Fernanda Dos Santos Tobin

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/4268248743442545
  • Última atualização do currículo em 04/01/2018


Possui graduação em Enfermagem modalidade Bacharelado e Licenciatura pela Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul - UEMS (2017). (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Fernanda Dos Santos Tobin
Nome em citações bibliográficas
TOBIN, F. S.


Formação acadêmica/titulação


2013 - 2017
Graduação em Enfermagem.
Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul, UEMS, Brasil.
2008 - 2012
Ensino Médio (2º grau).
Escola Estadual Ministro João Paulo dos Reis Veloso, REIS VELOSO, Brasil.




Formação Complementar


2016 - 2016
Curso sobre Doenças Imuno-previnívoes e Imunobiológicos. (Carga horária: 76h).
Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul, UEMS, Brasil.
2016 - 2016
Envelhecimento Humano: Importância para a formação do enfermeiro. (Carga horária: 68h).
Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul, UEMS, Brasil.
2014 - 2014
Vídeoaulas: aspéctos técnicos, pedagógicos, aplicações e bricolagem. (Carga horária: 3h).
Universidade Federal da Grande Dourados, UFGD, Brasil.
2013 - 2013
Extensão universitária em LINGUA INGLESA- NÍVEL AVANÇADO 1. (Carga horária: 40h).
Universidade Federal da Grande Dourados, UFGD, Brasil.
2013 - 2013
Extensão universitária em LÍNGUA INGLESA - NÍVEL AVANÇADO 2. (Carga horária: 40h).
Universidade Federal da Grande Dourados, UFGD, Brasil.
2013 - 2013
Minicurso Semiologia e Ssemiotécnica. (Carga horária: 4h).
Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul, UEMS, Brasil.
2013 - 2013
Minicurso Saúde da Mulher. (Carga horária: 4h).
Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul, UEMS, Brasil.
2013 - 2013
Atividade complementar - Projetos de Pesquisa Científica: Elaboração. (Carga horária: 40h).
Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul, UEMS, Brasil.
2012 - 2012
Extensão universitária em LINGUA INGLESA - INTERMEDIÁRIO 4. (Carga horária: 40h).
Universidade Federal da Grande Dourados, UFGD, Brasil.
2012 - 2012
Extensão universitária em LINGUA INGLESA - NÍVEL INTERMEDIÁRIO 3. (Carga horária: 40h).
Universidade Federal da Grande Dourados, UFGD, Brasil.
2011 - 2011
Extensão universitária em LINGUA INGLESA - NÍVEL INTERMEDIÁRIO 1. (Carga horária: 40h).
Universidade Federal da Grande Dourados, UFGD, Brasil.
2011 - 2011
Extensão universitária em LINGUA INGLESA - NÍVEL INTERMEDIÁRIO 2. (Carga horária: 40h).
Universidade Federal da Grande Dourados, UFGD, Brasil.
2010 - 2010
Extensão universitária em LINGUA INGLESA- NÍVEL BÁSICO 1. (Carga horária: 40h).
Universidade Federal da Grande Dourados, UFGD, Brasil.
2010 - 2010
Extensão universitária em LINGUA INGLESA - NÍVEL BÁSICO 2. (Carga horária: 40h).
Universidade Federal da Grande Dourados, UFGD, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul, UEMS, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - 2017
Vínculo: , Enquadramento Funcional:



Projetos de pesquisa


2016 - 2017
Avaliação da complexidade da terapêutica farmacológica associada aorisco de vulnerabilidade do idoso
Descrição: A complexidade da farmacoterapia apresenta-se como um dos principais fatores para a não-adesão ao tratamento. O envelhecimento populacional e o aumento da prevalência de doenças crônicas levam ao crescimento das taxas de incapacidades físicas e/ou mentais entre os idosos no Brasil, o que vem a representar diversos desafios para as famílias e sociedade. Para avaliar a complexidade da farmacoterapia foi desenvolvido um instrumento denominado Índice de Complexidade da Farmacoterapia (ICTF) que auxilia com base nas informações coletadas a realizar cálculos que classificam o esquema terapêutico em baixa complexidade, moderada ou alta. Nesta perspectiva o objetivo deste trabalho foi analisar a associação entre a complexidade da terapêutica farmacológica e a vulnerabilidade de idosos cadastrados nas Equipes de Saúde da Família de Dourados ? MS. Trata-se de um estudo transversal, quantitativo com uma amostra de 91 idosos, sendo 68,1% do sexo feminino, 60,4% casados, com baixa escolaridade, 89% usam medicamentos diariamente, as doenças prevalentes foram hipertensão arterial, diabetes mellitus e doenças osteomusculares. Quanto ao ICTF, a maioria dos idosos apresentou pequena e média complexidade do esquema terapêutico, as drogas mais utilizadas foram antihipertensivos (60,4%), em relação à vulnerabilidade 52,7% apresentaram média vulnerabilidade. Observou-se também que idosos com alta complexidade terapêutica apresentam alta vulnerabilidade (p=0,005). Desta forma, identificou-se a associação entre os idosos vulneráveis e com alta complexidade farmacêutica, sendo possível que profissionais de enfermagem atuem no cuidado, realizando orientações e estando mais atentos quanto ao tratamento deste grupo..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.


Projetos de extensão


2015 - 2016
Práticas educativas sobre administração segura de medicamentos por via oral através de videoaulas
Descrição: A administração de medicamentos por via oral é a terapia de escolha quando se buscam efeitos sistêmicos, aproximadamente 90% dos fármacos utilizados em terapia de ação sistêmica são administrados por via oral, e na maioria das vezes é necessário que se faça partição dos mesmos para que se obtenha a dose desejada, assim como trituração para administração por meio de sondas, durante a administração do medicamento podem ocorrer interação entre os medicamentos e os alimentos. Deste modo, se faz necessário que sejam construídos meios de realizar práticas educativas onde possam ser ensinadas as formas corretas de administração de medicamentos, sendo a videoaula um meio de fácil acesso e disseminação. Tem-se como objetivo principal desenvolver, implementar e avaliar o uso de vídeoaulas sobre administração segura de medicamentos por meio da via oral. Buscando em literaturas sobre a administração de medicamentos por via oral, suas vantagens e desvantagens, formas farmacêuticas, partição, trituração e interações. Após a obtenção dessas informações será realizado o desenvolvimento e elaboração das videoaulas, mediante roteiro estruturado. As videoaulas estarão disponíveis no Curso Semipresencial sobre Administração de Medicamentos voltado para a Enfermagem, que terá início em fevereiro de 2016, o Local de realização será na Unidade Universitária de Dourados e as aulas à distância, através da EAD/UEMS. Espera-se que através destas videoaulas o público alvo adquira os conhecimentos a cerca da administração segura de medicamentos por via oral.
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
2014 - 2015
O uso racional de plantas medicinais e suas interações farmacológicas em vídeo-aulas no Serviço Virtual de Informação sobre Medicamentos: desenvolvimento e avaliação
Descrição: Levando em consideração que desde os primórdios as primeiras civilizações já percebiam que algumas plantas continham em sua essência princípio ativos que combatiam doenças ou aliviavam seus sintomas e que o uso indiscriminado de plantas medicinais ou seus derivados pode acarretar vários danos à saúde, por conter a presença de alguns princípios tóxicos, o que contrapõe o conceito popular de que se é natural é bom e que se não fizer bem, mal também não fará. Sendo que os medicamentos não devem ser tomados juntamente com plantas medicinais, pois podem causar graves problemas ao organismo, por conta de os chás diminuírem os movimentos do estômago, o que interfere no processo de absorção de medicamentos. Tem-se como objetivo principal desenvolver, implementar e avaliar o uso de vídeo-aulas sobre o uso seguro e racional de plantas medicinais no Serviço Virtual de Informação sobre Medicamentos da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul. Buscando em literaturas o uso de plantas medicinais no Mato Grosso do Sul, quais plantas são utilizadas, modo de preparação e obtenção. Após obtenção dessas informações será desenvolvidas vídeo aulas que serão apresentadas ao Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação e Saúde (GEPES) e aos idosos da UNATI/UEMS e sendo solicitada uma avaliação, em instrumento estruturado. Feito isso as vídeo aulas serão disponibilizadas no site do Serviço Virtual de Informação sobre Medicamentos. Espera-se que a população da Atenção Primária de Saúde absorva os ensinamentos sobre plantas medicinais e suas interações com medicamentos..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.


Outros Projetos


2014 - 2014
Monitoria em Anatomia Humana
Descrição: Programa de Monitoria - Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul - Pró-Reitoria de Ensino.
Situação: Concluído; Natureza: Outra.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências da Saúde / Área: Enfermagem.


Idiomas


Inglês
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Pouco, Fala Pouco, Lê Pouco, Escreve Pouco.


Produções



Produção bibliográfica
Capítulos de livros publicados
1.
TOBIN, F. S.; BRUNO, B.B.G ; RENOVATO, R. D. . USO DE VIDEOAULAS COMO ESTRATÉGIA EDUCATIVA NO ENSINO EM SAÚDE. In: Rodrigo Diego de Souza, José André Peres Angotti.. (Org.). Reflexões em ensino de ciências. 1ed.Curitiba - PR: ATENA EDITORA, 2016, v. 1, p. 01-260.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
TOBIN, F. S.; RENOVATO, R. D. . PRÁTICAS EDUCATIVAS SOBRE ADMINISTRAÇÃO SEGURA DE MEDICAMENTOS POR VIA ORAL ATRAVÉS DE VIDEOAULAS. In: II SEMINÁRIO DA REDE DE PESQUISADORES DE ENSINO EM SAÚDE, 2016, Dourados. II SEMINÁRIO DA REDE DE PESQUISADORES DE ENSINO EM SAÚDE (II SRPES) ?Caminhos Investigativos da Pesquisa no Ensino em Saúde?. Dourados: UEMS, 2016. v. 01. p. 01-454.

2.
BRUNO, B.B.G ; TOBIN, F. S. ; RENOVATO, R. D. . Uso de Vídeoaulas como Estratégia Educativa no Ensino em Saúde. In: X Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências ? X ENPEC, 2015, Águas de Lindóia - SP. X Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências ? X ENPEC, 2015.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
OLIVEIRA, K. M. ; TOBIN, F. S. ; ALVARENGA, M. R. M. ; ACIOLE, M. M. ; BRUNO, B.B.G ; ANDRE, T. G. . UNIVERSIDADE ABERTA A MELHOR IDADE DA UEMS: O PERFIL E O CONHECIMENTO SOBRE ENVELHECIMENTO E BEM-ESTAR DOS ALUNOS. In: 12 Congresso Internacional RedeUnida - Diferença sim, Desigualdade não: Pluralidade na invenção da vida, 2016, Campo Grande - MS. Anais do 12 Congresso Internacional da Rede Unida, 2016. v. 2.

2.
TOBIN, F. S.; BRUNO, B.B.G ; RENOVATO, R. D. . O Uso Racional de Plantas Medicinais e suas Interações Farmacológicas em Videoaulas: Desenvolvimento e Avaliação.. In: 12º Congresso Internacional da Rede Unida, 2016, Campo Grande - MS. Anais do 12º Congresso Internacional da Rede Unida - Suplemento Revista Saúde em Redes, 2016. v. 2.

3.
BRUNO, B.B.G ; TOBIN, F. S. ; RENOVATO, R. D. . Práticas Educativas sobre o Uso Racional de Medicamentos em Videoaulas: Desenvolvimento e Avaliação.. In: 12º Congresso Internacional da Rede Unida, 2016, Campo Grande - MS. Anais do 12º Congresso Internacional da Rede Unida - Suplemento Revista Saúde em Redes, 2016. v. 2.

4.
OLIVEIRA, K. M. ; TOBIN, F. S. ; BRUNO, B.B.G ; ANDRE, T. G. ; ACIOLE, M. M. ; ALVARENGA, M.R.M. . Universidade Aberta a Melhor Idade da UEMS: O Perfil e o Conhecimento sobre Envelhecimento e Bem-Estar dos Alunos.. In: 12º Congresso Internacional da Rede Unida, 2016, Campo Grande - MS. Anais do 12º Congresso Internacional da Rede Unida - Suplemento Revista Saúde em Redes. Porto Alegre: Revista Saúde em Redes, 2016. v. 2.

Apresentações de Trabalho
1.
TOBIN, F. S.; SGABI, A. K. G. ; SILVA, R. H. . Relato de Experiência de Uma Acadêmica de Enfermagem em Centro Cirúrgico. 2017. (Apresentação de Trabalho/Outra).

2.
TOBIN, F. S.; ALVARENGA, M.R.M. . Avaliação da Complexidade da Terapêutica Farmacológica Associada ao Risco de Vulnerabilidade do Idoso. 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

3.
TOBIN, F. S.; OLIVEIRA, K. M. ; ANDRE, T. G. ; BRUNO, B.B.G ; Missio, Lourdes ; ARAUJO, M. A. N. . Metodologias de Ensino Utilizadas durante o estágio de licenciatura em enfermagem ? relato de experiência. 2017. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

4.
TOBIN, F. S.; OLIVEIRA, K. M. ; ALVARENGA, M.R.M. . Experiência a docência na Universidade Aberta a Melhor idade. 2017. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

5.
TOBIN, F. S.; RENOVATO, R. D. . O uso de Plantas Medicinais e suas interações farmacológicas através da estratégia de ensino vídeoaula.. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

6.
TOBIN, F. S.; RENOVATO, R. D. . Práticas Educativas sobre Administração Segura de Medicamentos por Via Oral Através de Videoaulas.. 2016. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

7.
TOBIN, F. S.; BRUNO, B.B.G ; RENOVATO, R. D. ; OLIVEIRA, K. M. ; ANDRE, T. G. ; VENTURA, V. S. . Construindo a Docência em Enfermagem: Relato de Experiência. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

8.
TOBIN, F. S.; ANDRE, T. G. ; OLIVEIRA, K. M. ; ALVES, W. S. ; WATANABE, E.A.M.T ; RODRIGUES, F.P . Papel Educativo de uma Liga Acadêmica de Enfermagem: Relato de uma Aula Inaugural. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

9.
TOBIN, F. S.; RENOVATO, R. D. . O uso racional de plantas medicinais e suas interações farmacológicas em vídeoaulas: desenvolvimento e avaliação.. 2015. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

10.
TOBIN, F. S.; RENOVATO, R. D. . O USO RACIONAL DE PLANTAS MEDICINAIS E SUAS INTERAÇÕES FARMACOLÓGICAS EM VIDEOAULAS NO SERVIÇO VIRTUAL DE INFORMAÇÃO SOBRE MEDICAMENTOS: DESENVOLVIMENTO E AVALIAÇÃO. 2015. (Apresentação de Trabalho/Outra).

11.
BRUNO, B.B.G ; TOBIN, F. S. ; RENOVATO, R. D. . USO DE VIDEOAULAS COMO ESTRATÉGIA EDUCATIVA NO ENSINO EM SAÚDE. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Atualização em Sala de Vacinas no Município de Dourados. 2017. (Outra).

2.
Capacitação: Diagnóstico, Tratamento e Acompanhamento da Sífilis. 2017. (Encontro).

3.
Capacitação: Diagnóstico do Linfoma, Abordagem ao Idoso e Fluxo do Encaminhamento para Nefrologia. 2017. (Encontro).

4.
III Simpósio de Ensino em Saúde UEMS. 2017. (Simpósio).

5.
Oficina de Lançamento e Capacitação do Guia do Pré-Natal do Parceiro e do Guia de Saúde do Homem para Agente Comunitário de Saúde. 2017. (Oficina).

6.
Semana da Enfermagem IEGRAN. 2017. (Encontro).

7.
XXII Semana Acadêmica de Enfermagem da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul - UEMS. 2017. (Outra).

8.
7º Congresso Brasileiro de Extensão Universitáia (CBEU) ? UFOP. 2016. (Congresso).

9.
I Congresso Nacional de Ensino de Ciências, Educação Ambiental e Saúde (I CONECEAS). 2016. (Congresso).

10.
I Congresso sobre Ensino de Enfermagem do Mato Grosso do Sul, XXI Semana Acadêmica de Enfermagem da UEMS, I Encontro de Colegiados da SAE/CIPE da Macrorregião de Dourados. 2016. (Congresso).

11.
III ENEPEX ? Encontro de Ensino Pesquisa e Extensão ? 7º EPEX/UEMS. 2016. (Encontro).

12.
II Seminário da Rede de Pesquisadores de Ensino em Saúde. 2016. (Seminário).

13.
Oficina Cartografias cinematográficas de uma clínica a céu aberto ? 7º CBEU. 2016. (Oficina).

14.
Curso teórico-prático sobre texto científico e busca em base de dados. 2015. (Encontro).

15.
II ENEPEX - Encontro de Ensino, Pesquisa e Extensão. 2015. (Encontro).

16.
II Simpósio de Ensino em Saúde -Tecnologias Educacionais em Saúde: possibilidades e contribuições. 2015. (Simpósio).

17.
II Simpósio de Ensino em Saúde UEMS. 2015. (Simpósio).

18.
Oficina Produção e validação de técnologias educacionais. 2015. (Oficina).

19.
Produção e validação de tecnologias educacionais para subsidiar o agir educativo - cuidativo de profissionais de saúde .. 2015. (Oficina).

20.
XX Semana acadêmica de Enfermagem da UEMS e VI Semana acadêmica de Enfermagem da UNIGRAN- Enfermagem formando o SUS. 2015. (Seminário).

21.
3º Congresso Brasileiro de Informática na Educação - CBIE 2014. 2014. (Congresso).

22.
II Simpósio Multidisciplinar de Parto Humanizado de Dourados. 2014. (Simpósio).

23.
I Seminário da Rede de Pesquisadores de Ensino em Saúde. 2014. (Seminário).

24.
XIX Semana Acadêmica de Enfermagem da UEMS - Egressos de Enfermagem/UEMS: Protagonizando 20 anos de Cuidado do. 2014. (Outra).

25.
4º Encontro de Ensino, Pesquisa e Extensão-EPEX/UEMS. 2013. (Encontro).

26.
Capacitação sobre Aleitamento Materno. 2013. (Outra).

27.
Exposição Internacional de Anatomia Humana. 2013. (Exposição).

28.
Exposição MARAVILHAS DO CORPO HUMANO-HUMAN BODIES. 2013. (Exposição).

29.
I Simpósio: Saúde da Mulher em Foco. 2013. (Simpósio).

30.
I Simpósio de Ensino em Saúde. Formação em Saúde na atualidade: desafios e possibilidades.. 2013. (Simpósio).

31.
Minicurso SEMIOLOGIA E SEMIOTÉCNICA - semana de enfermagem da UEMS. 2013. (Outra).

32.
XVIII SAEN - Semana de Enfermagem da UEMS - ENFERMAGEM: Compromisso Social, Participação e Luta pela Saúde do Brasil.Semana Acadêmica de Enfermagem para desenvolver senso critico quanto as lutas na saúde brasileira. 2013. (Outra).

33.
TORNEMÁTICA REIS VELOSO UFGD/FACET. 2012. (Outra).

34.
1º TORNEMÁTICA MUNICIPAL REIS VELOSO. 2010. (Outra).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
BOMBARDI, R. S. ; LIMA, L. M. M. ; TOBIN, F. S. . Semana de Enfermagem IEGRAN ? ?SEU OLHAR MELHORA O MEU, HUMANIZAÇÃO E ÉTICA?. 2017. (Outro).

2.
ALVARENGA, M.R.M. ; TOBIN, F. S. . I Seminário Estadual sobre o Envelhecimento Humano. 2016. (Outro).

3.
ALVARENGA, M.R.M. ; REIS, C. B. ; TOBIN, F. S. . Outubro Rosa: atendimento a mulher na cidade universitária. 2016. (Outro).

4.
RENOVATO, R. D. ; Missio, Lourdes ; TOBIN, F. S. . I Congresso sobre Ensino de Enfermagem do Mato Grosso do Sul, XXI Semana Acadêmica de Enfermagem da UEMS, I Encontro de Colegiados da SAE/CIPE da Macrorregião de Dourados. 2016. (Congresso).

5.
RENOVATO, R. D. ; TOBIN, F. S. . I Seminário da Rede de Pesquisadores de Ensino em Saúde. 2014. (Congresso).

6.
Spessoto, M.M.L ; RIOS, A.A.N ; TOBIN, F. S. . II simpósio Multidisciplinar de Parto Humanizado de Dourados. 2014. (Outro).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 19/01/2019 às 16:28:59