As relações políticas da monarquia portuguesa com o reino de Aragão na segunda metade do século XIV. In: 17.º EVINCE/ 2.º EINTI - UFPR, 2009, Curitiba. Livros de Resumos 17.º EVINCE/ 2.º EINTI, 2009.

2.
TOSTES, Rogerio. As relações políticas da monarquia portuguesa com o reino de Aragão na segunda metade do século XIV. In: 16.º EVINCE/ 1.º EINTI - UFPR, 2008, Curitiba. Livros de Resumos do 16.º EVINCE/ 2.º EINTI - UFPR, 2008.

3.
TOSTES, Rogerio. Os silêncios de Pedro, o Cru na guerra entre Castela e Aragão: algumas notas sobre neutralidade e estratégias peninsulares, 1356-1369. In: VII Semana de Estudos Medievais - Instituto de Filosofia e Ciências Sociais da UFRJ, 2008, Rio de Janeiro. Caderno de Resumos da VII Semana de Estudos Medievais do Programa de Estudos da UFRJ. Rio de Janeiro, 2008.

Artigos aceitos para publicação
1.
TOSTES, Rogerio. Els artificis i la tècnica del dret dins els arguments de la representativitat al regnat de Pere el Cerimoniós.. Revista de Dret Històric Català, 2018.

Apresentações de Trabalho
1.
TOSTES, Rogerio Ribeiro. A Catalunha e a encruzilhada identitária em sua história: um problema do presente. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
TOSTES, Rogerio. Zeladors de la honor et bé de vostra reyal corona et de la cosa pública?. La prerrogativa de juzgar y el pactismo en los últimos años de Pedro el Ceremonioso,. 2017. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

3.
TOSTES, Rogerio. Da criação do soberanismo ao discurso da representatividade nos Parlamentos Medievais: Catalunha, século XIV. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
TOSTES, Rogerio. Autoridad, comunidad política y representación: una disputa semántica en la Cataluña de la segunda mitad del siglo XIV. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

5.
TOSTES, Rogerio. ?Profit comú? y moral economica: las aportaciones de Francesc Eiximenis al ideal de la comunidad civil. 2015. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

6.
TOSTES, Rogerio. A participação de Pedro o Cerimonioso na Guerra do Estreito: ajustes e pactos estamentais nos primeiros anos de seu reinado. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

7.
TOSTES, Rogerio. Del ?corpus mysthicum? o de la transcendència de la comunitat: sentits i expressions dins el pensament cristià baix-medieval. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

8.
TOSTES, Rogerio. 'No és solament supplicació? ans és semblant a definició': The Medieval Courts and juridical discourse in the public speech. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

9.
TOSTES, Rogerio. El concepto de ?potestas? y el pactismo jurídico en las cortes de Pere el Cerimoniós. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

10.
TOSTES, R.. Política e Soberania medievais na Coroa de Aragão. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

11.
TOSTES, Rogerio. As Cortes Catalãs como espaço simbólico: os discursos curiais e a enunciação sintética do direito medieval. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

12.
TOSTES, Rogerio. A historiografia catalanista e seus repasses institucionais: um estudo de caso sobre revisionismo e memória histórica. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

13.
TOSTES, Rogerio. The Ars generalis ultima of Ramon Llull and its demonstrative reasoning: philosophical structure, representation and hybrid discourse. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

14.
TOSTES, Rogerio. Francesc Eiximenis e o Infante Pere de Ribagorça: duas perspectivas franciscanas sobre o titular régio. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

15.
TOSTES, Rogerio. ?Territórios imaginários?: a institucionalização do discurso intelectual na construção identitária catalã. 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

16.
TOSTES, Rogerio. A distribuição da justiça e a fragmentação jurisdicional na Catalunha baixo-medieval. O poder de punir e as violências urbanas na paisagem social do século XIV.. 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

17.
TOSTES, R.. O problema do direito comum como sistema iuris: entre a difusão e a recepção, reparos ao caso ibérico medieval. 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

18.
TOSTES, R.. Relações estamentais durante os Parlamentos Catalães: Pere el Cerimoniós e o braç reial nas convocações de 1366-1367. 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

19.
TOSTES, Rogerio. As relações políticas da monarquia portuguesa com o reino de Aragão na segunda metade do século XIV. 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

20.
TOSTES, Rogerio. Entre o direito e a história: pontuações sobre uma questão antiga. 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

21.
DONADIO, A. P. ; TOSTES, Rogerio . Unidades de Conservação Federais de Proteção das Florestas com Araucárias e nos Campos Naturais Associados no Estado do Paraná análise da criação, implantação e seus reflexos. 2008. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

22.
TOSTES, Rogerio. O ius commune no Direito Medieval Catalão: considerações sobre formação da autonomia e da tradição jurídica catalã nos séculos XII-XV. 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

23.
TOSTES, Rogerio. Por uma outra Integração: modernidade e territorialidade cultural na América Latina. 2008. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

24.
TOSTES, Rogerio. As relações políticas da monarquia portuguesa com o reino de Aragão na segunda metade do século XIV. 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

25.
TOSTES, Rogerio. Legitimação e Direito sob a Coroa Catalano-Aragonesa: dos Usatges e das coexistências jurídicas no século XIV. 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

26.
TOSTES, Rogerio. Assunção e crise do Estado-Providência e a desnaturalizacão do Direito ao Estado de Direito. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

27.
TOSTES, Rogerio. Os silêncios de Pedro, o Cru na guerra entre Castela e Aragão: algumas notas sobre neutralidade e estratégias peninsulares. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

Outras produções bibliográficas
1.
TOSTES, Rogerio. Resenha de: 'Paolo Evangelisti. La balanza de la soberanía. Moneda, poder y ciudadanía en Europa (s. XIV-XVIII), Editorial Ausa, Barcelona, 2015'. Revista NUMISMA, LXVI, núm. 260.. Madrid: Museo Casa de la Moneda, Sociedad Iberoamericana de Estudios Numismáticos, 2017 (Resenha crítica).

2.
TOSTES, Rogerio. A Cultura Jurídica como (arte)fato: uma pontuação historiográfica. Ouro Preto: Edufop, 2016 (Resenha crítica).

3.
TOSTES, Rogerio. Els canvis de vocabulari polític i la seva posició institucional dins les Corts catalanes de Pere el Cerimoniós 2014 (Memória de pesquisa financiada pelo Institut d'Estudis Catalans).

4.
TOSTES, Rogerio. Península Ibérica e Sociabilidades Políticas: poderes simbólico e político na nobreza entre os séculos XII-XIV 2007 (Laboratório de Pesquisa e Ensino de História Antiga e Medieval - UFPR).

5.
TOSTES, Rogerio. Do Estado de Direito para um Estado de Justiça: a emancipação social e a democracia participativa na pós-modernidade. 2006. Pontifícia Universidade Católica do Paraná. 2006 (Monografia apresentada ao Curso de Graduação em Direito).


Produção técnica
Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
ISAAC, F. ; TOSTES, Rogerio . Chaired Special Free Session, at International Medieval Meeting 2013. 2013. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).


Demais tipos de produção técnica
1.
TOSTES, Rogerio. História do Direito em Filmes. 2017. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

2.
TOSTES, Rogerio. Séries de História Plataforma Saca Só. 2017. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Briefings séries Saca Só ? Click Brain).

3.
TOSTES, Rogerio. Módulo de História Medieval. 2016. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Material didático ensino à distância. Uninter).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
SALDANHA, E.; SCHROEDER SOBRINHO, L.; TOSTES, R.. Participação em banca de Pedro Andrade Guimarães Filho.A Revolução da Informação: reflexões acerca da regulação da internet. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Direito) - Centro Universitário Franciscano do Paraná.

2.
COEN, P. C.; GUIMARAES, R. R. C.; TOSTES, R.. Participação em banca de Giovanna Pacheco Parras.A hipnose como meio de prova no processo penal. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Direito) - Centro Universitário Franciscano do Paraná.

3.
SCHROEDER SOBRINHO, L.; TOSTES, R.; MUELLER, D.. Participação em banca de Luiz Carlos de Oliveira.A Judicialização do Direito à Saúde. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Direito) - Centro Universitário Franciscano do Paraná.

4.
SCHROEDER SOBRINHO, L.; MUELLER, D.; TOSTES, R.. Participação em banca de Daniel Henrique Sandes.A judicialização do direito à saúde e a interferência no orçamento público. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Direito) - Centro Universitário Franciscano do Paraná.

5.
SCHROEDER SOBRINHO, L.; MUELLER, D.; TOSTES, R.. Participação em banca de Roberta Alves Pinto Guimarães.O controle judicial dos atos administrativos discricionários. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Direito) - Centro Universitário Franciscano do Paraná.

6.
SCHROEDER SOBRINHO, L.; MUELLER, D.; TOSTES, R.. Participação em banca de Meilanny Suelyn Ruy Fontoura.A exclusão de portadores de doenças graves na investidura de cargos públicos e a ponderação entre normas e princípios: um estudo de caso. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Direito) - Centro Universitário Franciscano do Paraná.

7.
SCHROEDER SOBRINHO, L.; MUELLER, D.; TOSTES, R.. Participação em banca de Assíria Maria Linhares Masetti.Concessão de serviço público de transporte ferroviário de cargas: um estudo de caso no estado do Rio Grande do Sul e a efetividade da norma. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Direito) - Centro Universitário Franciscano do Paraná.




Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
III Jornades d'Història al Monestir de les Avellanes: L'espai sagrat al món monàstic medieval. 2012. (Congresso).

2.
II International Medieval Meeting Lleida. Francesc Eiximenis e o Infante Pere de Ribagorça: duas perspectivas franciscanas sobre o titular régio. 2012. (Congresso).

3.
Mutações: Elogio à Preguiça. 2012. (Seminário).

4.
XVII Càtedra d'Estiu Comtat d'Urgell: Ruptures i legitimació dinàstiques. 2012. (Congresso).

5.
Seminário Nacional Sociologia & Política: Repensando Desigualdades em Novos Contextos.Os lugares da différance, entre políticas afirmativas autonomistas e a chegada do imigrante diaspórico: o caso da Catalunha e de seus Outros. 2011. (Seminário).

6.
Conferência com Prof. Dr. António Manuel Hespanha: "O iudicium do ius commune e a idéia contemporânea de ponderação". 2009. (Outra).

7.
Conferência com Prof. Dr. José Ramón Narváez Hernández: "Cultura Jurídica - um conceito na História". 2009. (Outra).

8.
III Semana Acadêmica de História - UFPR.A distribuição da justiça e a fragmentação jurisdicional na Catalunha baixo-medieval. O poder de punir e as violências urbanas na paisagem social do século XIV. 2009. (Outra).

9.
I Simpósio Nacional de Geografia Política, Território e Poder - I GeoSimpósio.Territórios imaginários: a institucionalização do discurso intelectual na construção identitária catalã. 2009. (Simpósio).

10.
IV Congresso do IBHD: "Autonomia do direito: configurações do jurídico entre política e sociedade". o problema do direito comum como sistema iuris: entre a difusão e a recepção, reparos ao caso ibérico medieval. 2009. (Congresso).

11.
IV Encontro Escravidão e Liberdade no Brasil Meridional. 2009. (Encontro).

12.
VIII Encontro Internacional de Estudos Medievais - ABREM.Relações estamentais durante os Parlamentos Catalães: Pere el Cerimoniós e o braç reial nas convocações de 1366-1367. 2009. (Encontro).

13.
12º Congresso Internacional de Direito Ambiental / 13º Congresso Brasileiro de Direito Ambiental/ 3º Congresso de Direito Ambiental dos Países de Língua Portuguesa e Espanhola. Unidades de Conservação Federais de Proteção das Florestas com Araucárias e nos Campos Naturais Associados no Estado do Paraná análise da criação, implantação e seus reflexos. 2008. (Congresso).

14.
3º Congresso de Estudantes de Direito Ambiental. 2008. (Congresso).

15.
6º Congresso Brasileiro de Direito Internacional. Por uma outra Integração: modernidade e territorialidade cultural na América Latina. 2008. (Congresso).

16.
A Produção Científica dos PETs Ciências Sociais, Direito, Filosofia e História da UFPR. 2008. (Outra).

17.
Conferência com Prof. Dr. António Manuel Hespanha: "Será que a Democracia e a Constituição ainda são o que eram?". 2008. (Outra).

18.
Encontros de História do Direito / Jornadas do IBHD: A construção do Direito Penal e do Processo Penal Modernos.O ius commune no Direito Medieval Catalão: considerações sobre formação da autonomia e da tradição jurídica catalã nos séculos XII-XV. 2008. (Encontro).

19.
III Ciclo Internacional de Estudos Antigos e Medievais / X Ciclo de Estudos Antigos e Medievais -. Legitimação e Direito sob a Coroa Catalano-Aragonesa: dos Usatges e das coexistências jurídicas no século XIV. 2008. (Congresso).

20.
III Evento de Extensão de Pesquisa Histórica. "Fontes Históricas: Métodos e Tipologias". 2008. (Outra).

21.
Jornada de Estudo: ?Transferências culturais ao longo da História ? conceituação e estudos de casos?. 2008. (Outra).

22.
Semana Acadêmica do CAHS - "Direitos Fundamentais e a Dogmática Jurídica Contemporânea". 2008. (Outra).

23.
XXVIII ENEH - Encontro Nacional de Estudantes de História. 2008. (Encontro).

24.
III Congresso Brasileiro de História do Direito - "Do Antigo Regime à Modernidade Jurídica". 2007. (Congresso).

25.
I Jornada de Produção Científica em Direitos Fundamentais e Estado.Assunção e crise do Estado-Providência e a desnaturalizacão do Direito ao Estado de Direito. 2007. (Outra).

26.
I Seminário Argentina-Brasil-Chile de História Antiga e Medieval. ?Instituições, Poderes e Jurisdições". 2007. (Seminário).

27.
I Simpósio Antigos e Modernos. "Encruzilhadas entre história e literatura". 2007. (Simpósio).

28.
I Simpósio Antigos e Modernos - UFPR: encruzilhadas entre história e literatura. 2007. (Simpósio).

29.
VII Semana de Estudos Medievais - Instituto de Filosofia e Ciências Sociais da UFRJ.Os silêncios de Pedro, o Cru na guerra entre Castela e Aragão: algumas notas sobre neutralidade e estratégias peninsulares. 2007. (Outra).

30.
XXIV Simpósio Nacional de História - ANPUH: "História e Multidisciplinaridade: territórios e deslocamentos". 2007. (Simpósio).

31.
IX Congresso Ibero-Americano e VII Simpósio Nacional de Direito Constitucional. 2006. (Congresso).

32.
Mesa Redonda - "Historia das Guerras" - UFPR. 2006. (Outra).

33.
I Encontro de Direito e Cultura Latino-americanas: "Diversidade, Identidade e Emancipação". 2005. (Encontro).

34.
VI Jornada Setecentista - Centro de Documentação e Pesquisa de História dos Domínios Portugueses - UFPR. 2005. (Encontro).

35.
II Congresso Brasileiro de Direito Internacional. 2004. (Congresso).

36.
VI Simpósio Nacional de Direito Constitucional. 2004. (Simpósio).

37.
XXIV ENED - Encontro Nacional dos Estudantes de Direito. 2003. (Encontro).

38.
IV Simpósio Nacional de Direito Constitucional. 2002. (Simpósio).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Marielle Neves. O Direito e seu discurso: entre Performance e Retórica na semântica jurídica. Início: 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Direito) - Centro Universitário Franciscano do Paraná. (Orientador).



Educação e Popularização de C & T



Apresentações de Trabalho
1.
TOSTES, Rogerio. Autoridad, comunidad política y representación: una disputa semántica en la Cataluña de la segunda mitad del siglo XIV. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).


Desenvolvimento de material didático ou instrucional
1.
TOSTES, Rogerio. Módulo de História Medieval. 2016. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Material didático ensino à distância. Uninter).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 14/12/2018 às 9:01:10