Manoel Augusto da Silva Guerreiro

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/4457315931133317
  • Última atualização do currículo em 23/04/2018


Graduado em Química (Licenciatura) pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2009), mestre em Educação Para a Ciência pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2015) e doutorando no programa de pós-graduação em Educação da FE - Unicamp (2016). Membro do Grupo de Estudo e Pesquisa em Ciência e Ensino (gepCE/Unicamp) na linha Ensino e Formação de Professores em Ciência, Tecnologia, Sociedade e Ambiente. Atua principalmente nos sequintes temas: Ensino de Química, Jogos Digitais, Jogos Didáticos e Game Design. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Manoel Augusto da Silva Guerreiro
Nome em citações bibliográficas
GUERREIRO, Manoel Augusto da Silva

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Educação.
Avenida Bertrand Russell, 801
Cidade Universitária
13083865 - Campinas, SP - Brasil
Telefone: (19) 35215552
URL da Homepage: www.fe.unicamp.br


Formação acadêmica/titulação


2016
Doutorado em andamento em Educação.
Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.
Orientador: Prof. Dr. Pedro da Cunha Pinto Neto.
2013 - 2015
Mestrado em Educação Para a Ciência.
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
Título: Os efeitos do Game Design no processo de criação de Jogos Digitais utilizados no Ensino de Química e Ciências - O que devemos considerar ?,Ano de Obtenção: 2015.
Orientador: Prof. Dr. Wilson Yonezawa.
Palavras-chave: Game Design; Jogos; Ensino; Química.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra
2003 - 2009
Graduação em Licenciatura em Química.
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.




Formação Complementar


2015 - 2015
Extensão universitária em Programa de Ensino de Língua Brasileira de Sinais - LIBRAS - Módulo I. (Carga horária: 45h).
Universidade Federal de São Carlos, UFSCAR, Brasil.
2013 - 2013
Extensão universitária em Ludicidade e suas implicações. (Carga horária: 4h).
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
2013 - 2013
XIV Reunião Técnica 2013 - Pós Graduação. (Carga horária: 12h).
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.


Atuação Profissional



Instituto de Química de Araraquara, IQ/UNESP, Brasil.
Vínculo institucional

2003 - 2003
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Proenq - Programa de Ensino de Química, Carga horária: 8
Outras informações
Bolsista BEU para desenvolver trabalhos na area de educação e informática. Trabalhar e gerenciar o ambiente de ensino à distäncia - Aulanet. Apoio aos professores e alunos que utilizam a plataforma Aulanet.

Atividades

01/2005 - 08/2006
Extensão universitária , CNPq, .

Atividade de extensão realizada
Bolsa CNPq - Estudos cristalográficos e Método de Rietveld.
11/2003 - 9/2004
Estágios , Pedagogia Cidadã, Instituto de Quimica.

Estágio realizado
Estagio realizado na area de computacao envolvendo o programa de ensino.
4/2003 - 10/2003
Estágios , Proenq, Instituto de Química.

Estágio realizado
Estagio realizado na area de informatica no Progama de Ensino de Quimica.

Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial - SP, SENAC, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - 2011
Vínculo: Professor Temporário, Enquadramento Funcional: Professor
Outras informações
Professor na disciplina de redes (Curso de TI/Linux)



Projetos de pesquisa


2009 - 2010
Caracterização de polimorfos em produtos farmacêuticos e matérias primas
Descrição: Fármacos podem se cristalizar de diversas formas (polimorfos). Os polimorfos podem apresentar diferenças nas propriedades físicas, químicas e na biodisponibilidade. O polimorfismo decorre das condições empregadas na síntese e purificação da substância, dependendo, por exemplo, do tipo de solvente utilizado e da temperatura da reação. A maioria dos fármacos é administrada na forma sólida (amorfo ou policristalino). As formas policristalinas são facilmente detectadas por difração de raios X e conhecendo a estrutura cristalina é possível a quantificação dos polimorfos nos fármacos através do Método de Rietveld. Neste projeto será estabelecido o procedimento adequado para obtenção dos dados de difração que permitam a quantificação inequívoca dos polimorfos presentes em alguns fármacos atualmente usados na indústria farmacêutica brasileira ou em farmácias de manipulação..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2007 - 2008
Estudo das Transições de Fase Estáveis e Metaestáveis na liga Cu-10%Al com adições de Ag
Descrição: O cobre é um metal de transição, do grupo 11, período 4 e bloco ?d?, segundo a classificação da tabela periódica proposta pela IUPAC. Ele é encontrado na natureza na forma de praticamente dois isótopos estáveis (Cu-63 e Cu-65), sendo o mais leve encontrado em maior quantidade (cerca de 69%) e outros 25 isótopos não estáveis , na forma de isótopos radioativos. Tem sua aplicação desde a Antigüidade (cerca de 10.000 AC), no fabrico de utensílios e armas. Inicialmente ele era retirado de alguns minerais, como os óxidos malaquita e azurita. O cobre e as ligas à base de cobre possuem uma combinação de propriedades físicas que têm sido utilizadas em uma ampla variedade de aplicações desde a Antigüidade. O cobre, quando não se encontra na forma de ligas, é tão mole e dúctil que é muito difícil de ser usinado; ainda, ele possui uma capacidade quase ilimitada de ser submetido à deformação plástica a frio. Além disso, ele é altamente resistente à corrosão em diversos ambientes, que incluem a atmosfera ambiente, a água do mar e alguns produtos químicos industriais. As propriedades mecânicas e a resistência à corrosão do cobre podem ser aprimoradas pela formação de ligas. A maioria das ligas de cobre não pode ser endurecida, ou ter a sua resistência mecânica melhorada através de procedimentos de tratamento térmico; conseqüentemente, a deformação plástica a frio e a formação de ligas por solução sólida devem ser utilizadas para melhorar essas propriedades mecânicas..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2004 - 2006
Caracterização de Materiais Por Técnicas de Difração de Raios X
Descrição: Este projeto visa tanto a preparação e caracterização de materiais policristalinos de interesse tecnológico quanto a formação de pessoal em caracterização estrutural e nanoestrutural (com difração de raios X). Nesse sentido (i) serão preparados materiais via ativação mecânica e rotas químicas (envolvendo quatro alunos de doutorado e um aluno de iniciação científica que passará a aluno de mestrado em março de 2004), e (ii) serão caracterizados materiais tipo espinélios preparados pelo grupo de Lucianna Gama, da Universidade Federal de Campina Gande (Paraíba) (envolvendo 1 aluno de doutorado, 1 aluno de mestrado que passará a doutorado em março de 2004, e uma alna de iniciação científica que passará a aluna de mestrado em março de 2004). Os materiais a serem preparados são ferroelétricos de estrutura perovskita (PbZrxTi1-xO3 dopados com W, Li e Ca; PbxCa1-xTiO3, BaxCa1-xTiO3, e BaxSr1-xTiO3), ferromagnéticos de estrutura tipo perovskita (manganitas de lantânio e estrôncio), ferromagnéticos de estrutura tipo espinélio (contendo Cr, Mn, Fe, Ni, Cu, Zn, Li). As caracterizações serão realizadas com o método de Rietveld com dados de difração de raios X obtidos com radiação de anôdo de cobre e/ou radiação proveniente de luz síncrotron. Com a luz síncrotron, serão realizadas medições em energias que permitam um contraste entre os átomos, para distingüi-los na estrutura cristalina. Os resusltados sobtidos serão correlacionados com as propriedades elétricas ou magnéticas dos materiais..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.


Projetos de extensão


2005 - 2007
Bolsista da Revista Eclética Química - Instituto de Química - UNESP/ Araraquara
Descrição: Bolsista da Revista Eclética Química para diagramação dos volumes e criação do site..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
2004 - 2005
Pedagogia Cidadã
Descrição: Projeto para capacitação de professores da rede pública de ensino..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.


Outros Projetos


2003 - 2004
Proenq - Bolsista BEU na area de informatica e educação
Descrição: Projeto voltado para a área de ensino à distância.
Situação: Concluído; Natureza: Outra.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Manoel Augusto da Silva Guerreiro - Integrante / Profa. Dra. Olga Maria Mascarenhas de Faria Oliveira - Coordenador.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Educação / Subárea: Ensino-Aprendizagem.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Educação / Subárea: Ensino-Aprendizagem/Especialidade: Métodos e Técnicas de Ensino.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Psicologia / Subárea: Psicologia do Ensino e da Aprendizagem/Especialidade: Ensino e Aprendizagem na Sala de Aula.
4.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Química / Subárea: Ensino.
5.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Química.


Idiomas


Espanhol
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.
Inglês
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.
Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Francês
Compreende PoucoLê Pouco.


Produções



Produção bibliográfica
Citações

Outras
Total de trabalhos:1
Total de citações:1
http://tecnologiasnaeducacao.pro.br/wp-content/uploads/2011/12/Softwares-educacionais-para-futuros-professores-de-Qu%C3%ADmica.pdf  Data: 01/12/2011

Artigos completos publicados em periódicos

1.
Zanon, Dulcimeire Aparecida Volante2008 Zanon, Dulcimeire Aparecida Volante ; GUERREIRO, Manoel Augusto da Silva ; Oliveira, Robson Caldas . Jogo didático Ludo Químico para o ensino de nomenclatura dos compostos orgânicos: projeto, produção, aplicação e avaliação. Ciências & Cognição (UFRJ), v. 13, p. 72-81, 2008.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
GUERREIRO, M. A. S.. Construindo um jogo digital educativo de Química: Uma análise doselementos lúdicos e pedagógicos.. In: IV Jornada de Produção Científica e Tecnológica / VII Ciclo de Palestras Tecnológica no Instituto Federal, 2015, São Roque/SP. Construindo um jogo digital educativo de Química: Uma análise doselementos lúdicos e pedagógicos., 2015.

2.
GUERREIRO, M. A. S.; YONEZAWA, W. M.Wilson Massashiro Yonezawa . GAME DESIGN NA PRODUÇÃO DE JOGOS DIGITAIS PARA ENSINO DE QUÍMICA. In: IV SINECT - Simpósio Nacional de Ensino de Ciência e Tecnologia, 2014, Ponta Grossa. GAME DESIGN NA PRODUÇÃO DE JOGOS DIGITAIS PARA ENSINO DE QUÍMICA.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
GUERREIRO, M. A. S.; YONEZAWA, W. M.Wilson Massashiro Yonezawa . MR. RATÔMICO - Uma proposta de jogo digital utilizado no ensino de conceitos químicos. In: VIII - Encontro Ibero-americano de Educação, 2013, Araraquara. VIII - Encontro Ibero-americano de Educação, 2013. p. 18-19.

Apresentações de Trabalho
1.
GUERREIRO, M. A. S.; YONEZAWA, W. M.Wilson Massashiro Yonezawa . GAME DESIGN NA PRODUÇÃO DE JOGOS DIGITAIS PARA ENSINO DE QUÍMICA. 2014. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

2.
GUERREIRO, Manoel Augusto da Silva; YONEZAWA, W. M.Wilson Massashiro Yonezawa . Mr. Ratômico- Uma proposta de jogo digital utilizado no ensino de conceitos químicos. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
GUERREIRO, Manoel Augusto da Silva; ADORNO, Antonio T. . Assessor Técnico - Revista Eclética Química. 2007.

Programas de computador sem registro
1.
GUERREIRO, M. A. S.. Mr. Ratômico - Jogo digital educativo de Química. 2014.

2.
Ludo Químico. 2009.

3.
GUERREIRO, Manoel Augusto da Silva; ADORNO, Antonio T. . Software de Gerenciamento da Revista Eclética Química. 2007.

4.
GUERREIRO, Manoel Augusto da Silva; Paiva-Santos , Carlos de Oliveira . Labcacc 2 - Portal do Laboratório Computacional de Análises Cristalográficas e Cristalinas. 2007.

Trabalhos técnicos
Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
GUERREIRO, M. A. S.. Escolas e estudantes desenvolvem games educativos. 2010. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

2.
GUERREIRO, Manoel Augusto da Silva. Entrevista Record News - Educação - Jogo Ludo Químico para Vestibulandos. 2009. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

3.
GUERREIRO, M. A. S.. Aluno da Unesp cria jogo sobre química para vestibulandos. 2009. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

4.
GUERREIRO, M. A. S.. Graduando cria jogo para aprendizado de química - Estudantes podem testar seus conhecimentos na área. 2009. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

5.
GUERREIRO, M. A. S.. Teste seus conhecimentos: química no tabuleiro virtual. 2009. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

6.
GUERREIRO, M. A. S.. Jogo de Araraquara testa conhecimento em Química. 2009. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

7.
GUERREIRO, Manoel Augusto da Silva. EPTV com Educação - Jogo Ludo Químico para Vestibulandos. 2009. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

Redes sociais, websites e blogs
1.
GUERREIRO, M. A. S.. Mr. Ratômico. 2014; Tema: Ensino de Química e Jogos Digitais. (Site).

2.
GUERREIRO, M. A. S.. Ludo Químico. 2009; Tema: Ensino de Química e Material didático. (Site).


Demais tipos de produção técnica
1.
GUERREIRO, M. A. S.. Criando jogos digitais educativos de Química - Possibilidades com o uso do Scratch.. 2015. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

2.
GUERREIRO, Manoel Augusto da Silva. Introdução ao Linux / Administração de Rede. 2011. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

3.
GUERREIRO, Manoel Augusto da Silva. Jogo Computacional - Ludo Químico. 2009. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Jogos Lúdicos).

4.
GUERREIRO, Manoel Augusto da Silva; Oliveira, Robson Caldas ; Zanon, Dulcimeire Aparecida Volante . Ludo Químico - Nomenclatura de Compostos Orgânicos. 2007. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Jogos Lúdicos).



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Ensino Médio 2017 - Um ano doloroso - EmPesquisa, Grupo de Estudos e Pesquisas em Políticas Públicas, Educação e Sociedade (GPPES) e Observatório da Educação (UFPR). 2017. (Seminário).

2.
Fóruns Permanentes : Educação e desafios do Magistério - "Jogo e Escola. (im)possibilidades?". 2017. (Outra).

3.
Neurociências e Educação - Fórum de aperfeiçoamento pedagógico do campus litoral norte - FORPAP- UFRGS. 2017. (Outra).

4.
Alunos de baixo desempenho e seus professores: duas pesquisas de doutorado em desenvolvimento na Inglaterra. 2016. (Seminário).

5.
Endoc 2016: Inovação no Ensino. 2016. (Encontro).

6.
SIED:EnPED:2016 (Simpósio Internacional de Educação a Distância e Encontro de Pesquisadores em Educação a Distância) - Etapa Presencialo. 2016. (Simpósio).

7.
SIED:EnPED:2016 (Simpósio Internacional de Educação a Distância e Encontro de Pesquisadores em Educação a Distância) - Etapa Virtual do. 2016. (Simpósio).

8.
XXIV Congresso de Iniciação Científica da UNICAMP (avaliador). 2016. (Congresso).

9.
I Escola de Verão em Informática na Educação (USP/São Carlos). 2015. (Outra).

10.
Curso Web of Science, EndNote e ResearchID.Curso Web of Science, EndNote e ResearchID - Thomson Reuters. 2014. (Outra).

11.
I Encontro Educacional Interdisciplinar - UNESP/FCL.Jogos digitais, Química e Ensino - Um olhar interdisciplinar para o processo de criação de um jogo digital.. 2014. (Encontro).

12.
XII Evento de Educação em Química - "Formação de professores e Políticas Públicas".O processo de criação de jogos digitais utilizados no Ensino de Química e Ciências : O que devemos considerar?. 2014. (Outra).

13.
Curso de extensão temático - Ludicidade e suas implicações nos processos de aprendizagem e desenvolvimento: Quando brincar é aprender ?. 2013. (Oficina).

14.
VII - Ciclo de Seminários - Educação em Perspectiva: Possíveis Olhares. 2013. (Seminário).

15.
XVIII Encontro Ibero-Americano de Educação.Mr. Ratômico - Uma proposta de jogo digital utilizado no ensino de conceitos químicos. 2013. (Encontro).

16.
Congresso de Iniciaçao Cientifica. UTILIZAÇÃO DE GRID COMPUTACIONAL NA DETERMINAÇÃO DE ESTRUTURAS CRISTALINAS : ESTUDO DO FOX GRID. 2009. (Congresso).

17.
VII - EVEQ - Evento de Educação em Química. Game Lúdico de Química para os alunos do ensino médio. 2009. (Congresso).

18.
XXI - CIC - Normalização para citação e referência bibliográfica de documentos impressos e eletrônico.. 2009. (Oficina).

19.
XVII - Congresso de Iniciação Científica. Aluno autor e Apresentador de Trabalhos. 2005. (Congresso).



Inovação



Programa de computador sem registro
1.
Ludo Químico. 2009.

2.
GUERREIRO, M. A. S.. Mr. Ratômico - Jogo digital educativo de Química. 2014.



Educação e Popularização de C & T



Programa de Computador sem registro de patente
1.
GUERREIRO, M. A. S.. Mr. Ratômico - Jogo digital educativo de Química. 2014.


Cursos de curta duração ministrados
1.
GUERREIRO, M. A. S.. Criando jogos digitais educativos de Química - Possibilidades com o uso do Scratch.. 2015. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).


Redes sociais, websites e blogs
1.
GUERREIRO, M. A. S.. Ludo Químico. 2009; Tema: Ensino de Química e Material didático. (Site).

2.
GUERREIRO, M. A. S.. Mr. Ratômico. 2014; Tema: Ensino de Química e Jogos Digitais. (Site).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 13/11/2018 às 15:08:37