Edina Rautenberg

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/0596511815228081
  • Última atualização do currículo em 19/03/2018


Possui graduação em Historia pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná (2008) e Mestrado em História, área de concentração: História, Poder e Práticas Sociais, pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná (2011). (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Edina Rautenberg
Nome em citações bibliográficas
RAUTENBERG, Edina


Formação acadêmica/titulação


2009 - 2011
Mestrado em História, Poder e Práticas Sociais.
Universidade Estadual do Oeste do Paraná, UNIOESTE, Brasil.
Título: A revista Veja e as empresas da construção civil (1968/1978),Ano de Obtenção: 2011.
Orientador: Carla Luciana Souza da Silva.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Ditadura militar; Revista Veja; Estado e Poder.
Grande área: Ciências Humanas
2014
Especialização em andamento em Metodologia do Ensino de Filosofia e Sociologia. (Carga Horária: 400h).
FACULDADE DE EDUCAÇÃO SÃO BRAZ, FSB, Brasil.
2005 - 2008
Graduação em Historia.
Universidade Estadual do Oeste do Paraná, UNIOESTE, Brasil.
Título: "A revista Veja e as multinacionais no Brasil (1968/1975).
Orientador: Carla Luciana Souza da Silva.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
2002 - 2004
Ensino Médio (2º grau).
Colégio Estadual Leonilda Papen, LEONILDAPAPEN, Brasil.




Atuação Profissional



Universidade Estadual do Oeste do Paraná, UNIOESTE, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - 2017
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor colaborador, Carga horária: 40
Outras informações
Professor da disciplina de Tópicos Especiais em História do Brasil I; Professor da disciplina de História do Brasil VI; Professor da disciplina de História da América II; Professor da disciplina de História do Brasil V.

Vínculo institucional

2012 - 2013
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor Colaborador, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Professora de História da América I


Colégio Estadual Marechal Gaspar Dutra, GASPAR DUTRA, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - 2015
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Agente Educacional II, Carga horária: 40

Vínculo institucional

2011 - 2011
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Agente Educacional II, Carga horária: 40


Secretaria de Educação do Estado do Paraná, SEED/PR, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professora QPM, Carga horária: 20



Projetos de pesquisa


2012 - Atual
Grupo de Pesquisa História e Poder
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2012 - Atual
Ditadura no Oeste do Paraná: história e memória
Descrição: O projeto visa agregar estudos que se debruçam sobre a problemática da ditadura no Oeste do Paraná. aborda, sobretudo: formas de resistência, repressão, aparelhos privados de hegemonia. A pesquisa abrange um espaço até o momento pouco estudado. O interior do país tem sido descoberto em novas pesquisas como espaços de disseminação de resistência à ditadura. O Oeste do Paraná que ja fora campo de ação de Grupo dos 11, e da Operação Três Passos (onde foi debelada),foi também lugar de uma Base Tática Territorial da VAR-Palmares, um centro de Treinamento do MR8 e também da chacina da VPR no Parque Nacional Iguaçu..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (3) .
Integrantes: Edina Rautenberg - Integrante / CARLA LUCIANA SOUZA SILVA - Coordenador / Marcos Vinícius Ribeiro - Integrante / Gilberto Grassi Calil - Integrante / Alexandre Blankl Batista - Integrante / Marcos Antonio da Silva Both - Integrante / Enrique Serra Padrós - Integrante / Débora Rey - Integrante / Luana Pradela - Integrante / Mara Duhle - Integrante / Tomaz Herler - Integrante / Marcos Adriani Ferrari Campos - Integrante.
2007 - 2008
Multinacionais e Ditadura Militar na revista Veja
Descrição: Tivemos como objetivo nesta pesquisa caracterizar o posicionamento político-partidário da revista semanal Veja, de publicação da editora Abril, em relação às multinacionais e aos projetos econômicos implementados pela ditadura militar brasileira. O estudo toma o recorte temporal de 1968 a 1975 e procura, através da análise do discurso da revista, demonstrar o posicionamento de Veja em relação às propostas e transformações econômicas ocorridas no período de estudo. Através desta análise procuraremos demonstrar o papel de Veja na criação de hegemonia em torno da consolidação dos projetos burgueses que mais se identificavam com a linha editorial da revista..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2007 - Atual
Imprensa e História no Brasil: a influência das revistas semanais de informação
Descrição: O projeto tem como objetivo a pesquisa e a orientação de pesquisas sobre o papel da Imprensa na História do Brasil, especialmente no período contemporâneo. Os referenciais de análise são a perspectiva gramsciana sobre imprensa e mídia (intelectuais, aparelho privado de hegemonia, partido) e a relação do historiador com a História Imediata. As pesquisas estão em grande medida centradas no período da Ditadura e Pós Ditadura, mas não há restrições quanto a outros períodos da história republicana. Atualmente a pesquisa busca problematizar o papel dos meios de comunicação nos processo de transição das ditaduras ibéricas e brasileira..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2006 - 2007
A revista Veja e os movimentos de guerrilhas: descaracterizando e reconstruindo o passado
Descrição: O projeto procurou analisar a posição político-partidária da revista semanal Veja, em relação aos grupos guerrilheiros, no período em que os mesmos encontravam-se desativados e desorganizados pela ditadura militar brasileira. A análise estende-se de 1973 a 1980, na qual procuramos identificar através do discurso da revista, as formas e os elementos discursivos utilizados por Veja quando da tentativa de criação de uma hegemonia sobre os grupos de luta armada. Foi possível identificar com a análise, que os ?ataques terroristas? de extrema-direita passaram a ser pauta da revista nesse período, ocupando o espaço antes dedicado as ações realizadas pelos grupos guerrilheiros. Veja insinuou frequentemente a ligação dos atentados contra jornais, padres e outros envolvidos, e desses grupos (AAB, Voluntários da Pátria, Braço Clandestino da Repressão, Centelha...) com os militares ?linha dura? da Ditadura militar. A revista criticou os órgãos de segurança que não encontravam suspeitos, mesmo apesar das muitas ?pistas? deixadas pelos ?terroristas? e pela freqüência de suas ações, chegando a afirmar que o terrorismo de esquerda foi combatido severamente enquanto o de direita jamais foi punido. A revista ?defendia? a candidatura de Geisel (Castellista), os ?linha dura? estavam tentando tomar o poder, o que representaria um fechamento ainda maior do regime. Veja posiciona-se contra e exige a identificação dos culpados dos atentados terroristas. Fica nos a indagação: O que é terrorismo para a revista? É terrorismo só quando os ataques são contra a burguesia nacional, os aparelhos privados de hegemonia e contra o Estado? Buscamos demonstrar que Veja procurou moldar seu discurso em torno de seus interesses, criticando o fato dos ataques de extrema direita não serem responsabilizados e utilizando-se dos guerrilheiros como forma de exigir isso. Isso fica claro quando a revista afirma que os culpados pelos ataques de esquerda (os guerrilheiros) foram julgados enquanto o de extrema direi.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2005 - 2006
Veja e os movimentos de guerrilha (1968/1972)
Descrição: Nesta pesquisa procuramos caracterizar a formação discursiva realizada pela revista semanal Veja, e sua conseqüente participação e contribuição na derrocada dos grupos guerrilheiros ocorridos no Brasil durante o período de ditadura militar. A análise se estendeu de 1968, quando ocorreu o lançamento da revista e também ano em que as ações guerrilheiras começaram a ter mais destaque nas cidades, até 1972, considerado por parte da historiografia como período de derrocada final dos grupos guerrilheiros. Com essa análise pode-se verificar as diferentes maneiras utilizadas por Veja para criar uma imagem negativa dos grupos guerrilheiros. Através da análise do discurso de Veja durante o período em questão, pode-se perceber as formas com que a revista realizou seu discurso dirigido aos diferentes segmentos da sociedade, apontando o que dizia ser ?erros cometidos? e ?ensinando? caminhos a serem seguidos. Pedagogicamente, Veja procurou educar os militares a combaterem o ?terrorismo? de forma eficaz, demonstrou aos guerrilheiros suas ?falhas? e indicou-lhes medidas a serem tomadas para obterem êxito. Além disso, estimulou a população a perceber em suas páginas o perigo e a inconseqüência que, segundo a revista, representavam as guerrilhas. Colocando-se como ?portadora da verdade? e através de artifícios de ?neutralidade? Veja conseguiu impor sua visão como sendo a informação, criando uma realidade que atendesse às expectativas, como demonstramos através da análise do discurso da revista..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.


Projetos de extensão


2009 - Atual
Observatório do Mundo Contemporâneo
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (24) .
Integrantes: Edina Rautenberg - Integrante / SELMA MARTINS DUARTE - Integrante / CARLA LUCIANA SOUZA SILVA - Integrante / Marcos Vinícius Ribeiro - Integrante / Aparecida Darc de Souza - Integrante / Gilberto Grassi Calil - Integrante / Danilo Fonseca - Coordenador.


Idiomas


Espanhol
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.
Inglês
Compreende Pouco, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
RAUTENBERG, Edina2014RAUTENBERG, Edina. Os aniversários da 'revolução': Veja comemorando a ditadura. Revista História & Luta de Classes, v. Ano 10, p. 47-52, 2014.

2.
RAUTENBERG, Edina2013RAUTENBERG, Edina. As multinacionais na revista Veja: garantindo a manutenção do padrão capitalista de acumulação. Revista Urutágua (Online), v. 2013, p. 64-78, 2013.

3.
RAUTENBERG, Edina2012 RAUTENBERG, Edina. A construtora Mendes Júnior na revista Veja: Imprensa, Empreiteiras e Ditadura Civil-Militar Brasileira. Espaço Plural (Marechal Cândido Rondon. Online), v. 12, p. 158-177, 2012.

4.
RAUTENBERG, Edina2011RAUTENBERG, Edina. A revista Veja durante a ditadura civil-militar brasileira: uma discussão a respeito do seu papel no campo do poder e da luta de classes. Em Debate (UFSC. Online), v. nº 5, p. 65-85, 2011.

5.
RAUTENBERG, Edina2011RAUTENBERG, Edina. Os trabalhadores da construção civil na revista Veja: alguns apontamentos. Revista Angelus Novus, v. nº 2, p. 180-193, 2011.

6.
RAUTENBERG, Edina2010RAUTENBERG, Edina. A revista Veja e os grupos guerrilheiros no Brasil (1968/1972). Revista História & Luta de Classes, v. Ano 06, p. 44-50, 2010.

7.
RAUTENBERG, Edina2009RAUTENBERG, Edina. Veja sob censura: Reinterpretando a resistência. Revista História & Luta de Classes, v. Ano 5, p. 63-65, 2009.

8.
RAUTENBERG, Edina2009RAUTENBERG, Edina. Revista Realidade: leituras que não problematizam a recepção. Cadernos de história (UFOP. Mariana), v. Ano IV, p. 123-127, 2009.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
BATISTA, A. B. (Org.) ; RAUTENBERG, Edina (Org.) ; RIBEIRO, M. V. (Org.) . Anais do V Simpósio de Pesquisa Estado e Poder: Ditadura, Transição e Democracia. 1. ed. Marechal Cândido Rondon: , 2015. 329p .

2.
RAUTENBERG, Edina; SILVA, CARLA LUCIANA SOUZA (Org.) . História e Imprensa: estudos de hegemonia. 1ª. ed. Porto Algre: FCM Editora, 2014. v. 1. 325p .

3.
MICHELSKI, A. (Org.) ; BATISTA, A. B. (Org.) ; RAUTENBERG, Edina (Org.) ; RIBEIRO, M. V. (Org.) . ANAIS DO IV SIMPÓSIO DE PESQUISA ESTADO E PODER: Ditaduras e Democracias. 1ª. ed. Marechal Cândido Rondon: , 2014. v. 01. 418p .

Capítulos de livros publicados
1.
RAUTENBERG, Edina. Na minha cidade também teve ditadura: reflexões sobre Marechal Cândido Rondon - PR. In: Maurílio Rompatto; Cássio Augusto Guilherme; Leandro de Araújo Crestani. (Org.). História do Paraná: Migrações, políticas e relações interculturais na reocupação das regiões norte, noroeste e oeste do estado. 1ed.Toledo: Editora Fasul, 2016, v. , p. 279-307.

2.
RAUTENBERG, Edina. Veja como a Abril se consolidou durante a ditadura civil-militar brasileira. In: Maria Letícia Corrêa; Monica Piccolo Chaves; Rafael Vaz da Motta Brandão. (Org.). História econômica e imprensa. 1ed.Rio de Janeiro: Contra Capa, 2016, v. 01, p. 199-221.

3.
RAUTENBERG, Edina. A revista Veja e as empresas de construção civil durante a ditadura civil-militar. In: Carla Luciana Silva; Edina Rautenberg. (Org.). História e Imprensa: estudos de hegemonia. 1ªed.Porto Alegre: FCM Editora, 2014, v. 1, p. 165-206.

4.
SILVA, CARLA LUCIANA SOUZA ; RAUTENBERG, Edina . APRESENTAÇÃO. In: Carla Luciana Silva; Edina Rautenberg. (Org.). História e Imprensa: estudos de hegemonia. 1ªed.Porto Alegre: FCM Editora, 2014, v. , p. 5-10.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
BATISTA, A. B. ; RAUTENBERG, Edina ; RIBEIRO, M. V. . 29 de Abril de 2015: O Estado, o Poder, a violência e a resistência. In: V Simpósio de Pesquisa Estado e Poder: Ditadura, Transição e Democracia, 2015, Marechal Cândido Rondon. Anais do V Simpósio de Pesquisa Estado e Poder: Ditadura, Transição e Democracia. Marechal Cândido Rondon, 2015. p. 4-9.

2.
RAUTENBERG, Edina. 'CPI Quatro Rodas': Abril e Ditadura Civil-Militar Brasileira. In: V Simpósio de Pesquisa Estado e Poder: Ditadura, transição e democracia, 2015, Marechal Cândido Rondon. ANAIS do V Simpósio de Pesquisa Estado e Poder: Ditadura, transição e democracia. Marechal Cândido Rondon: UNIOESTE, 2015. p. 75-80.

3.
RAUTENBERG, Edina. Memórias póstumas, mas permanentes da Ditadura: Veja e a morte dos presidentes militares. In: IV Simpósio de Pesquisa Estado e Poder: Ditaduras e Democracias, 2014, Marechal Cândido Rondon. Anais do IV Simpósio de Pesquisa Estado e Poder: Ditaduras e Democracias, 2014. p. 124-128.

4.
MICHELSKI, A. ; BATISTA, A. B. ; RAUTENBERG, Edina ; RIBEIRO, M. V. . APRESENTAÇÃO - Anais do IV Simpósio de Pesquisa Estado e Poder. In: IV Simpósio de Pesquisa Estado e Poder: Ditaduras e Democracias, 2014, Marechal Cândido Rondon. Anais do IV Simpósio de Pesquisa Estado e Poder: Ditaduras e Democracias. Marechal Cândido Rondon, 2013. v. 1. p. 5-6.

5.
RAUTENBERG, Edina. Victor Civita e a Ditadura Civil-Militar Brasileira: a posição da revista Veja. In: II Jornada de Estudos sobre Ditaduras e Direitos Humanos, 2013, Porto Alegre. II Jornada de Estudos sobre Ditaduras e Direitos Humanos - Há 40 anos dos golpes no Chile e no Uruguai. Porto Alegre: Companhia Rio-grandense de Artes Gráficas, 2013. p. 171-179.

6.
RAUTENBERG, Edina. A revista Veja: de 23 mil exemplares à marca de 300 mil: acompanhando os dez primeiros anos de construção editorial da revista. In: III Simpósio de Pesquisa Estado e Poder, 2012, Marechal Cândido Rondon. Anais do III Simpósio de Pesquisa Estado e Poder: Processos de construção de hegemonias no Brasil Contemporâneo. Cascavel: Edunioeste, 2012. p. 197-204.

7.
RAUTENBERG, Edina. As empresas da construção civil e a revista Veja durante a ditadura civil-militar. In: IX Semana Acadêmica de História: História e Movimentos Sociais no Brasil Contemporâneo, 2012, Marechal Cândido Rondon. Anais Eletrônicos IX Semana Acadêmica de História: História e Movimentos Sociais no Brasil Contemporâneo. Marechal Cândido Rodon, 2012. p. 270-281.

8.
RAUTENBERG, Edina. As construtoras da Transamazônica no discurso da revista VEJA (1968-1978). In: II Simpósio Nacional em História - Trabalho, Cultura e Poder., 2011, Marechal Cândido Rondon. Anais Eletrônicos / DVD-Rom do II Simpósio Nacional em História. Marechal Cândido Rondon: UNIOESTE, 2011. p. 1-12.

9.
RAUTENBERG, Edina. Veja e Itaipu: o discurso da revista em relação à construção da hidrelétrica. In: VIII Semana Acadêmica de História da Unioeste - História e Revoluções no mundo contemporâneo, 2011, Marechal Cândido Rondon. VIII Semana Acadêmica de História da Unioeste. Cascavel: D.M. Padilha, 2011. p. 01-13.

10.
RAUTENBERG, Edina. Veja e a Ponte Rio-Niterói: a cobertura da revista sobre a construção da ponte. In: IV Simpósio Lutas Sociais na América Latina - Imperialismo, nacionalismo e militarismo no século XXI, 2010, Londrina. Anais do IV simpósio Lutas Sociais na América Latina. Londrina: GEPAL, 2010. p. 82-91.

11.
RAUTENBERG, Edina. A revista Veja e a ditadura militar brasileira (1968-1985). In: VI Semana Acadêmica de História - História e Ensino e a Formação do Profissional de História, 2010, Marechal Cândido Rondon. VI Semana Acadêmica de História - História e Ensino e a Formação do Profissional de História - ANAIS. Marechal Cândido Rondon, 2009. p. 1-10.

12.
RAUTENBERG, Edina. Veja e as empreiteiras da construção civil: aparelho privado de hegemonia?. In: II Simpósio de Pesquisa Estado e Poder: A Hegemonia em Questão, 2010, Marechal Cândido Rondon. Anais do II Simpósio de Pesquisa Estado e Poder: A Hegemonia em Questão. Cascavel: Edunioeste, 2009. p. 69-76.

13.
RAUTENBERG, Edina. REVISTA VEJA E BURGUESIA DURANTE A DITADURA MILITAR: ANÁLISES INICIAIS. In: VII Encontro Internacional do FOMERCO, 2009, Foz do Iguaçu. Frontera, Universidad y Crisis Internacional. Grupos de Trabalho. VII Encontro Internacional do Fórum Universitário Mercosul ? FoMerco., 2009. p. 54-69.

14.
RAUTENBERG, Edina. A revista Veja e as "grandes obras" da Ditadura Militar brasileira (1968/1975). In: V SEMANA ACADÊMICA DE HISTÓRIA DA UNIOESTE: Mundo Contemporâneo: desafios, dilemas e reflexões, 2008, Marechal Cândido Rondon. Anais Eletrônicos da V SEMANA ACADÊMICA DE HISTÓRIA DA UNIOESTE: Mundo Contemporâneo: desafios, dilemas e reflexões, 2008.

15.
RAUTENBERG, Edina. Veja e a morte de Marighella: moldando discursos em busca de hegemonia. In: I Simpósio de Pesquisa Estado e Poder, 2007, Marechal Cândido Rondon. Anais do I Simpósio de Pesquisa Estado e Poder. Cascavel: Edunioeste, 2007. p. 89-98.

16.
RAUTENBERG, Edina. As guerrilhas em Veja: "uma luta sem sentido e razão". In: II Simpósio Estadual Lutas Sociais na América Latina, 2006, Londrina. II Simpósio Estadual Lutas Sociais na América Latina, 2006.

17.
RAUTENBERG, Edina. A revista Veja e a viabilidade das lutas guerrilheiras no Brasil. In: III Mostra de Ensino, Pesquisa e Extensão do Centro de Ciências Humanas, Educação e Letras, 2006, Marechal Cândido Rondon. III Mostra de Ensino, Pesquisa e Extensão do Centro de Ciências Humanas, Educação e Letras. Marechal Cândido Rondon, 2006. p. 1-6.

18.
RAUTENBERG, Edina. Os movimentos de guerrilhas no Brasil: uma luta descaracterizada pela imprensa. In: Simpósio Nacional de Ciências Humanas, 2006, Marechal Cândido Rondon. Universidade e Sociedade: ANAIS. Marechal Cândido Rondon, 2006. p. 393-398.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
RAUTENBERG, Edina. Multinacionais e Ditadura Militar na revista Veja. In: XVII EAIC - Encontro Anual de Iniciação Científica, 2008, Foz do Iguaçu. Encontro Anual de Iniciação Científica ... Encontro de Pesquisa da UEPG (CD-Rom), 2008.

2.
RAUTENBERG, Edina. A revista Veja e os movimentos de guerrilhas brasileiros: descaracterizando e reconstruindo o passado. In: XVI EAIC - Encontro Anual de Iniciação Científica, 2007, Maringá. Encontro Anual de Iniciação Científica ... Encontro de Pesquisa da UEPG (CD-Rom). Maringá: UEM, 2007.

3.
RAUTENBERG, Edina. As guerrilhas no Brasil: uma tentativa de por fim a exploração de classe. In: I Seminário Estadual de Estudos de Conjuntura, 2006, Franscisco Beltrão. I SEEC - Desenvolvimento e crise no mundo atual: desafios do marxismo no século XXI, 2006.

4.
RAUTENBERG, Edina. A revista Veja e os movimentos de guerrilhas brasileiros. In: XV Econtro Anual de Iniciação Científica, 2006, Ponta Grossa. Encontro Anual de Iniciação Científica ... Encontro de Pesquisa da UEPG (CD-Rom), 2006.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
RAUTENBERG, Edina. Marechal Cândido Rondon durante a ditadura civil-militar brasileira: reflexões iniciais. In: VI Simpósio de Pesquisa Estado e Poder: Estado, Poder e Revoluções, 2017, Marechal Cândido Rondon. Caderno de Programação e Resumos - VI Simpósio de Pesquisa Estado e Poder. Marechal Cândido Rondon: Gráfica Escala, 2017. p. 21-21.

2.
RAUTENBERG, Edina. 'CPI-Quatro Rodas': Abril e a Ditadura Civil-Militar brasileira. In: V Simpósio de Pesquisa Estado e Poder: Ditadura, Transição e Democracia, 2015, Marechal Cândido Rondon. Caderno de Programação e Resumos - V Simpósio de Pesquisa Estado e Poder. Marechal Cândido Rondon: UNIOESTE, 2015. p. 24-24.

3.
RAUTENBERG, Edina. Memórias póstumas, mas permanentes da ditadura: Veja e a morte dos presidentes militares. In: IV Simpósio de Pesquisa Estado e Poder: Ditaduras e Democracias, 2013, Marechal Cândido Rondon. Ditaduras e Democracias: Anais. Marechal Cândido Rondon: Gráfica Lider, 2013. p. 64-64.

4.
RAUTENBERG, Edina. As empresas da construção civil e a revista Veja durante a ditadura civil-militar. In: IX Semana Acadêmica de História: História e Movimentos Sociais no Brasil Contemporâneo, 2012, Marechal Cândido Rondon. IX Semana Acadêmica de História: História e Movimentos Sociais no Brasil Contemporâneo: Resumos, 2012. p. 44-44.

5.
RAUTENBERG, Edina. As hidrelétricas no discurso da revista VEJA: o caso de Itaipu. In: III Simpósio Nacional em História - Trabalho, Cultura e Poder: 'Memórias, Movimentos Sociais e Hidrelétricas', 2012, Marechal Cândido Rondon. Caderno de Resumos e Programação - III Simpósio Nacional em História. Marechal Cândido Rodon, 2012. p. 46-47.

6.
RAUTENBERG, Edina. Veja e Itaipu: o discurso da revista em relação à construção da Hidrelétrica. In: VIII Semana Acadêmica de História: História e Revoluções no mundo contemporâneo, 2011, Marechal Cândido Rondon. Caderno de Resumos - VIII Semana Acadêmica de História. Cascavel: Assoeste, 2011. p. 57-58.

7.
RAUTENBERG, Edina. A revista VEJA: de 23 mil exemplares à marca de 300 mil - Acompanhando os dez primeiros anos de construção da revista. In: III Simpósio de Pesquisa Estado e Poder: Processos de Construção de Hegemonia no Brasil Contemporâneo, 2011, Marechal Cândido Rondon. Cadernos de Programação e Resumos - III Simpósio de Pesquisa Estado e Poder: Processos de Construção de Hegemonia no Brasil Contemporâneo, 2011. p. 4-4.

8.
RAUTENBERG, Edina. As construtoras da Transamazônica no discurso da revista Veja. In: II Simpósio Nacional em História. Trabalho, Cultura e Poder:, 2010, Marechal Cândido Rondon. Caderno de Resumos e Programação - II Simpósio Nacional em História. Trabalho, Cultura e Poder:, 2010. p. 49.

9.
RAUTENBERG, Edina. Revista Veja e burguesia durante a ditadura militar: análises iniciais. In: VII Encontro Internacional Fórum Universitário Mercosul, 2009, Foz do Iguaçu. VII Encontro Internacional Fórum Universitário Mercosul, 2009. p. 149-149.

10.
RAUTENBERG, Edina. A revista Veja e a ditadura militar brasileira (1968-1985). In: VI Semana Acadêmica de História - História e Ensino e a Formação do Profissional de História, 2009, Marechal Cândido Rondon. VI Semana Acadêmica de História - História e Ensino e a Formação do Profissional de História, 2009. p. 26-26.

11.
RAUTENBERG, Edina. Veja e as empreiteiras da construção civil: aparelho privado de hegemonia?. In: II Simpósio de Pesquisa Estado e Poder: a hegemonia em questão, 2009, Marechal Cândido Rondon. II Simpósio de Pesquisa Estado e Poder: a hegemonia em questão, 2009. p. 16-17.

12.
RAUTENBERG, Edina. A revista Veja e as "grandes obras" da ditadura militar brasileira. In: V SEMANA ACADÊMICA DE HISTÓRIA DA UNIOESTE: Mundo Contemporâneo: desafios, dilemas e reflexões, 2008, Marechal Cândido Rondon. Programa & Resumos - V SEMANA ACADÊMICA DE HISTÓRIA DA UNIOESTE: Mundo Contemporâneo: desafios, dilemas e reflexões, 2008.

13.
RAUTENBERG, Edina. As multinacionais na revista Veja (1968-1975). In: IX SIMPÓSIO EM HISTÓRIA / I SIMPÓSIO NACIONAL EM HISTÓRIA - TRABALHO, CULTURA E PODER, 2008, Marechal Cândido Rondon. Caderno de resumos e programação - IX SIMPÓSIO EM HISTÓRIA / I SIMPÓSIO NACIONAL EM HISTÓRIA - TRABALHO, CULTURA E PODER, 2008.

14.
RAUTENBERG, Edina. O "terrorismo" no discurso das páginas da revista Veja. In: IV Mostra de Ensino, Pesquisa e Extensão do Centro de Ciências Humanas, Educação e Letras, 2007, Marechal Cândido Rondon. IV Mostra de Ensino, Pesquisa e Extensão do Centro de Ciências Humanas, Educação e Letras - Caderno de Programação e Resumos. Marechal Cândido Rondon, 2007. p. 37.

15.
RAUTENBERG, Edina. Marighella: A construção discursiva de Veja sobre o "comunista exemplar". In: IV Semana Acadêmica de História - Movimentos Sociais e Resistência ao Neoliberalismo, 2007, Marechal Cândido Rondon. IV Semana Acadêmica de História - Movimentos Sociais e Resistência ao Neoliberalismo - PROGRAMA E RESUMOS. Marechal Cândido Rondon, 2007. p. 11.

16.
RAUTENBERG, Edina. Os movimentos de guerrilhas no Brasil: uma luta descaracterizada pela imprensa. In: Simpósio Nacional de Ciências Humanas, 2006, Marechal Cândido Rondon. Universidade e Sociedade: programação e resumos. Marechal Cândido Rondon, 2006. p. 87-88.

Apresentações de Trabalho
1.
RAUTENBERG, Edina. Marechal Cândido Rondon durante a ditadura civil-militar brasileira: reflexões iniciais. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

2.
RAUTENBERG, Edina. 'CPI-Quatro Rodas': Abril e a Ditadura Civil-Militar brasileira. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

3.
RAUTENBERG, Edina. Victor Civita e a ditadura civil-militar brasileira: a posição da revista Veja. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

4.
RAUTENBERG, Edina. Memórias póstumas, mas permanentes da ditadura: Veja e a morte dos presidentes militares. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

5.
RAUTENBERG, Edina. As empresas da construção civil e a revista Veja durante a ditadura civil-militar. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

6.
RAUTENBERG, Edina. As hidrelétricas no discurso da revista VEJA: o caso de Itaipu. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

7.
RAUTENBERG, Edina. Veja e Itaipu: o discurso da revista em relação à construção da Hidrelétrica. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

8.
RAUTENBERG, Edina. A revista VEJA: de 23 mil exemplares à marca de 300 mil - Acompanhando os dez primeiros anos de construção da revista. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

9.
RAUTENBERG, Edina. As construtoras da Transamazônica no discurso da revista Veja. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

10.
RAUTENBERG, Edina. Veja e as empreiteiras da construção civil: aparelho privado de hegemonia?. 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

11.
RAUTENBERG, Edina. A revista Veja e a ditadura militar brasileira (1968/1985). 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

12.
RAUTENBERG, Edina. REVISTA VEJA E BURGUESIA DURANTE A DITADURA MILITAR: ANÁLISES INICIAIS. 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

13.
RAUTENBERG, Edina. A revista Veja e as "grandes obras" da Ditadura Militar brasileira (1968/1975). 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

14.
RAUTENBERG, Edina. As multinacionais na revista Veja (1968-1975). 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

15.
RAUTENBERG, Edina. "Multinacionais e Ditadura Militar na revista Veja". 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

16.
RAUTENBERG, Edina. Veja e a morte de Marighella: moldando discursos em busca de hegemonia. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

17.
RAUTENBERG, Edina. A revista Veja e os movimentos de guerrilhas: descaracterizando e reconstruindo o passado. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

18.
RAUTENBERG, Edina; Rodrigo Jurucê Gonçalves . Debate do filme "Ato de Fé". 2007. (Apresentação de Trabalho/Outra).

19.
RAUTENBERG, Edina. Marighella: a construção discursiva de Veja sobre o "comunista exemplar". 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

20.
RAUTENBERG, Edina. As guerrilhas no Brasil: uma tentativa de por fim a exploração de classe. 2006. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

21.
RAUTENBERG, Edina. A revista Veja e os movimentos de guerrilhas brasileiros. 2006. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

22.
RAUTENBERG, Edina. As guerrilhas em Veja: uma luta sem sentido e razão. 2006. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

23.
RAUTENBERG, Edina. Os movimentos de guerrilhas no Brasil: uma luta descaracterizada pela imprensa. 2006. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

24.
RAUTENBERG, Edina. A revista Veja e a viabilidade das lutas guerrilheiras no Brasil. 2006. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

25.
RAUTENBERG, Edina. Veja e os movimentos de guerrilha ocorridos no Brasil durante a ditadura militar. 2005. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

Outras produções bibliográficas
1.
RAUTENBERG, Edina. A revista Veja e as Empresas da Construção Civil (1968-1978) 2011 (Dissertação de Mestrado).

2.
RAUTENBERG, Edina. A revista Veja e as Multinacionais no Brasil (1968/1975) 2008 (Trabalho de Conclusão de Curso).


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
RAUTENBERG, Edina. Parecerista ad hoc da Revista Espaço Plural ISSN 1981-478X. 2014.

2.
RAUTENBERG, Edina. Parecerista ad hoc da Revista Urutágua ISNN 15196178. 2013.

Trabalhos técnicos

Demais tipos de produção técnica
1.
RAUTENBERG, Edina. A revista Veja e as empreiteiras de construção civil (1968-1978).. 2010. (Relatório de pesquisa).

2.
RAUTENBERG, Edina. A revista Veja e as empresas da construção civil (1968-1978).. 2010. (Relatório de pesquisa).

3.
RAUTENBERG, Edina. A concepção de educação em Gramsci. 2009. .

4.
RAUTENBERG, Edina. A revista Veja e a ditadura militar brasileira (1968-1985). 2009. (Relatório de pesquisa).

5.
RAUTENBERG, Edina. Multinacionais e Ditadura Militar na revista Veja. 2008. (Relatório de pesquisa).

6.
RAUTENBERG, Edina. A Revista Veja e os movimentos de guerrilha: descaracterizando e reconstruindo o passado. 2007. (Relatório de pesquisa).

7.
RAUTENBERG, Edina. A revista Veja e os movimentos de guerrilhas brasileiros (1968-1972). 2006. (Relatório de pesquisa).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
REY, D.; SILVA, CARLA LUCIANA SOUZA; DUARTE, SELMA MARTINS; RAUTENBERG, Edina. Participação em banca de Débora Canguçu Rey.O discurso da Mídia Brasileira acerca da corrupção: O caso Lava Jato. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná.

2.
SILVA, CARLA LUCIANA SOUZA; RIBEIRO, M. V.; RAUTENBERG, Edina. Participação em banca de Mara Dhulle dos Santos Silva.Guaíra: A influência da Doutrina de Segurança Nacional na sociedade guaírense (1964-1985). 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná.

3.
RAUTENBERG, Edina; Franciele Orsatto; KRUPINISKI, R.. Participação em banca de Maycon Moacir Souza Corazza.Jornal Fronteira do Iguaçu e a ditadura militar: a construção do consenso através dos editoriais (1972 a 1973). 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Comunicação Social - Jornalismo) - Faculdade Assis Gurgacz.

4.
GREGORY, V.; DEITOS, N. J.; RAUTENBERG, Edina. Participação em banca de Odair Divino.A construção de memórias: o caso do Movimento Pró-Estado do Iguaçu. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná.

5.
RAUTENBERG, Edina; DUARTE, SELMA MARTINS; SILVA, CARLA LUCIANA SOUZA. Participação em banca de Juliana Valentini.Estudo da abordagem do Jornal Brasil de Fato sobre as Organizações Não governamentais - (ONGs): uma análise crítica. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Historia) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná.




Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
VI Simpósio de Pesquisa Estado e Poder: Estado, Poder e Revoluções. 2017. (Simpósio).

2.
Aula Inaugural - "Ditadura: Memória, Verdade e Justiça - ontem e joje". 2016. (Outra).

3.
Memória, Verdade e Justiça: as políticas de memória no Brasil pós-ditadura. 2016. (Outra).

4.
Memória Verdade e Justiça: A ditadura no Paraná. 2016. (Outra).

5.
Seminário de Ensino de História: Debate sobre a BNCC - Área de História. 2016. (Seminário).

6.
XIII Semana Acadêmica de História - Formação do Historiador: Ensino e Pesquisa. 2016. (Outra).

7.
V Simpósio de Pesquisa Estado e Poder: Ditadura, Transição e Democracia. 2015. (Simpósio).

8.
II Jornada de Estudos sobre Ditaduras e Direitos Humanos. 2013. (Outra).

9.
IV Simpósio de Pesquisa Estado e Poder: Ditaduras e Democracias. 2013. (Simpósio).

10.
Reunião da Comissão Nacional da Verdade e da Comissão Estadual da Verdade. 2013. (Outra).

11.
III Simpósio Nacional em História - Trabalho, Cultura e Poder: "Memórias, Movimentos Sociais e Hidrelétricas". 2012. (Simpósio).

12.
IX Semana Acadêmica de História: História e Movimentos Sociais no Brasil Contemporâneo. 2012. (Outra).

13.
III Simpósio de Pesquisa Estado e Poder: Processos de construção de Hegemonia no Brasil Contemporâneo. 2011. (Simpósio).

14.
O Brasil e o Capital-Imperialismo. 2011. (Outra).

15.
VIII Semana Acadêmica de História: História e Revoluções no Mundo Contemporâneo. 2011. (Outra).

16.
II Simpósio de Pesquisa Estado e Poder. 2009. (Simpósio).

17.
VII Encontro Internacional do FOMERCO. 2009. (Encontro).

18.
VI Semana Acadêmica de História. 2009. (Outra).

19.
IX Simpósio em História e I Simpósio Nacional em História "Trabalho, Cultura e Poder". 2008. (Simpósio).

20.
V Semana Acadêmcia de História "Mundo Contemporâneo: desafios, dilemas e reflexões". 2008. (Outra).

21.
XVII EAIC - Encontro Anual de Iniciação Científica. 2008. (Encontro).

22.
Cinema e Ditaduras Militares. 2007. (Outra).

23.
III Ciclo de "Conferencias e Interferências" do CEPEDAL. 2007. (Outra).

24.
I Simpósio de Pesquisa Estado e Poder. 2007. (Simpósio).

25.
IV Semana Acadêmica de História. 2007. (Outra).

26.
XVI EAIC - Encontro Anual de Iniciação Científica. 2007. (Encontro).

27.
III Mostra de Ensino, Pesquisa e Extensão do Centro de Ciências Humanas, Educação e Letras. 2006. (Outra).

28.
II Simpósio Estadual de Lutas Sociais na América Latina. 2006. (Simpósio).

29.
I Seminário Estadual de Estudos de Conjuntura. 2006. (Seminário).

30.
Minicurso: Análise das lutas sociais na América Latina hoje. 2006. (Outra).

31.
Simpósio Nacional em Ciências Humanas - Universidade e Sociedade. 2006. (Simpósio).

32.
XV Econtro Anual de Iniciação Científica. 2006. (Encontro).

33.
III Semana Acadêmica de História - "Vídeo e cinema na História". 2005. (Outra).

34.
Oficina: "Observatório do mundo contemporâneo". 2005. (Outra).

35.
Viagem de Estudos às Missões Jesuíticas. 2005. (Outra).

36.
VIII Simpósio em História - História, Poder e Práticas Sociais. 2005. (Simpósio).

37.
V Seminário de Extensão da Unioeste. 2005. (Oficina).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
RAUTENBERG, Edina. VI Simpósio de Pesquisa Estado e Poder: Estado, Poder e Revoluções. 2017. (Outro).

2.
RAUTENBERG, Edina. Coordenação da sessão temática. 2015. (Outro).

3.
RAUTENBERG, Edina; SILVA, CARLA LUCIANA SOUZA ; FERNANDEZ, J. C. . Coordenação de atividades da Mesa Redonda: Coerção e Consenso na Ditadura brasileira. 2015. (Outro).

4.
RAUTENBERG, Edina. V Simpósio Nacional Estado e Poder: Ditadura, Transição e Democracia. 2015. (Outro).

5.
RAUTENBERG, Edina. Coordenação da sessão temática. 2013. (Outro).

6.
RAUTENBERG, Edina. IV Simpósio de Pesquisa Estado e Poder: Ditaduras e Democracias. 2013. (Outro).

7.
RAUTENBERG, Edina. Coordenação da sessão: "Itaipu: fontes, discursos e embates", no Simpósio Temático História e Poder. 2012. (Outro).

8.
RAUTENBERG, Edina. III Simpósio Nacional em História - Trabalho, Cultura e Poder. 2012. (Outro).

9.
RAUTENBERG, Edina. II Simpósio de Pesquisa Estado e Poder. 2009. (Outro).

10.
RAUTENBERG, Edina. II Simpósio de Pesquisa Estado e Poder. 2009. (Outro).

11.
RAUTENBERG, Edina. Coordenação de sessão de comunicação: História e Ditaduras. 2009. (Outro).

12.
RAUTENBERG, Edina. I Simpósio de Pesquisa Estado e Poder. 2007. (Outro).

13.
RAUTENBERG, Edina. Monitoria. 2005. (Outro).



Orientações



Orientações e supervisões concluídas
Monografia de conclusão de curso de aperfeiçoamento/especialização
1.
Ivone Rode Pinz. Direitos e deveres da criança e do adolescente no contexto escolar. 2016. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Programa de Desenvolvimento Educacional - PDE) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná. Orientador: Edina Rautenberg.

2.
Maristela Terezinha Frederick. Aprender para lembrar e não esquecer: memórias sobre a Ditadura Civil-Militar no Brasil e seus reflexos em Cascavel Pr.. 2016. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Programa de Desenvolvimento Educacional - PDE) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná. Orientador: Edina Rautenberg.

3.
Elisabete Seitz Kappel. Um olhar sobre a trajetória do movimento estudantil: ponto de partida para a análise dos Movimentos Estudantis e dos Grêmios Estudantis na atualidade. 2013. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Programa de Desenvolvimento Educacional - PDE) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Programa de Desenvolvimento Educacinal. Orientador: Edina Rautenberg.

4.
Gilson de Amorin. Fotografia e História: o uso da fotografia como fonte histórica para pesquisa da história de Toledo no momento da colonização (1946-1955). 2013. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Programa de Desenvolvimento Educacional - PDE) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná. Orientador: Edina Rautenberg.

5.
Irena Firminia Bartzen. Indígenas: busca de identidades e de espaços no Oeste Paranaense. 2013. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Programa de Desenvolvimento Educacional - PDE) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná. Orientador: Edina Rautenberg.

6.
Marizete Pereira da Silva. Reflexões a partir de um olhar sobre os espaços cemiteriais do município de Francisco Beltrão. 2013. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Programa de Desenvolvimento Educacional - PDE) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná. Orientador: Edina Rautenberg.

7.
Roseli dos Santos Manuel Quilante. A história da colonização e emancipação política de Santa Terezinha de Itaipu: novos olhares e problematizações. 2013. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Programa de Desenvolvimento Educacional - PDE) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná. Orientador: Edina Rautenberg.

8.
Frida Heck. O visível e o invisível na história da formação do município de Diamante D' Oeste. 2012. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Programa de Desenvolvimento Educacional - PDE) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná. Orientador: Edina Rautenberg.

9.
Mariza Lemes Bernardino. O ensino de História através da análise de imagens. 2012. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Programa de Desenvolvimento Educacional - PDE) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná. Orientador: Edina Rautenberg.

10.
Célio Pinto de Oliveira. A importância do resgate da história local nas escolas públicas de Santa Helena: a passagem da Coluna Prestes por Santa Helena Velha. 2012. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Programa de Desenvolvimento Educacional - PDE) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná. Orientador: Edina Rautenberg.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Fábio Adriano Ortiz. As políticas do governo para a agricultura no Paraná (1950-1964). 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná. Orientador: Edina Rautenberg.

2.
Carlos Aloisio Hoff. O massacre do Realengo na revista Veja: uma análise sobre a espetacularização da violência nas escolas. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná. Orientador: Edina Rautenberg.

Orientações de outra natureza
1.
Cristiano Vorpagel. Estágio Supervisionado I. 2016. Orientação de outra natureza. (História) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná. Orientador: Edina Rautenberg.

2.
Daniel Freire. Estágio Supervisionado I. 2016. Orientação de outra natureza. (História) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná. Orientador: Edina Rautenberg.

3.
Edgar Smiderle. Estágio Supervisionado I. 2016. Orientação de outra natureza. (História) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná. Orientador: Edina Rautenberg.

4.
Alessandra Bastos da Silva. Estágio Supervisionado I. 2016. Orientação de outra natureza. (História) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná. Orientador: Edina Rautenberg.

5.
Ana Karoline Biavati Pagno. Estágio Supervisionado I. 2016. Orientação de outra natureza. (História) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná. Orientador: Edina Rautenberg.

6.
Paloma Mariana Caetano. Estágio Supervisionado II. 2016. Orientação de outra natureza. (História) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná. Orientador: Edina Rautenberg.

7.
Caio Cesar Machado Gomes. Estágio Supervisionado II. 2016. Orientação de outra natureza. (História) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná. Orientador: Edina Rautenberg.

8.
Sara Munique Noal. Estágio Supervisionado II. 2016. Orientação de outra natureza. (História) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná. Orientador: Edina Rautenberg.

9.
Guilherme Cezar Nardi. Estágio Supervisionado I. 2015. Orientação de outra natureza. (História) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná. Orientador: Edina Rautenberg.

10.
Iracema Nascimento Paiva. Estágio Supervisionado I. 2015. Orientação de outra natureza. (História) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná. Orientador: Edina Rautenberg.

11.
Caio Cesar M. Gomes. Estágio Supervisionado I. 2015. Orientação de outra natureza. (História) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná. Orientador: Edina Rautenberg.

12.
Elizandra Oestreich Siveris. Estágio Supervisionado I. 2015. Orientação de outra natureza. (História) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná. Orientador: Edina Rautenberg.

13.
Nicole de Cândido Ponestk. Estágio Supervisionado I. 2015. Orientação de outra natureza. (História) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná. Orientador: Edina Rautenberg.

14.
Charles Celant. Estágio Supervisionado II. 2015. Orientação de outra natureza. (História) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná. Orientador: Edina Rautenberg.

15.
Francieli Maria Kappes Kaufmann. Estágio Supervisionado II. 2015. Orientação de outra natureza. (História) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná. Orientador: Edina Rautenberg.

16.
Inara Gabriela Figueiredo Costa. Estágio Supervisionado II. 2015. Orientação de outra natureza. (História) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná. Orientador: Edina Rautenberg.

17.
Lucinéia Penafiel de Oliveira Esser. Estágio Supervisionado II. 2015. Orientação de outra natureza. (História) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná. Orientador: Edina Rautenberg.

18.
Marcos Cristian Schaufelberger. Estágio Supervisionado II. 2015. Orientação de outra natureza. (História) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná. Orientador: Edina Rautenberg.

19.
Simara Cristina V. Martins. Estágio Supervisionado II. 2015. Orientação de outra natureza. (História) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná. Orientador: Edina Rautenberg.

20.
Elisangela Raquel Nunes de Oliveira. Estágio Supervisionado II. 2013. Orientação de outra natureza. (História) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná. Orientador: Edina Rautenberg.

21.
Joselene Ieda dos Santos Lopes de Carvalho. Estágio Supervisionado II. 2013. Orientação de outra natureza. (História) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná. Orientador: Edina Rautenberg.

22.
Salete Inês Walter. Estágio Supervisionado II. 2013. Orientação de outra natureza. (História) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná. Orientador: Edina Rautenberg.

23.
Ana Paula Lenhardt. Estágio Supervisionado I. 2013. Orientação de outra natureza. (História) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná. Orientador: Edina Rautenberg.

24.
Janete Clair Becker de Wallau. Estágio Supervisionado I. 2013. Orientação de outra natureza. (História) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná. Orientador: Edina Rautenberg.

25.
Nadir Mohr. Estágio Supervisionado I. 2013. Orientação de outra natureza. (História) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná. Orientador: Edina Rautenberg.

26.
Tcheile Lemes Selatchek. Estágio Supervisionado I. 2013. Orientação de outra natureza. (História) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná. Orientador: Edina Rautenberg.

27.
Daiani Kiesller. Estágio Supervisionado II. 2012. Orientação de outra natureza. (História) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná. Orientador: Edina Rautenberg.

28.
Lucio Fellini Tazinaffo. Estágio Supervisionado I. 2012. Orientação de outra natureza. (História) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná. Orientador: Edina Rautenberg.

29.
Poliane Brunetto. Estágio Supervisionado I. 2012. Orientação de outra natureza. (História) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná. Orientador: Edina Rautenberg.

30.
Michelle Valentim de Oliveira. Estágio Supervisionado I. 2012. Orientação de outra natureza. (História) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná. Orientador: Edina Rautenberg.



Outras informações relevantes


- Aprovação no Concurso Público para professor do Quandro Próprio do Magistério do Paraná. Secretaria Estadual da Educação - SEED-PR. EDITAL Nº 150/2014. Publicado no Diário Oficial do Paraná em 02/07/2014, Edição nº 9238. p.580.
- Aprovação no Concurso Público para professor do Quadro Próprio do Magistério do Paraná. Secretaria Estadual da Educação - SEED-PR. EDITAL N° 23/2007- GS/SEED. Publicado no Diário Oficial do Paraná em 17/12/2007, Edição nº 7620. p.2.



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 21/10/2018 às 6:19:24