Ayslan Trindade Lima

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/9492108273235300
  • Última atualização do currículo em 31/10/2018


Possui graduação em Ciências Biológicas - Licenciatura, pela Universidade Federal de Sergipe (UFS). Estagiário do Laboratório de Fisiologia de Sementes (LAFISE), do Departamento de Biociências (DBCI), onde desenvolveu suas pesquisas de iniciação científica. Atualmente é Professor Voluntário do Departamento de Biociências (DBCI) e mestrando do Programa de Pós-Graduação em Ecologia e Conservação (PPEC) da Universidade Federal de Sergipe (UFS).Tem experiência na área de Botânica, com ênfase em Ecofisiologia Vegetal de Ambientes Semiáridos, atuando principalmente nos seguintes temas: memória hídrica de sementes, germinação de sementes, desenvolvimento inicial de plântulas, Cactaceae e conservação de espécies ameaçadas de extinção. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Ayslan Trindade Lima
Nome em citações bibliográficas
LIMA, A. T.;LIMA, AYSLAN T.


Formação acadêmica/titulação


2017
Mestrado em andamento em Ecologia e Conservação.
Universidade Federal de Sergipe, UFS, Brasil.
Título: Efeitos da hidratação descontínua em sementes de Senna spectabilis (DC.) H.S. Irwin & Barneby var. excelsa (Schrad.) H.S. Irwin & Barneby (Fabaceae) durante a germinação e o desenvolvimento inicial em condições de estresse hídrico,Orientador: Marcos Vinicius Meiado.
Bolsista do(a): Fundação de Apoio à Pesquisa e à Inovação Tecnológica do Estado de Sergipe, FAPITEC/SE, Brasil.
Palavras-chave: hidratação descontínua; Caatinga; ciclos de hidratação e desidratação; estresses abióticos; desenvolvimento inicial de plântulas.
Grande área: Ciências Biológicas
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia.
2012 - 2016
Graduação em Ciências Biológicas.
Universidade Federal de Sergipe, UFS, Brasil.
Título: Hidratação descontínua altera a germinação de sementes sob estresse de duas populações de cacto que ocorrem em diferentes ecossistemas no Nordeste do Brasil.
Orientador: Marcos Vinicius Meiado.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.




Formação Complementar


2018 - 2018
Preservação e Recuperação de Áreas Degradadas. (Carga horária: 4h).
Unieducar Inteligência Educacional, UNIEDUCAR, Brasil.
2018 - 2018
Diversidade de Ecossistemas no Brasil. (Carga horária: 4h).
Unieducar Inteligência Educacional, UNIEDUCAR, Brasil.
2018 - 2018
Efeitos de poluentes em plantas brasileiras. (Carga horária: 4h).
Universidade Federal do Sul da Bahia, UFSB, Brasil.
2018 - 2018
Das algas às plantas: uma visão evolutiva do reino vegetal. (Carga horária: 4h).
Universidade Federal do Sul da Bahia, UFSB, Brasil.
2018 - 2018
Cultivo de orquídeas e bromélias. (Carga horária: 4h).
Universidade Federal do Sul da Bahia, UFSB, Brasil.
2017 - 2017
Biologia de plantas trepadeiras: Aspectos morfológicos e ecologia. (Carga horária: 8h).
Universidade Federal de Pernambuco, UFPE, Brasil.
2016 - 2016
Introdução à Ilustração Botânica. (Carga horária: 8h).
Sociedade Botânica do Brasil - DF, SBB, Brasil.
2016 - 2016
Instalação de Infraestrutura RAPELD. (Carga horária: 40h).
Universidade Federal de Sergipe, UFS, Brasil.
2016 - 2016
Botânica no Inverno. (Carga horária: 120h).
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
2013 - 2014
Eugenia e a Nova Genética: Propostas para o Ensino de Biologia. (Carga horária: 60h).
Universidade Federal de Sergipe, UFS, Brasil.
2013 - 2013
Extensão universitária em Contextualizando temas sócio-científicos no ensino de biologia. (Carga horária: 8h).
Universidade Federal de Sergipe, UFS, Brasil.
2013 - 2013
Besouro rola-bosta e sua ecologia: quais suas funções no ecossistema?. (Carga horária: 4h).
Universidade Federal de Sergipe, UFS, Brasil.
2013 - 2013
Métodos de coleta de peixes utilizados em estudos ecológicos. (Carga horária: 4h).
Universidade Federal de Sergipe, UFS, Brasil.
2013 - 2013
Ecologia de Lagartos. (Carga horária: 3h).
Universidade Federal de Sergipe, UFS, Brasil.
2013 - 2013
Ferramentas para Estudos de Biodiversidade. (Carga horária: 3h).
Universidade Federal de Sergipe, UFS, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Federal de Sergipe, UFS, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - Atual
Vínculo: Professor Voluntário, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 20
Outras informações
Professor Voluntário do Departamento de Biociências.

Vínculo institucional

2017 - Atual
Vínculo: Mestrando, Enquadramento Funcional: Mestrando, Carga horária: 20
Outras informações
Mestrando do Programa de Pós-Graduação em Ecologia e Conservação.

Vínculo institucional

2013 - Atual
Vínculo: Estagiário, Enquadramento Funcional: Estágio, Carga horária: 20
Outras informações
Estagiário do Laboratório de Fisiologia de Sementes (LAFISE), do Departamento de Biociências (DBCI) sob a orientação do Dr. Marcos Vinicius Meiado.

Vínculo institucional

2016 - 2016
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Iniciação Científica, Carga horária: 20
Outras informações
Vinculado ao Projeto de Pesquisa intitulado "As sementes dos cactos têm memória?".

Vínculo institucional

2016 - 2016
Vínculo: Monitor, Enquadramento Funcional: Monitoria, Carga horária: 12
Outras informações
Monitor Voluntário da disciplina obrigatória Fisiologia Vegetal (BIOI0094), do curso de Licenciatura em Ciências Biológicas, no período 2016.1.

Vínculo institucional

2015 - 2016
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Iniciação Científica, Carga horária: 20
Outras informações
Vinculado ao Projeto de Pesquisa intitulado "As sementes dos cactos têm memória?".

Vínculo institucional

2015 - 2016
Vínculo: Monitor, Enquadramento Funcional: Monitoria, Carga horária: 12
Outras informações
Monitor Voluntário da disciplina obrigatória Fisiologia Vegetal (BIOI0094) no período 2015.1.

Vínculo institucional

2014 - 2015
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Iniciação Científica, Carga horária: 20
Outras informações
Vinculado ao Projeto de Pesquisa intitulado "As sementes dos cactos têm memória?".

Vínculo institucional

2014 - 2015
Vínculo: Extensionista, Enquadramento Funcional: Extensão Universitária, Carga horária: 8
Outras informações
Projeto de Extensão intitulado "Itabaiana mais verde - Plante você também essa ideia".

Atividades

06/2013 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Campus Prof. Alberto Carvalho, Departamento de Biociências.

Linhas de pesquisa
Botânica
06/2013 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Campus Prof. Alberto Carvalho, Departamento de Biociências.

Linhas de pesquisa
Fisiologia Vegetal
06/2013 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Campus Prof. Alberto Carvalho, Departamento de Biociências.

Linhas de pesquisa
Fisiologia do Estresse
06/2013 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Campus Prof. Alberto Carvalho, .

Linhas de pesquisa
Ecofisiologia Vegetal
06/2013 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Campus Prof. Alberto Carvalho, Departamento de Biociências.

Linhas de pesquisa
Fisiologia de Sementes


Linhas de pesquisa


1.
Botânica
2.
Fisiologia Vegetal
3.
Fisiologia do Estresse
4.
Ecofisiologia Vegetal
5.
Fisiologia de Sementes


Projetos de pesquisa


2015 - 2017
Memória hídrica de sementes como nova alternativa para a restauração de ambientes degradados na Caatinga (MCTI/CNPQ/Universal 14/2014)
Descrição: Devido à restrição da disponibilidade de água no solo, sementes que germinam em ecossistemas semiáridos podem ser submetidas a uma hidratação descontínua durante o processo germinativo. Esta hidratação descontínua proporciona às sementes um elevado índice de sobrevivência durante a dessecação e o aumento significativo da germinabilidade e da velocidade média de germinação, demonstrando que estas sementes podem apresentar uma memória hídrica ocasionada pelo processo de embebição, a qual preserva as características resultantes da hidratação prévia e ativa genes específicos da planta relacionados à tolerância aos estresses ambientais. Desta forma, a memória hídrica parece estar intimamente relacionada ao sucesso reprodutivo de espécies que produzem sementes em ambientes semiáridos como a Caatinga e pode representar uma ferramenta importante para a produção de mudas mais tolerantes às condições ambientais, as quais poderão ser utilizadas com maior sucesso na restauração de ambientes degradados. Assim, pretende-se, com este projeto, determinar a ocorrência de memória hídrica em dez espécies arbóreas da Caatinga com potenciais para a recuperação de áreas degradadas, investigando os efeitos benéficos que a hidratação descontínua pode proporcionar às sementes destas espécies quando submetidas a estresse ambientais durante a germinação e na produção de plântulas mais tolerantes ao déficit hídrico, além de avaliar a utilização destas sementes e plântulas hidrocondicionadas como uma nova alternativa para o sucesso de programas de restauração de áreas degradadas da Caatinga. Para atender estes objetivos, as sementes das 10 espécies passarão por ciclos de hidratação/secagem (0, 1, 2 e 3 ciclos) para posterior avaliação da germinação das sementes submetidas a estresses abióticos (i.e., estresse hídrico, salino e térmico). O tempo de duração dos ciclos será determinado após a caracterização da curva de embebição das 10 espécies estudadas, sendo a fase de hidratação realizada em câmaras de germinação, a uma temperatura de 25°C, e a fase de desidratação em estufas de secagem com circulação forçada de ar. As plântulas produzidas a partir de sementes hidrocondicionadas também serão avaliadas quanto à tolerância ao dessecamento, em experimentos de casa de vegetação com suspensão hídrica, avaliando-se o potencial hídrico foliar, teor relativo de água, trocas gasosas, fluorescência da clorofila a e a concentração de pigmentos fotossintéticos e de solutos orgânicos. Por fim, a germinação e a sobrevivência de plântulas também serão avaliadas em campo, em experimentos de semeadura direta e de plantio de mudas, as quais serão avaliadas mensalmente, por um período de 12 meses, sendo mensurados os mesmos parâmetros fisiológicos descritos acima para os experimentos de casa de vegetação. Se a hidratação descontínua confere benefícios à germinação e à sobrevivência das plântulas, a confirmação da hipótese de que essa memória hídrica das sementes pode ser perpetuada no próprio indivíduo hidrocondicionado indicará novos caminhos para o desenvolvimento de novas técnicas para a produção de mudas, bem como novos conhecimentos em várias áreas da Ecofisiologia Vegetal..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (10) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Ayslan Trindade Lima - Integrante / Marcos Vinícius Meiado - Coordenador / Joana Paula Bispo Nascimento - Integrante / Bárbara França Dantas - Integrante / Elizamar Ciríaco da Silva - Integrante / Amanda Pereira dos Santos - Integrante / Igor Silva da Hora - Integrante / Riclécia Fraga Santos - Integrante / Cristianne Santana Santos - Integrante / Ingrid de Jesus Santos - Integrante / Lilian Souza Santos - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2013 - Atual
Conservação de Cactaceae do Estado de Sergipe
Descrição: Espécies ameaçadas de extinção devem receber especial atenção da comunidade científica para que sejam tomadas medidas emergenciais em prol da sua conservação. A maneira ideal de conservar essas espécies é promovendo sua conservação in situ, a qual se refere à manutenção dos recursos vegetais dentro da comunidade. Além disso, a conservação ex situ, ou seja, fora de seu local de origem, é uma maneira complementar de conservação. Devido à extensa exploração dos seus recursos e à particularidade que várias espécies apresentam em relação ao microambiente para seu estabelecimento, a família Cactaceae apresenta muitas espécies ameaçadas de extinção e, mesmo aquelas que ocorrem em outras áreas, podem estar ameaçadas localmente. Assim, o objetivo deste projeto é desenvolver ações em prol da conservação in situ e ex situ dos cactos que ocorrem no Estado de Sergipe. O projeto está dividido em dois módulos. O primeiro deles visa à realização de um levantamento florístico dos representantes de Cactaceae localizados nas 15 Unidades de Conservação presentes no estado. Para atender este objetivo, expedições científicas serão realizadas nessas unidades de conservação para a coleta de materiais e a confecção de exsicatas para identificação. O segundo módulo pretende abordar três técnicas simples de conservação ex situ: (1) a criação de bancos ativos de germoplasma com o cultivo de matrizes das espécies para a produção de frutos e sementes; (2) o armazenamento de sementes em condições artificiais de temperatura, com o objetivo de prolongar sua viabilidade e (3) a criação de um banco de plântulas, o qual estenderá o período de vida útil desse recurso genético e poderá ser utilizado em programas de reflorestamento de áreas degradas. Com este projeto pretende-se contribuir com as ações de conservação do Plano de Ação Nacional para a Conservação de Cactáceas do Brasil, o qual foi aprovado pela Portaria n° 84, publicada pelo Ministério do Meio Ambiente, e está em vigor desde 27 de agosto de 2010.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (10) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Ayslan Trindade Lima - Integrante / Marcos Vinícius Meiado - Coordenador / Joana Paula Bispo Nascimento - Integrante / Amanda Pereira dos Santos - Integrante / Igor Silva da Hora - Integrante / Riclécia Fraga Santos - Integrante / Cristianne Santana Santos - Integrante / Ingrid de Jesus Santos - Integrante / Lilian Souza Santos - Integrante / Marcela Eugenia da Silva Cáceres - Integrante / Katiane da Conceição Santos - Integrante.


Projetos de extensão


2013 - 2014
Itabaiana mais verde - Plante você também essa ideia
Descrição: Nas últimas décadas, muitas cidades se transformaram em grandes centros urbanos e essas transformações, ocasionadas pelo processo de urbanização, geraram alterações drásticas na paisagem e na qualidade do ar. A preocupação com a arborização urbana nessas cidades torna-se cada vez menos presente nas ações de políticas públicas, o que reflete diretamente no bem estar das populações que vivem nesses locais. O município de Itabaiana, localizado na região central do estado de Sergipe, é um exemplo desses centros urbanos em expansão. Entretanto, mesmo com todo o desenvolvimento econômico-social do município, não é observada, em Itabaiana, a preocupação do poder público, ou da população em geral, em relação aos benefícios proporcionados pela arborização urbana, fato que pode estar relacionado ao seu desconhecimento ou à falta de incentivo a esses tipos de ações. Assim, o objetivo geral deste projeto de extensão é o de propor um Plano Diretor de Arborização Urbana para o município de Itabaiana, envolvendo as pessoas nas atividades relacionadas às ações de plantio e manejo da cobertura vegetal do município, visando à melhoria da qualidade de vida da população em geral. O desenvolvimento deste projeto está atrelado à realização de três ações principais: (1) Cadastramento e diagnóstico da arborização de Itabaiana, que tem como objetivo principal planejar a arborização do município a partir do diagnóstico da situação atual, com posterior implantação de sistema de monitoramento informatizado da arborização urbana via sistema de informação geográfica; (2) Ampliação e requalificação da cobertura vegetal do município, cujo objetivo é produzir as mudas das espécies corretamente indicadas para os diferentes locais da cidade e (3) Conhecimento e conscientização da importância da arborização urbana, a qual está relacionada à realização de oficinas e encontros com a comunidade para os esclarecimentos de dúvidas e a conscientização da importância do envolvimento de todos na execução do projeto. Espera-se, com a realização deste projeto, exercer um impacto socioambiental positivo na comunidade, favorecendo a população atual e as futuras gerações que viverão e desfrutarão dos benefícios de uma nova cidade mais arborizada.
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (30) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Ayslan Trindade Lima - Integrante / Marcos Vinícius Meiado - Coordenador / Amanda Pereira dos Santos - Integrante / Igor Silva da Hora - Integrante / Riclécia Fraga Santos - Integrante / Cristianne Santana Santos - Integrante / Andresa Reis Lima - Integrante / Juliana Prudente Souza - Integrante / Maria do Carmo Cunha - Integrante / Mateus Matos Ferreira - Integrante / Marcela Eugenia da Silva Cáceres - Integrante / Edson Lima Santos - Integrante / Katiane da Conceição Santos - Integrante / Maria Flaviane Almeida Silva - Integrante / Juliana Lima de Oliveira - Integrante / Laine de Jesus Oliveira - Integrante / Aline Maria dos Santos - Integrante / Aline Mendonça de Oliveira - Integrante / Camila Brito dos Santos - Integrante / Dayana Mara Reis Santos - Integrante / Dayane de Oliveira Lima - Integrante / Elaine Alves Santos - Integrante / Karen Cristine Ribeiro de Jesus - Integrante / Katiene Santos Lima - Integrante / Laís Barreto Pereira - Integrante / Lucileide Menezes - Integrante / Márcia Rodrigues Passos - Integrante / Mikaely Reis Santos - Integrante / Paula Makele Santana dos Santos - Integrante / Rômulo de Jesus - Integrante / Taislaine Nunes Santos - Integrante / Yuri Conceição Nascimento - Integrante.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Botânica.
2.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Botânica / Subárea: Fisiologia Vegetal.
3.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Botânica / Subárea: Fisiologia Vegetal/Especialidade: Ecofisiologia Vegetal.


Idiomas


Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.


Prêmios e títulos


2018
Menção honrosa (Comunicação Oral) V SEBITA - Semana de Biologia de Itabaiana, Universidade Federal de Sergipe.
2016
Melhores Projetos de Iniciação Científica - Botânica no Inverno, Universidade de São Paulo.
2016
Prêmio Destaque da Iniciação Científica, Universidade Federal de Sergipe.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
LIMA, A. T.2018 LIMA, A. T.; MEIADO, M. V. . Effect of hydration and dehydration cycles on Mimosa tenuiflora seeds during germination and initial development. SOUTH AFRICAN JOURNAL OF BOTANY, v. 116, p. 164-167, 2018.

2.
LIMA, A. T.;LIMA, AYSLAN T.2018 LIMA, A. T.; CUNHA, P. H. J. ; DANTAS, B. F. ; MEIADO, M. V. . Does discontinuous hydration of Senna spectabilis (DC.) H.S. Irwin & Barneby var. excelsa (Schrad.) H.S. Irwin & Barneby (Fabaceae) seeds confer tolerance to water stress during seed germination?. Journal of Seed Sciences (antiga Revista Brasileira de Sementes), v. 40, p. 36-43, 2018.

3.
LIMA, A. T.2018 LIMA, A. T.; MEIADO, MARCOS V. . Effects of seed hydration memory on initial growth under water deficit of cactus from two populations that occur in different ecosystems in Northeast Brazil. Plant Species Biology Online, v. 33, p. 1-8, 2018.

4.
LIMA, A. T.2018LIMA, A. T.; Oliveira, D. M. ; MEIADO, M. V. . Effect of hydration and dehydration cycles on Macroptilium atropurpureum seeds germination under water deficit conditions. Communications in Plant Sciences, v. 8, p. 55-61, 2018.

5.
LIMA, A. T.;LIMA, AYSLAN T.2017LIMA, A. T.; MEIADO, M. V. . Escarificação Química como Método Eficiente para Superação da Dormência de Sementes de Lonchocarpus sericeus (Poir.) Kunth ex DC. (Fabaceae). Gaia Scientia, v. 11, p. 9-18, 2017.

6.
MEIADO, M. V.2017MEIADO, M. V. ; LIMA, A. T. ; NASCIMENTO, J. P. B. ; AONA, L. Y. S. . Avanços nos Estudos sobre Sementes e Plântulas de Cactos do Brasil. Gaia Scientia, v. 11, p. 88-113, 2017.

7.
Oliveira, D. M.2017Oliveira, D. M. ; LIMA, A. T. ; ROCHA, E. A. ; MEIADO, M. V. . O Aumento da Temperatura Reduz a Tolerância ao Estresse Hídrico na Germinação de Sementes de Pereskia grandifolia Haw. subsp. grandifolia (Cactaceae)?. Gaia Scientia, v. 11, p. 26-36, 2017.

8.
LIMA, AYSLAN T.2017 LIMA, AYSLAN T.; MEIADO, MARCOS V. . Discontinuous hydration alters seed germination under stress of two populations of cactus that occur in different ecosystems in Northeast Brazil. SEED SCIENCE RESEARCH, v. 27, p. 1-11, 2017.

9.
LIMA, A. T.;LIMA, AYSLAN T.2015LIMA, A. T.; SANTOS, C. S. ; MEIADO, M. V. . Variação interpopulacional de caracteres morfoanatômicos em cladódios de Pilosocereus catingicola (Gürke) Byles & Rowley subsp. salvadorensis (Werderm.) Zappi (Cactaceae) coletado em três ecossistemas do Estado de Sergipe. Gaia Scientia (UFPB), v. 9, p. 202-206, 2015.

Capítulos de livros publicados
1.
MEIADO, M. V. ; AONA, L. Y. S. ; NASCIMENTO, J. P. B. ; LIMA, A. T. ; ZAPPI, D. C. . Cactaceae. In: Ana Paula do Nascimento Prata; Marta Cristina Vieira Farias; Myrna Friederichs Landim. (Org.). Flora de Sergipe. 1ed.Aracaju: Gráfica e Editora Triunfo, 2015, v. 2, p. 115-142.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
LIMA, A. T.; SOUZA, F. H. ; RIBEIRO, V. A. . Herbivoria em estratos verticais de Poincianella pyramidalis (Tul.) L. P. Queiroz (Fabaceae). In: V SEBITA - Semana da Biologia de Itabaiana, 2018, Itabaiana. V SEBITA - Semana da Biologia de Itabaiana, 2018.

2.
CUNHA, P. H. J. ; SANTOS, L. S. ; LIMA, A. T. ; MEIADO, M. V. . Competição intraespecífica em plantas jovens de Anadenanthera colubrina (Vell.) Brenan var. cebil (Griseb.) Altschul em condições simuladas. In: V SEBITA - Semana da Biologia de Itabaiana, 2018, Itabaiana. V SEBITA - Semana da Biologia de Itabaiana, 2018.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
CUNHA, P. H. J. ; Oliveira, D. M. ; SILVA, J. S. ; LIMA, A. T. ; MEIADO, M. V. . Germinação de sementes de duas populações de Facheiro submetidas a estresse hídrico e salino. In: V SEBITA - Semana da Biologia de Itabaiana, 2018, Itabaiana. V SEBITA - Semana da Biologia de Itabaiana, 2018.

2.
LIMA, A. T.; NASCIMENTO, J. P. B. ; MEIADO, MARCOS V. . Efeito do armazenamento na tolerância ao déficit hídrico em sementes de Pterogyne nitens Tul. (Fabaceae). In: 38º ERBOT- Encontro Regional de Botânicos de MG, BA e ES, 2018, Porto Seguro. 38º Encontro Regional de Botânicos de Minas Gerais, Bahia e Espírito Santo. Diversidade Vegetal da Mata Atlântica: tecendo redes de conhecimento, 2018. p. 47-47.

3.
Oliveira, D. M. ; LIMA, AYSLAN T. ; ROCHA, E. A. ; MEIADO, MARCOS V. . O aumento da temperatura reduz a tolerância ao estresse hídrico na germinação de sementes de Pereskia grandifolia Haw. subsp. grandifolia (Cactaceae)?. In: 38º ERBOT - Encontro Regional de Botânicos de MG, BA e ES, 2018, Porto Seguro. 38º Encontro Regional de Botânicos de Minas Gerais, Bahia e Espírito Santo. Diversidade Vegetal da Mata Atlântica: tecendo redes de conhecimento, 2018. p. 51-51.

4.
COSTA, A. A. ; LIMA, A. T. ; GUIMARAES, D. A. O. ; MARTINEZ, P. A. . Assimetria flutuante em flores de Cnidoscolus urens (L.) Arthur (Euphorbiaceae) submetidas a diferentes níveis de incidência luminosa. In: 38º ERBOT - Encontro Regional de Botânicos de MG, BA e ES, 2018, Porto Seguro. 38º Encontro Regional de Botânicos de Minas Gerais, Bahia e Espírito Santo. Diversidade Vegetal da Mata Atlântica: tecendo redes de conhecimento, 2018. p. 109-109.

5.
COSTA, A. A. ; LIMA, A. T. ; MEIADO, M. V. . A produção floral de Tacinga palmadora (Britton & Rose) N.P. Taylor & Stuppy (Cactaceae) é afetada pela idade dos indivíduos?. In: 38º ERBOT - Encontro Regional de Botânicos de MG, BA e ES, 2018, Porto Seguro. 38º Encontro Regional de Botânicos de Minas Gerais, Bahia e Espírito Santo. Diversidade Vegetal da Mata Atlântica: tecendo redes de conhecimento, 2018. p. 111-111.

6.
LIMA, A. T.; Oliveira, D. M. ; MEIADO, M. V. . Como a hidratação descontínua afeta a germinação de sementes de Macroptilium atropurpureum (Sessé & Moc. ex DC.) Urb. (Fabaceae) em condições de déficit hídrico?. In: 38º ERBOT - Encontro Regional de Botânicos de MG, BA e ES, 2018, Porto Seguro. 38º Encontro Regional de Botânicos de Minas Gerais, Bahia e Espírito Santo. Diversidade Vegetal da Mata Atlântica: tecendo redes de conhecimento, 2018. p. 118-118.

7.
SILVA, J. S. ; CUNHA, P. H. J. ; LIMA, A. T. ; MEIADO, M. V. . A influência da hidratação descontínua na germinação de sementes de Senna obtusifolia (L.) H.S.Irwin & Barneby (Fabaceae). In: 69º Congresso Nacional de Botânica, 2018, Cuiabá. 69 CNBot, 2018.

8.
LIMA, A. T.; DANTAS, B. F. ; MEIADO, M. V. . Efeitos da hidratação descontínua na germinação e longevidade de sementes de Enterolobium contortisiliquum (Vell.) Morong (Fabaceae) em banco no solo da caatinga. In: 69º Congresso Nacional de Botânica, 2018, Cuiabá. 69º CNBot, 2018.

9.
Oliveira, D. M. ; SANTOS, C. S. ; LIMA, A. T. ; MEIADO, M. V. . Hidratação descontínua em sementes de Triplaris gardneriana Wedd. (Polygonaceae) afetando sua tolerância a fatores abióticos. In: 69º Congresso Nacional de Botânica, 2018, Cuiabá. 69º CNBot, 2018.

10.
Oliveira, D. M. ; LIMA, A. T. ; MEIADO, M. V. . Influência da escarificação química na embebição e germinação de sementes de Erythrina velutina Willd. (Fabaceae). In: 69º Congresso Nacional de Botânica, 2018, Cuiabá. 69º CNBot, 2018.

11.
LIMA, A. T.; Oliveira, D. M. ; MEIADO, M. V. . Influência da precipitação durante a produção de sementes de Pilosocereus catingicola (Gürke) Byles & Rowley subsp. salvadorensis (Werderm.) Zappi (Cactaceae) submetidas a hidratação descontínua e déficit hídrico. In: 69º Congresso Nacional de Botânica, 2018, Cuiabá. 69º CNBot, 2018.

12.
SANTOS, J. A. S. ; SILVA, E. C. ; LIMA, A. T. ; MEIADO, M. V. . Responses to short-term drought in Tabebuia aurea (Silva Manso) Benth. & Hook F. Ex S. Moore (Bignoniaceae) seedlings after two hydration and dehydration cycles in seeds. In: 69º Congresso Nacional de Botânica, 2018, Cuiabá. 69º CNBot, 2018.

13.
SANTOS, J. A. S. ; LIMA, A. T. ; MEIADO, M. V. . Influência do período de maturação na germinação de sementes de Tabebuia aurea (Silva Manso) Benth. & Hook.f ex S. Moore.. In: II Simpósio do Bioma Caatinga, 2018, Juazeiro - BA. II Simpósio do Bioma Caatinga, 2018.

14.
SANTOS, C. S. ; LIMA, A. T. ; MEIADO, M. V. . Efeito da hidratação descontínua em sementes de Mimosa tenuiflora (Willd.) Poir (Fabaceae) submetidas a estresse hídrico. In: II Simpósio do Bioma Caatinga, 2018, Juazeiro - BA. II Simpósio do Bioma Caatinga, 2018.

15.
Oliveira, D. M. ; LIMA, A. T. ; PORTO, D. D. ; MEIADO, M. V. . Análise do banco de sementes do solo de em uma área de Caatinga em diferentes estádios de degradação. In: II Simpósio do Bioma Caatinga, 2018, Juazeiro - BA. II Simpósio do Bioma Caatinga, 2018.

16.
Oliveira, D. M. ; LIMA, A. T. ; PORTO, D. D. ; MEIADO, M. V. . Chuva de sementes em uma área de Caatinga em diferentes estádios de degradação. In: II Simpósio do Bioma Caatinga, 2018, Juazeiro - BA. II Simpósio do Bioma Caatinga, 2018.

17.
CUNHA, P. H. J. ; LIMA, A. T. ; MEIADO, M. V. . Efeito da hidratação descontinua no desenvolvimento inicial de plântulas de canafístula. In: II Simpósio do Bioma Caatinga, 2018, Juazeiro - BA. II Simpósio do Bioma Caatinga, 2018.

18.
SANTOS, E. J. ; SANTANA, G. A. ; OLIVEIRA, R. S. ; MEIADO, M. V. ; LIMA, A. T. . Aguapé como composição alternativa de substratos para produção de mudas de espécies arbóreas da Caatinga. In: II Simpósio do Bioma Caatinga, 2018, Juazeiro - BA. II Simpósio do Bioma Caatinga, 2018.

19.
MATTOS, R. F. J. ; LIMA, I. F. C. ; VELOSO, J. M. ; MEIADO, M. V. ; LIMA, A. T. . Alelopatia intraespecífica na germinação de sementes de facheiro. In: II Simpósio do Bioma Caatinga, 2018, Juazeiro - BA. II Simpósio do Bioma Caatinga, 2018.

20.
SANTOS, A. S. A. ; ANDRADE, M. L. ; JESUS FILHO, D. ; VELOSO, J. M. ; LIMA, A. T. . Efeito da herbivoria cotiledonar simulada em plântulas de Lonchocarpus sericeus (Poir.) Kunth ex DC (Fabaceae). In: II Simpósio do Bioma Caatinga, 2018, Juazeiro - BA. II Simpósio do Bioma Caatinga, 2018.

21.
SANTOS, J. A. S. ; LIMA, A. T. ; MEIADO, M. V. . Caracterização das curvas de embebição e desidratação de sementes de Tabebuia aurea (Silva Manso) Benth. & Hook.f ex S. Moore. In: II Simpósio do Bioma Caatinga, 2018, Juazeiro - BA. II Simpósio do Bioma Caatinga, 2018.

22.
LIMA, A. T.; Oliveira, D. M. ; MEIADO, M. V. . A hidratação descontínua confere maior tolerância a estresses abióticos durante a germinação de sementes de Mimosa tenuiflora (Willd.) Poir. (Fabaceae)?. In: 38º ERBOT - Encontro Regional de Botânicos de MG, BA e ES, 2018, Porto Seguro. 38º Encontro Regional de Botânicos de Minas Gerais, Bahia e Espírito Santo. Diversidade Vegetal da Mata Atlântica: tecendo redes de conhecimento, 2018. p. 32-32.

23.
LIMA, A. T.; CUNHA, P. H. J. ; MEIADO, M. V. . Efeitos da hidratação descontínua na germinação de sementes de Senna spectabilis (DC.) H.S. Irwin & Barneby var. excelsa (Schrad.) H.S.Irwin & Barneby submetidas a condições de estresse hídrico. In: 35ª Reunião Nordestina de Botânica, 2017, Recife - PE. 35ª Reunião Nordestina de Botânica, 2017.

24.
CUNHA, P. H. J. ; LIMA, A. T. ; MEIADO, M. V. . Germinação de sementes de Pilosocereus catingicola (Gurke) Byles & G.D. Rowley subsp. salvadorensis (Werderm) Zappi submetidas a ciclos de hidratação descontínua e estresse hídrico. In: 35ª Reunião Nordestina de Botânica, 2017, Recife - PE. 35ª Reunião Nordestina de Botânica, 2017.

25.
Oliveira, D. M. ; LIMA, A. T. ; ROCHA, E. A. ; MEIADO, M. V. . Germinação de sementes de Pereskia grandifolia Haw. (Cactaceae) submetidas a estresse hídrico. In: 35ª Reunião Nordestina de Botânica, 2017, Recife - PE. 35ª Reunião Nordestina de Botânica, 2017.

26.
LIMA, A. T.; MEIADO, M. V. . Memória hídrica em plântulas de cactos provenientes de diferentes ecossistemas do Nordeste do Brasil. In: 2º Encontro da Biologia Vegetal, 2017, Recife. 2º Encontro da Biologia Vegetal. Recife: Universidade Federal de Pernambuco, 2017. v. 1. p. 1-1.

27.
COUTINHO NETO, A. A. ; DIAS, D. L. O. ; LIMA, A. T. ; MEDEIROS, A. S. ; CARVALHO, E. R. . A influência da falta de água sobre a atividade da enzima nitrato redutase em duas espécies de Kalanchoe. In: 24ª Reunião Anual do Instituto de Botânica, 2017, São Paulo. 24ª Reunião Anual do Instituto de Botânica, 2017. p. 138-138.

28.
CUNHA, P. H. J. ; LIMA, A. T. ; MEIADO, M. V. . Altas temperaturas na hidratação descontínua conferem maior tolerância ao estresse em Facheiro. In: 27º ENCONTRO DE INI CIAÇÃO CIENTÍFICA - EIC, 2017, Itabaiana. Livro de Resumos 27º Encontro de Iniciação Científica da UFS. São Cristóvão: UFS, 2017. v. 3. p. 100-100.

29.
SANTOS, J. A. S. ; LIMA, A. T. ; MEIADO, MARCOS V. . Aumento da tolerância ao estresse hídrico em sementes de Caraibeira (Tabebuia aurea) submetidas à hidratação descontínua. In: 35ª Reunião Nordestina de Botânica, 2017, Recife. 35ª Reunião Nordestina de Botânica, 2017. p. 17-17.

30.
LIMA, A. T.; MEIADO, M. V. . Hidratação descontínua altera a germinação de sementes sob estresse de duas populações de cacto que ocorrem em diferentes ecossistemas no Nordeste do Brasil. In: 67º Congresso Nacional de Botânica, 2016, Vitória. 67º Congresso Nacional de Botânica. Vitória: Sociedade de Botânica do Brasil, 2016. v. 1. p. 1-1.

31.
SANTOS, R. F. ; LIMA, A. T. ; SANTOS, A. P. ; FERREIRA, M. M. ; MEIADO, M. V. . O tamanho e a posição da semente no fruto influencia a predação das sementes de Senna obtusifolia (L.) H.S. Irwin & Barneby (Fabaceae)?. In: IV Semana de Biologia de Itabaiana, 2016, Itabaiana. IV Semana de Biologia de Itabaiana. São Cristóvão: UFS, 2016. v. 1. p. 1-1.

32.
HORA, I. S. ; LIMA, A. T. ; SANTOS, A. P. ; SANTOS, R. F. ; MEIADO, M. V. . Os predadores de sementes de Canavalia dictyota Piper (Fabaceae) selecionam as maiores sementes para predação?. In: IV Semana de Biologia de Itabaiana, 2016, Itabaiana. IV Semana de Biologia de Itabaiana. São Cristóvão: UFS, 2016. v. 1. p. 1-1.

33.
LIMA, A. T.; MEIADO, M. V. . Escarificação química como método eficiente para superação da dormência de sementes de Lonchocarpus sericeus (Poir.) Kunth ex DC. (Fabaceae). In: IV Semana da Biologia de Itabaiana, 2016, Itabaiana. IV Semana da Biologia de Itabaiana. São Cristóvão: UFS, 2016. v. 1. p. 1-1.

34.
SANTOS, A. P. ; LIMA, A. T. ; SANTOS, R. F. ; FERREIRA, M. M. ; MEIADO, M. V. . Produção e predação de sementes de Lonchocarpus sericeus (Poir.) Kunth ex DC. (Fabaceae). In: IV Semana da Biologia de Itabaiana, 2016, Itabaiana. IV Semana da Biologia de Itabaiana. São Cristóvão: UFS, 2016. v. 1. p. 1-1.

35.
CUNHA, P. H. J. ; LIMA, A. T. ; SANTOS, L. S. ; MEIADO, M. V. . Variação intrapopulacional de frutos e sementes de Hymenaea courbaril L. ? Fabaceae no Parque Nacional do Catimbau, Buíque, Pernambuco. In: IV Semana da Biologia de Itabaiana, 2016, Itabaiana. IV Semana da Biologia de Itabaiana. São Cristóvão: UFS, 2016. v. 1. p. 1-1.

36.
FERREIRA, M. M. ; LIMA, A. T. ; SANTOS, A. P. ; SANTOS, R. F. ; MEIADO, M. V. . A proximidade com o caule influencia a produção de inflorescências de Mimosa tenuiflora (Willd.) Poir.?. In: IV Semana da Biologia de Itabaiana, 2016, Itabaiana. IV Semana da Biologia de Itabaiana. São Cristóvão: UFS, 2016. v. 1. p. 1-1.

37.
LIMA, A. T.; MEIADO, M. V. . O ecossistema de origem afeta a memória das plântulas de facheiro?. In: 26° Encontro de Iniciação Científica, 2016, Itabaiana. 26° Encontro de Iniciação Científica. Aracaju: UFS, 2016. v. 1. p. 92-92.

38.
SANTOS, C. S. ; LIMA, A. T. ; MEIADO, M. V. . Morfoanatomia de Pilosocereus catingicola (Gürke) Byles & Rowley subsp. salvadorensis (Werderm.) Zappi (Cactaceae) ocorrentes em três ecossistemas do estado de sergipe. In: 66° Congresso Nacional de Botânica - Botânica em Transformação, 2015, Santos. 66° Congresso Nacional de Botânica - Botânica em Transformação, 2015. v. 1. p. 1-1.

39.
LIMA, A. T.; MEIADO, M. V. . O ecossistema de origem afeta a memória das sementes de facheiro?. In: 25° Encontro de Iniciação Científica - EIC, 2015, São Cristóvão. 25° Encontro de Iniciação Científica - EIC, 2015. v. 1. p. 93-93.

40.
MEIADO, M. V. ; LIMA, A. R. ; LIMA, A. T. ; SOUZA, J. P. ; CUNHA, M. C. ; FERREIRA, M. M. ; CACERES, M. E. S. ; MEYER, L. M. N. . Estrategias innovadoras para el aprendizaje de la fisiología vegetal en las escuelas de Brasil. In: XV Congreso Latinoamericano de Fisiología Vegetal, 2014, Mar del Plata. XV Congreso Latinoamericano de Fisiología Vegetal, 2014. v. 1.

41.
LIMA, A. T.; MEIADO, M. V. . Efeito da salinidade na germinação de facheiro [Pilosocereus catingicola (Gürke) Byles & Rowley subsp. salvadorensis (Werderm.) Zappi - Cactaceae]. In: V Workshop de Sementes e Mudas da Caatinga e II Reunião da Rede de Sementes Florestais da Caatinga, 2014, Petrolina. Informativo ABRATES, 2014. v. 24. p. 95-95.

42.
SOUZA, J. P. ; FERREIRA, M. M. ; LIMA, A. T. ; MEIADO, M. V. . Germinação e variação intraespecífica em sementes de facheiro [Pilosocereus catingicola (Gürke) Byles & Rowley subsp. salvadorensis (Werderm.) Zappi - Cactaceae]. In: V Workshop de Sementes e Mudas da Caatinga e II Reunião da Rede de Sementes Florestais da Caatinga, 2014, Petrolina. Informativo ABRATES, 2014. v. 24. p. 96-96.

Apresentações de Trabalho
1.
LIMA, A. T.; SOUZA, F. H. ; RIBEIRO, V. A. . Herbivoria em estratos verticais de Poincianella pyramidalis (Tul.) L. P. Queiroz (Fabaceae). 2018. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

2.
LIMA, A. T.; MEIADO, MARCOS V. . Memória hídrica de sementes para produção de mudas visando reflorestamento da Caatinga. 2018. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

3.
LIMA, A. T.. Memória de Sementes. 2017. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

4.
LIMA, A. T.; MEIADO, M. V. . O ecossistema de origem afeta a memória das plântulas de facheiro?. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

5.
LIMA, A. T.; MEIADO, M. V. . O ecossistema de origem afeta a memória das sementes de facheiro?. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

6.
LIMA, A. T.; MEIADO, M. V. . Efeito da salinidade na germinação de facheiro [Pilosocereus catingicola (Gürke) Byles & Rowley subsp. salvadorensis (Werderm.) Zappi - Cactaceae]. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).


Demais tipos de produção técnica
1.
LIMA, A. T.; MEIADO, M. V. . As sementes da Caatinga apresentam memória hídrica?. 2018. .

2.
LIMA, A. T.; MEIADO, M. V. . Memória de sementes como nova alternativa para restauração de ambientes degradados. 2017. .

3.
LIMA, A. T.; MEIADO, M. V. . Memória de Sementes e Produção de Mudas. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

4.
LIMA, A. T.; MEIADO, M. V. . O ecossistema de origem afeta a memória das plântulas de facheiro?. 2016. (Relatório de pesquisa).

5.
LIMA, A. T.; MEIADO, M. V. . O ecossistema de origem afeta a memória das sementes de facheiro?. 2015. (Relatório de pesquisa).



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
38º ERBOT - Encontro Regional de Botânicos de MG, BA e ES. Como a hidratação descontínua afeta a germinação de sementes de Macroptilium atropurpureum (Sessé & Moc. ex DC.) Urb. (Fabaceae) em condições de déficit hídrico?. 2018. (Congresso).

2.
69º Congresso Nacional de Botânica. Influência da precipitação durante a produção de sementes de Pilosocereus catingicola (Gürke) Byles & Rowley subsp. salvadorensis (Werderm.) Zappi (Cactaceae) submetidas a hidratação descontínua e déficit hídrico. 2018. (Congresso).

3.
II Simpósio do Bioma Caatinga.Memória hídrica de sementes para produção de mudas visando reflorestamento da Caatinga. 2018. (Simpósio).

4.
I Simpósio de Ciências Naturais de Sergipe (I SCIENSE). 2018. (Simpósio).

5.
2º Encontro da Biologia Vegetal.Memória hídrica em plântulas de cacto provenientes de diferentes ecossistemas do nordeste do Brasil. 2017. (Encontro).

6.
35ª Reunião Nordestina de Botânica. Efeitos da hidratação descontínua na germinação de sementes de Senna spectabilis (DC.) H.S. Irwin & Barneby var. excelsa (Schrad.) H.S.Irwin & Barneby submetidas a condições de estresse hídrico. 2017. (Congresso).

7.
26º Encontro de Iniciação Científica - EIC.O ecossistema de origem afeta a memória das plântulas de facheiro?. 2016. (Encontro).

8.
67º Congresso Nacional de Botânica. Hidratação descontínua altera a germinação de sementes sob estresse de duas populações de cacto que ocorrem em diferentes ecossistemas no Nordeste do Brasil. 2016. (Congresso).

9.
IV Semana da Biologia de Itabaiana.Escarificação química como método eficiente para superação da dormência de sementes de Lonchocarpus sericeus (Poir.) Kunth ex DC. (Fabaceae). 2016. (Simpósio).

10.
25º Encontro de Iniciação Científica - EIC.O ecossistema de origem afeta a memória das sementes de facheiro?. 2015. (Encontro).

11.
V Workshop de Sementes e Mudas da Caatinga e II Reunião da Rede de Sementes Florestais da Caatinga. Efeito da salinidade na germinação de facheiro [Pilosocereus catingicola (Gürke) Byles & Rowley subsp. salvadorensis (Werderm.) Zappi - Cactaceae]. 2014. (Congresso).

12.
III Semana Científica de Ciências Biológicas em Itabaiana (III SEBITA). 2013. (Encontro).

13.
I Simpósio Biologia Sem Fronteiras. 2013. (Simpósio).

14.
Oficina de Sustentabilidade - I Semana Acadêmico-Culural da UFS. 2013. (Oficina).

15.
IV Semana UFS Ambiental e IV Seminário "Educação e Sustentabilidade". 2012. (Seminário).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
LIMA, A. T.; SANTOS, L. A. . I Simpósio de Ciências Naturais de Sergipe. 2018. (Congresso).

2.
LIMA, A. T.. Cine Cebola: IV Sebita. 2016. (Exposição).

3.
LIMA, A. T.. 3ª Semana Acadêmico-Cultural da UFS. 2016. (Congresso).

4.
LIMA, A. T.. IV Semana da Biologia de Itabaiana. 2016. (Congresso).



Orientações



Orientações e supervisões concluídas
Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Daianne Maria de Oliveira. O aumento da temperatura reduz a tolerância ao estresse hídrico na germinação de sementes de Pereskia grandifolia Haw. subsp. grandifolia (Cactaceae)?. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Sergipe. Orientador: Ayslan Trindade Lima.

Iniciação científica
1.
Daianne Maria de Oliveira. O aumento da temperatura reduz a tolerância ao estresse hídrico na germinação de sementes de Pereskia grandifolia Haw. subsp. grandifolia (Cactaceae)?. 2018. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Sergipe. Orientador: Ayslan Trindade Lima.




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 12/11/2018 às 16:45:28