Marcelo Cabreira de Góes

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/9654435220713047
  • Última atualização do currículo em 03/12/2018


Pós-Graduando no Curso de Especialização Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). Formação em Pós-Graduação a nível de Especialização em Engenharia de Segurança do Trabalho pela Faculdade de Ensino Superior Santa Bárbara (2017). Possui graduação em Engenharia Biotecnológica na Universidade Estadual Paulista "Julio de Mesquita Filho" (UNESP) da Faculdade de Ciências e Letras de Assis (2014). Formação em curso Técnico de Segurança do Trabalho pelo Centro Paula Souza ETEC Sales Gomes (2016). Atualmente trabalha no CEREST de Piracicaba onde desenvolve trabalhos de fiscalização no ambiente de trabalho de modo a investigar as causas de Acidentes de Trabalho e Doenças Ocupacionais, bem como realiza a intervenção em ambientes de trabalho ao implantar medidas de caráter prevencionista aos Riscos Ocupacionais. Possui experiência na área de Higiene Ocupacional, pois trabalhou como Assistente Técnico em Segurança do Trabalho em Perícias Judiciais Trabalhistas e Previdenciárias nas regiões de Tatuí/SP e Itapetininga/SP. Trabalhou também como estagiário no Laboratório de Biotecnologia Industrial (LABI) onde desenvolveu estudos teóricos e práticos em Microbiologia Aplicada e Bioquímica. Possui experiência na área de Educação atuando como professor de Física, Química e Biologia no Curso Pré-Vestibular Primeira Opção. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Marcelo Cabreira de Góes
Nome em citações bibliográficas
GÓES, M. C.

Endereço


Endereço Profissional
Prefeitura Municipal de Piracicaba, Centro de Referência em Saúde do Trabalhador de Piracicaba.
Rua do Trabalho
Vila Independência
13418220 - Piracicaba, SP - Brasil
Telefone: (19) 34377800
Ramal: 4
URL da Homepage: http://www.cerest.piracicaba.sp.gov.br/site/


Formação acadêmica/titulação


2018
Especialização em andamento em Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana. (Carga Horária: 476h).
Fundação Oswaldo Cruz, FIOCRUZ, Brasil.
2015 - 2017
Especialização em Engenharia de Segurança do Trabalho. (Carga Horária: 700h).
Faculdade Santa Bárbara, FAESB/AEJC, Brasil.
Título: Estudo de Caso: Análise da exposição de trabalhadores ao calor em indústrias cerâmicas.
Orientador: João Cândido Fernandes.
2009 - 2014
Graduação em Engenharia Biotecnológica.
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
Título: Produção de celulases e biomassa a partir do cultivo de leveduras em bagaço de cana-de-açúcar in natura e previamente hidrolisado com ácido sulfúrico.
Orientador: Pedro de Oliva Neto.
2015 - 2016
Curso técnico/profissionalizante em Técnico de Segurança do Trabalho.
Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza, CEETEPS, Brasil.




Formação Complementar


2018 - 2018
Segurança Química para Agentes Estratégicos. (Carga horária: 16h).
Fundação Jorge Duprat Figueiredo de Segurança e Medicina do Trabalho, FUNDACENTRO, Brasil.
2017 - 2017
Higiene Ocupacional. (Carga horária: 50h).
Programa de Extensão da Revista Proteção, PERP, Brasil.
2016 - 2016
Vibração Ocupacional. (Carga horária: 16h).
Programa de Extensão da Revista Proteção, PERP, Brasil.
2014 - 2014
Diagnóstico Microbiológico de Doenças Infecciosas. (Carga horária: 4h).
Universidade Estadual de Londrina, UEL, Brasil.
2011 - 2011
Escrita Científica. (Carga horária: 4h).
Universidade Estadual de Londrina, UEL, Brasil.
2011 - 2011
Fundamentos Genética Molecular de Microorganismos. (Carga horária: 10h).
Universidade Estadual de Londrina, UEL, Brasil.
2011 - 2011
Genética Toxicológica. (Carga horária: 10h).
Universidade Estadual de Londrina, UEL, Brasil.
2011 - 2011
Biopolímeros Microbianos. (Carga horária: 4h).
Universidade Estadual de Londrina, UEL, Brasil.
2010 - 2010
Primeiros Socorros. (Carga horária: 3h).
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
2010 - 2010
Células-Tronco e Terapia Celular. (Carga horária: 3h).
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
2009 - 2009
Extração de células-tronco de camundongos. (Carga horária: 4h).
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - 2014
Vínculo: Estágio, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 25
Outras informações
Estagiário no Laboratório de Biotecnologia Industrial e Microbiologia, sob orientação do Prof. Dr. Pedro de Oliva Neto

Vínculo institucional

2011 - 2013
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Graduando, Carga horária: 8
Outras informações
Projeto coordenado pela Pró-Reitoria de Extensão Universitária (PROEX)

Atividades

02/2012 - 02/2014
Estágios , Faculdade de Ciências e Letras de Assis, .

Estágio realizado
Iniciação Científica - Laboratório de Biotecnologia Industrial.
01/2011 - 12/2013
Extensão universitária , Faculdade de Ciências e Letras de Assis, .

Atividade de extensão realizada
Professor de Física, Química e Biologia no Cursinho Pré-Vestibular Primeira Opção.

Prefeitura Municipal de Piracicaba, PMP, Brasil.
Vínculo institucional

2018 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Técnico de Segurança do Trabalho, Carga horária: 40



Projetos de pesquisa


2012 - 2014
Produção de celulases e biomassa mediante o cultivo de leveduras em bagaço de cana-de-açúcar submetido a diversos pré-tratamentos.
Descrição: O alto custo do petróleo e os impactos ambientais causados por ele têm levado diversos países a desenvolverem novas tecnologias objetivando diminuir sua dependência a essa energia fóssil, como também garantir o desenvolvimento sustentável. O etanol é um biocombustível obtido através da fermentação do caldo da cana-de-açúcar seguido do processo de destilação. Sua produção é caracterizada pela geração de resíduos, como o bagaço de cana, os quais são aproveitados na co-geração de energia nas unidades produtoras.Contudo, deve-se ressaltar que tais resíduos (bagaço de cana), devido a sua versatilidade e baixo custo, podem ser empregados em bioprocessos utilizando micro-organismos visando à produção de substâncias de alto valor agregado, como o etanol celulósico, ácidos orgânicos, enzimas e, principalmente, biomassa para o enriquecimento proteico de ração animal. Observa-se que a degradação da fibra do material lignocelulósico que compõe o bagaço de cana mostra-se como um desafio para o melhor aproveitamento deste, fato que revela a necessidade da realização de pré-tratamentos prévios. Nesse projeto realizou-se a fermentação submersa de nove linhagens de leveduras celulolíticas em diferentes formulações de meios de cultura utilizando como substrato sacarose, soro de leite, bagaço de cana in natura, bagaço de pré-hidrolisado com óxido de cálcio, com hidróxido de sódio e com ácido sulfúrico. O objetivo deste projeto consiste em elaborar um meio de cultura apropriado para o crescimento de leveduras, bem como produzir celulases e biomassa microbiana.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Marcelo Cabreira de Góes - Integrante / Pedro Henrique de Oliveira Ornela - Integrante / Henrique Kiyoshi Oshiquiri - Integrante / Rômulo Miiller Pereira - Integrante / Thaís Yumi Shinya - Integrante / Pedro de Oliva Neto - Coordenador.


Projetos de extensão


2011 - 2013
Cursinho Pré-Vestibular Primeira Opção
Descrição: O Projeto Cursinho Pré-Vestibular Primeira Opção da Faculdade de Ciências e Letras de Assis está alicerçado nos seguintes objetivos principais: 1º) proporcionar a inclusão de jovens de baixa renda no ensino superior, priorizando-se o acesso às universidades públicas; 2º) permitir à comunidade externa ocupar o espaço da Universidade, atendendo-se, dessa maneira, as metas da Extensão Universitária; 3º) preparar os alunos dos cursos de graduação para o exercício da docência e da gestão escolar, colocando-os em contato com a realidade das questões políticas e sociais que envolvem a educação no Brasil; 4º) tornar-se um contexto favorável ao desenvolvimento de pesquisas na área de educação de jovens e adultos e cursinhos populares. Esses objetivos fundamentam-se em uma proposta de reflexão e crítica social sobre a condição contraditória que envolve os cursinhos populares, a saber, ter de preparar para o vestibular e ao mesmo tempo propor uma visão crítica do conhecimento e das instituições, em especial à universitária.
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (20) .
Integrantes: Marcelo Cabreira de Góes - Integrante / Karin Adriane Henschel Pobbe Ramos - Coordenador.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Sanitária / Subárea: Engenharia de Segurança do Trabalho.
2.
Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Sanitária / Subárea: Higiene Ocupacional.
3.
Grande área: Engenharias / Área: Engenharia de Produção / Subárea: Ergonomia.
4.
Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Química / Subárea: Biotecnologia.
5.
Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Química / Subárea: Microbiologia Aplicada.
6.
Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Química / Subárea: Bioquímica e Enzimologia.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Alemão
Compreende Pouco, Fala Pouco, Lê Pouco, Escreve Pouco.


Produções



Produção bibliográfica
Apresentações de Trabalho
1.
SHINYA, T. Y. ; OSHIQUIRI, H. K. ; ORNELA, P. H. O. ; GÓES, M. C. ; OLIVA NETO, P. . Avaliação da produção de celulases por leveduras em meio contendo bagaço de cana in natura ou pré-tratado. 2015. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

2.
GÓES, M. C.; MATSUDA, E. Y. H. ; ORNELA, P. H. O. ; OSHIQUIRI, H. K. ; CORREA, F. F. B. ; SHINYA, T. Y. ; OLIVA NETO, P. . Cultivo de diversas linhagens de leveduras em diferentes formulações de meio de cultura contendo como substrato bagaço de cana in natura e previamente hidrolisado com H₂SO₄. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

3.
SHINYA, T. Y. ; OLIVA NETO, P. ; NUÑES, E. G. F. ; MATSUDA, E. Y. H. ; ORNELA, P. H. O. ; GÓES, M. C. ; CORREA, F. F. B. . Cinética de crescimento da levedura 'rosa' em fermentador utilizando bagaço de cana como substrato para produção de enzimas. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

4.
SHINYA, T. Y. ; ORNELA, P. H. O. ; OLIVA NETO, P. ; MATSUDA, E. Y. H. ; GÓES, M. C. ; CORREA, F. F. B. ; OSHIQUIRI, H. K. . Cultivo de leveduras em bagaço de cana-de-açúcar in natura ou pré-tratado quimicamente para produção de enzimas. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

5.
GÓES, M. C.; MATSUDA, E. Y. H. ; ORNELA, P. H. O. ; OSHIQUIRI, H. K. ; CORREA, F. F. B. ; SHINYA, T. Y. ; OLIVA NETO, P. . Avaliação da produção de celulases por leveduras cultivadas em bagaço de cana in natura ou tratado com ácido sulfúrico. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Simpósio Internacional de Prevenção de Acidentes com Quedas de Altura. 2018. (Simpósio).

2.
XIII Encontro de Engenharia Biotecnológica e Biociências de Assis.Segurança e Toxicologia Ocupacional. 2016. (Encontro).

3.
I Congresso Paranaense de Microbiologia e Simpósio Sul-Americano de Escherichia coli. Avaliação da produção de celulases por leveduras cultivadas em em bagaço de cana in natura ou tratado com ácido sulfúrico. 2014. (Congresso).

4.
I Congresso Paranaense de Microbiologia e Simpósio Sul-Americano de Escherichia coli. Cultivo de diversas linhagens de leveduras em diferentes formulações de meio de cultura contendo como substrato bagaço de cana in natura e previamente hidrolisado com H₂SO₄. 2014. (Congresso).

5.
7º Genética nas Férias. 2011. (Encontro).

6.
Da Planta Medicinal ao Medicamento. 2011. (Outra).

7.
Estratégia e Liderança: Como ser um empreendedor de sucesso. 2011. (Outra).

8.
I Ciclo de Debates Biológicos: Bioética em Foco. 2011. (Outra).

9.
III Encontro de Empreendedorismo em Biotecnologia. 2011. (Encontro).

10.
I Simpósio de Bioquímica e Biotecnologia da Universidade Estadual de Londrina. 2011. (Simpósio).

11.
Processos Seletivos de Emprego e Programas de Trainee. 2011. (Outra).

12.
II Four Biotec - Quatro dias pela Biotecnologia. 2010. (Encontro).

13.
X Encontro de Engenharia Biotecnológica e Biociências de Assis. 2010. (Encontro).

14.
Curso Teórico-Prático sobre Células-Tronco e Terapia Celular. 2009. (Oficina).

15.
II Encontro de Empreendedorismo em Biotecnologia. 2009. (Encontro).



Outras informações relevantes


Cambridge ESOL Entry Level Certificate in ESOL International - Preliminary English Test (2012)



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 17/01/2019 às 21:10:23