Ana Paula Andre Barros

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/3606834428993717
  • Última atualização do currículo em 11/01/2019


Graduada em Tecnologia em Viticultura e Enologia (2008) e Especialista em Tecnologia do Processamento de Derivados de Frutas e Hortaliças (2009) pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sertão Pernambucano. Mestra em Engenharia de Alimentos, com ênfase em Processos Biotecnológicos, pela Universidade Federal de Santa Catarina (2013). Atualmente, é professora de Enologia do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sertão Pernambucano (2010) e doutoranda em Biotecnologia em Recursos Naturais pela Universidade Federal da Bahia - RENORBIO. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Ana Paula Andre Barros
Nome em citações bibliográficas
BARROS, A. P. A.;BARROS, ANA PAULA ANDRÉ

Endereço


Endereço Profissional
INSTUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SERTÃO PERNAMBUCANO, PETROLINA - ZONA RURAL.
BR 235 - KM 22
56300-000 - Petrolina, PE - Brasil
Telefone: (087) 38623800
Ramal: 131
URL da Homepage: http://www.ifsertao-pe.edu.br/


Formação acadêmica/titulação


2018
Doutorado em andamento em RENORBIO - BIOTECNOLOGIA EM RECURSOS NATURAIS.
Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.
Título: Avaliação do potencial de uvas do Vale do Submédio São Francisco para elaboração de vinhos espumantes pelo método tradicional,
Orientador: Janice Izabel Druzian.
Coorientador: Aline Biasoto Marques.
2011 - 2013
Mestrado em MESTRADO EM ENGENHARIA DE ALIMENTOS.
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
Título: Influência da cepa de levedura na composição fenólica e aromática de vinhos da cv. Syrah no Vale do Submédio São Francisco,Ano de Obtenção: 2013.
Orientador: JORGE LUIZ NINOW.
Coorientador: GIULIANO ELIAS PEREIRA.
2008 - 2009
Especialização em ESPEC. EM PROCESSA. DE DERIVADOS DE FRU. E HORTAL.. (Carga Horária: 450h).
Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia - Sertão Pernambucano, IFET-SERTÃO, Brasil.
Título: QUANTIFICAÇÃO DOS COMPOSTOS FENÓLICOS DURANTE A FERMENTAÇÃO ALCOÓLICA DO MOSTO DA cv. CABERNET SAUVIGNON.
Orientador: Dr. GIULIANO ELIAS PEREIRA.
2005 - 2008
Graduação em Tecnologia em viticultura e enologia.
Instituto Federal do Sertão Pernambucano, IF-Sertão PE, Brasil.




Formação Complementar


2014 - 2014
Curso de Capacitação do Comitê de Ética em Pesquis. (Carga horária: 16h).
Instituto Federal do Sertão Pernambucano, IF-Sertão PE, Brasil.
2010 - 2010
DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES. (Carga horária: 15h).
SERVIÇO BRASILEIRO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS DE PETROLINA (PE), SEBRAE-PE, Brasil.
2010 - 2010
COMISSÃO INTER. DE PREV. DE ACIDEN. NO TRAB. RURAL. (Carga horária: 20h).
SERVIÇO ESPEC. EM SAÚDE E SEGURANÇA DO TRABALHADOR RURAL, SESTR, Brasil.
2009 - 2009
HIGIENE E SANITIZAÇÃO. (Carga horária: 8h).
AEB BIOQUÍMICA, AEB, Brasil.
2009 - 2009
RASTREABILIDADE. (Carga horária: 8h).
FAZENDA OURO VERDE LTDA, FOV, Brasil.
2009 - 2009
ANÁL. DE PER. E PON. CRÍ. DE CONTR.(APPCC). (Carga horária: 40h).
FAZENDA OURO VERDE LTDA, FOV, Brasil.
2009 - 2009
AUDITOR INTERNO DE APPCC. (Carga horária: 20h).
FAZENDA OURO VERDE LTDA, FOV, Brasil.
2009 - 2009
TÉCNICAS DE SECAGEM. (Carga horária: 45h).
Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia - Sertão Pernambucano, IFET-SERTÃO, Brasil.
2008 - 2008
GESTÃO DO SISTEMA DE QUALIDADE ISO 22000:2005. (Carga horária: 40h).
Vinícola Miolo LTDA, miolo, Brasil.
2008 - 2008
GESTÃO DO SISTEMA DE QUALIDADE ISO 9001:2000. (Carga horária: 40h).
Vinícola Miolo LTDA, miolo, Brasil.
2008 - 2008
BPF, 5"S" E BPA. (Carga horária: 20h).
FAZENDA OURO VERDE LTDA, FOV, Brasil.
2008 - 2008
GESTÃO DA QUALIDADE NA AGROINDÚSTRIA. (Carga horária: 4h).
Universidade Federal do Vale do São Francisco, UNIVASF, Brasil.
2008 - 2008
BOAS PRÁTICAS DE FABRICAÇÃO. (Carga horária: 20h).
SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM INDUSTRIAL - PETROLINA, SENAI, Brasil.
2006 - 2006
CURSO DE CAPACITAÇÃO PIF/EUREPGAP.
SERVIÇO BRASILEIRO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS DE PETROLINA (PE), SEBRAE-PE, Brasil.
2006 - 2006
BÁSICO II (DEPARTURES B). (Carga horária: 100h).
INGLÊS AECUS, AECUS, Brasil.
2005 - 2005
MANEJO DA IRRIGAÇÃO DA VIDEIRA DE VINHO. (Carga horária: 16h).
Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia - Sertão Pernambucano, IFET-SERTÃO, Brasil.
2005 - 2005
ESTUDO DE TEMPOS NOS PROCES. PRODUTIVO (CRONOÁLISE. (Carga horária: 16h).
Universidade Federal do Vale do São Francisco, UNIVASF, Brasil.


Atuação Profissional



EMBRAPA SEMIÃ?RIDO, EMBRAPA, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional:


Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia - Sertão Pernambucano, IFET-SERTÃO, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Coordenadora do Curso

Vínculo institucional

2010 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: PROFESSORA EBTT, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

07/2014 - Atual
Outras atividades técnico-científicas , Reitoria, Reitoria.

Atividade realizada
COMITÊ DE ÉTICA EM PESQUISA.
02/2013 - Atual
Ensino, ESPEC. EM PROCESSA. DE DERIVADOS DE FRU. E HORTAL., Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
Gestão da Qualidade
08/2010 - Atual
Ensino, tecnologia em viticultura e enologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
ANÁLISE SENSORIAL
ENOLOGIA I
ENOLOGIA II
ENOLOGIA III
ENOLOGIA V
INTRODUÇÃO À ENOLOGIA
CONTROLE DE QUALIDADE
07/2013 - 02/2016
Direção e administração, Campus Petrolina Zona Rural, .

Cargo ou função
Coordenadora da Escolado do Vinho.
07/2013 - 12/2013
Ensino, tecnologia em viticultura e enologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
ENOLOGIA IV
08/2010 - 06/2011
Ensino,

Disciplinas ministradas
FUNDAMENTOS TECNOLÓGICOS PARA A AGROINDÚSTRIA

FAZENDA OURO VERDE LTDA, FOV, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2010
Vínculo: FUNCIONÁRIO, Enquadramento Funcional: SUPERVISORA ENÓLOGA DA CANTINA, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.



Projetos de pesquisa


2017 - Atual
Estudo da composição química de espumantes produzidos pelo método tradicional a partir da cv. Grenache cultivada no Vale do Submédio São Francisco
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2016 - 2017
INFLUÊNCIA DOS MÉTODOS DE VINIFICAÇÃO NA COMPOSIÇÃO FÍSICO-QUÍMICA E FENÓLICA DE VINHOS DA VARIEDADE TOURIGA NACIONAL
Descrição: Na indústria vitivinícola as técnicas de vinificação permitem vários recursos disponíveis para potencializar a qualidade e a diferenciação de vinhos. O estilo de um vinho tinto é condicionado fortemente pela técnica de vinificação empregada e a gestão utilizada na mesma. Estas diferentes técnicas de vinificação vêm sendo modificadas a partir de seu método tradicional de vinificação em tinto. No presente projeto foram realizadas quatro diferentes métodos de microvinificação, entre eles estão: vinificação tradicional, termovinificação, maceração a frio e maceração carbônica. O projeto tem como objetivo principal avaliar a influência dos métodos de vinificação na composição físico-química e na composição fenólica dos vinhos tintos obtidos da variedade Touriga Nacional..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Ana Paula Andre Barros - Coordenador / ALINE CAMARÃO TELLES BIASOTO - Integrante / Danielli Mayara dos Santos Souza - Integrante.
2015 - Atual
Estratégias agronômicas e enológicas para melhorar a qualidade e estabilidade de vinhos das cultivares Chenin Blanc e Cabernet Sauvignon
Descrição: No Vale do São Francisco está estabelecida uma das mais distintas regiões vitivinícolas do mundo, cujo clima é caracterizado como tropical semiárido, com temperatura média anual de 26,5ºC e insolação de 3.000 horas/ano. Condições edafoclimáticas que permitem que a videira não entre em repouso e vegete continuamente ao longo do ano, podendo ser encontradas plantas em fases fenológicas distintas no mesmo período e na mesma área de produção, possibilitando o escalonamento da produção e a colheita de duas safras anuais, de acordo com a cultivar e com a demanda do mercado. Assim, dependendo do mês em que ocorre a colheita e a elaboração, os vinhos apresentam variações na sua composição físico-química, qualidade sensorial e tipicidade, devido à variabilidade climática intra-anual. Entretanto, os vinhos elaborados têm sido indicados principalmente para consumo rápido, nos primeiros dois anos após o engarrafamento, não estando aptos ao envelhecimento devido à sua instabilidade química. Tal problemática deve-se provavelmente: (1) às altas concentrações de potássio nos solos; (2) à maturação fenólica incompleta das uvas no momento da colheita; e (3) à baixa acidez total das uvas. Buscando agregar qualidade e estabilidade ao vinho branco e tinto do Submédio do Vale do São Francisco, esta pesquisa propõe intervir nas condições de cultivo da cultivar ?Cabernet Sauvignon?, de expressiva importância mundial, e em processos enológicos aplicados a elaboração de seu vinho e do vinho da cultivar Chenin Blanc, casta branca de maior importância para a elaboração de vinhos brancos na região. Esta proposta pretende ampliar ações iniciadas em 2012, em projeto sob liderança da proponente, que integra a carteira do MP3. A estabilidade dos vinhos do Submédio do Vale do São Francisco é problema prioritário do setor vitivinícola da região e deve incluir as principais cultivares. O estudo voltado para as variedades ?Chenin Blanc? e ?Cabernet Sauvignon? incrementaria o conhecimento atual e a tecnologia que está sendo gerada para a cultivar Syrah. Adicionalmente, será testada a utilização de novas técnicas enológicas (não convencionais), a fim de produzir na região vinhos de qualidade diferenciada e que agradem mais ao paladar dos consumidores. Dessa maneira, as contribuições obtidas com este poderão auxiliar na busca pelo futuro estabelecimento de Indicação Geográfica de Procedência para a região, que possibilitará gerar diferencial competitivo e promover agregação de valor aos seus vinhos. A proposta será executada em cinco Planos de Ação (PA), subdivididos em Atividades de Pesquisa (AP). O Plano de Ação 1 (PA1) tem como objetivo monitorar os recursos os financeiros do projeto, acompanhar a execução das atividades e transmitir a população interessada os resultados alcançados com o projeto. Nos Planos de Ação denominados: ?Influência da correção do pH e saturação por potássio do solo sobre a qualidade e estabilidade de vinhos de 'Cabernet Sauvignon?? e ?Influência do ponto de colheita e tempo de maceração sobre a qualidade e estabilidade do vinho de ?Cabernet Sauvignon? produzido em duas épocas do ano? serão instalados experimentos em campo com a cultivar Cabernet Sauvignon. Nos Planos de Ação ?Influência da correção do pH do vinho sobre a qualidade e estabilidade de vinhos de Chenin Blanc e Cabernet Sauvignon? e ?Aplicação de novas técnicas no processo de elaboração para a obtenção de vinhos brancos e tintos de qualidade diferenciada? serão realizados experimentos no Laboratório de Enologia da Embrapa Semiárido e na Escola do Vinho do Instituto Federal do Sertão Pernambucano ? IF Sertão com uvas fornecidas pelas vinícolas da região. Este projeto conta com uma equipe multidisciplinar formada por pesquisadores e analistas da Embrapa Semiárido e por parceiros externos, de outras unidades da Embrapa (CNPUV, CTAA e CNPAT) e de universidades..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Ana Paula Andre Barros - Integrante / Luiz Claudio Correa - Integrante / Giuliano Elias Pereira - Integrante / ALINE CAMARÃO TELLES BIASOTO - Coordenador / MARCOS DOS SANTOS LIMA - Integrante / Patrícia Coelho de Souza Leão - Integrante.
2014 - 2015
USO DE MEL E DE RAPADURA COMO ADJUNTOS DO MALTE NA ELABORAÇÃO DE CERVEJAS ARTESANAIS
Descrição: O projeto tem como objetivo elaborar, caracterizar e avaliar a aceitabilidade de cervejas artesanais fabricadas com mel e rapadura como adjuntos do malte..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Ana Paula Andre Barros - Integrante / FRANCISCO ALLAN LEANDRO DE CARVALHO - Integrante / MARCOS DOS SANTOS LIMA - Integrante / ISLAINE SANTOS SILVA - Integrante / PAULO SÉRGIO DALMÁS - Coordenador / THIAGO FERREIRA DA NÓBREGA - Integrante / ALINE FINOTTI TORRIS - Integrante.
2014 - 2015
Efeito da suplementação nitrogenada durante a fermentação alcoólica sobre os vinhos tintos do Submédio do Vale do São Francisco
Descrição: O nitrogênio é um dos principais nutrientes para o desenvolvimento de organismos. As leveduras que processam o mosto, para transformá-lo em vinho através da fermentação alcoólica, consomem quantidade significativa durante a fase exponencial de desenvolvimento, a carência de nitrogênio ou o baixo suprimento no meio (mosto), afetará a condução da fermentação alcoólica, ocasionando paradas de fermentação, críticas na elaboração do vinho. O projeto tem por finalidade, comparar e descrever os resultados alcançados com a suplementação de nitrogênio ao mosto nas etapas de desenvolvimento das leveduras durante a fermentação alcoólica. A presente pesquisa irá avaliar os vinhos da cv, Touriga Nacional cultivada no Submédio do Vale do São Francisco. Serão realizadas microvinificações sendo 4 (quatro) tratamentos com 3 (três) repetições cada, totalizando em 9 (nove) tratamentos (microvinificações) onde, cada tratamento será uma fermentação alcoólica conduzida com diferentes tempos de suplementação nitrogenada. Durante a fermentação alcoólica serão realizadas análises de contagem de leveduras, quantificação de nitrogênio assimilável e análises físico-químicas. Estas duas últimas também serão realizadas nos vinhos depois de engarrafados assim como a análise sensorial. O perfil sensorial dos vinhos obtidos será realizado por um painel de provadores treinados onde as características sensoriais visuais, olfativas e gustativas serão descritas de acordo com ficha descritiva em uma escala paramétrica de 9 cm..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2014 - 2015
Efeitos da atmosfera modificada na vida pós-colheita de uvas de mesa produzidas no Vale do São Francisco

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Aline Rocha em 10/09/2014.
Descrição: Avaliar a perda de massa fresca dos cachos; Avaliar o escurecimento do ráquis; Avaliar qualidade físico-química da uva; Comparar a vida de prateleira de uvas mantidas em embalagens comerciais e filmes biodegradáveis; Oferecer aos produtores uma embalagem alternativa que reduza as perdas em pós-colheita e aumente a vida de prateleira..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Ana Paula Andre Barros - Integrante / ALINE ROCHA - Coordenador.
2014 - Atual
Manejo de fertirrigação com nitrogênio e potássio em videira de vinho cultivada no Submédio São Francisco
Descrição: A vitivinicultura no semiárido brasileiro teve início na década de 60, de modo pontual. Diversas ações empresariais e governamentais nas décadas seguintes contribuíram para que em 2000 houvesse a consolidação do Pólo Vitivinícola do Vale do São Francisco. Dentre as cultivares de uvas viníferas, destaca-se a ?Syrah? com ótimo desempenho nas condições semiáridas do Nordeste brasileiro. Do ponto de vista tecnológico, não existem informações sobre as demandas nutricionais da videira de vinho cultivada em condições tropicais semiáridas. Assim, as pesquisas devem ser concentradas na avaliação das demandas de nitrogênio e potássio, que são os nutrientes exigidos em maiores quantidades pela videira. Considerando que a fertirrigação constitui uma das técnicas mais eficientes e econômicas de se aplicar os fertilizantes, o manejo de irrigação e de fertirrigação, realizado de acordo com as características do fertilizante, condições de solo, características climáticas, e demanda da cultura, deve proporcionar o fornecimento de água e nutrientes ajustado às necessidades da videira, contribuindo assim para maior eficiência de uso da água e da adubação. Este projeto tem a finalidade de avaliar a interação entre os nutrientes nitrogênio e potássio, aplicados via fertirrigação, na cultura da videira de vinho, e a influência desses nutrientes nas características de produção e enológicas das uvas e dos vinhos elaborados. Para alcançar os objetivos propostos serão realizadas atividades de pesquisa em condições de campo e de laboratório visando avaliar o movimento dos íons nitrato e potássio no solo, por meio do movimento de água no solo e da concentração desses íons na solução do solo; as quantidades de nitrogênio e potássio absorvidas pelas plantas, por meio da concentração desses nutrientes na seiva, no pecíolo e nas folhas da videira; o comportamento fisiológico das plantas, com a averiguação do provável ajustamento osmótico e eficiência no manejo de água pela videira, por meio da determinação da composição isotópica de carbono e quantificação de aminoácidos totais e prolina; a produção e qualidade da uva, por meio de avaliação das características físico-químicas da uva para vinificação, da determinação da atividade antioxidante, ácidos orgânicos e compostos fenólicos nos vinhos, e caracterização do perfil sensorial dos vinhos elaborados. O desenvolvimento de tecnologias de manejo de água e nutrientes para a produção de uvas de vinho, no Vale do São Francisco, contribui com a produção, qualidade e valor agregado do produto, de forma que este tenha competitividade, promovendo a sustentabilidade do agronegócio no Semiárido Irrigado, tendo assim, impactos social e econômico positivos, além de reduzir impactos negativos ao ambiente..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2014 - Atual
Estratégias Enológicas para a melhoria da qualidade e estabilidade do vinho cv Syrah do Submédio do Vale do São Francisco
Descrição: No Brasil, 77% dos vinhos de variedades da espécie Vitis viníferas L, denominados vinhos finos, são importados, sendo o preço pago para a aquisição do produto superior a U$S 265 bilhões/ano. Assim, o cultivo de uvas da espécie Vitis vinífera para a produção de vinhos finos no país apresenta bom potencial. A grande problemática para o aumento da produção de vinhos dessa categoria é devido às condições climáticas desfavoráveis para a maturação adequada de uvas viníferas na maioria das regiões vitivinícolas brasileiras, em decorrência das chuvas excessivas, com exceção da região do Submédio do Vale do São Francisco. No Submédio do Vale do São Francisco está estabelecida uma das mais distintas regiões vitivinícolas do mundo, cujo clima é caracterizado como tropical semiárido, com condições edafoclimáticas pecualiares, apresentando temperatura média anual de 26,5ºC, pluviosidade máxima de 500-600mm/ano, insolação de 3.000 horas/ano, ausência de inverno e disponibilidade de água em abundância para irrigação. Características que permitem que a videira não entre em repouso e vegete continuamente ao longo do ano todo, possibilitando o escalonamento da produção de acordo com a demanda do mercado e a colheita de duas safras anuais. Entretanto, os vinhos tintos elaborados nesta região geralmente não são aptos ao envelhecimento e têm sido indicados principalmente para consumo rápido, nos primeiros dois anos após o engarrafamento, visto que depois esse período, nota-se grande perda de qualidade sensorial do produto, com formação precoce de notas de aromas típicas de vinho envelhecido e características de deterioração e redução daquelas frutadas e florais, além de escurecimento da cor da bebida de vinho para marrom-parda, alterações no gosto amargo e na adstringência, e formação de precipitado na garrafa. Buscando recomendar técnicas de vinificação que possibilitem agregar qualidade e estabilidade ao vinho tinto cv. Syrah do Submédio do Vale do São Francisco, esta pesquisa propõe: (1) elaborar vinhos com diferentes tempos de maceração a partir de uvas colhidas em estádios de maturação distintos; e (2) elaborar vinhos envelhecidos com a aplicação de ?chips? de carvalho, micro-oxigenação e ambas as técnicas. A presente proposta já foi aprovada como carta-consulta e conta com quatro Planos de Ação (PAs): (PA 1) ?Plano de Ação Gerencial?, (PA2) ?Avaliação da qualidade e estabilidade de vinhos elaborados partir de uvas colhidas em diferentes estádios de maturação e utilizando tempos distintos de duração da etapa maceração durante a vinificação?, (PA3) ?Avaliação da qualidade e estabilidade de vinhos envelhecidos com o uso de chips de carvalho, micro-oxigenação, e micro-oxigenação e chips de carvalho?, e (PA4): ?Estudo da aceitabilidade e intenção de compra do vinho cv. Syrah do Submédio do Vale do São Francisco?. Espera-se que as contribuições obtidas com este projeto possam também auxiliar na busca pelo futuro estabelecimento de Indicação Geográfica de Procedência para a região, que gerará um diferencial competitivo para seus produtos. Esta proposta pretende ampliar ações iniciadas em 2012, em projeto sob liderança da proponente, que integrou a carteira de projetos MP3 da Embrapa e encerrou-se em junho de 2015. A estabilidade dos vinhos do Submédio do Vale do São Francisco é um dos problemas prioritários do setor vitivinícola. O estudo incrementaria o conhecimento atual e a tecnologia que está sendo gerada para a melhoria do vinho ?Syrah? da região, que atualmente é a principal cultivar..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2012 - 2013
DESTILADO DE VINHO ? USO DE MADEIRAS REGIONAIS NO SEU ENVELHECIMENTO
Descrição: A elaboração e caracterização de um destilado de vinho com características tipicamente regionais, com comprovação científica da referida atividade e aprovação do consumidor..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2011 - 2013
CARACTERIZAÇÃO ANALÍTICA E AVALIAÇÃO DA ATIVIDADE ANTIOXIDANTE DE VINHOS TINTOS PRODUZIDOS COM UVAS
Descrição: Realizar caracterização analítica de vinhos produzidos com uvas do Vale do São Francisco com diferentes tempos de maceração; Avaliar a atividade antioxidante dos vinhos tintos produzidos; Publicação dos resultados..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Ana Paula Andre Barros - Integrante / jackson nunes e vasconcelos - Integrante / FRANCISCO MACÊDO DE AMORIM - Coordenador / FRANCISCO DANIEL CARVALHO DE MEDEIROS - Integrante.
2011 - 2012
Avaliação das características analíticas e do perfil sensorial dos espumantes moscatéis do Vale do São Francisco
Descrição: Determinar o perfil analítico e sensorial do vinho espumante tipo moscatel elaborado no Vale do São Francisco para se caracterizar a identidade enológica do produto elaborado neste clima tropical..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Ana Paula Andre Barros - Integrante / MARCOS LIMA DOS SANTOS - Coordenador / POLLYANE FERREIRA DA SILVA - Integrante / FERNANDA DA SILVA LANTYER BATISTA - Integrante.
2010 - 2015
Elaboração de Conhaque com Uvas de Descarte da Variedade Itália (Vitis vinifera L.) no Vale do Submédio São Francisco

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Marcos dos Santos Lima em 22/01/2014.
Descrição: Projeto de pesquisa elaborado para aproveitar as uvas de descarte da variedade Itália (Vitis vinifera L.) na elaboração de vinho base para destilar e utilizá-lo para a obtenção de conhaque, avaliando o emprego de aparas de carvalho francês e americano chips de carvalho para se melhorar a estrutura olfativa e gustativa da bebida. Agregando valor comercial a este subproduto agrícola e gerando uma bebida de boa qualidade com baixo custo. Avaliar a influência da madeira na aceitação sensorial do conhaque e realizar análises físico-químicas que atestem a qualidade da bebida elaborada..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Ana Paula Andre Barros - Integrante / MARCOS LIMA DOS SANTOS - Coordenador.
2010 - 2012
UVAS DO VALE DO SÃO FRANCISCO - Seus vinhos e sucos no combate aos radicais livres
Descrição: Elaboração de suco e vinhos e posterior análises de antioxidantes presente nos mesmos..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Ana Paula Andre Barros - Integrante / FABIO LANER LENK - Integrante / jackson nunes e vasconcelos - Coordenador.Financiador(es): Programa Institucional de Bolsas de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológic - Bolsa.


Outros Projetos


2010 - 2011
Elaboração de Conhaque com Uvas de Descarte da Variedade Itália (Vitis Vinifera L.) no Vale do São Francisco
Situação: Concluído; Natureza: Outra.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Ana Paula Andre Barros - Integrante / MARCOS LIMA - Coordenador / LUCIANA CAVALCANTI AZEVÊDO - Integrante.Financiador(es): Programa Institucional de Bolsas de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológic - Bolsa.


Membro de comitê de assessoramento


2014 - Atual
Agência de fomento: INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SERTÃO PERNAMBUCANO


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Agrárias / Área: Ciência e Tecnologia de Alimentos.
2.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Microbiologia / Subárea: Microbiologia.
3.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Microbiologia / Subárea: Agronomia.


Idiomas


Espanhol
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Inglês
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
ALENCAR, NATÁLIA MANZATTI MACHADO2018ALENCAR, NATÁLIA MANZATTI MACHADO ; RIBEIRO, TATIANE GODOY ; BARONE, BRUNA ; BARROS, ANA PAULA ANDRÉ ; MARQUES, ALINE TELLES BIASOTO ; BEHRENS, JORGE HERMAN . Sensory profile and check-all-that-apply (cata) as tools for evaluating and characterizing syrah wines aged with oak chips. FOOD RESEARCH INTERNATIONAL, v. xx, p. xxxx, 2018.

2.
DUTRA, M. C. P.2014DUTRA, M. C. P. ; LIMA, M. S. ; BARROS, A. P. A. ; MASCARENHAS, R. J. ; LAFISCA, A. . INFLUÊNCIA DA VARIEDADE DE UVAS NAS CARACTERÍSTICAS ANALÍTICAS E ACEITAÇÃO SENSORIAL DO SUCO ARTESANAL. REVISTA BRASILEIRA DE PRODUTOS AGROINDUSTRIAIS, v. 16, p. 265-272, 2014.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
TELLES, A. C. ; OLIVEIRA, W. P. ; BARROS, A. P. A. . Caracterização de subprodutos da vinificação (borra e engaço) com relação ao teor de antocianinas, fenólicos totais e atividade antioxidante. In: V Congresso Latino Americano de Analistas de Alimentos, 2015, NATAL-RN. V Congresso Latino Americano de Analistas de Alimentos, 2015.

2.
CARVALHO, E. S. S. ; TELLES, A. C. ; BARROS, A. P. A. ; PEREIRA, G. E. ; LEAO, P. C. S. . INFLUÊNCIA DO SISTEMA DE CONDUÇÃO E PORTA-ENXERTO SOB A QUALIDADE DO VINHO 'SYRAH' PRODUZIDOS NO SUBMÉDIO DO VALE DO SÃO FRANCISCO NA PRIMEIRA SAFRA DO ANO. In: V Congresso Latino-Americano de Analista de Alimentos, 2015, NATAL-RN. V Congresso Latino-Americano de Analista de Alimentos, 2015.

3.
NOGUEIRA, E, T, S ; PAIM, W. S. ; LIMA, V. H. L. ; BARROS, A. P. A. . INFLUÊNCIA DA EPÓCA DE PRODUÇÃO NAS CARACTERÍSTICAS CROMÁTICAS E POLIFENÓLICAS DO VINHO TEMPRANILLO vitis vinifera L. ELABORADO NO VALE DO SÃO FRANCISCO. In: CONNEPI 2011, 2011, NATAL. VI Congresso de Pesquisa e Inovação da Rede Norte e Nordeste de Educação Tecnológica, 2011.

4.
PAIM, W. S. ; BARROS, A. P. A. . INFLUÊNCIA DE DOIS SISTEMAS DE VINIFICAÇÃO NAS CARACTERÍSTICAS FÍSICO-QUÍMICAS DO VINHO ALICANTE vitis vinifera L BOUSCHET NO VALE DO SÃO FRANCISCO. In: VI Congresso de Pesquisa e Inovação da Rede Norte e Nordeste de Educação Tecnológica, 2011, NATAL. VI Congresso de Pesquisa e Inovação da Rede Norte e Nordeste de Educação Tecnológica, 2011.

5.
NOGUEIRA, E, T, S ; LIMA, V. H. L. ; PAIM, W. S. ; VASCONCELOS, M. C. O. ; BARROS, A. P. A. . CARACTERÍSTICAS FÍSICO-QUÍMICAS DO SUCO DE UVA DE DIFERENTES CULTIVARES DO VALE DO SÃO FRANCISCO. In: VI Congresso de Pesquisa e Inovação da Rede Norte e Nordeste de Educação Tecnológica, 2011, NATAL. VI Congresso de Pesquisa e Inovação da Rede Norte e Nordeste de Educação Tecnológica, 2011.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
BARROS, A. P. A.; SILVA, I. S. ; SILVA, A. S. ; SANTOS, R. G. B. ; TORRES, L. H. P. S. ; MARQUES, A. T. B. . INFLUÊNCIA DO USO DE DIFERENTES AGENTES DE COLAGEM NA COMPOSIÇÃO FÍSICO-QUÍMICA E COLORAÇÃO DO VINHO BRANCO ?CHENIN BLANC?. In: XXVI Congresso Brasileiro de Ciência e Tecnologia de Alimentos,, 2018, Belém-PA. XXVI Congresso Brasileiro de Ciência e Tecnologia de Alimentos, 2018.

2.
SILVA, I. S. ; NOGUEIRA, E, T, S ; BARROS, A. P. A. ; SANTOS, R. G. B. ; SILVA, L. F. ; TELLES, A. C. . o INFLUÊNCIA DO USO DE CHIP DE CARVALHO FRANCÊS NA COMPOSIÇÃO FÍSICO-QUÍMICA E COLORIMÉTRICA DE VINHO TINTO ?SYRAH?.. In: IV Encontro Nacional da Agroindústria, 2018, Bananeiras, PB. IV Encontro Nacional da Agroindústria, 2018.

3.
BARROS, A. P. A.; SILVA, I. S. ; NOGUEIRA, E, T, S ; TELLES, A. C. ; SILVA, A. S. ; CORREA, L. C. . AVALIAÇÃO DA COMPOSIÇÃO FENÓLICA DE VINHOS BRANCOS ?CHENIN BLANC? ELABORADOS COM DIFERENTES AGENTES DE COLAGEM. In: IV Encontro Nacional da Agroindústria, 2018, Bananeiras,PB. IV Encontro Nacional da Agroindústria, 2018.

4.
SOUZA, D. M. S. ; NOGUEIRA, E, T, S ; SILVA, I. S. ; CARVALHO, E. S. S. ; SANTOS, R. T. S. E. ; TELLES, A. C. ; BARROS, A. P. A. . INFLUÊNCIA DE MÉTODOS DE VINIFICAÇÃO NÃO CONVENCIONAIS NA COMPOSIÇÃO FÍSICO-QUÍMICA E FENÓLICA DO VINHO TINTO TOURIGA NACIONAL DO VALE DO SUBMÉDIO SÃO FRANCISCO. In: VI Congresso Latino-americano de analistas de Alimentos, 2017, Belém-PA. VI Congresso Latino-americano de analistas de Alimentos, 2017.

5.
SILVA, S. F. ; BARROS, A. P. A. ; NASCIMENTO, A. R. ; SANTOS, D. S. ; PINTO, H. C. . INFLUÊNCIA DO USO DO PORTA-EXERTO IAC 572 (JALES) NO DESENVOLVIMENTO DE CULTIVARES Vitis Vinífera. In: IX Congresso de Pesquisa e Inovação da Rede Norte e Nordeste de Educação Tecnológica, 2014, São Luís-MA. IX Congresso de Pesquisa e Inovação da Rede Norte e Nordeste de Educação Tecnológica, 2014.

6.
BARROS, A. P. A.; LENK, F. L. ; SILVA, L. C. T. . PRÁTICAS ENOLÓGICAS DE CONTROLE DE QUALIDADE PARA ELABORAÇÃO DE VINHOS NA REGIÃO DO VALE DO SÃO FRANCISCO. In: III SIMPÓSIO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO DA REGIÃO NORDESTE, 2008, JUAZEIRO-BA. SEPRONE 2008, 2008.

7.
ALMEIDA, M. B. DE ; LIMA, M. DOS S. ; BARROS, A. P. A. ; PINHEIRO, K. F. ; MANFROI, L. . CARACTERIZAÇÃO ANALÍTICA DE VINHOS TINTOS ELABORADOS NO VALE DO SÃO FRANCISCO. In: X CONGRESSO LATINO AMERICANO DE VITICULTURA E ENOLOGIA, 2005, BENTO GONÇALVES - RS. X CONGRESSO LATINO AMERICANO DE VITICULTURA E ENOLOGIA, 2005.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
TELLES, A. C. ; BARROS, A. P. A. ; NASCIMENTO NETO, L. G. ; SILVA, I. S. ; SILVA, S. F. ; ALMEIDA ; LIMA, M. S. . Efeito da suplementação nitrogenada durante a fermentação alcoólica de vinhos da cv. Touriga Nacional do Submédio do Vale do São Francisco. In: XV Congresso Latino-Americano de Viticultura e Enologia, 2015, Bento Gonçalves-RS. XV Congresso Latino-Americano de Viticultura e Enologia, 2015.

2.
TELLES, A. C. ; BARROS, A. P. A. ; AMORIM, M. D. ; MENDES, A. ; NASCIMENTO, D. S. P. ; SOUZA, T. S. ; ALMEIDA, Y. M. ; LEAO, P. C. S. ; PEREIRA, G. E. ; CORREA, L. C. . Influência do sistema de condução e porta-enxerto sob a qualidade do vinho tropical ?Chenin Blanc? produzido no Vale do São Francisco na primeira safra do ano de 2014. In: XV Congresso Latino-Americano de Viticultura e Enologia, 2015, Bento Gonçalves-RS. XV Congresso Latino-Americano de Viticultura e Enologia, 2015.

3.
BARROS, A. P. A.; ALMEIDA, M. B. DE ; SILVA, I. S. ; AMORIM, F. M. ; NASCIMENTO, A. R. . Caracterização da composição química do bagaço da uva resultante da vinificação de vinhos tintos e roses. In: XV Congresso Latino-Americano de Viticultura e Enologia., 2015, Bento Gonçalves-RS. XV Congresso Latino-Americano de Viticultura e Enologia., 2015.

4.
BARROS, A. P. A.; SILVA, I. S. ; SILVA, S. F. ; ALMEIDA, M. B. DE ; NASCIMENTO, J. B. M. . O vinho espumante elaborado pelo método tradicional como alternativa de produção para o Vale do Submédio do São Francisco. In: XV Congresso Latino-Americano de Viticultura e Enologia., 2015, Bento Gonçalves-RS. XV Congresso Latino-Americano de Viticultura e Enologia., 2015.

5.
BARROS, A. P. A.; NINOW, J. L. . YEAST STRAIN INFLUENCE IN WINE SENSORY PROFILE IN THE NORTHEAST OF BRAZIL. In: 37th World Congress of Vine and Wine, 9-14 November 2014, 2014, Mendoza, Argentina. 37th World Congress of Vine and Wine 2014 - ?Southern vitiviniculture, a confluence of knowledge and nature?, 2014. p. 598-600.

6.
TELLES, A. C. ; BARROS, A. P. A. . INFLUENCE OF SOIL PH CORRECTION AND POTASSIUM SATURATION ON QUALITY AND STABILITY OF BRAZILIAN TROPICAL WINES PRODUCED IN THE SÃO FRANCISCO VALLEY. In: 37th World Congress of Vine and Wine,, 2014, Mendoza, Argentina. 37th World Congress of Vine and Wine 2014 - ?Southern vitiviniculture, a confluence of knowledge and nature?, 2014. p. 600-602.

7.
ALMEIDA, M. B. DE ; BARROS, A. P. A. . EXPLORATION TECHNOLOGY ABOUT WINES PATENTS. In: 37th World Congress of Vine and Wine, 9-14 November 2014, 2014, Mendoza, Argentina. 37th World Congress of Vine and Wine 2014 - ?Southern vitiviniculture, a confluence of knowledge and nature?, 2014. p. 734-736.

8.
AMORIM, M. D. ; TELLES, A. C. ; BARROS, A. P. A. ; PEREIRA, G. E. ; LEAO, P. C. S. ; CARVALHO, E. S. S. . Caracterização da composição físico-química de vinhos elaborados a partir de uvas ?Syrah? cultivadas sob diferentes porta-enxertos e sistemas de condução no Submédio do Vale do São Francisco.. In: X Brazilian Meeting on Chemistry of Food and Beverages, 2014, Aracaju-SE. X Brazilian Meeting on Chemistry of Food and Beverages, 2014.

9.
BARROS, A. P. A.; LIMA, M. DOS S. ; PAIM, W. S. ; CORREA, L. C. ; PEREIRA, G. E. ; NINOW, J. L. . INFLUÊNCIA DA CEPA DE LEVEDURA NA COMPOSIÇÃO FENÓLICA E AROMÁTICA DE VINHOS DA CV. SYRAH DO VALE DO SUBMÉDIO SÃO FRANCISCO. In: XIV Congreso Latinoamericano de Viticultura y Enología, 2013, Tarija - BOLÍVIA. XIV Congreso Latinoamericano de Viticultura y Enología, 2013.

Apresentações de Trabalho
1.
BARROS, A. P. A.. VINICULTURA NO VALE DO SÃO FRANCISCO. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
BARROS, A. P. A.; LIMA, M. DOS S. ; PAIM, W. S. ; CORREA, L. C. ; PEREIRA, G. E. ; NINOW, J. L. . INFLUÊNCIA DA CEPA DE LEVEDURA NA COMPOSIÇÃO FENÓLICA E AROMÁTICA DE VINHOS DA CV. SYRAH DO VALE DO SUBMÉDIO SÃO FRANCISCO. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

3.
BARROS, A. P. A.. INFLUÊNCIA DA CEPA DE LEVEDURA NA COMPOSIÇÃO FENÓLICA E AROMÁTICA DE VINHOS DA CV. SYRAH DO VALE DO SUBMÉDIO SÃO FRANCISCO. 2013. (Apresentação de Trabalho/Outra).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Qualificações de Mestrado
1.
BARROS, A. P. A.; CORREA, L. C.; PEREIRA, G. E.. Participação em banca de LARISSA FELIX DOS SANTOS. INFLUÊNCIA DA SAFRA E DE DIFERENTES PORTA-ENXERTOS NAS CARACTERÍSTICAS FÍSICO-QUÍMICAS DO VINHO SYRAH NO VALE DO SUBMÉDIO DO SÃO FRANCISCO. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Horticultura Irrigada) - Universidade do Estado da Bahia.

2.
BARROS, A. P. A.; AMORIM, F. M.. Participação em banca de CARLA VALÉRIA DA SILVA PADILHA. DESCRIÇÃO DA COMPOSIÇÃO ANALÍTICA E SENSORIAL DE VINHOS TROPICAIS COMO BASE PARA A CERTIFICAÇÃO DOS PRODUTOS DO VALE DO SUBMÉDIO SÃO FRANCISCO. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em Horticultura Irrigada) - Universidade do Estado da Bahia.

Monografias de cursos de aperfeiçoamento/especialização
1.
BARROS, A. P. A.; AZEVÊDO, L, C.; LIMA, M. S.; RYBKA, A. C. P.. Participação em banca de Adriana Santana da Silva. CARACTERIZAÇÃO FÍSICO-QUÍMICA E SENSORIAL DE SUCOS DE UVA INTEGRAL PRODUZIDOS NO VALE DO SUBMÉDIO SÃO FRANCISCO. 2016. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em ESPECIALIZAÇÃO EM PROCESSAMENTO DE DERIVADOS DE FRUTAS E HORTALIÇAS) - INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SERTÃO PERNAMBUCANO.

2.
BARROS, A. P. A.; AZEVÊDO, L, C.; LIMA, M. S.; NASSUR, R. C. M. R.. Participação em banca de ELIS TATIANE DA SILVA NOGUEIRA. USO DA ALGAROBA (PROPOSIS JULIFLORA) COMO ADJUNTO DO MALTE NA ELABORAÇÃO DE CERVEJA ARTESANAL. 2016. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em ESPECIALIZAÇÃO EM PROCESSAMENTO DE DERIVADOS DE FRUTAS E HORTALIÇAS) - INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SERTÃO PERNAMBUCANO.

3.
LIMA, M. S.; AZEVÊDO, L, C.; RYBKA, A. C. P.; BARROS, A. P. A.. Participação em banca de ALESSANDRA SOUSA CORDEIRO DE SÁ. CARACTERIZAÇÃO QUÍMICA DE BEBIDAS FERMENTADAS DE PITAIA (HYLOCEREUS UNDATUS) CULTIVADA NO SEMIÁRIDO NORDESTINO. 2015. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em ESPECIALIZAÇÃO EM PROCESSAMENTO DE DERIVADOS DE FRUTAS E HORTALIÇAS) - INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SERTÃO PERNAMBUCANO.

4.
PEREIRA, G. E.; BARROS, A. P. A.; LIMA, P. M. C.. Participação em banca de CARLA VALÉRIA DA SILVA PADILHA. EFEITO DO TEMPO E DA TEMPERATURA DE AQUECIMENTO NA CONCENTRAÇÃO DE COMPOSTOS FENÓLICOS E ANTOCIANINAS EM SUCOS DE UVA APÓS O PROCESSO DE ENGARRAFAMENTO. 2014. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Processamento de Frutas e Hortaliças) - Instituto Federal do Sertão Pernambucano.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
BARROS, A. P. A.; TELLES, A. C.; NOGUEIRA, E, T, S. Participação em banca de LUIZ GONZAGA DO NASCIMENTO NETO.EFEITO DA SUPLEMENTAÇÃO NITROGENADA DURANTE A FERMENTAÇÃO ALCOÓLICA DE VINHOS TINTOS DA CV. TOURIGA NACIONAL DO SUBMÉDIO DO VALE DO SÃO FRANCISCO. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM VITICULTURA E ENOLOGIA) - INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SERTÃO PERNAMBUCANO.

2.
BARROS, A. P. A.; TELLES, A. C.; NOGUEIRA, E, T, S. Participação em banca de DANIELLI MAYARA DOS SANTOS SOUZA.INFLUÊNCIA DOS MÉTODOS DE VINIFICAÇÃO NA COMPOSIÇÃO FÍSICO-QUÍMICA E FENÓLICA DE VINHOS TINTOS DA VARIEDADE TOURIGA NACIONAL. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em TECNOLOGIA EM VITICULTURA E ENOLOGIA) - INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SERTÃO PERNAMBUCANO.

3.
TELLES, A. C.; BARROS, A. P. A.; LIMA, M. DOS S.; ALMEIDA, M. B. DE. Participação em banca de WALKIA POLLIANA DE OLIVEIRA.INFLUÊNCIA DO ESTÁDIO DE MATURAÇÃO DA UVA SOBRE A QUALIDADE DO VINHO TINTO 'SYRAH' PRODUZIDO NO SUBMÉDIO DO VALE DO SÃO FRANCISCO NA SAFRA DO SEGUNDO SEMESTRE. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em TECNOLOGIA EM ALIMENTOS DE ORIGEM VEGETAL) - Instituto Federal do Sertão Pernambucano.

4.
BARROS, A. P. A.; ALMEIDA, M. B. DE; LIMA, M. DOS S.. Participação em banca de GABRIELA SANTOS BEZERRA LIMA.ANÁLISES FÍSICO-QUÍMICAS EM VINHOS NA VITIVINÍCOLA SANTA MARIA - VINIBRASIL. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em TECNOLOGIA EM ALIMENTOS DE ORIGEM VEGETAL) - Instituto Federal do Sertão Pernambucano.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
LIMA, M. S.; BARROS, A. P. A.; ALMEIDA, M. B. DE. Banca Examinadora do Processo Seletivo para Contratação de Professores Substitutos. Edital 02/2015. 2015. INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SERTÃO PERNAMBUCANO.

2.
BARROS, A. P. A.. CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS E TÍTULOS: EDITAL 50/2013. 2013. Instituto Federal do Sertão Pernambucano.

Outras participações
1.
BARROS, A. P. A.. AVALIAÇÃO NACIONAL DE VINHOS. 2011. Associação Brasileira de Enologia.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
5º International Symposium on Tropical Wines. 2016. (Simpósio).

2.
SABOR E GESTÃO NA ALIMENTAÇÃO: COMO FIDELIZAR CLIENTES. 2016. (Seminário).

3.
X Jornada de Iniciação Científica e IV Jornada de Trabalhos de Extensão do IF SERTÃO PE.EFEITO DA SUPLEMENTAÇÃO NITROGENADA DURANTE A FERMENTAÇÃO ALCOÓLICA DE VINHOS DA CV. TOURIGA NACIONAL DO SUBMÉDIO DO VALE DO SÃO FRANCISCO. 2015. (Outra).

4.
XV Congresso Latino-Americano de Viticultura e Enologia.. 2015. (Congresso).

5.
37th World Congress of Vine and Wine,. 2014. (Congresso).

6.
IX Jornada de Iniciação Científica e III Jornada de Trabalhos de Extensão do IF SERTÃO PE. 2014. (Outra).

7.
SEMANA NACIONAL DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO IF-SERTÃO-PE.INFLUÊNCIA DA CEPA DE LEVEDURA NA COMPOSIÇÃO FENÓLICA E AROMÁTICA DE VINHOS DA CV. SYRAH DO VALE DO SUBMÉDIO SÃO FRANCISCO. 2013. (Outra).

8.
VIII JORNADA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E TRABALHOS DE EXTENSÃO DO IF SERTÃO-PE.DESTILADO DE VINHO ? USO DE MADEIRAS REGIONAIS NO SEU ENVELHECIMENTO. 2013. (Outra).

9.
XIV Congreso Latinoamericano de Viticultura y Enología. INFLUÊNCIA DA CEPA DE LEVEDURA NA COMPOSIÇÃO FENÓLICA E AROMÁTICA DE VINHOS DA CV. SYRAH DO VALE DO SUBMÉDIO SÃO FRANCISCO. 2013. (Congresso).

10.
VI Congresso de Pesquisa e Inovação da Rede Norte e Nordeste de Educação Tecnológica. INFLUÊNCIA DA EPÓCA DE PRODUÇÃO NAS CARACTERÍSTICAS CROMÁTICAS E POLIFENÓLICAS DO VINHO TEMPRANILLO vitis vinifera L. ELABORADO NO VALE DO SÃO FRANCISCO;. 2011. (Congresso).

11.
VI CONGRESSO DE PESQUISA E INOVAÇÃO DA REDE NORTE NORDESTE. INFLUÊNCIA DE DOIS SISTEMAS DE VINIFICAÇÃO NAS CARACTERÍSTICAS FÍSICO-QUÍMICAS DO VINHO ALICANTE vitis vinifera L BOUSCHET NO VALE DO SÃO FRANCISCO. 2011. (Congresso).

12.
XIX Avaliação Nacional de Vinhos ? Safra 2011.XIX Avaliação Nacional de Vinhos ? Safra 2011. 2011. (Outra).

13.
CONGRESSO LATINO AMERICANO DE ENOTURISMO. 2010. (Congresso).

14.
II SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE VINHOS TROPICAIS. 2010. (Simpósio).

15.
XVIII AVALIAÇÃO NACIONAL DE VINHOS. 2010. (Outra).

16.
XI SEMINÁRIO BRASILEIRO DE PRODUÇÃO INTEGRADA DE FRUTA E III SEMINÁRIO SOBRE SISTEMA AGROPECUÁRIO DE PRODUÇÃO INTEGRADA.INSTRUTORA DE VISITA TÉCNICA À VINÍCOLA OURO VERDE S/A. 2009. (Seminário).

17.
III SIMPÓSIO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO DA REGIÃO NORDESTE.PRÁTICAS ENOLÓGICAS DE CONTROLE DE QUALIDADE PARA ELABORAÇÃO DE VINHOS NA REGIÃO DO VALE DO SÃO FRANCISCO. 2008. (Simpósio).

18.
XI CONGRESSO LATINO AMERICANO DE VITICULTURA E ENOLOGIA. 2007. (Congresso).

19.
30 ANOS EMBRAPA SEMIÁRIDO - TECNOLOGIAS APROPRIADAS. 2005. (Seminário).

20.
II SEMANA DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA. 2005. (Outra).

21.
I SIMPÓSIO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO DO VALE DO SÃO FRANCISCO. 2005. (Simpósio).

22.
IV SEMINÁRIO SOBRE VITIVINICULTURA DO ESTADO DE PERNAMBUCO. 2005. (Seminário).

23.
SEMINÁRIO SOBRE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL DE ENSINO SUPERIOR DO VALE DO SÃO FRANCISCO. 2005. (Seminário).

24.
X CONGRESSO LATINO AMERICANO DE VITICULTURA E ENOLOGIA. CARACTERIZAÇÃO FÍSICO-QUÍMICA DOS VINHOS TINTOS DO VALE DO SÃO FRANCISCO. 2005. (Congresso).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
BARROS, A. P. A.. I SEMANA DO ENÓLOGO. 2016. (Outro).

2.
BARROS, A. P. A.; MENDES, A. ; TELLES, A. C. ; RYBKA, A. C. P. ; NOGUEIRA, E, T, S ; PEREIRA, G. E. . 5º International Symposium on Tropical Wines. 2016. (Outro).

3.
BARROS, A. P. A.. X JORNADA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA e IV JORNADA DE TRABALHOS DE EXTENSÃO DO IF SERTÃO-PE. 2015. (Outro).



Orientações



Orientações e supervisões concluídas
Monografia de conclusão de curso de aperfeiçoamento/especialização
1.
Adriana Santana da Silva. CARACTERIZAÇÃO DOS SUCOS COMERCIAIS DE UVA INTEGRAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO ATRAVÉS DE ANÁLISES FÍSICO-QUÍMICAS E SENSORIAS. 2015. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Processamento de Frutas e Hortaliças) - Instituto Federal do Sertão Pernambucano. Orientador: Ana Paula Andre Barros.

2.
ELIS TATIANE DA SILVA NOGUEIRA. UTILIZAÇÃO DA ALGAROBA (Prosopis juliflora Sw. D.S.) PARA PRODUÇÃO DE CERVEJA ARTESANAL.. 2014. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Processamento de Frutas e Hortaliças) - Instituto Federal do Sertão Pernambucano. Orientador: Ana Paula Andre Barros.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
LUIZ GONZAGA DO NASCIMENTO NETO. EFEITO DA SUPLEMENTAÇÃO NITROGENADA DURANTE A FERMENTAÇÃO ALCOÓLICA DE VINHOS TINTOS DA CV. TOURIGA NACIONAL DO SUBMÉDIO DO VALE DO SÃO FRANCISCO. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM VITICULTURA E ENOLOGIA) - INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SERTÃO PERNAMBUCANO. Orientador: Ana Paula Andre Barros.

2.
DANIELLI MAYARA DOS SANTOS SOUZA. INFLUÊNCIA DOS MÉTODOS DE VINIFICAÇÃO NA COMPOSIÇÃO FÍSICO-QUÍMICA E FENÓLICA DE VINHOS TINTOS DA VARIEDADE TOURIGA NACIONAL. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM VITICULTURA E ENOLOGIA) - INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SERTÃO PERNAMBUCANO. Orientador: Ana Paula Andre Barros.

Iniciação científica
1.
DANIELLI MAYARA DOS SANTOS SOUZA. INFLUÊNCIA DOS MÉTODOS DE VINIFICAÇÃO NA COMPOSIÇÃO FÍSICO-QUÍMICA E FENÓLICA DE VINHOS DA VARIEDADE TOURIGA NACIONAL. 2017. Iniciação Científica. (Graduando em CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM VITICULTURA E ENOLOGIA) - INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SERTÃO PERNAMBUCANO, INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SERTÃO PERNAMBUCANO. Orientador: Ana Paula Andre Barros.

2.
LUIZ GONZAGA DO NASCIMENTO NETO. EFEITO DA SUPLEMENTAÇÃO NITROGENADA DURANTE A FERMENTAÇÃO ALCOÓLICA DE VINHOS TINTOS DA CV. TOURIGA NACIONAL DO SUBMÉDIO DO VALE DO SÃO FRANCISCO. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM VITICULTURA E ENOLOGIA) - INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SERTÃO PERNAMBUCANO, INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SERTÃO PERNAMBUCANO. Orientador: Ana Paula Andre Barros.



Inovação



Projetos de pesquisa


Educação e Popularização de C & T



Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
BARROS, A. P. A.. I SEMANA DO ENÓLOGO. 2016. (Outro).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 18/01/2019 às 24:31:59