Jônatas Nascimento de Brito

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/9628385418519874
  • Última atualização do currículo em 15/12/2018


Graduado em Letras, Língua Portuguesa e Literaturas de Língua Portuguesa pelo Departamento de Ciências Humanas e Tecnologias da Universidade do Estado da Bahia - UNEB - DCHT - XVI - Irecê. É membro associado da Associação Brasileira de Linguística (ABRALIN). Entre 2014 e 2016, atuou como Bolsista de Iniciação à Docência no subprojeto interdisciplinar do PIBID/UNEB - Linguística e Prática Pedagógica: o Plano Interdisciplinar na Potencialização do Trabalho Linguístico na Educação Básica, desenvolvendo práticas de ensino incentivadoras dos saberes linguísticos e pedagógicos no âmbito da educação básica. Tem interesse pelos estudos da corrente funcionalista do linguista britânico Michael A. K. Halliday, que concebe a língua como uma rede de sistemas interligados que o falante faz uso para produzir significados em situações de comunicação (sistêmico-funcional). (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Jônatas Nascimento de Brito
Nome em citações bibliográficas
BRITO, J. N.


Formação acadêmica/titulação


2013 - 2018
Graduação em Letras - Língua Portuguesa e Literaturas de Língua Portuguesa.
Universidade do Estado da Bahia, UNEB, Brasil.
Título: A coesão referencial em perspectiva funcional: ressignificando os sentidos do texto no ensino de Língua Portuguesa.
Orientador: Dayane Moreira Lemos.




Formação Complementar


2018 - 2018
Extensão universitária em Linguística de texto: interfaces e perspectivas. (Carga horária: 40h).
Associação Brasileira de Linguística, ABRALIN, Brasil.
2018 - 2018
Texto e gramática na sala de aula: uma perspectiva funcional. (Carga horária: 9h).
Associação Brasileira de Lingüística, ABRALIN, Brasil.
2017 - 2017
Extensão universitária em Pesquisa linguística e compromisso político. (Carga horária: 30h).
Universidade Federal Fluminense, UFF, Brasil.
2017 - 2017
O português daqui, dali e de lá: por uma língua que nos una. (Carga horária: 30h).
Universidade do Estado do Rio de Janeiro, UERJ, Brasil.
2017 - 2017
Construção de textos e perspectivas da Linguística Sistêmico-Funcional. (Carga horária: 4h).
Universidade do Estado do Rio de Janeiro, UERJ, Brasil.
2017 - 2017
O papel da universidade pública na sociedade brasileira. (Carga horária: 48h).
Universidade do Estado da Bahia, UNEB, Brasil.
2017 - 2017
Adequação lexical para uma linguagem funcional. (Carga horária: 4h).
Universidade do Estado do Rio de Janeiro, UERJ, Brasil.
2016 - 2016
Extensão universitária em Ensino de Língua Portuguesa. (Carga horária: 30h).
Universidade do Estado do Rio de Janeiro, UERJ, Brasil.
2016 - 2016
O ensino da sintaxe em perspectiva funcional. (Carga horária: 2h).
Universidade do Estado do Rio de Janeiro, UERJ, Brasil.
2016 - 2016
Língua, texto e ensino. (Carga horária: 2h).
Universidade do Estado do Rio de Janeiro, UERJ, Brasil.
2016 - 2016
Demandas contemporâneas para o campo das Letras. (Carga horária: 80h).
Universidade do Estado da Bahia, UNEB, Brasil.
2015 - 2015
Extensão universitária em Comunicação Escrita. (Carga horária: 91h).
Fundação Bradesco, BRADESCO, Brasil.
2015 - 2015
TI na Educação. (Carga horária: 7h).
Fundação Bradesco, BRADESCO, Brasil.
2015 - 2015
Entre Áfricas e Bahias: a diversidade de saberes. (Carga horária: 45h).
Universidade do Estado da Bahia, UNEB, Brasil.
2015 - 2015
Leitura e Literatura: entre vozes, livros e redes. (Carga horária: 40h).
Programa de Pós-graduação em Estudo de Linguagens, PPGEL UNEB, Brasil.
2015 - 2015
Linguística e Ensino de Língua Portuguesa. (Carga horária: 15h).
Universidade do Estado da Bahia, UNEB, Brasil.
2015 - 2015
De Acordo com o Novo Acordo. (Carga horária: 10h).
Fundação Bradesco, BRADESCO, Brasil.


Atuação Profissional



Justiça Federal de Primeiro Grau na Bahia- Subseção Judiciária de Irecê, JF - BA, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - 2018
Vínculo: Estágio, Enquadramento Funcional: estagiário, Carga horária: 20
Outras informações
Tribunal Federal Regional 1ª Região - TRF1. Setor: SEPOD - Seção de Processamentos e Procedimentos diversos. Atuou no recebimento, conferência e preparo de processos, observando prazos legais. Além disso, desenvolveu atividades de autuação de petições iniciais, encarte, registro de folhas e localização dos processos. Foi responsável ainda pelo recebimento de processos, bem como pela juntada de petições, ofícios, cartas precatórias e demais expedientes forenses. Desempenhou também outras competências típicas da Vara Federal de Irecê, delegadas pelo titular de SEPOD e supervisor das atividades de estágio.

Atividades

08/2016 - 08/2018
Estágios , Subseção Judiciária de Irecê, .

Estágio realizado
Setor: SEPOD - Seção de Processamentos e Procedimentos diversos.
03/2016 - 04/2016
Estágios , Subseção Judiciária de Irecê, .

Estágio realizado
Localização e organização de processos, bem como atendimento ao público..

Universidade do Estado da Bahia, UNEB, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - 2016
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista de Iniciação à Docência, Carga horária: 8
Outras informações
Financiado pela CAPES (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior), o Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (PIBID) tem por objetivo inserir estudantes de licenciatura no espaço de sala de aula da educação básica, buscando valorizar e aprimorar o processo de formação docente. Nesse sentido, o bolsista de iniciação à docência tem a oportunidade de aperfeiçoar práticas pedagógicas, bem como de valorizar a sua própria formação. O PIBID contribui também para aproximar o ensino superior da escola básica, promovendo nesse sentido o aperfeiçoamento dos professores que já atuam em sala de aula e o estreitamento entre o que se discute e se investiga na universidade e o que se aplica na escola básica. Além disso, o programa busca melhorar os índices que medem a qualidade do ensino básico, uma vez que bolsistas de iniciação à docência e professores supervisores se articulam na troca de saberes e na criação de estratégias metodológicas significativas para os alunos em sala de aula.Os subprojetos reúnem um conjunto de bolsistas de iniciação à docência, professores de disciplinas na educação básica e professores universitários, que elaboram e coordenam os subprojetos. Por meio do subprojeto PIBID/Interdisciplinar "Linguística e Prática Pedagógica: o Plano Interdisciplinar na Potencialização do Trabalho Linguístico na Educação Básica", estudantes dos cursos de Licenciatura em Letras e Pedagogia do DCHT XVI da UNEB são integrados dos estudos da ciência da linguagem e das práticas pedagógicas. A integração do diálogo entre a Linguística e a Pedagogia contribui para que o bolsista, uma vez inserido no âmbito da docência, mobilize saberes relativos tanto ao campo da ciência linguística quanto às práticas didático-pedagógicas. As atividades desse subprojeto acontecem em parceria com o Colégio Modelo Luís Eduardo Magalhães de Irecê.

Atividades

04/2018 - 07/2018
Ensino, Letras, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Atua como monitor de ensino de Graduação no componente curricular LE0003 - MORFOLOGIA E A CONSTRUÇÃO DO SIGNIFICADO, ministrado pela Profa. Me. Dayane Moreira Lemos, no curso de Letras.
03/2014 - 08/2016
Pesquisa e desenvolvimento , Departamento de Ciências Humanas e Tecnologias, UNEB - DCHT XVI Irecê, .

05/2016 - 06/2016
Estágios , Departamento de Ciências Humanas e Tecnologias, UNEB - DCHT XVI Irecê, .

Estágio realizado
Este estágio integrou a carga horária (105h) do Componente Curricular LE0044 - Estágio Curricular Supervisionado I do curso de Licenciatura em Letras, Língua Portuguesa e Literaturas do DCHT XVI da UNEB..

SEC-BA/UNEB/Curso Pré-Vestibular Universidade para Todos, UPT, Brasil.
Vínculo institucional

2018 - Atual
Vínculo: Professor, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 8
Outras informações
Atua como professor de Redação e Português, ministrando aulas para alunos concluintes do Ensino Médio da Rede Pública Estadual com foco na preparação para o vestibular da Universidade do Estado da Bahia e demais universidades baianas vinculadas ao Projeto Universidade para Todos, bem como para o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM).

Atividades

07/2018 - Atual
Ensino,

Disciplinas ministradas
Redação
Português

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia, IFBACAMPUS IRECÊ, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - 2017
Vínculo: Estagiário, Enquadramento Funcional: Estágio Curricular Supervisionado, Carga horária: 12

Atividades

02/2018 - 03/2018
Outras atividades técnico-científicas , IFBA/Campus Irecê, IFBA/Campus Irecê.

Atividade realizada
Texto e Gramática.
09/2017 - 12/2017
Ensino,

Disciplinas ministradas
Gramática
Literatura Brasileira

Colégio Cláudio Abílio Aragão, CCAA, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - 2017
Vínculo: Estágio, Enquadramento Funcional: Estágio Curricular Supervisionado, Carga horária: 12
Outras informações
Este estágio fez parte da integração da carga horária (105 h) do Componente Curricular LE0048 - Estágio Curricular Supervisionado III do curso de Licenciatura em Letras, Língua Portuguesa e Literaturas do DCHT XVI da UNEB. O Plano de estágio desenvolveu-se por meio de regência de turmas do Ensino Fundamental II, no Colégio Cláudio Abílio Aragão.

Atividades

04/2017 - 06/2017
Ensino,

Disciplinas ministradas
Gramática

Prefeitura Muncipal de Irecê, PMI, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - 2016
Vínculo: Estagiário, Enquadramento Funcional: estágio, Carga horária: 20

Atividades

03/2016 - 08/2016
Estágios , Secretaria Municipal de Educação de Irecê, .

Estágio realizado
Atuou no desenvolvimento de atividades do ensino público municipal, acompanhando o desenvolvimento de projetos educacionais e prestando apoio administrativo na Secretaria Municipal de Educação e unidades da rede vinculadas..

Colégio Modelo Luís Eduardo Magalhães de Irecê, CMLEM, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - 2016
Vínculo: Estágio, Enquadramento Funcional: Estágio Curricular Supervisionado, Carga horária: 10
Outras informações
Este estágio integrou a carga horária (105h) do Componente Curricular de LE0047 - Estágio Curricular Supervisionado II do curso de Licenciatura em Letras, Língua Portuguesa e Literaturas do DCHT XVI da UNEB. O desenvolvimento do plano de estágio deu-se por meio de aplicação do minicurso "A redação escolar e a análise linguística: funcionalismo da linguagem na Educação Básica" para alunos de 2ª e 3ª séries do ensino médio do Colégio Modelo Luís Eduardo Magalhães de Irecê

Atividades

03/2014 - 08/2016
Ensino,

Disciplinas ministradas
Língua Portuguesa
Literatura Brasileira
Linguística e Prática Pedagógica

Escola Luiz Mário Dourado, Irecê, EMLMD, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - 2015
Vínculo: Professor voluntário, Enquadramento Funcional: Letramento, Leitura e Produção de Texto, Carga horária: 5
Outras informações
Atuou na área de letramento, desenvolvendo projetos de leitura e produção textual juntamente com estudantes das séries iniciais do ensino fundamental I. Organizou com alunos do 3° ano do ensino fundamental um livro intitulado "Todo dia é dia de folclore". Esse livro é fruto de um trabalho conjunto que envolveu atividades de leitura, escrita e reescrita textual, além de pesquisas sobre histórias folclóricas, resgate e valorização da cultura regional de Irecê e reunião de dados sobre lendas locais e crendices que são transmitidas por meio da tradição oral. O projeto integrou as atividades escolares sobre o folclore brasileiro e a cultura popular e o seu resultado foi socializado entre a comunidade escolar durante a realização de evento cultural promovido pela escola.


Escola Parque Municipal Ineny Nunes Dourado, Irecê, EPMIND, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - 2014
Vínculo: Professor voluntário, Enquadramento Funcional: Língua Portuguesa, Carga horária: 4


Escola Municipal Nossa Senhora Aparecida, Irecê, EMNSA, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - 2013
Vínculo: Professor, Enquadramento Funcional: Linguagens, Carga horária: 10
Outras informações
Atuou como professor voluntário na disciplina de Letramento (Leitura e produção de texto) por meio de programa federal em escolas públicas de Irecê. Esse programa tinha por objetivo melhorar as condições de ensino da rede pública, assim como assegurar aos estudantes um maior convívio com o espaço escolar e com atividades extracurriculares.



Linhas de pesquisa


1.
Linguística e prática pedagógica


Projetos de extensão


2018 - 2018
Projeto de Acolhimento
Descrição: Projeto desenvolvido com os estudantes ingressos no IFBA - Irecê, com o objetivo de acolhê-los, bem como desenvolver práticas que contribuam para o desenvolvimento de habilidades e competências, a fim de reduzir as taxas de evasão no Campus. A execução da proposta se deu por meio de aulas práticas com ênfase nos estudos das diversas áreas do conhecimento. Em Língua Portuguesa, o principal enfoque foi a reflexão acerca do funcionamento da linguagem e suas interfaces no campo da morfologia, da sintaxe e da semântica..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (1) .
Integrantes: Jônatas Nascimento de Brito - Integrante / Amanda Mendes de Santana Dourado - Coordenador / Marissol de Oliveira Barreto Mendes - Integrante / Malane Apolônio da Silva - Integrante.
2017 - 2018
O curso de Letras do DCHT XVI e os impactos da pesquisa no campo da linguagem no Território de Identidade de Irecê
Descrição: O presente projeto destina-se a uma ação extensionista a ser desenvolvida no Departamento de Ciências Humanas e Tecnologias da UNEB Campus XVI, cujo objetivo é discutir os dez anos do curso de Letras do DCHT XVI, destacando o impacto que a pesquisa na área de Letras tem causado no Território de Identidade de Irecê. Desse modo, a ação extensionista pretende ser um espaço de profícua discussão sobre o funcionamento do curso de Licenciatura em Letras no Campus Irecê. Para isso, a proposta se organiza no formato de Congresso e elege para o seu funcionamento atividades de conferências, mesas-redondas, minicursos, sessões temáticas de comunicação e narrativas de experiências, bem como lançamentos de livros, momentos culturais e artísticos. Sob o título ?Congresso de Letras do DCH XVI da UNEB?, esta primeira edição do evento é aberta aos estudantes de graduação do Departamento, como também aos profissionais da educação que atuam nos vinte municípios do Território de Identidade de Irecê. Para garantir a participação de toda a microrregião, o I CONLET firma parceria com todas as Secretarias Municipais de Educação do Território e com o Núcleo Territorial de Educação ? NTE01 Irecê. A expectativa é garantir a participação e o envolvimento da comunidade externa no evento e também assegurar a socialização de resultados de pesquisas empreendidas no âmbito do DCHT XVI ao longo desses dez anos do curso. Espera-se também que o interesse pela investigação na área de Letras seja despertado e aprimorado nos estudantes que ainda não estão envolvidos com a prática investigativa e analítica no campo das ciências da linguagem. Com essa estrutura, o I CONLET pretende fazer do debate e da reflexão sobre a área de Letras um importante momento em que a língua é discutida como um instrumento implicado nas relações sócio-históricas de seus falantes, não podendo ser vista de modo simplista e reducionista, mas na perspectiva de língua em uso que, por sua natureza heteróclita e diversificada, se adequa a cada contexto sociocomunicativo e se materializa tanto nos inúmeros gêneros textuais da escrita quanto da modalidade oral. A literatura, por sua vez, é encarada como uma forte ferramenta de produção de sentido e, portanto, altamente alimentada por fatos históricos, ideológicos e políticos. Isso significa dizer que o texto literário não é visto apenas como um produto de uma época, mas como uma produção discursiva munida de dizeres e não dizeres que devem ser lidos e problematizados. É por acreditar que o processo formativo é um exercício contínuo e inacabado que a primeira edição do CONLET reúne comunidade acadêmica, científica e externa para, num debate participativo e dialógico, promover experiências formativas e integradoras acerca do fazer pesquisa em Letras e do ser profissional das ciências da linguagem..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (6) / Mestrado profissional: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Jônatas Nascimento de Brito - Integrante / Joabson Lima Figueiredo - Coordenador.


Projetos de ensino


2018 - 2018
Morfologia e a Construção do Significado
Descrição: O presente projeto de Monitoria de Ensino de Graduação vinculou-se ao componente curricular LE0003 - Morfologia e a Construção do Significado (2018.1), do curso de Letras/Português do Departamento de Ciências Humanas e Tecnologias da UNEB/Irecê. Por meio da inserção do monitor no contexto do ensino da Morfologia no âmbito da Graduação, este projeto buscou ampliar a sua compreensão acerca das diferentes perspectivas e orientações gramaticais para os fatos morfológicos na constituição dos vocábulos no Português Brasileiro. Desse modo, as atividades da monitoria incluíram em seu bojo momentos de estudo e análise das principais categorias previstas na formação de palavras, tais como as noções de morfema, os processos de flexão e formação das palavras, a caracterização da palavra sob o aspecto semântico e as relações morfossintáticas de uma palavra dentro de um enunciado. Juntamente com os momentos teóricos, a monitoria também possibilitou a experiência prática, em que o monitor pode atuar auxiliando no desenvolvimento de atividades da disciplina e nas abordagens teóricas referentes ao estudo dos processos mórficos e dos elementos constitutivos dos vocábulos da Língua Portuguesa. Ao final da monitoria, foi possível ainda realizar um estudo crítico das principais gramáticas adotadas no ensino de língua na Educação Básica, com a finalidade de aprimorar o senso crítico do monitor e dos demais alunos matriculados na disciplina acerca das concepções vigentes para o ensino e aprendizagem da Morfologia na escola..
Situação: Concluído;
É um projeto em cooperação com: Instituição de Ensino.
Em relação a temática: Ensino e aprendizagem.
Natureza: Ensino.
Objetivos e metas: Ampliar a compreensão do monitor e dos alunos matriculados no componente sobre as diferentes perspectivas e orientações gramaticais para os fatos morfológicos na constituição dos vocábulos no Português Brasileiro; Realizar um estudo crítico das principais gramáticas adotadas no ensino de língua na Educação Básica, com a finalidade de aprimorar o senso crítico do monitor e dos demais alunos matriculados na disciplina acerca das concepções vigentes para o ensino e aprendizagem da Morfologia na escola..
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Jônatas Nascimento de Brito - Integrante / Walter Campos Araújo - Integrante / Dayane Moreira Lemos - Coordenador.


Outros Projetos


2014 - 2016
Linguística e prática pedagógica: o plano interdisciplinar na potencialização do trabalho linguístico na Educação Básica

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) André Luiz Gaspari Madureira em 19/12/2017.
Descrição: Este subprojeto interdisciplinar está vinculado ao Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (PIBID). Está devidamente aprovado e financiado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES). Também integra o edital PIBID/UNEB/CAPES Nº 010 de 04/02/2014 de seleção de bolsistas. A partir da implementação do subprojeto, objetiva-se propiciar, aos licenciandos de Letras e de Pedagogia, do Departamento de Ciências Humanas e Tecnologias (DCHT) do Campus XVI, a integração de saberes relativos tanto ao campo da ciência da linguagem quanto das práticas didático-pedagógicas, a serem mobilizados no âmbito da docência em Educação Básica. A partir desta proposta, oportuniza-se a inserção do licenciando no ambiente da docência, além de favorecer a percepção de como o entremeio entre a linguística e a pedagogia pode potencializar o processo de reflexão acerca da linguagem em sala de aula. Com isso, instaura-se a possibilidade de preencher certas lacunas na formação docente dos licenciandos de Letras e de Pedagogia e de contribuir com o ensino voltado à Educação Básica da rede pública do território de Irecê..
Situação: Concluído; Natureza: Outra.
Alunos envolvidos: Graduação: (20) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Jônatas Nascimento de Brito - Integrante / André Luiz Gaspari Madureira - Coordenador.


Membro de corpo editorial


2017 - 2018
Periódico: Revista Discentis


Revisor de periódico


2017 - 2018
Periódico: Revista Discentis


Áreas de atuação


1.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras / Subárea: Língua Portuguesa.
2.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras / Subárea: Gramática Funcional.
3.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Lingüística / Subárea: Linguística Sistêmico-Funcional.


Idiomas


Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.


Prêmios e títulos


2017
Aprovação da Ação Extensionista CONLET - Congresso de Letras do DCHT XVI da UNEB, Edital nº 007/2017, PROEX/UNEB.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
BRITO, J. N.2016BRITO, J. N.. A Linguísitca Funcional aplicada ao ensino de Língua Portuguesa. Revista Discentis - Revista Científica Eeletrônica do Departamento de Ciências Humanas e Tecnologias - UNEB - DCHT - XVI - Irecê, v. 5, p. 15-26, 2016.

2.
BRITO, J. N.2015BRITO, J. N.. A produção textual em busca de um ensino de língua significativo para alunos e professores. Revista Discentis - Revista Científica Eletrônica do Departamento de Ciências Humanas e Tecnologias - UNEB - DCHT XVI - Irecê, v. 4, p. 49-69, 2015.

Capítulos de livros publicados
1.
ALVES, E. T. ; BRITO, J. N. ; DOURADO, E. O. C. . Linguística e Prática Pedagógica: o plano interdisciplinar do PIBID no ensino de língua portuguesa. In: Coelho, Fábio André Cardoso; Silva, Jefferson Evaristo do Nascimento (Orgs.). (Org.). PIBID, políticas públicas e ensino de Língua Portuguesa. 1ed.Rio de Janeiro: Dialogarts, 2017, v. 1, p. 35-52.

2.
BRITO, J. N.; SALES, C. S. . Literatura no ensino médio: desafios e contribuições no contexto do PIBID. In: Gilmei Francisco Fleck. (Org.). Coleção Literatura comparada. 1ed.Curitiba, PR: Atena Editora, 2016, v. , p. 112-124.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
BRITO, J. N.. A coesão referencial em perspectiva funcional: da análise linguística à produção de sentido. In: X Congresso Internacional da ABRALIN, 2017, Niterói/RJ. Anais do X Congresso Internacional da Associação Brasileira de Linguística: pesquisa linguística e compromisso político, 7 a 10 de março de 2017, Niterói, RJ/ organizado por Luciana Sanchez Mendes, Nadja Pattresi de Souza e Silva e Silmara Cristina Dela. Niterói/RJ Letras da UFF, 2017. p. 1632-1642.

2.
BRITO, J. N.. O projeto PIBID e seu impacto no ensino de Língua Portuguesa: os reflexos da perspectiva funcional da linguagem no ensino. In: VI Simpósio Internacional de Ensino da Língua Portuguesa, 2016, Uberlândia, Minas Gerais. Anais / VI Simpósio Internacional de Ensino da Língua Portuguesa, 19, 20 e 21 de outubro de 2016, em Uberlândia, Minas Gerais - UFU: Instituto de Letras e Linguística / Organizado por: Fernanda Mussalim, Maura Alves de Freitas Rocha [et al.].. Uberlândia: EDUFU, 2016. v. 4. p. 1400-1419.

3.
BRITO, J. N.; SALES, C. S. . Literatura no Ensino Médio: desafios e contribuições no contexto do Pibid. In: V Encontro de Leitura e Literatura da Uneb, 2015, Salvador. Anais do 5º Encontro de Leitura e Literatura da UNEB: Leitura e Literatura: do centro às margens, entre vozes, livros e redes. Salvador: EDUNEB, 2015. v. 5. p. 621-634.

4.
GOMES, F. D. ; BRITO, J. N. ; MACHADO, J. M. ; SERPA, L. F. S. P. . A identidade do professor de língua portuguesa na pós-modernidade. In: II Simpósio Internacional de Baianidade/II Congresso Internacional de Línguas e Literaturas Africanas e Afro-Brasileiras, 2015, Salvador. Anais [do] II Simpósio Internacional de Baianidade : II Congresso Internacional de Línguas e Literaturas Africanas e Afro-Brasileiras, 9 a 11 de Outubro de 2015 / Organizado por: Gildeci de Oliveira Leite. Salvador: EDUNEB, 2015. v. 2. p. 1459-1471.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
BRITO, J. N.. A redação escolar e a análise linguística: funcionalismo da linguagem na Educação Básica - o projeto didático-pedagógico na abordagem do ensino da escrita. In: IX SIGET - Simpósio Internacional de Estudos de Gêneros Textuais, 2017, Campo Grande, MS. Caderno de Resumos - IX SIGET Simpósio Internacional de Estudos de Gêneros Textuais. Campinas, SP: Embra Embra Serviços em Tecnologia Ltda EPP, 2017. v. 1.

2.
GOMES, F. D. ; BRITO, J. N. ; MACHADO, J. M. ; SERPA, L. F. S. P. . A identidade do professor de língua portuguesa na pós-modernidade. In: II SINBAIANIDADE - Simpósio Internacional de Baianidade/II CILLAA Congresso Internacional de Línguas e Literaturas Africanas e Afro-brasilidades, 2015, Salvador. Caderno de resumos - II SINBAIANIDADE/II CILLAA. Salvador: EDUNEB, 2015. p. 184-184.

3.
BRITO, J. N.; SALES, C. S. . Literatura no Ensino Médio: desafios e contribuições no contexto do Pibid. In: 5 º ELLUNEB - Encontro de Leitura e Literatura da Uneb, 2015, Salvador. Caderno de Resumos e Programação/ V Encontro de Leitura e Literatura da UNEB: Leitura e Literatura: do centro às margens, entre vozes, livros e redes. Salvador: EDUNEB, 2015. p. 188-189.

4.
BRITO, J. N.. A produção textual em busca de um ensino de língua significativo para alunos e professores. In: II SELELP - Seminário de Linguística e Ensino de Língua Portuguesa, 2015, Teixeira de Freitas, BA. Caderno de resumos II SELELP - Seminário de Linguística e Ensino de Língua Portuguesa. Teixeira de Freitas, BA: UNEB - Campus X, 2015. v. 2. p. 81-82.

Apresentações de Trabalho
1.
BRITO, J. N.. Congresso de Letras do Departamento de Irecê: da existência à resistência. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
BRITO, J. N.. Processos de referenciação e ressignificação do texto no ensino de língua: vertentes da análise textual na perspectiva da linguística sistêmico-funcional. 2018. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

3.
BRITO, J. N.. A coesão referencial em perspectiva funcional: da análise linguística à produção de sentido. 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

4.
BRITO, J. N.. Linguística Sistêmico-Funcional e ensino de língua: as contribuições para o estudo do texto em sala de aula. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

5.
BRITO, J. N.. O estágio e a iniciação profissional: refletindo sobre a docência no ensino de Língua Portuguesa. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

6.
ALVES, E. T. ; BRITO, J. N. . Linguística e Prática Pedagógica: reflexo do plano interdisciplinar do PIBID no ensino de língua portuguesa. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

7.
BRITO, J. N.; SALES, C. S. . Literatura no Ensino Médio: Desafios e contribuições no contexto do PIBID. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

8.
BRITO, J. N.. A produção textual em busca de um ensino de língua significativo para alunos e professores. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

9.
BRITO, J. N.. A identidade do professor de língua portuguesa na pós-modernidade. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

10.
BRITO, J. N.; ABREU, L. F. . Subprojeto Pibid Interdisciplinar - Linguística e Prática Pedagógica: O Plano Interdisciplinar na Potencialização do Trabalho Linguístico na Educação Básica. 2015. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

Outras produções bibliográficas
1.
BRITO, J. N.. A violência na obra machadiana: Literatura e Cinema na leitura do conto O enfermeiro. Jacobina/BA: UNEB, 2017 (Artigo).


Produção técnica
Trabalhos técnicos
1.
BRITO, J. N.. Elaboração de Projeto do Congresso de Letras do DCHT XVI da UNEB/SIP UNEB. 2017.


Demais tipos de produção técnica
1.
BRITO, J. N.. A redação escolar e análise linguística: funcionalismo da linguagem na Educação Básica. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

2.
BRITO, J. N.. O ensino de Língua Portuguesa no Ensino Médio: práticas metodológicas e outras concepções para o ensino da língua materna na escola. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

3.
BRITO, J. N.. Relatório Semestral PIBID Interdisciplinar: Docência Compartilhada. 2016. (Relatório de pesquisa).

4.
BRITO, J. N.. Relatório Semestral do PIBID/UNEB. 2015. (Relatório de pesquisa).



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Abralin em Cena Piauí. Processos de referenciação e ressignificação do texto no ensino de língua: vertentes da análise textual na perspectiva da linguística sistêmico-funcional. 2018. (Congresso).

2.
I Congresso de Letras do DCHT XVI da UNEB. Congresso de Letras do Departamento de Irecê: da existência à resistência. 2018. (Congresso).

3.
V Seminário de Pesquisa e Extensão do DCHT XVI da UNEB. 2018. (Seminário).

4.
Encontro de Estágio da UNEB.O estágio e a iniciação profissional: refletindo sobre a docência no ensino de Língua Portuguesa. 2017. (Encontro).

5.
I Congresso Internacional de Língua Portuguesa. Linguística Sistêmico-Funcional e ensino de língua: as contribuições para o estudo do texto em sala de aula. 2017. (Congresso).

6.
IV Seminário do NUPE do DCHT XVI da UNEB. 2017. (Seminário).

7.
Seminário de Libras: Políticas Públicas para a Educação de Surdos. 2017. (Seminário).

8.
X Congresso Internacional da Abralin. A coesão referencial em perspectiva funcional: da análise linguística à produção de sentido. 2017. (Congresso).

9.
XIII Fórum de Estudos Linguísticos.Linguística Sistêmico-Funcional e ensino de língua: as contribuições para o estudo do texto em sala de aula. 2017. (Outra).

10.
1ª semana de Letras do DCHT XVI - Demandas contemporâneas para o campo das Letras. 2016. (Congresso).

11.
CONELP - Congresso Nacional de Ensino de Língua Portuesa. Linguística e Prática Pedagógica: reflexo do plano interdisciplinar do PIBID no ensino de língua portuguesa. 2016. (Congresso).

12.
III Seminário de Pesquisa e Extensão UNEB DCHT XVI. 2016. (Seminário).

13.
25 anos do curso de Letras: história e perspectivas. 2015. (Outra).

14.
5° ELLUNEB Encontro de Leitura e Literatura da UNEB.Literatura no Ensino Médio: Desafios e contribuições no contexto do PIBID. 2015. (Encontro).

15.
Conexões em Rede: Profletras e o desafio de uma intervenção pedagógica literária. 2015. (Simpósio).

16.
II SELELP - Seminário de Linguística e Língua Portuguesa.A produção textual em busca de um ensino de língua significativo para alunos e professores. 2015. (Seminário).

17.
II Seminário de Avaliação Institucional PIBID/UNEB - DCHT Campus XVI. 2015. (Seminário).

18.
II SINBAIANIDADE/II CILLAA. A identidade do professor de língua portuguesa na pós-modernidade. 2015. (Congresso).

19.
Língua e sociedade partidas: a polarização sociolinguística no Brasil. 2015. (Outra).

20.
O papel dos estudos filológicos e linguísticos nos cursos de Letras do Brasil. 2015. (Outra).

21.
O Texto Dramático na Academia e Arte e Educação no Campus XVI. 2015. (Encontro).

22.
Sociolinguística e política linguística da Língua Portuguesa no século XXI. 2015. (Outra).

23.
I Seminário Inovação Pedagógica e Tecnologias. 2013. (Seminário).

24.
Oficina Moodle na Educação Básica do I seminário Inovação Pedagógica e Tecnologias e I semana de Pedagogia do Campus XVI - UNEB - Irecê. 2013. (Oficina).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
BRITO, J. N.; FIGUEIREDO, J. L. . I Congresso de Letras do DCHT XVI da UNEB. 2018. (Congresso).

2.
CORREIA, M. C. A. ; BRITO, J. N. . Seminário de LIBRAS: Políticas Públicas para Educação de Surdos. 2017. (Outro).

3.
BRITO, J. N.; M. D. B. Sodré . IV Seminário do NUPE do DCHT XVI da UNEB. 2017. (Outro).

4.
BRITO, J. N.; SERPA, L. F. S. P. ; TEIXEIRA SOBRINHO, A. C. M. ; SALES, C. S. ; FIGUEIREDO, J. L. ; SANTOS, E. O. ; PEREIRA, L. A. ; ALVES, M. O. ; SANTANA, D. B. . 1ª Semana de Letras do DCHT XVI - Irecê. 2016. (Congresso).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 21/01/2019 às 9:30:06