Mônica Kalid Pedroza Tavares

Bolsista de Mestrado do CNPq

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/9867420245284711
  • Última atualização do currículo em 08/11/2018


Graduação em Ciências Biológicas (Bacharelado) pelo Centro Universitário do Norte-UNINORTE, foi bolsista de iniciação científica pela Fundação de Amparo à pesquisa do Amazonas no Laboratório de Citotaxonomia e insetos aquáticos do INPA. Tem experiência na Área de Zoologia, com ênfase em Bionomia e Taxonomia de Perlidae (Plecoptera) no estado do Amazonas. Foi bolsista técnica no Laboratório de Citotaxonomia e insetos aquáticos do INPA do grupo de pesquisa sistemática integrada de insetos aquáticos, com ênfase em Simuliidae (Diptera) na América do Sul. Atualmente é mestranda do Programa de Pós-Graduação em Entomologia do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (INPA), tem interesse em Bionomia e taxonomia de insetos aquáticos. Trabalha com taxonomia de Simuliidae (Diptera). (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Mônica Kalid Pedroza Tavares
Nome em citações bibliográficas
PEDROZA-TAVARES.M.K;TAVARES.M.K.P;Pedroza.M.K;PEDROZA, M. K.

Endereço


Endereço Profissional
Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, Coordenação de Biodiversidade.
Avenida André Araújo
Petrópolis
69067375 - Manaus, AM - Brasil - Caixa-postal: 2223
Telefone: (92) 36433369
Ramal: 3369
URL da Homepage: http://portal.inpa.gov.br/


Formação acadêmica/titulação


2017
Mestrado em andamento em Ciências Biológicas (Entomologia).
Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, INPA, Brasil.
Título: Estudo morfológico e morfométrico de citoformas de Simulium guianense Wise s.l 1911 (Diptera? Simuliidae),Orientador: Neusa Hamada.
Coorientador: Sheyla Regina Marques Couceiro & Jeane Marcelle Cavalcante.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
2012 - 2015
Graduação em Ciências Biológicas.
Centro Universitário do Norte, UNINORTE, Brasil.
Título: Bionomia e Taxonomia de Plecoptera em dois municípios do Estado do Amazonas.
Orientador: Neusa Hamada.




Atuação Profissional



Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, INPA, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - Atual
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Apoio técnico, Carga horária: 20
Outras informações
Técnica do grupo de pesquisa sistemática integrada de insetos aquáticos, com ênfase em Simuliidae (Diptera) na América do Sul, do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia.

Vínculo institucional

2014 - 2015
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Iniciação Científica/PIBIC (FAPEAM), Carga horária: 20



Projetos de pesquisa


2018 - Atual
Caracteres moleculares e morfológicos para revelar diversidade críptica: o caso de Simulium guianense Wise (Diptera: Simuliidae)
Descrição: Conhecer a distribuição geográfica, a estrutura genética e delimitar espécies crípticas de importância médica são conhecimentos básicos para compreender processos de dispersão de doenças e para identificar os vetores dos agentes etiológicos. Nesse estudo ferramentas moleculares (marcadores mitocondriais e nucleares) e morfológicos/ morfométricos serão utilizadas para avaliar a presença de espécies crípticas na espécie nominal S. guianense, principal vetor da onconcercose humana no foco amazônico, no Brasil e na Venezuela. Os resultados serão importantes para compreender a epidemiologia da doença transmitida por essa espécie uma vez que espécies crípticas podem ter diferentes papeis na transmissão de patógenos e parasitas. O projeto proposto irá fornecer dados de interesse não apenas na área de entomologia médica, uma vez que os dados obtidos sobre as diferentes populações de S. guianense poderão subsidiar futuros estudos para compreender processos filogeográficos e biogeográficos na região Neotropical. A sistemática molecular é uma área de pesquisa crescente no Brasil e a presente proposta irá contribuir com o fortalecimento do nosso grupo de pesquisa, no INPA, aumentando nossa capacidade de integrar ferramentas não tradicionais com estudos morfológicos aplicados à taxonomia de insetos no Brasil. Adicionalmente, a análise da diversidade genética de diferentes populações de uma mesma espécie poderá indicar áreas geográficas que abrigam maior diversidade genética. Informações dessa natureza podem fornecer subsídios para a determinação de áreas de preservação na Amazônia. Essa integração entre pesquisa e formação de recursos humanos é essencial para o crescimento e fortalecimento do corpo de profissionais qualificados para atuar na região Norte..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2018 - Atual
Sistemática de insetos aquáticos da América do Sul
Descrição: Projeto aprovado no âmbito da CHAMADA N. 001/2015 ? CNPq/MCTI/FAP/PROTAX..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2015 - Atual
Insetos aquáticos na América do Sul
Descrição: O conhecimento sobre insetos aquáticos na América do Sul tem crescido muito nos últimos anos. Esse incremento tem possibilitado o avanço em diversas áreas da Ciência, desde projetos de pesquisa básica até a aplicada, por exemplo, em estudos de avaliação de impacto ambiental e ações de divulgação da Ciência para promover a socialização de informações científicas. Neste projeto, temos como objetivo geral contribuir com o incremento do conhecimento sobre a sistemática e ecologia de grupos selecionados de insetos aquáticos na América do Sul e fomentar a popularização da Ciência, utilizando esse grupo de organismo como modelo para mostrar diferentes processos ecológicos no ambiente aquático. As pesquisas a serem realizadas podem ser divididas em duas grandes áreas, tendo como foco os insetos aquáticos: a) sistemática e, b) biologia e ecologia. Na primeira área serão incluídos estudos taxonômicos, incluindo descrições de espécies e revisões de gêneros de ordens selecionadas de insetos aquáticos para incrementar o conhecimento sobre a diversidade desse grupo animal. Diferentes ferramentas de análises, tais como morfologia, análises moleculares e cromossômicas serão utilizadas, em conjunto quando possível, para a delimitação específica e/ ou genérica. Essas informações serão utilizadas também para desenvolver estudos filogenéticos e filogeográficos de grupos selecionados de insetos aquáticos, incrementando o conhecimento sobre a origem e distribuição da biodiversidade. Na segunda área serão incluídos estudos de biologia básica (tais como tipo de habitat e comportamento) e ecológicos (tais como relação entre fatores ambientais e a distribuição de espécies e a estruturação de comunidades; avaliação dos efeitos do uso da terra sobre a abundância e composição da comunidade de insetos aquáticos; efeito das mudanças climáticas sobre o processo de decomposição no ambiente aquático). Atividades de divulgação e popularização da Ciência, utilizando os resultados das pesquisas acima mencionadas serão desenvolvidas e apresentadas em diversos eventos junto aos estudantes do ensino fundamental e médio, além do público em geral, para mostrar a importância dos insetos aquáticos e da vegetação ripária para a manutenção do equilíbrio ecológico nos ecossistemas aquáticos..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Zoologia / Subárea: Entomologia.


Idiomas


Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Inglês
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.
Espanhol
Compreende Pouco, Fala Pouco, Lê Pouco, Escreve Pouco.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
HAMADA, N.2016 HAMADA, N. ; SILVA, J. O. ; PEDROZA, M. K. . A new species of Enderleina Jewett (Plecoptera, Perlidae) from Amazonas State, Brazil . Zootaxa (Online), v. 4098, p. 392, 2016.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
2ª Virada sustentável Manaus. Oficina de Insetos aquáticos. 2016. (Exposição).

2.
III Simpósio de Entomologia do Rio de Janeiro. 2015. (Simpósio).

3.
Oficina de Insetos Aquáticos.Popularização da ciência. 2015. (Oficina).

4.
XI Semana de Ciência e Tecnologia INPA 2014. Atividades de popularização - Insetos aquáticos. 2014. (Exposição).

5.
Dia do Biólogo. 2013. (Simpósio).

6.
Minicurso Ecologia vegetal da Amazônia. 2013. (Simpósio).

7.
Preparação de lâminas a fresco para o ensino de citologia e histologia.Preparação de lâminas a fresco. 2012. (Simpósio).

8.
Reutilização do óleo vegetal na fabricação de sabão caseiro. 2012. (Simpósio).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 16/12/2018 às 16:20:46