Bernardo dos Santos Zucco

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/7966370407273335
  • Última atualização do currículo em 27/04/2018


Estudante de graduação do curso de Medicina da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), desde o 2º semestre de 2014. Realizou estágios extracurriculares nas áreas de: Centro obstétrico do HUSM em 2015; "Eletrocardiograma" no Serviço de Métodos Gráficos, no Hospital Universitário de Santa Maria em 2016; Gastroenterologia no HUSM em 2017; Cirurgia vascular em janeiro de 2018 no HUSM; Clinica Médica no Hospital de Caridade de Ijuí em fevereiro de 2018; Foi bolsista FIEX em 2016 e bolsista FIPE em 2017. Atualmente realiza monitoria voluntária nas disciplinas de Relação médico paciente e Desenvolvimento Humano III - Saúde do adulto e idoso. É membro efetivo das ligas acadêmicas de Infectologia, Gastroenterologia e Clinica Médica e atual vice presidente da liga de Neurociências da UFSM. Participa de projetos de pesquisa e extensão vinculados ao Departamento de Saúde Coletiva. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Bernardo dos Santos Zucco
Nome em citações bibliográficas
ZUCCO, B. S.


Formação acadêmica/titulação


2014
Graduação em andamento em Medicina.
Universidade Federal de Santa Maria, UFSM, Brasil.
2010 - 2012
Ensino Médio (2º grau).
E.T.E. 25 DE JULHO, 25%20DE%20JULHO, Brasil.




Formação Complementar


2016 - 2018
Inglês. (Carga horária: 100h).
Vip Lab English Course, VIP LAB ENGLISH, Brasil.
2016 - 2016
Extensão universitária em Formação em Extensão Universitária. (Carga horária: 8h).
Universidade Federal de Santa Maria, UFSM, Brasil.
2016 - 2016
Workshop: Suture - Pratical Approach. (Carga horária: 4h).
Universidade Federal de São Paulo, UNIFESP, Brasil.
2016 - 2016
Vigilância em Saúde e Segurança do Paciente: orientações para estudantes.. (Carga horária: 2h).
Hospital Universitário de Santa Maria, HUSM, Brasil.
2016 - 2016
Workshop: Challenges and Dilemmas in the Prevention of Mental Disorders. (Carga horária: 4h).
Universidade Federal de São Paulo, UNIFESP, Brasil.
2015 - 2015
Suporte Básico de Vida e uso do DEA. (Carga horária: 8h).
SETERS, SETERS, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Federal de Santa Maria, UFSM, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - Atual
Vínculo: Livre, Enquadramento Funcional: Monitor Relação Medico paciente, Carga horária: 5
Outras informações
Monitoria na disciplina Relação Medico paciente do departamento de Clínica Médica da UFSM.

Vínculo institucional

2017 - 2018
Vínculo: Livre, Enquadramento Funcional: Monitor da disciplina de DH3 - adulto e idoso, Carga horária: 5
Outras informações
Monitor da disciplina CLM1036 - Desenvolvimento Humano III (Saúde do adulto e idoso).

Vínculo institucional

2017 - 2017
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: BOLSISTA DE PESQUISA, Carga horária: 20
Outras informações
BOLSISTA FIPE DO PROJETO DE PESQUISA: AVALIAÇÃO DA PRESCRIÇÃO DE MEDICAMENTOSPSICOTRÓPICOS EM UMA UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE DA CIDADEDE SANTA MARIA-RS.

Vínculo institucional

2016 - 2016
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista de extensão, Carga horária: 20
Outras informações
Bolsista FIEX do projeto de extensão: Conscientização da população de santa maria sobre automedicação responsável.

Atividades

07/2017 - 08/2017
Estágios , Hospital Universitário de Santa Maria, .

Estágio realizado
ATIVIDADES DE ENSINO E APRENDIZAGEM PRÁTICA EXTRACURRICULAR NOS SERVIÇOS DO HUSM NO SUBPROJETO 24 - ATIVIDADES DE ENSINO E APRENDIZAGEM PRÁTICA EM GASTROENTEROLOGIA E ENDOSCOPIA DIGESTIVA DO HUSM, TOTALIZANDO 148 HORAS..
02/2016 - 06/2016
Estágios , Hospital Universitário de Santa Maria, .

Estágio realizado
Desenvolveu atividades de bolsa assistencial no projeto "Eletrocardiograma" no Serviço de Métodos Gráficos, no Hospital Universitário de Santa Maria totalizando 336 horas.
04/2015 - 07/2015
Estágios , Hospital Universitário de Santa Maria, .

Estágio realizado
ACOMPANHAMENTO DAS ATIVIDADES PRÁTICAS REALIZADAS NO CENTRO OBSTÉTRICO DO HUSM, TOTALIZANDO 126 HORAS.

Hospital Universitário de Santa Maria, HUSM, Brasil.
Vínculo institucional

2018 - 2018
Vínculo: Estágio, Enquadramento Funcional: Estágio no serviço de Cirurgia Vascular HUSM, Carga horária: 40
Outras informações
Estágio no serviço de Cirurgia Vascular do Hospital Universitário de Santa Maria - HUSM.

Vínculo institucional

2016 - 2016
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista Métodos Gráficos, Carga horária: 24
Outras informações
Realização de ECGs no Hospital Universitário de Santa Maria, perfazendo um total de 264 horas


Hospital de Caridade de Ijuí - HCI, HCI, Brasil.
Vínculo institucional

2018 - 2018
Vínculo: Estágio, Enquadramento Funcional: Estágio no serviço de Clínica Médica do HCI, Carga horária: 40



Projetos de pesquisa


2017 - 2017
AVALIAÇÃO DA PRESCRIÇÃO DE MEDICAMENTOSPSICOTRÓPICOS EM UMA UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE DA CIDADEDE SANTA MARIA-RS
Descrição: Devido à quantidade de fatores que interferem no resultado de uma prescrição, desde a decisão médica relativa à prescrição até a ingestão de cada dose do medicamento pelo paciente, quanto maiores forem as informações recebidas acerca das prescrições e quanto melhor a interação entre prescritor, dispensador e paciente, mais próximo se está de alcançar um melhor resultado, promover o uso racional de medicamentos e a educação em saúde. O projeto tem como objetivo caracterizar a prescrição de medicamentos psicotrópicos dispensados na farmácia de uma Unidade Básica de Saúde do município de Santa Maria/RS. Constitui-se em estudo transversal, a ser realizado com as prescrições de medicamentos psicotrópicos dos usuários da farmácia da Unidade Básica de Saúde Santa Maria, que estiverem disponíveis no local. O levantamento desses dados e o estabelecimento de planos de ação futuros podem contribuir de forma significativa para promoção da qualidade do atendimento à população brasileira e os resultados obtidos, além de contribuir para a consolidação e fortificação do grupo de pesquisa em Assistência Farmacêutica no Departamento de Saúde da Comunidade da UFSM, geram conhecimentos de importância na área, permitindo participações em eventos científicos e futuras publicações no âmbito nacional e internacional..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2016 - Atual
Armazenamento e descarte de medicamentos: caracterização das práticas adotadas pela comunidade universitária em município do Rio Grande do Sul
Descrição: Os fármacos apresentam importância fundamental no combate das enfermidades, no entanto, representam um risco para a sociedade quando manipulados ou descartados de forma errônea. O uso racional de um medicamento começa pela qualidade do produto que se está administrando, a qual está diretamente relacionada à manutenção de sua estabilidade em relação às suas condições de armazenamento e manuseio. A guarda de medicamentos é recomendada em locais seguros e fora do alcance das crianças, sendo de preferência em um armário próprio ou uma caixa. A administração inadequada de estoques de medicamentos merece atenção, pois muitas vezes induz a automedicação, também pode resultar em perda do fármaco por vencimento e descarte inadequado de medicamentos em desuso (vencidos ou não). O descarte de medicamentos em desuso ou vencidos de residências não possui ainda legislação específica, o que dificulta o entendimento sobre os impactos decorrentes do descarte doméstico, no qual a população elimina os medicamentos no lixo comum gerando resíduos. É fundamental a conscientização da população em relação à correta destinação final de medicamentos e dos problemas que podem ser ocasionados caso esta seja efetuada de forma incorreta bem como o gerenciamento adequado de estoques de medicamentos. A conscientização pode ser feita através de programas educativos e campanhas de arrecadação de medicamentos em desuso, no entanto, para realização de tais mobilizações considera-se fundamental o conhecimento da população a respeito das problemáticas abordadas. Neste contexto, este projeto visa levantamento de dados sobre as práticas adotadas pela comunidade universitária da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Santa Maria/RS a respeito do armazenamento e descarte de medicamentos em desuso.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2016 - Atual
Validação de cartilhas educativas em saúde
Descrição: A construção de novos materiais escritos com vistas à educação em saúde por profissionais de saúde é um processo que exige cautela, sendo que estes materiais precisam ser examinados para maximizar sua efetividade. Conhecendo-se a importância da utilização de materiais impressos em conjunto com as orientações verbais nas práticas de educação em saúde, este trabalho objetiva a validação de três materiais educativos construídos para ações orientadas de extensão, relacionadas a projetos registrados pelo Departamento de Saúde da Comunidade da Universidade Federal de Santa Maria, envolvendo o armazenamento correto de medicamentos, descarte correto de medicamentos e automedicação responsável..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2016 - Atual
EVOLUÇÃO E DESFECHO DAS GESTAÇÕES ACOMPANHADAS NO HOSPITAL UNIVERSITÁRIO DE SANTA MARIA
Descrição: Introdução: Toda gestante necessita de assistência de qualidade de acordo com as características da gestação e suas complicações. Desta forma, serviços de referência regionais, como o Hospital Universitário de Santa Maria, tornam-se de grande importância para o acompanhamento de gestações de alto risco e dos desfechos materno e perinatais. Nestes serviços se faz necessário um acompanhamento dos resultados das intervenções médicas às quais essas pacientes são submetidas. Objetivos: descrever o perfil epidemiológico, a evolução, o desfecho e as complicações das gestantes atendidas no Hospital Universitário de Santa Maria, RS; avaliar a realização, ou não, de pré-natal e a realização dos exames da rotina no pré-natal; descrever sobre a via de parto e complicações puerperais e perinatais destas gestantes. Método: Pesquisa quantitativa, transversal, do tipo descritiva exploratória, envolvendo gestantes e puérperas atendidas no HUSM, de 2005 a 2015 de forma retrospectiva, com revisão de prontuários, e de 2016 a 2025 de forma prospectiva. Os autores se comprometem com o sigilo, através do Termo de Confidencialidade e as pacientes que participarem do estudo prospectivo participarão mediante o Termo de Consentimento Livre e Esclarecido e o Termo de Assentimento de Adolescente, devidamente, assinados. Como instrumento para coleta de dados será um protocolo de coleta de dados. Os exames e intervenções terapêuticas serão aquelas da rotina do serviço. As complicações e desfechos gestacionais serão estudadas em separado ou em conjunto, conforme a necessidade de levantamento desses dados..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.


Projetos de extensão


2017 - 2017
SEMANA NACIONAL E DIA MUNDIAL DE COMBATE AO ACIDENTE VASCULAR CEREBRAL
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
2017 - 2017
SEMANA NACIONAL DO CÉREBRO EM SANTA MARIA
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
2017 - 2017
A relaçãoclínica e o processo de comunicação e informação na prática médica:resgate e proposta - projeto de extensão
Descrição: A Relação Médico-Paciente, atualmente mais conhecida como Relação-Clínica (RC) envolve o contato do médico com o paciente, familiares, equipe de saúde e é assunto fundamental para ser discutido durante a formação dos estudantes de medicina. No entanto, em meio ao estudo tecnicista de doenças, diagnósticos e tratamentos, há pouco espaço no currículo de medicina para discussão e prática de tais temas subjetivos. Tendo em vista a ampla gama de métodos disponíveis para ensino-aprendizagem da RC e a importância da mesma na prática médica, torna-se importante proporcionar aos alunos do curso de medicina, oportunidades para aprofundarem seus conhecimentos dentro desta temática. O projeto constituir-se-á de 7 oficinas ofertadas para 30 alunos do curso de medicina, a partir do quarto semestre, previamente selecionados. Em cada encontro serão debatidos temas específicos relacionados a temática da RC. Este estudo de caráter quali-quantitativo avaliará a satisfação dos alunos com a forma de ensino em oficinas através de questionário semiestruturado auto aplicativo. Assim, através desse projeto de pesquisa pretende-se propiciar espaços, referenciais teóricos e práticos que favoreçam o resgate de ação adequada em tão importante tarefa médica: a comunicação interpessoal. Palavras-chaves: relação médico paciente, relação-clínica, comunicação, educação médica..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
2017 - Atual
Projeto de Fundação da Liga Acadêmica de Gastroenterologia da Universidade Federal de Santa Maria
Descrição: A fundação da Liga Acadêmica de Gastroenterologia da Universidade Federal de Santa Maria irá proporcionar aos alunos um complemento à sua formação, deixando-os melhores preparados para agir frente às doenças digestivas além de proporcionar à comunidade um maior conhecimento sobre a forma como se comportam estas doenças em nossa população, através de projetos de extensão. Os objetivos desta liga são: a) o aprimoramento do conhecimento em Gastroenterologia pelos estudantes e profissionais interessados; b) discussão de conteúdos teóricos e práticos pelos acadêmicos; c) estimular a elaboração e apresentação de relatos de casos clínicos na área; d) participação e produção de projetos de pesquisa e extensão que possam contribuir para o desenvolvimento científico, como a realização de cursos voltados para os estudantes de graduação em Medicina e outras áreas da saúde..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
2016 - Atual
ATIVIDADES EDUCATIVAS SOBRE ARMAZENAMENTO CORRETO DE MEDICAMENTOS
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
2016 - Atual
CONSCIENTIZAÇÃO DA POPULAÇÃO DE SANTA MARIA/RS SOBRE AUTOMEDICAÇÃO RESPONSÁVEL
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
2016 - Atual
CONSCIENTIZAÇÃO DA POPULAÇÃO DE SANTA MARIA/RS SOBRE DESCARTE CORRETO DE MEDICAMENTOS
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
2016 - Atual
CONSCIENTIZAÇÃO DA POPULAÇÃO E RECOLHIMENTO DE MEDICAMENTOS EM DESUSO NAS UNIDADES DE SAÚDE NA REGIÃO LESTE DE SANTA MARIA
Descrição: O descarte inadequado de medicamentos em desuso (vencidos ou não) é realizado por grande parte da população por falta de informação e divulgação sobre os danos causados pelos medicamentos ao meio ambiente, à saúde pública e a existência de postos de coleta para medicamentos domiciliares. Este projeto de extensão visa orientar usuários de Unidades de Saúde da região Leste de Santa Maria sobre o descarte correto de fármacos e viabilizar o recolhimento de medicamentos em desuso nestes locais. Pretende-se realizar eventos de educação em saúde periódicos nas Unidades de Saúde alvos da ação com intuito de orientar o maior número de usuários e assim promover tanto a conscientização sobre o descarte adequado de medicamentos e impacto ambiental do descarte inadequado quanto a prática continuada de entrega de medicamentos em desuso nos postos de coleta. Este processo estreitará a relação da universidade com a comunidade, disseminando de forma estruturada os conhecimentos sobre o tema e envolverá o grupo de alunos em atividades de educação em saúde, estimulando o seu comprometimento social. Acredita-se que a conscientização da comunidade sobre o descarte adequado de medicamentos é o passo inicial para redução dos impactos ambientais e preservação da saúde pública.
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
2016 - Atual
LIGA ACADÊMICA DE NEUROCIÊNCIAS
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
2015 - 2016
AVALIAÇÃO DA GLICEMIA CAPILAR NO DIA MUNDIAL DO DIABETES EM SANTA MARIA-RS
Descrição: Vinte e um de novembro é considerado o dia mundial do diabetes, onde são desenvolvidas várias atividades para alertar sobre a importância desta patologia. Com base no preceito de prevenção e promoção da saúde propõe-se um evento no dia mundial do diabetes que possui como objeto de trabalho a promoção e informação em saúde à população além de possíveis detecções das alterações glicêmicas e o traçado do perfil epidemiológico de uma amostra populacional aleatória presente na Praça Saldanha Marinho de Santa Maria, RS, no dia 20 de Novembro de 2015. O objetivo principal consiste em fornecer informações a respeito do diabetes, abordando a prevenção tanto da doença quanto de suas complicações, realizando de tal modo uma prevenção primária e terciária. Visa-se através desta ação extensionista aferir glicemias e detectar casos de pré diabetes e até mesmo diabetes nessa amostra por meio de uma intervenção populacional de livre aceite e participação. Os participantes poderão realizar testes de HGT, aferição da pressão arterial, responder a um questionário estruturado para definição do perfil da amostra, conferir seu peso e altura. Os casos que apresentarem alterações glicêmicas evidenciadas pelo HGT serão encaminhados ao médico endocrinologista presente no evento o qual procederá com as devidas orientações, pedidos de exames a serem realizados, sem custo pelo HUSM, e a marcação de uma consultada médica no Ambulatório de Diabetes do HUSM com o resultado destes exames em mãos para a exclusão ou confirmação do diabetes. É estimada, por evento semelhante no ano de 2013, a realização de mais de um mil testes de HGT e nestes espera-se encontrar cinquenta casos suspeitos, levando-se em conta que não haverá restrições para a realização dos testes. Os participantes que possuírem alterações na aferição da pressão arterial serão instruídos sobre novas aferições para rastreio nas UBS do município..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
2014 - Atual
Projeto de Fundação da Liga Acadêmica de Infectologia da Universidade Federal de Santa Maria
Descrição: O Projeto político pedagógico do currículo do Curso de Medicina da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) tem como pressupostos básicos a atenção à saúde universal, equitativa e de qualidade, com ênfase na promoção da saúde e prevenção de doenças, contribuindo ao fortalecimento da autonomia dos sujeitos na produção da sua própria saúde. A Universidade Federal de Santa Maria (Liga de Infecto-UFSM) no currículo médico do Curso de Medicina da UFSM, o acadêmico tem contato (direta ou indiretamente) com a infectologia apenas nos seguintes módulos e disciplinas: Infectologia 90 horas e Processos Gerais de Agressão e Defesa do Organismo 180 horas.As Ligas Acadêmicas são organizações estudantis, criadas e gerenciadas por acadêmicos, fato importante para a condução das atividades, dentro das determinações de seus projetos e coordenada por um professor coordenador e professores orientadores.Geralmente, as Ligas Acadêmicas são baseadas em problemas da comunidade na qual estão inseridas, identificando-os e pesquisando-os, com o objetivo de ajudar a propor soluções. Dentro desse ponto de vista, funcionariam como canalizadoras dos interesses científicos de professores e pesquisadores da universidade da qual fazem parte. Dessa forma, a formação de uma Liga Acadêmica baseada em um tema cercado de relevância social, como a Infectologia, termina por possibilitar inúmeras abordagens e oferece um horizonte amplo de trabalho..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências da Saúde / Área: Medicina.


Idiomas


Português
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.
Inglês
Compreende Pouco, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.
Espanhol
Compreende Pouco, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.


Prêmios e títulos


2017
MENÇÃO HONROSA, HUSM.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
JESUS, P. R.2017 JESUS, P. R. ; OLIVEIRA, D. M ; ZUCCO, B. S. ; BAYER, V. M. L. ; RIES, E. F. . INTERNAÇÕES HOSPITALARES POR DOENÇAS DO APARELHO CIRCULATÓRIO EM IDOSOS NO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL. Higiene Alimentar, v. 31, p. 4624-4628, 2017.

2.
ZUCCO, B. S.2017 ZUCCO, B. S.; JESUS, P. R. ; OLIVEIRA, D. M ; RIES, E. F. ; BAYER, V. M. L. . PERFIL EPIDEMIOLÓGICO DA AIDS NO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL. Higiene Alimentar, v. 31, p. 4634-4638, 2017.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
JESUS, P. R. ; ZUCCO, B. S. ; BAYER, V. M. L. ; OLIVEIRA, D. M ; RIES, E. F. . Desenvolvimento de materiais educativos sobre descarte de medicamentos. In: 4° Congresso Internacional em Saúde: Inovação em Saúde - Perspectivas, Tendências e Desafios, 2017, Ijuí. 4° Congresso Internacional em Saúde: Inovação em Saúde - Perspectivas, Tendências e Desafios, 2017, 2017.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
ZUCCO, B. S.. ANÁLISE EPIDEMIOLÓGICA DA HANSENÍASE NO RIO GRANDE DO SUL UTILIZANDO SISTEMAS DE INFORMAÇÕES EM SAÚDE: PERÍODO DE 2005 A 2015, MUDANÇAS E REALIDADES. In: 4° Congresso Internacional em Saúde: Inovação em Saúde - Perspectivas, Tendências e Desafios, 2017, Ijuí. 4° Congresso Internacional em Saúde: Inovação em Saúde - Perspectivas, Tendências e Desafios, 2017.

Apresentações de Trabalho
1.
ZUCCO, B. S.; BAYER, V. M. L. ; RIES, E. F. ; JESUS, P. R. ; OLIVEIRA, D. M . PERFIL EPIDEMIOLÓGICO DA AIDS NO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL. 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

2.
ZUCCO, B. S.. ANÁLISE EPIDEMIOLÓGICA DA HANSENÍASE NO RIO GRANDE DO SUL UTILIZANDO SISTEMAS DE INFORMAÇÕES EM SAÚDE: PERÍODO DE 2005 A 2015, MUDANÇAS E REALIDADES. 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

3.
JESUS, P. R. ; ZUCCO, B. S. ; RIES, E. F. . INTERNAÇÕES HOSPITALARES POR DOENÇAS DO APARELHO CIRCULATÓRIO EM IDOSOS NO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL. 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

4.
ZUCCO, B. S.; PRADO, A. L. C . CONTRIBUIÇÕES DA LIGA ACADÊMICA DE NEUROCIÊNCIAS: EDUCAÇÃO CONTINUADA EM NEUROLOGIA. 2017. (Apresentação de Trabalho/Outra).

5.
ZUCCO, B. S.; PRADO, A. L. C . APRESENTAÇÃO CLÍNICA DA CEFALEIA EM FACADA PRIMÁRIA E DURAÇÃO DOS SINTOMAS: BUSCA PELO CONHECIMENTO CIENTIFICO NO PROJETO DE EXTENSÃO LIGA ACADÊMICA DE NEUROCIÊNCIAS. 2017. (Apresentação de Trabalho/Outra).

6.
ZUCCO, B. S.; PRADO, A. L. C . PROMOÇÃO DA EDUCAÇÃO DOS PACIENTES ATRAVÉS DA DISTRIBUIÇÃO DE PANFLETOS DIDÁTICOS - MITOS E VERDADES SOBRE CEFALEIA. 2017. (Apresentação de Trabalho/Outra).

7.
JESUS, P. R. ; ZUCCO, B. S. ; RIES, E. F. . ELABORAÇÃO DE PGRSS PARA UNIDADES DE SAÚDE DA REGIÃO LESTE DE SANTA MARIA: RELATO DE EXPERIÊNCIA. 2017. (Apresentação de Trabalho/Outra).

8.
ZUCCO, B. S.; PRADO, A. L. C . APRESENTAÇÃO CLÍNICA DA CEFÁLEIA EM FACADA PRIMÁRIA E DURAÇÃO DOS SINTOMAS: BUSCA PELO CONHECIMENTO CIENTÍFICO NO PROJETO DE EXTENSÃO LIGA ACADÊMICA DE NEUROCIÊNCIAS. 2017. (Apresentação de Trabalho/Outra).

9.
ZUCCO, B. S.; BAYER, V. M. L. . RELATO DA ELABORAÇÃO DE CARTILHA SOBRE AUTOMEDICAÇÃO. 2017. (Apresentação de Trabalho/Outra).

10.
ZUCCO, B. S.; OLIVEIRA, D. M ; JESUS, P. R. . Como fazer o armazenamento correto de medicamentos. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).


Produção técnica
Redes sociais, websites e blogs
1.
ZUCCO, B. S.; BAYER, V. M. L. ; RIES, E. F. ; JESUS, P. R. ; OLIVEIRA, D. M . Medicamentos a favor da vida. 2016; Tema: Medicamentos. (Rede social).


Demais tipos de produção técnica
1.
JESUS, P. R. ; ZUCCO, B. S. ; OLIVEIRA, D. M ; RIES, E. F. ; BAYER, V. M. L. . Descarte correto de medicamentos. 2017. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Cartilha).

2.
OLIVEIRA, D. M ; ZUCCO, B. S. ; JESUS, P. R. ; RIES, E. F. ; BAYER, V. M. L. . Armazenamento correto de medicamentos. 2017. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Cartilha).

3.
ZUCCO, B. S.; JESUS, P. R. ; OLIVEIRA, D. M ; RIES, E. F. ; BAYER, V. M. L. . Automedicação responsável. 2017. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Cartilha).



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
4° Congresso Internacional em Saúde: Inovação em Saúde - Perspectivas, Tendências e Desafios. 2017. (Congresso).

2.
4º CONGRESSO INTERNACIONAL EM SAÚDE: INOVAÇÃO EM SAÚDE - PERSPECTIVAS, TENDÊNCIAS E DESAFIOS. 2017. (Congresso).

3.
II JORNADA ACADÊMICA DA LIGA DE INFECTOLOGIA DA UFSM. 2017. (Outra).

4.
I JORNADA DE NEUROPSIQUIATRIA. 2017. (Outra).

5.
VIII Congresso Latino-americano e XIV Congresso brasileiro de Higienistas de alimentos. 2017. (Congresso).

6.
VIII Congresso Latino-americano e XIV Congresso brasileiro de Higienistas de alimentos. 2017. (Congresso).

7.
VII SEMANA CIENTÍFICA DO HUSM. 2017. (Outra).

8.
II JORNADA DE ONCOLOGIA CLÍNICA E CIRURGICA. 2016. (Outra).

9.
V BRAINCOMS. 2016. (Congresso).

10.
Workshop Challenges and Dilemmas in the Prevention of Mental Disorders. 2016. (Oficina).

11.
Workshop Suture - Pratical Approach. 2016. (Oficina).

12.
8ª JORNADA CONTINUADA EM TRAUMA UFSM/HUSM. 2015. (Outra).

13.
CÂNCER DE OVÁRIO. 2015. (Outra).

14.
COMO COMPREENDER O IMPACTO FAMILIAR NO TRATAMENTO ONCOLÓGICO INFANTIL. 2015. (Outra).

15.
I CAMPANHA DE PREVENÇÃO, CONSCIENTIZAÇÃO E COMBATE AO CÂNCER DE PRÓSTATA. 2015. (Outra).

16.
I Congresso Brasileiro de Direito Médico e II Mostra de Pesquisa e Extensão do Curso de Direito. 2015. (Congresso).

17.
PALESTRA: AVALIAÇÃO CARDÍACA POR ECOGRAFIA 3D EM PACIENTES ONCOLÓGICOS. 2015. (Outra).

18.
PALESTRA: CÂNCER DE COLO UTERINO. 2015. (Outra).

19.
Palestras "Suporte Nutricional Ambulatorial ao Paciente Oncológico e Atualidades no Tratamento do Paciente com Melanoma. 2015. (Outra).

20.
RADIOTERAPIA EM CÂNCER DE MAMA. 2015. (Outra).

21.
SÍNDROMES AÓRTICAS AGUDAS. 2015. (Outra).

22.
I CURSO DE EDUCAÇÃO CONTINUADA EM DOR. 2014. (Outra).

23.
III SEMANA ACADÊMICA DA MEDICINA UFSM. 2014. (Outra).

24.
I JORNADA ACADÊMICA DA LIGA DE INFECTOLOGIA DA UFSM. 2014. (Outra).

25.
I Simpósio de Oftalmologia da Universidade Federal de Santa Maria. 2014. (Simpósio).

26.
Jornada Acadêmica de Geriatria. 2014. (Outra).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
ZUCCO, B. S.. II Jornada de Infectologia - UFSM. 2017. (Congresso).

2.
ZUCCO, B. S.. I Jornada de Neuropsiquiatria. 2017. (Congresso).

3.
ZUCCO, B. S.. Campanha de Conscientização, Combate e Prevenção Contra o Câncer de Próstata. 2015. (Outro).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 16/01/2019 às 9:01:42