Lucas Gomes de Medeiros

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/9546629152993536
  • Última atualização do currículo em 30/07/2018


Graduado em História pela Universidade Estadual da Paraíba (UEPB). Foi membro do Programa de Extensão ?Tod@s Junt@s Somos Fortes?: Somando saberes e esforços pelo enfrentamento ao racismo, violência contra a mulher e LGBTTIs fobias no compartimento da Borborema-PB?, desenvolvido entre os anos de 2014/2015 (PROEXT/MEC/UEPB). Desenvolve pesquisas com enfoque nas interconexões dos marcadores sociais da diferença (gênero, sexualidade, raça, território etc.) na composição de abjeções que marcam LGBTTIs e comunidades de tradição afro-ameríndias. Integrante do NINETS (Núcleo de Investigações e Intervenções em Tecnologias Sociais). (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Lucas Gomes de Medeiros
Nome em citações bibliográficas
MEDEIROS, L. G.;MEDEIROS, LUCAS GOMES DE


Formação acadêmica/titulação


2014 - 2018
Graduação em História.
Universidade Estadual da Paraíba, UEPB, Brasil.
Título: MARCADORES DA DIFERENÇA E EXPERIÊNCIAS DE ABJEÇÃO NAS TRADIÇÕES AFRO-AMERÍNDIAS DE CAMPINA GRANDE ? PB.
Orientador: Jussara Carneiro Costa.
2012 interrompida
Graduação interrompida em 2013 em História.
Universidade Federal da Paraíba, UFPB, Brasil.
Ano de interrupção: 2013
2009 - 2011
Ensino Médio (2º grau).
Escola Agrotécnica do Cajueiro (UEPB), EAC, Brasil.




Formação Complementar


2016 - 2016
Extensão universitária em Saberes Regionais, História Local e Memória. (Carga horária: 50h).
Universidade Estadual da Paraíba, UEPB, Brasil.
2016 - 2016
Extensão universitária em Gênero, Educação e Memória. (Carga horária: 4h).
Universidade Estadual da Paraíba, UEPB, Brasil.
2016 - 2016
Extensão universitária em A Escrita Biográfica e o Ensino de HIstória. (Carga horária: 4h).
Universidade Estadual da Paraíba, UEPB, Brasil.
2014 - 2014
Pré-história. (Carga horária: 10h).
Universidade Estadual da Paraíba, UEPB, Brasil.
2013 - 2014
Extensão universitária em Formação de Gestores Culturais da Paraíba. (Carga horária: 200h).
Secretaria de Estado da Cultura (PB), SECULT, Brasil.
2013 - 2013
Gestão Cultural - Conceitos Básicos. (Carga horária: 40h).
Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial, SENAC, Brasil.
2013 - 2013
Elaboração e Gestão de Projetos Culturais I. (Carga horária: 20h).
Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial, SENAC, Brasil.
2012 - 2012
Extensão universitária em Noções Básicas de Paleografia. (Carga horária: 60h).
Universidade Federal da Paraíba, UFPB, Brasil.
2011 - 2011
Curso em Administração e Recursos Humanos. (Carga horária: 720h).
Projeto Social Qualifica Brasil, PSQB, Brasil.
2011 - 2011
Curso de Vendas e Atendimento ao Cliente. (Carga horária: 5h).
Projeto Social Qualifica Brasil, PSQB, Brasil.
2011 - 2011
Atendimento, Telemarketing e Técnicas de Venda. (Carga horária: 20h).
Instituto Oráculo, INTOR, Brasil.
2009 - 2011
Curso Técnico em Agropecuária. (Carga horária: 3569h).
Escola Agrotécnica do Cajueiro (UEPB), EAC, Brasil.
2010 - 2010
Informática Básica. (Carga horária: 140h).
Acordes Informática/ Compuway Informática, AI/CI, Brasil.
2010 - 2010
O novo acordo ortográfico. (Carga horária: 3h).
Colégio Técnico Dom Vital, CTDV, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Estadual da Paraíba, UEPB, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional:


Escola Agrotécnica do Cajueiro (UEPB), EAC, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - 2011
Vínculo: , Enquadramento Funcional:



Projetos de pesquisa


2016 - 2017
QUERO VER O QUE A JUREMA TEM, QUERO VER O QUE A JUREMA DÁ: MEMÓRIA PARA A RESISTÊNCIA NA ARTE SE FAZER MESTRA NA TRADIÇÃO DA JUREMA SAGRADA
Descrição: proposta coloca-se como desdobramento de pesquisa iniciada no âmbito do PIBIC 2015-2016, que, por sua vez se encontra, vinculada ao Programa de extensão "TODO@S JUNT@S SOMOS FORTES: somando saberes e esforços pelo enfrentamento ao racismo, violência contra a mulher e LGBTTIs no compartimento da Borborema-PB?, iniciado em 2014 mediante convenio celebrado entre MEC/Sisu/PROEXT e UEPB. No âmbito do PIBIC 2016-2017 nos dispusemos a investigar como marcadores sociais identitários de gênero, raça, sexualidade reverberam na organização de grupos como rezadeiras, comunidades de terreiro e coletivos lésbicos localizados em Campina Grande. Também buscamos identificar como tais espaços promovem a reapropriação desses marcadores na produção de uma resistência coletiva. Foi assim que apuramos ser a Jurema Sagrada um lócus no qual se acalenta e fomenta à resistência para enfrentar adversidades que advêm da localização social associada à marcação da diferença. Por essa razão consideramos importante investigar como a Jurema Sagrada, tomada como um saber que promove, a partir de uma forma especifica de apropriação do local, um conjunto de técnicas para nele resistir, é apropriada por mulheres mestras juremeiras para manter uma subjetividade ativa. A pesquisa abrangeu ate agora terreiros que cultuam a Jurema Sagrada no município de Campina Grande e são dirigidos por Mestras. Nesse periodo, a menção recorrente a cidade de Alhandra-PB, a mestres e mestras que aí ?desencarnaram? mos finais do século XIX e início do XX (Maria do Acais, Zezinho do Acais, Mestre Carlos e outros) e atuam nos terreiros de campina auxiliando nas práticas de cura; abertura de caminhos por meio de orientações e conselhos.Outra referencia constante é feita a Mata do Catucá, em Abreu e Lima-PE, e seus mestres. A recorrente menção a tais espaços, seus mestres e mestras, aponta o hibridismo como traço marcante das praticas aí transcorridas. Por essa razão, para o PIBIC 2017-2018 propomos o deslocamento da analise para esses espaços: o sítio do Acais em Alhandra-PB e a Mata do Catucá em Abreu e Lima-PE, a fim de identificar a influência que exercem na conformação da Jurema Sagrada e como aí se delineiam as trajetórias e memórias das mestras juremeiras. Por estarmos tratando de estamos tratando de tradições cujas práticas e ensinamentos são transmitidos oralmente, piorizaremos narrativa oral como meio para ter acesso as tessituras das memórias, articulada a estratégias que nos permitam chegar aos elementos contextuais, históricos, culturais que sustentam as interações sociais que importam para análise..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Lucas Gomes de Medeiros - Integrante / Jussara Carneiro Costa - Coordenador.
2015 - 2016
O QUE MARCA A DIFERENÇA TAMBÉM FAZ A RESISTÊNCIA: INTERCONEXÕES DE RAÇA, GÊNERO, SEXUALIDADE E GERAÇÃO NO AGRESTE E CARIRI PARAIBANO
Descrição: Desenvolvida no âmbito do PIBIC 2015-2016 tem como objetivo analisar como marcadores sociais identitários de gênero,raça, sexualidade se coadunam na produção de experiências vivenciadas em grupos de rezadeiras, comunidades de terreiro, lésbicas localizados no município de Campina Grande e entorno. Integrando o conjunto articulado de três projetos, visa dar conta de como tais dinâmicas são acomodadas na trajetória trajetória das lesbicas que residem em Campina Grande ? PB, a partir das seguintes investigações: ALÉM DE MACUMBEIRO É BICHA?: marcadores de gênero, raça e sexualidade nas tradições afro-ameríndias de Campina Grande, Paraíba. Lucas Gomes de Medeiros (História/PIBIC/CNPq/UEPB 2015-2016) O GÊNERO DA RESISTÊNCIA NAS REZADEIRAS DE BOA VISTA, PARAÍBA. Rebeca Araújo de Souza (Serviço Social/ PIBIC/CNPq/UEPB 2015-2016) SER "SAPATÃO" POR AQUI NÃO É MOLE NÃO: MARCADORES DA DIFERENÇA NA TRAJETÓRIA DE LÉSBICAS DE CAMPINA GRANDE, PARAÍBA. Rafaella Porfirio (PIBIC/CNPq/UEPB 2015-2016)..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Lucas Gomes de Medeiros - Integrante / Jussara Carneiro Costa - Coordenador / Rebeca Araujo Souza - Integrante / Rafaella dos Santos Porfírio - Integrante.
2010 - 2011
Programa de Iniciação Científica Júnior do Estado da Paraíba
Descrição: O projeto de iniciação científica júnior, desenvolvido na Escola Agrotécnica do Cajueiro em Catolé do Rocha, PB sob coordenação da professora Francineide Pereira, tinha como objetivo mapear e analisar a comunidade quilombola "Lagoa Rasa", na mesma localidade, no que concerne ao seu modo de vida, produção agropecuária etc..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Lucas Gomes de Medeiros - Coordenador / Francineide Pereira - Integrante.


Projetos de extensão


2014 - 2015
Todxs Juntxs Somos Fortes
Descrição: O projeto de extensão universitária coordenado pela professora Dra. Jussara Carneiro Costa (Serviço Social/UEPB), tem como objetivo mapear os espaços e as formas de abjeção, no perímetro da Borborema, sob um recorte epistemológico que considera os marcadores sociais da diferença (gênero, sexualidade, raça, território etc.) em suas interconexões..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (19) / Mestrado acadêmico: (3) / Doutorado: (3) .
Integrantes: Lucas Gomes de Medeiros - Integrante / Jussara Carneiro Costa - Coordenador / Rebeca Araujo Souza - Integrante.


Idiomas


Português
Compreende Razoavelmente, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Espanhol
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.
Inglês
Compreende Pouco, Fala Pouco, Lê Pouco, Escreve Pouco.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
SILVA, VICTOR RAFAEL LIMEIRA DA2016 SILVA, VICTOR RAFAEL LIMEIRA DA ; MEDEIROS, LUCAS GOMES DE . Tales and tears of the countryside memory on funeral rites from the 1930s to the 1960s. REVISTA DE HISTÓRIA DA SOCIEDADE E DA CULTURA, v. 16, p. 497-518, 2016.

2.
COSTA, J. C.2016 COSTA, J. C. ; MEDEIROS, L. G. . Faz diferença como a gente pensa: aspectos da resistência forjada no entrecruzar cosmológico das tradições afroameríndias em Campina Grande, Paraíba. ACENO - REVISTA DE ANTROPOLOGIA DO CENTRO-OESTE, v. 3, p. 228-244, 2016.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
MEDEIROS, LUCAS GOMES DE; COSTA, J. C. ; SOUZA, R. A. . ENTRE O SAGRADO E O SEGREDO: DIÁLOGOS ENTRE AS REZADEIRAS DE BOA VISTA-PB E AS TRADIÇÕES AFRO-AMERÍNDIAS DE CAMPINA GRANDE-PB. In: II SEMANA DE HISTÓRIA & II CICLO DE DEBATES SOBRE HISTÓRIA DO TRABALHO ENSINO, DEMOCRACIA E RESISTÊNCIA, 2017, Guarabira. CADERNO DE PROGRAMAÇÃO E ARTIGOS COMPLETOS II SEMANA DE HISTÓRIA & II CICLO DE DEBATES SOBRE HISTÓRIA DO TRABALHO ENSINO, DEMOCRACIA E RESISTÊNCIA. II EDIÇÃO. Guarabira: CH/UEPB ? Campus III, 2017. v. 1. p. 262-270.

2.
COSTA, J. C. ; MEDEIROS, L. G. ; SOUZA, R. A. ; LIMA, A. S. ; PORFIRIO, R. S. . O QUE MARCA A DIFERENÇA TAMBÉM FAZ A RESISTÊNCIA: INTERCONEXÕES DE RAÇA, GÊNERO, SEXUALIDADE E GERAÇÃO NO AGRESTE E CARIRI PARAIBANO. In: XXIII ENCONTRO DE INICIAÇÃO CIENTIFICA, 2016, Campina Grande. DESAFIOS E PERSPECTIVAS DA INTEGRAÇÃO INICIAÇÃO CIENTÍFICA/GRADUAÇÃO - PÓS GRADUAÇÃO. Campina Grande: UEPB, 2016. v. 01. p. 298-298.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
COSTA, J. C. ; MEDEIROS, L. G. . ?ME DÁ LICENÇA QUE EU TÔ CORTANDO PRA EXU?: MARCAS DA DIFERENÇA E CONSTRUÇÃO DA RESISTÊNCIA NOS ESPAÇOS DE TRADIÇÕES AFRO-AMERÍNDIAS DE CAMPINA GRANDE ? PB. In: VIII CONGRESSO INTERNACIONAL DE ESTUDOS SOBRE A DIVERSIDADE SEXUAL E DE GÊNERO: ABEH E A CONSTRUÇÃO DE UM CAMPO DE PESQUISA E CONHECIMENTO:DESAFIOS E POTENCIALIDADES DE NOS RE-INVENTARMOS, 2017, Juiz de Fora. ANAIS DO VIII CONGRESSO INTERNACIONAL DE ESTUDOS SOBRE A DIVERSIDADE SEXUAL E DE GÊNERO da ABEH. Campina Grande: Realize, 2016. v. 01. p. 1262-1269.

2.
SOUZA, R. A. ; MEDEIROS, LUCAS GOMES DE . Bendita seja a força do segredo: da arte de resistir com o ofício ou do ofício de existir com arte: um olhar para as rezadeiras do cariri paraibano. In: II Seminário Internacional Desfazendo Gênero, 2015, Salvador. Anais do II Seminário Internacional Desfazendo Gênero. Salvador: UFBA, 2015. v. 01. p. 02-05.

3.
MEDEIROS, LUCAS GOMES DE; SOUZA, R. A. . Chuta, duas vezes, que é macumba e de veado. In: II Seminário Internacional Desfazendo Gênero, 2015, Salvador. Anais do II Seminário Internacional Desfazendo Gênero. Salvador: UFBA, 2015. v. 01. p. 02-05.

Apresentações de Trabalho
1.
MEDEIROS, L. G.. Religiões de matriz africana: Umbanda e Candomblé. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Palestras Núcleo Tirésias.Saber local, ciência encantada: a força da Jurema Sagrada para estratégias decoloniais. 2018. (Outra).

2.
CINEMA, COCADA E TAPIOCA: AS NARRATIVAS AUDIO-VISUAIS PARA O DEBATE DAS QUESTÕES ÉTNICO-RACIAIS , AFRICANAS E QUILOMBOLAS. 2017. (Outra).

3.
CINEMA, COCADA E TAPIOCA: AS NARRATIVAS AUDIO-VISUAIS PARA O DEBATE DAS QUESTÕES ÉTNICO-RACIAIS , AFRICANAS E QUILOMBOLAS.Apropriação cultural: Narrativas de si, narrativas do(a) outro(a). 2017. (Outra).

4.
III Seminário Internacional Desfazendo Gênero.Tenda de Vivência Ritualística dos sentidos: Encontro de tradições afro-ameríndias e ciganas. 2017. (Seminário).

5.
II Semana de História & II Ciclo de Debates Sobre História do Trabalho.?Entre o sagrado e o segredo: Diálogos entre as rezadeiras de Boa Vista-PB e as tradições afroameríndias de Campina Grande-PB. 2017. (Outra).

6.
II SEMANA DE HISTÓRIA & II CICLO DE DEBATES SOBRE HISTÓRIA DO TRABALHO ENSINO, DEMOCRACIA E RESISTÊNCIA.ENTRE O SAGRADO E O SEGREDO: DIÁLOGOS ENTRE AS REZADEIRAS DE BOA VISTA-PB E AS TRADIÇÕES AFRO-AMERÍNDIAS DE CAMPINA GRANDE-PB. 2017. (Encontro).

7.
Minicurso Desdobramentos do pensamento nietzschiano: de Bataille a Derrida, o movimento pós-estruturalista em foco. 2017. (Outra).

8.
Sobre os desdobramentos do pensamento nietzschiano: de Bataille a Derrida, o movimento pós-estruturalista em foco. 2017. (Oficina).

9.
XXIV ENIC.QUERO VER O QUE A JUREMA TEM, QUERO VER O QUE A JUREMA DÁ: MEMÓRIA PARA A RESISTÊNCIA NA ARTE SE FAZER MESTRA NA TRADIÇÃO DA JUREMA SAGRADA. 2017. (Encontro).

10.
Conferência Michel de Certeau, analisando a cultura com François Dosse. 2016. (Outra).

11.
Curso de Extensão Diálogos Pertinentes em Educação, Pesquisa e Ativismos.Marcadores sociais da diferença e a construção de resistências nas tradições afro-ameríndias. 2016. (Outra).

12.
Empodere-se, todas temos voz. 2016. (Outra).

13.
Palestra Religiões afro-ameríndias.Religiões de tronco Afro-ameríndios. 2016. (Outra).

14.
Seminário Jovens de Esquerda.Trajetórias, formas de luta e projetos políticos. 2016. (Seminário).

15.
VIII Congresso Internacional de estudos sobre a diversidade sexual e de gênero da Associação Brasileira de Estudos da Homocultura(ABEH),. ?Me dá licença que eu tô cortando pra exu?: marcas da diferença e construção da resistência nos espaços de tradições afroameríndias de Campina Grande ? PB. 2016. (Congresso).

16.
VIII Congresso Internacional de estudos sobre a diversidade sexual e de gênero da Associação Brasileira de Estudos da Homocultura(ABEH),. 2016. (Congresso).

17.
XXIII ENCONTRO DE INICIAÇÃO CIENTIFICA. 2016. (Congresso).

18.
I Fórum de Comunicação e Ativismo - FOCA.Ativismo e Diversidade Sexual. 2015. (Encontro).

19.
II Seminário Internacional Desfazendo Gênero.Chuta, duas vezes, que é macumba e de veado. 2015. (Seminário).

20.
Painel sobre as religiões afro-brasileiras. Religiões de matriz africana: Umbanda e Candomblé. 2015. (Exposição).

21.
Mesa Redonda de Performance - Discussões sobre Performance Contemporânea. 2014. (Outra).

22.
XVI Encontro Estadual de História. 2014. (Encontro).

23.
IV Fórum Municipal de Saúde e Direitos Humanos de LGBT. 2013. (Outra).

24.
Debate: Cotas e Cidadania: um direito seu, um caminho para a justiça social/racial. 2012. (Outra).

25.
III Fórum Municipal de Saúde e Direitos Humanos de LGBT. 2012. (Outra).

26.
II Seminário Videlicet de Ciências e História das Religiões. 2012. (Seminário).

27.
PROAFRO: Programa de Promoção da Igualdade Racial e Valorização da Matriz Cultural Africana no Estado da Paraíba/Nordeste/Brasil. 2012. (Oficina).

28.
I Conferência Municipal de Juventude. 2011. (Outra).

29.
I Encontro de Agroecologia X Economia Solidária. 2011. (Encontro).

30.
II Encontro Estadual dos Técnicos Agrícolas da Paraíba. 2011. (Encontro).

31.
II Fórum Municipal de Saúde e Direitos Humanos de LGBT. 2011. (Outra).

32.
I Mostra Temática de Cinema - Matizes da Sexualidade. 2011. (Outra).

33.
Projeto Pontão de Cultura Multivisualnet da Caatinga. 2011. (Oficina).

34.
VI Semana de Letras - Linguagens e Entrechoques Culturais: Caminhos da Leitura e da Escrita: um Olhar Plural. 2011. (Encontro).

35.
Cineclube Êita. 2010. (Oficina).

36.
Encontro Municipal dos Estudantes de Catolé. 2010. (Encontro).

37.
VIII Seminário de Discussões Temático-Técnicas em Administração de Empresas, Contabilidade e Segurança do Trabalho. 2010. (Seminário).

38.
V Semana Acadêmica de Licenciatura em Ciências Agrárias. 2010. (Encontro).

39.
Cineclube Êita. 2009. (Oficina).

40.
IV Semana Acadêmica de Ciências Agrárias. 2009. (Encontro).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
COSTA, J. C. ; MEDEIROS, L. G. . 3º Seminário Internacional Desfazendo Gênero. 2017. (Congresso).

2.
MEDEIROS, L. G.. II Seminário Videlicet de Ciências e História das Religiões. 2012. (Outro).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 17/10/2018 às 6:46:49