Ana Rita Leandro dos Santos

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/0543526024538454
  • Última atualização do currículo em 13/05/2018


Possui Mestrado em Agronomia pela Universidade Federal da Bahia, é doutoranda na mesma área, pela Universidade Técnica de Lisboa e servidora do quadro ativo permanente do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sertão Pernambucano. Tem experiência na área de Agronomia, com ênfase em Fruticultura Irrigada, atuando principalmente nos seguintes temas: manejo de uvas finas de mesa e para vinificação, ecofisiologia, mangicultura e educação profissional. Atualmente vem desenvolvendo trabalhos com ecofisiologia plantas fibrosas no semiárido e agricultura familiar. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Ana Rita Leandro dos Santos
Nome em citações bibliográficas
SANTOS, A. R. L. dos

Endereço


Endereço Profissional
Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sertão Pernambucano, Unidade Zona Rural.
RODOVIA BR 235, KM 22, PSNC-04
ZONA RURAL
56300-000 - Petrolina, PE - Brasil - Caixa-postal: 178
Telefone: (87) 38621885
Ramal: 2017
Fax: (87) 38621885
URL da Homepage: http://www.ifsertao-pe.edu.br


Formação acadêmica/titulação


2007
Doutorado em andamento em Engenharia Agronômica.
Instituto Superior de Agronomia da Univ. Técnica de Lisboa, ISA/UTL, Portugal.
Título: Fisiologia e fenologis de diferentes castas tintas de videiras (Vitis vinifera L.), submetidas a stress abiótico em condições naturais e controladas.,
Orientador: Maria Manuela Coelho Cabral Ferreira Chaves.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Fisiologia; Vitis vinifera; stress abiótico; Fenologia; Enologia.
Grande área: Ciências Agrárias
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Fisiologia / Subárea: Ecofisiologia da vegetal.
Grande Área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia.
Setores de atividade: Qualidade e Produtividade; Atividades profissionais, científicas e técnicas.
1993 - 1997
Mestrado em Mestrado em Agronomia.
Escola de Agronomia da Universidade Federal da Bahia, EAUFBA, Brasil.
Título: Qualidade pós-colheita de acerolas em três estádios de maturação e diferentes condições de armazenamento.,Ano de Obtenção: 1999.
Orientador: Domingo Haroldo Reinhardt.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: Armazenamento; Pós-Colheita; ACEROLA.
Grande área: Ciências Agrárias
Setores de atividade: Indústrias de Transformação.
1984 - 1988
Graduação em Agronomia.
Universidade do Estado da Bahia, UNEB, Brasil.




Formação Complementar


2012 - 2012
Curso sobre Análises Multivariadas. (Carga horária: 20h).
Embrapa Semiárido, EMBRAPA, Brasil.
2009 - 2009
Curso sobre Fotossíntese de Espécie Cultivadas: Té. (Carga horária: 26h).
Embrapa Semi- Árido, EMBRAPA, Brasil.
2006 - 2006
Capacitação em PIF e EUREPGAP. (Carga horária: 24h).
Serviço Brasileiro e Apoio à Micro e Pequena Empresa, SEBRAE, Brasil.
2005 - 2005
Boas Práticas Agríc. para Mercado Norte Americano. (Carga horária: 16h).
SANTEC Auditoria e Promus labs.com, SANTEC, Brasil.
2004 - 2004
Pragas Quarent. Imp. para a Frutic Irrig .... (Carga horária: 4h).
Embrapa Semi- Árido, EMBRAPA, Brasil.
2004 - 2004
Agric Org: Prod., Pós-Colh, e Mercado. (Carga horária: 12h).
Instituto Frutal, FRUTAL, Brasil.
2004 - 2004
Prod. Integ. e Monit. de Prag e Doen da Mang e Uva. (Carga horária: 12h).
Embrapa Semi- Árido, EMBRAPA, Brasil.
2004 - 2004
Capacitação de Gestores Acadêmicos das IFES/CEFETs. (Carga horária: 16h).
Ministério da Educação, MEC, Brasil.
2002 - 2002
Prod. Integ. e Monit. de Prag e Doen da Mang e Uva. (Carga horária: 12h).
Embrapa Semi- Árido, EMBRAPA, Brasil.
2002 - 2002
Prod Integ de Manga e Uvas Finas de Mesa. (Carga horária: 12h).
Embrapa Semi- Árido, EMBRAPA, Brasil.
2002 - 2002
XI Curso de Certif Fitossanit. de Orig no Est BA. (Carga horária: 40h).
Ministério da Agric. Pec. e Abast/ Ag. de DEf. Agrop. da BA e Sec da Agric., MAPA/ADAB/SEAGRI, Brasil.
2002 - 2002
Curso sobre Sistema de Prod Frutíc na Cult da Uva. (Carga horária: 24h).
Embrapa Semi-Árido/Min. Agric., Pec e Abast., Cons. Nac. Des. Cient e Tecn., EMBRAPA/MAPA/CNP, Brasil.
2002 - 2002
Workshop Empretec. (Carga horária: 72h).
Serv Bras. de apoio à Micro e Peq. Emp/ United Nations, SEBRAE/ONU, Brasil.
2001 - 2002
Formação Empreendedora na Educação Profissional. (Carga horária: 180h).
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
2001 - 2001
Prod. Interg. de Frutas e Monit. de Pragas.... (Carga horária: 12h).
Embrapa Semi- Árido, EMBRAPA, Brasil.
1998 - 1999
Formação Pedagógica para Port Dip. de Nív. Superio. (Carga horária: 240h).
Universidade do Estado da Bahia, UNEB, Brasil.
1998 - 1998
Treinamento de Combate à Formiga. (Carga horária: 16h).
Serviço Nacional de Aprendizagem Rural, SENAR, Brasil.
1997 - 1997
Téc. de cons. e manip. de plantas medicinais.. (Carga horária: 20h).
Sociedade Botânica do Brasil - DF, SBB, Brasil.
1995 - 1995
Desenv. e Fisiol. Pós-Colheita de Frutos. (Carga horária: 16h).
Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.
1995 - 1995
IX Curso Intensivo Nacional de Mandioca. (Carga horária: 88h).
Embrapa Mandioca e Fruticultura, EMBRAPA, Brasil.
1988 - 1988
Extensão universitária em Controle Biológico de Doenças. (Carga horária: 32h).
Universidade Estadual Paulista - Campus Jaboticabal, UNESP, Brasil.
1988 - 1988
Extensão universitária em Curso Básico em Irrigação. (Carga horária: 240h).
Universidade do Estado da Bahia, UNEB, Brasil.
1987 - 1987
Extensão universitária em Curso de Extensão em Engenharia de Irrigação. (Carga horária: 12h).
Universidade do Estado da Bahia, UNEB, Brasil.
1984 - 1984
Agricultura Ecológica e Naturalismo. (Carga horária: 40h).
Projeto Rondon, PR, Brasil.


Atuação Profissional



Instituto Federal do Sertão Pernambucano, IF-Sertão PE, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional:


Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, EMBRAPA, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional:


Embrapa Semi- Árido, EMBRAPA, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - 2011
Vínculo: Trabalho Tese Doutorado, Enquadramento Funcional: Oreintanda de Tese de Doutorado, Carga horária: 20


Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sertão Pernambucano, IFE - SERTÃO, Brasil.
Vínculo institucional

2004 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Ativo Permanente, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Atua como docente do nos curso Técnico em Agricultura, na Graduação em Agronomia e Tecnologia em Viticultura e Enologia, e na Pós-Graduação em Fruticultura no Semiárido. Disciplinas que Leciona: Desenvolvimento Vegetal, Anatomia Vegetal, Fisiologia Vegetal e Viticultura.

Atividades

11/2012 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Instituto fedeal de Educação, ciência e tecnologia do Sertão Pernambucano, .

Linhas de pesquisa
Fisiologia da Produção
11/2012 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Campus Zona Rural, .

Cargo ou função
Membro da comissão designada para elaborar o porjeto do curso de especialização lato sensu em fisiologia de fruteiras no semiárido.
11/2012 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto fedeal de Educação, ciência e tecnologia do Sertão Pernambucano, .

Cargo ou função
Membro da comossão constituída para analisar a viabilidade dos cursos técnicos em agricultura..
09/2012 - Atual
Ensino, Tecnologia em Viticultura e Enologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Fisiologia Vegetal
09/2012 - Atual
Ensino, Tecnologia em Agroecologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Fisiologia Vegetal
09/2012 - Atual
Ensino, Tecnologia em Horticultura Irrigada, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Floricultura e Paisagismo
08/2012 - 11/2012
Ensino, Fruticultura no Semiárido, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
Fisiologia da Produção
7/2012 - 11/2012
Ensino, Tecnologia em Horticultura Irrigada, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Colheita e Pós-Colheita 1
02/2012 - 11/2012
Ensino, Tecnologia em Horticultura Irrigada, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Floricultura e Paisagismo
02/2012 - 04/2012
Ensino,

Disciplinas ministradas
Colheita; Pós-Colheita (Curso Técnico em Agricultura)
7/2011 - 12/2011
Ensino,

Disciplinas ministradas
Desenvolvimento Vegetal no Curso Técnico em Agricultura
07/2011 - 11/2011
Ensino,

Disciplinas ministradas
Plantas Medicinais o Ornamentais no Curso Técnico em Agropecuária
07/2011 - 10/2011
Ensino, Tecnologia em Viticultura e Enologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Colheita e Pós-Colheita
02/2009 - 04/2009
Ensino, Fruticultura no Semiárido, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
Fisiologia de Plantas Frutíferas
05/2005 - 12/2006
Treinamentos ministrados , Centro Federal de Educação Tecnológica de Petrolina - CEFET, .

Treinamentos ministrados
Capacitação de rurícolas - manejo de uvas finas de mesa (poda, desbrota, pinicado, raleio, desponte e colheita
2/2004 - 12/2006
Ensino,

Disciplinas ministradas
Colheita e Pós-Colheita
Solos
Desenvolvimento Vegetal
Agricultura
01/2004 - 12/2006
Ensino, Tecnologia em Fruticultura Irrigada, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Fisiologia de Plantas Frutíferas
Botânica Aplicada
07/2006 - 10/2006
Ensino, Tecnologia em Viticultura e Enologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Fisiologia de Videiras
2/2006 - 06/2006
Ensino, Tecnologia em Alimentos de Origem Vegetal, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Colheita e Pós-Colheita
02/2004 - 06/2004
Ensino, Tecnologia em Alimentos de Origem Vegetal, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Colheita e Pós Colheita

Instituto de Tecnologia Química e Biológica, ITQB, Portugal.
Vínculo institucional

2007 - 2008
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Bolsista Trab Investigação, Carga horária: 40


Centro Federal de Educação Tecnológica de Petrolina - PE, CEFET PETROLINA, Brasil.
Vínculo institucional

2000 - 2003
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Este vínculo refere-se ao contrato temporário de trabalho na Instituição, na qual atuei como Professora do Curso Técnico em Agricultura.

Atividades

4/2002 - 1/2003
Conselhos, Comissões e Consultoria, CEFET Petrolina, .

Cargo ou função
Membro da comissão responsável pelo planejamento, execução e aompanhamento das ações co convênio de cooperação técnico pedagógica entre o CEFET e Condomínio River Shoping..
8/2000 - 12/2002
Ensino,

Disciplinas ministradas
Módulo Colheita e Pós-Colheita
Módulo Fruticultura
MóduloTecnologia de Uso do Solo
Móulo Desenvolvimento Vegetal e Controle Fitossanitário
08/2002 - 11/2002
Serviços técnicos especializados , CEFET Petrolina, .

Serviço realizado
Participante na elaboração do Projeto "Escola do Vinho"..
07/2002 - 08/2002
Conselhos, Comissões e Consultoria, CEFET Petrolina, .

Cargo ou função
Membro da comissão responsável pelo planejamento, controle e avaliação do processo de ingresso de alunos no 2º semestre/2002, para o curso Técnico em Agropecuária com habilitação em Agricultura..
1/2002 - 2/2002
Conselhos, Comissões e Consultoria, CEFET Petrolina, .

Cargo ou função
Membro da comissão responsável pela organização da agenda de contatos, acompanhamento de reuniões e visitas de Consultores para a implantação do Pólo Bioindustrial do Nordeste..
02/2001 - 04/2001
Conselhos, Comissões e Consultoria, CEFET Petrolina, .

Cargo ou função
Membro de comissão responsável pelo planejamento, operacionalização, controle e avaliação do processo de ingresso de alunos no 1º semestre/2001, para o curso Técnico Agrícola com Habilitação em Agricultura, Zootecnia e Agroindústria..

Sociedade de Medicina Veterinária da Bahia, SMVBA, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - 2009
Vínculo: Professor vistante, Enquadramento Funcional: Docente, Carga horária: 8
Outras informações
Docente do curso de epidemiologia vegetal com ênfase em defesa sanitária vegetal, em que lecionou a disciplina Ecofisiologia Vegetal.


Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Baiano, IFBAIANO, Brasil.
Vínculo institucional

1997 - 1998
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.


Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.
Vínculo institucional

1996 - 1997
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Substituto, Carga horária: 40

Atividades

04/1996 - 2/1997
Ensino, Agronomia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Floricultura, Jardinocultura e Paisagismo
04/1996 - 02/1997
Ensino, Agronomia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Botânica Básica

Companhia de Cítricos do Brasil, CCB, Brasil.
Vínculo institucional

1998 - 1998
Vínculo: Estágio, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 320

Atividades

01/1998 - 03/1998
Estágios , Fazenda Cajuba, .

Estágio realizado
Estágio no Laboratório de Controle de Qualidade de Matéria Prima para Processamento Agroindustrial..

Curtume Campelo S.A, CC, Brasil.
Vínculo institucional

1988 - 1988
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Responsável Técnica da Produção Olerícola, Carga horária: 20

Atividades

6/1988 - 12/1988
Serviços técnicos especializados , Curtume Campelo S.A, Roça 03.

Serviço realizado
Executora do Projeto Horta Orgânica.

Prefeitura Municipal de Pojuca, PMP, Brasil.
Vínculo institucional

1989 - 1993
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professora de 1º e 2º Graus, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

05/1991 - 08/1993
Ensino,

Disciplinas ministradas
Ciências
Técnicas Agrícolas

Universidade do Estado da Bahia, UNEB, Brasil.
Vínculo institucional

1987 - 1988
Vínculo: Estudante de Graduação, Enquadramento Funcional: Estagiária, Carga horária: 20
Outras informações
O estágio ocorreu no campus de Juazeiro, antes denominado FAMESF, onde realizei atividades relacionadas com a implantação e condução das culturas: milho, sorgo, feijão, arroz, soja, algodão e cana-de-açúcar.

Atividades

9/1987 - 1/1988
Estágios , Faculdade de Agronomia do Médio São Francisco, .

Estágio realizado
Projeto de implantação e condução de milho, sorgo, arroz, soja, algodão e cana-de-açúcar..


Linhas de pesquisa


1.
Fisiologia da Produção

Objetivo: Realizar pesquisas sobre reguladores de crescimento vegetal aplicados à viticultura. Atender ao trabalho de monografia de estudante do IF-Sertão, Campus Zona Rural..
Palavras-chave: crescimento; Vitis vinifera L.,; bioreguladores; fisiologia do crescimento; produtividade.


Projetos de pesquisa


2016 - 2017
Aspectos Fisiológicos e Monitoreamento da Entomofauna do Algodoeiro em Consórcio com a Flor de Seda
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) .
Integrantes: Ana Rita Leandro dos Santos - Coordenador / Cícera Milena Lima Guedes - Integrante / Ariane Costa Cardoso - Integrante / LIVIA MARIA BENTO COSTA - Integrante / Fábio Aquino de Albuquerque - Integrante / Gildo de Araújo - Integrante.
2014 - Atual
Fenologia e Desempenho Agronômico do Algodoeiro Herbáceo Colorido (Gossypium hirsutum L.r. latifolium.), consorciado com Calotropis procera (Apocynaceae), em Condições Semiáridas do Vale do São Francisco
Descrição: PROJETO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA A SER DESENVOLVIDO NO IF SERTÃO - PE, CAMPUS PETROLINA ZONA RURAL.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (5) .
Integrantes: Ana Rita Leandro dos Santos - Coordenador / João Bandeira de Moura Neto - Integrante / Cícera Milena Lima Guedes - Integrante / Ariane Costa Cardoso - Integrante / MAIRA GABRIELA OLIVEIRA COSTA - Integrante / Kayan Tomatsu Hasegawa - Integrante.
2014 - Atual
DESENVOLVIMENTO DE FIBROCIMENTO COM DIFERENTES FIBRAS VEGETAIS
Descrição: O aproveitamento de fibras naturais de fácil obtenção no semiárido pode ser voltado para a elaboração de matrizes cimentícias, caracterizadas como fibrocimento, a ser aplicado na construção rural das propriedades inseridas neste contexto, com baixo custo e menor acúmulo de calor. Este projeto tem por objetivo desenvolver fibrocimento utilizando compósitos de cimento Portland com fibras vegetais provenientes da Fazenda do IF Sertão Para tanto, Como resultados, pretende-se desenvolver ao menos dois tipos de fibrocimento com matéria-prima vegetal, de baixo custo e que proporcione conforto térmico aos usuários..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Ana Rita Leandro dos Santos - Coordenador / Cícera Milena Lima Guedes - Integrante / Ester da Silva Brito - Integrante / ARTIDÔNIO DE ARAÚJO FILHO - Integrante.
2014 - Atual
SISTEMA DE PRODUÇÃO E OBTENÇÃO DE NOVOS MATERIAIS A PARTIR DE Calotropis procera (Apocynaceae) no Semiárido.
Descrição: PROJETO PIBIC que vem sendo desenvolvido junto ao IF Sertão Pernambucano, Campus Zona Rural, contando com bolsista e alunos colaboradores do Curso de Bacharelado em Agronomia..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (6) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Ana Rita Leandro dos Santos - Coordenador / João Bandeira de Moura Neto - Integrante / Cícera Milena Lima Guedes - Integrante / Romulo de Souza Ferraz - Integrante / Raiany de Casto Souza - Integrante / Luiz Filipe Silva Neves - Integrante / Vitor Prates Lorenzo - Integrante / Ariane Costa Cardoso - Integrante / MAIRA GABRIELA OLIVEIRA COSTA - Integrante / Kayan Tomatsu Hasegawa - Integrante.
2012 - Atual
Efeitos do Bioestimulante Stimulate® sobre o Desempenho Agronômico de Vitis vinifera L., cv. Itália no Vale do Submédio São Francisco
Descrição: Este trabalho envolve ações de pesquisa para atender aos trabalhos de eleboração de monografia do curso de Especialização em Fruticultura no Semiárido. Serão testadas diferentes doseos do bioestimulante com vistas à avaliação dos seus efeitos sobre a brotaççao, qualidade dos cachos e vigor dos ramos por ocasião da poda..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (1) .
Integrantes: Ana Rita Leandro dos Santos - Coordenador / José Roberto Pereira - Integrante.
2012 - Atual
Adaptação de novos genótipos de videira para o fortalecimento da vitivinicultura no Nordeste brasileiro
Descrição: Este projeto nasceu da necessidade de buscar soluções para as dificuldades técnicas geradas pela utilização de um pequeno número de cultivares adaptadas às condições tropicais semiáridas do Nordeste brasileiro. Dentre as princiapis demandas de pesquisa para atender ao setor produtivo, destaca-se o desenvolvimento e a avaliação de novas cultivares com características superiores àquelas apresentadas pelas cultivares atualmente cultivas na região. Este projeto vidsa a avaliação do comportamento agronômico, aspectos do manejo e qualidadedas uvas, a fim de selecionar novos genótipos de uvas de mesa e para processamento..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2012 - Atual
Intervenções agronômicas e enológicas para a melhoria da estabilidade e qualidade dos vinhos do Submédio do Vale do São Francisco
Descrição: Este trabalho visa a melhoria da qualidade e aumento da estabilidade dos vinhos produzidos a partir da cv. Syrah no Vale do São Francisco, através de quatro experimentos: elaboração de vinhos com uvas colhidas de tratamentos de solo sujeitos a diferentes níveis de correção do pH e da saturação por potássio; elaboração de vinhos com uvas colhidas em diferentes estádios de maturação industrial e épocas do ano; estudo de diferentes tempos de maceração e correção do pH do mosto de vinhos a partir da aplicação de diferentes ácidos orgânicos..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Ana Rita Leandro dos Santos - Coordenador / Luis Henrique Bassoi - Integrante / Davi José Silva - Integrante / Giuliano Elias Pereira - Integrante / Magna Soelma Beserra de Moura - Integrante / Maria Auxiliadra Coelho de Lima - Integrante / Aline Camarão Teles Biasoto - Integrante / Patrícia Souza Leão - Integrante / Magnus Dall'Igna Deon - Integrante / Ana Cecília Ribka - Integrante / Luiz Claudio Correa - Integrante / Daniela de Grandi Castro Freitas - Integrante / Karina de Lemos Sampaio - Integrante.
2010 - Atual
Tecnologias de manejo para melhoria da qualidade das uvas e vinhos tropicais do submédio do Vale do São Francisco
Descrição: Ainda é discutível a viabilidade de realização de desponte de ramos e desfolha, práticas que são recomendadas na viticultura de clima temperado, cujos efeitos sobre a qualidade das uva e vinhos são desconhecidos em condições como as predominantes no Vale do São Francisco. Este projeto inclui experimentos que avaliam diferentes níveis de desfolha e desponte dos ramos de videiras da cv. Syrah e seus efeitos sobre a qualidade das uvas e dos vinhos..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Ana Rita Leandro dos Santos - Coordenador / Giuliano Elias Pereira - Integrante / Magna Soelma Beserra de Moura - Integrante / Maria Auxiliadra Coelho de Lima - Integrante / Patrícia Souza Leão - Integrante.
2007 - 2008
Water resource strategies and drought alleviation in Western Balkan Agriculture?- WATERWEB
Descrição: Este projeto estudou o comportamento ecofisiológico, agronômico e enológico de videiras sob diferentes estratégias de irrigação deficitária (PRD, DI e RDI) em comparação com plantas não rirrigadas (NI) e com irrigação plena (FI). O trabalho aconteceu nas camapanhas vitícolas de 2007 e 2008..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Ana Rita Leandro dos Santos - Integrante / Maria Manuela C. C. F. Chaves - Coordenador / Carlos M. Lopes - Integrante / Joaquim Miguel Costa - Integrante / Tiago Pedreira Santos - Integrante.Financiador(es): Fundação para a Ciência e a Tecnologia - Bolsa.
1997 - 1998
Cultivos intercalares e controle de plantas invasoras em plantios de maracujá amarelo.
Descrição: O experimento consistiu no plantio do maracujazero amarelo (Passiflora edulis Sims f. flavicarpa Deg.), conduzido em espaldeira vertical com espaçameto de 2,5x5,0m. O objetivo foi identificar cultivos intercalares e métodos integrados de controle de plantas daninhas para a cultura do maracujá amarelo, que viabilizassem sua produção e rentabilidades. A área experimental situava-se na escola Agrotécnica Federal de Catu, com delineamento experimental em blocos casualizados com 6 tratamentos e 5 repetições..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Ana Rita Leandro dos Santos - Coordenador.Financiador(es): Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Baiano - Cooperação / Embrapa Mandioca e Fruticultura - Cooperação.
1997 - 1998
Avaliação de Variedades e Híbridos de Bananeira.
Descrição: A avaliação de variedades e híbridos do programa de melhoramento genético da banana executado pela Embrapa Mandioca e Fruticultura, quanto à produtividade, sabor do fruto e resistência a pragas e doenças, resultou na seleção dos híbridos PA12-03, PV03-44, FHIA-01, FHIA-18, JV03-15 e das culticares caipira e Thap Maeo, plantas estas que apresentam uma série de vantagens em relação ás cultivares mais utilizadas. O Objetivo deste trabalho foi proceder a avaliação agronômica de variedades/híbridos produzidos e/ou selecionados, identifiando aqueles com melhores características de desenvolvimento, produtividade e qualidade de fruto, para serem incorporados ao sistema de produção frutícola. Os ensaios de avaliação foram conduzidos em diferentes localidades do país, sendo que, em Catu - BA, foi implantado na Escola Agrotécnica Federal..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Ana Rita Leandro dos Santos - Coordenador.Financiador(es): Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Baiano - Cooperação / Embrapa Mandioca e Fruticultura - Cooperação.


Projetos de extensão


2016 - 2017
Vaqueiro Herói do Sertão - Contando a sua história sob o olhar dos discentes do Campus Zona Rural IF Sertão - PE
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
2016 - Atual
Difusão da Cultura do Algodoeiro entre Agricultores Familiares do Assentamento Água Viva I e II
Descrição: O Cultivo do algodoeiro é uma alternativa que pode vir a consolidar-se na região, tendo em vista a busca por cultivos que possibilitem uma menor economia de água. A agricultura familiar demanda por novas tecnologias adequadas a este formato de atividade agrícola e, neste contexto, a cotonicultura poderá tornar-se uma promissora alternativa. O objetivo geral deste trabalho é difundir a cultura do algodoeiro herbáceo colorido e suas formas de aproveitamento, entre os agricultores familiares das Vilas Água Viva I e Água Viva II, através de da implantação de Unidades Demonstrativas, como estratégias para propagar toda a cadeia produtiva, que resultará num Dia de Campo para o público alvo. Ao final deste trabalho espera-se ter criado mais uma atividade agrícola para os agricultores, que poderão obter do algodoeiro, diferentes produtos: fibra, línter, óleo e caroços esmagados para alimentação animal..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) .
Integrantes: Ana Rita Leandro dos Santos - Coordenador / LIVIA MARIA BENTO COSTA - Integrante.
2016 - Atual
Falando ao Produtor ? É o IF Sertão Levando Tecnologias ao Campo e à Cidade
Descrição: A comunicação rural consiste numa importante atividade para a conexão entre a Escola e a comunidade, com metodologias participativas valorizadoras de distintos saberes. Os avanços tecnológicos trouxeram, especialmente nos últimos anos, mudanças nos sistemas de comunicação que envolve diretamente o agricultor. Essas mudanças resultaram em uma diluição dos fluxos de informação e permitiram o surgimento de novas instituições responsáveis pela intermediação tanto dos fluxos informacionais quanto da forma de relacionamento entre agricultores e fontes geradoras de tecnologias. Este trabalho pretende produzir e difundir arquivos de áudio em formato mp3, com assuntos sobre agricultura, pecuária e agroindústria, a serem veiculados em rádios de alcance regional, como ferramenta tecnológica voltada para o processo educativo e de comunicação entre a Escola e a sociedade, no meio rural e urbano. Todos os arquivos veiculados farão parte de um ?blog?, que abrigará os arquivos de áudio, já veiculados, para que possam ser assistidos e comentados. O blog também disponibilizará imagens relacionadas ao projeto, depoimentos e outros recursos audiovisuais. Os arquivos de áudio no formato MP3 serão oferecidos para emissoras de rádio regionais para fazerem parte de quadros dentro de programas das suas grades de programação, seguindo o formato do projeto PIBEX Dica Rural que foi realizado em 2013 e 2014, enquadrando-se no gênero Informativo Rural, com duração máxima de 5 minutos, incluindo vinheta e locução de abertura e fechamento. O percurso metodológico envolverá a elaboração da pauta, através do planejamento de um roteiro de trabalho com as seguintes etapas: definição do tema a partir de demanda levantada pelos produtores, prospecção e convite da pessoa que gravará o áudio, produção dos textos, apresentação, produção sonora, gravação, edição, oferta e veiculação em rádio, e compartilhamento no ?blog?. Como resultados, espera-se prestar informações técnicas de interesse do produtor, tanto da área urbana como da área rural, e contribuir para a melhoria da divulgação do IF ? Zona Rural junto à sociedade, principalmente em relação a setor produtivo, aumentando a confiança e credibilidade da Instituição..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Ana Rita Leandro dos Santos - Coordenador / Ariane Costa Cardoso - Integrante.
2013 - Atual
DICA RURAL: CONECTANDO O INSTITUTO AO HOMEM DO CAMPO
Descrição: Trata-se de um projeto de Extensão desenvolvido no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sertão Pernambucano, Campus Zona Rural, que visa difundir conhecimentos técnicos nos setores da agricultura, pecuária e agroindústria, através de programas de Rádio Web e Podcast, valendo-se de entrevistas em audio com docentes e técnicos da Instituição..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Ana Rita Leandro dos Santos - Coordenador / Ariane Costa Cardoso - Integrante.


Projetos de desenvolvimento


2013 - Atual
PROCESSO DE OBTENÇÃO E ESTUDOS PRELIMINARES DAS POTENCIALIDADES NANOTECNOLÓGICAS DOS FILAMENTOS SEDOSOS DOS FRUTOS DA FLOR-DE-SEDA (Calotropis procera )
Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento.


Outros Projetos


2013 - Atual
UTILIZAÇÃO DE MATERIAIS ALTERNATIVIS NA COMPOSIÇÃO DE ARRANJOS FLORAIS
Descrição: Trata-se de um trabalho de identificação, utilização e valorização estética de materiais alternativos, vegetais e não vegetais, na composição de arranjos florais..
Situação: Em andamento; Natureza: Outra.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Ana Rita Leandro dos Santos - Coordenador / MAIRA GABRIELA OLIVEIRA COSTA - Integrante.


Membro de comitê de assessoramento


2017 - Atual
Agência de fomento: INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SERTÃO PERNAMBUCANO


Revisor de projeto de fomento


2014 - 2014
Agência de fomento: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico
2014 - 2014
Agência de fomento: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico
2014 - 2014
Agência de fomento: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico
2014 - Atual
Agência de fomento: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Ecofisiologia; Morfologia e Anatomia Vegetal.
2.
Grande área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Manejo de Fruteiras Irrigadas; Viticultura.
3.
Grande área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Educação Profissional.
4.
Grande área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Nanotecnologia.


Idiomas


Espanhol
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Inglês
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Francês
Compreende Pouco, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.


Prêmios e títulos


2002
Professora Homenageada das Turmas do Curso Técnico Agrícola com Habilitação em Agricultura., CEFET - Petrolina: formando e comissão de formatura..
2001
Honra ao Mérito Comunitário: Melhor Professora do Ano de 1999 no Município de Pojuca - BA, Comissão de Eventos Especiais (jornalistas e líderes comunitários) do Município de Pojuca - BA.


Produções



Produção bibliográfica
Citações

SciELO
Total de trabalhos:1
Total de citações:1
Rosimar dos Santos MUSSER2  Data: 12/12/2004

Outras
Total de trabalhos:1
Total de citações:1
Ricardo Elesbão Alves  Data: 12/12/1997

Artigos completos publicados em periódicos

1.
2OLIVEIRA, J. H.2015OLIVEIRA, J. H. ; COELHO, M. P. G. ; SILVA, A. P. ; SILVA, K. K. O. S. ; SANTOS, A. R. L. dos . Removal of Crude Oil Using a New Natural Fibre ?Calotropis procera. Removal of Crude Oil, v. 12, p. 1, 2015.

2.
1Bassoi, L. H.2011Bassoi, L. H. ; GONCALVES, S. O. ; SANTOS, A. R. L. dos ; Silva, J. A. ; LIMA, A. C. M. . INFLUÊNCIA DE MANEJOS DE IRRIGAÇÃO SOBRE ASPECTOS DE ECOFISIOLOGIA E DE PRODUÇÃO DA VIDEIRA CV. SYRAH / PAULSEN 1103. Irriga (UNESP. CD-ROM), v. 16, p. 395-408, 2011.

3.
3BARBOSA, N. M. L.2003BARBOSA, N. M. L. ; CUNHA, G. A. P. da. ; REINHARDT, D.H. ; BARROS, P. G. ; SANTOS, A. R. L. dos . Indução de Alterações Morfológicas e Anatômicas em Folhas de Abacaxizeiro `Pérola´ pelo ácido 2(-3 clorofenixi) Propiônico.. Revista Brasileira de Fruticultura (Impresso), v. 25, p. 386-389, 2003.

4.
4SANTOS, A. R. L. dos1999SANTOS, A. R. L. dos; REINHARDT, D.H. . Qualidade pós-colheita de acerola para processamento, em função de estádios de mauração e condições de armazenamento.. Revista Brasileira de Fruticultura, v. 21, p. 365-371, 1999.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
Silva, D. J. ; Souza Leão ; SANTOS, A. R. L. dos ; SILVA, J. M. ; NASCIMENTO, L. A. ; BRANDAO, L. S. . Efeito de bioestimulantes no desenvolvimento de mudas de videira.. In: XXII Congresso Brasileiro de Fruticultura, 2012, Bento Gonçalves. Anais CONGRESSO BRASILEIRO DE FRUTICULTURA, 22., 2012, Bento Gonçalves. Anais... Bento Gonçalves: SBF, 2012., 2012.

2.
SILVA, M. C. ; SILVA, B. R. ; BRANDAO, L. S. ; Silva, J. A. ; Rocha, Marlon Gomes da ; SANTOS, A. R. L. dos ; Bassoi, L. H. . Caracterização fenológica e exigência térmica da videira cv. Syrah no Semiárido.. In: VI ORNADA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA EMBRAPA SEMIÁRIDO., 2011, Petrolina. Anais da VI Jornada de Iniciação Científica da Embrapa Semiárido., 2011. p. 193-200.

3.
GONCALVES, S. O. ; Bassoi, L. H. ; SANTOS, A. R. L. dos ; Silva, J. A. ; LIMA, A. C. M. . Aspectos quantitativos e qualitativos da produção de uva Syrah submetida a diferentes manejos de irrigação. deficitária. In: XXI CONGRESSO NACIONAL DE IRRIGAÇÃO E DRENAGEM, 2011, Petrolina. CONGRESSO NACIONAL DE IRRIGAÇÃO E DRENAGEM, 21. ABID, 2011.

4.
BRANDAO, L. S. ; SILVA, M. C. ; SANTOS, A. R. L. dos ; SILVA, B. R. ; Bassoi, L. H. . Relação entre a densidade estomática das cultivares de videiras Syrah e Paulsen 1103 sob restrição hídrica.. In: VI JORNADA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA EMBRAPA SEMIÁRIDO., 2011, Petrolina. Anais da VI Jornada de Iniciação Científica da Embrapa Semiárido., 2011.

5.
J. Miguel Costa ; CERQIERA, R. C. ; GOMES, T. ; SANTOS, A. R. L. ; SANTOS, A. R. L. dos ; Zarrouk, O. ; PINTO-MARIJUAN, M. ; FERNANDEZ, V. ; LOPEZ-CARBONELL, M. ; Amâncio, S. ; Manuela Chaves . Leaf ultraestrutural and physiological responses during progressive drought and recovery of vitis genotypes.. In: X Simposium Hispano-Portugués de Relaciones Hídricas en las Plantas, 2010, Cartagena. Libro de Actas y Comunicaciones. Cartagena: Unidad Associada al CSIC de Hortucultura Sustenible en Zonas Áridas, 2010. v. X. p. 1-280.

6.
LIMA, A. C. M. ; Silva, J. A. ; SANTOS, A. R. L. dos ; Bassoi, L. H. . Potencial hídrico foliar na videira de vinho cultivar Syrah pé franco e enxertada em Paulsen 1103 no período de formação do parreiral em Petrolina, PE. In: V Jornada de Iniciação Científica da Embrapa Semiárido, 2010, Petrolina. Anais da V Jornada de Iniciação Científica da Embrapa Semiárido. Petrolina: Comitê de Publicações da Embrapa Semiárido, 2010. v. V. p. 1-281.

7.
LIMA, A. C. M. ; Silva, J. A. ; SANTOS, A. R. L. dos ; Bassoi, L. H. . Evolução da área foliar da videira de vinho cv. Syrah pé franco e enxertada em ?Paulsen 1103?, no período de formação do parreiral em Petrolina, PE. In: V Jornada de Iniciação Científica da Embrapa Semiárido, 2010, Petrolina. Anais da V Jornada de Iniciação Científica da Embrapa Semiárido. Petrolina: Comitê de Publicações da Embrapa Semiárido, 2010. v. V.

8.
LIMA, A. C. M. ; Silva, J. A. ; SANTOS, A. R. L. dos ; Bassoi, L. H. . Evolução da área foliar da videira de vinho cv. Syrah pé franco e enxertada em Paulsen 1103, no período de formação do parreiral em Petrolina, PE.. In: V Jornada de Iniciação Científica da Embrapa Semiárido, 2010, Petrolina. Anais da V Jornada de Iniciação Científica da Embrapa Semiárido, 2010.

9.
SILVA, D. O. M. ; LIMA, A. C. M. ; Silva, J. A. ; SANTOS, A. R. L. dos ; Bassoi, L. H. ; Silva, D. J. . Fertirrigação e monitoramento nutricional durante a formação do parreiral de videiras Syrah no Submédio do Vale do São Francisco.. In: V Jornada de Iniciação Científica da Embrapa Semiárido, 2010, Petrolina. Anais da V Jornada de Iniciação Científica da Embrapa Semiárido, 2010.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
Souza Leão ; SANTOS, A. R. L. dos ; SANTOS, I. L. S. ; CARMO, J. F. A. . Effects of leaf removal and shoot trimmingon physiological and agronomic characteristcs of Syrah grapevinein Northeast Brazil: preliminary results. In: 17th Internatuinal Symposium of the Group of International Experts of Viticultural Systems for CoOperation (GiESCO 2011), 2011, Asti - Alba. 17th International Symposim GiESCO - Proceedings, 2011.

2.
Silva, D. J. ; Bassoi, L. H. ; Rocha, Marlon Gomes da ; Silva, J. A. ; SANTOS, A. R. L. dos . Características do solo e de rendimento de videiras Syrah submetidas à adubação orgânica e fertirrigação nitrogenada. 2º Ciclo de produção.. In: XXXIII CONGRESSO BRASILEIRO DE CIÊNCIA DO SOLO, 2011, Uberlândia. Anais do XXXIII Congresso Brasileiro de Ciência do Solo - Solos nos biomas brasileiros: sustentabilidade e mudanças climáticas: anais. Uberlândia: SBCS: UFU, ICIAG, 2011., 2011.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
SANTOS, A. R. L. dos; Bassoi, L. H. ; Rocha, Marlon Gomes da ; Manuela Chaves ; Amâncio, S. . Fisiologia da interação entre cultivares de videiras sob irrigação deficitária no Vale do Submédio São Francisco, Brasil.. In: XIII Congresso Brasileiro de Fisiologia Vegetal; XIV Reunião Latino-Americana de Fisiologia Vegetal, 2011, Búzios. ão dos Resumos do XIII Congresso Brasileiro de Fisiologia Vegetal; XIV Reunião Latino-Americana de Fisiologia Vegeta,, 2011.

2.
J. Miguel Costa ; Zarrouk, O. ; SANTOS, A. R. L. dos ; FERNANDEZ, V. ; Amâncio, S. ; Manuela Chaves . Leaf Ultrastructural and Physiological Responses during Progressive Drought and Recovery of Vitis Genotypes. In: 28º International Horticulture Congress, 2010, Lisboa. HC 2010 Programme & Book of Abstracts, 2010. v. 28.

Apresentações de Trabalho
1.
OLIVEIRA, J. H. ; SILVA, K. S. ; SANTOS, A. R. L. dos . Fibra Calotropis Procera: um adsorvente eficaz para a remoção de óleo na água do mar. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

2.
OLIVEIRA, J. H. ; SANTOS, A. R. L. dos ; MOURA NETO, J. B. . REMOVE OF CRUDE OIL USING A NEW NATURAL FIBER - CALOTROPIS PROCERA. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
SANTOS, A. R. L. dos. TECNOLOGIAS PARA PRODUÇÃO DE UVAS DE MESA E PROCESSAMENTO NO VALE DO SÃO FRANCISCO: RESULTADOS DE PESQUISA DA EMBRAPA SEMIÁRIDO. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
SANTOS, A. R. L. dos; Bassoi, L. H. ; Silva, J. A. ; Rocha, Marlon Gomes da ; Manuela Chaves ; Amâncio, S. . Fisiologia da Interação entre Cultivares de Videira sob Irrigação Deficitária no Vale do Submédio São Francisco. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

5.
J. Miguel Costa ; SANTOS, A. R. L. dos ; Zarrouk, O. ; Amâncio, S. ; Manuela Chaves . HOW DIFFERENT ARE VITIS VINIFERA GENOTYPES IN PHYSIOLOGICAL RESPONSES DURING PROGRESSIVE DROUGHT AND RECOVERY?. 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

6.
SANTOS, A. R. L. dos; J. Miguel Costa ; Zarrouk, O. ; Manuela Chaves ; Amâncio, S. . Como Variam as Respostas Fisiológicas de Diferentes Genótipos e Vitis vinifera ao Stress e Recuperação Hídrica?. 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

7.
SANTOS, A. R. L. dos. Estabilidade de Biomembranas de Folhas de Videiras: Protocolo de Ensaio. 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

Outras produções bibliográficas
1.
SANTOS, A. R. L. dos; NOGUEIRAS, I. B. . Convivência Sustentável no Semi-Árido. Petrolina: Editora e Gráfica Franciscana, 2005 (Capiítulo da Agenda 21 - Petrolina: Rumo à Sustentabilidade).

2.
SANTOS, A. R. L. dos. Produção Científica doa Docentes do Centro Federal de Educação Tecnológica de Petrolina nos últimos 5 anos: artigos científicos e resumos expandidos. 2004 (Artigo publicado em CD).

3.
Lima. A. de A. ; SANTOS, A. R. L. dos ; Borges, A. L. ; Caldas, R.C. ; Fonseca, V. J. de A. ; Lima, A. W. R. S. de ; Mascarenhas, J. R. O. ; Cardoso, C. E. L. . Cultivos Intercalares e controle de plantas invasorasem plantios de maracujá amarelo.. Cruz das Almas: Embrapa, 1998 (Pesquisa em andamento).


Produção técnica
Processos ou técnicas
1.
SANTOS, A. R. L. dos; BRITO, E. S. ; ARAUJO FILHO, A. . Avaliação do Rendimento em Súber - Protocolo. 2015.

2.
SANTOS, A. R. L. dos; GUEDES, C. M. L. ; MOURA NETO, J. B. ; FERRAZ, R. S. . Processo de obtenção dos filamentos de Calotropis procera SW. 2014.

Trabalhos técnicos
1.
SANTOS, A. R. L. dos. ELABORAÇÃO DAS NORMAS DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO DO CURSO DE AGRONOMIA. 2015.

2.
SANTOS, A. R. L. dos. ELABORAÇÃO DAS NORMAS DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE AGRONOMIA. 2015.

3.
SANTOS, A. R. L. dos; SOUZA, Z. M. ; COELHO FILHO, A. . Portaria n° 103, de 29 de Novembro de 2013.. 2013.

4.
SANTOS, C. M. G. ; SANTOS, A. R. L. dos ; OLIVEIRA, L. S. ; VILAR, F. C. R. . Portaria n° 65, de 21 de Novembro de 2012.. 2012.

Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
SANTOS, A. R. L. dos. Divulgação de Evento Técnico Científico. 2014. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

2.
SANTOS, A. R. L. dos. Divulgação de Evento Técnico Científico no portal G1. 2014. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).


Demais tipos de produção técnica
1.
SANTOS, A. R. L. dos. ECOFISIOLOGIA DA FOTOSSÍNTESE. 2015. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

2.
SANTOS, A. R. L. dos. ANÁLISE E TRATAMENTO DE DADOS EPERIMENTAIS. 2014. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

3.
SANTOS, A. R. L. dos. ANÁLISE DE FERTILIDADE DE GEMAS DE VIDEIRAS. 2014. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

4.
SANTOS, A. R. L. dos. Curso de Qualificação em Viticultura - Disciplina: Manejo da Videira. 2006. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

5.
SANTOS, A. R. L. dos. Técnicas de Manejo de Uvas Finas de Mesa: Perspectivas para o Pequeno Produtor. 2006. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

6.
SANTOS, A. R. L. dos; QUEIROZ, A. C. C. ; PAIVA, J.L. ; SILVA, M. F. ; CASTRO, R. N. A. de ; SOUZA, S. A. ; ANDRADE, S. de C. P. . Ciências da Natureza (Física, Química e Biologia). 2004. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Elaboração de Prova).

7.
SANTOS, A. R. L. dos. Tratos Culturais da Manguiera. 2003. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

8.
SANTOS, A. R. L. dos. Colheita, Pós-Colheita, Seleção e Embalagem de Manga. 2003. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

9.
SANTOS, A. R. L. dos. Colheita, Pós-Colheita, Seleção e Embalagem de Manga. 2003. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

10.
SANTOS, A. R. L. dos. Poda de Uva. 2003. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

11.
SANTOS, A. R. L. dos. Poda da Manguiera. 2003. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

12.
SANTOS, A. R. L. dos. Curso de Fruticultura. 2002. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

13.
SANTOS, A. R. L. dos. Curso sobre Cultura da Manga. 2001. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

14.
SANTOS, A. R. L. dos. Curso sobre Cultura da Banana: Manejo, Colheita, Pós-Colheita e Comercialização.. 2001. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

15.
SANTOS, A. R. L. dos. Cultura da bananeira.. 2001. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Revisão Técnica).

16.
SANTOS, A. R. L. dos. Cultura da Acerola. 1995. (Curso de curta duração ministrado/Outra).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
SANTOS, A. R. L. dos; BASTOS, D.. Participação em banca de FÁDIA SÂMARA SANTOS NASCIMENTO. FENOLOGIA, PRODUCÃO E CARACTERÍSTICAS FISICO-QUÍMICAS DE FRUTOS DE ESPÉCIES CÍTRICAS SORE DIFERENTES PORTA-ENERTOS NO SUBMÉDIO DO VALE DO SÃO FRANCISCO. 2014.

Qualificações de Mestrado
1.
SANTOS, A. R. L. dos; RODRIGUES, J. D.. Participação em banca de josé roberto brito pereira. BROTAÇÃO E QUALIDADE DOS CACHOS DE VIDEIRAS BRS VITÓRIA SOB APLICAÇÃO DE BIOESTIMULANTES E FERLILIZANTES MMINERAIS. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em MESTRADO EM HORTICULTURA IRRGADA) - UNEB.

Monografias de cursos de aperfeiçoamento/especialização
1.
SANTOS, A. R. L. dos; BASSOI, L. H.; ROCHA, M. G.. Participação em banca de JULIANO ATHAIDE SILVA. Perfil ecofisiológico e agronômico de Vits vinifera L. na formação do parreiral. 2011. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Friticultura no Semiárido) - Instituto Federal do Sertão Pernambucano.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
SANTOS, C. M. G.; SANTOS, A. R. L. dos; AMORIM, F. M.. Participação em banca de DAYNARA APARECIDA RODRIGUES GONÇALVES.da desfolha e do desponte de ramos sobre a área foliar e trocas gasosas de videiras (Vitis vinifera L. Syrah em condições tropicais semiáridas. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Viticultura e Enologia) - Instituto Federal do Sertão Pernambucano.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
SANTOS, A. R. L. dos; Silva, D.; CAPUCHO, A. S.. Banca Examinadora de Concurso Público de Provas e Títulos Edital 30/2014 na Área de Agricultura com Ênfase em Fitossanidade e Botânica. 2014. Instituto Federal do Sertão Pernambucano.

2.
SANTOS, A. R. L. dos; Manfroi, L.; Azevêdo, L. C de.. Banca Examinadora para Avaliação da Prova de Desempenho Didático e de Títulos no Concurso Público de Provas e Títulos para Professor Efetivo do CEFET Petrolina.. 2006. CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE PETROLINA.

3.
SANTOS, A. R. L. dos; SOUZA, E. L.; ARAÚJO, A. A. F.; LOURA, I. A.; SILVA, M. F.; CASTRO, R. N. A. de; GOMES, S. M. D.. Processo Seletivo Simplificado para Contratação de Professor Substituto. 2005. CEFET Petrolina.

4.
SANTOS, A. R. L. dos; MASCARENHAS, R. de J.; AMORIM, S. A. dos S.; SOUZA, A. H.; RODRIGUES, L. C.; SILVA, R. da C.; FILHO, B. G.; AMORIM JÚNIOR, A. C.; MELLO, G. I. C. S.; PALITOT, M. F.; SANTANA, A. C.; DALMÁS, P. S.; ALVES, S. M. R. de A.; BARBOSA, D. A. de S.. Processo Seletivo Simplificado para Contratação de Professor Substituto. 2001. CEFET Petrolina.

5.
SANTOS, A. R. L. dos; MASCARENHAS, R. de J.; AMORIM, S. A. dos S.; SOUZA, A. H.; RODRIGUES, L. C.; SILVA, R. da C.; FILHO, B. G.; AMORIM JÚNIOR, A. C.; MELLO, G. I. C. S.; PALITOT, M. F.; SANTANA, A. C.; DALMÁS, P. S.; ALVES, S. M. R. de A.; BARBOSA, D. A. de S.. Processo Seletivo Simplificado para Contratação de Professor Substituto. 2001. CEFET Petrolina.

Outras participações
1.
PEREIRA, J. R.; RODRIGUES, J. D.; SANTOS, A. R. L. dos. REGULADORES VEGETAIS E BIOESTIMULANTE NA BROTAÇÃO, ASPÉCTOS DOS CACHOS, TEOR DE CARBOIDRATOS E PRODUTIVIDADE DE VIDEIRA (Vitis vinifera L.), CV. 'BRS VITÓRIA' NO SUBMÉDIO DO VALE DO SÃO FRANCISCO. 2015.

2.
SANTOS, A. R. L. dos. REVISOR AD HOC DO PROJETO AVALIAÇÃO ECOFISIOLÓGICA DA VIDEIRA DE VINHO. 2015. Embrapa Semiárido.

3.
SANTOS, A. R. L. dos. REVISOR AD HOC DO PROJETO SELEÇÃO DE GERMOPLASMA PARA MITIGAÇÃO DE STRESSES ABIÓTICOS: SELEÇÃO DE MATERIAIS COM MAIOR EFICI^NCIA NO USO DA ÁGUA. 2015.

4.
SANTOS, A. R. L. dos. JORNADA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA EMBRAPA SEMIÁRIDO. 2014. Embrapa Semiárido.

5.
SANTOS, A. R. L. dos. REVISOR AD HOC DO PORJETO SELEÇÃO DE GERMOPLASMA PARA MITIGAÇÃO DE ESTRESSES ABRIÓTICOS: SELEÇÃO DE MATERIAIS COM MAIOR EFICIÊNCIA NO USO DA ÁGUA. 2014. Embrapa Semi- Árido.

6.
SANTOS, A. R. L. dos. REVISOR AD HOC DO PROJETO AVALIAÇÃO ECOFISIOLÓGICA DA VIDEIRA DE VINHO. 2014.

7.
SANTOS, A. R. L. dos. REVISOR AD HOC DO PROJETO VULNERABILIDADE DE SEMENTES E MUDAS DE ESPÉCIES FLORESTAIS NATIVAS DA CAATINGA ÀS MUDANÇAS CLIMÁTICAS GLOBAIS - PLANO DE TRABALHO: LIMITES DE TOLERÂNCIA DE SEMENTES NATIVAS DA CAATINGA À INFLUENCIA DO STRESS HÍDRICO. 2014. Embrapa Semiárido.

8.
SANTOS, A. R. L. dos. REVISOR AD HOC DO PROJETO VULNERABILIDADE DE SEMENTES E MUDAS DE ESPÉCIES FLORESTAIS NATIVAS DA CAATINGA ÀS MUDANÇAS CLIMÁTICAS GLOBAIS - GERMINAÇÃO DE SEMENTES DE CAATINGUEIRA-VERDADEIRA EM CENÁRIOS FUTUROS DE AQUECIMENTO GLOBAL. 2014. Embrapa Semiárido.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
SEMINÁRIO DE ENSINO MÉDIO - SOCIALIZANDO AS VIVÊNCIAS, PROJETANDO O FUTURO. S,.PALESTRA SOBRE A ATUAÇÃO DO IF SERTÃO PE NOS PROGRAMAS DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL PARA ESTUDANTES DE GRADUAÇÃO. 2017. (Seminário).

2.
X Jornada de Iniciação Científica e IV Jornada de Trabalhos de Extensão do IF SERTÃO PE.Fenologia e Desempenho Agronômico do Algodoeiro Herbáceo Colorido (Gossypium hirsutum L.r. latifolium.), consorciado com Calotropis procera (Apocynaceae), em Condições Semiáridas do Vale do São Francisco. 2015. (Outra).

3.
X Jornada de Iniciação Científica e IV Jornada de Trabalhos de Extensão do IF SERTÃO PE.Programa Dica Rural ? Conectando o IF Sertão ao Homem Campo. 2015. (Outra).

4.
X Jornada de Iniciação Científica e IV Jornada de Trabalhos de Extensão do IF SERTÃO PE,.SISTEMA DE PRODUÇÃO DE Calotropis procera (AITON) W.T AITON (APOCYNACEAE) E OBTENÇÃO DE NOVOS MATERIAIS NO SEMIÁRIDO DO VALE DO SÃO FRANCISCO.. 2015. (Outra).

5.
IX Jornada de Iniciação Científica e III Jornada de Trabalhos de Extensão do IF SERTÃO PE. ESTUDO DA VIABILIDADE DO LÁTEX DA CALOTROPIS PROCERA. 2014. (Exposição).

6.
IX Jornada de Iniciação Científica e III Jornada de Trabalhos de Extensão do IF SERTÃO PE.DESENVOLVIMENTO DE UM SISTEMA DE PRODUÇÃO E QUALIDADE DO FENO DA FLOR-DE-SEDA (Calotropis procera (Ait.) R. Br) EM CONDIÇÕES DE SEQUEIRO DO PROJETO SENADOR NILO COELHO",. 2014. (Outra).

7.
IX Jornada de Iniciação Científica e III Jornada de Trabalhos de Extensão do IF SERTÃO PE.Programa Dica Rural - Conectando o IF Sertão ao Homem Campo ". 2014. (Outra).

8.
TECNOLOGIAS PARA A PRODUÇÃO DE UVAS DE MESA E PROCESSAMENTO NO VALE DO SÃO FRANCISCO: Resultados de pesquisa da Embrapa Semiárido.Área foliar e trocas gasosas de videiras Syrah sob diferentes intervenções de desfolha e desponte de ramos.. 2013. (Seminário).

9.
Mini Curso Análise e Modelagem Sistêmica de Dados Fisiológicos. 2011. (Outra).

10.
XIII Congresso Brasileiro de Fisiologia Vegetal. Fisiologia da Interação entre Cultivares de Videira sob Irrigação Deficitária no Vale do Submédio São Francisco. 2011. (Congresso).

11.
XIII Congresso Brasileiro de Fisiologia Vegetal. 2011. (Congresso).

12.
X SIMPOSIUM HISPANO-PORTUGUÉS DE RELACIONES HÍDRICAS EN LAS PLANTAS.Leaf ultraestrutural and physiological responses during progressive drought and recovery of vitis genotypes.. 2010. (Simpósio).

13.
1ª Conferência Ibérica de Viticultura e Enologia.Como Variam as Respostas Fisiológicas de Diferentes Genótipos e Vitis vinifera ao Stress e Recuperação Hídrica?. 2009. (Outra).

14.
Cost Action 858 - Viticulture: biotic & abiotic stress Grapevine defenses mechanisms & Grape development.HOW DIFFERENT ARE VITIS VINIFERA GENOTYPES IN PHYSIOLOGICAL RESPONSES DURING PROGRESSIVE DROUGHT AND RECOVERY?. 2009. (Encontro).

15.
Reunião para Apresentação de Trabalho do Laboratório de Ecofisiologia Molecular.Termoestabilidade de Biomembranas de Folhas de Videiras: Protocolo de Ensaio. 2008. (Outra).

16.
Workshop Viticultura de Precisão. 2008. (Outra).

17.
III Fórum Nacional de Logística e Fruticultura. 2006. (Outra).

18.
Seminário de Uvas sem Sementes. 2006. (Seminário).

19.
XXVII Reunião Nordestina de Botânica. 2004. (Outra).

20.
Seminário sobre Matas Ciliares e os Impactos na Bacia do Rio São Francisco. 2003. (Seminário).

21.
III Seminário de Agricultura e Meio Ambiente. 1998. (Seminário).

22.
II Seminário de Agricultura e Meio Ambiente.Agricultura e Meio Ambiente. 1997. (Seminário).

23.
XLVIII Congresso Nacional de Botânica. 1997. (Congresso).

24.
Simpósio Brasileiro de Abacaxi. 1996. (Simpósio).

25.
Simpósio Brasileiro de Mamão. 1995. (Simpósio).

26.
I Simpósio Brasileiro sobre Acerola. 1994. (Simpósio).

27.
I Encontro Brasileiro de Municípios Irrigantes. 1988. (Encontro).

28.
Seminário sobre a Cultura do Melão e Melancia. 1988. (Seminário).

29.
III Encontro de Estudos Agropecuários. 1986. (Encontro).

30.
14º Congresso Brasileiro de Agronomia. 1985. (Congresso).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
SANTOS, A. R. L. dos; MOURA NETO, J. B. ; GUEDES, C. M. L. ; COSTA, M. G. O. ; CARDOSO, A. C. . VIABILIDADE ECONÔMICA DO ALGODÃO NO VALE DO SÃO FRANCISCO. 2014. (Outro).

2.
FRUTAL, I. ; SANTOS, A. R. L. dos . 20 FRUTAL. 2013. .

3.
SEMIARIDO, E. ; SANTOS, A. R. L. dos . SEMIÁRIDO SHOW. 2013. (Exposição).

4.
SANTOS, A. R. L. dos; SA, L. R. . Visita de Estudos ao Ceará. 2012. (Outro).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Ana Carolina Dias Braga. Estudo da Viabilidade de Utilização de Uvas Tintas (Vitis viniefera L.) Liofilizadas na Suplementação Alimentar. Início: 2012. Dissertação (Mestrado em Horticultura Irrigada) - Universidade do Estado da Bahia, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Coorientador).

Monografias de conclusão de curso de aperfeiçoamento/especialização
1.
José Roberto Pereira. Efeitos do Bioestimulante Stimulate® sobre o Desempenho Agronômico de Vitis vinifera L., cv. Itália no Vale do Submédio São Francisco. Início: 2012. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Friticultura no Semiárido) - Instituto Federal do Sertão Pernambucano. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Ana Carolina Dias Braga. CINÉTICA DE SECAGEM E COMPOSIÇÃO NUTRICIONAL DE UVA SYRAH DESIDRATADA POR CONVECÇÃO. 2014. Dissertação (Mestrado em Horticultura Irrigada) - Universidade do Estado da Bahia, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Coorientador: Ana Rita Leandro dos Santos.

2.
Lícia Mara Marinho Silva. ESTUDO DO COMPORTAMENTO REOLÓGICO DA POLPA E DA GELÉIA DE UMBU (Spondias tuberosa Arr.) PRODUZIDAS PELA COOPERCUC E ACOPRI. 2013. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Alimentos) - Universidade Federal de Santa Catarina, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Coorientador: Ana Rita Leandro dos Santos.

Monografia de conclusão de curso de aperfeiçoamento/especialização
1.
José Roberto Brito Pereira. ? ESTUDOS PRELIMINARES DO COMPORTAMENTO DE VIDEIRAS (Vitis vinifera L.), CV. 'CRIMSON SEEDLESS' EM RESPOSTA À APLICAÇÃO DE BIOESTIMULANTE E FERTILIZANTES MINERAIS. 2014. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Friticultura no Semiárido) - Instituto Federal do Sertão Pernambucano. Orientador: Ana Rita Leandro dos Santos.

2.
JULIANO ATHAYDE SILVA. PERFIL ECOFISIOLÓGICO E AGRONÔMICO DE Vitis vinifera L. NA FORMAÇÃO DO PARREIRAL. 2011. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em CURSO PÓS-GRADUAÇÃO FRUTICULTURA DO SEMIÁRIDO) - INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SERTÃO PERNAMBUCANO. Orientador: Ana Rita Leandro dos Santos.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Camilla Alves Barbosa. Variação temporal e Aspectos Morfofisiológicos da Morina oleífera LAM Cultivada em Área Degradada. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Agronomia) - Instituto Federal do Sertão Pernambucano. Orientador: Ana Rita Leandro dos Santos.

2.
RAFAEL RODRIGUES ALMEIDA. INFLUÊNCIA DE DOSAGENS DE FERTILIZANTE FOLIAR NO DESEMPENHO MORFOFISIOLÓGICO E AGRONÔMICO DO MELÃO (Cucumis melo L.) CV. ELDORADO 300. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Agronomia) - Instituto Federal do Sertão Pernambucano. Orientador: Ana Rita Leandro dos Santos.

3.
ONAIAC DUARTE MIRANDA. INFLUENCIA DE DOSAGENS DE FERTILIZANTE MINERAL SOBRE O DESEMPENHO APRODUTIVO DA BATATA ÁGATA. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Agronomia) - Instituto Federal do Sertão Pernambucano. Orientador: Ana Rita Leandro dos Santos.

Iniciação científica
1.
KAYAN TOMATSU HASEGAWA. FENOLOGIA E DESEMPENHO AGRONÔMICO DO ALGODOEIRO HERBÁCEO COLORIDO (Gossypium hirsutum L.r. latifolium.), CONSORCIADO COM Calotropis procera (Apocynaceae), EM CONDIÇÕES SEMIÁRIDAS DO VALE DO SÃO FRANCISCO. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Agronomia) - Instituto Federal do Sertão Pernambucano, INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SERTÃO PERNAMBUCANO. Orientador: Ana Rita Leandro dos Santos.

2.
CÍCERA MILENA LIMA GUEDES. SISTEMA DE PRODUÇÃO DE Calotropis procera (AITON) W.T AITON (APOCYNACEAE) E OBTENÇÃO DE NOVOS MATERIAIS NO SEMIÁRIDO DO VALE DO SÃO FRANCISCO. 2014. Iniciação Científica - Instituto Federal do Sertão Pernambucano, INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SERTÃO PERNAMBUCANO. Orientador: Ana Rita Leandro dos Santos.

3.
ESTER DA SILVA BRITO. DESENVOLVIMENTO DE FIBROCIMENTO COM DIFERENTES FIBRAS VEGETAIS. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Agronomia) - Instituto Federal do Sertão Pernambucano, INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SERTÃO PERNAMBUCANO. Orientador: Ana Rita Leandro dos Santos.

Orientações de outra natureza
1.
ARIANE COSTA CARDOSO. Programa Dica Rural ? Conectando o IF Zona Rural ao Campo. 2014. Orientação de outra natureza. (Agronomia) - Instituto Federal do Sertão Pernambucano, INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SERTÃO PERNAMBUCANO. Orientador: Ana Rita Leandro dos Santos.

2.
Russa Lirio do Nascimento. Estágio Docência. 2012. Orientação de outra natureza. (Mestrado em Engenharia Agrícola) - Universidade Federal do Vale do São Francisco. Orientador: Ana Rita Leandro dos Santos.



Inovação



Processos ou técnicas
1.
SANTOS, A. R. L. dos; GUEDES, C. M. L. ; MOURA NETO, J. B. ; FERRAZ, R. S. . Processo de obtenção dos filamentos de Calotropis procera SW. 2014.

2.
SANTOS, A. R. L. dos; BRITO, E. S. ; ARAUJO FILHO, A. . Avaliação do Rendimento em Súber - Protocolo. 2015.


Projetos de pesquisa

Projeto de desenvolvimento tecnológico

Projeto de extensão

Outros projetos


Educação e Popularização de C & T



Artigos
Artigos completos publicados em periódicos
1.
1Bassoi, L. H.2011Bassoi, L. H. ; GONCALVES, S. O. ; SANTOS, A. R. L. dos ; Silva, J. A. ; LIMA, A. C. M. . INFLUÊNCIA DE MANEJOS DE IRRIGAÇÃO SOBRE ASPECTOS DE ECOFISIOLOGIA E DE PRODUÇÃO DA VIDEIRA CV. SYRAH / PAULSEN 1103. Irriga (UNESP. CD-ROM), v. 16, p. 395-408, 2011.


Apresentações de Trabalho
1.
SANTOS, A. R. L. dos. TECNOLOGIAS PARA PRODUÇÃO DE UVAS DE MESA E PROCESSAMENTO NO VALE DO SÃO FRANCISCO: RESULTADOS DE PESQUISA DA EMBRAPA SEMIÁRIDO. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
OLIVEIRA, J. H. ; SANTOS, A. R. L. dos ; MOURA NETO, J. B. . REMOVE OF CRUDE OIL USING A NEW NATURAL FIBER - CALOTROPIS PROCERA. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).


Cursos de curta duração ministrados
1.
SANTOS, A. R. L. dos. ECOFISIOLOGIA DA FOTOSSÍNTESE. 2015. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

2.
SANTOS, A. R. L. dos. ANÁLISE DE FERTILIDADE DE GEMAS DE VIDEIRAS. 2014. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).


Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
SANTOS, A. R. L. dos. Divulgação de Evento Técnico Científico. 2014. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

2.
SANTOS, A. R. L. dos. Divulgação de Evento Técnico Científico no portal G1. 2014. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
SANTOS, A. R. L. dos; SA, L. R. . Visita de Estudos ao Ceará. 2012. (Outro).

2.
SANTOS, A. R. L. dos; MOURA NETO, J. B. ; GUEDES, C. M. L. ; COSTA, M. G. O. ; CARDOSO, A. C. . VIABILIDADE ECONÔMICA DO ALGODÃO NO VALE DO SÃO FRANCISCO. 2014. (Outro).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 16/01/2019 às 8:38:00