Róbson Ramos dos Reis

Bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq - Nível 1C

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/0127419824935492
  • Última atualização do currículo em 15/10/2018


Possui graduação em Licenciatura Plena Em Filosofia pela Universidade Federal de Santa Maria (1985), mestrado em Filosofia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1992) e doutorado em Filosofia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1994). Atualmente é Professor Titular da Universidade Federal de Santa Maria. Tem experiência na área de Filosofia, com ênfase em Fenomenologia, atuando principalmente nos seguintes temas: Heidegger, fenomenologia, ontologia, hermenêutica e filosofia alemã. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Róbson Ramos dos Reis
Nome em citações bibliográficas
REIS, R. R.;REIS, RÓBSON RAMOS DOS

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal de Santa Maria, Centro de Ciências Sociais e Humanas, Departamento de Filosofia.
Campus Universitário, Camobi, km 09, Prédio 74, sala 2314
Camobi
97119000 - Santa Maria, RS - Brasil
Telefone: (55) 32208132
Fax: (55) 32208462
URL da Homepage: http:/https://sites.google.com/site/robsonramosdosreis/


Formação acadêmica/titulação


1992 - 1994
Doutorado em Filosofia.
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.
Título: Verdade e interpretação fenomenológica, Ano de obtenção: 1994.
Orientador: Ernildo Jacob Stein.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Fenomenologia; Heidegger; Filosofia alemã.
Grande área: Ciências Humanas
1987 - 1992
Mestrado em Filosofia.
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.
Título: Verdade e interpretação fenomenológica (autorizada a ser transformada em tese de doutorado),Ano de Obtenção: 1992.
Orientador: Ernildo Jacob Stein.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Fenomenologia; Heidegger; Verdade.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Metafísica.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Metafísica / Especialidade: Fenomenologia.
Setores de atividade: Educação.
1980 - 1985
Graduação em Licenciatura Plena Em Filosofia.
Universidade Federal de Santa Maria, UFSM, Brasil.




Atuação Profissional



Universidad Diego Portales, UDP, Chile.
Vínculo institucional

2018 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional:


Universidad Alberto Hurtado, UAH, Chile.
Vínculo institucional

2014 - Atual
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Profesor Visitante Permanente
Outras informações
Duas aulas no Curso de Doutoramento Aula 1: Justificação na interpretação das condições ontológicas da intencionalidade da percepção. Aula 2: Falácia mereológica e situação hermenêutica na ontologia da vida animal.

Atividades

04/2014 - 04/2014
Ensino, Programa de Doctorado, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Fenomenolgia

Universidade do Estado do Rio de Janeiro, UERJ, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - Atual
Vínculo: Outro, Enquadramento Funcional: Prof. Colaborador no PPG-Filosofia
Outras informações
Prof. Colaborador no PPG-Filosofia da UERJ, sem vínculo empregatício.


Ministério da Educação, MEC, Brasil.
Vínculo institucional

2000 - 2000
Vínculo: Outro, Enquadramento Funcional: Membro da Comissão Verificadora, Carga horária: 12

Vínculo institucional

2000 - 2000
Vínculo: Outro, Enquadramento Funcional: Membro da Comissão Verificadora, Carga horária: 12

Vínculo institucional

1998 - 1998
Vínculo: Outro, Enquadramento Funcional: Presidente da Comissão Verificadora, Carga horária: 18

Atividades

12/2000 - 12/2000
Serviços técnicos especializados , Secretaria de Educação Superior, Departamento de Política do Ensino Superior.

Serviço realizado
.
11/2000 - 11/2000
Serviços técnicos especializados , Secretaria de Educação Superior, Departamento de Política do Ensino Superior.

Serviço realizado
.
10/1998 - 12/1998
Serviços técnicos especializados , Secretaria de Educação Superior, Departamento de Política do Ensino Superior.

Serviço realizado
.

Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul, FAPERGS, Brasil.
Vínculo institucional

1997 - 2001
Vínculo: Outro, Enquadramento Funcional: Membro do Comite Ciências Sociais e Humanas

Atividades

4/1997 - 5/2001
Serviços técnicos especializados , Chs 05, .

Serviço realizado
Membro do Comitê de Ciências Humanas e Sociais.

Universidade do Vale do Rio dos Sinos, UNISINOS, Brasil.
Vínculo institucional

1990 - 1991
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor Convidado, Carga horária: 4

Vínculo institucional

1989 - 1990
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor efetivo, Carga horária: 10

Atividades

6/1989 - 12/1991
Ensino, Licenciatura Plena Em Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Lógica formal e funcional
Filosofia da natureza
1990 - 1991
Ensino, Espec. Filosofia do Conhecimento e da Linguagem, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas

Universidade Federal de Santa Maria, UFSM, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2012 - 2014
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor Associado IV, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2010 - 2012
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor Associado III, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2008 - 2010
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Associado II, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2006 - 2008
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Associado I, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2000 - 2006
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto IV, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

1994 - 1998
Vínculo: Servidor público ou celetista, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto III, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

1990 - 1994
Vínculo: Servidor público ou celetista, Enquadramento Funcional: Professor Auxiliar I, II, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

1985 - 1985
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor emergencial, Carga horária: 12

Atividades

8/2006 - Atual
Ensino, Filosofia Continental e Analítica, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Temas de Fenomenologia II
6/2006 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Pró Reitoria de Pós Graduação e Pesquisa, Centro de Ciências Sociais e Humanas.

Cargo ou função
Membro de comissão temporária, representante do CCSH no Comitê Institucional do PIBIC - CNPq - UFSM - 2006.
5/2006 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Ciências Sociais e Humanas, Programa de Pós Graduação Em Filosofia.

Cargo ou função
Membro de comissão na Comissão de Estudos para implementação do Curso de Doutorado em Filosofia.
3/2006 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Ciências Sociais e Humanas, Programa de Pós Graduação Em Filosofia.

Linhas de pesquisa
Fenomenologia e Compreensão
12/1990 - Atual
Ensino, Licenciatura Plena Em Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Lógica
Filosofia da Linguagem
Metafísica
História da Filosofia Contemporânea
Metodologia
Teoria do Conhecimento
História da Filosofia Moderna
Disciplinas Complementares de Graduação
Problemas Metafísicos, Filosofia Geral, Filosofia do Ser
12/2005 - 2/2006
Direção e administração, Centro de Ciências Sociais e Humanas, Departamento de Filosofia.

Cargo ou função
Coordenador de Programa.
3/2000 - 2/2006
Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Ciências Sociais e Humanas, Programa de Pós Graduação Em Filosofia.

Linhas de pesquisa
Sentido e Interpretação
3/2000 - 12/2005
Ensino, Filosofia Transcendental e Hermenêutica, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Tópicos de Fenomenologia
Tópicos de Hermenêutica
Tópicos Especiais de Hermenêutica
Seminário I e II
4/2001 - 3/2003
Direção e administração, Centro de Ciências Sociais e Humanas, Departamento de Filosofia.

Cargo ou função
Coordenador de Programa.
8/1994 - 2/2000
Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Ciências Sociais e Humanas, Programa de Pós Graduação Em Filosofia.

Linhas de pesquisa
Filosofia do Conhecimento
8/1994 - 2/2000
Ensino, Filosofia Moderna e Contemporânea, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Temas de Filosofia do Conhecimento


Linhas de pesquisa


1.
Sentido e Interpretação
2.
Filosofia do Conhecimento
3.
Fenomenologia e Compreensão


Projetos de pesquisa


2018 - Atual
Pluralismo ontológico: interpretação modal e desenvolvimento
Descrição: O tema do projeto é o pluralismo ontológico na ontologia fundamental de Martin Heidegger. O objetivo da investigação é a interpretação e o desenvolvimento do pluralismo ontológico. A interpretação do pluralismo ontológico será realizada com a elucidação da noção de modo de ser a partir do conceito de possibilidade interna. Para o desenvolvimento do pluralismo ontológico modal será abordada a questão da unidade de diversos modos de ser num mesmo ente. Esse problema será elaborado com a restrição aos modos de ser da existência e da vida. Além de uma análise conceitual, a pesquisa também abordará um contexto intencional de ruptura na unidade dos modos, visando identificar as modificações estruturais relevantes para caracterizar a relação entre os modos de ser. Esse contexto é o da enfermidade, que será adicionalmente restringido ao fenômeno da enfermidade na existência infantil. A interpretação da enfermidade infantil terá como foco uma patologia em particular, o câncer infantil, tomando por base os estudos fenomenológicos em Oncopediatria. Essa restrição permite elucidar o modo de ser da existência na unidade com o modo de ser da vida, ao examinar, no marco da Fenomenologia médica, a desunificação entre vida e existência resultante da enfermidade infantil. A execução da investigação será feita em uma perspectiva histórica e interpretativa. Serão examinados, com base na Obra de Heidegger limitada ao projeto da Ontologia Fundamental (1919-1932), os conceitos de modo de ser, possibilidade interna, vida e existência. O exame do problema da unidade de vida e existência será elaborado, de um lado, a partir das contribuições filosóficas resultantes de conceitos básicos operantes na Psicologia Experimental do Desenvolvimento, e, de outro, a partir dos desenvolvimentos já existentes na abordagem fenomenológica da Medicina e da Oncopediatria. Os resultados previstos terão impacto nos estudos históricos sobre a obra de Heidegger e também nos problemas conceituais relacionados com as consequências do pluralismo ontológico na teoria da Medicina e na Fenomenologia naturalizada..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Mestrado acadêmico: (3) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Róbson Ramos dos Reis - Coordenador / Marcelo Lopes - Integrante / Eduardo Adirbal da Rosa - Integrante / Julia Garcia Tronco - Integrante / juliano bepler - Integrante / Brenda Rossi Anhanha - Integrante / Rafael Mazzaiol - Integrante / Pedro Igor - Integrante / Alexandre Ugalde de Gründling - Integrante.
2018 - Atual
Fenomenología y Naturalismo: desafíos metodológicos y potenciales contribuciones a la filosofía de la mente, la ciencia cognitiva y la psiquiatría
Descrição: El presente proyecto tiene como fin financiar las etapas inciales de una red interdisciplinar internacional centrada en el enfoque fenonmenologico enactivo contemporáneo con vistas a estudiar las distorsiones de la percepción, la imaginación y la memoria. Para este fin la red estará intregrada por los representantes más sobresalientes a nivel mundiai de este enfoque: Dan Zahavi (Copenhague), Shaun Gallagher (Memphis/Wollongong), Thomas Fuchs (Heidelberg) y Maxime Doyon (Montréal) y nacionales: Otto Dörr, Bernardo Ainbinder, Leonor irrarázaval, Glenda Satne, y Virginie Palette. El proyecto se propone indagar el potencial de una investigación fenomenológica naturalizada sobre los fenómenos asociados a la percepción y la imaginación, el problema del error y el rol de las expectativas como constitutivas de tales fenómenos (en consonancia con los recientes modelos del predictive coding en ciencias cognitivas) y las distorsiones que los mismos experimentan en el caso de enfermedades psiquiátricas (en particular esquizofrenia y depresión). En particular, las distorsiones en la percepción, propias de desórdenes psiaquiátricos pero también de experiencias anómalas en sujetos normales, imponen peculiares desafíos a elucidaciones de la percepción que involucran modelos de cuño representacional, en particular porque tales fenómenos no pueden elucidarse en términos de una distorsión en la relación causal con el mundo, es decir, una falla en el mecanismo por medio del cual los datos sensibles se tornan accesibles al sujeto. Más bien, los mismos requieren para su análisis de un enfoque holista que incluye en la consideración del fenómeno perceptivo las expectativas del sujeto, su coordinación corporal con el entorno, el peculiar tipo de sentido bajo el cual los objetos percibidos se dan para este y los patrones bajo los cuales los mismos son evaluables normativamente como presentando el mundo tal y como este es. Todas estas dimensiones forman parte de la consideración fenomenológica de la experiencia perceptiva y la imaginación como fenómeno asociado a éste, ya desde los tempranos desarrollos husserlianos (véase por ej. Hua IV, Hua XVI). Frente a elucidaciones e la percepción en términos de procesos subpersonales, el enfoque fenomenológico permite incluir una serie de dimensiones como la temporalidad, la intersubjetividad y la corporalidad que son precisamente aquellas que, al verse afectadas, permiten explicar las distorsiones perceptivas propias de la depresión y la esquizofrenia así como las alucinaciones y errores perceptuales en sujetos normales..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2014 - Atual
Necessidade e historicidade na obra de Martin Heidegger
Descrição: O projeto tem como objetivo a abordagem fenomenológica e hermenêutica do conceito de necessidade, que está indicada formalmente na modalização da ontologia operada por Martin Heidegger. Tendo como corpo bibliográfico os escritos e cursos de Heidegger mais imediatamente ligados ao projeto da ontologia fundamental, mas incluindo também os textos relativos à transição para o modelo da história do ser como acontecimento apropriador, a pesquisa tem como objetivo e elucidação de um conceito de necessidade específico aos domínios existencial e da abertura de ser. Em continuidade direta com o projeto iniciado em 2010 (dedicado ao conceito existencial de possibilidade), a pesquisa a ser executada pretende desenvolver a modalização da ontologia operada por Heidegger, incidindo agora na estrutura da necessidade. Para tal, assume-se como pressuposto interpretativo o estatuto indicativo-formal das referências ao conceito de necessidade, o que determina uma estratégia interpretativa e não meramente reconstrutiva de análise dos textos de Heidegger. Para a execução do projeto também se assume um pressuposto intermodal, isto é, a apresentação de uma noção de necessidade como sendo interna ao domínio ontológico-existencial e dependente da estrutura da possibilidade. A hipótese a ser investigada sustenta que a necessidade deve ser concebida como uma limitação do possível, no sentido de uma emergência do plano ahistórico do domínio da historicidade ontológica e existencial. O projeto será desenvolvido em quatro etapas: 1) aprofundamento da análise da noção de possibilidade a partir da elucidação da historicidade da existência e da abertura para ser; 2) elucidação da dinâmica de emergência do ahistórico na historicidade, como base para formular a noção de necessidade; 3) análise da resposta fenomenológica e hermenêutica ao problema da necessidade manifesta; 4) elucidação das implicações de uma noção ontológica e existencial de necessidade para uma doutrina da ilusão hermenêutica necessária. Os resultados previstos terão impacto nos estudos históricos sobre a obra de Heidegger e também nos problemas conceituais relacionados com a modalização na ontologia. Alunos envolvidos: Graduação (4); Especialização (0); Mestrado acadêmico (4);.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (4) .
Integrantes: Róbson Ramos dos Reis - Coordenador / Bruno Michels - Integrante / Gabriel Dietrich - Integrante / Marcelo Lopes - Integrante / Eduardo Adirbal da Rosa - Integrante / Julia Garcia Tronco - Integrante / juliano bepler - Integrante / Brenda Rossi Anhanha - Integrante / Rafael Mazzaiol - Integrante / Pedro Igor - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.Número de orientações: 9
2012 - 2016
Significação e Negação
Descrição: Descrição: A negação tem ocupado, sem dúvida alguma, um lugar central no debate filosófico e tem sido uma fonte perene de preocupações e problemas para a Filosofia, para a Lógica, e, mais recentemente, para a Lingüística e para a Teoria da Computação. Por um lado, a história da filosofia nos apresenta um repertório de significativas questões de natureza ontológica, semântica e gnosiológica relacionadas com o conceito de negação, desde a discussão sobre a possibilidade do discurso falso e a natureza do discurso negado verdadeiro, no Sofista de Platão, até a discussão contemporânea sobre diferentes formas de enunciados negativos ou o papel da negação na Teoria das Descrições Definidas, e inclusive os enfoques pragmatista da negação. Por outro lado, praticamente desde o seu surgimento a Lógica tem buscado, através da formulação de diferentes sistemas formais, investigar aspectos sintáticos e semânticos da negação. Entre as muitas questões cujo vigor contemporâneo evidencia a centralidade e a relevância desse tema, podemos destacar as seguintes como fio condutor do projeto: a) Qual a relação entre negação, contradição e contrariedade? b) Qual a relação entre a negação e a diferença? Estas duas questões deixam bem claro como o conceito de negação posiciona-se em um campo de investigações que combinam de modo muito produtivo resultados técnicos da Lógica tradicional e contemporânea com a análise conceitual filosófica em seus múltiplos aspectos. Neste sentido, o presente projeto tem como proposta explorar de forma sistemática e unificada essa combinação no tratamento dos dois grandes tópicos acima mencionados.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Róbson Ramos dos Reis - Integrante / Abel Lassalle Casanave - Integrante / Frank Thomas Sautter - Coordenador / João Carlos Salles - Integrante / Waldomiro Silva Filho - Integrante / José Seoane - Integrante / Carlos Enrique Caorsi - Integrante / Ricardo Navia - Integrante.
2010 - 2014
Aspectos da modalidade: a interpretação fenomenológica da possibilidade na obra de Martin Heidegger
Descrição: O projeto tem como objetivo a abordagem fenomenológica e hermenêutica do conceito de possibilidade na ontologia fundamental de Martin Heidegger. Limitada aos textos e cursos anteriores a assim chamada virada (Kehre) no pensamento heideggeriano, a pesquisa reconstruirá os diferentes significados que o conceito de possibilidade assume na ontologia fundamental. Para elucidar o sentido existencial de possibilidade também será feita uma comparação com a noção especial de possibilidade que é atribuída por Heidegger ao domínio da natureza viva. Após elucidar o sentido transcendental de possibilidade, relacionado à abertura de mundo, será analisada a relação entre possibilidade, negatividade e temporalidade. A pesquisa será concluída com o exame da estrutura justificacional que sustenta a ampliação do modelo de abordagem da possibilidade para além de um tratamento lógico das modalidades. Segundo esse modelo, o traço característico da abordagem fenomenológico-hermenêutica reside não apenas na diferenciação de sentidos não redutíveis do possível, mas também na introdução de um princípio de prioridade da possibilidade sobre a atualidade..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (2) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Róbson Ramos dos Reis - Coordenador.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 6 / Número de orientações: 4
2007 - 2010
Natureza e normatividade na hermenêutica ontológica de Martin Heidegger
Descrição: O objeto da pesquisa neste projeto é obra de Martin Heidegger, com uma particular restrição aos textos relativos ao período de 1919 a 1930, mas também abarcando escritos escolhidos a partir de 1931. O objetivo da investigação aqui projetada é o exame do conceito de natureza a partir da hermenêutica ontológica elaborada na obra de Martin Heidegger. Neste projeto será examinada a interpretação fenomenológica das condições que possibilitam a experiência com entes naturais. Esta interpretação inicia com uma descrição dos tipos mais gerais da presença da natureza no mundo humano, para a seguir explicitar as condições ontológicas que tornam possível a inteligibilidade de tal presença. A repercussão dos resultados do projeto possibilitará desdobramentos ulteriores, dando continuidade a uma abordagem fenomenológica de temas ontológicos, da filosofia da natureza, da teoria do conhecimento, e da filosofia da ciência (em sentido amplo), e também avançando na reconstrução e na análise histórica da obra de Martin Heidegger. Um dos objetivos principais da investigação proposta é examinar a possível normatividade presente no conceito de ser, no sentido em que uma compreensão de ser, ao tornar possível o comportamento para com entes, estabelece formas determinadas de vinculação nas diferentes classes de relações intencionais para com entes. Esta tese geral de uma normatividade ontológica será submetida a exame no caso específico de uma articulação explicitativa dos diferentes sentidos de ser que tornam possível o comportamento com entes naturais..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (2) .
Integrantes: Róbson Ramos dos Reis - Coordenador / Juliana Mezzomo Flores - Integrante / Ronaldo Palma Guerche - Integrante / Rafael Alvez Padilha - Integrante / André Luiz Ramalho da Silveira - Integrante / Paulo Rogério Garcez de Moura - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 6 / Número de orientações: 5
2006 - 2010
A hermenêutica da natureza na obra de Martin Heidegger
Descrição: O problema que será investigado no presente projeto de pesquisa dá continuidade a pesquisas já desenvolvidas em projetos cujos resultados já foram publicados (Reis, 2004). O objeto da pesquisa refere-se à obra de Martin Heidegger, com uma particular restrição aos textos relativos ao período de 1919 a 1930, mas também abarcando escritos escolhidos a partir de 1935. O objetivo da investigação aqui projetada é o exame da abordagem do conceito de natureza no interior do projeto hermenêutico-ontológico elaborado na obra de Martin Heidegger. Neste projeto será examinada a interpretação fenomenológica das condições que possibilitam a experiência com entes naturais. Esta interpretação inicia com uma descrição dos tipos mais gerais da presença da natureza no mundo humano, para a seguir explicitar as condições ontológicas que tornam possível a inteligibilidade de tal presença. O projeto reunirá uma equipe composta pelo professor responsável e por estudantes de mestrado e graduação em filosofia, desenvolvendo seus respectivos planos de trabalho. A repercussão dos resultados do projeto possibilitará desdobramentos ulteriores, dando continuidade a uma abordagem fenomenológica de temas da Teoria do Conhecimento e da Filosofia da Ciência, e ao mesmo tempo avançando na reconstrução e análise da obra de Martin Heidegger..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Róbson Ramos dos Reis - Coordenador / Ademar Pires Goulart Junior - Integrante / Juliana Mezzomo Flores - Integrante.
2006 - 2009
Aspectos Lógico-Filosóficos da Negação
Descrição: O projeto tem como objetivo teórico principal examinar de forma sistemática e unificada aspectos lógico-filosóficos do conceito de negação e noções afins, tais como as noções de falsidade, diferença, predicação, exclusão e exaustividade..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (4) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (5) .
Integrantes: Róbson Ramos dos Reis - Integrante / Abel Lassalle Casanave - Integrante / Abílio Azambuja Rodrigues Filho - Integrante / Albertinho Luiz Gallina - Integrante / Dirk Greimann - Integrante / Oswaldo Chateuabriand Filho - Coordenador / Luiz Carlos Pinheiro Dias Pereira - Integrante / Danilo Marcondes de Souza Filho - Integrante / Edward Hermann Hauesler - Integrante / Marco Ruffino - Integrante / Paulo Augusto Veloso - Integrante / Frank Thomas Sautter - Integrante / Hans Christian Klotz - Integrante / Guido Imaguire - Integrante / Tarcísio H C Pequeno - Integrante / Marcelino Cavalcante Pequeno - Integrante / Ana Teresa de Castro Martin - Integrante / Cícero Antônio Cavalcante Barroso - Integrante / Joelma Marques de Carvalho - Integrante / Valdetônio Pereira de Alencar - Integrante / Bruno Rafaelo Lopes Vaz - Integrante / Sérgio Ricardo Schultz - Integrante / Fabio François - Integrante / Maria Fernanda Pallares Colomar - Integrante / Carlos Alberto Miraglia - Integrante / Camila Jourdan - Integrante / Alessandro Bandeira Duarte - Integrante.Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Cooperação.
2005 - 2006
A concepção de ciência de Heisenberg e as suas conseqüências para a hermenêutica das ciências naturais
Descrição: A preocupação principal do presente projeto diz respeito à formulação de um quadro conceitual coerente que possa permitir uma aproximação da ciência - no caso a física quântica, segundo as interpretações dadas a ela por Werner Heisenberg - com a hermenêutica. O projeto foi apoiado pelo CNPq, processo n° 402170/2004-0 ..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Róbson Ramos dos Reis - Integrante / Ademar Pires Goulart Junior - Integrante / Franklin Barrientos - Integrante / Antônio Augusto Passos Videira - Coordenador / Osvaldo Pessoa Jr. - Integrante / André Mendonça - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 2 / Número de orientações: 2
2004 - 2006
Identidade e diferença: o problema da origem da negação na fenomenologia de Martin Heidegger
Descrição: O objeto da pesquisa refere-se à obra de Martin Heidegger, com uma particular restrição aos textos relativos ao período de 1919 a 1930, e concentrando-se num tema de filosofia da Lógica, a saber: o problema dos fundamentos ontológicos da negação. O objetivo da investigação aqui projetada é o exame da relação de fundamentação entre a estrutura finita da compreensão de ser (que Heidegger expressava em termos da co-pertinência de ser e nada) e a negação. Neste projeto será examinada a interpretação fenomenológica das condições da negação, interpretação que implica uma intencionalidade ontológica capaz de tornar acessível o domínio de operação da negação segundo a identidade e a diferença. O projeto recebeu 3 bolsas de Iniciação Científica (PIBIC, FAPERGS) e 3 bolsas de Mestrado (CAPES e CNPQ), além do Auxílio Financeiro do CNPQ (Processo 40.3702/03-8).
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (4) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Róbson Ramos dos Reis - Coordenador / Tatiana Betanin - Integrante / Marcele Esther Klein Henz - Integrante / Ademar Pires Goulart Junior - Integrante / Franklin Barrientos - Integrante / Andre Cremonesi - Integrante / Juliana Mezzomo Flores - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul - Bolsa / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 12 / Número de orientações: 6
2002 - 2005
Verdade e Demonstração
Descrição: Projeto de pesquisa com duração prevista para quatro anos, envolvendo os Cursos de Pós-Graduação em Filosofia da PUC/RJ e UFSM, contemplado com uma cota do Programa de Cooperação Acadêmica da CAPES, que tem por objetivo analisar os aspectos lógicos e filosóficos da relação entre os conceitos de verdade e demonstração.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (4) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Róbson Ramos dos Reis - Integrante / Abel Lassalle Casanave - Integrante / Oswaldo Chateuabriand Filho - Coordenador / Luiz Carlos Pinheiro Dias Pereira - Integrante / Danilo Marcondes de Souza Filho - Integrante / Frank Thomas Sautter - Integrante / Sérgio Ricardo Schultz - Integrante / Dayane Fengler - Integrante / Viviane de Botton - Integrante / Jaqueline Engelmann - Integrante / Arno Viero - Integrante.Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 7
2002 - 2004
Formalismo e intuicionismo: Heidegger, a ontologia fundamental e o objeto da Matemática
Descrição: O projeto abordou um tema de filosofia das ciências formais sob a ótica da fenomenologia hermenêutica. Tratava-se de analisar a indicação feita por Heidegger sobre o sentido ontológico da polêmica entre formalistas e intuicionistas nos debates sobre os fundamentos da Matemática..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (2) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Róbson Ramos dos Reis - Coordenador / Rogério Tolfo - Integrante / Tatiana Betanin - Integrante / Marcele Esther Klein Henz - Integrante / Helia Maria Soares de Freitas - Integrante / Rodrigo Felin - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 12 / Número de orientações: 6
2000 - 2002
A recepção crítica dos conceitos de sentido e validade na fenomenologia-hermenêutica do logos
Descrição: No projeto foi examinado o tratamento dispensado pela fenomenologia hermenêutica, desenvolvida por Martin Heidegger nos anos vinte do século XX, ao problema do sentido, tal como originado na tradição de Hermann Lotze. A pesquisa iniciou com uma reconstrução histórica do conceito de vaqlidadse apresentado por Lotze, para a seguir examinar a sua recepção crítica na fenomologia do logos, tal como proposta por Heidgger..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (2) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Róbson Ramos dos Reis - Coordenador / Sílvia Regina Capaverde de Quadros - Integrante / Marli Silveira - Integrante / Tatiana Betanin - Integrante / Marcele Esther Klein Henz - Integrante / Evandro Bilibio - Integrante.Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul - Bolsa / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul - Auxílio financeiro / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 5 / Número de orientações: 7
1998 - 2000
A ambigüidade do projeto transcendental de Martin Heidegger
Descrição: No projeto foi investigado um problema de natureza metodológica, sobre o projeto da ontologia fundamental de Ser e Tempo, de Martin Heidegger. O problema abordado versa sobre as implicações da conjunção de um programa transcendental radicalizado com a aceitação do caráter histórico e interpretativo do filosofar, oriunda da apropriação da hermenêutica pela fenomenologia. O projeto incluiu na análise também os volumes pertinentes da Gesamtausgabe de Heidegger..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (3) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Róbson Ramos dos Reis - Coordenador / Cristina Dias Costa - Integrante / Fernando Americo Delavy - Integrante / Rogério Tolfo - Integrante / Sílvia Regina Capaverde de Quadros - Integrante / Vera Maria de BArba - Integrante / Fernando Brignoni - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul - Bolsa / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 16 / Número de orientações: 7
1997 - 1999
Introdução à Leitura de 'Ser e Tempo', de Martin Heidegger
Descrição: O objetivo do projeto é o estudo detalhado do livro Ser e Tempo, de Martin Heidegger, com o intuito de analisar os principais problemas fundamentais do livro, gerando publicações que possam servir como guias de leitura para estudantes e pesquisadores não familiarizados com a obra. O projeto recebeu uma bolsa de Iniciaão Científica (CNPq-PIBIC), duas bolsas de mestrado (CAPES), e um Auxílio Finaceiro na FAPERGS, no Processo n° 98/0496.4.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (2) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Róbson Ramos dos Reis - Coordenador / Cristina Dias Costa - Integrante / Fernando Americo Delavy - Integrante / Sílvia Regina Capaverde de Quadros - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul - Auxílio financeiro / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 8 / Número de orientações: 4
1995 - 1997
Temporalidade em Ser e Tempo: uma introdução analítica e histórica
Descrição: O projeto teve por objetivo analisar o conceito de temporalidade segundo o seu desdobramento ao longo da obra heideggeriana a´te a sua exposição final em Ser e Tempo. Além da abordagem histórica também foi empreendida uma clarificação sistemática das notas distintivas do conceito de temporalidade. O projeto contou com a participação de dois bolsistas ligados ao projeto integrado coordenado pelo prof. Ernildo Stein, ao qual este projeto estava ligado..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (2) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Róbson Ramos dos Reis - Coordenador / Fernando Americo Delavy - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 6 / Número de orientações: 2
1992 - 1993
Destruição e Interpretação: a Introdução da Hermenêutica na Fenomenologia
Descrição: Projeto de Pesquisa desenvolvido sem financiamento, inclusive para o aluno de IC..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Róbson Ramos dos Reis - Coordenador / Rogério Tolfo - Integrante.
Número de produções C, T & A: 10


Membro de corpo editorial


2017 - Atual
Periódico: Cuestiones de Filosofia
2017 - Atual
Periódico: Em Construção: arquivos de epistemologia histórica e estudos de ciências
2013 - Atual
Periódico: Cuadernos de la Sociedad Filosófica de Uruguay
2012 - Atual
Periódico: EKSTASIS REVISTA DE HERMENÊUTICA E FENOMENOLOGIA
2011 - Atual
Periódico: Revista Problemata
2005 - 2017
Periódico: Natureza Humana
1999 - Atual
Periódico: Natureza Humana
2005 - Atual
Periódico: Dois Pontos (UFPR)


Revisor de periódico


2009 - 2010
Periódico: Horizonte - Revista de Estudos de Teologia e Ciência da Religião da PUCMG
1999 - Atual
Periódico: Natureza Humana
2009 - 2009
Periódico: ethic@ REvista Internacional de Filosofia da Moral
2010 - 2010
Periódico: Philósophos (UFG)
2013 - Atual
Periódico: Filosofia Unisinos


Revisor de projeto de fomento


2013 - 2013
Agência de fomento: Comisíon Nacional de Investigación Científica y Tecnologíca


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Metafísica/Especialidade: Fenomenologia.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: História da Filosofia.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Metafísica/Especialidade: Hermenêutica.


Idiomas


Alemão
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Inglês
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Italiano
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.


Produções



Produção bibliográfica
Citações

SciELO
Total de trabalhos:5
Total de citações:4
Reis, R  Data: 05/07/2008

Artigos completos publicados em periódicos

1.
REIS, R. R.2018 REIS, R. R.. Pulsão e dimensão: Heidegger e a estrutura da aptidão orgânica.. TRANS/FORM/AÇÃO (UNESP. MARÍLIA. IMPRESSO), v. 41, p. 191-212, 2018.

2.
REIS, R. R.2017REIS, R. R.. Historicidade, mudanças relacionais e não fixidez do passado existencial. Philosóphos, v. 22, p. 249-282, 2017.

3.
REIS, RÓBSON RAMOS DOS2017 REIS, RÓBSON RAMOS DOS. HEIDEGGER E OS LIMITES DA MATEMATIZAÇÃO NO CONHECIMENTO DOS ORGANISMOS VIVOS. KRITERION (UFMG. IMPRESSO), v. 58, p. 691-710, 2017.

4.
REIS, RÓBSON RAMOS DOS2017REIS, RÓBSON RAMOS DOS. Quantificação Existencial e o Problema da Necessidade Manifesta no Pluralismo Ontológico em Ser e Tempo de Martin Heidegger. REVISTA PORTUGUESA DE FILOSOFIA, v. 73, p. 1021-1034, 2017.

5.
LOPES, M.2016LOPES, M. ; REIS, R. R. . Heidegger: metafísica e liberdade.. REVISTA BRASILEIRA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA, v. 3, p. 140-151, 2016.

6.
REIS, R. R.2016REIS, R. R.. Historicality and existential necessity in Martin Heidegger?s Being and Time. Filosofia Unisinos, v. 17, p. 2-12, 2016.

7.
REIS, R. R.2016REIS, R. R.. A abordagem fenomenológico-existencial da enfermidade: uma revisão.. NATUREZA HUMANA (ONLINE), v. 18, p. 122-143, 2016.

8.
LOPES, M.2016LOPES, M. ; REIS, R. R. . Max Scheler: o conceito de pessoa e as críticas de Martin Heidegger. EKSTASIS REVISTA DE HERMENÊUTICA E FENOMENOLOGIA, v. 5, p. 13-33, 2016.

9.
REIS, R. R.;REIS, RÓBSON RAMOS DOS2015REIS, R. R.. Verdade e sacrifício na intencionalidade social. O Que nos Faz Pensar (PUCRJ), v. 36, p. 145-170, 2015.

10.
REIS, RÓBSON RAMOS DOS2015 REIS, RÓBSON RAMOS DOS. Possibilidade e ação na ontologia fundamental de Martin Heidegger. Revista Portuguesa de Filosofia, v. 71, p. 475-494, 2015.

11.
REIS, R. R.;REIS, RÓBSON RAMOS DOS2014REIS, R. R.. Justificaçâo e argumento na fenomenologia hermenêutica. Studia Heideggeriana, v. III, p. 191-238, 2014.

12.
REIS, R. R.;REIS, RÓBSON RAMOS DOS2014REIS, R. R.. Heidegger e a hermenêutica da negação. ALEA Revista de Fenomenología y Hermenéutica, v. 12, p. 20-29, 2014.

13.
REIS, R. R.;REIS, RÓBSON RAMOS DOS2013REIS, R. R.. O -eu posso- deve poder acompanhar todas as minhas determinações: a noção de existência e a doutrina transcendental das modalidades. EKSTASIS REVISTA DE HERMENÊUTICA E FENOMENOLOGIA, v. 2, p. 1-15, 2013.

14.
REIS, R. R.;REIS, RÓBSON RAMOS DOS2012REIS, R. R.. Heidegger: a vida como possibilidade e mistério.. Revista de Filosofia: Aurora (PUCPR. Impresso), v. 24, p. 481-507, 2012.

15.
REIS, R. R.;REIS, RÓBSON RAMOS DOS2011REIS, R. R.. Modalidades existenciais e negação. O QUE NOS FAZ PENSAR (PUCRJ), v. 30, p. 273-288, 2011.

16.
REIS, R. R.;REIS, RÓBSON RAMOS DOS2011REIS, R. R.. Aspectos do pensamento indicativo-formal: negação e justificação.. Natureza Humana, v. 13(1), p. 117-133, 2011.

17.
REIS, R. R.;REIS, RÓBSON RAMOS DOS2011REIS, R. R.. Heidegger e a Ilusão Transcendental. Studia Heideggeriana, v. I, p. 183-218, 2011.

18.
REIS, R. R.;REIS, RÓBSON RAMOS DOS2010REIS, R. R.. A interpretação privativa da vida e a relação circular entre Biologia e Ontologia. Revista de Filosofia: Aurora (PUCPR. Impresso), v. 22, p. 423-435, 2010.

19.
REIS, R. R.;REIS, RÓBSON RAMOS DOS2010REIS, R. R.. HEIDEGGER E O ENIGMA DA COMÉDIA. Philosóphos, v. 14, p. 115-161, 2010.

20.
REIS, R. R.;REIS, RÓBSON RAMOS DOS2010REIS, R. R.. Lagarteando: problemas ontológicos e semânticos na hermenêutica da natureza viva de Heidegger. Filosofia Unisinos, v. 11, p. 225-243, 2010.

21.
REIS, R. R.;REIS, RÓBSON RAMOS DOS2010REIS, R. R.. Natureza e normatividade na hermenêutica ontológica de Martin Heidegger ? parte I. Natureza Humana, v. 12(1), p. 9-54, 2010.

22.
REIS, R. R.;REIS, RÓBSON RAMOS DOS2010REIS, R. R.. Natureza e normatividade na hermenêutica ontológica de Martin Heidegger. Parte II. Natureza Humana, v. 12(2), p. 1-30, 2010.

23.
REIS, R. R.;REIS, RÓBSON RAMOS DOS2008REIS, R. R.. Nota sobre a Origem da Negação. O Que nos Faz Pensar (PUCRJ), v. 23, p. 135-144, 2008.

24.
REIS, R. R.;REIS, RÓBSON RAMOS DOS2008REIS, R. R.. Identidade, finitude e reconhecimento na ontologia da possibilidade finita de Martin Heidegger. Natureza Humana (Cessou em 2008. Cont. ISSN 2175-2834 Natureza Humana (Online)), v. 10, p. 107-136, 2008.

25.
REIS, R. R.;REIS, RÓBSON RAMOS DOS2008REIS, R. R.. O sublime e o natural hermeneuticamente revisitados. Natureza Humana, v. 10, p. 45-72, 2008.

26.
REIS, R. R.;REIS, RÓBSON RAMOS DOS2007REIS, R. R.. A formulação hermenêutica do problema ontológico, segundo Martin Heidegger. Humanidades em Revista, v. 4, p. 59-78, 2007.

27.
REIS, R. R.;REIS, RÓBSON RAMOS DOS2006REIS, R. R.. Heidegger: verdade, desocultamento e normatividade. O Que nos Faz Pensar (PUCRJ), v. 20, p. 217-231, 2006.

28.
REIS, R. R.;REIS, RÓBSON RAMOS DOS2005REIS, R. R.. Heidegger: origem e finitude do tempo. DOIS PONTOS (UFPR) DIGITAL, Curitiba, v. 1, n.1, p. 99-127, 2005.

29.
REIS, R. R.;REIS, RÓBSON RAMOS DOS2004REIS, R. R.. O conceito de natureza na fenomenologia hermenêutica. Ciência & Ambiente, Santa Maria, v. 28, n.Ja/Junho, p. 93-106, 2004.

30.
REIS, R. R.;REIS, RÓBSON RAMOS DOS2004REIS, R. R.. Ilusão e indicação formal nos conceitos filosóficos. Integração (USJT), São Paulo, v. 37, n.abr/mai/ju, p. 171-179, 2004.

31.
REIS, R. R.;REIS, RÓBSON RAMOS DOS2004REIS, R. R.. O outro fim para o Dasein: o conceito de nascimento na ontologia existencial. Natureza Humana, São Paulo, v. 6, n.1, p. 53-77, 2004.

32.
REIS, R. R.;REIS, RÓBSON RAMOS DOS2003REIS, R. R.. A dissolução da idéia da Lógica. Natureza Humana, São Paulo, v. 5, n.2, p. 423-440, 2003.

33.
REIS, R. R.;REIS, RÓBSON RAMOS DOS2003REIS, R. R.. Elementos de uma interpretação fenomenológica da negação. O Que nos Faz Pensar, Rio de Janeiro, v. 17, n.dez, p. 73-98, 2003.

34.
REIS, R. R.;REIS, RÓBSON RAMOS DOS2001REIS, R. R.. O ens realisssimum e a existência: notas sobre o conceito de impessoalidade em Ser e Tempo, de Martin Heidegger. Kriterion, Belo Horizonte, v. XLII, n.104, p. 113-129, 2001.

35.
REIS, R. R.;REIS, RÓBSON RAMOS DOS2001REIS, R. R.. Verdade e indicação formal: a hermenêutica dialógica do primeiro Heidegger. Veritas (Porto Alegre), Porto Alegre, v. 46, n.4, p. 606-620, 2001.

36.
REIS, R. R.;REIS, RÓBSON RAMOS DOS2000REIS, R. R.. Destruição e construção na fenomenologia-hermenêutica de Ser e Tempo. Revista de Filosofia, Buenos Aires, v. XV, n.1, p. 41-70, 2000.

37.
REIS, R. R.;REIS, RÓBSON RAMOS DOS2000REIS, R. R.. Sentido e verdade: Heidegger e a 'noite absoluta'. Veritas (Porto Alegre), Porto Alegre, v. 45, n.2, p. 231-247, 2000.

38.
REIS, R. R.;REIS, RÓBSON RAMOS DOS2000REIS, R. R.. Martin Heidegger: Einleitung in die Philosophie. Natureza Humana, São Paulo, v. II, n.1, p. 211-219, 2000.

39.
REIS, R. R.;REIS, RÓBSON RAMOS DOS2000REIS, R. R.. Modalidade existencial e indicação formal: elementos para um conceito existencial de moral. Natureza Humana, São Paulo, v. 2, n.2, p. 273-300, 2000.

40.
REIS, R. R.;REIS, RÓBSON RAMOS DOS1999REIS, R. R.. Pressuposição e derivação: uma análise a partir do conceito existencial de ciência.. Veritas (Porto Alegre), Porto Alegre, v. 44, n.1, p. 175-186, 1999.

41.
REIS, R. R.;REIS, RÓBSON RAMOS DOS1999REIS, R. R.. A besta desamarrada. Natureza Humana, São Paulo, v. 1, n.2, p. 265-282, 1999.

42.
REIS, R. R.;REIS, RÓBSON RAMOS DOS1999REIS, R. R.. Hans-Georg Gadamer: Verdade e Método. Natureza Humana, São Paulo, v. 1, n.2, p. 433-437, 1999.

43.
REIS, R. R.;REIS, RÓBSON RAMOS DOS1999REIS, R. R.. Heidegger, a transcendência como jogo. Praxis Filosofica, Santiago de Cali - Colombia, v. 1, n.10/11, p. 341-353, 1999.

44.
REIS, R. R.;REIS, RÓBSON RAMOS DOS1998REIS, R. R.. A ontologia hermenêutica em Ser e Tempo e os múltiplos significados do verbo 'ser'.. Barbaroi, Revista do Departamento de Ciências Humanas e do Departamento de Psicologia da UNISC., Santa Cruz do Sul - RS, v. 9, p. 7-19, 1998.

45.
REIS, R. R.;REIS, RÓBSON RAMOS DOS1998REIS, R. R.. "Ouvir a voz do amigo ...". Veritas (Porto Alegre), Porto Alegre RS, v. 43, n.1, p. 43-54, 1998.

46.
REIS, R. R.;REIS, RÓBSON RAMOS DOS1998REIS, R. R.. Observações sobre o papel da linguagem na fenomenologia hermenêutica de martin Heidegger. Problemata - Revista Internacional de Filosofia, João Pessoa PB, v. 01, n.01, p. 25-45, 1998.

47.
REIS, R. R.;REIS, RÓBSON RAMOS DOS1997REIS, R. R.. A ontologia hermenêutica em Ser e Tempo e o verbo 'ser' como posição absoluta.. Sociais e Humanas, Santa Maria RS, v. 10, n.2, p. 138-158, 1997.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
REIS, R. R.; Lyra, Edgar (Org.) ; VIDEIRA, Antônio Augusto Passos (Org.) ; FRAGOZO, Fernando (Org.) . Studia Heideggeriana VI - Hay una medida sobre la Tierra?. 1. ed. Buenos Aires: Editorial Teseo, 2017. v. 1. 227p .

2.
REIS, R. R.; CULLETON, A. S. (Org.) ; STRECK, L. (Org.) . Festschrift: um tributo a Ernildo Stein.. 1. ed. São Leopoldo: Editora Unisinos, 2016. v. 1. 326p .

3.
REIS, R. R.. Aspectos da Modalidade. A Noção de Possibilidade na Fenomenologia Hermenêutica.. 1. ed. Rio de Janeiro: ViaVerita, 2014. v. 1. 375p .

4.
REIS, R. R.; FAGGION, A. (Org.) . Um filósofo e a multiplicidade de dizeres : homenagem aos 70 anos de vida e 40 de Brasil de Zeljko Loparic. 1. ed. Campinas: UNICAMP, Centro de Lógica, Epistemologia e História da Ciência, 2010. v. 1. 360p .

5.
REIS, R. R.; FLORES, Juliana Mezzomo (Org.) ; REICHERT, C. (Org.) . Identidade Pessoal e Reconhecimento. São Paulo: EDUC - ? ISSN 1517-2430, 2008. v. I. 232p .

6.
REIS, R. R.; GREIMANN, Dirk (Org.) . Verdade como Valor. 1. ed. Rio de Janeiro: Editora da PUCRJ- ISBN-01046675, 2006. v. 1. 231p .

7.
REIS, R. R.; ROCHA, R. (Org.) . Filosofia Hermenêutica. 1. ed. Santa Maria: Editora da UFSM, 2000. v. 1. 110p .

Capítulos de livros publicados
1.
REIS, R. R.. El concepto existencial de ciencia. In: Ramón Rodriguez álvarez. (Org.). Guia Comares de Heidegger. 1ed.Granada: Editorial Comares, 2018, v. 1, p. 121-142.

2.
REIS, R. R.. Procura e silêncio na metafísica. In: Alfredo Culleton; Lênio Luiz Streck; Róbson Ramos dos Reis. (Org.). Festschrift: um tributo a Ernildo Stein.. 1ed.São Leopoldo: Editora Unisinos, 2016, v. 1, p. 91-100.

3.
REIS, RÓBSON RAMOS DOS. Heidegger e a controvérsia sobre a negação. In: Caorsi, Carlos;Sautter, Frank; Navia, Ricarod. (Org.). Significado y Negación. 1ed.Montevideo: Mastergraf, 2016, v. 1, p. 87-95.

4.
REIS, R. R.. Aspectos da interpretação fenomenológica da vida animal nos Conceitos Fundamentais da Metafísica. In: Roberto Wu. (Org.). Heidegger e a sua época. 1ed.Porto Alegre: Editora Clarinete, 2014, v. 1, p. 197-218.

5.
REIS, R. R.. A Fragilidade da Pobreza. In: Marco Antônio Casanova; Rebeca Furtado. (Org.). Fenomenologia Hoje IV. 1ed.Rio de Janeiro: Via Verita, 2013, v. 1, p. 209-232.

6.
REIS, R. R.. Heidegger, a ilusão e o sentido positivo da dialética transcendental.. In: WU, Roberto; NASCIMENTO, Cláudio Reichert do.. (Org.). A obra inédita de Heidegger. São Paulo: LiberArs, 2012, v. 1, p. 201-212.

7.
REIS, R. R.. Negatividade e negação nos projetos de tematização na investigação científica. In: Carlos Diógenes Côrtes Tourinho. (Org.). Temas em Fenomenologia. Rio de Janeiro: Booklink, 2012, v. 1, p. 96-115.

8.
REIS, R. R.. A negação e o nada da vontade. In: Antonio Florentino Neto; Oswaldo Giaccoia Jr.. (Org.). Heidegger e o Pensamento Oriental. 1ed.Uberlândia: EDUFU, 2012, v. , p. 167-182.

9.
REIS, R. R.. Heidegger e a diferença entre órgão e utensílio. In: Mario Osella. (Org.). La idea de técnica. La técnica en el interior de la filosofía. 1ed.Río Cuarto: Unirío, 2012, v. 1, p. 85-116.

10.
REIS, R. R.. Historicidade e mudanças relacionais: os limites da compreensão.. In: Ernildo Stein; Lenio Streck. (Org.). Hermenêutica e Epistemologia. 50 Anos de Verdade e Método. 1ed.Porto Alegre: Livraria do Advogado, 2011, v. , p. 59-71.

11.
REIS, R. R.. A Fragilidade da Pobreza. In: Tourinho, C. D. C.; Bicudo, M. A. V. (Org.). Fenomenologia: influxos e dissidências. A Tradição Fenomenológico-Existencial na Filosofia Contemporânea.. 1ed.Rio de Janeiro: Booklink, 2011, v. , p. 106-127.

12.
REIS, R. R.. La hermenéutica de la naturaleza viva según Martin Heidegger. In: Alfredo Rocha de la Torre. (Org.). Heidegger hoy: estudios y perspectivas.. Buenos Aires: Grama Ediciones / Universidad de San Buenaventura, 2011, v. , p. 463-476.

13.
REIS, R. R.. Como interpretar a vida? A hermenêutica da natureza viva em ?Ser e Tempo?. In: Andréa Faggion ; Róbson Ramos dos Reis,. (Org.). Um filósofo e a multiplicidade de dizeres : homenagem aos 70 anos de vida e 40 de Brasil de Zeljko Loparic. 1ed.Campinas: UNICAMP, Coleção CLE, 2010, v. 57, p. 87-102.

14.
REIS, R. R.. O conceito de possibilidade existencial segundo Martin Heidegger. In: César Augusto Batistti. (Org.). Às voltas com a questão do sujeito: perspectivas e posições.. 1ed.Ijuí - Cascavel: Editora Unijuí; Edunioeste, 2010, v. 1, p. 297-314.

15.
REIS, R. R.; SILVEIRA, A. L. R. . A interpretação privativa: sobre o método da hermenêutica da vida em Ser e Tempo.. In: SANTOS, José Francisco; FLEIG, Mario. (Org.). Heidegger e Aristóteles: da assimilação à confrontação.. São Leopoldo: Nova Harmonia, 2010, v. , p. 241-265.

16.
REIS, R. R.. Os passos perdidos: notas sobre a historicidade dos conceitos na fenomenologia hermenêutica de Martin Heidegger. In: Margarita Cepeda; Rodolfo Arango. (Org.). Amistad y Alteridad. Homenaje a Carlos B. Gutiérrez. Bogotá: Ediciones Uniandes: ISBN 9789586954372, 2009, v. 1, p. 535-550.

17.
REIS, R. R.. Contenção e aprisionamento humanos: a sublimidade da natureza em Os Conceitos Fundamentais da Metafísica. In: Ricardo Timm de Souza, Nythamar Fernandes de Oliveira. (Org.). Fenomenologia Hoje III. 1ed.Porto Alegre: Edipucrs- ISBN-9788574306940, 2008, v. , p. 603-614.

18.
REIS, R. R.. A Estrutura Proposicional da Linguagem e as Dimensões de Profundidade. In: Darlei Dall'Agnol. (Org.). Verdade e Respeito: a filosofia de Ernst Tugendhat. Florianópolis: EDUFSC - ISBN - 978853280429, 2007, v. 1, p. 91-117.

19.
REIS, R. R.. Contenção e aprisionamento humanos: a sublimidade da natureza em Os Conceitos Fundamentais da Metafísica. In: Zeljko Loparic and Roberto Walton. (Org.). Phenomenology 2005/2 - Selected Essays from Latin America Part 2. Bucarest: ZETA Books - ISBN - 9789738863316, 2007, v. 2, p. 467-480.

20.
REIS, R. R.. Observações sobre a relação entre lógica e ontologia na fenomenologia hermenêutica de Martin Heidegger. In: Nythamar de Oliveira e Draiton Gonzaga de Souza. (Org.). Hermenêutica e Filosofia Primeira. Festschrift para Ernildo Stein. Ijuí: Editora Unijuí - ISBN - 8574295787, 2006, v. 1, p. 471-499.

21.
REIS, R. R.. A constituição ontológica dos fatos científicos na fenomenologia hermenêutica de Martin Heidegger. In: Carlos B. Gutierrez. (Org.). No hay hechos, sólo interpretaciones. 1ed.Bogotá: Ediciones Uniandes - ISBN - 9586951243, 2004, v. 1, p. 169-203.

22.
REIS, R. R.. Validade e intencionalidade: observações sobre Lotze, Lask e Heidegger. In: Inácio Helfer; Luiz Rohden; Urbano Scheid. (Org.). O que é Filosofia?. São Leopoldo: Editora Unisinos - ISBN - 85743118-X, 2003, v. 1, p. 154-165.

23.
REIS, R. R.. Matemática e ontologia no primeiro Heidegger. In: Nythamar Fernandes de Oliveira; Ricardo Timm de Souza. (Org.). Fenomenologia Hoje II: Significado e Linguagem. 1ed.Porto Alegre: Edipucrs, 2002, v. 1, p. 383-405.

24.
REIS, R. R.. Sentido e verdade: Heidegger e a 'noite absoluta'.. In: Nythamar Fernandes de Oliveira; Ricardo Timm de Souza. (Org.). Fenomenologia Hoje. 01ed.Porto Alegre: EDIPUCRS, 2001, v. 01, p. 07-519.

25.
REIS, R. R.. A ontologia hermenêutica de 'Ser e Tempo', de Martin Heidegger. In: Róbson Ramos dos Reis; Ronai Pires da Rocha. (Org.). Filosofia Hermenêutica. 1ed.Santa Maria: Editora da UFSM, 2000, v. 1, p. 134-150.

26.
REIS, R. R.. A ontologia hermenêutica de Martin Heidegger e os múltiplos significados do termo 'ser'. In: Sofia I. A. Stein. (Org.). Ética e Política. 1ed.Goiânia: Editora da UFG, 1998, v. 2, p. 99-113.

27.
REIS, R. R.. Verdade e Interpretação fenomenológica: nota sintética. In: DE BONI, L.A. (Org.). (Org.). Finitude e transcendência: Festschrift para Ernildo Stein.. 1ed.Petrópolis/Porto Alegre: Vozes e Editora da PUCRS, 1996, v. , p. -.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
REIS, R. R.. Hermenêutica da natureza e Biologia, em Ser e Tempo e nos Conceitos Fundamentais da Metafísica. In: I Congresso Luso-Brasileiro de Fenomenologia (Patrocínio: Sociedade Portuguesa de Filosofia Fenomenológica e Sociedade Brasileira de Fenomenologia), 2007, Lisboa. A fenomenologia luso-brasileira Resumos das Conferências. Lisboa, 2007. v. 1.

2.
REIS, R. R.; CASANAVE, Abel Lassalle . The Strange Case of Dr. Hilbert and Mr. Heidegger. In: II Meeting of the Organization of Phenomenological Organizations (Patrocionado pela Organization of Phenomenological Organizations, da qual participa a Sociedade Brasileira de Fenomenologia), 2005, Lima. II OPO MEETING, 2005.

3.
REIS, R. R.. Sentido e Interpretação na Fenomenologia-Hermenêutica de Martin Heidegger. In: III Semana de Filosofia Contemporânea, 2002, Ilhéus-BA. Anais. Ilhéus: Editus, 2002. v. 1. p. 51-83.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
REIS, R. R.. Dasein Infantil: fenômeno intermediário ou determinação existencial. In: XXII Colóquio Heidegger, 2017, São Paulo. Caderno de Resumos, 2017. v. 1. p. 15-16.

2.
REIS, R. R.. O utensílio quebrado e órgão inapto: problemas ontológicos na abordagem existencial da enfermidade. In: XXI Colóquio Heidegger: sobre a experiência do sofrer e da dor, 2016, São Paulo. Caderno de Resumos, 2016. v. 1. p. 13-59.

3.
REIS, R. R.. A medida do silêncio: a articulação discursiva da compreensão de indivíduos modais. In: V Congresso Luso-brasileiro de Fenomenologia, 2016, Braga. Intencionalidade e cuidado. herança e repercussão da Fenomenologia, 2016. v. 1. p. 21-22.

4.
REIS, R. R.. A medição da vida. In: III Congresso da Sociedade Iberoamericana de Estudos Heideggerianos, 2015, Rio de Janeiro. Há uma medida sobre a Terra? Caderno de Resumos, 2015. v. 1. p. 34-34.

5.
LOPES, M. ; REIS, R. R. . A autenticidade como critério demarcatório da noção de pessoa em Ser e Tempo. In: 29ª Jornada Acadêmica Integrada-UFSM, 2014, Santa Maria. Anais 29ª Jornada Acadêmica Integrada, 2014.

6.
ROSA, E. A. ; REIS, R. R. . A identidade pratico-normativa e o conceito existencial de pessoa. In: 29ª Jornada Acadêmica Integrada/UFSM, 2014. Anais 29ª Jornada Acadêmica Integrada, 2014.

7.
REIS, R. R.. Aptidão e individuação: aspectos da interpretação fenomenológica do modo de ser da vida. In: XVII Congresso Interamericano de Filosofia, 2013, Salvador. XVII Congresso da Sociedade Interamericana de Filosofia - Livro de Resumos. Salvador: Quarteto Editora, 2013. v. 1. p. 478-478.

8.
ROSA, E. A. ; REIS, R. R. . O conceito de organismo e a noção de aptidão. In: 28ª Jornada Acadêmica Integrada/UFSM, 2013, Santa Maria. Anais 28ª Jornada Acadêmica Integrada, 2013.

9.
DIETRICH, G. ; REIS, R. R. . Identidade Normativa e Cuidado: a noção de existência na fenomenologia hermenêutica. In: 27ª Jornada Acadêmica Integrada, 2012, Santa Maria. , 2012.. In: 27ª Jornada Acadêmica Integrada/UFSM, 2012, Santa Maria. Anais 27ª Jornada Acadêmica Integrada, 2012.

10.
MICHELS, B. ; REIS, R. R. . Relacionalismo e subdeterminação ontológica.. In: 27ª Jornada Acadêmica Integrada/UFSM, 2012, Santa Maria. Anais da 27ª Jornada Acadêmica Integrada, 2012.

11.
MICHELS, B. ; REIS, R. R. ; KLAUS, L. R. . A Historicidade da Existência e a Historicidade do Mundo em 'Ser e Tempo. In: 26ª Jornada Acadêmica Integrada/UFSM, 2011, Santa Maria. Anais da 26ª Jornada Acadêmica Integrada, 2011.

12.
REIS, R. R.. A ampliação do tratamento das noções modais na ontologia fundamental. In: XIV Encontro Nacional da ANPOF, 2010, Águas de Lidóia. Livro de Atas. Águas de Lindóia: ANPOF, 2010. v. 1. p. 502-503.

13.
REIS, R. R.. Atanasia e normatividade: a historicidade da compreensão na honestidade intelectual. In: XV Congresso Nacional de Filosofia, 2010, Buenos Aires. Compendio de Resúmenes. Buenos Aires: AFRA, 2010. v. 1. p. 32-32.

14.
REIS, R. R.. Heidegger e as figuras da pobreza. In: III Congresso de Fenomenologia da Região Centro-oeste, 2009, Goiânia. Anais do III Congresso de Fenomenologia da Região Centro-oeste. Goiânia: Ed da UFG e Editora Kelps, 2009. v. 1. p. 43-43.

15.
REIS, R. R.. Pobreza de mundo e pobreza no mundo: intencionalidade dos organismos e compreensão de ser em "Os Conceitos Fundamentais da Metafísica".. In: XIII Encontro Nacional de Filosofifa/ANPOF, 2008, Canela - RS. livro de Atas. Porto Alegre: Editora Unisinos, 2008. v. I. p. 604-604.

16.
REIS, R. R.. Organismos, máquinas e a máquina lingüística. In: XIII Colóquio Heidegger: Natureza e Realidade Virtual, 2008, Campinas. Caderno de Resumos, 2008. p. 1-15.

17.
REIS, R. R.. Heidegger e Heisenbeg: o impacto da Física atômica no projeto da ontologia fundamental. In: XII Encontro Nacional de Filosofia da Associação Nacional de Pós-graduação em Filosofia, 2006, Salvador. Livro de Atas (Patrocinado pela Associação Nacional de Pós-graduação em Filosofia). Salvador: Quarteto Editora, 2006. v. I. p. 491-492.

18.
REIS, R. R.. A sublimidade da natureza em 'Os Conceitos Fundamentais da Metafísica'.. In: XI Colóquio Heidegger: Heidegger e a Arte (Patrocinado pela Sociedade Brasileira de Fenomenologia e pelo GT-Heidegger da Associação Nacional de Pós-graduação em Filosofia), 2006, São Paulo. Colóquios Heidegger: Programa e Caderno de Resumos. São Paulo: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, 2006. v. 1.

19.
REIS, R. R.. A relação entre Lógica e Ontologia: a determinabilidade na filosofia transcendental. In: IX Colóquio Cone Sul de Filosofia das Ciências Formais (Patrocinado pelo GT-Lógica da Associação Nacional de Pós-graduação em Filosofia), 2005, Santa Maria. Predicação e Verdade, 2005. v. 1. p. 30-30.

20.
REIS, R. R.. Heidegger, verdade, desocultamento e normatividade. In: I Simpósio Internacional de Filosofia: Verdade como Valor (Patrocinado pela Sociedade Brasileira de Fenomenologia e pelo GT-Heidegger da Associação Nacional de Pós-graduação em Filosofia), 2005, Santa Maria - RS. Caderno de Resumos. Santa Maria, 2005. v. 1. p. 22-22.

21.
REIS, R. R.. O conceito fenomenológico-hermenêutico de natureza. In: XI Encontro Nacional de Filosofia da ANPOF (Patrocionado pela Associação Nacional de Pós-graduação em Filosofia), 2004, Salvador. Livro de Atas. Salvador: Editora da UESC, EDUFBA, 2004. v. 1. p. 403-403.

22.
REIS, R. R.. Heidegger e a doutrina da validade. In: X Encontro Nacional de Filosofia da ANPOF, 2002, São Paulo. Atas do X Encontro Nacional de Filosofia da ANPOF. Campinas SP: Associação Nacional de Pós-Graduação em Filosofia, 2002. v. 1. p. 177-177.

23.
REIS, R. R.. O 'ens realissimum'e as categorias da existência. In: IX Encontro Nacional de Filosofia, 2000, Poços de Caldas. Atas do IX Encontro Nacional de Filosofia, 2000. p. 103-103.

24.
REIS, R. R.. Pressuposição e derivação: aspectos do conceito existencial de ciência em 'Ser e Tempo'. In: VIII Encontro Nacional de Filosofia da ANPOF, 1998. Livro de Resumos do VIII Encontro Nacional de Filosofia da ANPOF. Caxambu MG, 1998. v. 1. p. 207-207.

25.
REIS, R. R.. A ontologia hermenêutica de Martin Heidegger. In: VII Encontro Nacional de Filosofia da ANPOF, 1996. Anais do VII Encontro Nacional de Filosofia da ANPOF. Águas de Lindóia, SP, 1996. v. 1. p. 108-109.

Artigos aceitos para publicação
1.
REIS, R. R.. Pulsão e dimensão: Heidegger e a estrutura da aptidão orgânica. TRANS/FORM/AÇÃO (UNESP. MARÍLIA. IMPRESSO), 2017.

Apresentações de Trabalho
1.
REIS, R. R.. Pluralismo ontológico na fenomenologia Hermenêutica de Heidegger. 2018. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

2.
REIS, R. R.. Fenomenologia zoocêntrica e normatividade. 2018. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

3.
REIS, R. R.. Illness and Generality. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
REIS, R. R.. Temas e Problemas da Fenomenologia Médica. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

5.
REIS, R. R.. Max Weber: o sem sentido da ciência no Outono da Bildung. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

6.
REIS, R. R.. Pulsão e dimensão na estrutura da aptidão orgânica. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

7.
REIS, R. R.. Ceticismo e pressuposição de verdade em Ser e Tempo. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

8.
REIS, RÓBSON RAMOS DOS. Dasein infantil: fenômeno intermediário ou determinação existencial?. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

9.
REIS, RÓBSON RAMOS DOS. Generalidade Categorial e Interpretação da Existência em Ser e Tempo. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

10.
REIS, R. R.. A medida do silêncio: a articulação discursiva da compreensão de indivíduos modais. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

11.
REIS, R. R.. Acédia e Tédio profundo na analítica existencial. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

12.
REIS, R. R.. Pluralismo ontológico y la interpretación del modo de ser de la vida orgánica. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

13.
REIS, R. R.. Fenomenologia das atmosferas afetivas. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

14.
REIS, R. R.. O utensílio quebrado e órgão inapto: problemas ontológicos na abordagem existencial da enfermidade. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

15.
REIS, R. R.. Fenomenologia de las emociones: acídia y tedio en Heidegger. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

16.
REIS, R. R.. A abordagem existencial da ciência: nem epistemologia nem história.. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

17.
REIS, R. R.. Sobre a identidade disposicional dos organismos vivos: elementos da ontologia de animais e plantas, segundo o esboço de Heidegger em 1930.. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

18.
REIS, R. R.. Précis do livro 'Aspectos da Modalidade'. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

19.
REIS, R. R.. Ontologia e Fenomenologia Hermenêutica em Ser e Tempo. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

20.
REIS, R. R.. Mini-curso: Possibilidade Existencial e Ontologia. 2015. (Apresentação de Trabalho/Outra).

21.
REIS, R. R.. Apresentação de 'Aspectos da Modalidade'. 2015. (Apresentação de Trabalho/Outra).

22.
REIS, R. R.. Modos de ser e expressividade. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

23.
REIS, R. R.. Falando modalmente: expressividade no pluralismo ontológico de Martin Heidegger. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

24.
REIS, R. R.. Falando modalmente: modos de ser e expressividade completa. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

25.
REIS, R. R.. A medição da vida. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

26.
REIS, R. R.. Atmosfera e catástrofe da leitura. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

27.
REIS, R. R.. Pluralismo ontológico e vida segundo a fenomenologia hermenêutica. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

28.
REIS, R. R.. Mini-curso: A Intencionalidade da percepção segundo a fenomenologia hermenêutica. 2015. (Apresentação de Trabalho/Outra).

29.
REIS, R. R.. A justificação do pluralismo meta-ontológico na Fenomenologia Hermenêutica.. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

30.
REIS, R. R.. A intencionalidade da percepção na fenomenologia hermenêutica. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

31.
REIS, R. R.. Modalização na fenomenologia hermenêutica. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

32.
REIS, R. R.. Heidegger e a hermenêutica da negação. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

33.
REIS, R. R.. Heidegger e a controvérsia sobre a negação. 2014. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

34.
REIS, R. R.. Existência e normatividade na hermenêutica da percepção. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

35.
REIS, R. R.. Primado da segunda pessoa e sacrifício. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

36.
REIS, R. R.. Negação e negatividade na ontologia fundamental. 2014. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

37.
REIS, R. R.. Modalização na Fenomenologia Hermenêutica. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

38.
REIS, R. R.. Heidegger e os limites da hermenêutica da vida animal. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

39.
REIS, R. R.. Indicações para uma hermenêutica da história e da natureza. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

40.
REIS, R. R.. O 'eu posso' deve acompanhar todas as minhas determinações. Heidegger e a doutrina transcendental das modalidades. 2013. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

41.
REIS, R. R.. As obras do tédio: o abandono da tese da pobreza de mundo nos 'Conceitos Fundamentais da Metafísica'. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

42.
REIS, R. R.. Aptidão e individuação: aspectos da interpretação fenomenológica do modo de ser da vida. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

43.
REIS, R. R.. Negation and Negativity in Thematizations Projects in Scientific Investigation. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

44.
REIS, R. R.. Negation and Negativity in Thematizations Projects in Scientific Investigation. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

45.
REIS, R. R.. Heidegger: dor essencial e analgesia no pensamento ontohistórico. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

46.
REIS, R. R.. Fenômenos Intermediários e Fenomenologia Objetiva. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

47.
REIS, R. R.. Fenômenos Intermediários e Fenomenologia Objetiva da Vida. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

48.
REIS, R. R.. O problema de uma hermenêutica da natureza na ontologia fundamental. A ampliação no tratamento das noções modais. Heidegger e o fenômeno da dor essencial.. 2012. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

49.
REIS, R. R.. A vida como possibilidade e mistério.. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

50.
REIS, R. R.. A memória dos sonhos esquecidos. 2012. (Apresentação de Trabalho/Outra).

51.
REIS, R. R.. Aspectos do pensamento indicativo-formal: negação e justificação.. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

52.
REIS, R. R.. Heidegger: a vida como possibilidade e mistério. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

53.
REIS, R. R.. Heidegger: modalidades existenciais e negação. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

54.
REIS, R. R.. Ser e modalidade: a dor e a decisão na história do ser.. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

55.
REIS, R. R.. Negatividade e negação nos projectos de tematização na investigação científica. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

56.
REIS, R. R.. Heidegger e a interpretação da dialética transcendental. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

57.
REIS, R. R.. Consciência histórica e compreensão conceitual: vantagens e desvantagens da história para a Filosofia.. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

58.
REIS, R. R.. O não, o nada e a negação da vontade. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

59.
REIS, R. R.. A ampliação do tratamento das noções modais na ontologia fundamental. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

60.
REIS, R. R.. Historicidade e mudanças relacionais: os limites da compreensão.. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

61.
REIS, R. R.. Hermenêutica e propriedades relacionais: fixidez e emergência do passado. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

62.
REIS, R. R.. Atanasia e normatividade: a historicidade da compreensão na honestidade intelectual. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

63.
REIS, R. R.. Normatividade e totalidade na tematização biológica da vida segundo Martin Heidegger. 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

64.
REIS, R. R.. Como Interpretar a vida? A hermenêutica da natureza em Ser e Tempo. 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

65.
REIS, R. R.. La hermenéutica de la naturaleza viva según Martin Heidegger. 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

66.
REIS, R. R.. Heidegger e a fragilidade da pobreza. 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

67.
REIS, R. R.. Heidegger e as figuras da pobreza. 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

68.
REIS, R. R.. Contribuições de Zeljko Loparic à Filosofia Heideggeriana. 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

69.
REIS, R. R.. Pobreza ontológica: aspectos da hermenêutica da natureza na obra de Martin Heidegger. 2008. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

70.
REIS, R. R.. Lagarteando: problemas ontológicos e semânticos na hermenêutica da natureza viva. 2008. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

71.
REIS, R. R.. Organismos, máquinas e a máquina lingüística. 2008. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

72.
REIS, R. R.. Pobreza de mundo e pobreza no mundo:intencionalidade dos organismos e compreensão de ser em "Os Conceitos Fundamentais da Metafísica". 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

73.
REIS, R. R.. Problemas Semânticos na Hermenêutica da Natureza. 2008. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

74.
REIS, R. R.. Possibilidade Existiencial. 2007. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

75.
REIS, R. R.. O sublime e o natural hermeneuticamente revisitados. 2007. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

76.
REIS, R. R.. Destruição, descriação e pobreza: possibilidade e salvação na ontologia hermenêutica. 2007. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

77.
REIS, R. R.. Possibilidade Existencial: Ser e Tempo e o princípio de plenitude. 2007. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

78.
REIS, R. R.. Hermenêutica da natureza e Biologia, em Ser e Tempo e nos Conceitos Fundamentais da Metafísica. 2007. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

79.
REIS, R. R.. Identidade, Finitude e reconhecimento na ontologia da possibilidade finita de Martin Heidegger. 2007. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

80.
REIS, R. R.. A estrutura proposicional da linguagem e as dimensões de profundidade. 2006. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

81.
REIS, R. R.. Diferença ontológica e natureza na fenomenologia hermenêutica de Martin Heidegger. 2006. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

82.
REIS, R. R.. Contenção e aprisionamento humanos: a sublimidade da natureza em Os Conceitos Fundamentais da Metafísica. 2006. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

83.
REIS, R. R.. O sentimento do sublime e a hermenêutica da natureza. 2006. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

84.
REIS, R. R.. Física matematica e ontologia segundo Heidegger. 2006. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

85.
REIS, R. R.. A sublimidade da natureza em Os Conceitos Fundamentais da Metafísica. 2006. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

86.
REIS, R. R.. Heidegger e Heisenberg: o impacto da Física atômica no projeto da ontologia fundametal. 2006. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

87.
REIS, R. R.. Identidade e negatividade no pensamento de Heidegger. 2006. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

88.
REIS, R. R.. Possibilidade existencial. 2006. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

89.
REIS, R. R.. Heidegger: verdade, desocultamento e normatividade. 2005. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

90.
REIS, R. R.. Heidegger e a hermenêutica da natureza. 2005. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

91.
REIS, R. R.. A formulação hermêutica do problema ontológico. 2005. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

92.
REIS, R. R.. A fenomenologia e 'os juízos secretos da razão comum'.. 2005. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

93.
REIS, R. R.; CASANAVE, Abel Lassalle . El Extrano Caso de Dr. Hilbert y Mr. Heidegger. 2005. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

94.
REIS, R. R.. Os passos perdidos: notas sobre a historicidade dos conceitos na fenomenologia hermenêutica. 2005. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

95.
REIS, R. R.. Identidade e diferença na origem da negação segundo Martin Heidegger. 2005. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

96.
REIS, R. R.. A situação do sublime na hermenêutica da natureza animal, segundo Martin Heidegger. 2005. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

97.
REIS, R. R.. Notas sobre a historicidade dos conceitos na fenomenologia hermenêutica de Martin Heidegger. 2005. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

98.
REIS, R. R.. Determinidade e predicação em Kant e Fichte (Debatedor da palestra proferida por Hans Chistian Klotz). 2005. (Apresentação de Trabalho/Outra).

99.
REIS, R. R.. A negação em Heidegger. 2004. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

100.
REIS, R. R.; CASANAVE, Abel Lassalle . El estrano caso del Dr. Hilbert y Mr. Heidegger. 2004. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

101.
REIS, R. R.. Indexicalidade e Ontologia. 2004. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

102.
REIS, R. R.. Identidade e diferença na origem da negação. 2004. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

103.
REIS, R. R.. O conceito fenomenológico-hermenêutico de natureza. 2004. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

104.
REIS, R. R.. Heidegger e Heisenberg: as relação entre Física e Filosofia. 2004. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

105.
REIS, R. R.. Heidegger e Heisenberg: as relações entre Física e Filosofia. 2004. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

106.
REIS, R. R.. O conceito de natureza na fenomenologia de Martin Heidegger. 2004. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

107.
REIS, R. R.. Indicação formal e historicidade: o problema da origem da negação. 2003. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

108.
REIS, R. R.. Lotze, Lask e as origens do pensamento de Martin Heidegger. 2003. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

109.
REIS, R. R.. Indicação formal e historicidade. 2003. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

110.
REIS, R. R.. Indicação Formal e Semântica de Conceitos Filosóficos. 2003. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

111.
REIS, R. R.. Conhecimento Filosófico, Conhecimento Matemático e Conhecimento Empírico. 2003. (Apresentação de Trabalho/Outra).

112.
REIS, R. R.. Indexicalidade e existência. 2003. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

113.
REIS, R. R.; CASANAVE, Abel Lassalle . O estranho caso de Dr. Hilbert e Mr. Heidegger. 2003. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

114.
REIS, R. R.. Indexicalidade e existência. 2003. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

115.
REIS, R. R.. Ontologia e memória. 2002. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

116.
REIS, R. R.. Tematização e negação: a abordagem ontológica da Lógica e o conceito existencial de ciência. 2002. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

117.
REIS, R. R.. Tematização e Negação. 2002. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

118.
REIS, R. R.. Lógica e Ontologia na Fenomenologia Hermenêutica de Martin Heidegger. 2002. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

119.
REIS, R. R.. Validade, intencionalidade e além: observações sobre Lotze, Lask e Heidegger. 2002. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

120.
REIS, R. R.. Heidegger e a dissolução da idéia da Lógica. 2002. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

121.
REIS, R. R.. Matemática e ontologia no primeiro Heidegger: com o que sonha a nossa Geometria?. 2001. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

122.
REIS, R. R.. O outro fim para o Dasein: o conceito de nascimento na ontologia existencial. 2001. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

123.
REIS, R. R.. Sentido e interpretação na fenomenologia-hermenêutica. 2001. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

124.
REIS, R. R.. Verdade e indicação formal: a hermenêutica dialógica do primeiro Heidegger. 2001. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

125.
REIS, R. R.. Heidegger e o projeto da fenomenologia hermenêutica. 2000. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

126.
REIS, R. R.. O 'ens realissimum'e as categorias da existência. 2000. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

127.
REIS, R. R.. Sentido e verdade: a possibilidade da noite absoluta. 1999. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

128.
REIS, R. R.. A noite absoluta. 1999. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

129.
REIS, R. R.. Indicação formal e modalidade existencial. 1999. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

130.
REIS, R. R.. A besta desamarrada: ciência e técnica na Lição de inverno de 1928/29. 1999. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

131.
REIS, R. R.. A besta desamarrada. 1998. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

132.
REIS, R. R.. Pressuposição e Derivação: aspectos do conceito existencial de ciência em 'Ser e Tempo'. 1998. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

133.
REIS, R. R.. Destruição e construção na fenomenologia-hermenêutica de Martin Heidegger. 1997. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

134.
REIS, R. R.. A transcendência como jogo. 1997. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

135.
REIS, R. R.. O problema do ser em 'Ser e Tempo'. 1997. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

136.
REIS, R. R.. A ontologia hermenêutica em 'Ser e Tempo'. 1996. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

137.
REIS, R. R.. A ontologia hermenêutica de Martin Heidegger e o 'ser'como posição absoluta. 1996. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

138.
REIS, R. R.. A ontologia hermenêutica de Martin Heidegger e os múltiplos significados do verbo 'ser'. 1996. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

139.
REIS, R. R.. Observações sobre a noção de significado em 'Ser e Tempo'. 1995. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

140.
REIS, R. R.. A noção de significado em 'Ser e Tempo'. 1995. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

141.
REIS, R. R.. A filosofia deve evitar se tornar filosofia da linguagem. Observações sobre o papel da linguagem na fenomenologia-hermenêutica de 'Ser e Tempo'. 1995. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

Outras produções bibliográficas
1.
Tronco, Julia Garcia ; REIS, R. R. . Uma leitura pluralista do autoconhecimento. São Paulo: Revista Natureza Humana, São Paulo, v. 19, n. 1, pp. 159-163, jan./jul. 2017, 2017 (Resenha).

2.
LOPES, M. ; REIS, R. R. . Resenha: Ser y Tiempo, singularización y comunidade.. São Paulo: DWW Editorial, 2016 (Resenha).

3.
Tronco, Julia Garcia ; REIS, R. R. . Resenha de Sounding/Silence: Martin Heidegger at the limits of poetics, de David Nowell Smith. São Paulo: DWW Editorial, 2015 (Resenha).

4.
REIS, R. R.; REICHERT, C. ; FLORES, Juliana Mezzomo . Apresentação de "Identidade Pessoal e Reconhecimento". São Paulo, 2008. (Prefácio, Pósfacio/Apresentação)>.

5.
REIS, R. R.; GREIMANN, Dirk . Apresentação de "Verdade como Valor". Rio de Janeiro, 2006. (Prefácio, Pósfacio/Apresentação)>.

6.
REIS, R. R.. Reflexões sobre o método da filosofia do ponto de vista analítico. João Pessoa: Editora da UFPB, 1998. (Tradução/Artigo).

7.
REIS, R. R.. Lições sobre ética: a posição do problema. Petrópolis: Vozes, 1997. (Tradução/Outra).

8.
REIS, R. R.. Universalismo e particularismo. Santa Maria: Editora da UFSM, 1996. (Tradução/Artigo).

9.
REIS, R. R.. Martin Heidegger: o tempo autêntico. Porto Alegre: Vozes e editora da PUCRS, 1995. (Tradução/Outra).


Produção técnica
Trabalhos técnicos
1.
REIS, R. R.. Parecer ad hoc - avaliador de projeto. 2017.

2.
REIS, R. R.. parecer ad hoc - avaliador de projeto. 2017.

3.
REIS, R. R.. Parecer ad hoc - avaliador de projeto. 2017.

4.
REIS, R. R.. Parcer ad hoc - avaliador de projeto. 2017.

5.
REIS, R. R.. Parecer ad hoc - avaliador de artigo. 2016.

6.
REIS, R. R.. Parecer ad hoc - avaliador de projeto. 2016.

7.
REIS, R. R.. Parecer ad hoc - avaliador de projeto. 2016.

8.
REIS, R. R.. Parecer ad hoc - avaliador de projeto. 2016.

9.
REIS, R. R.. Parecer ad hoc - avaliador de livros. 2016.

10.
REIS, R. R.. Parecer ad hoc - avaliador de projeto. 2015.

11.
REIS, R. R.. Parecer ad hoc - avaliador de projeto. 2014.

12.
REIS, R. R.. Parecer ad hoc - avaliador de projeto. 2014.

13.
REIS, R. R.. Parecer ad hoc - avaliador de projeto. 2014.

14.
REIS, R. R.. Parecer ad hoc - avaliador de projeto. 2012.

15.
REIS, R. R.. Parecer ad hoc - avaliador de projeto. 2012.

16.
REIS, R. R.. Membro do Comitê Avaliador do Prociência - UERJ. 2009.


Demais tipos de produção técnica
1.
REIS, R. R.. Fenomenologia e teoria da medicina. 2017. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

2.
REIS, R. R.. Filosofia e Fenomenologia dos Afetos. 2017. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

3.
REIS, R. R.. Fenomenología de la Posibilidad. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

4.
REIS, R. R.. Problemas básicos em Ser e Tempo (Martin Heidegger, 1927).. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

5.
REIS, R. R.. Heidegger e a controvérsia sobre a negação. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

6.
REIS, R. R.. Consciência histórica e compreensão conceitual: limites da historicidade na Filosofia.. 2010. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

7.
REIS, R. R.. Natureza e Normatividade na Hermenêutica Ontológica de Martin Heidegger. 2010. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

8.
REIS, R. R.. Lógica da Validade e Filosofia da Vida: o projeto de Ser e Tempo de martin Heidegger. 2008. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

9.
REIS, R. R.. Da Lógica à Ontologia na Obra Completa de Martin Heidegger (1919-1925). 2007. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

10.
REIS, R. R.. Problemas Fundamentais em Ser e Tempo de Martin Heidegger. 2007. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

11.
REIS, R. R.. Sobre a gênese dos problemas fundamentais em 'Ser e Tempo'. 2007. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

12.
REIS, R. R.. Sobre a origem dos problemas fundamentais de "Ser e Tempo" de Martin Heidegger. 2007. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

13.
REIS, R. R.. Introdução ao problema da compreensão hermenêutica. 2004. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

14.
REIS, R. R.. Filosofia Contemporânea: as origens da hermenêutica filosófica na filosofia alemã posterior a Hegel. 2002. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

15.
REIS, R. R.. Problemas fundamentais em Ser e Tempo, de Martin Heidegger. 2001. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

16.
REIS, R. R.; CASTRO, E. G. ; SEVERINO, A. M. . Contemporaneidades: Conhecimento físico e filosófico. 2001. (Coordenação de Mesa-redonda).

17.
REIS, R. R.. Hans Georg Gadamer: Clássicos da Filosofia Alemã. 2001. (Coordenação de Mesa-redonda).

18.
REIS, R. R.. A 'Crítica da Razão Pura , de I. Kant. 1996. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

Demais trabalhos
1.
REIS, R. R.. Editora Unijuí. 2005 (Membro do Conselho Editorail) .

2.
REIS, R. R.. Parecer solicitado pela CAPES. 2003 (Consultor ad hoc) .

3.
REIS, R. R.. Parecer solicitado pela CAPES. 2002 (Consultor ad hoc) .

4.
REIS, R. R.; STEIN, E. . Ernst Tugendhat: seminário sobre Ser e Tempo. 1998 (Coordenação) .

5.
REIS, R. R.. Revista Problemata. 1998 (Membro do Conselho Consultivo) .

6.
REIS, R. R.. Revista Barbarói. 1997 (Membro do Conselho Editorail) .

7.
REIS, R. R.. Revista Praxis Filosofica. 1997 (Consultor ad hoc) .

8.
REIS, R. R.; BRESSAN, D. A. . Revista Ciência e Ambiente. Editor convidado da revista. 1996 (Editor Convidado do número sobre Ética e Ciência) .



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
SCHERER, Amanda; Fontana, M; REIS, R. R.. Participação em banca de Luiza Boezzio Greff. À Procura de Sentidos: Andando em Silêncio.. 2017. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Federal de Santa Maria.

2.
REIS, R. R.; WILLIGES, F.; Debon, V. Participação em banca de Mônica Saldanha Dalcol. A compaixão como fundamento da ética em Schopenhauer. 2014. Dissertação (Mestrado em Filosofia Teórica e Prática) - Universidade Federal de Santa Maria.

3.
FRAGOZO, Fernando; RODRIGUEZ, F.; REIS, R. R.. Participação em banca de Manuela Santos Saadeh. Dasein e Cura: breve estudo sobre a ontologia fundamental de Martin Heidegger. 2014. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

4.
REIS, R. R.; Souza, N.; Paulo da Costa, Pedro. Participação em banca de Charleston Silva de Souza. Heidegger e a metafísica do Dasein: o acontecimento irruptivo da transcendência em meio ao ente na totalidade. 2014. Dissertação (Mestrado em FILOSOFIA) - Universidade Federal do Pará.

5.
Fleig, Mario; REIS, R. R.; Rohden, Luiz. Participação em banca de Vinícius Cunha Santos. Do originário ao derivado: a presença dos modos originário e derivado na reflexões heideggerianas sobre queda, impessoal, objetivação e tempo. 2013. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

6.
FABRI, M.; REIS, R. R.; KORELC, Martina. Participação em banca de Fernanda da Silva Rodrigues Pereira. Analogia entre Lógica e Ética: a proposta husserliana de uma ética formal.. 2013. Dissertação (Mestrado em Filosofia Teórica e Prática) - Universidade Federal de Santa Maria.

7.
REIS, R. R.; KORELC, Martina; ZERBINA, Márcia. Participação em banca de Victor Hugo de Oliveira Marques. O Problema do Fundamento nos Escritos de Heidegger de 1927 a 1930. 2012. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal de Goiás.

8.
REIS, R. R.; STEIN, E.; Machado, J. A. T.. Participação em banca de Juliana Oliveira Missaggia. As origens do método heideggeriano: o desenvolvimento das indicações formais. 2011. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

9.
REIS, R. R.; LOPARIC, Zeljko; GIACOIA JUNIOR, O.. Participação em banca de Luciano Campos dos Santos. Conhecimento e Verdade na Ontologia Fundamental de Martin Heidegger. 2011. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Estadual de Campinas.

10.
REIS, R. R.; Rohden, Luiz; Fleig, Mario. Participação em banca de José Francisco dos Santos. A hermenêutica da facticidade: Heidegger e o caminho que conduz a Ser e Tempo.. 2010. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

11.
REIS, R. R.; Fleig, Mario; Rohden, Luiz. Participação em banca de Alexandre Rubenich silva. A verdade em sua compreensão: um estudo sobre a gênese do § 44 de 'Ser e Tempo'. 2009. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

12.
REIS, R. R.; BARBOSA, R. J.. Participação em banca de Fábio Antonio da Costa. A idéia de transformação em Werner Heisenberg. 2008. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

13.
REIS, R. R.; Marques, E.; VIDEIRA, Antônio Augusto Passos. Participação em banca de Davi da Silva San Gil. Novos olhares sobre Viena: um estudo sobre o recente trabalho de reavalição do Positivismo Lógico. 2008. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

14.
DUARTE, André; WU, Roberto; REIS, R. R.. Participação em banca de Fernando Rodrigues. Transcendência e mundo no projeto da ontologia fundamental de Martin Heidegger. 2007. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal do Paraná.

15.
REIS, R. R.; LOPARIC, Zeljko; CASTILHO, Fausto. Participação em banca de Vicente Azevedo de Arruda Sampaio. Em busca do conceito de filosofia hermenêutica - estudo para a compreensão do método no projeto Ser e Tempo. 2005. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Estadual de Campinas.

16.
REIS, R. R.; GALLEFI, Dante Augusto; FERREIRA, Acylene Maria Cabral. Participação em banca de Afonso Henrique Magalhães de Campos. O Dasein suspenso no nada: transcendência e mesmidade no pensamento heideggeriano. 2005. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal da Bahia.

17.
REIS, R. R.; LUFT, Eduardo; HAMM, Chistian. Participação em banca de Loidemar Luiz Bressan. O idealismo transcendental de Kant como forma de refutação do idealismo material. 2004. Dissertação (Mestrado em Filosofia Transcendental e Hermenêutica) - Universidade Federal de Santa Maria.

18.
REIS, R. R.; CASANOVA, Marco Antonio; GONÇALVES, Nelci Do Nascimento. Participação em banca de Roberto Saraiva Kahlmeyer Mertens. Análise estrutural do `cuidado` na analítica existencial de Martin Heidegger. 2003. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

19.
BARBA, V. M.; REIS, R. R.; CASANAVE, Abel Lassalle; LEGRIS, J.. Participação em banca de Vera Maria de Barba. Acerca dos Usos do Princípio de Razão Suficiente. 2002. Dissertação (Mestrado em Filosofia Transcendental e Hermenêutica) - Universidade Federal de Santa Maria.

20.
BOLLINGER, S. P.; REIS, R. R.; GIACOIA JUNIOR, O.; LOPARIC, Zeljko. Participação em banca de Sérgio Pinto Bollinger. O mundo do ser-no-mundo. 2002. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Estadual de Campinas.

21.
RODRIGUES FILHO, A. A.; REIS, R. R.; BARBOSA, R. J.; CASANOVA, M. A.. Participação em banca de Abílio Azambuja Rodrigues Filho. Sentido e Temporalidade em Heidegger. 2002. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

22.
AMARANTE, A. A.; REIS, R. R.; MOLLINA, J.; CASANAVE, Abel Lassalle. Participação em banca de Adriano Armando Amarante. Intuição e Universalidade na Filosofia da Geometria de Kant. 2001. Dissertação (Mestrado em Filosofia Transcendental e Hermenêutica) - Universidade Federal de Santa Maria.

23.
ALMEIDA, A. R.; REIS, R. R.; DRUCKER, C.; MARQUES, J. A. S.. Participação em banca de Abelardo Rodrigues de Almeida. O problema da morte na constituição de Ser e Tempo. 2001. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal de Goiás.

24.
BASSANI, D. A.; REIS, R. R.; CASANAVE, Abel Lassalle; SILVA, J. J.. Participação em banca de Douglas Antônio Bassani. A concepção operacionalista da Lógica. 2000. Dissertação (Mestrado em Filosofia Moderna e Contemporânea) - Universidade Federal de Santa Maria.

25.
GHIDOLIN, C.; REIS, R. R.; CASANAVE, Abel Lassalle; LOLLINA, J. A.. Participação em banca de Clodoveo Ghidolin. A teoria das descrições de Oswaldo Chateaubriand. 2000. Dissertação (Mestrado em Filosofia Transcendental e Hermenêutica) - Universidade Federal de Santa Maria.

26.
VIEIRA, M. A.; REIS, R. R.; FABRI, M.. Participação em banca de Maciel Antoninho Vieira. Merleau Ponty e a Fenomenologia da Linguagem. 1999. Dissertação (Mestrado em Filosofia Moderna e Contemporânea) - Universidade Federal de Santa Maria.

27.
SILVA, B. L.; REIS, R. R.; AZEVEDO, E. A.; CESARINO, H.. Participação em banca de Bartolomeu Leite da Silva. Conhecimento e Interesse: a Metacrítica de Habermas. 1998. Dissertação (Mestrado em Filosofia (Ufpe-Ufpb-Ufrn)) - Universidade Federal da Paraíba.

28.
WILLIGES, F.; REIS, R. R.; SPINELLI, M.; HAMM, C.. Participação em banca de Flávio Williges. Percepção, Crença e Mundo Externo em Hume. 1998. Dissertação (Mestrado em Filosofia Transcendental e Hermenêutica) - Universidade Federal de Santa Maria.

29.
FROELICH, C. A.; REIS, R. R.; ROCHA, R. P.; HIBRIS, I.. Participação em banca de Charles Andrade Froelich. O Statuts metodológico dao Pragmatismo e a teoria perciana da verdade. 1998. Dissertação (Mestrado em Filosofia Moderna e Contemporânea) - Universidade Federal de Santa Maria.

30.
MACIEL, S. M. O.; REIS, R. R.; PAVIANE, J.; RABUSKE, E.. Participação em banca de Sônia Maria Oliveira Maciel. Da representação á apresentação do mundo: o conceito de corpo em Merleau-Ponty. 1997. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

31.
EIDT, V.; REIS, R. R.; SPINELLI, M.; DISCHINGER, B.. Participação em banca de Valdir Eidt. Medo, razão e vontade: Fundamentos da Obediência Política em Hobbes. 1996. Dissertação (Mestrado em Filosofia Moderna e Contemporânea) - Universidade Federal de Santa Maria.

Teses de doutorado
1.
SAUTTER, Frank Thomas; Severo, Rogerio; REIS, R. R.; Marques, Beatriz; Gomes, Gilberto. Participação em banca de Marcelo Fischborn. Aprimorar a responsabilidade: direções para uma investigação interdisciplinar. 2018. Tese (Doutorado em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Maria.

2.
Ferreira, A.; VIDEIRA, Antônio Augusto Passos; PEREZ, Daniel Omar; REIS, R. R.; LOPARIC, Zeljko. Participação em banca de Luciano Campos dos Santos. Ciência e Desvelamento: A Física no Pensamento de Martin Heidegger (1925-1929). 2017. Tese (Doutorado em Filosofia) - Universidade Estadual de Campinas.

3.
REIS, R. R.; FRAGOZO, Fernando; VIDEIRA, Antônio Augusto Passos; Lopes, Francisco; MENDONÇA, André. Participação em banca de Juliana Mezzomo Flores. O que significa aproximar a ciência da vida? Considerações críticas ao projeto heideggeriano de filosofia como ciência originária (1919-1922). 2015. Tese (Doutorado em Filosofia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

4.
REIS, R. R.; Fleig, Mario; Rohden, Luiz; CULLETON, A. S.; STEIN, E.. Participação em banca de Alexandre Rübenich da Silva. A indicação formal como caminho para o ser: o despertar hermenêutico-filosófico em Martin Heidegger. 2015. Tese (Doutorado em Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

5.
LOPARIC, Zeljko; Ferreira, A.; DURMAEIER, A. T.; José Resende; REIS, R. R.. Participação em banca de Fernando Rodriguez. Heidegger e a metafísica do Dasein (1927-1930): uma interpretação à luz dos conceitos de liberdade, vínculo e jogo da vida. 2014. Tese (Doutorado em Filosofia) - Universidade Estadual de Campinas.

6.
REIS, R. R.; FRANCO DE SA, Alexandre; Borges, I. D.; FERRER, Diogo; CARREIRO, Maria Luísa; BORGES, Maria Manuel. Participação em banca de Thalles Azevedo de Araujo. A ética sobre a linha. 2014. Tese (Doutorado em Filosofia) - Universidade de Coimbra.

7.
REIS, R. R.; Walton, R.; Jáuregui, C.. Participação em banca de Bernardo Ainbinder. Del sujeto a la vida. Una defensa práctico-topológica de la filosofía trascendental. 2011. Tese (Doutorado em Posgrado en Filosofia) - Universidad de Buenos Aires.

8.
CASANOVA, M. A.; FRAGOZO, Fernando; VIDEIRA, Antônio Augusto Passos; REIS, R. R.. Participação em banca de Robson de Oliveira Silva. Sobre a hermenêutica Filosófica e o Science Studies: o testemunho como instrumento da prática científica. 2009. Tese (Doutorado em Filosofia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

9.
REIS, R. R.; LOPARIC, Zeljko; STEIN, E.; Ullmann, R.. Participação em banca de Vagne Sassi. A questão acerca da origem e a apropriação não-objetivante da tradição no jovem Heidegger. 2007. Tese (Doutorado em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

10.
REIS, R. R.; CASANOVA, M. A.; LOPARIC, Zeljko; SCHAUCHER, Maria da Graça. Participação em banca de Flavio Ballod. O Cuidado e o carecer. 2004. Tese (Doutorado em Filosofia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

11.
MORAES, Eduardo Jardim de; RODRIGUES, Kátia Muricy; ESTRADA, Paulo César Duque; REIS, R. R.; LOPARIC, Zeljko. Participação em banca de Edgar de Brito Lyra Netto. Sobre o pensamento filosófico e sua sobrevivência num mundo técnico. 2003. Tese (Doutorado em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro.

Qualificações de Doutorado
1.
Condato, L; CASANOVA, M. A.; REIS, R. R.. Participação em banca de Deborah Moreira Guimarães. Heidegger e a questão da verdade: fenomenologia e hermenêutica.. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Filosofia) - Universidade Federal de São Paulo.

2.
REIS, R. R.; FRAGOZO, Fernando; MENDONÇA, André; VIDEIRA, Antônio Augusto Passos. Participação em banca de Juliana Mezzomo Flores. O que significa aproximar a ciência da vida? Considerações críticas ao projeto heideggeriano de filosofia como ciência originária. 2014. Exame de qualificação (Doutorando em Filosofia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

3.
REIS, R. R.; Fleig, Mario; Rohden, Luiz. Participação em banca de Alexandre Rubenich Silva. A indicação formal como caminho para o ser: o despertar hermenêutico-filosófico em Martin Heidegger. 2013. Exame de qualificação (Doutorando em Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

4.
REIS, R. R.; LOPARIC, Zeljko; PEREZ, Daniel Omar. Participação em banca de Sonia Barreto Freire. Da Semântica Formal à Semântica dos Existenciais. 2005. Exame de qualificação (Doutorando em Filosofia) - Universidade Estadual de Campinas.

Qualificações de Mestrado
1.
REIS, R. R.; Chaves, E P; Souza, N.. Participação em banca de Diego Gessualdo Sabado de Souza. A confrontação entre a ideia da Filosofia e a função do tédio no pensamento heideggeriano da viragem. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em FILOSOFIA) - Universidade Federal do Pará.

2.
CHAVES, E. P.; Souza, N.; REIS, R. R.. Participação em banca de Charleston Silva de Souza. Heidegger: do deixar ser descobridor à negação do encobrimento. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em FILOSOFIA) - Universidade Federal do Pará.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
REIS, R. R.; PORTO, André da Silva; Almeida, F. F,. Professor Adjunto na área de Filosofia Geral. 2010. Universidade Federal de Goiás.

2.
REIS, R. R.; CORREA, R. F. S.; PORTO, André da Silva. Professor Adjunto, na área de Fenomenologia e Hermenêutica. 2006. Universidade Federal de Goiás.

3.
REIS, R. R.; VASQUEZ, Jesus Torres; BATTISTI, Cesar. Professor Adjunto, Teoria do Conhecimento. 2003. Universidade Estadual de Santa Cruz.

Outras participações
1.
REIS, R. R.. Comissão avaliadora do Prêmio ANPOF de melhor tese de doutorado e melhor dissertação de mestrado (2008-2009). 2010. Associação Nacional de Pós-Graduação em Filosofia.

2.
REIS, R. R.; STORCK, Alfredo; FERRAZ JÚNIOR, Bento Prado de Almeida; ROCHA, Ethel Menezes; DOMINGUES, Ivan; OLIVEIRA, Manfredo Araújo de; CACCIOLA, Maria Lúcia; ABRANTES, Paulo César Coelho; MUCHAIL, Salma Tannus. Comissão Julgadora do Prêmio ANPOF de melhor dissertação de Mestrado e tese de Doutorado. 2005. Associação Nacional de Pós-Graduação em Filosofia.

3.
REIS, R. R.; GALLINA, Albertinho Luiz; ROSSATTO, Noeli Dutra. Banca de seleção de ingresso no Programa de Pós-graduação em Filosofia. 2004. Universidade Federal de Santa Maria.

4.
REIS, R. R.; HAMM, C.; ROSSATTO, Noeli Dutra. Banca de seleção de ingresso em Programa de Pós-graduação em Filosofia. 2004. Universidade Federal de Santa Maria.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Coloquio Husserl : percepción, afectividad, volición.. 2012. (Simpósio).

2.
XV Congresso Nacional de Filosofia. Actualidad de la Fenomenologia. 2010. (Congresso).

3.
Congresso Internacional Martin Heidegger 120 anos. La hermenéutica de la naturaleza viva según Martin Heidegger. 2009. (Congresso).

4.
II Congresso Luso-Brasileiro de Fenomenologia/IV Congresso Internacional da Sociedade Brasileira de Fenomenologia. Heidegger e a fragilidade da pobreza. 2009. (Congresso).

5.
III Congresso de Fenomenologia da Região Centro-Oeste. Heidegger e as figuras da pobreza. 2009. (Congresso).

6.
II Simpósio Internacional de Filosofia da Ciência.Normatividade e totalidade na tematização biológica da vida segundo Martin Heidegger. 2009. (Simpósio).

7.
XIV Colóquio Heidegger: história, escassez e liberdade. Heidegger e a fragilidade da pobreza. 2009. (Congresso).

8.
VII Colóquio de Epistemologia da USJT: Filosofia Contemporânea: Fenomenologia, Metafísica e Ciência.Pobreza ontológica: aspectos da hermenêutica da natureza na obra de Martin Heidegger. 2008. (Simpósio).

9.
XIII Colóquio Heidegger: Natureza e Realidade Virtual.Organismos, máquinas e a máquina lingüística. 2008. (Simpósio).

10.
Evento: XII Colóquio Heidegger - Pode um Deus ainda nos salvar?.Destruição, descriação e pobreza: possibilidade e salvação na ontologia hermenêutica. 2007. (Simpósio).

11.
I Congresso Luso-brasileiro de Fenomenologia. Hermenêutica da natureza e Biologia, em Ser e Tempo e nos Conceitos Fundamentais da Metafísica. 2007. (Congresso).

12.
III Simpósio Internacional de Filosofia: identidade pessoal e reconhecimento..III Simpósio Internacional de Filosofia: identidade pessoal e reconhecimento.. 2007. (Simpósio).

13.
III Colóquio Internacional de Fenomenologia e Hermenêutica. Colóquio Internacional. 2006. (Congresso).

14.
V Colóquio de Epistemologia da Universidade São Judas Tadeu.Diferença ontológica e natureza na fenomenologia hermenêutica de Martin Heidegger. 2006. (Simpósio).

15.
XI Colóquio Heidegger - Heidegger e a arte.A sublimidade da natureza em Os Conceitos Fundamentais da Metafísica, outubro de 2006. 2006. (Simpósio).

16.
II OPO Meeting. El Extrano Caso de Dr. Hilbert y Mr. Heidegger. 2005. (Congresso).

17.
I Simpósio Internacional de Filosofia: Verdade como Valor.Heidegger: verdade, desocultamento e normatividade. 2005. (Simpósio).

18.
X Colóquio Nacional Martin Heidegger: a História em Heidegger. Colóquio Nacional. 2005. (Congresso).

19.
XIX Colóquio Conesul de Filosofia das Ciências Formais: predicação e verdade. Colóquio Internacional. 2005. (Congresso).

20.
IX Colóquio Nacional Martin Heidegger: a Natureza em Heidegger.fff. 2004. (Outra).

21.
VIII Colóquio Conesul de Filosofia das Ciências Formais: identidade e diferença.Colóquio Internacional. 2004. (Outra).

22.
VI Jornadas Rolando Chuaqui Kettlun.El Extrano Caso de Dr. Hilbert y Mr. Heidegger. 2004. (Simpósio).

23.
VII Colóquio Conesul de Filosofia das Ciências Formais: negação e falsidade.O estranho caso de Dr. Hilbert e Mr. Heidegger. 2003. (Outra).

24.
VIII Colóquio Nacional Martin Heidegger: Caminhos da Linguagem.Indexicalidade e existência. 2003. (Encontro).

25.
Sobre a Memória: Seminário de Filosofia. Ontologia e Memória. 2002. (Congresso).

26.
VII Colóquio Nacional Martin Heidegger: Heidegger e a Crítica à Ciência. Tematização e negação: a abordagem ontológica da Lógica e o conceito existencial de ciência. 2002. (Congresso).

27.
Dialética e Hermenêutica. Congresso Internacional. 2001. (Congresso).

28.
II Simpósio Internacional de Fenomenologia e Hermenêutica.Simpósio Internacional. 2001. (Simpósio).

29.
V Colóquio Conesul de Filosofia das Ciências Formais. Validade, intencionalidade e além: observações sobre Lotze, Lask e Heidegger. 2001. (Congresso).

30.
VI Colóquio Nacional Martin Heidegger: A Fabricação de Humanos. O outro fim para o Dasein: o conceito de nascimento na ontologia existencial. 2001. (Congresso).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
REIS, R. R.. I Colóquio Bildung: Ciência como Vocação. 2017. (Outro).

2.
Ferreira, A. ; Soares, E. S. ; REIS, R. R. ; Palmeiro, Tito . XXII Colóquio Heidegger: Variedades da Intencionalidade: Transcendência e Acontecimento. 2017. (Congresso).

3.
REIS, R. R.; Ferreira, A. ; Soares, E. S. ; Palmeiro, Tito . XXI Colóquio Heidegger: Sobre a experiência do sofrer e da dor. 2016. (Congresso).

4.
REIS, R. R.; Lyra, Edgar ; VIDEIRA, Antônio Augusto Passos ; FRAGOZO, Fernando ; Ferreira, A. . III Congresso Internacional da Sociedade Iberoamericana de Estudos Heideggerianos. 2015. (Congresso).

5.
REIS, R. R.; Lyra, Edgar ; FRAGOZO, Fernando ; Ferreira, A. ; VIDEIRA, Antônio Augusto Passos . XX Colóquio Heidegger: há uma medida sobre a Terra?. 2015. (Congresso).

6.
REIS, R. R.; Ferreira, A. ; Soares, E. S. . XIX Colóquio Heidegger: Historicidade, Comunidade, Violência.. 2014. (Congresso).

7.
REIS, R. R.; CASANOVA, M. A. ; FRAGOZO, Fernando ; Ferreira, A. ; Souza, N. ; DUARTE, André ; Tourinho, C. D. ; Borges, I. D. . IV Congresso Luso-brasileiro de Fenomenologia. 2013. (Congresso).

8.
REIS, R. R.; Ferreira, A. ; Soares, E. S. . XVIII Colóquio Heidegger: Heidegger e Kant.. 2013. (Congresso).

9.
REIS, R. R.; Ferreira, A. ; Soares, E. S. . XVII Colóquio Heidegger. 2012. (Congresso).

10.
VIDEIRA, Antônio Augusto Passos ; FRAGOZO, Fernando ; CASANOVA, Marco Antonio ; REIS, R. R. ; Ainbinder Binder ; Sadtle, Glenda . Normativity, Mind and Action Workshop. 2012. (Outro).

11.
Schneider, Paulo Rudi ; REIS, R. R. ; STEIN, E. . III Colóquio de Filosofia Hermenêutica e Fenomenológica. 2011. (Congresso).

12.
REIS, R. R.; VIDEIRA, Antônio Augusto Passos ; FRAGOZO, Fernando ; CASANOVA, M. A. . Simpósio Internacional Racionalidade Hermenêutica: Natureza, vida e técnica.. 2010. (Congresso).

13.
CASANAVE, Abel Lassalle ; SAUTTER, Frank Thomas ; ROCHA, R. P. ; REIS, R. R. . XIV Colóquio Conesul de Filosofia das Ciências Formais: quantificação e generalização. 2010. (Congresso).

14.
REIS, R. R.; CASANOVA, M. A. ; DUARTE, André ; LOPARIC, Zeljko ; STEIN, E. . II Congresso Luso-Brasileiro de Fenomenologia/IV Congresso Internacional de Fenomenologia e Hermenêutica. 2009. (Congresso).

15.
REIS, R. R.; FRAGOZO, Fernando ; VIDEIRA, Antônio Augusto Passos . II Simpósio Internacional de Filosofia da Ciência. 2009. (Congresso).

16.
REIS, R. R.; Schneider, Paulo Rudi . II Colóquio de Filosofia Hermenêutica e Fenomenológica. 2008. (Congresso).

17.
REIS, R. R.; Schneider, Paulo Rudi . II Colóquio de Filosofia Hermenêutica e Fenomenológica. 2008. (Congresso).

18.
REIS, R. R.; FABRI, M. ; ROSSATTO, Noeli Dutra . III Simpósio Internacional de Filosofia: Identidade Pessoal e Reconhecimento. 2007. (Congresso).

19.
REIS, R. R.; OLIVEIRA, Nythamar Fernandes de ; SOUZA, Ricardo Timm de ; DUARTE, André . III Colóquio Internacional de Fenomenologia e hermenêutica. 2006. (Congresso).

20.
REIS, R. R.; VIDEIRA, Antônio Augusto Passos ; FRAGOZO, Fernando ; GONÇALVES, Márcia C F . Simpósio Internacional de Filosofia da Ciência. 2006. (Congresso).

21.
REIS, R. R.; GREIMANN, Dirk . I Simpósio Internacional de Filosofia: Verdade como Valor. 2005. (Congresso).

22.
REIS, R. R.; CASANAVE, Abel Lassalle ; ROCHA, R. P. ; VEIGA, R. . Sobre a memória: Seminário de Filosofia. 2002. (Congresso).

23.
REIS, R. R.; STEIN, E. ; OLIVEIRA, Nythamar Fernandes de ; SOUZA, Ricardo Timm de . II Simpósio Internacional de Fenomenologia e Hermenêutica. 2001. (Congresso).

24.
REIS, R. R.; OLIVEIRA, Nythamar Fernandes de ; SOUZA, Ricardo Timm de ; JOSGRILBERG, R. ; STEIN, E. . I Simpósio Internacional de Fenomenologia e hermenêutica. 1999. (Congresso).

25.
REIS, R. R.. III Seminário de Filosofia Hermenêutica. 1999. (Congresso).

26.
REIS, R. R.. II Seminário de Filosofia Hermenêutica. 1997. (Congresso).

27.
REIS, R. R.. I Seminário de Filosofia Hermenêutica. 1996. (Congresso).

28.
REIS, R. R.; MUELLER, M. J. . Seminário internacional : ética do discurso e democracia. 1993. (Outro).

29.
REIS, R. R.; STEIN, E. . Colóquio Nacional: Martin Heidegger. 1989. (Congresso).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Júlia Garcia Tronco. O problema da estrutura da abertura de mundo na elucidação da intencionalidade social em Heidegger,. Início: 2017. Dissertação (Mestrado em Filosofia Teórica e Prática) - Universidade Federal de Santa Maria, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).

2.
Eduardo Adirbal Rosa. Um estudo sobre espacialidades não geométricas na fenomenologia hermenêutica de Martin Heidegger. Início: 2016. Dissertação (Mestrado profissional em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Maria, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).

Iniciação científica
1.
Brenda Rossi Anhanha. Afetividade e submissão à normatividade da abertura de mundo. Início: 2017. Iniciação científica (Graduando em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Maria, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).

2.
Rafael Bortoluzzi Massaiol. Ceticismo e existência: a natureza modal da pressuposição de verdade. Início: 2017. Iniciação científica (Graduando em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Maria, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul. (Orientador).

3.
Juliano Bepler Pavin. Modalização na ontologia hermenêutica: o problema da necessidade manifesta. Início: 2017. Iniciação científica (Graduando em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Maria, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Jean Tonin. Aspectos da Socialidade da Existência na Fenomenologia Hermenêutica de Ser e Tempo. 2017. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Maria, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Róbson Ramos dos Reis.

2.
Marcelo Lopes. Liberdade e vinculação na fenomenologia hermenêutica. 2017. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Maria, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Róbson Ramos dos Reis.

3.
André Luiz Ramalho da Silveira. A relação entre vida e existência na abordagem hermenêutico-fenomenológica de Martin Heidegger. 2013. Dissertação (Mestrado em Filosofia Continental e Analítica) - Universidade Federal de Santa Maria, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Róbson Ramos dos Reis.

4.
Jaderson Oliveira da Silva. A interpretação fenomenológica da Crítica da Razão Pura no projeto da ontologia fundamental. 2013. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Maria, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Róbson Ramos dos Reis.

5.
Bruno De Prá Michels. A fonte da inteligibilidade no contexto da ontologia fundamental de Martin Heidegger. 2012. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Maria, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Róbson Ramos dos Reis.

6.
Gabriel Henrique Dietrich. O problema da normatividade na fenomenologia hermenêutica de Martin Heidegger. 2012. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Maria, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Róbson Ramos dos Reis.

7.
Ronaldo Palma Guerche. Facticidade e compartilhamento lingüístico do mundo: Heidegger e a Retórica de Aristóteles.. 2011. Dissertação (Mestrado em Filosofia Continental e Analítica) - Universidade Federal de Santa Maria, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Róbson Ramos dos Reis.

8.
Juliana Mezzomo Flores. Natureza e função do conceito de totalidade na obra de Martin Heidegger. 2009. 0 f. Dissertação (Mestrado em Filosofia Continental e Analítica) - Universidade Federal de Santa Maria, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Róbson Ramos dos Reis.

9.
Adel Fernando de Almeida Vanny. O conceito de significatividade em Ser e Tempo, de Martin Heidegger. 2009. Dissertação (Mestrado em Filosofia Continental e Analítica) - Universidade Federal de Santa Maria, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Róbson Ramos dos Reis.

10.
Thiago Carreira Alves Nascimento. Sentido e compreensão em Ser e Tempo, de Martin Heidegger. 2009. Dissertação (Mestrado em Filosofia Continental e Analítica) - Universidade Federal de Santa Maria, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Róbson Ramos dos Reis.

11.
Paulo Rogério Garcez de Moura. O pensamento sobre a técnica moderna em Heidegger. 2009. Dissertação (Mestrado em Mestrado Interinstitucional) - Universidade Federal de Santa Maria, . Orientador: Róbson Ramos dos Reis.

12.
Ademar Pires Goulart Junior. A gênese ontológica do comportamento científico, no pensamento de Martin Heidegger. 2007. 0 f. Dissertação (Mestrado em Filosofia Transcendental e Hermenêutica) - Universidade Federal de Santa Maria, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Róbson Ramos dos Reis.

13.
Marcele Esther Klein Henz. Natureza e papel do esquematismo transcendental na Crítica da Razão Pura, de I. Kant. 2005. 120 f. Dissertação (Mestrado em Filosofia Transcendental e Hermenêutica) - Universidade Federal de Santa Maria, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Róbson Ramos dos Reis.

14.
Andre Cremonesi. O conceito de compreensão na Histórica, de Droysen. 2005. 100 f. Dissertação (Mestrado em Filosofia Transcendental e Hermenêutica) - Universidade Federal de Santa Maria, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Róbson Ramos dos Reis.

15.
Rodrigo Felin. O cuidado ecomo fundamento das pulsões, em Ser e Tempo, de Martin Heidegger. 2004. 0 f. Dissertação (Mestrado em Filosofia Transcendental e Hermenêutica) - Universidade Federal de Santa Maria, . Orientador: Róbson Ramos dos Reis.

16.
Tatiana Betanin. O conceito de jogo na ontologia fundamental de Martin Heidegger. 2004. Dissertação (Mestrado em Filosofia Transcendental e Hermenêutica) - Universidade Federal de Santa Maria, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Róbson Ramos dos Reis.

17.
Helia Maria Soares de Freitas. A noção de indicação formal, em Heidegger. 2003. 0 f. Dissertação (Mestrado em Filosofia Transcendental e Hermenêutica) - Universidade Federal de Santa Maria, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Róbson Ramos dos Reis.

18.
Rogério Almeida. O conceito de cuidado em Ser e Tempo, de Martin Heidegger. 2003. 0 f. Dissertação (Mestrado em Filosofia Transcendental e Hermenêutica) - Universidade Federal de Santa Maria, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Róbson Ramos dos Reis.

19.
Evandro Bilibio. A temporalidade do Dasein em 'Ser e Tempo', de Martin Heidegger. 2002. 111 f. Dissertação (Mestrado em Filosofia Transcendental e Hermenêutica) - Universidade Federal de Santa Maria, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Róbson Ramos dos Reis.

20.
Sílvia Regina Capaverde de Quadros. A compreensão e sua estrutura prévia em Ser e Tempo, de Martin Heidegger. 2001. 0 f. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Maria, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Róbson Ramos dos Reis.

21.
Marli Silveira. Angústia e alteridade em 'Ser e Tempo'. 2001. 0 f. Dissertação (Mestrado em Filosofia Transcendental e Hermenêutica) - Universidade Federal de Santa Maria, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Róbson Ramos dos Reis.

22.
Fernando Americo Delavy. Cuidado e Temporalidade em 'Ser e Tempo', de Martin Heidegger.. 1999. Dissertação (Mestrado em Filosofia Moderna e Contemporânea) - Universidade Federal de Santa Maria, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Róbson Ramos dos Reis.

23.
ROGÉRIO TOLFO. Linguagem e Mundo: a fenomenologia do sinal em Ser e Tempo. 1999. Dissertação (Mestrado em Filosofia Moderna e Contemporânea) - Universidade Federal de Santa Maria, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Róbson Ramos dos Reis.

24.
CRISTINA DIAS COSTA. O conceito de mundo em 'Ser e Tempo', de Martin Heidegger.. 1998. Dissertação (Mestrado em Filosofia Moderna e Contemporânea) - Universidade Federal de Santa Maria, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Róbson Ramos dos Reis.

25.
ROGÉRIO FABIANNE SAUCEDO CORRÊA. Números e cores: a origem da crise do projeto tractariano. 1998. Dissertação (Mestrado em Filosofia Moderna e Contemporânea) - Universidade Federal de Santa Maria, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Róbson Ramos dos Reis.

Tese de doutorado
1.
Rogério Tolfo. Fenomenologia Hermenêutica das Ciências Naturais: ser-na-verdade e finitude. 2017. Tese (Doutorado em Filosofia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro, . Coorientador: Róbson Ramos dos Reis.

Iniciação científica
1.
Marina Bessow Mazzei. Fixidez e não fixidez do passado na historicidade da existência.. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Maria. Orientador: Róbson Ramos dos Reis.

2.
Juliano Bepler Pavin. Modalização na ontologia hermenêutica: o problema da necessidade manifesta. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Maria, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Róbson Ramos dos Reis.

3.
Brenda Rossi Anhanha. Necessidade existencial e hermenêutica dos fenômenos intermediários. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Maria, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Róbson Ramos dos Reis.

4.
Rafael Bortoluzzi Massaiol. Espacialidade existencial e geométrica. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Maria, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul. Orientador: Róbson Ramos dos Reis.

5.
Julia Garcia Tronco. Afetividade, intencionalidade e vinculação normativa compartilhada.. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Maria. Orientador: Róbson Ramos dos Reis.

6.
Eduardo Adirbal da Rosa. Cuidado de si, historicidade e facticidade: uma análise da interpretação esteticista da analítica existencial. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Maria, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul. Orientador: Róbson Ramos dos Reis.

7.
Marcelo Viera Lopes. Analítica existencial, metafísica da liberdade: antropologia na ontologia fundamental?. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Maria, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Róbson Ramos dos Reis.

8.
Eduardo Adirbal da Rosa. A identidade prático-normativa e o conceito existencial de pessoa.. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Maria, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul. Orientador: Róbson Ramos dos Reis.

9.
Eduardo Adirbal Rosa. O conceito de organismo e a noção de aptidão. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Maria, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul. Orientador: Róbson Ramos dos Reis.

10.
Marcelo Vieira Lopes. Antropologia e fenomenologia hermenêutica: a noção existencial de pessoa.. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Maria, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Róbson Ramos dos Reis.

11.
Eduardo Adirbal da Rosa. A interpretação fenomenológica do sentimento de respeito. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Maria, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Róbson Ramos dos Reis.

12.
Bruno de Prá Michels. Relacionalismo e subdeterminação ontológica na ontologia fundamental. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Maria, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Róbson Ramos dos Reis.

13.
Gabriel dietrich. Identidade normativa e cuidado: a noção de existência na fenomenologia hermenêutica. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Maria, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul. Orientador: Róbson Ramos dos Reis.

14.
Thainá Morgana Czapla. A fenomenologia e o valor cognitivo dos afetos. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Maria, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Róbson Ramos dos Reis.

15.
Rafael Bortoluzzi. Filosofia como análise: o conceito de identidade pessoal. 2011. Iniciação Científica. (Graduando em Ensino Médio) - Colégio Técnico Industrial de Santa Maria, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Róbson Ramos dos Reis.

16.
Isabel Scremin. Filosofia como análise conceitual: o problema da identidade.. 2011. Iniciação Científica. (Graduando em Ensino Médio) - Colégio Técnico Industrial de Santa Maria, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Róbson Ramos dos Reis.

17.
Jaderson Oliveira da Silva. Identidade pessoal e o sentimento de respeito à luz da analítica da existência.. 2010. Iniciação Científica. (Graduando em Licenciatura Plena Em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Maria, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Róbson Ramos dos Reis.

18.
Leila Rosibeli Klaus. A historicidade da existência e a historicidade do mundo em ?Ser e Tempo?. 2010. Iniciação Científica. (Graduando em Licenciatura Plena Em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Maria, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul. Orientador: Róbson Ramos dos Reis.

19.
Jaderson Oliveira da Silva. A interpretação fenomenológica da filosofia transcendental de Kant. 2009. Iniciação Científica. (Graduando em Licenciatura Plena Em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Maria, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Róbson Ramos dos Reis.

20.
Marcieli Eloisa Mueller. Organismos, máquinas e instrumentos: a ontologia da vida nos Conceitos Fundamentais da Metafísica de Martin Heidegger. 2008. Iniciação Científica. (Graduando em Licenciatura Plena Em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Maria, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul. Orientador: Róbson Ramos dos Reis.

21.
Ronaldo Palma Guerche. Retórica e Hermenêutica da Facticidade. 2008. Iniciação Científica. (Graduando em Licenciatura Plena Em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Maria, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Róbson Ramos dos Reis.

22.
Ronaldo Palma Guerche. O conceito de totalidade na ontologia hermenêutica de Martin Heidegger. 2007. Iniciação Científica. (Graduando em Licenciatura Plena Em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Maria, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Róbson Ramos dos Reis.

23.
André Luiz Ramalho da Silveira. A ontologia da vida segundo a filosofia hermenêutica de Martin Heidegger. 2007. Iniciação Científica. (Graduando em Licenciatura em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Maria, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Róbson Ramos dos Reis.

24.
Rafael Alvez Padilha. Ontologia da natureza e ontologia da instrumentalidade. 2007. Iniciação Científica. (Graduando em Licenciatura em Filosofia) - Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul. Orientador: Róbson Ramos dos Reis.

25.
Ronaldo Palma Guerche. A noção de hermenêutica no projeto da hermenêutica da facticidade. 2007. Iniciação Científica. (Graduando em Licenciatura em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Maria, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Róbson Ramos dos Reis.

26.
Juliana Mezzomo Flores. O conceito de intencionalidade na fenomenologia hermenêutica de Martin Heidegger.. 2006. Iniciação Científica. (Graduando em Licenciatura Plena Em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Maria, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Róbson Ramos dos Reis.

27.
Ademar Pires Goulart Junior. A recepção por Heidegger da teoria da negação de Brentano e Windelband. 2005. Iniciação Científica. (Graduando em Licenciatura Plena Em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Maria, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Róbson Ramos dos Reis.

28.
Franklin Barrientos. A matematização da natureza, segundo a fenomenologia hermenêutica. 2005. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Licenciatura Plena Em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Maria, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul. Orientador: Róbson Ramos dos Reis.

29.
Juliana Mezzomo Flores. A recepção por Heidegger da teoria da negação de Brentano e Windelband. 2005. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Licenciatura Plena Em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Maria, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Róbson Ramos dos Reis.

30.
Marcele Esther Klein Henz. A interpretação heideggeriana da doutrina dos princípios transcendentais de I. Kant. 2002. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Licenciatura Plena Em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Maria, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul. Orientador: Róbson Ramos dos Reis.

31.
Tatiana Betanin. O conceito de jogo na ontologia fundamental. 2002. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Licenciatura Plena Em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Maria, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Róbson Ramos dos Reis.

32.
Marcele Esther Klein Henz. Lógica e Ontologia na Crítica da Razão Pura. 2001. 35 f. Iniciação Científica. (Graduando em Licenciatura Plena Em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Maria, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul. Orientador: Róbson Ramos dos Reis.

33.
Tatiana Betanin. Sentido e temporalidade. 2001. 33 f. Iniciação Científica. (Graduando em Licenciatura Plena Em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Maria, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Róbson Ramos dos Reis.

34.
Tatiana Betanin. Estudos sobre o conceito de sentido na ontologia fundamental. 2000. 35 f. Iniciação Científica. (Graduando em Licenciatura Plena Em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Maria, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Róbson Ramos dos Reis.

35.
Marcele Esther Klein Henz. A relação entre lógica e ontologia na doutrina do juízo.. 2000. 40 f. Iniciação Científica. (Graduando em Licenciatura Plena Em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Maria, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul. Orientador: Róbson Ramos dos Reis.

36.
Sílvia Regina Capaverde de Quadros. A interpretação fenomenológica do problema da realidade do mundo exterior. 1999. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Licenciatura Plena Em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Maria, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Róbson Ramos dos Reis.

37.
Vera Maria de BArba. A dedução transcental na Critica da Razão Pura. 1999. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Licenciatura Plena Em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Maria, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul. Orientador: Róbson Ramos dos Reis.

38.
Vera Maria de BArba. A natureza do conhecimento transcendental na 'Crítica da Razão Pura', de Immanuel Kant. 1998. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Licenciatura Plena Em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Maria, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Róbson Ramos dos Reis.

39.
Sílvia Regina Capaverde de Quadros. O conceito de Filosofia em Ser e Tempo. 1998. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Licenciatura Plena Em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Maria, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Róbson Ramos dos Reis.

40.
Fernando Brignoni. Conceito lógico e conceito existencial de ciência: a fenomenologia do conhecimento em 'Ser e Tempo'. 1998. 12 f. Iniciação Científica. (Graduando em Licenciatura Plena Em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Maria, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Róbson Ramos dos Reis.

41.
Sílvia Regina Capaverde de Quadros. Características da Concepção heideggeriana da Fenomenologia Hermenêutica. 1997. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Licenciatura Plena Em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Maria, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Róbson Ramos dos Reis.

42.
ROGÉRIO TOLFO. Introdução à problemática temporal de Ser e Tempo, de Martin Heidegger. 1996. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Licenciatura Plena Em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Maria, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Róbson Ramos dos Reis.

Orientações de outra natureza
1.
Mariana Mileski Papa. Fundamentos lógico e semânticos para introdução à Filosofia. 2007. Orientação de outra natureza - Colégio Estadual Cilon Rosa, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul. Orientador: Róbson Ramos dos Reis.

2.
FERNANDO AMERICO DELAVY. Cuidado e Temporalidade em Ser e Tempo, de Martin Heidegger (parte I). 1997. 21 f. Orientação de outra natureza - Universidade Federal de Santa Maria, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Róbson Ramos dos Reis.



Outras informações relevantes


O projeto Introdução à Leitura de 'Ser e Tempo' (já encerrado e com resultados já publicados) foi apresentado para avaliação no escopo do Edital FAPERGS-05.1/97, tendo sido contemplado com recursos de capital no valor de R$ 5.000,0

O projeto A recepção crítica dos conceitos de sentido e validade na fenomenologia-hermenêutica do logos (atualmente em desenvolvimento foi apresentado para avaliação no escopo do Edital FAPERGS/01-2000 (contemplado com recursos no valor de R$ 7.999,98) e na Chamada de Projeto N° 001/2000, do CNPq (contemplado com recursos no valor de R$ 14.992,00).



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 20/10/2018 às 5:37:42