Franceli Aparecida da Cruz

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/8872152836221250
  • Última atualização do currículo em 01/10/2018


Bióloga pela Universidade Federal de Lavras. Mestranda em Biologia Celular- ICB/UFMG. Desenvolve pesquisa in vitro a cerca do potencial terapêutico do biofármaco Asparaginase em Leucêmia Linfóide Aguda (LLA) (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Franceli Aparecida da Cruz
Nome em citações bibliográficas
CRUZ, F. A.;F. Aparecida da Cruz;APARECIDA DA CRUZ, F.;DA CRUZ, FRANCELI APARECIDA

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal de Minas Gerais, Instituto de Ciências Biológicas.
Universidade Federal de Minas Gerais/ bloco O3, sala 174
Pampulha
31270901 - Belo Horizonte, MG - Brasil
Telefone: (031) 34092792


Formação acadêmica/titulação


2018
Mestrado em andamento em Biologia Celular.
Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil. Orientador: José Dias Côrrea Junior.
2013 - 2017
Graduação em Ciências Biológicas.
Universidade Federal de Lavras, UFLA, Brasil.
Título: PADRONIZAÇÃO DO ENSAIO COMETA EM MODELOS VEGETAIS.
Orientador: Larissa Fonseca Andrade Vieira.




Atuação Profissional



Universidade Federal de Lavras, UFLA, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - 2017
Vínculo: Integrante, Enquadramento Funcional: Integrante Núcleo de Imunobiologia, Carga horária: 1

Vínculo institucional

2014 - 2017
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista de Iniciação Científica, Carga horária: 12, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Atuação no Laboratório de Citogenética. Ênfase em Prospecção de Efeitos Biológicos de Poluentes Ambientais.



Projetos de pesquisa


2016 - 2017
Alumínio como controle positivo em bioensaios com vegetais superiores visando a prospecção de efeitos biológicos de poluentes ambientais
Descrição: Bioensaios com vegetais são eficientes ferramentas na prospecção de riscos toxicológicos de poluentes ambientais.Um destes poluentes, o alumínio, é um metal pesado com ações tóxicas bastante conhecidas.Ademais, apresenta-se como um bom candidato a controle positivo em testes de fitotoxidade, bem como de cito-genotoxicidade. No entanto, um controle positivo com efeitos tóxicos tanto no desenvolvimento inicial da plântula como no ciclo celular ainda não foi estabelecido.Assim,torna-se necessário avaliar a eficiência de soluções de alumínio como controle positivo nos ensaios macroscópicos (germinação e desenvolvimento inicial da plântula) e microscópicos (análises de alterações no ciclo celular e danos no DNA) aplicados, com a perspectiva de estabelecer um roteiro metodológico eficaz para screenings e diagnósticos de poluentes emergentes no meio ambiente..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.

Integrantes: Franceli Aparecida da Cruz - Integrante / Larissa Fonseca Andrade Vieira - Coordenador / Graciele Lurdes Silveira - Integrante.
2016 - 2017
Padronização do Ensaio Cometa em modelos vegetais
Descrição: Bioensaios utilizando de modelos vegetais são amplamente empregados em testes Toxicologia Ambiental. Dentre eles, Lactuca sativa L. e Allium cepa L. são amplamente utilizados devido à diversas características benéficas.O Ensaio Cometa é o teste mais sensível para determinar o nível de fragmentação do material genético em perfil eletroforético. Destarte, o projeto teve como objetivo determinar o tempo de exposição dos modelos vegetais L. sativa e A. cepa, ao composto citogenotóxico Metil Metano Sulfonato(MMS), para realização do Ensaio Cometa, no qual não tenha ocorrido reparo do DNA e a frequência de danos seja máxima, com intento de padronização do tempo ideal de aplicação deste nos modelos vegetais considerados..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (1) .

Integrantes: Franceli Aparecida da Cruz - Integrante / Larissa Fonseca Andrade Vieira - Coordenador / Graciele Lurdes Silveira - Integrante.
2015 - 2016
Padronização de bioensaios vegetais para estudo de poluição ambiental:uma abordagem citogenética.
Descrição: A poluição ambiental acarreta inúmeras consequências aos seres vivos. Devido à isso, tornam-se necessários estudos em Toxicologia Ambiental, visando à compreensão dos efeitos danosos de poluentes aos organismos. O alumínio é um poluente caracterizado por ser um metal pesado e utilizado como controle positivo em testes de fitotoxicidade e citogentoxicidade. A elaboração de um protocolo de fitotoxicidade e citotoxicidade eficiente, acessível e de baixo custo, mostrou-se necessário,para o emprego em estudos de prospecção da poluição ambiental..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.

Integrantes: Franceli Aparecida da Cruz - Integrante / Larissa Fonseca Andrade Vieira - Coordenador.
2014 - 2015
Padronização de bioensaios vegetais para estudo de poluição ambiental
Descrição: A poluição ambiental acarreta inúmeras consequências aos seres vivos. Devido à isso, tornam-se necessários estudos em Toxicologia Ambiental, visando à compreensão dos efeitos danosos de poluentes aos organismos. O alumínio é um poluente caracterizado por ser um metal pesado, utilizado como controle positivo em testes de fitotoxicidade e citogentoxicidade. Logo propostas de padronização metodológicas e protocolares que permitem realizar o estudo de forma mais rápida, com menor custo e maior confiabilidade são de enorme importância e requeridas para os pesquisadores desta área..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.

Integrantes: Franceli Aparecida da Cruz - Integrante / Larissa Fonseca Andrade Vieira - Coordenador.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Morfologia / Subárea: Citologia e Biologia Celular.
2.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Genética / Subárea: Citogenética.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
DE ASSIS ALVES, THAMMYRES2018DE ASSIS ALVES, THAMMYRES ; FONTES PINHEIRO, PATRÍCIA ; MIRANDA PRAÇA-FONTES, MILENE ; FONSECA ANDRADE-VIEIRA, LARISSA ; BARELO CORRÊA, KELLEN ; DE ASSIS ALVES, THAYLLON ; DA CRUZ, FRANCELI APARECIDA ; LACERDA JÚNIOR, VALDEMAR ; FERREIRA, ADÉSIO ; BASTOS SOARES, TAÍS CRISTINA . Toxicity of thymol, carvacrol and their respective phenoxyacetic acids in Lactuca sativa and Sorghum bicolor. INDUSTRIAL CROPS AND PRODUCTS, v. 114, p. 59-67, 2018.

2.
DE ANDRADE SANTIAGO, J.2017DE ANDRADE SANTIAGO, J. ; DAS GRAÇAS CARDOSO, M. ; APARECIDA DA CRUZ, F. ; PALMIERI, M.J. ; VIEIRA DE SOUZA, R. ; SOARES, L.I. ; DE CAMPOS, J.M.S. ; ANDRADE-VIEIRA, L.F. . Cytogenotoxic effect of essential oil from Backhousia citriodora L. (Myrtaceae) on meristematic cells of Lactuca sativa L.. SOUTH AFRICAN JOURNAL OF BOTANY, v. 112, p. 515-520, 2017.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
CRUZ, F. A.; SALES, L. ; ALVARENGA, D. A. ; OLIVEIRA, R. M. ; FARIA, L. B. . Poluição da água como fator positivo para a abundância do Filo Cyanobacteria. In: XXVIV Ciufla, 2016. XXVIV Congresso de Iniciação Científica da Ufla, 2016.

2.
CRUZ, F. A.; ANDRADE -VIEIRA, L. F. . Efeitos do alumínio no desenvolvimento inicial de plântulas de Lactuca sativa L: um candidato à controle positivo em ensaios de fitotoxicidade. In: XXVIV Ciufla, 2016. XXVIV Congresso de Iniciação Científica da Ufla.

3.
CRUZ, F. A.; ANDRADE -VIEIRA, L. F. . Análise do ciclo celular de Lactuca sativa L. sob efeito de sulfato de alumínio: implicações para estudo de poluição ambiental. In: XXVIII Ciufla, 2015. XXVIII Congresso de Iniciação Científica da UFLA.

Apresentações de Trabalho
1.
CRUZ, F. A.; ANDRADE -VIEIRA, L. F. . Efeitos do alumínio no desenvolvimento inicial de plântulas de Lactuca sativa L.: um candidato à controle positivo em ensaios de fitotoxicidade. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

2.
CRUZ, F. A.; SALES, L. ; ALVARENGA, D. A. ; OLIVEIRA, R. M. ; FARIA, L. B. . Poluição da água como fator positivo para a abundância do Filo Cyanobacteria. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

3.
CRUZ, F. A.; ANDRADE -VIEIRA, L. F. . Análise do ciclo celular de Lactuca sativa L. sob efeito de sulfato de alumínio: implicações para o estudo de poluição ambiental. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
I Ciclo de Palestras em Restauração Florestal. 2017. (Outra).

2.
III UFLA DE PORTAS ABERTAS- Departamento de Biologia. 2017. (Outra).

3.
Interação solo-planta no desastre de Mariana-MG. 2017. (Outra).

4.
Leishmaniose Visceral Canina e a Responsabilidade do Médico Veterinário para Mudança dede Paradigma. 2017. (Outra).

5.
Mesa Redonda sobre Febre Amarela. 2017. (Outra).

6.
Panorama Diabetes: uma abordagem integrada e multifatorial sobre essas novas epidemias mumundiais. 2017. (Outra).

7.
Semana de Biologia Marinha na UFLA. 2017. (Outra).

8.
Treinamento interno-excell básico. 2017. (Outra).

9.
Uso de bactérias- redutoras de sulfato para tratamento de água ácidas de mina. 2017. (Outra).

10.
Café com Ecologia. 2016. (Outra).

11.
Cinema,Bioética e Direito- Uma prova de amor. 2016. (Outra).

12.
Criminalística: aplicações cíveis e criminais. 2016. (Outra).

13.
Dicas para apresentação em público. 2016. (Outra).

14.
Elaboração do currículo Lattes na plataforma CNPQ. 2016. (Outra).

15.
I Congresso Interdisciplinar de Direito Animal. 2016. (Congresso).

16.
II Ciclo de Palestras em Imunobiologia. 2016. (Outra).

17.
II Simpósio Brasileiro de Doenças Negligenciadas. 2016. (Simpósio).

18.
I Simpósio de Suporte Básico de Vida(SBV) da Universidade Federal de Lavras. 2016. (Simpósio).

19.
Simpósio Sul Mineiro de Cardiologia. 2016. (Simpósio).

20.
V Cine Biológica- Ciência e Religião. 2016. (Outra).

21.
XXVIV Congresso de Iniciação Científica da Ufla. Efeitos do Alumínio no desenvolvimento inicial de plântulas de Lactuca sativa L.: um candidato à controle positivo em ensaios de fitotoxicidade. 2016. (Congresso).

22.
XXVIV Congresso de Iniciação Científica da Ufla. Poluição da água como fator positivo para a abundância do Filo Cyanobacteria. 2016. (Congresso).

23.
Treinamento introdutório em Citogenética Vegetal. 2015. (Oficina).

24.
XXVIII Congresso de Iniciação Científica da Ufla. Análise do ciclo celular de Lactuca sativa L. sob efeito de sulfato de alumínio: implicações para estudo de poluição ambiental. 2015. (Congresso).

25.
+ Química. 2014. (Outra).

26.
II Ciclo de Palestras em Microbiologia. 2014. (Outra).

27.
Semana do Biólogo. 2014. (Outra).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
CRUZ, F. A.. Fronteiras da Terapia com células tronco. 2016. (Outro).



Outras informações relevantes


Integrante do Núcleo de Estudos em Imunobiologia (NEIMBIO/UFLA)



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 20/02/2019 às 4:11:48