Diogo Matos dos Santos

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/7227792678219511
  • Última atualização do currículo em 03/05/2018


Professor efetivo da secretaria de estado da educação e qualidade do ensino, atua como professor de ciências e ensino religioso nas turmas de 9° ano. Tem experiência na área de Genética, com ênfase em Genética molecular e de microrganismos, auditoria ambiental, e elaboração de projetos e relatórios de impactos ambientais atuando principalmente com Atividade enzimática de Microrganismos decompositores de dendritos foliares. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Diogo Matos dos Santos
Nome em citações bibliográficas
SANTOS, D. M.

Endereço


Endereço Profissional
SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO, Escola Estadual Olga Falcone.
Rua Comandante Theophilo Matos
Da Paz
69049140 - Manaus, AM - Brasil
Telefone: (92) 992000380


Formação acadêmica/titulação


2012 - 2014
Mestrado em Biologia Urbana.
Universidade Nilton Lins, UNINILTON, Brasil.
Título: Análise da atividade celulolitica e xilanolitica de fungos filamentosos envolvidos na decomposição de dentritos vegetais de origem alóctone de igarapé amazônico,Ano de Obtenção: 2014.
Orientador: Neusa Hamada.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado do Amazonas, FAPEAM, Brasil.
Palavras-chave: celulolitica; Fungos Filamentosos; Xilanolitica.
Grande área: Ciências Biológicas
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Biologia Geral.
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Microbiologia.
Setores de atividade: Atividades profissionais, científicas e técnicas.
2008 - 2011
Graduação em CIÊNCIAS BIOLÓGICAS.
UNIVERSIDADE NILTON LINS, UNI NILTON LINS, Brasil.
Título: EFEITOS DA DEGRADAÇÃO DE AMBIENTES AQUÁTICOS NA EXPRESSÃO DOS GENES MIOTROFINA E CITOCROMO B EM COLOSSOMA MACROPOMUM.
Orientador: SÉRGIO RICARDO NOZAWA.
Bolsista do(a): PREFEITURA MUNICIPAL DE MANAUS, PMM, Brasil.
2002 - 2005
Ensino Médio (2º grau).
ESCOLA ESTADUAL SENADOR PETRONIO PORTELLA, EESPP, Brasil.
1998 - 2001
Ensino Fundamental (1º grau).
ESCOLA ESTADUAL SENADOR MANUEL SEVERIANO NUNES, EESMSN, Brasil.
1993 - 1997
Ensino Fundamental (1º grau).
ESCOLA ESTADUAL MARIA DE LOURDES RODRIGUES ARRUDA, EEMLRA, Brasil.




Formação Complementar


2013 - 2014
Extensão universitária em PERICIA AMBIENTAL. (Carga horária: 420h).
Universidade Católica Dom Bosco, UCDB, Brasil.
2012 - 2013
AUDITORIA AMBIENTAL. (Carga horária: 360h).
Universidade Católica Dom Bosco, UCDB, Brasil.
2012 - 2012
Extensão universitária em Elaboração e planejamento de relatórios ambientais. (Carga horária: 220h).
Conselho Regional de Biologia 1ª Região, CRBIO1, Brasil.
2012 - 2012
AUDITORIA AMBIENTAL. (Carga horária: 180h).
Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial - AM, SENAC/AM, Brasil.


Atuação Profissional



CENTRO EDUCACIONAL AMAZÔNIA, CEA, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - Atual
Vínculo: Professor, Enquadramento Funcional: PROFESSOR DE CIÊNCIAS, Carga horária: 30


Centro Educacional Magister Excelsior, CEME, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - 2013
Vínculo: Professor, Enquadramento Funcional: Professor de Ciências e Biologia, Carga horária: 14


EMBRAPA AMAZONIA OCIDENTAL, CPAA, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - 2010
Vínculo: BOLSISTA, Enquadramento Funcional: BOLSISTA, Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.


Escola Estadual Tiradentes, E.E.T, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - 2014
Vínculo: Professor, Enquadramento Funcional: Professor de Ciências, Carga horária: 20


Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado do Amazonas, FAPEAM, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - Atual
Vínculo: Bolsista de Mestrado Acadêmico, Enquadramento Funcional: Bolsista de Mestrado Acadêmico, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.


Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, INPA, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional:


Universidade Nilton Lins, UNINILTON, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - 2011
Vínculo: Bolsista de Apoio Técnico, Enquadramento Funcional: Bolsista, Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.



Projetos de pesquisa


2012 - Atual
DIVERSIDADE E ATIVIDADES ENZIMÁTICAS MICROBIANAS ENVOLVIDAS NA DECOMPOSIÇÃO DE DETRITOS VEGETAIS DE ORIGEM ALÓCTONE EM RIACHOS EM MICROBACIAS DO NORTE DO BRASIL
Descrição: De acordo com Oliveira et al., (2006), os microrganismos representam uma importante fonte de recursos genéticos para o avanço biotecnológico e para o desenvolvimento econômico sustentável. A devida caracterização e preservação dos recursos microbianos são fatores de fundamental importância para o desenvolvimento da bioeconomia no século 21. Segundo Morais et al., (2006), os trabalhos já publicados mostram o potencial dos ecossistemas brasileiros para descrição de novas espécies microbianas. Por exemplo, recentemente novas espécies de leveduras foram descritas para a América do Sul, sendo a maioria dessas, coletadas em substratos naturais no Brasil (Morais et al., 2006). No entanto, isto corresponde a menos de 3% do total de espécies descritas na literatura mundial, que soma cerca de 1400 taxa. A estimativa da diversidade de leveduras aponta que menos de 1% do total de espécies é conhecido, como em outros grupos microbianos (Robert et al. 2006). O Brasil possui uma grande diversidade de ecossistemas,e possivelmente possui uma porção representativa da biodiversidade microbiana do planeta, no entanto estudos sobre esses organismos em nosso país estão apenas em seu começo. Além do potencial biotecnológico, esses microorganismos têm papel chave em um dos mais importantes processos ecológicos em ecossistemas aquáticos, a decomposição de matéria orgânica alóctone, proveniente da vegetação ripária. Em conjunto com macroinvertebrados fragmentadores atuam na base da cadeia trófica que sustenta todos os sistemas aquáticos de águas continentais. Entender a diversidade desses organismos assim como as interações entre eles é essencial para prever os efeitos de impactos antropogênicos sobre nossos recursos hídricos..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Diogo Matos dos Santos - Coordenador / NEUSA HAMADA - Integrante / PAULA BENEVIDES MORAIS - Integrante / AMANDA LIMA - Integrante / MARIZA BENCHIMOL - Integrante.
2010 - 2011
EXPRESSÃO DO GENE CALMODULINA E ALCOOL DEHYDROGENASE NO Colossoma Macropomum COMO BIOINDICADOR MOLECULAR, EXPOSTO A ESTRESSE DEVIDO A IMPACTOS AMBIENTAIS.
Descrição: A floresta amazônica possui a maior biodiversidade do mundo, a imensidão e sua maior característica, a quantidade de espécies animais e vegetais, existentes na Amazônia e incalculável, estima-se que mais da metade de toda a biodiversidade do planeta, esteja na Amazônia, possui a maior rede fluvial do mundo e tem o maior volume de água doce do planeta, a biodiversidade de peixes também não fica para trás, pois mais da metade das espécies de peixes vertebrados habitam da bacia amazônica, colocando-se como uma potencia biológica inestimável. Considerado como peixe de primeira classe, o colossoma Macropomum, popularmente conhecido como Tambaqui, por possuir um valor econômico de grande estimativa para as famílias nativas, e sabor delicioso e também por ser um espécime como organismo modelo pra obtenção de informações sobre o funcionamento e desenvolvimento em ecossistemas aquático ocasionado o interesse em estudar esse animal. Devido aos processos impactantes atuais que ao longo do tempo vem degradando os rios e igarapés de nossa região, como metais pesados; Mercúrio, Cobre e Cádmio, esgotos a céu aberto, atividades agrícolas e o chorume que o liquido do lixo doméstico. A biologia molecular tem promovido um avanço significativo em áreas que afetam a saúde humana, a agricultura, produção industrial e também para investigações que desvendem questões ambientais. Com a perseverança e curiosidade, nos como cientistas estamos dispostos a contribuir para desvendar a estrutura do RNA, os genes especificamente, que serão de certa forma alterados, em situações de estresse ao animal.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Diogo Matos dos Santos - Integrante / FELIPE JULES DE ARAUJO SANTOS - Coordenador / SÉRGIO RICARDO NOZAWA - Integrante.Financiador(es): CAPES - Centro Anhanguera de Promoção e Educação Social - Cooperação / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado do Amazonas - Bolsa / Universidade Nilton Lins - Cooperação / Fundação Nilton Lins - Cooperação.
2010 - 2011
EXPRESSÃO DOS GENES MYOTROPHIN E CYTROCROMO B EM COLOSSOMA MACROPOMUM COMO BIOINDICADOR MOLECULAR DE DEGRADAÇÃO EM AMBIENTES IMPACTADOS.
Descrição: O Estado do Amazonas possui a maior rede fluvial do mundo e tem o maior volume de água doce do planeta, a biodiversidade de peixes também não fica para trás, pois mais da metade das espécies de peixes vertebrados habitam da bacia amazônica, colocando-se como uma potencia biológica inestimável. O colossoma macropomum é uma espécie nativa da região amazônica.também chamado de Pacu Vermelho, é um peixe de escamas com corpo romboidal, nadadeira adiposa curta com raios na extremidade; dentes molariformes e rastros branquiais longos e numerosos. Boca prognata pequena e forte com dentes molariformes. A coloração geralmente é parda na metade superior e preta na metade inferior do corpo, mas pode variar para mais clara ou mais escura dependendo da cor da água. Os alevinos são cinza claro com manchas escuras espalhadas na metade superior do corpo. O tambaqui alcança cerca de 110 cm de comprimento total. Antigamente eram capturados exemplares com até 45 quilos. Hoje, por causa da sobre-pesca, praticamente não existem indivíduos desse porte. Peixe comum encontrado na bacia amazônica e do qual se aproveitam a saborosíssima carne e o óleo.É uma espécie que realiza migrações reprodutivas, tróficas e de dispersão. Durante a época de cheia entra na mata inundada, onde se alimenta de frutos ou sementes. Durante a seca, os indivíduos jovens ficam nos lagos de várzea onde se alimentam de zooplâncton e os adultos migram para os rios de águas barrentas para desovar. Na época de desova não se alimentam, vivendo da gordura que acumularam durante a época cheia (Ferreira, A.S.G., 2006). A poluição das aguas constitui um dos mais sérios problemas ecológicos da atualidade..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Diogo Matos dos Santos - Coordenador / FELIPE JULES DE ARAUJO SANTOS - Integrante / KELLEN BENTES SENA - Integrante / LUIZ EDUARDO SARMIENTO LOZANO - Integrante / SÉRGIO RICARDO NOZAWA - Integrante.Financiador(es): Universidade Nilton Lins - Auxílio financeiro / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Cooperação / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Cooperação / Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado do Amazonas - Bolsa / Fundação Nilton Lins - Auxílio financeiro.
2010 - 2011
CARACTERIZAÇÃO DA ENZIMA CELULASE EM Fusarium sp.
Descrição: O Fusarium spp. é um fungo cosmopolita, compreendendo uma grande quantidade de espécies que são conhecidas por causar doenças em culturas de importância agronômica. Embora, isolados não patogênicos de Fusarium spp. tenham sido descritos, pouco se conhece sobre a variabilidade genética deste grupo, ainda que estejam presentes em inúmeros locais. Assim sendo, este trabalho teve como objetivos ampliar estes conhecimentos, avaliando a variabilidade genética e forma de interação de isolados patogênicos e não patogênicos de Fusarium spp. obtidos de diferentes hospedeiros. Desta forma serão avaliados por meio das técnicas de ARDRA, sequenciamento do rDNA e RAPD. A. Dessa forma este isolado poderia ser selecionado para futuras análises, visando um melhor aproveitamento deste microrganismo endofítico em estudos de interesse agronômico..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Diogo Matos dos Santos - Integrante / FELIPE JULES DE ARAUJO SANTOS - Integrante / KELLEN BENTES SENA - Coordenador / SÉRGIO RICARDO NOZAWA - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Cooperação / Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado do Amazonas - Bolsa / Fundação Nilton Lins - Auxílio financeiro / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Cooperação / Universidade Nilton Lins - Cooperação.
2009 - 2010
Caracterização da diversidade genética de isolados a partir de esporos de Monliophthora perniciosa e de tecidos infectados de Theobroma sp oriundos de diferentes regiões da Amazônia por meio do marcador ISSR.
Descrição: A contínua expansão dos plantios de cupuaçuzeiro tem gerado uma demanda por tecnologias capazes de elevar a produtividade e a rentabilidade dos pomares. Entre os principais problemas da cultura está a alta incidência da doença vassoura de bruxa, causada pelo fungo Moniliophthora perniciosa (Stahel) Aime & Phillips-Mora. A doença é endêmica na região Amazônica, e as estratégias de controle incluem controle químico, manejo e poda fitossanitária, que consiste na remoção dos ramos e frutos doentes, para a redução do inóculo, porém possui um custo elevado em mão-de-obra. A utilização de materiais genéticos resistentes à vassoura-de-bruxa é considerada a solução mais econômica, estável e ambientalmente desejável. A análise da diversidade permite inferências a respeito da capacidade de dispersão do patógeno, taxa de mutações, forma de reprodução, grau de variabilidade genética, tamanho populacional efetivo, potencial de causar epidemia, distribuição dos gens de virulência, entre outras O estudo da diversidade por meio de marcadores moleculares possui como vantagem o fato destes permitirem uma ampla amostragem do genoma. Deste modo o este trabalho teve como obter e caracterizar isolados de M. perniciosa, oriundos de algumas regiões da Amazônia, por meio de marcadores moleculares baseados em microssatélite. Foram analisados 46 indivíduos de M.perniciosa de 5 Estados da região norte do Brasil. Das 43 bandas obtidas 100% foram polimórficas e média de bandas por primer foi 12. A análise de relacionamento genético indica que houve associação entre similarida de e região de coleta..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Diogo Matos dos Santos - Integrante / MARIA GERALDA DE SOUZA - Coordenador / GILVAN FERREIRA DA SILVA - Integrante / GILVANA FIGUEIRA GUALBERTO - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.


Projetos de extensão


2010 - 2011
O CULTIVO DE PLANTAS MEDICINAIS.
Descrição: RESGATAR A TRADIÇÃO POPULAR DO USO DE PLANTAS MEDICINAIS NA ZONA LESTE DE MANAUS, QUE ESTÁ PERDENDO ESTÁ TRADIÇÃO DO MANEJO DE ERVAS PARA A CURA DE DOENÇAS CORRIQUEIRAS , MODERADAS, COMPLEXAS, E QUE A GRANDE MAIORIA DAS COMUNIDADES NÃO TEM CONDIÇÕES DE CONSUMIR PRODUTOS INDUSTRIALIZADOS . TEMOS UM PROBLEMA COMO ESTIMULAR A UTILIZAÇÃO DAS PLANTAS MEDICINAIS NO COTIDIANO DESSA COMUNIDADE.DESTA ZONA DE MANAUS..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) .
Integrantes: Diogo Matos dos Santos - Coordenador / FELIPE JULES DE ARAUJO SANTOS - Integrante / KELLEN BENTES SENA - Integrante.
2010 - 2010
A FALTA DE CONCENTRAÇÃO EM CIÊNCIAS NOS ALUNOS DO 7° ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL
Descrição: A perspectiva de uma educação inclusiva passa necessariamente pelo desafio da escola e educadores analisarem o entorno do ambiente escolar, objetivando compreender os aspectos e limitações que envolvem o fazer pedagógico. O fracasso escolar, a evasão e reprovação são problemas reincidentes a cada ano na escola regular, havendo a necessidade de um estudo mais consistente acerca dessa problemática, visto que o a falta de concentração em ciências é um dos causadores desses motivos. Educação sempre foi e será assunto para muitas discussões. A cada nova geração, novos tempos, nos deparamos com novos desafios e novas expectativas. Problemas parecem ser solucionados e logo surgem outros tão ou mais complexos que os anteriores. Um grande problema dos tempos modernos é a dificuldade encontrada pelos professores para chamar e prender a atenção de seus alunos..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Diogo Matos dos Santos - Coordenador / FELIPE JULES DE ARAUJO SANTOS - Integrante / KELLEN BENTES SENA - Integrante / CARLOS ALBERTO CRUZ PINTO - Integrante.
2008 - 2008
EDUCAÇÃO E CONCEITOS ETNOBOTÂNICOS DAS PLANTAS
Descrição: O conhecimento empírico das plantas e de costume existir na população da região norte, onde e repassado aspecto familiar desde os tempos primitivos. Portanto através desse projeto e que vamos aprofundar na questão da importância das propriedades das plantas fitoterápicos, em que buscaremos todos os detalhes da importância das plantas como um todo, mais será especificado algumas plantas mais conhecidas ou utilizadas pelas pessoas. O grande desfio e desvendar a causa da perda de interesse em utilizar as plantas como um remédio tradicional. Infelizmente com passar dos tempos ate os tempos modernos percebemos a grande falta dessa bela tradição, que fez parte da família amazonense em utilizar em momentos de enfermidades (Resfriados, dor de cabeça, diarreia, tonturas, dores no corpo e etc.) não graves mais que afeta o desempenho no trabalho, na escola ou em outro setor de nossas vidas. Como este projeto e voltado para educação, podemos observa que uns dos caminhos para o resgate no manejo e recuperação dessa tradição, pode esta inserida na escola, pois já e provado que a segunda instituição que mais tem influencia na vida das pessoas e a escola, aonde vem em primeiro lugar à família. Sabendo disto será de fundamental importância à investigação se inserida na escola, pois teremos caminhos abertos a desvendar e ter resultados positivos. No decorrer do projeto temos a esperança de que ocorram situações que podemos colaborar em resgatar essa tradição ou pelo simples fato de existi essa preocupação, há uma certeza que novas ideias jungirão para colaborar na reconstrução de uma tradição quase esquecida. A etnobotânica e o ramo da botânica que interage com a antropologia desvendado o conhecimento empírico ao longo do processo histórico e social pelos nativos de determinada região..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Diogo Matos dos Santos - Integrante / FELIPE JULES DE ARAUJO SANTOS - Coordenador / KELLEN BENTES SENA - Integrante / CARLOS ALBERTO CRUZ PINTO - Integrante.


Outros Projetos


2010 - 2010
H1N1, O VÍRUS MORTAL
Descrição: Influenza A subtipo H1N1 também conhecido como A (H1N1), é um subtipo de Influenzavirus A e a causa mais comum da influenza (gripe) em humanos. A letra H refere-se à proteína hemaglutinina e a letra N à proteína neuraminidase. Este subtipo deu origem, por mutação, a várias estirpes, incluindo a da gripe espanhola (atualmente extinta), estirpes moderadas de gripe humana, estirpes endémicas de gripe suína e várias estirpes encontradas em aves. Variantes de H1N1 de baixa patogenicidade existem em estado selvagem, causando cerca de metade de todas as infecções por gripe em 2006.[1] Em Abril de 2009, um surto de H1N1 matou mais de 100 pessoas no México, e pensava-se existirem mais de 1500 indivíduos infectados em todo o mundo em 26 de Abril de 2009. O Centers for Disease Control and Prevention nos Estados Unidos avisou que era possível que este surto desse origem a uma pandemia.[2]. No balanço oficial da OMS divulgado no começo da manhã de 8 de maio de 2009, que não inclui o aumento de casos na América do Norte, Europa e América Latina, o número de contaminados era de 2384, com 42 mortes..
Situação: Concluído; Natureza: Outra.
Alunos envolvidos: Graduação: (6) / Especialização: (1) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Diogo Matos dos Santos - Coordenador / FELIPE JULES DE ARAUJO SANTOS - Integrante / SIDNEY MORREIRA DE SOUZA - Integrante / CHARLES EVANGELISTA DA SILVA - Integrante / MOISES AZEVEDO RIBEIRO - Integrante / GLEICIANE DOS SANTOS GOMES - Integrante / MARIA EMIR BARROSO DA SILVA - Integrante.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Genética.
2.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Parasitologia.
3.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Morfologia.
4.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Biologia Geral.
5.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Fisiologia.


Idiomas


Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Inglês
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Pouco.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Pouco.


Prêmios e títulos


2012
1³ LUGAR NO CONCURSO DE MESTRADO EM BIOLOGIA URBANA, UNIVERSIDADE NILTON LINS.
2011
PREMIO PROFESSOR SAMUEL BENCHIMOL 8³ LUGAR, BASA BANCO DA AMAZONIA.


Produções



Produção bibliográfica
Resumos publicados em anais de congressos
1.
SANTOS, D. M.; SANTOS,F.J.A. ; LOZANO,L.E.S ; SENA,K.B ; NOZAWA,S.R . EXPRESSÃO DO GENE MIOTROPHYN EM Colossoma Macropomum COMO BIOINDICADOR MOLECULAR DE DEGRADAÇÃO EM AMBIENTES AQUÁTICOS. In: IV ENCONTRO NACIONAL DE BIOLOGIA URBANA, 2010, MANAUS. ENCONTRO DE BIOLOGIA URBANA, 2010.

2.
SANTOS, D. M.; LOZANO,L.E.S ; SANTOS,F.J.A. ; NOZAWA,S.R . EXPRESSÃO DO GENE MIOTROPHYN E CYTROCROMO B EM Colossoma Macropomum COMO BIOMARCADOR MOLECULAR DE DEGRADAÇÃO EM AMBIENTES AQUÁTICOS.. In: I MOSTRA INTERINSTITUCIONAL DE ENSINO PESQUISA E EXTENSAO - MIEPEX, 2010, MANAUS. EXPRESSÃO DO GENE MIOTROPHYN E CYTROCROMO B EM Colossoma Macropomum COMO BIOMARCADOR MOLECULAR DE DEGRADAÇÃO EM AMBIENTES AQUÁTICOS., 2010.

3.
SANTOS, D. M.; LOZANO,L.E.S ; NOZAWA,S.R ; SANTOS,F.J.A. ; SENA,K.B . EXPRESSÃO DOS GENES MYOTROPHIN EM COLOSSOMA MACROPOMUM COMO BIOINDICADOR MOLECULAR DE DEGRADAÇÃO EM ABIENTES AQUÁTICOS. In: III ENCONTRO NACIONAL DE BIOLOGIA URBANA, 2010, MANAUS. III ENCONTRO DE BIOLOGIA, 2010.

Apresentações de Trabalho
1.
SANTOS, D. M.; SANTOS,F.J.A. ; LOZANO,L.E.S ; NOZAWA,S.R . EFEITOS DA DEGRADAÇÃO DE AMBIENTES AQUÁTICOS NA EXPRESSÃO DOS GENES MIOTROFINA E CITOCROMO B EM COLOSSOMA MACROPOMUM. 2011. (Apresentação de Trabalho/Outra).

2.
SANTOS, D. M.; SANTOS,F.J.A. ; LOZANO,L.E.S ; NOZAWA,S.R . EFEITOS DA DEGRADAÇÃO DE AMBIENTES AQUÁTICOS NA EXPRESSÃO DOS GENES MIOTROFINA E CITOCROMO B EM COLOSSOMA MACROPOMUM. 2011. (Apresentação de Trabalho/Outra).

3.
SANTOS, D. M.; SOUZA,G.M ; SILVA,G.F ; GUALBERTO, G. F. ; SOUZA,A.C.G ; SOUZA, N. R. . Análise da diversidade genética de isolados de Moniliophtora perniciosa oriundos de tecido infectados de theobroma spp. 2010. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

4.
SANTOS, D. M.; GOMES.G,S ; SANTOS,F.J.A. ; RIEBIRO.M,A ; SOUZA.S,M ; SILVA.C,E . H1N1 O VIRUS MORTAL. 2010. (Apresentação de Trabalho/Outra).

5.
SANTOS,F.J.A. ; SANTOS, D. M. ; NOZAWA,S.R ; CASANOVA. F,M . EXPRESSÃO DO GENE CALMODULINA NO Colossoma Macropomum COMO BIOINDICADOR MOLECULAR, EXPOSTO A ESTRESSE DEVIDO A IMPACTOS AMBIENTAIS. 2010. (Apresentação de Trabalho/Congresso).



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Curso de identificação e taxonomia tradicional e molecular de fungos. 2013. (Oficina).

2.
Curso de identificação e taxonomia tradicional e molecular de fungos.Fungos extremófilos da Antártida. 2013. (Oficina).

3.
Disciplina de Parasitologia.Ocorrência de Salmonella spp. em carcaças de frangos recém abatidos em feiras e mercados da cidade Manaus-AM.. 2013. (Outra).

4.
V ENCONTRO NACIONAL DE BIOLOGIA URBANA. 2012. (Encontro).

5.
XII Curso de Controle Biológico. 2012. (Congresso).

6.
CONGRESSO NACIONAL DE INICIAÇÃO CIENTIFICA. EFEITOS DA DEGRADAÇÃO DE AMBIENTES AQUÁTICOS NA EXPRESSÃO DOS GENES MIOTROFINA E CITOCROMO B EM COLOSSOMA MACROPOMUM. 2011. (Congresso).

7.
IV ENCONTRO NACIONAL DE BIOLOGIA URBANA E VI ENCONTRO REGIONAL EM BIOLOGIA URBANA. 2011. (Congresso).

8.
IV ENCONTRO NACIONAL DE BIOLOGIA URBANA E VI ENCONTRO REGIONAL EM BIOLOGIA URBANA. EFEITOS DA DEGRADAÇÃO DE AMBIENTES AQUÁTICOS NA EXPRESSÃO DOS GENES MIOTROFINA E CITOCROMO B EM COLOSSOMA MACROPOMUM. 2011. (Congresso).

9.
MINICURSO DE EXTRAÇÃO E MANIPULAÇÃO DE MICRORGANISMOS AMAZÔNICOS.IV ENCONTRO NACIONAL DE BIOLOGIA URBANA E VI ENCONTRO REGIONAL DE BIOLOGIA URBANA. 2011. (Oficina).

10.
4' CONFERENCIA LATINO AMERICANA DE PRESERVACAO DO MEIO AMBIENTE. 2010. (Congresso).

11.
III ENCONTRO DE BIOLOGIA URBANA E V ENCONTRO NACIONAL DE BIOLOGIA URBANA. EXPRESSÃO DO GENE CALMODULINA NO Colossoma Macropomum COMO BIOINDICADOR MOLECULAR, EXPOSTO A ESTRESSE DEVIDO A IMPACTOS AMBIENTAIS. 2010. (Congresso).

12.
III ENCONTRO NACIONAL DE BIOLOGIA URBANA. EXPRESSÃO DO GEN MIOTROPHYN EM COLOSSOMA MACROPOMUM COMO BIOINDICADOR MOLECULAR DE DEGRADAÇÃO EM AMBIENTES AQUÁTICOS. 2010. (Congresso).

13.
III Encontro Nacional de Biologia Urbana V Encontro Regional de Biologia Urbana. EXPRESSÃO DO GENE CALMODULINA NO Colossoma Macropomum COMO BIOINDICADOR MOLECULAR, EXPOSTO A ESTRESSE DEVIDO A IMPACTOS AMBIENTAIS. 2010. (Congresso).

14.
MIEPEX- MOSTRA INTERISTITUCIONAL DE ENSINO PESQUISA E EXTENSÃO. EXPRESSÃO DOS GENES MIOTROPHYN EM COLOSSOMA MACROPOMUM COMO BIOINDICADOR DE DEGRADAÇÃO EM AMBIENTES AQUATICOS. 2010. (Congresso).

15.
MOSTRA ACADÊMICA DE ESTÁGIO.H1N1 O VÍRUS MORTAL. 2010. (Outra).

16.
Seminário de Iniciação Cientifica.Analise da diversidade Genética de isolados de theobroma spp. oriundos da produção de esporos e de tecido infectado do cupuaçuzeiro. 2010. (Seminário).

17.
SIMPÓSIO AMAZONIA COMO CONFLITO TRANSNACIONAL. 2010. (Simpósio).

18.
1° SEMANA DE MEIO AMBIENTE. MEIO AMBIENTE. 2009. (Congresso).

19.
3° CONFERENCIA LATINO AMERICANA DE PRESERVAÇÃO DO MEIO AMBIENTE. MEIO AMBIENTE. 2009. (Congresso).

20.
I ENCONTRO NACIONAL E IV ENCONTRO REGIONAL DE BIOLOGIA URBANA. BIOLOGIA URBANA. 2009. (Congresso).

21.
PALESTRA TEMA ÁGUA. 2009. (Oficina).

22.
I ENCONTRO NACIONAL DE BIOLOGIA URBANA E IV ENCONTRO REGIONAL DE BIOLOGIA URBANA: AQUECIMENTO GLOBAL E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL DA AMAZÔNIA. 2008. (Congresso).

23.
MINICURSO DE EXTRAÇÃO E MANIPULAÇÃO DE DNA E RNA.DNA. 2008. (Oficina).

24.
PALESTRA EFEITO DO PETROLEO EM PLANTAS AQUÁTICAS. 2008. (Outra).

25.
PALESTRA SISTEMA DIGESTÓRIO. 2008. (Outra).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
SANTOS, D. M.. V Encontro Nacional de Biologia Urbana. 2012. (Congresso).



Orientações



Orientações e supervisões concluídas
Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Moises Azevedo Ribeiro. A IMPORTÂNCIA DA COLETA SELETIVA DE LIXO NO AMBIENTE ESCOLAR. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em CIÊNCIAS BIOLÓGICAS) - UNIVERSIDADE NILTON LINS. Orientador: Diogo Matos dos Santos.



Inovação



Projetos de pesquisa



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 16/12/2018 às 16:16:59