Dalson Britto Figueiredo Filho

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/6683806605359913
  • Última atualização do currículo em 22/08/2018


Professor Adjunto do Departamento de Ciência Política, vice-coordenador do Programa de Pós-graduação em Ciência Política (PPGCP - UFPE), coordenador científico do Mestrado Profissional em Políticas Públicas (MPPP - UFPE) e Catalisador do Berkeley Initiative for Transparency in the Social Sciences (BITSS, 2015). Doutor em Ciência Política pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE, 2012). Foi pesquisador visitante na Universidade de Indiana (Bloomington, 2014), na William Mitchell College of Law (Saint Paul, 2011) e na Universidade de Wisconsin (Madison, 2009). Mestre em Ciência Política (UFPE, 2009) e bacharel em Ciências Sociais (UFPE, 2005) com graduação sanduíche na Universidade do Texas (Austin, 2003). Foi fellow do Summer Program in Social Science (2015-2017) e do Teaching Integrity in Empirical Research (TIER), Haverford College (2016-2017). Atualmente, é pesquisador visitante na Universidade de Nottingham, Reino Unido. Atua principalmente nas áreas de métodos quantitativos, transparência científica e financiamento de campanha. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Dalson Britto Figueiredo Filho
Nome em citações bibliográficas
FIGUEIREDO FILHO, D. B.;Dalson Britto Figueiredo Filho;FIGUEIREDO FILHO, Dalson Brito;FIGUEIREDO FILHO, DALSON B.;FIGUEIREDO FILHO, DALSON BRITTO

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal de Pernambuco, Centro de Filosofia e Ciências Humanas.
Av. Academico Helio Lemos
Cidade Universitaria
50740530 - Recife, PE - Brasil
Telefone: (81) 21268000


Formação acadêmica/titulação


2009 - 2012
Doutorado em Ciência Política.
Universidade Federal de Pernambuco, UFPE, Brasil.
Título: Gasto de campanha, níveis de pobreza e resultados eleitoraisno Brasil, Ano de obtenção: 2012.
Orientador: Enivaldo Carvalho da Rocha.
Coorientador: Manoel Leonardo Santos.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
2007 - 2009
Mestrado em Ciência Política.
Universidade Federal de Pernambuco, UFPE, Brasil.
Título: O elo corporativo: grupos de interesse, financiamento de campanha e regulação eleitoral,Ano de Obtenção: 2009.
Orientador: Flávio da Cunha Rezende.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
2001 - 2005
Graduação em Ciências Sociais.
Universidade Federal de Pernambuco, UFPE, Brasil.
Título: Regulação eleitoral e financiamento de campanha: uma breve revisão teórica.
Orientador: Flávio da Cunha Rezende.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.




Formação Complementar


2017 - 2017
Escuela de Verano en Métodos Mixtos.
Pontificia Universidad Católica de Chile, PUCC, Chile.
2016 - 2016
Advanced Issues in Quantitative Methods for Public Policy Analysis. (Carga horária: 40h).
International Political Science Association, IPSA, Canadá.
2016 - 2016
Introduction to Hierarchical Models. (Carga horária: 20h).
Universidad Católica del Uruguay, UCU, Uruguai.
2016 - 2016
Basics of Quantitative Methods for Public Policy Analysis. (Carga horária: 40h).
International Political Science Association, IPSA, Canadá.
2016 - 2016
Panel Data Analysis. (Carga horária: 20h).
Universidad Católica del Uruguay, UCU, Uruguai.
2016 - 2016
Essentials of Time Series Analysis. (Carga horária: 40h).
International Political Science Association, IPSA, Canadá.
2015 - 2015
Instrumentos para avaliação de Programas. (Carga horária: 32h).
Centro de Estudos Internacionais sobre Governo, CEGOV, Brasil.
2014 - 2014
BITSS - Transparency in Social Sciences. (Carga horária: 30h).
University of California, Los Angeles, UCLA, Estados Unidos.
2014 - 2014
Quantitative Methods for Public Policy Analysis.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
2013 - 2013
How to Write Clearly and Publishing your Science. (Carga horária: 5h).
Universidade Federal de Pernambuco, UFPE, Brasil.
2013 - 2013
Introdução à modelagem com variáveis latentes. (Carga horária: 6h).
Universidade Federal de Pernambuco, UFPE, Brasil.
2012 - 2012
Summer Seminar on Political Economy.
Cato University, CATO, Estados Unidos.
2012 - 2012
Fields Experiments in Political Science. (Carga horária: 12h).
Centro de Estudos das Negociações Internacionais Ltda, CAENI, Brasil.
2012 - 2012
Berlin Summer School in Social Sciences.
Umboldt University, HUB, Alemanha.
2011 - 2011
Summer School on Institutional Analysis.
Russian Summer School on Institutional Analysis, RSSIA, Rússia.
2011 - 2011
Gerenciamento de Projetos - Melhores Práticas. (Carga horária: 18h).
Regional Recife do Project Management Institute, PMI-PE, Brasil.
2011 - 2011
Multiple Regression Analysis.
International Political Science Association, IPSA, Canadá.
2010 - 2010
INQUÉRITO POLICIAL. (Carga horária: 12h).
Escola Superior de Advocacia, ESA/OAB-PE, Brasil.
2009 - 2009
Workshop on Institutional Analysis.
The Ronald Coase Institute, RCI, Estados Unidos.
2009 - 2009
Gestor Social. (Carga horária: 20h).
Centro de Capacitação e Pesquisa em Programas Sociais, CECAPS, Brasil.
2009 - 2009
Curso Intensivo em Metodologia Quantitativa. (Carga horária: 150h).
Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.
2008 - 2008
Métodos Quantitativos.
Fundação Joaquim Nabuco, FUNDAJ, Brasil.
2008 - 2008
Espanhol.
Serviço Nacional de Aprendizagem do Comércio, SENAC, Brasil.
2007 - 2007
Introdução ao uso de banco de dados. (Carga horária: 5h).
Consórcio de Informações Sociais, CIS, Brasil.
2007 - 2007
Curso Intensivo em Metodologia Quantitativa. (Carga horária: 150h).
Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.
2006 - 2006
Economia e Sociedade: olhares das Ciências Sociais.
Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais, ANPOCS, Brasil.
2005 - 2005
Uma Introdução a Teoria Econômica dos Jogos. (Carga horária: 6h).
Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência - São Paulo, SBPC, Brasil.
2005 - 2005
Introdução ao SPSS. (Carga horária: 5h).
Sociedade Brasileira de Sociologia, SBS, Brasil.
2002 - 2005
PET - Programa de Educação Tutorial.
Universidade Federal de Pernambuco, UFPE, Brasil.
2002 - 2002
Análise de Dados em Políticas Públicas.
Universidade Federal de Pernambuco, UFPE, Brasil.
2002 - 2002
Teoria das Ciências Sociais.
Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais, ANPOCS, Brasil.


Atuação Profissional



University of Nottingham, NOTTINGHAM, Inglaterra.
Vínculo institucional

2017 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional:


Universidade Federal de Alagoas, UFAL, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional:


Universidade Federal de Pernambuco, UFPE, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor Adjunto I, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Coordenador Científico do Programa de Mestrado Profissional em Políticas Públicas


Secretaria de Desenvolvimento Social e Cidadania, SDSC, Brasil.
Vínculo institucional

2006 - 2006
Vínculo: Prestador de Serviço, Enquadramento Funcional: Técnico de Pesquisa, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.


Centro Cultural Judiaco de Pernambuco, CCJP, Brasil.
Vínculo institucional

2004 - 2005
Vínculo: Monitor, Enquadramento Funcional: Monitor, Carga horária: 20

Atividades

08/2004 - 07/2005
Estágios .

Estágio realizado
Guia do Circuito histórico judaico de pernambuco.

Companhia Elétrica de Pernambuco, CELPE, Brasil.
Vínculo institucional

2002 - 2002
Vínculo: Estágio, Enquadramento Funcional: Analista, Carga horária: 20

Atividades

03/2002 - 04/2002
Estágios .

Estágio realizado
Organização e Processamento de Dados.

Empresa de Urbanização de Recife, URB, Brasil.
Vínculo institucional

2002 - 2002
Vínculo: Outro, Enquadramento Funcional: Analista, Carga horária: 20

Atividades

04/2002 - 05/2002
Estágios .

Estágio realizado
Coleta e análise de dados.


Projetos de pesquisa


2018 - Atual
Desigualdade de renda e escravidão contemporânea no Brasil
Descrição: O projeto propõe a realização de uma pesquisa sobre escravidão contemporânea no Brasil. A escravidão moderna representa uma das principais violações aos direitos humanos (BALES, 2007; WELCH, 2009). Isso porque fere o princípio da dignidade da pessoa humana e agride valores democráticos básicos como a liberdade e a igualdade. Segundo a Organização Internacional do Trabalho (OIT), 21 milhões de pessoas são vítimas de formas de escravidão moderna, como trabalho infantil, escravidão por dívida, casamento servil ou prostituição involuntária. Apesar da vedação Constitucional e dos esforços institucionais, vários brasileiros ainda são vítimas de tal prática. De acordo com dados oficiais do Ministério do Trabalho, cerca de 50 mil pessoas foram resgatadas do trabalho escravo entre 1995 e 2015. Em 2003, o governo brasileiro lançou o Plano Nacional para a Erradicação da Escravidão Moderna com o objetivo de livrar o país desse problema. Os produtos que serão gerados durante o projeto podem apoiar o desenvolvimento de políticas públicas especialmente voltadas para eliminar a exploração de pessoas para benefícios econômicos..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2018 - Atual
Métodos Quantitativos para Ciência Política
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2017 - Atual
Electoral Competition and Corruption in Brazil: A Subnational Approach
Descrição: The United Nation?s action plan for sustainable development, Agenda 21, underlines that all countries ?should increase their efforts to eradicate mismanagement of public and private affairs, including corruption? to ensure effective public administration (UNEP 1992). At the same time, scholars and policy makers struggle to find reliable measures for corruption, often using perception-based surveys instead. Our study presents a rapid response to these challenges. First, we will generate new observational data on corruption - based on court sentences - and publish the data and methodology for re-use of scholars world-wide. We focus on the case of Brazil, where widespread corruption exists in the private and public sector. Second, using this data, we will examine if electoral competition influences corruption to address the previous conflicting results in the literature. Third, by building networks with bureaucrats and civil servants, our work is aimed at impact and policy change..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Dalson Britto Figueiredo Filho - Coordenador / Lucas Silva - Integrante / Nicole Janz - Integrante / Caio Malaquias - Integrante.
2016 - Atual
FINANCIAMENTO DE CAMPANHA, LOBBYING E COMPORTAMENTO CONGRESSUAL: UMA ABORDAGEM MULTIMÉTODO (2003-2014)
Descrição: A interação entre interesses privados e instituições governamentais para influenciar o processo de tomada de decisões é um tema clássico na Ciência Política contemporânea. No que diz respeito aos estudos sobre o Congresso e os grupos de interesse, a literatura procura responder duas principais questões: (1) como e em que medida as doações de campanha influenciam o comportamento congressual? e (2) como e em que medida as atividades de lobby influenciam as ações dos parlamentares? Normativamente, a regulamentação do financiamento de campanha e do lobby busca reduzir a influência do poder econômico sobre os processos e resultados legislativos. O argumento central é de que tanto as contribuições de campanha quanto as atividades de lobby afetam o comportamento congressual, produzindo benefícios para os grupos de interesse e compartilhando os custos com a sociedade. Dentro dessa perspectiva, o principal objetivo deste trabalho é analisar a relação entre financiamento de campanha, lobbying e comportamento congressual. Adotamos uma perspectiva comparada entre parlamentares ocupantes de cargos de destaque (membros da mesa diretora, líderes partidários e presidentes e relatores de comissões permanentes) e demais congressistas do Congresso Nacional, entre 2003 e 2014..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Dalson Britto Figueiredo Filho - Coordenador.
2016 - Atual
Fostering Transparency in Government Institutions and Higher Education: a research and teaching initiative
Descrição: This project aims to foster transparency in Brazilian government institutions and in scholarly research. Research findings resulting from data that is not publicly accessible are not credible. Similarly, governments withholding administrative data should not be trusted. Brazil currently faces these challenges: (1) its government lacks transparency in the dissemination of administrative data, particularly on corruption; (2) the majority of Brazilian social scientists do not provide access to their data. We argue that the lack of government and research transparency are connected, and can be tackled in Brazil by implementing changes that have worked to lessen these issues in the UK. We propose to conduct a novel study on corruption in Brazil and make the data publicly accessible. We will also conduct transparency workshops for researchers and civil servants. The project will strengthen research skills and transparency norms that can contribute to innovation, development, and ultimately social welfare.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Dalson Britto Figueiredo Filho - Coordenador / Lucas Silva - Integrante / Nicole Janz - Integrante.
2015 - 2017
Contestação e Inclusividade na América Latina
Descrição: Países espacialmente próximos tendem a apresentar regimes políticos mais semelhantes? Esse trabalho testa a hipótese de que existe autocorrelação espacial dos indicadores de democratização. O foco da análise repousa sobre a América Latina entre 1950 e 2000, tendo o Brasil como referência. Metodologicamente, o desenho de pesquisa replica os dados de Coppedge, Alvarez e Maldonado (2008) para descrever a variação temporal e espacial das duas dimensões da poliarquia propostas por Dahl (1971): contestação e inclusividade. Os resultados preliminares sugerem que: (1) em média, o Brasil apresentou maiores níveis de democratização do que a América Latina; (2) comparativamente, a década de 1970 apresentou os menores indicadores de contestação e inclusividade; e (3) não existe autocorrelação espacial entre os indicadores de democratização na América Latina (r = 0,012; p-valor = 0,453). Com esse artigo, esperamos contribuir com a literatura sobre difusão de regimes políticos..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Dalson Britto Figueiredo Filho - Coordenador / Lucas Oliveira - Integrante / Mateus Cunha - Integrante / Rodrigo Lins - Integrante.
2015 - Atual
TOGARY: Um software para coleta automatizada de dados sobre improbidade administrativa no Brasil
Descrição: TOGARY é uma ferramenta para coleta automatizada e fornece o maior banco de dados operacionalizável sobre improbidade administrativa no Brasil. O programa extrai informações do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), exportando-as em formato de planilha de trabalho. A motivação para criar o software é falta de informações estruturadas, já que os dados originais apenas estão disponíveis para consulta caso-a-caso em um universo de observações que é diariamente atualizado. Dessa forma, a ferramenta foi especialmente projetada para minimizar erros de mensuração e o tempo de coleta. A última atualização do TOGARY conta com informações detalhadas sobre mais de 24 mil sentenças judiciais condenatórias julgadas pelas esferas estadual, federal, eleitoral, militar e superior entre 1992 e 2015. Para demonstrar a importância do programa, analisamos o tempo de julgamento dos processos de improbidade administrativa. Os resultados apontam que: (1) em média, uma sentença condenatória demora cerca de quatro anos para ser produzida; (2) os tribunais da Bahia (9,00), Amazonas (8,77) e Espírito Santo (7,94) são os mais lentos, enquanto os de Santa Catarina (3,48), Paraná (3,33) e Distrito Federal (1,66) são os mais céleres e (3) após a criação do CNJ, houve uma redução média de 5,37 anos na morosidade processual. Com este trabalho, esperamos difundir a utilização de métodos automatizados de coleta de dados e subsidiar a produção de pesquisas sobre o funcionamento do judiciário no Brasil..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Dalson Britto Figueiredo Filho - Coordenador / Lucas Oliveira - Integrante / Enivaldo Carvalho da ROCHA - Integrante.
2015 - Atual
Ideologia importa? Alternância de partidos políticos e imigração na União Europeia (1992-2015)
Descrição: FINANCIAMENTO: Processo # 443204/2015-2 - Chamada CNPq/ MCTI No 25/2015 Ciências Humanas, Sociais e Sociais Aplicadas. O objetivo da pesquisa é identificar se a imigração varia de acordo com a ideologia do governante e também evidenciar o impacto tanto do governante quanto do governante supranacional no âmbito da União Europeia.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Dalson Britto Figueiredo Filho - Coordenador / Enivaldo Carvalho da Rocha - Integrante / Ernani Rodrigues de Carvalho Neto - Integrante / Andrea Steiner - Integrante / Marcelo de Almeida Medeiros - Integrante / Cinthia Regina Campos - Integrante / Mariana Batista da Silva - Integrante.
2015 - Atual
Quem paga a conta? Financiamento das campanhas eleitorais no Brasil
Descrição: Qual o perfil dos financiadores de campanhas eleitorais brasileiros? O objetivo desse projeto é traçar um perfil dos financiadores de campanha eleitorais no Brasil. Nosso foco consiste em sistematizar os dados sobre financiadores e financiados disponibilizados pelo Tribunal Superior Eleitoral e pela Receita Federal do Brasil. De início, construímos dois bancos de dados, um organizado por financiado e outro organizado a partir do financiador. O período analisado compreende 2004 2014, a unidade de análise são os candidatos a cargos Executivos: presidente, governador e prefeitos. Metodologicamente, combinaremos revisão de literatura sobre os temas e análise de dados, mais precisamente, estatística descritiva e multivariada. Os resultados produzidos deverão integrar artigos científicos para apresentação em encontros e eventos acadêmicos e submetidos para publicação em periódicos acadêmicos..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2014 - Atual
GASTO DE CAMPANHA, NÍVEIS DE POBREZA E RESULTADOS ELEITORAIS NO BRASIL E NOS ESTADOS UNIDOS
Descrição: Qual é o efeito dos gastos de campanha sobre os resultados eleitorais? O objetivo geral do trabalho é analisar a relação entre gastos de campanha, níveis de pobreza e resultados eleitorais no Brasil e nos Estados Unidos em perspectiva comparada. Em particular, o desenho de pesquisa utiliza a metodologia de análise aninhada (nested analysis), combinando diferentes técnicas de estatística multivariada com estudo de caso e análise documental (legislação e jurisprudência). Em termos substantivos, testa-se a hipótese de que existe uma correlação positiva entre a magnitude do efeito do gasto de campanha sobre os votos e os níveis de pobreza. Ou seja, quanto maior a pobreza de um determinado distrito eleitoral, maior deve ser o impacto do gasto de campanha sobre os resultados eleitorais.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2014 - Atual
Índice Brasileiro de Criminalidade (IBC)
Descrição: Como mensurar a criminalidade no Brasil? Comumente, são utilizadas duas estratégias: 1) escolha de uma proxy (número de homicídio) e 2) análise de um conjunto de dados. Para literatura especializada, ambas tendem a gerar medidas de baixa validade e confiabilidade. Esse trabalho tenta corrigir esses erros e propõe a criação de um indicador de criminalidade. Precisamente, utilizamos a análise fatorial para reduzir dez variáveis: estupro, tentativa de estupro, lesão corporal, homicídio, tentativa de homicídio, roubo (veículo, instituições financeiras e outros), latrocínio, porte ilegal de armas, porte de entorpecentes e tráfico de entorpecentes. Os dados são referentes às ocorrências registradas entre 2010 e 2013 nos 26 estados mais o Distrito Federal..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2013 - 2017
Replicabilidade Científica e Metodologia Quantitativa
Descrição: Um dos principais desafios enfrentados pelos professores de Estatística em geral e de métodos quantitativos em particular é despertar o interesse dos estudantes da área de Humanas. Por um lado, tem-se a dificuldade inerente a essas matérias. Por outro, é conhecida a deficiência formativa em Matemática. O resultado é bastante recorrente: a grande maioria dos alunos não se interessa por métodos e técnicas de pesquisa. Nosso principal objetivo é investir em uma abordagem intuitiva, focalizando elementos práticos/aplicados do cotidiano dos estudantes na perspectiva de facilitar o processo de ensino/aprendizagem..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (50) .
Integrantes: Dalson Britto Figueiredo Filho - Coordenador / SILVA JÚNIOR, José Alexandre - Integrante / Enivaldo Carvalho da Rocha - Integrante / Ranulfo Paranhos - Integrante / Ricardo Borges Gama Neto - Integrante.Financiador(es): Universidade Federal de Pernambuco - Outra.


Projetos de extensão


2017 - 2017
P2P: Facebook Global Digital Challenge Spring
Descrição: University students from around the world develop and execute campaigns and social media strategies against extremism that are credible, authentic, and believable to their peers and resonate within their communities sponsored by Facebook and U.S. Department of Homeland Security.
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (10) .
Integrantes: Dalson Britto Figueiredo Filho - Coordenador / Barbara Mota - Integrante / Rayana Burgos - Integrante.
2016 - Atual
Peer to Peer: Challenging Extremism
Descrição: Universities challenged to counter the pervasiveness of extremism on social media in ways that are credible and authentic to their peers and communities. Most students earn academic credit in marketing, communications, social and digital media, international relations, political science, conflict, human rights, special topics and other related coursework. No limits on creativity or scope, but students must implement their projects and demonstrate effectiveness. Sponsored by U.S. Department of State with support from other inter-governmental agencies and Facebook. Teams compete for the chance to present their campaigns in Washington, D.C. to senior government officials, Facebook leadership and earn scholarship awards..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (18) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Dalson Britto Figueiredo Filho - Coordenador / Barbara Mota - Integrante.Financiador(es): U.S. Department of State - Auxílio financeiro.
2015 - Atual
SPSS para cientistas sociais
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Dalson Britto Figueiredo Filho - Coordenador / Enivaldo Carvalho da Rocha - Integrante / José Alexandre da Silva Júnior - Integrante / Dáfni Priscila Alves da Silva - Integrante.


Outros Projetos


2018 - Atual
Macroscópio Político
Descrição: A nossa proposta está ancorada no ideal de compartilhamento da inteligência coletiva por meio da visualização intuitiva dos dados. Nos inspiramos no movimento Gapminder para a realização do nosso projeto. Assim como o fundador do Gapminder, Hans Rosling, acreditamos que a existência dos dados não é suficiente para que os problemas possam ser resolvidos, por isso criamos o Macroscópio Eleitoral. O objetivo da nossa plataforma é facilitar de maneira lúdica e interativa a compreensão das eleições brasileiras para acadêmicos, cientistas, políticos, jornalistas, gestores e demais atores da sociedade..
Situação: Em andamento; Natureza: Outra.
2015 - Atual
Metodologia quantitativa interativa para alunos das ciências humanas
Descrição: As ciências humanas no Brasil enfrentam uma série de deficiências no processo de ensino-aprendizagem em métodos e técnicas de pesquisa. O principal problema é a oferta limitada de material didático-pedagógico intuitivo e lúdico sobre esse assunto em português. A falta de materiais educacionais especialmente adequados para atender as necessidades dos alunos de ciências humanas, em geral, tem comprometido a aprendizagem e influenciado negativamente na formação acadêmica dos discentes. Além disso, os livros existentes demandam conhecimento matemático e estatístico avançado, sendo mais bem trabalhados nos cursos da área de exatas. Por essas razões, é comum observar que os currículos de ciências humanas não privilegiam disciplinas metodológicas e quando estas existem tendem a se concentrar na aplicação dos métodos qualitativos, em detrimento ao ensino de técnicas quantitativas. Esse viés metodológico distancia a prática pedagógica nacional do padrão internacional de excelência e é prejudicial ao desenvolvimento do próprio conhecimento científico. Desse modo, o principal propósito deste projeto é fomentar a qualificação profissional dos alunos de ciências humanas em métodos e técnicas quantitativas por meio da criação de materiais didáticos digitais (artigos sobre a aplicação de técnicas estatísticas na ciência política, recursos audiovisuais, dentre outros) devidamente contextualizados a realidade educacional local da ciência política..
Situação: Em andamento; Natureza: Outra.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Dalson Britto Figueiredo Filho - Coordenador / Dáfni Priscila Alves da Silva - Integrante / Wilber Nascimento - Integrante / Lucas Silva - Integrante / Rodrigo Lins - Integrante / Barbara Mota - Integrante.


Membro de corpo editorial


2012 - Atual
Periódico: Politica Hoje (UFPE. Impresso)


Revisor de periódico


2015 - Atual
Periódico: Revista de Sociologia e Política (UFPR. Impresso)
2012 - Atual
Periódico: Leviathan - Cadernos de Pesquisa Política
2012 - Atual
Periódico: Politica Hoje (UFPE. Impresso)
2016 - Atual
Periódico: E-Legis
2016 - Atual
Periódico: Revista Brasileira de Ciências Sociais (Online)
2017 - Atual
Periódico: Brazilian Political Science Review
2017 - Atual
Periódico: Opinião Pública (UNICAMP)
2017 - Atual
Periódico: REVISTA BRASILEIRA DE CIÊNCIAS SOCIAIS (ONLINE)
2017 - Atual
Periódico: REVISTA BRASILEIRA DE SOCIOLOGIA
2018 - Atual
Periódico: TEORIA & SOCIEDADE (UFMG)


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Estado e Governo.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Comportamento Político.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Comportamento Político/Especialidade: Classes Sociais e Grupos de Interesse.
4.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Comportamento Político/Especialidade: Comportamento Legislativo.
5.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Comportamento Político/Especialidade: Estudos Eleitorais e Partidos Políticos.


Idiomas


Espanhol
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.
Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.


Prêmios e títulos


2017
Escuela de Verano de Métodos Mixtos, PONTIFICIA UNIVERSIDAD CATÓLICA DE CHILE.
2017
Catalyst Grant, Berkeley Initiative for Transparency in the Social Sciences (BITSS).
2017
Research Priority Area ?Rights and Justice?, University of Nottingham.
2017
Voto de Aplauso, Câmara Municipal do Recife..
2016
Fellowship of the Teaching Integrity in Empirical Research (TIER), Haverford College.
2016
Fellowship of the Winter School in Data Analysis, United States Embassy in Uruguay.
2016
Newton Mobility Grant Scheme, British Academy.
2016
Voto de Aplauso, Câmara Municipal do Recife.
2016
Prêmio Olavo Brasil de Lima Jr. de melhor artigo científico., Associação Brasileira de Ciência Política - ABCP..
2016
Voto de Aplauso, Câmara Municipal do Recife.
2015
Fellowship of the Summer Program in Social Science, Institute for Advanced Studies (IAS).
2014
Concurso Monografia sobre Redução da Maioridade penal (1o lugar), Fundação Milton Campos.
2012
1o Concurso de Monografias do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Tribunal Superior Eleitoral.
2012
II CONCURSO BRASILCON DE MONOGRAFIA, Instituto Brasileiro de Política e Direito do Consumidor (Brasilcon).
2012
IX Prêmio Donald Stewart Jr, Instituto Liberal.
2012
Aprovação com distinção no Doutorado, UFPE.
2011
Best presentation award, Russian Summer School on Institutional Analysis.
2009
Prêmio Escola do Legislativo, Assembléia Legislativa do Estado de Santa Catarina.
2009
Aprovação com distinção no Mestrado, UFPE.
2007
Luís Eduardo Magalhães, Instituto Tancredo Neves de Pesquisas e Estudos Políticos, Econômicos e Sociais.
2006
Maria do Carmo Campello de Souza, ABCP - Associação Brasileira de Ciência Política.
2006
Concurso de Paíneis (STs e GTs) - 30º Encontro da ANPOCS, Associação Nacional de Pós-graduação em Ciências Sociais.
2006
Voto de Aplauso, Assembléia Legislativa do Estado de Pernambuco.


Produções



Produção bibliográfica
Citações

SciELO
Total de trabalhos:10
Total de citações:35
Figueiredo Filho, Dalson Britto  Data: 04/08/2015

Outras
Total de trabalhos:30
Total de citações:825
Dalson Britto Figueiredo Filho  Data: 22/08/2018

Artigos completos publicados em periódicos

1.
FIGUEIREDO FILHO, D. B.2018FIGUEIREDO FILHO, D. B.; CARMO, E. F. ; MAIA, R. G. ; SILVA, L. E. O. . Os cavalos também caem: Tratado das inconsistências do IDEB. Ensaio. Avaliação e Políticas Públicas em Educação, v. 26, p. 552-568, 2018.

2.
CARMO, E. F.2018CARMO, E. F. ; FIGUEIREDO FILHO, D. B. ; ROCHA, E. ; FERREIRA, G. . A reforma do ensino médio na voz dos professores. REVISTA ENTREIDEIAS: EDUCAÇÃO, CULTURA E SOCIEDADE, v. 7, p. 7-21, 2018.

3.
FIGUEIREDO FILHO, D. B.2018FIGUEIREDO FILHO, D. B.; HAYASHI., R. ; OLIVEIRA, P. F. L. ; VIEIRA, J. L. C. . DIREITO DO CONSUMIDOR EM PERSPECTIVA COMPARADA: UMA ABORDAGEM JURIMÉTRICA. REVISTA OPINIÃO JURÍDICA (FORTALEZA), v. 16, p. 241-267, 2018.

4.
LINS, R.2017LINS, R. ; FIGUEIREDO FILHO, D. B. ; ROCHA, E. C. . Não temos tempo a perder: uma introdução à análise de sobrevivência. POLITICA HOJE (UFPE. IMPRESSO), v. 26, p. 279-298, 2017.

5.
MARTINS, EMANUELLA MARGARETH LIMA ROLIM2017MARTINS, EMANUELLA MARGARETH LIMA ROLIM ; ALBUQUERQUE, PAULETTE CAVALCANTI DE ; OLIVEIRA JÚNIOR, FERNANDO JOSÉ MOREIRA DE ; FIGUEIREDO FILHO, DALSON BRITTO . POLÍTICA DE RESIDÊNCIA MÉDICA E CARÊNCIA DE ESPECIALISTAS EM GINECOLOGIA E OBSTETRÍCIA NO SUS EM PERNAMBUCO. TRABALHO, EDUCAÇÃO E SAÚDE (ONLINE), v. 15, p. 843-856, 2017.

6.
FIGUEIREDO FILHO, D. B.2016FIGUEIREDO FILHO, D. B.; PARANHOS, R. ; SILVA JR, JOSÉ ALEXANDRE DA ; SILVA, D. . Precisamos falar sobre métodos quantitativos em Ciência Política. Revista Latinoamericana de Metodología de la Investigación Social, v. 11, p. 21-39, 2016.

7.
LINS, R.2016LINS, R. ; OLIVEIRA, L. A. ; FIGUEIREDO FILHO, D. B. . A redução da maioridade penal diminui a violência? Evidências de um estudo comparado. Opinião Pública (UNICAMP. Impresso), v. 22, p. 118-139, 2016.

8.
NASCIMENTO, W.2016NASCIMENTO, W. ; PARANHOS, R. ; SILVA JÚNIOR, J. A. ; SILVA, Denisson ; FIGUEIREDO FILHO, D. B. . Does Size Matter? Electoral Performance of Small Parties in Brazil. Brazilian Political Science Review, v. 10, p. 1-26, 2016.

9.
ALVES, H.2016ALVES, H. ; FIGUEIREDO FILHO, D. B. ; CUNHA, M. ; PARANHOS, R. ; SILVA JÚNIOR, J. A. ; ROCHA, E. C. . Análise institucional comparada dos Estados fracassados. Análise Social, v. LI, p. 432-456, 2016.

10.
MANCUSO, W.2016MANCUSO, W. ; FIGUEIREDO FILHO, D. B. ; SPECK, B. ; SILVA, L. ; ROCHA, E. C. . Corporate Dependence in Brazil's 2010 Elections for Federal Deputy. Brazilian Political Science Review, v. 10, p. 1-24, 2016.

11.
FIGUEIREDO FILHO, D. B.2016FIGUEIREDO FILHO, D. B.; SILVA, L. E. O. ; DOMINGOS, A. ; ROCHA, E. C. . How to get away with multicollinearity: a users? guide. Politica Hoje (UFPE. Impresso), v. 25, p. 161-174, 2016.

12.
PARANHOS, R.2016PARANHOS, R. ; FIGUEIREDO FILHO, D. B. ; ROCHA, E. C. ; SILVA JÚNIOR, J. A. ; RODRIGUES, D. F. . Uma introdução aos métodos mistos em Ciência Política. Sociologias (UFRGS. Impresso), v. 18, p. 384-411, 2016.

13.
SANTOS, M. L. W. D.2015 SANTOS, M. L. W. D. ; SILVA, M. B. ; FIGUEIREDO FILHO, D. B. ; ROCHA, E. C. . Financiamento de Campanha e Apoio Parlamentar à Agenda Legislativa da Indústria na Câmara dos Deputados. Opinião Pública (UNICAMP. Impresso), v. 21, p. 33-59, 2015.

14.
FIGUEIREDO FILHO, D. B.2015FIGUEIREDO FILHO, D. B.; ROCHA, E. C. ; SILVA JUNIOR, J. A. ; PARANHOS, R. . Financiamento de Campanha: Nível de Regulação em Perspectiva Comparada. E-Legis, v. 1, p. 36-50, 2015.

15.
SANTOS, M. L. W. D.2015SANTOS, M. L. W. D. ; REIS, B. P. W. ; FIGUEIREDO FILHO, D. B. ; SILVA, L. . Modelos de financiamento de sistemas eleitorais e partidários: notas de pesquisa para o desenvolvimento de estudos comparados. Teoria & Sociedade (UFMG), v. 23, p. 192-226, 2015.

16.
FIGUEIREDO FILHO, D. B.2015FIGUEIREDO FILHO, D. B.; SILVA, L. E. O. ; DOMINGOS, A. . O Que é e como Superar a Multicolinariedade? Um Guia Para Ciência Política. Conexão Política - Revistas Eletrônicas da UFPI, v. 4, p. 95-104, 2015.

17.
MOTA, B.2015MOTA, B. ; FIGUEIREDO FILHO, D. B. . Quem controla a política de ninguém? Anonymous Brasil e o hacking político nas redes digitais de comunicação. Emancipação (UEPG), v. 15, p. 299-315, 2015.

18.
FIGUEIREDO FILHO, D. B.2014FIGUEIREDO FILHO, D. B.; ROCHA, E. C. ; SILVA, M. B. ; PARANHOS, R. ; SILVA JÚNIOR, José Alexandre ; DUARTE, B. S. F. . Cluster analysis for Political Scientists. Applied Mathematics, v. 5, p. 2408-2415, 2014.

19.
FIGUEIREDO FILHO, DALSON B.2014 FIGUEIREDO FILHO, DALSON B.; ROCHA, ENIVALDO C. DA ; BATISTA, MARIANA ; PARANHOS, Ranulfo ; SILVA JR, JOSÉ ALEXANDRE DA . Reply on the Comments on When is Statistical Significance not Significant?. Brazilian Political Science Review, v. 8, p. 141-150, 2014.

20.
FIGUEIREDO FILHO, D. B.2014FIGUEIREDO FILHO, D. B.; PARANHOS, R. ; SILVA JUNIOR, J. A. ; ROCHA, E. C. ; ALVES, D. . O QUE É, PARA QUE SERVE E COMO SE FAZ UMA META-ANÁLISE?. Teoria & Pesquisa (on line), v. 23, p. 205-228, 2014.

21.
PARANHOS, R.2014PARANHOS, R. ; FIGUEIREDO FILHO, D. B. ; ROCHA, E. C. ; CARMO, Erinaldo Ferreira do . A Importância da Replicabilidade na Ciência Política: o caso do SigoBR. Politica Hoje (UFPE. Impresso), v. 22, p. 213-229, 2014.

22.
ROCHA, Enivaldo Carvalho da2014ROCHA, Enivaldo Carvalho da ; FIGUEIREDO FILHO, D. B. ; SILVA JR, J. A. ; PARANHOS, R. ; KUMAR, P. ; CARMO, Erinaldo Ferreira do . Capacidade institucional e corrupção: Tribunais de Contas Estaduais em perspectiva comparada. Revista Debates (UFRGS), v. 8, p. 181-204, 2014.

23.
FIGUEIREDO FILHO, D. B.2014FIGUEIREDO FILHO, D. B.; SILVA JÚNIOR, J. A. ; PARANHOS, R. ; ROCHA, E. C. ; NASCIMENTO, W. ; SILVA, M. B. ; SILVA, L. . HAPPY TOGETHER: Como utilizar análise fatorial e análise de cluster paras mensurar a qualidade das políticas públicas. Teoria & Sociedade (UFMG), v. 22, p. 123-152, 2014.

24.
CARMO, E. F.2014CARMO, E. F. ; CHAGAS, J. A. S. ; FIGUEIREDO FILHO, D. B. ; ROCHA, E. C. . Políticas públicas de democratização do acesso ao ensino superior e estrutura básica de formação no ensino médio regular. Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos (Impresso), v. 95, p. 304-327, 2014.

25.
FIGUEIREDO FILHO, D. B.2013 FIGUEIREDO FILHO, D. B.; PARANHOS, R. ; ROCHA, E. C. ; SILVA, M. B. ; SILVA JUNIOR, J. A. ; SANTOS, M.L. ; MARINO, J. G. . When is statistical significance not significant?. Brazilian Political Science Review, v. 7, p. 31-55, 2013.

26.
PARANHOS, R.2013PARANHOS, R. ; FIGUEIREDO FILHO, D. B. ; ROCHA, E. C. ; SILVA JUNIOR, J. A. ; LAVAREDA, A. . GASTOS E VOTOS NAS ELEIÇÕES 2012: O CASO DOS CANDIDATOS A PREFEITO DAS CAPITAIS BRASILEIRAS. E-Legis, v. 11, p. 29-43, 2013.

27.
FIGUEIREDO FILHO, D. B.2013FIGUEIREDO FILHO, D. B.; PARANHOS, R. ; ROCHA, E. C. ; SILVA JÚNIOR, José Alexandre ; MAIA, R. G. . Análise de componentes principais para construção de indicadores sociais. Revista Brasileira de Biometria, v. 31, p. 61-78, 2013.

28.
FIGUEIREDO FILHO, Dalson Brito2013FIGUEIREDO FILHO, Dalson Brito; ROCHA, E. C. ; SILVA JUNIOR, J. A. ; PARANHOS, R. . Causalidade e Mecanismos em Ciência Política. Revista Mediações (UEL), v. 18, p. 10-27, 2013.

29.
PARANHOS, R.2013PARANHOS, R. ; FIGUEIREDO FILHO, D. B. ; ROCHA, Enivaldo Carvalho da ; SILVA JÚNIOR, J. A. . Corra que o survey vem aí. Noções básicas para cientistas sociais. Revista Latinoamericana de Metodología de la Investigación Social, v. 6, p. 07-24, 2013.

30.
SILVA JÚNIOR, J. A.2013SILVA JÚNIOR, J. A. ; FIGUEIREDO FILHO, D. B. ; PARANHOS, R. ; ROCHA, E. C. . Quem controla o Legislativo? A ocupação de cargos de comando na Câmara dos Deputados. Paraná Eleitoral, v. 2, p. 283-308-308, 2013.

31.
FIGUEIREDO FILHO, D. B.2012FIGUEIREDO FILHO, D. B.; SILVA JÚNIOR, José Alexandre ; ROCHA, E. C. . Classificando regimes políticos utilizando análise de conglomerados. Opinião Pública (UNICAMP. Impresso), v. 18, p. 109-128, 2012.

32.
FIGUEIREDO FILHO, D. B.2012FIGUEIREDO FILHO, D. B.; SILVA JÚNIOR, José Alexandre ; ROCHA, E. C. . Contestation and inclusiveness in post-communist countries: evidence across time and space. Teoria & Pesquisa, v. 21, p. 16-27, 2012.

33.
SILVA JÚNIOR, José Alexandre2012SILVA JÚNIOR, José Alexandre ; FIGUEIREDO FILHO, D. B. . Marolas ou tsunamis?: o impacto das ondas de renovação sobre a profissionalização dos deputados federais(1999-2003). Revista de Sociologia e Política (UFPR. Impresso), v. 20, p. 199-212, 2012.

34.
FIGUEIREDO FILHO, D. B.2011FIGUEIREDO FILHO, D. B.; NUNES, F. ; ROCHA, E. C. ; SANTOS, M.L. ; SILVA, M. B. ; SILVA JÚNIOR, José Alexandre . O que fazer e o que não fazer com a regressão: pressupostos e aplicações do modelo linear de Mínimos Quadrados Ordinários (MQO).. Politica Hoje (UFPE. Impresso), v. 20, p. 44-99, 2011.

35.
FIGUEIREDO FILHO, D. B.2011FIGUEIREDO FILHO, D. B.; SILVA JÚNIOR, José Alexandre ; ROCHA, E. C. . What is R2 all about?. Leviathan - Cadernos de Pesquisa Política, v. 3, p. 60-68, 2011.

36.
GOMES, J.2011GOMES, J. ; BARBOSA, L. Q. ; FIGUEIREDO FILHO, D. B. . Institutional Environment and Judicial Review: Measuring Legislative Quality in Brazil. SSRN Electronic Journals: The English & Commonwealth Law Abstracts Journal, v. 1, p. 1-11, 2011.

37.
FIGUEIREDO FILHO, D. B.2010 FIGUEIREDO FILHO, D. B.; SILVA JÚNIOR, José Alexandre . Visão além do alcance: uma introdução à análise fatorial. Opinião Pública (UNICAMP. Impresso), v. 16, p. 160-185, 2010.

38.
FIGUEIREDO FILHO, D. B.2009 FIGUEIREDO FILHO, D. B.; SILVA JÚNIOR, José Alexandre . Desvendando os Mistérios do Coeficiente de Correlação de Pearson (r). Politica Hoje (UFPE. Impresso), v. 18, p. 115-146, 2009.

39.
FIGUEIREDO FILHO, D. B.2006FIGUEIREDO FILHO, D. B.; SILVA JÚNIOR, José Alexandre . Performance partidária e incentivos eleitorais: desvendando os mistérios dos líderes. Revista Três [...] Pontos (UFMG), v. 2, p. 23-32, 2006.

40.
FIGUEIREDO FILHO, D. B.2005FIGUEIREDO FILHO, D. B.. Gastos eleitorais: os determinantes das eleições? Estimando a influência dos gastos de campanha nas eleições de 2002. Revista Urutágua (Online), v. 8, p. 1-10, 2005.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
FIGUEIREDO FILHO, D. B.. Gasto de campanha, pobreza e resultados eleitorais no Brasil. 1. ed. Rio de Janeiro: Luminária Academia, 2017. 218p .

Capítulos de livros publicados
1.
LINS, R. ; FIGUEIREDO FILHO, D. B. ; SILVA, L. E. O. ; CUNHA, M. ; ROCHA, E. C. . A DEMOCRACIA NÃO MORA AO LADO: CONTESTAÇÃO E INCLUSIVIDADE NA AMÉRICA LATINA (1950-2000). In: Simone Viscarra; Michele Massuchin; Sandra Avi dos Santos; Lucas Mesquita; Lorena Granja Hernández; Helga Almeida. (Org.). América Latina em foco: novas perspectivas de análise sobre a região. 1ed.Porto Alegre: Terra da Ideia, 2017, v. 1, p. 177-192.

2.
FIGUEIREDO FILHO, D. B.; SILVA, L. ; HAYASHI., R. . O Mapa da improbidade administrativa no Brasil (1992-2015). In: Lídia de Oliveira Xavier; Carlos F. Domínguez Avila. (Org.). A QUALIDADE DA DEMOCRACIA NO BRASIL: questões teóricas e metodológicas da pesquisa. 1ed.Curitiba - PR: CRV, 2016, v. 1, p. 1-.

3.
BARBOSA, L. V. Q. ; CARVALHO, E. ; GOMES NETO, J. M. W. ; FIGUEIREDO FILHO, D. B. . Revisão judicial no Brasil: analisando a Assembleia de Minas Gerais em perspectiva comparada. In: Manoel Leonardo Santos; Fátima Anastasia. (Org.). Política e Desenvolvimento Institucional no Legislativo de Minas Gerais. 1ed.Minas Gerais: PUC, 2016, v. 1, p. 139-160.

4.
FIGUEIREDO FILHO, D. B.; MEDEIROS, M. ; MARQUES, S. ; STEINER, A. . O EPI no contexto dos estudos multi e interdisciplinares sobre política ambiental com foco na América Latina. In: Diego Rodrigues. (Org.). Meio ambiente em interdisciplinaridade: Teorias, Metodologias e Práticas. 1ed.Aracaju: EDUNIT, 2016, v. 1, p. 21-36.

5.
FIGUEIREDO FILHO, D. B.; PARANHOS, R. ; SILVA JÚNIOR, J. A. ; ROCHA, E. C. ; MAIA, R. G. . A casa caiu? Índice de Qualidade de Moradia nos estados brasileiros. In: SANTANA, C. H.; IGLECIAS, W. (Org.). Estado, Burocracia e Controle Democrático.. 1ed.Maceió: Alameda Casa Editorial, 2015, v. 1, p. 481-500.

6.
CARVALHO NETO, E. R. ; FIGUEIREDO FILHO, D. B. . Entre Hermes e Themis: a oposição e suas estratégias no presidencialismo de coalizão.. In: Humberto Dantas; José Roberto de Toledo; Marco Antonio Carvalho Teixeira.. (Org.). Análise Política & Jornalismo de Dados - Ensaios A Partir do Basômetro. 1ed.São Paulo: FGV, 2014, v. 1, p. 97-122.

7.
RODRIGUES, D. F. ; PARANHOS, R. ; FIGUEIREDO FILHO, Dalson Brito ; SILVA, D. . INSUSTENTÁVEL LEVEZA DAS POLÍTICAS PÚBLICAS AMBIENTAIS NO BRASIL. In: Juliana Alves; Mara Rejane. (Org.). A encruzilhada da diversidade no âmbito da EDH. 1ed.Maceió: EDUFAL, 2013, v. , p. 305-324.

8.
FIGUEIREDO FILHO, D. B.; MELO, N. M. L. . Financiamento de campanha em perspectiva comparada: uma análise exploratória. 1o Concurso de Monografias do Tribunal Superior Eleitoral. 1ed.Brasília, DF: Cedip/SGI, 2012, v. , p. 197-237.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
FIGUEIREDO FILHO, D. B.. Como contribuições de campanha influenciam o desempenho eleitoral. Nexo, São Paulo, p. 1 - 1, 16 ago. 2018.

2.
DOMINGUES, J. ; FIGUEIREDO FILHO, D. B. . O melhor cabo eleitoral. Jornal do Commércio, Recife, p. 18 - 18, 05 mar. 2018.

3.
FIGUEIREDO FILHO, D. B.. De olhos bem fechados: população carcerária. Diário de Pernambuco, 29 ago. 2016.

4.
FIGUEIREDO FILHO, D. B.. Ai se eu te pego: o subregistro dos estupros no Brasil. Diário de Pernambuco, Recife, 07 jun. 2016.

5.
FIGUEIREDO FILHO, D. B.. Vale a pena ver de novo?. Diário de Pernambuco, 15 abr. 2016.

6.
FIGUEIREDO FILHO, D. B.. O que Frank Underwood diria?. Diário de Pernambuco, Recife, 21 mar. 2016.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
MEDEIROS, M. A. ; FIGUEIREDO FILHO, D. B. ; SILVA, M. B. ; CAMPOS, C. R. . Political Parties Ideology and Immigration Patterns in European Union (1988-2015). In: WISC - FIFTH GLOBAL INTERNATIONAL STUDIES CONFERENCE, 2017, Taipei. WISC - FIFTH GLOBAL INTERNATIONAL STUDIES CONFERENCE, 2017.

2.
MEDEIROS, M. A. ; FIGUEIREDO FILHO, D. B. ; MESQUISTA, R. ; PRISCILA, D. . Brazilian Foreign Policy: South America and Regional Integration. In: IPSA - 24th World Congress of Political Science, 2016, Poznan. IPSA - 24th World Congress of Political Science, 2016.

3.
FIGUEIREDO FILHO, D. B.; SILVA, L. E. O. . O OUTLIER QUE PERTURBA O SEU SONO: COMO IDENTIFICAR CASOS EXTREMOS?. In: In: 10º Encontro da Associação Brasileira de Ciência Política, 2016, Belo Horizonte. Anais eletrônicos, 2016.

4.
SILVA, L. E. O. ; FIGUEIREDO FILHO, D. B. . QUEM ESPERA SEMPRE ALCANÇA? O efeito da morosidade judicial sobre a impunidade da corrupção no Brasil (1992 - 2015). In: In: 10º Encontro da Associação Brasileira de Ciência Política, 2016, Belo Horizonte. Anais eletrônicos, 2016.

5.
SILVA, L. E. O. ; FIGUEIREDO FILHO, D. B. ; ROCHA, E. C. . TOGARY: Um software para coleta automatizada de dados sobre corrupção no Brasil. In: VIII Congresso Latinoamericano de Ciência Política, 2015, Lima. VIII Congresso Latinoamericano de Ciência Política, 2015.

6.
SANTOS, M. ; FIGUEIREDO FILHO, D. B. ; SILVA, M. B. ; ROCHA, E. C. . Financiamento de campanha e apoio parlamentar à Agenda Legislativa da Indústria na Câmara dos Deputados. In: IX Encontro da ABCP, 2014, 2014, Brasília. Anais do IX Encontro da ABCP, 2014.

7.
SANTOS, M. ; FIGUEIREDO FILHO, D. B. ; SILVA, M. B. ; ROCHA, E. C. . Financiamento de campanha e apoio parlamentar à Agenda Legislativa da Indústria na Câmara dos Deputados. In: Anpocs (2014), 2014, Caxambú. Anais do Encontro Anual da Anpocs, 2014.

8.
FIGUEIREDO FILHO, D. B.; PARANHOS, R. ; SILVA JUNIOR, J. A. ; ROCHA, E. C. . Gastos e Votos nas eleições 2012: o caso dos candidatos a prefeito das capitais brasileiras. In: III Fórum Brasileiro de Pós-Graduação em Ciência Política, 2013, Curitiba. III Fórum Brasileiro de Pós-Graduação em Ciência Política, 2013.

9.
PARANHOS, R. ; FIGUEIREDO FILHO, D. B. ; SILVA JUNIOR, J. A. ; ROCHA, E. C. . Capacidade Institucional e Redução da Pobreza na América Latina. In: III Fórum Brasileiro de Pós-Graduação em Ciência Política, 2013, Curitiba. III Fórum Brasileiro de Pós-Graduação em Ciência Política, 2013.

10.
ROCHA, E. C. ; PARANHOS, R. ; FIGUEIREDO FILHO, D. B. ; SILVA JUNIOR, J. A. . 513 Deputados e um segredo: Cota para Exercício de Atividade Parlamentar (CEAP). In: III Fórum Brasileiro de Pós-Graduação em Ciência Política, 2013, Curitiba. III Fórum Brasileiro de Pós-Graduação em Ciência Política, 2013.

11.
SILVA JUNIOR, J. A. ; FIGUEIREDO FILHO, D. B. ; PARANHOS, R. ; ROCHA, E. C. . Quem controla o legislativo? A ocupação de cargos de comando na câmara dos deputados. In: III Fórum Brasileiro de Pós-Graduação em Ciência Política, 2013, Curitiba. III Fórum Brasileiro de Pós-Graduação em Ciência Política, 2013.

12.
FIGUEIREDO FILHO, D. B.; ROCHA, E. C. ; LAVAREDA, A. . Campaign finance in comparative perspective. In: Pre-APSA Workshop on Electoral Integrity, 2013, Chicago. Pre-APSA Workshop on Electoral Integrity, 2013.

13.
ROCHA, E. ; SILVA, D. ; PARANHOS, R. ; SILVA JUNIOR, J. ; FIGUEIREDO FILHO, D. B. . As time goes by: corruption and judicial punishment in the Brazilian states. In: 37 Encontro anual da ANPOCS, 2013, Águas de Lindóia, SP. Anais da ANPOCS, 2013.

14.
FIGUEIREDO FILHO, D. B.; ROCHA, E. ; PARANHOS, R. ; SILVA JUNIOR, J. . Capacidade institucional e reducação da pobreza na América Latina. In: 7 Congresso da Associação Latino Americana de Ciência Política (ALACIP), 2013, Bogotá. Anais da Alacip, 2013.

15.
FIGUEIREDO FILHO, D. B.; ROCHA, E. C. ; PARANHOS, R. ; SILVA JUNIOR, J. A. ; SANTOS, M. L. ; FIGUEIREDO FILHO, D. B. . Levando Gary King a sério: desenhos de pesquisa em Ciência Política. In: Associação Brasileira de Ciência Política (ABCP), 2012, Gramado. 8º Encontro da Associação Brasileira de Ciência Política (ABCP), 2012.

16.
Queiroz, Leon Victor ; GOMES NETO, J. M. W. ; FIGUEIREDO FILHO, D. B. . Brazilian Supreme Court and the Rule of Law Construction: Building the Legislative Quality Index (LQI). In: International Society for New Institutional Economics, 2011, Palo Alto. International Society for New Institutional Economics, 2011.

17.
SILVA JÚNIOR, José Alexandre ; FIGUEIREDO FILHO, D. B. ; ROCHA, E. C. . Corram que as urnas vêm ai: corrupção e democracia em perspectiva comparada. In: II Fórum de Pós-graduação em Ciência Política, 2011, São Carlos. Anais do II Fórum de Pós-graduação em Ciência Política, 2011.

18.
FIGUEIREDO FILHO, D. B.; SILVA JÚNIOR, José Alexandre ; ROCHA, E. C. ; SANTOS, M.L. ; CARMO, E.F. . When statistical significance is not significant?. In: II Fórum Brasileiro de Pós-graduação em Ciência Política, 2011, São Carlos. Anais do II Fórum Brasileiro de Pós-graduação em Ciência Política, 2011.

19.
FIGUEIREDO FILHO, D. B.. Campaign spending and poverty levels in Brazil: an exploratory approach. In: 5th Russian Summer School on Institutional Analysis, 2011, Moscou. Russian Summer School on Institutional Analysis, 2011.

20.
BARBOSA, L. Q. ; GOMES, J. ; FIGUEIREDO FILHO, D. B. . Institutional Environment and Judicial Review: Measuring Legislative Quality in Brazil. In: 15th Annual Conference of The International Society for New Institutional Economics, 2011, Palo Alto. 15th Annual Conference of The International Society for New Institutional Economics, 2011.

21.
QUEIROZ, L. ; GOMES, J. ; FIGUEIREDO FILHO, D. B. . BRAZILIAN SUPREME COURT AND THE RULE OF LAW CONSTRUCTION: BUILDING THE LEGISLATIVE QUALITY INDEX (LQI). In: 6 TH European Consortium for Political Research General Conference, 2011, Reykjavik. 6th ECPR General Conference. Reykjavik: ECPR, 2011.

22.
SILVA JÚNIOR, José Alexandre ; FIGUEIREDO FILHO, D. B. . Marolas ou Tsunamis II? Estimando o alcance das ondas de renovação na Câmara dos Deputados. In: 7 Encontro da ABCP, 2010, ABCP. Anais da ABCP, 2010.

23.
SILVA JÚNIOR, José Alexandre ; FIGUEIREDO FILHO, D. B. . Marolas ou Tsunamis? Estimando o alcance das ondas de renovação na Câmara dos Deputados. In: 33º Encontro Anual da Anpocs, 2009, Caxambu. Anais do 33º Encontro Anual da Anpocs, 2009.

24.
FIGUEIREDO FILHO, D. B.; SILVA JÚNIOR, José Alexandre . Quem controla o legislativo? Estratégias partidárias na ocupação de cargos parlamentares. In: ANPOCS, 2008, Caxambu. ANPOCS, 2008.

25.
FIGUEIREDO FILHO, D. B.; SILVA JÚNIOR, José Alexandre . Utilizando um modelo multinomial logístico para explicar a ocupação de cargos de destaque no interior do legislativo nacional. In: IV Seminário de Ciência Política da UFPE, 2008, Recife. IV Seminário de Ciência Política da UFPE, 2008.

26.
SILVA JÚNIOR, José Alexandre ; FIGUEIREDO FILHO, D. B. . "Quem procura acha": minimizando risco moral e seleção adversa na escolha dos líderes partidários no Congresso Nacional. In: ABCP, 2008, Campinas. ABCP, 2008.

27.
SILVA JÚNIOR, José Alexandre ; FIGUEIREDO FILHO, D. B. . Entre o prestígio e a credibilidade: uma tipologia dos líderes partidários. In: ANPOCS, 2007, Caxambu. ANPOCS, 2007.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
MOTA, B. ; FERNANDES, A. A. T. ; FIGUEIREDO FILHO, D. B. . A política de Cotas e a representação das mulheres no poder legislativo brasileiro (2002-2014). In: 19º Encontro Internacional da Rede Feminista Norte e Nordeste de estudos e pesquisa sobre mulher e relações de gênero, 2016, Sergipe. Gêneros, feminismos, poderes e políticas públicas: investigações contemporâneas, 2016.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
NASCIMENTO, W. ; SILVA, L. E. O. ; FIGUEIREDO FILHO, D. B. . EFEITO DOS PARTIDOS PEQUENOS NA COMPETIÇÃO PARTIDÁRIA NO BRASIL (1998-2014). In: XV Jornada de Ensino, Pesquisa e Extensão da UFRPE, 2015, Recife. XV Jornada de Ensino, Pesquisa e Extensão da UFRPE - Anais, 2015.

2.
BEZERRA, R. M. ; SILVA, L. E. O. ; FIGUEIREDO FILHO, D. B. . Desigualdade, Qualidade de Moradia e Desenvolvimento Humano nos Municípios Brasileiros. In: 1o Seminário Internacional de Ciência Política, 2015, Porto Alegre. 1o Seminário Internacional de Ciência Política, 2015.

3.
SILVA, L. E. O. ; DOMINGOS, A. ; MONTEIRO, C. ; CRUZ, A. S. ; FIGUEIREDO FILHO, D. B. . DESCRIÇÃO E ANÁLISE DA QUALIDADE HABITACIONAL EM PERNAMBUCO (1991, 2000 e 2010). In: XV Jornada de Ensino, Pesquisa e Extensão da UFRPE, 2015, Recife. XV Jornada de Ensino, Pesquisa e Extensão da UFRPE - Anais, 2015.

4.
FIGUEIREDO FILHO, D. B.; SILVA JÚNIOR, José Alexandre . Spending and votes in the Brazilian national elections: A spatial regression analysis. In: Elections, Public Opinion and Parties Annual Conference, 2009, Glasgow. Resumo Publicado, 2009.

5.
FIGUEIREDO FILHO, D. B.; SILVA JÚNIOR, José Alexandre . Using a Multinomial Logistic Model to Explain Leadership Positions in the Brazilian Congress. In: Arkansas Political Science Association (ArkPSA) Annual Meeting, 2009, Little Rock. Resumo Publicado, 2009.

6.
FIGUEIREDO FILHO, D. B.; SILVA JÚNIOR, José Alexandre . Prestige and Credibility in the leaders' selection process in the Brazilian Congress. In: The European Consortium for Political Research Graduate Conference, 2008, Barcelona. Anais do ECPR Graduate Conference, 2008.

7.
FIGUEIREDO FILHO, D. B.; SILVA JÚNIOR, José Alexandre . Prestige and Credibility in the Leaders? Selection Process in the Brazilian Congress. In: The New England Political Science Association 2008 Annual Meeting, 2008, New England. Resumo, 2008.

8.
SILVA JÚNIOR, José Alexandre ; FIGUEIREDO FILHO, D. B. . Prestígio e Credibilidade na seleção dos líderes no Congresso nacional. In: CISO, 2007, Maceió, AL.. anais do CISO, 2007.

9.
FIGUEIREDO FILHO, D. B.; SILVA JÚNIOR, José Alexandre . Performance partidária e incentivos eleitorais: desvendando os mistérios dos líderes. In: Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais (ANPOCS)., 2006, Caxambu. Anais do 30º encontro da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais (ANPOCS)., 2006.

10.
FIGUEIREDO FILHO, D. B.. Reforma de Financiamento de Campanha: pressupostos teóricos e evidências empíricas. In: ABCP, 2005, Belo Horizonte. Anais da ABCP.

11.
FIGUEIREDO FILHO, D. B.. Reformando os Reformadores: porque o financiamento público das eleições não é a solução. In: SBPC, 2004, Recife. Anais do Congrad, 2004.

12.
FIGUEIREDO FILHO, D. B.. Lobby e Corrupção: mecanismos de ineficiência alocativa. In: Encontro de Ciências Sociais, 2003, Recife. Anais do VII Encontro de Ciências Sociais/UFPE, 2003.

Resumos publicados em anais de congressos (artigos)
1.
FIGUEIREDO FILHO, D. B.2005FIGUEIREDO FILHO, D. B.. Gastos e votos: : pressupostos teóricos e evidências empíricas. Anais da SBS, 2005.

Apresentações de Trabalho
1.
FIGUEIREDO FILHO, D. B.. Análise Gráfica de Dados. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
Dalson Britto Figueiredo Filho. Sete Mitos da Pesquisa Empírica em Direito. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
Dalson Britto Figueiredo Filho. Métodos Quantitativos e Políticas Públicas. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
SILVA, L. E. O. ; FIGUEIREDO FILHO, D. B. . Como se julga um corrupto? Morosidade processual e severidade judicial no Brasil (1992-2015). 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

5.
TAROUCO, G. ; FIGUEIREDO FILHO, D. B. . ?FINANCIAMENTO PARTIDÁRIO E SUAS CONSEQUÊNCIAS ? EUROPA E AMÉRICA LATINA?. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

6.
FIGUEIREDO FILHO, D. B.. Metodologia como agenda de pesquisa na Ciência Política. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

7.
SILVA, L. E. O. ; FIGUEIREDO FILHO, D. B. ; ROCHA, E. C. de . TOGARY: um software para coleta automatizada de dados sobre corrupção no Brasil. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

8.
FIGUEIREDO FILHO, D. B.. Como a transparência de dados afeta a qualidade das políticas públicas?. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

9.
FIGUEIREDO FILHO, D. B.. Gastos Eleitorais, Níveis de Pobreza e Resultados Eleitorais. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

10.
LAVAREDA, A. ; ROCHA, E. C. ; FIGUEIREDO FILHO, D. B. . As eleições intermediárias e os resultados das urnas. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

11.
FIGUEIREDO FILHO, D. B.. Métodos Mistos em Ciência Política. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

12.
ROCHA, E. C. ; FIGUEIREDO FILHO, D. B. . Quando a significância estatística não é significativa. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

13.
FIGUEIREDO FILHO, D. B.; ROCHA, E. C. ; PARANHOS, R. ; GOMES NETO, J. M. W. . JUSTIÇA TARDE, MAS NÃO FALHA: improbidade administrativa nos Estados Brasileiros. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

14.
FIGUEIREDO FILHO, D. B.; ROCHA, E. C. ; PARANHOS, R. ; GOMES NETO, J. M. W. . Improbidade administrativa no Brasil em perspectiva comparada. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

15.
FIGUEIREDO FILHO, D. B.; SILVA JÚNIOR, José Alexandre . Outsiders e regimes democráticos: os casos do Peru, Venezuela e Brasil. 2010. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

16.
FIGUEIREDO FILHO, D. B.; SILVA JÚNIOR, José Alexandre . Marolas ou Tsunamis: estimando as ondas de renovação na Câmara dos Deputados. 2010. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

17.
SILVA JÚNIOR, José Alexandre ; FIGUEIREDO FILHO, D. B. . Marolas ou Tsunamis II? Estimando o alcance das ondas de renovação na Câmara dos Deputados. 2010. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

18.
FIGUEIREDO FILHO, D. B.. The Effects of Campaign Spending on Brazilian Electoral Outcomes: Combining Data Envelopment and Spatial Regression Analysis. 2009. (Apresentação de Trabalho/Outra).

19.
SILVA JÚNIOR, José Alexandre ; FIGUEIREDO FILHO, D. B. . Marolas ou Tsunamis? Estimando o alcance das ondas de renovação na Câmara dos Deputados. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

20.
FIGUEIREDO FILHO, D. B.; SILVA JÚNIOR, José Alexandre . Marolas ou Tsnunamis? Estimando o alcance das ondas de renovação na Câmara dos Deputados. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

21.
FIGUEIREDO FILHO, D. B.; SILVA JÚNIOR, José Alexandre . Quem controla o legislativo? Estratégias partidárias na ocupação de cargos parlamentares. 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

22.
SILVA JÚNIOR, José Alexandre ; FIGUEIREDO FILHO, D. B. . Minimizando risco moral e seleção adversa na escolha dos líderes no Congresso nacional. 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

23.
FIGUEIREDO FILHO, D. B.; SILVA JÚNIOR, José Alexandre . Prestige and Credibility in the Leaders? Selection Process in the Brazilian Congress. 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

24.
FIGUEIREDO FILHO, D. B.; SILVA JÚNIOR, José Alexandre . ?Quem procura acha?: minimizando adverse selection e moral hazard na seleção dos líderes partidários. 2008. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

25.
FIGUEIREDO FILHO, D. B.; SILVA JÚNIOR, José Alexandre . Utilizando o modelo multinomial logístico para explicar a ocupação de cargos de destaque no interior do legislativo nacional. 2008. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

26.
SILVA JÚNIOR, José Alexandre ; FIGUEIREDO FILHO, D. B. . Entre o prestígio e a credibilidade: uma tipologia dos líderes partidários. 2007. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

27.
FIGUEIREDO FILHO, D. B.; SILVA JÚNIOR, José Alexandre . Performance parlamentar e incentivos eleitorais: desvendando os mistérios dos líderes. 2006. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

28.
FIGUEIREDO FILHO, D. B.. Corruption and institutional change: evidence from Brazilian and the U.S. electoral finance law. 2006. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

29.
FIGUEIREDO FILHO, D. B.; SILVA JÚNIOR, José Alexandre . Performance parlamentar e incentivos eleitorais: desvendando os mistérios dos líderes. 2006. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

30.
FIGUEIREDO FILHO, D. B.. Gastos X Votos: pressupostos teóricos e evidências empíricas. 2005. (Apresentação de Trabalho/Outra).

31.
FIGUEIREDO FILHO, D. B.. Mídia, Eleições e Opinião Pública: como os meios de comunicação influenciam os resultados eleitorais. 2005. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

32.
FIGUEIREDO FILHO, D. B.; SILVA JÚNIOR, José Alexandre . Performance parlamentar e incentivos eleitorais: desvendando os mistérios dos líderes. 2005. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

33.
FIGUEIREDO FILHO, D. B.. Reforma de financiamento de campanha: pressupostos teóricos e evidência empíricas. 2005. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

34.
FIGUEIREDO FILHO, D. B.. Reforma de campanha política: o caso norte-americano. 2004. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

35.
FIGUEIREDO FILHO, D. B.. Lobby e corrupção: mecanismos de ineficiência alocativa. 2004. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

36.
FIGUEIREDO FILHO, D. B.. Public Opinion and Campaign Finance Reform: expression, equality, and uninformed electorate. 2003. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

37.
FIGUEIREDO FILHO, D. B.. Ação coletiva e ineficiência do Estado. 2003. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

Outras produções bibliográficas
1.
FIGUEIREDO FILHO, D. B.. The Effects of Campaign Spending on Brazilian Electoral Outcomes: Combining Data Envelopment and Spatial Regression Analysis 2009 (Trabalho completo internacional).


Produção técnica
Programas de computador sem registro
1.
SILVA, L. E. O. ; FIGUEIREDO FILHO, D. B. . TOGARY: um software para coleta automatizada de dados. 2015.

Produtos tecnológicos
1.
FANTON, M. ; DOMINGOS, A. ; SILVA, A. H. ; MOTA, B. ; FIGUEIREDO FILHO, D. B. ; CASALUNGA, F. ; NASCIMENTO, W. ; XAVIER, S. B. ; BESERRA, C. ; MONTEIRO, C. . Spring - a paz pode ser escolhida?.. 2016.

Trabalhos técnicos
1.
MOTA, B. ; FERNANDES, A. ; FIGUEIREDO FILHO, D. B. . Macroscópio Político. 2018.

2.
TAVARES, A. A. ; SILVA, A. M. ; BARROS, A. M. ; DUARTE, A. M. T. ; FIGUEIREDO FILHO, D. B. ; ANDRADE, F. G. ; JORDAO, M. P. S. D. ; WANDERLEY, P. I. B. R. . DIAGNÓSTICO DE HOMICÍDIOS: um estudo comparado sobre os crimes de homicídio e latrocínio investigados pela polícia judiciária e julgados pelo poder judiciário em Recife-PE, Jaboatão dos Guararapes-PE e Fortaleza-CE, de 2007 a 2009. 2013.

Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
FIGUEIREDO FILHO, D. B.. As bancadas da Câmara. 2016. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

2.
FIGUEIREDO FILHO, D. B.; MIGUEL, S. ; LEANDRO, A. . Partidos Políticos no Pós Impeachment. 2016.

3.
PIMENTEL, A. ; SILVA, E. ; CAMARA, M. A. ; QUEIROZ, R. ; FIGUEIREDO FILHO, D. B. . Internet e Liberdade Civis. 2016. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).

Redes sociais, websites e blogs
1.
FIGUEIREDO FILHO, D. B.. Datafobia. 2016; Tema: Importância da Estatística. (Blog).

2.
ALVES, DÁFNI PRISCILA ; SILVA, A. H. ; FIGUEIREDO FILHO, DALSON B. ; ROCHA, E. C. ; SILVA, L. E. O. ; CUNHA, M. ; NASCIMENTO, W. ; LINS, R. . Métodos de Pesquisa em Ciência Política. 2015; Tema: Métodos e Técnicas de Pesquisa. (Rede social).


Demais tipos de produção técnica
1.
FIGUEIREDO FILHO, D. B.. SPSS PARA CIENTISTAS SOCIAIS. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
Medeiros, M.A.; ALBUQUERQUE, R.; FIGUEIREDO FILHO, D. B.. Participação em banca de Felipe Ferreira de Oliveira Rocha. O Uso dos Conceitos de América Latina e de América do Sul pela Diplomacia. 2017. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade Federal de Pernambuco.

2.
FREITAS, V. E. V. S.; RUBIATTI, B. C.; FIGUEIREDO FILHO, D. B.. Participação em banca de RAUL WESLEY LEAL BONFIM. EMENDAS INDIVIDUAIS E CONEXÃO ELEITORAL NO BRASIL (2006-2010). 2017. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade Federal do Piauí.

3.
TAROUCO, G.; FIGUEIREDO FILHO, D. B.; SILVA JÚNIOR, J. A.. Participação em banca de Maitê Priscila Lima de Queiroz. A Nacionalização do sistema partidário acelera as formações de gabinetes? Análise de Sobrevivência e QCA. 2017. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade Federal de Pernambuco.

4.
FIGUEIREDO FILHO, D. B.; ROCHA, E. C.; CANUTO, A.. Participação em banca de Getúlio Tito Pereira de Oliveira. Compra quem pode, pede a nota quem tem juízo: a influência da campanha sua nota vale dinheiro sobre a conscientização tributária. 2016.

5.
FIGUEIREDO FILHO, D. B.; ROCHA, E. C.; CAMPOS, C.. Participação em banca de Fábia Castro de Albuquerque Maranhão. Política Pública de Assistência Estudantil: um estudo da satisfação dos universitários residentes na moradia estudantil da UFRPE. 2016.

6.
FIGUEIREDO FILHO, D. B.. Participação em banca de Erivaldson Sérgio da Silva Farias. A implementação da Política de Expansão e Interiorização das Universidades Federais: um estudo de caso sobre o centro acadêmico do Agreste da UFPE. 2016. Dissertação (Mestrado em Mestrado Profissional em Políticas Públicas) - Universidade Federal de Pernambuco.

7.
FIGUEIREDO FILHO, DALSON B.; ROCHA, E. C.; PAVAO, N.. Participação em banca de Nelson Yoshio Ito Suzuki. Qual o efeito da reforma da educação profissional sobre a formação dos jovens no curso técnico em eletrotécnica? Estudo de caso no IFMT ? Campus Cuiabá. 2016. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade Federal de Pernambuco.

8.
PARANHOS, R.; S. JUNIOR, J. A.; SILVA, M. B.; FIGUEIREDO FILHO, D. B.. Participação em banca de Wilber Nascimento. Partidos Pequenos e Competição Partidária no Brasil. 2016. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade Federal de Pernambuco.

9.
CAMPOS, C. R.; CARMO, E.; FIGUEIREDO FILHO, D. B.. Participação em banca de Luciana Cristina Silva da Luz. Um estudo de caso sobre a efetividade da avaliação na Universidade Federal de Pernambuco. 2016. Dissertação (Mestrado em Mestrado Profissional em Políticas Públicas (MPPP)) - Universidade Federal de Pernambuco.

10.
BATISTA, M.; CAMPOS, C.; FIGUEIREDO FILHO, D. B.. Participação em banca de Silverli Márcia Ferreira. Mulheres Mil" Como Política de Inclusão Social: uma análise do emponderamento feminino. 2016. Dissertação (Mestrado em Mestrado Profissional em Políticas Públicas (MPPP)) - Universidade Federal de Pernambuco.

11.
FIGUEIREDO FILHO, D. B.; CARMO, E.; CAMPOS, C.. Participação em banca de Mônica Soares Malafaia. Seja Mestre ou Doutor, o importante é que se titulou: uma avaliação da meta 14 do Plano Nacional de Educação (1998/2014). 2016. Dissertação (Mestrado em Mestrado Profissional em Políticas Públicas (MPPP)) - Universidade Federal de Pernambuco.

12.
FIGUEIREDO FILHO, D. B.; CARMO, E.; CAMPOS, C.. Participação em banca de Giulianna Soares Garcia. Análise da contribuição de enfermeiros gestores na formulação de políticas públicas em saúde. 2016. Dissertação (Mestrado em Mestrado Profissional em Políticas Públicas (MPPP)) - Universidade Federal de Pernambuco.

13.
FIGUEIREDO FILHO, D. B.. Participação em banca de Emanuella Margareth Lima Rolim Martins. A necessidade de médicos especialistas em Obstetrícia e Ginecologia para o Sistema Único de Saúde - SUS no Estado de Pernambuco. 2016. Dissertação (Mestrado em Mestrado Profissional em Políticas Públicas) - Universidade Federal de Pernambuco.

14.
ROCHA, E. C.; CARMO, E. F.; FIGUEIREDO FILHO, D. B.. Participação em banca de Leniézia Ferreira do Carmo. Cotistas e não Cotistas: qual o perfil dos alunos do IFMT?. 2015. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade Federal de Pernambuco.

15.
Medeiros, M.A.; FIGUEIREDO FILHO, D. B.. Participação em banca de João Antônio dos Santos Lima. A cooperação internacional sul-sul e a difusão de políticas: uma análise exploratória das políticas coordenadas pela Agência Brasileira de Cooperação. 2014. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade Federal de Pernambuco.

16.
ROCHA, E. C.; FIGUEIREDO FILHO, D. B.; RODRIGUES, D. F.. Participação em banca de NATACHA CHABALIN FERRAZ. QUEIMADAS: AVALIAÇÃO DE POLÍTICAS PÚBLICAS AMBIENTAIS DE PREVENÇÃO E CONTROLE DE INCÊNDIOS ? O CASO DE MATO GROSSO. 2013. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade Federal de Pernambuco.

17.
ROCHA, E. C.; FIGUEIREDO FILHO, D. B.; SILVA JUNIOR, J. A.. Participação em banca de MARCUS VINICIUS TAQUES ARRUDA. COMO VOTO O ELEITOR CUIABANO? EVIDÊNCIAS DAS ELEIÇÕES MUNICIPAIS. 2013. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade Federal de Pernambuco.

18.
ROCHA, E. C.; GAMA NETO, R. B.; FIGUEIREDO FILHO, D. B.. Participação em banca de JOSÉ VINICIUS DA COSTA FILHO. QUEM CONTROLA O JUDICIÁRIO? UMA ANÁLISE SOBRE O PERFIL DOS MEMBROS DO CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA (2005-2011). 2013. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade Federal de Pernambuco.

19.
FIGUEIREDO FILHO, D. B.; GAMA NETO, R. B.; NEVES, J. A. B.. Participação em banca de Osvaldo Eiji Sato. Números não dizem tudo: uma análise da política pública de inclusão digital do estado do Mato Grosso - MT Ação Digital. 2013. Dissertação (Mestrado em Ciência Política (MINTER)) - Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia de Mato Grosso.

20.
FIGUEIREDO FILHO, D. B.. Participação em banca de Gilcelio Luiz Peres. A improbidade administrativa no Brasil: o caso de Tangará da Serra - MT. 2013. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade Federal de Pernambuco.

Teses de doutorado
1.
REZENDE, F. C.; SILVA, M. B.; FIGUEIREDO FILHO, D. B.; DOMINGUES, J.; ALEXANDRE, J.. Participação em banca de Ana Carolina Miranda Gomes Vieira da Silva. Qualidade da burocracia e inovação institucional: evidências dos municípios brasileiros. 2017. Tese (Doutorado em Ciência Política) - Universidade Federal de Pernambuco.

2.
COSTA, S. F.; FIGUEIREDO FILHO, D. B.; ROCHA, E. C.; SILVA, G. T.; FITTIPALDI, I.. Participação em banca de Saulo Felipe Costa. Ciclos Políticos Partidários e Desigualdade na América Latina. 2016. Tese (Doutorado em Ciência Política) - Universidade Federal de Pernambuco.

3.
CARVALHO NETO, E. R.; ROCHA, E. C.; SILVA JUNIOR, J. A.; FIGUEIREDO FILHO, D. B.. Participação em banca de Ranulfo Paranhos dos Santos Filho. Conexões Inglórias: responsividade, e produção legislativa subnacional no Brasil. 2014. Tese (Doutorado em Ciência Política) - Universidade Federal de Pernambuco.

Qualificações de Doutorado
1.
ROCHA, E. C.; CARMO, E. F.; FIGUEIREDO FILHO, D. B.. Participação em banca de MARCUS VINICIUS TAQUES ARRUDA. E agora, José? Financiamento de campanha e voto no Brasil (2012 e 2016. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Ciência Política) - Universidade Federal de Pernambuco.

2.
CARVALHO, E.; BARBOSA, L. V. Q.; FIGUEIREDO FILHO, D. B.. Participação em banca de JOSÉ VINICIUS DA COSTA FILHO. COMO DECIDE O CNJ? UMA ANÁLISE DAS DECISÕES PROFERIDAS ENTRE 2005 A 2015. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Ciência Política) - Universidade Federal de Pernambuco.

3.
ONUKI, J.; MEDEIROS, M.; FIGUEIREDO FILHO, D. B.. Participação em banca de Rafael Mesquita de Souza Lima. Liderança regional em perspectiva comparada: África do Sul, Brasil e Turquia. 2016. Exame de qualificação (Doutorando em Ciência Política) - Universidade Federal de Pernambuco.

4.
MEDEIROS, M. A.; ONUKI, J.; FIGUEIREDO FILHO, D. B.. Participação em banca de Rafael Mesquita de Souza Lima. Liderança regional em perspectiva comparada: África do Sul, Brasil e Turquia. 2016. Exame de qualificação (Doutorando em Ciência Política) - Universidade Federal de Pernambuco.

5.
REZENDE, F. C.; TAROUCO, G.; SILVA, M. B.; FIGUEIREDO FILHO, D. B.. Participação em banca de Terezinha Cabral de Albuquerque Neta Barros. Competição política e eficiência municipal: uma análise quase-experimental.. 2016. Exame de qualificação (Doutorando em Ciência Política) - Universidade Federal de Pernambuco.

6.
REZENDE, F. C.; NEIVA, P.; SILVA, M. B.; FIGUEIREDO FILHO, D. B.. Participação em banca de Marcelo Augusto Prudente Lima. Municípios Rentistas: competição política e empreguismo no Brasil (1996 - 2012). 2015. Exame de qualificação (Doutorando em Ciência Política) - Universidade Federal de Pernambuco.

Qualificações de Mestrado
1.
FITTIPALDI, I.; FIGUEIREDO FILHO, D. B.; SILVA JR, J. A.. Participação em banca de Albany Ferreira de Lima. O interessado dá um jeito: a relação entre ambição política e alocação de emendas individuais no Brasil. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Ciência Política) - Universidade Federal da Paraíba.

2.
STEINER, A.; MELO, V. D. S.; FIGUEIREDO FILHO, D. B.. Participação em banca de Pedro Henrique Mota de Carvalho. Como a literatura vê o TRIPS? Um estudo sobre os temas de saúde pública e segurança alimentar. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Ciência Política) - Universidade Federal de Pernambuco.

3.
QUEIROZ, M. P.; CAMPOS, C.; FIGUEIREDO FILHO, D. B.; TAROUCO, G.. Participação em banca de Maitê Priscila Lima Jota de Queiroz. Nacionalização do Sistema Partidário afeta a Formação de Gabinete? Estudo de Caso da Bélgica e Estudo Comparado. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Ciência Política) - Universidade Federal de Pernambuco.

4.
FIGUEIREDO FILHO, D. B.; ROCHA, F.. Participação em banca de Felipe Ferreira de Oliveira Rocha. O USO DOS CONCEITOS DE AMÉRICA LATINA E AMÉRICA DO SUL PELA DIPLOMACIA BRASILEIRA DE 1995 A 2014. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Ciência Política) - Universidade Federal de Pernambuco.

5.
SANTOS, L.; FIGUEIREDO FILHO, D. B.; TAROUCO, G.; PAIVA, D.. Participação em banca de Leomir Lemos dos Santos. A QUALIDADE DA DEMOCRACIA NAS UNIDADES FEDERATIVAS BRASILEIRAS (2002-2006). 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Ciência Política) - Universidade Federal de Pernambuco.

6.
FIGUEIREDO FILHO, D. B.; ROCHA, E. C.; CARMO, E. F.. Participação em banca de Edson Jerônimo Nobre. O impacto do PROEJA na renda e na inserção dos técnicos no mundo do trabalho: um estudo de caso no IFMT (2007 a 2014). 2015. Exame de qualificação (Mestrando em Ciência Política) - Universidade Federal de Pernambuco.

7.
CARMO, E. F.; ROCHA, E. C.; FIGUEIREDO FILHO, D. B.. Participação em banca de Nelson Yoshio Ito Suzuki. Qual o efeito da reforma da educação profissional sobre a formação dos jovens nos cursos técnicos da área de eletroeletrônica? Estudo de caso no IFMT - Campus Cuiabá. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em Ciência Política) - Universidade Federal de Pernambuco.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
BATISTA, M.; CAMPOS, C.; FIGUEIREDO FILHO, D. B.. Participação em banca de MARCUS VINÍCIUS DE SÁ TORRES.WEBER ESTAVA CERTO? BUROCRACIA LOCAL E EFICIÊNCIA DOS GASTOS FEDERAIS DE SAÚDE. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciência Política) - Universidade Federal de Pernambuco.

2.
FIGUEIREDO FILHO, D. B.; GUERRA, J. R. B. Q.; CAMARA, A. O. A.. Participação em banca de Olga Proaño de Morais.DESOBEDIÊNCIA CIVIL ELETRÔNICA E FATORES DE EFETIVIDADE PARA PROTESTOS ONLINE. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Sistemas de Informação) - Universidade Federal de Pernambuco.

3.
FIGUEIREDO FILHO, D. B.; SILVA, M. B.; GAMA NETO, R. B.. Participação em banca de Raphael Callou Neves Barros.Competição ou Cartas Marcadas? As Eleições para a Câmara Federal em Pernambuco (1998-2014). 2016.

4.
STEINER, A.; FIGUEIREDO FILHO, DALSON B.. Participação em banca de Maria Eduarda Ferreira Cabral.Inferência Causal em RI x CP: comparando artigos publicados em revistas brasileiras de Qualis A1 e A2. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciência Política) - Universidade Federal de Pernambuco.

5.
TAROUCO, G.; PAVAO, N.; FIGUEIREDO FILHO, D. B.. Participação em banca de CAROLINA MARTINELLI ROCHA.A BANCADA FEMININA REPRESENTA OS INTERESSES DAS MULHERES? Uma análise da atividade legislativa em prol das mulheres na Câmara dos Deputados (1995-2014). 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciência Política) - Universidade Federal de Pernambuco.

6.
BATISTA, M.; TAROUCO, G.; FIGUEIREDO FILHO, D. B.. Participação em banca de AMANDA RAFAELA DOMINGOS DE LIMA.QUANTO MAIS DESCENTRALIZADO, MELHOR? Dependência de recursos federais e desempenho da política educacional nos municípios brasileiros (2014). 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciência Política) - Universidade Federal de Pernambuco.

7.
TAROUCO, G.; PAVAO, N.; FIGUEIREDO FILHO, D. B.. Participação em banca de CAROLINA MARTINELLI ROCHA.A BANCADA FEMININA REPRESENTA OS INTERESSES DAS MULHERES? Uma análise da atividade legislativa em prol das mulheres na Câmara dos Deputados (1995-2014). 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciência Política) - Universidade Federal de Pernambuco.

8.
STEINER, A.; LIMA, M. C.; FIGUEIREDO FILHO, D. B.. Participação em banca de Nadège Biova Dofonnou.Os acordos internacionais firmados no continente africano e sua relação com os processos de integração regional: o caso da União Africana. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciência Política) - Universidade Federal de Pernambuco.

9.
FIGUEIREDO FILHO, D. B.; RATTON, J. L.; SILVA, M. B.. Participação em banca de Dáfni Priscila Alves da Silva.Até que a Morte os Separe? uma análise de homicídios de mulheres no Brasil (2000-2012). 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciência Política) - Universidade Federal de Pernambuco.

10.
SILVA, M. B.; FIGUEIREDO FILHO, D. B.; SOARES, M. V.. Participação em banca de Pedro Cabral Viana.Os homens da Terra: influencia e interesses da bancada ruralista no congresso brasileiro. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciência Política) - Universidade Federal de Pernambuco.

11.
SILVA, M. B.; FIGUEIREDO FILHO, D. B.; STEINER, A.. Participação em banca de Helena Lins Alves.Desvio de Conduta: o caso dos Estados falidos. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciência Política) - Universidade Federal de Pernambuco.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Outras participações
1.
QUEIROZ, L.; GAMA NETO, R. B.; PAVAO, N.; BIEVENUTO, J.; FIGUEIREDO FILHO, D. B.. Banca de Seleção de Doutorado UFPE 2017-2018. 2017. Universidade Federal de Pernambuco.

2.
FIGUEIREDO FILHO, D. B.; ZAVERUCHA, J.; LUBAMBO, C.; STEINER, A.; BURITY, J.. Banca de seleção do Doutorado em Ciência Política do PPGCP/DCP/UFPE. 2015. Universidade Federal de Pernambuco.

3.
SILVA, M. B.; SOUZA, S.; FIGUEIREDO FILHO, D. B.. Banca de Seleção do Mestrado Profissional em Políticas Públicas. 2015. Universidade Federal de Pernambuco.

4.
STEINER, A.; FIGUEIREDO FILHO, D. B.; VAZ, C. A. C.. Banca de seleção do Mestrado em Ciência Política (PPGCP/UFPE).. 2014. Universidade Federal de Pernambuco.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Dia Internacional contra a Corrupção.É possível medir corrupção?. 2010. (Simpósio).

2.
32º Encontro Anual da ANPOCS. 2008. (Encontro).

3.
31º Encontro Anual da ANPOCS. 2007. (Encontro).

4.
30º Encontro Anual da ANPOCS. 2006. (Encontro).

5.
5º Encontro da ABCP. 2006. (Encontro).

6.
57ª Reunião Anual da SBPC. 2005. (Congresso).

7.
IV ENEPET.IV ENEPET. 2005. (Encontro).

8.
Sociedade Brasileira de Sociologia. Sociedade Brasileira de Sociologia. 2005. (Congresso).

9.
X ENAPET. 2005. (Encontro).

10.
XII Congresso Brasileiro de Sociologia. 2005. (Congresso).

11.
III ENEPET.III ENEPET. 2004. (Encontro).

12.
55ª Reunião Anual da SBPC. 55ª Reunião Anual da SBPC. 2003. (Congresso).

13.
ANPOCS. ANPOCS. 2002. (Congresso).

14.
ENEPET.II ENEPET. 2002. (Encontro).

15.
Seminário de Formação: Políticas Públicas de Combate à Pobreza e Desigualdade.Seminário de Formação: Políticas Públicas de Combate à Pobreza e Desigualdade. 2002. (Seminário).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
MOTA, B. ; Dalson Britto Figueiredo Filho ; SILVA JÚNIOR, J. A. ; PARANHOS, R. ; NASCIMENTO, W. . Reprodutibilidade e Transparência nas Ciências Sociais. 2017. (Outro).

2.
MOTA, B. ; ROCHA, E. C. ; PARANHOS, R. ; SILVA JÚNIOR, José Alexandre ; Dalson Britto Figueiredo Filho . A Política em Números. 2017. (Outro).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
ELIVANIA FERREIRA DA COSTA. A EVASÃO ESCOLAR NOS CURSOS TÉCNICOS SUBSEQUENTES DO IFPE ? CAMPUS VITÓRIA DE SANTO ANTÃO: UM ESTUDO DE CASO. Início: 2018. Dissertação (Mestrado profissional em Mestrado Profissional em Políticas Públicas (MPPP)) - Universidade Federal de Pernambuco. (Orientador).

2.
JOSE LUIZ DA COSTA VIEIRA. A VIDA DEPOIS DA DESCOBERTA: A percepção da qualidade do serviço de assistência em HIV/AIDS. Início: 2018. Dissertação (Mestrado profissional em Mestrado Profissional em Políticas Públicas (MPPP)) - Universidade Federal de Pernambuco. (Orientador).

3.
DANIEL MONTEIRO DE MORAIS LUNA. ACIDENTES COM PEDESTRES EM RECIFE, DIAGNÓSTICO E PROPOSTAS PARA A SUA DIMINUIÇÃO. Início: 2018. Dissertação (Mestrado profissional em Mestrado Profissional em Políticas Públicas (MPPP)) - Universidade Federal de Pernambuco. (Orientador).

4.
ALINE DE OLIVEIRA ROCHA. PRATO COLORIDO E ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL? UMA ANÁLISE SOBRE O CONSUMO ALIMENTAR DE BENEFICIÁRIOS DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA. Início: 2018. Dissertação (Mestrado profissional em Mestrado Profissional em Políticas Públicas (MPPP)) - Universidade Federal de Pernambuco. (Orientador).

5.
RENATO HAYASHI CORREIA DE OLIVEIRA. A QUALIDADE DA EDUCAÇÃ A PARTIR DA INFRAESTRUTURA ESCOLAR: UM ESTUDO DE CASO. Início: 2018. Dissertação (Mestrado profissional em Mestrado Profissional em Políticas Públicas (MPPP)) - Universidade Federal de Pernambuco. (Orientador).

6.
MARIA CECÍLIA DA SILVA. AS SEMENTES QUE NÃO GERMINARAM: UM ESTUDO SOBRE EVASÃO E PERMANÊNCIA ESCOLAR. Início: 2018. Dissertação (Mestrado profissional em Mestrado Profissional em Políticas Públicas (MPPP)) - Universidade Federal de Pernambuco. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
MARIA GABRIELLA FIDELIS DE MELO. A violência reduz o apoio ao governo? Evidências do caso brasileiro. 2018. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade Federal de Pernambuco, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Dalson Britto Figueiredo Filho.

2.
Emanuella Margareth Lima Rolim. A necessidade de médicos especialistas em Ginecologia/ Obstetrícia e Pediatria para o Sistema Único de Saúde - SUS no estado de Pernambuco. 2016. Dissertação (Mestrado em Mestrado Profissional em Políticas Públicas) - Universidade Federal de Pernambuco, . Orientador: Dalson Britto Figueiredo Filho.

3.
Luciana Cristina da Silva Luz. Não sei se vou ou se fico: Um estudo de caso sobre o cumprimento do estágio probatório na UFPE. 2016. Dissertação (Mestrado em Mestrado Profissional em Políticas Públicas) - Universidade Federal de Pernambuco, . Orientador: Dalson Britto Figueiredo Filho.

4.
Giulianna Soares Garcia. Análise da contribuição de enfermeiros gestores na formulação de políticas públicas em saúde. 2016. Dissertação (Mestrado em Mestrado Profissional em Políticas Públicas) - Universidade Federal de Pernambuco, . Orientador: Dalson Britto Figueiredo Filho.

5.
Edson Jerônimo Nobre. O impacto do PROEJA na renda e na inserção dos técnicos no mundo do trabalho: Um estudo de caso no IFMT (2007 - 2014). 2016. Dissertação (Mestrado em Mestrado Profissional em Políticas Públicas) - Universidade Federal de Pernambuco, . Orientador: Dalson Britto Figueiredo Filho.

6.
Mônica Soares Malafaia. Seja mestre ou seja doutor, o importante é que se titulou.. 2016. Dissertação (Mestrado em Mestrado Profissional em Políticas Públicas) - Universidade Federal de Pernambuco, . Orientador: Dalson Britto Figueiredo Filho.

7.
WILLBER DA SILVA NASCIIMENTO. PARTIDOS PEQUENOS E COMPETIÇÃO PARTIDÁRIA NO BRASIL. 2016. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade Federal de Pernambuco, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Dalson Britto Figueiredo Filho.

8.
Leniézia Cássia Duarte da Silva Fernandes. COTISTAS E NÃO COTISTAS: QUAL O DESEMPENHO DOS ALUNOS DO IFMT?. 2016. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade Federal de Pernambuco, . Orientador: Dalson Britto Figueiredo Filho.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Raphael Callou Neves Barros. Competição ou Cartas Marcadas? As Eleições para a Câmara Federal em Pernambuco (1998-2014). 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciência Política) - Universidade Federal de Pernambuco. Orientador: Dalson Britto Figueiredo Filho.

2.
Lucas Emanoel Silva. Morosidade Judicial e Corrupção no Brasil: uma abordagem multimétodo. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciência Política) - Universidade Federal de Pernambuco. Orientador: Dalson Britto Figueiredo Filho.

3.
Renata Mendes Bezerra. Política Nacional de Habitação: capacidades institucionais municipais e déficit habitacional. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciência Política) - Universidade Federal de Pernambuco. Orientador: Dalson Britto Figueiredo Filho.

4.
Dáfni Priscila Alves da Silva. Até que a morte os separe: homicídios de mulheres no Brasil (2000-2012). 2014. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal de Pernambuco. Orientador: Dalson Britto Figueiredo Filho.

5.
Bárbara Maria Farias Mota. Quem controla a política de ninguém? Anonymous Brasil e o hacking político nas redes de comunicação. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal de Pernambuco. Orientador: Dalson Britto Figueiredo Filho.

6.
Helena Lins Alves. Desvio de conduta: o caso dos Estados falidos. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciência Política) - Universidade Federal de Pernambuco. Orientador: Dalson Britto Figueiredo Filho.



Inovação



Programa de computador sem registro
1.
SILVA, L. E. O. ; FIGUEIREDO FILHO, D. B. . TOGARY: um software para coleta automatizada de dados. 2015.


Projetos de pesquisa


Educação e Popularização de C & T



Textos em jornais de notícias/revistas
1.
FIGUEIREDO FILHO, D. B.. O que Frank Underwood diria?. Diário de Pernambuco, Recife, 21 mar. 2016.


Apresentações de Trabalho
1.
FIGUEIREDO FILHO, D. B.. Metodologia como agenda de pesquisa na Ciência Política. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
FIGUEIREDO FILHO, D. B.. Análise Gráfica de Dados. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
Dalson Britto Figueiredo Filho. Sete Mitos da Pesquisa Empírica em Direito. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
Dalson Britto Figueiredo Filho. Métodos Quantitativos e Políticas Públicas. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).


Programa de Computador sem registro de patente
1.
SILVA, L. E. O. ; FIGUEIREDO FILHO, D. B. . TOGARY: um software para coleta automatizada de dados. 2015.


Cursos de curta duração ministrados
1.
FIGUEIREDO FILHO, D. B.. SPSS PARA CIENTISTAS SOCIAIS. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).


Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
FIGUEIREDO FILHO, D. B.. As bancadas da Câmara. 2016. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

2.
FIGUEIREDO FILHO, D. B.; MIGUEL, S. ; LEANDRO, A. . Partidos Políticos no Pós Impeachment. 2016.

3.
PIMENTEL, A. ; SILVA, E. ; CAMARA, M. A. ; QUEIROZ, R. ; FIGUEIREDO FILHO, D. B. . Internet e Liberdade Civis. 2016. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).


Redes sociais, websites e blogs
1.
ALVES, DÁFNI PRISCILA ; SILVA, A. H. ; FIGUEIREDO FILHO, DALSON B. ; ROCHA, E. C. ; SILVA, L. E. O. ; CUNHA, M. ; NASCIMENTO, W. ; LINS, R. . Métodos de Pesquisa em Ciência Política. 2015; Tema: Métodos e Técnicas de Pesquisa. (Rede social).

2.
FIGUEIREDO FILHO, D. B.. Datafobia. 2016; Tema: Importância da Estatística. (Blog).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 15/10/2018 às 17:17:07