Lilia Rose Ferreira

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/1444297507948141
  • Última atualização do currículo em 22/09/2018


Acadêmica em História pela Universidade Estadual de Alagoas, membro do Núcleo de Estudos Afro-brasileiros-NEAB-UNEAL e Núcleo de Estudos em Ciências da Religião-NECIR-UFAL. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Lilia Rose Ferreira
Nome em citações bibliográficas
FERREIRA, L. R.


Formação acadêmica/titulação


2018
Mestrado em andamento em História Social da Cultura Regional.
Universidade Federal Rural de Pernambuco, UFRPE, Brasil.
Título: ENTRE BATUQUES E FEITIÇARIAS: DINÂMICAS SÓCIO-RELIGIOSAS E EXPERIÊNCIAS NEGRAS NA FORMAÇÃO REPUBLICANA (MACEIÓ, AL-1889-1900),Orientador: Maria Emilia Vasconcelos dos Santos.
2014 - 2018
Graduação em História.
Universidade Estadual de Alagoas, UNEAL, Brasil.
Título: ABAÇA DÃN ORUM: HISTÓRIA E FORMAÇÃO IDENTITÁRIA DA MULHER NO CANDOMBLÉ DE NAÇÃO ANGOLA NA CIDADE DE ARAPIRACA.
Orientador: Clébio Correia de Araújo.
2013 - 2014
Ensino Médio (2º grau).
Escola Estadual Deputado Gilvan Barros, EEDGB, Brasil.




Formação Complementar


2014
Estagiaria do Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros.
Universidade Estadual de Alagoas, UNEAL, Brasil.
2017 - 2017
VIII Encontro de Pesquisa em Educação de Alagoas. (Carga horária: 30h).
Universidade Federal de Alagoas, UFAL, Brasil.
2017 - 2017
II Seminário Institucional PIBID/ UNEAL. (Carga horária: 4h).
Universidade Estadual de Alagoas, UNEAL, Brasil.
2017 - 2017
Leitura e Produção de texo.. (Carga horária: 40h).
Universidade Estadual de Alagoas, UNEAL, Brasil.
2017 - 2017
III SEMINÁRIO INSTITUCIONAL PIBID / UNEAL em Arapiraca - AL. (Carga horária: 40h).
Universidade Estadual de Alagoas, UNEAL, Brasil.
2016 - 2016
Pesquisa histórica sobre Alagoas Imperial. (Carga horária: 4h).
Universidade Estadual de Alagoas, UNEAL, Brasil.
2015 - 2015
Extensão universitária em Filosofia do Amor. (Carga horária: 20h).
Universidade Estadual de Alagoas, UNEAL, Brasil.
2015 - 2015
Extensão universitária em Filosofia Medieval. (Carga horária: 25h).
Universidade Estadual de Alagoas, UNEAL, Brasil.
2015 - 2015
Feminismo,s: debates e desafios. (Carga horária: 4h).
Universidade Federal de Alagoas, UFAL, Brasil.
2014 - 2014
Extensão universitária em Jurista Popular. (Carga horária: 40h).
Universidade Estadual de Alagoas, UNEAL, Brasil.
2014 - 2014
Programa de Diagnóstico e Prospecção Arqueológica. (Carga horária: 40h).
ARARQ Consultoria, ARARQ, Brasil.
2014 - 2014
Mesa Redonda Conjuntura Política Brasileira e Feminismo Classista.. (Carga horária: 4h).
Universidade Estadual de Alagoas, UNEAL, Brasil.
2014 - 2014
Diagnóstico e Prospecção Arqueológica. (Carga horária: 40h).
ARARQ Consultoria, ARARQ, Brasil.
2014 - 2014
Analise e Processamento de Artefatos. (Carga horária: 40h).
ARARQ Consultoria, ARARQ, Brasil.
2014 - 2014
I Encontro de Pesquisa e Pós-graduação. (Carga horária: 40h).
Universidade Estadual de Alagoas, UNEAL, Brasil.
2014 - 2014
Programa de Prospecção e Acompanhamento Aqueológic. (Carga horária: 40h).
ARARQ Consultoria, ARARQ, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Estadual de Alagoas, UNEAL, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - Atual
Vínculo: Estudante, Enquadramento Funcional: Núcleo de estudo, Carga horária: 20
Outras informações
Membro do Nucleo De Estudos Afro-brasileiros -NEAB



Projetos de pesquisa


2015 - 2015
Inventário Sócio-Cultural das Comunidades Religiosas de Matriz Africana do Município de Arapiraca-
Descrição: Projeto desenvolvido junto a comunidades de terreiros de candomblé da cidade de arapiraca, objetivando realizar um levantamento sócio-cultural das mesmas..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Lilia Rose Ferreira - Integrante / Clébio Correia de Araújo - Coordenador.


Outros Projetos


2017 - Atual
Programa Institucional de Iniciação à Docência ? PIBID
Descrição: O PIBID é um programa que tem por finalidade fomentar a iniciação a docência, contribuindo para o aperfeiçoamento da formação de docentes em nível superior e para a melhoria da qualidade da educação básica pública brasileira.
Situação: Em andamento; Natureza: Outra.
Alunos envolvidos: Graduação: (10) / Especialização: (5) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Lilia Rose Ferreira - Integrante / ALICE VIRGINIA BRITO DE OLIVEIRA - Coordenador / JOSÉ CARLOS PESSÔA DE MELLO - Integrante.


Idiomas


Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.


Produções



Produção bibliográfica
Textos em jornais de notícias/revistas
1.
FERREIRA, L. R.. A AMBIGUIDADE DA CONDIÇÃO DA MULHER IDOSA DOS TERREIROS DE CANDOMBLÉ ALAGOANO.. REVEXT- Revista de Extensão da Universidade Estadual de Alagoas, Arapitaca-AL, p. 1 - 14, 20 fev. 2018.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
FERREIRA, L. R.. O Feminino no Candomblé: Implicações acerca de uma comunidade Nagô-Xambá na cidade de Arapiraca. In: 2º ENCONTRO E 1º JORNADA CIENTÍFICA DE COMUNIDADES QUILOMBOLAS E POVOS TRADICIONAIS DE TERREIROS, 2016, Delmiro Gouve. 2º ENCONTRO E 1º JORNADA CIENTÍFICA DE COMUNIDADES QUILOMBOLAS E POVOS TRADICIONAIS DE TERREIROS, 2016. v. 1.

2.
FERREIRA, L. R.; DONATO, I. K. B. . A AMBIGUIDADE DA CONDIÇÃO DA MULHER IDOSA DOS TERREIROS DE CANDOMBLÉ ALAGOANO. In: III Encontro Nacional de História do Sertão, 2015, Delmiro Gouveira. Anais II Encontro Nacional de História do Sertão (ENHS) Delmiro Gouveia, 2015. v. II.

3.
FERREIRA, L. R.. A ambiguidade da Condição da Mulher Idosa dos erreiros de Candomblé Alagoano. In: Encontro Nacional de História do Serão, 2015, Delmiro Gouveia. A ambiguidade da Condição da Mulher Idosa dos erreiros de Candomblé Alagoano, 2015. v. 2.

Apresentações de Trabalho
1.
FERREIRA, L. R.. Identidade feminina no Candomblé:análise de um terreiro matrilinear de nação Angola na cidade de Arapiraca.. 2017. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

2.
FERREIRA, L. R.. Lei da mordaça: infâncias roubadas, confrontos e a esperança de uma. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
I Congresso de Pesquisadores(as) Negros(as) do Nordeste. 2017. (Congresso).

2.
Seminário Alagoas 200 Anos: História, Trabalho e Poder. 2017. (Seminário).

3.
II Seminário de Igualdade de Gênero e Diversidade Sexual.Gênero e sexualidade: Reflexões sobre as mordaças impostas pelo viés da Lei e da Sociedade.. 2016. (Seminário).

4.
Viver Bem Uneal.1° Roda de Diálogo sobre o Empoderamento Feminino. 2016. (Outra).

5.
Viver Bem Uneal.1° Roda de Diálogo sobre o Empoderamento Feminino. 2016. (Outra).

6.
3° Conferência Municipal de Políticas para as Mulheres. 2015. (Congresso).

7.
II Encontro Nacional de História do Sertão. 2015. (Encontro).

8.
I Projeto As Identidades De Resistência.Identidade Negra no Brasil e Relações de Gênero. 2015. (Outra).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
FERREIRA, L. R.. 3° Enconro e 2° Jornada Científica de Comunidades Quilombolas e Povos Tradicionais de Terrreiro. 2017. (Congresso).

2.
FERREIRA, L. R.. 2° Encontro e 1° jornada científica de Comunidades Quilombolas e Povos Tradicionais de Terreiro de Alagoas. 2016. (Congresso).

3.
ARAÚJO, Clébio Correia de ; FERREIRA, L. R. . XI Seminário Negritude e Resistência.. 2016. (Outro).

4.
FERREIRA, L. R.. Semana de História da UNEAL. 2015. (Outro).

5.
ARAÚJO, Clébio Correia de ; FERREIRA, L. R. . X Seminário Negritude e Resistência. 2015. (Outro).

6.
FERREIRA, L. R.. IX Seminário Negritude e Resistência. 2014. (Outro).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 10/12/2018 às 21:57:56