Maria Eugênia Carvalho do Amaral

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/8090699503970157
  • Última atualização do currículo em 26/09/2014


Com graduação em Ciências Biológicas (1975), mestrado e doutorado em Ecologia pela UNICAMP (1982 e 1992, respectivamente), tem experiência na área de Ecologia Aplicada atuando nas seguintes linhas de pesquisa: ecologia de sistemas agrários, controle biológico, ecologia da polinização e interações inseto-planta em ecossistemas do Cerrado e do Pantanal Sul-Matogrossense. Durante sua vida acadêmica na Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (de 1976 até 2001) trabalhou com ensino de graduação, pesquisa, orientação e coordenação de pós-graduação. No período de 1993 a 1995 liderou a comissão de implantação do primeiro curso de PG "stricto sensu" em Ecologia de Mato Grosso do Sul, na UFMS, com enfoque em Ecologia e Conservação - foi coordenadora do Mestrado de 1996 a 2000. A partir de 2002, até a presente data, tem atuado como consultora em Ecologia e Biodiversidade e como escritora e articulista de periódicos, publicando em revistas e em jornais impressos e eletrônicos, principalmente em Mato Grosso do Sul. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Maria Eugênia Carvalho do Amaral
Nome em citações bibliográficas
AMARAL, M. E. C.;AMARAL, M.E.

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Centro de Ciências Biológicas e da Saúde, Departamento de Biologia.
Setor de Ecologia
Cidade Universitária
79070900 - Campo Grande, MS - Brasil


Formação acadêmica/titulação


1987 - 1992
Doutorado em Ecologia.
Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.
Título: ECOLOGIA FLORAL DE DEZ ESPECIES DA TRIBO BIGNONIEAE (BIGNONIACEAE), EMUMA FLORESTA SEMIDECIDUA, NO MUNICIPIO DE CAMPINAS, SP., Ano de obtenção: 1992.
Orientador: JOAO SEMIR.
Palavras-chave: ECOLOGIA FLORAL; POLINIZACAO; BIGNONIACEAE.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia / Subárea: Ecologia Teórica.
1978 - 1982
Mestrado em Ecologia.
Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.
Título: CONTROLE BIOLOGICO NATURAL E APLICADO DE "ANTICARSIA GEMMATALIS" HUBNER, 1818 (LEPIDOPTERA: NOCTUIDAE) EM CAMPOS DE SOJA,Ano de Obtenção: 1982.
Orientador: MOHAMED EZZ EL-DIN MOSTAFA MOSTAFA HABIB.
Palavras-chave: CONTROLE BIOLOGICO; ANTICARSIA GEMMATALIS; SOJA.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia / Subárea: Ecologia Aplicada.
1972 - 1975
Graduação em Ciências Biológicas.
Faculdade de Filosofia Ciências e Letras Farias Brito.




Atuação Profissional



Revista ÍMPAR, R. ÍMPAR, Brasil.
Vínculo institucional

2006 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Articulista, Carga horária: 2
Outras informações
A Revista ÍMPAR, de Mato Grosso do Sul, é um periódico impresso de periodicidade mensal, sobre variedades, onde colaboro como articulista (sem vínculo empregatício) mantendo uma coluna que aborda diferentes temas, de divulgação científica à crônicas sobre o cotidiano.


Midiamax News, MIDIAMAX, Brasil.
Vínculo institucional

2003 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Articulista e Blogueira, Carga horária: 6
Outras informações
O Midiamax News é um jornal eletrônico de Mato Grosso do Sul, com sede na cidade de Campo Grande, onde colaboro como articulista (sem vínculo empregatício), desde 2003. Atualmente mantenho um blog onde divulgo eventos culturais, escrevo crônicas sobre o cotidiano e faço divulgação científica.


Jornal O PROGRESSO, J. O PROGRESSO, Brasil.
Vínculo institucional

2002 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Articulista, Carga horária: 2
Outras informações
O PROGRESSO é um jornal impresso e diário que foi fundado em 1950 na cidade de Dourados, em Mato Grosso do Sul, onde colaboro como articulista (sem vínculo empregatício) escrevendo uma coluna semanal no Caderno D.


Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, UFMS, Brasil.
Vínculo institucional

1986 - 2001
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

1982 - 1985
Vínculo: Servidor público ou celetista, Enquadramento Funcional: Professor nível 15 (N-15), Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

1981 - 1982
Vínculo: Servidor público ou celetista, Enquadramento Funcional: Professor nível 13 (N-13), Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

1976 - 1981
Vínculo: Servidor público ou celetista, Enquadramento Funcional: Professor - Auxiliar, Carga horária: 40

Atividades

4/1996 - 8/2001
Ensino, Ecologia e Conservação, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
ECOLOGIA DE CAMPO (OBRIGATÓRIA)
ECOLOGIA DE ECOSSISTEMAS (OBRIGATÓRIA)
TÓPICOS ESPECIAIS EM ECOLOGIA E CONSERVAÇÃO - ECOLOGIA DA POLINIZAÇÃO (OPTATIVA)
1/1996 - 8/2001
Direção e administração, Centro de Ciências Biológicas e da Saúde, .

Cargo ou função
Coordenação de Programa de Pós Graduação "stricto sensu" em Ecologia e Conservação - Mestrado.
3/1993 - 8/2001
Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Ciências Biológicas e da Saúde, Departamento de Biologia.

08/1976 - 08/2001
Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
ECOLOGIA (LIC. EM CIÊNCIAS)
ZOOLOGIA GERAL (LIC. EM CIÊNCIAS)
ECOLOGIA DA POLINIZACAO (OPTATIVA - CURSO DE BIOLOGIA)
ECOLOGIA DE ECOSSISTEMAS REGIONAIS (OBRIGATÓRIA - CURSO DE BIOLOGIA)
ECOLOGIA GERAL (OBRIGATORIA - CURSO DE BIOLOGIA)
ECOLOGIA (OBRIGATÓRIA - CURSO DE AGRONOMIA)
ECOLOGIA (OBRIGATÓRIA - CURSO DE VETERINÁRIA)
INICIAÇÃO À PESQUISA (OBRIGATÓRIA - CURSO DE BIOLOGIA)
3/1997 - 2/2001
Serviços técnicos especializados , Pró Reitoria de Pesquisa e Pós Graduação, Coordenadoria de Pós Graduação.

Serviço realizado
Participação de COMISSÃO INSTITUCIONAL DE PÓS-GRADUAÇÃO (Stricto e Lato Sensu).
12/1998 - 1/1999
Outras atividades técnico-científicas , Centro de Ciências Biológicas e da Saúde, .

Atividade realizada
Presidente eleita do FORUM NACIONAL DE PG EM ECOLOGIA.
08/1994 - 07/1998
Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Ciências Biológicas e da Saúde, Departamento de Biologia.

7/1986 - 3/1987
Outras atividades técnico-científicas , Centro de Ciências Biológicas e da Saúde, .

Atividade realizada
Representante da UFMS no CONSELHO ESTADUAL DE CONTROLE AMBIENTAL.
4/1982 - 5/1983
Direção e administração, Campus Universitário de Dourados, .

Cargo ou função
Chefia do Depto. de Ciências (extinto na atual estrutura da institucional).
8/1981 - 7/1982
Outras atividades técnico-científicas , Campus Universitário de Dourados, .

Atividade realizada
Representante docente (eleita) p/ CONSELHO UNIVERSITÁRIO.
8/1977 - 2/1978
Outras atividades técnico-científicas , Campus Universitário de Dourados, .

Atividade realizada
Representante docente (eleita) p/ CONSELHO UNIVERSITÁRIO.

Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Vínculo institucional

2000 - 2001
Vínculo: Sem vínculo, Enquadramento Funcional: COMISSÃO TEMPORÁRIA (SEM VÍNCULO), Carga horária: 2
Outras informações
Membro do Comitê Assessor para Importação

Vínculo institucional

1997 - 1997
Vínculo: Outro, Enquadramento Funcional: COMISSAO TEMPORARIA (SEM VINCULO), Carga horária: 2
Outras informações
Comissão Coordenadora (membro suplente) para implantação e coordenação do PROGRAMA INTEGRADO DE ECOLOGIA - PIE (Portaria 011/97-Presidência do CNPq)

Atividades

1/1997 - 12/1997
Serviços técnicos especializados , Diretoria de Desenvolvimento Científico, .

Serviço realizado
COMISSAO COORDENADORA - MEMBRO SUPLENTE - IMPLANTAR E COORDENAR O.

University of Florida, UF, Estados Unidos.
Vínculo institucional

1994 - 1994
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: SEM VINCULO, Carga horária: 40


Governo do Estado do Mato Grosso do Sul, GOVERNO/MS, Brasil.
Vínculo institucional

1992 - 1993
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: SEM VINCULO, Carga horária: 2

Atividades

10/1992 - 09/1993
Serviços técnicos especializados , Conselho Estadual de Ciência e Tecnologia, .

Serviço realizado
MEMBRO DO COMITE ASSESSOR PARA AVALIAR PROJETOS NO CALENDARIO DE.


Linhas de pesquisa


1.
ECOLOGIA DAS INTERACOES ANIMAL-PLANTA

Objetivo: Pesquisar interações animal-planta em estudos de ecologia de comunidades com macrófitas aquáticas e em áreas florestais fragmentadas ("capões") no Pantanal Sul-Mato-Grossense, orientando dissertações de mestrado..
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia.
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Botânica.
Palavras-chave: PANTANAL; ARANEAE; HETEROGENEIDADE DE HABITAT; ECOLOGIA DE COMUNIDADES; MACROFITAS AQUATICAS; BIOGEOGRAFIA DE ILHAS.
2.
ECOLOGIA FLORAL - POLINIZACAO, SISTEMAS DE REPRODUÇÃO E HERBIVORIA FLORAL

Objetivo: Realizar estudos e pesquisas com estratégias reprodutivas de plantas e suas interações com polinizadores, herbívoros e outros insetos/animais que utilizem flores como recurso, no Cerrado e no Pantanal Sul-Mato-Grossense, especialmente com espécies de macrófitas aquáticas. Orientar alunos em estágios, iniciação científica e em dissertações de mestrado..
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia.
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Botânica.
Palavras-chave: ECOLOGIA FLORAL; PANTANAL; ECOLOGIA DA POLINIZAÇÃO; REPRODUÇÃO VEGETAL; BIGNONIACEAE; MACROFITAS AQUATICAS.
3.
CONTROLE BIOLÓGICO DE INSETOS

Objetivo: Desenvolver projetos de pesquisa e orientar alunos de iniciação científica com controle de pragas em soja - inseto-alvo: "Anticarsia gemmatalis" - e em trigo, especialmente na região agrícola de Dourados, MS.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia / Subárea: Ecologia Aplicada.
Palavras-chave: ANTICARSIA GEMMATALIS; CONTROLE BIOLOGICO; CONTROLE DE PRAGAS; CONTROLE MICROBIANO DE PRAGA.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia / Subárea: Ecologia Teórica.
2.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Botânica / Subárea: Botânica Aplicada.
3.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Zoologia / Subárea: Comportamento Animal.


Idiomas


Espanhol
Compreende Bem, Fala Pouco, Lê Bem.
Francês
Compreende Pouco.
Inglês
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.


Prêmios e títulos


2012
Prêmio Ecologia e Ambientalismo, Câmara Municipal de Campo Grande, MS.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
JULIÃO, G. R.2004 JULIÃO, G. R. ; AMARAL, M. E. C. ; FERNANDES, G. W. ; E. G. OLIVEIRA . EDGE EFFECT AND SPECIES-AREA RELATIONSHIPS IN THE GALL-FORMING INSECT FAUNA OF NATURAL FOREST PATCHES IN THE BRAZILIAN PANTANAL. Biodiversity and Conservation, Holanda, v. 13, p. 2055-2066, 2004.

2.
FERRAZ FILHO, A.2002FERRAZ FILHO, A. ; AMARAL, M. E. C. ; FERNANDES, W.D. . FATORES BIÓTICOS DE MORTALIDADE DE "ALABAMA ARGILLACEA" (HÜBNER, 1818) (LEPIDOPTERA: NOCTUIDAE) EM PLANTAÇÕES DE ALGODÃO. BIOTEMAS, v. 15, n.2, p. 23-40, 2002.

3.
JULIÃO, G. R.2002JULIÃO, G. R. ; AMARAL, M. E. C. ; FERNANDES, G. W. . GALHAS DE INSETOS E SUAS PLANTAS HOSPEDEIRAS DO PANTANAL SUL-MATO-GROSSENSE. Naturalia (São José do Rio Preto), Brasil, v. 27, p. 47-74, 2002.

4.
RAIZER, J.2001 RAIZER, J. ; AMARAL, M. E. C. . DOES THE STRUCTURAL COMPLEXITY OF AQUATIC MACROPHYTES EXPLAIN THE DIVERSITY OF ASSOCIATED SPIDER ASSEMBLAGES?. THE JOURNAL OF ARACHNOLOGY, Estados Unidos, v. 29, n.2, 2001.

5.
BRESCOVIT, A. D.2000BRESCOVIT, A. D. ; RAIZER, J. ; AMARAL, M. E. C. . DESCRIPTIONS AND NOTES ON THE GENUS PARADOSSENUS IN THE NEOTROPICAL REGION (ARANEAE, TRECHALEIDAE). THE JOURNAL OF ARACHNOLOGY, Estados Unidos, v. 28, n.1, p. 7-15, 2000.

6.
COLLEVATTI, R. G.1997 COLLEVATTI, R. G. ; LOPES, F. S. ; AMARAL, M. E. C. . REPRODUCTIVE SUCCESS IN THE TROPICAL WEED TRIUMFETTA SEMITRILOBA JACQ. (TILIACEAE): SPATIAL AND TEMPORAL VARIATION IN SEED SET. REVISTA DE BIOLOGIA TROPICAL, Costa Rica, v. 45, n.4, p. 1395-1400, 1997.

7.
COLLEVATTI, R. G.1997 COLLEVATTI, R. G. ; AMARAL, M. E. C. ; S, L. F. . ROLE OF POLLINATORS IN SEED SET AND A TEST OF POLLEN LIMITATION HYPOTHESIS IN THE TROPICAL WEED TRIUMFETTA SEMITRILOBA (TILIACEAE). REVISTA DE BIOLOGIA TROPICAL, Costa Rica, v. 45, n.4, p. 1401-1408, 1997.

8.
UIEDA, V. S.1989UIEDA, V. S. ; UIEDA, W. ; FROEHLICH, O. ; AMARAL, M. E. C. . ORGANIZACAO DE CARDUMES EM TILAPIA RENDALLI NA REPRESA DE AMERICANA,SAO PAULO.. REVISTA BRASILEIRA DE BIOLOGIA, v. 49, n.3, p. 749-756, 1989.

9.
HABIB, M. E. M.1985HABIB, M. E. M. ; AMARAL, M. E. C. . AERIAL APPLICATION OF BACILLUS THURINGIENSIS AGAINST THE VELVETBEAN CATERPILLAR ANTICARSIA GEMMATALIS HUEBNER, IN SOYBEAN FIELDS. REVISTA DE AGRICULTURA (ESALQ-USP), v. 60, n.2, p. 141-149, 1985.

10.
HABIB, M. E. M.1983HABIB, M. E. M. ; PALEARI, L. M. ; AMARAL, M. E. C. . EFFECT OF THREE LARVAL DIETS ON THE DEVELOPMENT OF THE ARMYWORM, SPODOPTERA LATIFASCIA WALKER, 1856 (NOCTUIDAE, LEPIDOPTERA). REVISTA BRASILEIRA DE ZOOLOGIA, v. 1, n.3, p. 177-182, 1983.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
AMARAL, M. E. C.. CELEBRANDO DEZEMBRO, JANEIRO, FEVEREIRO.... 1. ed. Campo Grande, MS: Letra Livre, 2014. v. único. 312p .

2.
AMARAL, M. E. C.; FLANDOLI, B.X. . DUAS IMPERTINENTES CRÔNICAS. 1. ed. Barueri, SP: Ed. Manole & Minha Editora, 2006. v. único. 215p .

Capítulos de livros publicados
1.
AMARAL, M. E. C.. WEGA NERY. In: Fabio Pellegrini; Daniel Reino. (Org.). VOZES DAS ARTES PLÁSTICAS. 1ed.Campo Grande, MS: Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul, 2013, v. único, p. 68-75.

2.
AMARAL, M. E. C.. EDSON CASTRO. In: Fabio Pellegrini; Daniel Reino. (Org.). VOZES DAS ARTES PLÁSTICAS. 1ed.Campo Grande, MS: Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul, 2013, v. único, p. 172-177.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
AMARAL, M. E. C.. CURSOS DE MESTRADO E DOUTORADO - UM PANORAMA ESTADUAL. Jornal Eletrônico MIDIAMAX NEWS, Campo Grande, MS, p. 1 - 1, 18 out. 2007.

2.
AMARAL, M. E. C.. VIDA LONGA E BEM (RE)APROVEITADA. Revista Ímpar, Campo Grande, MS, , v. 25, p. 58 - 58, 15 jul. 2007.

3.
AMARAL, M. E. C.. PALAVRAS... PEDRAS, PNEUS, PAPÉIS E PLÁSTICOS. Revista Ímpar, Campo Grande, MS, , v. 23, p. 54 - 54, 20 maio 2007.

4.
AMARAL, M. E. C.. E AGORA JOSÉ? A CULPA É SUA!. Revista Ímpar, Campo Grande, MS, , v. 21, p. 20 - 20, 17 mar. 2007.

5.
AMARAL, M. E. C.. UM POR CENTO - TODA A DIFERENÇA. Revista Ímpar, Campo Grande, MS, , v. 17, p. 22 - 22, 25 set. 2006.

6.
AMARAL, M. E. C.. GANHAR O PEIXE OU APRENDER A PESCAR?. Jornal O PROGRESSO, Dourados, MS, , v. 9.719, p. 2 - 2, 29 abr. 2006.

7.
AMARAL, M. E. C.. É BONITO UMA PIRAPUTANGA OBESA?. Jornal Eletrônico MIDIAMAX NEWS, Campo Grande, MS, , v. 1, p. 1 - 1, 29 nov. 2005.

8.
AMARAL, M. E. C.. MARTÍRIO NO SÉCULO XXI. Jornal O PROGRESSO, Dourados, MS, p. 2 - 2, 16 nov. 2005.

9.
AMARAL, M. E. C.. ESPECIALIZAÇÃO, MBA, MESTRADO, DOUTORADO - QUAL ESCOLHER?. Jornal da Ciência - SBPC, internet, 30 mar. 2004.

10.
AMARAL, M. E. C.. AS UNIVERSIDADES DO ESTADO, O PROVÃO E O SEU DIPLOMA. Jornal O PROGRESSO, Dourados, MS, , v. 9.102, p. 2 - 2, 27 mar. 2004.

11.
AMARAL, M. E. C.. AS UNIVERSIDADES DE MATO GROSSO DO SUL.... Jornal O PROGRESSO, Dourados, MS, , v. 9.096, p. 2 - 2, 20 mar. 2004.

12.
AMARAL, M. E. C.. CIÊNCIA E OS LIMITES DA IGNORÂNCIA. Observatório da Imprensa, internet, 30 set. 2003.

13.
AMARAL, M. E. C.. LUZ DAS LETRAS - DELETANDO O ANALFABETISMO. Jornal O PROGRESSO, Dourados, MS, , v. 2.346, p. 2 - 2, 27 set. 2003.

14.
AMARAL, M. E. C.. WEGA NERY. Revista Holophote - Ano 2, Campo Grande, MS, , v. 13, p. 42 - 45, 01 jul. 2003.

15.
AMARAL, M. E. C.. RAÇAS HUMANAS?. Jornal O PROGRESSO, Dourados, MS, , v. 8.769, p. 2 - 2, 01 fev. 2003.

16.
AMARAL, M. E. C.. FAZER CIÊNCIA E OS LIMITES DA IGNORÂNCIA. Jornal O PROGRESSO, Dourados, MS, , v. 8.763, p. 2 - 2, 25 jan. 2003.

17.
AMARAL, M. E. C.. POLUIÇÃO DA ÁGUA EM AMOSTRAS DE DUAS ÁREAS DISTINTAS NA CIDADE DE DOURADOS - MT, EM NOVEMBRO DE 1976. Revista Textos, DOURADOS, MS, , v. 3, p. 111 - 122, 20 ago. 1997.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
JULIÃO, G. R. ; AMARAL, M. E. C. ; FERNANDES, G. W. . RIQUEZA DE INSETOS GALHADORES EM FRAGMENTOS NATURAIS DE MATA NO PANTANAL SUL-MATOGROSSENSE, SUB-REGIAO MIRANDA-ABOBRAL, BRASIL. In: IV CONGRESSO LATINOAMERICANO DE ECOLOGIA, 1998, AREQUIPA, PERU. LIBRO DE RESÚMENES. AREQUIPA, PERU: SOCIEDADE LATINOAMARICANA DE ECOLOGIA, 1998. p. 8-5-8-5.

2.
RAIZER, J. ; AMARAL, M. E. C. . CONSTRUCAO DE ABRIGOS POR ARANHAS EM MACROFITAS AQUATICAS NO PANTANAL SUL-MATO-GROSSENSE. In: IX ENCONTRO DE BIOLOGOS - CRB-1, 1998, CAMPO GRANDE, MS. RESUMOS - IX ENCONTRO DE BIÓLOGOA. São Paulo, SP: Conselho Regional de Biologia - 1, 1998. p. 82-82.

3.
RAIZER, J. ; AMARAL, M. E. C. . ASSOCIACOES ENTRE ARANHAS E PLANTAS AQUATICAS NO PANTANAL SUL-MATO- GROSSENSE. In: III ENCONTRO DE ARACNOLOGIA, 1997, JUNDIAI, SP.. BOLETIM INFORMATIVO DOS ARACNOLOGOS DO BRASIL (PAPO DE ARANHA). Jundiaí, SP.: Sociedade de Aracnólogos do Brasil, 1997. v. 4. p. 2-3.

4.
AMARAL, M. E. C.; GOMES, P. R. . ECOLOGIA DA POLINIZACAO E SISTEMA DE REPRODUCAO DE IPOMOEA CARNEA SSP. FISTULOSA (CONVOLVULACEAE), NO PANTANAL DO ABOBRAL, MATO GROSSO DO SUL. In: III CONGRESSO DE ECOLOGIA DO BRASIL, 1996, BRASILIA, DF.. RESUMOS. Brasília, DF: Sociedade de Ecologia do Brasil, 1996. p. 367-367.

5.
RAIZER, J. ; AMARAL, M. E. C. ; LOPES, F. S. ; LOUZAN, J. C. . COMPLEXIDADE ESTRUTURAL EM MACROFITAS AQUATICAS E ESTRATEGIAS DE CAPTURA DE PRESAS DAS ARANHAS ASSOCIADAS. In: III CONGRESSO DE ECOLOGIA DO BRASIL, 1996, BRASILIA, DF.. RESUMOS. Brasília, DF: Sociedade de Ecologia do Brasil, 1996. p. 363-363.

6.
AMARAL, M. E. C.; FISCHER, W. . PADRAO INICIAL DE FLORACAO EM TABEBUIA AUREA (BIGNONIACEAE) NA REGIAO DO PASSO DO LONTRA, PANTANAL DO ABOBRAL, MS.. In: III CONGRESSO DE ECOLOGIA DO BRASIL, 1996, BRASILIA, DF.. RESUMOS. Brasília, DF: Sociedade de Ecologia do Brasil, 1996. p. 225-226.

7.
AMARAL, M. E. C.; GUIMARÃES, E. S. . ECOLOGIA DA POLINIZACAO DE ECHINODORUS PANICULATUS (ALISMATACEAE) NOPANTANAL DO MIRANDA-ABOBRAL, MATO GROSSO DO SUL. In: II CONGRESSO DE ECOLOGIA DO BRASIL, 1996, BRASILIA, DF. RESUMOS. Brasília, DF: Sociedade de Ecologia do Brasil, 1996. p. 362-362.

8.
AMARAL, M. E. C.; SILVA, J. O. ; LEONEL, W. ; ÁVILA, E. R. ; TEIXEIRA, M. C. ; GOMES, P. R. . POLLINATION ECOLOGY OF AQUATIC MACROPHYTES IN THE PANTANAL, MATO GROSSO DO SUL, BRAZIL - PRELIMINARY REPORT. In: III CONGRESO LATINOAMERICANO DE ECOLOGIA, 1995, MERIDA, VENEZUELA. LIBRO DE RESÚMENES DEL III CONGRESO LATINOAMERICANO DE ECOLOGÍA. MERIDA, VENEZUELA: SOCIEDADE LATINOAMERICANA DE ECOLOGIA, 1995. p. 21-1-21-1.

9.
GOMES, P. R. ; AMARAL, M. E. C. . ECOLOGIA DA POLINIZACAO DE IPOMOEA CARNEA SSP. FISTULOSA (CONVOLVULACEAE) NO PANTANAL SUL-MATO-GROSSENSE. In: IV ENCONTRO DE INICIACAO CIENTIFICA, 1995, CAMPO GRANDE, MS. ANAIS DO IV ENCONTRO DE INICIACAO CIENTIFICA, 1995. p. 80-80.

10.
RAIZER, J. ; AMARAL, M. E. C. . ARANEOFAUNA ASSOCIADA A MACROFITAS AQUATICAS NA REGIAO DO PANTANAL DO MIRANDA/ABOBRAL, MATO GROSSO DO SUL. In: IX SEMINARIO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSAO - SEPE, 1994, CAMPO GRANDE, MS. ANAIS DO IX SEMINARIO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSAO, 1994. p. 235-235.

11.
AMARAL, M. E. C.; TEIXEIRA, M. C. . BIOLOGIA E HERBIVORIA FLORAL DE ESCHWEILERA NANA (LECYTHIDACEAE) EM UM FRAGMENTO DE CERRADO NO MATO GROSSO DO SUL. In: I REUNIAO ESPECIAL DA SBPC - O CERRADO E O SECULO XXI, 1994, UBERLANDIA, MG. ANAIS DA I REUNIAO ESPECIAL DA SBPC - O CERRADO E O SECULO XXI, 1994. p. 45-45.

12.
ÁVILA, E. R. ; AMARAL, M. E. C. . BIOLOGIA FLORAL E SISTEMA DE REPRODUCAO DE BELOPERONE GUTTATA (ACANTHACEAE). In: II ENCONTRO DE INICIACAO CIENTIFICA, 1993, CAMPO GRANDE, MS. ANAIS DO II ENCONTRO DE INICIACAO CIENTIFICA, 1993. p. 76-76.

13.
AMARAL, M. E. C.; SEMIR, J. . ECOLOGIA DA POLINIZACAO DE NOVE ESPECIES DA TRIBO BIGNONIEAE (BIGNONIACEAE) NA MATA DE SANTA GENEBRA. In: SEMINARIO: "MATA DE SANTA GENEBRA - CONSERVACAO E PESQUISA EM UMA RESERVA FLORESTAL URBANA", 1992, CAMPINAS, SP. RESUMOS - SEMINARIO: MATA DE SANTA GENEBRA - CONSERVACAO E PESQUISA EM UMA RESERVA FLORESTAL URBANA, 1992. p. 15-15.

14.
UIEDA, V. S. ; UIEDA, W. ; FROEHLICH, O. ; AMARAL, M. E. C. . CARDUMES DE TILAPIA RENDALLI NA REPRESA DE AMERICANA, SAO PAULO. In: XV CONGRESSO BRASILEIRO DE ZOOLOGIA, 1988, CURITIBA, PR. RESUMOS, 1988. p. 401-401.

15.
LIPARELLI, T. ; AMARAL, M. E. C. . DIETA ALIMENTAR DE ASTYANAX FASCIATUS (CUVIER, 1819) (PISCES, CHARACIDAE) NO CORREGO LAGEADO, EM CAMPO GRANDE, MS. In: XIV CONGRESSO BRASILEIRO DE ZOOLOGIA, 1987, JUIZ DE FORA, MG. RESUMOS, 1987.

16.
AMARAL, M. E. C.. INIMIGOS NATURAIS DA LAGARTA DA SOJA, ANTICARSIA GEMMATALIS HUBNER, 1818. In: XII CONGRESSO BRASILEIRO DE ZOOLOGIA, 1985, CUIABÁ, MT. RESUMOS. p. 157-157.

17.
ALBUQUERQUE, L. B. ; AMARAL, M. E. C. . LEVANTAMENTO PRELIMINAR DA ENTOMOFAUNA AQUATICA EM SALINAS DA NHECOLANDIA (CORUMBA, MS). In: VI SEMINARIO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSAO - SEPE, 1984, CORUMBA, MS. ANAIS DO VI SEMINARIO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSAO - SEPE, 1984. p. 107-107.

Apresentações de Trabalho
1.
AMARAL, M. E. C.; GUIMARÃES, E. S. . ECOLOGIA DA POLINIZAÇÃO DE ECHINODORUS PANICULATUS (ALISMATACEAE) NO PANTANAL DO MIRANDA-ABOBRAL, MATO GROSSO DO SUL. 1996. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

2.
AMARAL, M. E. C.; FISCHER, W. . PADRÃO INICIAL DE FLORAÇÃO EM TABEBUIA AUREA (BIGNONIACEAE) NA REGIÃO DO PASSO DO LONTRA, PANTANAL DO ABOBRAL, MS. 1996. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

3.
RAIZER, J. ; AMARAL, M. E. C. ; LOPES, F. S. . COMPLEXIDADE ESTRUTURAL EM MACRÓFITAS AQUÁTICAS E ESTRATÉGIAS DE CAPTURA DE PRESAS DAS ARANHAS ASSOCIADAS. 1996. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

4.
AMARAL, M. E. C.; GOMES, P. R. . ECOLOGIA DA POLINIZAÇÃO E SISTEMA DE REPRODUÇÃO DE IPOMOEA CARNEA SSP. FISTULOSA (CONVOLVULACEAE), NO PANTANAL DO ABOBRAL, MATO GROSSO DO SUL. 1996. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

5.
AMARAL, M. E. C.; SILVA, J. O. ; LEONEL, W. ; ÁVILA, E. R. ; TEIXEIRA, M. C. ; GOMES, P. R. . POLLINATION ECOLOGY OF AQUATIC MACROPHYTES IN THE PANTANAL, MATO GROSSO DO SUL, BRAZIL - PRELIMINARY REPORT. 1995. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

6.
AMARAL, M. E. C.. ECOLOGIA FLORAL DE MACROFITAS AQUATICAS NO PANTANAL DA REGIAO MIRANDA/ABOBRAL, MATO GROSSO DO SUL. 1994. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

7.
AMARAL, M. E. C.. BIODIVERSIDADE DE MACROFITAS AQUATICAS E SUA FAUNA ASSOCIADA - UMA PROPOSTA DE PESQUISA MULTIDISCIPLINAR. 1994. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

8.
AMARAL, M. E. C.. AQUATIC MACROPHYTES IN PANTANAL, BRAZIL. 1994. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

9.
AMARAL, M. E. C.. ECOLOGIA DA POLINIZACAO DE DEZ ESPECIES DA TRIBO BIGNONIEAE (BIGNONIACEAE). 1993. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

10.
AMARAL, M. E. C.. PROTECAO CONTRA PILHAGEM DE NECTAR EM NOVE ESPECIES DE BIGNONIACEAE. 1993. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

11.
AMARAL, M. E. C.. POLINIZACAO - SINDROMES. 1992. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

12.
AMARAL, M. E. C.. ECOLOGIA FLORAL EM BIGNONIACEAE. 1992. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

13.
AMARAL, M. E. C.. ECOLOGIA DA POLINIZACAO DE LEONURUS SIBIRICUS (LABIATAE), NA REGIAO DE CAMPINAS, SAO PAULO. 1989. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

14.
AMARAL, M. E. C.. INFLUENCIA DE FATORES CLIMATICOS NA DINAMICA POPULACIONAL DE ANTICARSIA GEMMATALIS HUBNER, 1818 (LEPIDOPTERA, NOCTUIDAE). 1986. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

15.
AMARAL, M. E. C.. ZOOCECIDIOS EM PLANTAS DE CERRADO (CAMPO GRANDE, MS). 1986. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

16.
AMARAL, M. E. C.. INIMIGOS NATURAIS DA LAGARTA DA SOJA, ANTICARSIA GEMMATALIS HUBNER, 1818. 1985. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

17.
AMARAL, M. E. C.. ATROPODOS PREDADORES DE ANTICARSIA GEMMATALIS EM AGROECOSSISTEMAS DE SOJA, EM DOURADOS, MS. 1984. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

18.
AMARAL, M. E. C.. OCORRENCIA NATURAL DE PATOGENOS E PARASITOS DE ANTICARSIA GEMMATALIS(LEPIDOPTERA, NOCTUIDAE) EM CAMPOS DE SOJA. 1982. (Apresentação de Trabalho/Congresso).


Produção técnica
Trabalhos técnicos
1.
AMARAL, M. E. C.. COORDENAÇÃO DE PROJETO INTEGRADO DE PESQUISA. 1996.

2.
AMARAL, M. E. C.. ECOLOGIA DA POLINIZAÇÃO E HERBIVORIA FLORAL DE ESPÉCIES ENTOMÓFILAS DO CERRADO E PANTANAL SUL-MATO-GROSSENSE. 1994.


Demais tipos de produção técnica
1.
AMARAL, M. E. C.. CONSULTORIA para a Revista ÍMPAR - Edição número 17, Ano 2, setembro/2006 - QUE PLANETA QUEREMOS PARA VIVER?. 2006. (CONSULTORIA).

2.
AMARAL, M. E. C.. ECOLOGIA DA POLINIZAÇÃO E HERBIVORIA FLORAL DE ESPÉCIES ENTOMÓFILAS DO CERRADO E PANTANAL SUL-MATO-GROSSENSE. 1999. (Relatório de pesquisa).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
AMARAL, M. E. C.; ALVES, G. L.; FAVERO, S.. Participação em banca de MARTA OLINDA DOS SANTOS CARA. O Estado da Arte dos Estudos de Educação Ambiental em Mato Grosso do Sul: A Produção dos Cursos de Pós-graduação Stricto Sensu. 2006. Dissertação (Mestrado em Meio Ambiente e Desenvolvimento Regional) - Universidade Anhanguera - Uniderp.

2.
AMARAL, M. E. C.; ALVES, G. L.; BRUM, E.. Participação em banca de ENILDA MARIA LEMOS. A Fundação para Conservação da Natureza de Mato Grosso do Sul (FUCONAMS) e as Origens do Movimento Ambientalista no Estado: 1979 a 1989. 2004. Dissertação (Mestrado em Meio Ambiente e Desenvolvimento Regional) - Universidade Anhanguera - Uniderp.

3.
DANIEL, O.; AMARAL, M. E. C.; VIEIRA, M. C.. Participação em banca de JACQUELINE AREIAS DE OLIVEIRA. Análise Florística de Oito Espécies Medicinais dos Cerrados de Dourados, MS. 2003. Dissertação (Mestrado em Agronomia) - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul.

4.
AMARAL, M. E. C.; FERNANDES, W.D.; LOPES, F. S.. Participação em banca de VINÍCIUS ANDRADE LOPES. Comunidades de Scarabaeidae "stricto sensu" em quatro tipos de Vegetação Nativa do Pantanal Sul-Mato-Grossense. 2000. Dissertação (Mestrado em Ecologia e Conservação) - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul.

5.
AMARAL, M. E. C.; FERNANDES, W.D.. Participação em banca de LUCIANE FORTUNATO DE OLIVEIRA. Biologia Floral e Sistema Reprodutivo de "Ipomoea cordatotriloba" Dennst. (Convolvulaceae), nas sub-regiões Miranda e Abobral do Pantanal Sul-Mato-Grossense. 2000. Dissertação (Mestrado em Ecologia e Conservação) - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul.

6.
AMARAL, M. E. C.; LOPES, F. S.; MOURÃO, G.M.. Participação em banca de YZEL RONDON SÚAREZ. Ecologia de Comunidades de Peixes em Lagoas do Pantanal da Nhecolândia, Corumbá, Mato Grosso do Sul. 1998. Dissertação (Mestrado em Ecologia e Conservação) - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul.

7.
AMARAL, M. E. C.; MARQUES, E.J.; LOPES, F. S.. Participação em banca de CYNTHIA PERALTA DE ALMEIDA PRADO. Estratégias Reprodutivas em Espécies de "Leptodactylus" (Anura: Leptodactylidae) no Pantanal Sul-Mato-Grossense. 1997. Dissertação (Mestrado em Ecologia e Conservação) - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul.

8.
AMARAL, M. E. C.; MARQUES, E.J.; LOPES, F. S.. Participação em banca de FLÁVIA DE FREITAS COELHO. Estratégias Reprodutivas de "Salvinia auriculata" Aublet (Pteridophyta) no Pantanal do Miranda/Abobral, Mato Grosso do Sul. 1997. Dissertação (Mestrado em Ecologia e Conservação) - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
AMARAL, M. E. C.. Banca Examinadora de Concurso para professor ADJUNTO em EDUCAÇÃO - PRÁTICA DE ENSINO EM BIOCIÊNCIAS E ESTÁGIO SUPERVISIONADO. 2006. Universidade Federal da Grande Dourados.

2.
AMARAL, M. E. C.. Banca Examinadora de Concurso Público para professor de ECOLOGIA - Magistério Superior. 1998. Universidade Federal de Uberlândia.

Livre docência
1.
AMARAL, M. E. C.; HABIB, M. E. M.; PRADO, A. P.; FREITAS, S.; SILVEIRA NETO, S.; BARATA, J. M.. Banca Examinadora de Memorial do Prof. Dr. Carlos Fernando Salgueirosa de Andrade. 2003. Universidade Estadual de Campinas.

Outras participações
1.
AMARAL, M. E. C.; LACHI, A.L.; VIEIRA, M. C.. Banca examinadora de avaliação de desempenho de docentes para progressão funcional à Classe de PROFESSOR ASSOCIADO. 2006. Universidade Federal da Grande Dourados.

2.
AMARAL, M. E. C.; FERNANDES, W.D.; LOPES, F. S.; MOURÃO, G.M.. Banca para Exame de Seleção de Candidatos ao programa de Pós-graduação em Ecologia e Conservação (Curso de Mestrado). 1999. Universidade Federal de Mato Grosso do Sul.

3.
AMARAL, M. E. C.; FERNANDES, W.D.; LOPES, F. S.. Banca para Exame de Seleção de Candidatos ao programa de Pós-graduação em Ecologia e Conservação (Curso de Mestrado). 1998. Universidade Federal de Mato Grosso do Sul.

4.
AMARAL, M. E. C.; FERNANDES, W.D.; LOPES, F. S.; MARQUES, E.J.. Banca para Exame de Seleção de Candidatos ao programa de Pós-graduação em Ecologia e Conservação (Curso de Mestrado). 1997. Universidade Federal de Mato Grosso do Sul.

5.
FERNANDES, W.D.; LOPES, F. S.; MARQUES, E.J.; AMARAL, M. E. C.. Banca para Exame de Seleção de Candidatos ao programa de Pós-graduação em Ecologia e Conservação (Curso de Mestrado). 1996. Universidade Federal de Mato Grosso do Sul.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Workshop "Pesquisas Ecológicas de Longa Duração - PELD".Workshop "Pesquisas Ecológicas de Longa Duração - PELD". 1997. (Outra).

2.
Seminário do CCBS - UFV.Ecologia Floral de Bignoniaceae. 1992. (Seminário).



Orientações



Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
ANNA CHRISTINA MENDO DOS SANTOS. ECOLOGIA DA POLINIZAÇÃO DE "STYRAX FERRUGINEUS" NEES ET MART. (STYRACACEAE), UMA ESPÉCIE ARBÓREA DO CERRADO. 2000. Dissertação (Mestrado em Ecologia e Conservação) - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Maria Eugênia Carvalho do Amaral.

2.
LUCIANE FORTUNATO DE OLIVEIRA. BIOLOGIA FLORAL E SISTEMA REPRODUTIVO DE "IPOMOEA CORDATOTRILOBA" DENNST. (CONVOLVULACEAE), NAS SUB-REGIÕES MIRANDA E ABOBRAL DO PANTANAL SUL-MATO-GROSSENSE. 2000. Dissertação (Mestrado em Ecologia e Conservação) - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Maria Eugênia Carvalho do Amaral.

3.
VANDERLEI BERTO JUNIOR. INTERACOES ENTRE FORMIGAS E INGA VERA WILLD SSP. AFFINIS (D. C.) PENNINGTON (MIMOSOIDEAE: LEGUMINOSAE): AUSENCIA DE BENEFICIO EM UMA PLANTA COM NECTARIOS EXTRAFLORAIS NO PANTANAL SUL-MATO-GROSSENSE (CO-ORIENTADORA - CURSO DE MESTRADO EM ECOLOGIA ECONSERVACAO). 1999. Dissertação (Mestrado em Ecologia e Conservação) - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Coorientador: Maria Eugênia Carvalho do Amaral.

4.
GENIMAR R JULIÃO. COMUNIDADE DE INSETOS GALHADORES EM AMBIENTE FLORESTAL NATURALMENTE FRAGMENTADO, NO PANTANAL SUL-MATO-GROSSENSE. 1999. 0 f. Dissertação (Mestrado em Ecologia e Conservação) - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Maria Eugênia Carvalho do Amaral.

5.
J. RAIZER. ARANHAS ASSOCIADAS A MACROFITAS AQUATICAS NO PANTANAL SUL-MATO-GROSSENSE. (CURSO DE MESTRADO EM ECOLOGIA E CONSERVACAO). 1997. Dissertação (Mestrado em Ecologia e Conservação) - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Maria Eugênia Carvalho do Amaral.

6.
R.G. COLLEVATTI. COMPORTAMENTO DE FORRAGEAMENTO DE VISITANTES FLORAIS EM TRIUMFETTA SEMITRILOBA JACQ. (TILIACEAE) EM VICOSA, MINAS GERAIS. (CO-ORIENTADORA - CURSO DE MESTRADO EM ENTOMOLOGIA). 1995. Dissertação (Mestrado em Entomologia) - Universidade Federal de Viçosa, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Coorientador: Maria Eugênia Carvalho do Amaral.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
SALETE MARISTELLA CARGNIN. BIOLOGIA DA POLINIZAÇÃO DE SENNA SILVESTRIS (LEGUMINOSAE: CAESALPINOIDEAE) EM UM FRAGMENTO DE CERRADO NO MATO GROSSO DO SUL. 1998. 0 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. Orientador: Maria Eugênia Carvalho do Amaral.

2.
MÁRCIA C TEIXEIRA. BIOLOGIA FLORAL DE ESCHWEILERA NANA (LECYTHIDACEAE) EM UM FRAGMENTO DE CERRADO NO MATO GROSSO DO SUL. 1993. 0 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. Orientador: Maria Eugênia Carvalho do Amaral.

3.
ELDA RLG DE ÁVILA. BIOLOGIA FLORAL E SISTEMA DE REPRODUÇÃO DE BELOPERONE GUTTATA T.S. BRANDEGEE 1912 (ACANTHACEAE). 1992. 0 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. Orientador: Maria Eugênia Carvalho do Amaral.

Iniciação científica
1.
LICLÉIA DA CRUZ RODRIGUES. POLINIZAÇÃO DE DUAS ESPÉCIES DE "BROMELIA" (BROMELIACEAE) EM CERRADO DE MATO GROSSO DO SUL. 2000. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Maria Eugênia Carvalho do Amaral.

2.
PATRÍCIA R GOMES. ECOLOGIA DA POLINIZAÇÃO E SISTEMA DE REPRODUÇÃO DE IPOMOEA CARNEA SSP. FISTULOSA (CONVOLVULACEAE), NO PANTANAL DO ABOBRAL, MATO GROSSO DO SUL. 1994. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Maria Eugênia Carvalho do Amaral.

3.
THOMAZ LIPARELLI. ASPECTOS ALIMENTARES DE ASTYANAX FASCIATUS CURVIER, 1819 (PISCES, CHARACIDAE) EM AMBIENTE NATURAL. 1986. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. Orientador: Maria Eugênia Carvalho do Amaral.

4.
GERALDO A. DAMASCENO JÚNIOR. INTERAÇÕES INSETO-PLANTA, DO TIPO GALHA, NA VEGETAÇÃO DO CAMPUS DA UFMS EM CAMPO GRANDE. 1986. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. Orientador: Maria Eugênia Carvalho do Amaral.

5.
LIDIAMAR BARBOSA ALBUQUERQUE. DECOMPOSIÇÃO FOLIAR DE BAUHINIA SP. E CAJANUS CAJAN (LEGUMINOSAE) SOB O SOLO, EM DIFERENTES CONDIÇÕES BIÓTICAS E ABIÓTICAS. 1984. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Fundação Barbosa Rodrigues. Orientador: Maria Eugênia Carvalho do Amaral.

6.
PAULO GUILHERME FRANCISCO CABRAL. MANEJO DE ENTOMOFAUNA DE TRIGO EM DOURADOS, MATO GROSSO DE SUL - PATOLOGIA DE INSETOS - VIROSES. 1983. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Agronomia) - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. Orientador: Maria Eugênia Carvalho do Amaral.

7.
SEVERINO SUREK. MANEJO DE ENTOMOFAUNA DE TRIGO EM DOURADOS, MATO GROSSO DO SUL - PATOLOGIA DE INSETOS - BACTERIOSES. 1983. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Agronomia) - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. Orientador: Maria Eugênia Carvalho do Amaral.

8.
DAVID LOURENÇO. MANEJO DE ENTOMOFAUNA DE TRIGO EM DOURADOS, MATO GROSSO DO SUL - PATOLOGIA DE INSETOS - MICOSES. 1983. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Agronomia) - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. Orientador: Maria Eugênia Carvalho do Amaral.




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 15/12/2018 às 12:23:46