Jéferson Luís de Azeredo

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/2759484555893820
  • Última atualização do currículo em 23/08/2018


Doutorando em Filosofia na UNISINOS - Orientador: Dr. Luiz Rohden; Mestre em Educação pela Universidade do Extremo Sul Catarinense - UNESC; Especialização em Didática e Metodologia do Ensino Superior; Bacharelado em Filosofia pela UNIFEBE; Licenciado em Filosofia pela Universidade Católica de Brasília - UCB; Coordenador do Grupo de estudo e pesquisa em Filosofia Moderna e Contemporânea; Participante/pesquisador do grupo de pesquisa: LITTERA e GEFOCS - Unesc. Participante/estudante do grupo Hermenêutica e[m] Filosofia e Literatura - UNISINOS. Professor extensionista e coordenador projeto de extensão: "Filosofia com crianças: pensando e repensando conceitos e vivências". (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Jéferson Luís de Azeredo
Nome em citações bibliográficas
AZEREDO, Jéferson L.

Endereço


Endereço Profissional
Universidade do Extremo Sul Catarinense.
Av. Universitária, 1105
Universitário
88809125 - Criciúma, SC - Brasil
Telefone: (48) 34312500
URL da Homepage: www.unesc.net


Formação acadêmica/titulação


2016
Doutorado em andamento em Filosofia.
Universidade do Vale do Rio dos Sinos, UNISINOS, Brasil.
Título: PENSAMENTO E POESIA NO HEIDEGGER II: O HABITAR POÉTICO COMO ABERTURA E CUIDADO A PARTIR DO ENCONTRO COM HÖLDERLIN,
Orientador: Luiz Rohden.
2008 - 2010
Mestrado em Educação.
Universidade do Extremo Sul Catarinense, UNESC, Brasil.
Título: A NOÇÃO DE HISTÓRIA DA FILOSOFIA NAS ORIENTAÇÕES CURRICULARES NACIONAIS PARA O ENSINO MÉDIO: UMA ANÁLISE À LUZ DA FILOSOFIA DELEUZEANA,Ano de Obtenção: 2010.
Orientador: Dr. Ilton Benoni da Silva.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Criação conceitual; Educação; Epistemologia; História da Filosofia.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Educação.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Epistemologia.
Setores de atividade: Educação.
2006 - 2007
Especialização em Didática e Metodologia do Ensino Superior. (Carga Horária: 360h).
Universidade do Extremo Sul Catarinense, UNESC, Brasil.
Título: PARA ALÉM DE UMA DIALÉTICA: CRIANÇAS X JOGOS.
Orientador: Dra. Clarice Monteiro Scotte.
2007 - 2007
Graduação em PROFORM - Programa de Formação de Professores.
Universidade Católica de Brasília, UCB/DF, Brasil.
Título: Relatório de Estágio.
2003 - 2005
Graduação em Filosofia.
Centro Universitário de Brusque, UNIFEBE, Brasil.
Título: AS CONCEPÇÕES DE SER ETERNO E SER FINITO EM EDITH STEIN: SIGNIFICADOS E MANIFESTAÇÕES.
Orientador: Dr. Elias Wolff.




Formação Complementar


2009
Educação a distância.
Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial - RS, SENAC/RS, Brasil.
2009
Inglês.
Better Way, BETTER, Brasil.
2014 - 2015
Formação Continuada de Conselheiros Municipais. (Carga horária: 180h).
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
2009 - 2009
Introdução à educação a distância. (Carga horária: 60h).
Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial - RS, SENAC/RS, Brasil.
2007 - 2007
Inglês. (Carga horária: 35h).
Wizard Idiomas, WIZARD, Brasil.
2007 - 2007
Inglês - Bussines. (Carga horária: 35h).
Wizard Idiomas, WIZARD, Brasil.
2006 - 2006
Extensão universitária em Italiano. (Carga horária: 60h).
Universidade do Extremo Sul Catarinense, UNESC, Brasil.


Atuação Profissional



Escola de Educação Básica Ignácio Stakoviski, EEBIS, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Servidor Público


Universidade do Extremo Sul Catarinense, UNESC, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - Atual
Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: CLT

Vínculo institucional

2010 - 2011
Vínculo: Professor, Enquadramento Funcional: Convidado

Atividades

02/2014 - Atual
Ensino, Pedagogia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia da Educação
02/2014 - Atual
Ensino, Design, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Teorias Estéticas
02/2014 - Atual
Ensino, Letras - Inglês, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia
07/2013 - Atual
Ensino, Arquitetura e Urbanismo, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia
03/2012 - Atual
Extensão universitária , PROPEX, .

Atividade de extensão realizada
Filosofia vai à Terceira Idade: cultivando e cuidado de si.
07/2011 - Atual
Ensino, Artes-Visuais - Licenciatura, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia
Estética
06/2010 - Atual
Ensino, Artes Visuais - Bacharel, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Estética
Filosofia
03/2010 - Atual
Ensino, Direito, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia
02/2010 - Atual
Ensino, Psicologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia
07/2012 - 12/2012
Ensino, Direito, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia do Direito
06/2012 - 07/2012
Ensino, MBA Comunicação e Estratégias de Marketing, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Metodologia da Pesquisa
06/2012 - 07/2012
Ensino, MBA Comunicação e Estratégias de Marketing, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Metodologia da Pesquisa - MCP
02/2012 - 07/2012
Ensino, Engenharia de Agrimensura, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Metodologia da Pesquisa Científica
07/2011 - 12/2011
Ensino, Tecnologia em Segurança no Transito, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Ética Profissional
02/2011 - 07/2011
Ensino, Arquitetura e Urbanismo, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia
04/2010 - 07/2011
Ensino, Engenharia de Agrimensura, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Metodologia da Pesquisa Científica
03/2010 - 07/2011
Ensino, Direito, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Metodologia da Pesquisa Científica
07/2010 - 12/2010
Ensino, Arquitetura e Urbanismo, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Metodologia e Pesquisa Científica
03/2010 - 07/2010
Ensino, Psicologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Antropologia Filosófica

Fundação Educacional Barriga Verde, FEBAVE, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - Atual
Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: CLT, Carga horária: 8

Atividades

02/2012 - Atual
Ensino, Psicologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Sociologia
02/2011 - Atual
Ensino, Administração, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia e ética
Sociologia
02/2013 - 07/2013
Extensão universitária , Centro Universitário Barriga Verde, .

Atividade de extensão realizada
PROJETO INTERDISCIPLINAR ?UMA LEITURA SOBRE AS DIFERENTES DROGAS: EFEITOS NO INDIVÍDUO E NA SOCIEDADE".
02/2012 - 07/2012
Ensino, Direito, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia Geral e do Direito
03/2011 - 03/2011
Extensão universitária , Centro Universitário Barriga Verde, .

Atividade de extensão realizada
ESTRUTURAS ORGANIZACIONAIS DO BRASIL.

Escola Normal e Ginásio Madre Teresa Michel, MTM, Brasil.
Vínculo institucional

2007 - 2012
Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Horista, Carga horária: 13
Outras informações
Professor de Filosofia

Atividades

02/2007 - 11/2012
Ensino,

Disciplinas ministradas
Filosofia
02/2010 - 06/2012
Ensino,

Disciplinas ministradas
Ensino Religioso
02/2007 - 05/2009
Conselhos, Comissões e Consultoria, Pastoral, .

Cargo ou função
Membro da Coordenação de Pastoral.

Centro de Educação Monsenhor Agenor Neves Marques, CEANM, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - 2012
Vínculo: Horista, Enquadramento Funcional: CLT, Carga horária: 6
Outras informações
Professor de Ética - Filosofia

Atividades

05/2011 - Atual
Ensino,

Disciplinas ministradas
ética - Filosofia

Colégio Imagem, CI, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - 2012
Vínculo: Horista, Enquadramento Funcional: Horista, Carga horária: 4
Outras informações
Professor de Metodologia

Vínculo institucional

2007 - 2008
Vínculo: Professor - Eja e Técnicos, Enquadramento Funcional: Professor horista, Carga horária: 20

Atividades

03/2011 - Atual
Ensino,

Disciplinas ministradas
Metodologia Científica

Centro Educacional Angelo Colombo, AG, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2009
Vínculo: Professor de Hist. Filo. e Soc, Enquadramento Funcional: Titular, Carga horária: 20


EEB Prof. Salete Scotti dos Santos, SSS, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - 2009
Vínculo: ACT, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 20
Outras informações
Professor de Filosofia e Sociologia - Ensino Médio


Humberto Hermes Holffmann, HHH, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - 2010
Vínculo: ACT, Enquadramento Funcional: ACT, Carga horária: 20
Outras informações
Professor de Filosofia - Ensino Médio Professor de Ensino Religioso - Ensino Fundamental


Centro Educacional Hermann Spethmann, HH, Brasil.
Vínculo institucional

2007 - 2007
Vínculo: Secretário, Enquadramento Funcional: CLT, Carga horária: 30
Outras informações
Professor de Filosofia e Sociologia - Supletivo - Ensino Médio Secretário de Coordenação



Projetos de pesquisa


2017 - 2017
A essência da obra de arte nas obras de Heidegger.
Descrição: A compreensão filosófica de Marin Heidegger diferencia-se do pensamento metafísico tradicional porque a metafísica compreende a verdade do ser a partir da sua existência ? o ser já está aí, ficando preso a ditamos, modelos e determinações, sem poder manifestar-se. Assim dito, a estética encarar a estética sob a perspectiva heideggeriana, quando se torna uma disciplina, uma ciência do belo na modernidade com o filósofo Alexander von Baumgarten, e que considera a obra de arte como objeto, é que Heidegger se vale apenas na perspectiva do ente e não no seu sentido ontológico. Por isso, se faz importante diferenciá-la de uma abordagem ontológica, um modo de pensar sobre a questão do ser, seja na filosofia, seja na arte. É incontestável que as discussões estéticas ganham novas abordagens e tomam outros rumos a partir do século XX, em razão de mudanças em todos os âmbitos do processo artístico. Nossa pesquisa mostrará sua relevância, porque instiga a reflexão de conceitos ontológicos no campo da estética e contribui para melhor compreensão das questões tratadas por Heidegger no âmbito da arte. Nossa pesquisa será realizada através do método de uma leitura minuciosa e fichamento dos textos referidos na bibliografia, como é próprio de um trabalho filosófico. Esse método de pesquisa permite uma compreensão e penetração no pensamento e nas questões filosóficas..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Jéferson Luís de Azeredo - Coordenador / ANA PAULA CORRÊA ANTÔNIO - Integrante.Financiador(es): Programa de bolsas universitárias de Santa Catarina - Bolsa.
2017 - Atual
Tempo e finitude: a percepção ontológica do idoso em relação ao tempo.
Descrição: Esta pesquisa, propõe-se a trabalhar a partir do estudo e pesquisa feitos no projeto PIBIC 2016/2. A nova relação que se estabelece, visa compreender um grupo de idosos em relação ao conceito tempo, isto, a partir de uma ontologia do idoso, que permitirá visitar as condições já apresentadas por Heidegger, de uma analítica existencial, em que ?no âmbito do?, o ser-aí é cuidado, mas no antecipar da própria morte (ser-para-morte) ele perscruta sua vida como um todo em propósito, portanto essencialmente histórico. Desta ontologia, o conceito de medo se articula no cuidado, gerando fuga, mas não se exclui, pois somente desta estrutura que se pode, a partir da angústia, ter-se o ser autêntico (eigentlich). A velhice condiz mais à autenticidade. Nesta história o nada é desvelador, pois o ser-idoso recebe sua condição de velhice e nela é fiel ao seu verdadeiro eu. Objetivos: Desenvolver a partir da ontologia de Heidegger, uma analítica do ser-aí, relacionada na tensão negativa, mas não excludente, entre os conceitos de medo e cuidado com os existenciais do ser-aí, como ser-para-morte, analisando sua estrutura, em condições da vida mais específicas, como a idade adulta na velhice/idoso. Constituem objetivos específicos a serem cumpridos no decorrer das atividades relativas ao projeto: - compreender o ser-para-a-morte como modo de ser ?positivo? do ser-no-mundo como presença; - investigar o contraste entre os modos próprios e impróprios da ocupação do tempo mediante o projetar-se impessoal nos empenhos cotidianos que encobrem e distanciam o ser-no-mundo da consciência de sua responsabilidade-de-ser e, por conseguinte, da compreensão do ser-para-a-morte como totalização do próprio projetar-se originário do ser-livre; - articular de maneira mais ampla e consolidada a atividade de pesquisa às atividades de ensino e extensão, e o oferecimento de mini-cursos na expectativa de produzir publicações que registrem tais atividades;.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Jéferson Luís de Azeredo - Coordenador / Greyce Kelly dos Santos - Integrante.
2017 - Atual
Grupo de estudo e pesquisa em Filosofia Moderna e Contemporânea.
Descrição: O presente grupo tem como objetivo pesquisar e discutir os pensamentos moderno e contemporâneo sobre filosofia e cultura, em especial os que consideram os limites do simples contraste entre termos polarizados e atuam mediante a necessidade de criar e reelaborar conceitos capazes de contrapor toda uma relação dicotômica que, por vezes, reduz o pensamento, a cultura e a linguagem à ordem do simples, binário e limitado. A partir de um entendimento da Filosofia como estrutura dinâmica capaz de problematizar as relações dos homens com um mundo constituído a partir de dicotomias, o Grupo visa a análise e a (re)criação de conceitos de ordem estética, ética e linguística, a fim de potencializar a reflexão crítica sobre inúmeras assertivas presentes na Filosofia. Busca-se uma análise no campo estético-ético-cultural das relações entre o Eu, o Outro e o Mundo, com bases nas questões que envolvem as relações de exceção, Differance, Estetiké e Aísthesis..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (5) .
Integrantes: Jéferson Luís de Azeredo - Coordenador / Rodrigo Diaz de Vivar y Soler - Integrante / Maurício Fernandes da Silva - Integrante.
2016 - 2017
Leituras de Ser e Tempo: A relação ontológica entre presença e angústia.
Descrição: O tema apontado no subtítulo, enquanto indicativo da problemática inicialmente norteadora das atividades de pesquisa, delimita o movimento feito por Heidegger; com o intuito de elaborar uma abordagem do modo próprio de ser-no-mundo como ser-livre, o que não se havia atingido na primeira parte de Ser e tempo. Aberto o modo autêntico de existência mediante o fenômeno originário da angústia, o ser-no-mundo, compreendido como ente projetado para possibilidades de ser, possibilidades estas próprias ou impróprias, encontra-se entregue ao possível da liberdade, à exigência existencial de decisão, e como horizonte próprio de seu próprio poder-ser, abre-se-lhe o modo do ser-para-o-fim, ou ser-para-a morte, em que se reconhece a totalização positiva de seu projetar-se e não a mera supressão negativa deste ente em seu ser como mera ?queda no vazio?. Por isso, a angústia do ser-para-a-morte não pode ser adequadamente entendida como o temor pelo fim da vida. Objetivo geral da pesquisa: Obter, pela leitura sistemática da obra Ser e tempo, de Martin Heidegger, um esclarecimento para a questão da finitude como totalização do projeto originário do ser-no-mundo como ser-livre para possibilidades..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Jéferson Luís de Azeredo - Coordenador / Greyce Kelly dos Santos - Integrante.
2015 - 2016
Semiótica da Cultura: uma análise da unidade referente ao processamento de informação
Descrição: O objetivo desta pesquisa baseia-se na compreensão dos processos de criação (processamento) de signos, em especial no contexto atual. Quer-se uma reflexão sobre os mais diferentes tipos de produção cultural, entendidos como processos de comunicação, de organização da informação no ambiente da cultura. Se a Semiótica da Cultura entende a cultura como linguagem, formas de expressão que vão além da esfera social, pois está na cultura, abarcando todos os aspectos da vida, quer-se compreender quais são estes fenômenos que conformam a cultura..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Jéferson Luís de Azeredo - Coordenador / Bruno Perraro - Integrante.
2015 - 2016
Arte enquanto superação do niilismo e abertura do ser
Descrição: O percurso metodológico deste texto procura a partir da compreensão, no encontro entre Heidegger e Nietzsche, o engendramento da arte como uma performatização da vontade de poder, uma transparência que em algum momento é geradora de verdade, esta que precisa ser concebida a partir do artista (mas não se encerrando nele), mas, que faz entender o próprio ser-aí numa superação niilista. Trata-se de uma leitura heideggeriana, que se desvia da arte enquanto coisa-que-se-faz (útil), aproximando-se mais de Nietzsche, especialmente no período da ?Verdade de Poder como Arte?, curso de 1936-37, em que herda uma desconfiança a todo modo de pensar, que desvaloriza o mundo concreto em nome de outro mundo pensado, entretanto, aqui não abordaremos especificamente essa relação ? Platão x Nietzsche..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Jéferson Luís de Azeredo - Coordenador / Samuel Carlos da Rosa de Oliveira - Integrante.
2014 - 2015
Os efeitos midiáticos no contexto escolar: influências na escrita, na produação artística e no comportamento dos adolescentes.
Descrição: Objetivo Geral: Analisar, a partir do olhar crítico e reflexivo, os produtos midiáticos como influenciadores e formadores, nos processos de desenvolvimento das crianças de idade entre 10 e 13 anos. Objetivos Específicos: - Criar núcleos de estudo e trabalho, em quatro escolas municipais, com temas do cotidiano a partir de cenas de novelas, assuntos das rádios, séries de tv e notícias jornalísticas... pré-estabelecidos e alguns popularmente acessados na Internet; - Objetivar leituras de textos relativos às discussões estabelecidas das mídias selecionadas; - Proporcionar uma interatividade entre os adolescentes e suas famílias a partir das mídias escolhidas; - Incentivar a produção literária com os membros do grupo (dossiês, diários, cartas, textos críticos, entre outros); - Motivar ao estudo e desenvolvimento cognitivo independente. - Produzir textos que ajudem na formação crítica dos adolescentes..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Jéferson Luís de Azeredo - Coordenador / João Batista Calado - Integrante.
2014 - 2015
Os sentidos e consequências do darwinismo nas obras de Nietzsche: seleção natural e poder como fundamentos à vida
Descrição: Procura-se com esta pesquisa investigar o fazer da espécie humana, que com Darwin, é uma parte da Árvore da Vida, como produtos de processos históricos, cujas capacidades e funções se modificaram no curso do tempo, e que exibem ainda as marcas dos papéis que desempenharam em outros tempos. Estas capacidades transformam a física, a biológica e a cultural, mas também foram e são transformadas por ela. A visão de Darwin é próxima a do genealogista do século XIX, Friedrich Nietzsche, em que procura a origem de tudo isso que constitui os seres humanos. Não como uma ?essência?, ou uma natureza ou fundamento último das coisas, não se acha ?no seio do ser, no imperecível, na ?coisa em si?? (KSA 5.16, JGB/BM ), mas é um processo histórico - processos evolutivos (de ?desenvolvimento?, como Nietzsche gosta de dizer, usando o termo de Hegel ? (LIMA, 2003). O modo como Nietzsche entende os processos históricos investigados pela genealogia pressupõe o pensamento de Darwin - pressupõe a descoberta da evolução por seleção natural..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Jéferson Luís de Azeredo - Coordenador / Juliane Mussak - Integrante / MEIS, Alice - Integrante.
2014 - 2015
A relação da ?palavra poética? de Heidegger, com a ?linguagem poética? de Nietzsche
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Jéferson Luís de Azeredo - Coordenador / Kelen Schilickmann - Integrante.
2013 - 2014
Análise dos fenômenos literários filosóficos a partir das obras de Friedrich Nietzsche, em especial ?Assim falou Zaratustra?.
Descrição: PIC 170.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Jéferson Luís de Azeredo - Coordenador / MERY HELLEN DUARTE RODRIGUES - Integrante.
2013 - 2014
Uma relação do conceito de cultura (Kultur) segundo Nietzsche com as linguagens poéticas da literatura grega antiga
Descrição: Este plano de trabalho, previsto no grupo de pesquisa Littera, instaura uma premissa sobre Nietzsche constituída da maior precisão embora não encerre discussões, mas, a partir dele (pensar ?com ele?), abrir espaços que permitam ao devir uma instância de possibilidades múltiplas. Estas multiplicidades serão trabalhadas na defesa à centralidade do conceito de cultura (kultur) na filosofia de Nietzsche e o engendramento de linguagens poéticas herdadas dos gregos antigos, que converge à geração de valor, consequentemente do próprio homem. Destas premissas, procura-se acompanhar o tratamento do conceito de cultura e da sua ligação indissociável ao conceito poesia grega no decorrer das fases da produção do filósofo dando destaque a primeira , em destaque as obras: ?O nascimento da tragédia ou helenismo e pessimismo? e ?A filosofia na idade trágica dos gregos?. Para tanto, são investigadas as relações estabelecidas pelo pensamento de Nietzsche entre cultura, linguagem, natureza e homem. Vale ainda considerar, quase como uma parênteses a esta introdução, que qualquer tentativa de estabelecer continuidade entre o jovem trágico, o autor de ?humano...? e ?Zaratustra? encontra uma aparente ilusão, mas considera-se que um platô serve às fases: a cultura e a poesia. OBJETIVOS - Estabelecer parâmetros que permitam localizar e configurar estritamente a cultura (inferior e superior) em Nietzsche, e (concomitantemente) a atual, a partir de outras fontes que se julgam necessárias para a análise; - Analisar a relação das poesias gregas antigas à formação do pensamento literário-filosófico de Nietzsche; - Proporcionar ao acadêmico-bolsista uma experiência de iniciação científica..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Jéferson Luís de Azeredo - Coordenador / João Batista Calado - Integrante.Financiador(es): Universidade do Extremo Sul Catarinense - Auxílio financeiro.
2013 - Atual
Grupo de Estudo e Pesquisa em Educação, formação cultural e sociedade
Descrição: O grupo se propõe a estudar e pesquisar sobre questões da educação, isto é, problematizar a racionalidade da educação contemporânea, a partir de aspectos fundamentais apontados pela Teoria Critica da sociedade e de seus fundamentos. Isso significa possibilitar a capacidade de abertura da problemática educacional a outros modos de compreender as alterações e desafios da formação cultural contemporânea. As experiências educativas, tomadas unicamente como meio e fim em si mesmas, tornam-se impedimentos à própria formação, uma vez que ela mesma requer espontaneidade, imaginação e criatividade. Sua relação com o tempo deve diferenciar-se da rapidez do consumo e da maquinaria do mundo, pois este impede e controla a imaginação necessária à própria experiência formativa. A reflexão neste grupo de estudo e de pesquisa não pode ser deslocada de um ímpeto crítico a respeito do momento histórico em que vivemos. Nesse sentido, se no contexto atual prevalece os auspícios da razão instrumental, isso não quer dizer que este estado de coisa não seja reparável. É possível pensar a educação como formação cultural se considerarmos que ela tornaria a memória capaz de sistematizar experiências cumulativas do sujeito, o que permitiria uma compreensão da realidade que ultrapasse o mero uso de esquemas conceituais e práticos..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2012 - 2012
As relações e mudanças de gênero difundidas no Código Penal de 1890 e 1940
Descrição: PIC 170.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Jéferson Luís de Azeredo - Coordenador / Jhonata Goulart Serafim - Integrante.Número de orientações: 1
2011 - 2011
A criminalização da Cultura Negra no primeiro Código Penal da República Brasileira
Descrição: PIC 170.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Jéferson Luís de Azeredo - Coordenador.Número de orientações: 1
2011 - Atual
LITTERA - Correlações entre cultura, processamento e ensino: a linguagem em foco
Descrição: O Littera propõe-se a investigar os fenômenos no entorno da linguagem e seus desdobramentos ligados ao ensino de língua e literatura..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2005 - 2009
A formação universitária à luz de discursos sobre a produção do conhecimento científico
Descrição: O objetivo principal da pesquisa é: investigar que traços poderiam ter pedagogias derivadas e/ou apoiadas nos discursos de pensadores (Bachelard e Rorty) com avaliações teóricas tão distintas em relação a problemática da verdade no âmbito científico contemporâneo. Isto é, nos perguntamos como seria, de uma parte, uma pedagogia reconhecidamente extraída do aprendizado sobre os movimentos (pedagógicos) da racionalidade científica, verificada no discurso bachelardiano,e, de outra parte, uma pedagogia da aposta no consenso obtido por persuasão, recolhida no acaso das opiniões e nas entrelinhas dos vocabulários já tidos como vencedores. Algo muito próximo ou que coadune com a edificação rortyana, proposta em: A Filosofia e o Espelho da Natureza (1994)..
Situação: Desativado; Natureza: Pesquisa.


Projetos de extensão


2016 - Atual
Filosofia com Crianças: pensando e repensando conceitos e vivências
Descrição: Neste projeto, procura-se aprofundar a importância e a possibilidade de Filosofia com crianças. Parte-se da ideia de que exercitar o pensamento, também com um olhar filosófico, enfatiza a integralidade da e na formação, bem como a ampliação do autoconhecimento e amadurecimento interpessoal, ou seja, o exercício do pensamento pela perspectiva filosófica, busca a construção de significados que resultam no cuidado e na criatividade. E é na atividade filosófica com crianças que estaremos transformando a sala de aula em um ?espaço de investigação?. Deste modo, entendemos que um dos pilares é o DIÁLOGO, não como estratégia educacional, mas como um princípio educativo em que os alunos são instigados à participação. Sendo assim, há a exigência de uma nova perspectiva por parte dos professores, os quais deverão ser estimuladores da dimensão dialógica. Com a prática dialógica novas descobertas são feitas, o reconhecimento do outro, a capacidade de pensar por si. Enfim, no diálogo com as crianças há oportunidade de problematizar acerca das situações do cotidiano. Muito se tem pensado acerca de alguns aspectos que poderiam no processo formativo das crianças, contribuir para a formação de um indivíduo mais crítico e criativo no modo como se relaciona com as situações do dia-a-dia. Uma das condições para o exercício filosófico pode ser identificada com a inquietação, que em grande medida possibilita o questionamento. Deste modo, pode-se identificar quanto o questionar pode fazer parte do cotidiano da criança, embora muitas vezes, enquanto um aspecto ingênuo, pois a criança sempre se pergunta em função de querer saber algo que desconhece, ela de certo modo está num momento de constituição de significados e sentidos das experimentações que realiza tanto na escola quanto em outros espaços e tempos. Que está o segundo pilar deste projeto, a PROBLEMATIZAÇÃO. Dos dois pilares citados, surge o terceiro, a CRIAÇÃO. Entendemos que a filosofia tem um papel criador, não pragmático-utilitarista, condicionado por maquinários ideológicos específicos, mas nascidos de reflexões e autonomia, que geram sujeitos capazes de olhar o mundo e agir positivamente sobre ele. As crianças serão convidadas e atuar no meio ambiente, estando com a ?mão-na-massa? nas questões que as envolvem direta e indiretamente. Criança não é o futuro do país, mas é sim o presente, pois tem seu papel, sua importância no tempo presente, e não spo no amanhã, elas existem no hoje. Assim, vemos que é importante, as atividades filosóficas específicas que potencializam o pensar filosófico das crianças, indicando portanto, a necessidade de implementar no ensino conteúdos/temas de filosofia no Ensino Fundamental, visando desenvolver a compreensão de que também as crianças têm potencial para realizar questionamentos filosóficos que tenham uma dimensão relacionada com as suas experiências..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) .
Integrantes: Jéferson Luís de Azeredo - Coordenador / Alex Sander da Silva - Integrante / Keven Ronsani - Integrante / Diandra Zuchinali - Integrante / Aline Rocha - Integrante.
2014 - 2016
Cidadania, Meio ambiente e formação crítica: discutindo e produzindo conceitos com adolescentes e suas famílias a partir dos produtos midiáticos.
Descrição: Objetivo Geral Proporcionar aos estudantes e suas famílias no espaço escolar, um olhar crítico e reflexivo sobre o mundo, a partir das mídias. Objetivos Específicos - Criar núcleos de estudo e trabalho, nas escolas municipais do ?Território Freire? e/ou comunidades do mesmo território, com temas do cotidiano a partir de cenas de novelas, assuntos das rádios, séries de tv e notícias jornalísticas... pré-estabelecidos e alguns popularmente acessados na Internet; - Objetivar leituras de textos relativos às discussões estabelecidas das mídias selecionadas; - Proporcionar uma interatividade entre os adolescentes e suas famílias a partir dos mídias escolhidas ? este item também será subsidiado pelo projeto institucional PIBID, no item de trabalho: ?XVIII. Organização de cinema na escola: preparação de debates em torno de produções cinematográficas, documentários e imagens. Levantamento de filmes que tragam à tona questões científicas, políticas, éticas, sociais, culturais, artísticas e estéticas. Mobilização de debates filosóficos e sociológicos a partir das produções cinematográficas?; - Incentivar a produção literária com os membros do grupo (dossiês, diários, cartas, textos críticos, entre outros); - Promover discussões sobre as questões ambientais, em especial as ligadas a preservação ambiental, saúde e ao uso de drogas, veiculadas pela mídia. - Motivar ao estudo e desenvolvimento cognitivo independente..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Jéferson Luís de Azeredo - Coordenador / Maristela Giassi - Integrante / Mirian da Conceição - Integrante.
2012 - Atual
Filosofia vai à Terceira Idade: cultivando e cuidado de si
Descrição: A proposta deste projeto é proporcionar uma alternativa para se pensar o tema do envelhecimento num significado ético-pedagógico do cuidado e cultivo de si. Ou seja, trata-se, por um lado, de considerar o modo como a cultura ocidental compreende o envelhecimento, levando-o a um encontro interpretativo entre a filosofia e a terceira idade. E, por outro, proporcionar uma interatividade entre pessoas de terceira e gerações mais novas, discutindo temas próprios da filosofia pertinentes para ambos. Com isso, referimo-nos, sobretudo, a questão do ?cultivo e cuidado de si?, isto é, a conexão entre o tema do envelhecimento humano e os problemas ético-morais, sociais, culturais e políticos da sociedade contemporânea que formam o almágama da formação integral dos indivíduos. O trabalho se desenvolve em um grupo de terceira idade da AFASC. Os encontros acontecem em local onde o grupo já faz suas atividades. Os encontros se constituem de atividades variadas, tais como: dinâmicas de grupos, filmes, exposição de temas, oficinas, entre outras. Atividades estas, elaboradas pelos professores e bolsistas do projeto..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Jéferson Luís de Azeredo - Integrante / Alex Sander da Silva - Coordenador / Ângela Cristina Di Palma Back - Integrante.


Outros Projetos


2014 - 2018
PIBID - Programa Institucional de bolsa de Iniciação à docência
Descrição: Objetivos do PIBID: 1 - Incentivar a formação de docentes em nível superior para a educação básica; 2 - Contribuir para a valorização do magistério; 3 - Elevar a qualidade da formação inicial de professores nos cursos de licenciatura, promovendo a integração entre educação superior e educação básica; 4 - Inserir os licenciandos no cotidiano de escolas da rede pública de educação, proporcionando-lhes oportunidades de criação e participação em experiências metodológicas, tecnológicas e práticas docentes de caráter inovador e interdisciplinar, que busquem a superação de problemas identificados no processo de ensino-aprendizagem; 5 - Incentivar escolas públicas de educação básica, mobilizando seus professores como coformadores dos futuros docentes e tornando-as protagonistas nos processos de formação inicial para o magistério; e 6 - Contribuir para a articulação entre teoria e prática necessárias à formação dos docentes, elevando a qualidade das ações acadêmicas nos cursos de licenciatura..
Situação: Concluído; Natureza: Outra.


Membro de corpo editorial


2016 - Atual
Periódico: Seminário de Filosofia e Sociedade


Revisor de periódico


2014 - Atual
Periódico: CRIAR EDUCAÇÃO Revista do Programa de Pós-Graduação em Educação UNESC


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Educação / Subárea: Fundamentos da Educação/Especialidade: Filosofia da Educação.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Epistemologia.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: História da Filosofia/Especialidade: Educação e Filosofia.
4.
Grande área: Outros / Área: Divulgação Científica.


Idiomas


Italiano
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Inglês
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Espanhol
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
AZEREDO, Jéferson L.2018AZEREDO, Jéferson L.; DE MARCH, Sônia M. . FILOSOFIA E LITERATURA: CAMINHOS PARA O PENSAR E O APRENDER. Occursus - Revista de Filosofia, v. 3, p. 42-59, 2018.

2.
AZEREDO, Jéferson L.2018AZEREDO, Jéferson L.; OLIVEIRA, Loren S. P. . SEXUALIDADE NOS LIVROS DIDÁTICOS DE LINGUA PORTUGUESA: UM OLHAR FOUCAULTIANO. Revista Rizoma: experiências interdisciplinares em ciências humanas e sociais aplicadas, v. 2, p. 1-19, 2018.

3.
AZEREDO, Jéferson L.2017AZEREDO, Jéferson L.. SELBSTSORGE ? CUIDADO DE SI e FÜRSORGE ? PREOCUPAÇÃO A PARTIR DE HEIDEGGER: ANÁLISE ONTOLÓGICA EM RELAÇÃO A EDUCAÇÃO. Revista Linguagem, Ensino e Educação â013 LENDU, v. 1, p. 1-8, 2017.

4.
AZEREDO, Jéferson L.2017AZEREDO, Jéferson L.; BITTENCOURT, Ricardo. L. ; SILVA, Alex S. . CONCEPÇÕES DE APRENDIZAGEM NO ENSINO DE FILOSOFIA: NOVOS CONTEXTOS E EXIGÊNCIAS CURRICULARES. EDUCAÇÃO EM REVISTA (UNESP. MARÍLIA), v. 18, p. 109-128, 2017.

5.
AZEREDO, Jéferson L.2016AZEREDO, Jéferson L.; SILVA, Alex S. ; BITTENCOURT, Ricardo. L. . O PENSAMENTO EM CONSTELAÇÃO ADORNIANO COMO POSSIBILIDADE DE REFLEXÃO CRÍTICA SOBRE AS PRÁTICAS FORMATIVAS EM CONTEXTOS EDUCATIVOS. Conjectura: Filosofia e Educação (UCS), v. 7, p. 1, 2016.

6.
AZEREDO, Jéferson L.2016AZEREDO, Jéferson L.; SILVA, Alex S. ; OLIVEIRA, Paula . FILOSOFIA COM A TERCEIRA IDADE A PARTIR DO CUIDADO DE SI: UMA ABERTURA AO SER EM SI. Revista de Extensão da Unesc, v. 1, p. 6-14, 2016.

7.
AZEREDO, Jéferson L.2015AZEREDO, Jéferson L.. ARTE ENQUANTO SUPERAÇÃO DO NIILISMO E ABERTURA DO SER: UMA APROXIMAÇÃO ENTRE NIETZSCHE E HEIDEGGER. Kalagatos (UECE), v. 12, p. 277-292, 2015.

8.
AZEREDO, Jéferson L.2015AZEREDO, Jéferson L.. ANALÍTICA EXISTENCIAL E ESPAÇOS EDUCACIONAIS: UMA RELAÇÃO DO SER-AI COM A EDUCAÇÃO. CRIAR EDUCAÇÃO Revista do Programa de Pós-Graduação em Educação UNESC, v. 4, p. 1, 2015.

9.
AZEREDO, Jéferson L.2015AZEREDO, Jéferson L.. OS SENTIDOS E CONSEQÜÊNCIAS DO DARWINISMO NAS OBRAS DE NIETZSCHE: SELEÇÃO NATURAL E PODER COMO FUNDAMENTOS À VIDA. Lampejo, v. 2, p. 29-50, 2015.

10.
AZEREDO, Jéferson L.2014AZEREDO, Jéferson L.. DEVIRES E DIMENSÕES DOS PROCESSOS DE APRENDIZADO: LINHAS DE FUGA E CONTINUIDADE. Revista Pesquisa em Foco em Educação e Filosofia, v. 7, p. 1-15, 2014.

11.
PIAZZA, Makeila A.2013PIAZZA, Makeila A. ; AZEREDO, Jéferson L. . PRODUÇÕES ARTÍSTICAS E IDEOLOGIA: AS HISTÓRIAS EM QUADRINHOS NAS AULAS DE ARTE, CONCEITO E RELAÇÕES. Prâksis (FEEVALE), v. 2, p. 51-61, 2013.

12.
AZEREDO, Jéferson L.2012AZEREDO, Jéferson L.; SERAFIM, J. G. . RELAÇÕES DE GÊNEROS: (DES)CONSTRUINDO CONCEITOS A PARTIR DOS CÓDIGOS PENAIS DE 1890 E 1940. Revista Técnico-Científica (IFSC), v. 1, p. 84-85, 2012.

13.
AZEREDO, Jéferson L.2012AZEREDO, Jéferson L.; BAUMER, E. R. ; VOLPATO, Gildo ; DOMINGUINI, Lucas . DESAFIOS DA PROFISSÃO E PROBLEMAS NA FORMAÇÃO DE PROFESSOR NA PERCEPÇÃO DE ACADÊMICOS DE ARTES VISUAIS E MATEMÁTICA.. Educacao em Perspectiva (Impresso), v. 2, p. 2, 2012.

14.
AZEREDO, Jéferson L.2011AZEREDO, Jéferson L.. O PAPEL DA HISTÓRIA DA FILOSOFIA NO ENSINO MÉDIO: UMA INTERROGAÇÃO A PARTIR DE DELEUZE. Saberes (Natal), v. 1, p. 34-52, 2011.

15.
AZEREDO, Jéferson L.2011AZEREDO, Jéferson L.; SILVA, B. R. A. . UMA INTERPRETAÇÃO DO CONCEITO DE JUSTIÇA EM JOHN RALWS. Amicus Curiae (UNESC), v. 5, p. 5, 2011.

16.
AZEREDO, Jéferson L.2011AZEREDO, Jéferson L.. O CONCEITO DE IMAGINÉTICO DESENVOLVIDO NAS EPISTEMES PEDAGÓGICAS COMO MOVIMENTO AO PENSAMENTO CIENTÍFICO. Revista Técnico-Científica (IFSC), v. 1, p. 84-84, 2011.

17.
AZEREDO, Jéferson L.2011AZEREDO, Jéferson L.. EDITH STEIN: CONCEPÇÕES DE SER FINITO E SER ETERNO, SIGNIFICADOS E MANIFESTAÇÕES. Caminhando, v. 16, p. 127-141, 2011.

18.
AZEREDO, Jéferson L.2011AZEREDO, Jéferson L.. FORMAÇÃO CULTURAL BRASILEIRA: (DES)CRIMINALIZAÇÃO DA CAPOEIRA NOS CÓDIGOS DE 1890 E 1940. Revista Técnico-Científica (IFSC), v. 1, p. 84-85, 2011.

19.
AZEREDO, Jéferson L.2011AZEREDO, Jéferson L.; SERAFIM, J. G. . A (DES) CRIMINALIZAÇÃO DA CULTURA NEGRA NOS CÓDIGOS DE 1890 e 1940. Amicus Curiae (UNESC), v. 6, p. 6, 2011.

20.
MATIAS, Carlos, P.2010MATIAS, Carlos, P. ; AZEREDO, Jéferson L. . RELAÇÃO PROFESSOR/ALUNO; REFLEXÕES SOBRE UM PROBLEMA DIDÁTICO. Revista de Iniciação Científica (Criciúma), v. 8, p. 69-82, 2010.

21.
AZEREDO, Jéferson L.2009AZEREDO, Jéferson L.; Lucas ; Gildo ; BAUMER, E. R. . PERCEPÇÕES DE ACADÊMICOS DE CURSOS LICENCIATURA SOBRE A FORMAÇÃO E OS PROBLEMAS DA PROFISSÃO DE PROFESSOR NA SOCIEDADE CONTEMPORÂNEA. Revista da Faculdade de Educação (Universidade do Estado de Mato Grosso), v. VII, p. 67-88, 2009.

22.
AZEREDO, Jéferson L.2009AZEREDO, Jéferson L.; SILVA, Ilton B. . O DESPERTAR DO SONO DOGMÁTICO: O ERRO E A CRÍTICA NA DIMENSÃO PEDAGÓGICA DA FORMAÇÃO, À LUZ DE GASTON BACHELARD. Plures. Humanidades (Ribeirão Preto), v. 11, p. 28-39, 2009.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
SCHLLIKMANN, Carlos. A. (Org.) ; AZEREDO, Jéferson L. (Org.) ; CARVALHO, Richarles. S. (Org.) . LINGUAGEM E CONSTRUÇÃO DE IDENTIDADES. 1. ed. Criciúma: Editora UNESC, 2018. v. 200. 152p .

2.
SCHLLIKMANN, Carlos. A. (Org.) ; CARVALHO, Richarles. S. (Org.) ; AZEREDO, Jéferson L. (Org.) ; FELDHAUS, Marcelo (Org.) . NÓS, PROFESSORES: EXPERIÊNCIAS DO PIBID NA UNESC VOL. II. 1. ed. Criciúma: Editora UNESC, 2018. 113p .

3.
AZEREDO, Jéferson L.; FELDHAUS, Marcelo (Org.) ; SCHLLIKMANN, Carlos. A. (Org.) . UNIVERSIDADE E ESCOLA: DIÁLOGOS NECESSÁRIOS À FORMAÇÃO DOCENTE. 1. ed. Criciúma: Editora Unesc, 2016. v. 1. 150p .

Capítulos de livros publicados
1.
BORTOLINI, Bruna O. ; AZEREDO, Jéferson L. . HISTÓRIA, NARRAÇÃO E ALTERIDADE: A ÉTICA DA MEMÓRIA NA OBRA A GUERRA NÃO TEM ROSTO DE MULHER DE SVETLANA ALEKSIÉVITCH. In: CARLOS ARCÂNGELO SCHLICKMANN; JÉFERSON LUÍS DE AZEREDO; RICHARLES SOUZA DE CARVALHO. (Org.). LINGUAGEM E CONSTRUÇÃO DE IDENTIDADES. 1ed.Criciúma: Editora UNESC, 2018, v. 1, p. 43-58.

2.
SCHLLIKMANN, Carlos. A. ; AZEREDO, Jéferson L. ; FELDHAUS, Marcelo ; CARVALHO, Richarles. S. . O PIBID NA UNESC COMO EXPERIÊNCIA BIDIRECIONAL ENTRE FORMAÇÃO DOCENTE E EDUCAÇÃO BÁSICA. In: CARLOS ARCÂNGELO SCHLICKMANN; JÉFERSON LUÍS DE AZEREDO; MARCELO FELDHAUS; RICHARLES SOUZA DE CARVALHO. (Org.). NÓS, PROFESSORES: EXPERIÊNCIAS DO PIBID NA UNESC VOL. II. 1ed.Criciúma: Editora UNESC, 2018, v. II, p. 11-24.

3.
AZEREDO, Jéferson L.; TEODORO, Rafael B. . A ARTE ENTRE DOIS EXTREMOS: O CRÍTICO E O BANAL. In: Anelise Rublescki; Henrique Alexander Keske. (Org.). Trilhas e caminhos da comunicação: comunicação em debate. 1ed.Novo Hamburgo: Feevale: Feevale, 2017, v. , p. 10-24.

4.
AZEREDO, Jéferson L.; CARVALHO, Guilherme, P. . DIREITOS HUMANOS, EDUCAÇÃO INCLUSIVA E TECNOLOGIAS DIGITAIS. In: Henrique Alexander Grazzi Keske ... [et al.]. (Org.). Direitos humanos em perspectiva. 1ed.Novo Hamburgo: Feevale, 2017, v. 1, p. 205-215.

5.
AZEREDO, Jéferson L.; SILVA, Alex S. . A TERCEIRA IDADE E A FILOSOFIA: O ENVELHECIMENTO NUM SIGNIFICADO ÉTICO-PEDAGÓGICO DO CUIDADO E CULTIVO DE SI. In: Angela Cristina di Palma Back, Ana Lúcia Cardoso. (Org.). Práticas e saberes de extensão. 1ed.Curitiba: Multideias, 2016, v. 4, p. 9-24.

6.
AZEREDO, Jéferson L.; CARVALHO, G. P. . DIREITOS HUMANOS, EDUCAÇÃO INCLUSIVA E TECNOLOGIAS DIGITAIS. In: Prof. Dr. Henrique Alexander Keske ; Prof. Me. Luis Henrique Rauber; Prof a . Dr a . Luciana Néri Martins; Prof a . Dr a . Sueli Cabral. (Org.). Direitos Humanos em Perspectiva,. 1ed.NOVO HAMBURGO: Ed. Feevale, 2016, v. 1, p. 1-20.

7.
AZEREDO, Jéferson L.. FILOSOFIA. In: Ana Lúcia Cardoso; Andréa Marcelino Rabelo; Angela Cristina Di Palma Back; Eloisa da Rosa Oliveira; Mainara Figueredo Cascaes; Márcio Carlos Just. (Org.). PREPARA ENEM. 1ed.Criciúma: UNESC, 2016, v. 1, p. 20-33.

8.
AZEREDO, Jéferson L.; BARROS, Natan ; GIASSI, Maristela . A PRODUÇÃO DE UM JORNAL COMO FERRAMENTA NO PROCESSO ENSINO APRENDIZAGEM DE CIÊNCIAS. In: Jéferson Azeredo; Carlos Arcângelo Schilickmann; Marcelo Feudhals. (Org.). Universidade e Escola: diálogos necessários à formação docente.. 1ed.Criciúma: UNESC, 2016, v. 1, p. 1-15.

9.
AZEREDO, Jéferson L.. SOCIOLOGIA. In: Ana Lúcia Cardoso; Andréa Marcelino Rabelo; Angela Cristina Di Palma Back; Eloisa da Rosa Oliveira; Mainara Figueredo Cascaes; Márcio Carlos Just. (Org.). PREPARA ENEM. 1ed.Criciúma: UNESC, 2016, v. 1, p. 56-63.

10.
AZEREDO, Jéferson L.; BACK, Angela. C. P. ; SCHLLIKMANN, Carlos. A. . A CRÍTICA COMO DISPOSITIVO AO SENTIDO NO PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM. In: Maria Socorro Lucena Lima... [et al.]. (Org.). Didática e a prática de ensino na relação com a escola. 1ed.Fortaleza: EDUECE, 2014, v. 1, p. 1-5.

11.
BACK, Angela. C. P. ; SCHLLIKMANN, Carlos. A. ; AZEREDO, Jéferson L. . FORMAÇÃO DOCENTE INICIAL: REPENSANDO AS PRÁTICAS DE ENSINO DE LÍNGUA PORTUGUESA. In: Isabel Maria Sabino de Farias... [et al.]. (Org.). Didática e a prática de ensino na relação com a formação de professores. 1ed.Fortaleza: EDUECE, 2014, v. 1, p. 1-5.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
AZEREDO, Jéferson L.. Formação da cultura (Kultur) do ?último-homem? em tempo eleitoral. A TRIBUNA, Criciúma, 15 set. 2010.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
AZEREDO, Jéferson L.; CROCETTA, R. ; WILLEMANN, M. ; PIZONI, C. ; MATIAS, E. . PROJETO INTEGRADOR: CRIATIVIDADE NO ENSINO DA TEMÁTICA ÉTNICORACIAL: CRIATIVIDADE E INOVAÇÃO NO ENSINO. In: VII Congresso Internacional de Educação e VII Seminário de Ensino, Pesquisa e Extensão, 2016, Orleans. Anais ? VII Congresso Internacional de Educação e VII Seminário de Ensino, Pesquisa e Extensão: o protagonismo de quem se transforma para transformar. Orleans: Unibave, 2016. v. 1. p. 669-681.

2.
AZEREDO, Jéferson L.; CARVALHO, Camila J. . PROFESSORES E CRIANÇAS, UMA RELAÇÃO MORAL-SOCIAL: DISCUTINDO E APROFUNDANDO CONCEITOS ÉTICOS. In: VII Simpósio sobre Formação de Professores: Plano Nacional de Educação: proposições e desafios., 2015, Tubarão. Anais do VII Simpósio sobre Formação de Professores: Plano Nacional de Educação: proposições e desafios., 2015. p. 1.

3.
SCHLLIKMANN, Carlos. A. ; AZEREDO, Jéferson L. . O CONCEITO DE CONTEÚDO DE LÍNGUA PORTUGUESA NOS VESTIBULARES. In: V Encontro Nacional das Licenciaturas, 2014, Natal. Professores em Espaços de Formação: mediações, práxis e saberes docentes. Natal: EDUFRN, 2014.

4.
AZEREDO, Jéferson L.; SERAFIM, J. G. . GÊNERO NO DIREITO: REFLEXOS À EDUCAÇÃO. In: II SELM ? Seminário de Linha ?Educação, Linguagem e Memória?, 2012, Criciuma. II SELM ? Seminário de Linha ?Educação, Linguagem e Memória?. Criciuma: UNESC, 2012. v. 2.

5.
AZEREDO, Jéferson L.; SILVA, Ilton B. . A CONCEPÇÃO DE HISTÓRIA DA FILOSOFIA NO PENSAMENTO DELELEUZIANO E O ENSINO DE FILOSOFIA.. In: III SEMINÁRIO NACIONAL DE FILOSOFIA E EDUCAÇÃO: CONFLUÊNCIAS, 2010, SANTA MARIA. A CONCEPÇÃO DE HISTÓRIA DA FILOSOFIA NO PENSAMENTO DELELEUZIANO E O ENSINO DE FILOSOFIA., 2010. v. 3. p. 01-10.

6.
AZEREDO, Jéferson L.. FILOSOFIA NO CURRÍCULO ESCOLAR BRASILEIRO: CONTEXTOS HISTÓRICOS.. In: I Seminário de Pesquisa da Linha Educação, Linguagem e Memória, 2010, Criciuma. I Seminário de Pesquisa da Linha Educação, Linguagem e Memória. Criciuma: UNESC, 2010. v. 1. p. 1-19.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
AZEREDO, Jéferson L.. ELEMENTOS DE CONTINUIDADE DO PRIMEIRO AO SEGUNDO HEIDEGGER: LINGUAGEM E VERDADE. In: Seminário de Filosofia e Sociedade, 2017, Criciúma. Seminário de Filosofia e Sociedade. Criciúma: Unesc, 2016. v. 1.

2.
AZEREDO, Jéferson L.; SILVA, Alex S. ; ZUCHINALI, Diandra ; RONSANI, Keven ; ROCHA, Aline. . FILOSOFIA COM CRIANÇAS: NOVAS PRÁTICAS, NOVOS OLHARES. In: VII Congresso Internacional de Educação UNIBAVE, 2016, Orleans. ANAIS VII Congresso Internacional de Educação UNIBAVE VII Seminário de Ensino, Pesquisa e Extensão - SENPEX: O protagonismo de quem se transforma para transformar, 2016. v. 1. p. 392-407.

3.
AZEREDO, Jéferson L.; SCHILICKMANN, K. . RELEITURA HEIDEGGERIANA ANTI-ESTÉTICA DA ARTE: UMA SAÍDA À REPRESENTAÇÃO. In: IV Seminário de Leitura e Produção Textual, 2015, CRICIÚMA. IV SELEP. CRICIÚMA: UNESC, 2015. v. 4.

4.
AZEREDO, Jéferson L.; GIASSI, Maristela ; CONCEICAO, Mirian ; BARROS, Natan . TEORIA CRÍTICA E MÍDIAS: ELEMENTOS À FORMAÇÃO INTEGRAL. In: VI Seminário de Ensino, Pesquisa e Extensão ? SENPEX, 2015, Orleans. ?Ciência e tecnologia para promoção da educação e da vida. Orleans: Unibave, 2015. v. v. p. 672-678.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
AZEREDO, Jéferson L.; SILVA, Alex S. ; MARTINELLO, Franciele . A FILOSOFIA COM IDOSOS: EU E O ENCONTRO COM O OUTRO. In: VII Semana de Ciência e Tecnologia, 2017, Criciuma. Anais da Semana de Ciência e Tecnologia. Criciúma: Unesc, 2017. v. 7. p. 16-17.

2.
AZEREDO, Jéferson L.; OLIVEIRA, L. S. ; CONCEICAO, Mirian ; BARROS, Natan ; GIASSI, Maristela . A ESCOLA COMO ESPAÇO PARA A CIDADANIA, MEIO AMBIENTE E FORMAÇÃO CRÍTICA. In: VII Semana de Ciência e Tecnologia, 2017, Criciuma. Anais VII Semana de Ciência e Tecnologia. Criciúma: Unesc, 2016. v. 7. p. 19-20.

3.
AZEREDO, Jéferson L.; PERRARO, Bruno . SEMIÓTICA DA CULTURA: UMA ANÁLISE DO PROCESSAMENTO DE INFORMAÇÃO. In: VII Semana de Ciência e Tecnologia, 2017, Criciúma. Anais VII Semana de Ciência e Tecnologia. Criciúma: Unesc, 2016. v. 7. p. 3-4.

4.
AZEREDO, Jéferson L.; CHAGAS, J. . RACIONALIDADE TÉCNICA E PENSAMENTO CRÍTICO: CONCEITOS. In: VII Semana de Ciência e Tecnologia, 2017, Criciúma. Anais VII Semana de Ciência e Tecnologia. Criciúma: Unesc, 2016. v. 7. p. 23-24.

5.
AZEREDO, Jéferson L.. INÍCIO DA KEHRE HEIDEGGERIANA DESDE SER E TEMPO. In: IV Simpósio Filosofia e Literatura, 2017, São Leopoldo. Cadernos de Resumo do 4a Simpósio Filosofia e Literatura : Imaginando a vida examinada, 2017. v. 1. p. 24-25.

6.
AZEREDO, Jéferson L.; Santos, Greyce K. . O DASEIN E SUA CONDIÇÃO ONTOLÓGICA DE ANGÚSTIA. In: III SEMINARIO DE FILOSOFIA E SOCIEDADE: Estética, Literatura e Filosofia Social, 2017, Criciuma. Seminário de Filosofia e Soceidade. Criciúma: Unesc, 2017. v. 1. p. 1-5.

7.
AZEREDO, Jéferson L.; ZUCHINALI, Diandra. ; SILVA, Alex S. ; RONSANI, Keven ; ROCHA, Aline. . FILOSOFIA COM CRIANÇAS: PENSANDO E REPENSADO CONCEITOS E VIVÊNCIAS. In: VII Semana de Ciência e Tecnologia, 2017, Criciúma. Anais VII Semana de Ciência e Tecnologia. Criciúma: Unesc, 2016. v. 7. p. 44-45.

8.
AZEREDO, Jéferson L.. A PARTIR DE NIETZSCHE, RELAÇÕES E INTERRELAÇÕES DA FILOSOFIA E POESIA. In: Fórum Integrado de Ensino, Pesquisa e Extensão da Acafe, 2013, Chapecó. Anais do Fórum Integrado de Ensino, Pesquisa e Extensão da Acafe. Chapecó: Argos Editora da Unochapecó, 2013. v. 1. p. 198-202.

Artigos aceitos para publicação
1.
AZEREDO, Jéferson L.; BITTENCOURT, Ricardo. L. ; PIZZOLLO, Maria Cristina C. . A FORMAÇÃO CONTINUADA DE PROFESSORES: UM ESPAÇO PARA AUTORIA?. Revista Internacional de formação de professores, 2018.

2.
AZEREDO, Jéferson L.; CARVALHO, Richarles. S. ; FERRAZ, Diego R. . INTERVENÇÃO E NÃO DITO EM DUAS MANCHETES DO G1.. Revista Rizoma: experiências interdisciplinares em ciências humanas e sociais aplicadas, 2018.

3.
AZEREDO, Jéferson L.; CARVALHO, Richarles. S. ; BAUM, Michele C. . A GESTÃO DEMOCRÁTICA E A DIMENSÃO PEDAGÓGICA NA ÓTICA DO PLANO DE GESTÃO.. Revista Internacional de Formação de Professores, 2018.

Apresentações de Trabalho
1.
AZEREDO, Jéferson L.. OFICINA: ATELIÊ FILOSÓFICO: FILOSOFIA COM CRIANÇAS. 2017. (Apresentação de Trabalho/Outra).

2.
AZEREDO, Jéferson L.. INÍCIO DA KEHRE HEIDEGGERIANA DESDE SER E TEMPO. 2017. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

3.
AZEREDO, Jéferson L.. FILOSOFIA EM CONEXÃO COM O ENSINO MÉDIO E EXTENSÃO: CONCEITOS E DESAFIO.. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

4.
AZEREDO, Jéferson L.. FILOSOFIA EM CONEXÃO COM O ENSINO MÉDIO E EXTENSÃO: CONCEITOS E DESAFIO.. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

5.
AZEREDO, Jéferson L.; CHAGAS, J. . RACIONALIDADE TÉCNICA E PENSAMENTO CRÍTICO: CONCEITOS. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

6.
AZEREDO, Jéferson L.; ZUCHINALI, Diandra ; SILVA, Alex S. ; RONSANI, Keven ; ROCHA, Aline. . FILOSOFIA COM CRIANÇAS: PENSANDO E REPENSADO CONCEITOS E VIVÊNCIAS. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

7.
AZEREDO, Jéferson L.; GIASSI, Maristela ; CONCEICAO, Mirian ; BARROS, Natan ; OLIVEIRA, L. S. . A ESCOLA COMO ESPAÇO PARA A CIDADANIA, MEIO AMBIENTE E FORMAÇÃO CRÍTICA. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

8.
AZEREDO, Jéferson L.; OLIVEIRA, Samuel C. R. . DIÁLOGO ENTRE HEIDEGGER E NIETZSCHE: NIILISMO. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

9.
AZEREDO, Jéferson L.; PERRARO, Bruno . SEMIÓTICA DA CULTURA: UMA ANÁLISE DO PROCESSAMENTO DE INFORMAÇÃO. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

10.
SILVA, Alex S. ; AZEREDO, Jéferson L. ; MARTINELLO, Franciele . A FILOSOFIA COM IDOSOS: EU E O ENCONTRO COM O OUTRO. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

11.
AZEREDO, Jéferson L.; MEIS, Alice . CRITICIDADE E MÍDIAS: RE-LEITURA ATUALIZADA E PROBLEMATIZADA A PARTIR DOS FRANKFURTIANOS. 2015. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

12.
AZEREDO, Jéferson L.; SILVA, Alex S. ; ZUCHINALI, Diandra ; MARTINELLO, Franciele . FILOSOFIA COM E PARA TODOS: FILOSOFIA COM A TERCEIRA IDADE.. 2015. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

13.
AZEREDO, Jéferson L.. A FILOSOFIA NO ENSINO.. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

14.
AZEREDO, Jéferson L.; DUZZIONI, Filipe C. . EDUCAÇÃO PARA QUÊ(M).. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

15.
AZEREDO, Jéferson L.; MARRERO, Adriana ; MWEMA, Christian Maleka . FILOSOFIA, FORMAÇÃO DA AUTONOMIA, GÊNERO E EDUCAÇÃO: PERSPECTIVAS ATUAIS.. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

16.
AZEREDO, Jéferson L.; CONCEICAO, Mirian ; SOUZA, Saimon ; GIASSI, Maristela ; SANTOS, Kalliny H. . EXPERIÊNCIAS TRANSFORMADORAS: A DISCUSSÃO DOS PRODUTOS MIDIÁTICOS COM ADOLESCENTES E SUAS FAMÍLIAS.. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

17.
AZEREDO, Jéferson L.. ASPECTOS TEÓRICOS E PRÁTICOS DO PLANEJAMENTO.. 2014. (Apresentação de Trabalho/Outra).

18.
AZEREDO, Jéferson L.. FILOSOFIA X CIÊNCIA.. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

19.
SILVA, Alex S. ; AZEREDO, Jéferson L. . NATUREZA, CORPO E VIDA: ALGUMAS CONSIDERAÇÕES HISTÓRICO-FILOSÓFICAS.. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

20.
AZEREDO, Jéferson L.. A PARTIR DE NIETZSCHE, RELAÇÕES E INTE-RELAÇÕES DA FILOSOFIA E POESIA.. 2013. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

21.
AZEREDO, Jéferson L.; SOUZA, Saimon . TÉCNICA E PODER: A LINGUAGEM COMO TRANSFORMADORA DA CULTURA E DO HOMEM.. 2013. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

22.
MWEWA, Christian. M. ; DAGOSTIM, Cristiane G. ; AZEREDO, Jéferson L. . ARTE E EDUCAÇÃO: PESQUISA, EXTENSÃO E EXPERIÊNCIAS ESTÉTICAS NOS DIVERSOS CONTEXTOS DA ARTE E DA EDUCAÇÃO.. 2013. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

23.
SILVA, Inês ; AZEREDO, Jéferson L. . DIAGNÓSTICO DO PODER E CLIMA EM EMPRESA.. 2013. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

24.
AZEREDO, Jéferson L.; DAGOSTIM, Cristiane G. . DESCONSTRUINDO ABISMOS: UNINDO FILOSOFIA E POESIA NA CONSTRUÇÃO DO CONHECIMENTO, PROJETO.. 2012. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

25.
AZEREDO, Jéferson L.. ENSINAR E APRENDER: DESENVOLVENDO O ESPIRITO PARTICIPATIVO.. 2012. (Apresentação de Trabalho/Outra).

26.
AZEREDO, Jéferson L.; SERAFIM, J. G. . GÊNERO NO DIREITO: REFLEXOS À EDUCAÇÃO.. 2012. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

27.
AZEREDO, Jéferson L.; SILVA, Alex S. ; ROCHA, Silvany C. ; LOPES, Raquel . FILOSOFIA VAI À TERCEIRA IDADE: CULTIVANDO E CUIDADO DE SI.. 2012. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

28.
AZEREDO, Jéferson L.; SERAFIM, J. G. . AS RELAÇÕES E MUDANÇAS DE GÊNERO DIFUNDIDAS NO CÓDIGO PENAL DE 1890 E 1940.. 2012. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

29.
AZEREDO, Jéferson L.; DAGOSTIM, Cristiane G. . DESCONSTRUINDO ABISMOS: UNINDO FILOSOFIA E POESIA NA CONSTRUÇÃO DO CONHECIMENTO, PROJETO 'NIETZSCHE-ZARATUSTRIANO'.. 2012. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

30.
AZEREDO, Jéferson L.; DIAS, Almerinda T. B. B. B. ; BIROLO, Ioná V. B. ; TRICHES, Janete ; ZILLI, Júlio C. F. ; CALDAS, Paracelso O. ; RIBEIRO, Rita S. V. . APRESENTAÇÃO DE EXPERIÊNCIA DE ENSINO.. 2012. (Apresentação de Trabalho/Outra).

31.
AZEREDO, Jéferson L.. FILOSOFIA E FORMAÇÃO DA CIDADANIA, UMA PROPOSTA NIETZSCHEANA.. 2012. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

32.
MATIAS, C.P. ; AZEREDO, Jéferson L. . ESPELHO DIDÁTICO: REFLEXÕES SOBRE A SALA DE AULA NA RELAÇÃO PROFESSOR/ALUNO.. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

33.
AZEREDO, Jéferson L.; SERAFIM, J. G. . FORMAÇÃO CULTURAL BRASILEIRA: (DES) CRIMINALIZAÇÃO DA CAPOEIRA NOS CÓDIGOS 1890 E 1940.. 2011. (Apresentação de Trabalho/Outra).

34.
AZEREDO, Jéferson L.. O CONCEITO DE IMAGINÉTICO DESENVOLVIDO NAS EPISTEMES PEDAGÓGICAS COMO MOVIMENTO AO PENSAMENTO CIENTÍFICO.. 2011. (Apresentação de Trabalho/Outra).

35.
AZEREDO, Jéferson L.. NIETZSCHE E O CONCEITO DE CULTURA (KULTUR): FUNDAMENTO À TÉCNICA.. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

36.
AZEREDO, Jéferson L.. FILOSOFIA NO CURRÍCULO ESCOLAR BRASILEIRO: CONTEXTOS HISTÓRICOS.. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

37.
Gildo ; Lucas ; Valdirene ; AZEREDO, Jéferson L. . PERCEPÇÕES DE ACADÊMICOS DE CURSOS DE LICENCIATURA SOBRE A FORMAÇÃO E OS PROBLEMAS DA PROFISSÃO DE PROFESSOR NA SOCIEDADE CONTEMPORÂNEA.. 2009. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

38.
AZEREDO, Jéferson L.. A FILOSOFIA COMO CRIAÇÃO CONCEITUAL E SUA EFETIVAÇÃO NOS PROCESSOS EDUCACIONAIS.. 2009. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

39.
AZEREDO, Jéferson L.; SILVA, Ilton B. . A CONCEPÇÃO DE HISTÓRIA DA FILOSOFIA NO PENSAMENTO DELEUZIANO E O ENSINO DE FILOSOFIA.. 2009. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

40.
AZEREDO, Jéferson L.; ALEXANDRA, ; BÚRIGO, D.S. ; BELAMINI, M.I . A FORMAÇÃO DOS SUJEITOS ESCOLARES NA CULTURA CONTEMPORÂNEA, À LUZ DE MICHEL FOUCAULT.. 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

41.
AZEREDO, Jéferson L.; FERREIRA, R.B. . QUESTÕES PEDAGÓGICAS À LUZ DA TEORIA DO CONHECIMENTO.. 2008. (Apresentação de Trabalho/Congresso).


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
AZEREDO, Jéferson L.. II Simpósio de Integração Científica e Tecnológica do Sul Catarinense - SICT-Sul. 2013.

2.
AZEREDO, Jéferson L.. 1o Simpósio de Integração Científica e Tecnológica do Sul Catarinense. 2012.

3.
AZEREDO, Jéferson L.. III Semana de Ciência e Tecnologia (III SC&T). 2012.

Trabalhos técnicos

Demais tipos de produção técnica
1.
AZEREDO, Jéferson L.. Filosofia da Arte: fenômenos artísticos. 2009. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
CALDERAM, Odete. A.; SILVA, Alex S.; AZEREDO, Jéferson L.. Participação em banca de Rafael Borges Teodoro.A arte entre dois extremos: o crítico e o banal. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Artes Visuais) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

2.
REICHOW, Jéverson. R.; FERNANDES, Fernanda. S.; AZEREDO, Jéferson L.. Participação em banca de André Fernandes Américo.Logoterapia, a terapia do sentido da vida de Victor Frankl: uma revisão de literatura. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Psicologia) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

3.
DEL MORO, Rosângela; AZEREDO, Jéferson L.; SOUZA, Ismael. Participação em banca de Sidnei Warmeling Moraes.A aplicação de medida socioeducativa à adolescente na cidade de Cocal do Sul, no período de 2010 a 2013, uma análise entre as medidas aplicadas e seu caráter pedagógico, em confronto com os direitos fundamentais no desenvolvimento do adolescente. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Direito) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

4.
HONORATO, Sérgio; AZEREDO, Jéferson L.; CICHELA, Alan. Participação em banca de Jeferson da Silva.A poética da fotografia que o olho não vê. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Artes Visuais - Bacharel) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

5.
SPAREMBERGER, Raquel F. L.; AZEREDO, Jéferson L.; DEL MORO, Rosângela. Participação em banca de Luanna Goulart.Direito à educação de crianças e adolescentes: o direito de escolha à educação escolar domiciliar no Brasil em confronto com o princípio da convivência comunitária. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Direito) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

6.
AZEREDO, Jéferson L.; DEL MORO, Rosângela; SOUZA, Ismael. Participação em banca de Patrick da Silva Aurélio.Direito. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Direito) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

7.
OLIVEIRA, Katiúscia A. M.; AZEREDO, Jéferson L.; SOUZA, Aurélia R.. Participação em banca de Josiane Ferreira Golçalves.Novas vivências, construindo um olhar sensível. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Artes Visuais) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

8.
BAUMER, E. R.; SILVA, Silemar M. M.; AZEREDO, Jéferson L.. Participação em banca de Key Olímpio Gregório.Música e pintura: relações entre linguagens. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Artes Visuais - Bacharel) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

9.
SILVA, Alex S.; BITTENCOURT, Ricardo. L.; AZEREDO, Jéferson L.. Participação em banca de Rubia Minatto.Filosofia para crianças: experiência com novelas filosóficas de Matthew Lipman. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Pedagogia) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

10.
TRICHES, Janete; CHEROBIN, Rafael; AZEREDO, Jéferson L.. Participação em banca de Ana Luiza Batista de Villa.Comissão da Memória e da Verdade: um estudo da Comissão Nacional da Verdade e sua competência e atuação para reparação das violações de direitos humanos ocorridas no período da Ditadura Militar brasileira de 1946 a 1988.. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Direito) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

11.
SOUZA, Ismael; TRICHES, Janete; AZEREDO, Jéferson L.. Participação em banca de Marciéle Garcia Bontolin.O trabalho infantil nas olarias do município de Morro da Fumaça do Estado de Santa Catarina: um estudo sobre as políticas públicas municipais.. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Direito) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

12.
AZEREDO, Jéferson L.. Participação em banca de Diego Oliveira de Matos.O tempo como elemento da experiência estética na produção artística. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Artes Visuais - Bacharel) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

13.
AZEREDO, Jéferson L.; MATIAS, C.P.; SOUZA, Aurélia R.. Participação em banca de Grabriela Baesso Nola.Relações na contemporaneidade: a identidade refletida na criação e fruição do objeto artístico. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em artes visuais) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

14.
BAUMER, Édina R.; FELDHAUS, Marcelo; AZEREDO, Jéferson L.. Participação em banca de Helen dos Santos.VER, OUVIR, SENTIR: PROPOSIÇÕES PARA A APRECIAÇÃO ESTÉTICA. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Artes Visuais) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

15.
AZEREDO, Jéferson L.. Participação em banca de Cássio Ronconi Coltri.Estudo para uma releitura artística dos deuses da mitologia. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Artes Visuais - Bacharel) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

16.
AZEREDO, Jéferson L.; SOUZA, Ismael. Participação em banca de Jéferson Luis de Azeredo.A aplicação do PROERD Programa Educacional de Resistência as Drogas no município de Criciúma em 2009: a contribuição do Policial Militar para a formação da rede de proteção integral da criança e do adolescente. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Direito) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

17.
AZEREDO, Jéferson L.. Participação em banca de Regiane Terezinha Miranda.As Políticas públicas de enfrentamento à violência doméstica contra crianças e adolescentes, nos municípios da comarca de Criciúma/SC. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Direito) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

18.
AZEREDO, Jéferson L.; ABEL, Jucélia S.; MOTA, Tânia. Participação em banca de Lilian dos Santos Piva.Ética profissional: análise dos conceitos e princípios éticos que norteiam os relacionamentos profissionais dos colaboradores do setor administrativo da Cooperja. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Secretariado Executivo) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Outras participações
1.
AZEREDO, Jéferson L.. SIEPEX. 2016. Universidade Estadual do Rio Grande do Sul.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Formação Continuada em Sociologia e Filosofia.Filosofia em conexão com o Ensino Médio e Extensão: conceitos e desafios.. 2016. (Encontro).

2.
II Congresso Ibero Americano de Humanidades, Ciências e Educação: Politicas de formação nos países Ibero-americanos. A VERDADE DO SER DA OBRA DE ARTE: REFLEXÕES HEIDEGGERIANAS SOBRE ARTE E VERDADE.. 2016. (Congresso).

3.
II Congresso Português de Filosofia. Aproximação do pensamento poético e filosofia: perspectiva heideggeriana. 2016. (Congresso).

4.
Programa de Formação Continuada dos Docentes da Unesc.Encontro dos professores das disciplinas Institucionais. 2016. (Encontro).

5.
Programa de Formação Continuada dos Docentes da Unesc. 2016. (Encontro).

6.
VII Congresso Internacional de Educação UNIBAVE. FILOSOFIA COM CRIANÇAS: NOVAS PRÁTICAS, NOVOS OLHARES. 2016. (Congresso).

7.
VII Semana de Ciência e Tecnologia da UNESC.DIÁLOGO ENTRE HEIDEGGER E NIETZSCHE: NIILISMO. 2016. (Seminário).

8.
VII Semana de Ciência e Tecnologia da UNESC.FILOSOFIA COM CRIANÇAS: PENSANDO E REPENSADO CONCEITOS E VIVÊNCIAS. 2016. (Seminário).

9.
VII Semana de Ciência e Tecnologia da UNESC.SEMIÓTICA DA CULTURA: UMA ANÁLISE DO PROCESSAMENTO DE INFORMAÇÃO. 2016. (Seminário).

10.
VII Semana de Ciência e Tecnologia da UNESC.A FILOSOFIA COM IDOSOS: EU E O ENCONTRO COM O OUTRO. 2016. (Seminário).

11.
VII Semana de Ciência e Tecnologia da UNESC.A ESCOLA COMO ESPAÇO PARA A CIDADANIA, MEIO AMBIENTE E FORMAÇÃO CRÍTICA. 2016. (Seminário).

12.
VII Semana de Ciência e Tecnologia da UNESC.RACIONALIDADE TÉCNICA E PENSAMENTO CRÍTICO: CONCEITOS. 2016. (Seminário).

13.
Formação continuada de Conselheiros Municipais de Educação. 2015. (Outra).

14.
IV SELEP.RELEITURA HEIDEGGERIANA ANTI-ESTÉTICA DA ARTE: UMA SAÍDA À REPRESENTAÇÃO. 2015. (Seminário).

15.
Seminário de Educação, Conhecimentos e Processos Educativos. 2015. (Seminário).

16.
VI Semana de Ciência e Tecnologia da UNESC.Discutindo a cidadania, o meio ambiente e a formação crítica com adolescentes a partir dos produtos midiáticos.. 2015. (Encontro).

17.
Colóquio de Educação, Formação Cultural e Sociedade..Educação para quê(m)?. 2014. (Outra).

18.
Congresso Ibero-Americano de humanidades, ciênciase educação: perspectivas contemporâneas. Experiências transformadoras: a discussão dos produtos midiáticos com adolescentes e suas famílias. 2014. (Congresso).

19.
Curso de Formação continuada para professores de Ensino Religioso.Ensino Religioso: perspetiva crítica e criativa.. 2014. (Outra).

20.
Encontro Nacional de Didática e Prática de Ensino. A Crítica como dispositivo ao sentido no processo de ensino-aprendizagem. 2014. (Congresso).

21.
I Etapa do Programa de Formação Continuada de Docentes - UNIBAVE.Práticas dinâmicas de Ensino e Aprendizagem. Projeto Interdisciplinar: uma leitura sobre as diferentes drogas, efeitos no indivíduo e na sociedade.. 2014. (Outra).

22.
II Encontro Cataninense do PIBID. 2014. (Encontro).

23.
Seminários temáticos do grupo de pesquisa LITTERA. 2014. (Seminário).

24.
Seminário Temático do Grupo de pesquisa LITTERA.Leitura Dirigida de textos do livro - Foucault, a filosofia e a literatura.. 2014. (Seminário).

25.
V Encontro Nacional das Licenciaturas.O conceito de conteúdo de Língua Portuguesa nos vestibulares. 2014. (Seminário).

26.
V Semana de Ciência e Tecnologia da UNESC.Texto e Crítica: olhar discursivo à partir de Nietzsche. 2014. (Seminário).

27.
V Semana de Ciência e Tecnologia da UNESC.Discutindo a cidadania, o meio ambiente e a formação crítica com adolescentes a partir dos produtos midiáticos,. 2014. (Seminário).

28.
V Semana de Ciência e Tecnologia da UNESC.Vivências e Conceitos: projeto de filosofia com a Terceira Idade.. 2014. (Seminário).

29.
V Semana de Ciência e Tecnologia da UNESC.Esferas da comunicação e produção conceitual, a partir do Super Homem Nietzschiano.. 2014. (Seminário).

30.
V Semana de Ciência e Tecnologia da UNESC. 2014. (Encontro).

31.
Colóquio de educação, formação cultural e sociedade.A filosofia no ensino.. 2013. (Outra).

32.
Drogas Por quê?. 2013. (Seminário).

33.
Formação continuada para professores de Ensino Religioso.Formação de professores de Ensino Religioso. 2013. (Encontro).

34.
Fórum Integrado de Ensino, Pesquisa e Extensão da Acafe. A PARTIR DE NIETZSCHE, RELAÇÕES E INTERRELAÇÕES DA FILOSOFIA E POESIA. 2013. (Congresso).

35.
III SELEP - Seminário de Leitura e Produção Textual.Uma relaçao da produção filosófica de Nietzsche com as linguagens poéticas da literatura grega antiga. 2013. (Seminário).

36.
IV Fórum Integrado de Ensino, Pesquisa e Extensão da ACAFE e IV Seminário Integrado da UNOCHAPECÓ. 2013. (Outra).

37.
Programa de Formação Continuada dos Docentes da UNESC. 2013. (Outra).

38.
Programa de Formação Continuada UNESC. 2013. (Encontro).

39.
Programa de Formação Continuada UNIBAVE: Educar na e para a diversidade. 2013. (Outra).

40.
VI Congresso Internacional de Educação UNIBAVE: desenvolvimento e sustentabilidade - A América Latina e suas propostas. 2013. (Congresso).

41.
VII Seminário Educação, Imaginação e as Linguagens Artístico Culturais - SEILAC.PROCESSOS DE APRENDIZADO: LINHAS DE FUGA E CONTINUIDADE NAS AULAS DE ARTE. 2013. (Seminário).

42.
III Semana de ciência e tecnologia.Filosofia e formação da cidadania, uma proposta Nietzscheana. 2012. (Seminário).

43.
Programa de Formação continuada dos docentes da Unesc.Apresentação de experiência de ensino contendo: objetivos, conteúdo, metodologia, estratégias e avaliação. 2012. (Encontro).

44.
Programa de Formação Continuada dos Docentes da UNESC. 2012. (Encontro).

45.
V Simpósio Internacional e VIII Fórum Nacional de Educação.Desconstruindo abismos: unindo Filosofia e Poesia na construção do conhecimento, projeto "Nietzsche-zaratustriano". 2012. (Simpósio).

46.
IV Seminário de educação, imaginação e linguagens artístico-culturais. 2011. (Seminário).

47.
Programa de formação continuada dos docentes da UNESC. 2011. (Encontro).

48.
V Congresso Internacional de Educação UNIBAVE: criatividade e inovação. Espelho didático: reflexões sobre a sala de aula na relação prefessor/aluno. 2011. (Congresso).

49.
O papel da mulheer na democracia brasileira e a luta pela sua emancipação. 2010. (Seminário).

50.
As causas finais em Nietzsche e Darwin. 2009. (Encontro).

51.
Atitudes Proposicionais: algumas discussões contemporâneas. 2009. (Oficina).

52.
Colóqui: "Conteúdo e Contexto". 2009. (Oficina).

53.
Colóquio "Les Maîtres à Penser: clássicos do pensamento francês". 2009. (Outra).

54.
II Colóquio de História da Educação. 2009. (Simpósio).

55.
III Colóquio Internacional de Filosofia Medieval da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. 2009. (Outra).

56.
III SIMPÓSIO INTERNACIONAL.PERCEPÇÕES DE ACADÊMICOS DE CURSOS DE LICENCIATURA SOBRE A FORMAÇÃO E OS PROBLEMAS DA PROFISSÃO DE PROFESSOR NA SOCIEDADE CONTEMPORÂNEA. 2009. (Simpósio).

57.
II Jornada Científica em Direitos Fundamentais e Estado. 2009. (Encontro).

58.
I Jornada Pedagógica/Administrativa. 2009. (Encontro).

59.
Nos limites da razão: sobre o conceito de Filosofia em Kant. 2009. (Encontro).

60.
O ceticismo cartesiano hoje. 2009. (Encontro).

61.
O existencial da liberdade: Hegel e as pré-condições da democracia. 2009. (Encontro).

62.
Progrma de Formação Continuada Geral dos Docentes da Unesc. 2009. (Encontro).

63.
Semana de Educação Continuada do CAP: Reflexões sobre os pressupostos teóricos e metodológicos do ensino por problematização e pesquisa.. 2009. (Encontro).

64.
Seminário sobre o ensino de Filosofia: Realidade, Prática e Discurso.A Filosofia como criação conceitual e sua efetivação nos processos educacionais.. 2009. (Seminário).

65.
Seminário sobre Semântica e Cognição: pesquisas recentes em metafísica e epistemologia. 2009. (Seminário).

66.
V Colóquio Perspectivas em Epistemologia Contemporânea. 2009. (Outra).

67.
VI Congresso Internacional de Educação. Educação e Tecnologia: sujeitos (des)conectados?. 2009. (Congresso).

68.
1 SELEP - Seminário de Leitura e Produção Textual do Curso de Letras da Unesc. 2008. (Seminário).

69.
I Congresso de Humanidades, Ciências e Educação - Universidade: Articulando Ciência e Educação. A Formação dos Sujeitos Escolares na Cultura Contemporânea, à Luz de Michel Foucault. 2008. (Congresso).

70.
Curso: A Aprendizagem Significativa e a Postura do Professor. 2006. (Outra).

71.
Seminário - Introdução ao Estudo do Capital. 2006. (Seminário).

72.
VI Seminário Interdisciplinar dos Cursos de Licenciatura - Ambiente Sociedade e Cultura; Desafios para a Educação do Século XXI. 2006. (Seminário).

73.
Aula Magna do curso de Filosofia. 2005. (Outra).

74.
IV Café Filosófico - A Ideologia Política no Governo Lula. 2005. (Encontro).

75.
V Encontro Catarinense de Filosofia. 2005. (Encontro).

76.
III Café Filosófico - Relação Ética e Ciência, a aprtir do Segundo Wittgeinstein. 2004. (Outra).

77.
Palestra - Avaliar na Perspectiva da Humanização. 2004. (Outra).

78.
XII Seana Filosófica - O Problema de Deus na Filosofia Contemporânea. 2004. (Seminário).

79.
XI Semana Filosófica - UNIFEBE. 2003. (Seminário).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
CARDOSO, Ana Lúcia ; BACK, Angela ; SILVEIRA, Daniela. A. ; AZEREDO, Jéferson L. ; FELDHAUS, Marcelo ; AMARAL, Patrícia A. . II CONGRESSO IBERO-AMERICANO DE HUMANIDADES, CIÊNCIA E EDUCAÇÃO: POLÍTICAS DE FORMAÇÃO NOS PAÍSES IBERO-AMERICANOS. 2016. (Congresso).

2.
AZEREDO, Jéferson L.; ALISSON, Michel ; SOUZA, Ismael . SEMINÁRIO DE FILOSOFIA DO DIREITO: VIRADA HERMENÊUTICA NA APLICAÇÃO DO DIREITO X PROTAGONISMO JUDICIAL. 2016. (Outro).

3.
SCHLLIKMANN, Carlos. A. ; FELDHAUS, Marcelo ; AZEREDO, Jéferson L. . IV SEMINÁRIO INSTITUCIONAL DO PIBID-UNESC: DIÁLOGOS NECESSÁRIOS À FORMAÇÃO DOCENTE. 2015. (Outro).

4.
AZEREDO, Jéferson L.. VI Semana de Ciência e Tecnologia. 2015. (Outro).

5.
AZEREDO, Jéferson L.; GIASSI, Maristela ; CECHINEL, André. ; DOMINGUINI, Lucas ; CONCEICAO, Mirian . VII ENCONTRO REGIONAL SUL DE ENSINO DE BIOLOGIA.. 2015. (Congresso).

6.
AZEREDO, Jéferson L.; BACK, Angela ; SCHLLIKMANN, Carlos. A. ; SILVA, Alex S. ; SOUZA, Ana Cláudia ; CARDOSO, Ana Lúcia ; KRATOCHVIL-FINGER, Cláudia ; RABELO, Giani ; GIACOMAZZO, Graziela F. ; GIASSI, Maristela ; FELDHAUS, Marcelo ; AMARAL, Patrícia A. ; CRUZ, Rúbia C. . CONGRESSO IBERO-AMERICANO DE HUMANIDADES, CIÊNCIAS E EDUCAÇÃO: PERSPECTIVAS CONTEMPORÂNEAS. 2014. (Congresso).

7.
AZEREDO, Jéferson L.; BACK, Angela. C. P. ; CECHINEL, André. ; CABRAL, Gladir. S. ; CARVALHO, Richarles. S. ; SCHLLIKMANN, Carlos. A. ; SILVEIRA, Daniela. A. . III SELEP - SÉMINÁRIO DE LEITURA E PRODUÇÃO TEXTUAL. 2013. (Outro).

8.
AZEREDO, Jéferson L.; PINTO, L. M. A. ; SILVA, B. R. A. . ESTRUTURAS ORGANIZACIONAIS - AÇÃO DE EXTENSÃO. 2011. (Outro).

9.
AZEREDO, Jéferson L.. I SEMINÁRIO DE EXTENSÃO: BRASIL: ESPAÇOS DE MEMÓRIAS. 2011. (Outro).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Juliana da Silva Justo. A EUTANÁSIA COMO UM PROBLEMA BIOÉTICO: ASPECTOS FILOSÓFICOS RELACIONADOS AOS VALORES MORAIS, A MEDICINA E O DIREITO.. Início: 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Direito) - Universidade do Extremo Sul Catarinense. (Orientador).

Iniciação científica
1.
Greyce Kelly dos Santos. Tempo e finitude: a percepção ontológica do idoso em relação ao tempo.. Início: 2018. Iniciação científica (Graduando em Pedagogia) - Universidade do Extremo Sul Catarinense, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).

2.
Lourdes Terezinha da Silva Castro. A CURRICULARIZAÇÃO DA FILOSOFIA NO BRASIL. Início: 2018. Iniciação científica (Graduando em Pedagogia) - Universidade do Extremo Sul Catarinense. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Monografia de conclusão de curso de aperfeiçoamento/especialização
1.
Varli Chagas. DESAFIOS DA FORMAÇÃO CONTINUADA: UMA (RE)LEITURA DOS ESPAÇOS DE FORMAÇÃO CONTINUADA A PARTIR DOS PROFESSORES DE HISTÓRIA DA REDE PÚBLICA ESTADUAL DE ENSINO.. 2017. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em GESTÃO ESCOLAR E ORIENTAÇÃO PEDAGÓGICA) - Universidade do Extremo Sul Catarinense. Orientador: Jéferson Luís de Azeredo.

2.
Maria Cristina Corrêa Pizzolo.  A FORMAÇÃO CONTINUADA E O ESPAÇO PARA AUTORIA DO PROFESSOR. 2017. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em GESTÃO ESCOLAR E ORIENTAÇÃO PEDAGÓGICA) - Universidade do Extremo Sul Catarinense. Orientador: Jéferson Luís de Azeredo.

3.
VANIA MENESES GUSMÃOFIDELIS. CUIDADOS PALIATIVOS/TERMINALIDADE: A RELEVÂNCIA DO TRABALHO DESENVOLVIDO PELO PROFISSIONAL DE PSICOLOGIA NO CONTEXTO INSTITUCIONAL HOSPITALAR. 2016. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Gestão de Pessoas - MBA) - Universidade do Extremo Sul Catarinense. Orientador: Jéferson Luís de Azeredo.

4.
GLAUCIA GONÇALVES FRASSETTO VITALLI. MOTIVAÇÃO E DESMOTIVAÇÃO NAS AULAS DE MATEMÁTICA NAS TURMAS DE 9º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL II NAS ESCOLAS DO MUNICÍPIO DE NOVA VENEZA. 2016. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em GESTÃO ESCOLAR E ORIENTAÇÃO PEDAGÓGICA) - Universidade do Extremo Sul Catarinense. Orientador: Jéferson Luís de Azeredo.

5.
OSVALDO PEDRO PAMBO. GESTÃO DE TRANSPORTE PÚBLICO: PLANO DO SISTEMA DE MONITORAMENTO EM TEMPO REAL DE ÔNIBUS URBANO EM CRICIÚMA-SC, ATRAVÉS DE APLICATICO DE MONITORAMENTO.. 2016. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Gestão Estratégica de Negócios) - Universidade do Extremo Sul Catarinense. Orientador: Jéferson Luís de Azeredo.

6.
Herlon Carlos de Souza. MARKETING DE VAREJO EM ESTABELECIMENTOS FARMACÊUTICOS. 2012. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em MBA em Comunicação e Estratégia de Marketing) - Universidade do Extremo Sul Catarinense. Orientador: Jéferson Luís de Azeredo.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Loren Santiago Pereira de Oliveira. SEXUALIDADE NA EDUCAÇÃO: A PERCEPÇÃO DOS PROFESSORES DE LÍNGUA PORTUGUESA. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Letras - Língua Portuguesa) - Universidade do Extremo Sul Catarinense. Orientador: Jéferson Luís de Azeredo.

2.
Sõnia Martins de March. FILOSOFIA E LITERATURA: CAMINHOS PARA O PENSAR NAS AULAS DE LÍNGUA PORTUGUESA. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Letras - Língua Portuguesa) - Universidade do Extremo Sul Catarinense. Orientador: Jéferson Luís de Azeredo.

3.
RAFAEL TEODORO. ARTE ENTRE LACUNAS E CRÍTICAS: UMA LEITURA BENJAMINIANA DA ARTE.. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Artes Visuais - Bacharel) - Universidade do Extremo Sul Catarinense. Orientador: Jéferson Luís de Azeredo.

4.
CAMILA JORGE DE CARVALHO. A RELACÃO DO PROFESSOR NA CONSTRUCÃO DA MORAL NA CRIANCA. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Pedagogia) - Universidade do Extremo Sul Catarinense. Orientador: Jéferson Luís de Azeredo.

5.
GISELE DA SILVA REZENDE. O CONCEITO DE AUTONOMIA NA FORMAÇÃO DE PEDADOGOGOS/AS NA REGIÃO SUL CATARINENSE. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Pedagogia) - Universidade do Extremo Sul Catarinense. Orientador: Jéferson Luís de Azeredo.

6.
ROSA MARIA ROCHA. O AMBIENTE ESCOLAR E SUA RELAÇÃO COM O PROCESSO DE APRENDIZAGEM DO ENSINO FUNDAMENTAL. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Pedagogia) - Universidade do Extremo Sul Catarinense. Orientador: Jéferson Luís de Azeredo.

7.
BÁRBARA ELEN NETTO. PROBLEMATIZANDO O CURRÍCULO A PARTIR DA PERCEPÇÃO DO IDOSO, UMA LEITURA FOUCAULTIANA.. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Pedagogia) - Universidade do Extremo Sul Catarinense. Orientador: Jéferson Luís de Azeredo.

8.
RAQUEL MACHADO LOPES. FILOSOFIA ENQUANTO DISPOSITIVO A FORMAÇÃO SOCIAL NA EJA.. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Pedagogia) - Universidade do Extremo Sul Catarinense. Orientador: Jéferson Luís de Azeredo.

9.
Inês da Silva. DIAGNÓSTICO DO PODER E CLIMA: ESTUDO DE CASO DA EMPRESA INDÚSTRIA E COMÉRCIO CHAPAM LTDA EPP.. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Psicologia) - Universidade do Extremo Sul Catarinense. Orientador: Jéferson Luís de Azeredo.

10.
Michele Felisberto. ESTRESSE NO TRÂNSITO: COPING COMO ESTRATÉGIA DE ENFRENTAMENTO. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Psicologia) - Universidade do Extremo Sul Catarinense. Orientador: Jéferson Luís de Azeredo.

11.
Mariza Soares Gonçalves Feltrin. ANALISE DAS ABORDAGENS SOBRE SEXUALIDADE DO ADOLESCENTE NAS ESCOLAS MUNICIPAIS DE CRICIUMA. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Psicologia) - Universidade do Extremo Sul Catarinense. Orientador: Jéferson Luís de Azeredo.

12.
Sílvia Francisco Mota Mendes. A EDUCAÇÃO EM ARTE NO ENSINO FUNDAMENTAL: SUAS MÚLTIPLAS POSSIBILIDADES ATRAVÉS DOS DOCUMENTOS NORTEADORES.. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Artes-Visuais - Licenciatura) - Universidade do Extremo Sul Catarinense. Orientador: Jéferson Luís de Azeredo.

13.
Sílvio da Silva Rocha. JOGOS ELETRÔNICOS: CONCEITOS, DESENVOLVIMENTO E APLICAÇÕES. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Psicologia) - Universidade do Extremo Sul Catarinense. Orientador: Jéferson Luís de Azeredo.

14.
Makeila Alves Piazza. PRODUÇÕES ARTÍSTICAS E IDEOLOGIA: AS HISTÓRIAS EM QUADRINHOS NAS AULAS DE ARTE, CONCEITO E RELAÇÕES. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Artes-Visuais - Licenciatura) - Universidade do Extremo Sul Catarinense. Orientador: Jéferson Luís de Azeredo.

15.
Claiton José Vieira. O DIREITO ACHADO NA RUA: UMA RELAÇÃO COM A LITERATURA. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Direito) - Universidade do Extremo Sul Catarinense. Orientador: Jéferson Luís de Azeredo.

Iniciação científica
1.
Greyce Kelly dos Santos. LEITURAS DE SER E TEMPO: A RELAÇÃO ONTOLÓGICA ENTRE PRESENÇA E ANGÚSTIA. 2017. Iniciação Científica. (Graduando em Pedagogia) - Universidade do Extremo Sul Catarinense, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Jéferson Luís de Azeredo.

2.
Ana Paula Corrêa Antônio. A ESSÊNCIA DO OBRA DE ARTE NAS OBRAS DE HEIDEGGER. 2017. Iniciação Científica. (Graduando em Artes-Visuais - Licenciatura) - Universidade do Extremo Sul Catarinense, Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina. Orientador: Jéferson Luís de Azeredo.

3.
Samuel Carlos da Rosa de Oliveira. Arte enquanto superação do niilismo e abertura do ser. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Psicologia) - Universidade do Extremo Sul Catarinense, Programa de bolsas universitárias de Santa Catarina. Orientador: Jéferson Luís de Azeredo.

4.
Jhonata Goulart Serafim. A CRIMINALIZAÇÃO DA CULTURA NEGRA NO PRIMEIRO CÓDIGO PENAL DA REPÚBLICA BRASILEIRA. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em Direito) - Universidade do Extremo Sul Catarinense. Orientador: Jéferson Luís de Azeredo.

5.
Jhonata Goulart Serafim. AS RELAÇÕES E MUDANÇAS DE GÊNERO DIFUNDIDAS NO CÓDIGO PENAL DE 1890 e 1940. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em Direito) - Universidade do Extremo Sul Catarinense. Orientador: Jéferson Luís de Azeredo.



Educação e Popularização de C & T



Apresentações de Trabalho
1.
AZEREDO, Jéferson L.; MARRERO, Adriana ; MWEMA, Christian Maleka . FILOSOFIA, FORMAÇÃO DA AUTONOMIA, GÊNERO E EDUCAÇÃO: PERSPECTIVAS ATUAIS.. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
AZEREDO, Jéferson L.; BACK, Angela ; SCHLLIKMANN, Carlos. A. ; SILVA, Alex S. ; SOUZA, Ana Cláudia ; CARDOSO, Ana Lúcia ; KRATOCHVIL-FINGER, Cláudia ; RABELO, Giani ; GIACOMAZZO, Graziela F. ; GIASSI, Maristela ; FELDHAUS, Marcelo ; AMARAL, Patrícia A. ; CRUZ, Rúbia C. . CONGRESSO IBERO-AMERICANO DE HUMANIDADES, CIÊNCIAS E EDUCAÇÃO: PERSPECTIVAS CONTEMPORÂNEAS. 2014. (Congresso).





Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 12/12/2018 às 4:25:45