Aline Dias Horas

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/1648176754383445
  • Última atualização do currículo em 12/06/2018


Atua principalmente nos seguintes temas: avaliação nutricional, transição nutricional e saúde infantil. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Aline Dias Horas
Nome em citações bibliográficas
HORAS, A. D.;DIAS HORAS, ALINE


Formação acadêmica/titulação


2013
Graduação em andamento em Ciências Biológicas.
Universidade Estadual do Maranhão, UEMA, Brasil.
2010 - 2012
Ensino Médio (2º grau).
Centro de Ensino Isaura Amorim, CEIA, Brasil.




Formação Complementar


2018 - 2018
Dificuldades de Aprendizagem. (Carga horária: 45h).
Universidade Estadual do Maranhão, UEMA, Brasil.
2015 - 2015
MÉTODOS EXTRATIVOS E ANÁLISE FITOQUÍMICA. (Carga horária: 6h).
Universidade Federal do Maranhão, UFMA, Brasil.
2015 - 2015
Bioestatística. (Carga horária: 45h).
Universidade Estadual do Maranhão, UEMA, Brasil.
2014 - 2014
ECOLOGIA E CONSERVAÇÃO DE AVES SILVESTRES. (Carga horária: 40h).
Universidade Estadual do Maranhão, UEMA, Brasil.
2013 - 2013
TÉCNICAS NO ESTUDO DE BIOLOGIA FLORAL. (Carga horária: 40h).
Universidade Estadual do Maranhão, UEMA, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Estadual do Maranhão, UEMA, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - Atual
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Estudante, Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Projeto de Iniciação Científica na área de Ciências da Saúde com ênfase na epidemiologia.

Atividades

08/2014 - Atual
Extensão universitária , Centro de Estudos Superiores de Imperatriz, .

Atividade de extensão realizada
PROJETO DE EXTENSÃO.


Projetos de pesquisa


2015 - 2016
Anemia ferropriva e estado nutricional de crianças matriculadas em creches da rede municipal de ensino em Imperatriz, Maranhão.
Descrição: A transição nutricional no Brasil apresenta duas situações opostas e de agravamento simultâneo, a obesidade causada pelos excessos alimentares e as anemias carenciais que são caracterizadas pela insuficiência de algum micronutriente. A anemia ferropriva é a mais comum acometendo principalmente mulheres e crianças, considerada um sério problema de saúde pública. O objetivo do projeto é identificar a existência de carência de ferro associada a hábitos alimentares e o estado nutricional de crianças com a faixa etária de 3 a 11 anos matriculadas em Escolas Municipais de Ensino Infantil (EMEI), em Imperatriz, Maranhão. Foram selecionadas três EMEIs, e o projeto foi apresentado ao corpo docente e aos pais dos alunos dessas instituições. Os pais receberam o Termo de Consentimento Livre e Esclarecido (TCLE) para a participação da criança na pesquisa. O exame antropométrico foi realizado na própria escola, e foram tomadas de acordo com as técnicas estabelecidas pela Vigilância Alimentar e Nutricional (SISVAN). Através das curvas de crescimento da criança preconizada pela Organização Mundial de Saúde (OMS) com os padrões para relação de Peso, Altura e IMC por idade, foram obtidos os escores z para a determinação dos índices nutricionais. Utilizou-se um questionário padronizado para coleta dos dados com duas seções: 1) Informações demográficas e 2) Hábitos alimentares. Para determinação dos níveis de hemoglobina (Hb), foram realizadas duas coletas de sangue através de pulsão venosa por um profissional, as amostras coletadas foram analisadas em laboratório. Para o diagnóstico de anemia, adotaram-se os critérios da OMS, considerando anêmica a criança com concentração de Hb inferior a 11,0 g/dL e com anemia grave com o valor inferior a 9,5 g/dL. Os índices hematimétricos como VCM, CHCM e RDW contribuíram para um diagnóstico mais preciso. Foi determinado o estado nutricional de 237 crianças. Nos resultados obtidos observamos a prevalência do índice de estado eutrófico (89,9%) quando avaliado o Peso/idade, porém obtemos valores de risco de obesidade e baixa prevalência de desnutrição. Das 38 crianças que realizaram o teste sanguíneo, somente 3 apresentaram anemia, com os seguintes estados nutricionais: sobrepeso, risco de sobrepeso e peso adequado, indicando que a anemia independe do estado nutricional. Foi encontrado um percentual de 7,9% de prevalência de anemia dentro da população estudada, sendo determinado como anemia leve (de 5 a 19,9%) de acordo com a classificação da OMS..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (6) / Mestrado profissional: (1) / Doutorado: (3) .
Integrantes: Aline Dias Horas - Integrante / Sheila Elke Araújo Nunes - Coordenador / Ray Sousa Alves Miranda - Integrante / JOAQUIM PAULO DE ALMEIDA JÚNIOR - Integrante / Márcia Guelma Santos Belfort - Integrante / Beni Isac Silva Feitosa - Integrante / Verônica Sousa Santos - Integrante / Erica Oliveira Silva dos Santos - Integrante / Dominique Silva Lima - Integrante / Alice Marques Moreira Lima - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa ao Desenvolv. Científico e Tecnológico - MA - Bolsa.


Projetos de extensão


2016 - Atual
Promoção de hábitos de higiene para prevenção de doenças em creches
Descrição: Os centros de educação infantil como as creches com o passar dos anos vêm atendendo uma grande demanda de crianças, e estas têm um risco maior de adquirir infecções. Esse risco se associa com o ambiente e à maior suscetibilidade das crianças devido a hábitos que facilitam a via de disseminação de doenças como levar as mãos e objetos à boca, contato interpessoal, uso de fraldas, imaturidade do sistema imunológico e vacinação incompleta. Objetivo: Conscientizar crianças, professores e demais envolvidos nos cuidados de alunos de creches da importância de bons hábitos de higiene, promovendo oficinas para tratar sobre o tema e a realização de coleta de material bacteriológico das mãos e unhas das crianças para a identificação de agentes causadores de patologias no laboratório. Metodologia: O projeto vem sendo executado em uma creche da rede municipal de Imperatriz, MA, cadastrada no Projeto Saúde e Prevenção nas Escolas (SPE) com alunos de 2 a 4 anos de idade. Durante a preparação das palestras foi realizada pesquisa bibliográfica, com revisão da literatura, em diversas plataformas de dados como LILACS e Bireme. Na execução das oficinas são utilizados data show (para exibir apresentações em Power point e filmes didáticos), teatros de fantoches, brincadeiras lúdicas, músicas e histórias. No laboratório de Ciências da Saúde aonde serão realizadas o cultivo de material bacteriológico, já foram separados os materiais necessários para as coletas de material microbiológico das mãos e unhas das crianças e preparado o meio de cultura utilizando ágar nutriente, Erlenmeyer, balança de precisão, água destilada e micro-ondas..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Aline Dias Horas - Integrante / Sheila Elke Araújo Nunes - Coordenador / Márcia Guelma Santos Belfort - Integrante / Beni Isac Silva Feitosa - Integrante / Dominique Silva Lima - Integrante / Stephanny Ingrid Nunes Pereira - Integrante / Juan Vitor de Lima Sousa - Integrante.Financiador(es): UNIVERSIDADE ESTADUAL DA REGIÃ?O TOCANTINA DO MARANHÃ?O - Bolsa.
2014 - 2015
Saúde na Escola: intervenção educativa com ações de prevenção de DST, HIV e Aids, gravidez na adolescência, imunoprevenção de doenças, uso indevido de drogas e diversidade sexual no espaço escolar em Imperatriz, Maranhão
Descrição: O Projeto Saúde e Prevenção nas Escolas (SPE), é uma das ações do Programa Saúde na Escola (PSE), está alicerçado em uma demanda da população, foi implantado nos 26 estados do Brasil, no Distrito Federal e em aproximadamente 600 municípios, e têm por finalidade contribuir para a formação integral dos estudantes da rede pública de educação básica por meio de ações de prevenção, promoção e atenção à saúde. No município de Imperatriz o Projeto Saúde e Prevenção nas Escolas (SPE) é de responsabilidade da Secretaria Municipal de Educação (SEMED) de Imperatriz, as ações são desenvolvidas em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde (SEMUS) através do Programa Saúde na Escola (PSE). A proposta deste projeto de extensão é a ampliar as ações deste programa, envolvendo os alunos do curso de Licenciatura de Ciências Biológicas em atividades acerca dos temas gravidez na adolescência, hepatites virais, uso de álcool e droga, sexualidade, DST, HIV/AIDS e importância das vacinas destinadas aos adolescentes..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) .
Integrantes: Aline Dias Horas - Integrante / Sheila Elke Araújo Nunes - Coordenador / Veríssima Dilma Nunes Clímaco - Integrante / Antonia Márcia Meireles Ramos - Integrante / Edileuza Alencar - Integrante / Cimei Simone Ribeiro Paixão - Integrante / Keise Adrielle Santos Pereira - Integrante / Ray Sousa Alves Miranda - Integrante / Valdina Aguiar - Integrante.


Idiomas


Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
ADRIELLE SANTOS PEREIRA, KEISE2017ADRIELLE SANTOS PEREIRA, KEISE ; ELKE ARAÚJO NUNES, SHEILA ; SOUSA ALVES MIRANDA, RAY ; DIAS HORAS, ALINE ; PAULO DE ALMEIDA JÚNIOR, JOAQUIM ; MARCIA MEIRELES, ANTONIA ; DOS SANTOS AGUIAR, VALDINA ; GUELMA SANTOS BELFORT, MÁRCIA . Fatores de risco e proteção contra doenças crônicas não transmissíveis entre adolescentes. REVISTA BRASILEIRA EM PROMOÇÃO DA SAÚDE (ONLINE), v. 30, p. 205-212, 2017.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
HORAS, A. D.; FEITOSA, B. I. S. ; NUNES, S. E. A. ; BELFORT, M. G. S. ; SANTOS, V. S. . Estado nutricional e a prevalência de anemia entre pré-escolares pesquisados no município de Imperatriz, Maranhão. In: Congresso Brasileiro de Ciências da Saúde, 2016, Campina Grande. Anais I CONBRACIS, 2016. v. I.

Apresentações de Trabalho
1.
HORAS, A. D.; FEITOSA, B. I. S. ; MIRANDA, R. ; BELFORT, M. G. S. ; JÚNIOR, Joaquim ; NUNES, S. E. A. . Avaliação antropométrica de pré-escolares em Imperatriz, Maranhão. 2016. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

2.
HORAS, A. D.; MIRANDA, R. ; PEREIRA, K. A. S. ; ALENCAR, E. ; RAMOS, A. M. M. ; AGUIAR, V. ; NUNES, S. E. A. . SAÚDE NA ESCOLA: INTERVENÇÃO EDUCATIVA COM AÇÕES DE PREVENÇÃO DE DST, HIV E AIDS, GRAVIDEZ NA ADOLESCÊNCIA E SEXUALIDADE NO ESPAÇO ESCOLAR EM IMPERATRIZ, MARANHÃO. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

3.
PEREIRA, K. A. S. ; ARAUJO, N. ; HORAS, A. D. ; MIRANDA, R. ; JÚNIOR, Joaquim ; NUNES, S. E. A. . FATORES DE RISCO PARA DOENÇAS NÃO TRANSMISSÍVEIS ENTRE ADOLESCENTES DA REDE MUNICIPAL DE ENSINO EM IMPERATRIZ, MARANHÃO. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
10ª PRÉJOEX - Jornada de Extensão. Promoção de hábitos de higiene para prevenção de doenças em creches. 2017. (Exposição).

2.
1ª JORNADA DE EXTENSÃO-UEMASUL. PROMOÇÃO DE HÁBITOS DE HIGIENE PARA A PREVENÇÃO DE DOENÇAS EM CRECHES. 2017. (Exposição).

3.
25ª MOSTRARCE (Mostra Regional de Ciências e Engenharia). Mostra Regional de Ciências e Engenharia. 2017. (Feira).

4.
Áreas de Atuação do Profissional Biólogo e a Nova Grade Curricular do Curso de Ciências Biológicas da Uemasul. 2017. (Outra).

5.
ELEIÇÕES DOS REPRESENTANTES DISCENTES DO CONSELHO UNIVERSITÁRIO E DO CONSELHO ESTRATÉGICO E SOCIAL DA UEMASUL.MEMBRO DA COMISSÃO ELEITORAL. 2017. (Outra).

6.
II SEMINÁRIO DE SAÚDE PÚBLICA DA REGIÃO TOCANTINA. 2017. (Seminário).

7.
II SEMINÁRIO DE SAÚDE PÚBLICA DA REGIÃO TOCANTINA.Promoção de hábitos de higiene para prevenção de doenças em creches. 2017. (Seminário).

8.
I SEMINÁRIO DE PRÁTICA EM PERCEPÇÃO AMBIENTAL. 2017. (Seminário).

9.
II SIMPÓSIO DE BOTÂNICA DA REGIÃO TOCANTINA. 2016. (Simpósio).

10.
I SEMINÁRIO DE SAÚDE PÚBLICA DA REGIÃO TOCANTINA.Avaliação antropométrica de pré-escolares em Imperatriz, Maranhão. 2016. (Seminário).

11.
I SEMINÁRIO DE SAÚDE PÚBLICA DA REGIÃO TOCANTINA. 2016. (Seminário).

12.
IV SIMPÓSIO DE BIOLOGIA ENCONTRO DE BIÓLOGOS DA REGIÃO TOCANTINA. 2016. (Simpósio).

13.
IV SIMPÓSIO DE BIOLOGIA ENCONTRO DE BIÓLOGOS DA REGIÃO TOCANTINA.Anemia ferropriva em pré-escolares de Imperatriz, Maranhão. 2016. (Simpósio).

14.
VII ENCONTRO DO GRUPO BRASILEIRO DE LIQUENÓLOGOS. 2016. (Encontro).

15.
XXVIII SEMINÁRIO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA UEMA.Anemia ferropriva e estado nutricional de crianças matriculadas em creches da rede municipal de ensino em Imperatriz, Maranhão.. 2016. (Seminário).

16.
8º JORNADA DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA - JOEX. SAÚDE NA ESCOLA: INTERVENÇÃO EDUCATIVA COM AÇÕES DE PREVENÇÃO DE DST, HIV E AIDS, GRAVIDEZ NA ADOLESCÊNCIA E SEXUALIDADE NO ESPAÇO ESCOLAR EM IMPERATRIZ, MARANHÃO. 2015. (Exposição).

17.
I CONFERÊNCIA INTERNACIONAL DE SAÚDE AMBIENTAL E EDUCACIONAL. 2015. (Outra).

18.
II CONGRESSO INTERNACIONAL DE ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE. Saúde na escola: Intervenção educativa com ações de prevenção de DST, HIV e AIDS, gravidez na adolescência e sexualidade no espaço escolar em Imperatriz, Maranhão. 2015. (Congresso).

19.
II CONGRESSO INTERNACIONAL DE ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE. 2015. (Congresso).

20.
III SIMPÓSIO DE BIOLOGIA E III ENCONTRO DE BIÓLOGOS DA REGIÃO TOCANTINA. 2015. (Simpósio).

21.
III SIMPÓSIO DE BIOLOGIA E III ENCONTRO DE BIÓLOGOS DA REGIÃO TOCANTINA.Saúde na escola: Intervenção educativa com ações de prevenção de DST, HIV e AIDS, gravidez na adolescência e sexualidade no espaço escolar em Imperatriz, Maranhão. 2015. (Simpósio).

22.
I SIMPÓSIO DE BOTÂNICA DA REGIÃO TOCANTINA. 2015. (Simpósio).

23.
XXVI Mostra de Ciências e Engenharia da Escola Santa Teresinha. Mostra de Ciências e Engenharia da Escola Santa Teresinha. 2015. (Feira).

24.
24ª Mostra Regional de Ciências e Engenharia. Mostra Regional de Ciências e Engenharia. 2014. (Feira).

25.
FÓRUM PERMANENTE DO PLANO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE IMPERATRIZ. 2014. (Outra).

26.
II SIMPÓSIO DE BIOLOGIA - BIODIVERSIDADE, ENSINO E PESQUISA NA REGIÃO TOCANTINA N. 2014. (Simpósio).

27.
VI MOCITEC-DPS (Feira de Ciências). VI MOCITEC-DPS. 2014. (Feira).

28.
VI SEMINÁRIO DO PROJETO SAÚDE E PREVENÇÃO NAS ESCOLAS -SPE.O PAPEL DO JOVEM NO MUNDO CONTEMPORÂNEO. 2014. (Seminário).

29.
VI SEMINÁRIO DO PROJETO SAÚDE E PREVENÇÃO NAS ESCOLAS - SPE.O papel do jovem no mundo contemporâneo. 2014. (Seminário).

30.
II FÓRUM AMBIENTAL DA MESORREGIÃO TOCANTINA E CONFERÊNCIA MUNICIPAL DO MEIO AMBIENTEnre. 2013. (Outra).

31.
I SIMPÓSIO DE BIOLOGIA DE IMPERATRIZ. 2013. (Simpósio).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
HORAS, A. D.. II SEMINÁRIO DE SAÚDE PÚBLICA DA REGIÃO TOCANTINA. 2017. (Outro).

2.
HORAS, A. D.. IV SIMPÓSIO DE BIOLOGIA ENCONTRO DE BIÓLOGOS DA REGIÃO TOCANTINA. 2016. (Outro).

3.
HORAS, A. D.. II SEMINÁRIO DE BOTÂNICA DA REGIÃO TOCANTINA. 2016. (Outro).

4.
HORAS, A. D.. VIII ENCONTRO DO GRUPO BRASILEIRO DE LIQUENÓLOGOS. 2016. (Outro).

5.
HORAS, A. D.. III SIMPÓSIO DE BIOLOGIA E III ENCONTRO DE BIÓLOGOS DA REGIÃO TOCANTINA. 2015. (Outro).



Inovação



Projeto de extensão


Educação e Popularização de C & T



Apresentações de Trabalho
1.
HORAS, A. D.; MIRANDA, R. ; PEREIRA, K. A. S. ; ALENCAR, E. ; RAMOS, A. M. M. ; AGUIAR, V. ; NUNES, S. E. A. . SAÚDE NA ESCOLA: INTERVENÇÃO EDUCATIVA COM AÇÕES DE PREVENÇÃO DE DST, HIV E AIDS, GRAVIDEZ NA ADOLESCÊNCIA E SEXUALIDADE NO ESPAÇO ESCOLAR EM IMPERATRIZ, MARANHÃO. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 17/01/2019 às 11:30:53