Renato Brunassi Neves dos Santos

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/8850110376308624
  • Última atualização do currículo em 17/07/2018


Mestre em Ciências pelo Núcleo DIVERSITAS da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP (2018). Possui especialização latu sensu em Educação em Direitos Humanos pela Universidade Federal do ABC (2018). Possui graduação e licenciatura em História pela Universidade de São Paulo (2007). Atualmente é pesquisador do CEDIPP/ECA/USP e DIVERSITAS/USP e professor orientador de sala de leitura da Prefeitura Municipal de São Paulo. Tem experiência nas áreas de antropologia da religião, antropologia das populações afro-brasileiras, antropologia visual, etnografia e educomunicação. Atua especialmente nos seguintes temas: produção partilhada do conhecimento, candomblé, capoeira, mestres das tradições populares, cultura afro-brasileira e tradições orais. Especializando em Gestão da Educação Pública pela Universidade Federal do Estado de São Paulo. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Renato Brunassi Neves dos Santos
Nome em citações bibliográficas
SANTOS, R. B. N.


Formação acadêmica/titulação


2014 - 2018
Mestrado em Humanides, Direitos e Outras Legitimidades.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: Nós da Tradição: produção partilhada do conhecimento no Candomblé,Ano de Obtenção: 2018.
Orientador: Sérgio Bairon Blanco Sant Anna.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Antropologia / Subárea: produção partilhada do conhecimento.
2017 - 2019
Especialização em Gestão da Educação Pública. (Carga Horária: 510h).
Universidade Federal de São Paulo, UNIFESP, Brasil.
Título: Administrando o conflito: o caso da EMEF Fazenda da Juta.
2016 - 2018
Especialização em Educação em Direitos Humanos. (Carga Horária: 480h).
Universidade Federal do ABC, UFABC, Brasil.
Título: Na trilha dos Mestres: identidade e cultura afro-brasileira.
Orientador: Ana Maria Dietrich.
2015 - 2016
Aperfeiçoamento em Educação em Direitos Humanos. (Carga Horária: 180h).
Universidade Federal do ABC, UFABC, Brasil.
Título: Na trilha dos mestres: histórias, memórias e identidades afro-brasileiras. Ano de finalização: 2016.
Orientador: Ana Maria Dietrich.
2002 - 2007
Graduação em História.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.




Formação Complementar


2016 - 2016
Curso Programa #tamojunto de formação continuada para educadores. (Carga horária: 12h).
Prefeitura Municipal de São Paulo, PMSP, Brasil.
2016 - 2016
Bases Epistemológicas da Ciência Moderna. (Carga horária: 36h).
Universidade Federal do ABC, UFABC, Brasil.
2016 - 2016
Diálogos Interdisciplinares a caminho da autoria. (Carga horária: 16h).
Prefeitura Municipal de São Paulo, PMSP, Brasil.
2015 - 2016
Aperfeiçoamento em Educação em Direitos Humanos. (Carga horária: 180h).
Universidade Federal do ABC, UFABC, Brasil.
2015 - 2015
Etnografias Audiovisuais Participativas. (Carga horária: 30h).
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
2014 - 2015
Extensão universitária em Curso de Formação Continuada "50 anos do Golpe e a ditadura civil militar". (Carga horária: 45h).
Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.
2013 - 2013
Extensão universitária em Ensino em História da África. (Carga horária: 45h).
Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.
2012 - 2012
Extensão universitária em Pedagogia Griô e Produção Partilhada do Conhecimento. (Carga horária: 40h).
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.


Atuação Profissional



Prefeitura Municipal de São Paulo, PMSP, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Prof. Ens. Fund. e Médio II, Carga horária: 25



Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Antropologia / Subárea: Antropologia das Populações Afro-Brasileiras.
2.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Comunicação / Subárea: Teoria da Comunicação.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Antropologia / Subárea: Antropologia Urbana.


Idiomas


Inglês
Compreende Pouco, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.


Prêmios e títulos


2014
Menção Honrosa no 2º Prêmio Municipal de Educação em Direitos Humanos, Prefeitura de São Paulo.


Produções



Produção bibliográfica
Capítulos de livros publicados
1.
SANTOS, R. B. N.. Na trilha dos mestres: histórias, memórias e identidades afro-brasileiras. In: DIETRICH, Ana Maria; HASHIZUME, Cristina Miyuki.. (Org.). Direitos Humanos no chão da escola. 1ed.Santo André: Universidade Federal do ABC, 2017, v. 1, p. 316-316.

Apresentações de Trabalho
1.
SANTOS, R. B. N.. Na trilha dos Mestres: história, memória e identidades afro-brasileiras. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
SANTOS, R. B. N.. Na trilha dos mestres: cultura afro-brasileira pelos princípios da pedagogia griô. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

3.
SANTOS, R. B. N.. Na trilha dos mestres: cultura afro-brasileira pelos princípios da pedagogia griô. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

4.
SANTOS, R. B. N.. ?Trabalho Colaborativo de Autoria (TCA) ? Ressignificação da pesquisa escolar na educação básica da Prefeitura de São Paulo?. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

Outras produções bibliográficas
1.
SANTOS, R. B. N.. A CULTURA VIVA DOS AFRICANOS NO BRASIL: NA RODA DE CAPOEIRA. UNICAMP, CAMPINAS: 5a Olimpíada de Nacional de História do Brasil, 2013 (Plano de Aula).



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Congresso Municipal de Educação para as Relações Étnico-Raciais. Na Trilha dos Mestres: cultura afro-brasileira pelos princípios da pedagogia griot. 2014. (Congresso).

2.
Encontro do Núcleo de Estudos Avançados do Terceiro Setor - NEATS/PUCSP.?Na trilha dos mestres: identidades, histórias e culturas afro-brasileiras pelos princípios da Pedagogia Griô?,. 2014. (Encontro).



Outras informações relevantes


A linha de pesquisa interessa-se pela relação entre a transmissão de conhecimento no candomblé, que tradicionalmente tem como base a oralidade, e o impacto que a democratização dos meios de produção, divulgação e circulação de material audiovisual, especialmente via internet, tem tido sobre a manutenção e transmissão destes saberes junto aos sacerdotes e casas de candomblé de São Paulo e Rio de Janeiro.



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 16/11/2018 às 5:34:40