João Eduardo de Morais Pinto Furtado

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/5955859475875219
  • Última atualização do currículo em 03/11/2016


Graduação em Ciências Econômicas pela Universidade Estadual de Campinas (1981), mestrado em Ciências Econômicas pela Universidade Estadual de Campinas (1984) e doutorado em Sciences Économiques - Universite de Paris XIII (Paris-Nord) (1997), com especialização sobre "Estratégias e Políticas Industriais e Tecnológicas" na CEPAL/ONU (Santiago do Chile, 1991). Professor assistente-doutor da UNESP (até 2009), foi credenciado como professor-orientador do programa de pós-graduação em Política Científica e Tecnológica da UNICAMP, é professor assistente-doutor da Escola Politécnica da USP. Exerceu funções de assessoria no Congresso Nacional (Comissão Parlamentar de Inquériro sobre "Causas e conseqüências do atraso industrial e tecnológico", 1991-92), na FINEP ? Financiadora de Estudos e Projetos (1999-2002), e no BNDES ? Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (2005-2007). Coordenou diversos projetos de pesquisa (Cadeias Produtivas na Globalização e Diretório da Pesquisa Privada ? www.finep.gov.br/portaldpp). Fundou (1992) e dirigiu durante mais de 10 anos o Grupo de Estudos em Economia Industrial, formando dezenas de jovens pesquisadores em Economia Industrial, da Tecnologia e da Inovação e promovendo anualmente o Seminário de Economia Industrial. Coordena o Observatório de Estratégias para a Inovação. É fundador e foi Editor-Executivo da Revista Brasileira de Inovação. Orientou dezenas de trabalhos de iniciação científica, monografias de conclusão de curso, dissertações de mestrado e teses de doutorado. Produziu e publicou uma centena de artigos, capítulos de livros e relatórios técnicos. Exerceu, na FAPESP, a função de coordenador-adjunto para as áreas de inovaçao e para os programas PIPE e PITE (2007-2013). É conselheiro da FIESP (Conselho Superior de Tecnologia) e foi conselheiro (Conselho Superior) da Fundação Escola de Sociologia e Política. Linhas de pesquisa: economia da tecnologia e da inovação; estratégias e políticas industriais e tecnológicas; estudos setoriais; análise de estratégias competitivas e de tecnologia e inovação. Criou uma série de empresas emergentes de base tecnológica (start-ups) em diversas áreas do conhecimento - biotecnologia, equipamentos, informática, serviços avançados. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
João Eduardo de Morais Pinto Furtado
Nome em citações bibliográficas
FURTADO, João

Endereço


Endereço Profissional
Universidade de São Paulo, Escola Politécnica, Departamento de Engenharia de Produção.
Av. Profº Luciano Gualberto, travessa 3 nº380
05508-070 - Sao Paulo, SP - Brasil
Telefone: (11) 30915363
URL da Homepage: http://www.poli.usp.br


Formação acadêmica/titulação


1994 - 1997
Doutorado em Sciences Économiques.
Université Paris 13 (Paris-Nord) - Campus de Villetaneuse, PARIS 13, França.
Título: La transformation dans les conditions d'insertion des économies à industrialisation tardive dans l'économie mondiale: Un examen des facteurs généraux suivi de leur particularisation dans cinq secteurs industriels, Ano de obtenção: 1997.
Orientador: François Chesnais.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Mundialização (globalização); Industrialização; Economias periféricas; Novas tecnologias; Políticas industriais e tecnológicas; Inovação.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas
Grande Área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Economia / Subárea: Economia Industrial / Especialidade: Mudança Tecnológica.
Grande Área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Economia / Subárea: Economia Internacional.
Setores de atividade: Fabricação de Produtos Farmacêuticos; Recursos Minerais; Fabricação de Aparelhos e Equipamentos de Telecomunicação.
1982 - 1984
Mestrado em Ciência Econômica.
Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.
Título: Produtividade na Indústria Brasileira: Padrões Setoriais e Evolução (1975-80),Ano de Obtenção: 1990.
Orientador: Mario Luiz Possas.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Indústria; Produtividade; Estruturas produtivas; Brasil; Setores industriais; Tecnologia.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas
Grande Área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Economia / Subárea: Economia Industrial / Especialidade: Mudança Tecnológica.
Grande Área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Economia / Subárea: Economia Industrial.
Setores de atividade: Indústrias de Transformação; Indústrias Extrativas; Indústria Metal-Mecânica.
1991 - 1991
Especialização em Estratégias e Políticas Industriais e Tecnológicas. (Carga Horária: 360h).
Comissão Econômica Para a América Latina e o Caribe, CEPAL, Chile.
Bolsista do(a): Comissão Econômica Para a América Latina Organização das Nações Unidas Para, CEPAL/ONUDI, Chile.
1978 - 1981
Graduação em Ciências Econômicas.
Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.




Atuação Profissional



Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Vínculo institucional

2007 - Atual
Vínculo: Professor Assistente-Doutor, Enquadramento Funcional: Professor Assistente-Doutor, Carga horária: 20

Vínculo institucional

2004 - 2007
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Assistente Doutor, Carga horária: 40
Outras informações
Em abril de 2007 solicitei mudança de regime, de RDIDP para RTC, para não incorrer em acúmulo de cargo (visto que mantenho o vínculo com a UNESP, embora licenciado).

Atividades

1/2004 - Atual
Ensino, Engenharia de Produção, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Introdução à Economia
Engenharia Econômica e Finanças
Trabalho de Formatura e Estágio Supervisionado I
Trabalho de Formatura e Estágio Supervisionado II
1/2003 - Atual
Ensino, Engenharia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Economia
2003 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Escola Politécnica - Engenharia de produção, .


Elabora - Consultoria e Participações, ELABORA, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - Atual
Vínculo: Sócio-Diretor, Enquadramento Funcional: Sócio, Carga horária: 20
Outras informações
A Elabora Consultoria e Participações é uma empresa nascida no ambiente universitário que se dedica à análise, planejamento, avaliação e gestão da inovação. Realiza estudos e projetos, para organismos públicos, organizações internacionais, organizações não governamentais, entidades setoriais e empresas privadas. A Elabora é um desdobramento de atividades e metodologias desenvolvidas no ambiente universitário, enolvendo a aplicação, em bases empresariais, de métodos e abordagens inovadoras para difundir o tema da Inovação. O lema da Elabora Desenvolvimento e Criação de Valor, e expressa a síntese de objetivos públicos e privados, do Brasil e de suas empresas.


Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - 2010
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor Assistente-doutor

Vínculo institucional

2004 - 2008
Vínculo: Concursado, Enquadramento Funcional: Professor assistente-doutor, Carga horária: 0, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2001 - 2004
Vínculo: Servidor Público Concursado, Enquadramento Funcional: Professor assistente-doutor, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

1998 - 2001
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor Assistente-Doutor, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Mudança de situação funcional por Concurso Público

Vínculo institucional

1991 - 1998
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor Assistente, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

1988 - 1991
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: professor assistente-doutor, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

1986 - 1988
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor auxiliar de ensino, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Departamento de Ciências Políticas e Econômicas da UNESP - Câmpus de Marília

Atividades

1/1998 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Faculdade de Ciências e Letras - Campus de Araraquara, Departamento de Economia.

7/1999 - 8/2005
Outras atividades técnico-científicas , Faculdade de Ciências e Letras - Campus de Araraquara, Faculdade de Ciências e Letras - Campus de Araraquara.

Atividade realizada
Coordenação do Grupo de Estudos em Economia Industrial (Julho de 1999 - Março de 2005 ).
1/1998 - 12/2003
Ensino, Ciências Econômicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Contabilidade Social
Economia Brasileira
Economia e Organização Industrial (curso de Química)
Economia Industrial
Teoria Microeconômica
1/1998 - 12/2003
Outras atividades técnico-científicas , Faculdade de Ciências e Letras - Campus de Araraquara, Faculdade de Ciências e Letras - Campus de Araraquara.

Atividade realizada
Coordenador de projeto de pesquisa envolvendo diversos bolsistas (PIBIC/CNPq e FAPESP), bem como um Auxílio-Pesquisa da FAPESP (15115-6).
12/2000 - 12/2002
Outras atividades técnico-científicas , Faculdade de Ciências e Letras - Campus de Araraquara, Faculdade de Ciências e Letras - Campus de Araraquara.

Atividade realizada
Coordenação de projeto de pesquisa - Estratégias empresariais e condutas tecnológicas.
7/1999 - 6/2000
Outras atividades técnico-científicas , Faculdade de Ciências e Letras - Campus de Araraquara, Faculdade de Ciências e Letras - Campus de Araraquara.

Atividade realizada
Coordenação de projeto de pesquisa: Cadeias Produtivas Globais.
3/1998 - 2/2000
Outras atividades técnico-científicas , Faculdade de Ciências e Letras - Campus de Araraquara, Faculdade de Ciências e Letras - Campus de Araraquara.

Atividade realizada
Coordenador de projeto de pesquisa sobre Investimentos Diretos Estrangeiros, Competitividade e Comércio Internacional, envolvendo 6 bolsistas de iniciação científica e 6 auxiliares de pesquisa.
1/1991 - 1/1998
Pesquisa e desenvolvimento , Faculdade de Ciências e Letras - Campus de Araraquara, Departamento de Economia.

1/1991 - 1/1998
Ensino, Ciências Econômicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Economia Brasileira
Introdução à Economia
Teoria Microeconômica
Economia Industrial
Industrialização
1/1991 - 8/1994
Outras atividades técnico-científicas , Faculdade de Ciências e Letras - Campus de Araraquara, Faculdade de Ciências e Letras - Campus de Araraquara.

Atividade realizada
Implantação de Laboratório de Estatísticas e Informações sobre Economia Industrial.
5/1988 - 1/1991
Pesquisa e desenvolvimento , Faculdade de Ciências e Letras - Campus de Araraquara, Departamento de Economia.

5/1988 - 1/1991
Ensino, Ciências Econômicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Formação Econômica do Brasil
Economia Brasileira Recente
Teoria Microeconômica
Economia Industrial
2/1986 - 5/1988
Pesquisa e desenvolvimento , Faculdade de Filosofia e Ciências - Campus de Marília, Departamento de Ciências Políticas e Econômicas.

2/1986 - 5/1988
Ensino, Ciências Sociais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Economia Brasileira
Estatística

Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.
Vínculo institucional

2000 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Outro, Carga horária: 0
Outras informações
Credenciamento como orientador no programa de pós-graduação do Departamento de Política Científica e Tecnológica do Instituto de Geociências.

Vínculo institucional

1983 - 1986
Vínculo: Servidor público ou celetista, Enquadramento Funcional: Pesquisador, Carga horária: 20
Outras informações
Participação em diversos projetos de pesquisa do Departamento de Economia e Planejamento Econômico - IFCH - UNICAMP.

Atividades

3/2000 - Atual
Serviços técnicos especializados , Instituto de Geociências da UNICAMP, Departamento de Política Científica e Tecnológica do IGE/UNICAMP.

Serviço realizado
Orientação de Dissertação.

Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social, BNDES, Brasil.
Vínculo institucional

2005 - 2007
Vínculo: Assessor, Enquadramento Funcional: Assessor, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

05/2005 - 01/2007
Serviços técnicos especializados , BNDES, .

Serviço realizado
Assessoria - Concepção e implantação das linhas de apoio e financiamento à inovação tecnológica..

Congresso Nacional, CNACIONAL, Brasil.
Vínculo institucional

1991 - 1992
Vínculo: Assessor, Enquadramento Funcional: Assessor, Carga horária: 20
Outras informações
A Comissão Mista do Congresso Nacional sobr as "Causas e as conseqüências do atraso industrial e tecnológico brasileiro", presidida pelo Senador Mário Covas e com relatoria a cargo da Deputada Irma Passoni.


Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.
Vínculo institucional

2007 - 2013
Vínculo: Coordenador Adjunto, Enquadramento Funcional: Coordenador Adjunto, Carga horária: 16
Outras informações
Coordenador Adjunto da Área de Inovação PIPE e PITE


Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Vínculo institucional

2007 - 2009
Vínculo: Bolsista (Produtividade), Enquadramento Funcional: Bolsista


Federação das Indústrias do Estado de São Paulo, FIESP, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - Atual
Vínculo: Membro do COMSAUDE, Enquadramento Funcional: Conselheiro

Vínculo institucional

2007 - 2010
Vínculo: Membro do CONTEC, Enquadramento Funcional: Conselheiro - Conselho Superior de Tecnologia
Outras informações
O Conselho reúne-se mensalmente para discutir, a partir de uma apresentação sob responsabilidade de um convidado, temas de tecnologia, inovação e suas políticas.


Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo, FESP, Brasil.
Vínculo institucional

2004 - 2009
Vínculo: Conselheiro, Enquadramento Funcional: Conselheiro
Outras informações
Atividade comunitária. A FESP é uma Fundação mantenedora da ESP - Escola de Sociologia e Política.


Instituto de Tecnologia Social, ITSOCIAL, Brasil.
Vínculo institucional

2001 - 2003
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Outro

Atividades

12/2001 - 12/2003
Direção e administração, Instituto de Tecnologia Social, .

Cargo ou função
Presidente do Conselho Deliberativo.

Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, MCTI, Brasil.
Vínculo institucional

2005 - 2006
Vínculo: membro efetivo, Enquadramento Funcional: nenhum
Outras informações
membro do comitê gestor do Fundo Verde-Amarelo


Ministério da Ciência, Tecnologi e Inovação, MCTI, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - Atual
Vínculo: Representante, Enquadramento Funcional: Representante da Comunidade Científica
Outras informações
Representante da Comunidade Científica na Área de Inovação



Linhas de pesquisa


1.
Evolução da Indústria Brasileira - Produtividade e Competitividade
2.
Indústria Brasileira - Desempenho exportador
3.
Competitividade da Indústria Brasileira
4.
Estudos Setoriais de Competitividade
5.
Indústria Brasileira e Competitividade Internacional
6.
Políticas Industriais e de Ciência e Tecnologia
7.
Economia Industrial
8.
Economia da Tecnologia
9.
Política Industrial
10.
Inovação
11.
Economia industrial e da tecnologia
12.
Economia da inovação


Projetos de pesquisa


2012 - Atual
A indústria brasileira: seus papéis e oportunidades
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: João Eduardo de Morais Pinto Furtado - Coordenador.
2012 - Atual
A indústria brasileira: seus papéis e oportunidades
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: João Eduardo de Morais Pinto Furtado - Coordenador.
2007 - 2010
O Estado da Inovação no Brasil: uma análise de sistemas setoriais e regionais de inovação e o seu papel no fortalecimento do sistema nacional de inovação no Brasil
Descrição: Projeto submetido e aprovado ao CNPq, no âmbito do Edital de Produtividade em Pesquisa (31850/2006-5).
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2006 - Atual
Inovação e Estratégias Empresariais em Sistemas Locais de Produção na Indústria Brasileira
Descrição: Tem-se verificado nas últimas décadas um crescente interesse por estudos que analisam a importância da aglomeração geográfica de empresas para a competitividade de diversas indústrias. Diversos autores procuraram investigar as causas que estiveram associadas ao sucesso competitivo dessa forma de organização industrial. A análise da importância da aglomeração das empresas remonta ao trabalho pioneiro de Marshall sobre os distritos industriais ingleses do final do século XIX, quando o autor ressaltou a presença de economias externas locais decorrentes (i) da existência de um contingente local de mão-de-obra especializada; (ii) de densas inter-relações produtivas (linkages), que atraem indústrias correlatas e atividades de apoio; (iii) da ocorrência de transbordamentos (spill-overs) de conhecimentos e capacitações. Além dessas economias externas de natureza incidental, a capacidade de competição das empresas aglomeradas pode ser reforçada por ações conjuntas deliberadas, planejadas e organizadas de forma coletiva por empresas e instituições de apoio. Além disso, essas empresas também podem ter sua competitividade reforçada por políticas públicas, que buscam resolver problemas e induzir o desenvolvimento de capacitações diferenciadas entre os produtores locais. Estudos anteriores realizados pelos autores foram capazes de mapear a existência de importantes sistemas locais de produção nas indústrias brasileiras de calçados, móveis, cerâmica para revestimento, têxtil-vestuário e jóias e semi-jóias. A competitividade dessas indústrias decorre em grande medida da capacidade das empresas de se apropriarem dos benefícios gerados pela aglomeração geográfica. Em alguns casos é possível identificar importantes ações coletivas, organizadas por entidades associativas e instituições locais de apoio e suporte às atividades dos produtores locais. No entanto, nos últimos anos, essas indústrias vêm experimentando um processo de acirramento da concorrência interna..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (2) / Doutorado: (2) .
Integrantes: João Eduardo de Morais Pinto Furtado - Integrante / Renato de Castro Garcia - Integrante / Wilson Suzigan - Coordenador / Ana Paula Munhoz Cerron - Integrante / Flávia Gutierrez Motta - Integrante / Antonio Carlos Diegues Junior - Integrante / Murilo Damião CArolo - Integrante / Natália Vidotti Orlovicin - Integrante / Myleni Eugênia de Oliveira Ishida - Integrante / Dayane Rocha - Integrante / Janaina Ruffoni Trez - Integrante / Catherine Kaori Makayama - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2006 - Atual
Identificação, Mapeamento e Caracterização Estrutural de Arranjos Produtivos Locais no Brasil
Descrição: Nos últimos anos, foi verificada uma preocupação crescente com o desenvolvimento de aglomerações produtivas (chamadas no Brasil de APLs - Arranjos Produtivos Locais) e com a competitividade dos produtores inseridos nessas estruturas produtivas geograficamente concentradas. Diversos países lançaram mão de políticas voltadas ao apoio e ao suporte às atividades produtivas e inovativas locais. No caso do Brasil, uma das diretrizes constantes da Política Industrial Tecnológica e de Comércio Exterior (PITCE) vincula-se com a promoção e o desenvolvimento de ações integradas de fomento às atividades de micro, pequenos e médios empreendimentos (PMES) em Arranjos Produtivos Locais (APLs). No âmbito da PITCE, foi instituído em agosto de 2004 o Grupo de Trabalho Permanente para Arranjos Produtivos Locais (GTP/APL), composto por 23 instituições, sendo onze ministérios e suas vinculadas, além de instituições não-governamentais, de abrangência nacional. O objetivo dessa instituição é a integração de um conjunto de ações isoladas voltadas a APLs que já vêm sendo desenvolvidas tanto pelo poder público nas diversas instâncias (federal, estadual e local), como também por agências não governamentais como Sebrae, Apex, IEL e outros. Todavia, esses programas e ações empreendidas careciam de uma diretriz orientadora comum que permitisse uma maior integração de forma a potencializar os esforços para o desenvolvimento competitivo dos APLs. Como base nessa problemática, o projeto de trabalho constante neste termo de referência tem como objetivo assessorar metodologicamente os trabalhos do GTP/APL, por meio da aplicação de uma metodologia estatística de identificação, mapeamento e caracterização estrutural dos APLs no Brasil. Por meio dessa metodologia, é possível identificar diferentes tipos de APLs, que requerem medidas de políticas igualmente diferenciadas..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: João Eduardo de Morais Pinto Furtado - Integrante / Renato de Castro Garcia - Integrante / Wilson Suzigan - Coordenador / Ana Paula Munhoz Cerron - Integrante / Antonio Carlos Diegues Junior - Integrante / Murilo Damião CArolo - Integrante / Natália Vidotti Orlovicin - Integrante / Myleni Eugênia de Oliveira Ishida - Integrante / Vanessa Cristiane de Siqueira - Integrante / Dayane Rocha - Integrante / Janaina Ruffoni Trez - Integrante.Financiador(es): Programas das Nações Unidas para o Desenvolvimento no Brasil - Cooperação.
2006 - Atual
Interações de Universidades e Institutos de Pesquisa com Empresas no Brasil
Descrição: Este projeto estuda as interações das dimensões científica e tecnológica no Brasil. O objetivo é analisar as relações das universidades e instituições públicas de pesquisa com as empresas, duas instituições fundamentais de um sistema nacional de inovação. Além do plano nacional, a análise desdobra-se no plano regional sistemas regionais ou locais de inovação, levando em conta que a proximidade importa para o estabelecimento daquelas relações. O projeto apóia-se no referencial teórico sobre sistemas nacionais de inovação e em abordagens complementares como as de sistemas regionais ou locais de inovação e da geografia da inovação. As abordagens de sistemas de inovação referem-se a arranjos institucionais envolvendo múltiplos participantes: firmas, com seus laboratórios de P&D e suas redes de cooperação e interação; universidades e institutos de pesquisa; instituições de ensino em geral; sistema financeiro capaz de apoiar o investimento em inovação; sistemas legais; mecanismos mercantis e não-mercantis de seleção; governos; mecanismos e instituições de coordenação. Esses componentes interagem, articulam-se e possuem diversos mecanismos que iniciam processos de ciclos virtuosos . A geografia da inovação, por sua vez, estuda a relação entre localização de atividades inovativas das empresas e presença de instituições de pesquisa e indústrias correlatas. O problema de pesquisa é avaliar o padrão de interações entre os dois tipos de instituições num país com sistema de inovação imaturo como o Brasil. No atual estágio de construção do sistema de inovação brasileiro já estão em operação fluxos bidirecionais e mutuamente reforçadores? É possível identificar padrões de interação regionalmente mais densos? A metodologia da pesquisa tem como ponto de partida as informações disponíveis em bases de dados sobre empresas, universidades e instituições de pesquisa, sobretudo o Diretório de Grupos de Pesquisa do CNPq e a PINTEC Pesquisa Industrial de Inovação Tecnológica (IBGE)..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (3) / Doutorado: (5) .
Integrantes: João Eduardo de Morais Pinto Furtado - Integrante / Renato de Castro Garcia - Integrante / Marcelo Silva Pinho - Integrante / Orlando Martinelli - Integrante / Wilson Suzigan - Coordenador / Sérgio L M Salles - Integrante / Vanderléia Radaelli - Integrante / Ana Paula Munhoz Cerron - Integrante / José Eduardo Roselino - Integrante / Gabriela Scur - Integrante / Thays Gonçalves de Lima Murakami - Integrante / Carolina Almeida Araujo de Andrade - Integrante / Flavia Gutierrez Motta - Integrante / Antonio Carlos Diegues Junior - Integrante / Myleni Eugênia de Oliveira Ishida - Integrante / Renato Ramos Campos - Integrante / Silvio Cário - Integrante / Geciane Porto - Integrante / Vanessa Cristiane de Siqueira - Integrante / Sérgio Kannebley Junior - Integrante / Jefferson Souza Honório - Integrante / Eduardo da Motta e Albuquerque - Integrante / Ana Cristina Fernandes - Integrante / Catari Vilela Chaves - Integrante / Cláudio Putty - Integrante / Herica Morais Righi - Integrante / João Alberto De Negri - Integrante / Jorge de Nogueira Brito - Integrante / José Gabriel Porcile - Integrante / Márcia Siqueira Rapini - Integrante / Maria Beatriz Bonacelli - Integrante / Osvaldo Guerra - Integrante / Janaina Ruffoni Trez - Integrante / Eduardo Urias - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2005 - 2006
Identificação e Formulação de Políticas de Desenvolvimento dos Arranjos Produtivos Locais
Descrição: No Paraná, assim como em outros estados do país, a aglomeração de empresas de determinado segmento industrial, com suas peculiaridades e vocações regionais, e, sobretudo, pela diversidade de atores (econômicos, políticos e sociais), seu caráter de inovação, conhecimento tácito, governança e fortes interações, tem sido responsável por desencadear uma nova e importante dinamização na economia regional. A estruturação e as possibilidades de estímulo para impulsionar seu desenvolvimento têm se constituído em importante objeto de estudo de pesquisadores, acadêmicos e profissionais da área de economia regional. Essa conformação, chamada no Brasil de Arranjos Produtivos Locais (APLs), ganhou, nos últimos anos, um importante espaço nacional e internacional, com avanços na discussão de sua identificação e formulação de instrumentos de apoio. Nesse sentido, tem sido crescente o empenho das diversas esferas de governos para formatar políticas que forneçam o apoio necessário para o aumento da capacidade de competição dessas empresas. Em face disso, é necessário agregar à equipe técnica do trabalho o apoio técnico de uma equipe consultoria altamente especializada com atribuição de suporte metodológico, e participação na realização de relatórios de pesquisa e na definição das políticas de ação. Esta equipe será coordenada pelo Prof. Wilson Suzigan e terá como atribuições: 1. Identificação estatística, mapeamento geográfico e construção de tipologia de APLs no Estado do Paraná. 2. Seleção dos APLs para Caracterização Estrutural Preliminar. 3. Definição e Organização da Equipe Técnica de Campo, além de discutir e definir a Nota Técnica Metodológica a ser utilizada como referência para os trabalhos de campo. 4. Caracterização Estrutural Geral dos APLs selecionados 5. Definição e Implementação das Políticas de apoio a competitividade dos produtores locais..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: João Eduardo de Morais Pinto Furtado - Integrante / Renato de Castro Garcia - Integrante / Wilson Suzigan - Coordenador.Financiador(es): Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico e Social - Cooperação.
2004 - Atual
Observatório de Estratégias para a Inovação
Descrição: O Observatório de Estratégias para a Inovação dá continuidade, amplitude e aperfeiçoa o precedente Diretório da Pesquisa Privada. A equipe do projeto manteve as mesmas diretrizes anteriores, mas procurou dar às análises feitas um refinamento adicional. Este refinamento é produto de discussões mais elaboradas e de novas evidências que as pesquisas individuais e o projeto de pesquisa coletivo foram produzindo ao longo do período inicial..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (15) / Especialização: (2) / Mestrado acadêmico: (3) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (1) .
Integrantes: João Eduardo de Morais Pinto Furtado - Coordenador / Renato de Castro Garcia - Integrante / Enéas Gonçalves de Carvalho - Integrante / Rogério Gomes - Integrante / José Ricardo Fucidji - Integrante / Ana Paula Matusita - Integrante / Mariana N. Zanatta - Integrante / Giuliana Santini - Integrante / Márcio Lupatini - Integrante / Flávia Gouveia - Integrante / Rogério Vicentin - Integrante / José Maria da Silveira - Integrante / Marcelo Silva Pinho - Integrante / Orlando Martinelli - Integrante / José Marangoni Camargo - Integrante / Wellington da Silva Pereira - Integrante / Andréa Oliveira Silva - Integrante / Vanderléia Radaelli - Integrante / Daniela Tatiane dos Santos - Integrante / Ionara Costa - Integrante / Eduardo Strachman - Integrante / Tatiana Massaroli Melo - Integrante / Flávia Cavalli - Integrante / Gabriela Scur - Integrante / Flávia Gutierrez Motta - Integrante / Juan Ricardo Cruz Moreira - Integrante / Maíra Aymone Rodrigues - Integrante / Davi Nakano - Integrante / Carolina Almeida Araujo de Andrade - Integrante / Ana Valério Carneiro Dias - Integrante / Thaise Graziadio - Integrante / João Cardoso Leão - Integrante / Susana Salomão - Integrante / Simone Vasconcelos Galina - Integrante / Antonio Carlos Diegues Junior - Integrante / Geciane Porto - Integrante / Sérgio Kannebley Junior - Integrante / Ana Cristina Fernandes - Integrante / Maria Beatriz Bonacelli - Integrante / Mara Pinto - Integrante / Sérgio Queiroz - Integrante / João Amato Neto - Integrante / Ronaldo Augusto - Integrante / Andres Ferrari - Integrante / Martina Rillo Otero - Integrante / Alessanda Azevedo - Integrante / Márcia Rodrigues - Integrante / Ana Paula Avellar - Integrante / Hildo Meirelles - Integrante / Raquel Nakazato - Integrante / Marcelo Guimarães - Integrante / Sandra Mara Schiavi - Integrante / Andréa Santos - Integrante / Mauro Rocha Cortês - Integrante / Rosângela Pereira - Integrante / João Marcos de Souza - Integrante / Débora Moura - Integrante / Júlio Rohenkohl - Integrante / Marcelo Miele - Integrante / Marcilene Martins - Integrante / Marcelo Melo - Integrante / Izaias Borges - Integrante / Leornado Calixto - Integrante / Ester dal Poz - Integrante / Andréa Segatto - Integrante / Norberto Prestes - Integrante / Ricardo Alves Filho - Integrante / Elaine Pazello - Integrante / Roberto Bernardes - Integrante / Flávia Prado - Integrante / Cristiano Fontes - Integrante / Isis Freitas - Integrante / Mait Bertollo - Integrante / Danilo Farias - Integrante / Daniel Catoia - Integrante / Moab Costa - Integrante / Lara Bacellar - Integrante / Sophia Medeiros - Integrante / Giovana Tiziane - Integrante / Flávia Consoni - Integrante / Sônia Paulino - Integrante / Ana Maria Silva - Integrante / Ana Serino - Integrante / Mauro Zackiewick - Integrante / Paula de Castro - Integrante / Ivanir Kunz - Integrante / Guilherme Oliveira - Integrante / Vanessa Oliveira - Integrante / Débora Mello - Integrante / Adriana Bin - Integrante / Mônica Frigeri - Integrante.Financiador(es): Financiadora de Estudos e Projetos - Cooperação.
2003 - 2006
Sistemas Locais de Produção na Indústria Brasileira de Calçados: o papel das instituições de apoio às empresas
Descrição: Este projeto tem como principal objetivo o estudo e a compreensão dos elementos que determinam a competitividade das empresas em sistemas locais de produção, focalizando o papel e a atuação das instituições de apoio às empresas na indústria brasileira de calçados. A competitividade dos produtores em sistemas locais está fortemente calcada na existência das economias externas, que podem ser de caráter puramente incidental ou resultado de ações deliberadas dos agentes. É a partir do reconhecimento de que as ações coletivas podem criar externalidades que se justifica a investigação do papel das instituições de apoio. A atuação dessas instituições de apoio pode representar uma fonte importante de geração e criação de economias externas locais por meio de ações estratégicas visando à formação de recursos humanos mais qualificados e à constituição de novas capacidades tecnológicas e gerenciais nas empresas locais. Nesse sentido, o papel das instituições abrange desde as práticas produtivas consideradas mais rotineiras, como a prestação de diversos serviços às firmas locais, passando pela promoção de estratégias comerciais específicas, até a capacitação técnica, tecnológica e as atividades inovativas de desenvolvimento de produtos, processos e design das empresas. Por meio da investigação dessa atuação será possível compreender se e como essas instituições são capazes de estabelecer formas relevantes de apoio aos produtores, contribuindo para melhorar a capacidade de competição das empresas e, por consequência, para o crescimento da produção e o desenvolvimento local, gerando empregos e estimulando as exportações. Para isso, foram selecionados os cinco sistemas locais de produção (SLPs) mais importantes da indústria brasileira de calçados. Esses sistemas foram identificados, geograficamente delimitados e, posteriormente, foram objeto de estudos de casos em pesquisa anterior da equipe, realizada com apoio financeiro do CNPq..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: João Eduardo de Morais Pinto Furtado - Integrante / Renato de Castro Garcia - Integrante / Wilson Suzigan - Coordenador / Ana Paula Munhoz Cerron - Integrante / Bruna Monte - Integrante / Sérgio Eduardo K Sampaio - Integrante / Antonio Carlos Diegues Junior - Integrante / Murilo Damião CArolo - Integrante / Natália Vidotti Orlovicin - Integrante / Myleni Eugênia de Oliveira Ishida - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2003 - 2004
Indicadores de Ciência, Tecnologia e Inovação em São Paulo - 2003
Descrição: Nos moldes da edição precedente, lançada em abril de 2002, a publicação Fapesp Indicadores de Ciência, Tecnologia e Inovação em São Paulo-2003 objetiva a apresentação e análise de indicadores relativos aos esforços de C,T&I no estado de São Paulo - com ênfase no período 1998-2002. O panorama dos esforços de C&T paulistas no período deve estar inserido no contexto mais amplo da dinâmica nacional e internacional do setor. Nesse sentido, os indicadores de C,T&I do estado de São Paulo devem ser acompanhados, sempre que possível, de dados comparativos relativos a outros estados da federação, ao total nacional e resultados de outros países. À semelhança do volume anterior, a edição 2003 compõe-se de uma dezena de capítulos abarcando temas relativos ao que se convencionou chamar de indicadores de insumo, de produto e de impacto da C&T, complementados pelo conjunto de séries estatísticas a partir das quais foram construídos os indicadores comentados. O volume integra ainda uma descrição dos principais procedimentos metodológicos adotados na coleta e no tratamento dos dados apresentados..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: João Eduardo de Morais Pinto Furtado - Integrante / Renato de Castro Garcia - Integrante / Rogério Vicentin - Integrante / Wilson Suzigan - Coordenador / Ana Paula Munhoz Cerron - Integrante / Bruna Monte - Integrante / Sérgio Eduardo K Sampaio - Integrante / Antonio Carlos Diegues Junior - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.
2002 - 2004
Diretório da Pesquisa Privada
Descrição: O objetivo do Diretório da Pesquisa Privada é proceder a um conjunto de análises sobre os recursos e os resultados das atividades de pesquisa e desenvolvimento e de inovação num conjunto diversificado de setores (ou subsetores, segmentos) de atividade econômica. A pesquisa baseia-se portanto em informações qualitativas e quantitativas coletadas em entrevistas em empresas e instituições. O Diretório da Pesquisa Privada (DPP) foi concebido como um sistema de informação auxiliar da definição e implementação das políticas brasileiras de desenvolvimento científico, tecnológico e inovativo. O objetivo do Diretório é subsidiar a reflexão e auxiliar a tomada de decisões pelos organismos nacionais de fomento, sobretudo a FINEP e o MCT, propiciando uma alocação mais eficiente dos recursos e financiamento e o alcance de resultados mais efetivos e vigorosos. O Portal DPP é parte integrante deste projeto, que concebe a ciência, tecnologia e inovação como alavancas do desenvolvimento brasileiro, e representa um instrumento valioso de interação entre a FINEP e um conjunto amplo e plural de pesquisadores universitários..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (7) .
Integrantes: João Eduardo de Morais Pinto Furtado - Coordenador / Renato de Castro Garcia - Integrante / Enéas Gonçalves de Carvalho - Integrante / Rogério Gomes - Integrante / José Ricardo Fucidji - Integrante / Ana Paula Matusita - Integrante / Mariana N. Zanatta - Integrante / Giuliana Santini - Integrante / Márcio Lupatini - Integrante / Flávia Gouveia - Integrante / Rogério Vicentin - Integrante / José Maria da Silveira - Integrante / Marcelo Silva Pinho - Integrante / Orlando Martinelli - Integrante / José Marangoni Camargo - Integrante / Wellington da Silva Pereira - Integrante / Andréa Oliveira Silva - Integrante / Vanderléia Radaelli - Integrante / Daniela Tatiane dos Santos - Integrante / Ionara Costa - Integrante / Eduardo Strachman - Integrante / Tatiana Massaroli Melo - Integrante / Flávia Cavalli - Integrante / Gabriela Scur - Integrante / Juan Ricardo Cruz Moreira - Integrante / Maíra Aymone Rodrigues - Integrante / Davi Nakano - Integrante / Carolina Almeida Araujo de Andrade - Integrante / Flavia Gutierrez Motta - Integrante / Ana Valério Carneiro Dias - Integrante / Thaise Graziadio - Integrante / João Cardoso Leão - Integrante / Susana Salomão - Integrante / Simone Vasconcelos Galina - Integrante / Antonio Carlos Diegues Junior - Integrante / Geciane Porto - Integrante / Sérgio Kannebley Junior - Integrante / Ana Cristina Fernandes - Integrante / Maria Beatriz Bonacelli - Integrante / Mara Pinto - Integrante / Sérgio Queiroz - Integrante / João Amato Neto - Integrante / Ronaldo Augusto - Integrante / Andres Ferrari - Integrante / Martina Rillo Otero - Integrante / Alessanda Azevedo - Integrante / Márcia Rodrigues - Integrante / Ana Paula Avellar - Integrante / Hildo Meirelles - Integrante / Raquel Nakazato - Integrante / Marcelo Guimarães - Integrante / Sandra Mara Schiavi - Integrante / Andréa Santos - Integrante / Mauro Rocha Cortês - Integrante / Rosângela Pereira - Integrante / João Marcos de Souza - Integrante / Débora Moura - Integrante / Júlio Rohenkohl - Integrante / Marcelo Miele - Integrante / Marcilene Martins - Integrante / Marcelo Melo - Integrante / Izaias Borges - Integrante / Leornado Calixto - Integrante / Ester dal Poz - Integrante / Andréa Segatto - Integrante / Norberto Prestes - Integrante / Ricardo Alves Filho - Integrante / Elaine Pazello - Integrante / Roberto Bernardes - Integrante / Flávia Prado - Integrante / Cristiano Fontes - Integrante / Isis Freitas - Integrante / Mait Bertollo - Integrante / Danilo Farias - Integrante / Daniel Catoia - Integrante / Moab Costa - Integrante / Lara Bacellar - Integrante / Sophia Medeiros - Integrante / Giovana Tiziane - Integrante / Flávia Consoni - Integrante / Sônia Paulino - Integrante / Ana Maria Silva - Integrante / Ana Serino - Integrante / Mauro Zackiewick - Integrante / Paula de Castro - Integrante / Ivanir Kunz - Integrante / Guilherme Oliveira - Integrante / Vanessa Oliveira - Integrante / Débora Mello - Integrante / Adriana Bin - Integrante / Mônica Frigeri - Integrante.Financiador(es): Financiadora de Estudos e Projetos - Auxílio financeiro.
2002 - 2003
Sistemas Locais de Produção na Indústria Brasileira de Calçados: avaliação e sugestões de política
Descrição: A pesquisa aqui proposta versa sobre um tema que vem merecendo crescente atenção na literatura, a localização da produção no espaço geográfico e os vínculos produtivos que as empresas mantém com outras unidades enquanto fatores sustentáveis e dinâmicos de competitividade. Os governos, em seus vários níveis, também vêm cada vez mais focalizando os sistemas locais como objeto de políticas públicas, com o intuito de melhorar as condições locais para o crescimento econômico, a atração de investimentos, o desenvolvimento tecnológico, o aumento das exportações e o aumento do emprego. Em síntese, visam a competitividade das empresas em sistemas produtivos locais. Nesse contexto, este projeto se insere na discussão dessa problemática, focalizando os sistemas produtivos locais que são verificados na indústria calçadista brasileira. Para isso, na primeira fase do trabalho, serão utilizadas as bases de dados de empresas disponíveis, notadamente a Rais/ MTb e a PIA/ IBGE, para identificar e mapear a existência de sistemas locais na indústria calçadista. Na segunda fase, serão selecionados alguns dos sistemas produtivos identificados para estudo de caso. Alguns desses sistemas, que apresentem concentração de empresas calçadistas, já foram identificados estudados por outros autores, como a região do Vale dos Sinos, no estado do Rio Grande do Sul, as cidades paulistas de Franca, Jau e Birigui, a cidade de Nova Serrana, na região metropolitana de Belo Horizonte, e a região metropolitana de Fortaleza. Ao todo, serão investigados seis clusters especializados na produção de calçados, que são responsáveis por parcela substancial da produção e exportação de calçados no Brasil. Não se exclui ainda a possibilidade de análise de outros sistemas produtivos locais do setor que sejam identificados ao longo do trabalho. OBS.: em virtude da mudança institucional, este projeto começou a ser desenvolvido em 2001 em outra unidade de ensino..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: João Eduardo de Morais Pinto Furtado - Integrante / Renato de Castro Garcia - Integrante / Wilson Suzigan - Coordenador / Ana Paula Munhoz Cerron - Integrante / Sérgio Eduardo K Sampaio - Integrante / Maíra Aymone Rodrigues - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2002 - 2002
Estudo de Competitividade de Cadeias Produtivas Integradas
Descrição: Este trabalho está inserido no âmbito do estudo da competitividade de cadeias produtivas integradas na economia brasileira. A noção de competitividade utilizada no estudo engloba os diversos elos que compõem a cadeia produtiva, ressaltando portanto seu caráter integrado. Ademais, incorpora também o contexto externo à cadeia, comum a outras atividades econômicas, ou seja, os fatores sistêmicos. Neste trabalho, focalizam-se os elementos determinantes da competitividade da indústria de cosméticos e suas relações verticais e horizontais ao longo da cadeia produtiva.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: João Eduardo de Morais Pinto Furtado - Coordenador / Renato de Castro Garcia - Integrante / Luciano G Coutinho - Integrante / Mariano Laplane - Integrante.Financiador(es): Ministério do Desenvolvimento Indústria e do Comércio Exterior - Outra.
2001 - 2001
Inovação e Difusão Tecnológica em Sistemas produtivos Locais: Evidências e Sugestões de Políticas
Descrição: Como parte de um conjunto abrangente de estudos que visam fornecer elementos para discussão e formulação de políticas de financiamento do desenvolvimento tecnológico, tanto no âmbito federal quanto no estadual, este estudo propõe-se a realizar três estudos de casos de sistemas produtivos locais com distintas características, todos no estado de São Paulo: (1) o cluster da indústria de calçados de Franca; (2) o pólo moveleiro de Votuporanga, e (3) a indústria de equipamentos para telecomunicações de Campinas. Dada a natureza do estudo, o foco será concentrado nas atividades de inovação das empresas, descartando-se desde logo objetivos mais ambiciosos de caracterização mais ampla de estruturas produtivas, organização industrial e estratégias das empresas. Estes últimos elementos, na medida do possível, serão buscados em estudos e pesquisas já divulgados e servirão de pano de fundo da discussão focalizada nas atividades de inovação das empresas..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: João Eduardo de Morais Pinto Furtado - Integrante / Renato de Castro Garcia - Integrante / Wilson Suzigan - Coordenador / José Eduardo Roselino - Integrante.Financiador(es): Fundação do Desenvolvimento Administrativo - Auxílio financeiro.
2001 - 2001
Sistemas Produtivos Locais na Indústria de Calçados: Avaliação e Sugestões de Políticas
Descrição: A pesquisa aqui proposta versa sobre um tema que vem merecendo crescente atenção na literatura, a localização da produção no espaço geográfico e os vínculos produtivos que as empresas mantém com outras unidades enquanto fatores sustentáveis e dinâmicos de competitividade. Os governos, em seus vários níveis, também vêm cada vez mais focalizando os sistemas locais como objeto de políticas públicas, com o intuito de melhorar as condições locais para o crescimento econômico, a atração de investimentos, o desenvolvimento tecnológico, o aumento das exportações e o aumento do emprego. Em síntese, visam a competitividade das empresas em sistemas produtivos locais. Nesse contexto, este projeto se insere na discussão dessa problemática, focalizando os sistemas produtivos locais que são verificados na indústria calçadista brasileira. Para isso, na primeira fase do trabalho, serão utilizadas as bases de dados de empresas disponíveis, notadamente a Rais/ MTb e a PIA/ IBGE, para identificar e mapear a existência de sistemas locais na indústria calçadista. Na segunda fase, serão selecionados alguns dos sistemas produtivos identificados para estudo de caso. Alguns desses sistemas, que apresentem concentração de empresas calçadistas, já foram identificados estudados por outros autores, como a região do Vale dos Sinos, no estado do Rio Grande do Sul, as cidades paulistas de Franca, Jau e Birigui, a cidade de Nova Serrana, na região metropolitana de Belo Horizonte, e a região metropolitana de Fortaleza. Ao todo, serão investigados seis clusters especializados na produção de calçados, que são responsáveis por parcela substancial da produção e exportação de calçados no Brasil. Não se exclui ainda a possibilidade de análise de outros sistemas produtivos locais do setor que sejam identificados ao longo do trabalho. OBS.: por causa da mudança institucional, o projeto continuou a ser desenvolvido em outra unidade de ensino..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: João Eduardo de Morais Pinto Furtado - Integrante / Renato de Castro Garcia - Coordenador / Wilson Suzigan - Integrante / Ana Paula Munhoz Cerron - Integrante / Sérgio Eduardo K Sampaio - Integrante / Maíra Aymone Rodrigues - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2000 - 2000
Sistemas Produtivos Locais no Estado de São Paulo: o caso da indústria de calçados de Franca
Descrição: A pesquisa versa sobre um tema que vem merecendo crescente atenção na literatura, seja do ponto de vista teórico ou de observação empírica: a localização da produção no espaço geográfico e os vínculos produtivos que as empresas mantém com outras unidades enquanto fatores sustentáveis e dinâmicos de competitividade. Os governos, em seus vários níveis, também vêm cada vez mais focalizando o local como objeto de políticas públicas. Essas políticas, em coordenação com ações de agentes privados, visam melhorar as condições locais para o crescimento econômico, a atração de investimentos, o desenvolvimento tecnológico, o aumento das exportações e o aumento do emprego. Em síntese, visam a competitividade das empresas em sistemas produtivos locais. Como é evidente, na medida em que esse tipo de atuação público-privada com foco local seja bem sucedida e se multiplique, pode contribuir para atenuar os problemas nacionais ou regionais de baixo dinamismo da economia, desemprego, atraso tecnológico, desequilíbrio de balanço de pagamento e outros. É claro que o tema faz parte de uma problemática mais ampla de mudanças na geografia econômica do país. Na esteira da liberalização comercial, dos processos de integração econômica regional (Mercosul), e dos fluxos de investimento direto estrangeiro atraídos pela abertura da economia, uma nova geografia econômica está sendo gestada. Esta tem conseqüências em termos de crescimento, distribuição regional da atividade econômica e padrão de inserção internacional da economia. Essa problemática mais abrangente constitui o pano de fundo da análise a ser empreendida, mas não será tratada especificamente na pesquisa. O objeto da pesquisa é o sistema produtivo local da cidade de Franca (SP) e seu entorno, que se caracteriza como um cluster especializado na produção de calçados masculinos de qualidade superior, responsável por parcela substancial da produção e exportação desse tipo de calçado pelo Estado de São Paulo e pelo Brasil..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: João Eduardo de Morais Pinto Furtado - Integrante / Renato de Castro Garcia - Integrante / Wilson Suzigan - Coordenador / Sérgio Eduardo K Sampaio - Integrante.Financiador(es): Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada - DF - Auxílio financeiro.


Projetos de extensão


2007 - Atual
Indicadores de Ciência, Tecnologia e Inovação no Estado de São Paulo 2007
Descrição: Nos moldes das edições precedentes, lançadas em abril de 2002 e em maio de 2005, a publicação FAPESP Indicadores de Ciência, Tecnologia e Inovação em São Paulo-2007 objetiva a apresentação e análise de indicadores relativos aos esforços recentes empreendidos no campo da CT&I e aos resultados obtidos no Estado de São Paulo, com ênfase nos últimos 10 anos . A análise proposta para os indicadores de CT&I no estado de São Paulo deve considerar o contexto mais amplo da dinâmica nacional e internacional. Nesse sentido, as informações presentes na publicação deverão ser acompanhadas, sempre que possível, de dados comparativos relativos a outros estados da federação, ao total nacional e a resultados de outros países. À semelhança do volume anterior, a edição 2007 será constituída de doze capítulos abarcando temas relativos ao que se convencionou chamar de indicadores de insumo, de produto e de impacto da C&T, complementados pelo conjunto de séries estatísticas a partir das quais esses indicadores serão construídos. O volume conterá, ainda, uma descrição dos principais procedimentos metodológicos adotados na coleta e no tratamento dos dados levantados. Na sua concepção, a série FAPESP Indicadores de Ciência, Tecnologia e Inovação em São Paulo tem natureza eminentemente técnica e é voltada a gestores e formuladores de políticas públicas de CT&I, assim como a especialistas e pesquisadores que atuam no setor. Portanto, a linguagem deve ser precisa e, ao mesmo tempo, acessível a uma gama variada de usuários potenciais. Desse modo, o texto deve subtrair detalhes pormenorizados referentes à teoria subjacente e concentrar-se no fornecimento de um conjunto de diagnósticos e de informações atualizadas sobre a situação atual da CT&I no Estado, passíveis de consultas regulares.
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
2006 - 2007
Desenvolvimento de estudos e pesquisas necessários à definição, análise, implementação e avaliação de políticas de ocupação e geração de renda para o Município de São Paulo
Descrição: O projeto de pesquisa está estruturado com o objetivo de desenvolver um programa de estudos e pesquisas que alimente o processo de definição, análise e avaliação das políticas, programas e projetos de ocupação e geração de renda para o Município de São Paulo. Para isso foi dividido em três blocos de ações que incluem: a elaboração e implantação e um Programa de Estudos e Pesquisa; a Prospecção de Cadeias Produtivas e suas oportunidades de geração de ocupação e renda; e Avaliação de Programas e Projetos executados ou em execução na área de ocupação e renda no Município. Nesse sentido, envolve a realização de estudos sobre as seguintes cadeias produtivas, selecionadas como prioritárias: Tecnologia da Informação, Confecção, Turismo, Eventos e Cultura, Gastronomia, Reciclagem de Resíduos Sólidos, incluindo: (i) especificação das cadeias produtivas, com determinação dos ramos de produção a serem objeto de análise em cada uma das cadeias selecionadas; (ii) identificação das potencialidades e fragilidades das cadeias produtivas do Município visando apoiar a transferência de tecnologia necessária para o aumento da competitividade e à geração de empregos; (iii) desenvolvimento de recomendações de ações voltadas à melhoria da articulação entre as pequenas empresas locais e os demais agentes públicos e privados, no sentido de consolidar ações com vistas ao desenvolvimento econômico local; (iv) registro, organização e armazenamento das informações produzidas nos estudos realizados ou produzidas por instituições de pesquisas, órgãos de representação de trabalhadores e empregadores, instituições públicas, privadas e do terceiro setor sobre as cadeias focalizadas; (v) Organização e realização de eventos de divulgação e discussão dos estudos e pesquisas realizados; (vi) Organização e realização de sensibilização, mobilização e capacitação dos profissionais da PMSP e instituições parceiras utilizando os resultados dos estudos realizados..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (3) .
Integrantes: João Eduardo de Morais Pinto Furtado - Integrante / Andréa Oliveira Silva - Integrante / José Eduardo Roselino - Integrante / Davi Nakano - Integrante / Flavia Gutierrez Motta - Coordenador.Financiador(es): Secretaria do Trabalho do Municícpio de São Paulo - Auxílio financeiro / Programas das Nações Unidas para o Desenvolvimento no Brasil - Auxílio financeiro.


Membro de corpo editorial


2002 - Atual
Periódico: Revista Brasileira de Inovação


Membro de comitê de assessoramento


2015 - Atual
Agência de fomento: Conselho Superior de Inovação e Competitividade


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Economia / Subárea: Economia Industrial/Especialidade: Organização Industrial e Estudos Industriais.
2.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Economia / Subárea: Economia Internacional/Especialidade: Políticas Industriais e Tecnológicas.
3.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Economia / Subárea: Análise de Estratégias Competitivas de Tecnologia e Inovação.
4.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Economia / Subárea: Economia da Tecnologia e da Inovação.
5.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Economia / Subárea: Estratégias Industriais e Tecnológicas.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Francês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Italiano
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Pouco, Escreve Pouco.
Alemão
Compreende PoucoLê Pouco.


Prêmios e títulos


2004
Prêmio (Diploma de Mérito) do Conselho Regional de Economia, monografia classificada com Menção Honrosa, de autoria de Wellington da Silva Pereira (prêmio-diploma na condição de orientador), CORECON - SP.
2002
Destaque no Programa de incentivo à captação de recursos, UNESP/PROPP.
2001
Prêmio Jabuti - III lugar na Área de Administração-Economia, com a coletânea coletiva organizada por AC Lacerda, sob o título Desnacionalização - Mitos, riscos e desafios (São Paulo, Contexto), com artigo - Globalização das empresas e desnacionalização, Câmara Brasileira do Livro.
2001
Prêmio (Diploma de Mérito) do Conselho Regional de Economia, monografia classificada com Menção Honrosa, de autoria de Márcio P. Lupatini (prêmio-diploma na condição de orientador), CORECON-SP.
2001
Prêmio de melhor trabalho de Iniciação Científica, por Carolina Almeida Araujo Andrade, orientador, UNESP - XVI Congresso de Iniciação Científica da UNESP.
2001
Prêmio de melhor trabalho de Iniciação Científica, por Carolina Troncoso Baltar (orientador), UNESP - XVI Congresso de Iniciação Científica da UNESP.


Produções



Produção bibliográfica
Citações

SCOPUS
Total de trabalhos:80
Total de citações:1970
João Furtado  Data: 13/10/2016

Outras
Total de trabalhos:20
Total de citações:1825
João Furtado  Data: 03/12/2015

Artigos completos publicados em periódicos

1.
FURTADO, João2011FURTADO, João. As relações tecnológicas do Brasil com o exterior: passado, presente e perspectivas. Revista USP, v. 89, p. 218-233, 2011.

2.
PEREIRA, W. S.2011PEREIRA, W. S. ; PORCILE, José Gabriel ; FURTADO, João . Competitividade internacional e tecnologia: uma análise da estrutura das exportações brasileiras. Economia e Sociedade (UNICAMP. Impresso), v. 43, p. 501-531, 2011.

3.
SUZIGAN, Wilson2010SUZIGAN, Wilson ; FURTADO, João . Instituições e políticas industriais e tecnológicas: reflexões a partir da experiência brasileira. Estudos Econômicos (USP. Impresso), v. 40, p. 7-41, 2010.

4.
SUZIGAN, W.2010SUZIGAN, W. ; Suzigan, Wilson ; FURTADO, João . Instituições e políticas industriais e tecnológicas: reflexões a partir da experiência brasileira. Estudos Econômicos (São Paulo. Impresso), v. 40, p. 07-41, 2010.

5.
SUZIGAN, Wilson2009SUZIGAN, Wilson ; FURTADO, João . Política Industrial e Desenvolvimento. Revista de la CEPAL (Impresa), v. 89, p. 193-208, 2009.

6.
FURTADO, João2008FURTADO, João. Muito além da especialização regressiva e da doença holandesa: oportunidades para o desenvolvimento brasileiro.. Novos Estudos CEBRAP (Impresso), v. 81, p. 7-41, 2008.

7.
SUZIGAN, Wilson2007SUZIGAN, Wilson ; GARCIA, Renato de Castro ; FURTADO, João . Designing policies for local production systems: a methodology based on evidence from Brazil. Economia (Brasília), v. 8, n.1, p. 161-186, 2007.

8.
FURTADO, João2007FURTADO, João. A Política Industrial e Tecnológica e as Demandas mais Urgentes do Desenvolvimento Industrial no Brasil: infra-estruturas, inovação e internacionalização. Economia & tecnologia (UFPR), v. 09, p. 05-19, 2007.

9.
SUZIGAN, Wilson2007SUZIGAN, Wilson ; GARCIA, Renato de Castro ; FURTADO, João . Estruturas de Governança em Arranjos ou Sistemas Locais de Produção. Gestão e Produção (UFSCar), v. 14, p. 425-439, 2007.

10.
SUZIGAN, Wilson2006SUZIGAN, Wilson ; FURTADO, João ; GARCIA, Renato de Castro ; SAMPAIO, Sérgio Eduardo K . Inovação e Conhecimento: indicadores regionalizados e aplicação a São Paulo.. Revista de Economia Contemporânea, Rio de Janeiro, v. 10, n.2, p. 323-356, 2006.

11.
SUZIGAN, Wilson2006SUZIGAN, Wilson ; FURTADO, João . Política industrial e desenvolvimento. Revista de Economia Política, São Paulo, v. 26, p. 163-185, 2006.

12.
SUZIGAN, Wilson2006SUZIGAN, Wilson ; FURTADO, João . Política Industrial y Desarrollo. Revista de la CEPAL, v. 89, p. 75-91, 2006.

13.
FURTADO, João2006FURTADO, João; SUZIGAN, Wilson . Industrial policy and development. CEPAL Review, v. 89, p. 69-84, 2006.

14.
FURTADO, João2005FURTADO, João; SUZIGAN, Wilson ; GARCIA, Renato de Castro ; SAMPAIO, Sérgio Eduardo K . A indústria de calçados de Nova Serrana (MG). Nova Economia (UFMG), Belo Horizonte, v. 15, n.3, p. 97-116, 2005.

15.
FURTADO, João2004FURTADO, João; SUZIGAN, Wilson ; GARCIA, Renato de Castro ; SAMPAIO, Sérgio Eduardo K . Sistemas Locais de Produção: Mapeamento, Tipologia e Sugestões de Políticas. Revista de Economia Política, São Paulo, v. 24, n.4, p. 543-562, 2004.

16.
FURTADO, João2004FURTADO, João; SUZIGAN, Wilson . Clusters ou sistemas locais de produção: mapeamento, tipologia e sugestões de política. Revista de Economia Política, v. 24, p. 543-562, 2004.

17.
FURTADO, João2003FURTADO, João; SUZIGAN, Wilson ; GARCIA, Renato de Castro ; SAMPAIO, Sérgio Eduardo K . Coeficientes de Gini locacionais (GL): aplicação à indústria de calçados do Estado de São Paulo.. Nova Economia (UFMG), Belo Horizonte - MG, v. 13, n.2, p. 39-60, 2003.

18.
FURTADO, João2002FURTADO, João; HIRATUKA, Célio ; GARCIA, Renato de Castro ; SABBATINI, Rodrigo Coelho . La nueva petroquimica brasileña: limites para la competitividad sustentable.. Comércio Exterior, Cidade do México, v. 52, n.8, p. 726-745, 2002.

19.
SUZIGAN, Wilson2001SUZIGAN, Wilson ; GARCIA, Renato de Castro ; FURTADO, João ; SAMPAIO, Sérgio Eduardo K . Aglomerações Industriais no Estado de São Paulo. Revista de Economia Aplicada, São Paulo, v. 5, n.4, p. 695-717, 2001.

20.
FURTADO, João2001FURTADO, João; VALLE, M. R. . Globalização, estabilização e o colapso da empresa nacional. Economia e Sociedade (UNICAMP), Campinas, v. 16, p. 1-20, 2001.

21.
FURTADO, João2000FURTADO, João. Mondialisation, Reestructuration et Compétitivité. Cahiers du Brésil Contemporain, Paris, v. 41/42, p. 67-96, 2000.

22.
FURTADO, João1999 FURTADO, João. Mundialização, Reestruturação e Competitividade: A emergência de um novo regime econômico e as barreiras às economias periféricas. Novos Estudos. CEBRAP, São Paulo, v. 53, p. 97-118, 1999.

23.
FURTADO, João1998FURTADO, João. As transformações recentes na indústria automobilística e de autopeças: Uma análise a partir dos países do Mercosul. A Economia em Revista, Maringá, v. 6, n.1, p. 95-116, 1998.

24.
FURTADO, João1994FURTADO, João. Capital estrangeiro e desenvolvimento.. Teoria e Debate, v. 26, p. 1, 1994.

25.
SARTI, F.1993SARTI, F. ; FURTADO, João . Competitividade e Assimetrias nos Países do MERCOSUL. Indicadores de Qualidade e Produtividade, Brasília, v. 2, n.1, p. 109-125, 1993.

26.
FURTADO, João1993FURTADO, João. Produtividade: Evolução Comparativa entre Diversos Países Industrializados - 1870/1980. Indicadores de Qualidade e Produtividade, Brasília, v. 1, n.1, p. 19-33, 1993.

27.
POSSAS, M. L.1986POSSAS, M. L. ; FURTADO, João ; CARVALHO, Enéas Gonçalves de . The Manaus Free Zone and the multinationals exports from Brazil. Discussion Papers Oit, Genebra, p. 1-90, 1986.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
FURTADO, João. Desafios do Cerrado - Como sustentar a expansão da produção com produtividade e competitividade. 1. ed. Cuiabá: AMPA, 2016. v. 1. 284p .

2.
FURTADO, João. Inovar é fazer : 22 casos empresariais de inovação de miro, pequenas, médias e grandes empresas. 1. ed. Brasília: CNI, 2015. v. 1. 332p .

3.
FURTADO, João; MARQUES, G. O. . Amazônia. 1. ed. Rio de Janeiro: BNDES, 2014. v. 1. 414p .

4.
FURTADO, João; MARQUES, G. O. ; URIAS, E. ; CAMPOS, J. C. ; CORREA, C. ; DOMINGUES, A. . Word Directory of Advanced Renewable Fuels and Chemicals. 1. ed. Campinas: Elabora Editora, 2014. v. 1944. 586p .

5.
FURTADO, João; URIAS, E. . Recursos Naturais e Desenvolvimento: Estudos sobre o potencial dinamizador da mineração na economia brasileira. 1. ed. São Paulo: Ed. dos Autores / IBRAM, 2013. v. 1. 311p .

6.
FURTADO, João. Inovação em cadeias de valor de grandes empresas: 22 casos. 1. ed. Brasília: CNI, 2013. v. 1. 464p .

7.
BRENTANI, R.R. (Org.) ; CRUZ, C.H.B (Org.) ; Suzigan, Wilson (Org.) ; FURTADO, João (Org.) ; GARCIA, Renato de Castro (Org.) . INDICADORES DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO DA FAPESP. 1. ed. São Paulo: FAPESP, 2011. v. 2. 500p .

8.
FURTADO, João. Globalização das Cadeias Produtivas no Brasil. São Carlos: Edufscar, 2003. v. 1. 246p .

Capítulos de livros publicados
1.
FURTADO, João; RADAELLI, Vanderléia . Instrumentos de apoio à P&D em etanol. In: Luís Augusto Barbosa Cortez. (Org.). Bioetanol de cana-de-açúcar: P&D para produtividade e sustentabilidade. 1ed.São Paulo: Blucher, 2010, v. 1, p. 73-85.

2.
SUZIGAN, Wilson ; FURTADO, João ; GARCIA, Renato de Castro . Local and Global Linkages of Small and Medium Enterprises in Local Production Systems in Brazil. In: M. D. Parrili; Patrizio Bianchi; Roger Sugden. (Org.). High Technology, Productivity and Networks: a Systemic Approach to SME Development. London: Palgrave Macmillan, 2008, v. , p. 175-192.

3.
FURTADO, João; SUZIGAN, Wilson ; GARCIA, Renato de Castro . Policy-making for local productions systems in Brazil. In: SCOTT, Allen J.; GAROFOLI, G.. (Org.). Development on the Ground: Clusters, Networks and Regions in Emerging Economies. Londres: Routedge, 2007, v. 1, p. 253-277.

4.
SUZIGAN, Wilson ; GARCIA, Renato de Castro ; FURTADO, João . Sistemas Locais de Produção e de Inovação: indicadores, estudos de casos e políticas. In: HASENCLEVER, L.; FOURÉ, Y.-A.. (Org.). Caleidoscópio do Desenvolvimento Local no Brasil: diversidade das abordagens e das experiências. Rio de Janeiro: e-Papers, 2007, v. 1, p. 51-80.

5.
FURTADO, João; SUZIGAN, Wilson ; GARCIA, Renato de Castro . Pequeñas y Medianas Empresas en Sistemas Locales de Producción en Brasil: encadenamientos locales y globales. In: PARRILI, M.; BIANCHI, P.; SUGDEN, R.. (Org.). Alta Tecnología, Productividad y Redes: un Enfoque Sistémico para el Desarrollo de las Pequeñas y Medianas Empresas. 1ed.Cidade do México: Nueva Visión, 2005, v. 1, p. 239-260.

6.
FURTADO, João; SUZIGAN, Wilson ; GARCIA, Renato de Castro . Sistemas Locais de Produção/ Inovação: metodologia para identificação, estudos de casos e sugestões de políticas. In: Clélio Campolina Diniz; Mauro Borges Lemos. (Org.). Economia e Território. Belo Horizonte: UFMG, 2005, v. 1, p. 287-320.

7.
FURTADO, João; SUZIGAN, Wilson . Política Industrial e Desenvolvimento. In: João Antônio de Paula. (Org.). Adeus ao Desenvolvimento: a opção do Governo Lula. 1ed.Belo Horizonte: Autêntica, 2005, v. , p. 181-204.

8.
FURTADO, João. O Comportamento Inovador das Empresas Industriais. In: VELLOSO, J.P.R.; ALBUQUERQUE, R.C.. (Org.). Cinco Décadas de Questão Social e os Grandes Desafios do Crescimento Sustentado. Rio de Janeiro: José Olympio, 2005, v. , p. 345-372.

9.
FURTADO, João. Quatro eixos da Política Industrial. In: Afonso Fleury. (Org.). Política Industrial. São Paulo: Publifolha, 2004, v. 1, p. 47-78.

10.
SUZIGAN, Wilson ; FURTADO, João ; GARCIA, Renato de Castro ; SAMPAIO, Sérgio Eduardo K . A dimensão regional das atividades de C, T & I no Estado de São Paulo. In: FAPESP. (Org.). Indicadores de Ciência, Tecnologia e Inovação em São Paulo 2004. São Paulo: FAPESP, 2004, v. 1, p. -.

11.
SUZIGAN, Wilson ; FURTADO, João ; GARCIA, Renato de Castro ; SAMPAIO, Sérgio Eduardo K . The regional dimension of ST&I activities in Sao Paulo State. In: Francisco Romeu Landi (coord). (Org.). Sciente, Technology & Innovation Indicators in the State of Sao Paulo/Brazil 2004. São Paulo: FAPESP, 2004, v. 1, p. 200-250.

12.
FURTADO, João; SUZIGAN, Wilson ; GARCIA, Renato de Castro . Governança de sistemas produtivos locais de micro, pequenas e médias empresas. In: Helena Maria Martins Lastres; José Eduardo Cassiolato; Maria Lucia Maciel. (Org.). Pequena Empresa - cooperação e desenvolvimento local. 1ed.Rio de Janeiro: Relume Dumará, 2003, v. , p. 67-84.

13.
FURTADO, João. Análise dos efeitos de cadeias de comercialização nos Estados Unidos para a competitividade das exportações brasileiras.. In: Renato Baumann. (Org.). A Alca e o Brasil - Uma contribuição ao debate. 1ed.Brasília: IPEA, 2003, v. 1, p. 259-292.

14.
FURTADO, João. Cadeias produtivas globalizadas: a emergência de um sistema de produção integrado hierarquicamente no plano internacional.. In: João Eduardo de Morais Pinto Furtado. (Org.). Globalização das Cadeias Produtivas no Brasil.. 1ed.São Carlos: Edufscar, 2003, v. 1, p. 15-37.

15.
FURTADO, João; GARCIA, Renato de Castro . Conclusão - cadeias produtivas brasileiras na globalização. In: João Eduardo de Morais Pinto Furtado. (Org.). Globalização das cadeias produtivas no Brasil. 1ed.São Carlos: EdUFSCar, 2003, v. 1, p. 239-244.

16.
Castro, A. C. ; FURTADO, João ; Hermann, J. ; Carneiro, Dionísio D. ; BELLUZO, L. G. ; VEIGA, P. M. ; BAUMANN, R. ; AMADEO, E. ; COUTINHO, Luciano G ; BARBOSA, A. L. N. H. . Sistematização do debate sobre "Política Industrial". In: Ana Célia Castro. (Org.). Desenvolvimento econômico em debate: painéis do desenvolvimento brasileiro I. Rio de Janeiro: Mauad, 2002, v. 2, p. 133-154.

17.
FURTADO, João. A indústria de equipamentos médico-hospitalares: elementos para uma caracterização de sua dimensão internacional. In: Barjas Negri; Geraldo Di Giovanni. (Org.). Brasil - Radiografia da Saúde. : , 2001, v. 1, p. 45-62.

18.
FURTADO, João; SUZIGAN, Wilson ; GARCIA, Renato de Castro ; SAMPAIO, Sérgio Eduardo K . Sistemas produtivos locais no Estado de São Paulo: o caso da indústria de calçados de Franca. In: Luis Fernando Tironi. (Org.). Industrialização descentralizada: sistemas industriais localizados. 1ed.Brasília: IPEA, 2001, v. 1, p. 267-322.

19.
FURTADO, João; GALVÃO, A. C. ; GOUVEIA, F. ; SANTOS, R. N. ; VICENTIN, Rogério . Balanço de Pagamentos Tecnológico e Propriedade Intelectual. In: Sandra Brisolla; Ruy Quadros Carvalho. (Org.). Indicadores de C&T - São Paulo. : , 2001, v. 1, p. 2-3.

20.
FURTADO, João. Globalização das empresas e desnacionalização. In: Antonio Corrêa de Lacerda. (Org.). Desnacionalização - Mitos, riscos e desafio. 1ed.São Paulo: Contexto, 2000, v. 1, p. 13-42.

21.
COUTINHO, Luciano G ; FURTADO, João . O Brasil e a ALCA. In: Samuel P. Guimarães. (Org.). O Brasil e a ALCA. 1ed.Brasília: prelo, 1999, v. 1, p. -.

22.
COUTINHO, Luciano G ; FURTADO, João . A integração continental assimétrica e acelerada: riscos e oportunidades da ALCA. In: Samuel Pinheiro Guimarães. (Org.). Alca e Mercosul: riscos e oportunidades para o Brasil. Brasília: IPRI, FUNAG, 1999, v. , p. 107-170.

23.
FURTADO, João. Tendências internacionais das atividades de distribuição e da indústria automobilística. In: José Eduardo Cassiolato; Luciano Galvão Coutinho; Ana Lúcia Gonçalves da Silva. (Org.). Telecomunicações e Competitividade. 1ed.Campinas: Papirus, 1995, v. , p. -.

24.
FURTADO, João; CAPISTRANO, M. C. . Fundamentos Sociais da Competitividade. In: Luciano Galvão Coutinho; João Carlos Ferraz. (Org.). Estudo da Competitividade da Indústria Brasileira. 1ed.Campinas: Papirus, 1993, v. 1, p. -.

25.
SARTI, F. ; FURTADO, João . Os setores industriais no Mercosul. In: Vários. (Org.). Mercosul - Integração na América Latina e Relações com a Comunidade Européia. 1ed.São Paulo: Cajá, 1993, v. 1, p. 157-194.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
FURTADO, João. Etanol - Brasil é líder, mas não tem posição assegurada. Informe Enerbio, 14 set. 2007.

2.
FURTADO, João. Diversidade e Especialização: a necessidade de reconciliação. Jornal Valor Econômico, 06 jul. 2007.

3.
FURTADO, João. Financiar o Desenvolvimento Brasileiro. Revista Observatório da Indústria, Paraná, p. 36 - 37, 01 jun. 2007.

4.
FURTADO, João. Inovar para crescer. Agência Fapesp - notícias, 27 set. 2004.

5.
FURTADO, João. O Estado deve intervir para incentivar um novo ciclo de importações? Sim - Necessário e Viável. Folha de São Paulo. São Paulo, , v. A, p. A3 - A3, 16 fev. 2002.

6.
FURTADO, João. Um espaço vital. Página internética do jornalista Joelmir Betting, internet, , v. nenhum, p. 1 - 2, 01 set. 2001.

7.
FURTADO, João. Petroquímica - A reestruturação sem fim. Folha de S.Paulo, São Paulo, 13 ago. 2001.

8.
FURTADO, João. O mercado sabe escolher o melhor para o Brasil?. Folha de São Paulo, São Paulo, p. B2 - B2, 08 fev. 2001.

9.
FURTADO, João. Meia Política Industrial. Folha de São Paulo, São Paulo, p. B2 - B2, 08 jan. 2001.

10.
FURTADO, João; VALLE, M. R. ; TONETTO JR, R. . A AmBev e a cerveja de Ribeirão. Gazeta Mercantil, São Paulo e Ribeirão Preto, p. 02 - 02, 06 abr. 2000.

11.
FURTADO, João. Brazilian Economy, 1999 - Between Turmoil and Hope. Global Views - Center for Global Education - St. John's University, Nova Iorque, , v. 5(3), p. 2 - 3, 01 mar. 1999.

12.
FURTADO, João. O menor salário do mundo. Senhor, São Paulo, p. 30 - 34, 01 fev. 1988.

13.
FURTADO, João. Entrevista ao Jornal do Economista. Jornal do Economista.

14.
FURTADO, João; SUZIGAN, Wilson ; GARCIA, Renato de Castro ; SAMPAIO, Sérgio Eduardo K . Coeficientes de Gini locacionais(GL); aplicação à indústria de calçados do Estado de São Paulo. Revista do Departamento de Ciências Econômicas da UFMG.

15.
FURTADO, João. Terreno fértil para inovar. Revista Foco Economia.

16.
FURTADO, João. Em busca do alvo. Revista Foco Economia.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
RADAELLI, Vanderléia ; FURTADO, João ; ANDRADE, Carolina Almeida Araujo de . Trajectory of development based on innovation: the pharmaceutical sector in brazilian industrial policy. In: Conferência Internacional sobre Inovação nas Economias em Desenvolvimento, 2010, Rio de Janeiro. Anais da Conferência, 2010.

2.
FURTADO, João; URIAS, E. . Institutional changes and their impacts on the Brazilian Pharmaceutical Industry: Is there an Innovation System on the way?. In: GLOBELICS 2009 - 7 th International Conference, 2009, Dakar/ Senegal. Anais do GLOBELICS 2009 - 7 th International Conference, 2009.

3.
FURTADO, João; FAVARIN, Julio Vicente Rinaldi ; AMARANTE, R. . A ascensão da indústria ferroviária no Brasil: importância para a logística nacional e lições para a navipeças. In: 22o Congresso Nacional de Transporte Aquaviário, Construção Naval e Offshore, 2008, Rio de Janeiro. Anais do Congresso. Rio de Janeiro: SOBENA, 2008.

4.
URIAS, E. ; FURTADO, João . Sistemas Setoriais de Inovação: Uma Análise do Setor Farmacêutico Brasileiro à Luz da Lei de Propriedade Intelectual de 1996 e da Lei do Medicamento Genérico de 1999. In: Primer Congreso Argentino de Estudios Sociales de la Ciencia y la Tecnología, 2007, Bernal. Primer Congreso Argentino de Estudios Sociales de la Ciencia y la Tecnología, 2007.

5.
PEREIRA, W. S. ; FURTADO, João ; PORCILE, José Gabriel . Exame da competitividade industrial através do conteúdo tecnológico do comércio internacional brasileiro. In: XXXV Encontro Nacional de Economia, 2007, Recife (Pernambuco). Anais do XXXV Encontro Nacional de Economia (ANPEC), 2007.

6.
RADAELLI, Vanderléia ; ANDRADE, Carolina Almeida Araujo de ; FURTADO, João . Trajetórias de desenvolvimento baseadas em inovação: o setor farmacêutico na política industrial brasileira. In: X Encontro de Economia da região sul (Anpec sul), 2007, Porto Alegre (RS). Anais do X Encontro de Economia da região sul (Anpec sul), 2007.

7.
FURTADO, João; ANDRADE, Carolina Almeida Araujo de ; RADAELLI, Vanderléia . Industrial Policy to Catch-Up in High-Tech Industries: using outsourcing to foster innovation in the pharmaceutical industry in developing countries. In: 9 th Eunip International Conference, 2006, Limerick. 9 th Eunip International Conference, 2006.

8.
FURTADO, João; SUZIGAN, Wilson ; GARCIA, Renato de Castro . Designing Policies for Local Production Systems: a methodology based on Evidence from Brazil. In: 9th Eunip International Conference, 2006, Limerick. 9th Eunip International Conference, 2006.

9.
FURTADO, João; ANDRADE, Carolina Almeida Araujo de . Capitalism Accumulation, Industrial Restructuring and Schumpeterian Patterns of Innovation: some analytical elements from outsourcing manufacturing. In: 11th ISS Conference (International Schumpeter Society), 2006, Sophia-Antipolis. 11th ISS Conference (International Schumpeter Society), 2006.

10.
ANDRADE, Carolina Almeida Araujo de ; FURTADO, João . Modelos de Organização Industrial e Inovação: da grande empresa verticalizada à externalização da manufatura. In: IX Encontro de Economia da Região Sul (ANPEC-Sul), 2006, Florianópolis. IX Encontro de Economia da Região Sul (ANPEC-Sul), 2006.

11.
FURTADO, João; ANDRADE, Carolina Almeida Araujo de . Innovation and Manufacturing in Assembly Industries: a comparative analysis of outsourcing approaches on automobiles and eletronics. In: 14th GERPISA International Colloquium, 2006, Paris. 14th GERPISA International Colloquium, 2006.

12.
SUZIGAN, Wilson ; GARCIA, Renato de Castro ; FURTADO, João . Designing Policies for Local Production Systems: a methodology based on Evidence from Brazil. In: 11th ISS Conference (International Schumpeter Society), 2006, Sophia-Antipolis, Nice. 11th ISS Conference (International Schumpeter Society), 2006.

13.
FURTADO, João; SUZIGAN, Wilson . Política Industrial e Desenvolvimento. In: Seminário: A Economia Política e o Desenvolvimento Brasileiro, 2005, Belo Horizonte - MG, 2005.

14.
FURTADO, João. Outsourcing in Different Production Models: Elements for a Comparison among Electronics, Pharmaceutical and Automobile Industries. In: Thirteenth GERPISA International Colloquium, 2005, Paris. Thirteenth GERPISA International Colloquium, 2005.

15.
FURTADO, João. Discutindo processos de outsourcing da manufatura: uma análise a partir de elementos das indústrias eletrônica, farmacêutica e automobilística. In: XXV Encontro Nacional de Engenharia de Produção, 2005, Porto Alegre. XXV Encontro Nacional de Engenharia de Produção, 2005.

16.
FURTADO, João; SUZIGAN, Wilson ; GARCIA, Renato de Castro ; SAMPAIO, Sérgio Eduardo K . Knowledge, Innovation and Agglomeration: regionalized multiple indicators and evidence from Brazil. In: 45th European Congress of the Regional Science Association (ERSA 2005) Land Use and Water Management in a Sustainable Network Society, 2005, Amsterdan/ Holanda, 2005. v. 1.

17.
FURTADO, João; SUZIGAN, Wilson ; GARCIA, Renato de Castro . Designing policies for industrial clusters: a methodology based on Brazilian data and case studies. In: The Regional Question in Economic Development: Local-Global Interactions in Low- and Middle-Income Countries, 2005, Bellagio. Anais do The Regional Question in Economic Development: Local-Global Interactions in Low- and Middle-Income Countries, 2005. v. 1.

18.
FURTADO, João; ANDRADE, Carolina Almeida Araujo de . Outsourcing in Different Production Models: Elements for a Comparison among Electronics, Pharmaceutical and Automobile Industries. In: 13 th GERPISA International Colloquium, 2005, Paris. 13 th GERPISA International Colloquium, 2005.

19.
SUZIGAN, Wilson ; FURTADO, João ; GARCIA, Renato de Castro . Designing Policies for Local Production Systems: a methodology based on Evidence from Brazil. In: XXXIII Encontro Nacional de Economia, 2005, Natal (RN). Anais do XXXIII Encontro Nacional de Economia, 2005.

20.
FURTADO, João; GARCIA, Renato de Castro ; SUZIGAN, Wilson . Innovation and knowledge in local production systems in the state of São Paulo, Brazil.. In: 10th ISS Conference (International Schumpeter Society), 2004, Milão, Itália. Proceedings, 2004. v. 1. p. 100-120.

21.
FURTADO, João; SUZIGAN, Wilson ; GARCIA, Renato de Castro ; SAMPAIO, Sérgio Eduardo K . Local Production Systems in Brazil: mapping, typology and policy suggestions.. In: The 44rd European Congress of the Regional Science Association (ERSA 2004) Regions and Fiscal Federalism, 2004, Porto, Portugal. The 44rd European Congress of the Regional Science Association (ERSA 2004) Regions and Fiscal Federalism, 2004. v. 1. p. 20-40.

22.
FURTADO, João; SUZIGAN, Wilson ; GARCIA, Renato de Castro ; SAMPAIO, Sérgio Eduardo K . Inovação e conhecimento: indicadores regionalizados e aplicação a São Paulo. In: XXXI Encontro Nacional de Economia, 2004, João Pessoa. Anais do XXXI Encontro Nacional de Economia. João Pessoa: ANPEC, 2004. v. 1. p. 1-1.

23.
FURTADO, João; SUZIGAN, Wilson ; GARCIA, Renato de Castro ; SAMPAIO, Sérgio Eduardo K . A indústria de calçados de Nova Serrana (MG). In: XI Seminário de Economia Mineira, 2004, Diamantina, CEDEPLAR/UFMG. Anais do XI Seminário de Economia Mineira, 2004.

24.
FURTADO, João; SUZIGAN, Wilson ; GARCIA, Renato de Castro . Estruturas de Governança e Cooperação em Arranjos ou Sistemas Produtivos Locais. In: Seminário Arranjos Produtivos Locais como Instrumento de Desenvolvimento, 2004, Rio de Janeiro, 2004.

25.
FURTADO, João. Padrões de Inovação na Indústria Brasileira. In: Seminário de Ciência, Tecnologia e Inovação na Agenda do Desenvolvimento, 2004, São Paulo, 2004.

26.
FURTADO, João. O Comportamento Inovador das Empresas Industriais no Brasil no Brasil. In: Seminário Especial - Mini-Fórum em homenagem aos 40 anos do IPEA, 2004, Rio de Janeiro, 2004.

27.
SUZIGAN, Wilson ; FURTADO, João ; GARCIA, Renato de Castro ; SAMPAIO, Sérgio Eduardo K . Inovação e conhecimento: indicadores regionalizados e aplicação a São Paulo. In: XXXII Encontro Nacional de Economia, 2004, João Pessoa (PB). Anais do XXXII Encontro Nacional de Economia, 2004.

28.
FURTADO, João; ZANATTA, M. N. . Industrial policy strategies and the international debate: what has left to developing countries?. In: 7th Annual EUNIP Conference, 2003, Porto. 7th Annual EUNIP Conference, 2003.

29.
FURTADO, João; SUZIGAN, Wilson ; GARCIA, Renato de Castro ; SAMPAIO, Sérgio Eduardo K . Sistemas de Locais de Produção: mapeamento, tipologia e sugestões de políticas. In: XXXI Encontro Nacional de Economia, 2003, Porto Seguro - BA. XXXI Encontro Nacional de Economia. Porto Seguro: ANPEC, 2003. v. 1. p. 543-562.

30.
FURTADO, João; COSTA, Ionara ; STRACHMAN, Eduardo ; ZANATTA, M. N. ; QUEIROZ, S. . FDI and Technology Policies in Brazil. In: EAEPE Conference 2003, 2003. EAEPE Conference 2003, 2003.

31.
FURTADO, João. O Mercado de Material e Equipamentos Médicos. In: Seminário Nacional cobre o Complexo Industrial da Saúde, 2003, Rio de Janeiro. A Dimensão Política e Estratégica dos Segmentos de Insumos e Equipamentos Médico-Hospitalares, 2003.

32.
FURTADO, João; SUZIGAN, Wilson ; GARCIA, Renato de Castro ; SAMPAIO, Sérgio Eduardo K . Coeficientes de gini locacionais (GL) aplicação à indústria de calçados do estado de São Paulo.. In: XXX Encontro Nacional de Economia, 2002, Nova Friburgo - RJ. XXX Encontro Nacional de Economia, 2002. v. 1.

33.
FURTADO, João; ZANATTA, M. N. . Brazilian industrial policy: is it in fact back into the scene?. In: VI Annual EUNIP Conference, 2002, Turku, 2002.

34.
FURTADO, João; GOUVEIA, F. ; VICENTIN, Rogério ; GALVÃO, A. C. ; SANTOS, R. N. ; ROSELINO, José Eduardo . Balanço de pagamentos tecnológico. In: II Seminário de Economia Industrial, 2001, Araraquara - SP. Disponível na página internética do GEEIN, 2001.

35.
FURTADO, João; GARCIA, Renato de Castro ; HIRATUKA, Célio ; SABBATINI, Rodrigo Coelho ; SILVEIRA, José Maria da . A indústria petroquímica. In: II Congresso Brasileiro de Nova Economia Institucional, 2001, Campinas. II Congresso Brasileiro de Nova Economia Institucional, 2001.

36.
FURTADO, João. Seminário sobre perspectivas dos investimentos da indústria de petróleo, gás natural e petroquímica. In: Seminários PREVI, 2001, Rio de Janeiro. s/A, 2001.

37.
FURTADO, João; GALVÃO, A. C. ; GOUVEIA, F. ; VICENTIN, Rogério ; SANTOS, R. N. ; ROSELINO, José Eduardo . Balance de Payements Technologique. In: Seminaires du Centre de Recherches - Université de Paris 13, 2001, Paris. Seminaires du Centre de Recherches, 2001.

38.
ZANATTA, M. N. ; FURTADO, João . Sectoral Funds: A new effort on Brazilian S&T Policy. In: EUNIP, 2001, Viena. EUNIP, 2001. v. 1. p. 105-105.

39.
FURTADO, João; HIRATUKA, Célio ; GARCIA, Renato de Castro . Cadeias produtivas numa perspectiva integrada: A indústria petroquímica. In: Seminário do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comërcio Exterior, 2001, Brasília. n/a. n/a: n/a, 2001. p. 1-20.

40.
FURTADO, João; SILVEIRA, José Maria da ; HIRATUKA, Célio ; GARCIA, Renato de Castro ; SABBATINI, Rodrigo Coelho . Governança corporativa, o financiamento das empresas petroquímicas brasileiras pós-privatização e algumas implicações competitivas. In: II Seminário Brasileiro da Nova Economia Institucional, 2001, Campinas. Anais do II Seminário Brasileiro da Nova Economia Institucional. Campinas, 2001.

41.
FURTADO, João. Possibilidades do Brasil nas Configurações Produtivas Globais. In: Cadeias Produtivas na Indústria Brasileira, 2000, Brasília. Cadeias Produtivas na Indústria Brasileira. Brasília: IPEA - Instituto de Pesquisas Econômicas Aplicadas, 2000. v. n/c. p. 1-25.

42.
FURTADO, João. Os limites e as possibilidades do Brasil nas configurações produtivas globalizadas. In: Cadeias Produtivas Globais: Desafios e Oportunidades (Seminário do GEEIN), 2000, Araraquara. idem. Brasília: IPEA, 2000. v. mimeo. p. 1-50.

43.
ZANATTA, M. N. ; FURTADO, João . Industrial policies for trade purposes: Latin American experiences as compared to industrial advanced countries. In: IV Annual EUNIP Conference, 2000, Tilburg. IV Annual EUNIP Conference on Industrial Policy. Tilburg: Tilburg University, 2000. v. 1. p. 1-20.

44.
FURTADO, João; SUZIGAN, Wilson ; GARCIA, Renato de Castro ; SAMPAIO, Sérgio Eduardo K . Aglomerações industriais no Estado de São Paulo. In: XXVIII Encontro Nacional de Economia, 2000, Campinas. Anais do XXVIII Encontro Nacional de Economia. Campinas, 2000.

45.
FURTADO, João; HIRATUKA, Célio ; GARCIA, Renato de Castro ; SABBATINI, Rodrigo Coelho . Ciclo de Investimentos, Reestruturação Patrimonial e Competitividade da Indústria Petroquímica Brasileira: Limites à Constituição de uma Estrutura Sustentável. In: XXVII Encontro Nacional de Economia - ANPEC, 1999, Belém - PA. XXVII Encontro Nacional de Economia - ANPEC. Belém: ANPEC, 1999. v. II. p. 951-963.

46.
FURTADO, João. Integração no MERCOSUL. In: As relações inter-americanas: continuidades e mudanças frente ao novo milênio, 1999, Araraquara. n/c. Araraquara: UNESP, 1999. v. n/c. p. 1-25.

47.
FURTADO, João; VALLE, M. R. . Globalization, Stabilization and the Collapse of the Brazilian National Firm. In: XXIII Meeting of the Eurogroup on Financial Modelling, 1998, Cracóvia. XXIII Meeting of the Eurogroup on Financial Modelling. Cracóvia: n/c, 1998. v. XXIII. p. 82-94.

48.
FURTADO, João. Mondialisation, Restructuration, Compétitivité: L'émergence d'un nouveau régime économique. In: Encontro Nacional de Economia - ANPEC, 1998, Vitória - ES. Anais do XXIII Encontro Nacional de Economia. Vitória: ANPEC, 1998. v. 2. p. 999-1020.

49.
COUTINHO, Luciano G ; FURTADO, João . O Brasil e ALCA - Desafios e Oportunidades. In: Seminário promovido pelo Itamaraty, 1998, São Paulo. n/c. Brasília: n/c, 1998. v. n/c. p. 1-25.

50.
FURTADO, João. La notion de globalisation - mondialisation: éléments pour une lecture critique. In: Coloque sur le Dévelopement, 1997, Orleans. Coloque sur le Dévelopement. Orleans: Coloque sur le Dévelopement, 1997. v. n/c. p. 1-20.

51.
FURTADO, João. La notion de globalisation-mondialisation: éléments pour une lecture critique. In: Colloque de la Maison des Sciences de l'Homme, 1997, Paris. Cahiers du Brasil. Paris: CBC, 1997. v. n/c. p. 1-20.

52.
FURTADO, João. L'industrie de composants automobiles face à la mondialisation. In: Séminaire International du GERPISA, 1996, Paris. Anales du GERPISA. Paris: Gerpisa, 1996. v. n/c. p. n/c-n/c.

53.
FURTADO, João. As exportações brasileiras para a Argentina no período pré-integração: uma comparação entre empresas brasileiras e transnacionais. In: Seminário sobre Integração Econômica e Indústria, 1994, Montevidéu. Sem publicação formal, 1994. v. n/c. p. 1-25.

54.
FURTADO, João; CAPISTRANO, M. C. . Fundamentos Sociais da Competitividade. In: Seminário FINEP-Banco Mundial sobre os resultados do Estudo da Competitividade da Indústria Brasileira, 1993, São Paulo, 1993. v. mimeo.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
URIAS, E. ; FURTADO, João . Sistemas Setoriais de Inovação: Uma Análise do Setor Farmacêutico Brasileiro à Luz da Lei de Propriedade Intelectual de 1996 e da Lei do Medicamento Genérico de 1999. In: VIII Seminário de Economia Industrial, 2007, Araraquara. VIII Seminário de Economia Industrial, 2007.

2.
FURTADO, João; ANDRADE, Carolina Almeida Araujo de ; HORIE FILHO, Kiyoshi . Análise das funções corporativas em empresas do setor de eletrônicos a partir da adoção da estratégia de externalização da manufatura. In: 14º Simpósio Internacional de Iniciação Científica da USP, 2006, São Paulo, 2006.

3.
FURTADO, João; ANDRADE, Carolina Almeida Araujo de ; HORIE FILHO, Kiyoshi ; MOTTA, Flávia Gutierrez . Tecnologia assistiva: dimensionamento do setor e identificação de segmentos para aplicação de recursos. In: 14º Simpósio Internacional de Iniciação Científica da USP, 2006, São Paulo. Anais do XIV Simpósio Internacional de Iniciação Científica da USP - SIICUSP, 2006.

4.
FURTADO, João; SOUZA, Juliana de . A Desconcentração Industrial Brasileira: Um Estudo das Informações Publicadas pela Gazeta Mercantil no ano de 2000. In: XII Simpósio Internacional de Iniciação Científica da Universidade de São Paulo, 2005, São Paulo, 2005.

5.
FURTADO, João; LIU, Jackson ; ZAMUNARO, Caio Sérgio Bochetti ; MOTTA, Flávia Gutierrez ; SCHINAZI, B. ; FAVARIN, Julio Vicente Rinaldi ; ROMÃO, Mariah Pinheiro Agudo ; ANDRADE, Carolina Almeida Araujo de . O Setor da Tecnologia Assistiva no Mundo e suas Implicações para o Brasil. In: XIII Simpósio Internacional de Iniciação Científica da USP - SIICUSP, 2005, São Paulo. Anais do XIII Simpósio Internacional de Iniciação Científica da USP - SIICUSP, 2005.

6.
FURTADO, João; SOUZA, Juliana de . A Desconcentração Industrial Brasileira: Um Estudo das Informações Publicadas pela Gazeta Mercantil no ano de 2000. In: XVII Congresso de Iniciação Científica da Unesp, 2005, Araraquara. Anais do XVII Congresso de Iniciação Científica da Unesp, 2005.

7.
FURTADO, João; SOUZA, Juliana de . A Desconcentração Industrial Brasileira: Um Estudo das Informações Publicadas pela Gazeta Mercantil no ano de 2000. In: VI Seminário de Economia Industrial - A Retomada do Crescimento Econômico: O Papel da Indústria, da Política Industrial, Tecnológica e de Comércio Exterior, 2005, Araraquara/ SP. Anais do VI Seminário de Economia Industrial - Seminário de Jovens Pesquisadores, 2005.

8.
FURTADO, João; SUZIGAN, Wilson ; GARCIA, Renato de Castro . Local production and innovation systems in the state of São Paulo, Brazil. In: The 43 european Congress of the Regional Science Association (ERSA 2003) - University of Jyvaskyla - Finland, 2003, Jyvaskyla - Finland. Book of Abstracts, 2003. v. 1.

9.
FURTADO, João; SILVA, Andréa Oliveira . Um estudo do segmento de máquinas para os arranjos produtivos locais da cadeia de calçados no período recente.. In: 10º Simpósio Internacional de iniciação Científica da USP - SIICUSP, 2002, São Paulo, 2002.

10.
FURTADO, João; RADAELLI, Vanderléia . O IDE no Brasil nos anos 90: análise do balanço tecnológico.. In: 10º Simpósio Internacional de iniciação Científica da USP - SIICUSP, 2002, São Paulo, 2002.

11.
FURTADO, João; GOMES, R. . As mudanças no padrão de comércio brasileiro sob estabilização e globalização: análise da inserção internacional e da reestruturação industrial com base numa amostra de empresas. In: 52a. Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência, 2000, Brasília. Anais da 52a. Reunião Anual da SBPC. Brasília: SBPC, 2000.

Artigos aceitos para publicação
1.
SUZIGAN, Wilson ; FURTADO, João . Instituições e Políticas Industriais e Tecnológicas: reflexões a partir da experiência brasileira. Revista de Estudos Economicos (USP), 2010.

Apresentações de Trabalho
1.
FURTADO, João; RADAELLI, Vanderléia ; ANDRADE, Carolina Almeida Araujo de . Trajetória de Desenvolvimento baseada na inovação: a Farmacêutica na Política Industrial. 2005. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

2.
FURTADO, João; GARCIA, Renato de Castro ; SCUR, Gabriela ; MOTTA, Flávia Gutierrez ; MOREIRA, Juan Ricardo Cruz ; LUPATINI, Márcio . Inovação nas indústrias tradicionais de bens de consumo. 2004. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

3.
FURTADO, João; GALVÃO, A. C. ; GOUVEIA, F. ; SANTOS, R. N. ; VICENTIN, Rogério ; ROSELINO, José Eduardo . BPTec - Conceito e medidas. 2001. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

4.
FURTADO, João. As possibilidades e os condicionantes para a consolidação de uma indústria de equipamentos médico-hospitalares em Ribeirão Preto. 2001. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

5.
FURTADO, João. Reestruturação e produtividade. 2000. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

6.
FURTADO, João. Cadeias produtivas e estratégias globalizadas. 2000. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

7.
FURTADO, João. Globalização e Desnacionalização. 2000. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

8.
TONETTO JR, R. ; PINHO, M. S. ; AZEVEDO, P. F. ; FURTADO, João . Perspectivas da Economia Brasileira. 2000. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

9.
FURTADO, João. Globalização das empresas e desnacionalização. 1999. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

10.
FURTADO, João. Reunião Técnica (Finep). 1999. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

11.
FURTADO, João; BAUMANN, R. ; LACERDA, A. C. . Os Impactos da Desnacionalização na Economia Brasileira. 1999. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

12.
FURTADO, João. Estratégias globalizadas e desenvolvimento econômico. 1998. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

13.
FURTADO, João. Empresas globalizadas e desenvolvimento econômico. 1998. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

14.
FURTADO, João. Estratégias empresariais globalizadas. 1998. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

15.
FURTADO, João. A indústria de eletrodomésticos de linha branca: tendências internacionais e a constituição de uma dinâmica globalizada. 1995. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

Outras produções bibliográficas
1.
FURTADO, João; CAVALCANTE, A. ; Pacheco, Carlos A. ; BALTAR, C. ; KUPFER, D. ; PORCILE, José Gabriel ; LAPLANE, Mariano ; SUZIGAN, Wilson . Rede de Estudos de Desenvolvimento Industrial - Desafios da política industrial no Brasil do século XXI. Brasília: Eduardo Meneses (Quiz Design), 2009 (Relatório de pesquisa).

2.
SUZIGAN, Wilson ; FURTADO, João . A Institucionalidade da Política Industrial e Tecnológica: problemas, desafios, propostas 2007 (Texto para Discussão).

3.
FURTADO, João; SUZIGAN, Wilson . Instituições e Políticas Industriais: problemas de implementação ? reflexões a partir da experiência do Brasil 2007 (Texto para Discussão).

4.
GOMES, R. ; FURTADO, João . Empresas Transnacionais e Internacionalização da P & D. São Paulo, 2007. (Prefácio, Pósfacio/Apresentação)>.

5.
ANDREASSI, T. ; BERNARDES, R. ; FURTADO, João . Inovação em Serviços Intensivos em Conhecimentos. São Paulo, 2007. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

6.
FURTADO, João. Estrutura e Dinâmica da Indústria Aeroespacial: subsídios para a identificação de trajetórias possíveis para o desenvolvimento brasileiro 2006 (Texto para Discussão).

7.
SHULTE, G. R. ; FURTADO, João . Elo Perdido - Estado, globalização e indústria petroquímica no Brasil. São Paulo, 2004. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

8.
GARCIA, Renato de Castro ; FURTADO, João . Estudo da competitividade de cadeias integradas no Brasil: impactos das zonas de livre comércio - Cadeia de Cosméticos 2002 (Relatório de pesquisa).

9.
FURTADO, João; MOREIRA, A. C. D. ; SALLES, S. L. M. . Fundamentos de Economia Industrial - Três abordagens complementares (Premissas para uma atuação focalizada e consistente da FINEP). São Paulo e Rio de Janeiro: mimeo, 2001 (Relatório de pesquisa).

10.
FURTADO, João; HIRATUKA, Célio ; GARCIA, Renato de Castro ; SABBATINI, Rodrigo Coelho ; MATUSITA, Ana Paula . A indústria de cosméticos - panorama internacional e perspectivas do Brasil. Brasília - IPEA e MDIC: mimeo, 2000 (Relatório de pesquisa).

11.
FURTADO, João. Os limites e as possibilidades do Brasil nas configurações produtivas globalizadas. Brasília: IPEA, 2000 (Relatório de pesquisa).

12.
FURTADO, João; HIRATUKA, Célio ; GARCIA, Renato de Castro ; SABBATINI, Rodrigo Coelho ; MATUSITA, Ana Paula . Indústria de Cosmético: Elementos para uma Caracterização de sua Estrutura e Dinâmica com Base em um Enfoque de Cadeia Globalizada 2000 (Relatório de pesquisa).

13.
FURTADO, João; GARCIA, Renato de Castro ; COUTINHO, Luciano G ; SABBATINI, Rodrigo Coelho ; HIRATUKA, Célio . Análise dos Impactos Sócio-Econômicos da Implantação do Complexo Petroquímico do Planalto Paulista. Campinas: CPP/FUNCAMP, 1998 (Relatório de pesquisa).

14.
FURTADO, João. La transformation dans les conditions d'insertion des économies à industrialisation tardive dans l'économie mondiale: Un examen des facteurs généraux suivi de leur particularisation dans cinq secteurs industriels. Paris: mimeo, 1997 (Tese de doutoramento).

15.
FURTADO, João. Plano Collor: Algumas questões para discussão. n/c: n/c, 1990 (Texto para Discussão).

16.
FURTADO, João. Sobre o Plano Collor - II parte. n/c: n/c, 1990 (Texto para Discussão).

17.
FURTADO, João. Produtividade na indústria brasileira - padrões setoriais e evolução (1975-1980). Campinas: mimeo (UNICAMP), 1990 (Tese de mestrado).

18.
FURTADO, João. Os Salários do Plano Verão. Instituto de Economia da UNICAMP, 1989 (Texto para Discussão).


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
FURTADO, João. Banco Interamericano de Desenvolvimento. 2007.

2.
FURTADO, João; SUZIGAN, Wilson ; GARCIA, Renato de Castro . Clusters ou Sistemas Locais de Produção e Inovação: Identificação, Caracterização e Medidas de Apoio. 2001.

3.
FURTADO, João. Reunião técnica no Departamento de Estudos da FINEP - Financiadora de Estudos e Projetos, em 10/05/2000. 2000.

4.
FURTADO, João; HIRATUKA, Célio ; MATUSITA, Ana Paula ; GARCIA, Renato de Castro ; SABBATINI, Rodrigo Coelho . Reunião técnica no MDIC - 15/03/2000. 2000.

5.
FURTADO, João. Reunião técnica no departamento de estudos da FINEP - Financiadora de Estudos e Projetos, no Rio de Janeiro, em xx/xx/2000. 2000.

6.
FURTADO, João. Reunião técnica na FINEP - Financiadora de Estudos e Projetos (RJ), sobre Estratégias de Longo Prazo para o Financiamento do Desenvolvimento Tecnológico (24/05/00). 2000.

7.
FURTADO, João. Subsídios para a estratégia operacional da FINEP. 2000.

8.
FURTADO, João; MATUSITA, Ana Paula ; HIRATUKA, Célio ; GARCIA, Renato de Castro ; SABBATINI, Rodrigo Coelho . Reunião técnica no MDIC - novembro de 1999. 1999.

Trabalhos técnicos
1.
FURTADO, João; SUZIGAN, Wilson ; GARCIA, Renato de Castro ; SAMPAIO, Sérgio Eduardo K ; RISSETE, Rinaldo César ; BESEN, Gracia ; DELGADO, Paulo Roberto ; BITTENCORUT, Jackson ; LIMA, Adriana Brito de . Identificação, Caracterização, Construção de Tipologia e Apoio na Formulação de Políticas para os Arranjos Produtivos Locais (APLs) do Estado do Paraná. 2005.

2.
FURTADO, João; GARCIA, Renato de Castro ; SUZIGAN, Wilson . Clusters ou Sistemas Locais de Produção e Inovação: Identificação, Caracterização e Medidas de Apoio. 2003.

3.
FURTADO, João. Observatório de Estratégias de Inovação. 2003.

4.
FURTADO, João. Revista Brasileira de Inovação. 2003.

5.
FURTADO, João. Atividades formadoras do corpo técnico da FINEP. 2003.

6.
FURTADO, João; SUZIGAN, Wilson ; GARCIA, Renato de Castro . Sistemas Locais de Produção na Indústria Brasileira de Calçados: o papel das instituições de apoio às empresas. 2003.

7.
FURTADO, João. Grupo de Trabalho - MCT. 2002.

8.
FURTADO, João; FREIRE, E . Inovação e Competitividade: o desafio a ser enfrentado pela indústria de software.. 2002.

9.
FURTADO, João; ARES, G. . A estrutura internacionalizada da atividade de pesquisa e desenvolvimento das empresas multinacionais e os desafios de comunicação e coordenação. 2002.

10.
FURTADO, João. Parecer Revista Economia. 2002.

11.
FURTADO, João. Parecer Programa de Bolsas PIBIC/CNPq/FCL/UNESP/Car. 2002.

12.
FURTADO, João. Parecerista ad hoc de projetos do programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica - PIBIC/CNPQ/UNESP, 2003-2003. 2002.

13.
FURTADO, João. Comentário da Palestra - Reflexões Sobre o Capitalismo Contemporâneo.. 2002.

14.
FURTADO, João; SUZIGAN, Wilson . C,T&I no novo cenário do desenvolvimento econômico brasileiro. 2002.

15.
FURTADO, João. Parecer Projeto de Iniciação Científica (CNPq) Rio Claro. 2002.

16.
FURTADO, João. Projeto 481213/2001-5 (CNpQ - Auxílio pesquisa). 2001.

17.
FURTADO, João. Parecer projeto de iniciação científica (FAPESP). 2001.

18.
FURTADO, João. Parecer Revista Economia Contemporânea. 2001.

19.
FURTADO, João. Parecer Revista Economia. 2001.

20.
FURTADO, João. Livro Verde de Ciência & Tecnologia. 2001.

21.
BIVAR, W. ; RODRIGUES, A. V. ; FURTADO, João . Aspectos demográficos das empresas industriais brasileiras. 2001.

22.
SHULTE, G. R. ; FURTADO, João . Exame de qualificação - doutorado. 2001.

23.
FURTADO, João. Apreciação e comentários sobre a pesquisa, em fase de elaboração metodológica pelo IBGE, sobre inovação tecnológica.. 2001.

24.
FURTADO, João. Diretório da Pesquisa Privada. 2001.

25.
FURTADO, João. Parecer Revista Nova Economia. 2001.

26.
FURTADO, João; CANO, Marcelo . Exame de Qualificação - O Recente Processo de Fusões e Aquisições na Economia Brasileira. 2001.

27.
FURTADO, João. Parecerista da Revista Nova Economia. 2001.

28.
FURTADO, João; SUZIGAN, Wilson ; GARCIA, Renato de Castro ; ROSELINO, José Eduardo . Inovação e difusão tecnológica em sistemas produtivos locais: evidências e sugestões de política. 2001.

29.
FURTADO, João; GARCIA, Renato de Castro ; HIRATUKA, Célio . Comportamento tecnológico das empresas brasileiras. 2001.

30.
FURTADO, João. Reunião técnica na FAPESP, em 22/05/2000, para elaboração de projeto sobre Indicadores de Ciência e Tecnologia.. 2000.

31.
FURTADO, João. Parecer projeto de iniciação científica (FAPESP). 2000.

32.
FURTADO, João. Parecer projeto de mestrado (FAPESP). 2000.

33.
FURTADO, João; MOREIRA, A. C. D. . Estratégias empresariais e condutas tecnológicas. 2000.

34.
FURTADO, João; GARCIA, Renato de Castro ; SUZIGAN, Wilson ; SAMPAIO, Sérgio Eduardo K . Sistemas produtivos locais no estado de São de Paulo: o caso da indústria de calçados de Franca. 2000.

35.
FURTADO, João. Reunião técnica na Diretoria de Estudos e Políticas Setoriais do IPEA - Brasília, para elaboração de projeto de pesquisa sobre Cadeias Produtivas (Maio de 1999). 1999.

36.
FURTADO, João. Parecer projeto de iniciação científica (FAPESP). 1999.

37.
FURTADO, João. Parecer projeto de pesquisa (FAPESP. 1999.

38.
FURTADO, João. Debatedor da mesa - Production Chains in Heavy Industry: Restructuring Processes CEBRAP - Institute for Latin American and Iberian Studies University of Columbia - JR Willian and Flora Hewlett Foundation US - Latin America Program.. 1999.

39.
FURTADO, João. Projeto de pesquisa sobre comércio internacional com base numa amostra de grandes empresas (FAPESP - Auxílio pesquisa: 98-15115-6). 1998.

40.
COUTINHO, Luciano G ; SILVA, A. L. G. ; LAPLANE, M. F. ; FURTADO, João . Projecto sobre Prospectiva Tecnológica. 1998.

41.
FURTADO, João. Projeto 400257/1993-9 (CNpQ - Auxílio pesquisa). 1993.

42.
FURTADO, João; MARTINELLI, O. ; CAMARGO, J. M. ; TARTAGLIA, J. C. . Padrões econômicos e exportação. 1993.

43.
FURTADO, João; VALLE, M. R. ; GOMES, R. . Índices de preços e padrões de consumo. 1991.

44.
FURTADO, João. A estrutura industrial brasileira entre 1970 e 1980: uma análise comparativa internacional. 2º documento técnico da pesquisa - Competitividade da Indústria Brasileira. 1988.


Demais tipos de produção técnica
1.
FURTADO, João. A Universidade e o Desenvolvimento: Elementos para a construção de um referencial de análise e de políticas. 2009. (Relatório de pesquisa).

2.
FURTADO, João. Gestão Estratégica da Inovaçlão Tecnológica - Desenvolvimento tecnológico e Inovação: dinâmica setorial, políticas e as novas operações das instituições de fomento e financiamento. 2007. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

3.
FURTADO, João. Inovação e Desenvolvimento. 2007. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

4.
FURTADO, João. Gestão estratégica da inovação tecnológica no setor de energia elétrica - Desenvolvimento tecnológico e inovação: dinâmica setorial, políticas e as novas operações das instituições de fomento e financiamento. 2007. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

5.
FURTADO, João. Desenvolvimento da Cadeia Produtiva Industrial para Biocombustíveis. 2007. (Relatório de pesquisa).

6.
FURTADO, João. Balanço de Pagamentos Tecnológico. 2007. (Relatório de pesquisa).

7.
SALLES, S. L. M. ; FURTADO, João . Inovação e Política Industrial e Tecnológica. 2006. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

8.
FURTADO, João; SUZIGAN, Wilson ; GARCIA, Renato de Castro . Arranjos Produtivos Locais do Estado do Paraná: identificação, caracterização e construção de tipologia. 2006. (Relatório de pesquisa).

9.
FURTADO, João. Perspectivas da Indústria Aeroespacial. 2006. (Relatório de pesquisa).

10.
FURTADO, João. Gestão Estratégica da Inovação Tecnológica - Economia da Ciência, Tecnologia e Inovação - Inovação nas empresas brasileiras. 2005. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

11.
FURTADO, João. Gestão Estratégica da Inovaçlão Tecnológica - Instituições, Atores e Políticas de CT&I no Brasil - Arranjos produtivos e sistemas locais de C,T&I no Brasil. 2005. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

12.
FURTADO, João. Políticas Industriais e Tecnológicas no Brasil. 2004. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

13.
SALLES, S. L. M. ; FURTADO, João ; OUTROS . Gestão Estratégica da Inovação Tecnológica - Instituições, Atores e Políticas de CT&I no Brasil - Arranjos produtivos e sistemas locais de CT&I no Brasil. 2003. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

14.
FURTADO, João. Membro do Núcleo de Gestão Estratégica em Ciência e Tecnologia (GECITEC). 2003. (Comunicação).

15.
FURTADO, João. Relatório científico da pesquisa FAPESP AP 98/15115-6 - FINAL. 2001. (Relatório de pesquisa).

16.
FURTADO, João. Perspectivas da indústria de petróleo, gás natural e petroquímica. 2001. (Relatório de pesquisa).

17.
FURTADO, João. Direitos de propriedade intelectual e sistemas de proteção. 2001. (Comunicação).

18.
FURTADO, João. Ciências, Tecnologia e Inovação - Desafio para a sociedade brasileira - Livro Verde (Comentador). 2001. (Documento técnico).

19.
FURTADO, João; HIRATUKA, Célio ; MATUSITA, Ana Paula ; GARCIA, Renato de Castro ; SABBATINI, Rodrigo Coelho . O Setor de Cosméticos - Estrutura e Competitividade. 2000. (Relatório de pesquisa).

20.
FURTADO, João. Relatório científico da pesquisa da FAPESP (AP 98/15115-6). 2000. (Relatório de pesquisa).

21.
FURTADO, João. Caracterização da Indústria de Petróleo e Petroquímica. 2000. (Relatório de pesquisa).

22.
MULLER, N. ; COUTINHO, Luciano G ; FURTADO, João ; HIRATUKA, Célio ; GARCIA, Renato de Castro ; SABBATINI, Rodrigo Coelho . Os efeitos sócio-econômicos da implantação do pólo petroquímico de Paulínia. 1999. (Relatório de pesquisa).

23.
FURTADO, João. A indústria de equipamentos médico-hospitalares. 1999. (Relatório de pesquisa).

24.
MULLER, N. ; COUTINHO, Luciano G ; FURTADO, João ; GARCIA, Renato de Castro ; SABBATINI, Rodrigo Coelho ; HIRATUKA, Célio . Os impactos sócio-econômicos e ambientais do pólo petroquímico de Paulínia. 1999. (Relatório de pesquisa).

25.
FURTADO, João. As formas de atuação das empresas globalizadas e a reorganização territorial. 1998. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

26.
FURTADO, João. Tendências internacionais das atividades de distribuição e da indústria automobilística. 1995. (Relatório de pesquisa).

27.
FURTADO, João. Adhésion Délibérée à la Mondialisation du Capital et son Inpact sur l'Industrie au Brésil. 1994. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

28.
SARTI, F. ; FURTADO, João . Política Industrial no Mercosul. 1994. (Relatório de pesquisa).

29.
FURTADO, João. Relatório científico do projeto de pesquisa ao CNPq 400257/1993-9. 1994. (Relatório de pesquisa).

30.
SARTI, F. ; FURTADO, João ; PRESSER, M. F. ; VALLE, M. R. . Características e evolução recente das economias dos países do MERCOSUL: Elementos para a integração. 1992. (Relatório de pesquisa).

31.
MORAES NETO, B. R. ; MATHIEU, C. M. ; CARVALHO, Enéas Gonçalves de ; FURTADO, João ; GOMES, R. . A indústria de eletrodomésticos de linha branca: tendências internacionais e situação no Brasil. 1992. (Relatório de pesquisa).

32.
FURTADO, João. Raízes do atraso industrial e tecnológico brasileiro. 1992. (Documento técnico).

33.
FURTADO, João. Notas didáticas sobre a operação dos mecanismos cambiais. 1991. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Texto didático).

34.
FURTADO, João; SARTI, F. . Estrutura e Exportações Industriais nos Anos 80: Elementos para uma Caracterização. 1990. (Relatório de pesquisa).

35.
FURTADO, João. Diferenças de produtividade e salários na indústria brasileira - 1975/80. 1988. (Relatório de pesquisa).

36.
POSSAS, M. L. ; FURTADO, João ; GOMES, R. ; OUTROS . Operalização de um modelo dinâmico multissetorial e a identificação de complexos industriais na atividade econômica brasileira. 1987. (Relatório de pesquisa).

37.
TAVARES, M. C. ; POSSAS, M. L. ; FURTADO, João ; OUTROS . Diagnóstico da Indústria Paulista - Conjunto de Estudos sobre a Estrutura Industrial Paulista. 1985. (Relatório de pesquisa).

38.
POSSAS, M. L. ; CARVALHO, Enéas Gonçalves de ; FURTADO, João . Indústria Brasileira, conformação estrutural e regional e comportamento cíclico (1970 - 75). 1984. (Relatório de pesquisa).

39.
HERRERA, A. ; POSSAS, M. L. ; FURTADO, João ; OUTROS . Modelo de Previsão de Demanda de Recursos Minerais para o Brasil. 1982. (Relatório de pesquisa).


Produção artística/cultural
Outras produções artísticas/culturais
1.
FURTADO, João. Projeto Brasil, da TV Cultura de SP. 2004.

2.
COUTINHO, Luciano G ; MIRANDA, J. C. R. ; DUPAS, G. ; FRISCHTAK, C. ; FURTADO, João . Programa Brasil Pensa, da TV Cultura de São Paulo. 2000.

Demais trabalhos
1.
FURTADO, João. Inovação e tecnologia nas empresas no Brasil. 2007 (Apresentação em evento público) .

2.
FURTADO, João. Conferência - O Mercado de Materiais e Equipamentos Médicos. 2005 (Conferência) .

3.
Singh, Ajit ; Pereira, Luiz Carlos Bresser ; FURTADO, João . Perspectivas e obstáculos para o desenvolvimento. 2005 (Apresentação em evento público) .

4.
FURTADO, João. Visita à empresa MASISA do Brasil SA. 2004 (Entrevista com dirigente empresarial) .

5.
FURTADO, João. Visita à empresa Águia Sistemas de Armazenagem S.A. -Soluções em movimentação e armazenagem. 2004 (Entrevista com dirigente empresarial) .

6.
FURTADO, João. Seminário Internacional Arranjos Produtivos Locais - Palestrante:Políticas de Inovação e competitividade como base para uma Política Industrial Contemporânea. 2003 (Apresentação em evento público) .

7.
FURTADO, João. Palestrante no VI Profundão, Encontro de Engenharia de Produção da UFRJ - A Engenharia de Produção Brasileira face ao Novo Cenário Mundial. 2002 (Apresentação em evento público) .

8.
FURTADO, João. Palestrante - Agentes do Processo de Inovação e Desenvolvimento Tecnológico - na 3ª Turma - Ambientação de Analistas.. 2002 (Apresentação em evento público) .

9.
FURTADO, João. Comentarista da mesa - A função da inovação no desenvolvimento nacional, Seminário Inovação e Desenvolvimento, FINEP. 2002 (Demais trabalhos relevantes) .

10.
FURTADO, João. Estratégias empresariais e condutas tecnológicas. 2001 (Coordenação de projeto de pesquisa) .

11.
FURTADO, João. Entrevista - Diretor-Presidente - Oxiteno. 2001 (Entrevista com dirigente empresarial) .

12.
FURTADO, João. Entrevista - Diretor-científico - Biosintética. 2001 (Entrevista com dirigente empresarial) .

13.
FURTADO, João. Entrevista - Presidente - Laboratórios Aché. 2001 (Entrevista com dirigente empresarial) .

14.
FURTADO, João. Entrevista - Superintendente - Petroquímica União. 2001 (Entrevista com dirigente empresarial) .

15.
SUZIGAN, Wilson ; FURTADO, João . Entrevistas - Pesquisa de campo - Pólo moveleiro de Votuporanga - 12 entrevistas com proprietários de empresas e responsáveis locais. 2001 (Entrevista com dirigente empresarial) .

16.
FURTADO, João. Entrevista - Diretor - Eurofarma. 2001 (Entrevista com dirigente empresarial) .

17.
FURTADO, João. Entrevista - Diretor - Asea Brown Boveri. 2001 (Entrevista com dirigente empresarial) .

18.
FURTADO, João. Treinamento de pesquisadores para entrevistas com empresas no âmbito da pesquisa FINEP (EECT). 2001 (Aula - treinamento) .

19.
FURTADO, João. Estratégias empresariais, processos de mudança tecnológica e políticas de C,T&I. 2001 (Aula - treinamento) .

20.
MOREIRA, A. C. D. ; SEIBEL, S. ; FURTADO, João . Entrevista - Presidente (Geraldo Augusto Xavier Faraco) - Dígitro. 2001 (Entrevista com dirigente empresarial) .

21.
MOREIRA, A. C. D. ; SEIBEL, S. ; FURTADO, João . Entrevista - Diretor Financeiro (Rafael Boeing) e Diretor Industrial (Altair Silvestri) - Intelbras. 2001 (Entrevista com dirigente empresarial) .

22.
FURTADO, João. Seminário sobre a Indústria Química face à ALCA. 2001 (Apresentação em evento público) .

23.
FURTADO, João. Reuniões semanais de acompanhamento de trabalho de pesquisa dos bolsistas do GEEIN - Grupo de Estudos em Economia Industrial. 2001 (Coordenação de grupo de pesquisa) .

24.
FURTADO, João; MORAES NETO, B. R. ; HIRATUKA, Célio ; CARVALHO, Enéas Gonçalves de ; CAMARGO, J. M. ; GARCIA, Renato de Castro ; GOMES, R. . Seminário Anual de Iniciações Científicas. 2001 (Coordenação de evento) .

25.
FURTADO, João. Planejamento e transferência do conhecimento - Conferência Regional de Ciência Tecnologia e Inovação.. 2001 (Demais trabalhos relevantes) .

26.
FURTADO, João. Palestrante no Seminário sobre a Indústria Química face à Alca, CNQ - Confederação Nacional do Ramo Químico. 2001 (Apresentação em evento público) .

27.
FURTADO, João. Palestrante - Balanço de Pagamentos Tecnológico - Indicadores e Análise - na mesa Economia Industrial I, I workshop de Economia da FEA/ USP. 2001 (Apresentação em evento público) .

28.
FURTADO, João. Palestrante na mesa de Perspectivas de Pesquisas Econômicas em Novos Centros, I workshop de Economia da FEA/USP.. 2001 (Apresentação em evento público) .

29.
FURTADO, João. IV Congresso Brasileiro de História Econômica e 5ª Conferência Internacional da História de Empresas, FEA - USP. 2001 (Demais trabalhos relevantes) .

30.
FURTADO, João. Entrevista com diretoria da Prensas Schuller (Plínio Centroamore, Marco Yukishigue Yashiro e Paulo Guzzo Tonicelli). 2001 (Entrevista com dirigente empresarial) .

31.
FURTADO, João; MATUSITA, Ana Paula ; GARCIA, Renato de Castro ; SABBATINI, Rodrigo Coelho ; HIRATUKA, Célio . Diagnóstico da indústria de cosméticos no Brasil. 2000 (Coordenação de projeto de pesquisa) .

32.
FURTADO, João. Reuniões semanais de acompanhamento de trabalho de pesquisa dos bolsistas do GEEIN - Grupo de Estudos em Economia Industrial. 2000 (Coordenação de grupo de pesquisa) .

33.
FURTADO, João; HIRATUKA, Célio ; CAMARGO, J. M. ; ALMEIDA, L. T. ; GARCIA, Renato de Castro ; GOMES, R. ; ROSELINO, José Eduardo . Seminário Anual de Iniciações Científicas. 2000 (Coordenação de evento) .

34.
FURTADO, João. Palestrante - Estrutura Industrial Brasileira e Proposta de Política. 2000 (Demais trabalhos relevantes) .

35.
FURTADO, João. Proposições de política industrial e de competitividade para a indústria do plástico. 1999 (Consultoria técnica) .

36.
FURTADO, João. Reuniões semanais de acompanhamento de trabalho de pesquisa dos bolsistas do GEEIN - Grupo de Estudos em Economia Industrial. 1999 (Coordenação de grupo de pesquisa) .

37.
FURTADO, João; LOPES, A. ; HIRATUKA, Célio ; CAMARGO, J. M. ; PINHO, M. S. ; MARTINELLI, O. ; GARCIA, Renato de Castro ; SABBATINI, Rodrigo Coelho ; GOMES, R. ; ROSELINO, José Eduardo . Os limites e as possibilidades do Brasil nas configurações produtivas globalizadas. 1999 (Coordenação de projeto de pesquisa) .

38.
FURTADO, João; HIRATUKA, Célio ; CAMARGO, J. M. ; MARTINELLI, O. ; GARCIA, Renato de Castro ; GOMES, R. ; ROSELINO, José Eduardo . Seminário Anual de Iniciações Científicas. 1999 (Coordenação de evento) .

39.
FURTADO, João. Reuniões semanais de acompanhamento de trabalho de pesquisa dos bolsistas do GEEIN - Grupo de Estudos em Economia Industrial. 1998 (Coordenação de grupo de pesquisa) .

40.
COUTINHO, Luciano G ; FERRAZ, J. C. ; POSSAS, M. L. ; LAPLANE, M. F. ; KUPFER, D. ; HAGUENAUER, L. ; FURTADO, João . Estudo da Competitividade da Indústria Brasileira. 1992 (Coordenação de projeto de pesquisa (Membro da Equipe de Coordenação)) .



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
FAVARIN, Julio Vicente Rinaldi; FURTADO, João. Participação em banca de Júlio Vicente Rinaldi Favarin. Metodologia de formulação de estratégia de produção para estaleiros brasileiros. 2011. Dissertação (Mestrado em Engenharia Naval e Oceânica) - Escola Politécnica - Universidade de São Paulo.

2.
FURTADO, João. Participação em banca de Ângela Tepassê. Efeitos da ascensão da China sobre as exportações brasileiras para EUA e América Latina. 2010. Dissertação (Mestrado em Economia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

3.
FURTADO, João; SUZIGAN, Wilson; PINHO, M. S.. Participação em banca de Hérica Morais Righi. Interação Universidade-Empresa em São Paulo: Um estudo de caso das disciplinas e setores industriais mais interativos, a partir do Diretório dos Grupos de Pesquisa do CNPq. 2009. Dissertação (Mestrado em Política Científica e Tecnológica) - Universidade Estadual de Campinas.

4.
FURTADO, João. Participação em banca de Paula Madeira. Extensão industrial em sistemas locais de produção: os efeitos da aglomeração na aquisição e difusão de novas capacitações em PMEs. 2009. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Produção) - Universidade de São Paulo.

5.
FURTADO, João. Participação em banca de Daiane Ramon de Alcantara. Financiamento de pequenas empresas de base tecnológica no estado de São Paulo: estudo de caso com empresas do CIETEC. 2009. Dissertação (Mestrado em Economia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

6.
FURTADO, João. Participação em banca de Daniela Fernandes de Castro. Padrões setoriais de inovação tecnológica. 2009. Dissertação (Mestrado em Economia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

7.
FURTADO, João; SUZIGAN, Wilson. Participação em banca de Eduardo Muniz Pereira Urias. A indústria farmacêutica brasileira: um processo de co-evolução entre tecnologia, instituições e organizações industriais. 2008. Dissertação (Mestrado em Política Científica e Tecnológica) - Universidade Estadual de Campinas.

8.
FURTADO, João. Participação em banca de David Eduardo Silva Rodrigues. A evolução do padrão de especialização do comércio externo brasileiro 1900 a 2006. 2008. Dissertação (Mestrado em Economia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

9.
FURTADO, João. Participação em banca de Feliciano Lhanos Azuaga. A Reestruturação da Indústria Petroquímica Brasileira no Período Pós-Privatização. 2007. Dissertação (Mestrado em Economia) - Universidade Federal de Santa Catarina.

10.
FURTADO, João; MEIRELLES, L. A.; CAULLIRAUX, H. M.; PROENCA JUNIOR, D.. Participação em banca de Rafael Gomes Clemente. Gestão Estratégica da Inovação: proposta de um framework de referência para suportar o desenvolvimento de absorptive capacity. 2007. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Produção) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

11.
BIGNETTI, L. P.; FURTADO, João. Participação em banca de Luiz Paulo Bignetti. As Relações Universidade-Empresa: uma análise das estratégias das unidades de gestão e desenvolvimento tecnológico das universidades. 2007. Dissertação (Mestrado em Administração) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

12.
Pamplona, J. B.; FURTADO, João; DOWBOR, L.. Participação em banca de João Batista Pamplona. O Desenvolvimento Econômico e as Nações Unidas: uma análise da atuação do PNUD no Brasil. 2007. Dissertação (Mestrado em Economia) - Pontifícia Universidade Católica de Campinas.

13.
GARCIA, Renato de Castro; ALVES FILHO, A. G.; FURTADO, João. Participação em banca de Andréa de Oliveira Silva. Relações usuário-produtor e aprendizado inovativo em sistemas locais de produção: uma análise de interações da indústria de máquinas para calçados e seus usuários. 2007. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Produção) - Universidade de São Paulo.

14.
PORCILE, José Gabriel; FURTADO, João. Participação em banca de Wellington da Silva Pereira. Tecnologia e comércio internacional: exame das transações comerciais do Brasil sob a perspectiva tecnológica. 2007. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento econômico) - Universidade Federal do Paraná.

15.
CARVALHO, C. E. F.; SILVA, C. R. L.; FURTADO, João. Participação em banca de Tatiana Massaroli de Melo. Diferenciação de Preços como Estratégia de Reação ao Novo Protecionismo: o caso da siderurgia brasileira no período de 1990 a 2002. 2006. Dissertação (Mestrado em Economia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

16.
COSTA, A. B; FURTADO, João. Participação em banca de Geane Cristina Schuh. O design como diferencial competitivo: um estudo em pequenas empresas calçadistas do Vale dos Sinos. 2006. Dissertação (Mestrado em Administração) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

17.
PORTO, Geciane; FURTADO, João; COSTA, A. L.. Participação em banca de Élcio Eduardo de Paula Santana. A transferência de tecnologia na USP: um estudo multicaso no departamento de Física e Matemática e nas Faculdades de Medicina e Odontologia. 2005. Dissertação (Mestrado em Administração de Organizações) - Universidade de São Paulo - FEA/RP.

18.
PORTO, Geciane; FURTADO, João. Participação em banca de Élcio Eduardo de Paula Santana. O potencial da transferência de tecnologia da universidade para empresas do setor de equipamentos médicos, hospitalares e odontológicos - EMHO: um estudo multi-caso. 2005. Dissertação (Mestrado em Administração de Organizações) - Universidade de São Paulo - FEA/RP.

19.
FURTADO, João; CARVALHO, C. E. F.. Participação em banca de Drauzio Antonio Rezende Junior. Impactos das variações da taxa de câmbio sobre a competitividade exportadora do setor siderúrgico brasileiro. 2003. Dissertação (Mestrado em Engenharia Mecânica) - Universidade de Taubaté.

20.
FURTADO, João. Participação em banca de Graziela Ares. Internacionalização da P&D: Uma Discussão a Partir dos Modelos de Configuração das Atividades Tecnológicas da Firma. 2002. Dissertação (Mestrado em Ciência Econômica) - Universidade Estadual de Campinas.

21.
FURTADO, João. Participação em banca de Silvia Angélica Domingues. Determinantes do Padrão de Inovação na Indústria de Alimentos e Bebidas no Estado de São Paulo entre os anos de 1994 e 1996. 2002. Dissertação (Mestrado em Ciência Econômica) - Universidade Estadual de Campinas.

22.
FURTADO, João. Participação em banca de Emerson Freire. Inovação e Competitividade: o desafio a ser enfrentado pela indústria de software.. 2002. Dissertação (Mestrado em Ciência Econômica) - Universidade Estadual de Campinas.

23.
FURTADO, João; PIRES, Julio Manuel. Participação em banca de Adriana Brógio. A inserção das filiais das grandes empresas da indústria farmacêutica brasileira no comércio exterior - 1989 e 1997. 2002. Dissertação (Mestrado em Economia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

24.
FURTADO, João. Participação em banca de Tito Manuel Sarabando Bola Estanqueiro. Investimento direto português no Brasil na década de 1990: Internacionalização das empresas e a ação do Estado.. 2001. Dissertação (Mestrado em Economia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

25.
FURTADO, João. Participação em banca de Claudio Avanian Jacob. Estrutura de Capitais e Padrão de Financiamento de Empresas de Autopeças Brasileira nos anos 1990.. 2000. Dissertação (Mestrado em Economia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

26.
FURTADO, João. Participação em banca de Ana Cláudia Dundes. O Processo de (Des) Industrialização e o Discurso Desenvolvimentista em Presidente Prudente - SP. 1998. Dissertação (Mestrado em Economia) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

Teses de doutorado
1.
GARCIA, Monika Christina Portella; FURTADO, João; PIRES, E. L. S.. Participação em banca de Monika Christina Portella Garcia. A dimensão territorial do desenvolvimento a partir de especificidades de APL's do Paraná. 2011. Tese (Doutorado em Geografia Econômica) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

2.
POSSAS, M. L.; Dweck, E.; KUPFER, D.; FURTADO, João; BRITTO, J. N. P.. Participação em banca de Tatiana Massaroli Melo. Inovações de Produto e seus Impactos Sobre a Distribuição Setorial Funcional da Renda. 2011. Tese (Doutorado em Economia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

3.
GARCIA, Renato de Castro; HIRATUKA, Célio; Sílvio Antônio Ferraz Cario; FURTADO, João; NAKANO, Davi. Participação em banca de Jocimari Tres. A dinâmica dos fluxos de conhecimentos locais e externos no sistema local de produção têxtil-vestuário catarinense.. 2010 - Escola Politécnica - Universidade de São Paulo.

4.
FURTADO, João. Participação em banca de Andresa Silva Neto Franscischini. Tecnologia e trajetória de internacionalização precoce na indústria brasileira. 2009. Tese (Doutorado em Engenharia de Produção) - Universidade de São Paulo.

5.
FURTADO, João. Participação em banca de Mateus Cecílio Gerolamo. Modelo de Referência em Gestão de Desempenho de Clusters e Redes Regionais de Cooperação de Pequenas e Médias Empresas - estudos de casos brasileiros e alemães. 2007. Tese (Doutorado em Engenharia de Produção) - Universidade Federal de São Carlos.

6.
FURTADO, João. Participação em banca de Luis Henrique Andia. Mensuração do desempenho econômico e financeiro de empresas em redes: uma aplicação a cadeias agroindustriais. 2007. Tese (Doutorado em Engenharia de Produção) - Universidade de São Paulo.

7.
AMATO NETO, J.; ESCRIVAO FILHO, E.; CASAROTO FILHO, N.; GARCIA, Renato de Castro; FURTADO, João. Participação em banca de Flávia G. Motta. Sistemas Locais de Produção e Cadeias Produtivas Globais: estudo das diversas formas de inserção da indústria de móveis nos mercados e os impactos nas estruturas produtivas locais. 2006. Tese (Doutorado em Engenharia de Produção) - Universidade de São Paulo.

8.
SUZIGAN, Wilson; SOUZA, M. C. A. F.; SILVEIRA, José Maria da; PROCHNIK, V.; FURTADO, João. Participação em banca de José Eduardo de Salles Roselino Junior. A Indústria de Software: ?modelo brasileiro? e perspectiva comparada. 2006 - Universidade Estadual de Campinas.

9.
GARCIA, Renato de Castro; FURTADO, João. Participação em banca de Gabriela Scur. Geração e Difusão de Conhecimento em SLPs. 2006. Tese (Doutorado em Engenharia de Produção) - Universidade de São Paulo.

10.
QUEIROZ, S.; Pacheco, Carlos A.; Carvalho, Ruy Quadros; VERMULM, R.; FURTADO, João. Participação em banca de Mariana Nunciaroni Zanatta. Políticas Brasileiras de Incentivo à Inovação e Atração de Investimento Direto Estrangeiro em P&D. 2006. Tese (Doutorado em Política Científica e Tecnológica) - Universidade Estadual de Campinas.

11.
FURTADO, João; MILLAN, R. D. S.; BARREIRO, E. J. L.; SILVIA,. Participação em banca de Silvio Barberato Filho. Pesquisa e Desenvolvimento de Fármacos no Brasil: estratégias de fomento. 2006. Tese (Doutorado em Fármacos e Medicamentos) - Universidade de São Paulo.

12.
FURTADO, João. Participação em banca de Nilson Jair Santin. Desenvolvimento Global de Produtos e Subsidiárias Brasileiras: uma análise do setor de linha branca. 2005. Tese (Doutorado em Engenharia de Produção) - Escola Politécnica da Universidade de São Paulo.

13.
SALLES, S. L. M.; Pacheco, Carlos A.; SUZIGAN, Wilson; FURTADO, João; VERMULM, R.; QUEIROZ, S.. Participação em banca de Solange Maria Corder. Financiamento e Incentivos ao Sistema de Ciência, Tecnologia e Inovação no Brasil: Quadro Atual e Perspectivas. 2004. Tese (Doutorado em Política Científica e Tecnológica) - Universidade Estadual de Campinas.

14.
QUEIROZ, S.; KATZ, J.; CASSIOLATO, José Eduardo; FURTADO, João; Carvalho, Ruy Quadros. Participação em banca de Ionara Costa. Empresas Multinacionais e Capacitação Tecnológica na Indústria Brasileira.. 2003. Tese (Doutorado em Ciência Econômica) - Universidade Estadual de Campinas.

15.
SANTOS FILHO, O. C.; SUZIGAN, Wilson; SILVEIRA, José Maria da; FURTADO, João; PINHO, M. S.. Participação em banca de Rogério Gomes. A internacionalização das atividades tecnológicas pelas empresas transnacionais - elementos de organização industrial da economia da inovação.. 2003. Tese (Doutorado em Ciência Econômica) - Universidade Estadual de Campinas.

16.
FLEURY, A. C. C.; Guimarães, N. A.; AMATO NETO, J.; GARCIA, Renato de Castro; FURTADO, João. Participação em banca de Juan Ricardo Cruz Moreira. Industrial Upgrading nas cadeias produtivas globais: reflexões a partir das indústrias têxtil e do vestuário de Honduras e do Brasil.. 2003. Tese (Doutorado em Engenharia (Engenharia de Produção)) - Universidade de São Paulo.

17.
FURTADO, João; ALVES FILHO, A. G.; ARBIX, G. A. T.; ZILBOVICIUS, M.; SALERNO, M. S.. Participação em banca de Ana Valéria Carneiro Dias. Produto mundial, engenharia brasileira: integração de subsidiárias no desenvolvimento de produtos globais na indústria automobilística.. 2003. Tese (Doutorado em Engenharia (Engenharia de Produção)) - Universidade de São Paulo.

18.
ARBIX, G. A. T.; FURTADO, João. Participação em banca de Giorgio Romano Schutte. A desarticulação neoliberal da petroquímica brasileira e a busca de um novo arranjo produtivo na era da globalização.. 2003. Tese (Doutorado em Sociologia) - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Sociais da USP.

19.
FURTADO, João. Participação em banca de Renato de Castro Garcia. Vantagens Competitivas de Empresas em Aglomerações Industriais: Um estudo aplicado à indústria brasileira de calçados e sua inserção nas cadeias produtivas globais.. 2001. Tese (Doutorado em Ciência Econômica) - Universidade Estadual de Campinas.

Qualificações de Doutorado
1.
SALLES, S. L. M.; FURTADO, João; CAMARA, G.. Participação em banca de Adriana Bin. Planejamento e gestão de C&T em organizações de pesquisa. 2007. Exame de qualificação (Doutorando em Política Científica e Tecnológica) - Universidade Estadual de Campinas.

2.
FURTADO, João. Participação em banca de Denise Pereira Curi. Internacionalização da Indústria Química Brasileira: um estudo sobre a sistemática de avaliação da cadeia petroquímica. 2006. Exame de qualificação (Doutorando em Engenharia de Produção) - Universidade de São Paulo.

3.
FURTADO, João. Participação em banca de José Eduardo de Salles Roselino Junior. A indústria de software: o modelo brasileiro em perspectiva comparada. 2006. Exame de qualificação (Doutorando em Ciência Econômica) - Universidade Estadual de Campinas.

4.
FLEURY, A. C. C.; FURTADO, João; NAKANO, Davi. Participação em banca de Denise Pereira Curi. Indústria petroquímica brasileira: um estudo sobre o desenvolvimento de aplicações no mercado nacional. 2006. Exame de qualificação (Doutorando em Engenharia de Produção) - Universidade de São Paulo.

5.
FURTADO, João; GARCIA, Renato de Castro; ZILBOVICIUS, M.. Participação em banca de Cristina Rodrigues de Borba Vieira. Coordenação da Rede de Subsidiárias: estudos de casos em multinacionais brasileiras. 2006. Exame de qualificação (Doutorando em Engenharia de Produção) - Universidade de São Paulo.

6.
FURTADO, João; CASSIOLATO, José Eduardo. Participação em banca de Ana Paula Macedo de Avellar. Avaliação de Políticas Tecnológicas. 2005. Exame de qualificação (Doutorando em Economia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

7.
CARPINETTI, L. C. R.; GUERRINI, F. M.; FURTADO, João. Participação em banca de Mateus Cecílio Gerolamo. Proposta de Estruturação para o Processo de Gestão de Melhoria de Desempenho para Arranjos Produtivos Locais: promoção de desenvolvimento sustentável para pequenas e médias empresas. 2005. Exame de qualificação (Doutorando em Engenharia de Produção) - Universidade Federal de São Carlos.

8.
SALLES, S. L. M.; Pacheco, Carlos A.; FURTADO, João. Participação em banca de Solange Maria Corder. Ciência, Tecnologia e Inovação no Brasil: mecanismos recentes de financiamento. 2004. Exame de qualificação (Doutorando em Política Científica e Tecnológica) - Universidade Estadual de Campinas.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
CASTRO, R.; CYMBALISTA, M.; FURTADO, João. Participação em banca de Ana Luiza Campos A. V. Pinto.As interfaces marketing e engenharia de produção: aplicações ao ensino de graduação.. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia de Produção) - Universidade de São Paulo.

2.
FERNANDO, L.; GARCIA, Renato de Castro; FURTADO, João. Participação em banca de Antonio Emygdio de Barros.Modelagem de problemas de produção em indústria têxtil, uma abordagem por dinâmica de sistemas. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia de Produção) - Universidade de São Paulo.

3.
AMATO NETO, J.; HERMANDEZ, A.; FURTADO, João. Participação em banca de Ariel Simis.Análise de Viabilidade Econômica de Projetos de Geração Eólica no Brasil. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia de Produção) - Escola Politécnica - Universidade de São Paulo.

4.
FURTADO, João. Participação em banca de Julia de Bastos Martini.Melhoria de desempenho em uma fábrica de cosméticos por meio de uma abordagem participativa. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia de Produção) - Escola Politécnica - Universidade de São Paulo.

5.
FURTADO, João. Participação em banca de Gabriel Cristian Cunha.Sistema de informação sobre fundos de investimento em uma corretora de valores. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia de Produção) - Escola Politécnica - Universidade de São Paulo.

6.
FURTADO, João. Participação em banca de Felipe Miagusuku.O custo internacional de capital - análise de uma operação de financiamento estruturada de aquisição. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia de Produção) - Escola Politécnica - Universidade de São Paulo.

7.
FURTADO, João; FRANCISCHINI, Paulino Graciano; ALVES FILHO, A. G.; MIYAKE, D.I.. Participação em banca de Patricia Akemi Komura.Desenvolvimento de sistemas de indicadores para a avaliação de desempenho de fornecedores de uma indústria de cosméticos. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia de Produção) - Escola Politécnica - Universidade de São Paulo.

8.
FURTADO, João. Participação em banca de Arthur Paes Norgren.Avaliação Financeira de Investimentos em Ofertas Públicas Iniciais. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia de Produção) - Universidade de São Paulo.

9.
FURTADO, João. Participação em banca de Danilo Guimarães Lemos Martins.Estratégia de uma Empresa de Comércio Varejista via E-Commerce. 2007.

10.
FURTADO, João. Participação em banca de Beatriz Valentim Azevedo.Planejamento mestre da produção em uma empresa do ramo alimentício. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia) - Escola Politécnica da Universidade de São Paulo.

11.
FURTADO, João. Participação em banca de Matheus Dias de Siqueira.Elaboração e análise de uma proposta para a gestão de aquisições de uma empresa de engenharia. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia) - Escola Politécnica da Universidade de São Paulo.

12.
FURTADO, João. Participação em banca de David Kim.Plano de negócios de seguros massificados para uma empresa do setor de telefonia fixa. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia) - Escola Politécnica da Universidade de São Paulo.

13.
FURTADO, João. Participação em banca de Antoine Jacques Bagur.Elaboração de indicadores de desempenho de gestão interna na área de serviço de manutenção. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia) - Escola Politécnica da Universidade de São Paulo.

14.
FURTADO, João; CARVALHO, Enéas Gonçalves de. Participação em banca de Jefferson Ricardo Galetti.A inserção internacional da indústria brasileira: um estudo a partir das mudanças recentes nos fluxos de comércios externos de produtos selecionados dos setores aeronáutico e têxtil. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Econômicas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

15.
FURTADO, João; PINTO, Mara; RADAELLI, Vanderléia. Participação em banca de Eduardo Muniz Pereira Urias.As Mudanças Recentes nas Estratégias Produtivas e Tecnológicas dos Laboratórios Farmacêuticos instalados no Brasil: uma Análise a partir dos Impactos originados pela Regulamentação dos Medicamentos Genéricos. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Econômicas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

16.
FURTADO, João. Participação em banca de Maurício Geoffroy.Sistematização de projetos de fusões e aquisições no seor de laboratórios de medicina. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia de Produção) - Universidade de São Paulo.

17.
FURTADO, João. Participação em banca de Fernando Labes Nogueira.Análise de viabilidade econômica da mecanizção de colheita de cana de açúcar na região centro-sul do Brasil. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia de Produção) - Universidade de São Paulo.

18.
FURTADO, João. Participação em banca de Pedro Aureliano Tostes Pintão.Análise e melhoria de processos em uma empresa de transporte rodoviário de cargas. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia de Produção) - Universidade de São Paulo.

19.
FURTADO, João. Participação em banca de Cesar Takeshi Kanzawa.Aplicação de SMED em uma indústria farmacêutica. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia de Produção) - Universidade de São Paulo.

20.
FURTADO, João. Participação em banca de Luiz Antônio Ortigosa.Redução de perdas no processo de produção de uma indústria cerâmica. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia de Produção) - Universidade de São Paulo.

21.
FURTADO, João. Participação em banca de Douglas Shigueo Kuniyoshi.Implementação de metodologia lean seis sigma em uma empresa do segmento têxtil. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia de Produção) - Universidade de São Paulo.

22.
FURTADO, João. Participação em banca de Enrico Barnaba Ferri.Análise de Terceirização de Frota Própria de uma Empresa do Ramo Alimentício. 2005. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia de Produção) - Universidade de São Paulo.

23.
FURTADO, João. Participação em banca de Bruno Cricenti.Desenvolvimento e Difusão de um Novo Produto Esportivo no Mercado Nacional. 2005. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia de Produção) - Universidade de São Paulo.

24.
FURTADO, João. Participação em banca de Rodrigo Luiz Vieira.Reorganização da prestação de serviços de biblioteca univers. 2005. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia de Produção) - Universidade de São Paulo.

25.
FURTADO, João. Participação em banca de José Augusto Alves.Elaboração de um plano de negócio para uma cooperativa de alimentação. 2004. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia de Produção) - Escola Politécnica da Universidade de São Paulo.

26.
FURTADO, João. Participação em banca de Salomão Siu.Dificuldade operacional na área de gestão de fundos : contribuição na análise do trabalho. 2004. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia de Produção) - Escola Politécnica da Universidade de São Paulo.

27.
FURTADO, João. Participação em banca de Thiago Venzol Quirino dos Santos.Metodologia de gestão de projetos em uma empresa gráfica. 2004. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia de Produção) - Escola Politécnica da Universidade de São Paulo.

28.
FURTADO, João. Participação em banca de Rodrigo Luiz Vieira.Análise e proposta de melhoria na prestação de serviços no serviço de bibliotecas da Poli. 2004. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia de Produção) - Universidade de São Paulo.

29.
GOMES, R.; FURTADO, João; ROSELINO, José Eduardo. Participação em banca de Desirée Silva Telles.A segmentação e a dispersão das atividades produtivas e tecnológicas: uma análise a partir de uma amostra de empresas transnacionais do setor de equipamentos para telecomunicações.. 2004. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Econômicas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

30.
FURTADO, João. Participação em banca de Silvia Maria Guidolin.Expansão da Cadeia Agroindustrial no Centro-Oeste: uma análise com base em microregiões geográficas.. 2003. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Econômicas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

31.
FURTADO, João. Participação em banca de José Roberto Ribeiro.A Abertura Financeira e o Financiamento Externo da Economia Brasileira na Década de 1990.. 2003. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Econômicas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

Outros tipos
1.
FURTADO, João. Participação em banca de Marcelo Cano. O Recente Processo de Fusões e Aquisições na Economia Brasileira.. 2001. Outra participação, Universidade Estadual de Campinas.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Professor titular
1.
FURTADO, João. Banca de Concurso Público para provimento de cargo. 2003. Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

2.
FURTADO, João. Banca de Concurso Público para provimento de cargo. 2003. Universidade de São Paulo.

3.
FURTADO, João. Comissão Julgadora do prêmio Mostra de Tecnologia da UNESP. 2002. Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

4.
FURTADO, João. Membro Titular da Comissão Julgadora da Seleção Pública de provas e Títulos para preenchimento de uma função docente do Departamento de Política Científica e Tecnológica, Instituto de Geociências, Unicamp.. 2002. Universidade Estadual de Campinas.

Concurso público
1.
FURTADO, João; ZILBOVICIUS, M.; GARCIA, Renato de Castro; LOTUFO, R. A.; COSTA, M. A. B.. Representante Suplente junto a Comissão Julgadora do Processo Seletivo de provas e títulos para uma função de Professor Doutor. 2010. Faculdade de Ciências Aplicadas - Campus Limeira da UNICAMP.

Outras participações
1.
FURTADO, João. Banca Comitê de Busca Diretoria de Inovação - INOVA. 2007. Universidade Estadual de Campinas.

2.
FURTADO, João. Comitê de Julgamento da FAPEMIG. 2007. Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
16° Congresso Brasileiro de Mineração. Investimentos em Mineração, panorama atual do mercado e commodities e os desafios para o desenvolvimento da indústria de mineração em uma nova era de preços das commodities.. 2015. (Congresso).

2.
Ecology, Mining and Sustainable Development.The Natural Resources and Development : The economic importance of mining in Brazil. 2015. (Seminário).

3.
Workshop Redator de Patente.Sistema Colaborativo de Apoio a Redação de Patentes e Busca de Anterioridade. 2015. (Outra).

4.
XVi Seminário de Economia Industrial.O papel da Ciência e Tecnologia no desenvolvimento brasileiro. 2015. (Seminário).

5.
XVI Seminário de Economia Industrial.Agenda de Pesquisa em Economia Industrial, da Tecnologia e da Inovação. 2015. (Seminário).

6.
XVI Seminário de Economia Industrial.Setores e Instituições Portadores de Futuro. 2015. (Seminário).

7.
3° Fórum de Bioeconomia.Construção de capital humano (tecnólogos e tecnocratas) para o sucesso da bioeconomia.. 2014. (Outra).

8.
Indústria Química: Uma agenda para crescer.Padrões de desenvolvimento industrial e o papel da indústria química. 2013. (Seminário).

9.
1.º Congresso Brasileiro de Fertilizantes ? Inovação e Sustentabilidade. O Mercado de Fertilizantes sob o impacto da nova economia mundial. 2011. (Congresso).

10.
7o Workshop EGC Inovando Sempre.Projeto Sistemas Regionais de INovação - SRI - Diagnóstico de Santa Catarina. 2010. (Outra).

11.
IX Workshop da Pós Graduação & X Workshop de Genética.Inovação Tecnológica - PITE e PIPE. 2010. (Outra).

12.
Padrões de Crescimento, Investimento e Inovação.México. 2010. (Outra).

13.
Políticas regionales de Innovación en el MERCOSUR: obstáculos y oportunidades.La industria farmacéutica en Brasil. 2010. (Outra).

14.
Seminário Sistemas Regionais de Inovação.Diagnóstico do Sistema Mineiro de Inovação. 2010. (Seminário).

15.
Seminário Tecnologia e Eficiência em Saneamento Ambiental.O papel das empresas e da universidade no desenvolvimento tecnológico. 2010. (Seminário).

16.
XIV Seminário de Economia Mineira.Adeus ao Capitalismo Dependente?. 2010. (Seminário).

17.
1o Workshop de Inovação FEI.O Estado da Arte em Economia da Inovação no Brasil.. 2009. (Outra).

18.
CIFARP - VII Congresso Internacional de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto. Technological innovations in the development of pharmaceutical and related sciences. 2009. (Congresso).

19.
XX Encontro Técnico AESabesp e Fenasan 2009 (Feira Nacional de Saneamento e Meio Ambiente).Inovação na indústria de água e saneamento.. 2009. (Encontro).

20.
GLOBELICS - 6 th International Conference 2008. 2008. (Outra).

21.
1o Workshop do Centro de Estudos em Gestão Naval.Oportunidades e Entraves para a Indústria Naval:"Competências brasileiras". 2007. (Outra).

22.
1º Workshop do Centro de Estudos em Gestão Naval (CEGN).Cadeia de suprimentos. 2007. (Outra).

23.
4o Fórum de Inovação Tecnológica da Região Centro-Oeste e lançamento do Prêmio Finep de Inovação Tecnológica.Gestão Tecnológia. 2007. (Outra).

24.
6º Congresso Brasileiro de Gestão de Desenvolvimento de Produto. Internacionalização do Desenvolvimento de Produtos em Empresas Transnacionais. 2007. (Congresso).

25.
Agenda de Competitividade para a Indústria Paulista - Seminário Secretaria de Desenvolvimento da FIESP.Os Desafios para a Indústria do Futuro. 2007. (Seminário).

26.
Audiência da Inovação - SABESP.Audiência da Inovação. 2007. (Outra).

27.
Colóquio do Mestrado em Gestão Integrada em Saúde do Trabalho e Meio Ambiente.Inovação e Tecnologia nas Empresas no Brasil. 2007. (Outra).

28.
Comissão Especial de Bioenergia - FIESP.Cadeia Industrial de Biocombustíveis. 2007. (Encontro).

29.
Conferência Internacional de Biocombustíveis. Inovação tecnológica em bioenergia. 2007. (Congresso).

30.
Conferência Nacional de Bioenergia. Políticas Públicas e Inovação para o Desenvolvimento da Bioenergia. 2007. (Congresso).

31.
ENERBIO - Conferência Inovação Tecnológica em Bioenergia. Desenvolvimento Tecnológico e Inovação na Cadeia de Etanol: liderança e perspectivas do Brasil. 2007. (Congresso).

32.
Extensionismo Industrial - TECPAR.Extensionismo Industrial - TECPAR. 2007. (Encontro).

33.
II Congresso Brasileiro de Inovação na Indústria. Política Industrial, Tecnológica e sua Institucionalidade. 2007. (Congresso).

34.
INOVATEC - Feira de Negócios em Inovação Tecnológica entre Empresas, Centros de Pesquisa e Universidades.Propostas para a Aceleração do Processo Inovativo nas Empresas em Parceria com as Instituições de Pesquisa e Tecnologia. 2007. (Outra).

35.
IV Jornada de Ergonomia da Escola Politécnica da USP.O valor do Trabalho: Possibilidades de Avaliação. 2007. (Outra).

36.
Palestra na Associação Paulista de Cogeração de Energia.Palestra na Associação Paulista de Cogeração de Energia (COGEN). 2007. (Outra).

37.
Palestra na FIPASE.Palestra na FIPASE (Incubadora). 2007. (Outra).

38.
Planejamento Estratégico do INPE.Cenários para Ciência, Tecnologia e Inovação na Área Espacial do Brasil. 2007. (Encontro).

39.
Ser Empreendedor.Estratégia Econômica. 2007. (Encontro).

40.
VII Congressso IBeroamericado de Indicadores de Ciência y Tecnologia. Indicadores de inovacción. 2007. (Congresso).

41.
VIII Seminário de Economia Industrial - As Novas Trajetórias da Inovação Tecnológica no Brasil.VIII Seminário de Economia Industrial - As Novas Trajetórias da Inovação Tecnológica no Brasil. 2007. (Seminário).

42.
Workshop Gestão Tecnológica e Lançamento do Prêmio Finep de Inovação Tecnológica.Gestão Tecnológica. 2007. (Outra).

43.
Workshop Política macroeconômica e política industrial.Política macroeconômica e política industrial. 2007. (Outra).

44.
X Encontro de Economia da região sul (Anpec sul).Trajetórias de desenvolvimento baseadas em inovação: o setor farmacêutico na política industrial brasileira. 2007. (Encontro).

45.
X REPICT - Encontro de Propriedade Intelectual e Comercialização de Tecnologia.Estratégia de Desenvolvimento Industrial e Inovação. 2007. (Encontro).

46.
XX Copinaval: Congresso Pan Americano de Engenharia Naval, Transporte Marítimo e Eng. Portuária. As condições oferecidas favorecem o crescimento desta indústria?. 2007. (Congresso).

47.
XXXV Encontro Nacional de Economia.Exame da competitividade industrial através do conteúdo tecnológico do comércio internacional brasileiro. 2007. (Encontro).

48.
11th ISS Conference (International Schumpeter Society).Designing Policies for Local Production Systems: a methodology based on Evidence from Brazil. 2006. (Outra).

49.
14th GERPISA International Colloquium.Innovation and Manufacturing in Assembly Industries: a comparative analysis of outsourcing approaches on automobiles and eletronics. 2006. (Outra).

50.
9 th Eunip International Conference.Designing Policies for Local Production Systems: a methodology based on Evidence from Brazil. 2006. (Outra).

51.
Ciclo de seminários do programa de pós-graduação em desenvolvimento econômico.Indústria e inovação no Brasil. 2006. (Seminário).

52.
Congresso Paranaense da Indústria.Política industria, inovação e design. 2006. (Outra).

53.
Conselho de Política Econômica e Industrial (CPEI) da FIEMG.Transformações na economia mundial e desafios do desenvolvimento brasileiro. 2006. (Outra).

54.
Conselho de política industrial e tecnológica - FIEMG.Política industrial e desenvolvimento. 2006. (Outra).

55.
Conselho Nacional de Ciência e Tecnologia.Lei da inovação. 2006. (Outra).

56.
Conselho Nacional de Ciência e Tecnologia.Os novos mecanismos de apoio e financiamento ao desenvolvimento tecnológico e a inovação. 2006. (Outra).

57.
Conselho Superior de Tecnologia e Competitividade (CONTEC) - FIESP.As novas iniciativas do BNDES para apoio à inovação. 2006. (Outra).

58.
Grupo de Acompanhamento da Economia Real (GAER) - CIESP.Desenvolvimento econômico. 2006. (Outra).

59.
IFC/FT Southern Multinationals Conference.Southern Multinationals - A Rising Force in the World Economy. 2006. (Outra).

60.
I Seminário Internacional sobre Inovação na Pequena e Média Empresa.Políticas públicas para as MPEs. 2006. (Seminário).

61.
Metodologias de Avaliação de Programas de Fometno à Ciência, Tecnologia e Inovação.Metodologias de Avaliação de Programas de Fometno à Ciência, Tecnologia e Inovação. 2006. (Outra).

62.
O INPE e o Setor Industrial Espacial Brasileiro.Estrutura e Dinâmica da Indústria Aeroespacial: subsídios para a identificação de trajetórias possíveis para o desenvolvimento brasileiro. 2006. (Simpósio).

63.
VII Seminário de Economia Industrial - Lei da Inovação, Avaliação, Revisão e Perspectivas.VII Seminário de Economia Industrial - Lei da Inovação, Avaliação, Revisão e Perspectivas. 2006. (Seminário).

64.
Wokshop A construção de uma agenda de Política Industrial: proposta da indústria.A institucionalidade da política industrial. 2006. (Outra).

65.
Workshop Rede de articulação de competências para o desenvolvimento industrial e tecnológico.Workshop Rede de articulação de competências para o desenvolvimento industrial e tecnológico. 2006. (Outra).

66.
X Jornada de Ciências Sociais - Jornada de Estudos Celso Furtado.Nação e globalização. 2006. (Outra).

67.
13 th GERPISA International Colloquium.Outsourcing in Different Production Models: Elements for a Comparison among Electronics, Pharmaceutical and Automobile Industries. 2005. (Outra).

68.
1º Congresso Mato-grossense de Propriedade Intelectual e Inovação Tecnológica. A inovação tecnológica nas empresas. 2005. (Congresso).

69.
ENEGEP - XXV Encontro Nacional de Engenharia de Produção.Discutindo Processos de Outsourcing da Manufatura: uma análise a partir de elementos das indústrias eletrônica, farmacêutica e automobilística. 2005. (Encontro).

70.
Fórum BNB de Desenvolvimento e X Encontro Regional de Economia.Palestrante: O Nordeste e as Transformações da Economia Mundial. 2005. (Encontro).

71.
Grupo de Acompanhamento da Economia Real (GAER) - CIESP.Transformações da economia internacional e as perspectivas da indústria brasileira. 2005. (Outra).

72.
Seminário Globalização e estratégias corporativas no século XXI - o desafio inovador brasileiro.O Estado da inovação no Brasil. 2005. (Outra).

73.
Seminário Lei de Inovação: Perspectivas e Oportunidade.Debatedor no Seminário Lei de Inovação: Perspectivas e Oportunidades. 2005. (Seminário).

74.
VI Seminário de Economia Industrial - A Retomada do Crescimento Econômico: O Papel da Indústria, da Política Industrial, Tecnológica e de Comércio Exterior.VI Seminário de Economia Industrial - A Retomada do Crescimento Econômico: O Papel da Indústria, da Política Industrial, Tecnológica e de Comércio ExteriorVI Seminário de Economia Industrial. 2005. (Seminário).

75.
Workshop Globalização e Estratégias Coorporativas no século XXI - o desafio inovador brasileiro.O estado da inovação no Brasil. 2005. (Outra).

76.
XXXIII Encontro Nacional de Economia.Designing Policies for Local Production Systems: a methodology based on Evidence from Brazil. 2005. (Encontro).

77.
1º Seminário Internacional Arranjos Produtivos Locais.Palestrante: Políticas de Inovação e Competitividade como Base para uma Política Indústrial Contemporânea. 2004. (Seminário).

78.
Ciência, Tecnologia e Inovação na Agenda do Desenvolvimento.Seminário Ciência, Tecnologia e Inovação na Agenda do Desenvolvimento.. 2004. (Seminário).

79.
Fórum Nacional Economia do Conhecimento, Crescimento Sustentado e Inclusão Social.O comportamento inovador das empresas industriais no Brasil. 2004. (Outra).

80.
Mini-Fórum em homenagem aos 40 anos do IPEA.SEMINÁRIO ESPECIAL: Mini-Fórum em homenagem aos 40 anos do Ipea. 2004. (Seminário).

81.
Por que alguns países dão certo?.Informar o público-alvo e servir de base para formação de opinião do mesmo sobre os modelos de desenvolvimento adotados no Brasil (de uma forma geral e em regiões específicas) e em outros países.. 2004. (Outra).

82.
Por que alguns países dão certo? Uma abordagem sobre Modelos de Desenvolvimento e Políticas Industriais.Palestrante: Visão para o Futuro, quebra das barreiras e restrições para o desenvolvimento do Brasil. 2004. (Simpósio).

83.
V Seminário de Economia Industrial - Padrões de Inovação e Desenvolvimento Econômico no Brasil.V Seminário de Economia Industrial - Padrões de Inovação e Desenvolvimento Econômico no Brasil. 2004. (Seminário).

84.
XI Seminário sobre a Economia Mineira.A Indústria de Calçados de Nova Serrana (MG). 2004. (Seminário).

85.
XVI Semana de Economia - A Economia Brasileira e Paranaense.Política Industrial e Crescimento Econômico no Brasil - Remover restrições ou abrir possibilidades. 2004. (Outra).

86.
XXXII Encontro Nacional de Economia.Inovação e Conhecimento: Indicadores Regionalizados e Aplicação a São Paulo. 2004. (Encontro).

87.
A Universidade Hoje.Aula Inaugural. 2003. (Outra).

88.
IV Seminário de Economia Industrial - Modelos de Organização Industrial e desenvolvimento Tecnológico.IV Seminário de Economia Industrial - Modelos de Organização Industrial e desenvolvimento Tecnológico. 2003. (Seminário).

89.
Workshop Incubadora de Empresas.Oportunidades econômicas e desenvolvimento tecnológico em incubadoras. 2003. (Outra).

90.
XXXI Encontro Nacional de Economia.Sistemas Locais de Produção: Mapeamento, Tipologia e Sugestões de Política. 2003. (Encontro).

91.
10º Simpósio Internacional de Iniciação Científica da USP - SIICUSP.Efeitos da Abertura Comercial Brasileira a partir do Estudo do Comércio Exterior e alguns Setores Produtivos. 2002. (Simpósio).

92.
ABDE - Estratégias Locais e Regionais para o Desenvolvimento. Debatedor e Moderador no Workshop ABDE - Estratégias Locais e Regionais para o Desenvolvimento. 2002. (Congresso).

93.
III Seminário de Economia Industrial - Política Industrial e Desenvolvimento Econômico.III Seminário de Economia Industrial - Política Industrial e Desenvolvimento Econômico. 2002. (Seminário).

94.
Mostra de Tecnologia da UNESP. Comissão Organizadora da mostra de Tecnologia da UNESP. 2002. (Congresso).

95.
Papel e inserção do terceiro setor no processo de construção e do desenvolvimento da CT&I..Workshop - Papel e inserção do terceiro setor no processo de construção e do desenvolvimento da CT&I.. 2002. (Outra).

96.
Seminário Comportamento Tecnológico das Empresas.Seminário Comportamento Tecnológico das Empresas. 2002. (Seminário).

97.
Conferência Regional de Ciência e Tecnologia.Conferência Regional de Ciência e Tecnologia - Apresentação e Discussão do Livro Verde de C&T. 2001. (Outra).

98.
II Congresso Brasileiro de Nova Economia Institucional. 2001. (Congresso).

99.
II Seminário de Economia Industrial - Aglomerações Industriais, Estratégias Tecnológicas e Políticas de C&T.II Seminário de Economia Industrial - Aglomerações Industriais, Estratégias Tecnológicas e Políticas de C&T. 2001. (Seminário).

100.
Inovação para o desenvolvimento. Moderador do painel Inovação para o desenvolvimento. 2001. (Congresso).

101.
Seminário Regional de C&T. Debate sobre o Livro Verde. 2001. (Congresso).

102.
Seminário Técnico da Pesquisa de Inovação Tecnológica.Seminário Técnico da Pesquisa de Inovação Tecnológica. 2001. (Seminário).

103.
I Seminário de Economia Industrial - Cadeias Produtivas Globais: Desafios para o Brasil.I Seminário de Economia Industrial - Cadeias Produtivas Globais: Desafios para o Brasil. 2000. (Seminário).

104.
XXVI Encontro Nacional de Economia.XXVI Encontro Nacional de Economia. 1998. (Encontro).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
FURTADO, J. ; MARQUES, G. O. ; FURTADO, João . Seminário - Caminhos da Ciência e Desenvolvimento. 2015. (Outro).

2.
FURTADO, João; GOMES, R. . X Seminário de Economia Industrial - Inovação, Desenvolvimento Tecnológico e Crise: Frear ou Acelerar?. 2009. (Outro).

3.
FURTADO, João; GOMES, R. . IX Seminário de Economia Industrial - Inovação Tecnológica e Desenvolvimento: Novos Papéis para Empresas e Políticas Públicas. 2008. (Outro).

4.
FURTADO, João; MURAKAMI, Thays Gonçalves de Lima . Reunião Técnica sobre "Ciência, Tecnologia e Inovação e o Desenvolvimento dos Sistemas Agroindustriais: o Futuro da Avicultura Brasileira". 2007. (Outro).

5.
FURTADO, João; RADAELLI, Vanderléia . Reunião Técnica sobre "Ciência, Tecnologia e Inovação e o Desenvolvimento do Sistema de Inovação do Setor Farmacêutico: o Futuro da Indústria Farmacêutica Brasileira". 2007. (Outro).

6.
FURTADO, João; GOMES, R. . VIII Seminário de Economia Industrial - As Novas Trajetórias da Inovação Tecnológica no Brasil. 2007. (Outro).

7.
FURTADO, João; GOMES, R. . VII Seminário de Economia Industrial - Lei da Inovação, Avaliação, Revisão e Perspectivas. 2006. (Outro).

8.
FURTADO, João; GOMES, R. . VI Seminário de Economia Industria - A Retomada do Crescimento Econômico: O papel da indústria e da política industrial, tecnológica e de comércio exterior. 2005. (Outro).

9.
FURTADO, João; GOMES, R. . V Seminário de Economia Industrial - Padrões de Inovação e Desenvolvimento Econômico no Brasil. 2004. (Outro).

10.
FURTADO, João; GOMES, R. . IV Seminário de Economia Industrial - Modelos de Organização Industrial e Desenvolvimento Tecnológico. 2003. (Outro).

11.
FURTADO, João; GOMES, R. . III Seminário em Economia Industrial - Política industrial e desenvolvimento econômico.. 2002. (Outro).

12.
FURTADO, João; GOMES, R. . II Seminário em Economia Industrial - Aglomerações Industriais, Estratégias Tecnológicas e Políticas de C&T.. 2001. (Outro).

13.
FURTADO, João; GOMES, R. . I Seminário de Economia Industrial - Cadeias Produtivas Globais: Desafios e Oportunidades. 2000. (Outro).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Tese de doutorado
1.
Rosalina Mesquita. Qualificações e Organização do Processo de Trabalho em Atividades de P&D. Início: 2009. Tese (Doutorado em Engenharia de Produção) - Universidade de São Paulo. (Orientador).

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Conrado Pietraroia. Formas de investimento em empresas - "private equity". Início: 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia de Produção) - Escola Politécnica - Universidade de São Paulo. (Orientador).

Iniciação científica
1.
Giovana Nahas. Padrões de desenvolvimento e padrões de comércio: as relações comerciais do Brasil com a China. Início: 2012. Iniciação científica (Graduando em Engenharia de Produção) - Universidade de São Paulo. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Anelisa Pianna. Padrões de especialização, inserção internacional e dinamismo na indústria de software: o caso brasileiro à luz das experiências da Índia, Irlanda e Israel.. 2011. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Produção) - Escola Politécnica - Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

2.
Guilherme de Oliveira Marques. Janelas de Oportunidades e Catching Up Tecnológico: perspectiva e desafios a países em desenvolvimento, com foco especial no Brasil, frente ao advento da rota biotecnológica de fabricação de produtos químicos, combustíveis e energia.. 2011. Dissertação (Mestrado em Política Científica e Tecnológica) - Universidade Estadual de Campinas, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

3.
Thays Murakami. As redes de valor do conhecimento como geradoras e difusoras do progresso técnico para as atividades agropecuárias: o caso da avicultura brasileira. 2010. Dissertação (Mestrado em Política Científica e Tecnológica) - DPCT, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

4.
Eduardo Urias. Mudanças Institucionais Verificadas no Brasil no Período 1990-2005 e seus impactos no Sistema de Inovação do Setor Farmacêutico Brasileiro. 2007. Dissertação (Mestrado em Política Científica e Tecnológica) - Universidade Estadual de Campinas, . Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

5.
Vanderléia Radaelli. A Inovação na Indústria Farmacêutica: Forças Centrífugas e Centrípetas no Processo de Internacionalização. 2006. 167 f. Dissertação (Mestrado em Política Científica e Tecnológica) - Universidade Estadual de Campinas, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

6.
Carolina Almeida Araújo de Andrade. Inovação e Manufatura em Setores de Alta Tecnologia: modelos de organização industrial e estágios da reestruturação produtiva. 2004. 61 f. Dissertação (Mestrado em Política Científica e Tecnológica) - Universidade Estadual de Campinas, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

7.
Márcio Lupatini. As transformações produtivas na indústria têxtil-vestuário e seus impactos sobre a distribuição territorial da produção e a divisão do trabalho industrial. 2004. 0 f. Dissertação (Mestrado em Política Científica e Tecnológica) - Universidade Estadual de Campinas, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

8.
Mariana N. Zanatta. Política industrial. 2001. 0 f. Dissertação (Mestrado em Política Científica e Tecnológica) - Universidade Estadual de Campinas, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

Tese de doutorado
1.
Carolina Almeida Araujo de Andrade. Inovação e externalização: uma análise de capabilities na indústria farmacêutica. 2010. Tese (Doutorado em Engenharia de Produção) - Universidade de São Paulo, . Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Guilherme Vaz França Reis. O panorama da moeda digital bitcoin. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Economia) - Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade - USP. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

2.
Arthur Mendes. Ferramentas de gestão da estrutura a termo da taxa de juros no Brasil.. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia de Produção) - Escola Politécnica - Universidade de São Paulo. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

3.
Kiyoshi Horie Filho. Implantação de Informações Contábil - Gerenciais, elaboração de Plano Orçamentário e Avaliação Econômica de uma Pequena Central Hidrelétrica no Brasil. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia de Produção) - Escola Politécnica - Universidade de São Paulo. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

4.
Diego Felipe Nuñoz. Avaliação de Projetos de Tecnologia: Entendimento, Métodos de Opções Reais e Aplicações. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia de Produção) - Escola Politécnica - Universidade de São Paulo. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

5.
Pedro Itapema Guariento Guimarães. Avaliação econômica e estratégica de uma empresa do setor elétrico: estudo do processo de privatização da Companhia Energética de São Paulo. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia de Produção) - Escola Politécnica - Universidade de São Paulo. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

6.
Daniel Green. Análise do mercado de créditos de carbono como forma de investimento para mitigação do aquecimento global. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia de Produção) - Universidade de São Paulo. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

7.
Paulo Young Chi. Mercado de créditos de carbono: oportunidades de investimento para o Brasil no âmbito do CDM. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia) - Escola Politécnica da Universidade de São Paulo. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

8.
Mariah Pinheiro Agudo Romão. Desenvolvimento de modelo estruturado para monitoramento tecnológico: uma aplicação em instituição da área de saúde. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia) - Escola Politécnica da Universidade de São Paulo. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

9.
Fernando Rodrigues Monte. Perspectiva para os biocombustíveis - a inserção do biodiesel na matriz energética brasileira e o aumento da produção e exportação de etanol. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Ambiental) - Escola Politécnica - Universidade de São Paulo. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

10.
Juliana de Souza. Reestruturação e Desconcentração da Indústria Brasileira: uma análise da dinâmica dos movimentos de interiorização e periferização (1994 - 2003). 2006. 0 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Econômicas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

11.
Thays Gonçalves de Lima Murakami. Os Impactos da Mudança de Paradigma Tecnológico do Setor de Biotecnologia nos Grupos Insumidores de Nutrição e Sanidade para a Indústria de Processamento de Carne de Aves e de Suínos e seus Desdobramentos na Relação Usuário-Produtor. 2006. 0 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Econômicas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

12.
Cybele Medina Almeida. Equity Duration: a quantificação do impacto dos juros sobre o patrimônio das empresas. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia de Produção) - Universidade de São Paulo. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

13.
Daniel Barbosa Correa Anger. Parceiras Público-Privadas: lições da experiência internacional para o Brasil. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia de Produção) - Universidade de São Paulo. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

14.
Diogo Barreto Martins. Competências e processos de aprendizagem: um estudo em três empresas de serviços de consultoria. 2005. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia de Produção) - Universidade de São Paulo. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

15.
Flávia Cavalli. A produção pública e privada de informações e seu uso para finalidades de análise e formulação de políticas. 2004. 90 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Econômicas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

16.
Clara Lívia Salles de Carvalho. Inovações tecnológicas, reciclagem e redução de custos na indústria da construção civil.. 2004. 0 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Econômicas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

17.
Mariana Corrêa Barra. O financiamento da inovação em pequenas empresas de base tecnológica: uma análise a partir da alternativa do capital de risco.. 2004. 0 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Econômicas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

18.
Iracema Salenave Salvini. A reestruturação das empresas brasileiras na década de 1990: As parcerias, alianças e os processos de fusão, aquisição e joint-ventures.. 2004. 0 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Econômicas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

19.
Sílvia Maria Ferreira Mendes. As novas formas de organização industrial surgidas no período recente no complexo têxtil-vestuário e suas implicações para o Terceiro Mundo.. 2004. 0 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Econômicas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

20.
Daniela Tatiane dos Santos. As estratégias de atuação das empresas químicas e petroquímicas mundiais: Uma análise a partir de um grupo de empresas internacionais.. 2004. 0 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Econômicas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

21.
Guilherme Monteiro Roxo. Análise Econômica da Cadeia de Produção e Comercialização do Zinco. 2004. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia de Produção) - Universidade de São Paulo. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

22.
Luis Gustavo Tozaki Dib. Detalhamento e Análise dos Indicadores de Desempenho de uma Empresa Petroquímica. 2004. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia de Produção) - Universidade de São Paulo. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

23.
Andréa Oliveira Silva. A inovação tecnológica nos arranjos produtivos locais: uma análise de capital para couro e calçados no período recente.. 2003. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Econômicas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

24.
Antonio Barreto. A internacionalização das atividades tecnológicas das grandes empresas e a posição do Brasil: uma análise a partir de dados de patentes.. 2003. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Econômicas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

25.
Vanderléia Radaelli. Os investimentos diretos estrangeiros no Brasil e a questão tecnológica na indústria farmacêutica.. 2003. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Econômicas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

26.
Wellington da Silva Pereira. Fragilidades e Eficiência setoriais: o desempenho do comércio exterior brasileiro e suas relações com a estrutura produtiva dos anos 90.. 2003. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Econômicas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

27.
Fernanda Behning. Fragilização Competitiva do Parque Produtivo Brasileiro no Período Recente: Uma Análise dos Processos de Reestruturação Produtiva Quanto ao Agregado Tecnológico.. 2002. 0 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Econômicas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

28.
Carolina de Oliveira Resuto. A Célula de combustível no contexto das novas fontes de energia alternativa: Uma análise comparativa das Iniciativas nacionais e internacionais.. 2002. 0 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Econômicas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

29.
Edilaine Venâncio da Rocha. A Indústria de Telecomunicações: Privatização, Expansão da Oferta de Serviços e os Efeitos sobre a Fabricação Local de Equipamentos. 2002. 0 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Econômicas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

30.
Tatiana Massaroli Melo. Efeitos do Protecionismo dos Estados Unidos sobre a Indústria Brasileira de Aços Planos no Período 1999-2001.. 2002. 81 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Econômicas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

31.
Gerson Itodo Oki. Abertura Comercial e o ingresso de investimento direto estrangeiro no período pós real: uma análise do setor de bens de capital. 2002. 0 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Econômicas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

32.
José Antonio Braubeck. Fluxo de Investimento Direto Estrangeiro e a Desvalorização do real em 1999: a influência das taxas de câmbio nas decisões de investimento. 2002. 0 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Econômicas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

33.
Fabíula Ariene Valenciano. Turismo rural e ecológico - tendência e alternativa ao desenvolvimento. 2001. 0 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Econômicas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

34.
Carolina Baltar. Os fluxos comerciais brasileiros e suas transformações no período de valorização (1994-1998) e desvalorização (1999) do Real: uma abordagem a partir de dois balanços.. 2001. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Econômicas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

35.
Márcio Lupatini. Fluxo de investimentos e a reinserção do Brasil no mercado internacional: uma análise com base nos produtos agroindustriais.. 2001. 104 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Econômicas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

36.
Thaisa Maira Demartini. O setor petroquímico brasileiro e sua reestruturação diante da abertura e da adesão à globalização. 2001. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Econômicas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

37.
Carolina Almeida Araujo de Andrade. A inserção das filiais brasileiras na rede corporativa mundial: uma análise das estratégias adotadas pelas empresas industriais globalizadas a partir da gama de produtos, das etapas produtivas e das funções corporativas. 2001. 0 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Econômicas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

38.
Lígia Yokomizo. A privatização das Telecomunicações no Brasil. 2000. 0 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Econômicas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

39.
Thiago Mandarino. Reestruturação e Emprego nos anos 90. 2000. 0 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Econômicas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

40.
Bruno Lanzi de Mattos. A reestruturação produtiva e patrimonial da indústria na década de 90. 2000. 0 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Economia) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

41.
Daniela Scarpa. Os investimentos diretos estrangeiros no setor de telecomunicações após as privatizações e a liberalização: uma análise a partes dos fluxos comerciais e das decisões empresariais. 2000. 0 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Econômicas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

42.
Maria Aparecida. O Brasil e as estratégias dos grupos mundiais: fusões e aquisições e fluxos comerciais dos setores automobilístico e autopeças frente ao contexto de abertura comercial e valorização cambial (1994-1997). 2000. 0 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Econômicas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

43.
Lisiane Uesono. O comportamento da indústria de informática e os vínculos com o complexo eletrônico: as estratégias das empresas. 2000. 0 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Econômicas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

44.
Giuliana Santini. Novas políticas de proteção e da propriedade intelectual: uma análise do alinhamento brasileiro às regras da OMC e dos seus possíveis efeitos nas indústrias de sementes e software. 1999. 0 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Econômicas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

45.
Andreza Marcondes. Relações intra-firma: Estudo de caso da Mercedes-Benz. 1999. 0 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Econômicas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

46.
Priscila Verdasca Reis. Investimento Publicitário. 1999. 0 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Econômicas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

47.
Adriana Brógio. A Importância do Comércio Intrafirma nos Fluxos Comerciais do Brasil: Uma Análise a partir dos Fluxos de Exportações e Importações, Utilizando a Hipótese de Baumann.. 1999. 0 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Econômicas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

48.
Sílvia Angélica Domingues. O Comércio Intrafirma de produtos primários na balança comercial brasileira: uma análise centrada da exportação de produtos agroindustriais nos anos de 1989 e 1997.. 1999. 0 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Economia) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

49.
Daniela Maria Amoroso. O comércio intrafirma num contexto de abertura e globalização: uma análise centrada nos grupos econômicos estrangeiros.. 1999. 0 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Econômicas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

50.
Mariana N. Zanatta. A política Comercial Brasileira. 1998. 0 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Econômicas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

51.
Daniel Martines. Política Econômica no Plano Real. 1994. 0 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Econômicas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

52.
Denise Salgado Marconi. Globalização de empresas brasileiras. 1993. 0 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Econômicas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

53.
Fabiana Kerbauy. Globalização de empresas e atividades no Brasil. 1993. 0 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Econômicas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

54.
José Eduardo de Salles Roselino Jr.. Forças produtivas capitalistas. 1993. 0 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Econômicas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

55.
Ana Paula Matusita. Novas tecnologias e qualificação do trabalho: um estudo com base na indústria de linha branca.. 1993. 0 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Econômicas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

56.
José Ricardo Fucidji. Reestruturação da indústria e o papel do capital estrangeiro no Brasil: um estudo sobre a indústria nos Anos 80. 1993. 0 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Econômicas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

57.
Helcius Batista Pereira. Elementos para estudo do setor petroquímico na industrialização brasileira: a associação do capital nacional, do capital estrangeiro e do estado.. 1993. 0 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Econômicas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

58.
João Benedito Mathias dos Santos. A posição da indústria têxtil brasileira no mercado internacional.. 1993. 0 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Econômicas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

59.
Célio Hiratuka. Um estudo sobre a capitalização tecnológica com a indústria de máquinas têxteis e suas relações com a indústria têxtil. 1992. 0 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Econômicas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

60.
Marcelo Moreira Firmo. Padrão de consumo e distribuição de renda no Brasil. 1991. 0 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Econômicas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

61.
Warley Grotta Jr.. A indústria de aços especiais no Brasil. 1991. 0 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Econômicas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

62.
Marcos Aufieri. Automação microeletrônica. 1991. 0 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Econômicas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

63.
Ricardo Correa. O endividamento externo brasileiro. 1991. 0 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Econômicas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

64.
Renato de Castro Garcia. O regime de subcontratação na indústria têxtil e a sua modernização. 1991. 0 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Econômicas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

65.
Paulo Pacheco. Evolução dos Preços Relativos na Economia Brasileira: uma visão de longo prazo. 1990. 0 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Econômicas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

66.
Antonio José dos Santos. O debate sobre o desempenho exportador nos anos 80. 1990. 0 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Econômicas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

67.
Isabel Maria Santarosa dos Santos. A situação do menor trabalhador no Brasil. 1990. 0 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Econômicas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

68.
Marly Mizue Kaybara. A Evolução do Comércio Exterior nos Anos 80: o desempenho do setor de autopeças. 1990. 0 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Econômicas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

69.
Solange Mara Braga Bomentre. A Dívida Externa Brasileira e a Política Econômica nos Anos Oitenta. 1989. 0 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Econômicas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

Iniciação científica
1.
Elisa Matté. Interação universidade-empresa em projetos PIPE: trajetórias do conhecimento em EBTs do setor farmacêutico. 2010. Iniciação Científica. (Graduando em Farmácia) - Universidade de São Paulo. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

2.
Alberto Coelho Pitta. Estudo de Mecanismo de captação de conhecimentos produzidos nas universidades por centros de pesquisa empresariais. 2009. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia de Produção) - Escola Politécnica - Universidade de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

3.
Diego Muñoz. Relação conhecimento-inovação e cooperação entre universidades e empresas no setor siderúrgico brasileiro. 2009. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia de Produção) - Escola Politécnica - Universidade de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

4.
Alberto Coelho Pitta. Desafios tecnológicos para a produção de etanol combustível no Brasil: estudo do impacto de tecnologias incrementais e de ruptura no setor sucro-alcooleiro. 2008. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia de Produção) - Escola Politécnica - Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

5.
Mariah Romão. Desenvolvimento de Modelo Estruturado para Monitoramento Tecnológico - Aplicação em Instituição vinculada ao Governo na Área de Saúde. 2007. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia) - Escola Politécnica da Universidade de São Paulo. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

6.
Diego Muñoz. Relações usuário-produtor: uma abordagem com foco no desenvolvimento tecnológico e na inovação. 2007. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia) - Escola Politécnica da Universidade de São Paulo. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

7.
Felipe Ribeiro. Estruturação e desenvolvimento de competências para a inovação: laboratórios de pesquisa dedicados. 2007. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia) - Escola Politécnica da Universidade de São Paulo. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

8.
Alberto Pita. Estruturação e desenvolvimento de competências para a inovação tecnológica: empresas de base tecnológica. 2007. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia) - Escola Politécnica da Universidade de São Paulo. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

9.
Kiyoshi Horie Filho. Análise das Funções Corporativas em Empreas do Setor de Eletrônicos a partir da Adoção da Estratégia de Externalização da Manufatura. 2006. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia de Produção) - Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

10.
Kiyoshi Horie Filho. Tecnologia assistiva: dimensionamento do setr e identificação de segmentos para aplicação de recursos. 2006. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia de Produção) - Universidade de São Paulo. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

11.
Beny Schinazi. Tecnologias Assistivas - mapeamento e identificação de inovações. 2005. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia de Produção) - Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

12.
Caio Sérgio Bochetti Zamunaro. O setor de tecnologia assistiva no mundo e suas implicações para o Brasil. 2005. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia de Produção) - Universidade de São Paulo. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

13.
Júlio Vicente Rinaldi Favarini. O setor de tecnologia assistiva no mundo e suas implicações para o Brasil. 2005. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia de Produção) - Universidade de São Paulo. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

14.
Mariah Pinheiro Agudo Romão. O setor de tecnologia assistiva no mundo e suas implicações para o Brasil. 2005. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia de Produção) - Universidade de São Paulo. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

15.
Jackson Liu. O setor de tecnologia assistiva no mundo e suas implicações para o Brasil. 2005. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia de Produção) - Universidade de São Paulo. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

16.
Clara Lívia Salles de Carvalho. Inovações Tecnológicas, Reciclagem e redução de Custos na Indústria da Construção Civil. 2004. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Econômicas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

17.
Sílvia Maria Ferreira Mendes. Filiais brasileiras na rede mundial do setor têxtil: Análise de algumas empresas industriais globalizadas a partir da gama de produtos, das etapas produtivas e das funções corporativas.. 2004. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Econômicas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

18.
Iracema Salenave Salvini. Filiais brasileiras na rede mundial do setor eletroeletrônico: Análise de algumas empresas industriais globalizadas a partir da gama de produtos, das etapas produtivas e das funções corporativas.. 2003. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Econômicas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

19.
Daniela Tatiane dos Santos. As estratégias de atuação das empresas químicas e petroquímicas mundiais: Uma análise a partir de um grupo de empresas internacionais.. 2003. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Econômicas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

20.
Sílvia Maria Guidolin. Inovação e Modernização do Sistema Agroindustrial: A Expansão no Centro-Oeste.. 2003. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Econômicas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

21.
Wellington da Silva Pereira. As Mudanças no Padrão de Comércio Exterior Brasileiro e seus Vínculos com a Estrutura Produtiva: Uma Análise das Mudanças Ocorridas na Década de 90.. 2003. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Econômicas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

22.
Clara Lívia Salles de Carvalho. Inovações Tecnológicas, Reciclagem e Redução de Custos na Indústria da Construção Civil.. 2003. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Econômicas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

23.
Carolina de Oliveira Resuto. A Célula de combustível no contexto das novas fontes de energia alternativa: Uma análise comparativa das Iniciativas nacionais e internacionais.. 2002. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Econômicas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

24.
Fernanda Behning. Fragilização Competitiva do Parque Produtivo Brasileiro no Período Recente: Uma Análise dos Processos de Reestruturação Produtiva Quanto ao Agregado Tecnológico.. 2002. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Econômicas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

25.
Edilaine Venâncio da Rocha. A Indústria de Telecomunicações: Privatização, Expansão da Oferta de Serviços e os Efeitos sobre a Fabricação Local de Equipamentos.. 2002. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Econômicas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

26.
Mirella Barbosa Alves. Reinserção 1.. 2002. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Econômicas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

27.
Vanderléia Radaelli. Os Investimentos Diretos Estrangeiros na Industria no Brasil no período Recente: Uma Análise a partir de um Grupo de Empresas Internacionais.. 2002. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Econômicas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

28.
Daniela Tatiane dos Santos. As Estratégias de atuação das Empresas Químicas e Petroquímicas mundiais: Uma análise a partir de um grupo de empresas internacionais. 2002. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Econômicas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

29.
Iracema Salenave Salvini. Filiais brasileiras na rede mundial do setor eletroeletrônico: Análise de algumas empresas industriais globalizadas a partir da gama de produtos , das etapas produtivas e das funções corporativas.. 2002. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Econômicas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

30.
Sílvia Maria Guidolin. Inovação e Modernização do Sistema Agroindustrial: A expansão no Centro-Oeste. 2002. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Econômicas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

31.
Carolina Baltar. Uma análise da estabilização a partir de dois diagnósticos - O período pós desvalorização (1999-2000) (FAPESP). 2001. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Econômicas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

32.
Carolina Almeida Araujo de Andrade. A inserção das filiais brasileiras na rede corporativa mundial - Uma análise das estratégias das empresas industriais globalizadas a partir da gama de produtos, etapas produtivas e funções corporativas (FAPESP). 2001. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Econômicas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

33.
Wellington da Silva Pereira. Reinserção - 1 (CNPq). 2001. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Econômicas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

34.
Antonio Barreto. Reinserção - 2 (CNPq). 2001. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Econômicas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

35.
Thaisa Maira Demartini. O Setor Petroquímico Brasileiro e sua Reestruturação Diante da Abertura e da Adesão à Globalização. 2001. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Econômicas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

36.
Wellington da Silva Pereira. As Mudanças no Padrão de Comércio Exterior Brasileiro e seus Vínculos com a Estrutura Produtiva: Uma Análise das Mudanças Ocorridas na Década de 90.. 2001. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Econômicas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

37.
Bruno Lanzi de Mattos. A contradição entre eficiência microeconômica e sistêmica. 2000. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Econômicas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

38.
Márcio Lupatini. Reestruturação e competitividade - uma análise a partir do setor agroindustrial. 2000. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Econômicas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

39.
Daniela Scarpa. Relações entre fabricantes e prestadores de serviços de telecomunicações. 2000. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Econômicas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

40.
Maria Aparecida. Relações entre fabricantes e montadores no setor de autopeças. 2000. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Econômicas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

41.
Carolina Baltar. Uma análise da estabilização a partir de dois diagnósticos. 2000. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Econômicas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

42.
Adriana Brógio. A importância do comércio intrafirma nos fluxos comerciais do Brasil: uma análise a partir dos fluxos de exportações e importações, utilizando a hipótese de Baumann. 1999. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Econômicas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

43.
Sílvia Angélica Domingues. O comércio intrafirma de produtos primários na balança comercial brasileira: uma análise centrada na exportação de produtos agroindustriais nos anos de 1989 e 1997. 1999. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Econômicas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

44.
Daniela Maria Amoroso. O comércio intrafirma num contexto de abertura e globalização: uma análise centrada nos grupos econômicos estrangeiros. 1999. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Econômicas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

45.
Lisiane Uesono. Crise e Rumos da Reinserção: análise das pautas comerciais e dos fluxos dos grupos econômicos. 1999. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Econômicas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

46.
Daniela Scarpa. Crise e Rumos da Reinserção: Análise dos fluxos comerciais e das estratégias das grandes empresas estrangeiras. 1999. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Econômicas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

47.
Márcio Lupatini. Uma análise da reinserção da economia brasileira a partir do setor agroindustrial. 1999. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Econômicas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

48.
Flávia Gouveia. Impactos dinâmicos das relações entre as filiais brasileiras e suas respectivas redes corporativas: um estudo das indústrias alimentícia, automobilística e eletrônica. 1999. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Econômicas) - Universidade Estadual de Campinas, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

49.
Rogério Vicentin. A Legislação de Propriedade Intelectual: Um estudo sobre a indústria farmacêutica. 1999. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Econômicas) - Universidade Estadual de Campinas, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

50.
João Benedito Mathias dos Santos. A posição da industria têxtil brasileira no comércio internacional. 1993. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Econômicas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

51.
Helcius Batista Pereira. A indústria petroquímica brasileira e o modelo tripartite. 1993. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Econômicas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

52.
José Ricardo Fucidji. O capital estrangeiro na reestruturação da indústria brasileira. 1993. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Econômicas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

53.
Ana Paula Matusita. A indústria de eletrodomésticos de linha branca. 1993. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Econômicas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

54.
Célio Hiratuka. A indústria de bens de capital para a indústria têxtil. 1992. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Econômicas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

55.
Renato de Castro Garcia. O regime da subcontratação na industria têxtil e a sua modernização. 1991. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Econômicas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

56.
Marcelo Schmitt. O debate sobre a retomada do crescimento entre 1983 e 1986. 1990. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Econômicas) - Universidade Estadual de Campinas, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.

Orientações de outra natureza
1.
Gwénaelle Lallart. Les relations commerciales Frances-Brésil. 2003. Orientação de outra natureza. (Ciências Econômicas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado.



Educação e Popularização de C & T



Artigos
Artigos completos publicados em periódicos
1.
FURTADO, João2011FURTADO, João. As relações tecnológicas do Brasil com o exterior: passado, presente e perspectivas. Revista USP, v. 89, p. 218-233, 2011.


Livros e capítulos
1.
FURTADO, João; MARQUES, G. O. ; URIAS, E. ; CAMPOS, J. C. ; CORREA, C. ; DOMINGUES, A. . Word Directory of Advanced Renewable Fuels and Chemicals. 1. ed. Campinas: Elabora Editora, 2014. v. 1944. 586p .




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 20/10/2018 às 5:48:19