Icaro Vasques Inchauspe

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/8795835137524191
  • Última atualização do currículo em 04/11/2018


Mestrando do Programa de Pós-Graduação em Antropologia (PPGAnt) da Universidade Federal de Pelotas (UFPel) e membro do Grupo de Estudos Etnográficos Urbanos (GEEUR). Bacharel em Produção e Política Cultural pela Universidade Federal do Pampa (2016). Atualmente pesquisa a área da Antropologia Urbana com temáticas que versam sobre temporalidades e cidades com o enfoque em dinâmicas e produção da cidade a partir de expressões e manifestações artísticos-culturais, culturas juvenis e redes de sociabilidades. Tem interesse também em áreas como a Antropologia do Trabalho e da Educação. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Icaro Vasques Inchauspe
Nome em citações bibliográficas
INCHAUSPE, I. V.;VASQUES INCHAUSPE, ÍCARO


Formação acadêmica/titulação


2017
Mestrado em andamento em Antropologia.
Universidade Federal de Pelotas, UFPEL, Brasil.
Título: Navegar-caminhos e descobrir traje(histó)rias da e na cidade: um estudo antropológico sobre temporalidades, formação de territórios e sociabilidades na região do bairro do Porto de Pelotas/RS,Orientador: Francisco Luiz Pereira da Silva Neto.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Cidade; Sociabilidades; Lazer; Trabalho; Ativismo; Política.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Antropologia / Subárea: Etnografia.
Grande Área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras / Subárea: Artes.
2012 - 2016
Graduação em Produção e Política Cultural.
Universidade Federal do Pampa, UNIPAMPA, Brasil.
Título: Gastos em cultura através do financiamento público em Jaguarão: 2004-2013.
Orientador: Gabriel Medeiros Chati.




Formação Complementar


2017 - 2017
Extensão universitária em Oficinas participativas de intervenção junto à Comunidade Passo dos Negros. (Carga horária: 34h).
Universidade Federal de Pelotas, UFPEL, Brasil.
2017 - 2017
Visualidades urbanas e grafitti. (Carga horária: 15h).
Universidade Federal de Pelotas, UFPEL, Brasil.
2017 - 2017
Antropologia e Pesquisa em Mídias Digitais. (Carga horária: 12h).
Universidade Federal de Pelotas, UFPEL, Brasil.
2016 - 2016
Publicação de dados em formato aberto. (Carga horária: 30h).
Escola de Políticas Pública, EPP, Brasil.
2014 - 2015
Extensão universitária em Administração Pública da Cultura. (Carga horária: 63h).
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.
2014 - 2014
Extensão universitária em Gerenciamento de Projetos. (Carga horária: 100h).
Fundação Getúlio Vargas, FGV, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Federal de Pelotas, UFPEL, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - Atual
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista de pesquisa, Carga horária: 20

Vínculo institucional

2017 - 2018
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Representante discente, Carga horária: 4

Atividades

08/2018 - Atual
Estágios , Programa de Pós-Graduação em Antropologia, .

Estágio realizado
Antropologia Urbana.
08/2018 - Atual
Estágios , Programa de Pós-Graduação em Antropologia, .

Estágio realizado
Tópicos Especial I em Antropologia.

Universidade Federal do Pampa, UNIPAMPA, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - 2015
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista, Carga horária: 20

Vínculo institucional

2014 - 2014
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista, Carga horária: 20


Instituto Conexão Sociolcultural, ICS, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - 2018
Vínculo: Coordenador de projetos, Enquadramento Funcional: Coordenador de Projetos, Carga horária: 10
Outras informações
javascript:void(0)

Atividades

2015 - 2018
Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto Conexão Socioculural, .

Cargo ou função
Coordenador de projetos culturais.

Centro Latino-Americano de Estudos em Cultura, CLAEC, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - 2018
Vínculo: Coordenador técnico, Enquadramento Funcional: Coordenador, Carga horária: 10

Atividades

2015 - 2018
Direção e administração, Centro Latino-Americano de Estudos em Cultura, .

Cargo ou função
Coordenador.


Projetos de pesquisa


2018 - Atual
Sala Verde Barragem Santa Bárbara A: meio ambiente e comunidade.
Descrição: O trabalho visa dar sustentação ao projeto de educação ambiental coordenado pelo SANEP (Serviço Autônomo de Saneamento de Pelotas), que tem como objetivo criar um espaço para o desenvolvimento de ações socioambientais, com vistas ao uso sustentável do entorno das águas da barragem Santa Bárbara. Instaurar um processo educativo permanente e continuado, na construção de um espaço democrático e de participação social, com ênfase na preservação dos recursos hídricos e de valorização do patrimônio cultural. A contribuição específica deste projeto é a produção de um vídeo etnográfico que tem como objetivo reportar e estimular a relação da comunidade com seu espaço habitado, no qual se insere a Barragem Santa Bárbara..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (4) Doutorado: (2) .
Integrantes: Icaro Vasques Inchauspe - Integrante / Flavia Maria Silva Rieth - Integrante / Francisco Luiz Pereira da Silva Neto - Coordenador / Isabel Soares Campos - Integrante / Juliana dos Santos - Integrante / Guilherme Rodrigues de Rodrigues - Integrante.
2017 - Atual
A cidade a partir das margens: espaço urbano como produção sociocultural
Descrição: Este projeto parte da ideia que a cidade é formada pela atividade de seus habitantes, que não é uma realidade pronta, mas em processo. O interesse do projeto é investigar os "modos de habitar" dos seus habitantes, que através das relações na cidade forjam os diferentes territórios simbólicos e físicos que as forjam. As relações entre agentes das "comunidades" e os agentes de instituições que "pensam sobre e agem na cidade, sejam do poder público ou da sociedade civil, também são alvo de interesse do projeto, uma vez expressam muitas das relações de poder que produzem ações criativas na cidade. Por último, há um especial interesse em investigar essas relações através de espaços das "margens" da cidade, os quais se caracterizam por uma fluidez e indefinição na formulação de seus territórios. Essa característica permite que as ideias e valores que disputam a fundação dos espaços urbanos fiquem mais evidentes..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) Doutorado: (2) .
Integrantes: Icaro Vasques Inchauspe - Integrante / Francisco Luiz Pereira da Silva Neto - Coordenador / Isabel Soares Campos - Integrante / Thiago Schellin de Mattos - Integrante.
2017 - Atual
Margens: grupos em processos de exclusão e suas formas de habitar Pelotas
Descrição: A pesquisa Margens: grupos em processos de exclusão e suas formas de habitar Pelotas tem como objetivos evidenciar olhares de diferentes grupos para o passado de Pelotas - RS, identificar estratégias de legitimação identitária destes grupos e incentivar reflexões sobre a apropriação de elementos do passado e seu uso no presente. A pesquisa se pretende multidisciplinar por considerar que a aproximação entre áreas diversas favorece a compreensão de como diferentes formas de uso do passado e variados modos de habitar a cidade podem propiciar melhorias na qualidade de vida e o fortalecimento de comunidades em processos de exclusão. Sendo alguns destes grupos: trabalhadoras domésticas, Trabalhadoras/res da prostituição, moradoras/ es do Passo dos Negros, Casas de religião de matriz africana, entre outros. Destaca-se a materialidade como um elemento de interesse para esta pesquisa. A metodologia envolve pesquisa bibliográfica, etnografias e ações participativas..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (30) / Mestrado acadêmico: (10) / Doutorado: (3) .
Integrantes: Icaro Vasques Inchauspe - Integrante / Flavia Maria Silva Rieth - Integrante / Francisco Luiz Pereira da Silva Neto - Integrante / Louise Prado Alfonso - Coordenador.
2014 - 2014
História e Memória: Construção do passado da Enfermaria Militar de Jaguarão
Descrição: Este projeto tem por objetivo pesquisar a história de uma antiga unidade do Exército Brasileiro denominada Enfermaria Militar de Jaguarão, patrimônio cultural tombado pelo Instituto de Preservação do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) atualmente servindo suas ruínas de base para a construção do Centro de Interpretação do Pampa (CIP) sob a gestão da UNIPAMPA.O prédio que abrigava a Enfermaria Militar seguiu o estilo eclético então em voga na arquitetura civil e militar do final do século XIX e após ser utilizado como unidade de saúde ainda abrigou uma escola e foi local de prisão temporária de presos políticos sendo abandonada e depredada constituindo-se uma ruína até o início das obras do CIP em 2011. Na proposta do projeto do CIP consta a instalação de um Memorial da Enfermaria Militar em uma sala do prédio revitalizado onde será contada a história do local tendo esta pesquisa como meta a produção de material para conteúdo do referido memorial como relato histórico através de textos, imagens e fotos e da história oral de quem conviveu com as diversas fases de uso do prédio..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Icaro Vasques Inchauspe - Integrante / Alexandre dos Santos Villas Bôas - Coordenador.


Projetos de extensão


2015 - 2015
Catalogação e Digitalização de Documentos Históricos
Descrição: Este projeto tem por objetivo a catalogação e digitalização do acervo de periódicos, livros de atas da Intendência e Câmara de vereadores da cidade de Jaguarão datadas do século XIX que estão armazenados no Instituto Histórico e Geográfico de Jaguarão, as quais são fontes de pesquisa sobre a memória da comunidade e estão em precário estado de conservação, sendo através da digitalização preservados e disponibilizados na forma de mídias como CD, DVD e página na internet..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Especialização: (1) .
Integrantes: Icaro Vasques Inchauspe - Integrante / Tatiane Marques de Oliveira - Coordenador / Rafael Rosa da Silva - Integrante.
2014 - 2014
Curso Disseminador de Educação Patrimonial
Descrição: O objetivo do curso é de capacitar pessoas que tenham interesse na área de educação patrimonial, seja como educador, agente do poder público, membro de entidade cultural, e comunidade em geral, com a intenção de atuar junto ao patrimônio material e imaterial da cidade, como conscientizadores da preservação e valorização deste patrimônio.
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Icaro Vasques Inchauspe - Integrante / Alexandre dos Santos Villas Bôas - Coordenador.
2014 - Atual
Narrativas do Passo dos Negros: Exercício de etnografia coletiva para antropólogos/as em formação
Descrição: Este projeto é resultado de ações desenvolvidas desde 2014 no âmbito do projeto de pós-doutorado Um olhar sobre o passado e o presente do negro em Pelotas: possibilidades de inclusão da comunidade no discurso e na prática arqueológica. O projeto, desenvolvido no Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social e Cultural e Arqueologia da UFPel, esteve também vinculado a módulos práticos da disciplina de Patrimônio Cultural ao longo de 2014 e 2015, e por meio dele foram organizadas idas a campo no intuito de proporcionar o primeiro contato dos graduandos com a prática antropológica. A elaboração deste como projeto de extensão surgiu em 2016 como demanda dos próprios estudantes envolvidos, os quais reconheceram a importância da atividade de extensão como meio de aliar a teoria ministrada em sala de aula ao trabalho de campo antropológico. Em 2016 este projeto esteve também vinculado a diferentes disciplinas da Graduação e Pós graduação em Antropologia e atendeu demandas específicas da comunidade moradora do Passo dos Negros, como a realização de atividades com as crianças e o início da elaboração do Dossiê de solicitação de Patrimonialização de elementos do Passo. Este será finalizado e entregue ao IPHAN em 2017..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (22) / Mestrado acadêmico: (5) / Doutorado: (4) .
Integrantes: Icaro Vasques Inchauspe - Integrante / Claudia Turra Magni - Integrante / Flavia Maria Silva Rieth - Integrante / Louise Prado Alfonso - Coordenador.


Outros Projetos


2018 - 2018
V Ciclo de estudos: espaço público, território e controvérsias simbólicas.
Descrição: Na presente edição do Projeto de Ensino vinculado às atividades do Grupo de Estudos Etnográficos Urbanos (GEEUR) temos como objetivo aprofundar a reflexão sobre os distintos processos sócio simbólicos que demarcam o espaço público, em seu movimento de constituir e reconstituir (e/ou ressignificar) seu ordenamento simbólico e espacial. A partir de leituras que abarcam tal tema, buscaremos reconhecer e refletir sobre as redes que participam na conformação dos territórios, com especial atenção para atores religiosos em suas dinâmicas de produção simbólica. Como referência para o estudo da formação de redes e sua produção simbólica, optamos pelo estudo do método desenvolvido pela Teoria Ator-Rede (TAR) de Bruno Latour e Michel Callon (FREIRE, 2006). A proposta neste ciclo é pensar a cidade como territórios-espaços (DELEUZE; GUATARRI, 1985) e como podem ser constituídas em seu processo; de que forma são configuradas as práticas do fazer-cidade (AGIER, 2015) que se expressam nos modos de viver a cidade e habitar o urbano, interpretando suas relações e comportamentos habituais. Procura-se também estabelecer a relação de habitar em suas dinâmicas de movimento e de fixação do território e de sua espacialidade: permanências e regularidades; passagens e caminhos que fazem o viver; a produção do cotidiano e do inesperado; atentando para suas práticas de sociabilidade e de convivência. Como identificar particularidades para compreensão do território no urbano nessa complexidade de atividades que são desenvolvidas por meio de trocas simbólicas que modificam culturas e modos de viver? Como pensar em religião, política, espaço público, espaço privado, bairros, lugares e cidade podem ajudar a desvendar a gramática da vida urbana? A paisagem urbana permeada ainda pela arquitetura citadina pode ser pensada enquanto mediação e/ou conformação de práticas de sociabilidade? Quais trocas e modificações podem se desenrolar partir de determinados aspectos de convivência? O que os motiva?.
Situação: Concluído; Natureza: Outra.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (3) / Mestrado profissional: (2) / Doutorado: (4) .
Integrantes: Icaro Vasques Inchauspe - Integrante / Adriane Luisa Rodolpho - Integrante / Flavia Maria Silva Rieth - Integrante / Francisco Luiz Pereira da Silva Neto - Coordenador / Louise Prado Alfonso - Integrante / Isabel Soares Campos - Integrante / Claudia Cardoso Goularte - Integrante / Gustavo Fiorini Marques - Integrante / Vanessa Avila Costa - Integrante.
2017 - 2017
Antropologia e seus fazeres: experiências de pesquisa
Descrição: Este projeto de ensino apresenta-se em complementação às atividades da disciplina do PPGAnt "Metodologia em Antropologia", a ser ministrada no segundo semestre letivo de 2017. Serão realizados Seminários para apresentação de experiências de pesquisa em Antropologia. Nesses Seminários, professores do PPGAnt serão convidados/as a trazer ao debate suas trajetórias de pesquisa. Serão também convidados/as a apresentar suas experiências de pesquisa mestres egressos/as do PPGAnt e outros/as.
Situação: Concluído; Natureza: Outra.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (6) / Doutorado: (11) .
Integrantes: Icaro Vasques Inchauspe - Integrante / Renata Menasche - Coordenador / Adriane Luisa Rodolpho - Integrante / André Gomes de Almeida - Integrante / Claudia Turra Magni - Integrante / Fladiane Nunes Teixeira - Integrante / Flavia Maria Silva Rieth - Integrante / Francisco Luiz Pereira da Silva Neto - Integrante / Guilherme Galdo Ruchaud - Integrante / Josiane Abrunhosa Ulrich - Integrante / Lori Altmann - Integrante / Louise Prado Alfonso - Integrante / Maria Lucia Macari - Integrante / Mario de Souza Maia - Integrante / Martin Cesar Tempass - Integrante / Sara Coradi - Integrante / Rogerio Reus Goncalves da Rosa - Integrante / Thaise Thurow Schaun - Integrante.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Antropologia.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Antropologia / Subárea: Antropologia Urbana.
3.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Demografia / Subárea: Distribuição Espacial/Especialidade: Distribuição Espacial Urbana.
4.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Antropologia / Subárea: Etnografia.
5.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Artes.


Idiomas


Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Razoavelmente, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Inglês
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
INCHAUSPE, I. V.;VASQUES INCHAUSPE, ÍCARO2017 INCHAUSPE, I. V.. Gestión y política cultural para el desarrollo local: Análisis presupuestal a través del financiamiento público en Yaguarón, Río Grande del Sur, Brasil: 2004-2013. Córima, Revista de Investigación en Gestión Cultural, v. 2, p. 66-86, 2017.

2.
VASQUES INCHAUSPE, ÍCARO2017VASQUES INCHAUSPE, ÍCARO; ALVES MARCELINO, BRUNO CÉSAR . Conexões entre cultura e desenvolvimento: o terceiro setor na gestão cultural e encaminhamentos das Organizações da Sociedade Civil. RELACult - Revista Latino-Americana de Estudos em Cultura e Sociedade, v. 3, p. 166-185, 2017.

3.
SOUZA, EDUARDO GARCIA2017SOUZA, EDUARDO GARCIA ; VASQUES INCHAUSPE, ÍCARO . Análise da atuação dos stakeholders no processo de implementação do Ponto de Cultura Jacquard no município de Jaguarão-RS. RELACult - Revista Latino-Americana de Estudos em Cultura e Sociedade, v. 3, p. 154-165, 2017.

4.
SOUZA, E. G.2016 SOUZA, E. G. ; INCHAUSPE, I. V. . Um outro ponto de vista: O Ponto de Cultura como ferramenta para o desenvolvimento e preservação das identidades culturais. Poder e Cultura, v. 3, p. 245-262, 2016.

5.
INCHAUSPE, I. V.;VASQUES INCHAUSPE, ÍCARO2015 INCHAUSPE, I. V.. Direitos Culturais no Brasil. Revista Observatório da Diversidade Cultural, v. 2, p. 193-201, 2015.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
INCHAUSPE, I. V.; SILVA NETO, F. L. P. ; ALFONSO, L. P. . 'Estamos sob pressão daqueles que podem?: tecnologias de controle estatal e (re) arranjos como resistência Passo dos Negros em Pelotas/RS. In: Seminário de Políticas Sociais no Mercosul, 2018, Pelotas. Anais VI Seminário de Políticas Sociais no Mercosul Políticas Sociais e Políticas Públicas em tempos de crise globalizada. Pelotas: Universidade Católica de Pelotas, 2017. v. 1. p. 418-431.

2.
INCHAUSPE, I. V.. Gastos em cultura através do financiamento público em Jaguarão/RS: 2004-2013. In: Seminário Internacional de Políticas Públicas, 2015, Pelotas. Anais do SIPP 2015. v. 2.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
INCHAUSPE, I. V.; SILVA NETO, F. L. P. . O Sofá está na Rua: Etnografando ritos de encontro e as redes de sociabilidade na região do Porto em Pelotas/RS. In: XIX Encontro de Pós-Graduação (ENPOS), 2017, Pelotas. Anais 2017 - XXI Encontro de Pós-Graduação. Pelotas: Universidade Federal de Pelotas, 2017. v. 1. p. 1-4.

2.
INCHAUSPE, I. V.; ALFONSO, L. P. . As Margens do São Gonçalo: Tecnologias de controle, sociabilidades e (re) arranjos no Passo dos Negros em Pelotas/RS. In: XXVI - Congresso de Iniciação Cientifica - CIC, 2017, Pelotas. Anais 2017 - XXVI Congresso de Iniciação Cientifica - Área das Ciências Humanas. Pelotas: Universidade Federal de Pelotas, 2017. v. 1. p. 1-4.

3.
SANTANA, R. B. J. ; MARCELINO, B,C.A. ; INCHAUSPE, I. V. ; MACHADO, J. P . Relato de Experiência das Atividades Desenvolvidas em Jaguarão pelo Instituto Conexão Sociocultural. In: 1º Encontro Missioneiro de Estudos Interdisciplinares em Cultura, 2015, São Borja. 1º Encontro Missioneiro de Estudos Interdisciplinares em Cultura, 2015. v. 1.

4.
INCHAUSPE, I. V.; SILVA, R. R. ; OLIVEIRA, T.M. ; MILANO, C. M. . A importância do gerenciamento de acervos digitais para preservação de documentos históricos. In: I Encontro Humanístico Multidisciplinar, 2015, Jaguarão. Anais - I Encontro Humanístico Multidisciplinar. Jaguarão: Centro Latino de Estudos em Cultura, 2015. v. 2. p. 164-166.

5.
INCHAUSPE, I. V.; SILVA, R. R. ; OLIVEIRA, T.M. ; MILANO, C. M. . A importância do gerenciamento de acervos digitais para preservação de documentos históricos. In: Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão, 2015, Alegrete. Anais do Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão, 2015. v. 7.

6.
INCHAUSPE, I. V.. Gastos em Cultura através do financiamento público em Jaguarão: 2004-2013. In: IV Jornada Brasileira de Sociologia e a I Jornada Brasileira de Ciência Política, 2015, Pelotas. Anais ? IV Jornada Brasileira de Sociologia e a I Jornada Brasileira de Ciência Política, 2015.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
INCHAUSPE, I. V.; VILLAS BOAS, A. S. . História e Memória: A construção do passado da Enfermaria Militar de Jaguarão. In: VI Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão, 2014, Bagé. VI Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão, 2014.

Apresentações de Trabalho
1.
INCHAUSPE, I. V.; ALFONSO, L. P. . As Margens do São Gonçalo: Tecnologias de controle, sociabilidades, e (re) arranjos no Passo dos Negros em Pelotas/RS. 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

2.
INCHAUSPE, I. V.; SILVA NETO, F. L. P. . O Sofá está na Rua: Etnografando ritos de encontro e as redes de sociabilidade na região do Porto em Pelotas/RS. 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

3.
INCHAUSPE, I. V.. Gestão e política cultural para o desenvolvimento local: Análise orçamentária através do financiamento público em Jaguarão/RS: 2004-2013. 2016. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

4.
INCHAUSPE, I. V.; MARCELINO, B,C.A. . Conexões entre cultura e desenvolvimento: o terceiro setor na gestão cultural e encaminhamentos das organizações da Sociedade civil. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

5.
INCHAUSPE, I. V.; SOUZA, E. G. . Um outro de ponto de vista: O ponto de cultura como ferramenta para o desenvolvimento e preservação de identidades culturais. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

6.
INCHAUSPE, I. V.. Gastos em Cultura através do financiamento público em Jaguarão: 2004-2013. 2015. (Apresentação de Trabalho/Outra).

7.
INCHAUSPE, I. V.. Gastos em Cultura através do financiamento público em Jaguarão: 2004-2013. 2015. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

8.
INCHAUSPE, I. V.; SILVA, R. R. ; OLIVEIRA, T.M. ; MILANO, C. M. . A importância do gerenciamento de acervos digitas para preservação de documentos históricos. 2015. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

9.
INCHAUSPE, I. V.; SILVA, R. R. ; MILANO, C. M. ; OLIVEIRA, T. M. . A importância do gerenciamento de acervos digitais para preservação de documentos históricos. 2015. (Apresentação de Trabalho/Outra).

10.
INCHAUSPE, I. V.; VILLAS BOAS, A. S. . História e Memória: A construção do passado da Enfermaria Militar de Jaguarão. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
INCHAUSPE, I. V.. Prefeitura Municipal de Chapecó - Edital 004/2018 da Secretária Municipal de Chapecó. 2018.

2.
INCHAUSPE, I. V.. Fundação Cultural de Curitiba - Edital 012/2018 - Quadrinhos, Ilustração, Cartoon, RPG. 2018.

3.
INCHAUSPE, I. V.. Fundação Cultural de Curitiba - Edital 005/2018 - Circo da Cidade, Lona Zé Preguiça. 2018.

4.
INCHAUSPE, I. V.. Fundação Cultural de Joinville - Edital de Apoio à Cultura nº 001/2016 da Secretaria de Cultura e Turismo de Joinville. 2017.

Trabalhos técnicos
1.
MARCELINO, B,C.A. ; INCHAUSPE, I. V. . 1º PampaCult. 2017.

2.
MARCELINO, B,C.A. ; INCHAUSPE, I. V. . Seminário Latino-Americano de Estudos em Cultura - SEMLACult. 2017.

3.
THURLER, Djalma ; MARCELINO, B,C.A. ; INCHAUSPE, I. V. . 2º Encontro Humanístico Multidisciplinar. 2016.

4.
INCHAUSPE, I. V.. Na rota da sustentabilidade Brasil. 2015.

5.
MARCELINO, B,C.A. ; INCHAUSPE, I. V. ; MACHADO, J. P . 1º Encontro Humanístico Multidisciplinar. 2015.

Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
INCHAUSPE, I. V.; SILVA NETO, F. L. P. ; POETA, P. ; HARP, M. ; RISSIO, G. . Programa RadioCom (104,5 fm) - Conversando intervenções e alternativas na cidade. Projeto NÓS NOSOTROS: ANTROPOFONIAS E CHARLAS. 2018.

2.
CHATI, G.M ; INCHAUSPE, I. V. ; MACHADO, J. P . 5º Encontro Internacional de Produção Cultural. 2016. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).


Demais tipos de produção técnica


Bancas




Participação em bancas de comissões julgadoras
Avaliação de cursos
1.
INCHAUSPE, I. V.. Membro do Comitê Ad hoc da Pró-Reitoria de Extensão do Instituto Federal de Santa Catarina. 2018. Instituto Federal de Santa Catarina.

2.
INCHAUSPE, I. V.. Membro do Comitê Ad Hoc da Pró-Reitoria de Extensão do Instituto Federal de Santa Catarina. 2017. Instituto Federal de Santa Catarina.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
IV Encontro História, Imagem e Cultura Visual ANPUH-RS. 2017. (Encontro).

2.
VI Seminário de Politicas Sociais no Mercosul.Estamos sob pressão daqueles que podem: tecnologias de controle estatal e (re) arranjos como resistência no Passo dos Negros em Pelotas/RS. 2017. (Seminário).

3.
XIX Encontro de Pós-Graduação - ENPOS.O Sofá está na rua: etnografando ritos de encontro e as redes de sociabilidade na região do Porto em Pelotas. 2017. (Encontro).

4.
XXVI Congresso de Iniciação Científica. Ás margens do São Gonçalo: Tecnologias de controle, sociabilidades e (re) arranjos no Passo dos Negros em Pelotas. 2017. (Congresso).

5.
1º Seminário Internacional de Políticas Públicas.Gastos em cultura através do financiamento público em Jaguarão/RS: 2004-2013. 2016. (Seminário).

6.
2º Encontro Humanístico Multidisciplinar. 2016. (Encontro).

7.
5º Encontro Internacional de Produção Cultural.Conexões entre cultura e desenvolvimento: o terceiro setor na gestão cultural e encaminhamentos das organizações da sociedade civil. 2016. (Encontro).

8.
7º Seminário Internacional de Políticas Culturais.Gestão e política cultural para o desenvolvimento local: Análise orçamentária do financiamento público em Jaguarão/RS: 2004-2013. 2016. (Seminário).

9.
1º Encontro Humanístico Multidisciplinar. 2015. (Encontro).

10.
2º Colóquio de Ensino e Pesquisa em Memória e Patrimônio.A importância do gerenciamento de acervos digitais para preservação de documentos históricos. 2015. (Outra).

11.
6ª Jornada Brasileira de Sociologia e I Jornada Brasileira de Ciência Politica.Gastos em Cultura através do financiamento público em Jaguarão: 2004-2013. 2015. (Encontro).

12.
7º Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão.A importância do gerenciamento de acervos digitais para preservação de documentos históricos. 2015. (Seminário).

13.
8º Pensando a Produção Cultural. 2015. (Encontro).

14.
1ª Semana Acadêmica de Produção e Política Cultural. 2014. (Outra).

15.
3º Seminário de Integração Cultural Brasil-Uruguai. 2014. (Seminário).

16.
6º Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão.História e Memória: Construção do Passado da Enfermaria Militar de Jaguarão.. 2014. (Encontro).

17.
2º Encontro Nacional de Produção Cultural. 2012. (Encontro).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
MARCELINO, B,C.A. ; INCHAUSPE, I. V. ; MACHADO, J. P ; GUANAES, Senilde A. . Seminário Latino-Americano de Estudos em Cultura. 2017. (Congresso).

2.
INCHAUSPE, I. V.; MACHADO, J. P . I Encontro Internacional de Pesquisa em Ciências Humanas. 2017. (Congresso).

3.
INCHAUSPE, I. V.; MARCELINO, B,C.A. ; MACHADO, J. P . 2º Encontro Humanístico Multidisciplinar. 2016. (Congresso).

4.
MARCELINO, B,C.A. ; MACHADO, J. P ; INCHAUSPE, I. V. . 1º Encontro Humanístico Multidisciplinar. 2015. (Congresso).

5.
INCHAUSPE, I. V.. 1ª Semana Acadêmica de Produção e Política Cultural. 2014. (Outro).

6.
INCHAUSPE, I. V.. 2º SIFEDOC - II Seminário Regional de Educação no Campo. 2013. (Congresso).



Inovação



Projeto de extensão



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 22/11/2018 às 9:30:38