Erika Valencia Mejia

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/4358533963974405
  • Última atualização do currículo em 04/10/2018


Graduada em Microbiologia pela Universidad de Antioquia (2007). Trabalhou como pesquisadora no Programa de Estudio y Control de Enfermedades Tropicales da Universidad de Antioquia na cidade de Medellín ? Colômbia. Em 2015, concluiu o Mestrado em Ciências Biológicas, área de concentração Bioquímica e Genética, pela Universidade Federal de Goiás, onde desenvolveu pesquisa relacionada a imobilização de enzimas. Atualmente, cursa Doutorado neste mesmo Programa de Pós-Graduação, onde desenvolve pesquisa na área de prospecção de compostos bioativos em feijão comum (Phaseolus vulgaris). Possui experiência nas áreas de Parasitologia, Biologia Molecular e Bioquímica. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Erika Valencia Mejia
Nome em citações bibliográficas
MEJIA, E. V.;VALENCIA, ERIKA

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal de Goiás, Instituto de Ciências Biológicas.
Universidade Federal de Goiás - UFG - Campus II
Campus Samambaia - UFG
74690900 - Goiânia, GO - Brasil
Telefone: (62) 35211492


Formação acadêmica/titulação


2015
Doutorado em andamento em CIÊNCIAS BIOLÓGICAS.
Universidade Federal de Goiás, UFG, Brasil.
Título: Isolamento e identificação de peptídeos em feijão comum antes e após o endurecimento,
Orientador: Kátia Flávia Fernandes.
Coorientador: Karla de Aleluia Batista.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
2013 - 2015
Mestrado em CIÊNCIAS BIOLÓGICAS.
Universidade Federal de Goiás, UFG, Brasil.
Título: Caraterização parcial e imobilização de fosfatase produzida por Pluralibacter gergoviae,Ano de Obtenção: 2015.
Orientador: Kátia Flávia Fernandes.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Grande área: Ciências Biológicas
2002 - 2007
Graduação em Microbiología.
Universidad de Antioquia, UdeA, Colômbia.
Título: Estudio de foco de paragonimosis en Fuente Clara, Robledo, área periurbana de Medellín, Antioquia.
Orientador: Luz Elena Velásquez Trujillo.




Formação Complementar


2008 - 2008
Curso pre-simposio de Diagnóstico Inmunológico. (Carga horária: 40h).
Programa de Estudio y Control de Enfermedades Tropicales, PECET, Colômbia.


Atuação Profissional



Universidade Federal de Goiás, UFG, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional:



Projetos de pesquisa


2014 - Atual
PROSPECÇÃO DE PEPTÍDEOS COM ATIVIDADE BIOLÓGICA EM FEIJÃO COMUM (PHASEOLUS VULGARIS)
Descrição: Descrição: O projeto pretende analisar a presença de peptídeos bioativos em feijão comum (Phaseolus vulgaris) da classe comercial carioca, recém-colhido, endurecido e submetido ao processo de extrusão termoplástica. Detectada a presença de peptídeos, técnicas de proteômica serão utilizadas para isolar, sequenciar identificar sequências homólogas, servindo de ponto de partida para os testes de atividade biológica. Sabe-se que 2 a 3 mil toneladas de feijão não são utilizadas na alimentação humana em função do endurecimento ou da separação de cotilédones durante o processamento. Estes subprodutos apresentam baixo valor agregados e recentemente, o grupo de pesquisa da proponente sugeriu a extrusão termoplástica como alternativa para a reinclusão destes subprodutos como ingredientes alimentares, agregando valor a estes subprodutos anteriormente destinados à produção de ração. A partir dessa experiência iniciou-se uma colaboração com o Centro Nacional de Pesquisa de Arroz e Feijão (EMBRAPA-CNPAF) que culminou na aprovação de vários projetos (Edital Universal CNPq (2011-2013); EMBRAPA - IDEARE (2012-2014)) com o objetivo de estudar as alterações bioquímicas ocorridas no decorrer do endurecimento e escurecimento de feijões comuns. A partir dos resultados obtidos nos projetos citados, bem como em projetos conjuntos com o SESI-SENAI-CNPq (Inovação Tecnológica), foi detectado a presença de peptídeos em feijão (dados não publicados). Associados aos dados da literatura, os resultados indicam um grande potencial nos grãos de feijão comum para atuar como fonte de peptídeos bioativos, sobretudo aqueles relacionados à atividade antioxidante e controle de pressão arterial. O sucesso deste projeto pode representar avanço no nosso conhecimento sobre a qualidade nutricional, e benefícios à saúde proporcionados pela ingestão de feijão, particularmente para as populações de baixa renda. Adicionalmente, o sucesso deste projeto pode agregar valor aos subprodutos do beneficiamento do feijão que configuram fonte barata e acessível para produção em larga escala de co-produtos contendo compostos benéficos à saúde humana. O desenvolvimento deste projeto prevê o envolvimento de estudantes de pós-graduação nos níveis de mestrado e doutorado, bem como o envolvimento de um pós-doutorando. Neste aspecto a experiência adquirida pelos estudantes na compreensão do potencial biotecnológico de resíduos agroindustriais, em particular o feijão, será de extrema importância para a agregação de valor biotecnológico a uma das culturas que são alvo de intensa pesquisa pela EMBRAPA-CNPAF. O fato deste projeto ter potencial de gerar patentes, tanto de produtos quanto de processos, faz com que além dos resultados propriamente ditos, este projeto tenha como resultado a formação de profissionais capacitados para atuar na área biotecnológica de interesse da EMBRAPA-CNPAF. Por fim, este projeto reforça uma área de cooperação entre pesquisadores do Programa de Pós-Graduação em Biologia e da EMBRAPA-CNPAF.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Erika Valencia Mejia - Coordenador / Karla de Aleluia Batista - Integrante / Kátia Flávia Fernandes - Integrante / Bruna Rodrigues Moreira - Integrante / Ladyslene C de Paula - Integrante / Juliana Vila Verde Ribeiro - Integrante.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Bioquímica.
2.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Microbiologia / Subárea: Microbiologia Aplicada.
3.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Bioquímica / Subárea: Química de Macromoléculas/Especialidade: Proteínas.
4.
Grande área: Ciências Agrárias / Área: Ciência e Tecnologia de Alimentos / Subárea: Ciência de Alimentos.


Idiomas


Espanhol
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Inglês
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Bem.
Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.


Prêmios e títulos


2007
Matricula de Honor, Escuela de Microbiología- Universidad de Antioquia.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
VELÁSQUEZ, LUZ ELENA2008VELÁSQUEZ, LUZ ELENA ; GÓMEZ, CATALINA ; VALENCIA, ERIKA ; SALAZAR, LAURA ; CASAS, EUDORO . Estudio de foco de paragonimosis en Fuente Clara, Robledo, área periurbana de Medellín, Antioquia. Biomédica (Bogotá), v. 28, p. 396-403, 2008.

Capítulos de livros publicados
1.
PAULA, L. C. ; VALENCIA, ERIKA ; MOREIRA, B. R. ; BATISTA, K. A. ; FERNANDES, K. F. . POTENCIAL ANTIOXIDANTE E QUELANTE DE PEPTÍDEOS DE OCORRÊNCIA NATURAL DE FEIJÃO COMUM (P. vulgaris). DESAFIOS DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE ALIMENTOS 2. 1ed.Curitiba: Atena, 2017, v. , p. 127-147.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
VALENCIA, ERIKA; PAULA, L. C. ; MOREIRA, B. ; BATISTA, K. A. ; FERNANDES, K. F. . POTENTIAL ANTIOXIDANT AND CHELATING ACTIVITY OF PEPTIDES FROM COMMON BEANS (PHASEOLUS VULGARIS). In: XXV Congresso Brasileiro de Ciência e Tecnologia de Alimentos e X CIGR Section VI International Technical Symposium, 2016, Gramado. XXV Congresso Brasileiro de Ciência e Tecnologia de Alimentos e X CIGR Section VI International Technical Symposium, 2016.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
XXVI Congresso Brasileiro de Ciência e Tecnologia de Alimentos. EVALUATING THE ANTIHYPERGLYCEMIC EFFECT OF PEPTIDE FRACTIONS OF THE COMMON BEAN (PHASEOLUS VULGARIS). 2018. (Congresso).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 16/12/2018 às 12:12:50