Roberto Barbosa de Moura

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/3825329609288612
  • Última atualização do currículo em 13/12/2018


Graduando em Direito pelo Centro Universitário Tiradentes - Unit/AL. Representante discente do Colegiado do Curso de Direito da Unit/AL. Membro associado do Instituto Brasileiro de Ciências Criminais - IBCCrim. Participante do Grupo de Estudos Avançados - GEA/Maceió - 2018 - Escolas Penais. Integrante do Projeto de Extensão - Mentoria, desenvolvido pelo Centro Universitário Tiradentes - Unit/AL Foi estagiário da Defensoria Pública do Estado de Alagoas (Set/2016 - Fev/2018) - DPE/AL - 30h/semana, atuando no Núcleo de Causas Atípicas e Núcleo Criminal. Foi membro do Grupo de Pesquisa Biopolítica e Processo Penal (3 anos), orientado pelo Prof. Dr. André Rocha Sampaio (Centro Universitário Tiradentes - Unit/AL). Realizou a pesquisa do Programa Voluntário de Iniciação Científica - PROVIC do Centro Universitário Tiradentes - Unit/AL, desenvolvendo a pesquisa: "Análise das sentenças da 17ª Vara Criminal de Combate ao Crime organizado do Fórum da Capital do Estado de Alagoas no período de 2013 - 2016", sob orientação do Prof. Dr. André Rocha Sampaio. Participou da 2ª Edição (2016) do Laboratório de Ciências Criminais do Instituto Brasileiro de Ciências Criminais - IBCCrim sob a orientação do Prof. Dr. Hugo Leonardo Rodrigues Santos. Áreas de estudo: História Crítica das Ideias Penais, Marxismo, Teoria da dependência, América Latina, Biopolítica, Necropolítica, Processo Penal, Direito Penal, Política Criminal e Criminologia Crítica. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Roberto Barbosa de Moura
Nome em citações bibliográficas
MOURA, R. B.


Formação acadêmica/titulação


2013
Graduação em andamento em Curso de Direito.
CENTRO UNIVERSITÁRIO TIRADENTES, UNIT, Brasil.
2000 - 2009
Ensino Médio (2º grau).
Colégio de São José, CSJ, Brasil.




Formação Complementar


2016 - 2017
Extensão universitária em Laboratório de Ciências Criminais - 2016. (Carga horária: 66h).
Instituto Brasileiro de Ciências Criminais, IBCCRIM, Brasil.


Atuação Profissional



ALNPP ADVOGADOS, ALNPP, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - 2015
Vínculo: Outro (especifique), Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 30, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

04/2015 - 09/2015
Estágios , ALNPP ADVOGADOS, .

Estágio realizado
ALNPP ADVOGADOS.

Advocacia Geral da União, AGU, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - 2016
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 20

Atividades

09/2015 - Atual
Estágios , Advocacia Geral da União, .

Estágio realizado
Advocacia Geral da União.

Banco do Nordeste do Brasil, BNB, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - 2016
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Estagio Profissional, Carga horária: 20


CENTRO UNIVERSITÁRIO TIRADENTES, UNIT, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - 2016
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Estagio Profissional - NPJ, Carga horária: 8
Outras informações
Estágio Profissional no Grupo de Trabalho de Penal e Processo Penal do Núcleo de Práticas Jurídicas - NPJ do Centro Universitário Tiradentes - UNIT/AL, sob orientação do Prof. Dr. André Rocha Sampaio.


Defensoria Pública do Estado de Alagoas, DPE/AL, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - 2018
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Estagio Profissional, Carga horária: 30



Projetos de pesquisa


2017 - 2018
Análise das Sentenças da 17ª Vara Criminal de Combate Ao Crime Organizado Do Fórum Da Capital Do Estado de Alagoas no Período de 2013-2016: Em Busca da Cartografia Molecular dos Microfacismos de Base para Proliferação de Uma Política Criminal Autoritária
Descrição: A pesquisa em tela parte da hipótese de que a 17ª Vara de Combate ao Crime Organizado do Estado de Alagoas possui um cariz autoritário, em uma perspectiva Deleuzeana ? microfascista. Ao partir desta hipótese ao campo no intuito de comprovar ou não na realidade, os pesquisadores utilizaram o instrumental metodológico de análises das sentenças exaradas entre 2013 e 2016 pela 17ª Vara, fazendo uso da técnica de Análise do Conteúdo, bem como de etnografia das audiências de instrução nesta vara. Na análise do conteúdo houve a categorização para produção de banco de dados através de pontos que pudessem emergir um núcleo mais democrático ou autoritário, enquadrando as categorias dentro das partes da sentença seja: relatório, fundamentação ou dispositivo. Por outro lado no tocante à etnografia os pesquisadores observaram de forma não participativa descrever os sujeitos na audiência e as atitudes que os mesmos tomam dentro das audiências. Extrai-se assim que esta pesquisa utilizará multimétodos em sua execução, almejando resultados quantitativos e qualitativos..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Roberto Barbosa de Moura - Integrante / André Rocha Sampaio - Coordenador / Amanda Assis Ferreira - Integrante.


Projetos de extensão


2017 - 2018
Projeto Mentoria
Descrição: O Projeto Mentoria constitui iniciativa institucional do Grupo Tiradentes, desenvolvida no âmbito de seu Programa de Retenção e Relacionamento, objetivando: a) acompanhar os primeiros passos dos alunos; b) estimular a formação de grupos; c) instigar a busca por melhor aproveitamento acadêmico; d) orientar sobre funcionamento da Instituição; e) diminuir o anonimato acadêmico..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (7) / Especialização: (1) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Roberto Barbosa de Moura - Coordenador / Aristóteles Sales da Silva Neto - Integrante / Marcelo Herval Macêdo Ribeiro - Integrante / WALKIRIA PAES DA SILVA - Integrante / JÉSSICA ALICE NEVES ALVES - Integrante / FRANCISCO JOSÉ SARMENTO DE AZEVEDO NETO - Integrante / GABRIELA ALVES DO NASCIMENTO - Integrante / MARTA VIRGINIA MOREIRA BEZERRA - Integrante / SÉRGIO RICARDO PEREIRA ACCIOLY - Integrante.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Direito.
2.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Direito / Subárea: Criminologia.
3.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Direito / Subárea: Direito Público/Especialidade: Direito Penal.
4.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Direito / Subárea: Processo Penal.
5.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Direito / Subárea: História do Direito.
6.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Psicologia / Subárea: ESQUIZOANÁLISE.


Idiomas


Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Inglês
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.
Espanhol
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Pouco.


Prêmios e títulos


2015
3º Colocado pelo melhor Resumo e Apresentação com o trabalho intitulado Cartografia Molecular dos Microfascismos de Base para Proliferação de uma Política Criminal Autoritária na 3ª SEMPESq, Centro Universitário Tiradentes.


Produções



Produção bibliográfica
Capítulos de livros publicados
1.
MOURA, R. B.; FERREIRA, A. A. . MORTOS NOS CÁRCERES DE ALAGOAS ENTRE 2012 E 2015: A DINÂMICA PRISIONAL E A FUNÇÃO DE MORTE NO BIOPODER. In: Renata Luciane Polsaque Young Blood. (Org.). Fenômenos sociais e direito 3. 0ed.Ponta Grossa/PR: Atena Editora, 2018, v. 3, p. 112-133.

2.
MOURA, R. B.; TEIXEIRA, Y. R. . A AUDIÊNCIA DE CUSTÓDIA E O COMBATE À VIOLÊNCIA POLICIAL: OS SUBSTITUTIVOS PENAIS NA ERA DO GRANDE ENCARCERAMENTO, A RESOLUÇÃO DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE ALAGOAS Nº 21/2015 E A POSSÍVEL EFICÁCIA NA REPRESSÃO DA TORTURA POLICIAL EM MACEIÓ/AL.. In: Karoline Mafra Sarmento Bezerra; Mariana Falcão Soares; Jessica Aline Caparica da Silva.. (Org.). Coletânea de artigos direito e interdisciplinaridade.. 1ed.Aracaju/SE: EDUNIT, 2018, v. I, p. 239-263.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
RIBEIRO, Marcelo Herval Macêdo. ; MOURA, R. B. . Ausência de limites para punir e a constitucionalidade da Lei 13.654/18. Boletim de Notícias ConJur, https://www.conjur.com.br, 22 maio 2018.

2.
MOURA, R. B.; RIBEIRO, Marcelo Herval Macêdo. . SE EU FOR, EU AMO VOCES TODOS - UMA ANALISE DO PANORAMA DAS MORTES NO SISTEMA CARCERARIO BRASILEIRO. Empório do Direito, http://emporiododireito.com.br, 22 maio 2018.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
MELO, M. E. V. ; Sampaio, André Rocha ; MOURA, R. B. . O PROCESSO PENAL E SEUS MITOS: UM DESAFIO À DEMOCRATIZAÇÃO DAS GARANTIAS PROCESSUAIS FUNDAMENTAIS. In: IX Seminário Internacional de Direitos Humanos da UFPB. Desafios e perspectivas da democracia na América Latina, 2017, João Pessoa. Anais do IX Seminário Internacional de Direitos Humanos da UFPB. Desafios e perspectivas da democracia na América Latina. João Pessoa: CCTA, 2017. v. IX. p. 963-981.

2.
MOURA, R. B.; FERREIRA, A. A. . MORTOS NOS CÁRCERES DE ALAGOAS ENTRE 2012 E 2015: a relação do sistema penitenciário e o Instituto Médico Legal ? IML na morte dos detentos.. In: II Encontro de Pesquisas Judiciárias da Escola Superior da Magistratura do Estado de Alagoas ? ENPEJUD: Decisão judicial: processo decisório e precedentes: anais [recurso eletrônico]., 2017, Maceió. Decisão judicial: processo decisório e precedentes.. Maceió: FUNDESMAL, 2017. v. 2. p. 594-604.

3.
MOURA, R. B.; MELO, M. E. V. ; CAVALCANTE, F. B. P. . MORTOS NOS CÁRCERES ALAGOANOS DE 2012 ? 2015: ENTRE O DEIXAR MORRER NA JAULA, O ESTADO DE COISAS INCONSTITUCIONAL E A RESPONSABILIDADE OBJETIVA DO ESTADO. In: IX Seminário Internacional de Direitos Humanos da UFPB. Desafios e perspectivas da democracia na América Latina, 2017, João Pessoa. Anais do IX Seminário Internacional de Direitos Humanos da UFPB. Desafios e perspectivas da democracia na América Latina.. João Pessoa: CCTA, 2017. v. 0. p. 981-994.

4.
MOURA, R. B.; FERREIRA, A. A. . MORTOS NOS CÁRCERES DE ALAGOAS ENTRE 2012 E 2015: A DINÂMICA PRISIONAL E A FUNÇÃO DE MORTE NO BIOPODER. In: Sociology of Law, 2017, Canoas - RS. Anais Sociology of Law 2017 [recurso eletrônico]: perspectivas das relações entre direito e sociedade em um sistema global.. Canoas - RS: Unilasalle, 2017. v. 0. p. 2216-2244.

Apresentações de Trabalho
1.
MOURA, R. B.; CAMPION, A. L. R. L. . Direitos Humanos, Visões Políticas e Escolha Ética. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
MOURA, R. B.; SILVA JUNIOR, M. A. ; BARLETTA, G. V. . O Grande Encarceramento em Alagoas e as Vidas Matáveis no Sistema Carcerário entre 2006 e 2017. 2018. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

3.
MOURA, R. B.; RIBEIRO, Marcelo Herval Macêdo. . Refletindo a Academia: o Direito, a Universidade e suas Possibilidades Éticas e Técnicas.. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
MOURA, R. B.. Práticas e Usos das Fontes dos Judiciário: História e Direito.. 2018. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

5.
MOURA, R. B.; EILBERG, D. D. . Corpos e vidas desprezados: do processo de produção de morte no sistema carcerário brasileiro.. 2018. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

6.
MOURA, R. B.; ASSIS, A. F. . Mortos nos Cárceres de Alagoas Entre 2012 e 2015: a dinâmica prisional e o racismo institucional. 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

7.
MOURA, R. B.; VIEIRA, T. L. . AS TEORIAS GLOBALIZANTES COMO INSTRUMENTO PRECÁRIO PARA A SOCIOLOGIA DO CASTIGO: uma crítica necessária aos clássicos ? Vigiar e Punir; Cárcere e Fábrica e Punição e Estrutura Social.. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

8.
VIEIRA, T. L. ; MOURA, R. B. . AS TEORIAS GLOBALIZANTES COMO INSTRUMENTO PRECÁRIO PARA A SOCIOLOGIA DO CASTIGO: uma crítica necessária aos clássicos ? Vigiar e Punir; Cárcere e Fábrica e Punição e Estrutura Social.. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

9.
MOURA, R. B.. Mortos nos Cárceres de Alagoas entre 2012 e 2015: a dinâmica prisional e a tecnologia do racismo em Foucault.. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

10.
MOURA, R. B.; ASSIS, A. F. . MORTOS NOS CÁRCERES DE ALAGOAS ENTRE 2012 E 2015: a relação do sistema penitenciário, Tribunal de Justiça de Alagoas e o Instituto Médico Legal ? IML na morte dos encarcerados.. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

11.
MOURA, R. B.; TEIXEIRA, Y. R. . A AUDIÊNCIA DE CUSTÓDIA E O COMBATE À VIOLÊNCIA POLICIAL: OS SUBSTITUTIVOS PENAIS NA ERA DO GRANDE ENCARCERAMENTO, A RESOLUÇÃO DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE ALAGOAS Nº 21/2015 E A POSSÍVEL EFICÁCIA NA REPRESSÃO DA TORTURA POLICIAL EM MACEIÓ/AL.. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

12.
MOURA, R. B.; FERREIRA, A. A. ; SAMPAIO, A. R. . Análise das Sentenças da 17° Vara Criminal de Combate ao Crime Organizado do Fórum da Capital do Estado de Alagoas - 2013/2016.. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

13.
MOURA, R. B.; TEIXEIRA, Y. R. . Os substitutivos penais na era do grande encarceramento, a resolução do Tribunal de Justiça de Alagoas nº 21/2015 e a possível eficácia na repressão da tortura policial em Maceió/AL.. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

14.
VIEIRA, T. L. ; MOURA, R. B. . As Teoria Globalizantes como Instrumento Precário para a História das Ideias Penais do Castigo: uma crítica necessária aos clássicos - Vigiar e Punir; Cárcere e Fábrica e Punição e Estrutura Social.. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

15.
MOURA, R. B.; SILVA JUNIOR, M. A. . O SABER JURÍDICO-PENAL E AS POLÍTICAS CRIMINAIS AUTORITÁRIAS COMO SUSTENTÁCULO PARA A FORMAÇÃO DO CAPITALISMO. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

16.
MOURA, R. B.; MELO, M. E. V. ; Sampaio, André Rocha . MORTOS NOS CÁRCERES ALAGOANOS DE 2012 ? 2015 O ESTADO DE COISAS INCONSTITUCIONAL E A (IR) RESPONSABILIDADE OBJETIVA DO ESTADO.. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

17.
Sampaio, André Rocha ; MELO, M. E. V. ; Leão, Jessica Alessandra Araujo Ferreira ; MOURA, R. B. ; VIEIRA, T. L. ; FERREIRA, V. E. M. ; HERVAL, M. . Mesa Redonda - Criminologia Cautelar. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

18.
MOURA, R. B.; Sampaio, André Rocha ; SILVA, J. G. ; Leão, Jessica Alessandra Araujo Ferreira . Mini Curso - Biopolítica e Processo Penal - O teatro filosófiico: as influências do pensamento de Marx, Nietzsche e Freud para Foucault. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

19.
SILVA JUNIOR, M. A. ; MOURA, R. B. . CARTOGRAFIA MOLECULAR DOS MIROFASCISMOS DE BASE PARA PROLIFERAÇÃO DE UMA POLÍTICA CRIMINAL AUTORITÁRIA. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
"Os Atletas Profissionais de Futebol no Direito do Trabalho". 2018. (Exposição).

2.
130 anos de Abolição: Reflexões sobre o passado, o presente e o futuro do trabalho escravo no Brasil.. 2018. (Seminário).

3.
24º Seminário Internacional de Ciências Criminais do Instituto Brasileiro de Ciências Criminais. 2018. (Seminário).

4.
CURSO: JUSTICA RESTAURATIVA: CIRCULOS DE CONSTRUCAO DE PAZ. 2018. (Outra).

5.
IBCCrim - Mesa de Estudos e Debates: "Investigação Defensiva". 2018. (Outra).

6.
IBCCrim - Mesas de Estudos e Debates: "16 medidas contra o encarceramento em massa: um debate sobre o sistema penitenciário brasileiro". 2018. (Outra).

7.
IBCCrim - Mesas de Estudos e Debates: Estado de exceção na atualidade: questões políticas e teóricas. 2018. (Outra).

8.
I - Encontro Nordestino de Ciências Criminais.Análise das Sentenças da 17° Vara Criminal de Combate ao Crime Organizado do Fórum da Capital do Estado de Alagoas - 2013/201; os substitutivos penais na era do grande encarceramento, a resolução do Tribunal de Justiça de Alagoas nº 21/2015 e a possível. 2018. (Encontro).

9.
II - Concurso de Júri Simulado - Edição em Homenagem a Raimundo Palmeira.Atuação como Acusação e Defesa no Júri Simulado.. 2018. (Outra).

10.
II Congresso de Pesquisa em Ciências Criminais. O GRANDE ENCARCERAMENTO EM ALAGOAS E AS VIDAS MATÁVEIS NO SISTEMA CARCERÁRIO ENTRE 2006 E 2017. 2018. (Congresso).

11.
VII Seminário Nacional do IBADPP - Processo Penal e Democracia. 2018. (Seminário).

12.
1º Colóquio de Direito e Interdisciplinaridade.A AUDIÊNCIA DE CUSTÓDIA E O COMBATE À VIOLÊNCIA POLICIAL: OS SUBSTITUTIVOS PENAIS NA ERA DO GRANDE ENCARCERAMENTO, A RESOLUÇÃO DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE ALAGOAS Nº 21/2015 E A POSSÍVEL EFICÁCIA NA REPRESSÃO DA TORTURA POLICIAL EM MACEIÓ/AL.. 2017. (Outra).

13.
FOUCAULT, SEXO E VIOLÊNCIA: DEBATES INTERDISCIPLINARES SOBRE A "HISTÓRIA DA SEXUALIDADE". 2017. (Encontro).

14.
IBCCrim - Mesa de Estudos e Debates: As Audiências de Custódia estão funcionando?. 2017. (Outra).

15.
IBCCrim - Mesa de Estudos e Debates: Culpabilidade e Liberdade. 2017. (Outra).

16.
IBCCrim - Mesas de Estudos e Debates: ?Participação social e controle externo no sistema prisional?. 2017. (Outra).

17.
IBCCrim - Mesas de Estudos e Debates: "Acolha, não puna: drogas e internação contra a vontade". 2017. (Outra).

18.
I - Concurso de Júri Simulado - Edição em Homenagem Antonio Aleixo Paes de Albuquerque.Participante como Acusação e Defesa do I Concurso de Júri Simulado.. 2017. (Outra).

19.
II Encontro de Pesquisas Judiciárias.MORTOS NOS CÁRCERES DE ALAGOAS ENTRE 2012 E 2015: a relação do sistema penitenciário, Tribunal de Justiça de Alagoas e o Instituto Médico Legal ? IML na morte dos encarcerados.. 2017. (Encontro).

20.
IV Curso de Métodos e Técnicas em Pesquisa. 2017. (Oficina).

21.
Minicurso: Práticas Judiciárias no Campo Criminal e a Construção de Verdades: um debate em torno da obra de Michel Foucault. 2017. (Outra).

22.
Mutirão de Conciliação, Mediação, Instrução e Julgamento UNIT e 10º JECCC/AL. 2017. (Outra).

23.
Mutirão de Julgamento do Tribunal do Júri. 2017. (Outra).

24.
Seminário de Direito: A teoria do fato jurídico.. 2017. (Seminário).

25.
TRANSHOW: DIZERES SOBRE ARTE, CORPO E GÊNERO. 2017. (Outra).

26.
VII Encontro de Pesquisa Empírica em Direito.Mortos nos Cárceres de Alagoas entre 2012 e 2015: a dinâmica prisional e a tecnologia do racismo em Foucault. 2017. (Encontro).

27.
DEBATE INTERDISCIPLINAR - ASPECTOS JURÍDICOS DA ATUAL CONJUNTURA POLÍTICA E SOCIAL BRASILEIRA. 2016. (Outra).

28.
Em busca das penas perdidas - desentranhando a perda da legitimidade do sistema.Em busca das penas perdidas - desentranhando a perda da legitimidade do sistema. 2016. (Outra).

29.
Mesa Redonda: ETICHS, RACE AND THE DEATH PENALTY. 2016. (Outra).

30.
1ª Semana Damásio de Atualização sobre o Novo Código de Processo CivilCivil. 2015. (Outra).

31.
3ª Semana de Pesquisa - SEMPESq: Pesquisa, Ciência e Tecnologia para superação das desigualdades em Alagoas.. Cartografia Molecular dos Microfascismos de Base para Proliferação de uma Política Criminal Autoritária. 2015. (Exposição).

32.
3ª Semana de Pesquisa - SEMPESq: Pesquisa, Ciência e Tecnologia para superação das desigualdades em Alagoas..Minicurso Biopolítica e Processo Penal. 2015. (Outra).

33.
4º Congresso Internacional de Direito. 2015. (Congresso).

34.
9º Fórum Unit de Serviço Social. 2015. (Outra).

35.
I Congresso Alagoano de Ciências Criminais. 2015. (Congresso).

36.
3º Congresso Internacional de Direito Fits. 2014. (Congresso).

37.
Congresso Nacional de Direito da UNIT - Direito e Desenvolvimento: "o papel da carreiras jurídicas" o p. 2014. (Congresso).

38.
Congresso em Homenagem aos 25 anos da Constituição Federal de 1988 19. 2013. (Congresso).

39.
Seminário Nacional de Serviço Social na Educação. 2012. (Seminário).

40.
Seminário Violência Estrutural no Contexto Alagoano: As políticas sociais em debate. 2012. (Seminário).

41.
XXXIV - Encontro Nacional de Estudantes de Serviço Social. 2012. (Encontro).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
ZAINAGHI, D. S. ; MOURA, F. A. ; AVELINO, A. C. ; MOURA, R. B. ; HERVAL, M. ; ALVES, Jéssica Alice Neves. ; PATRIOTA, M. M. V. ; DA SILVA, Walkiria Paes. . Os Atletas Profissionais de Futebol no Direito do Trabalho. 2018. (Outro).

2.
SANTOS, H. L. R. ; MOURA, R. B. ; SAMPAIO, A. R. . Minicurso: Práticas Judiciárias no Campo Criminal e a Construção de Verdades - um debate em torno da obra de Michel Foucault.. 2017. (Outro).

3.
MOURA, R. B.. Ciclo de Debates: Em Busca das Penas Perdidas: desentranhando a perda de legitimidade do sistema penal.. 2016. (Outro).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 20/01/2019 às 23:27:38