Thiago de Abreu e Lima Florencio

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/2589730718287658
  • Última atualização do currículo em 08/07/2018


Graduação, Bacharelado e Licenciatura, em História (2003) e Mestrado em História Social da Cultura (2007) pela PUC-RIO. Pós-graduação Latu Sensu em História da África e do Negro no Brasil (2005) pela Universidade Cândido Mendes. Doutorado em Literatura, Cultura e Contemporaneidade (2014) pela PUC-RIO. Membro do FICINE (Fórum Itinerante de Cinema Negro). Atualmente é Professor Adjunto de História Afro-Brasileira e Indígena da Universidade Regional do Cariri. Vem realizando pesquisas e reflexões nas áreas de História, Estudos Culturais e Estudos Decoloniais com ênfase em presenças Negras, Africanas e Indígenas na História do Brasil colonial e nas produções audiovisuais. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Thiago de Abreu e Lima Florencio
Nome em citações bibliográficas
FLORENCIO, T. A. L.


Formação acadêmica/titulação


2010 - 2014
Doutorado em Literatura, cultura e contemporaneidade.
Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, PUC-RIO, Brasil.
Título: Constelações autoetnográficas: Produção de identidade, Performance e Colonialidade, Ano de obtenção: 2014.
Orientador: Heidrun Friedel Krieger Olinto de Oliveira.
Coorientador: Daniela Gianna Claudia Beccaccia Versiani.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
2005 - 2007
Mestrado em História Social da Cultura.
Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, PUC-Rio, Brasil.
Título: A busca da salvação entre a escrita e o corpo - Tupinambá, jesuítas e calvinistas,Ano de Obtenção: 2007.
Orientador: Eunícia Barros Barcellos Fernandes.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: Brasil colônia; Calvinistas; corpo; Jesuítas; salvação; Tupinambá.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Antropologia.
Grande Área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras.
Setores de atividade: Outros Setores.
2004 - 2005
Especialização em HIstoria da África e do negro no Brasil. (Carga Horária: 360h).
Universidade Candido Mendes, UCAM, Brasil.
Título: Cangoma me chamou - a música na (re)construção da identidade dos negros no Brasil.
Orientador: Edson Borges.
1998 - 2004
Graduação em Curso Superior Nancy III.
Alianca Francesa - Delegação Geral, AF/RJ, Brasil.
1997 - 2003
Graduação em HIstoria.
Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, PUC-Rio, Brasil.
Título: A Terra sem Mal e o Reino dos Céus. Tupi-Guarani, Jesuítas e Calvinistas - os sonhos de salvação.
Orientador: Eunicia Barcellos Barros Fernandes.
2008 interrompida
Curso técnico/profissionalizante interrompido em 2009 em Roteiro Cinematográfico.
Escola de Cinema Darcy Ribeiro, ECDR, Brasil.
Ano de interrupção: 2009




Formação Complementar


2017 - 2017
Encontros sobre arte, educação e esfera pública,. (Carga horária: 5h).
Museu de Arte de São Paulo, MASP, Brasil.
2017 - 2017
Descolonização e Educação Popular. (Carga horária: 5h).
Museu de Arte de São Paulo, MASP, Brasil.
2017 - 2017
ASPECTOS DO CONTINENTE AFRICANO E DE SUAS CONEXÕES COM O BRASIL. (Carga horária: 27h).
Centro de Pesquisa e Formação do Sesc São Paulo, SESC, Brasil.
2017 - 2017
Mapas Colaborativos. (Carga horária: 7h).
Centro de Pesquisa e Formação do Sesc São Paulo, SESC, Brasil.
2017 - 2017
Histórias da Escravidão. (Carga horária: 14h).
Museu de Arte de São Paulo, MASP, Brasil.
2017 - 2017
FRANZ FANON E O MOVIMENTO DE NEGRITUDE. (Carga horária: 16h).
Centro de Pesquisa e Formação do Sesc São Paulo, SESC, Brasil.
2016 - 2016
Extensão universitária em Antropogênese, técnica e política nos caminhos da arte no século XXI. (Carga horária: 60h).
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
2011 - 2011
Processo Criativo.
Escola de Artes Visuais do Parque Lage, EAV, Brasil.
2011 - 2011
Caminhos da Zona Portuária. (Carga horária: 7h).
Instituto de Pesquisa e Memória Pretos Novos, IPN, Brasil.
2006 - 2006
As missões jesuíticas nos Sete Povos das Missões. (Carga horária: 3h).
Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, PUC-Rio, Brasil.
2004 - 2004
Oficina mitos e constelações Tupi-Guarani.
Museu de Astronomia e Ciências Afins, MAST, Brasil.
2002 - 2002
Oficina de Teatro Antropológico - Potlach, Itália.
Governo do Estado do Acre, GOVERNO/AC, Brasil.
1997 - 1998
Documentação, historiografia formação historiador.
Programa de Integração Graduação - CAPES-MEC, PROIN, Brasil.
1996 - 1996
Estudos da Cultura e do Imaginário ocidental.
Financiadora de Estudos e Projetos, FINEP, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Regional do Cariri, URCA, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor História Afro-Brasileira e Indígena, Regime: Dedicação exclusiva.


Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, UNIRIO, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - 2017
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor Literatura, Carga horária: 8
Outras informações
Professor substituto das disciplinas Literaturas Africanas e Diálogos Interartísticos.


Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, PUC-Rio, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - 2016
Vínculo: Substituto, Enquadramento Funcional: Professor Literatura, Cultura Contemporanea, Carga horária: 4
Outras informações
Professor do curso "Releituras da Vida Selvagem no módulo "Atualidade dos Clássicos" dentro do curso de Especialização Latu Sensu em Literatura, Arte e Pensamento Contemporâneo oferecido pelo Departamento de Letras da PUC-RIO.


Universidade do Estado do Rio de Janeiro, UERJ, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - 2010
Vínculo: Professor substituto, Enquadramento Funcional: Professor de História, Carga horária: 6
Outras informações
Professor de História da África e Currículo


Instituto de Aplicação Fernando Rodrigues da Silveira, CAP - UERJ, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - 2010
Vínculo: Professor substituto, Enquadramento Funcional: Professor História, Carga horária: 12
Outras informações
Professor substituto de HIstória no Ensino Médio.


faculdades integradas simonsen, FIS, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - 2009
Vínculo: Professor substituo, Enquadramento Funcional: livre, Carga horária: 8
Outras informações
Professor do módulo "África contemporânea: descolonização e independência", dentro do curso de Pós-Graduação em História da África das Faculdades Integradas Simonsen.


Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - 2011
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: pesquisador, Carga horária: 4
Outras informações
Pesquisador vinculado ao Projeto Educação Superior de Indigenas no Brasil, sob coordenação do Professor Antonio Carlos de Souza Lima. Apesar da contribuição inicial no projeto, o processo de colaboração na pesquisa foi interrompido.


Alianca Francesa - Delegação Geral, AF/RJ, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - 2010
Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 21


Colégio Rio de Janeiro, CRJ, Brasil.
Vínculo institucional

2007 - 2008
Vínculo: livre, Enquadramento Funcional: professor de história


Escola Luíza Abranches, ELA, Brasil.
Vínculo institucional

2005 - 2005
Vínculo: livre, Enquadramento Funcional: professor de História, Carga horária: 8


Escola Nova, EN, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2009
Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Professor de História - Ensino Médio, Carga horária: 9


Sociedade de Educação Integrada Oga Mitá, SECOM, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2008
Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Professor de História - Ensino Fundamental, Carga horária: 6


Associação de Comunicação Educativa Roquete Pinto, ACERP, Brasil.
Vínculo institucional

1999 - 2000
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Suporte técnico em pesquisa de documentação, Carga horária: 12


Fundação Getúlio Vargas, FGV, Brasil.
Vínculo institucional

2001 - 2001
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pesquisador no CPDOC, Carga horária: 12



Projetos de pesquisa


2015 - Atual
NHISTAL - Núcleo de História Oral e Tradições
Descrição: O NHISTAL foi criado com o intuito de promover reflexões, pesquisas e ações de extensão universitárias mediadas pelos usos da história oral. De caráter transdisciplinar e imerso na grande área das Ciências Humanas, o grupo reúne pesquisadores e estudantes interessados em produzir conhecimentos e desenvolver ações de extensão a partir das relações entre história (oral) e outras áreas do conhecimento, estreitando os laços com a Sociologia, a Antropologia, a psicologia, as Letras, as Ciências Políticas e as Artes..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2014 - Atual
Fórum Itinerante de Cinema Negro
Descrição: O Fórum Itinerante de Cinema Negro (FICINE) é um espaço de formação e reflexão sobre a produção mundial de cinema, fotografia e audiovisual que tem os/as negros/as como realizadores/as e as culturas e as experiências negras como tema principal. O conceito abrange cinematografias distintas que se estendem dos países africanos às suas diásporas. De Zózimo Bulbul no Brasil à Isaac Julien no Reino Unido. De Ousmane Sembene no Senegal à Julie Dash nos Estados Unidos. De Zezé Gamboa em Angola a Jhonny Hendrix Hinestroza na Colômbia. O FICINE é composto por pesquisadores e pesquisadoras interessadas/os na produção, crítica, formação e qualificação de público para o debate acerca de tais cinematografias, tentando compreendê-las em seus sentidos fílmicos mais completos e não apenas como meras ilustrações ou alegorias sobre as histórias e as culturas negras no mundo. Problematizar a própria produção, mostrar como determinados contextos culturais constroem narrativas diversas e significativas, bem como criam gêneros e linguagens distintas é uma de nossas intenções. Além disso, o Fórum Itinerante de Cinema Negro procura refletir sobre as construções de identidades e subjetividades na diáspora e em África, pensando quais são as relações históricas e culturais responsáveis tanto pela perpetuação de heranças e tradições, quanto pela sustentação de estereótipos e preconceitos raciais. Desconstruir esses estereótipos e preconceitos faz parte de nossas intenções. Conhecer as imagens produzidas por cineastas negrxs é também um meio de descolonizar o pensamento sobre o cinema e ampliar o repertório de representação sobre o negro, a partir de um discurso produzido pelo próprio negro e não apenas por discursos sobre ele..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.


Projetos de extensão


2018 - Atual
Literatura e Cinematografia Negras: diálogos interartísticos e afrodiaspóricos
Descrição: O objetivo deste projeto é contribuir para a formação e ampliação do olhar de estudantes do Ensino Médio e do Ensino Superior acerca das produções literárias e cinematográficas negras. Entende-se que o regime diversificado de linguagens trazidos tanto pelo diálogo entre literatura e cinema, quanto pela especificidade das produções artísticas negras são fundamentais para ampliar nos estudantes um repertório de representação dos negros enquanto autores e sujeitos de sua história. Além disso, a aproximação desses saberes dentro de um contexto de intercâmbio entre Escola e Universidade fortalece a ampliação do reconhecimento e da valorização da identidade, história e cultura africana e afrodiaspórica, assim como o enfrentamento de estereótipos e preconceitos raciais.
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.


Membro de corpo editorial


2005 - 2006
Periódico: Transdições (Rio de Janeiro)


Revisor de periódico


2016 - Atual
Periódico: TEMPORALIDADES
2018 - Atual
Periódico: ENTRELACES (UFC)


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História Africana e Afro-Brasileira.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História Indígena.
3.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras / Subárea: Estudos culturais.
4.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: Estudos Decoloniais.
5.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História do Brasil Colônia.
6.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras / Subárea: Literatura, Artes e Cultura Visual.


Idiomas


Francês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Inglês
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.


Prêmios e títulos


2016
Aprovação em segundo lugar no Edital para seleção de bolsista Pós-Doutorado, Programa de Pós-Graduação em Artes da Cena - Escola de Comunicação da UFRJ.
2016
Aprovação em terceiro lugar concurso para Professor Substituto da Área de Letras - Oficina de Produção de Texto, UNIRIO.
1999
Prêmio de Edição Concurso Literário O amor na Literatura, Casa do Novo Autor.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
FLORENCIO, T. A. L.2018FLORENCIO, T. A. L.. Nativo Ausente e escrita-despacho. Revista Vazantes, v. 2, p. 61-70, 2018.

2.
ALCURE, A. S.2017ALCURE, A. S. ; FLORENCIO, T. A. L. . Ocupações Urgentes, Corpos Insurgentes. O PERCEVEJO ONLINE, v. 9, p. 89, 2017.

3.
FLORENCIO, T. A. L.2016FLORENCIO, T. A. L.. Banzar ao atá: por uma deriva etnográfica. Revista RED, v. 1, p. 65, 2016.

4.
FLORENCIO, T. A. L.2015FLORENCIO, T. A. L.. Lugares de Memória da escravidão: Rio DE JANEIRO, DAKAR E OUIDAH. Educere et Educare (Impresso), v. 10, p. 511-519, 2015.

5.
FLORENCIO, T. A. L.2012FLORENCIO, T. A. L.. Perder o pé é o mínimo dos riscos: o performático no 'Mestres Loucos' de Jean Rouch. Revista Escrita (PUCRJ. Online), v. 1, p. 1, 2012.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
FLORENCIO, T. A. L.. De quem te protege a muralha?. 1. ed. Rio de Janeiro: Editora Temporária, 2017. v. 150. 103p .

Capítulos de livros publicados
1.
FLORENCIO, T. A. L.. Banzar ao ata: por uma deriva etnográfica. In: Daniela Beccacia Versiani. (Org.). O eu se escreve, o outro me escreve. 1ed.rio de janeiro: 7 letras, 2015, v. 1, p. 141-163.

2.
FLORENCIO, T. A. L.. Palavra dançante / palavra polida - Jean de Léry e a experiência do. In: Alessandro Ventura da Silva; Fernando Ramlho Ney Montenegro Bentes; Guilherme Zarvos; Gustavo Arantes Camargo; Ive de Santana Cunha; Luis Felipe dos Santos Carvalho; Marcelo Magalhães; Miguel Jost; Thiago de Abreu e Lima Florencio. (Org.). Transdições. 1ed.Rio de Janeiro: Azougue, 2006, v. 1, p. 9-16.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
FLORENCIO, T. A. L.. 18 dias no Egito. ALmanaque Virtual - cultura em movimento, 19 out. 2011.

2.
FLORENCIO, T. A. L.. Abdias do Nascimento. Almanaque Virtual - cultura em movimento, 19 out. 2011.

3.
FLORENCIO, T. A. L.. Luto. Almanaque Virtual - cultura em movimento, 19 out. 2011.

4.
FLORENCIO, T. A. L.. Porfírio. Almanaque Virtual - cultura em movimento, 19 out. 2011.

5.
FLORENCIO, T. A. L.. Nem Alá, nem mestre. almanaque Virtual - cultura em movimento, 18 out. 2011.

6.
FLORENCIO, T. A. L.. Quando a China encontrou a África. Almanaque virtual - cultura em movimento, 17 out. 2011.

7.
FLORENCIO, T. A. L.. Nove Musas. Almanaque Virtual - cultura em movimento, 12 out. 2011.

8.
FLORENCIO, T. A. L.. Uma eleição africana, Gana vai às urnas. Almanaque Virtual - cultura em movimento, 11 out. 2011.

9.
FLORENCIO, T. A. L.. Massa cinzenta. Almanaque Virtual - cultura em movimento, 11 out. 2011.

10.
FLORENCIO, T. A. L.. Árvore do amor. Almanaque Virtual - cultura em movimento, 07 out. 2011.

11.
FLORENCIO, T. A. L.. Dublê do diabo. Almanaque virtual - cultura em movimento, 07 out. 2011.

12.
FLORENCIO, T. A. L.. José Martí, o olho do canário. Almanaque virtual - Cultura em movimento, 06 out. 2010.

13.
FLORENCIO, T. A. L.. Quem doutrina quem?. Almanaque virtual - Cultura em movimento, Rio de Janeiro, 08 out. 2009.

14.
FLORENCIO, T. A. L.. Dogma do século XXI. Almanaque virtual - Cultura em movimento, 08 out. 2009.

15.
FLORENCIO, T. A. L.. Neocolonialismo?. Almanaque virtual - Cultura em movimento, 08 out. 2009.

16.
FLORENCIO, T. A. L.. Levi-Strauss ao seu alcance. Almanaque virtual - Cultura em movimento, Rio de Janeiro, 05 out. 2009.

17.
FLORENCIO, T. A. L.. Saudoso ?selvagem?. Almanaque virtual - Cultura em movimento, Rio de Janeiro, 05 out. 2009.

18.
FLORENCIO, T. A. L.. Exercício de cidadania. Almanaque virtual - Cultura em movimento, Rio de Janeiro, 04 out. 2009.

19.
FLORENCIO, T. A. L.. A Cuba que ninguém vê. Almanaque virtual - Cultura em movimento, Rio de Janeiro, 04 out. 2009.

20.
FLORENCIO, T. A. L.. Sangue e cereja. Almanaque virtual - Cultura em movimento, Rio de Janeiro, 04 out. 2009.

21.
FLORENCIO, T. A. L.. Clã destinos. Almanaque virtual - Cultura em movimento, Rio de Janeiro, 30 set. 2009.

22.
FLORENCIO, T. A. L.. A migração dos fantasmas. Almanaque virtual - Cultura em movimento, Rio de Janeiro, 28 set. 2009.

23.
FLORENCIO, T. A. L.. Radiografia da crise. Almanaque virtual - Cultura em movimento, rio de janeiro, 26 set. 2009.

24.
FLORENCIO, T. A. L.. Longe demais de tudo. Almanaque virtual - Cultura em movimento, 26 set. 2009.

25.
FLORENCIO, T. A. L.. Uma fábula do capitalismo. Almanaque virtual - Cultura em movimento, Rio de Janeiro, 22 set. 2009.

26.
FLORENCIO, T. A. L.. Bons atores para pouco personagem. Almanaque virtual - cultura em movimento, 20 set. 2009.

27.
FLORENCIO, T. A. L.. Atena assassinada. Almanaque virtual - cultura em movimento, Rio de Janeiro, 09 set. 2009.

28.
FLORENCIO, T. A. L.. Revisão do passado -. Almanaque virtual - Cultura em movimento, Rio de Janeiro, 02 set. 2009.

29.
FLORENCIO, T. A. L.. Paraíso sujo. Almanaque virtual - Cultura em movimento.

30.
FLORENCIO, T. A. L.. Berlim-Jerusalém. Almanaque virtual - Cultura em movimento.

31.
FLORENCIO, T. A. L.. Bassidji, os guardiões do regime. Almanaque virtual - Cultura em movimento.

32.
FLORENCIO, T. A. L.. Picasso & Braque vão ao cinema. Almanaque virtual - Cultura em movimento.

33.
FLORENCIO, T. A. L.. Bróder. Almanaque virtual - Cultura em movimento.

34.
FLORENCIO, T. A. L.. Entre dois mundos. Almanaque virtual - Cultura em movimento.

35.
FLORENCIO, T. A. L.. Ex-isto. Almanaque virtual - Cultura em movimento.

36.
FLORENCIO, T. A. L.. A vida de Jesus. Almanaque virtual - Cultura em movimento.

37.
FLORENCIO, T. A. L.. Cortina de Fumaça. Almanaque virtual - Cultura em movimento.

38.
FLORENCIO, T. A. L.. Route Irish. Almanaque virtual - Cultura em movimento.

39.
FLORENCIO, T. A. L.. Vermelho, Branco & os Verdes. Almanaque virtual - Cultura em movimento.

40.
FLORENCIO, T. A. L.. A cruz do sul. Almanaque Virtual - cultura em movimento.

41.
FLORENCIO, T. A. L.. Banzar ao atá: por uma deriva etnográfica. RED - Revista de Ensaios Digitais.

42.
FLORENCIO, T. A. L.. FICINE no CINEMAISON - 1o Sessão. FICINE.

43.
FLORENCIO, T. A. L.. Corpo negro-africano no Cinema de Glauber Rocha (parte 1). FICINE.

44.
FLORENCIO, T. A. L.. O corpo negro-africano no cinema de Glauber Rocha (parte 2). FICINE.

45.
FLORENCIO, T. A. L.. Porfírio. Almanaque Virtual.

46.
FLORENCIO, T. A. L.. Hoje. Almanaque Virtual.

47.
FLORENCIO, T. A. L.. http://antigo.almanaquevirtual.com.br/ler.php?id=28547&tipo=&VOO+ESPECIAL+. Almanaque Virtual.

48.
FLORENCIO, T. A. L.. Pedras ao Sol. Almanaque Virtual.

49.
FLORENCIO, T. A. L.. Virando Bicho. Almanaque Virtual.

50.
FLORENCIO, T. A. L.. Republica di Mininus. ALmanaque Virtual.

51.
FLORENCIO, T. A. L.. Raça. Almanaque Virtual.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
FLORENCIO, T. A. L.. Corumbiara: o massacre indígena e os dilemas da imagem cinematográfica. In: XI Encontro Nacional de História Oral - Memória, Democracia e Justiça, 2012, RIo de Janeiro. XI Encontro Nacional de História Oral - Memória, Democracia e Justiça, 2012.

2.
FLORENCIO, T. A. L.. O corpo negro-africano no cinema de Glauber Rocha. In: XI Congresso Lus Afro Brasileiro de Ciências Sociais, 2011, Salvador - Bahia. Diásporas e artes visuais: poéticas e políticas das modernidades, 2011.

3.
FLORENCIO, T. A. L.. A câmera e o corpo negro-africano no cinema de Glauber Rocha. In: II Encontro Regional ?O Insólito como Questão na Narrativa Ficcional?. Simpósio ?Insólitas complexidades: olhares sobre práticas literárias?, 2011, RIo de Janeiro. Anais do II Encontro Nacional: O insólito como questão na narrativa ficcional. Rio de Janeiro: Dialogarts, 2011. v. 1. p. 228-242.

4.
FLORENCIO, T. A. L.. O Corpo e a Salvação ? Nóbrega e os Tupinambá. In: XIX Encontro Regional da Anpuh-São Paulo., 2008, São Paulo. Repensando a Resistência Indígena: História e Historiografia, 2008.

5.
FLORENCIO, T. A. L.. Entre o Bom selvagem e o maldito filho de Cam: a experiência do selvagem em Jean de Léry. In: III Simpósio Nacional de História Cultural - mundos da Imagem, do texto ao visual, 2006, Florianópolis. III Simpósio Nacional de História Cultural - Mundos da imagem, do texto ao visual. Florianópolis: Imprensa Universitária - UFSC, 2006. v. 1. p. 65-65.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
FLORENCIO, T. A. L.. CORPO NEGRO E TERRITORIALIDADE NO CINEMA DE SALVADOR DO INÍCIO DOS ANOS 60.. In: III Pensando Áfricas e suas Diásporas, 2012, Mariana, MG. CORPOREIDADES AFRO-DIASPÓRICAS: CORPO E ESPAÇO NA CONSTITUIÇÃO DE TERRITORIALIDADES NEGRAS, 2012.

2.
FLORENCIO, T. A. L.. Africanos e índios no cinema brasileiro dos anos 70. In: XIV Encontro Regional da ANPUH - RIO. Memória e Patrimônio, 2010, Rio de Janeiro. XIV Encontro Regional da ANPUH - RIO. Memória e Patrimônio, 2010.

3.
FLORENCIO, T. A. L.. A busca da salvação entre a escrita e o corpo ? Nóbrega e os Tupinambá. In: XII Encontro Regional de História - ANPUH-Rio: Identidades, 2008, Rio de Janeiro. Identidades e alteridades: ameríndios, 2008.

4.
FLORENCIO, T. A. L.. A terra sem mal e o Reino dos Céus - Tupi-Guarani, jesuítas e calvinistas: os sonhos de salvação.. In: II Simpósio Internacional de História: Cultura e Identidade - UFG, 2005, Goiânia. Caderno de Resumos II Simpósio Internacional de História: Cultura e identidade, 2005.

Apresentações de Trabalho
1.
FLORENCIO, T. A. L.. Uma experiência do uso de imagens em sala de aula: a relação entre a construção da identidade étnica tapuia e a construção social do sertão. 2018. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

2.
FLORENCIO, T. A. L.. Paulin Vieyra Precursor do Cinema Negr. 2018. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

3.
FLORENCIO, T. A. L.. A escrita como despacho - cartografia, deriva e ferida colonial. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
FLORENCIO, T. A. L.. Arte Agora - Partilhas de Matérias. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

5.
FLORENCIO, T. A. L.. Debate Reflexões sobre o cinema africano: histórias, políticas, estéticas e outras questões. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

6.
FLORENCIO, T. A. L.. Errar como prática estética - a leitura/escrita da cidade pelo encontro fortuito de corpos. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

7.
FLORENCIO, T. A. L.. Deriva Etnográfica: proposta prática e teórica para um pensamento através do objeto. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

8.
FLORENCIO, T. A. L.. A presença brasileira no cinema afrocubano de Gloria Rolando. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

9.
FLORENCIO, T. A. L.. Cuerpo africano y performance en la película Der leone have sept cabeças de Glauber Rocha.. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

10.
FLORENCIO, T. A. L.. O despacho como performatividade e afeto. 2015. (Apresentação de Trabalho/Outra).

11.
FLORENCIO, T. A. L.. Cuerpo negro y performance en el cine del atlántico sur (añoS 1950). 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

12.
FLORENCIO, T. A. L.. Corumbiara: o massacre indígena e os dilemas da imagem cinematográfica. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

13.
FLORENCIO, T. A. L.. CORPO NEGRO E TERRITORIALIDADE NO CINEMA DE SALVADOR DO INÍCIO DOS ANOS 60.. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

14.
FLORENCIO, T. A. L.. O corpo negro-africano no cinema de Glauber Rocha. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

15.
FLORENCIO, T. A. L.. A câmera cinematográfica e o corpo africano no cinema de Glauber Rocha. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

16.
FLORENCIO, T. A. L.. Africanos e índios no cinema brasileiro dos anos 70. 2010. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

17.
FLORENCIO, T. A. L.. A dança tem que se apoderar da tela, não? A câmera e o corpo negro-africano no cinema de Glauber Rocha.. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

18.
FLORENCIO, T. A. L.. 'Perder o pé é o mínimo dos riscos' - o performático nos 'Mestres Loucos' de Jean Rouch.. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

19.
FLORENCIO, T. A. L.. Como trabalhar o índio na historiografia?. 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

20.
FLORENCIO, T. A. L.. Entre o bom selvagem e o maldito filho de Cam - a experiência do selvagem em Jean de Léry. 2006. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

21.
FLORENCIO, T. A. L.. A Terra sem Mal e o Reino dos Céus. Tupi-Guarani, jesuítas e calvinistas: os sonhos de salvação. 2005. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

22.
FLORENCIO, T. A. L.. A presença da arte africana no Brasil a partir do acervo da exposição Artes da África (CCBB). 2004. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

Outras produções bibliográficas
1.
FLORENCIO, T. A. L.. O que você esconde? A pedagogia do incorpóreo. Rio de Janeiro: FAPERJ, 2015 (Capítulo submetido para publicação impressa do livro Territórios: fronteiras entre o simbólico, o im).

2.
FLORENCIO, T. A. L.; MELLO SOBRINHO, N. C. . História da virilidade: a virilidade em crise?. Petrópolis: Vozes, 2013. (Tradução/Livro).

3.
FLORENCIO, T. A. L.. A entrevista compreensiva. Petrópolis: Vozes, 2013. (Tradução/Livro).

4.
FLORENCIO, T. A. L.; MELLO SOBRINHO, N. C. . Para uma outra Idade Média: tempo, trabalho e cultura no Ocidente; 18 ensaios. Petrópolis: Vozes, 2013. (Tradução/Livro).

5.
FRAGA JUNIOR, O. S. ; MARQUES, A. J. ; FLORENCIO, T. A. L. . Outras Etiópias. Rio de Janeiro, 2012. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

6.
MELLO SOBRINHO, N. C. ; AREAS, J. B. ; FLORENCIO, T. A. L. . História da Filosofia. Petrópolis: Vozes, 2011. (Tradução/Livro).


Produção técnica
Processos ou técnicas
1.
FLORENCIO, T. A. L.. Oficina de prática de escrita em deriva programada para o Curso de Escritas Performáticas Módulo II CCE PUC-RIO. 2016.

2.
FLORENCIO, T. A. L.. Bando Editorial Favelofágico (Oficina de escrita a partir de procedimento de deriva programada). 2015.

3.
FLORENCIO, T. A. L.. Coletivo Bonobando e Teatro da Laje - Oficina de escrita em deriva programada. 2015.

Trabalhos técnicos
1.
FLORENCIO, T. A. L.. Parecerista da revista Temporalidades - Revista Discente do Programa de Pós-Graduação em História da UFMG, para a edição n. 20, v. 8, n. 1 (jan./mai. 2016).. 2016.


Demais tipos de produção técnica
1.
FLORENCIO, T. A. L.. Rupturas e revoluções: uma introdução à História da Arte. 2002. (Curso de curta duração ministrado/Outra).


Produção artística/cultural
Artes Cênicas
1.
Fabião, E. ; FLORENCIO, T. A. L. . Azul, azul, azul, azul e azul, performance de Eleonora Fabião, na exposição Das Virgens em Cardumes e da Cor das Auras, com curadoria de Daniela Labra.. 2016. Performática.

2.
ALCURE, A. S. ; FLORENCIO, T. A. L. ; ORADOVISCHI, L. . Cidade Correria - Coletivo Bonobando. Trabalhei em parte do processo de criação da dramaturgia.. 2015. Teatral.

3.
KACTUZ, F ; FLORENCIO, T. A. L. . E o que mais restou do paraíso?. 2002. Teatral.

Artes Visuais
1.
FLORENCIO, T. A. L.; ALCURE, A. S. ; Bernando, H. ; ROCHA, V. ; Batista, Jardila . Na correria. 2016. Instalação.

2.
FLORENCIO, T. A. L.. Texto de apresentação da exposição Gambiarra Favela Tech no Galpão Bela Maré. 2015. Instalação.

3.
FLORENCIO, T. A. L.. DIGIBAP MARSEILLE. 2014. Performance.

4.
FLORENCIO, T. A. L.. Encruzilhada Mercado Colobane - Dakar. 2012. Performance.

5.
FLORENCIO, T. A. L.; PALMIERI, R. . Encruzilhada. 2011. Instalação.

6.
FLORENCIO, T. A. L.. Video-poesia micrometragem. 2010. Vídeo.

7.
FLORENCIO, T. A. L.. Filme-Poesia. 2010. Vídeo.

8.
FLORENCIO, T. A. L.. 4 olhares - Cinema de micrometragem. 2009. Filme.

9.
SOUMAILA, K. A. ; FLORENCIO, T. A. L. . A retomada - o novo cinema brasileiro. 2009. Filme.



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
LOPES, L. F.; ALCURE, A. S.; FLORENCIO, T. A. L.. Participação em banca de Pedro de Carvalho Pedruzzi. Por uma política de narradores: etnografia e cena em cidade vodu. 2017. Dissertação (Mestrado em Artes da Cena) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Teses de doutorado
1.
Araujo, Frederico Guilherme Bandeira; Simões, Soraya Silveira; ALCURE, A. S.; Donini, Angela Aparecida; FLORENCIO, T. A. L.. Participação em banca de Raphael Soifer. Olha eu aqui de novo: sonhos, assombramentos e jogos de memória nas ruas do Rio de Janeiro. 2017. Tese (Doutorado em Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano e Regional) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Qualificações de Mestrado
1.
Conceição, M. T.; Santos, P. C. L.; FLORENCIO, T. A. L.. Participação em banca de Mário Sérgio Pereira de Olivindo. Interrogando representações sobre os árabes: conexões entre manuais didáticos de história e imaginários sociais. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Mestrado Profissional em Ensino de História) - Universidade Regional do Cariri.

2.
LOPES, L. F.; Vannucci, A.; FLORENCIO, T. A. L.. Participação em banca de Pedro de Carvalho Pedruzzi. A PESQUISA DE CAMPO COMO PROCEDIMENTO PARA A CRIAÇÃO DA CENA. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Artes da Cena) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.




Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
8a sessão do FICINE ? Fórum Itinerante de Cinema Negro no Cinemaison.Homenagem a Paulin Soumanou Vieyra. 2017. (Encontro).

2.
Arte Agora- Partilha de Matérias.Arte Agora- Partilha de Matérias. 2017. (Encontro).

3.
Clássicos do Cinema Africano.Debate Reflexões sobre o cinema africano: histórias, políticas, estéticas e outras questões. 2017. (Outra).

4.
3o FICINE NO CINEMAISON.O cinema afrocaribenho: conexões poéticas e políticas caribe-africa. 2016. (Encontro).

5.
Olhares sobre o cinema de África e Afrodiáspora.África: experiências contemporâneas. 2015. (Seminário).

6.
The artistic production of the common between territorialization and (re)localisation.Self-ethnographic Constellation: the self-colonization of the social imaginary. 2015. (Simpósio).

7.
III Encuentro de Antropologia Visual y VI Festicine San Augustin, Huila, Colômbia.Servicio de Proteccion al Indio (1910-1967) y Video en las Aldeas (1986-2014). 2014. (Encontro).

8.
Red de Estudios del Gran Caribe.Pugnas de Memória de la esclavitud en Rio de Janeiro, Dakar y Ouidah. 2014. (Encontro).

9.
La musique, lieu de mémoire et de construction identitaire en Afrique de l'Ouest et au Brésil. Institut Français du Sénégal.La musique, lieu de mémoire et de construction identitaire en Afrique de l'Ouest et au Brésil.. 2012. (Encontro).

10.
XI Encontro Nacional de História Oral - Memória, Democracia e Justiça. 2012. (Congresso).

11.
II Forum CAp-UERJ de Licenciaturas: Filosofia e Principios da da formacao de professores.II Forum CAp-UERJ de Licenciaturas: Filosofia e Principios da da formacao de professores. 2011. (Encontro).

12.
XI Congresso Lus Afro Brasileiro de Ciências Sociais. 2011. (Congresso).

13.
Literatura, Cultura e contemporaneidade - VIII Jornada de Pós-Graduácação em Estudos da Literatura.A câmera cinematográfica e o corpo africano no cinema de Glauber Rocha. 2010. (Outra).

14.
Olhares sobre o cinema de África e Afrodiáspora.experiências poéticas e políticas afrocaribenhas através do cinema. 2010. (Seminário).

15.
Semana de História da Puc-Rio.Identidade e natureza: os dilemas da história indígena em sala de aula. 2009. (Encontro).

16.
Sexta semana de Design - ação, expressão e forma.CDR Coletivo - Cultura de Rua. 2007. (Encontro).

17.
10 anos com Pierre Fatumbi Verger.Léry e Verger: a representação do "primitivo". 2006. (Seminário).

18.
III Simpósio Nacional de História Cultural - Mundos da imagem: do texto ao visual. 2006. (Simpósio).

19.
III Seminário Internacional Museu de Artes e Origens: "Heranças Étnicas: Aldeias Guarani e Quilombos no Estado do Rio de Jandiero". 2000. (Seminário).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
FLORENCIO, T. A. L.. III Seminário Nacional de História e Contemporaneidades. 2018. (Outro).

2.
FLORENCIO, T. A. L.. I Seminário Nacional de História Social dos Sertões. 2018. (Outro).

3.
OLIVEIRA, J. P. ; FLORENCIO, T. A. L. . FICINE no CINEMAISON - terceira sessão. 2016. (Outro).

4.
FLORENCIO, T. A. L.; OLIVEIRA, J. P. . Olhares sobre cinema de África e Afrodiáspora. 2015. (Outro).

5.
FLORENCIO, T. A. L.. 8a Jornada da Pós-Graduação em Estudos da Literatura. 2010. (Outro).

6.
FLORENCIO, T. A. L.. Fronteiras - Semana de História da PUC- Rio.. 2000. (Outro).



Orientações



Orientações e supervisões concluídas
Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Orlando Sperle Fraga Junior. Qe Etiópia é essa? As influências das representações da Etiópia na construção de uma identidade negra no Brasil. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Orientador: Thiago de Abreu e Lima Florencio.



Outras informações relevantes


No grupo de teatro CATAC (Centro de Antropologia do Teatro do Acre), trabalhou como pesquisador, criador e ator do espetáculo "E o que mais restou do Paraíso?", no Espaço Kaxinawá, Rio Branco-Acre. Dentro do quadro de residência artística DIGIBAP, esteve em Dakar (Senegal), Marselha (França), Rio de Janeiro e São Paulo (Brasil) onde foram realizadas instalações e performances coletivas com artistas franceses, brasileiros, senegaleses, camaroneses e congoleses. Integra o grupo de pesquisa do CNPQ Fórum Itinerante de Cinema Negro, do qual é também membro (www.ficine.org), realizando oficinas, apresentações, palestras e pesquisas para o site. Foi assistente de direção do documentário "O novo cinema novo brasileiro", produzido pelo canal francês Orange TV e dirigio por Karim Akadiri Soumaila. Escreve eventualmente críticas cinematográficas para o site Almanaque Virtual ao longo do Festival do Rio. Realizou oficinas em coletivos artísticos como o Bando Editorial Favelofágico, o Coletivo Bonobando e Teatro da Laje (para o qual contribuiu na dramaturgia do espetáculo Cidade Correria).



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 19/10/2018 às 15:43:41